Page 1

“Promovendo a união dos carbonos ’’ Pesquisa FAPESP online; 06/10/2010. http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=6771&bd=2&pg=1&lg= Paulo Pontes Torres e Rodrigo Alonso Lopes 2ºC E.M.

Resumo Crítico: União dos carbonos pode beneficiar medicina, agricultura e eletroeletrônica.

O prêmio Nobel de Química de 2010 foi dado a três professores de grandes universidades do Japão e dos Estados Unidos. Foram dois japoneses e um norte americano, que descobriram uma forma de ligar átomos de carbono. A ligação é feita através do Paládio, o catalisador da síntese orgânica. Catalisador é o elemento que tem a função de acelerar a velocidade da reação. Com isso, as moléculas que demorariam um grande tempo para se ligar, conseguem ter um ritmo acelerado na reação. É uma reação muito higiênica. É muito mais limpa do que se fosse catalisada por outros elementos (os professores fizeram testes com outras substâncias e verificaram que havia muitos resíduos químicos). Para a medicina, essa ligação foi essencial na produção de medicamentos (remédios), pois, além de ser uma estratégia barata, é muito eficiente. A ligação também é utilizada na produção de LEDS (diodos que emitem luz), que são utilizados nos faróis de carros, em televisões e outras coisas. Por ser uma técnica barata, tende a ser muito utilizada na indústria futuramente. Na reportagem, há uma curiosidade: o Nobel de 2010 de Física foi dado para os descobridores do grafeno, que é um novo material composto apenas por átomos de carbono, e, com isso, 2010 pode ter sido considerado o ano da ciência do carbono. Antigamente, a ligação entre moléculas de carbono era feita apenas para a produção de grafite e diamante. Com essa nova descoberta, as reações que promovem ligações entre carbonos tendem a ser cada vez mais comuns.


Referência Bibliográfica: http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=6771&bd=2&pg=1&lg=

União dos carbonos pode beneficiar medicina, agricultura e eletroeletrônica  

“Promovendo a união dos carbonos’’

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you