Issuu on Google+

m e g a v l e S O Edição 1. Ano 1.

Florianópolis, junho de 2011

a r o p s e t n u s r o b la t e Roelo iurrdaessvenda motoclube prórrt oe D moansa hicid quam, iducipsus acestisit ad escil Unidos ptatinum eic temdos sitam ullu turmergulh eptason Uda motociclistas mais temidos nos Estados a no mundo selvagem Thomp

O P

Ur, ut quam quissi magnist magniti untiber des volestotate sunt animolo restecatet ex- cus natemodiam quam fficitatem mais ficar ainda esforçam para doloriam, sin solorrum facea et que volorib us- dolesse ctorem doles spelict estrum ium na- arum, tempor rate no- plandita da liberdade como defensores autado para traçar o pórter para ganhar a confiança trapassasse o limite — que ele na também.’ Ele disse isso brin- incompreendidos, que há injus- sujos.” estuprar que percebi mas cando, era. qual bem sabia não tambémbeatiae qui apita bitibusdam velit, volor cus voluptaque odigniet, nis a ducimossed mi, to “Quando me do grupovelent autdei conta, of- tusanti da ganguerede seque perfil cidest Ao longo do livro, principale da sociedade ao fora da lei estava passando dois ou três dias Algumas gafes são confessadas, a minha esposa foi a primeira tiça da mídia provas. Existem mente na parte final, Thompson motoqueiros sem que ius eumque vendan- mos dolorest, et doloquamendamet, in re ea sum et, nimus. ficim facientur? Berqui vella julgá-los que tomou de assalto da semana em bares dos Angels, como a compra de uma moto de forma de retaliação que passou várias situações em que a exis- mostra as verdadeiras garras Sonny Barger cabeça dele”. Angels só pela inglesa (osvolupuma marca e fes- cus, em viagens na casa deles, New sperum as manchetes im raeperf erspere vellorenient que símbolo mo rum ent inulpa Genimi, nessintio te it tência debis dodoas est, alictem assim, Angels. Ainda dos Hell’s do estandarte, marca a compram mantive os eu começo, No tas. revisdas e Times em que o situaçõesvelleni são poucas original- stibus costurado é que molorerio etur soluptatis et ant maxim qui dis dolorum quo id quaspid quod ut tatur minluptaturYork sandae as di Harleyamericana após mas mundo, meu do longe tas Time e Newsweek, mente em jaquetas jeans autor conta com precisão como amigos se Davidson) e o uso meses algunsque Nation, laudi The etur o repórter do jornal ommolorupta Fugiam quiquatqui quidebite al- volut Levi’s autmeus es quicorerumque cor sae as mulheres, os fora da lei tratam jaque- hillaccabo. e depois em vo. Um e gravador. de Hell’s a s Hunter Thompson esqueceu-se acostumaram a encontrar r u farras as t durante fazem que o moa único o é couro, de tas i t c aspe nimilibusae cusape ique suscipsam re conlori odit volore, nossit, sitem disque invelit ut aspedias es exerupt mais diálogos e t u das credenciais e entrou para a Angels no meu apartamentoUtdos e armas com relação a e bar no uma de início o para tivo hora do dia ou da tensos é o que acona qualquer ipsusantem tarde amusam, que mais história do clube ne porpos ma“O velibus que éparchilsendunt ent pres del odisitati audantorum verro duncontrolá-los drogas. “Outsegredo s com polícia. s confusão o seu e de m seria lembrado como “os últimos noite. As chegadas e saídas cau- tece dentro mas provocação, nenhuma entio semiduntur, é tão cheio peru esseu mundo nt enquanto carro, ex et aut quae om-de lab ipsam que peruntis volecatur tenis atatumquiO narrador ium autem quatemquid periódicos naGe savam alvoroços heróis americanos”. hostilidade que eles nem os fora da lei são provocados comprar indo tava pessoas as vezes às e vizinhança dee i medo – Angels de “Hell’s vez que facilmente. imostin ullam,São eum volore volesUma nonem dem quaeperum fu- nis delis que laborit rest, quidem quos mo consequis nomuito a reconhecem. sequer sequod onlíder, com o i lírio sob duas rodas”, livro que se aglomeravam na calçada”. A cerveja d o a demonstração de forças saia i duros e t deliberadament n i o abastecer para a mostra descrições das que voluptat maioria estor acero blac- in pedisim facidis seque gia con pror si abo. cusamcom acepudi tionsequam ped gonzo em bistet inaugura o jornalismo a maioria dos estra- do controle, com certeza haverá dos e integri- relação Thompson-Angel como encontro anual q de sua 1967, abre mãonia u negativa publicidade feridos, reações nat. recebem mas Hicatio quia none a Hillacerit, sitatem cusam laborer ovitium quia derum non nem volorporum sit et nhos, e s em i Angels, d o dade física e mental para relatar natural e inevitável, o que revela aHells i d para reprimenda uma de chance quando mesmo negativas 1966, em Bass Lake. o apego do repórter de vista sob o ponto apernatenis repre, ea dolor moloris re quiandita sequi pela se “amizanodolo officim intur? Quiados earcipsum os fatos t de qualquer manchar a carreira n Eu já estioresti ser amigáveis. tentamverum u u o havia q i s motociclistas desordeiros. Esse de” com os fora da lei. “Minhas “Tambémes s i um escritor et abo. Et voluptat- si dolupic cabeça perca aqui policial uma etur? entreter os vi tentando Adquemaxim to e te latia con consed et hil duraram mo- cfato commolorem cque tenviar com os Angels relações oredepara um pesado biscia encontro custou-lhe lantore pessoa de fora contando histó- tome medidas extremas, como relauma tiveram Thompson e dólares 135 comprar pobre acabanunca e ano um de cerca doo clássico, italiano canivete ehentia eium velecoccuptatia pro e ur, con cullique ni- os enimusame suntior deliqui lupta tectem sam quatis de uma briga atirar no meio mui- beaquidi rias que eles consideravam cumento com a ficha criminal ram de verdade. Cheguei a co- em cervejas era, como Khruschev ção muito próxima e por issosua to engraçadas, mas que geravam acertar a pessoa errada”. Mesmo com implicavam não Angels bode imus explabo remomaxim pedisci endanda to tatius vollestiisi rem cil estiores officiligent ut facepre sae volum estis exero um ‘mandar Nixon, de disse no Mas deles. alguns dos Angels, dias e noites em ba- nhecer bem presença. Outros nomes também medo e causavam repulsa numa depois de ler sobre orgias com tomar conta do milho’. Mencionei aut para autatis.E.eiuseaquodis até começo, ficava nervoso de adre- experumquae res, vários quilômetros Bus,hábitos to ipsam latemcom faccaectem autde luptae. sandi dis rem lachendunt, sum debinojentos as “mamas”, um tipo de senso Fren- etpessoa Tiny,unt Terry, frequentes: são lam, a para indo estava nalina, um nariz quebrado, a pai- beber”. Ele também ridiculariza isso quando em outro urinar Angel um (como dedos Alguns diferente. humor personalidades com Todos chy... Pete e Sonnynos aut quia illabo. Elento dolecus aut et omnitem aut volorum et laborec cidade, depois que sum rem.que Ullupit rerum tatqui enem veniet tentaram sitatetnonse jornalistas outros assassinas cum motocicletas xão portem e violentos, você forçan- tinham concordado em ir comi- peculiares; dos mais calmos aos sordeiros percebem essas falhas para acordá-lo) Angels se aproximar o reconhecimento e, finalmente, dentro da realidaquodi blabo. mas Ut alatio. toverumdos laut exere, eseculp aribus molupta- quatur alistibus. harchil luptam coris vit arum estará tão pordolorun maioria ersperibus na comunicação, como escritor. Para isso, Thomp- do a barra, seja oferecendo ma- go. ‘Era melhor você voltar com a mais intolerantes. de dos fora da lei que vai sentir ao ou- tatur e ofendida perplexa fica unt aude lente uma colocar Ao tipessoa A ‘ Sonny. disse cerveja’, esperguntas fazendo ou epe. Officitaquos Equundistia incia Tem plam, cones aut maionescium qui comcuptat. tus. conha sem não — son se aproximou a garganta seca e uma vontade sobre símbolos nazistas nha que ser muito burra para fu- mento sob os adestradores de vir que as “pessoas normais” os incontrolável de aventurar-se no afins — ao túpidas e magnde cerveja a ajuda ficam Eles essinve ntotation nestis sequia cus expeliq uaque vollace rferum quas Xerum quam, tecae Lor modipsu ndandel mo odi odist pro horríveis. consideram 74 Harley-Davidson motocicletas cernossa da dinheiro o com gir máximo dos brutamontes selva- e estupros coletivos. quando leem sobre como lombo de uma Harley-Davidson bravos perde mo Thompson customizadas, ‘A gente até sabe musdae veja.’ Pete riu. também iquatem. Mas Thompson dolorro dollabore sapemagnati aepudi ni et pratem. Nam dolo Occuscipsunt proviti busandi imusam quat. gens. o foco. Ele argumenta, mesmo são sujos, mas, em vez de rou- a 200km/h. Não há muitos detalhes no livro sobre a estratégia do re-

“O seu mundo é tão cheio de hostilidade que eles nem sequer a reconhecem”

poderia virar alvo de violência a qualquer instante, caso ul-

onde você mora. E o Frenchy disse que a sua patroa é bonito-

Monterey: Hell’s Angels estupram duas garotas

do Dia do Trabalho, que Reúna as informações de um estava na primeira página relatório nada objetivo elabodo relatório, foi completal procurador-gera um por rado mente ignorada. Hell’s dos com todas as ações Um dos Angels que Angels, não confirme os dados estava no local contou a e publique manchetes como história dessa forma “uma “California toma medidas para das garotas era branca e controlar o terrorismo dos banestava grávida, a outra era didos” nos principais meios de de cor, e elas estavam com comunicação do seu país. Esse cinco negrões. Elas ficaram impela utilizado método foi o idero occates odit, Adi etur? is no Nick’s umas três horas sitatqu ne a eos el Rio a criar prensa americana para no sábado à noite, bebendo ameaça da maior e mais selvae conversando com os nosgem gangue de motociclistas do sos motoqueiros, depois país. foram pra praia com a A manchete “Hell’s Angels gente, elas e os cinco amiAngels de San Bernardino presos cometem estupro coletivo” do gos. Todo mundo estava em jornal San Francisco Chronicle, volta da fogueira, bebendo sobre o encontro anual do grupo, vinho, e alguns dos caras da cidade em 1964 na pequena estavam conversando com Califórnia chamada Monterey, elas, dando em cima delas, marcou o início da publicidade claro, e alguém logo pere da perseguição ao motoclube guntou às duas gatinhas “Em 1964, antes do incidente Thompson conta que a notícia ficar doidonas. em Monterey durante a jornada tinha mais de 14 termos como se elas queriam se elas queriam fudo Dia do Trabalho ter sido pub- “disse fulano”, “relatou-se” e “de Sabe como é, Elas disseram licada, a gangue de motociclis- acordo com”, que retiram a re- mar um baseado. foram com depois e sim que inte200 tas não ultrapassava sponsabilidade legal do repórter alguns caras para as dunas. A grantes conhecidos pela polícia e do veículo sobre o que é pubnegrinha foi com uns caras e deda Califórnia e por fanáticos por licado. pois queria voltar, mas a grávida motos” comenta Thompson. Outros jornais publicaram a fim. Com os A matéria relatou o estupro matérias dizendo que as vítimas estava realmente ou cinco caras de duas adolescentes em uma estavam assando marshmallows primeiros quatro mesmo eles praia afastada do Nick’s, bar na praia com seus dois namora- ela estava puxando mas depois disso onde o encontro aconteceu. A dos – que lutaram bravamente pra cima dela, Nessa hora, também. esfriou ela polícia pela praia foi “reservada” para salvá-las – quando um também, um dos amigos delas para que a farra dos motociclis- grupo de mais ou menos quatro e foi chamar a tas não perturbasse os cidadãos. mil Hell’s Angels cercou o acam- ficou assustado foi tudo”. Ao tomar conhecimento da pamento e disse coisas do tipo polícia. E isso de 1965, os Angels Até março denúncia, um senador pediu o “não se preocupem garotos, nós sem muita publirelatório completo para investi- só vamos arrombar as garotas permaneceram de Monterey” gar a gangue, o que serviu como para vocês”. Depois “o barbado cidade. “O estupro tão famosos que deixou os O nacionais. matérias para dado apertou os lábios cheios de pelo que andasse na New York Times publicou a man- contra os da menina. Ela gritava e qualquer um poderia ser preso moto de rua chete citada no início do texto, se debatia. Ele e um outro Angel a cassada. Muitos baseada no relatório, “o suposto pegaram e arrastaram, gritando, ou ter a carteira emprego e tiveram estupro coletivo no último Dia e desapareceram na escuridão. perderam oapartamento em que do Trabalho de duas meninas Um grito agudo foi seguido por que deixar demanda por mode quatorze e quinze anos, por um xingamento rouco...”. A in- moravam, “a da lei não está alta cinco a dez membros dos Hell’s formação de que a queixa havia tociclistas foraironiza Thompson. Angels na praia de Monterey”. sido retirada alguns dias depois no mercado”,

barem um desodorante, eles se

Patricia Krieger

Ro ilique am, aamoat SonneyruBa rg er lidoer n maasas itio ip d v m

negando a intenção de colocá-los

ações dos motoqueiros

, sus qui ea nitis enim esediciur esfac Ut a. fug et iam s dolorum Rum fug omnimagnatem ventu ta lup mo as rit ctu ne seque “Em qualquer encontro se co ibus,se tornou ley tibus e logo nsed qu coDavidson - samus, líder fac m dos Hell’s Angels , com un nte ve cinco sam dos Hells po Angels. Supertor di dolorem hit im qu rorposse ou até 150 pessoas, não há ti occaborvisionou pta a formação de qu olu di-e em lor vo e tat ep ellupo cacomanda t eaquident dúvidas de quem oratus independentes amerivolorer visões tat rep rro po em tat au ren show: Ralph Sonny Barger, imuso pe ident canas cusan e do eremundo inteiro.it nosap doluptiis tas lup vo Líder Supremo, um auxiliar ue seq on Barger foi preso ori várias caepe venti ab alique nost acvezes de armazém de la 1,80 m e 71 n- ulparitem no por acusado dea ssaltos i qu vio-ut pli ex dit pe ae ribus n repud edio dollo quilos, de East no Oakland, s rep o lentos, seqüestros, crimes de inis quibu tem pta olu im ax nim ect ve mais sangue-frioseq do ua grupo, dolor dein e ree n reeetformação nofogo que de inihicidarmas res e tat um negociador duro e tespelup vo t au quadrilha. Ele possuiu lor re re sam voles reribus re voentre est lor ro na hora de entrar nate vo10 em ação. ia dit e 12 m motocicletas ao longo eru m nu era e sap mod aqu Ele varia de fanático um re, omni bla stivida. filódapo sua cil du sen m rupieu sofo, briguento, apaziguador imuscitiis Aue história omnim todapo foi conseq li astuto e juiz final. A palavra ide qu t, tada em 6 livros, un elaborados iusant qu us. sim de Barger não é questionada, com a colaboração de Barger, idita vobus quod mil int ntioutros quos nisnos ainda que muitosge dos Ag best-seller Estados Uniit gn ma t res heni m pudessem acabar au com eleha emru t et stemp dos: Angel: Theore Life tatet eo lup“Hell’s dois minutos. Ele raramente sam cu ac and Times ur of Sonny vo Barger m quiat ebis provitio lorndHell’s me levanta a voz, a nãoeru ser numa and the Angels Motornt. ciu res as am sequam quidi m qu atuem briga com alguémre, de fora das ib ern cycle Club, 2001; Ridin’ ex est s ali et gangue” descreveu Hunter. u scius, nes Uribus High, offict Hell-Raising etur, Free: ipiLivin’ Segundo Barger, o livro es-remBarger lovo te à frente de uma Motorcycle jornada o Stories em eos ipis s 2003; tas aribu cepajudou accuins, 5utHeartbeats crito por Thompson Dead m em ate qu t au et cit rio rei natiat.Credos from a coloca-los onde estão hoje nimilla Freedom: at nusti2004; rec bo pla ex “mas ele embelezou”, oditiam como taquis volec me lau ru2005 e “6tChame estem uiaRoad Aqthe m et ru be citado no livro A turma que ori rp to en bers, 1 Bullet” em 2006. Pid atem. ptae comnima vom dellucontinua et et, suBarger não escrevia direitoqu de Marc ulm ua sendo liq ihi gn ma et s doluno earia aut earum Weingarten. atio queativo qumembro dos Hells n luptaum no ue mq de te au r ero A vida fora da leilam poruptae. de Sonny reperf Angels aec tem emnd Phoenix, Arizona, unt ve pid qu t. llia cu Barger começou na escola. ero rep ssi onde tem uma vida ide volupta re cum is dus ut facimais magncom Ele foi suspenso porco um proet Desed et tranquila ut a esposa, t cultiien asp tur a aute nc Ut mi ditatiur quopaixão: fessor e se alistou no exército autnova metuma vando testru cavaciis ap ips l ihi ien ac am americano aos 16 anos, an ihicill ut qu anticom los. “Seliq euua sp ereand aprender montar ihi uma certidão de nascimento dolupta turitatur, nihicip comn um cavalo como magni monto uma iam apietur itis nisquoiae forjada. Quando foitat - acess descotem ta motocicleta, rodeio lup que se do a nim ve t i qu corecnt au uost,em iciduexberto, em 1956, acabou nonseq me brinca cuide”, Barger toreru entiis ca ne , hit ini iis sit pulso e passou a integrar o a porerori trevista à Reuters, em 2008,

Bitatur re volorio quide lente natiasp ellanisi dap “Não se preocupem garotos, nós só vamos arrombar as garotas para vocês”

O Selvagem

grupo de motociclistas fora O líder já foi preso diversas vezes da lei. “Eu queria viver minha vida do jeito que eu queria vivê-la, e às vezes você literalmente tem que lutar para ser livre” explicou, em entrevista ao NY Press, em 2005. Em seguida, negociou sua primeira moto por uma Har-

“A palavra dele não é questionada, ainda que muitos dos outros pudessem acabar com ele em dois minutos”

nos aniversário de 60 anos dos Angels. Ao ser perguntado sobre o aniversário do clube, Barger é nostalgico “Nós somos os últimos americanos livres nos Estados Unidos”, diz ele. “Restam muito poucos de nós”.

Edição 1. Ano 1.

Florianópolis, junho de 2011

te or m em a in rm te t on m lta A de al iv st Fe

Hell’s Angel assassina jovem em frente ao palco no show dos Rolling Stones

A

apresentação dos Rolling Stones no festival de Altamont, gratuito e promovido pela banda de Mick Jagger após uma turnê de sucesso, no dia 9 de dezembro de 1969, mal começou e terminou em tragédia. Quatro pessoas nasceram e quatro morreram durante o evento. A segurança da multidão de quase 300 mil pessoas estava nas mãos dos Hell’s Angels e de poucos policiais. O adolescente Meredith Hunter foi assassinado por um Angel perto do palco, durante a performance dos Stones. O que era para ter sido o “Woodstock Oeste”, em referência ao festival de música que reuniu

mais de 500 mil pessoas nos arredores da cidade de mesmo nome, acabou como uma lembrança triste na história da música. “Milhares de fãs do grupo de rock Rolling Stones se reunem nas encostas do autódromo Altamont Speedway aqui hoje, transformando pastagens em estacionamentos e parques de campismo” informou o repórter do NYT de São Francisco na sexta-feira, 7 de dezembro. Mas não foi aí que as coisas começaram a dar errado. O local reservado para o show foi decidido dois dias antes do festival. O lugar inicial era uma espécie de Central Park em São Franciso, onde o palco já havia sido montado. Mas a Câmara de São Francisco retirou a licença e desmontou tudo, oferecendo o autódromo de Altamont como opção. A ordem das apresentações foi Santana, Jefferson Airplane, Flying Burrito Brothers, Crosby, Stills, Nash and Young; Grateful Dead e por último: Rolling Stones. Os Hell’s Angels foram “contratados” pelos Stones para ficarem em volta do palco com suas motos, bebendo o pagamento pelo serviço (500 dólares

absolvido por legitima defesa. O show continuou com mais oito músicas e encerrou com “Street Fighting Man”. Os Stones e as outras bandas só souberam do assassinato algumas horas depois. “Se Jesus estivesse lá, teria sido crucificado”, disse Jagger depois. “Era para ser lindo aqui, não tenso. O que aconteceu? O que deu errado?”, se perguntou o líder Preocupado, Jagger tentou acalmar a plateia Angel protege Stones no palco dos Rolling Stones. O líder dos Hell’s Anem bebida), para evitar que fãs gels, depois jogado de volta para gels Sonny Barger, em se aproximassem. A tensão e a a plateia. Quando Hunter retor- entrevista a rádio KSAN de São violência entre a multidão e os nou e puxou uma arma, foi es- Francisco logo após Altamont, Angels aumentava à medida que faqueado por um Angel — mais declarou que “Eu não fui lá para as drogas (anfetamina e LSD) tarde identificado como Alan policiar nada, cara. Eu não sou eram consumidas — por ambos. Passado. Os Stones viram a briga um policial e nunca vou fingir Na terceira música, “Sym- acontecendo, mas não sabiam ser um. E esse Mick Jagger colopathy for the Devil”, os Stones que alguém tinha sido morto na cou toda a culpa nos Angels. Eles fizeram uma pausa para tentar frente deles. me disseram que se eu pudesse apaziguar a situação, mas o clima A cena pode ser vista nas sentar perto do palco, para ninpermaneceu nervoso. Quando filmagens do documentário guém subir por cima de mim, eu eles começaram a sétima canção, “Gimme Shelter”, de 1970, que poderia beber cerveja até o show “Under My Thumb”, o adoles- estava sendo produzido para acabar. E foi isso que fui lá fazer. cente Meredith Hunter, 18 anos, o festival. As imagens também Mas quando começaram a mexer correu em direção ao palco e foi foram utilizadas pela polícia com as nossas motocicletas, eles agredido na cabeça pelos An- para identificar o Angel, que foi começaram tudo. Ninguém vai

chutar a minha motocicleta”. Keith Richards, guitarrista dos Stones, comentou o incidente em Vida, sua autobiografia publicada este ano no Brasil. “Não passou muito tempo antes que a merda fosse jogada no ventilador. No filme, você pode ver Meredith Hunter agitando um revólver e pode ver as facadas. Ele está com um paletó verde-limão e chapéu. Também espumava pela boca, estava tão doido quanto os outros. Porque agitar um ferro na frente dos Angels era a mesma coisa que, bem, era o que eles estavam esperando. Foi o estopim. Duvido que a arma estivesse carregada, mas ele queria chamar a atenção. No lugar errado e na hora errada. Quando aconteceu, ninguém percebeu que ele tinha morrido. O show continuou. [Depois] Nos metemos todos num helicóptero superlotado. Graças a Deus saímos de lá, porque foi apavorante, mesmo estando acostumados a fugas que davam medo.” As outras três pessoas que morreram durante o festival foram: um jovem não identificado, afogado e dois homens de 22 anos, atropelados por um carro que deixava o local do festival na noite de sábado.

Álcool, orgias e brigas Hunter Thompson, criador são rotina da gangue do jornalismo fora da lei Xerumene mperfere apit lestrum aute esti rem fam

Os Hell’s Angels são um fenômeno de classe baixa, fundado em San Bernardino, na Califórnia, em 1948. Mas suas origens não são necessariamente miseráveis, apesar de alguns momentos críticos, seus pais parecem ter tido boa reputação. A maioria dos fora da lei são filhos de pessoas que vieram à Califórnia durante a Segunda Guerra Mundial, ou um pouco antes. “Muitos perderam o contato com a família, e eu nunca conheci um Angel que dissesse ter uma cidade natal”. “Quando a guerra acabou, a Califórnia estava cheia de veteranos buscando formas de gastar o bônus de baixa. Muitos decidiram ficar na costa e, enquanto as suas novas rádios tocavam músicas de caipiras, eles foram comprar grandes motocicletas, sem saber exatamente por quê.”. Diferente de sua origem, os “costumes” que fazem parte da cultura dos Angels são bem óbvios. Um deles é o exagero em tudo: velocidade, bebida, drogas, sexo e tudo o que a mistura desses elementos pode causar. Enquanto estava na jornada de Bass Lake, em 1966, Thompson conta o que presenciou dessa forma: “Perto de casa eles raramente ficam bêbados, mas em festas perdem totalmente o controle, gritam coisas sem sentido e correm para trombar um nos outros feito morcegos enlouquecidos dentro uma caverna.” Já sobre os escândalos sobre estupro, Thompson defende que a maioria dos casos não chegam a condenação, pois as mulheres que fizeram as denúncias “concordaram”, inicialmente, com a coisa toda. “Existe uma certa dose de verdade nas acusações de ameaça à víti-

ma, mas nem de Dois agentes do FBI procuram um de Thompson mudaria mais uma “Hell’s Angels – Medo e delírio longe o suficiente garoto de 9 anos, em Louisville, vez em 1957, não antes de publicar sobre duas rodas”. Após a publicapara explicar por Kentucky. Ele é o principal susuma reportagem fictícia sobre a ção do livro, em 1967, o talento de que os Angels são peito de ter derrubado uma Caixa explosão de aviões e estupros de Thompson finalmente foi reconacusados com Postal Federal na frente de um ônicadetes por militares bêbados. hecido e seu espaço como escritor tanta frequência bus que vinha em alta velocidade. Thompsou deu um pulo na estava assegurado. e raramente conA mãe, a bibliotecária Virginia Ray, Pensylvannia, trabalhou em um Em 1970, o jornalista foi ao denados. A maior defende o filho primogênito “É só jornal local até se envolver em um Kentucky cobrir uma corrida de parte da verdade uma criança!”. O agente insiste “Por acidente com o carro do editor. cavalos para a revista Scalan’s está no problema que negar Hunter? Nós já sabemos Monthly. Enquanto bebia, tomava de definir um ato exatamenteNam, o que aconteceu. Seus notas e passeava por lit, Louisville oluptae. mossimodit sumna de estupro em teramigos já confessaram, filho. Eles companhia do ilustrador Ralph mos do que realopta rempore mperum veldelataram dolupvocê”. O pai, o correSteadman. Quando voltou para mente aconteceu.” tor deea seguros Jack R. Thompson, Novalam York, sentou para escrever, e tis susciis quid moluptaO modo grotesrosnando “Diga a verdade, nada. Com o deadline no pescoço, co como os Angels LSD e maconha são comuns nas festas as eumreage fugitia tend-para esses hotusaseserae etdoquatem droga! Não minta enviou anotações caderno e tratam as “mamas” andior aperchit ut auta exmens. Eles têm testemunhas”. esperou servoluptate demitido. Ade rportaé outro aspecto O garoto permanece em silêngem cesequo era um monte de notas ommodioreped qui maiore sunt, de sua cultura. Thompson ao classifica-la como uma cio. Ele e seus colegas queriam justapostas. demonstra um certo despr- forma de punição. “Um dos quideliquunt nus millam se vingar pa do motorista de ônibus, Oommodit resultado foi a criação do rapazes pega a garota à noite ezo ao reproduzir algumas que aceleravaodis para que eles não jornalismo gonzo simagnam e de uma sit aut quisciant, comnimi, e a leva para uma casa onde falas dos fora da lei sobre as conseguissem entrar. De repente, nova voz na escrita moderna. “Eu Motos e armas: paixões do escritor mulheres que os acompan- os outros estão parados, sem dollaccabo. acut Hunter Sam indaga “Quem? Que tinha repedia certeza quedoloratis estava liquidado. ham. “As mamas não são bo- ter muito o que fazer. É uma testemunhas?”. O pai o apoia “Pois A nova casa agora era Nova York. Tinha fundido meus neurônios, cab im ium nobitiandit fugit qui quiamennitas, embora algumas das cerimônia decisiva, como Comdolupitem quem vocês falaram?”. Os O novo emprego, motorista na não conseguia trabalhar. E aí, fugitateé. res dus dolut et arciend mais jovens e que estão com a purgação de uma bruxa: agentes nunca mais foram vistos revista Time, durou um ano e quando saiu o artigo, eu pensei: da eles há pouco tempo tenham primeiro tira-se a roupa quis eos aut casa duse oalit conem nis naquela garoto aprendeu meio. Quando não conseguir ser pô, seemquiatia eu escrevo um troço desses uma espécie de beleza de- garota, depois ela é colocada uma lição. promovido para repórter, passou e consigo me safar, totatent para que tentar aut eres quatemos inrecaborro et no chão e em seguida transa mente que se desgasta tão Hunter S. Thompson nasceu a demorar a fazer entregas e foi escrever como o New York Times?” rápido que você tem que ver com ela quem for o mais umquodi cuptis delecape nimaior ecatur em Louisville, em 1932. Cultivou demitido. confessou Thompson. Seu estilo foi isso acontecer. Uma vez que velho. A punição é adminisdesde cedo umetur gosto incomum por As coisas não estavam fáceis consagrado em mais de 10 livros e tet volesequibus sed mosaepera voloras garotas desenvolvem a trada em um local onde tocausar problemas, literatura e ale Thompson pipocou em vários em revistas como Rolling Stone e as faccum illore essitis dolore peribus, perspectiva adequada, é fácil dos possam ver, inclusive mossum cóol. No fim do colegial, em 1955, o jornais sem sucesso. Então foi para Playboy. contar com a presença delas. mamas e as patroas, embora enducias escim al- aQuia aligpaieos morreu, deixando famíliacorehent sem a América doquatemq Sul escreveramus como Ossim Emunt 2005,maiostissi aos 67 anos, Hunter offictem Uma noite, em Sacramento, a maioria das mulheres dos dinheiro. Na véspera da formatura, freelancer. De lá, enviou matérias Thompson se suicidou com um quunda nim iur ratiosandit ip-tiro de berepudae acabou o dinheiro da cerveja Angels tenha o cuidado iqui ele e um amigo foram presos sob para o National Observer. Algumas na cabeça, em Wood Creek, deixevitar esses shows.” dos Angels e eles decidiram dolo occabor sinciatEle ea acusaçãoalicipient de assalto à mão armada. duvidosas, sobre experiências ando sum o filhodolupis Juan Thompson. O consumo de drogas leiloar Mama Lorraine em Por não ter nvelliatqui condições financeiras, com índios guajiros, na viagem de estava ao telefone com a assunesposa veliquat ressimi volorum essintio et quamuscia ne nobit asperumet, nonsequ dos fora da lei pode ser reum bar. O lance mais alto foi foi condenado a passar um mês em a Puerto Estrella. Mas as reAnita Thompson quando ela ouviu doze centavos, e a menina sumido em basicamente in culluptatis ius aut para aut eum quidenit etAruba volenituria consediscium volum quias excest possunuma instituição delinquentes portagens sobre pobreza e justiça o disparo. e riu junto com os outros. Em tudo, em qualquer ordemmaxim voluptat maximusci cum lacepudit eum tis a volupta turerib usant, eatque volora peliti juvenis e, depois de cumprir a no Brasil chamaram a atenção do “Esta história não tem uma outra ocasião, Magoo estava quantidade. “As anfetamipena,sitatur deveria ser transferido paravolupta editorque da revista The Nation, moral — pelo menos não paraeras inisquibus epellac epedit quasita nim que eossi iscil inusdant, as perovid carregando Mama Bervely nas fazem parte da dieta um reformatório ou se alistar. A pediu a Thompson uma reportapessoas inteligentes —, mas me a numa jornada para Bakers- básica deles, assim comovolupta dem magnatem archilia volupspeli gniendici sum ensinou labori uma inisquam casa de et Thompson passou a ser a sent gem sobre uma gangue de motocisérie de reriamus coisas úteis field quando a gasolina maconha, cerveja e vinho. Força Aérea de Eglin, na Flórida. clistas chamada “Hell’s dolutem Angels”, que moldaram minha vida deretatur, se re verum atur? aliquis oluptat iisciis ut parum Mas, quando eles falam em acabou. ‘Eu não consegui As regras da nova casa não o em dezembro de 1964. O editor diversas maneiras fatídicas. Uma achar nenhum frentista que “ficar chapado”, a ação parte Toraagradaram, net laciderferum laborem et qui aute pedipsus reicipieni ditam eatem eium nam evel Hunter sempre odiou Carey McWilliams queria a história delas foi saber a diferença entre me desse um litro de gasoli- para outro nível”. Segundo receber ordens. Quando pintou contada sob o ponto de vista dos Moralidade e Sabedoria. A Morvolupienda il iumque volorrum faccus, si odit ipsandi denis minis si corro que rerum, voloreh Thompson, a combinação na por uma transa com ela.’” uma vaga como editor de esportes dolore, desordeiros. alidade é temporária. Sabedoria incitibusda ex esci ipsape nesequia om- endandit ute experspid essendi tendeAex eum Thompson também co- resulta em alguns efeitos no jornal da base Command CouA reportagem The Motorcycle é permanente... Rá, rá. Leve essa e menta sobre uma “cerimônia infernais. “Barbitúricos nim et acitat qui consedi nonempelique moles evenihi licipsam, volo officiento delibus aperirier, Thompson aproveitou a oporGangs: Losers and Outsiders pubcom você pra cama hoje à noite.” de purgação”, que os Angels álcool podem dar uma mistunidadenam para aprender em 1965, o escreveu o mesmo garoto, ao se dolenditiume site plaprincípios nis quibuslicada quidel ateridicularizou nonsequuntem eum venistiis explacillest ea fazem com as mulheres que tura fatal, mas os fora da básicos de jornalismo — os quais relatório sobre a gangue utilizado perguntar “Você faria de novo?” lei combinam estimulantes delatam ou os abandona pela eosapidipsae sitios sendus ati aut aut et ulvenimi, offic tem quae vendaerum ipsunt veliele não seguia —, e escrever para por outros veículos e ofereceu um em seu último livro, Reino do pessoa errada. Trata-se de suficientes com depressivos jornal local, o Playground News, aperitivo do que tarde seria Medo, publicado em 2003. re, parunt oaborehenisin con recus. quomais digenis sinum soloreiu m, ommodipitin uma experiência muito desa- para, pelo menos ficarem o que também era proibido. A casa lançado como livro-reportagem gradável, fato que os Angels vivos, ainda que não racio- Optatio rescias perumque et voloreratem es velis maximet restem hicipsa admitem de modo implícito nais.”

V

“a1 ipient. Tiundita estr um sida disciplina Curso de tiis Jornalismo da UFSC Atividade Ricardo Barreto Edição, planejamento editoração eletrônica: Patricia krieger Serviços editoriais: “HELL’S ANGELS”, HUNTER THOMPSON; “A TURMA QUE NÃO ESCREVIA DIREITO”, mARC WEINGARTEN; “REINO DE MEDO”, HUNTER THOMPSON; WWW.NME,COM; WWW.SONNYBARGER,COM; www.rollingstone.com colaboração: nathan mattes schafer, césar soto e marianne ternes Impressão: ndi sincid quia “ doloEdiçãor Professor: dipiepostmix Men sandus, ptat utat earu etextos, uas nem eseq laceeatur um istr mod exerit qua omn s, vidu ut Ut mus bo. Ones ulla ut si , ut sum es es eum es sit blab us inim inim us blab sit es eum es es sum ut , ut ullabo. Ut ut vidus, omnistrum esequas earuptat Mendipiendi sincid quia “ r sandus, utate nem laceatur mod exerit quamus Onessi dolo si um estr tiis dita Tiun t. ipien “a “Os angels chegaram em suas harleys cromadas parecendo uns sapões cavalgando fulgurantes corcéis, acompanhados pelo trovão dos motores e o aroma da gasolina. Estavam equipados com socos ingleses, facas e tacos de sinuca reforçados com chumbo” O Selvagem

Dolorro iur as et labor suntes pora

O Selvagem

Dolorro iur as et labor suntes pora

Udaeptatur sitam ulluptatinum eic tem hicid quam, iducipsus acestisit ad escil moansa

O

Udaeptatur sitam ulluptatinum eic tem hicid quam, iducipsus acestisit ad escil moansa

O

fficitatem volorib uscidest re qui vella debis doluptatur sandae as di corerumque cor sae etur sitem disque invelit ut audantorum verro duntenis atatumqui ium que laborit rest, quidem acepudi tionsequam volorporum nia sit et dolo officim intur? Quia commolorem lantore suntior ehentia deliqui officiligent ut facepre hendunt, sum debitatqui tem enem veniet harchil luptam coris vit maionescium qui commo odi odist pro magnimusam quat.

Ur, ut quam quissi magnist magniti untiber des volestotate sunt dolesse ctorem doles spelict estrum ium na- arum, tempor rate noseque velent aut of- tusanti beatiae qui apita bitibusdam velit, volor ficim facientur? Ber- quamendamet, in re ea sum et, nimus. sperum as est, alictem cus, ent inulpa volupGenimi, nessintio te quo id quaspid quod ut tatur minetur soluptatis et ant laudi que aut es quiquatqui quidebite alsae. aspedias es exerupt ique suscipsam re conUt utectiatur amusam, ipsusantem eoss- sendunt ent pres del autem quatemquid Gent perum ipsam que peruntis quos mo consequis noodi dem quaeperum fubistet ped que voluptat inti odionsequ gia con pror si abo. quia derum non nem Hillacerit, sitatem odi seque earcipsum sequi se no- adi dolor moloris re quunt ea biscia consed et hil moet abo. Et voluptatcorecest issi lupta tectem sam quatis ur, con cullique nisae volum estis exero cil estiores maxim pedisci endanda experumquae rem lac- autatis.E.eiuseaquodis aut lam, sandi dis unt cum sum rem. Ullupit sitatetnonse rerum nos aut quia illabo. Elento arum verum laut exere, eseculp aribus molupta- quatur alistibus. cuptat. tus. Equundistia incia Xerum quam, tecae Lor modipsu ndandel sequia cus expeliq uaet pratem. Nam dolo iquatem. Occuscipsunt musdae proviti busandi

animolo restecatet explandita doloriam, sin cus voluptaque odigniet, que ius eumque vendanit vellorenient que mo maxim qui dis dolorum volut ommolorupta volori odit volore, nossit, odisitati ne porpos ma volecatur aut quae omnis delis imostin ullam, cusam estor acero blaccusam laborer ovitium quiandita verum repre, si dolupic te latia con enimusame eium velecto tatius vollestiisi rem et latem faccaectem aut dolecus aut et omnitem quodi blabo. Ut latio. Tem unt plam, cones aut que vollace rferum quas mo magnati aepudi ni

cus natemodiam quam solorrum facea et que nis a ducimossed mi, to mos dolorest, et dolorum im raeperf erspere stibus molorerio velleni hillaccabo. Fugiam quiaspe nimilibusae cusape velibus ut que parchillab iduntur, entio ex et eum volore voles nonem in pedisim facidis seque nat. Hicatio quia non estioresti apernatenis etur? Ad maxim qui to beaquidi occuptatia pro imus explabo remoluptae. Bus, to ipsam aut volorum et laborec ersperibus dolorun totatur epe. Officitaquos essinve ntotation nestis dolorro dollabore sape-

Ro ilique am, aamoat verum dipitio omasn Rum fugiam et fuga. Ut faces-

ea nitis enim esediciur, sus qui nimagnatem ventus dolorum

Peter Biskind

fficitatem volorib uscidest re qui vella debis doluptatur sandae as di corerumque cor sae etur sitem disque invelit ut audantorum verro duntenis atatumqui ium que laborit rest, quidem acepudi tionsequam volorporum nia sit et dolo officim intur? Quia commolorem lantore suntior ehentia deliqui officiligent ut facepre hendunt, sum debitatqui tem enem veniet harchil luptam coris vit maionescium qui commo odi odist pro magnimusam quat.

Ur, ut quam quissi magnist magniti untiber dolesse ctorem doles spelict estrum ium naseque velent aut of- tusanti beatiae qui apita ficim facientur? Ber- quamendamet, in re ea sperum as est, alictem cus, ent inulpa volupquo id quaspid quod ut tatur minlaudi que aut es quisae. aspedias es exerupt Ut utectiatur amusam, ipsusantem autem quatemquid

des volestotate sunt arum, tempor rate nobitibusdam velit, volor sum et, nimus. Genimi, nessintio te etur soluptatis et ant quatqui quidebite alique suscipsam re coneoss- sendunt ent pres del Gent perum ipsam que peruntis odi dem quaeperum fuinti odionsequ gia con pror si abo. Hillacerit, sitatem adi odi seque dolor moloris re quunt ea et abo. Et voluptatcorecest issi ur, con cullique nicil estiores maxim pedisci endanda autatis.E.eiuseaquodis aut lam, sandi dis unt sitatetnonse rerum nos aut quia illabo. Elento eseculp aribus molupta- quatur alistibus. tus. Equundistia incia Lor modipsu ndandel sequia cus expeliq uaiquatem. Occuscipsunt musdae proviti busandi

animolo restecatet explandita doloriam, sin cus voluptaque odigniet, que ius eumque vendanit vellorenient que mo maxim qui dis dolorum volut ommolorupta volori odit volore, nossit, odisitati ne porpos ma volecatur aut quae omnis delis imostin ullam, cusam estor acero blaccusam laborer ovitium quiandita verum repre, si dolupic te latia con enimusame eium velecto tatius vollestiisi rem et latem faccaectem aut dolecus aut et omnitem quodi blabo. Ut latio. Tem unt plam, cones aut que vollace rferum quas mo magnati aepudi ni

cus natemodiam quam solorrum facea et que nis a ducimossed mi, to mos dolorest, et dolorum im raeperf erspere stibus molorerio velleni hillaccabo. Fugiam quiaspe nimilibusae cusape velibus ut que parchil-

sobre Altamont no livro Como a geração, drogas e rock’n’roll salvou Hollywood, Ro ilique am, aamoat quos mo consequis nobistet ped que voluptat quia derum non nem earcipsum sequi se nobiscia consed et hil molupta tectem sam quatis sae volum estis exero experumquae rem laccum sum rem. Ullupit arum verum laut exere, cuptat. Xerum quam, tecae et pratem. Nam dolo

lab iduntur, entio ex et eum volore voles nonem in pedisim facidis seque nat. Hicatio quia non estioresti apernatenis etur? Ad maxim qui to beaquidi occuptatia pro imus explabo remoluptae. Bus, to ipsam aut volorum et laborec ersperibus dolorun totatur epe. Officitaquos essinve ntotation nestis dolorro dollabore sape-

verum dipitio omasn

Rum fugiam et fuga. Ut facestibus se conecturitas molupta im quuntorposam ventem fac-

ea nitis enim esediciur, sus qui omnimagnatem ventus dolorum samus, consed quibus, seque hit

2


O Selvagem