Page 1


Índice Introdução ao CorelDRAW X4 ............................................................................................ Conceitos de Imagens .......................................................................................................... Resolução ............................................................................................................................. Modelos de Cores ................................................................................................................. Terminologia e Conceitos do CorelDRAW X4 ................................................................... Execução do CorelDRAW X4 ............................................................................................. Janela de Aplicativo do CorelDRAW X4 ............................................................................ Ferramenta de Área do CorelDRAWX4 .............................................................................. Barras de Ferramentas .......................................................................................................... Barra de Propriedades... ........................................................................................................ Janela de encaixe .................................................................................................................. Paleta de Cores ..................................................................................................................... A caixa de Ferramentas ........................................................................................................ Salvando o seu Trabalho ...................................................................................................... Configuração......................................................................................................................... O Ponto Zero ....................................................................................................................... A Ferramenta Retângulo ..................................................................................................... A Ferramenta Polígono ........................................................................................................ Ferramenta Zoom ................................................................................................................. Contornos e Preenchimentos ............................................................................................... Preenchimento de Malhas ................................................................................................... Recursos com Objetos ......................................................................................................... Ordenando Objetos .............................................................................................................. Textos Artísticos e Textos de Parágrafos ............................................................................ Formas para o Texto Artístico .............................................................................................. Código de Barras no CorelDRAW X4................................................................................. Efeitos com Objetos ............................................................................................................. Efeitos Especiais ................... .............................................................................................. Efeito Lente .......................................................................................................................... Efeito PowerClip .................................................................................................................. Pré-visualização de Trabalho ............................................................................................... Vetorização .......................................................................................................................... Atalhos do CorelDRAW X4 ................................................................................................ Exercícios Práticos e Teóricos ........................................................................................... Anotações ............................................................................................................................. Introdução ao Corel PHOTO-PAINT X4 ............................................................................. Termos Utilizados no Corel PHOTO-PAINT ...................................................................... Execução do Corel PHOTO-PAINT X4 .............................................................................. Selecionando uma imagem ................................................................................................... Utilizando os tipos de seleção .............................................................................................. Caixa de ferramentas ........................................................................................................... Utilizando a Ferramenta Cortar (D) ..................................................................................... Utilizando a Ferramenta Zoom (Z) ...................................................................................... Utilizando a Ferramenta Borracha (X) ................................................................................. Utilizando a Ferramenta Texto (T) ....................................................................................... Utilizando a Ferramenta Preenchimento (F) e Preenchimento Interativo (G) ..................... Ferramenta Pintura (P) ........................................................................................................ Utilizando a Ferramenta efeito (V) ...................................................................................... Ferramenta remoção de olhos vermelhos (5) ...................................................................... Usando a Ferramenta sombreamento interativo (S) ............................................................. Utilizando a Ferramenta de Transparência de objeto interativa (1) .................................... Anotações .............................................................................................................................

2 3 4 4 5 5 6 7 8 8 9 9 10 13 14 14 15 15 17 17 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 32 36 42 43 44 44 47 47 48 50 51 51 51 52 52 53 55 56 56 57


Introdução ao CorelDRAW X4 O CorelDRAW ® X4 é um novo aplicativo utilizado para a criação e edição de imagens vetorias, além de permitir a manipulação de arquivos em formato de mapas de bits, também chamados de “bitmaps” ou simplesmente “arquivos BMP”. Hoje, o CorelDRAW é usado em desenhos artísticos, publicitários, logotipos, revistas, livros, jornais, CDs e qualquer outro tipo de impresso com características gráficas simples ou de alto teor de elaboração, imagens para Internet (botões, ícones, animações gráficas, etc) cartazes e muito mais elementos que, a partir de agora vamos praticar confeccionandoos e descobrindo as ferramentas usadas nesses trabalhos. Vamos abordar as principais ferramentas, procedimentos e propriedades do CorelDRAW ® X4 para produção de gráficos vetorias e manipulação de arquivos BMP.

Requisitos mínimos de sistema: - Windows® XP (com o SP 2 ou mais recente) ou o Windows Vista™ (edições de 32 bits ou de 64 bits) - 512 MB de RAM, 430 MB de espaço livre no disco rígido - Processador Pentium® III, 800MHz ou AMD Athlon™ XP - Monitor com resolução de 1.024 × 768 ou superior - Unidade de DVD - Mouse ou mesa digitalizadora


Antes de começamos a “desenhar”, existem algumas noções básicas sobre o programa, tipos de arquivos e termos usados que precisamos conhecer. O CorelDRAW trabalha com vários tipos de arquivos, entre eles os mais usados são imagens comuns de câmeras digitais, da internet ou produzidos por digitalizadores, esses arquivos são chamados de Bitmap, e o outro tipo é o Vetor, que é, com certeza, o motivo do sucesso do programa. Conceitos de Imagens Conceitos Vetoriais O CorelDRAW usa gráficos chamado Vetoriais, nesse tipo de gráfico as imagens são produzidas por fórmulas matemáticas que determinam a posição, o comprimento e a direção em que as linhas são desenhadas, mas calma! Você não vai precisar aprender fórmulas para poder usar o CorelDRAW, deixa que essa parte o computador faz sozinho. Os Gráficos Vetoriais (ou vetores) são, popularmente, tipos de imagens que não perdem a qualidade quando redimensionamos ou aplicamos um zoom, ao contrário das imagens em Bitmap. Os vetores proporcionam imagens ideais para quem precisa de resoluções altas e imagens precisas, além de possibilitar grande facilidade na edição. Os vetores são muito utilizados como ilustrações, na criação de desenhos que exigem linhas e retículas claras e nítidas – como no caso de logomarcas, por exemplo. Temos vários objetos que formam a figura totalmente vetorizada, para entender melhor, ela é feita em modo “Aramado” e depois se aplica os preenchimentos e efeitos de cores. Conceitos Bitmaps Os bitmaps ou mapas de bit são constituídos de grades (também chamadas de rastreios) contendo pequenos pontos quadrados, denominados pixels. Qualquer imagem seja na tela ou impressa, estrategicamente posicionadas na vertical e na horizontal. Assim como os pontos, as colunas são várias e distribuídas uma ao lado da outra. No cruzamento entre uma coluna vertical com uma horizontal, encontra-se um destes pontos. Cada um deles é um pixel. Imagens comuns (com extensões. jpg, png, .bmp, etc) são sempre formadas por pequenos pontos, cada um com uma cor específica. Geralmente, as imagens bitmap são digitalizadas ou mesmo desenhadas dentro do próprio aplicativo. E, como são formadas por pontos (pixels), podem com facilidade estourar, caso possuam suas dimensões alteradas, principalmente para mais. O redimensionamento de uma imagem bitmap exige certas modificações, como a da resolução, por exemplo.


Resolução A resolução é a quantidade de informação que uma determinada imagem possui. Tecnicamente é a quantidade de pixels existentes em uma polegada quadrada. Se você possui uma imagem com 96 pixels por polegada, ou seja, 96dpi, essa imagem possui 9.216 pontos distribuídos por cada polegada quadrada, ou seja, 96 pixels de altura por 96 pixels de largura. Então podemos concluir que quanto maior o número de pixels existentes numa imagem, maior será a quantidade de informações e maior será o arquivo. Baseado nisso, podemos dizer que as resoluções com valores 72, 85 e 96 dpi são consideradas baixas e são mais usadas em imagens que serão apresentadas em monitores. Já as resoluções com valores 150, 200 e 300 dpi são consideras altas e são mais usadas na indústria gráfica, para realização de impressos. Modelos de Cores Aqui iremos abordar apenas 2 modelos de cores, os mais utilizados no CorelDRAW. Vale lembrar que não existem apenas esses modelos de cores. Então, vamos conhecer os modelos RGB e CYMK. RGB - É o modelo de cor da Luz. O RBG é composto por três cores primárias: (R) Vermelho (G) Verde (B) Azul Cada uma das quais podendo variar entre 256 níveis de intensidade (denominando valores de brilho) CYMK - O sistema "CMYK" é utilizado pela Indústria Gráfica nos diversos processos de impressão, como por exemplo: o Off-Set, e o processo Flexográfico, bastante usado na impressão de etiquetas e embalagens. O "K" da sigla "CMYK" corresponde à cor “Preta” (em inglês, “Black”), sendo que as outras são: (C) Cyan (ciano) (M) Magenta (Y) Yellow (amarelo) (K) Black (preto) Funciona pelo processo de pigmentação, ou seja, algo emite a luz, essa luz é projetada sobre um objeto que absorve (subtrai) um pouco de luz e reflete o restante. A luz refletida é o que você vê. Cada uma das cores do CYMK varia de 0 a 100% de aplicação.


Terminologia e Conceitos do CorelDRAW X4 Antes de começar a utilizar o CorelDRAW, familiarize-se com os termos a seguir: Termo Objeto

Desenho

Gráfico Vetorial

Bitmap Janela de Encaixe

Menu Desdobrável Texto Artístico Texto de Parágrafo

Descrição Um elemento de um desenho, como uma imagem, de uma forma, uma imagem, um texto, uma curva, um símbolo ou uma camada. O trabalho criado no CorelDRAW: por exemplo, arte-final personalizada, logotipos, pôsteres e boletins informativos. Uma imagem gerada a partir de descrições matemáticas que determinam a posição, o comprimento e a direção em que as linhas são desenhadas. Uma imagem composta de grades de pixels ou pontos. Uma janela que contém os comandos e as configurações relevantes para uma ferramenta ou uma tarefa específica. Um botão que abre um grupo de ferramentas relacionadas. Um tipo de texto ao qual você pode aplicar efeitos especiais, como sombras. Um tipo de texto ao qual você pode aplicar opções de formatação e que pode ser editado em grandes blocos.

Dica: Esses são os termos essenciais para seguir em frente no seu estudo, mas outros virão, fique atento a tudo o que aparecer na tela do computador e leia tudo, isso vai fazer uma diferença enorme no manuseio do programa, e pesquise sempre, inclusive no menu Ajuda do CorelDRAW, lá você vai encontrar auxílio e esclarecer suas dúvidas mais pertinentes. Lembre-se: A informação é o melhor caminho.

Execução do CorelDRAW X4 O CorelDRAW X4 pode ser executado de maneira simples e rápida, para isso: 1- Abra o menu “Iniciar” e posicione o apontador do mouse em “Todos os programas” 2- Procure pelo grupo de programas denominado “CorelDRAW X4”. 3- No submenu, clique no ícone referente ao CorelDRAW X4. Após a inicialização, o programa exibe uma janela contendo alguns ícones para a execução de ações rápidas (figura a seguir).


Ao clicar sobre o ícone “Novo” o aplicativo se iniciará exibindo uma tela pronta para a produção de um novo documento gráfico. Janela de Aplicativo do CorelDRAW X4

A tela do CorelDRAW X4 é composta dos seguintes elementos, observe-os: Barra de Título

Barra de menus

Régua

Janela de desenho

Barra de ferramentas (padrão)

Janela de encaixe

Página de desenho

Caixa de ferramentas

Paleta de cores

Navegador de documentos

Navegador Status

Barra de propriedades


Parte Barra de propriedades

Barra de ferramentas

Barra de título Réguas

Caixa de ferramentas

Janela de desenho Página de desenho

Paleta de cores Janela de encaixe Barra de status

Navegador de documentos

Navegador

Descrição Uma barra de encaixe com comandos relacionados à ferramenta ou ao objeto ativo. Por exemplo, quando a ferramenta Texto está ativa, a barra de propriedades de texto exibe comandos os quais permitem que você crie e edite texto. Uma barra de encaixe que contém atalhos para menus e outros comandos. A barra de ferramentas padrão contém atalhos para comandos básicos, como abrir, salvar e imprimir. A área que exibe o título de desenho aberto no momento. Bordas horizontais e verticais que são utilizadas para determinar o tamanho e a posição dos objetos em um desenho. Uma barra de encaixe com ferramentas para criação, preenchimento e modificação de objetos no desenho. A área fora de desenho circunda por barras de rolagem e controles do aplicativo. A área retangular dentro da janela de desenho. Trata-se da parte da área de trabalho que pode ser impressa. Uma barra de encaixe que contém amostras de cor. Uma janela que contém amostras de cor. Uma área, na parte inferior da janela do aplicativo, que contém informações sobre propriedades do objeto, como tipo, tamanho, cor, preenchimento e resolução. A barra de status também mostra a posição atual do mouse. A área, na parte inferior esquerda da janela do aplicativo, que contém controles para a movimentação entre as páginas e adição de páginas. Um botão, no canto inferior direito da janela de desenho, que abre uma pequena exibição para ajudar você a se movimentar em um desenho.

Ferramentas de Área de Trabalho do CorelDRAW X4 Os comandos do aplicativo podem ser acessados por meio da barra de menus, das barras de ferramentas, da barra de propriedades, das janelas de encaixe e da caixa de ferramentas. A barra de propriedades e as janelas de encaixe fornecem acesso a comandos relacionados à ferramenta ativa ou à tarefa atual. A barra de propriedades, as janelas de encaixe, as barras de ferramentas e a caixa de ferramentas podem ser abertas, fechadas e movidas pela tela a qualquer momento.


Barras de Ferramentas As Barras de ferramentas consistem em botões que são atalhos para os comandos de menu. A barra de ferramenta padrão, que aparece por padrão, consiste em comandos usados com freqüência. A tabela abaixo descreve os botões da barra de ferramentas padrão. Clique neste botão

Para Iniciar um novo desenho Abrir um desenho Salvar um desenho Imprimir um desenho Recorta objetos selecionados para a área de transferência Copia objetos selecionados para a área de transferência Colar o conteúdo da área de transferência em um desenho Desfazer uma ação Restaurar uma ação que foi desfeita Importar um desenho Exportar um desenho Iniciar aplicativos da Corel Definir nível de zoom

Barra de propriedades A barra de propriedades exibe as funções utilizadas com mais freqüência, relevantes para a ferramenta ativa ou para a tarefa que você está executando. Embora seja semelhante a uma barra de ferramentas, a barra de propriedade tem conteúdo que muda de acordo com a ferramenta ou a tarefa. Por exemplo, quando você clica na ferramenta Texto na caixa de ferramentas, a barra de propriedades exibe somente comandos relacionados a texto. No exemplo abaixo, a barra de propriedades exibe ferramentas de formatação, alinhamento e edição de texto.


Janela de encaixe As janelas de encaixe exibem os mesmo tipos de controles exibidos por uma caixa de diálogo, como botões de comando, opções de caixa de listagem. Ao contrario da maioria das caixas de diálogo, você pode manter as janelas de encaixe abertas enquanto trabalha em um documento, para que possa acessar rapidamente os comando e experimentar diferentes efeitos.

A janela de encaixe Propriedades do objeto é um exemplo. Quando essa janela de encaixe está aberta, você pode clicar na janela de desenho e exibir as propriedades do objeto, como preenchimento contorno e dimensões.

Paletas de cores Uma paleta de cores é uma coleção de amostrar de cor. Você pode escolher cores de preenchimento e de contorno usando a paleta de cores padrão, que contém 99 cores de modelo de cor CMYK. As cores de preenchimento e de contorno selecionadas aparecem nas amostras de cor na barra de status. A tabela a seguir descreve como escolher uma cor na paleta de cores padrão. Para Escolher uma cor de preenchimento para um objeto selecionado Escolher uma cor de contorno para um objeto selecionado Escolher entre tons diferentes de uma cor

Exibir mais cores na paleta padrão

Proceda da seguinte forma Clique em uma amostra de cor. Clique com o botão direito do mouse em uma amostra de cor. Mantenha pressionada uma amostra de cor para exibir um seletor de cores pop-up e clique em uma cor. Clique nas setas de rolagem no topo e na base da paleta de cores.

A Caixa de Ferramentas O conjunto de botões localizado na parte esquerda da tela do CorelDRAW é denominado “Caixa de ferramentas”. Repare nas pequenas setas pretas na parte inferior de alguns botões. Ao clicar sobre essas setas, as extensões e variações de cada uma das ferramentas são exibidas na forma de um menu contendo novos botões. Vamos estudar as ferramentas existentes no CorelDRAW de acordo com o nosso progresso no decorrer do curso.


Ferramenta

Descrição Permite selecionar objetos existentes na tela para a aplicação de movimentação, cópia, alteração dos atributos de cor e todas as ações que requerem a prévia seleção do objeto gráfico. A ferramenta Forma permite editar a forma dos objetos. A ferramenta pincel borrar permite distorcer um objeto de vetor arrastando ao longo do seu contorno A Ferramenta Pincel áspero permite distorcer o contorno de um objeto de vetor arrastando ao longo do seu contorno. A ferramenta Transformação livre permite transformar um objeto utilizando as ferramentas Rotação livre, Rotação de ângulo, escala e Inclinação. A ferramenta Cortar permite remover áreas indesejadas dos objetos. A ferramenta Faca permite cortar objetos.

Ferramenta

A ferramenta Borracha permite remover áreas do desenho. A ferramenta Excluir segmento virtual permite as partes de objetos entre interseções. A ferramenta Zoom permite alterar o nível de ampliação na janela de desenho. A ferramenta Mão permite controlar que parte do desenho fica visível na janela de desenho. A ferramenta Mão livre permite desenhar segmentos de linha únicos e curvas. A ferramenta Bézier permite desenhar curvas, um segmento de cada vez. A ferramenta Mídia artística oferece acesso as ferramentas Pincel Espalhador, Caligrafia e Pressão A ferramenta Caneta permite desenhar curvas, segmento de cada vez. Descrição A ferramenta Polilinha permite desenhar linhas e curvas no modo de visualização. A ferramenta Curva com 3 pontos permite desenhar uma curva definindo os pontos inicial, final e central. A ferramenta Conexão interativa permite unir dois objetos por uma linha. A ferramenta Dimensão permite desenhar linhas de dimensão vertical, horizontal, inclinada ou angular. A ferramenta Preenchimento inteligente permite criar objetos a partir de áreas contornadas para, então, aplicar um preenchimento a esses objetos.


A ferramenta Desenho inteligente converte as pinceladas à mão livre em formas básicas e curvas suavizadas. A ferramenta Retângulo permite desenhar quadrados e retângulos. A ferramenta Retângulo com 3 pontos permite desenhar retângulos em um ângulo. A ferramenta Elipse permite desenhar elipses e círculos. A ferramenta Elipse com 3 pontos permite desenhar elipses em um ângulo. A ferramenta Polígono permite desenhar estrelas e polígonos simétricos. A ferramenta Estrela permite desenhar estrelas perfeitas. A ferramenta Estrela complexa permite desenhar estrelas complexas que apresentam lados com interseção A ferramenta Papel gráfico permite desenhar uma grade de linhas, semelhante à de um papel quadriculado. A ferramenta Espiral permite desenhar espirais simétricas e logarítmicas. A ferramenta Formas básicas permite escolher entre um conjunto de formas, incluindo hexagrama, um rosto sorridente e um triângulo retângulo. A ferramenta Formas de seta permite desenhar setas com diversas formas, direções e números de pontas. A ferramenta Formas de fluxograma permite desenhar símbolos de fluxograma. A ferramenta Formas de banner permite desenhar objetos de fita e formas de explosão. A ferramenta Formas de legenda permite desenhar legendas e etiquetas. Ferramenta

Descrição A ferramenta Texto permite digitar palavras diretamente na tela como texto palavras ou de parágrafo. A ferramenta Mistura interativa permite misturar dois objetos. A ferramenta Contorno interativo permite aplicar um contorno a um objeto. A ferramenta Distorção interativa permite aplicar a um objeto uma distorção do tipo Empurrar ou Puxar, Zíper ou Torcer. A ferramenta Sombreamento interativo permite aplicar um sombreamento a um objeto. A ferramenta Envelope interativo permite distorcer um objeto arrastando a nós do envelope. A ferramenta Extrusão interativa permite


aplicar a ilusão de profundidade a objetos. A ferramenta Transparência interativa permite aplicar transparências aos objetos. A ferramenta Conta-gotas permite selecionar e copiar propriedades de um objeto na janela de desenho, como preenchimento, espessura de linhas, tamanho e efeitos. A ferramenta lata de tinta permite aplicar propriedades do objeto, como preenchimento, espessura de linha, tamanho e efeitos, a um objeto na janela de desenho na janela de desenho após a seleção dessas propriedades com a ferramenta Conta-gotas. A ferramenta Contorno permite definir as propriedades de contorno. A ferramenta Preenchimento permite definir as propriedades de preenchimento. A ferramenta Preenchimento interativo permite aplicar vários preenchimentos. A ferramenta Preenchimento interativo de malha permite aplicar uma grade de malha a um objeto.

Dica: Para uma boa definição das linhas e ângulos pressione a tecla CTRL.

Salvando o Seu Trabalho Passo a Passo 1- Basta selecionar a opção SALVAR do menu ARQUIVO. 2- Na caixa de diálogo, procure a pasta onde irá salvá-lo e em seguida entre com o nome do arquivo e clique em SALVAR. Você também poderá salvar seu trabalho através do botão SALVAR da barra de ferramentas.


Nesta janela você irá encontrar diversas opções, tais como: VERSÃO: Nesta caixa de combinação é possível informar em que versão do CorelDRAW você quer que seu trabalho seja salvo. Esta opção é útil quando o outro computador que abrirá este arquivo não possua a versão do CorelDRAW instalada. Mas atenção, alguns recursos utilizados podem não funcionar nas versões antigas, pois eles ainda não haviam sido criados. MINIATURA: Indica o tamanho do arquivo de miniatura ou se a miniatura será oculta. A miniatura é uma versão pequena, em baixa resolução, do desenho, que se incluída ao salvar o arquivo permite que você veja como é o desenho antes de abrir o arquivo. ARQUIVO DO TIPO: Permite a escolha do formato que será gravado o arquivo, podendo ser do próprio CorelDRAW (.cdr) ou não. TIPO DE CLASSIFICAÇÃO: Escolhe como será a ordem de classificação das extensões na caixa de listagem Arquivos do Tipo. INCORPORAR PERFIL ICC - Esta caixa de seleção quando ativada, permite incorporar como parte do arquivo um perfil do International Color Consortium (ICC). Este consórcio definiu um formato padrão para perfis de cores. Quando você incorpora um perfil ICC ao arquivo, a consistência de cores é garantida quando o arquivo for aberto por outros aplicativos gráficos. SEM ESPAÇOS E CARACTERES ESPECIAIS: Quando ativada, permite substituir espaços em branco e caracteres especiais, em caracteres apropriados para nomes de arquivo baseado na Web. INCORPORAR FONTES UTILIZANDO TRUEDOC: Quando ativada, inclui as fontes de texto utilizadas no arquivo, para que possam ser visualizadas em um computador que não tenha essas fontes instaladas.

Configuração Passo a Passo 1- Selecione a opção CONFIGURAR PÁGINA do menu LAYOUT para ter acesso à caixa de diálogo Opções. 2- Nesta caixa encontramos opções para o tamanho da página, layout, cor de papel e outros recursos, note que as opções irão variar de acordo com o item selecionado na estrutura do quadro branco a esquerda.


Mas existe outra forma de alterar o layout da página, é através da barra PROPRIEDADES, onde você encontra recursos para mudar o tamanho da página, tipo de papel, largura, altura e orientação, tudo do mouse. Orientação

Largura e Altura

Definições para todas as páginas ou somente para a atual.

O Ponto Zero O Ponto Zero é o encontro das medidas “zero” das medidas de ambas as réguas e pode ser marcado em qualquer parte da área de trabalho, auxiliando na precisão de posicionamento de objetos. A partir da definição do ponto zero, a inserção de linhas-guia podem ser inseridas independentemente de definição prévia do ponto zero.

A Ferramenta Retângulo Como você percebeu, a facilidade de inserção de retângulos na página de desenhos é muito grande. Observe nos procedimentos a seguir como inserir um quadrado. Passo a Passo 1- Acione a ferramenta retângulo (F6); 2- Pressione e mantenha pressionada a tecla “CTRL”. 3- Em seguida, pressione e mantenha pressionado o botão do mouse, arrastando-o pela página de desenhos até que o quadrado fique com tamanho desejado. Ao término libere o botão do mouse e a tecla “CTRL”. É possível aplicar em retângulos e quadrados um arredondamento de cantos de forma precisa. Para isso, execute os seguintes procedimentos. Passo a Passo 1- Selecione a ferramenta forma (F10). 2- Pressione e arraste o mouse em direção ao centro da figura. 3- Libere o botão do mouse ao atingir o grau de arredondamento desejado. (veja figura abaixo).


A Ferramenta Polígono Através das combinações de alguns atributos, várias formas podem ser criadas utilizando a ferramentas polígono.

Passo a Passo 1- Clique sobre a ferramenta para ativá-la ou apenas tecle “Y”. 2- Pressione e mantenha pressionado o botão do mouse, arrastando-o até que o polígono fique com o tamanho desejado. Em seguida libere o botão do mouse. O usuário também pode especificar, através da barra de propriedades, o número de lados dos polígonos, bem como outras funções para desenhar desde triângulos até estrelas.

Inclinação e Rotação de Formas Qualquer objeto contido na página de desenhos pode ser facilmente inclinado ou rotacionando através do arraste do mouse. O grau de rotação, também, pode ser definido pela barra de propriedades. Passo a Passo 1- Selecione ou trace uma figura qualquer na página de desenhos. 2- Acione a ferramenta de seleção e clique duas vezes sobre a figura. As alças de rotação devem ser exibidas, bem como o ícone de ancoragem que inicialmente fica localizado no centro da figura (Veja figura abaixo). Alças de rotação

Alças de inclinação

Ponto de ancoragem

Alças de rotação

3- Posicione o apontador sobre qualquer uma das alças de rotação até que o ponteiro seja substituído pelo ícone de rotação. Pressione o botão do mouse e arraste-o até obter o ângulo desejado. Libere o botão em seguida.


4- Para definir um novo ponto de ancoragem para a rotação da figura, clique arraste o ícone correspondente para a nova posição, em seguida libere o botão. Execute a rotação para verificar as condições de giro observando se o ponto de ancoragem foi aplicado corretamente. 5- Para aplicar a inclinação, posicione o mouse em uma das alças específicas, clique e arraste-o para a direção desejada.

Ferramenta Zoom Para obter uma melhor visualização de determinadas partes do trabalho que está sendo executado, o usuário pode contar com o recurso de aproximação e recuo de visualização a página de desenhos, fornecido pela ferramenta Zoom. Passo a Passo 1- Clique sobre a ferramenta “Zoom” ou simplesmente pressione “Z”. Imediatamente, o ponteiro do mouse se torna um ícone em forma de lupa com um pequeno sinal de mais em seu interior, inclinando o acionamento da ferramenta. 2- Para realizar a aproximação, posicione o apontador do mouse sobre a área desejada e dê um clique. Cada clique, provoca a aproximação do local onde o ícone da lupa se encontra. 3- Para retroceder a visualização, basta repetir o procedimento, porém mantendo a tecla “Shift” pressionada. Repare que ao pressionar a tecla, o ícone da lupa apresenta um sinal de menos em seu interior. DICA  Se você trabalha com uma impressora jato de tinta verifiquem em seu manual as medidas a serem respeitadas para as margens direita, esquerda e inferior, antes de iniciar seu trabalho. Isso evita dores de cabeça. Contornos e Preenchimentos O CorelDRAW possui diversos tipos de preenchimentos com cores, texturas e espessuras, de linhas. Nesse capítulo, iremos conhecer todas as ferramentas que irá ajudar você na criação e acabamento de seus trabalhos. Cor de Preenchimento (Shift+F11): É ferramenta que proporciona escolher um modelo de cor, e o modo para selecionar as cores. Este recurso possibilita escolher, com mais precisão, cada proporção de cor (CMYK ou RGB).

Cor no objeto


Preenchimento Gradiente (F11): O preenchimento do tipo “Gradiente” possibilita a aplicação de diferentes tonalidades de cores em fundos de páginas e objetos gráficos E ainda é possível alterar o sentido da rotação e acrescentar mais pontos de transição de cores. O preenchimento gradiente também é bastante conhecido como preenchimento “degradê”.

Nesta caixa também vamos encontrar as seguintes opções Lineares: aplicam uma transição de linha reta entre duas cores. Radial: faz com que a transição entre as tonalidades intermediárias das duas cores seja feita de forma circular e concêntrica, partindo do centro para o exterior do objeto. Cônico: as tonalidades seguirão um caminho circular irradiando-se a partir do centro do objeto. Esta opção é muito parecida com o tipo de preenchimento radial, mas com o formato cônico. Quadrado: a progressão das cores é feita de forma quadrada a concêntrica, porém com a mesma propriedade concêntrica do tipo “Radial”. Clique em cada uma destas opções e confira o resultado. Menu Tipo

Área de visualização

Botões de direcionamento Menus para paletas de cores (inicial e final)

Visualização do direcionamento

Ponto médio Menu de preenchimentos pré-definidos.

Nesta caixa, também vamos encontrar as seguintes opções: Tipo: É como será realizado o preenchimento, se Linear, Radial, Cônico ou Quadrado. Deslocamento: É o espaço onde especifica o deslocamento do centro do gradiente do tipo não Linear. Ângulo: Determina o ângulo de preenchimento gradiente. Etapas: É o espaço onde especifica a quantidade de transições de que serão utilizadas para mostrar um preenchimento gradiente. Transição: É o espaço onde especifica quando as cores inicial e final começam a misturarse com as cores intermediárias. Personalizar as Cores: Uma forma de personalizar o preenchimento gradiente, é selecionar a opção personalizada na caixa de Preenchimento Gradiente. Você vai ter opções de cores através do painel Mistura de Cores, onde pode selecionar um dos quadros que são referentes às cores inicial e final, e na caixa posição, você controla a posição de uma cor intermediária, que é indicada por um triângulo.


Aplicando Preenchimento de Padrão: O preenchimento do tipo padrão também é muito escolhido por usuários do CorelDRAW. Este tipo de preenchimento pode ser aplicado a molduras, aos objetos e até mesmo em textos. É caracterizado por “estampas”, ou seja, elementos gráficos múltiplos repetidos ao longo do interior do objeto.

Tipo de preenchimento

Preenchimentos disponíveis

Janela “Preenchimento de padrão” Um preenchimento de padrão de duas cores é composto somente das duas cores escolhidas. Um preenchimento de padrão totalmente colorido é um gráfico vetorial mais complexo que pode ser composto de linhas e preenchimentos. Alguns exemplos de Preenchimento de padrão

Aplicando Preenchimentos de texturas: Um preenchimento de textura é um preenchimento gerado aleatoriamente que pode ser utilizado para conferir aos objetos uma aparência natural. O CorelDRAW oferece texturas predefinidas e cada textura possui um conjunto de opções que você pode alterar. Você usa cores de qualquer modelo de cor ou paleta para personalizar preenchimentos de textura. Os preenchimentos de textura só podem conter cores RGB, entretanto, outros modelos e paletas de cores podem ser usados como referência para seleção de cores.


Atributos da textura

Menu desdobrável de biblioteca de texturas

Grupos de textura

Painel de visualização de texturas

Janela especifica para o “Preenchimento de textura” Alguns exemplos de Preenchimento de textura.

Um preenchimento de textura Preenchimento de PostScript: PostScript é criado com a linguagem PostScript. Algumas texturas são bastante complexas e imprimir objetos grandes que contenham preenchimentos de textura PostScript ou para atualizá-los na tela pode levar algum tempo. Dependendo do modo de exibição em uso, as letras "PS" podem aparecer em vez do preenchimento. Ao aplicar um preenchimento de textura PostScript, você pode alterar diversos parâmetros, como tamanho, largura da linha e quantidade de cinza que aparecem no primeiro plano e no fundo da textura.


Sem preenchimento: Este botão remove o preenchimento do objeto. Contornos: Existem várias formas de contorno oferecidas pela ferramenta CONTORNO. Faça um quadrado com a ferramenta RETÂNGULO (F6) e em seguida abra o menu desdobrável CONTORNO. Janela de encaixe Espessuras de contorno Sem Contorno Diálogo cor do contorno Diálogo caneta de contorno

Tipos e espessuras de contorno

Sem contorno

Espessura mínima

2 pontos

8 pontos

24 pontos

No menu desdobrável, escolha as espessuras oferecidas observando os resultados. Dê um clique no botão Diálogo Caneta de Contorno para ter acesso à caixa de diálogo Caneta de Contorno. Nessa caixa, você poderá alterar a cor do contorno, escolher um novo estilo para o contorno e um dos três tipos de cantos. No caso de uma linha, é possível escolher o tipo de extremidade e acrescentar setas.

DICA: Selecionando a opção ESCALA COM IMAGEM você poderá redimensionar o objeto sem perder as configurações aplicadas na espessura.


Preenchimento de Malhas Esta ferramenta Preenchimento Interativo de malha permite produzir preenchimentos de vários pontos que podem ser impressos em qualquer dispositivo. Você pode criar transições de cores suaves em qualquer direção sem ter de criar grande número de objetos com misturas e contornos.

Recursos com Objetos Passo a Passo 1- Para usar os recursos de transformação, primeiro selecione o objeto ou objetos que deseja transformar. 2- No menu ORGANIZAR escolha TRANSFORMAÇÃO.

Agrupar: Quando você agrupa dois ou mais objetos, eles são tratados como uma unidade. O agrupamento permite aplicar a mesma formatação, propriedades e outras alterações a todos os objetos dentro do grupo ao mesmo tempo. O CorelDRAW também permite agrupar outros grupos para criar grupos aninhados. É possível adicionar ou remover objetos de um grupo e excluir objetos que são membros de um grupo. Ou então, editar um único objeto em um grupo sem desagrupar os objetos. Se você deseja editar vários objetos em um grupo ao mesmo tempo, primeiro é necessário desagrupar os objetos. Se um grupo contiver grupos aninhados, você pode desagrupar todos os objetos nos grupos aninhados simultaneamente. Copiar, Duplicar: Você pode recortar ou copiar um objeto para colocá-lo na área de transferência e colá-lo em um desenho ou em outro aplicativo. Se um objeto for recortado para a área de transferência, ele será removido do desenho. Se um objeto for copiado para a área de transferência, o original permanecerá no desenho.


Duplicar: Se um objeto for duplicado, a cópia será colocada diretamente na janela de desenho e a área de transferência não será usada. Duplicar é mais rápido que copiar e colar. Além disso, quando um objeto é duplicado, você pode especificar a distância entre o objeto original e o duplicado ao longo dos eixos x e y. A distância é conhecida como deslocamento. Alinhar e Distribuir: Para alinhar e distribuir dois ou mais desenhos, primeiro selecione-os e clique na opção ALINHAR e DISTRIBUIR do menu ORGANIZAR. Na caixa de diálogo exibida, você poderá escolher um ou mais botões de alinhamento ou distribuição, depois você pode clicar no botão VISUALIZAR para ver o resultado de suas alterações, se não ficar de acordo com o seu gosto, basta clicar em REDEFINIR. Aparar: Esta ferramenta vai permitir pra você cortar em um objeto utilizado outro objeto como referência, aparando as áreas sobrepostas. Este procedimento vai manter as características de preenchimento e contorno do objeto alvo, removendo o desenho aparado, formando com isso um novo desenho diferente do inicial. Passo a Passo 1- Selecione o primeiro desenho que será aparado 2- Clique no menu “Organizar” aponte para “formato” e clique em “aparar” ou na janela de encaixe “formato”, clique no botão aparar, como nas imagens a seguir. Combinar: A combinação de dois ou mais objetos cria um único objeto com atributos em comum de preenchimento e contorno. É possível combinar retângulos, elipses, polígonos, estrelas, espirais, gráficos ou texto. O CorelDRAW converte esses objetos em um único objeto de curva. Se for necessário modificar os atributos de um objeto que foi combinado a partir de objetos separados, você pode separar o objeto combinado. Passo a Passo 1- Selecione-os 2- Clique no menu “Organizar” aponte para a opção “combinar” ou pressione Crtl+L. DICA: Se você quiser remover a combinação, basta selecionar o objeto e clicar no menu “Organizar” e escolher a opção “Quebrar” ou pressionar Crtl+K. Soldar: Você pode soldar objetos para criar um objeto com um único contorno. O novo objeto usa o perímetro do objeto soldado como seu contorno e adota as propriedades de preenchimento e de contorno do objeto de destino. Todas as linhas de interseção desaparecem. Mas vamos para a prática. Interseção: A interseção cria um objeto a partir da área na qual dois ou mais objetos se sobrepõem. A forma desse novo objeto pode ser simples ou complexa, dependendo das formas nas quais se faz a interseção. Ordenando Objetos Os objetos gráficos dispostos na página de desenhos podem ter posições diferentes com relação à ordem das camadas ou planos de visualização. Através deste recurso, você poderá organizar e ordenar os seus objetos de acordo com a sua necessidade. Passo a Passo 1- Observe a existência de três retângulos na página de desenhos. Estes retângulos encontram-se sobrepostos uns aos outros, de forma que somente uma pequena parte dos retângulos que se encontram nas camadas inferiores pode ser visualizada.


2- Clique sobre a figura posicionada no plano central da sobreposição, selecionando-a . 3- Abra o menu “Organizar” e posicione o apontador em “Ordenar”. No submenu, clique em “Recuar Um”. Se preferir, apenas utilize as teclas de atalho “CTRL Page Down”, simultaneamente. 4- A figura no plano central da sobreposição passa a ser posicionada no plano de base (figura abaixo).

5- Abra novamente o menu Organizar e observe as opções podem ser usadas para o posicionamento de objetos a qualquer instante. 6- Clique na opção “Para frente”. 7- Repare que o objeto agora, se encontra no primeiro plano (veja figura abaixo).

Textos Artísticos e Textos de Parágrafos Os textos inserido no CorelDRAW podem ser de dois tipos denominados “textos artísticos” e “textos de parágrafos”. Os textos artísticos podem ser manipulados como objetos comuns, ou seja, podem receber alterações de tamanho via arraste do mouse, preenchimento e todos os atributos relativos aos objetos gráficos. Já, os textos de parágrafo são usados em trabalhos onde a quantidade de textos é muito grande. Este tipo de texto incorpora atributos de formatação dos documentos, como a especificação das medidas para a aplicação de margens e entrelinhas. Para este exemplo, vamos demonstrar como são inseridos os dois tipos de textos, observe. Passo a Passo 1- Com um novo arquivo na área de trabalho e com a página de desenhos em branco, acione a ferramenta “Zoom” e aumente a área de visualização da parte superior da página. 2- Clique sobre o botão da ferramenta “texto” ou tecle “F8”. 3- Posicione o apontador do mouse em qualquer ponto da página e dê um clique para liberar o cursor. Repare na página a presença do cursor intermitente, semelhante aos programas processadores de texto. 4- Digite um texto qualquer. Ao final da digitação, mova o mouse suavemente em qualquer direção. Automaticamente são adicionadas alças de seleção inserido. 5- Observe que o texto já se encontra inserido, porém no modo de edição. Alças de seleção

Texto artístico inserido e selecionado na página de desenhos 6- Para concluir a ação, clique sobre a ferramenta de seleção. 7- Após a inserção do texto, ele poderá receber atributos e propriedades. 8- Como exemplo, vamos redimensionar o texto que foi inserido, para isso: 9- Posicione o apontador sobre uma das alças de seleção, pressione e arraste o mouse. Use as alças centrais para “Esticar o texto”. Utilize as alças diagonais para um aumento uniforme dos caracteres.


Texto artístico sendo redimensionado através da alça de seleção diagonal. O processo de inserção e manipulação dos textos de parágrafos, são diferentes e suas propriedades não são semelhantes aos textos artísticos. Porém, ambos podem ser usados simultaneamente na página de desenhos, sem problema. Passo a Passo 1- Acione novamente a ferramenta de texto. 2- Em qualquer local livre da página de desenhos, pressione e arraste o mouse na diagonal, da esquerda para a direita, como se estivesse traçando um retângulo. 3- Se a visualização não for adequada, acione e utilize-a até obter melhor visão da página de desenhos. Digite o texto normalmente. Tente digitar um maior de texto. Se o limite criado para a inserção do texto de parágrafo for insuficiente para receber toda a quantidade necessária de caracteres, será exibida uma pequena seta de extensão da área. Para visualizar o restante do texto, posicione o apontador do mouse sobre a seta de extensão inferior, clique arraste até atingir o tamanho desejado. Caso queira aumentar ou diminuir o tamanho da área do texto de parágrafo, posicione o apontador do mouse sobre uma das alças de seleção,clique e arraste o mouse aumentando ou diminuindo.

Seta de extensão da caixa de limite para o texto de parágrafo.

Formas para o Texto Artístico O texto artístico juntamente com linhas, curvas ou figuras geométricas, resulta em resultados bem interessantes. Esta combinação é possível através do comando Texto > Ajustar texto ao caminho. Vamos criar um texto artístico simples e, em seguida, faça um círculo com a ferramenta Elipse (F7). Agora você vai selecionar o texto e a figura com a ferramenta Seleção. Quando eles estiverem selecionados, escolha no menu Texto > Ajustar texto ao caminho, você irá perceber que o texto será ajustado à figura e na Barra de propriedades, iremos encontrar diversas opções para mudar sua posição.


Código de Barras no CorelDRAW X4 Código de barras é uma representação gráfica de dados que podem ser numéricos ou alfanuméricos dependendo do tipo de código de barras empregado. As linhas paralelas e verticais escuras e os espaços entre elas têm diferentes larguras em função das várias técnicas de codificação de dados empregada. A descodificação dos dados representados é realizada por um equipamento chamado "scanner", dotado de uma fonte luminosa vermelha, que por contraste das barras e seus espaços convertem a representação gráfica em "bits" (sequências de 0 ou 1), compreendidos pelo computador, que por sua vez converte-os em letras ou números legíveis para nós. O código mais conhecido é aquele adoptado para impressão nas embalagens de produtos lidos em caixas do comércio. O código EAN/UPC é um sistema internacional de identificação que auxilia na identificação inequívoca de um item a ser vendido, movimentado e armazenado. Os números representados em barras identificam o país emissor do código, a empresa proprietária do produto e dispõe entre 4 ou 5 dígitos para identificar o produto dentre seus outros produtos, sendo o último um dígito verificador que auxilia na segurança da leitura e descodificação do código de barras que ao final totaliza 12 ou 13 dígitos. Existe para produtos pequenos o EAN 8 dígitos que segue regra individualizada de identificação. Passo a Passo 1- Com um documento existente ou novo documento aberto no CorelDRAW X4 clique no menu Editar / Inserir código de barras:

2- Escolha no menu, o formato ou padrão industrial a 3- Confira o digito verificador e clique em Avançar.

ser utilizado.


4- Clique novamente em Avançar e na próxima janela terá as propriedades do texto do código de barras.

5- Clique em Concluir. Efeitos com Objetos Mistura: O CorelDRAW permite criar misturas, como misturas em linha reta, misturas em um caminho e misturas compostas. Uma mistura de linha reta mostra uma progressão na forma e tamanho de um objeto para outro. As cores de preenchimento e de contorno dos objetos intermediários progridem em um caminho em linha reta através do espectro de cores. Os contornos de objetos intermediários exibem uma progressão gradual em espessura e forma. O CorelDraw oferece vários tipos de misturas que variam conforme o caminho e a quantidade de objetos misturados, podendo ser: Mistura em linha reta, Mistura ao longo de um caminho ou Mistura composta. • Mistura em linha reta: O preenchimento e contorno dos desenhos intermediários são alterados seguindo um caminho em linha reta. • Mistura ao longo de um caminho: Este processo cria os desenhos intermediários de acordo com um caminho desenhado à mão livre ou outro qualquer. • Misturas compostas: São misturas que possuem um ou mais desenhos no caminho, realizando mais do que uma transição.


Envelope: Os envelopes são formados de vários nós que podem ser movidos para modelar o envelope e, como resultado, alterar a forma do objeto. É possível aplicar um envelope básico de acordo com a forma de um objeto, ou aplicar um envelope predefinido. Após aplicar um envelope, você pode editá-lo ou adicionar um novo envelope para continuar alterando a forma do objeto. O CorelDRAW também permite copiar e remover envelopes. Distorção: Esta ferramenta aplica efeitos que alteram a aparência do desenho com muita facilidade. E vamos conhecer três tipos de distorção: Empurrar e Puxar, Zíper e Torcer. Para aplicar os efeitos, desenhe um circulo com a ferramenta ELIPSE e clique no botão Ferramenta Distorção Interativa Extrusão: Um recurso que permite aplicar uma perspectiva tridimensional, projetando linhas de um objeto, para criar a ilusão de profundidade. Sombreamento: Os sombreamentos simulam a luz caindo sobre um objeto, a partir de uma entre cinco perspectivas específicas: plana, à direita, à esquerda, na base e no topo. Você pode adicionar sombreamentos à maioria dos objetos ou grupos de objetos, incluindo texto artístico, texto de parágrafo e bitmaps. Quando se adiciona um sombreamento, é possível alterar a sua perspectiva e ajustar atributos como cor, opacidade, nível de dissolução, ângulo e enevoamento. Transparência: A qualidade de um objeto que facilita ver através dele. A configuração de níveis baixos de transparência causa níveis mais altos de opacidade e menor visibilidade dos itens ou da imagem subjacentes.

Efeitos Especiais Segundo o dicionário online do Wikipédia, “define-se a perspectiva como a projeção em uma superfície bidimensional de um determinado fenômeno tridimensional. Para ser representada na forma de um desenho (conjunto de linhas, formas e superfícies) devem ser aplicados mecanismos gráficos estudados pela Geometria descritiva, os quais permitem uma reprodução precisa ou analítica da realidade tridimensional.” Mas para aplicarmos isso na prática, ou seja, em um objetos que estamos criando, selecione a figura ou objeto e clique no menu Efeitos > Adicionar Perspectiva. Logo após, arraste uma das alças exibida na grade pontilhada que está sobre o objeto para a perspectiva. Se você pressionar a tecla Ctrl enquanto arrasta uma das alças, irá observar que os lados da grade serão deslocados com ângulos precisos.


Exemplo de perspectiva

O Efeito Perspectiva é muito utilizado no CorelDraw, e você pode atingir resultados muito interessante explorando-o com várias formas de figuras ou texto. Use a sua criatividade! Efeito Lente As lentes mudam a aparência da área do objeto que está sob elas, não as propriedades e os atributos reais do objeto. Você pode aplicar lentes a qualquer objeto vetorial, como um retângulo, uma elipse, um caminho fechado ou um polígono. Pode alterar também a aparência de texto artístico e de bitmaps. Quando se aplica uma lente sobre um objeto vetorial, a própria lente se torna uma imagem vetorial. Da mesma forma, se a lente é colocada sobre um bitmap, ela também se torna um bitmap. Após aplicar uma lente, é possível copiá-la e utilizá-la com outro objeto. Vamos ver como obter o Efeito Lente sobre os objetos. Você pode abrir um arquivo que contenha um desenho ou até mesmo desenhar um qualquer na área de trabalho, logo após, desenhe um círculo, ou qualquer outra figura, e arraste-o sobre uma parte desse desenho.


Exemplo de lentes:

Objeto Base 

Objeto com lente 

Selecione os tipos de efeitos

Efeito: Adição de cor, 100%

Efeito: Aumentar, 0,7 x

Efeito: Aumentar brilho, 50%

Efeito PowerClip O CorelDRAW permite colocar objetos vetoriais e bitmaps, como fotos, no interior de outros objetos ou recipientes. O recipiente pode ser qualquer objeto, por exemplo, texto artístico ou um retângulo. Quando você coloca um objeto em um recipiente maior do que o recipiente, o objeto, denominado conteúdo, é cortado para se ajustar à forma do recipiente. Isto cria um objeto PowerClip.


Exemplo: Figura

Objeto

Desenho Final

Pré-visualização de Trabalho O processo de impressão criados na página de desenhos é o objetivo de todo o trabalho realizado no CorelDRAW X3. Porém, algumas considerações devem ser observadas, antes de iniciar o processo de impressão. O primeiro ponto básico a ser lembrado é de que apenas são impressos os objetos, as figuras, bitmaps (ou qualquer outro elemento) que estiverem no interior dos limites da página de desenhos. Os demais elementos são descartados no momento da impressão. Embora não seja de constante utilização, pois a maioria dos trabalhos é realizada diretamente dentro da página de desenhos, esta versão do aplicativo possui um pequeno recurso de visualização e posicionamento em qualquer área na parte de trabalho. Pré-visualização de impressão A Pré-visualização ou simplesmente “preview” do Corel permite que o usuário tenha uma visão do documento tal como ele será impresso e ainda possibilita a procura de possíveis erros e irregularidades existentes na arte final. Passo a Passo 1- A partir da janela “Imprimir”, clique sobre o botão “Visualização de impressão” e observe uma nova tela com várias opções. 2- Uma configuração de impressão previamente salva pode ser selecionado no menu desdobrável “Imprimir estilo”. Uma nova configuração pode ser adicionada. 3- O botão “Opções” exibe novamente a caixa de “Opções de Impressão” para qualquer ajuste de suas guias. 4- O botão “imprimir” inicia o trabalho de impressão baseado em todas as configurações já selecionadas. 5- Use o menu desdobrável “Zoom” para selecionar uma das opções pré-definidas de visualização do documento. 6- Clique sobre o botão “Tela cheia” ou pressione “F9” para visualização do layout sem barras de atalhos ou seções de controle do programa. Para retornar á visualização normal, tecle novamente “F9”. 7- Caso seja necessário, clique sobre o botão “Ativar Separações de Cores”. Esse recurso divide o documento em várias páginas diferentes, cada uma delas contendo uma cor. Processo de separação das cores é muito utilizado para trabalhos de impressão em policromia nas gráficas. 8- Clique sobre o botão “Inverter” para impressão do documento em negativo.


9- Em determinados tipos de impressão utilizados em gráficas, é necessário especificar a direção da emulsão ou camada do filme. Clique sobre o botão “Espelhar” para designar que a direção da emulsão será para baixo. 10- Uma série de opções pré-definidos de posicionamento da imagem na página estão disponíveis no menu desdobrável “Posição da imagem na página”. 11- Se forem necessários ajustes de precisão da imagem ou de qualquer elemento, clique na área de pré-visualização para habilitar as caixas de posicionamento e faça os ajustes necessários, através da inserção de valores específicos. 12- Após todas as configurações, clique sobre o botão “Fechar”. 13- De volta á janela de impressão, clique sobre o botão “imprimir”.

Vetorização Basicamente, vetorizar é transformar uma imagem bitmap em vetor. Em grosso modo, uma “foto” para “desenho”. O processo de vetorização normalmente é realizado quando precisamos ter uma qualidade melhor de visualização e impressão de um determinado objeto. Para exemplificar melhor esse processo, vamos vetorizar uma simples imagem que está no formato .jpeg e transformá-la em vetor. A vantagem dessa transformação é poder redimensionar a imagem vetorizada sem perder a qualidade.

Atalhos Do CorelDRAW X4 Bem pessoal, todos sabemos que o CorelDRAW é uma poderosa ferramenta de edição gráfica, mas para que nosso trabalho se torne mais rápido e consistente, é necessário que dominemos todo o conhecimento possível, pois somente desta forma poderemos ter um trabalho de qualidade, o bom uso do teclado em conjunto com o mouse pode provocar uma economia de tempo de até 60%, se aprofundar nas teclas de atalho, nos poupa do desagradável trabalho de estar a procura as ferramentas. Teclas Ctrl + O Ctrl + Y Alt + F12 Ctrl + W Ctrl + Deslocamento + Q F7 Ctrl+ F7 Alt + F9 Ctrl + T Alt+ F8 Ctrl + P Alt+ F3 Alt + F3 Ctrl+Deslocamento+C F5 Ctrl+N

Função Abrir Alinhar pela grade Alinhar pela linha de Base Atualizar janela Converter contorno em objeto Elipse Envelope Escala Formatar Texto Girar Imprimir Lentes Localizar texto Mostrar caracteres não imprimíveis Mão livre Novo


Deslocamento + F1 Ctrl + J Y Alt+F7 F6 Ctrl +F12 Alt + F4 F8 F9 Ctrl+G E C B T R L Ctrl + espaço Ctrl + NUMPAD 8 Ctrl + PgUp X F12 Ctrl + Deslocamento + D Ctrl + E P Ctrl + V Ctrl + F9 Ctrl + L Ctrl + Q Ctrl + F8 Ctrl + C Ctrl + D Ctrl + U Ctrl +Z Ctrl +NUMPAD 2 Ctrl + R A Ctrl + E Ctrl + Deslocamento + T Alt + F11 Alt + Seta para baixo Alt + Seta para cima Alt + Seta para direita Alt + Seta para esquerda Ctrl + F5 Ctrl + L Excluir Ctrl + Excluir Ctrl + Enter F10 Ctrl + H Ctrl + F2 F11 Ctrl + I Ctrl + I Alt + F2 Ctrl + Deslocamento + S Ctrl + Deslocamento + F

O que é isto? Opções Polígono Posição Retângulo Revisor Ortográfico Sair Texto Visualização de tela cheia Agrupar Alinhar centros na horizontal Alinhar centros na vertical Alinhar pela base Alinhar pelo topo Alinhar à direita Alinhar à esquerda Alternar estado de seleção Aumentar tamanho da fonte Avançar um Borracha Caneta Capitulação Centralizar Centralizar página Colar Contorno Combinar Converter em curvar Converter em texto artístico Copiar Duplicar Desagrupar Desfazer Diminuir tamanho da fonte Direita Espiral Exportar Editar texto Editor do Visual Basic Enquadrar para baixo Enquadrar para cima Enquadrar á direita Enquadrar á esquerda Estilos de gráfico e texto Esquerda Excluir caractere á direita Excluir palavra á direita Exibir Barra de propriedades Forma Força total Gerenciador de exibição Gradiente Importar Itálico Linear Lista de estilos Lista de fontes


Ctrl + Deslocamento + W Ctrl + Deslocamento + P HTLM – Ctrl + Deslocamento + H Ctrl + M F3 Ctrl + Seta para baixo Ctrl + Seta para cima Ctrl + Seta para direita Ctrl + Seta para esquerda Seta para a direita Seta para a esquerda Seta para baixo Seta para cima PgDn PgUp Ctrl + Seta para direita Ctrl + Seta para a esquerda Ctrl + Seta para baixo Ctrl + Seta para cima Fim Ctrl + Fim Ctrl + PgDn Página inicial Ctrl + Página inicial Ctrl + PgUp Deslocamento + F3 H I N Ctrl + B Ctrl + N D Deslocamento + PgUp Deslocamento + PgDn G M Alt + Enter PgDn PgUp Ctrl + deslocamento + Z Ctrl + X Deslocamento + Excluir Ctrl + PgDn Ctrl + R Ctrl + S Ctrl + K Deslocamento + Seta para direita Deslocamento + Seta para esquerda Deslocamento + Seta para baixo Deslocamento + seta para cima Deslocamento + PgDn Deslocamento + PgUp Ctrl + Deslocamento + Seta para direita Ctrl + Deslocamento + Seta para a esquerda Ctrl + Deslocamento + Seta para baixo Ctrl + Deslocamento + Seta para cima

Lista de formatos de fonte Lista de tamanhos da fonte Lista de tamanhos de fontes Marcador Menos zoom Microdeslocamento para baixo Microdeslocamento para cima Microdeslocamento para á direita Microdeslocamento para á esquerda Mover 1 caractere para a direita Mover 1 caractere para a esquerda Mover 1linha para baixo Mover 1linha para cima Mover 1 moldura para baixo Mover 1 moldura para cima Mover 1 palavra para a direita Mover 1 palavra para a esquerda Mover 1 parágrafo para baixo Mover 1 parágrafo para cima Mover para o fim da linha Mover para o fim da moldura Mover para o fim do texto Mover para o início da linha Mover para o início da moldura Mover para o início do texto Mudar maiúsculas/minúsculas Mão Mídia artística Navegador Negrito Nenhum Papel gráfico Para frente Para trás Preenchimento Preenchimento de malha Propriedades Próxima página Página anterior Refazer Esticar Recortar Recortar Recuar um Repetir Preenchimento Repetir Excluir Salvar Separar Selecionar 1 caractere á direita Selecionar 1 caractere á esquerda Selecionar 1 linha para baixo Selecionar 1 linha para cima Selecionar 1 moldura para baixo Selecionar 1 moldura para cima Selecionar 1 palavra para direita Selecionar palavra á esquerda Selecionar 1 parágrafo para baixo Selecionar 1 parágrafo para cima


Deslocamento + Fim Ctrl + Deslocamento + Fim Ctrl + Deslocamento + PgDn Ctrl + Deslocamento + PgUp Deslocamento + Página inicial Ctrl + Deslocamento + Página inicial Ctrl +A Ctrl + U Deslocamento + Seta para a direita Deslocamento + Seta para a esquerda Deslocamento + Seta para cima Ctrl + F11 Ctrl + NUMPAD 6 Ctrl + NUMPAD 4 Ctrl + F10 Ctrl+, Ctrl+. Ctrl + J Ctrl + deslocamento + K F2 Z Deslocamento + F4 F4 Deslocamento + F2

Selecionar até o fim da linha Selecionar até o fim da moldura Selecionar até o fim do texto Selecionar para início do texto Selecionar para o início da linha Selecionar para o início da moldura Selecionar todos os objetos Sublinhado Superdeslocamento para a direita Superdeslocamento para a esquerda Superdeslocamento para cima Símbolos e caracteres especiais Tamanho da fonte do próximo tamanho combinado Tamanho da fonte do tamanho combinado anterior Texto Texto horizontal Texto vertical Total Versalete Zoom instantâneo Zoom instantâneo Zoom para página Zoom para ajustar Zoom para seleção


Corel x4  

curso para principiantes

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you