Issuu on Google+

1

Jornal do povão

Carreira: Ronaldo começou vida futebolística no Cruzeiro, no início dos anos 90.

Mansão de 13 banheiros chegou a valer 38,5 milhões de dólares em 2009, mas agora foi adquirida por 18,1 milhões de dólares.

O povo americano decidiu manter o presidente Barack Obama no cargo por mais quatro anos.


2

Efeito morte: casa de Michael Jackson é vendida abaixo do preço 10 de julho de 2010

Mansão de 13 banheiros chegou a valer 38,5 milhões de dólares em 2009, mas agora foi adquirida por 18,1 milhões de dólares

A casa em que o cantor pop Michael Jackson deu o último suspiro, em 25 de junho de 2009, foi vendida por 18,1 milhões de dólares (algo como 36 milhões de reais), de acordo com o jornal americano Los Angeles Times. O valor, apesar de alto, fica distante do esperado pelo corretor imobiliário, que pedia 23,9 milhões de dólares (cerca de 48 milhões de reais). E mais longe ainda do valor pelo qual a casa era cotada em 2009, quando Michael Jackson ainda era vivo: 38,5 milhões de dólares (77 milhões de reais). A mansão, em Los Angeles, possui um teatro, uma academia, um elevador, uma adega, um enorme espaço de hóspedes e treze banheiros. O nome do comprador, um empresário, não foi divulgado, mas especula-se que seja Steven Mayer, diretor administrativo sênior em uma grande empresa de investimento privado dos Estados Unidos. Michael Jackson morreu em seu quarto depois de uma overdose de propofol, calmante fornecido pelo cardiologista Conrad Murray, que acompanhava o cantor em sua preparação para voltar ao palco -- ele retornaria com a turnê This is It, que não chegou a começar. Murray foi condenado, por homicídio não intencional, a quatro anos de prisão.


3

Ronaldo Fenômeno anuncia nesta segunda-feira o fim da sua carreira quinta-feira, 8 de novembro de 2010

N

esta segunda-feira, ao meio-dia, Ronaldo Fenômeno anuncia o fim de sua carreira. Dezoito anos depois de sua estreia pelo Cruzeiro, mais de 400 gols em sete clubes e na seleção brasileira, incluindo quinze gols em Copas, e três vezes melhor jogadores do mundo (1996, 1997 e 2002), o atacante do Corinthians cedeu ao cansaço. "Não aguento mais", disse ele neste domingo à tarde ao Estado. "Eu queria continuar, mas não consigo. Penso uma jogada, mas não executo como quero. Tá na hora. Mas foi lindo pra caramba." Ronaldo tinha a intenção de seguir no Corinthians até o fim da temporada 2011,

mas resolveu repensar a decisão e antecipar o término da carreira. No entanto, ele deve seguir no clube do Parque São Jorge, em alguma função na direção da equipe alvinegra. Desde o ano passado, o Fenômeno já vinha sofrendo com a queda de rendimento dentro de campo. Não conseguia perder peso e cada vez mais era possível perceber que se aproximava o momento de ele 'pendurar as chuteiras'. Seu melhor momento no Corinthians foi em 2009, quando brilhou nas conquistas do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil, antes de se lesionar no Campeonato Brasileiro daquele ano.

Carreira: Ronaldo começou vida futebolística no Cruzeiro, no início dos anos 90. Despontou como craque e logo despertou o interesse do futebol europeu. Transferiu-se em 1994 para o PSV, da Holanda, e virou rapidamente um craque internacional. Em 1996, mudou-se para a Espanha e foi jogar no Barcelona. Pelo clube catalão, viveu alguns dos melhores momentos da carreira. Em 1996 e 1997, ganhou a Bola de Ouro da Fifa como melhor jogador de futebol do planeta, e passou a ser a grande esperança da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 1998, na França - em 1994, nos EUA, ele havia sido campeão, mas no banco de reservas. Já como jogador da Inter de Milão, da Itália, para onde havia se transferido em 1997, Ronaldo fez um bom Mundial na França, mas o que ficou realmente marcado foi a decepção da final diante do país-sede. O Fenômeno sofreu uma convulsão horas antes da partida, fato que desestabilizou o grupo, e o Brasil perdeu por 3 a 0. Depois da Copa da França, Ronaldo sofreu com graves contusões e sua carreira parecia entrar em declínio. Mas, em 2002, deu a sua primeira grande volta por cima e foi o artilheiro da seleção brasileira na conquista do pentacampeonato mundial na Coreia do Sul e Japão.


4

Obama agradece a eleitores e elogia oponentes em discurso de vitória Terça15 de Outubro de 2010

O povo americano decidiu manter o presidente Barack Obama no cargo por mais quatro anos. O agora presidente reeleito deve chegar a Washington na noite desta quartafeira (7). O presidente Obama, a primeiradama Michelle e as filhas vão passar na Casa Branca a primeira noite de tranquilidade, sem campanha, em muito tempo. O presidente agora terá mais de dois meses até a posse, no fim de janeiro, para refletir sobre as prioridades do seu próximo governo. Na noite desta terça, em Chicago, Obama fez um discurso de vitória emocionante e falou sobre o que considera a verdadeira dimensão dos Estados Unidos. Eram 23h12 em Washington, 2h12 da manhã em Brasília, quando a projeção feita pela rede de TV americana NBC mostrou que a eleição estava decidida. A foto de Barack Obama e da primeira-dama Michelle abraçados foi postada pela equipe da campanha nas redes sociais, e logo se tornou a imagem mais popular de todos os tempos no Facebook e no Twitter. Mas foi preciso esperar até quase 4h da manhã, horário de Brasília, quando Romney admitiu oficialmente a derrota, para que o discurso da vitória fosse feito. Em Chicago, no quartel-general da campanha, uma multidão recebeu o presidente reeleito com a mulher Michelle e as filhas Sasha e Malia. No discurso, Barack Obama disse que, apesar do caminho difícil, o melhor ainda está por vir. Foi mais difícil para Barack Obama se reeleger do que chegar à Casa Branca pela primeira vez. Nessa campanha, ele não prometeu mudança, não deu esperança. Pediu aos americanos um crédito para continuar o governo que começou quatro anos atrás. E conseguiu. Agradeceu a cada eleitor que foi às urnas. "Os que votaram pela primeira vez, aqueles que esperaram muito tempo na fila para votar. Os que apoiaram Obama ou os que apoiaram Romney, vocês se fizeram ouvir, vocês fizeram a diferença", reconheceu o presidente. E elogiou os oponentes: "Acabei de falar com o governador Romney e dei os parabéns a ele e a Paul Ryan pela campanha tão disputada. Travamos uma batalha feroz, mas somente porque amamos este país profundamente, e nos preocupamos com o futuro dele.”


5

São Paulo tem uma das madrugadas mais violentas dos últimos dias Sábado, 10 de novembro de 2010

A Grande São Paulo teve uma das madrugadas mais violentas dos últimos dias. Doze pessoas foram executadas, e um cobrador teve queimaduras graves em um atentado contra um ônibus. As imagens gravadas pelas câmeras de segurança de uma loja na Zona Sul da cidade mostram que foi um ato premeditado. No meio da escuridão, os criminosos chegaram no ponto de ônibus. Armados, eles entraram no veículo e mandaram todo mundo sair. Um dos passageiros fugiu pela janela e correu para rua. No mesmo instante, começou o incêndio. O cobrador está hospitalizado e o estado de saúde dele é estável. Ele ficou com queimaduras em 30% do corpo. Do ônibus bi-articulado só sobrou a carcaça. A empresa, que teve um prejuízo de mais de R$ 1 milhão, decidiu tirar das ruas todos os veículos. A frota só voltou a circular quando amanheceu. Nos últimos 30 dias, 16 ônibus foram incendiados ou depredados na capital paulista. O veículo destruído na noite passada transporta até 200 pessoas de uma vez. O JN viajou na mesma linha em que aconteceu o ataque. São 28 quilômetros entre a Zona Sul e o centro da cidade. O motorista, o cobrador e os passageiros agora viajam apreensivos. “Na verdade isso é triste, porque a gente não tem nada a ver e acaba pagando por isso”, lamenta o motorista. Na manhã desta sexta, um rapaz de 25 anos foi assassinado na frente de um posto de saúde na Zona Sul. Foi a 12ª execução ao fim de uma noite violenta. No mesmo bairro onde queimaram o ônibus, um rapaz foi assassinado por homens em uma moto. No Jardim São Luiz, ainda na Zona Sul da cidade, cinco pessoas foram baleadas da mesma forma, em menos de meia hora. Três morreram. Violência também em duas cidades da Grande São Paulo. Em Santana de Parnaíba, duas pessoas foram atacadas por motoqueiros e morreram. Em duas ruas próximas à favela Tamarutaca, em Santo André, cinco jovens foram baleados por homens que passaram em um carro. Segundo a polícia, as vítimas eram usuárias de drogas e moravam nas ruas, e os crimes foram planejados e cometidos pelo mesmo grupo. “Pela coincidência de calibres encontrados nos dois locais, e também pelo curto espaço de tempo e pela distância entre os dois locais. Eram muito próximos um local do outro", disse o delegado Roberto Von Haydin Jr. A polícia informou que prendeu um homem que confessou a participação no ataque ao ônibus.


6

Chuva deixa regiões de SP em estado de atenção 21 de agosto de 2011 A Defesa Civil de São Paulo colocou, por volta das 20h, as regiões centro, sudeste, oeste e a Marginal Pinheiros em estado de atenção para enchentes. Há quatro pontos de alagamento na cidade, nenhum deles intransitáveis. Neste momento, chove forte nos bairros Butantã e Pinheiros e moderadamente no restante da cidade.

Os três pontos de alagamento transitáveis são:

-

avenida Sumaré, sentido bairro túnel Max Effer, sentido bairro avenida Cidade Jardim, próximo a avenida Nove de Júlio avenida Santo Amaro, próximo a avenida Roberto Marinho

Os próximos dias devem continuar com temperaturas elevadas e predomínio do sol em São Paulo, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da prefeitura. Uma frente fria que sopra do oceano deve manter o tempo instável, com possibilidade de pancadas de chuvas.

No domingo (11), as temperaturas devem oscilar entre 19ºC e 29ºC.


7

Morre o ator e diretor Marcos Paulo Segunda-feira, 12 de novembro de 2012. Aos 61 anos, artista lutava contra um câncer no esôfago; ele morreu ontem à noite em sua casa, no Rio de Janeiro, devido a uma embolia pulmonar. O ator e diretor da TV Globo Marcos Paulo, de 61 anos, morreu ontem à noite, em casa, no Rio de Janeiro, vítima de embolia pulmonar. Ele lutava contra um câncer no esôfago, detectado em maio do ano passado. O ator descobriu a doença durante um exame de rotina e em agosto de 2011 foi submetido a uma cirurgia que se prolongou por dez horas no Hospital São José, em São Paulo. Depois realizou sessões de quimioterapia e radioterapia. Otimista e tentando não se deixar abater pela doença, ele não gostava de dar entrevistas sobre o assunto e manteve o ritmo de trabalho. Concluiu o filme Assalto ao Banco Central, sua primeira experiência como diretora de cinema, em meio ao drama do combate ao câncer. O filme estreou em 22 de julho de 2011. "Não consegui fazer drama em cima disso. Resolvi que não ia ficar me escondendo porque câncer não é uma vergonha. É só mais uma batalha, e não é essa que vai me derrubar", disse, em entrevista à revista Época. Há três semanas, ele havia se submetido a exames que mostraram total remissão do câncer. Foi o quarto exame após a cirurgia e o resultado levou o ator e diretor a concluir que a doença havia sido vencida. Segundo nota do Hospital São José, no Rio, estava tudo sob controle. Pai de três filhas (Vanessa, com a modelo Tina Serina; Mariana, com Renata Sorrah; e Giulia, com Flávia Alessandra), Marcos Paulo era constantemente fotografado por paparazzi na praia da Barra da Tijuca caminhando com a mulher, Antonia Fontenelle, e aparentava ter recuperado o peso perdido durante o ano passado, por conta do tratamento. Em uma entrevista recente, disse que sua vida era "absolutamente normal". Com a mulher, que permanecera ao seu lado durante todo o tratamento, Marcos Paulo trabalhava na produção do que marcaria seu segundo filme como diretor. Segundo ele, Sequestrado seria um “thriller policial”, com cenas gravadas no Amazonas. O elenco teria Lima Duarte, Milhem Cortaz, Fábio Lago, Vinícius de Oliveira e Eriberto Leão. Paulistano. Marcos Paulo Simões nasceu em São Paulo, em 1º de março de 1951, e foi criado no bairro da Bexiga. Não chegou a conhecer o pai e perdeu a mãe no dia seguinte ao seu nascimento, sendo então criado inicialmente pela avó e depois adotado pelo dramaturgo Vicente Sesso.


8

Haddad nomeia ex-prefeito de Diadema para a Saúde 9 de novembro de 2012

O deputado federal José De Filippi Júnior (PTSP) será o secretário da Saúde no governo de Fernando Haddad, em São Paulo. Ex-prefeito de Diadema durante três mandatos, Filippi foi tesoureiro da campanha de Dilma Rousseff à Presidência, em 2010, e do comitê da reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006, após o escândalo do mensalão. Engenheiro civil, Filippi coordenou o programa de governo de Haddad. O nome do deputado sempre foi dado como certo na equipe, mas a escolha para a Saúde surpreendeu até petistas porque ele não é médico. Em conversas reservadas, porém, o prefeito eleito disse que o problema da saúde é de gestão e, por isso, optou por um perfil de administrador. Em recente reunião com Dilma, Haddad afirmou que quer fazer parcerias com o Ministério da Saúde para inaugurar Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24 horas e reduzir filas de espera para cirurgias, como as de catarata. Na campanha eleitoral, uma das polêmicas era referente ao fim dos convênios com as Organizações Sociais de Saúde. Uma ala do PT defende o rompimento com essas instituições, mas Haddad garantiu que vai manter as parcerias. Formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com pós-graduação na Universidade de Harvard, Filippi foi prefeito de Diadema de 1993 a 1996; de 2000 a 2004 e de 2005 a 2008. Em um de seus mandatos, chegou a acumular o cargo de prefeito com a Secretaria de Saúde por alguns meses. Em 2010, ele só aceitou ser tesoureiro da campanha de Dilma a pedido de Lula. Amigo do ex-presidente, Filippi é hoje um dos diretores do Instituto Lula e tem papel de destaque na bancada petista, mas sempre quis retornar ao Executivo.


9

Romário prevê maior roubo da história para Copa-2014 9 de novembro de 2012

Um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos, Romário hoje ataca em uma frente diferente. Como deputado federal, o ex-camisa 11 da seleção tem se notabilizado por não aliviar nas críticas à política esportiva do País, principalmente quando o assunto é a Copa do Mundo de 2014. Neste domingo, ele divulgou uma carta na qual criticava o encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente da Fifa, Joseph Blatter. O principal desapontamento de Romário foi em relação às pessoas envolvidas no encontro. Ele apontou que nomes como Pelé, Ronaldo e Aldo Rebello estiveram presentes, mas criticou a ausência de pessoas ligadas à Lei Geral da Copa, como o presidente da comissão, Renan Filho, e o relator, Vicente Cândido. O ex-atacante ainda questionou a forma como tem sido conduzida a organização da Copa e os atrasos nas obras, que levariam "ao maior roubo da história do Brasil". De acordo com ele, "o governo está enganando o povo" e se continuar assim o País "passará vergonha" às vésperas da competição.


10

Metroviários aceitam acordo e cancelam greve em SP 9 de novembro de 2012

Os metroviários de São Paulo decidiram aprovar a proposta de pagamento da participação dos lucros e resultados (PLR) feita pelo Metrô e cancelar a greve, que poderia começar na quarta-feira. Em audiência de instrução e conciliação no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região (TRT) na tarde desta terça-feira, ficou acertado que o cálculo da PLR obedecerá aos critérios do último ano e o pagamento será feito em fevereiro de 2013. Os trabalhadores do Metrô aprovaram o acordo em assembleia no início desta noite. A liminar que previa multa diária de R$ 100 mil em caso de paralisação foi mantida na audiência do TRT. O pedido do Sindicato dos Metroviários era de pagamento de PLR igual para todos os funcionários. O que ficou acertado é que todos os empregados da empresa receberão como PLR parcela fixa de R$ 3.251,15, além de 40% do salário nominal. O critério é o mesmo adotado no ano passado. Para este ano, de acordo com o sindicato, o Metrô pretendia aumentar a porcentagem de PLR a ser paga aos altos cargos, mas teve de voltar atrás. Além disso, os metroviários pediam o pagamento de parcela antecipada de abril de 2013, proposta da empresa, para outubro. Com o acordo, o pagamento será feito em fevereiro do próximo ano.


11

Forte terremoto de magnitude 6,2 sacode a Guatemala 9 de novembro de 2012

É a réplica mais forte do tremor de 7,4 graus que matou 52 pessoas na quarta

Um forte terremoto de magnitude 6,2 sacudiu neste domingo a costa do Pacífico da Guatemala, informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS). O tremor deste domingo ocorreu quatro dias depois de outro potente terremoto deixar 52 mortos no país. O sismo mais recente aconteceu às 16h15 (20h15 em Brasília) e seu epicentro foi localizado a 24 quilômetros a sudoeste da cidade de Champerico e a 180 quilômetros a sudoeste da Cidade da Guatemala, informou o USGS. O Centro de Alertas de Tsunamis do Pacífico afirmou que não há "ameaça de tsunami destrutivo" no momento. Esta é a réplica mais forte do terremoto de magnitude 7,4, ocorrido na quarta-feira na mesma áreae considerado o mais grave da Guatemala desde o tremor de 1976, no qual morreram 23.000 pessoas. (Com agência France-Presse)


jornal do povão