Issuu on Google+

Lesão Celular – Necrose e Apoptose

Luiz Fernando Ferraz da Silva Curso de Patologia Geral - 2013 São Paulo, 13 de agosto de 2013


Objetivos • Descrever de forma resumida os principais mecanismos bioquímicos e estruturais relacionados à lesão reversível • Descrever os mecanismos bioquímicos gerais da lesão celular por hipóxia • Descrever os mecanismos bioquímicos gerais da lesão celular causada por espécies reativas • Descrever os mecanismos bioquímicos gerais da lesão celular por aumento intracelular de cálcio • Descrever os mecanismos bioquímicos gerais celular dependente das alterações da permeabilidade de membranas • Descrever os mecanismos bioquímicos gerais da lesão celular dependente de lesão mitocondrial • Descrever resumidamente a patogenia da lesão promovida por isquemia • Descrever resumidamente a patogenia da lesão causada pela isquemia e reperfusão • Descrever resumidamente a patogenia da lesão promovida pelas espécies reativas


Les達o Celular


Les達o Celular


Les達o Tecidual


Lesão Celular Reversível • Alterações de membrana plasmática • “blebs, perda de microvilosidade, etc

•Alterações mitocondriais • Edema e corpos amorfos

•Dilatação do Retículo Endoplasmático • Desligamento dos polissomos

•Alterações nucleares • Desagregação de elementos fibrilares e granulares


Les達o Celular


Les達o Celular


Les達o Celular - Mecanismos


Les達o Celular - Mecanismos


Les達o Tecidual


Recordar é estudar... – Lesão Tecidual


Les達o Celular - Mecanismos


Les達o Celular - Mecanismos


Les達o Celular - Mecanismos


Objetivos • Conceito de necrose • Descrever a patogenia dos tipos de necrose mais frequentes • Alterações morfológicas associadas aos tipos mais frequentes de necrose • Listar processos patológicos associados aos diferentes tipos de necrose • Definir apoptose • Listar processos orgânicos associados com a presença de apoptose • Apontar os principais mecanismos bioquímicos e etapas da apoptose • Descrever a morfologia das células em apoptose


Necrose x Apoptose • NECROSE: Processo de desestruturação de proteínas intracelulares e digestão enzimática de células que já apresentam dano letal!

• APOPTOSE: Morte celular programada através da ativação enzimática que desencadeia mecanismos que culminam com um dano letal!

Lesão Reversível

Versus

Lesão Irreversível


Necrose


Necrose - Processo Alterações irreversíveis – pH e Permeabilidade de membranas

Liberação de enzimas lissômicas

Liberação de proteínas / enzimas para o extra-celular

Digestão / Desestruturação celular

Recrutamento de células inflamatórias

CÉLULA X ARCABOUÇO


Necrose - Morfologia • Eosinofilia – perda RNA / desnaturação protéica

• Picnose e Cariorexis


Necrose - Tipos COAGULATIVA (DE COAGULAÇÃO) • Tecidos de circulação terminal – baço, coração • Desnaturação celular com arcabouço mantido • Fantasmas de células / perda de núcleos • Exemplo do IAM – Liberação de enzimas e tempo de aparecimento


Necrose - Tipos LIQUEFATIVA • Tecidos sem arcabouço (cérebro) ou quando o mesmo é destruído (abcessos) – digestão das células mortas


Necrose - Tipos CASEOSA • Geralmente associada ao granuloma da tuberculose – coleções de células fragmentadas em meio a debris amorfos com halo de células inflamatórias


Necrose - Tipos


Necrose - Tipos GORDUROSA • Áreas focais de destruição gordurosa, especialmente ligadas à liberação de lipase pancreática – comum na pancreatite aguda


Necrose - Tipos


Necrose - Tipos FIBRINÓIDE • Geralmente em reações imunes em vasos – vasculites – associadas à deposição de complexo antígeno-anticorpo


Necrose - Tipos GANGRENOSA • Comprometimento de múltiplos tecidos – especialmente membros


Apoptose - Causas SITUAÇÕES FISIOLÓGICAS • Embriogênese • Involução hormônio dependente • Tolerância imunológica • Morte de células inflamatórias residentes

SITUAÇÕES PATOLÓGICAS • Dano ao DNA • Acúmulo de proteínas deformadas • Infecções (especialmente organismos intra-celulares) • Atrofia patológica


Apoptose - Mecanismos • Sinalização • Controle e Integração • Execução • Remoção dos fragmentos celulares das células apoptóticas


Apoptose - Mecanismos


Apoptose – Mecanismos e Morfologia

• Contração celular • Condensação da cromatina • Formação de bolhas e corpúsculos apoptóticos • Fagocitose por macrófagos


Apoptose - Mecanismos

Pró-Apoptóticos

Anti-Apoptóticos

Clivagem do Citocromo C

Bcl2 / Bclx / Mcl1

Bax / Bac

IAP (inibidores fisiológicos da apoptose)

APAF1

FLIP (ligação caspase 8 sem clivar)

Fas / FasL TNFR


Apoptose - Morfologia • Contração celular • Condensação da cromatina • Formação de bolhas e corpúsculos apoptóticos • Fagocitose por macrófagos


Apoptose - Morfologia


Apoptose - Mecanismos

Característica

Necrose

Apoptose

Tamanho da célula

Aumentado (edema)

Reduzido

Núcleo

Picnótico a ausente

Fragmentado

Membrana plasmática

Rompida

Íntegra

Conteúdos celulares

Digestão enzimática

Intactos

Inflamação adjacente

Presente

Ausente

Papel no organismo

Sempre patológico

Fisiológico ou patológico


Apoptose – Correlações Clínicas • Falta de fator de crescimento – Via Intrínseca • Dano ao DNA – Papel do p53  Bax / Bak • Erros de dobras protéicas – quando foge dos mecanismos de reparo: redução da transcrição e chaperones • Apoptose relacionada ao TNF – papel duplo – eliminação de linfócitos autoreagentes e ao mesmo tempo pode aumentar a produção de anti-apoptóticos bclx e bcl2 • Apoptose nas respostas de Linfócitos T Citotóxicos • Apoptose inibida: Relação com doenças auto-imunes e neoplasias • Apoptose excessiva: Doenças neurodegenerativas


Figuras de Robbins Pathologic Basis of Disease – 8th edition Elsevier Š


Lesaocelular necroseeapoptose2013