Issuu on Google+

Mortes celulares, genes supressores de tumor e apoptose. Imortalização Referências: Robbins and Cotran (2010), Pathologic Basis of Disease, pp 286 -296. Weinberg (2014) The biology of Cancer, 2nd. Ed. Caps 9 e 10.


TP53 : o guardi達o do genoma


A descoberta, uma molécula de 53 kDa que associada à presença de SV40


Efeitos de mutaçþes de p53 na sobrevivência de animais geneticamente modificados


Natureza das mutaçþes de diferentes genes supressores de tumor


O conceito de alelo dominante-negativo


Vias p53 dependentes integram respostas celulares a diferentes tipos de estresse


Mortes celulares: Apoptose, uma forma programada e silenciosa de morrer


Evidência de apopotose no desenvolvimento: reabsorção de tecido entre as falanges


Uma famĂ­lia de executores e seus inibidores: a famĂ­lia bcl-2


Sobrevivência, senescência, imortalização


Um programa de salvaguarda: senescĂŞncia


Perda de Atividade de telomerase e envelhecimento


Apoptose