Page 1

Informativo da Paróquia Ressurreição do Senhor l Ondina - Salvador - Bahia l Dezembro de 2013 l nº 117

SEQUESTRARAM JESUS

A celebração do nascimento de Jesus e do sentido da vida está chegando. Antes, porém, é preciso entrar no tempo do Advento, que requer reflexão. Nesta edição, você confere matérias que falam sobre o nascimento do Jesus e o sentido do Natal. Depois de ler este exemplar, você pode ofertá-lo a um amigo ou vizinho, assim ele também terá o prazer de fazer uma boa leitura.

Começou o tempo do ADVENTO

p. 6

Participe da Novena de Natal

p. 6

Novo catecismo para jovens

p. 10


Informe-se 2

O RESSUSCITADO N. 117 ADVENTO: TEMPO DE RENOVAÇÃO E DE ESPERANÇA

VOCÊ SABIA QUE A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA...

.

Vem Senhor Jesus! Queridos irmãos amigos da Paróquia da Ressurreição do Senhor! Estamos entrando num tempo muito especial da nossa Igreja: o tempo do Advento. Ele tem a função de nos preparar, em sintonia com a nossa comunidade, para a chegada do menino Jesus, no Natal do Senhor. O Advento é tempo oportuno para cada um de nós como filhos (as) de Deus rever a própria vida, e, no íntimo do seu ser fazer uma autorreflexão: Como está a minha convivência com Deus? Como estou me relacionando com o meu próximo? Será que estou vivendo os mandamentos do Senhor ou sou mais um (a) a ser indiferente diante da fé? O Advento tem como fundamento conduzir meu coração para Belém, para a gruta onde Jesus nasceu e passar por uma experiência pessoal com Ele. E muito mais que isso, eu preciso acolher Jesus no meu coração que deve se transformar em manjedoura. Nesse sentido, somos convidados a celebrar o Natal juntos como uma família; mas o que significa celebrar o Natal? É só dar presentes? Arrumar a casa com árvore enfeitada? Fazer compras e preparar a ceia? Queridos (as), celebrar o Natal é algo mais importante e muito além do que os nossos olhos podem ver. É fazer-se “um” com Deus, como Jesus se fez “um” conosco. É ter Deus em primeiro lugar, e, por causa d’Ele, amar de forma comprometida, transformando a fé em obras. É promover a dignidade e a vida plena em todas as pessoas. É receber a luz que irradia da gruta de Belém. É olhar para as tantas luzes que embelezam praças, igrejas e casas. É olhar para o presépio e deixar-se encontrar pela luz que é Jesus, e se envolver com Ele. Esse é o verdadeiro sentido do Natal. O Menino na manjedoura, em toda sua simplicidade, é o nosso Salvador. Ele assumiu a nossa humanidade, fez-se “um” de nós para nos salvar do pecado e da morte. Com Jesus poderemos vencer todas as batalhas desta vida! Em nome dos Missionários Redentoristas desejo a todos vocês, a seus familiares e amigos um Santo e feliz Natal.

... na celebração da Missa, o Glória é um hino de louvor à Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. No Glória, inicia-se o louvor de Jesus diante do Pai, e a oração d’Ele torna-se nossa. Quando louvamos, reconhecemos o Senhor como criador e Seu contínuo envolvimento ativo em nossas vidas. Ele é o oleiro, nós somos a argila (Jer 18-6). Louvemos! Nós temos a tendência a nos voltar para a súplica, ou seja, permanecemos no centro da oração. No louvor, ao contrário, Jesus é o centro de nossa oração. Louvemos o Senhor com todo o nosso ser, pois algo acontece quando nos esquecemos de nós mesmos. No louvor, servimos e adoramos o Senhor.

“A humildade é a base e o fundamento de todas as virtudes e sem ela não há nenhuma que o seja.” (Miguel Cervantes)

... após o AMÉM, o celebrante dirige-se à cadeira e a comunidade senta-se. A Liturgia da Palavra tem um conteúdo de escuta, pois é nesta hora que Deus nos fala solenemente. Fala a uma comunidade reunida como “Povo de Deus”. A Palavra explicada fecunda o nosso compromisso com Deus, as nossas súplicas e ofertas.

Pe. Cristovão Przychocki CSsR - Missionário Redentorista

HORÁRIOS DE MISSAS IGREJA MATRIZ: Segunda a Sábado, às 18h (Quarta, Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro). Domingo, às 10h, 17h e 19h. SÃO LÁZARO: Segunda, às 7h, 9h, 16h e 18h. Terça a Sábado, às 8h. Domingo, às 9h30. N. SRA. EDUCADORA (ISBA): Segunda a Sexta, às 18h, somente no período letivo. Sábado, às 17h e Domingo, às 8h e 18h30. N. SRA. DOS NAVEGANTES: Sábado, às 18h30. SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS: Domingo, às 8h. CORAÇÃO DE MARIA: Domingo, às 18h.

Atendimento para Confissões

Uma hora antes da missa

Congregação do Ss. Redentor - CSsR Paróquia Ressurreição do Senhor PÁROCO: Cristovão Przychocki Vigários: Adão Mazur e Carlos Kaminsk Secretaria da Igreja Matriz (71. 3235-5614) Expediente: De 2ª a 6ª, das 9h às 12h e das 13h às 18h Av. Oceânica, 2217 - Ondina - Salvador - BA - CEP: 40140-131 Secretaria da Igreja de São Lázaro (71. 3247-4972) Expediente: De 2ª a 6ª, das 7h30 às 16h Rua Professor Aristides Novis S/N, Alto da Federação, Salvador - BA - CEP: 40010-710 Blog - www.ressurreicaodosenhor.blogspot.com Facebook: Paróquia de Ondina / Orkut: Ressurreição do Senhor

.

... quando o sacerdote diz “OREMOS”, esta oração é seguida de uma pausa. Este é o momento que o celebrante nos convida a nos colocarmos em oração. Durante esse tempo de silêncio, cada pessoa deve fazer mentalmente a sua intenção ou o seu pedido a Deus. Em seguida, o padre eleva as mãos e profere a oração, oficialmente, em nome de toda a Igreja. Nesse ato de levantar as mãos, o celebrante está assumindo e elevando a Deus todas as intenções dos fiéis. Após a oração todos respondem AMÉM, para dizer que aquela oração também é sua.

.

EXPEDIENTE

JORNAL O RESSUSCITADO Produzido pela Pastoral da Comunicação de Ondina - PASCOM TIRAGEM: 4.000 exemplares E-MAIL: pascom.ondina@hotmail.com.br E-MAIL:pascom.ondina@hotmail.com.br l PROJETO GRÁFICO: Silvana Lima l DIAGRAMAÇÃO: Equipe da PASCOM l TEXTOS: Pe Cristovão Przychocki, Pe Antônio Niemiec, Pe. Cristóvão Dworak, e equipe de reportagem da PASCOM: Magda Melo, Márcia e Alcides Lourenço, Darcy Sampaio, Almira Alice, Mônica Hanhoester, Neuma Sioli, Laila Azevedo, Rosa Maria, Silvana Lima, Danuza Cunha, Aruzia Luna l REVISÃO: Equipe da PASCOM l COLABOROU COM ESTA EDIÇÃO: Pe Rosivaldo Motta e paroquianos l JORNALISTA RESPONSÁVEL: Giberto Vitória - Mt. BA 2682 l FOTOS: Sergio Aragão, Maria das Neves, Claudemiro (Cal), Neuma Sioli, Google l


Tome Nota 3

O RESSUSCITADO N. 117 Horário das missas do Natal e final de ano

Venha participar do Terço dos homens Você que tem muito amor ao Cristo Ressuscitado, é convidado a participar, toda primeira terça-feira do mês, do momento de adoração ao Santíssimo na Igreja Matriz, em Ondina. Por sua vez, nas quartas-feiras às 19h, na Matriz, acontece o Terço dos Homens e você também é convidado a participar. Seja um membro do Terço dos homens. Preencha, recorte a ficha abaixo, e entregue na secretaria da Matriz.

3 Dia 24 - Véspera de Natal São Lázaro – 8h e 18h Ressurreição do Senhor - Matriz – 18h e 20h Coração de Maria (Corte Grande) – 18h Coração de Jesus (Baixa da Alegria) – 20h Nossa Senhora Educadora – 19h Dia 25 - Natal do Senhor Nossa Senhora Educadora – 8h e 18h30 São Lázaro – 9h30 Ressurreição do Senhor - Matriz – 10h e 19h N.S dos Navegantes (Alto da Sereia) – 18h30 Dia 31 - Último dia do Ano 2013 São Lázaro – 8h e 18h Ressurreição do Senhor - Matriz – 19h Coração de Jesus (Baixa da Alegria) – 19h Nossa Senhora Educadora – 20h Dia 1º de janeiro - Santa Maria Mãe de Deus São Lázaro – 9h30 Coração de Maria (Corte Grande) – 18h Nossa Senhora Educadora – 18h Ressurreição do Senhor - Matriz – 19h Encerramento da Catequese A missa de encerramento das atividades da catequese será na Igreja Matriz, no dia 07/12, às 16h. As crianças e suas famílias estão convidadas para este momento de oração e confraternização onde os laços de amizade serão fortalecidos. Após a missa, será realizada uma pequena confraternização. Contamos com a colaboração de todos para os ‘comes e bebes’.

Missa de Investidura dos Coroinhas Durante este ano, algumas crianças se prepararam para servir como coroinhas nas celebrações eucarísticas. O trabalho realizado pelos coroinhas é de muita importância, pois ajuda no bom andamento da celebração. No dia 08/12, na missa das 17h, na Matriz, essas crianças receberão as vestes litúrgicas abençoadas, dando início às suas atividades como Coroinhas. Acolhamos estas crianças que querem servir com alegria e amor à comunidade. Participe deste momento trazendo suas crianças, pois elas podem participar deste grupo. No próximo ano, uma nova turma será formada.

NOSSA AGENDA Dezembro 01/12 – 1º Domingo do Advento 02/12 – Reunião do CPP 03/12 – Adoração Santíssimo Sacramento 03/12 – Abertura Novena de Natal 06/12 – Missa Natal dos Dizimistas 07/12 – Encerramento Catequese (Matriz) 08/12 – 2º Domingo do Advento 08/12 – Imaculada Conceição 12/12 – Nossa Senhora de Guadalupe 13/12 – Aniversário do Pe Carlos 14/12 – Natal Solidário 15/12 – 3º Domingo do Advento 18/12 – Confraternização Paroquial (Encerramento dos Trabalhos e Reuniões) 22/12 – 4º Domingo do Advento 22/12 – Encerramento Novena do Natal 24/12 – Missa do Natal 25/12 – Natal do Senhor 26/12 – Dia de Santo Estevão – Primeiro mártir 28/12 – Dia dos Santos Inocentes 29/12 – Dia da Sagrada Família 31/12 – Missa de Encerramento do Ano Janeiro 01/01 – Santa Maria Mãe de Deus 05/01 – Epifania do Senhor

Convite para confraternização paroquial O final do ano está chegando. Com certeza, todos têm muitas coisas para agradecer e outras para corrigir. Afinal, foram muitos os momentos de alegrias, conquistas e crescimento. Para dar graças a Deus por todos esses momentos, uma celebração eucarística será realizada na Igreja Matriz, no dia 18/12. Após a missa, será realizada uma confraternização paroquial para fortalecer os laços afetivos. Sua presença é muito importante! Se possível, contribua com um prato de doce ou salgado.


Viva sua fé

O RESSUSCITADO N. 117

4

Natal secularizado? Pe. Cristóvão Dworak, CSsR (E-mail: kdworak@hotmail.com)

Depois da Páscoa, o Natal é a maior festa religiosa dos cristãos. Mas, passaram–se os tempos, em que o Natal era unicamente a memória do Mistério da Encarnação, celebrada pelos católicos, ortodoxos e protestantes. Os processos da secularização atingiram também a Igreja com suas celebrações, festas, tradições e costumes. Segundo alguns especialistas do comportamento do mercado, no calendário comercial, o Natal figura como um dos momentos mais fortes para aquecimento do comércio, seguido do Dia das Mães... O crescente secularismo tende não tanto a extinguir o Natal, apesar de que há a tendência cada vez mais forte para tirar a data do nascimento de Jesus como referência da marcação do tempo na cultura Ocidental, mas a mudar seu sentido, aproveitando-se da sua força simbólica. O São Nicolau foi trocado por Papai Noel. O presépio, como provável invenção catequética de São Francisco de Assis, passou a fazer parte da ornamentação dos shoppings centers, onde desapareceu, quase por completo, a imagenzinha do Menino Jesus. Os cantos natalinos, que faziam parte integrante das celebrações natalinas e fortaleciam a fé dos cristãos reunidos nas igrejas, como testemunhava Santo Agostinho, hoje, viraram um belo acessório comercial cantado nas praças de alimentação, nos bancos, nas salas de concertos, etc. A ornamentação natalina, ajustada aos fins comerciais, tende a invadir

os espaços celebrativos! Em muitos casos, não há mais diferença entre uma igreja e um hall comercial. Uma das canções natalinas brasileiras, composta por Ana Yara Campos diz: “Menino Jesus eu só queria lhe pedir que interrompesse todo mundo pra chamar sua atenção. Conte-nos de novo sua história pra que fique na memória o verdadeiro sentimento do Natal”. De fato há uma necessidade de reencontrar o verdadeiro sentido das festas natalinas. Não é o nosso objetivo aqui reclamar do mercado que instrumentalizou com maestria os sentimentos religiosos do Natal. Cabe, porém, aos cristãos, valorizar as tradições natalinas e reforçar mais ainda o verdadeiro significado do mistério do Natal, criando um clima de jubilosa contemplação do mistério do nascimento daquele, que se “fez carne” e veio para que n’Ele todos tenham a vida em plenitude (Jo 1,14; 10,10b). E faremos isso valorizando as celebrações do Advento, e da Novena Natal em Família, que antecedem o Natal. Faremos isso preparando com esmero as belas liturgias deste tempo litúrgico, entoando os cantos natalinos e promovendo Oratórios do Natal. Faremos isso cuidando de uma decoração adequada, onde não faltará um belo presépio. Faremos isso quando acorrermos, como pastores e reis magos ao encontro com Aquele, sem o qual, tudo isso não teria verdadeiro sentido.

Último Bazar e Brechó do Ano A Coordenação da Pastoral Social com toda a sua equipe, agradece aos paroquianos pelas doações enviadas para o último bazar e brechó do ano, que aconteceu em 09/11. Com o sucesso de vendas e público, o brechó conseguiu arrecadar dinheiro que será revertido em cestas básicas. Que Deus abençoe a todos.

“Os pais” do protestantismo declaram sobre a Virgindade de Maria: Padre Antônio Niemiec - CSsR Martinho Lutero Comentando Mt 1,25: “Destas palavras não se pode concluir que após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isso.” (Obras de Lutero, Ed. Weimar, Tomo 11, p. 323) “Virgem antes, no, e depois do parto, que está grávida e dá a luz. Este artigo da fé é milagre divino.” (Sermão Natal 1540: WA 49,182) “Cristo foi o único filho de Maria, e a virgem Maria não teve outros filhos além dele. ‘Irmãos’ significa na realidade ‘primos’, pois as Sagradas Escrituras e os judeus chamam sempre irmãos os primos... Cristo, o nosso Salvador, foi o fruto real e natural do seio virgem de Maria. Isso aconteceu sem a cooperação do homem e Maria continuou virgem também depois.” (Sermão sobre João) João Calvino “Jesus é dito primogênito unicamente para que saibamos que Ele nasceu da Virgem.” (CO 45,645) “Certas pessoas têm desejado sugerir desta passagem [Mt 1,25] que a Virgem Maria teve outros filhos além do Filho de Deus, e que José teve relacionamento íntimo com ela depois. Mas que estupidez! O escritor do Evangelho não desejava registrar o que poderia acontecer mais tarde; ele simplesmente queria deixar bem clara a obediência de José e também desejava mostrar que José tinha sido bom e verdadeiramente acreditava que Deus daPortanto, cama ele jamais enviara seuCabeceira anjo a Maria. teve relações com Maria, mas somente compartilhou de sua companhia. Além disso, Jesus Cristo é chamado o primogênito. Isto não é porque teria que haver um segundo ou terceiro [filho], mas porque o escritor do Evangelho está se referindo à precedência.” Zvínglio: “Creio firmemente que, segundo o Evangelho, Maria, como Virgem pura, gerou o Filho de Deus e no parto e após o parto permaneceu para sempre Virgem pura e íntegra.” (Zvínglio, Opera 1, 424) “Os irmãos do Senhor eram os amigos do Senhor.” (Zvínglio, Opera 1, 401)

Sugestão de Leitura

Sugestão de leitura Em tempos de Natal, de celebrações em família, de (re)pensar a vida e resgatar o sentido da existência, a sugestão de leitura inspira-se em Cora Coralina. Ela nos dá um exemplo de vida, ao publicar seu primeiro livro quando já tinha quase 76 anos. Estórias da Casa Velha da Ponte é um livro de contos que permite a descoberta de como a simplicidade pode ser o melhor caminho para atingir a mais alta riqueza de espírito.


Veja o destaque

O RESSUSCITADO N. 117

Formação para o Bom Pastor e ESSVC

5

Em sintonia com o documento Familiaris Consortio e com o apelo que o Papa João Paulo II fez no sentido de acolher os casais em 2ª União Estável “que eles não se considerem separados da Igreja, devendo, enquanto batizados, participar da sua vida.”, o Setor de Casos Especiais da Comissão da Pastoral Familiar da Arquidiocese promoveu no dia 19/10/2013, no Centro Amarante, Cabula, treinamento para coordenadores de Casos Especiais.

Na oportunidade, a Paróquia da Ressurreição do Senhor de Ondina se fez presente com a apresentação do Bom Pastor feito pelo casal Luciano e Jandira, com o depoimento do casal Wagner e Denise (casal participante do EBP e do ECC a partir da Nulidade) e Rita Couto que apresentou o ESSVC (Encontro de Solteiros Separados e Viúvos com Cristo), cuja dinâmica encantou a todos. Muitos não o conheciam, já que em nossa Arquidiocese, apenas a Paróquia Ressurreição do Senhor promove o ESSVC.

Festa de São Benedito Três festas marcam o Santuário de São Lázaro, pertencente a paróquia da Ressurreição do Senhor, Ondina: a de São Lázaro, no último domingo de janeiro; a de São Roque, 16 de agosto, e a de São Benedito, na última segundafeira de novembro. Uma multidão esteve no Santuário no dia 25 comemorando o Santo dos cozinheiros. Benedito era filho de escravos. Manifestou desde os dez anos tendência para a penitência e para a solidão. Aos 18 anos, com o fruto de seu trabalho, provia a si mesmo e aos pobres. Por volta de 1564 Benedito foi aceito como irmão

leigo pelos frades franciscanos de Palermo, começando por trabalhar na cozinha. Em 1578, eles precisaram de um novo guardião (título dado ao superior), e Benedito foi o escolhido, apesar de ser leigo e analfabeto. Sua vida tornou-se um exercício contínuo de todas as virtudes, e Deus lhe concedeu o dom de operar milagres. Foi canonizado em 1807, e normalmente em suas imagens traz o menino Jesus nos braços, que lhe foi colocado por Maria Santíssima, pela sua grande devoção, e pela suave doçura com a qual Jesus preencheu o seu coração.

Festa Baile Anos 60 foi um sucesso No último dia 30/11, centenas de paroquianos reviveram os anos dourados no Clube dos Empregados da Petrobras em Stella Mares. A renda será revertida para ações pastorais da nossa comunidade. A banda

Milionários animou todos os presentes, muitos foram vestidos a caráter com estampa de bolinhas. Confira as fotos do evento nas redes sociais da paróquia. Veja endereços na página 9.

5

Paróquia da acolhe Narcóticos Anônimos (NA) Eudes da Cruz Queiróz é um dos participantes, e nos deu um lindo relato: “Quero trazer meu depoimento, pois sou grato ao NA pelas mudanças positivas na minha vida. Sou casado, tenho filho, trabalho, participo e colaboro com a organização do grupo Ondina Vale a Pena Viver. Antes de conhecer o NA tinha uma vida de mendigo, ficava pelas praias, pelas ruas, pelos pontos de droga. Por vários dias ficava fora de casa só usando drogas. Meus dias eram de medo, angústia, e desespero. Os traficantes queriam me matar, eu tinha que roubar para sustentar meu vício e dividir com eles. Minha mãe de 80 anos não tinha sossego, vivia nas ruas me procurando e, para completar, eu roubava as coisas dentro de casa para comprar droga. Fui usuário por 25 anos. Um dia, minha mulher viu num ônibus o panfleto do NA e resolveu ligar e buscar informações de como poderia me ajudar. Resolvi ouvir seus conselhos, enfrentei a mim mesmo e fui participar de uma reunião do grupo. Hoje, tenho 2 anos, 1 mês e 26 dias limpo. Estou trabalhando, ando de cabeça erguida, tenho paz de espírito, força de vontade e determinação. Tudo isso fez com que a relação familiar se transformasse numa convivência de paz. Sei que essa doença não tem cura, mas tenho o controle dela. Cada dia é um dia, e não posso estragar todas as conquistas que fiz. Por isso eu sempre digo: vale a pena viver sem drogas.” O Grupo Ondina Vale a Pena Viver (NA) se reúne nos domingos 9h e segundasfeiras 10h30 e 19h. Tendo vontade venha nos visitar e bater um papo. Será um prazer lhe receber.Para saber mais ligue 3484-0999 ou 8213-1953


Especial 6

O RESSUSCITADO N. 117

Faça um Nat SEQUESTRARAM JESUS De novo é Natal. De tanto ouvir e ver as mesmas coisas, o Natal virou rotina. Propagandas sem novidades, velhas canções, as ruas enfeitadas quase do mesmo jeito. Natal perdeu a graça. Por quê? E para piorar, surge o Papai Noel, cansado e suado, com aquelas roupas de inverno num calor de 30 graus. Um livro de Machado de Assis, pergunta: mudou o Natal ou mudei eu? Onde está o Natal de outros tempos, com pequeno presépio feito em casa. Com um espelho parecendo um lago e o pinheirinho com o algodão parecendo neve? Onde está aquele Natal que enchia de encanto o coração e as famílias? É muito grave, sequestraram Jesus. Ele nos foi roubado e em seu lugar tentam colocar panetones, perus, chocolates, presentes, muitos presentes. No lugar do menino pobre de Belém, querem nos impingir bonecas que falam e dançam, carrinhos com motor, tênis iluminados e roupas que vem do outro lado do mundo. Sem falar dos gulosos jantares. Podemos, quem sabe, ir ao Procon e pedir que devolvam o Natal. Este natal que nos querem impingir está vencido, precisa ser retirado do mercado. É falsificado.

Como ponto de partida, é preciso colocar JESUS no centro de nossa festa. Não é o Natal do Papai Noel, distribuindo presentes para as crianças ricas e brinquedos reciclados para os pobres. É o Natal de JESUS que veio trazer a todos o grande presente da salvação. É o Natal daquele que veio trazer a boa nova aos pobres, excluídos e sem esperança. Natal é também lembrar que o Menino cresceu e nos deixou um modo de viver. Um modo exigente, mas que inclui a misericórdia. Natal não é uma noite, mas uma vida. É uma atitude que envolve todas as noites, todos os dias. Natal é a certeza de que para JESUS não existem casos perdidos. Em 1223, São Francisco de Assis, o santo do presépio, decidiu: “Quero neste ano, celebrar o Natal mais bonito da minha vida”. Cada um de nós pode tomar essa decisão. Isso significará reinventar um Natal, um Natal com menos lampadinhas e mais luz. Um Natal com menos festas e mais paz, um Natal onde JESUS é a figura principal. Troque seu Natal vencido por um novo, um Natal com JESUS. Texto de Dom Itamar Vian

O verdadeiro sentido do Natal Para Santo Agostinho, no século V, a celebração do Natal do Senhor não tinha sentido de sacramento, era a recordação da natividade de Jesus. Para o bispo de Hipona, o único sacramento era a Páscoa, pela qual os seres humanos e a criação inteira tinham sido reintegrados à sua origem, que é próprio Deus, o Sumo Bem. Será Leão Magno, no mesmo século e alguns anos mais tarde quem encontrará o sentido do mistério e por isso, sacramental, do Natal do Senhor. Para ele,

a Natividade, celebração da encarnação do Verbo, está intimamente ligada à Páscoa. É seu início, pois, quando a Igreja celebra esta solenidade, comemora o aspecto do novo nascimento dos fiéis para uma vida redimida: “No momento em que vosso Filho assume nossa fraqueza, a natureza humana recebe uma incomparável dignidade: ao tornar-se um de nós, nós nos tornamos eternos” (Prefácio do Natal II) Fica, então, evidenciado o aspecto sacramental e pascal do Natal do Senhor.

CONVITE ESPECIAL PARA NOVENA DE NATAL Todos os paroquianos estão convidados para participar da Novena de Natal, que será realizada em casas, condomínios e edifícios,

Advento: preparação para o nascimento de Jesus Mergulhar profundamente no mistério da fé cristã e preparar o coração para festejar o maior acontecimento da história: o nascimento de Jesus Cristo. Este é o convite que a Igreja faz no período do Advento, celebrado durante as quatro semanas que antecedem o Natal. Dentre os símbolos deste

período está a coroa, formada por quatro velas, que representam a fé e a contagem regressiva para a encarnação do Messias. A cada domingo uma delas é acesa. O círculo representa a eternidade, é formado por folhas verdes que simbolizam a esperança em Cristo; já a fita vermelha lembra o amor de Deus pela humanidade.

com dinâmicas próprias de preparação para a época. A Novena inclui textos, reflexões e partilhas. Aproveite este momento para enriquecer sua espiritualidade. A abertura será durante a Adoração no dia 03/12, às 19h30 e a programação será afixada no mural da paróquia e no facebook/paroquia de ondina.


Especial 7

O RESSUSCITADO N. 117

tal diferente Igreja Matriz prepara Auto de Natal Uma noite inesquecível prometem os jovens que irão fazer o auto de Natal da Paróquia Ressurreição do Senhor. No dia 15 de dezembro, jovens, adultos e crianças irão interpretar o nascimento do menino Jesus. Coordenado pela Pastoral da Juventude,

7

o Auto exauta a justiça, solidariedade e fraternidade para a vinda do Salvador, e Maria, como modelo de fidelidade para a Igreja e para a humanidade. Venha ver os nossos “artistas” que no ano passado foram aplaudidos de pé pela multidão, emocionada, presente na Igreja.

Tradição do presépio de Natal O presépio é uma montagem com peças, que faz referência ao momento do nascimento de Jesus Cristo. Com o menino Jesus na manjedoura ao centro, o presépio apresenta o local e os personagens bíblicos que estavam presentes neste importante momento cristão.

Neste Natal faça uma família feliz!

Doe alimentos não perecíveis ou brinquedos para o Natal Solidário da Paróquia da Ressurreição do Senhor que acontecerá em 14/12.

De acordo com fontes históricas, o primeiro presépio foi montado por São Francisco de Assis no Natal de 1223. O frade católico montou o presépio em argila na floresta de Greccio. Sua ideia era montar o presépio para explicar as pessoas mais simples o significado e como foi o nascimento de Jesus Cristo. No século XVIII, a tradição de montar o presépio, dentro das casas das famílias, se popularizou pela Europa e, logo em seguida, por outras regiões do mundo. É tradição a montagem do presépio na época de Natal.

Inscrições abertas para o Concurso de Presépios 2013 Para resgatar o verdadeiro espírito natalino, a Arquidiocese de Salvador, por meio da Pastoral de Comunicação (Pascom), promove o projeto Salvador, Cidade Natal do Brasil. A iniciativa agrega uma série de atividades, dentre elas o Concurso de Presépios 2013, no qual os soteropolitanos podem participar, até o dia 10/12, enviando uma foto do presépio montado, nome completo, telefone, endereço e categoria para o e-mail contato@arquidiocesesalvador.org.br. O resultado será divulgado no dia 17/12. Ao todo, serão três categorias. Residencial: presépios montados em residências; Paroquial:

montados em igrejas (paróquias, comunidades e capelas); e Institucional: montados em instituições (casas comerciais, faculdades, shoppings e supermercados). Será inaugurado no dia 01/12, às 17h, um presépio monumento no píer do Dique do Tororó. Será o maior presépio do Brasil e poderá ser visitado gratuitamente até o dia 06/01/14.


Fique por dentro 8

O RESSUSCITADO N. 117

Projeto do Elevador A obra do elevador segue firme nos trabalhos da fundação, onde já foram realizados os serviços de desvio e novos dutos enterrados com cabos de alimentação de energia, escavação do poço do elevador, preparação e concretagem das sapatas e início de execução dos seus respectivos pilares. A generosidade dos paroquianos e suas valiosas doações são muito importantes para fazer frente aos custos de construção. As doações podem ser feitas na conta poupança do Banco do Brasil, nº 11322-0 – variação 51 – agência 3462-2 ou na conta poupança do Banco Bradesco, nº 1003892-8, agência 2882-7. Todos estão convidados para participar da

construção das melhorias do templo do Senhor. Sejamos sempre gratos ao amor de Deus. As fotos abaixo são do estágio da obra no dia 20/11.

SERVIÇOS GRATUITOS NA IGREJA MATRIZ

A Paróquia da Ressurreição realiza casamento comunitário Um dia muito especial para vários casais que disseram SIM a Deus no dia 30 de novembro na nossa Igreja. Tradicional, o Casamento Comunitário

de Ondina é referência em toda a cidade pela organização e cuidado com que vêm sendo feito. Parabéns a todos pela organização deste belo momento.

Formação para catequistas No dia 09/11, as catequistas de crisma, eucaristia e batismo participaram de formação com Padre Cristóvão Dworak. Ele destacou o uso do Ritual de Iniciação Cristã de Adultos (RICA) e

a importância de momentos celebrativos na catequese. Por meio destes, os catequizandos sentem o amor de Deus agindo. Percebem na ‘prática’ o que em ‘teoria’ é ensinado!

Parabéns aos aniversariantes dizimistas da Paróquia da Ressurreição do Senhor

do mês de dezembro

Matriz, Comunidades: Nossa Senhora Educadora (ISBA), Nossa Senhora dos Navegantes, Coração de Jesus e Coração de Maria. 1 Clarice Lima de Menezes 1 Hélio Mariz Paiva Filho 1 José Orlando Dias Amorim 2 Maria de Lourdes Cardoso Farani 2 Nelson Ricardo Alves Sampaio 3 Ana Claudia Lacerda Barreto Silva 3 Celeste Isabella Machado da Silva 3 Jenelício Gomes Rocha 3 Aracy Santos da Silva 4 Jarbas Santos de Oliveira 5 Conceição Maria Diniz Guerra Santos 5Tereza Lúcia Lopes Moura 6 Ana Lúcia Rio Mattos 6 José Serafim dos Santos 6 Renata de Santana Souza 9 Francisco Lessa Ribeiro 9 Rose Mairy Silva 10 Dalva Carvalho Santana 11 José Benevides de Queiroz 12 Alícia Suarez Nunes 12 Carlos Humberto dos Santos

12 Filomena de Sousa Fontes 15 Adenildes Andrade Couto 16 João Batista Pereira Neto 17 Maria Lino dos Santos 18 Antonio Fernando Couto Moreira 18 Maria Neuma Gomes da Silva 19 Maria Izabel Passos Imbiriba 19 Tânia Maria Senhorinho Lins d’Albuquerque 22 Ana Lucia Almeida da Silva 23 Neide de Jesus Santos 24 Jorge Alves da Silva 25 Bartira de Souza Almeida Andrade 25 Cristianne P. Ferrari Pedral Sampaio 26 Carlos Alberto Leal de Araujo 26 Leopoldo Euclides da Fonsêca 26 Maria Margarida Carneiro de Matos 27 Marcos Antonio Falcão da Silva 28 Delsuc Augusto F. de Sant’Anna 29 Katiane Eugenia Cunha 29 Maria Trancoso Bitencourt 30 Durvalina Brito de Castro Dourado

Através do serviço voluntário, paroquianos de Ondina que estiverem interessados em atendimento médico e de advogados poderão contar com serviços oferecidos gratuitamente em nossa Paróquia. Confira os dias e programe-se!

ATENDIMENTO NA ÁREA DE SAÚDE Fisioterapia: quartas-feiras das 14h às 18h. É necessário agendamento prévio com a fisioterapeuta Vitória Sampaio: (71) 3492-7061. Psicologia e outras especialidades: quartas-feiras, das 14 às 18h, com a psicóloga Norma Almeida. Mastologia: terças-feiras a cada 15 dias, pela tarde, agendar com Neves (9189-8428) atendimento com a mastologista Tatiana.

SERVIÇO DE ADVOCACIA GRATUITO Atendimento jurídico nas áreas: cível, criminal, trabalhista e familiar. As consultas acontecem das 14h às 18h, nas terças-feiras, com a advogada Cristiane Soares e às quartas-feiras, com o advogado Mário Brito.

BRECHÓ Todas as terças-feiras com artigos para venda, das 14h às 16h30, no auditório da Matriz.

PARA TODOS OS ATENDIMENTOS LIGUE: 3235-5614

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. (João 14,1)


Confira 9

O RESSUSCITADO N. 117

Paróquia de Ondina se prepara para 2014

A boa comunicação depende de você

9

Com o seu apoio, a Pascom tem conseguido manter a paróquia informada, divulgando o trabalho por ela realizado. Envie as notícias a serem divulgadas no jornal, até o dia 15 do mês anterior ao de veiculação e, para as redes sociais com 3 dias de antecedência da data de postagem, para que as mesmas sejam editadas. Quando houver alteração de qualquer informação, a exemplo de mudança de local e/ou data de um evento, é indispensável que você entre em contato. Isso evita que a notícia seja divulgada com dados incorretos, o que pode gerar transtornos para toda a paróquia. Continue contribuindo. Sua participação é muito importante para uma comunicação de qualidade!

Aconteceu na Matriz, no dia 23/11, e encerrou na missa das 18h, a nossa Assembleia Paroquial. Pe Antônio, como sempre, proporcionou fecundos momentos de reflexão e formação. Avaliar nossa caminhada como comunidade e definir, juntamente com o pároco, prioridades e rumos pastorais para 2014 foram metas alcançadas!. No decorrer deste ano, muitas atividades ajudaram a fortalecer a comunhão na ação evangelizadora e na vivência cristã. Vale destacar: mês missionário; investidura de coroinhas; curso de iniciação bíblica; encontro de lideranças nas comunidades; encontros das pastorais: familiar, juventude e universitária; e, com certeza o será, a nossa confraternização no dia 18/12. Obrigada a todos que contribuíram/

participaram da nossa caminhada como Igreja. Que Deus nos conceda a graça da perseverança nos serviços paroquiais para uma maior união com Cristo e com os irmãos!

O que a Bíblia diz sobre a vida após a morte? Prof Filipe Aquino, tomando por base os Documentos Oficiais da Igreja, elaborou esta bela síntese, cujo assunto importante interessa a todos. A maior esperança cristã é esta: a vida não termina na morte, mas continua no além. E muitos perguntam “o que virá depois?”. Somente a fé católica tem resposta clara para esta questão. A Carta aos hebreus diz que “está determinado que os homens morram uma só vez e em seguida vem o juízo” (Hb 9,27). Para nós católicos, a reencarnação, que deixa as pessoas despreparadas diante da morte, acreditando neste erro, e com uma falsa ideia de salvação, não tem nenhum fundamento. São Paulo ensinava aos cristãos de Corinto, muito influenciados pela mitologia grega que dominava a região, que “ao se desfazer esta tenda que habitamos neste mundo, recebemos uma casa preparada por Deus e não por mãos humanas, uma habitação eterna, no céu” (2Cor 5,1). Mas, Paulo não deixou de dizer que “teremos de comparecer diante do tribunal de

Cristo. Ali, cada um receberá o que mereceu, conforme o bem ou o mal que tiver feito enquanto estava no corpo” (2Cor 5,10). A Igreja nos ensina que logo após a morte vem o Juízo particular da pessoa. Diante da justiça perfeita de Deus, seremos julgados. Mas é preciso lembrar que o Juiz é o mesmo que chegou até o lenho da Cruz para que ninguém fosse condenado, e tivesse à sua disposição, através dos Sacramentos da Igreja, o perdão e a salvação que custaram a Sua Vida. Afirma o nosso indispensável Catecismo que: “Cada homem recebe em sua alma imortal a retribuição eterna a partir do momento da morte, num Juízo Particular que coloca sua vida em relação à vida de Cristo, seja através de uma purificação, seja para entrar de imediato na felicidade do céu, seja para condenar-se de imediato para sempre” (§ 1022). Isto mostra que imediatamente após a morte a nossa alma já terá o seu destino eterno definido: o céu, mesmo que se tenha de viver

SEJA NOSSO PARCEIRO! Anuncie no nosso jornal! Seu anúncio será visto em escolas, condomínios, clínicas e hotéis de Ondina. Informações pelo e-mail pascom.ondina@hotmail.com.br. Que Deus lhe abençoe!

A paróquia de Ondina está nas redes sociais: Blog: www.ressurreicaodosenhor.blogspot.com

Paróquia de Ondina

Ressurreição do Senhor

Paroquia_ondina

pascom.ondina@gmail.com

o estado de purificação antes (purgatório), ou o inferno. Sobre o purgatório a Igreja no Catecismo afirma: “A Igreja denomina Purgatório esta purificação final dos eleitos, que é completamente distinta do castigo dos condenados”(§1031). As almas do Purgatório já estão salvas, apenas completam a sua purificação para poderem entrar na comunhão perfeita com Deus. Diz a Carta aos hebreus que “sem a santidade, ninguém pode ver o Senhor” (cf. Hb 12,14). Mais do que um estado de sofrimento, o Purgatório é, ensina São Francisco de Sales, doutor da Igreja, um estado de esperança, amor, confiança em Deus, e paz, embora a alma sofra para se santificar. Para os que rejeitaram Deus e a sua graça, isto é, deixaram seu coração endurecer, o destino será a vida eterna longe d’Ele, para sempre, junto àqueles que também O rejeitaram. Jesus diz que ali haverá “choro e ranger de dentes”. PARABÉNS No dia 13 de dezembro, nosso querido padre Carlos celebrará mais um ano de vida. Rezemos para que Deus o abençoe cada vez mais, e Maria o cubra com seu manto sagrado.


O RESSUSCITADO N. 117

10

Turma Jovem

1º TLM

Encontro Iluminar II emociona a juventude! Com quantas notas se é possível tocar uma alma? E, quando a alma deve ser tocada para Deus, que notas se fazem necessárias? Estas perguntas foram respondidas no final de semana de 22 a 24/11, quando vários jovens participaram do I Treinamento de Liderança Musical (TLM), em Salvador. O TLM de Salvador está de parabéns!

A família Iluminar aumentou! Agora são mais 31 novos tegrantes no grupo voltado para adolescentes entre 12 e 14 anos. O Iluminar II aconteceu nos dias 08,09 e 10 de novembro, no Instituto Frei Ludovico, em Brotas, sob a coordenação dos jovens Ivan, Aninha e Clarinha, membros do grupo Redescoberta. Foram dias muito emocionantes e fundamentais para a caminhada espiritual desses adolescentes! A missa de encerramento aconteceu às 19h, na Paróquia. Que Deus continue os abençoando e que Nossa Senhora interceda na vida de cada um deles e de suas famílias, para que permaneçam firmes na Fé!

Projeto Catequese Jovem Catequese nas Dioceses com o auxílio do YOUCAT Após o envio feito pelo Papa Francisco, naquele dia 28 de julho, na inesquecível Missa de Envio JMJ – na Praia de Copacabana, voltamos à nossa “jornada diária”. Com isso cada peregrino leva consigo o natural o desejo de lançar-se na missão lá em sua paróquia, Diocese, Movimento, etc. Mas, o missionário, embora precise colocar os pés na estrada, precisa também sempre ter os ouvidos atentos ao que Cristo quer lhe ensinar. Um bom missionário é fruto de um bom discipulado. Ser discípulo é também ecoar a mensagem do Mestre. Por isso, um dos legados da JMJ Rio 2013 é o Projeto “Catequese Jovem”, que nasceu a partir de toda a distribuição de mais de 1,5 milhão de exemplares do YOUCAT por meio da Fundação AIS às dioceses brasileiras em preparação para a JMJ. O YOUCAT, é o Catecismo Jovem, que nasce no seio da Nova Evangelização

“como uma novidade, um dom, um precioso contributo com a finalidade de tornar a FÉ dos jovens mais firme, mais fiel aos ensinamentos da Igreja e mais decidida ao partilhar com os outros as razões da própria esperança” (Cardeal Stanislaw Ryłko). Com o auxílio do Padre Pe. Anísio José Schwirkowski (Mestre em Pastoral Juvenil e Catequese), fomos dando forma ao Projeto Catequese Jovem, que tem duas inspirações: as catequeses que acontecem durante a JMJ com os Bispos Catequistas e o próprio YOUCAT. Como legado da JMJ Rio 2013, a proposta é que a partir desses dois grandes instrumentos, os jovens em suas dioceses sejam animados uma vez ao mês a terem um momento de Catequese com um Bispo, na medida que lhe for possível. Acreditamos que o projeto “Catequese Jovem”, pode ser também um momento de profunda comunhão eclesial naquela Diocese que o acolher, pois os jovens vindos de diferentes expressões, movimentos, grupos,

pastorais, agremiações, se reunirão em uma manhã ou tarde para ouvir o seu Bispo, assim como acontece nas JMJ: Animação, catequese, perguntas, testemunhos e Santa Missa. Aos que tiverem interesse em conhecer e aplicar o projeto, poderão nos contactar aqui pelo próprio site para receber orientações mais práticas. Jerônimo Lauricio - Equipe Catecismo Jovem. (Extraído do site www.catecismojovem.com.br)


O RESSUSCITADO N. 117

PINTE, BRINQUE, DIVIRTA-SE!

11

11


Conheça mais 12

O RESSUSCITADO N. 117

Padroeira da Bahia A Imaculada Conceição foi definida como uma festa universal, em 1476, pelo Papa Sisto IV. A existência da festa era um forte indício da crença da Igreja Católica, porém só foi estabelecida como dogma a partir de 1854, quando o papa Pio IX defendeu o conceito teológico. Maria, mãe de Jesus, foi reconhecida como imune de toda a mancha do pecado original desde o

primeiro momento da sua concepção. O dia 8 de dezembro é marcado pela evocação popular e tradicional, que celebra Nossa Senhora da Conceição como o arquétipo da Maternidade. A santa é rainha e padroeira de Portugal e, no Brasil, da cidade de Salvador. A data também é feriado em outras capitais brasileiras como Aracaju, João Pessoa e Recife.

DICAS CUIDADOS COM A SAÚDE Posições chamadas de ergonômicas ajudam a evitar Lesões por Esforço Repetitivo e Doença Osteomuscular (LER/DORTS). 1. O monitor deve ficar na direção dos olhos; 2. O encosto, os braços e a altura da cadeira devem ser reguláveis; 3. Posicione em 90º os joelhos em relação aos tornozelos e quadris e os cotovelos em relação aos punhos e ombros; 5. Evite o uso de talas que coloquem os punhos virados para cima, pois isso provoca o surgimento de lesões; 7. Mantenha as costas apoiada e o pescoço bem alinhado, isso evita dores;

OS HOMENS ABORTAM MAIS QUE AS MULHERES NO BRASIL Na sociedade machista que vivemos, a mulher sempre foi a mais acusada na prática do aborto, pelo fato da natureza privilegiá-la sendo portadora de uma vida em suas entranhas, durante nove meses. Partindo para a reflexão fundamentada nos valores cristãos: em uma gravidez não planejada, ou adquirida na prática irresponsável de uma relação sexual, a responsabilidade, tanto do cuidado com a vida da criança, como da barbaridade de matar essa vida ainda em feto, é dos dois. Partindo para a reflexão psicológica: o peso para a mulher é grande, levando em consideração sua fragilidade ao saber que dentro de si está levando um ser que pode mudar o seu destino. Afetada, psicologicamente, a mulher pode ser bombardeada por uma carga psicológica tão forte que poderá decidir abortar, sem mesmo saber o que está fazendo. Ainda mais quando isso acontece na adolescência. Neste sentido, o homem que a engravidou tem muito mais possibilidade de evitar o aborto e defender a vida do feto, do que a própria mulher. Ele sofre menos consequências que ela.

Mas o que vemos, na maioria dos casos, é a mulher sendo pressionada a praticar o aborto, por quem a engravidou. Em muitos casos homens casados que não querem que sua vida “estoure”. Isso é grave diante de Deus!

Falei até agora do aborto clássico, que todos conhecem e que acontece todo dia nas clínicas clandestinas e tantos meios ilícitos. Mas existe outra forma de aborto, que não é tida como aborto, mas é. O aborto da “paternidade responsável”. O direito à paternidade responsável é garantido a todos os brasileiros pela Constituição Federal de 1988, no artigo 226, § 7º. No entanto, são inúmeros os casos

em que o registro da criança é feito apenas com o nome da mãe. São os filhos de homens que não assumiram sua responsabilidade e, impunes pela lei, simplesmente abandonam a mãe. A partir disso, ela passa a conviver com o drama de portar na certidão de nascimento do filho a expressão “pai não declarado”, diante de uma sociedade machista e discriminatória em relação às mulheres. O ato de abandonar um recém-nascido em caixas de papelão, em portas e esquinas pode levar a mulher que praticou o ato absurdo, à prisão. No entanto, o pai nem sequer é lembrado como envolvido, também, na história. Um homem que rejeita um filho, ao negar a sua paternidade, ele também comete um aborto. Para este homem, aquele filho não existe, está morto em sua consciência. Tal aborto social implicará em prejuízos na vida daquele que veio ao mundo sem pedir, mas que tem o direito de ter um pai. Pe. Rosivaldo Motta, CSsR Blog: www.perosivaldomotta.blogspot.com.br e-mail: pe.rosivaldo@globo.com

Jornal de dezembro  

Informativo da Paróquia Ressurreição do Senhor - Ondina - Salvador - Bahia Dezembro de 2013 n º 117.