Issuu on Google+

ANO 3 - Nº 27

CAMpinas, JUNHO 2012

Publicação mensal de distribuição gratuita nas residências, condomínios e comércios dos bairros Nova Europa, Parque Prado, Jardim dos Oliveiras, São Martinho, Parque Jambeiro, Vila Ipê, Parque da Figueira, Jardim do Trevo, Vila Campos Sales, Jardim Leonor, Vila Marieta, Ponte Preta e Vila João Jorge.

O que esperar do maior evento sobre sustentabilidade. Pág. 2 Luciane Nohama

Prefeito Pedro Serafim diz que não medirá esforços

Assembleia do OP realizada no Jardim Nova Europa

Campinas poderá ter polo de reciclagem

Demandas apuradas Em assembleia regional, mais de 40 moradores de 17 bairros que compreendem a Administração Regional 8 (AR 8), apontaram as três principais demandas (saúde, segurança e serviços públicos) da região e elegeram representantes para o Conselho do Orçamento Participativo (OP) 2012.

Página 3.

A Prefeitura de Campinas estuda um projeto inovador, que une geração de renda e benefícios ambientais. Trata-se da instalação de um polo de reciclagem industrial, qpresentado pela Cooperativa Remodela Reciclagem. O projeto já conta com o apoio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) e outras entidades. O prefeito Pedro Serafim (PDT) diz que Campinas não medirá esforços para viabilizar o projeto. Página 8.

Festas juninas alegram região As comunidades da região estão unidas em torno das festas juninas, que se estenderão até o final do mês. Tem muitas comidas típicas, quentão, vinho quente, bingo e outras brincadeiras de época. Festa junina da Paróquia Cristo Redentor vai até o dia 24

Página 3.


02 - Parques e Região

Junho 2012

EDITORIAL

Enquanto acontece a Rio+ 20 O mundo passa por grandes transformações climáticas e algumas têm mudado a geografia do planeta e, nós seres humanos, passamos a entender que os desiquilíbrios climáticos também são provocados pelo homem. Talvez não seja desequilíbrio, mas uma atitude, uma tentativa da natureza se manter viva, já que nós a deixamos sem sustentabilidade. Agora precisamos de promover a Rio+20, para tentar encontrar uma forma de devolver um pouco do que extraímos do planeta, deixando áreas completamente devastadas, rios imundos de esgoto, etc. É o momento do ser humano dar o melhor de si para tentar restaurar parte desse planeta, para prolongar a vida e manter a natureza, o habitat do homem. É urgente! Mas para que isso aconteça será preciso uma enorme quantia de dinheiro, que foi parar nos cofres dos exploradores (entenda como grandes companhias e países do primeiro mundo), que continuam indiferentes às questões ambientais. Basta lembrar que os chefes das nações mais importantes não estarão presentes. A Rio+20 compreende duas semanas do maior evento mundial sobre a sustentabilidade do planeta. Mas as expectativas não são animadoras. Cientistas e ambientalistas estão descrentes, porque as “conquistas” da Rio 92 foram esquecidas. Segundo especialistas, a globalização seria a barreira contra a regulamentação. A esperança são os grupos organizados que prometem fazer pressão, propiciando, quem sabe, um clima favorável aos avanços. Enquanto isso, novas classes sociais têm emergido e se tornado consumidoras cada vez mais exigentes. Esse é um fato positivo, pois o processo industrial precisa se adequar e utilizar matérias primas de qualidade. Para evitar uma crise interna o governo brasileiro lançou entre outras medidas, o Plano Brasil Maior, que cria possibilidades de crescimento e estrutura para que as indústrias brasileiras possam competir com o capital estrangeiro. O Plano, também denominado Plano de Inovação do Brasil (PIB), estabelece um conjunto inicial de medidas, que serão complementadas até 2014, com o objetivo de acelerar o crescimento e criar alternativas para enfrentar a concorrência internacional nos mercados. Visa também, impulsionar a qualificação profissional de nível técnico e superior, particularmente em engenharias para desenvolver produtos, sistemas e serviços que reduzam o uso de recursos não-renováveis e minimizem o seu impacto ambiental para não prejudicarem o meio ambiente. Além de fortalecer as micro, pequenas e médias empresas, apóia o desenvolvimento de cadeias de reciclagem (em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos). Nesse contexto, algumas iniciativas nos chamam a atenção. Em abril o Sesi Amoreiras realizou o 1º Seminário Internacional de Economia Criativa, Cultura e Negócios que reuniu economistas, sociólogos, secretários da cultura. Eles discutiram essa nova forma de fazer negócios que se baseia na criatividade (pensamento criativo, atitude criativa, inovação). Diferente da economia tradicional, que se resume em produção, industrialização, comercialização e lucratividade. Agora, profissionais e estudiosos preocupados com a economia mundial estão redesenhando o sistema para acompanhar o processo e, estão aderindo a um novo sistema financeiro que surge e vem tomando seu espaço no mundo. É a Economia Criativa que se baseia na criatividade humana e se tornará a economia do século 21. Essa nova forma de fazer negócios se baseia na criatividade e incorpora novas ideias para o mercado econômico, envolve o pensamento criativo, se baseia na inovação, na criatividade, no empreendedorismo. Hoje, o micro empresário individual está inserido no mercado de trabalho e recebe incentivos do governo para continuar contribuindo com seu artesanato e prestação de serviços que vem a somar, a incorporar a essa nova visão de negócios. E as indústrias precisam buscar novas ideias que gerem lucro e assim, se criam novos ambientes de trabalho. Para isso é preciso gerar novas tecnologias, pois a criatividade, a economia criativa exige também tecnologia.

O jornal Parques e Região é uma publicação mensal de distribuição gratuita nas residências, condomínios e comércios dos bairros Parque Prado, São Martinho, Jambeiro, Vila Ipê, Parque da Figueira, Jardim do Trevo, Nova Europa, Vila Campos Sales, Jardim Leonor, Vila Marieta, Ponte Preta, Jardim dos Oliveiras e Vila João Jorge. CONDOMÍNIOS: Parque Prado (Club House, Parnaso, Monet, Rugendas, Renoir, Debret-Village, Saint Louis, Condomínio Chácara Prado, Caapuã), Ponte Preta (Praia do Pontal, Tormalina, Condomínio Saudade, Residencial Cinthia, Spazio Calabria, Edifício Olga), Jardim do Trevo (Marinalva, Praia do Pontal, Edifício Itapoã, Edifício Arthur Paioli), Jardim Nova Europa (Canadá, Edifício Estados Unidos, Brasil, Conjunto Europa, Edifício Artur Paioli), Vila Marieta (Condomínio Europa, Edifício Dona Rita Corrêa), Vila João Jorge (Condomínio Santa Helena, Edifício Elizabeth Jorge, Edifício Arezzo), Jardim Leonor (Edifício Velasquez), Vila Ipê (The Palms American House), Jardim das Oliveiras (Condomínio Parque dos Pássaros), Parque São Martinho (Condomínio Plaza das Flores). O Parques e Região pode ser encontrado também nas bancas Diamante, Baden, Banca do Roberto (Jd. Nova Europa) e Space Box (Shopping Prado). Banca Nossa Senhora das Graças. (Ponte Preta), Banca de Prata (Vila João Jorge), RR (Jardim Oliveiras das Oliveiras) e nos seguintes comércios: Supermercado Monte Belo, Mercearia Jambeirinho, Mercado Passoli, Panificadora Jambeiro de Campinas e Contilub -Troca de óleo (Parque Jambeiro). Panificadora Dan Re (Parque São Martinho).

NEGÓCIOS

Dicas para se tornar um empreendedor de sucesso José Carlos Ignácio* Abrir um negócio próprio, não ter mais patrão e alcançar um patrimônio antes surreal são sonhos comuns de quem quer virar empreendedor. Objetivos, estes, plausíveis de serem realizados, mas concretizados apenas por quem realmente for bem sucedido. Mas o que torna um empresário vitorioso? De acordo com o consultor empresarial José Carlos Ignácio, um ponto extremamente importante no início é refletir profundamente sobre a decisão de empreender. “Razões como falta de sucesso na carreira executiva, desejo de não ter patrão, comodismo em suceder o pai, falta de vontade para estudar ou qualquer outro motivo semelhante, de caráter negativo e limitante, não deveria ser motivo para ser empresário”, afirma o especialista. “Ter a sua própria empresa significa ser ambicioso para correr riscos e ambicionar resultados muito acima da média. Significa também optar por um estilo de vida de dedicação e preocupações permanentes e, principalmente, de gostar do jogo, de vibrar com o dia a dia de decisões e revisões continuas”, completa Ignácio. Perfil e vocação Por tudo isso, não se encaixa neste perfil quem procura situações de acomodação para não ter de en-

Fique por dentro! CIDADE ARBORIZADA Campinas é a segunda cidade mais arborizada do Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados em maio. Com 88,4% dos domicílios em áreas arborizadas, Campinas fica atrás apenas de Goiânia (89,5%), entre os 15 municípios com mais de um milhão de habitantes no País. O índice nacional, segundo a pesquisa, é de 68%.

jornalparqueseregiao@terra.com.br

mente no Bosque dos Jequitibás (ao lado do Museu de História Natural), às sextasfeiras, das 7h30 às 8h30. As aulas são ministradas pela professora Michele Piccolo, formada pelo Instituto de Yogaterapia. Não é necessário se inscrever para participar da aula, apenas que cada participante leve colchonete ou toalha para forrar o chão durante os exercícios. O Bosque dos Jequitibás fica na Rua Coronel Quirino, 02, Centro.

PREÇOS DE MEDICAMENTOS

As farmácias oferecem descontos aos aposentados e pensionistas e para os portadores do cartão-fidelidade. Neste caso, o Procon lembra que os descontos podem variar conforme as lojas e as condições de pagamento. Dentro de uma mesma rede de drogarias, o preço pode variar entre a loja física, o telefone ou a loja virtual. Há ainda, segundo o Procon, uma variação dos preços de uma franquia para outra, porque não existe uma política única para todos os franqueados. A pesquisa completa esta disponível no site do Procon Campinas (www.procon.campinas.sp.gov.br).

MEDICAMENTO GRATUITO

Clarice N. Tanaka – Mtb. 15474

(19) 3386.4411

seguranças pessoais ou massagens no ego que forcem, indevidamente, a centralização da gestão. Divida o que ganhar para ganhar mais: Remunerações f(ixa e variável) atraentes, programas de participação nos lucros, opção de compra de cotas ou ações e apoio ao treinamento são algumas das formas de dividir os ganhos obtidos, normalmente com retornos maiores ainda. Bons empreendimentos! *José Carlos Ignácio é diretor da consultoria JCI Acquisition

O 8º Festival do Japão reuniu no último final de semana, descendentes de japoneses e simpatizantes da cultura nipo-brasileira, no Clube Nipo de Campinas. Reuniu também autoridades e políticos de Campinas e São Paulo. O prefeito Pedro Serafim (PDT) e o deputado federal Jonas Donizette (PSB) dividiram as atenções, durante a cerimônia de abertura, comandada pelo coordenador do festival, Tadayoshi Hanada.Vestidos de rappy (traje típico de festa), os prefeituráveis participaram do kagami biraki, quando bateram o martelo de madeira para quebrar o barril de saquê, como manda a tradição japonesa.

luciane.nohama@terra.com.br

Redação e publicidade:

vez mais especializados e exigentes. Deve fazer seus empregados acreditarem que vale realmente a pena seguir o líder e dedicar-se de corpo e alma a organização, pois o sucesso da empresa garantirá o sucesso pessoal. Delegue para crescer: É impossível gerir a empresa da mesma forma a medida que o crescimento acontece. É necessário dividir responsabilidades e poder, de forma a garantir a qualidade e agilidade das decisões e do processamento das operações, sem deixar se limitar por in-

Prefeituráveis no Festival do Japão

Editoras: Luciane Nohama - Mtb. 58866/SP

Veja o jornal na internet http://issuu.com/parqueseregiao

frentar problemas pessoais, assumindo como definitivas limitações que poderiam ser apenas passageiras. “É necessário ter vocação. Além de pensar grande, sempre, o futuro empresário deve ter em mente a necessidade de ter disciplina e persistência. Planejamento e foco também são importantes, mas do que valem ambos sem a virtude maior e indispensável de seguir à risca o caminho traçado, de não ceder às tentações da dispersão e da desistência?”, questiona o diretor da JCI Acquisition. Outras dicas Capitalize o que já conhece: Não se iluda com eventuais ramos promissores na hora de montar um negócio, seja através de franquia ou sociedade. Nada é mais correto empresarialmente do que capitalizar conhecimento e relacionamentos já possuídos. Não abra mão desse patrimônio pessoal precioso! Com relação aos desejos comuns de mudança de área, vale ressaltar que grande parte disso, normalmente, advém da frustração da posição atual de empregado. Lidere com excelência: O ativo mais importante da empresa é o seu capital humano. Para conseguir selecionar, formar e manter um quadro de colaboradores capazes de fazer diferença, o empresário deve ser um líder capaz de influenciar e motivar profissionais cada

YOGA NO BOSQUE

Quem gosta de praticar exercícios ao ar livre pode participar das aulas de yoga que são oferecidas quinzenal-

Segundo a pesquisa realizada pelo Procon de Campinas em parceria com a Fundação Procon de São Paulo, a diferença de preços dos medicamentos pode chegar a 420% nos produtos ditos de referência e 640% nos produtos genéricos nas farmácias e drogarias. DESCONTOS

As duas farmácias populares e as drogarias conveniadas no programa “Aqui tem Farmácia Popular” passaram a distribuir, gratuitamente, três medicamentos contra a asma. O sulfato de salbutamol, brometo de ipratrópio e o dipropionato de beclometasona nas conveniadas e salbutamol solução oral e comprimidos nas populares.

De acordo com o Ministério da Saúde, a asma é a segunda principal causa de internação de crianças de até cinco anos no Sistema Único de Saúde (SUS). O medicamento está disponível gratuitamente para toda a população, independente da faixa etária. Para ter acesso aos medicamentos é obrigatório a apresentação da receita médica, CPF e documento com foto. Para menores de idade, a documentação poderá ser a do representante legal, mas com receita médica em nome do paciente.

SEGURANÇA

Em breve Campinas terá melhores equipamentos, mais vigias e maior tranquilidade para pacientes de centros de saúde, estudantes de escolas municipais, frequentadores de praças, bosques e prédios públicos. Novos vigilantes (de 543 passarão para 616) devem assumir seus postos de trabalho em agosto, quando os equipamentos de segurança começarão a ser instalados. Entre eles um sistema de alarme móvel conhecido como “botão do pânico”.


Junho 2012

Parques e Região - 03

NOSSA REGIÃO

CAMPINAS

Gape inicia atividade com reuniões abertas Já está em vigência o decreto municipal nº 17.589/12, que criou o Grupo de Análise de Projetos Específicos (Gape), que terá primeira reunião na quinta-feira, dia 21 de junho, das 9 às 12 horas, em local a ser definido. Todas as reuniões do Grupo serão abertas à população. O texto do decreto discrimina a forma como serão feitas as análises e também o que os interessados em protocolar projetos de impacto urbanísticos e ambientais no município – como empreendimentos residenciais - deverão observar para obter a aprovação. O prefeito Pedro Serafim nomeou o presidente do Grupo, o diretor executivo do Gabinete do Prefeito, Fernando Zambon Atvars, e os representantes – titulares e suplentes - das secretarias municipais de Urbanismo, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente, Infraestrutura, Assuntos Jurídicos e de Transportes e das empresas Emdec e Sanasa, que vão atuar na análise do impacto dos projetos urbanísticos e ambientais nas regiões em que serão implantados. O Gape poderá propor alterações ao empreendedor antes de a proposta seguir para o pedido de alvará de aprovação. Além das secretarias envolvidas, o colegiado poderá fazer consultas técnicas a outras Pastas. Segundo Atvars, os cerca de 50 estudos específicos que tramitam na Prefeitura serão analisados por ordem cronológica do protocolo feito na época da sua entrada na Administração. “Os processos serão analisados do primeiro para o mais recente. Não será de forma aleatória”, explica ele. Efetivamente, o Gape passa a funcionar a partir 18 de junho, e estará instalado no 7º andar da Prefeitura. De acordo com Atvars, “lá haverá dois funcionários do grupo que poderão responder dúvidas ou dar informações gerais, porque ainda teremos a primeira reunião. Os interessados em participar da reunião poderão entrar em contato pelo telefone 2116-0340 para saber o local onde será realizada”, informa. Por enquanto, haverá reuniões ordinárias pelo menos uma vez por semana. Depois, com o decorrer do tempo e a demanda a periodicidade serão definidas. A proposta do Gape surgiu a partir da necessidade de qualificar os estudos técnicos e oferecer parâmetros estáveis para os setores imobiliário, industrial, comercial e de serviços, que tenham a intenção de investir no município. Visando com isso, o crescimento planejado da cidade, de forma social e ambientalmente sustentável.

Festas juninas na região

Paróquia Imaculada Realiza nos dias 23 e 24 de junho o “Arraiá do Dispensário Imaculada”. A festa começa a partir das 19 horas e conta com barracas de comidas típicas, brincadeiras, quadrilha, música e ainda, no dia 23, com o bingão. A Paróquia fica na Rua Paulo Lacerda, 434, São Bernardo. Informações pelo telefone (19) 3272-0679. Paróquia Santo Expedito Promove no dia 23 de junho, a festa junina que acontece nas comunidades Nossa Senhora da Penha, às 19h30 (Festa Junina dos Jovens), e na Santa Ana que terá início às 20 horas, com show de viola. Também haverá quadrilha, barracas com comidas

típicas, além de muita diversão para todos. Endereços: A Comunidade Nossa Senhora da Penha fica na Rua Boa Aventura Dias Pereira, 133, Jardim Melina. A Comunidade Santa Ana fica na Rua Malvinas, 58, Jardim Santo Antônio. Informações pelo telefone (19) 3226-0048. Paróquia São José Realiza nos dias 23, 24, 30 de junho e 1º de julho, a tradicional Festa Junina. Haverá bingo, barracas com comidas típicas e muita diversão para toda família. A festa será realizada na Paróquia, que fica na Rua 24 de maio, 477, Vila Industrial. Informações pelo telefone (19) 3272-5353.

Feijoada Beneficente A Associação Beneficente Nossa Senhora da Esperança (ABNSE) do Hospital e Maternidade Celso Pierro da PUC-Campinas realiza a 2ª Feijoada Beneficente no dia 23 de junho, sábado, a partir das 12 horas, no Bar e Restaurante Casa Rio, em Sousas. A renda da feijoada será doada para a construção da Casa de Acolhimento aos familiares dos pacientes do hospital. Os ingressos estão à venda a R$ 50,00 cada. Os interessados poderão reservar

Regional 8 já elegeu demandas e representantes para OP 2012 Mais de 40 moradores de 17 bairros atendidos pela Administração Regional 8 (AR 8) estiveram reunidos para discutir as prioridades de investimentos municipais para a região e eleger seus novos representantes no Orçamento Participativo (OP). O encontro aconteceu no salão paroquial da Igreja Perpétuo Socorro, no Jardim Nova Europa. O secretário municipal de Cidadania, Assistência e Inclusão Social, Dimas Gonçalves, a pedido do secretário-chefe de Gabinete, Alcides Mamizuka, falou sobre a situação financeira da Prefeitura e de como a Administração está trabalhando para não deixar a cidade parar. “Hoje nós estamos padecendo de recursos, não porque a Prefeitura é pobre ou desorganizada, mas porque quem esteve no poder nas gestões passadas deixou de arrecadar o que deveria ser arrecadado” disse o secretário. O secretário citou como exemplo cerca de 500 mil processos de cobrança de dívida de contribuintes, que estão parados, e também o Imposto Sobre Serviços (ISS) dos bancos, que deixou de ser arrecadado. “Isso não foi desleixo, foi proposital, apenas para beneficiar deter-

O vereador Miguel Arcanjo (PSC) falou das demandas atendidas

minados grupos sociais”. Ao reconhecer que “as demandas são muitas” e que os poucos recursos são o “verdadeiro desafio”, o secretário disse que a atual administração está “tomando providências para que a situação possa entrar nos eixos”. Para o administrador regional José Eduardo Jarava, a participação da população é sempre muito importante quando se trata da aplicação de recursos públicos. “Vejo o Orçamento Participativo com bons olhos porque é uma forma de aproximar os moradores da administração regional

e municipal. Ao mesmo tempo, é um exercício político que vai ajudar a inibir a prática da corrupção”, opinou. Já o vereador Miguel Arcanjo (PSC), lembrou que já foi conselheiro da OP e ressaltou que das 17 demandas escolhidas pelo último conselho, 11 foram atendidas. Esteve presente também na assembleia regional do OP o secretário municipal de Infraestrutura, Dirceu Pereira Jr. Dez pessoas, divididas por bairros, se candidataram para o fórum regional e elegeram os quatro novos conselheiros, dois titulares e dois suplentes,

que tomarão posse no dia 5 de julho, para um mandato de dois anos. São eles: Jason Goulart Nunes (primeiro titular), Osvaldo Caetano de Souza (segundo titular), Sidnei Nunes (primeiro suplente) e Permínio Monteiro da Silva (segundo suplente). Já as demandas escolhidas como prioritárias foram: saúde, segurança e, empatadas, educação e serviços públicos. Mas com nova votação - por que devem ser apenas três as prioridades de cada região – o tema serviços públicos acabou sendo a demanda escolhida.

Emdec volta a utilizar radares fixos e móveis A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) retoma a utilização de radares fixos nas principais vias e cruzamentos semaforizados do município, para a fiscalização da velocidade, avanço de sinal vermelho e parada sobre a faixa de pedestre. Os equipamentos entram em operação a partir de segunda-feira, 18 de junho. Inicialmente serão 46 equipamentos fixos e outros

20 em semáforos. Todos os radares estão aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O contrato de prestação do serviço de fiscalização eletrônica do município, firmado entre a Emdec e a Engebrás S/A Indústria, Comércio e Tecnologia de Informática, prevê o uso, no total, de 100 equipamentos operando em sistema de rodízio em 300 pontos.

São 50 equipamentos fixos para fiscalização da velocidade, que farão rodízio em 150 pontos, e outros 50 equipamentos de controle eletrônico em cruzamentos (que fiscalizam o avanço de sinal vermelho, parada sobre a faixa de pedestres e, também, excesso de velocidade), em sistema de rodízio em 150 pontos. A implantação dos equipamentos é realizada de for-

ma escalonada. A empresa responsável pela prestação do serviço tem o prazo de até 90 dias, contados a partir da assinatura do contrato e emissão das ordens de serviço, para implantar todos os 300 pontos de monitoramento. Os equipamentos eletrônicos de controle de velocidade que operavam no município foram desligados no dia 16 de março, após vencimento do contrato de prestação do serviço.

Festa Junina da Comunidade A Festa Junina no salão da Paróquia Cristo Redentor, do Parque da Figueira II, está contando com a participação da comunidade, como voluntário seja como público que se diverte com as inúmeras atrações, como as barracas de alimentação, bebidas, brincadeiras e bingo. O valor arrecadado com o evento, que acontece em todos os finais de semana, até os dias 23 e 24 de junho, com início às 18 horas, será revertido para a construção da igreja. Informações pelo telefone (19) 3278-3575 ou pelo email: festas.ccristoredentor@gmail.com.

Voluntários preparam os deliciosos...

os seus convites na Assessoria de Imprensa e Comunicação Social e na Pastoral da Saúde. Mais informações pelos telefones (19) 3343-8393, 33438655 e 3343-8332, ou pelo email abnse@yahoo.com.br. Familiares e amigos jogam bingo para colaborar na construção da igreja ...quitutes para a comunidade

Valdecir José Vicente, um dos coordenadores da comunidade: ações para arrecadar fundos para a construção da igreja

Voluntárias vendem bolos


04 - Parques e Região

Junho 2012

POLÍTICA

PSB, de Jonas Donizette,recebe apoio de outros partidos O deputado federal Jonas Donizette (PSB) já conta com o apoio de mais quatro partidos para a sua candidatura à Prefeitura de Campinas. Primeiro foi do PPS, do deputado estadual David Zaia, seguido pelo PSDB, dos deputados Carlos Sampaio e Célia Leão. Depois foi a vez do DEM, que conta hoje com dois vereadores na Câmara Municipal - Campos Filho e professor Alberto - também selar a aliança. “Estou feliz com mais este importante apoio, devido à representatividade deste partido (DEM) em Campinas. Eles estão com uma boa chapa de vereadores”, avaliou o deputado. De acordo com Walter Greve, presidente do DEM em Campinas, o partido deve-

Estabilidade da gestante, licença maternidade e seu caráter social

Jonas Donizette com integrantes do DEM

rá concorrer com pelo menos 35 candidatos a vereador. Jonas Donizette recebeu ainda, na última semana o apoio oficial do PSC, que em Campinas conta com dois vereadores - Paulo Oya e Miguel Arcanjo.

“Agora vamos continuar conversando com os demais partidos e trabalhar na construção de uma proposta de governo. Queremos um plano bem democrático para Campinas”, disse o deputado.

A Licença Maternidade é um período em que a mulher trabalhadora necessita de descanso para se recuperar do desgaste físico e mental que teve durante a gravidez e o parto. Os mesmos direitos têm também as mães adotivas e as que sofreram aborto não criminoso. A trabalhadora deve informar a empresa quando descobre que está grávida, entregando a cópia do exame ou atestado médico que comprove a gravidez. A partir do momento que a empresa toma conhecimento, fica impedida de demitir sem justa causa. A trabalhadora passa a contar com a estabilidade da gestante, que é direito garantido, consubstanciado no artigo 10, II, “B” do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal/ 88. Por isso, em caso de demissão imotivada, a trabalhadora terá direito a indenização do período que faltava para dar luz até cinco meses após a data provável do parto. Através da lei 11.770, de 9 de setembro de 2008, foi criado o programa empresa cidadã, que, apesar de facultativo, prevê incentivo

fiscal para as empresas do setor privado que prorrogarem a Licença Maternidade por mais 60 dias, além dos 120 dias já previstos. Assim, a trabalhadora poderá ficar afastada até 180 dias após o parto. De acordo com a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), durante a Licença Maternidade, a empregada terá direito a remuneração integral, mas não poderá exercer nenhuma atividade remunerada no período. O filho deverá ser mantido sobre os seus cuidados e não em creches ou organizações similares, já que em tais situações estaria contra o objetivo do programa, que é permitir que a mãe permaneça mais tempo ao lado da criança. Entendo que a família é a Célula Mater da sociedade e deve ser preservada e bem cuidada, desde os primórdios, e é necessário que a mãe esteja disponível para os cuidados com o filho, logo nos primeiros meses de vida, seja ele para o aleitamento materno, seja para se adequar a uma nova realidade afetiva, pois desta forma estará o Estado desempenhando ainda que de forma tímida, o seu papel de preservar os interesses da família.

Encarte sua propaganda no Jornal

3267-7962 9778-7207

Oração de Santo Expedito Meu Santo Expedito das causas justas e urgentes interceda por mim junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo, socorra-me nesta hora de aflição e desespero, meu Santo Expedito Vós que sois um Santo guerreiro, Vós que sois o Santo dos aflitos, Vós que sois o Santo dos desesperados, Vós que sois o Santo das causas urgentes, proteja-me. Ajuda-me, Dai-me força, coragem e serenidade. Atenda meu pedido (Fazer o pedido). Meu Santo Expedito! Ajuda-me a superar estas horas difíceis, proteja de todos que possam me prejudicar, proteja minha família, atenda ao meu pedido com urgência. Devolva-me a paz e a tranqüilidade. Meu Santo Expedito! Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé. Muito obrigado.(Rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e fazer o sinal da cruz).

3386-4411 9778-7207

Horóscopo

JUNHO 2012

ÁRIES (21/3 a 20/4) - Os fluxos

TOURO (21/4 a 20/5) - Período

GÊMEOS (21/5 a 20/6) - Origi-

CÂNCER (21/6 a 21/7) - Os

LEÃO (22/7 a 22/8) - Haverá

VIRGEM (23/8 a 22/9) - Será

LIBRA (23/9 a 22/10) - Mo-

ESCORPIÃO (23/10 a 21/11)

SAGITÁRIO (22/11 a 21/12) -

CAPRICÓRNIO (22/12 a 20/1) -

AQUÁRIO (21/1 a 19/2) - As

PEIXES (20/2 a 20/3) - Enormes

indicam um bom período que se inicia para você. As pessoas a sua volta deverão colaborar bastante, a felicidade matrimonial e familiar será evidente e lucrará pelo esforço no trabalho e nos negócios que fizer.

mento dos mais afortunados aos negócios, ao trabalho, a prosperidade financeira e social. Poderá lucrar, também pela ciência e educação. Todavia, evite desentendimentos com a pessoa amada.

benéfico e favorável em tudo o que pretenda realizar ou conceber. Ideal para o amor. Talvez esta seja uma ótima fase para realizar assuntos pessoais. Escolha um local que você possa ficar em contato com a natureza.

- Momento em que sua mente estará bastante alerta para obter novas e valiosas informações em relação aos amigos e parentes. Fase boa para passeios e diversões.

nalidade em seus pensamentos e total independência mental estão previsto para você. É hora de você buscar um ponto de equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal.

Não invente coisas novas, neste período. Deixe para uma época mais propícia. Tome cuidado com acidentes, causados por inflamáveis e corrosivos, e cuide de sua saúde e reputação. Neutro ao amor.

negócios em vista, poderão ser realizados com vantajosos lucros. As transações estarão em evidência. Agora evite, preocupações negativas. Excelente para o amor, assuntos familiares e o romance.

Pessoas conhecidas podem auxiliá-lo neste período. A influência astral é das melhores para fazer novas amizades e contatos públicos, pois estará com ânimo para falar e influenciar os outros.

possibilidades de elevação material através do esforço que tem enviado no trabalho e dos bons negócios realizados ou a realizar. Dê aos outros a chance de conhecer seu lado intelectual e amistoso.

oposições e críticas frequentes deverão ser evitadas, juntamente com as ações violentas. Terá sucesso financeiro, profissional, social e bastante felicidade, na vida sentimental e amorosa.

bem-sucedido nesta fase, se você adotar uma atitude pessoal mais otimista. Momento excelente para estudos, testes, férias e contatos pessoais. Melhor ainda para contratar servidores.

probabilidades de realizar suas mais antigas esperanças e desejos se apresentarão neste período. Terá também, aumentos de lucros e muito progresso profissional. Ótimo às novas amizades e ao amor.


Junho 2012

Parques e Região - 05

Os 90 anos de tradição do Clube Bonfim Há um ano, uma diretoria nova assumia o Bonfim Recreativo e Social, um dos mais tradicionais clubes sociais de Campinas. Tendo como diretor presidente José Arlindo Bono da Silva e como presidente do conselho fiscal Jorge Veiga Jr., o desafio era revitalizar a entidade, que se encontrava em decadência. O Clube Bonfim, como é conhecido, teve seus tempos de glória, nas décadas de 80 e 90, quando chegou a ter seis mil associados e promovia eventos memoráveis, como os disputados bailes de Carnaval. Mas anos de má administração deixaram o clube em estado de abandono. Com apenas 600 associados, somava uma dívida de mais de R$ 2 milhões. Apesar do quadro negativo, não faltou ânimo aos novos diretores. Eles se dispuseram a trabalhar firme e apostaram na tradição doclube às vésperas de completar 90 anos e na sua estrutura física de 24 mil metros quadrados. Assim, no mesmo dia em que assumiu, a diretoria realizou o primeiro encontro com os associados. Um happy hour com música ao vivo, programa que vem se repetindoem todas as sextasfeiras. Em seguida, os eventos foram programados, para reativar de vez a programação social do clube. Bailes, bailesshows, Festa Julina, Festa do Chopp, chegada do Papai Noel e a volta do Carnaval. Ao mesmo tempo, a nova diretoria promoveu reformas nas instalações e equipamentos, contratou novos profissionais, além de implantar programas de valorização e de benefícios aos funcionários,

Uma das quadras poliesportivas

Conjunto de piscinas, uma olímpica

Jorge Veiga e Bono da Silva: trabalho incansável

Estrutura de um grande clube Baile marcou os 90 anos de fundação do Bonfim

como o prêmio “Funcionário do Mês”, a reinauguração do restaurante, para oferecer refeições diárias, a compra de uniformes e melhores condições de trabalho. Com ampla divulgação das atividades, a diretoria conseguiu, em um ano, resga-

tar boa parte do seu quadro de associados que haviam deixado o clube nos últimos anos, bem como trazer novos associados. “O Bonfim possui uma estrutura invejável e nós acreditamos na sua tradição, na união da nossa diretoria,

funcionários e colaboradores, e na administração transparente que prometemos desde o início”, avalia o advogado Jorge Veiga Jr., muito orgulhoso por ter reunido recentemente mais de 400 pessoas na festa dos 90 anos do clube.

Localizado no Jardim Chapadão, próximo à Torre do Castelo e à Escola Preparatória de Cadetes do Exército, o Clube Bonfim possui três salões de festa (o maior comporta duas mil pessoas), três piscinas (uma olímpica), três quadras (futsal, vôlei e basquete), um campo de areia e outro oficial de futebol, campo de bocha, sauna, academia de ginástica, restaurantes, churrasqueiras, galeria de arte e playground. Oferece cursos regulares de praticamente todas as modalidades esportivas. Possui hoje uma academia com os mais modernos equipamentos de ginástica e musculação. Mais informações na Rua Bento da Silva Leite, 330. Ou pelo telefone 3744-4600. Ou através do site: www.clube bonfim.com.br e e-mail:clubebonfim@clubebonfim.com.br


06 - Parques e Região

Junho 2012

Uma associação forte e cada vez melhor!

Viva bem com a idade que tem A Associação dos Aposentados das Indústrias Metalúrgicas e Outras Categorias de Campinas, administrada por Cid Ferreira, vai viabilizar o projeto “Viver Bem com a Idade que Tem”, idealizado pela psicóloga Milena Santiago Caldas Gutierrez, para garantir mais qualidade de vida aos associados. “Quando estamos no ventre materno temos pressa para vermos o mundo, quando estamos na infância temos pressa para aprender, quando estamos na adolescência temos pressa para descobrir e ter autoridade sobre o mundo, quando estamos na fase adulta temos pressa para adquirir, e quando chegamos na terceira idade a pressa vai embora, dando lugar a calma e a vontade de ter mais tempo para realizar tudo que ainda não conseguimos no tempo que nos resta”.

É sabido que o envelhecimento é um processo natural a todos os seres vivos. Na espécie humana, no entanto, o envelhecimento se reveste de características peculiares. Segundo Guidi e Moreira (1994), até o começo do século XX, a expectativa de vida do ser humano era bem pequena – 30 ou 40 anos. Porém, atualmente, com o progresso social, tecnológico e cultural, essa expectativa aumentou bastante e, hoje, o ser humano chega fácil aos oitenta, noventa anos de idade. No entanto, há uma diferença significativa entre viver mais e viver com qualidade de vida. Frequentemente, a busca por uma vida melhor é prejudicada pelas limitações impostas pela sociedade, que cria estereótipos para as pessoas da terceira idade. Vitola (2000) salienta que é fundamental considerar que o idoso, também, é um ser humano com dificuldades, interesses, crenças, desejos e capacidade de realização. É uma pessoa produtiva e útil dentro de suas limitações; assim como qualquer outra pessoa em outra fase de desenvolvimento. E, justamente por isso, é um potencial humano que está sendo desperdiçado, em consequência do tratamento preconceituoso que lhe é dispensado. A sociedade muitas vezes não vê sentido em cuidar dos problemas existencias dos idosos, pois acreditam que não há mais o que construir. Então é preciso mudar esta visão negativa e abrir um espaço digno para que o idoso possa ser ele mesmo com seus medos, angustias e alegrias. OBJETIVO O objetivo deste projeto é desenvolver um trabalho que poderá contribuir para a manutenção e promoção da saúde psicossocial das pessoas da terceira idade que participam desta associação. METODOLOGIA Serão feitos grupos pequenos e voluntários. Estes grupos serão compostos por iguais, que se reunirão com o propósito de ajuda mútua na satisfação de necessidades comuns, assim como na superação das limitações e dificuldades da vida cotidiana. Nesta modalidade de grupo a formação do vínculo é fundamental, já que formando o vínculo consegue-se ativar a conduta dos membros, o que irá modificar os comportamentos dos mesmos enquanto grupo. É participando de um grupo que o indivíduo reconhece valores diferentes dos seus. O trabalho em grupo, nesta etapa da vida, torna-se uma possibilidade para o resgate da interação social, aspecto fundamental para a recuperação da qualidade de vida. Sendo assim, surge a necessidade de construir um espaço para discussão destas questões, baseadas na consciência de que pessoas que chegam nessa fase da vida podem usufruí-la de outra forma. Através da criação deste espaço de discussão, poderão surgir temas pertinentes às neces-sidades dos participantes. Nestes encontros espera-se proporcionar um ambiente de convivência agradável que possibilite melhores níveis de qualidade de vida. Nos grupos com a terceira idade é necessário não enfocar unicamente o lado negativo da velhice, mas sim, as capacidades positivas que precisam ser estimuladas. O maior objetivo deve ser o de devolver a dignidade a essas pessoas e trazer a tona suas capacidades com atividades compatíveis com suas limitações. ENCONTROS Os temas trabalhados nos encontros serão construídos conjuntamente com os participantes do grupo. Já no início do processo haverá em espaço para que sejam colocados os assuntos de interesse, assim como ao longo dos encontros haverá um espaço para sugestões. Através de discussões temáticas, de dinâmicas de grupo, de trabalhos manuais, de histórias de vida, de parábolas, os encontros grupais serão desenvolvidos. CID FERREIRA Presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas das Indústrias Metalúrgicas e Outras Categorias de Campinas

Venha você também fazer parte da nossa associação

A nossa associação conta com especialistas para cuidar do seu bem-estar ADVOGADOS Dr. Antonio A. Leite Dra. Cíntia Scaliente Dra. Karina F. Silva

Dr. Horley A. C. Senna F: 3203-2873 Dra. Diomar M. Alves F: 3203-2873 Dra. Patrícia M. Mendes

Dr. Vladimir Conforti F: (13) 3219-2992 Dra. Fabiane Pereira F: (13) 3219-2992 Dra. Teresa C. Queiroz

MÉDICOS Dr. Artur Paioli Cardiologia, Clínica Médica, Reumatologia Dra. Cíntia Orlando Otorrinolaringologista Dr. Misao Ichida Oftalmologista. F: 3234-3498

Dr. Antonio Pioli Cardiologista Dra. Miriam Matos Alexandre Cardiologia, Clínica Médica Dra. Alessandra L. Licco Psicóloga

DENTISTAS Dra. Talitha F: 3032-5285

Dr. Rafael F: 3029-5933

APARELHOS AUDITIVOS

ÓTICA PAMELA

Centro Auditivos Auris. F: 3213-1312

FARMÁCIA EXXA (Na sede). F: 3231-5236

Dr. Adriano F: 3239-0669 F: 3231-4104

Oferecemos também: Convênio Médico (Unimed, Benef. Portuguesa)

Festa no Andorinha celebra um recorde Uma festa para celebrar um feito que foi parar no Guinness Book (Livro dos Recordes). O ator Benedito Irivaldo Vado de Souza, o Vado, completa 41 anos em cartaz com a peça “O Navio Negreiro”, baseado no poema homônimo de Castro Alves, e reuniu os amigos para passar um dia inteiro comemorando, no Clube Andorinha. A festa começou logo cedo com várias partidas de futebol. Foi uma forma que encontrou para rever os colegas dos tempos em que Vado foi ferramenteiro da Bosch e jogou futebol no Guarani. Entre eles, Cid Ferreira. Depois, veio o almoço de confraternização, com direito a porco no rolete. À noite, Vado recebeu o título de Cidadão Campineiro. Em segui-

Entre amigos, Vado exibe certificado do Guinness Book

da, todos assistiram no telão, um vídeo sobre sua vida artística. Nascido em Mogi Guaçu, Vado veio para Campinas ainda menino, tendo fixado residência no bairro Cidade Jardim. Fez a primeira apresentação de “O Navio Negreiro” em 1971. A peça, na qual interpreta 16 personagens,

já foi encenada em mais de 300 cidades brasileiras e no exterior, em vários idiomas. Ele atuou também em filmes e novelas, mas ficou conhecido mesmo como Tio Barnabé, na primeira versão do Sítio do Pica Pau Amarelo, baseado na obra de Monteiro Lobato, em 1978, na TV Globo.

Com matrícula de R$ 100,00 e mensalidade de apenas R$ 40,00, você conta com a infraestrutura de três clubes e recebe muitos benefícios, que só encontra na Associação dos Aposentados

GRÊMIO DA VILA INDUSTRIAL

VILA MARIETA

CLUBE ANDORINHA

Estrutura: Campo Society • Salão de Festa • Quadra Coberta • Churrasqueira • Quadra Poliesportiva • Lanchonete • Piscinas • Playground • Academia • Salão de Beleza • Farmácia • Estacionamento Serviços: Odontologia • Massoterapia • Acupuntura Modalidades: Capoeira • Futebol • Taekwondo • Voleibol • Ginástica Localizada • Hidroginástica • Natação • Yoga Cursos: Artesanato • Bordado • Dança • Mangá e Cartoon • Macramê • Pintura • Tricô • Violão

Estrutura: Campo de Areia • Salão de Festas • Piscinas • Churrasqueira • Lanchonetes • Estacionamento • Playground • Sauna Serviços: Odontologia • Fisioterapia • Acupuntura • Psicologia • Massoterapia • Assistência Jurídica Modalidades: Futebol • Taekwondo • Tênis de Mesa Cursos: Desenho • Mangá e Cartoon

Estrutura: Campo de Areia • Campo de Grama • Quadra de Tênis • Quadra de Futsal • Ginásio Coberto • Piscinas • Sauna • Salão de Festas • Churrasqueira • Lanchonete/Restaurantes • Estacionamento • Playground Serviços: Odontologia Modalidades: Futebol (projeto Bugrinho) • Ginástica • Academia Cursos: Jazz Avançado • Dança Contemporânea

Rua Pinheiros, 77 - Vila Industrial Fones: 3272-7160 e 3272-4939 E-mail:gremio@associacaocidferreira.com.br

Rua Dr. Betim, 688 - Vila Marieta Fone: 3234-3901 E-mail:marieta@associacaocidferreira.com.br

Rua Sebastião Bueno Mendes, 440 Jd. Chapadão. Fone: 3213-0993 E-mail:andorinha@associacaocidferreira.com.br

Associação dos Aposentados e Pensionistas das Indústrias Metalúrgicas e Outras Categorias de Campinas Rua Dr. Quirino, 550 Centro – Campinas. Fones: 3733.1930 / 3234.8051 / 3239.0930. Atendimento de 2ª a 6ª – 8 às 18 h. Sábados: 8 às 12 h.

www.associaçãocidferreira.com.br E-mail: secretariageral@associaçãocidferreira.com.br


Junho 2012

Parques e Regi達o - 07


08 - Parques e Região

Junho 2012

Campinas quer viabilizar polo de reciclagem O prefeito Pedro Serafim (PDT) disse que “Campinas não vai medir esforços” para ver instalado na cidade o Polo Industrial de Reciclagem que, mais do que vantagens ambientais, trará benefícios sociais e melhor distribuição de renda. Além disso, só tem o objetivo de melhorar Campinas. O prefeito se referiu ao projeto inovador que une geração de trabalho e renda a benefícios ambientais, apresentado a ele e à imprensa, no último dia 30 de maio. O projeto foi apresentado pelo presidente da Cooperativa Remodela Reciclagem, Sidney Morelli, e já conta com o apoio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) e da Unisol Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidária e do Centro de Referência em Cooperativismo e Associativismo (CRCA). O polo abrigará um conjunto de cooperativas industriais que receberão o material reciclável já triado e o transformarão em matéria-prima para utilização nas indústrias e ou em produtos acabados para venda direta ao consumidor.

O projeto poderá colocar a cidade na vanguarda mundial da reciclagem. “A partir da transformação, o material será negociado diretamente com as indústrias ou com o consumidor, o que será benéfico aos cooperados, que venderão produtos com valor agregado; às indústrias que precisam dar destinação final aos resíduos que geram; às cooperativas de triagem, pois evita a participação do intermediário na revenda, e ao município, que verá também aumentada sua capacidade de reciclagem”, diz Morelli. A implantação do polo deverá ser precedida de uma série de etapas. Ainda assim, estima Morelli, poderá estar em funcionamento a pleno vapor em cerca de três anos. O local deverá abrigar pelo menos dez galpões nos quais serão instaladas as cooperativas industriais. E cada uma delas deverá empregar pelo menos 20 cooperados, o que proporcionará cerca de 200 empregos, gerando comisso benefício social significativo. E, no total, poderá gerar outros 800 empregos nas cooperativas de reciclagem já existentes e que trabalham com a separação e prensagem

Luciane Nohama

Sidney Morelli, da Cooperativa Remodela Reciclagem, e prefeito Pedro Serafim

dos recicláveis. O polo abrigará também, de acordo com proposta da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, encarregada pelo prefeito de encaminhar estudos para a viabilização da implantação, o projeto Reciclamp (cooperativa que atua na compra e venda de recicláveis). Inicialmente o projeto prevê oito linhas de ação: óleo, plástico, construção civil, aproveitamento de ma-

deira para fabricação de móveis, estão entre elas. Um dos principais benefícios é o ambiental, uma vez que a partir dele a cidade reduzirá custos com aterro e a contaminação do solo, da água e do ar; ampliará o volume de reciclagem e também produzirá – e poderá utilizar - energia renovável decorrente de resíduos. Após entrar em funcionamento total, o p olo gerará de pronto, segun-

do Morelli, uma economia mensal próxima dos R$ 60 mil ao município, relativos apenas às 5,2 mil toneladas de resíduos que deixarão de ser recolhidas e levadas ao aterro sanitário. Do ponto de vista econômico, ressalta ainda o presidente da Remodela, a venda do reciclável transformado em produto, garantirá arrecadação de Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços

(ICMS) e de Imposto Sobre Produto Industrializado (IPI) ao município. Os recursos para a instalação dos galpões para abrigar as cooperativas industriais, explica, virão de linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e ainda do Ministério das Cidades, após o Plano Municipal de Resíduos Sólidos. Durante a apresentação ao prefeito, o secretário municipal de Trabalho e Renda, Francisco Soares de Souza, ressaltou que, com a instalação das cooperativas industriais a cidade poderá, em um prazo aproximado de 36 meses, elevar seu patamar de reciclagem dos atuais 2% para 25 a 30%. E o diretor do Ciesp, José Nunes Filho, apontou o pioneirismo do projeto no país e o fato de que, por seu intermédio, as cooperativas passarão a atuar em um patamar diferenciado. A apresentação do projeto ao prefeito contou com a participação dos vereadores Luís Yabiku, Sebastião dos Santos e do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, José Afonso Bittencourt.

As celebrações da Semana do Meio Ambiente Na passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), Campinas realizou uma série de atividades, em diversos pontos da cidade, com a Semeia 2012 - Semana do Meio ambiente. A proposta foi juntar às celebrações mundiais e ao movimento que discute o desenvolvimento sustentável e economia verde durante a Rio+20, o maior evento do planeta sobre sustentabilidade. A programação atendeu às pessoas de todas as idades e incluiu apresentações culturais, exposição de objetos reciclados, palestras, discussões, vivências, implantação de coleta seletiva, oficinas, sessões de cinema, caminhada ecológica, “lixo tour”, mostras, plantio de espécies nativas, distribuição de mudas, visitas à Mata Santa Genebra e a cooperativas de reciclagem, entre outras. Uma novidade incorporada à programação deste ano é a homenagem a ambientalistas que se destacam na área com a entrega de Diplomas de Mérito Socioambiental. A programação da Semeia 2012 foi aberta na Praça Beiro Rio, no distrito de Sousas, com a 4ª edição do evento que acontece anualmente em Sousas e Joaquim Egídio. Este ano, o tema foi “Ambiente Saudável - Saúde para Todos”.

Aracnídeos: aranhas e escorpiões

Exposição no Paço Municipal ocorreu durante ...

... toda a Semana do Meio Ambiente

Painel sobre fitoterapia

Arte milenar é alternativa às sacolinhas plásticas Um pedaço de tecido, algumas dobras, amarrações e uma pitada de criatividade. Assim se pratica o furoshiki, que nas mãos de Letícia Yabiku, se transforma em bolsas, sacolas e porta-treco, além de uma infinidade de produtos utilitários. A sua proposta é divulgar esta arte milenar japonesa nos eventos nipo-brasileiros, feiras de artesanato e em associações culturais. O seu projeto atual é atingir um número maior de pessoas. Por isso, em breve, ela vai lançar o livro intitulado “Furoshiki - simples, divertido e bonito”, pela editora Komedi. Em entrevista, ela fala da importância do furoshiki em tempos em que a preservação do meio ambiente declara guerra às sacolinhas pláticas. Desde quando se inte-

Luciane Nohama

Letícia divulgou seu livro no Festival do Japão

ressou pelo furoshiki? Faz uns três anos, meu marido (o vereador Luis Yabiku) chegou em casa e me pediu para auxiliá-lo nas pesquisas em supermercados, e verificar

como estavam transportando mercadorias sem sacolas plásticas. Na época, ele era presidente da Comissão de Meio Ambiente na Câmara Municipal de Campinas. Na verdade

não havia novidades, era o de sempre: caixas de papelão e sacolas retornáveis de algodão ou ráfia com logos dos supermercados. Na mesma época, minha irmã que trabalha no Japão, em passagem pelo Brasil, me explicou como funciona a coleta de lixo reciclável por lá. Cada dia tem um tipo de material a ser recolhido, orgânico e plásticos, entre outros. Os brasileiros que lá chegam, recebem as informações de como proceder. Ao entrar na internet, me surpreendi quando vi a ministra de meio ambiente do Japão, Yuriko Koibe, no movimento “Mottainai Furoshiki” dizendo que o furoshiki poderia ser praticado por qualquer pessoa, pois além de simples e divulgar uma tradição japonesa, poderia contribuir com o planeta.

Como foi a divulgação desta arte? Comprei alguns metros de tecidos semelhantes aos de nossos pais e avós, fiz bainhas e montei várias bolsas. Visitei vários jornais locais e TVs. A imprensa local se interessou e participei de vários programas de televisão. A imprensa escrita também divulgou e o interesse chegou nas escolas, supermercados, igrejas, instituições assistenciais e associações nipo-brasileiras. Fico surpresa com a grande quantidade de acessos aos vídeos no “You Tube” publicados pela TV Aparecida, hoje um dos vídeos com minha participação tem mais de 800 mil acessos. Além de aprender, você também ensina as técnicas? Participei de vários eventos, como Encontro Estadual

de Lyons, da primeira Virada Sustentável, festivais japoneses em Campinas, supermercados de Piracicaba, Limeira, Rio Claro, grupos de artesanato, oficinas em supermercados de Campinas, Marília, Sorocaba, Garça, em grupos de artesanato de igrejas Católicas, Batistas, Mormons, Grupo de Escoteiros e principalmente nos meios de comunicação. Quem pode aprender? Dona-de-casa, crianças, homens... enfim, qualquer pessoa. Tenho recebido convites para grupos com tratamento de fisioterapia, terapia ocupacional, educação ambiental etc. Blog: www.yabiku.wordpress.com. E-mail: leticiayabiku@ gmail.com.


Jornal Parques e Região