Page 1

PARQUE ESTADUAL DA ILHA GRANDE PROJETO DE FORTALECIMENTO DO PARQUE ESTADUAL DA ILHA GRANDE

Visita técnica da SEA/IEF ao Ontario Parks e aos Parques da Província de Ontário, Canadá Apoio: TERMORIO, Consulado do Canadá em São Paulo e Ontario Parks

Relatório de Viagem

Rio de Janeiro, Novembro de 2007


Instituto Estadual de Florestas – IEF

Sede Rua da Ajuda, 5/7º andar Centro – Rio de Janeiro - RJ 20.040-000 Website: http://www.ief.rj.gov.br/

Administração do Parque Estadual da Ilha Grande Av Beira Mar, s/nº, Vila do Abraão - Angra dos Reis - Estado do Rio de Janeiro 23940-000 Tel (24) 3361-5553 Website: e-mail: falecomopeig@gmail.com

Relatório Elaborado por: Paulo Bidegain S. Primo, Superintendente de Biodiversidade – Secretaria de Estado do Ambiente;

2


ÍNDICE 1.

INTRODUÇÃO

2.

PANORAMA GERAL DA MISSÃO

3.

SINOPSE DA PROVÍNCIA DE ONTÁRIO

3.1.

LOCALIZAÇÃO NA AMÉRICA DO NORTE

3.2.

LOCALIZAÇÃO NO CANADÁ

3.3.

FATOS E NÚMEROS

3.3.1.

Geral

3.3.2.

Economia e Infra-Estrutura

3.3.3.

Geografia e Meio Ambiente

3.3.4.

Governo

4.

ONTARIO PARKS

5.

SISTEMA PROVINCIAL DE ÁREAS PROTEGIDAS

6.

IDÉIAS PARA INEA E SEUC

ANEXO

I - ÁREAS POTENCIAIS DE COOPERAÇÃO DA PARCERIA PARQUE-IRMÃO

3


1.

INTRODUÇÃO

O Canadá criou um dos primeiros Parques nacionais (Banff) e provinciais (Niagara Falls e Algonquin) da história, além de ter organizado a primeira agência pública do mundo para cuidar dos parques, the Dominum Parks Bureau, em 1911, que hoje é o Parks Canada. Deste modo, são mais de 100 anos de experiência. O IEF tem interesse em firmar uma parceria de longo prazo exclusivamente para capacitação, sem envolver investimentos em obras ou infra-estrutura. O interesse é exclusivamente transferência de conhecimentos em planejamento, criação, implantação e operação de Parques visando aprimorar a implantação do Sistema Estadual de Unidades de Conservação – SEUC. Em abril de 2007, o IEF iniciou os contatos para estabelecer uma parceria com o Ontario Parks (http://www.ontarioparks.com/), com apoio do Consulado do Canadá de São Paulo. Somente com o encerramento da alta temporada no hemisfério norte (julho, agosto e início de setembro), o Consulado conseguiu formular o convite, o que se deu em outubro. Em maio, dois funcionários do consulado canadense estiveram em visita de três dias ao Parque Estadual da Ilha Grande, onde foram discutidos detalhes da parceria. Um deles trabalhou no Lake Superior Provincial Park (http://www.ontarioparks.com/English/lakes.html). A idéia central é adotar o modelo de parceria chamado de “Parque irmão”, por ser menos dispendiosa, rápida e eficiente, inspirada em programa existente há mais de 50 anos no National Park Service dos Estados Unidos e que tem sido empreendido por diversas agências de Parques a nível federal e estadual. O Parque Estadual da Ilha Grande será o primeiro parque da América Latina a ter este tipo de parceria com os parques canadenses. Os antecedentes da Missão podem ser assim sumarizados:         

Aprovação da SEA para que o IEF investisse na parceria com o Canadá em janeiro de 2007; Definido proposta de parceria: modelo Sister Park, National Park Service (http://www.nps.gov/oia/topics/sister.htm) – parceria entre níveis semelhantes de Governo; Seleção de servidor público estadual de carreira para administrar o Parque e acompanhar o Vice-Presidente na visita técnica; Redação de documento com proposição - contactos com o Consulado do Canadá em SP; Consulado Canadá conversa com Ontario Parks; Visita de 2 técnicos do consulado ao Parque Estadual da Ilha Grande – PEIG; Finalização dos preparativos da visita pelo Consulado; Convite para visita pelo Ontario Parks formulado pelo Consulado; Aprovação do Termo de Referência para a viagem;

O presente documento relata as informações e impressões obtidas na vista técnica.

4


2.

PANORAMA GERAL DA MISSÃO

Objetivos  Conhecer o gerenciamento do Sistema de Parques e Áreas Protegidas de Ontário – política (policy), legislação, planejamento, manejo, uso público, operação, manutenção, financiamento e marketing;  Conhecer a estrutura organizacional do Ontario Parks visando a organização de Diretoria no INEA;  Visitar parques provinciais para conhecer a operação e a infra-estrutura;  Discutir a Parceria de Parque-Irmão (Sister-Park Partnership) entre o PEIG e um parque provincial.  Cultivar relacionamento com a equipe do Ontario Parks; Data Realizada entre os dias 5 a 9 de novembro de 2007. Locais Visitados  Escritório central (head office) da Agência Ontario Parks, na cidade de Peterborough (300 Water Street, P.O. Box 7000, K9J 8M5), localizada a 150 km a nordeste de Toronto;  Parque Provincial de Petroglyphs  Parque Provincial do Algonquin  Parque Provincial de Killibear  Distância Percorrida: 1.240 km Atividades Na sede do Ontario Parks, especialistas fizeram apresentações sobre:  Sistema de Parques de Ontario;  Planejamento de Parque (Plano de Manejo e outros aspectos);  Orçamento, Finanças e Manutenção;  Recursos Humanos em Parques;  Pesquisa;  Programa Amigos do Parque;  Comunicação e Marketing; Nos Parques, os profissionais da SEA e IEF conheceram a gestão e operação, observaram as instalações e discutiram detalhes sobre a futura parceria e problemas de interesse mútuo. Financiamento da Missão Financiada pelo Projeto de Fortalecimento do Parque Estadual da Ilha Grande, apoiado pela empresa TERMORIO, conforme Plano de Trabalho estabelecido em Abril de 2007.

5


Executivos e Técnicos Contactados Local

Executivo/Técnico

Cargo

Robert Moss Barton Feilders

Exposição

Strategic Planning Officer Manager, Planning & Research Section Ontario Parks (Sede) Rob Davis Senior Science and Information Protected Areas Program Coordinator Gary Forma Tourism Marketing Partnership Coordinator Bruce Van Staalduinen Manager, Operations and Development Section Parque Provincial de Lisa Rouach Assistant Superintendent Petroglyphs Parque Provincial do Tracy Harper Assistant Park Planner Algonquin Justin Peter Natural Heritage Educator Specialist Dan Duggan Assistant Park Superintendent Kenton Otterbein Natural Heritage Education Parque Provincial de Leader Killibear Brent Stewart Operation Technician Louise Seymour Sênior Park Clerk

Ontario Parks Overview Legislation and Policy Framework Protected Areas Planning Science and Reporting

Marketing, Promotion, Merchandising and Partnerships Park Operations, Finances and Reservation System Park Operation and Planning Park Operation and Planning Interpretative Activities

Park Operation and Planning

Parques visitados Parque

Algonquin

Killibear

Petroglyphs

Ano de Criação

Área (ha)

Visitação Anual

1893

772.300

876.616

n/d

1.756

357.109

1976

1.603

17.019

Atividades caminhadas, pescaria, ciclismo, banho de lago, canoagem, observação da vida selvagem, aprendizagem, acampamento regular e selvagem caminhadas, pescaria, ciclismo, banho de lago, canoagem, observação da vida selvagem, aprendizagem , acampamento caminhadas, observação da vida selvagem, ciclismo, aprendizagem

Fonte: Ontario Parks

6


3.

SINOPSE DA PROVÍNCIA DE ONTÁRIO

3.1.

LOCALIZAÇÃO NA AMÉRICA DO NORTE

3.2.

LOCALIZAÇÃO NO CANADÁ

.

7


MAPA DA PROVÍNCIA DE ONTÁRIO

8


3.3. 3.3.1.      

 

 

     

Geral

Origem do nome: Skanadario (iroqueses) significa "belo lago", "águas brilhantes", "rochas ao topo" ou "próximo às águas". Área: 1,076,395 km² (pouco maior que Mato Grosso), 80% são terras públicas (“crown lands”) Maior distância N-S 1.730 km , L-O 1.690 km Ponto Culminante: 693 m Capital: Toronto (2,5 milhões hab, < 100 línguas, 21 milhões de turistas/ano) Principais cidades: Toronto, Ottawa, Hamilton, Kitchener, London, Mississauga e Windsor Línguas oficiais: Inglês e francês População: 12.686.952 (1/3 da população do Canadá). Recebe mais de 150 mil imigrantes/ano Distribuição espacial da população: 80% da população vive em cidades Composição: 89% ingleses, irlandeses, escoceses, franceses, alemães e italianos; 4,9% Sulasiáticos; 3,7% Chineses; 3,6% Afro-canadenses; 1,7% Nativos americanos; 1,3% Filipinos; 0,9% Hispânicos e 3,0% outras origens; População Indígena: 66 mil (186 reservas indígenas) Domicílios: 4,3 milhões (2/3 próprios)

3.3.2.  

FATOS E NÚMEROS

Economia e Infra-Estrutura

Economia: Indústria automobilística, turismo e prestação de serviços financeiros e imobiliários Indústria: automóveis, caminhões e afins, produtos eletrônicos tais como televisão e computadores, aço, produtos alimentícios e produtos químicos Agricultura: 56 mil fazendas produzindo frango, pecuária de corte e leite, porco, soja, forragem, trigo, barley, maçã, uvas, pêras, pêssegos, tabaco, ginseng, feijão, cogumelos, hortaliças e vinho. PIB: Cnd $ 558 bilhões (2006) – 39% do Canadá PIB per Capta: Cnd $ 34,527 (Canadá $ 33,556) Inflação 1.8%: (2006): Taxa de Desemprego: 6.3% (2006) Energia: 50% usinas nucleares, 25% usinas hidrelétricas, restante usinas termelétricas (carvão, petróleo ou gás natural. Estradas: 72 mil quilômetros de vias públicas, 13 351 quilômetros de ferrovias,

3.3.3.

Geografia e Meio Ambiente

Temperatura Médias Inverno Sul

Norte Geral

     

Médias são de -8°C, com mínimas entre -42°C e 1°C, e máximas entre -35°C e 12°C. Média das máximas é de -1°C, e a média das mínimas é de -8°C Verão Máximas de até 38°C, e mínimas de até 9°C. Média das máximas 26°C, das mínimas 15°C. Temperatura média no inverno de -25°C, verão de 7°C. Maior temperatura registrada de 42°C (Atikokan, 1919, e Fort Frances, 1936. Menor temperatura registrada -58°C (Iroquois Falls, 1955).

Precipitação: 600 a 700 mm no norte da província e entre 800 a 900 mm no sul. Neve: Entre 123 mm no extremo norte até 267 mm no sul. Ecossistemas Aquáticos: 250 mil lagos, mais de 100 mil km de rios (1/6 da Província) Litoral: 3.885 quilômetros (lagos Superior, Huron, Erie e Ontário). Regiões Naturais (Ecoregiões): Planícies da Baía de Hudson, Escudo Canadense, Planícies dos Grandes Lagos e Planícies do São Lourenço. Vegetação: 15 mil anos. Tundra Ártica e Florestas Boreal, Grandes Lagos – São Lourenço e Temperada Decídua.

9


   

Flora: 3.380 espécies de plantas, mais de 1.000 espécies de fungos e algas e centenas de liquens. Árvores: 180 espécies, levam 60 -100 anos para crescer (depende da espécie e região); Fauna: 80 espécies de mamíferos, 470 de pássaros, 60 de répteis e anfíbios, 160 de peixes, 20 mil espécies de invertebrados Grandes animais: urso polar, alce, urso preto, elks, veado de rabo-branco, lobos, caribu, morsas, focas.

Plano de Reflorestamento Em agosto 2007, Ontário lançou Plano visando:      

Plantar 50 milhões de árvores até 2020 (280 km2 – 28.000 ha); 5 milhões ao ano; Remover 3,8 milhões de toneladas de carbono; Custo total de $79 milhões; Parceria com Trees Ontario Foundation, Municipalidades, ONGs e proprietários rurais; Mais ambicioso plano na América do Norte de acordo com a ONU; Mapa de Relevo da Província de Ontário

10


MAPA DAS REGIÕES FLORESTAIS DE ONTARIO

11


3.3.4.    

Governo

Constituído por ministérios e agências provendo diferentes programas e serviços. Chefe de Governo: Premier Dalton McGuinty, Partido Liberal Membros do Parlamento: 106 Site Oficial: http://www.gov.on.ca/ http://www.2ontario.com/facts/home.asp

Ministérios (nov/2007) Com ações na Área Ambiental Demais Aboriginal Affairs Agriculture, Food and Rural Affairs Environment Economic Development and Trade Energy Municipal Affairs and Housing Natural Resources Northern Development and Mines Public Infrastructure Renewal Research and Innovation Tourism Training, Colleges and Universities Transportation

Attorney General Children and Youth Services Citizenship and Immigration Community and Social Services Community Safety and Correctional Services Culture Education Finance Francophone Affairs Government and Consumer Services Health and Long-Term Care Health Promotion Intergovernmental Affairs Labour Revenue Seniors' Secretariat Small Business and Entrepreneurship Women's Directorate

Atribuições do Ministério dos Recursos Naturais (http://www.mnr.gov.on.ca/MNR/)

         

Terras públicas Parques e Áreas Protegidas Florestas Fauna e Pesca Águas Óleo, gás, sal e agregados Incêndios florestais, secas e inundações. Aviação Sistema Geográfico de Informação Estudos científicos e aplicação

12


4.

ONTARIO PARKS

Logomarca:

Webiste http://www.ontarioparks.com/english/index.html

     

Sede: Peterborough (200km leste de Toronto); Status Institucional: Agência (autonomia administrativa e financeira); Criação: 1996 (a partir de unidade administrativa do MNR), com Plano de Negócios. Organizada tendo como exemplo a Agência de Parques do Estado de Michigan (USA); Recursos Humanos: 220 permanentes, mais de 2.200 temporários. Possui Perfil Ocupacional para todas ocupações; Estrutura Organizacional:

Diretor Administrativo Conselho Diretor

Seção de Planejamento e Pesquisa Seção de Operação e Desenvolvimento Seção de Comunicação e Marketing Seção de Espécies em Risco Representações Zonais

 

     

Supervisiona a administração, planejamento, manejo e operação dos Parques. Composto por 6 a 12 membros mais o Presidente (Chair), orientam o Ministro de Recursos Naturais no tocante ao planejamento, manejo e desenvolvimento do Sistema de Parques, incluindo planos de negócio, estratégias de marketing, investimentos e taxas, dentre outros. Planejamento e manejo dos recursos naturais e culturais e pesquisa. Implantação, gestão, operação e melhoria dos parques, incluindo serviços de visitantes, aplicação da lei, saúde publica e administração de terras, bem como design, engenharia, construção e manutenção. Pesquisas de mercado, programas promocionais, merchandising, arrecadação de fundos e parcerias. Coordenação provincial do desenvolvimento da estratégia de espécies em risco (incluindo comunicação, regras, política e diretrizes, planos de recuperação, acordos de parcerias e trabalhos de campo). Responsável pela operação dos parques e pela execução e outras atividades (promoção e marketing, etc).

Gestão orientada por negócio (business model) desde 1996. Primeira agência governamental de Ontário criada com esta orientação. Receita arrecadada é depositada em uma conta especial chamada de SPA: recursos são necessários para gerir os parque, oferecer serviços ao visitante, manter e monitorar os ecossistemas e empreender serviços de aplicação da lei (fiscalização) Orçamento: Custos Operacionais e Despesa de Capital. Custos Operacionais: Cnd $68,7 milhões Cerca de 80% receita própria (uma das maiores percentagens da América do Norte). Califórnia pouco mais de 30%. Uma das agências líderes em arrecadação na América do Norte; Despesas de Capital (investimentos): São realizados pelo Tesouro da Província; Estratégia Parques “cash cow” : parques pequenos com alta receita que garantem o sustento de outros ; Serviços de manutenção altamente eficientes para reduzir gastos. Aproveita ao máximo os materiais locais;

13


5.

SISTEMA PROVINCIAL DE ÁREAS PROTEGIDAS

Histórico  Inicia-se em 1893 com a criação do Parque Algonquin. Lento até os 1950s. Rápido crescimento nos anos 80 e 90. Legislação principal  Provincial Parks and Conservation Reserves Act (2006), que substituiu o Provincial Parks Act (1950). “O objetivo deste Ato é permanentemente proteger o sistema de parques e reserva provinciais que inclua ecossistemas que são representativos de todas as regiões naturais de Ontário, proteja elementos significativos do patrimônio natural e cultural, mantenha a biodiversidade e oferte oportunidades para recreação ambientalmente compatível e sustentável”. Artigo inicial do Provincial Parks and Conservation Reserves Act (2006) Legislação pode ser baixada em: http://www.ontarioparks.com/english/legislation/index.html Política Gerencial Corporativa  Ontario Parks adota política gerencial corporativa (policy), composta por um conjunto de documentos que podem incluir carta de princípio, visão, diretrizes, procedimentos, padrões e planos que guiam a tomada de decisão, a ação (planejamento, operação, etc) e a avaliação da performance. A política corporativa expressa como o governo deseja empreender a atividade (plano de manejo, negócio, pesquisa, educação e interpretação, instalações, uso público, etc). 

Exemplos de documentos gerenciais: Provincial Park Regulations, Ontario Provincial Parks: Planning and Management Policies (1992), Ontario Provincial Parks Management Planning Manual (roteiro metodológico e escopo), Ontario Parks Business Plan (Plano de Negócios), Minimum Operating Standards Manual e Management Plans. Novo Manual de Planejamento em elaboração (orienta elaboração de Plano de Manejo).

Impacto Econômico e Social  Parques provinciais geram Cnd $390 milhões em atividades econômicas, 14 mil empregos e cerca de Cnd $46 milhões em impostos provinciais (cada dólar investido retornam 3 ao governo em diversas formas). Categorias  Parques, operados pelo Ontario Parks, e Reservas de Conservação, operados pelas representações regionais do Ministério dos Recursos Naturais – MNR. Os Parques são de 6 tipos: Categoria de Parque Recreational (Parque Recreacional) Historical (Parque Histórico) Natural Environment (Parque Ambiente Natural) Nature Reserve (Parque Reserva Natural) Waterway (Parque Fluvial) Wilderness (Parque Selvagem) Fonte: Ontario Parks

Quantidade 66 6 79 108 62 8

Área Total (km2) 367,6 67,4 14.629,5 14.629,5, 14.446,2 48.237,5

14


Situação Atual  329 Parques provinciais (7,889 milhões de ha) e 292 reservas de conservação (1,495 milhões de ha), protegendo 8,9 % de Ontário;  111 Parques estão operacionais;  Há 5 Parques Nacionais pequenos;  Tamanho dos Parques: de 3 ha até 2.355.200 ha (Polar Bear Provincial Park); Planejamento Global do Sistema - Critérios e Processo de Seleção de Áreas Protegidas  O planejamento global é baseado em Ecossistemas ou Unidades de Paisagem - Ecozonas, Ecoregiões e Ecodistritos e em planejamento regional do uso da terra (1980s, 1999, atualmente). Desenvolveu e utiliza programa “Life Science Gap Analyses” para seleção de Áreas Protegidas  Princípios: proteger amostras de todos as regiões naturais (39 ecodistritos) bem como o patrimônio cultural e o patrimônio geológico.  Outros critérios adotados para seleção: condição (perturbação), diversidade (características e espécis), funções ecológicas (hidrológicas, tamanho, formato, conectividade); atributos especiais (habitats de espécies ameaçadas e monumentos geológicos); Criação de Parques Se dá por ato do Poder Executivo Princípios de Gestão  A Gestão dos Parques baseia-se no princípio de integridade ecológica (ecological integrity) de ecossistemas, estando o mesmo definido no Provincial Parks and Conservation Reserves Act (2006). Há muita discussão sobre o conceito.  Participação pública: procedimentos estão sendo revistos devido aos custos elevados de audiências, correios, logística e outras atividades; Plano de Manejo  Elaborado com base em Termo de Referência orientado pelo “Ontario Provincial Parks Management Planning Manual “, um tipo de roteiro metodológico e escopo;  É aprovado pelo Diretor Geral do Ontario Parks;  Há dois tipos: regular (Management Plan) e sintético;  Planos de Implementação detalham os Planos de Manejo, que são aprovados pelos Superintendentes (Administradores de Parques);  Para fazer gastam entre Cnd $60 a 100 mil.  Alguns planos podem ser baixados em: http://www.ontarioparks.com/english/plan_approved.html  Termos de Referencia podem ser obtidos em: http://www.ontarioparks.com/english/invit.html Regularização Fundiária  Em geral não desapropria. A TNC arrecada fundos para compra de terras. Administração, Manutenção e Proteção  Superintendentes administram mais de 1 Parque, variando de 3 a 10.  Há várias ocupações (Superitendent, Park Interpreter, Park Naturalist, etc);  Guardas Parque - Park Warden. Maioria é treinada em 2 semanas antes da temporada para serviço temporário  A rotina de manutenção guiada por manual detalhado;  O treinamento de staff temporário é em maio e junho. Manejo de Ecossistemas  Compreende controle de populações de animais nativos e exóticos, erradicação de plantas invasoras, recuperação de áreas degradadas e manejo do fogo.

15


Pesquisa, Monitoramento e Prestação de Contas  Execução direta e/ou parceria com universidades. Fornece alojamento, equipamentos e logística;  São 60 a 100 pedidos de pesquisa por ano;  Há um fórum provincial de pesquisa, com workshops anuais;  Investe Cnd $ 400 mil/ano em pesquisa;  Os Park naturalist são os responsáveis;  Prestação de Contas: Relatórios SOPAR emitido a cada 5 anos mostrando o estado geral das áreas protegidas; Visitação  Visitantes procuram principalmente as praias, canoagem, caminhadas e acampamento;  Há 19.000 campsites acessíveis por carro;  Há 7.000 campsites selvagens;  Tem um sistema avançado de reservas on line semelhante a hotel;  Cerca de 10 milhões de visitantes/ano, sendo 20% de fora de Ontário Interpretação/ Educação  Para estas atividades, os Parques contam com centro de visitantes, trilhas interpretativas, caminhadas guiadas, autointerpretação, palestras curtas e recepção de escolas;  Enfatiza que crianças entre 4 a 12 anos toleram no máximo 20 minutos de palestra ou filme; Marketing e Comunicação  É responsável pela identidade corporativa  Website (4 milhões de visitas ao ano) e blog;  Trabalha com planos de comunicação, releases, eventos, guia dos parques, Os Os principais parques tem jornal anual;  São mais de 50 artigos postos a venda com a griffe Ontário Parks e a de cada parque (roupas, souvenirs diversos);  Faz parcerias corporativas com cerca de 30 empresas, em especial “cross–promotion”. São todas grandes companhias (fabricantes de automóveis, pepsi, etc)  Faz parcerias sólidas com ONG. Tem cerca de 25 Associações Amigos de Parque  Participa de várias feiras de turismo (trade- show);  Realiza pesquisa de mercado por telefone);  Gasta cerca de Cnd $ 1,4 milhões/ano;  Tem forte ligação com a agência Ontario Tourism  A satisfação do visitante tem sido apurada em 80% Concessões  As principais concessões são para portão, campings, restaurantes e serviços; Voluntários  Trabalham especialmente na manutenção e limpeza das edificações, limpeza e patrulhamento de trilhas e inspeções de campings. Alguns fazem serviço de escritório; Associação de Amigos (ONG)  São fundamentais. Prestam grande ajuda e mobilizam voluntários. Mantém trilhas, vendem artigos e administram lojas em Parques. Algumas tem salas dentro da administração do Parque. As vezes o Ontário Parks provê seed money para se estabelecerem inicialmente; Parcerias Internacionais  Pouca experiência internacional;

16


MAPA DAS ECORREGIÕES TERRESTRES DE ONTÁRIO

17


MAPA DOS PARQUES E RESERVAS DE ONTÁRIO

18


6.

IDÉIAS PARA INEA E SEUC

Estrutura Organizacional do INEA  Diretoria de Parques e Áreas Protegidas separada de Diretoria de Gestão de Ecossistemas  Departamentos: (i) Planejamento e Marketing e (ii) Operação. Na Operação, cada UC ou conjunto é uma Divisão: PEPB – REBAG; Div PEIG, RB.  UC se relaciona direto com a sede, sem intermediação da Agência Regional; RH, Administração, Manutenção, Proteção  Elaborar Plano de Carreira específico para UCs com perfil ocupacional;  Prever mão-de- obra permanente e temporária;  Administradores podem gerir mais de 1 uma UC;  Sistema de Guarda Parque do OP não se aplicam as nossas condições por serem provisórios;  Todos os Parques devem ser administrados exclusivamente por funcionários de carreira do estado (assegura continuidade) a partir de 2012;  As APAs podem ser gerenciados diretamente pelos Superintendentes Regionais do INEA Legislação e Política Gerencial Corporativa (“policy”) – Planejamento Lei ou Decreto SEUC - Menos categorias que SNUC – Apresentação ao CONEMA em 2009 Estabelecer visão e manuais de diretrizes, procedimentos e padrões, além de plano. Planejamento do Sistema e Principio de Gestão Fazer mapa das ecorregiões para planejar o sistema globalmente Aplicar o princípio da Integridade Ecológica Plano de Manejo Adotar plano de manejo simples, variando de acordo com a categoria. Revisão a cada 10 anos. Manejo de Ecossistemas

Focar em controle de populações de animais nativos e exóticos, erradicação de plantas invasoras, recuperação de áreas degradadas e manejo do fogo.

Comunicação e Marketing  Imprescindível ter no INEA uma equipe exclusiva para atender aos Parques; Sustentabilidade Financeira  Gerar receitas é fundamental para consolidação do sistema. Cada Parque deve ter uma conta especifica;  Futuro: Plano de Negócio da Diretoria e de cada Parque (Planejamento estratégico do negócio, Descrição da empresa/empreendimento, produtos e serviços, análise de mercado, plano de marketing, plano financeiro)  Custeio futuro: 30% receita, 70 % Receita INEA  Parques Cash Cow – PEIG, PETP, PECV, PECS + PEBS, PEST, PEPB, PERG Concessões Imprescindíveis - Campings, Restaurantes, Serviços e Arborismo Voluntários Manutenção e limpeza das edificações, limpeza e patrulhamento de trilhas e campings Associação de Amigos (ONG) Prestam grande ajuda e mobilizam voluntários. Mantém trilhas, vendem artigos e administram a loja. Parque prove sala. As vezes seed money para se estabelecerem

19


ANEXO I ÁREAS POTENCIAIS DE COOPERAÇÃO DA PARCERIA PARQUE-IRMÃO A parceria de Parque Irmão opera através do intercâmbio de pessoal, informação, dados, tecnologias, treinamento e de melhores práticas visando promover o aprimoramento dos recursos humanos do Parque com o intuito de melhorar a gestão da unidade. Exemplos de áreas potenciais de cooperação que podem ser implementadas: 

    

  

Intercâmbio de experiências relativas aos desafios operacionais, de administração, organização de atividades e preservação de recursos naturais em um contexto de crescimento sustentável dos visitantes; lntercâmbio de experiências e capacitação em restauração, prevenção e controle de incêndios Intercambio de experiências e capacitação de operações de busca e resgate de pessoas; Aprendizagem de inglês básico ao pessoal do Instituto Estadual de Florestas e de português ao pessoal do Ontário Parks Intercâmbio de experiências para planejamento e operação de Parques, Intercâmbio de experiências de administração de concessões em Parques, incluindo procedimentos para estabelecer critérios adequados para a seleção de serviços, infra-estrutura e arquitetura com construções apropriadas; Intercâmbio de experiências em inserção regional com foco no relacionamento com comunidades vizinhas (centros urbanos, fazendas, operadores turísticos e universidades dentre outros); Trabalhos investigação cientifica conjunta em temas como florestas e manejo da fauna silvestre e recuperação de rios, considerando a participação eventual de universidades e centro de pesquisa; Inclusão nos websites dos Parques, de informações sobre a parceria de parques irmãos, com uso de webcams, informações ambientais e atividades futuras Intercâmbio de experiências em métodos de interpretação e educação para visitantes dos parques, incluindo enfoques comunitários locais, relações públicas e marketing; Intercâmbio de experiências em manutenção de dependências em parques;

20

Sistema de Parques de Ontario Canada  

Descreve o Sistema de Parques da província de Ontario, Canada

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you