Issuu on Google+

Informativo da Paróquia São Judas Tadeu - Pastoral da Comunicação (Pascom)

O TADEU

Nº 001

Campo Grande - MS, Março 2013

1º INFORMATIVO

I

Mensagem do Pároco

rmãos e irmãs, discípulos (as) missionários (as) de Jesus Cristo, amados filhos e filhas desta vasta região que a Paróquia São Judas Tadeu abrange. Estamos colocando em vossas mãos o nosso primeiro informativo paroquial feito com muito carinho pela equipe da Pascom (Pastoral da Comunicação) de nossa paróquia. Esta equipe é formada por voluntários jovens e alguns casais que se dispuseram carinhosamente a assumir a missão de coordenar todo trabalho pastoral das comunicações sociais, impressa, falada, escrita e visual como também toda questão midiática incluindo a confecção do site de nossa paróquia. O mesmo quer ser o primeiro número comemorativo desta data em que o ano de 2013 celebraremos o Jubileu de criação da Paróquia São Judas Tadeu em 09 de abril de 1988. Trazemos presente alguns dados para reaquecer nossa memória histórica e afetiva, recordando a todos que a nossa paróquia continua vivendo um momento de renovação e forte reorganização através da setorização nas comunidades, ainda embrionária, porém, nos mostra uma força muito grande que nos anima a realizar esta obra querida por Deus e manifestada através do nosso pas-

tor: Arcebispo Arquidiocesano Dom Dimas Lara Barbosa. Ele nos pede que neste ano jubilar todos nós façamos um esforço comum para fazermos deste território um referencial visível do Reino de Deus, através dos três múnus: Anúncio, Liturgia e Caridade. Que a partir do anúncio possamos anunciar o Senhor com palavras, atos, atitudes e testemunho de

vida; que nossa vida litúrgica seja expressão concreta daquilo que acreditamos, celebramos, vivemos e praticamos no nosso dia-a-dia. E que os nossos ouvidos estejam abertos a escutar os gritos dos excluídos e sofredores que vivem ao nosso lado, que por sinal são muitos e os mesmos nos impelem a viver e praticar sem limites a caridade. Desse modo, o nosso

jeito de viver deve ser resplandecente como nos pede o Senhor, ser sal da terra e luz do mundo (Mt. 5, 13-16). Que a riqueza deste instrumento de comunicação o Informativo Paroquial “O Tadeu”, que colocamos em vossas mãos, seja para todos nós um chamado a viver um momento de entrega na edificação de uma Paróquia responsável, unida, fraterna, sinal visível do Reino de Deus aqui na terra. Que o Cristo ressuscitado nos fortaleça na missão e que, a exemplo dos discípulos de Emaús, nos motivemos no caminho com nosso coração aquecido, conforme cita o Documento de Aparecida: “Fica conosco, porque ao redor de nós as sombras vão se tornando mais densas, e tu és a Luz; em nossos corações se insinua a desesperança, e tu os fazes arder com a certeza da Páscoa. Estamos cansados do caminho, mas tu nos confortas na fração do pão para anunciar a nossos irmãos que na verdade tu ressuscitaste e que nos deste a missão de sermos testemunhas de tua ressurreição”. (D. A nº 554)

São Judas Tadeu interceda por nós, Amém. Pe. Manoel de Pierri Primo

Facebook.com/SaoJudasTadeuCG

Eu curto a minha Paróquia


Um tempo de Reflexão

P

ara as comunidades cristãs a Semana Santa é um momento de grande meditação e transformação. Um forte apelo à mensagem quaresmal que nos propõe a renuncia do egoísmo, do materialismo, do orgulho e de tantos outros vícios que nos afastam da graça de Deus. É a semana mais importante do ano litúrgico, pois, nos convida à conversão e a renovação da vida. Ela se inicia com o Domingo de Ramos e se estende até o Domingo da Páscoa. No DOMINGO DE RAMOS é lembrada a entrada triunfante de Jesus em Jerusalém, onde os evangelhos relatam que muitas pessoas homenagearam a Jesus, estendendo mantos pelo chão e aclamando-o com ramos de árvores. Nas igrejas este acontecimento é revivido pelas encenações com cantos de grande exclamação ao Rei e a tradicional benção dos ramos. Na segunda, terça e quartafeira, são dias igualmente oportunos para o jejum, meditação e para acompanhar a liturgia, das verdades boas e claras que Jesus falou em Jerusalém ao confrontar as autoridades de seu tempo, bem como toda conspiração para prendê-lo e condená-lo. O ponto alto da Semana Santa é o Tríduo Pascal, onde é realizada solenemente em três dias especiais: a Sexta-feira Santa, Sábado Santo e Domingo de Páscoa. Porém, é muito importante entender que o Tríduo começa na noite de quinta-feira e segue até o sábado à noite na vigília do domingo. Na QUINTA–FEIRA SANTA,

02

celebra-se a instituição da Eucaristia, que é fonte e ápice de toda a vida cristã. É a ação santificante de Deus para conosco, da qual Jesus se torna para nós alimento para nossa salvação. Pela manhã é realizada a Missa do Santo Óleos, presidida pelo Arcebispo, onde são abençoados os Óleos Santos, e distribuídas nas comunidades para serem usados durante o ano na realização dos Sacramentos. Nesta mesma celebração também foi instituído o Sacerdócio com a missa do lava-pés, procurando transmitir a mensagem de humildade, serviço e amor fraterno. Após a Eucaristia o altar é “despido” e os fiéis fazem Adoração ao Santíssimo. Esta adoração é em atenção ao pedido de Jesus! VIGIAI E ORAI. A SEXTA-FEIRA SANTA é conhecida como a Sexta-feira da Paixão, onde a Igreja contempla o grande mistério de amor de Deus pela humanidade. Na celebração da Paixão que ocorre por volta das 15 horas, acontece a Oração Universal, e a distribuição da Sagrada Comunhão. Tradicionalmente as comunidades realizam as encenações da ViaSacra e ao final, segue-se o momento solene e profundo da apresentação da Cruz, convidando todos a adorarem o Salvador nela pregado. Neste dia a Igreja pede o sacrifício do jejum e da abstinência de carne, como ato de gratidão a Cristo, para ajudar-nos a viver mais intensamente esse mistério, e como gesto de solidariedade com tantos irmãos que não têm o necessário

O Tadeu - Campo Grande, MS - Março 2013

para viver. Mas a Semana Santa não se encerra com a sexta-feira, no dia seguinte celebra-se a vitória de Jesus. Só há sentido em celebrar a cruz quando se vive à certeza da ressurreição. O SÁBADO SANTO é um dia de “luto”. A Igreja permanece junto ao sepulcro, meditando no mistério da morte do Senhor e na expectativa de sua ressurreição. Durante o dia não há nenhuma celebração. À noite, a Igreja celebra a solene Vigília Pascal, revivendo a história da salvação, a vitória sobre o pecado e a morte. A cerimônia é carregada de ricos simbolismos que nos lembram à ação de Deus, a luz e a vida nova que brotam da ressurreição de Cristo, através da Proclamação da Passagem (Páscoa). O DOMINGO DE PÁSCOA é o ápice do ano litúrgico que se estende por 50 dias até Pentecostes. Páscoa é a conclusão do projeto de salvação. É a dor e a alegria que se fundem, pois se referem na história ao acontecimento mais importante da humanidade: a redenção e libertação do pecado pelo Filho de Deus. Porque, Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida. Celebrar a Semana Santa é fazer uma experiência única de encontro com o próprio Jesus Cristo que se fez alimento para nossa salvação e luz para que nossa esperança em seu reino seja plena.

Ricardo R. de Moraes


Curso de preparação para o Matrimônio

A

s inscrições para a Legitimação de 2013 já estão abertas e podem ser feitas na secretaria da Paróquia São Judas Tadeu. Os encontros acontecerão nos dias 21 de abril, 06 de junho e 15 de setembro. A Legitimação consiste na preparação ao sacramento do matrimônio, destinada aos casais que já vivem juntos mas que não possuem o sacramento concedido pela Igreja. Este trabalho é realizado pela Pastoral Familiar interparoquial das Paróquias Palotinas: Paróquia São Judas Tadeu, Paróquia São Martinho de Lima, Paróquia Santa Rita de

Cássia e Paróquia Divino Espírito Santo, juntamente com os padres. A preparação para a legitimação consiste em três encontros durante o ano, na catequese, para os que não possuem, e no casamento comunitário. Os três encontros são realizados a nível interparoquial, durante um dia inteiro, aos domingos com datas pré estabelecidas, na casa de Formação São Vicente Pallotti. Durante a preparação, aqueles casais que ainda não possuem os sacramentos do Batismo, Eucaristia e Crisma também podem recebê-los através de uma turma de catequese especial aos casais da legitimação.

O casamento comunitário é realizado a nível paroquial onde todos os casais da paróquia se casam no mesmo dia, no mesmo lugar e no mesmo horário. É importante ressaltar que o casamento não é realizado individualmente com data diferente dos demais casais. O casal em preparação ao matrimônio deve participar de alguma comunidade da paróquia. Caso aconteça de não participarem de nenhuma das paróquias palotinas, serão aceitos apenas aqueles que tiveram a devida aprovação e autorização do padre da paróquia a que pertencem.

JMJ - Um Sonho do

M

ilhões de jovens peregrinam no encontro da Jornada Mundial da Juventude com o intuito de mostrar ao mundo o testemunho de uma fé viva, transformadora e com o rosto de Cristo. E foi a partir de um sonho de Deus e de seu Peregrino do Amor, Papa João Paulo II, que em 1984 essa maravilhosa obra começou a ser realizada. Em um encontro com jovens do mundo todo, o beato mostrou que as vozes e a cara da juventude precisavam de um coração pronto a ouvi-los. Assim, foi denominado em 1985 o Ano Internacional da Juventude pelas Nações Unidas e, em 1986 ocorreu a primeira Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Roma. Os jovens abraçaram esse encontro vendo que este traria consigo muita fé, esperança e unidade, mostrando o rosto jovem de Cristo ao mundo. A JMJ é realizada a cada dois ou três anos, e a 28ª edição da jornada terá sede no Rio de Janeiro, primeira vez no Brasil, nos dias 23 a 28 de julho.

Vivian Alarcon

coração de Deus

O encontro, que já passou pela Argentina, Polônia, Estados Unidos, Espanha, Filipinas, França, Itália, Canadá, Alemanha e Austrália, requer muita preparação do espírito e do corpo. Além dos encantos turísticos particulares de cada sede, a participação na Jornada requer corações abertos para as graças de Deus e a força para aproveitar a peregrinação. Através de catequeses, partilhas, festivais de música, shows, testemunhos e atividades culturais, Deus vem tocar o coração de cada jovem, corações que creem, vivem a fé e que buscam a santidade.

A Jornada Mundial da Juventude tem como símbolo a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora, que estiveram presentes em Campo Grande nos dias 23 a 26 de junho de 2012, onde milhares de jovens das diversas paróquias da Arquidiocese carregaram em uma grandiosa procissão. Aqueles que se sentem motivados a participar dessa grande obra podem obter mais informações através do site www.rio2013.com, tanto como voluntários quanto peregrinos.

Andressa Nakahata

O Tadeu - Campo Grande, MS - Março 2013

03


Horários das missas para a Semana Santa

S

emana santa é um tempo de alegria e preparação para nós católicos. Na nossa paróquia temos a felicidade de termos a celebração em todas as comunidades, exceto na sexta-feira da paixão, que é quando todas as comunidades se reúnem no Santuário São Judas Tadeu para juntas celebrar e adorar a cruz, logo após a celebração haverá a encenação da Via Sacra, que tem a participação de todos os grupos jovens da nossa paróquia, fazendo um trabalho de unidade e de forte reflexão.

As comunidades que terão a missa com nossos padres serão as seguintes:

Quinta-Feira Santa (Celebração da instituição da eucaristia e lava pés) Santuário São Judas Tadeu às 19:00 horas Comunidade Santa Luzia às 19:30 horas Sexta-Feira da Paixão (Celebração e adoração da cruz, depois via sacra) Santuário São Judas Tadeu às 15:00 horas (todas as comunidades estarão presentes)

Sábado Santo (Missa de ressurreição do Senhor) Santuário São Judas Tadeu às 19:30 horas Comunidade Pe. José de Anchieta às 19:30 horas Domingo de Páscoa do Senhor Santuário São Judas Tadeu às 07:30 horas Comunidade Maria Mãe dos Migrantes às 9:00 horas As demais comunidades terão a celebração feita pelo Ministro da Eucaristia. A Paróquia São Judas Tadeu espera por você nas celebrações, venha ser um verdadeiro cristão na fé.


O Tadeu - Março/Abril