Page 1

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude

Brasília, 31 de julho de 2012 CJ – C – Nº 0720/12 “Eu vim para que todos tenham vida” (Jo 10, 11) Estimados bispos, sacerdotes, religiosos (as) e leigos(as), Este é mais um momento precioso que a nossa Igreja na América Latina, acreditando em sua missão, volta mais uma vez seu olhar para a vida dos jovens. O Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), ao longo de sua história tem realizado seminários para construir a unidade da Igreja em vista da evangelização da juventude. Fruto desses seminários é o livro “Civilização do Amor”. Ao mesmo tempo, a Igreja latino-americana vem pontuando alguns gestos concretos para mobilizar todas as realidades juvenis. No Cone Sul, o processo que a Pastoral Juvenil realizou foi pautado levando em consideração a realidade juvenil de cada região. Confira um pouco da história destes gestos concretos: - 1995: 1º Encontro dos responsáveis pela Pastoral Juvenil do Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai; - 1996: Após encontro latino-americano da Pastoral Juvenil, decidiu-se por uma ação conjunta através de uma manifestação pública em favor dos jovens, principalmente pelos que vivem em situação de risco; - 1997: Opção por realizar um jejum, preparando a juventude do continente latino-americano para o Grande Jubileu do Nascimento de Cristo; - 1999: No Brasil, o gesto comum do Cone Sul começou a ser promovido pelas Pastorais da Juventude do Brasil (PJ, PJE, PJMP, PJR); - 2002: As PJ do Brasil promoveram a Semana da Cidadania, com o tema “Animemos a Esperança, Construamos a Paz - Direito de ser diferente”. O cartaz e a oração foram usados em comum em todos os países do Cone Sul; - 2004: As PJ brasileiras também realizaram a Semana da Cidadania, cujo eixo central foi “Democracia e Bem Comum” e teve como lema “América Latina: Construindo a Democracia como Bem Comum”; - 2010: Após alguns anos sem o gesto comum para todo Cone Sul, os jovens reunidos no III Congresso Latino-americano de Jovens, na Venezuela, decidiram voltar com o gesto, tendo como enfoque principal a defesa da vida da juventude; - 2011: No Brasil, foi criada na CNBB a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude e também constituída uma Coordenação Nacional de Pastoral Juvenil que engloba as Pastorais da Juventude, Novas Comunidades, Movimentos Eclesiais e as Congregações. O gesto comum, no Brasil, passa então a ser construído por esta coordenação. E agora, em 2012, mais um gesto comum é proposto para toda a Pastoral Juvenil. Em todo Cone Sul, fomos convocados a realizar, no período de 05 a 12 de agosto, uma semana de mobilização em favor da vida da juventude, com o lema “Valorizar a vida, em defesa da juventude brasileira”. Esta semana foi escolhida em comum, pois o dia 12 de agosto foi constituído pela ONU como Dia Internacional da Juventude. Diante dessa proposta, convidamos todas as expressões de juventude da Igreja no Brasil para se mobilizarem a fim de que esse momento seja vivido intensamente em sintonia com a Igreja do Cone Sul. Pedimos a todos os adultos que possam apoiar esse belo caminho de evangelização. Confira o cronograma de ação: SE/Sul - Q. 801 - Conj. “B” - CEP 70200-014 - Caixa Postal 2037 - CEP 70259-970 - Brasília-DF - Brasil - Fone: (61) 2103-8300/2103-8200 - Fax: (61) 2103-8303 E-mail: comsocial@cnbb.org.br — Site: www.cnbb.org.br


1º momento: de 05 a 10 de agosto No Brasil, há uma grande diversidade de organizações eclesiais que trabalham com os jovens. Assim, sugerimos que cada grupo, durante esta semana realize seminários, debates, caminhadas, atos públicos, visitas em lugares onde a vida do jovem é violentada (prisões, abrigos para dependentes químicos e alcoólicos, espaços nas ruas onde os jovens vivem etc), celebrações, rodas de conversa com os jovens entre outras possibilidades. 2º momento: 11 de agosto No dia 11 de agosto, a proposta é que TODOS os grupos das diferentes pastorais, novas comunidades, congregações, movimentos e outras organizações realizem uma grande celebração pela vida. A proposta é que seja a partir das 19h. Cada grupo tem a liberdade para criar e organizar esse momento da sua forma, seja com Oficio Divino ou uma Celebração Eucarística. Cada local também pode se organizar para divulgar este evento à sua maneira, lembrando que nestes dias centenas de grupos de jovens de todo Cone Sul organizarão atividades em favor da vida. 3º momento: 12 de agosto Sugerimos que seja um dia de lazer, no qual a juventude possa celebrar a vida também a partir do esporte, da cultura e da arte. Podem ser feitos torneios esportivos, gincanas, apresentações culturais, saraus e muitos outros. Há ainda a sugestão de que todas as atividades sejam divulgadas nas redes sociais pela internet, como forma de também mostrarmos ao mundo, através dos atuais meios de comunicação, a mobilização e o protagonismo juvenil! Que a jovem de Nazaré, Maria, os acolha em seu abraço materno! Com estima e orações,

P. Antonio Ramos do Prado, sdb Assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude

“VALORIZAR A VIDA, EM DEFESA DA JUVENTUDE BRASILEIRA”  

Carta Gesto Concreto CELAM‏