Issuu on Google+

Encontro de Casais com Cristo Convidamos os casais que ainda não fizeram o ECC, para participar do próximo encontro, que será realizado nos dias 30 de Junho, 1º e 02 de Julho... Inscrevam-se! Informações: 3371-3798 (Pedro e Valquíria) Campanha do Açúcar O Seminário Arquidiocesano está promovendo uma campanha de coleta de alimentos para manutenção da casa. Nossa Paróquia está responsável por arrecadar açúcar, até o dia 03 de julho. As doações devem ser feitas durante a Missa ou na Secretaria Paroquial Crisma para Jovens Jovens a partir dos 14 anos, interessados em fazer o Crisma, devem se inscrever na secretaria, para participar do 1º encontro, que acontecerá no dia 08 de Julho, às 8h30, no Santuário da Mãe Rainha. Participem! PEREGRINAÇÃO À CANÇÃO NOVA Nos dias 07 a 09 de setembro sairemos com destino ao Santuário de Aparecida, passaremos o Sábado no acampamento «Quem como Deus» da Canção Nova e no Domingo visitamos Frei Galvão e retornamos a Salvador. Vagas limitadas. Inscreva-se na secretaria!

E você, gosta de se comunicar? É criativo (a)? Então venha fazer parte da Pastoral da Comunicação da nossa Paróquia... Precisamos da sua ajuda! Contatos: 3341-2445 (Mariana) 3342-9457 (Concita)

Segunda 2Rs 17,5-8.13-15a.18; Sl 59(60); Mt 7,1-5. Terça 2Rs 19,9b-11.14-21.31-35a.36; Sl 47(48); Mt 7,6.12-14.

100 25/06 a 01/07

Santo Antônio

Quarta 2Rs 22,8-13;23,1-3; Sl 118(119); Mt 7,15-20. Quinta 2Rs 24,8-17; Sl 78(79); Mt 7,21-29.

São João

Sexta 2Rs 25,1-12; Sl 136(137); Mt 8,1-4. Sábado Lm 2,2.10-14.18-19; Sl 73(74); Mt 8,5-17

São Pedro

Domingo At 12,1-11 Sl 34(33) 2Tm 4,6-8.17-18 Mt 16,13-19

São Paulo

Quaresma:

Tempo Comum

Frase da semana:


A Alegria das Festas Juninas Junho é o mês das festas populares de inspiração religiosa: Santo Antônio, São João Batista, São Pedro e São Paulo. São festas que não deixam morrer costumes e tradições do passado: danças, músicas, trajes e comidas típicas.O que caracteriza essas festas é que elas mantêm a pureza e a beleza iniciais, desafiando modismos ou inovações. Ainda hoje são celebradas com entusiasmo, com comidas e bebidas típicas, com trajes caipiras e danças, sobretudo da quadrilha. Algumas festas populares do nosso calendário vão se degenerando na sua autenticidade como ocorre com o Carnaval, cada vez mais explorado comercialmente e ndustrializado para fins políticos e favorecimento à degradação moral. As festas juninas são genuinamente populares. Não existem entidades que as organizam. São espontâneas. O poder público nelas não interfere. Surgem nas ruas, escolas, igrejas, nos centros comunitários e nos ambientes familiares. São festas sadiamente alegres.

Uma alegria que nasce nos corações que amam a vida, o trabalho, o bem. Uma alegria cheia de esperanças. Uma alegria que é expressão de vida realizada no cumprimento da missão do dia-a-dia. Uma alegria que ninguém pode roubar, porque vem de dentro. Esta alegria contrasta com a que parece ser mas não é verdadeira alegria. A manifestação de alegria de um alcoolizado mais se assemelha com os movimentos de alguém que está se afogando nas águas do rio, ele se afoga nas próprias frustrações. A manifestação de alegria de uma pessoa que se diz vingada pelo mal que fez a seu desafeto nada mais é que a explosão de maus instintos, que logo vai se transformar em remorso. A alegria que se manifesta só no barulho e dele depende para expressar-se pode ter sentido de fuga, daquela fuga que abafa a voz da consciência. A verdadeira alegria não tem nenhuma dessas conotaçõesNem de fuga, nem de explosão de instintos,

Dizimistas aniversariantes 25/06 25/06 26/06 26/06 26/06 26/06 26/06 26/06 26/06 27/06

27/06 Roberto Jorge S. Pereira 28/06 Leonel Borba Santos 28/06 Márcia Aparecida F. Gomes 28/06 Tais Cristina Linhares Cruz Maria Raimunda T. Cavalcante 29/06 30/06 Marilene Santana N. Silva 01/07 José Umberto de Lucena 01/07 Gilcéa Cardoso Gaspar 01/07 Beatriz Rocha Josenilton Santos Nascimento 01/07

Maria Cleide F. Bezerra Dalva de Lima Jumari Silva da Silva Paula Monique de L. Pitanga Ivan Pedro F. Barreto Edvaldo do Carmo O. Fonseca Joab Campos Júlio dos Santos Paixão Lilian Ruth Sampaio Rezende Roberval São Paulo de Oliveira

Matrimônio 26/06 28/06 29/06 29/06 01/07

Cleverson / Neuza Maria de Oliveira Reinaldo Pedro / Antonia de Jesus da Mata William / Rocicler Araújo José / Virgilia Santos Manuel / Lilian Ruth Rezende

Por: Dom Eduardo Koaik

nem de afogamento das frustrações. Ela é expressão da realização pessoal mediante a experiência da amizade sincera. As festas juninas são festas com amigos. Na família, na rua. na comunidade. Santo Antônio. São João e São Pedro estão presentes nelas como traço de união entre amigos na comunhão da nossa fé e na participação da mesma luta por uma convivência mais fraterna entre os homens.A alegria, marca das festas populares, é também uma virtude cristã, pois Deus quer filhos felizes e alegres, mesmo em meio a tantas dificuldades pelas quais passsa nosso povo. Por isso São Paulo insistia: "Alegrai-vos, mais uma vez exorto, alegrai-vos!" Que as nossas comunidades saibam valorizar as festas juninas como serviço á fraternidade e como manifestação autêntica da verdadeira alegria.

Vamos nos preparar para acolher os jovens da JMJ!! Semana Missionária da JMJ 16 a 20 de Julho de 2013

A Arquidiocese será uma das sedes da Semana Missionária, e vai receber 20 mil jovens em Salvador... Os interessados em receber os jovens em casa, devem procurar a secretaria ou o balcão do dízimo, para preencher um formulário de inscrição. A meta é acolher 300 jovens na nossa Paróquia


semanário 100