Issuu on Google+

A Voz do Rosário ANO I, nº 01 – Fevereiro de 2012 DESTAQUES:

A Igreja tem de falar a linguagem do homem moderno, se quer ser entendida. Esta foi uma das mensagens que o Presidente do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais, Dom Claudio Maria Celli, deixou em uma das suas entrevistas no período das Jornadas da Comunicação Social, em Fátima, no seu discurso sobre a “Era Digital e comunicação na Igreja Católica”. “A Igreja deve dialogar com esta cultura digital originada pelas novas tecnologias. Necessitamos fazer este diálogo, porque é o diálogo com o homem de hoje, cuja vida está marcada, transformada por estas tecnologias. Tenho de falar uma linguagem que o homem e a mulher de hoje entendam. Uma coisa é falar com uma criança de 10 anos, outra é falar com um homem de 40 ou com um homem de 60, são momentos distintos da vida, e a minha linguagem deve sintonizar-se com a experiência humana, com as exigências, os desejos, os sofrimentos, as alegrias de cada momento da vida. Esta é uma das grandes tarefas da Igreja”, afirmou. Hoje nossa Paróquia inicia a sua parcela neste propósito, criando o nosso Jornal “A VOZ DO ROSÁRIO”, o Blog e o facebook, organizados pela PASCOM Paroquial. Temos um grande projeto de evangelização para colocarmos em prática em nosso território paroquial, e acreditamos que a PASCOM e os meios de interações que colocaremos em prática na Paróquia, através da comunicação, dará um grande salto em nosso processo de evangelização. “O Santo Padre quer convidar-nos a compreender que a comunicação deve ter sempre uma dimensão humana. O Papa pede que a comunicação, com ou sem tecnologia, seja uma comunicação profundamente humana e é indiscutível que se exija um silêncio”. Por isso vamos a luta arrebanhar as ovelhas perdidas, e que precisam de um pastor comunicador.

Padre Cosmo Francisco, Pároco

Todas as Quartas Feiras, às 12h, Padre Cosmo Francisco e Padre Otávio Duarte celebram a Missa da Graça na Igreja da Conceição dos Militares, na Rua Nova, Centro do Recife. Venha receber a sua graça também!

CARNAVAL, QUARESMA E CF-2012 Mais uma vez nos deparamos com esses três grandes temas vivenciados em nossa fé. O Carnaval, festa de origem pagã, em honra ao deus grego da fertilidade, que foi incorporada às comemorações cristãs, em vista ao longo período de jejum da Quaresma. Recebe esse nome da palavra latina “Carne Vale”, que significa o “Adeus à carne”. A festa carnavalesca surge com a implantação da Semana Santa no Século XI e dura os três dias antes da quarta-feira de Cinzas, primeiro dia da Quaresma. Neste dia o celebrante traça uma Cruz com Cinzas na testa do fiel, símbolo que nos recorda a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, da passageira, transitória e efêmera fragilidade da vida humana, sujeita à morte. No tempo quaresmal a Igreja se veste de roxo na espera da Festa máxima, a Páscoa, Ressurreição de Cristo. Portanto, somos chamados a viver este tempo buscando a reflexão sobre a nossa vida, nos aproximando mais de Deus para crescer espiritualmente, comparando os nossos princípios com o que vem expresso no Evangelho. Para nos ajudar nessa conversão, desde 1964, sob o impulso do espírito renovador do Concílio Vaticano II, a CNBB e a Caritas Brasileira vêm lançando a Campanha da Fraternidade (CF), que ganhou repercussão ao ser apoiada pelo Papa com mensagens na imprensa desde 1970. A CF tem o objetivo de ajudar-nos a viver a fraternidade em compromissos concretos. É grande instrumento para desenvolver o espírito quaresmal de conversão retomando a pregação dos profetas confirmada por Cristo, provocando a renovação da Igreja e a transformação da sociedade, abordando problemas tratados à luz do Projeto de Deus. A CF-2012 aborda a problemática da Saúde Pública com o lema: “Que a saúde se difunda sobre a terra” (Eclo 38,8), levanos a “Refletir a realidade da saúde no Brasil em vista de uma vida saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção dos enfermos, e mobilizar por melhoria no Sistema Público de Saúde”. (p. 12 do Texto-Base). E nos convida a refletir a atuação de Jesus que percorria a Galileia, anunciando a Boa-Nova e curando a todos. (cf. Mt 4,23). Nesse espírito de espera do Ressuscitado, vivamos com alegria a nossa busca pela santidade, nos apropriando do momento oportuno que nos é apresentado nessa Quaresma. “Convertei-vos e Crede no Evangelho”. (Mc 1,15)

Igor Nascimento, Pascom José Ivyrson de Paula, Pascom

I

A VOZ DO PASTOR

Página

“Fazei tudo o que Ele vos disser.” (Jo 2,5)

Criada a Pastoral da Comunicação (Pascom): No dia 10 de janeiro foi apresentada à nossa comunidade a Pascom e seus integrantes. A nova Pastoral de cara lança o blog paroquial, o e-mail e o facebook. O primeiro passo foi dado, vamos acessar e divulgar. Bote Fé agita a Arquidiocese: Na segunda feira 16 de janeiro, nossa Arquidiocese recebeu as relíquias entregues pelo Beato João Paulo II aos jovens. O Ícone de Maria e a Cruz da Juventude caminham pelo país preparando os jovens para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá em julho de 2013 no Rio de Janeiro. 1 ano guiando o rebanho: Em janeiro (24) fez um ano que a nossa Paróquia recebeu novo Pastor, o Padre Cosmo Francisco. Aos poucos ele, e o seu colaborador, Padre Otávio Duarte, organizam a Sede da Paróquia que vai ficando com cara de Matriz. Pascom lança jornal “A Voz do Rosário”: Este é o nosso primeiro Jornal Paroquial. Nele teremos colunas escritas por membros de nossa comunidade e por nossos pastores. Além de palavras do Santo Padre, o Papa Bento XVI, e de autoridades importantes no meio eclesial. Reunião discute formação da Pastoral da Criança e do Encontro de Jovens com Cristo (EJC): O EJC terá a frente a catequista Flávia que participou do encontro em outras Paróquias e pede que quem já fez o Encontro a procure.


MOMENTO COM A MÃE!

NOTÍCIAS DA IGREJA 

   

DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES DO MÊS: 05 – Maria Zélia Cirilo da Silva 05 – Inácia Maria Barbosa 06 – Célia Maria Ferreira 07 – Erinaldo Gomes da Silva 12 – Maria de Lurdes Silva Ferreira 13 – Marcos Costa Lira 14 – Jarcileide de Santana Gomes Silva

VENHA NOS VISITAR!

18 – Edjanete Brandão Viana 21 – João Ricardo Veríssimo 22 – Tiago João de Oliveira 23 – Claudiane Vitor de Souza 24 – Lucineide Barbosa Gomes 24 – Verilaine Moureira F. da Silva 27 – José Veloso Silva

ATENÇÃO DIZIMISTAS! Cadastrem a data de aniversário para que seu nome seja exposto em nosso Jornal “A Voz do Rosário”. Parabéns!

A TRINDADE SANTA A Santíssima Trindade é um mistério de um só Deus em três pessoas que estabelecem uma comunhão e união perfeita. Elas possuem a mesma natureza divina, a mesma grandeza, sabedoria, poder, bondade e santidade. O Pai (Deus), é Amor e não foi criado e nem gerado; o Filho (Jesus Cristo), é Deus visível, se fez homem, nasceu da Virgem Maria para cumprir a vontade de Deus de libertar os homens do pecado. Não foi criado pelo Pai, mas gerado na eternidade. A terceira pessoa, o Espírito Santo, é o Amor do Pai e do Filho que nos é transmitido. Também não foi criado nem gerado. Segundo Santo Agostinho, “essa pessoa personaliza o Amor íntimo e infinito de Deus sobre os homens”. Manifestou-se primeiro no Batismo e na Transfiguração de Jesus e plenamente revelado em Pentecostes. Nesse mistério central da fé e da vida cristã, busquemos através do nosso chamado pelo Batismo e pela confirmação na Crisma compartilhar da vida da Santíssima Trindade vivendo segundo a Palavra de Deus, dando testemunho dela com nossa prática de vida, levando-a a todos os povos. Em nome do Pai e do Filho e

do Espírito Santo. Amém!

Igor Nascimento, Pascom/MEJ

Esperamos por você em nossas celebrações! A comunidade de Nossa Senhora do Rosário os acolhe com Carinho!

A IGREJA CELEBRA! São Pedro Damião (Bispo, Confessor e Doutor da Igreja) (+ Itália, 21/02 ou 22/02 de 1072) Nasceu em Ravena, Itália, no ano de 1007. Marcado pelo sofrimento desde criança, perdeu seus pais e necessitou morar com seu irmão. Foi no âmbito de amor e acolhimento, disponibilizado pela nova família, que ele pôde discernir suas vocações. Depois de ter se dedicado em seus estudos, entrou para a ordem dos Camaldulenses, no mosteiro de forte Avellana, na Úmbria, onde ocupou cargo de grande responsabilidade. Recebendo o chamado de Deus, ele fez ainda mais, serviu de maneira mais próxima a hierarquia da igreja, sendo conselheiro de um Papa. Foi bispo de Óstia, e também escolhido cardeal, algo que marcou profundamente a sua história. Era grande penitente, severíssimo consigo mesmo e com os males da sua época, era conhecido por escrever cartas às autoridades eclesiásticas e civis, com apostólica franqueza aos respectivos delitos. Começou a ser venerado como Santo logo após sua morte. A sua festa litúrgica é comemorada no dia 21 de fevereiro. Em 1828, foi proclamado doutor da igreja, pelo Papa Leão XII. Como sofria de insônia e frequentes enxaquecas, é invocado pelos que padecem dessas enfermidades. São Pedro Damião, rogai por nós!

Ana Karoline Lourenço, Pascom/Legião de Maria

ACONTECEU nos dias 27, 28 e 29 de Janeiro o XV Acampamento Monte Sião, na Colônia dos Padres em Jaboatão Velho, organizado pela Comunidade Cenáculo. O encontro foi animado pelo Ministério de Música Maran Atá e contou com a participação de Sérgio, da Comunidade Resgate, DJ Ângelus e Banda Vida Nova, de Ponte dos Carvalhos. Muitas graças foram derramadas e curas foram alcançadas pelo poder do nome de Jesus, o nazareno. No ano que vem tem mais, venha participar!

2

Rubem José, Discipulado da Comunidade Cenáculo

Página

Falar de Maria é o mesmo que falar de vocação. Quando olhamos para ela vemos o exemplo de um autêntico vocacionado que, com perfeição correspondeu e corresponde até os dias de hoje ao chamado de Deus. Ela que, com seu Fiat (faça-se), entregou toda sua vida em favor do Reino do Pai. Também nos acolhe como seus filhos quando, aos pés da Cruz, foi entregue por Jesus a João, como mãe, e o recebeu como filho. Nessa entrega ela se torna Mãe, não só de João. Ali estava todo um mistério e a graça que Jesus nos deixou. João simboliza a entrega e o acolhimento ao amor maternal, que acompanhou Jesus durante todo o tempo na sua caminhada terrestre, fazendo com que Ele o dividisse conosco. Dessa forma foi-nos dada uma Mãe e intercessora, que dá sinal, nos tempos de hoje, de sua presença amorosa e materna ao cuidar de seus filhos amados, passando na frente e protegendonos das artimanhas do maligno. Maria é, portanto, para nós cristãos, um exemplo de fidelidade, perseverança e amor. Voltemos nosso olhar para ela na certeza de sermos acolhidos e recebedores da graça. Amadureçamos na fé, tendo-a, não como salvadora, mas como meio eficaz para chegar a Jesus, que é nossa salvação. Tudo com Jesus, nada sem Maria!

Acampamento de Carnaval na Paróquia. Dias: 19, 20 e 21. Tema: “Apascenta as minhas ovelhas” (Jo 21,15) Acampamento de Carnaval na Canção Nova em Gravatá / PE De 17 a 22 de fevereiro de 2012 Informações: (81) 35334764 ou no blog.cancaonova/gravata Acampamento de Carnaval na Boa Nova (19 à 21/02) TEMA: Sou Filho Amado Informações: (81) 3524 3115 / 3423 3030 www.comunidadeboanova.com.br Dia 04: Aniversário da Cúria Juvenil Maria Imaculada e do Praesidium Nossa Senhora do Loreto da Legião de Maria. A Catequese inicia os Encontros na Matriz e nas Capelas no dia 04 de Fevereiro. Dia 16 haverá o Sorteio de uma máquina de lavar roupas em nossa Rifa em prol da Festa da Padroeira. A rifa custa R$ 2,00. Procure a Secretaria da Igreja! Inicia-se reforma na Paróquia: No final de janeiro a Paróquia entrou em reforma com a construção da Secretaria Paroquial com a finalidade de guardar documentos e separar a mesma da Sacristia. Também receberá reparos o quarto dos Padres com fiação, hidráulica e pintura novas. O custo sairá do Dízimo, da Rifa e de doações de pessoas de bom coração, afirma Adeildo da Igreja. Ainda no projeto, pretende-se fazer a laje na nave principal e em cima um grande salão e a Casa Paroquial, algo grandioso e de alto custo. Se você deseja ajudar procure Adeildo. O MEJ informa que todo 1º domingo tem Adoração e no 2º e 4º domingos acontece a Reunião do Movimento.


A IGREJA É JOVEM...

A Igreja é Viva! Amados irmãos, graça e paz! Quero vos falar dessa grande graça que é o jovem na igreja. Com certeza uma inspiração divina, pois sua força, coragem e impulso para o desafio faz da igreja uma igreja viva! Onde tem jovens, meus irmãos, com certeza tem fogo, pois o fogo é a chama, o calor. Ele consome, incendeia e inflama! O jovem é esta presença, um verdadeiro testemunho de vitalidade. Precisamos canalizar esta força que o jovem tem de viver tudo, tão intensamente, para a edificação da Igreja, pois, assim como o Senhor Deus se encantou com o jovem Davi e o escolheu para ser rei do seu povo, Ele olha para os jovens de hoje e lhes confia a missão de evangelizar outros jovens. Que nosso amigo, Deus, os abençoe!

Hildegardi Mendonça, Consagrada Cenáculo e Coordenadora do Setor B da RCC

MÚSICA CATÓLICA! A música: Não Temerei do Grupo Missionário Shalom, composta por Rafael Morel, sublinha uma afirmação impactante, “E o medo em mim força se tornará”. “O medo se transforma em força, a partir do momento em que percebo não lutar sozinho, mas, o próprio Deus luta ao meu lado e me concede a graça e a força que eu preciso, para vencer a morte e encontrar a vida que Ele tem pra mim”, explica o compositor. Veja a música no nosso Blog. Música: Não Temerei: Missionário Shalom CD: Estrangeiro Aqui O amor eu encontrei, que me faz superar A fraqueza em meu coração, o medo de arriscar./ Sei que em Deus posso esperar. Mesmo na dor prosseguirei, pois sei que Deus vem me alcançar E me mostrar o verdadeiro amor, é Nele o meu lugar. Se cansado estou, Ele vem me consolar. Não temerei, Senhor! Vem, me faz vencedor! / Para ouvir a Tua voz disposto estou. Quero buscar o céu, amar e ser fiel. / Morte não existe mais, Vida eterna encontrei no amor do Pai. E o medo em mim força se tornará. / Minha vida hoje eu quero entregar, Como um filho que sozinho nada faz, / mas no Pai percebe o quanto é capaz.

Rafael Barbosa, Pascom/Maria Porta do Céu

PSICANÁLISE E RELIGIÃO: É Possível? Sim. E como todo bom relacionamento, é preciso preservar a singularidade de cada uma das partes. Porque todo envolvimento não significa fusão, e um relacionamento que se constitui como fusão, uma unicidade total, é terrível. É muito interessante demarcar os lugares e as posições destas partes. A religião é um campo em que a pessoa tem livremente uma relação com Deus, então o estudo da religião é exatamente entorno desta figura de Deus, desta figura do homem e desta relação que é muito ligada à questão da fé. A psicanálise não tem nenhuma obrigação de entrar no campo da fé, não é seu objeto de estudo. Ela pode e até deve contribuir para analisar qual é a qualidade da relação deste sujeito com Deus. Esta relação pode ser saudável de forma a contribuir para que esta pessoa se estruture melhor psiquicamente, socialmente. Essa relação pode ser uma relação marcada muito mais pela história do sujeito, que poderá transferir elementos para esta relação com Deus. Por exemplo, se você tem aspectos na sua estrutura que não estão bem resolvidos com relação a seu pai, você pode transferir esta imagem de pai para Deus, então este pai pode ser um pai muito despótico, autoritário, perseguidor e altamente controlador, desta forma você poderá viver essa relação com esse Deus achando que tem uma relação profunda, religiosa. Mas na verdade o que está dominando aí é uma relação neurótica de competir, de estar duvidando, estar rivalizando com esse pai e sentindo muita culpa por causa disso, recalcando a sua agressividade. É neste momento que a psicanálise ajudará a limpar, digamos assim, estas estruturas neuróticas que nós temos e que dificultam muito esse contato com Deus. É possível percebermos este exemplo na vida dos místicos, eles fizeram uma caminhada muito parecida com a de quem procura a psicanálise ou algumas psicoterapias. As metáforas usadas por Santa Teresa, «As Sete Moradas», os passos que São João da Cruz dava naquele grande período de sofrimento quando passou nove meses em uma cela, a experiência de Santo Inácio nos exercícios espirituais. Se pensarmos bem, são dispositivos que acharam para se encontrar humanamente primeiro, para depois, subseqüentemente, com Deus. Conheceram-se muito fortemente. Deus é silêncio. É inefável, os místicos falam isso muito bem depois de certa etapa. O que você tem a dizer sobre Deus? Nada. É o nada. Essa experiência é muito interessante, pois mostra que esse processo deve ser feito por todas as pessoas. E geralmente é o contrário. Nos relacionamentos com Deus pedindo casa própria, pedindo outro corpo, pedindo curas, milagres, é uma coisa muito paternal e muito filial e que tem pouco silêncio, pouca interioridade, pouco vazio. É tudo muito cheio, pleno demais, nossas orações são muito carregadas de um preenchimento irrisório que não leva a nada. (Continuamos no próximo número)

Padre Otávio Duarte, Psicanalista/Capelão/Colaborador Paroquial

José Ivyrson de Paula, Pascom/Catequese

No dia 12 (quarta-feira) as 19h30 haverá terço na Gruta (Rua G, 07 – Jardim Guararapes) O casal responsável pela Bandeira informa que dia 08 de Abril, após a Missa haverá uma Rifa, no valor de R$ 1,00; sorteando-se um ferro elétrico, uma sanduicheira e uma caixa térmica de 24 litros para gelo. Quem desejar comprar procure os casais Aquino e Dalva, Helena e Nunes, Rocha e Zélia, Ricardo e Janaina, Negão Abençoado e Márcia ou Diva da Luz. As pessoas que concorrem nesta rifa participaram do sorteio do prêmio extra no dia do hasteamento da Bandeira, em 10 de Outubro, após a Missa. Dúvidas? Ligue para (81) 8851-2384

3

XVIII Ano da Gruta de Nossa Senhora Aparecida.

Página

OU SANTOS OU NADA! “Senhor, eu sei que tu me sondas” (Salmo 139). Santos e Santas, Deus nos conhece plenamente. Como diz o Salmo, Ele nos sonda, sabe tudo que nos acontece e irá acontecer. Por isso nos propõe uma vida nova, uma vida em Santidade. Em um de seus discursos, o Papa João Paulo II nos diz que: “A Igreja precisa de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos”. Como estamos vivendo a proposta de Santidade que Deus nos apresenta por seu Filho Jesus Cristo? Na Primeira Carta de São Pedro (I Pe 1,15-16) encontramos o nosso chamado à Santidade: “A exemplo da santidade daquele que vos chamou, sede também vós santos em todas as vossas ações, pois está escrito: sede santos porque eu sou santo (Lv 11,44)”. Somos todos Santos, você acredita? Somos morada do Espírito Santo, Ele habita em nós! Precisamos, sim, agir conforme Ele nos inspira e deixar-nos guiar por sua ação. Ser Santo sem deixar de ser jovem! É possível, meus irmãos! Que o Espírito Santo, que vivifica tudo e todos, seja nosso guia em todas as nossas ações!


ORANDO COM A PALAVRA (Lectio Divina)

FORMAÇÃO

O que é Lectio Divina? Lectio divina é uma expressão, que vem do latim, e significa “leitura divina” ou “leitura Orante da Bíblia”. A Lectio Divina é muito usada na igreja pelos religiosos e uma boa parte de leigos. É um grande alimento para nossa vida espiritual. A partir desta oração você vai conhecer Deus de uma forma melhor e ampla. A Lectio Divina pode ser feita individualmente ou em grupo, seguindo os passos para ser exercitado: Oração Inicial, invocando o Espírito Santo; Leitura da Palavra; Meditação; Oração e Contemplação. Irmão: façamos a Lectio Divina com o texto bíblico retirado do Evangelho de São Mateus. Pegue sua Bíblia! Oração inicial: “Vinde, Espírito Santo... Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis ... Por Cristo Senhor nosso. Amém!” Leitura: (Mt 5,1-11). Na leitura, preste atenção em cada palavra e leia com calma, pelo menos umas três vezes (mais você pode ler mais de três vezes). Meditação: Vamos meditar todo texto, marcando na Bíblia aqueles versículos que mais chamaram a atenção. Oração: Agora pegue os versículos e ore com cada um, com calma, como quem tem sede pela voz do amado. Contemplação: Vamos agora contemplar os versículos saindo dos lábios de Deus. Porquanto “Ignorar as Escrituras é ignorar a Cristo” (São Jerônimo)

Gracivaldo Almeida, Pascom/Maran atá EXPEDIENTE PAROQUIAL Missas – Matriz: Domingos (7h e 17h) Terças (19h30) Quintas (19h30) – Missa da Graça Sextas (19h) – Missa de São José Capela Nossa Senhora de Fátima: Terças (19h30) Capela de São Pio X: Sábados (16h) Santuário Nossa Senhora dos Prazeres: Quartas (7h), Sextas (7h) e Domingos (7h30) Confissões – Terças (15h às 17h) Batizados – Todo último domingo de cada mês. Secretaria Paroquial – Terças (14h as 20h30), Quintas (14h às 21h), Sextas (14h às 20h30) e Domingos (7h às 9h30 e 17h às 19h) Telefones: (81) 9631.6981 – (81) 8756.6139

APOIOS CULTURAIS

- O Pecado -

Pecado é toda transgressão da Lei de Deus. A Palavra de Deus diz na Primeira Carta de São João (I Jo 3,4) “Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia”. A Lei de Deus, os dez mandamentos, mas o qual Jesus resumiu em “O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros, assim como eu amei vocês” (Jo 15,12). O pecado é a conseqüência do nosso mau uso da liberdade que Deus nos deu. A igreja fala que existem três espécies de pecado: mortal, venial e capital. Mortal – É todo pecado que nos levar a morte, ou seja, vai contra os mandamentos da Lei de Deus. O Catecismo da Igreja Católica (CIC) diz que: “Para que um pecado seja mortal requerem-se três condições ao mesmo tempo: é pecado mortal todo pecado que tem como objeto uma matéria grave, e que é cometido com plena consciência e deliberadamente” (CIC 1857). Venial – É aquele conhecido como pecado do cotidiano. “O pecado venial enfraquece a caridade; traduz uma afeição desordenada pelos bens criados”. (CIC 1863) “Comete-se um pecado venial quando não se observa em matéria leve, a medida prescrita pela lei moral. Em matéria grave, mas sem pleno conhecimento; Mas o pecado Venial não quebra a aliança com Deus”. (CIC 1862) Capital – Os pecados capitais têm esse nome por ser fonte de outros pecados, ou seja, são pais de outros vícios. O papa Gregório Magno, no Século VI, instituiu os sete pecados capitais, que são os princípios que ferem a Deus, a você e ao próximo. Vejamos: 1. Gula: consiste em comer além do necessário e a toda hora; 2. Avareza: é a cobiça de bens materiais e dinheiro; 3. Inveja: desejar atributos, status, posse e habilidades de outra pessoa; 4. Ira: é a junção dos sentimentos de raiva, ódio, rancor que às vezes é incontrolável; 5. Soberba: é caracterizado pela falta de humildade de uma pessoa, alguém que se acha auto-suficiente; 6. Luxúria: apego aos prazeres carnais; 7. Preguiça: aversão a qualquer tipo de trabalho ou esforço físico. A misericórdia de Deus é imensa, não tem palavras nem tamanho, mais não só devemos lembra-nos da misericórdia, mas também da justiça divina. Não é porque Deus é misericórdia que devemos continuar praticando os mesmos pecados. Sabemos que continuaremos pecando, mas, o nosso maior chamado é Ser Santo como Deus é Santo. Pax e Fogo.

Gracivaldo Almeida, Pascom/Maran atá

DÍZIMO

Reciclagem

E-mail: avozdorosario@hotmail.com Blog: http://avozdorosario.blogspot.com/ Facebook: Pascom Rosario

4

Macunaíma

Pároco: Padre Cosmo Francisco Diretor Geral: Padre Otávio Duarte (Capelão/Colaborador Paroquial) Produção e Edição: PASCOM (Pastoral da Comunicação) Coordenador: José Ivyrson de Paula Equipe: Ana Karoline Lourenço, Gracivaldo Almeida, Igor Nascimento, Rafael Barbosa Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Rua Sete de Setembro, nº 200. Novo Guararapes/Prazeres Jaboatão dos Guararapes/PE.

Página

SAC: (81) 3432-3694 Site: http://www.casadesignmoveis.com.br/

“Não fique planejando: amanhã irei contribuir com o dízimo ou, quando eu ficar melhor de posses, irei ajudar no dízimo. Comece hoje. Experimente!” Procure o plantão do dízimo, pegue o seu envelope e devolva a Deus a parte de sua vida que lhe é de direito!


A Voz do Rosário - Fevereiro 2012