Issuu on Google+

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Informativo Paroquial

Ano 2 - Edição 11 - Novembro 2012


2

Editorial

Santos... Escolhem ser pobres porque aceitam que existem tesouros mais preciosos do que o ouro e a prata. Aprendem a cho-

rar, porque acreditam que toda lágrima será transfigurada em alegria. Escolhem ser famintos de justiça, porque acreditam que sob o olhar de Deus todos os homens são iguais. Escolhem ser misericordiosos, porque acreditam que diminuir a miséria e agir como o próprio Deus. Aceitam ser perseguidos, porque acreditam que dar a própria vida é tornar a terra mais fraterna. Aceitam ser insultados por causa de Jesus, porque acreditam que seguir Jesus é passar pela zombaria e pela cruz. Estes são os Santos Senhor! É o belo nome de todos aqueles que escolhem avançar em teu caminho de felicidade. Hoje, começo a seguir a mesma rota com eles! E você? Por Padre Rodrigo Alberti

O Pastor entre nós

Novo bispo de Petrópolis - Dom Gregório Paixão A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou que o Santo Padre Bento XVI nomeou bispo da vacante diocese de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro, dom Gregório Paixão, transferindo-o da sede titular de “Fico” e do ofício de bispo auxiliar na Arquidiocese de São Salvador da Bahia. É filho de José Gregório e Josefa Bernadete Paixão Gregório e possui quatro irmãos, sendo um deles monge beneditino. Cursou o ensino fundamental e médio no Colégio Salesiano de Aracaju. Ingressou no Mosteiro de São Bento da Bahia em 1983, profes-sando solenemente em 1989. Possui doutorado em Antropologia Cultural pela Universidade Aberta de Amsterdã (Holanda), da qual é professor convidado desde 1998. Foi Diretor do Colégio São Bento da Bahia; da Faculdade São Bento, assim como da Revista Análise

e Síntese. Lecionou Língua Grega, Antropologia Cultural e Homilética. Possui 14 livros publi-cados, além de diversos artigos escritos para revistas nacionais e estrangeiras. Em 29 de julho de 2006 foi eleito bispo de Fico, trabalhando como bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, sendo também Secretário Geral do Regional Nordeste 3, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, e membro titular do Conselho de Cultura do Estado da Bahia. Atualmente Dom Gregório é bispo referencial para a Cultura, da CNBB. No dia 10 de outubro de 2012 o Santo Padre, o Papa Bento XVI, o elegeu bispo da Diocese de Petrópolis, no Rio de Janeiro. O lema escolhido por ele para seu ministério episcopal traz a expressão da marca do seu caminho: “Preparar os caminhos do Senhor”. Desejamos que essa inspiração continue a sustentar seu ministério. Ao agradecermos a Arquidiocese de São Salvador a fraterna acolhida, e a dom Gregório o trabalho aí realizado, manifestamos também nossa gratidão ao Monsenhor Paulo Elias Daher Chédier, que foi o administrador diocesano da diocese de Petrópolis, no período de vacância. Unidos ao povo da diocese de Petrópolis, saudamos seu novo bispo, suplicamos a bênção de Deus sobre ele e confiamos seu pastoreio à proteção da Virgem Maria. Por: Flávio Tambelini

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Sua Santidade

Papa propõe a fé como antídoto contra o deserto espiritual que nos circunda. Em sua catequese, neste Ano da Fé, Bento XVI falou sobre o sentido da fé cristã neste nosso tempo, partindo de algumas perguntas: A fé ainda faz sentido num mundo em que ciência e técnica abriram horizontes até pouco tempo atrás imprensáveis? Que significa crer hoje? Para o Papa, no nosso tempo, é necessária uma renovada educação à fé, que nasça de um verdadeiro encontro com Deus em Jesus Cristo. Hoje, afirma o Pontífice, cresce ao nosso redor um deserto espiritual. A sensação, muitas vezes, é que o mundo não caminha em direção à construção de uma comunidade mais fraterna e mais pacífica. Não obstante a grandeza das descobertas científicas, pois parece que o homem não se tornou mais livre, mais humano. De outro lado, porém, cresce tam-

bém o número dos que se sentem desorientados. “Necessitamos não somente do pão material, mas também de amor, de significado e de esperança, de um fundamento seguro, de um terreno sólido. É justamente isso que a fé nos doa: um entregar-se confiante a Deus, que dá uma certeza dife-rente, não menos sólida daquela que vem da ciência.” O nosso tempo exige cristãos fascinados por Cristo, que não se cansem de crescer na fé, por meio da familiaridade com a Sagrada Escritura e os Sacramentos. A fé não é apenas conhecimento e adesão a algumas verdades divinas; mas também um ato da vontade, pelo qual me entrego livremente a Deus. Crer é confiar-se, com toda a liberdade e com alegria, ao desígnio providencial de Deus sobre a história, como fez Maria de Nazaré. Nós podemos crer em Deus, porque Ele vem ao nosso encontro e nos toca. Na base do nosso caminho de fé, está o Batismo, pelo qual nos tornamos filhos de Deus em Cristo e marca a entrada na comunidade de fé, na Igreja. Não se crê sozinho, mas juntamente com os nossos irmãos. Depois do Batismo, cada cristão é chamado a viver e assumir a profissão da fé, juntamente com seus irmãos. Concluindo, a fé é um assentimento, pelo qual a nossa mente e o nosso coração dizem «sim» a Deus, confessando que Jesus é o Senhor. E este «sim» transforma a vida, tornando-a rica de significado e esperança segura. Por: Flávio Tambelini

Expediente Informativo Paroquial - Modelo Católico Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Parada Mo-delo - Guapimirim - RJ Pároco: Pe. Rodrigo Alberti Rua Marcionílio Ignácio, 209 - Parada Modelo - Guapimirim - RJ - Diocese de Petrópolis Gráfica: Gráfica Jornal da Cidade / Tiragem: 1.000 exemplares Diagramação: Juliara Vasconcelos Colaboradores: Pe. Rodrigo Alberti, Marlúcia Seixas, Emanuelle Gomes, Glauco Gomes, Carlos Alberto, Lenalda, Alex Marcelino, Seminarista Rafael Augusto, Felipe Seixas, Flávio Tambelini, Vânia Marcelino, Paulo Roberto, Ivan Coutinho e Juliara Vasconcelos. Fotos: Alex Marcelino, Juliara Vasconcelos


3

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Sede santos...

Quando visitamos algumas Igrejas por aí, passando pelos altares, vemos as imagens de muitos Santos; dos mais variados possíveis e alguns até curiosos. Imagens co objetos nas mãos ou junto de si; instrumentos de torturas, roupas variadas, hábitos diferenciados: carmelitas, franciscanos, dominicanos, beneditinos..., flores, rosas, lírios, palmas, coroas déreis e rainhas, livros, paramentos, etc... que variedade e riqueza da Santa Mãe Igreja, que reúne num Sá dia a celebração de todos os Santos. A Igreja Militante reza

Matéria da capa

neste mês de novembro com a Igreja Triunfante, isto é, com os Santos, e reza pela Igreja Padecente, ou seja , pelos falecidos que estão em via de purificação. Assim este mês tem um tom escatológico, voltando-se para as realidades ultimas do ser humano, o Julgamento, a Parusia, o Fim dos tempos. Celebramos então no primeiro dia de novembro a Solenidade de Todos os Santos. Quem foram e o que fizeram? O que representam para nós? O que nos ensinam? Os Santos, podemos dizer, são os Amigos de Deus, aqueles que fizeram em tudo a vontade do Pai, configurando-se a Cristo. “Perderam” a sua vida por Ele e viveram de forma concreta em sua vida terrena as Bem-Aventuranças. Deram testemunho pessoal de Cristo nas suas mais variadas condições de vida. Pobres, ricos, reis , rainhas, jovens ,idosos, crian-

ças, religiosos e religiosas, sacerdotes e tantos outros deram a sua vida por Cristo. Fizeram um caminho de fé, esperança e caridade, sempre conduzidos pelo Espírito,vivendo a vida deCristo. Fizeram-se Servos por Cristo, doaram-se totalmente a Ele sem reservas e muitos derramando até seu sangue. Destacaram-se ainda na vida de oração e nas inúmeras virtudes que iam adquirindo e aperfeiçoando, e uma coisa importantíssima: tinham verdadeiro horror ao pecado e tremendo medo de ofender a Deus. Vejamos o que nos diz o Catecismo da Igreja Católica a respeito da Comunhão dos Santos: “Cremos na comunhão de todos os fiéis de Cristo, dos que são peregrinos na terra, dos defuntos que estão terminando a sua purificação, dos bem-aventurados no céu, formando todos juntos uma só Igreja, e cremos que nesta comunhão o amor misericordioso

Liturgia Liturgia Eucarística – 3ª parte Ritos Finais “O rito de encerramento da Missa consta fundamentalmente de três elementos: a saudação do sacerdote, a bênção, que em certos dias e ocasiões é enriquecida e expressa pela oração sobre o povo, ou por outra forma mais solene, e a própria despedida, em que se despede a assembléia, afim de que todos voltem ás suas atividades louvando e bendizendo o Senhor com suas boas obras” (IGMR 57). a)Saudação: Para muitos, este momento é um alívio, está cumprido o preceito dominical. Mas para outros, esta parte é o envio, é o início da transformação do compromisso assumido na Missa em gestos e atitudes concretas. Ouvimos a Palavra de Deus e a aceitamos em nossas vidas. Revivemos a Páscoa de Cristo, assumindo também nós esta passagem da morte para a vida e unimo-nos ao sacrifício de Cristo ao reconhecer nossa vida como dom de Deus e orientando-a em sua direção. b)Avisos: Sem demais delongas, este momento é o oportuno para dar-se avisos à comunidade, bem como para as últimas orientações do presidente da celebração.

c)Benção Final: Após, segue-se a bênção do sacerdote e a despedida. Para alguns liturgistas, esse momento é um momento de envio, pois o sacerdote abençoa os fiéis para que estes saiam pelo mundo louvando a Deus com palavras e gestos, contribuindo assim para sua transformação. Vejamos o porquê disso. d)Despedida: Passando a despedida para o latim ela soa da seguinte forma: “Ite, Missa est”. Traduzindo-se para o português, soa algo como “Ide, tendes uma bênção e uma missão a cumprir”, pois em latim, missa significa missão ou demissão, como também pode significar bênção. Nesse sentido, eucaristia significa bênção, o que não deixa de ser uma realidade, já que através da doação de seu Filho, Deus abençoa toda a humanidade. De posse desta boagraça dada pelo Pai, os cristãos são re-enviados ao mundo para que se tornem eucaristia, fonte de bênçãos para o próximo. Desse modo a Missa reassume todo seu significado. Por Paulo Roberto

de Deus e dos seus Santos está sempre à escuta de nossas orações.(962) Sobre a intercessão dos Santos nos diz que “pelo fato de os habitantes do Céu estarem unidos mais intimamente a Cristo, consolidam com mais firmeza na santidade da Igreja. Eles não deixam de interceder por nós junto ao Pai, apresentando os méritos que alcançaram na terra pelo único mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus. Por conseguinte, pela fraterna solicitude deles, a nossa fraqueza recebe o mais valioso auxílio.Diz-nos Santa Teresinha:” Passarei meu céu fazendo bem na terra...”(956) Confiemos então na intercessão dos Santos. Você tem o seu Santo de devoção? Muito mais que ter devoção, você o imita? E em ser santo, você já pensou? Se eles puderam, por que não eu? Pense nisto e faça a sua decisão. Por Padre Rodrigo Alberti

Conhecendo a fé Dos três degraus da fé Quando se fala de fé, muitas vezes tem-se a tentação de afirmar que ter fé é um crer naquilo que não se vê ou não se sente, mas, vê-se que é uma forma não errônea, porém, é equivocado afirmar absolutamente que ela é só isso. A fé em Deus é algo que por nós mesmos não seriamos capazes de realizar, e assim, precisamos do auxilio da graça do próprio Deus, que nos dá um fé teologal, o amamos porque Ele nos amou primeiro. Desta forma, tomando consciência destas realidades, vemos que a nossa vida de relação com Deus pela fé passa por três degraus, e estes são: a fé experiencial, a fé racional e a fé mística (sobrenatural). O primeiro degrau, dáse em uma fé experiencial que se torna possível através dos sinais, principalmente dos sacramentos, que expressam a realidade Divina, da Sagrada Escritura, que é a voz do próprio Deus, a pregação, o encontro com a verdade. Este primeiro degrau se dá no encontro com o Cristo, que muda a minha vida e me leva a conversão. O segundo degrau, é o da fé racional, e não é loucura falar de uma fé racional, pois, podemos pela razão, chegar a afirmação da existência de Deus, e se nós cremos

nisso, é pelo fato de que raciocinamos, e chegamos a conclusão que é racional crer, pois, podemos dar fundamentos para essa fé. O terceiro degrau, é a fé mística ou sobrenatural, que é aquela que se relaciona com o abandono nos braços de Deus, para que ele nos conduza aonde Ele quer, fazendo valer as palavras do “Pai Nosso”: Seja feita a tua vontade. Com isso, vê-se que estes três degraus se aplicam em nossa vida da seguinte forma: primeiramente temos um encontro com o próprio Deus que nos move a conversão; depois, vejo que é racional crer, porque o que experimentei não foi ilusão, e começo a conhecer a fé para dar razão a ela; por ultimo, tendo uma fé viva e manifestada na vida, posso subir a este terceiro degrau, que são os momentos da vida que nos encontramos em uma “noite escura” da alma, onde já não sentimos nada, e passamos a nos abandonar nas braços de Deus, e deixar que Ele nos guie. Assim, precisamos subir cada degrau, e é impossível pular de degrau, e isso é o que mais acontece, pessoas que querem viver uma fé mística sem primeiramente ter conhecido e respondido seus questionamentos a cerca de Deus. Por Seminarista Rafael Augusto


4

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Devoção

Santa Cecília (?-Roma, 232) Virgem romana santa e mártir, padroeira dos músicos. Apesar de ser uma das santas mais populares de todos os tempos, muito pouco se sabe sobre ela. Acredita-se que ela nasceu em Roma, no coração de uma ilustre família, e casou-se contra sua vontade a um jovem chamado Valerio pagã.

Cecilia tem seu marido respeitada a sua virgindade e tornou-se um cristão. Valerio foi batizado pelo Papa Urbano e, junto com seu irmão Tibúrcio, também convertido, deu enterro aos mártires da perseguição de Almachius turcos. Relatado por esta prática, os dois irmãos foram decapitados. Cecília também foi denunciada e condenada a ser jogada no fogo dos Banhos de sua própria casa, mas escapou ilesa. Almachius turcos foram ordenados abatidos. Cecilia, ferida três vezes com o machado, terminou depois de três dias de agonia. Papa Urbano, auxiliado por seus diáconos sepultado o mártir e consagrada como uma casa de basílica. O culto de Santa Cecília tornou-se generalizada, pois a conta de seu martírio, que exalta o exemplo da mulher cristã. Uma citação de os minutos de seu martírio, em que cantou durante o tormento, valeu-lhe a padroeira dos músicos. Os grupos musicais, coros e orquestras como o patrono realizada em 22 de novembro. Por Carlos Alberto

Santa Catarina Santa Catarina é protetora dos que trabalham com rodas, das mães sem leite e dos estudantes. Santa Catarina nasceu em Alexandria e foi uma das célebres mártires dos primeiros séculos. Segundo a lenda, seu pai era rei de Alexandria. Além de singular beleza, era dotada de grande in-

teligência e vasta cultura. Fascinado por sua beleza, Maximino Daia procurou divorciar-se de sua esposa a fim de casar-se com ela. Diante da recusa de Catarina, o imperador convocou cinqüenta filósofos com a incumbência de provar-lhe que Jesus, morto numa cruz, não podia ser Deus. Entretanto, a Santa não somente refutou suas posições como a todos converteu ao cristianismo. Maximino mandou, pois, torturála sob rodas com pontas de ferro que nada fizeram contra ela. Por causa disso, Santa Catarina é invocada pelos que trabalham com rodas. foi levada daí para fora da cidade. Quando deceparam sua cabeça, do seu pescoço começou a brotar leite aoinvés de sangue. daí ser ela invocada pelas mães que, tendo pouco leite, devem amamentar seus filhos. Os relatos de seu martírio continuam dizendo que os anjos desceram dos céus e levaram seu corpo para o monte Sinai, onde mais tarde teria surgido um mosteiro consagrado à sua memória. Por Carlos Alberto

Passatempo


http://paroquiamodelo.blogspot.com

5

Fatos e Fotos Paroquiais

Terço Mariano com Eugênio Pacelli da Rádio Catedral

1º dia da novena com Pe. Francisco Montemezzo

2º dia da novena com Pe. Moisés

3º dia da novena com Pe. Allan Rodrigues

Pe. Rodrigo recebendo a bênção no dia de seu aniversário

Coral do Terço dos homens


6

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Fatos e Fotos Paroquiais

4º dia da novena com Monsenhor Ildeu

5º dia da novena com Pe. Allan Rodrigues

Apresentação do manto de N. Srª Aparecida com a logo da JMJ

6º dia da novena com Pe. Ludemir

7º dia da novena com Pe. José Rodrigues

8º dia da novena com Pe. João Rosa


http://paroquiamodelo.blogspot.com

7

Fatos e Fotos Paroquiais

9º dia da novena com Pe. Cláudio

12 de outubro com Pe. Tiago José, na missa das 10:30 hs

Coral João Paulo II, da Diocese de Petrópolis

Missa das 19:00 hrs com Pe. José Rodrigues

Homenagem feita pelo grupo de Ballet da Paróquia

Procissão de N. Srª Aparecida pelas ruas do bairro


8

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Fatos e Fotos Paroquiais

Show de prêmios

Crescer

Missa com Monsenhor Paulo Daher

Pe. Rodrigo com as crianças do Sementinha

Congresso Diocesano da Renovação Carismática Católica no CIEP de Parada Modelo


http://paroquiamodelo.blogspot.com

Cifra do Hino Paroquial

F Bb C F Jovem, já é hora, não há tempo a esperar, Bb C o Senhor nos chama agora, para o Seu nome anunciar. Bb C F fazer outros discípulos por todas as nações Bb C F imitar os Seus exemplos, conquistar os corações.

Dm

Pastorais e movimentos Projeto Sementinha

F

F Bb C F O mundo, envolto em trevas, desconhece o Seu poder, Bb C F o pecado afasta o homem da essência do seu ser, Bb C Dm mas o Pai que é bom e sempre disposto a perdoar, Bb C F quer, ao novo filho pródigo, amar e abraçar. (Refrão) F Bb C F Ide e anunciai o amor de Deus! Bb Testemunhai ao mundo C Dm que na cruz Ele morreu, Bb C C#O mas ressuscitou, está vivo entre nós! Bb Fazei discípulos... C Bb/C e Jesus na terra reinará!

9

O Projeto Sementinha foi criado a partir da ideia de algumas pessoas que queriam participar de algum movimento relacionado à igreja. Conversando com o Padre Rodrigo, resolveram formar um trabalho voltado para o público infantil, de forma lúdica e simples. Esse já é o segundo ano de implantação do grupo na paróquia. As atividades do Grupo Sementinha acontecem todos os finais de semana (sábado à noite e domingos, manhã e noite), com crianças de 02 a 07 anos. Em cada encontro, sempre durante as missas, os monitores levam as crianças para uma sala, rezam com elas e depois fazem diversas atividades. Elas cantam, fazem pintura, dinâmicas, assistem à filmes, entre outras coisas. Em seguida, os pequeninos utilizam os muitos brinquedos doados por amigos e pessoas da

comunidade. Ao final, eles são levados para receber a benção no fim da missa junto com toda a assembleia reunida na igreja para, depois, serem entregues a seus responsáveis. Fazem parte da equipe de trabalho casais, jovens e adolescentes, ativos na Igreja. Os pais e mães das “sementinhas”, que quiserem adquirir a blusa do projeto, podem fazer contato com Adriane ou Fernanda, ambas monitoras das crianças, sempre presentes às missas do final de semana à noite. Também poderão deixar o nome, tamanho e telefone na secretaria, com Felipe. Caso tenham interesse em participar ou fazer doações, também poderão entrar em contato com a equipe. A equipe do Grupo Sementinha agradece o carinho e a dedicação de todos aqueles que colaboram. Por Fernanda e equipe

F Bb C F Cristo, hoje, na jornada, nos convoca à missão, Bb C F santos, mártires, beatos, servem de inspiração, Bb C F aos pés do Redentor, o pastor vem confirmar, Bb C F que só tem valor, a vida, se a Ele a entregar. F Bb C F Guiados por Maria, o “modelo” de mulher, Bb C F cheia de graça, Aparecida, a discípula da fé, Bb C Dm com a força do Espírito Santo do Senhor, Bb C F transformar o mundo na civilização do amor. (Refrão) F Bb C Dm Somos jovens, esperança, F Bb C F luz do mundo, mensageiros do amor. F Bb C Dm F Bb Juventude missionária, sal da terra, C F a serviço do Salvador. F Bb C Dm Ele espera a nossa entrega, F Bb para então, fazermos... C um mundo melhor!

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece na Paróquia e ainda ficar por dentro dos assuntos que estão chamando a atenção dos católicos, tudo isso num clique? Então acesse

http://paroquiamodelo.blogspot.com.br/ e fique por dentro.


10

Semana Missionária

http://paroquiamodelo.blogspot.com

Espaço Dizimista

Aniversariantes de Outubro

Lançamento No último dia 07 de outubro foi lançado o hino paroquial para a Semana Missionária da nossa paróquia, do ano que vem. Conforme divulgado na edição anterior, as vencedoras do concurso para letra do hino, Gladys e Cleuza Gomes, estiveram presentes e receberam um certificado de participação. Os presentes puderam ouvir e acompanhar a jovial canção executada pelo ministro de música Alexandre Barros, acompanhado de sua esposa Neuma, além de convidados do grupo Nefes e de outros da própria comunidade. A música, de refrão fácil, logo caiu no gosto de todos. O hino faz parte das preparações para o evento em julho de 2013. De acordo com a comissão de organização e com o Pe. Rodrigo, todos os grupos que cantam nas missas deverão aprender e executar o hino nas celebrações para que toda a comunidade esteja bem afiada à época da jornada. A próxima etapa será o ensaio e arranjo

final do hino, já que se pretende fazer a gravação em estúdio, além da tradução de trechos da música nas línguas dos peregrinos que serão acolhidos na paróquia. Concurso Como forma de aprendermos a letra e nos preparar bem para a SM, a comissão elaborou um concurso onde o participante deverá se inscrever individualmente, podendo contar com a ajuda dos familiares e amigos. Basta aprender um trecho do hino, mais o refrão, fazer uma gravação no celular ou câmera, usando a criatividade e encaminhá-lo para o e-mail paroquiapmodelo@hotmail.com com seu nome completo e telefone. O vídeo mais original, escolhido pela equipe do Modelo Católico, vai receber um brinde referente a JMJ Rio 2013. As inscrições poderão ser feitas durante todo o mês de novembro.

MATRIZ 01 - Maria dos Santos da Silva 02 - João Baptista Sudré 02 - João Baptista de Paula 02 - Luciene de Godoy S.Abreu 05 - Renata Meireles S. Machado 05 - Isabel Cristina Junger Soares 05 - Adair José da Conceição 06 - Marcele Rosário Paes 07 - Terezinha Xavier Mendes 07 - Renan Domingos Seixas 07 - Juliete Barros da Silva 08 - Simone da Silva Pereira 08 - Geruza dos Santos Farias 09 - Jovelino Correa de Souza 10 - Nivaldo Dias Matos 11 - Nivaldo Dias Matos 13 - Ana Paula da C. Falcão 13 - Cleiton Cardoso da Silva 14 - Ivone Souza Mathias 16 - Belaniza Pinheiro da Silva 16 - Maria Lucia M. da Conceição 17 - Mario Ochi 18 - Danilo Alexandre 18 - Ingrid Seabra Dias 19 - Selma Maria Dias 19 - Sonia Maria N. de Aguiar 20 - Osvaldo Carvalho Farias 21 - Emilia Creuza de S. Paula 21 - Fernanda Correa da Silva 21 - Elizeu Franscisco do Amaral 22 - Mª Marly S. de Vasconcelos 22 - Sandra Regina G. A. Marques 23 - Maria José da Silva 23 - Mario Sergio D. Seixas 25 - Ana Paula Francisca Muniz 25 - Olinda de Lima da Silva 27 - Carla B. de Souza Peixoto 27 - Ismênia Vieira Segtovich 27 - Aretusa Guimarães Caldeira 27 - Osvaldo Soares Rodrigues 28 - Vanderlei Marques da Silva 29 - Gabriel Terra do Couto 30 - André Luiz da Silva

Comunidade Jardim Guapimirim Capela São José 01 - Valéria Aparecida Aguiar 02 - Simoni dos Santos Cruz 02 - Luciene Vieira da Silva 04 - Catia Lira A. Mota dos Santos 13 - Aldinéia Ferreira F. Manhães 14 - Tânia Helena F. da S. Nunes 14 - Inês S. Bourguignon Cecílio 21 - Nilci Coelho Comunidade Citrolândia – Capela São Geraldo 06 - Maria José da Silva 08 - Raimunda Alves da Silva 10 - Elsione de F. R. de Souza 26 - Geane da Silva Santana 30 - José Oscar da Silva Machado Comunidade Sertão – Capela N. Sra de Fátima 13 - João Inácio do Carmo 24 - Noel João de Souza 30 - Regina Oliveira Deim Reis Comunidade Parada Ideal – Capela São Lázaro 02 - Nadir Ferreira Alves 06 - Francisca da Silva Vieira 09 - Inês Aparecida Penteado 11 - Hércules Valério R. Macedo 29 - Renata Cristina da S. Vieira Comunidade km 11 – Capela Santa Teresinha 22 - Maria Antônia B. de Oliveira 25 - Thais Mendonça Basílio 25 - Felipe Basílio Mizael

“Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei”. Mateus 25,21

Por Pascom Paroquial

Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles 3e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. 4Quem se faz pequeno como esta criança, esse é o maior no Reino dos Céus. 5E quem recebe em meu nome uma criança como esta, é a mim que recebe. 10Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus”. 2

Mateus 18,1-5.10


11

http://paroquiamodelo.blogspot.com O mundo precisa de você Amados irmãos de juventude, a paz de Cristo a todos vocês. Andei refletindo sobre a nossa realidade, nossas casas, cidades, países, mundo ... Aparentemente, para os mais otimistas e afortunados, o mundo tem alguns problemas, mas é maravilhoso, cheio de descobertas, possibilidades e coisas interessantes a serem vividas e exploradas. Confesso a vocês que sou uma pessoa muito otimista e que acredito nas maravilhas existentes no universo, afinal, tudo que Deus criou é maravilhoso. Meu coração otimista e esperançoso não pode deixar de perceber a pobreza que assola boa parte da população do Brasil e do mundo. Não posso fechar os olhos para a super lotação dos presídios ou para as famílias destroçadas pelo adultério, pelas drogas, mentiras e tantas outras coisas. Dói, porém, é impossível não notar o quanto a juventude (muitas vezes frutos de famílias desestruturadas), em todo o seu vigor físico e no alto de seus maiores e melhores sonhos tem se deixado consumir pela luxúria, avareza, irresponsabilidade, vaidade e uma infinidade de coisas que fazem com que o mundo torne-se pior. É preciso abrir os olhos e mais ainda os corações. Precisamos perceber quanta coisa há no mundo, é necessário saber que ele não gira ao nosso redor e que cada pequena ou grande atitude nossa contribui para o mundo ser como é. Enquanto alguns resmungam por não ter um tênis da moda, outros só queriam poder andar. Ao mesmo tempo em que muitos adolescentes e jovens matam aula e vão empurrando os estudos

Coluna Jovem

com a barriga, o mundo clama por profissionais de qualidade que só tornam-se aqueles que levam os estudos a sério. Assim como um jovem maltrata e humilha sua mãe, há tantos outros que dariam tudo para ter uma. Enquanto muitos reclamam de tudo, zombam de todos e não levam nada na vida à sério, muitos anjinhos só queriam ter tido a oportunidade de nascer, mas não puderam porque foram abortados. Talvez o que o mundo precise para ser melhor não seja que você lidere uma complexa missão ou sacuda o mundo com uma revolução de paz ... talvez o mundo necessite urgentemente que você trate melhor sua família, que você estude para aprender e tirar dez e não só para passar. Talvez o mundo necessite que você seja um jovem casto, respeitoso e honesto. Talvez as pessoas precisem que você use a internet para falar de Deus ou que você use seus lábios para falar Dele. Talvez os seus amigos precisem ver que você trata bem aos outros, que você leva pra vida o que aprende na Igreja ... o que aprende em Deus. PROPÓSITO DO MÊS (Sugestão): Neste mês, que inicia-se tão belamente com o Dia de todos os santos, que tal assistir a um filme sobre a vida de um santo (Santa Teresinha, Beato João Paulo II, São Francisco, Santo Antônio ...). Junte seus amigos, faça pipoca e aperte o play. Observe como esses homens e mulheres foram instrumentos de Deus a partir de seu sim sincero. Vendo o exemplo deles procure também buscar a santidade ajudando assim o mundo todo a ser melhor. Por Emanuelle Gomes

Calendário 25/11 – Solenidade de Cristo Rei - Missa da Juventude Envio da Novena de Natal Dezembro 02/12 - 1º Domingo do Advento 02/12 Confraternização Nova Evangelização 04/12 - Reunião Geral e confraternização do Clero 07/12 – Manhã de espiritualidade do Apostolado da Oração 09/12 - Confraternização dos casais

Missas nas comunidades Terça - Feira 1ª Terça - 19:00 – Km 11 2ª Terça - 19:00 – Paraíso 3ª Terça - 19:00 – Km 11 4ª Terça - 19:00 – Paraíso Quarta - Feira 1ª Quarta - 19:30 – Jardim Guapimirim 2ª Quarta - 19:00 – Parada Ideal 3ª Quarta - 19:30 – Jardim Guapimirim 4ª Quarta - 19:00 – Parada Ideal Quinta - Feira 1ª Quinta - 19:30 – Sertão 2ª Quinta - 19:30 – Citrolândia 3ª Quinta - 19:30 – Sertão 4ª Quinta - 19:30 – Citrolândia Sábado 1ª Sábado - 17:30 – Paraíso 2ª Sábado - 17:30 – Km 11 3ª Sábado - 17:30 – Paraíso 4ª Sábado - 17:30 – Km 11 Domingo 1ª Domingo - 10:30 – Citrolândia 1ª Domingo - 17:00 – Parada Ideal 2ª Domingo - 10:30 – Sertão 2ª Domingo - 17:00 – Jardim Guapimirim 3ª Domingo - 10:30 – Citrolândia 3ª Domingo - 17:00 – Parada Ideal 4ª Domingo - 10:30 – Sertão 4ª Domingo - 17:00 – Jardim Guapimirim

Informações Horário de Funcionamento da Secretaria Terça a Sexta-Feira 08:00 às 12:00 / 13:00 às 17:00 Sábado - 08:00 às 12:00 Tel.: 2632-8665 / 8828-0030 Missas na Matriz Terça - 07:00 Quarta - 07:00 Quinta - 07:00 Sexta - 19:00 Sábado - 19:30 Domingo - 08:00 Domingo - 19:00

Batizados 1º Domingo 08:00 - Missa e preparação para Pais e Padrinhos 2º Domingo 08:00 - Missa e Batizados

Adoração ao Santíssimo Toda quinta na Matriz, de 08:00 às 18:00

Confissões Quinta-Feira - 09:00 às 12:00/15:00 às 18:00 Missa da Esperança Toda Segunda, na capela do Bananal, às 19:00 Louvor

Toda terça na Matriz, às 19:00

Terço dos Homens Toda Sexta, na Matriz, às 19:00


12

http://paroquiamodelo.blogspot.com


Modelo Católico - novembro