Page 1

JORNAL DA PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS - CASA FORTE - RECIFE-PE | ANO XX - Nº 10 | JUN DE 2016 www.paroquiadecasaforte.com.br

Cristo Hoje... “Mas, ao chegarem a Jesus, viram que ele já estava morto; por isso, não quebraram as pernas dele. No entanto, um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água. E aquele que viu isso dá testemunho, e o seu testemunho é verdadeiro, e ele sabe que diz a verdade, para que vocês também acreditem. (Jo 19, 33-35)..”

Sagrado Coração de Jesus Uma das poucas passagem na recebeu durante o tempo em Bíblia, em que se faz referência ao que esteve exposto sobre os Sagrado Coração de Jesus, pode ser altares. Prometo-te que o Meu encontrada no Evangelho de João, Coração se dilatará, para no capítulo 19, que relata o ato derramar, com abundância, as exercido pelo centurião, de influências de Seu divino amor perfurar o lado esquerdo de Jesus, sobre os que tributem essa de onde saíram água e sangue. Com divina honra e que procurem que este ato, constatava-se a morte ela lhe seja prestada,” que foram material de Cristo. O culto ao tão evidentes que o culto ao Sagrado Coração de Jesus está Santíssimo Coração de Jesus foi cercado da mística e do simbolismo. recomendado por vários papas Vários Padres, que depois foram como Leão XIII, na Encíclica reconhecidos santos, proclamaram T a m e t s i ; P i o X I , n a belos comentários sobre essa Miserentissimus Redemptor; Pio passagem, narrada no Evangelho de XII, na Haurietis Aquas; Paulo VI, João. “A parede de carne que n a C a r t a A p o s t ó l i c a ocultava o coração amantíssimo do Investigabiles Divitias Christi. É Redentor foi rasgada patenteando que se trata de uma adoração à aos homens o manancial das Pessoa divina de Jesus que, no misericórdias divinas, o Evangelho, manifesta-se Eis este mistério dos grandes de uma maneira tão terna amores de Cristo”. Na para com os sofredores e coração Idade Média, teólogos, que tanto os pecadores. como São Boaventura, A Paróquia de Casa Santo Alberto Magno, Santa tem amado Forte foi criada com a Gerturdes, Santa Catarina os homens transferência da sede do de Sena, São Francisco de Poço da Panela para a Sales, São João Eudes, também Campina de Casa Forte, quando abordaram as delicadezas do foi efetivada sua condição de coração do Verbo Incarnado. Foi Matriz, em 19 de outubro de Santa Margarida Maria Alacoque 1909, d e n o m i n a n d o - s e c o que relatou várias revelações estre m o P a r ó q u i a Sagrado as quais:“Eis este coração que tanto Coração de Jesus. No entanto tem amado os homens. Não recebo não era comemorada a data do da maior parte senão ingratidões, padroeiro. Por iniciativa de Pe. desprezos, ultrajes, sacrilégios e Deyvson, vigário paroquial, pela indiferenças. Eis que te peço que a p r i m e i r a ve z , a p a r ó q u i a primeira sexta-feira, depois da comemorou com um tríduo, que oitava do Santíssimo Sacramento começou no dia 31 de maio, (Corpo de Deus), seja dedicada a terminando no dia 3 de junho, uma festa especial, para honrar o com missa festiva. A iniciativa Meu coração, comungando, neste agradou tanto que, a partir desde dia, e dando-lhe a devida reparação, ano, passará a fazer parte do por meio de um ato de desagravo, calendário das atividades da para reparar as indignidades que Paróquia de Casa Forte.

Nesta edição... Palavra do Pastor

Dom Genival Saraiva

Pág. 02

Gente em Comunicação Catequistas de 1ª Comunhão

Pág. 03

Folha Jovem

Festa de São João Prestação de contas

Pág. 04 Pág. 05

Notícias da paróquia

200 anos do Sagrada Familia

Festas dos Santos Juninas

Pág. 06 Pág. 07

Espaço Aberto

Festa do Padroeiro Sagrado Coração de Jesus

Pág. 08


FOLHA FORTE A PALAVRA DO PASTOR

Caros Paroquianos(nas)

02

Dom Genival Saraiva de França Bispo Emérito de Palmares – PE Administrador Paroquial da Paróquia de Casa Forte

Para nós, católicos, é muito importante a compreensão do que celebramos, ao longo do Ano Litúrgico. Embora não coincidam, em termos de início e término, o Ano Litúrgico, como o ano civil, tem doze meses, “divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram, como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória dos Santos.” No calendário do Ano Litúrgico, há celebrações em datas fixas, como o Natal (25 de dezembro), e datas móveis, como a Páscoa. Na verdade, a Páscoa é referência para todas as celebrações. “Esta solenidade possui data móvel, isto é, que depende do dia da Páscoa do ano litúrgico corrente, para ser calculada. De fato, Pentecostes, o último dia do Tempo Pascal, está fixado 50 dias depois da Vigília Pascal. Na semana seguinte a Pentecostes, ocorre a primeira das solenidades móveis: Santíssima Trindade. Na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, celebramos Corpus Christi. Na sexta-feira da semana posterior à Corpus Christi, celebramos o Sagrado Coração de Jesus. Esta solenidade, portanto, é uma das 3 solenidades móveis do Senhor Jesus no Tempo Comum e uma das 4 solenidades do Senhor no Tempo Comum, quando acrescentamos Cristo Rei (último domingo comum).” “As Solenidades do Senhor no Tempo Comum (Santíssima Trindade, Corpus Christi, Sagrado Coração de Jesus e Cristo Rei) são as maiores liturgias deste período. Ficam atrás, apenas, das liturgias centrais dos Ciclos do Natal e da Páscoa: Vigília Pascal, Natal, Ceia do Senhor, Paixão e Morte do Senhor, Epifania do Senhor, Ascensão do

Senhor, Pentecostes, Domingos do Advento, Domingos da Quaresma e Domingos do Tempo Pascal.” Nessa ordem de consideração, identificamos a centralidade da Páscoa: “Sendo a festa da Páscoa central no âmbito do calendário litúrgico cristão, todas as festas móveis são associadas à Páscoa, assim: Domingo de Carnaval (ou Domingo gordo): 7º domingo anterior ou 49 dias antes;Terça-Feira de Carnaval: 47 dias antes da Páscoa. Quarta-Feira de Cinzas: 46 dias antes da Páscoa. Domingo de Ramos: 1º domingo anterior ou 7 dias antes da Páscoa. Sexta-Feira da Paixão: 2 dias antes da Páscoa. Domingo do Espírito Santo: 7º domingo posterior ou 49 dias depois da Páscoa. Santíssima Trindade: 8º domingo posterior ou 56 dias depois da Páscoa. Corpus Christi (Corpo de Cristo): 60 dias depois da Páscoa”. A Solenidade Sagrado Coração de Jesus, Padroeiro da Paróquia de Casa Forte, é uma daquelas que são celebradas em datas móveis: Além da solenidade, a devoção ao Sagrado Coração é alimentada pela Igreja Católica, nas primeiras sextas-feiras de cada mês. A Festa do Padroeiro é sempre um tempo propício para a evangelização de todos os segmentos da comunidade paroquial que nela se envolve de muitas maneiras. Dada à natureza comunitária da Festa de seu Padroeiro, como fazem todas as Paróquias, também a Paróquia de Casa Forte compreende a necessidade de dar uma maior atenção a esta celebração, litúrgica e pastoralmente. Por certo, isso haverá de se tornar visível nas celebrações dos próximos anos.

EDITORIAL

Festa do Padroeiro Foi muito gratificante saber da repercussão da Festa do Padroeiro da Paróquia de Casa Forte, o Sagrado Coração de Jesus. Muitos perguntavam: por que Casa Forte não comemorava seu padroeiro? A resposta, quase sempre, era que já havia uma festa da comunidade, a Festa da Vitória Régia, com repercussão municipal, que envolve toda a comunidade da Paróquia de Casa Forte. Neste ano, por iniciativa do Padre Deyvson, Vigário Paroquial, teve início um movimento que contagiou muitas pastorais, que se organizaram e coloram em prática a Festa do Padroeiro. O evento aconteceu em forma de tríduo preparatório, culminando no dia 03 de junho, data comemorativa no calendário litúrgico, com missa solene e

EXPEDIENTE

Procissão na praça. Padre Edwaldo estava muito contente, pois sempre desejou comemorar a data. A idéia é de que a Festa do Padroeiro, agora, faça parte do calendário da Paróquia, para que haja um maior planejamento e envolvimento de muitos que não puderam comparecer, devido a compromissos assumidos anteriormente. Pe. Deyvson agradeceu a todos que puderam participar e assumiram compromissos, pois para uma festa que não havia sido planejada o retorno foi muito importante e insentivador. Para o próximo ano, esterase que a comunidade abraçe mais esta iniciativa e se engaje nos trabalhos de preparação para honra e louvor do Sagrado Coração de Jesus

A publicação mensal de distribuição gratuita e de responsabilidade da Pastoral da Comunicação, da Paróquia da Casa Forte Praça da Casa Forte, 388 Casa Forte, Recife - PE. CEP: 52061-420 Fone: (81) 3268-0647 Colaboradores Franci, Fátima, Irma, Joaquim Alves, Marcinho, Paulo, Rosário, Stela, Tereza, Veronildo e Zodja Diagramação Veronildo Projeto Gráfico Carmen Galvez Impressão MXM Gráfica e Editora Ltda Tiragem desta edição: 1.500 exemplares Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal.


Gente em Comunicação

FOLHA FORTE

03

Neste número, a Pascom entrevistou os catequistas Genivaldo, Maria Pompea e Tereza, que preparam as crianças e adolescentes para receberem a primeira Comunhão Eucarística, na matriz e comunidades do entorno de Casa Forte. Pascom: Qual a importância da catequese da primeira comunhão, Primeira Eucaristia para a Igreja Católica? Catequistas: Temos, na Igreja, três Sacramentos chamados da Iniciação Cristã: o Batismo, a Crisma e a Eucaristia. Para recebê-los, a Igreja orienta que deve haver uma preparação anterior. Os Sacramentos são coisas sagradas e não podemos recebê-los de qualquer modo. Nós, catequistas, sabemos que todo cristão tem o direito de saber quem é JESUS CRISTO e que a Hóstia e o Vinho Consagrados não são simplesmente pão e vinho, mas o próprio Jesus, em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, o que de mais sagrado existe em nossa Igreja. Daí a importância dos Encontros (não são aulas) que antecedem à Primeira Eucaristia. Para a Igreja Católica, a importância de prepararmos os catequizandos para a Eucaristia é, sobretudo, um despertar maior da fé e continuidade da vida cristã. . Pascom: Quais os requisitos para se tornar um ou uma boa catequista? Catequistas: O Catequista não pode ser um amador : é aquela pessoa que recebeu um chamado especial, um dom do Espírito Santo. É uma resposta generosa a um convite de Deus. Tudo constrói com alegria e amor, estando sempre disposto a servir em todas as situações. Lê e interpreta a Bíblia, sendo atualizado com relação aos documentos da Igreja e com o que a vida nos apresenta como desafios. Deve catequizar, sobretudo pelo exemplo de uma vida correta e simples. É uma pessoa de oração e alimenta sua vida com a Palavra de Deus. Deve saber que não age sozinho, mas em comunhão com a Igreja e com o grupo de catequistas. O Catequista é aquela pessoa de fé, de oração e de frequência constante aos Sacramentos. É um evangelizador! Pascom: Considerando um mundo tão materialista, com tantos apelos visuais, quais os desafios de um (a) catequista para apresentar Cristo nos dias de hoje? É um desafio muito grande, pois, hoje, vivemos em um mundo extremamente globalizado, de informações rápidas, principalmente nas chamadas redes sociais. Assim sendo, o catequista deve usar de toda sua criatividade para transmitir a Palavra de Deus com

dinâmicas, brincadeiras, audiovisuais. Até mesmo a Missa com Crianças, sem ferir a Liturgia, precisa estar adaptada para que os catequizandos acolham e participem da Celebração. A melhor maneira de o catequista atingir o seu objetivo é sendo exemplo cristão para eles, sem descaracterizar a mensagem cristã. Jesus Cristo foi um catequista exemplar e nunca impediu que as crianças estivessem perto Dele. O catequista, além de educador deve ajudar seus catequizandos a buscarem valores novos, coerentes com o evangelho. Pascom: A Paróquia de Casa Forte atende a várias comunidades, o que a Catequese de Primeira Eucaristia tem feito para atender a públicos de níveis sociais distintos? Nas Comunidades de Lemos Torres, Poço da Panela, Cabocó,Vintém, Santana, não é difícil, pois o nível social dos catequizandos é quase igual. Na Catequese, que funciona na Matriz, onde recebemos crianças de diversos níveis sociais, é mais delicado. Tentamos fazer uma catequese amorosa, onde todos se sintam acolhidos e amados, independentemente de sua classe social. Também procuramos fazê-los perceber que Deus ama a todos igualmente. Vamos em busca de uma Catequese transformadora e libertadora: a mensagem da fé, iluminando a existência humana, forma a consciência crítica diante das estruturas injustas. Procuramos lançar a semente.Acreditamos já ter havido grande progresso neste aspecto em nossa Catequese. Pascom: Qual a preocupação quanto à formação de novos catequistas? A formação do Catequista é indispensável, quer seja um catequista jovem ou mais velho. Devemos estar sempre nos atualizando, atento às mudanças, sem perdermos a espiritualidade e os ensinamentos cristãos. Em nossas reuniões, realizamos estudos com os catequistas sobre temas diversos: metodologia, documentos da Igreja (em especial os que tratam de Catequese), como também aqueles que poderiam abalar nossa fé. É nossa prática sempre colocar um catequista novo junto a um de mais experiência durante u m a n o . Ta m b é m s ã o encaminhados aos Encontros de Formação de Catequistas doVicariato Soledade e os promovidos pela AOR.


Jovem

SUPLEMENTO DO JORNAL FOLHA FORTE | ANO XX - Nº 10 jun de 2016

Festa de São João Mês de festa, de comida de milho, de estar com quem se gosta, de dançar um forrozinho, e é também mais um mês pra praticar a caridade e doar um pouco do que temos. No dia 11 de junho vai acontecer o evento São João EJACC 2016, que tem o intuito de confraternizar a data com a comunidade em um ambiente saudável e familiar. A festa será no Salão Paroquial, tem horário previsto para as 19:30hs, e promete muita dança ao som da Banda Xote dos Amigos, comida típica, brincadeiras e animação de sobra.

FOLHA FORTE

04

Inscrições para trabalhar no EJC Todos os anos acontece em nossa paróquia o Encontro de Jovens com Cristo, um final de semana repleto de muito amor de Cristo! Este encontro só é possível de acontecer porque todos os anos centenas de jovens se voluntariam para trabalhar neste evento. Se você já fez o EJC chegou a vez de servir no EJC e descobrir o quão prazeroso é este trabalho de doação! Este ano o encontro acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de Outubro. As inscrições para que vai trabalhar no EJC 2016 vão acontecer no dia 19 de Junho, às 14h, no Salão paroquial. O valor da inscrição é de R$35,00 + 1kg de alimento não perecível. Qualquer dúvida basta entrar em c o n t a t o a t r av é s d o e - m a i l : cristoforte@googlegroups.com

A festa tem duas opções de entrada, individual ou mesa para quatro pessoas e desconto para quem for caracterizado - o ingresso individual custa R$ 15,00 (quem for caracterizado ganha R$ 3,00 para consumação) e a mesa para quatro por R$ 80,00 (os caracterizados receberão R$ 5,00 para consumação). O evento tem direção da Paróquia Casa Forte e realização do EAC, ECC e Cristo Forte. As equipes contam com a participação e colaboração de todos.

Encerramento do Mês Mariano No último dia 31 foi realizada mais uma festividade de louvor a Nossa Senhora, por ocasião do encerramento do mês de maio. Como vem acontecendo todos os anos, as comunidades rumaram para a Igreja Matriz, trazendo andores com a imagem de Nossa Senhora. Nesta mesma noite, teve início o Tríduo em homenagem ao Padroeiro Sagrado Coração de Jesus, da Paróquia de Casa Forte.

Folha Jovem é um suplemento do Jornal Folha Forte de responsabilidade da Pastoral da Juventude (Manuela Milet, Jessica Romão - EJC) e Adolescentes (Rafael Miranda 8887- 4510- Supervisor EAC) - Diagramação:Veronildo Oliveira.


FOLHA FORTE

Comissão da Juventude

Encontro de mães e famílias

05

7ª Festa da Vitória Régia - 2015

Na sexta-feira (dia 27 de maio), foi realizado o primeiro encontro de mães e famílias de bebês com microcefalia, no município de Caruaru, no bairro de Maurício de Nassau. O atendimento ocorreu para a cidade de Caruaru e 32 municípios Além do apoio psicológico, que foi feito com muito carinho e troca de experiências já vividas por outras mães, trazendo muita emoção para todos os presentes,

1. ENTRADAS a) Barracas de alimentos, artesanato, locação de espaços. R$ b) Patrocínio recebido R$ c) Sorteio da moto R$ R$ 2. DESPESAS a) Bebidas, refrigerantes, luguel de equipamentos R$ b) Alimentos/Insumos para a Festa R$ c) Pessoal/Apoio/Segurança R$ d) Palco, locutores, som e shows R$ e) Publicidade e Gráfica R$ R$ 3. RESULTADO REALIZADO R$ 4.VALORES A RECEBER Cotas de Patrocínio R$ 5. RESULTADO TOTAL R$ Obs:

151.470,42 73.100,00 33.128,00 257.698,42 28.300,46 49.961,19 24.865,50 37.850,00 27.400,00 168.377,15 89.321,27 114.800,00 204.121,27

1 - Posição em maio/2016 2 – Os valores recebidos da Festa da Vitória Régia foram aplicados na rescisão do contrato de trabalho dos funcionários da Creche Beneficente Menino Jesus, em dezembro/15 e março/16.

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS - CASA FORTE Conselho de Assuntos Econômicos da Paróquia de Casa Forte DEMONSTRATIVO DE RECEITA E DESPESA Pr estação de Contas Receitas Per manentes Dízimo, coletas e emolumentos Receitas extr as (vitór ia Régia, Bazar ) Total de Receitas Despesas (r egime de competência) SALDO DEFICIT

jan/16 fev/16 58.468,09 40.665,60 37148,97 17900,00 95.617,06 58.555,60 107.041,22 58.801,38 11.424,16

Reais R$ mar /16 63.783,15 18900,00 82.683,15 66.673,36 16.009,79

245,78

abr /16 acumulado 42.669,57 205.576,41 18315,00 92.263,97 60.984,57 297.840,38 78.948,32 311.464,28 17.963,75

13.623,90

1 - Em uma análise rápida dos dados, constata-se que a Paróquia não está conseguindo equilibrar mensalmente suas contas. 2 - Os recursos, oriundos da FESTA DA VITÓRIA RÉGIA e do BAZAR, sempre foram destinados às obras sociais da Paróquia. 3 - A campanha das doações registradas no LIVRO DE OURO atingiu o valor de R$ 38.033,25, que foi aplicado nas despesas 4 - Esta Prestação de Contas encontra-se no Quadro de Avisos, de forma resumida, e na Secretaria Paroquial, de forma H o s p ital

de

Anuncie Aqui

O lh o s

SANTA L U ZIA

verofat@ hotmail. com Veronildo

Você vê a diferença

Estra do Encanamento, 909/873 Casa Forte-Recife-PE Central de Marcações: (81) 2121-9191 www.hospitalsataluzia.com.br

Rua Gildo Neto, 62, Tamarineira-Recife-PE. www.casacertaimobiliaria.com.br


FOLHA FORTE

Notícias Paróquia EJC e da EAC

06

Sagrada Família 200 anos de história No dia 14 de maio celebramos, com muita alegria e entusiasmo, o bicentenário de fundação da Congregação das Irmãs da Sagrada Família. Desde o ano passado quando celebramos a abertura do Ano Jubilar, nos empenhamos para realçar todas as nossas atividades, tendo em vista o que constitui a história desses 200 anos – tudo é ação de graças! Podemos destacar alguns acontecimentos que marcaram essa história santa. Sim, história santa podemos afirmar assim, contemplando a ação de Deus na vida de Santa Emília de Rodat e na caminhada das primeiras irmãs, que enfrentaram dificuldades e oposições, mas permaneceram firmes. Junto com Emília, as jovens: Eleonora, Úrsula e Maria Boutaric (cofundadoras) seguiram as orientações e os conselhos de Pe. Antônio Marty, que as ajudou e preparou os alicerces da nova família religiosa e das obras e projetos empreendidos.

A finalidade primeira do Instituto foi educação das crianças pobres. Em seguida, Madre Emília ouviu outros apelos missionários, assumindo diversas atividades, em prol dos mais carentes. Um pouco antes da sua morte, em 1852, Madre Emília disse: “É preciso que a nossa caridade atravesse os mares!” Após 50 anos a Congregação veio para o Brasil e para outros países, no início do século passado. Depois, em 1957, atravessou novamente os mares para a Bolívia e para a África (Costa do Marfim). Pela 3ª vez atravessamos os mares até as Filipinas, em 2004. Nós também participamos dessa missão através das brasileiras que aceitaram o convite do Conselho geral: Ir. Ana-Lice, que está lá desde a fundação; Ir. Solange Morais que ficou 3 anos e Ir. Raimunda, que foi no ano passado. Agora na celebração, Dom Severino destacou a disponibilidade dessas Irmãs que estão nas Filipinas e, que por sinal trabalharam na diocese de Nazaré da Mata, onde ele

Anuncie Aqui

verofat@ hotmail. com Veronildo

era bispo. Outro marco na nossa história foi a abertura de pequenas comunidades inseridas, após o Concílio Vaticano II; uma nova maneira de viver a vida religiosa consagrada com o povo mais simples, em diferentes realidades, estendendo-se a outros estados e regiões, como no Maranhão, Pará, Goiás, Rondônia e Paraná.

Hoje somos 44 Irmãs, em 08 comunidades: Pernambuco, Paraíba, Maranhão e Pará. Aqui em Casa Forte, além da missão educativa no Colégio da Sagrada Família, cuidamos das Irmãs mais idosas e enfermas e somos uma presença na Paróquia: presença orante, fraterna e solidária. Também participamos nas EJNS (jovens). A concelebração festiva do Bicentenário, em 14 de maio, na nossa Capela, foi presidida por Dom Severino de França, bispo emérito de Nazaré da Mata. Estavam presentes oito padres, na maioria religiosos: Sagrado Coração de Jesus, Redentoristas, Oblatos de Maria Imaculada e o próprio bispo que é frade Capuchinho. Contamos com a presença marcante do Pe. Edwaldo, que faz parte da história, há muitos anos, quando jovem padre, foi capelão do Sagrada Família. Muitos amigos e amigas se fizeram presentes

ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

Rua Albino Meira, 110/02 Parnamirim, Recife-PE. www.holder.adm.br atendimento@holder.adm.br F: (081)3442-1618 / 9208-8400

Anuncie Aqui

verofat@ hotmail. com Veronildo


Notícias da Paróquia

Em união com as Mães de Crianças com Microcefalia A Paróquia participou, dia 28 de maio, do IV Encontro da União Mãe de Anjos (UMA), que é uma organização das mães com filhos portadores de microcefalia. O encontro foi realizado no Clube Português e teve como objetivo proporcionar um momento de interação entre as mães. “O momento foi para uma maior integração das mães e também o espaço para atendimentos, como: retirada de documentos, pela Secretaria de Defesa Social e cadastramento da conta de energia para redução de valores a serem pagos: um serviço oferecido pela Celpe. Tivemos também serviços oferecidos por salões de beleza, para cuidados pessoais, como escovação nos cabelos e massagem corporal. Coisas que alegraram o coração das mães”, disse Janaína Lima, presidente da UMA

As mães participaram da oficina de corações da Ação do Coração, e as crianças maiores participaram de momentos lúdicos. Mônica Xavier e Lúcia Angeiras (paroquianas) contaram histórias para as crianças e promoveram um belo momento de ludicidade. “Foi gratificante levar o encantamento das histórias para aquele espaço.A alegria movimentou nossos corações”, comentou Lúcia Angeiras (Lucinha).

FOLHA FORTE

07

Festas dos santos Juninas No mês de junho a Igreja festeja quatro santos: Santo Antônio de Pádua, São João, São Pedro e São Paulo. O Brasil é conhecido por ser o país do carnaval, comemorado no máximo em uma semana. Mas bem que poderia ser conhecido como o país das festas juninas, pois se comemora durante 30 dias, principalmente nas regiões norte e nordeste. No dia 13 de junho, os devotos não somente do Brasil, comemoram o dia de Santo Antônio de Pádua. Natural de Lisboa, nascido em 1195, recebeu no batismo o nome de Fernando de Bulhões y Taveira de Azevedo. Na Itália e no Brasil, por exemplo, ele é venerado por ajudar a arranjar casamentos e encontrar coisas perdidas. No dia 24 de junho é comemorado o dia de São João Batista. João Batista teve a grande missão de batizar o próprio Cristo. Ele apresentou oficialmente C r i s t o a o p ovo c o m o Messias. É um dos Santos mais populares em todo o mundo cristão. A sua festa é muito alegre e faz parte do folclore nacional apresentando muita música, danças e comidas típicas, além da fogueira, lembrando aquela primeira feita por seus pais para comunicar o seu nascimento. Depois da Virgem Santíssima e de São João Batista, Pedro e Paulo são os santos que têm mais datas comemorativas no ano litúrgico. Além do tradicional 29 de junho, há: 25 de janeiro, quando a Igreja celebra a Conversão de São Paulo; 22 de fevereiro, a festa da Cátedra de São Pedro e 18 de novembro, reservado à Dedicação das Basílicas de São Pedro e São Paulo. Antigamente se julgava que o martírio dos dois apóstolos tinha ocorrido no mesmo dia e ano e que seria a data que hoje comemoramos. Porém o martírio de ambos deve ter ocorrido em ocasiões diferentes com São Pedro, crucificado de cabeça para baixo, na Colina Vaticana e São Paulo decapitado nas chamadas Três Fontes. Mas, não há certeza quanto ao dia e nem quanto ao ano, desses martírios. Com a Festa de São Pedro se encerram as festividades do mês junino.


FOLHA FORTE

08

ESPAÇO ABERTO

Festa do Sagrado Coração de Jesus Em sintonia com toda a comunidade da Igreja Católica, a Paróquia de Casa Forte celebrou, dia 03 de junho, a Festa do Sagrado Coração de Jesus, com um tríduo preparatório à festa, nos dias 31 de maio, 01 e 02 de junho.

sem as graças recebidas do coração misericordioso do Senhor. Eu estou muito feliz com a iniciativa de celebrarmos o nosso Padroeiro. Festa bonita que contou com a colaboração e a participação de todas as comunidades paroquiais”. O sorteio do juiz da Bandeira do Sagrado Coração de Jesus foi um momento emocionante, quando o sorteado, o senhor César, testemunhou o seu encontro pessoal com Jesus, por meio de uma imagem do Sagrado Coração.

“Foi a primeira vez que a Paróquia celebrou o seu Padroeiro, motivo de muita alegria para todos nós”, comemorou o Padre Deyvson. Antes da missa de encerramento, celebrada pelos Padre José Edwaldo e Padre Deyvson, os fiéis seguiram em procissão pela Praça de Casa Forte, com a imagem do Sagrado Coração de Jesus. Padre Edwaldo, emocionou-se ao falar da sua caminhada, como pastor da Paróquia, e assegurou: “nada do que fiz e do que sou seria possível

Barracas para a venda de lanches, roupas, sapatos e adereços foram montadas na frente da Igreja, lembrando as quermesses que são realizadas em festas de padroeiros. “Por tudo de bom que vivenciamos nesses dias, porque Jesus merece e porque nós precisamos, no próximo ano, empenhar-nos-emos, ainda mais, para a festa ao Sagrado Coração de Jesus, enfatizou o Padre Deyvson.

Atividades Paroquiais Missas Matriz: Sábados:

19h Terça a Sexta 16h (com as crianças) 19h30 (com as famílias)

Domingos: 08h (paroquial) 17h (com os jovens) 19h30 (com as famílias)

Terças-feiras às 19h - Hora da Graça Hospital Infantil 3ª e 5ª às 17h Capela da Sagrada Família 3ª a 6ª às 17h30

Em nossas Comunidades: Vila Vintém 4ª Sábado às 17h30 Sant’Ana Celebrações, domingos, às 17h

Poço da Panela: Domingo às 19h30 Lemos Torres: Cap. N. Sra. Graças (Col. Virgem Poderosa) 1º e 3º domingos, às 10h Quartas, sextas e sábados às 17h e Domingo às Inaldo Martins: 2º sábado às 17h30. 11h

Hospital Agamenon Magalhães

última 4ª feira do mês às 15h30

Batizados

Aos segundos e quartos domingos de cada mês, às 10h, sendo imprescindível a participação dos pais e padrinhos em palestra de preparação que ocorrerá sempre no mês anterior do batismo, conforme data preestabelecida pela pastoral. Folga do Vigário Secretaria e-mail: paroquiadecasaforte@hotmail.com Às segundas-feiras 2ª a 6ª das 07h às 12h30 e das 14h às 17h - Site: www.paroquiadecasaforte.com.br Sábados: das 8 às 12h Telefones: 3268-0647/ 9964-0647/8914-5224 - Sacristão da Matriz: Roberto - 3442-5957

Profile for Paróquia Forte

Jornal folha forte junho  

Informativo da Paróquia de Casaforte Junho

Jornal folha forte junho  

Informativo da Paróquia de Casaforte Junho

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded