Issuu on Google+

A Voz da Ilha

JORNAL DA PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA APARECIDA - RUA 10, 46 - ILHA DOS ARAÚJOS - GOV.VALADARES/MG -WWW.PAROQUIADAILHA.COM.BR

Ano XLVI - nº 726 - Governador Valadares - Setembro/2010 - Distribuição gratuita

Palavra-Ação a!” vra-chuv la a P ta s ir e Deixa ca vra ha Pala in m e u lho”, “Q mo orva o c e lh a a. se esp , germin a v o n e r na vida, -grão! Palavra ta s e ir a . eador Deixa c m por um iu o sem e a c s u e e u d q , “Eis oração r” no c a e m e s a ão! alavra-p P ta s e mper-se Deixa ro ida” pão da v o farta. u o s u “E massa é a , o ã m a Abrindo ! vra-vento la a P ta prar es Deixa so eus vra de D berta! la a P A “ a”, ela li d a m e lg a não está

z! vra-lu a l a P s esta eus pé a reluz! ilhar r m b s o a x a el r Dei da pa , Senhor”, a p m vra “Lâ a Pala u ogo! T a é avra-f rocha”, l a P a omo r est ueima cendiava c . q a x i n De sos ra i palav o nossos os “Sua d a... do fun espad arden a r v a a Pal ” é viva ar est t r o c Deus stiça e paz! a e x d i e a r D u v j a , Pal ada pois a , na caminh z e efica

ValmordaSilva

NOVENA E FESTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Carta Pastoral por ocasião do Ano Eleitoral de 2010

“Neste mês, a Igreja dá um destaque especial à leitura, meditação e vivência da Palavra de Deus.”

PÁGINA03

PÁGINA04

PÁGINA06

Participe da Semana de Estudos Bíblicos, nos dias 13, 14 e16, às 19h sobre o Livro do profeta Jonas


A Voz da Ilha

2

palavradopároco

AGENDA PAROQUIAL SETEMBRO

Bíblia, Enciclopédia do Cristão

P

or conta dos recursos que a internet oferece à pessoa estudiosa, as enciclopédias estão pouco manuseadas. Há uma, porém, que não perde o seu valor como fonte de verdadeira sabedoria para o cristão: a Bíblia! Nela ele encontra magníficos ensinamentos não só para a sua cultura religiosa, mas também como caminho para uma autêntica pratica cristã. A Bíblia é a cartilha, a gramática, a enciclopédia que corretamente norteia o ser humano. Nas suas múltiplas dimensões. Não importa que tenha surgido num passado tão distante e tenha sido escrita por gente que viveu em contextos tão diferentes do nosso. O que faz sempre atual é a Palavra eterna, por isso sempre moderna e capaz de enriquecer homens e mulheres, crianças, adultos e idosos. A Bíblia é educativa ontem, hoje e sempre. Entretenimento, apesar de ser uma luz para pessoas de perfis tão variados, a leitura bíblica tem suas exigências e não consegue ser fecunda se faltam alguns requisitos. Antes de tudo, ela precisa ser contextualizada, isto é, há a necessidade de situar o fato no ambiente em que aconteceu – observadas as circunstâncias que muito condicionam a experiência humana. Preferentemente tal leitura deve ser feita em comunidade, porque, “se dois ou três se reúnem em meu nome, estarei no meio deles”. Enfim, não basta a simples interpretação do texto. É necessário posterior aprofundamento e questionamentos que motivem uma adesão vivencial, promovendo uma conversão em nível exis-

Setembro/2010

tencial. Se não há mudança de vida, a Palavra caiu em terreno ingrato. Valeu como uma fina camada de verniz que perderá o brilho em curto prazo. Com o mês da Bíblia, a Igreja nos dá a oportunidade de recarregar as baterias para uma intensa ação evangelizadora em nossa sociedade surda à palavra de Deus e cega aos perigos que a ameaçam. D. Geraldo Majella Agnelo Cardeal Arcebispo de Salvador

Queridos leitores e leitoras, se o mês de setembro é o mês da Bíblia, como nos recordou o artigo supra de Dom Geraldo, quero lembrá-los que a melhor maneira de render tributos à Bíblia Sagrada é conhecer o seu conteúdo acolhendo-o como uma carta apaixonada de Deus para nós. Procuremos ao longo deste mês de setembro deixar florir em nossos corações a primavera da Palavra de Deus. Leia e estude a Bíblia, reze com ela, participe de um grupo de reflexão ou Círculo Bíblico perto de você, se não tiver, crie um com a sua família e mais alguém que queira participar. Participe também da semana de estudos bíblicos, nos dias 13,14 e 16 Sobre o livro do profeta Jonas, vale a pena conhecer. Desejo de coração, que a Palavra de Deus se torne uma luz no seu caminho e daqueles que você ama. Faça uma boa leitura do nosso Jornal e tire bom proveito do seu conteúdo.

Fraternamente Pe. Paulo

Dia 01 - Missa às 19h30 - Abertura do Mês da Bíblia Dia 02 - Adoração e Bênção do Santíssimo Sacramento às 16h com Pe. Paulo Dia 03 - Primeira sexta - Missa do Coração de Jesus às 19h30 Dia 04 - Reunião mensal dos coroinhas às 10h Missa às 19h30 - Casamento de Sara e Mayer às 21h Dia 05 - Missas Dominicais Dia 07 - Feriado Nacional - Independência do Brasil - Grito dos Excluídos Dia 08 - Reunião do Clero Dia 09 - Pe. Paulo, missa em Açucena/Novena de N. Sra da Piedade Dia 10 - Pe. Paulo, missa em Fernandes Tourinho/Jubileu do Bom Jesus Dia 11 - Reunião da Equipe Diocesana de catequese às 14h Dia 12 - Rito da purificação do catecumenato Eucarístico - Missa das 9h Dias 13, 14, 16 - Semana de Estudos Bíblicos às 19h sobre o Livro do profeta Jonas Dia 14 - Exaltação da Santa Cruz Dia 15 - Reunião com a equipe de Liturgia ás 20h30 Dia 18 - Casamento de Luis Guilherme e Talita às 21h Dia 19 - Batizados e renovação das Promessas batismais dos catecúmenos do catecumenato Eucarístico ás 9h Dia 17, 18 e 19 - E. C. C 1ª etapa - Ilha/Catedral Dia 21 - Encontro sobre o Sacramento da Reconciliação com o catecumenato eucarístico ás 8h30 e 15h30 Dias 22, 23 e 24 - Confissão dos catequizandos do Catecumenato Eucarístico Dia 24 - Celebração Penitencial para os Pais do Catecumenato Eucarístico Dia 25 - Celebração da Primeira Eucaristia Celebração do Dia Nacional da Juventude - Missas das 19h30

Diretor responsável: Padre Paulo Roberto Carlos Fernandes Equipe de Comunicação: Maria Lúcia Cotta Soares / Sandra Pitanga Diagramação: Fausto Gomes (3083-5765) Impressão: Inforgraf (3275-5444)

Jornal da Paóquia Nossa Senhora Aparecida - Ilha - (33) 3275-1720 Rua 10, 46 - Ilha dos Araújos - www.paroquiadailha.com.br

- Horário de Missas: Quartas-feiras, Sábados e Domingos: 19h30 / Domingo: 9h com crianças. - Adoração ao Santíssimo todas as Quintas-feiras às 16h. Na primeira quinta-feira do mês, responsáveis; Pe. Paulo ou Diretoria do Apostolado da Oração. - Toda última terça-feira do mês no Grupo de Oração. - Grupo de Oração Jesus e Maria: Toda terça-feira às 19h 30. - Atendimento paroquial (Secretaria):de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 18h. - Atedimento pastoral: Terça-feira: visita as doentes / Quarta e quinta-feira, das 9h às 11h. - Sexta-feira: confissão individual de 9h às 11h.

Artigos Odontológicos

www.dentalibituruna.com.br

F: 3271-7195

Dr. Geraldo M. Mourão Dr. Jhoner M. Resende Dr. Marcos V. Mourão Dr. Thiago M. Miranda CRF/MG - 4729 CRF/MG - 11001 CRF/MG - 4610 CRF/MG - 15083


Setembro/2010

3

TEMA: “SOB O OLHAR DA SENHORA APARECIDA CAMINHAMOS COM JESUS” ...Descobrindo

6h - RECITAÇÃO e CONTEMPLAÇÃO dos Mistérios Gloriosos do Santo Rosário na Responsabilidade do Apostolado da Oração. 9h - Missa presidida pelo bispo Dom Werner. 10h30 - Carreata com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida - Responsabilidade dos Vicentinos. 12h - Oração do Angellus. 15h - Consagração à Nossa Senhora Aparecida. 17h30 - Caminhada com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida saindo da igreja para a Av. Paranaíba, rua 36 e retornando para a igreja pela rua 8 com a participação do Reitor, Pe. Anderson e seminaristas do Seminário Nossa Senhora Auxiliadora.

Após as missas barraquinhas nos dias 2 e 3 e de 8 a 12 - PARTICIPE!!!


A Voz da Ilha

4

apostoladodaoração

DIOCESE DE GOVERNADOR VALADARES - MINAS GERAIS

Carta Pastoral por ocasião do Ano Eleitoral de 2010

“Sentir com a Igreja”

S

anta Terezinha do Menino Jesus dizia: “No coração da Santa Igreja, minha Mãe, serei o amor”. Uma carmelita do AO no seio da nossa Igreja Católica! Somos católicos do MEJ e vivemos o 4º pilar do AO: “Sentir com a Igreja”. É fácil saber o que o AO e o MEJ devem fazer na paróquia e na diocese para vive a máxima “sentir a igreja”; basta participar das reuniões mensais ou ler os boletins locais. Contudo, viver o “sentir a igreja” em nível nacional e internacional é mais complicado. O Secretariado Nacional do AO tem a incumbência de informar e formar você pra viver a dimensão missionária nesses níveis. Convoco a todos do AO e do MEJ do Brasil para reavivar seu espírito missionário no “sentir a igreja”. E como seria? • Oferecendo suas orações e sacrifícios não só nas intenções do Santo Padre, mas para que o AO e MEJ vivam o espírito eclesial. • Reforçando a campanha de doação de um real anual ao Secretariado Nacional! Muitos Centros do AO já o fazem, mas outros não. O primeiro objetivo dessa campanha, o de adquirir um gabinete equipado, continua. Neste momento, porém, é mais urgente investir sua doação nos encontros para os quais a CNBB nos convoca. A CNBB quer que os movimentos laicais formem uma rede de unidade com todas as forças vivas da Igreja. Para tanto, o AO custeia as despesas de viagens e encontros. • Engajando-nos na campanha da nossa revista: “Eu sou um Mensageiro do Coração de Jesus”. Essa campanha promove a adesão de milhares de novos assinantes ao Mensageiro, para que todos possam acompanhar a caminhada do AO e do MEJ no Brasil. As campanhas “Eu sou o Mensageiro do Coração de Jesus” e a financeira do Secretariado Nacional do AO querem reavivar o espírito missionário! Participe você também! Seja missionário! Assim o AO e o MEJ garantem este pilar: “sentir com a igreja”. Deus o abencoe!

Pe. Otmar Jacob Schwengber - SJ

Aniversariantesdomêsdesetembro 01 - Maria Cristina P. Batista / 07 - Irene Barbosa 07 - Maria de Jesus R. dos Santos / 08 - Ivanida 14 - Maria Consolação Alcântara / 15 - Elza Lopes Cunha 16 - Odília Ribas de Aquino / 18 - Maria José Ferreira 19 - Jovina C. de Melo / 19 - Terezinha da Rocha Novais 21 - Leila Morozini Padula / 21 - Senila C. Bicalho

Parabéns! Felicidades! Que o Sagrado Coração de Jesus as abençoe! - Zeladora: Maria da Glória de Assis

Leveessaqualidadeparaseumunicípio

Rua Trinta e Seis, 497 - Ilhas Telefone: (33) 3277-4951 Gov. Valadares

Setembro/2010

DOM WERNER SIEBENBROCK - Bispo de Governador Valadares - MG

Caríssimos Irmãos e Irmãs na fé, As eleições de 2010 estão chegando! No próximo mês de outubro vamos eleger o Presidente da República, os Governadores, os Senadores, e os Deputados Federais e Estaduais. É um dos maiores exercícios de cidadania que nós, brasileiros podemos realizar em prol de um Brasil mais justo e fraterno. Como Cristãos devemos escolher nossos candidatos com muito zelo. Algumas características fundamentais não podem faltar naqueles que nos representarão nos mais diversos postos de comando do nosso Estado e do nosso País. Em primeiro lugar, os nossos candidatos devem ser o que costumamos chamar de "Ficha Limpa". Homens e/ou Mulheres honestos, cristãos, comprometidos com a defesa da vida desde a sua concepção, zelosos com as questões da família, da educação, da saúde e transparentes no trato com os bens públicos. Uma boa dica é verificar o "currículo", a história de vida daquele que se apresenta para receber o seu voto. Se é um bom pai ou mãe, bom filho ou filha, se tem comportamento correto segundo a moral cristã, se realmente se põe a serviço em favor dos mais necessitados, se participa da vida de sua comunidade. Nossa responsabilidade é enorme! Vamos escolher aqueles que vão nos dirigir e elaborar as leis pêlos próximos 4 anos (ou até mais, como no caso dos Senadores). Por isso, devemos refletir muito e tomar a decisão mais acertada. Nada de desperdiçar seu voto! Não o venda, não o troque por nada! Ele é a arma mais poderosa que os cidadãos têm para mudar a difícil realidade que hoje vivemos. É preciso escolher homens e mulheres comprometidos com as verdades eternas da Boa Nova de Nosso Senhor Jesus Cristo para que o Brasil possa ser realmente um país mais justo e fraterno. Que à luz do Espírito Santo e sob a proteção de Nossa Senhora Aparecida, sejamos orientados na escolha dos nossos candidatos para que possamos exercer, conscientemente, como bons cidadãos, o sagrado direito e o dever de bem VOTAR! Boas Eleições! Cordialmente, seu + Dom Werner Siebenbrock Bispo da Diocese de Governador Valadares - MG


Setembro/2010

cedescedes

C

om o final do recesso escolar, veio o mês de agosto com muitas surpresas e novas iniciativas, confirmando a tradição da entidade em oferecer um atendimento de qualidade às crianças, adolescentes e, mais recentemente, aos idosos. Alterações se sucederam no quadro de professores da Educação Infantil, em conseqüência da nomeação dos concursados e do aumento da carga horária, para 40 (quarenta horas semanais). As alterações, vistas como um avanço no sistema educacional e uma conquista para a melhoria do ensino-aprendizagem, trouxeram, também, inquietação, dúvidas e muito trabalho para refazer o planejamento das ações administrativas e pedagógicas. Agora, tudo vai se normalizando e os educadores se adaptando à nova rotina de trabalho, empenhados numa convivência harmoniosa, comprometida com o bem comum. A supervisão pedagógica, por meio dos grupos de estudo, fortalece o sentido de equipe,

5

CENTRODEEDUCAÇÃOEDESENVOLVIMENTOSOCIALDAILHA-CRECHEDAILHA incentivando a colaboração mútua : unidos na missão de CUIDAR E EDUCAR. Educar, nos dias de hoje, é um grande desafio tanto para os pais como para os professores, considerando o contexto social em que vivemos. É comum ouvir falar na decadência dos valores morais, éticos e religiosos, com reflexos negativos no relacionamento de pais e filhos, alunos e professores, violência em todos os lugares. Fica claro a urgência de iniciativas de preservação e resgate dos valores esquecidos . A direção do CEDES/ CRECHE DA ILHA conta com o apoio das famílias e da comunidade em geral, para que os seus projetos sociais e pedagógicos possam cumprir os seus objetivos, alcançando todas as crianças e adolescentes a que se destinam. Em todas as atividades, a interação entre os participantes favorece a formação da cidadania. Com o projeto social “Tempo de Aprender” oferece atividades esportivas e culturais, nas seguintes modalidades:

Informática: 20(vinte) vagas - idade: 13 a 18 anos; Flauta doce: 20 (vinte) vagas - idade 06 a 12 anos; Jazz: 15 (quize) vagas - idade : 07 a 15 anos; Balé: 10 (dez) vagas - idade: 06 a 12 anos. CONVITE:

NoiteespecialnoCEDES. “SERESTA DANÇANTE”. “Comida de buteco” Ingresso R$ 5,00 Data: 11 de setembro, às 21h - Endereço: Rua 14, nº 850 - Participe

Revitalização do projeto

“tempo de viver” Insistimos em propor um novo estilo de vida para as pessoas idosas, por meio das chamadas oficinas de “Bem Estar”: cultura, lazer, dança de salão, alongamento, orientação psicológica e outros, para uma melhor qualidade de vida. O CEDES é o lugar certo para tocar a vida com mais alegria, otimismo, livre das pressões ou depressões. Esperamos por vocês toda 2ª feira às 19:30h.

Destaques: As aulas de capoeira, com vagas esgotadas e grande entusiasmo dos alunos, são ministradas pelo professor TETÊ. AS aulas de violão caíram no gosto dos jovens, vagas esgotadas.

Informações: a Secretaria do CEDES, rua 14, 850 - Ilha

O papel da Família no desenvolvimento da Criança

A

família ao longo dos anos passou por muitas transformações e forma de organização, deixando a forma tradicional pai, mãe e filhos e se organizando também só com um dos genitores, com os avós, os tios e outros, mas o certo, é que ainda tem o principal papel na educação e formação das crianças. É através dela que a criança inicia sua organização emocional, biológica, social e humana e é com ela que vivencia suas primeiras relações afetivas. Nos primeiros dias de vida a criança começa a estabelecer, através de suas necessidades fisiológicas - de fome e cuidados básicos - uma relação com seu familiar e, com elas sanadas, começa a vivenciar o aconchego e carinho do adulto que a acolhe. À medida que os primeiros anos passam, o outro começa a ser percebido não mais só como aquele que cuida das necessidades, mas também como aquele que a criança sente-se segura, amada. A partir daí o vínculo afetivo começa a ser firmado entre a família e a criança. O laço de amor vai se tornando a principal mola desse convívio. É importante que nessa relação familiar o pai confirme o lugar da mãe na família, que a mãe confirme o lugar do pai e que pai e mãe confirmem o lugar da criança. Os pais ou os familiares responsáveis precisam ser coerentes, fortes, estabelecendo o lugar de cada um dentro do contexto familiar. Assim a criança perceberá que tem um lugar especial para ela na família, que pode contar com as pessoas que ama, vivenciando sua infância com mais qualidade e se preparando de uma forma mais positiva para a vida adulta, com menos conflitos. A família no seu papel ao lado da criança precisa estabelecer dentre outros pontos: qualidade nos relacionamentos familiares; qualidade no tempo em que fica com a criança; paciência, apoiando e

participando de sua vida escolar, escutando o que ela tem a dizer para que assim, consiga mesmo que com todos os problemas e dificuldades sociais trabalhar auto-estima, autonomia, confiança, dignidade, respeito a si mesma e ao outro, pontos importantes para seu desenvolvimento. O CEDES - Creche da Ilha, através da Cidadania, tem estado ao lado dos pais, construindo um espaço de discussões e participação com um trabalho voltado para as famílias e suas dificuldades no dia a dia com os filhos. No dia 26 de agosto, um desses momentos aconteceu, abordando o tema proposto acima: O Papel da Família no Desenvolvimento da Criança e, ainda, falando da importância e parabenizando a todos os pais pelo seu dia. Márcia Mendes - Psicólga


A Voz da Ilha

6

Setembro/2010

A Vida ao Ritmo da Palavra de Deus

I

“Neste mês, a Igreja dá um destaque especial à leitura, meditação e vivência da Palavra de Deus.”

greja, neste mês de setembro, dá um destaque especial à leitura, meditação e vivência da palavra de Deus. É o chamado Mês da Bíblia. É claro que todos os dias e todos os meses são da Bíblia, dias e meses da Sagrada Escritura, da Palavra de Deus e dos valores do Evangelho, que orientam, norteiam e formam a pessoa na verdadeira vida humana e cristã. Mas, quando a Igreja dá destaque a um tema, como mês vocacional, mariano e outros, ela quer nos lembrar dos aspectos da vida cristã que merecem uma atenção especial, um agir de modo diferente do comum, do dia a dia. Neste ano a Igreja se debruçará para aprofundar o livro do profeta Jonas, um dos livros do Antigo Testamento, no qual Deus diz: “Levanta-te e vai à grande cidade”. Nesse envio de Deus, com certeza Jonas devia ir para evangelizar, para anunciar ao povo o que o Senhor queria que ele comunicasse, pois mesmo entre o povo escolhido, o povo de Israel, havia muitos rebeldes que não aceitavam os preceitos que o Senhor Deus lhe anunciara através de seu enviado, Moisés. Deixar-se plasmar pela Palavra – Esse envio “levanta-te, vai à grande cidade”,

Passagens aéreas nacionais e internacionais, cruzeiros e pacotes de viagens

(33) 3271-1755 Av. Minas Gerais, 372 - Centro Governador Valadares/MG

continua a ressoar hoje. Há muitas cidades grandes esperando que alguém lhes cominuque a Boa Notícia do Reino, os valores humanos e cristãos e sobretudo, lhes anuncie a esperança, a fé, o amor que constrói novo céu e nova terra. A grande cidade de hoje, certamente, é muito diferente da grande cidade do tempo do profeta Jonas. Os desafios são outros, sobretudo por serem as

grandes cidades das antenas, das parabólicas, da internet, da fibra óptica, capazes de levar novas mensagens, novos conteúdos aos povos mais distantes, até mesmo as pequenas comunidades. Estas acabam se tornando grandes, pois vivem os sonhos, a realidade complexa, quem sabe oculta ou

abertamente o desejo de viver como se estivesse numa grande cidade. Podemos perguntar-nos: que respostas as pessoas encontram na Palavra de Deus para seus problemas de hoje? Há quem anuncie essa Palavra de vida, de fé, de esperança e de amor? Será que Deus não está dizendo hoje a muitos de nós, cristãos, para que nos levantemos e saíamos para anunciá-lo ao seu povo, ao povo que está vivendo grandes interrogações? Anunciá-la as famílias, aos jovens, aos idosos e às crianças? O mundo, consciente ou inconscientemente, tem fome e sede de Deus, de alguém que dê respostas às próprias inquietações. E quem as poderá dar com credibilidade? A palavra de Deus. Nesse sentido, damos o título a esta matéria tendo presente um livro recente, publicado por Paulinas Editora: A vida ao ritmo da Palavra de Deus, deixar-se plasmar pela Palavra de Deus, do sacerdote italiano Amadeo Cencini. As pessoas que se deixam plasmar pela Palavra de Deus em seu dia a dia terão a graça de irem à grande e pequena cidade anunciar a Palavra, atendendo, hoje, ao mandato que Deus fez a Jonas: “Levantate e vai à grande cidade”. Fonte: Revista Família Cristã Jornalista Maria A. Garcia, FSP.


Setembro/2010

7

dicasdesaúde

Autocuidado: Essência da Existência Humana ...Se todos seus esforços forem visto com indiferença, não desanime. Porque também, o sol ao nascer, dá um espetáculo todo especial, e no entanto a maioria da platéia continua dormindo... Pe. Fábio de Melo artigo da Enfermeira Daniela Melo

Q

ual de nós não deparamos com a situação de passar pela experiência de cuidar de alguém da noite para o dia? De se doar intensamente, dias e noites pela pessoa cuidada e esquecer um pouco de nós mesmos? Sendo assim, o cuidador é um ser humano com qualidades especiais, expressas pelo forte traço de amor a humanidade, de solidariedade e de doação. Podemos definir o cuidador como alguém que ‘’cuida a partir dos objetivos estabelecidos por instituições especializadas ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, cultura e lazer da pessoa assistida’’. São pessoas na maioria das vezes leigas, assume funções para as quais, na grande maioria das vezes, não está preparada. Cuidado significa atenção, precaução, cautela, dedicação, carinho, encargo e responsabilidade. Cuidar é servir, é oferecer ao outro, em forma de serviço, o resultado dos seus talentos, preparo e escolhas; é praticar o cuidado. O cuidador tem que ser consciente e preparado para este ato solidário que é o cuidar. Deve ter conhecimento que irá cuidar não somente do físico, mas principalmente o lado sentimental, que, nesta fase é fragilizado, e é necessário ajuda e paciência por parte do cuidador e do paciente também. Cuidar é também perceber a outra pessoa como ela é, como se mostra, seus gestos e sua fala, sua dor e limitação. Percebendo isso, o cuidador tem condições de prestar o cuidado de forma individualizada e humanizada. E para envolver desta maneira, cuidador e paciente, é necessário um preparo emocional da pessoa que irá se expor como ferramenta de trabalho. A sobrecarga emocional vivenciada por quem cuida pode in-

terferir no cuidado prestado ao paciente e, devido ao nível de cuidados prestados o cuidador é levado a não prestar atenção nas suas próprias necessidades pessoais, podendo entrar em situação de crise manifestando sintomas como: tensão, fadiga, estresse, depressão, dificuldades para dormir, problemas de saúde, irritabilidade, além de participarem menos das atividades sociais. Sua saúde emocional depende de você cuidar de si mesmo. Pelo fato de estar focado em dar assistência somente as necessidades de saúde do paciente, é importante lembrar que precisamos e devemos preocupar conosco e dar lugar as nossas necessidades e nos sentirmos amparados por alguém. Sendo assim, devemos praticar o autocuidado que significa cuidar de si próprio, são as atitudes imprescindíveis que deve ter em seu benefício, referindo aos cuidados que o cuidador deve ter consigo com a finalidade de preservar sua saúde e melhorar a qualidade de vida. Tudo que existe e vive, precisa ser cuidado para continuar existindo, principalmente o cuidador Algumas dicas podem ajudar a preservar a saúde e aliviar a tarefa do cuidador: • O cuidador deve contar com ajuda de outras pessoas e definir dias e horários para cada um assumir parte dos cuidados. Esta parceria permite ao cuidador tempo livre para se cuidar e distrair. • Reserve alguns momentos do seu dia para descansar, praticar alguma atividade física, como por exemplo: caminhar, fazer crochê, tricô, bordados. • Sempre que possível, aprenda alguma atividade nova, participe das atividades de lazer do seu bairro, faça novos amigos e peça ajuda quando precisar. Daniela Melo S. Fernandes - Enfermeira AAPEC

Aviario da Ilha MERCEARIA E SACOLAO RUA 12, 26 - 3275-1191


A Voz da Ilha

8

Setembro/2010

amaiamai

Notícias No dia 16 de agosto aconteceu no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora Aparecida, uma reunião da AMAI com ampla participação da comunidade, comparecendo cerca de 300 moradores. Estiveram presentes representando o governo municipal, o Secretário de Planejamento Jaider Batista, Secretária de Comunicação Áurea Nardely e a Procuradora Fiscal Rosemary Mafra, contando também com a presença do Vereador Heldo Armond. Entre os temas discutidos estavam à rede de vizinhança protegida e a proposta do governo municipal de ligar a Ilha dos Araujos ao futuro Parque Municipal nas imediações do Pico do Ibituruna.

Heldo Armond, Jaider Batista, Danilo Gomes e Clero Junior

O presidente da AMAI Danilo Gomes e o vice Clero Junior, expuseram sobre as obras conquistadas no OP (Orçamento Participativo), mas que ainda não começaram. Cobrando dos representantes da prefeitura, Clero destacou as conquistas da Associação, reafirmando a obra em andamento que é a revitalização do entorno da ponte e que tem inserido no projeto, a cobertura das laterais da ponte. Danilo Gomes destacou que está em pleno andamento a implantação da rede de vizinhança protegida com reuniões periódicas no Salão Paroquial. O Secretário Jaider Batista esclareceu que as obras estão no orçamento de 2010 tendo ainda um prazo para o poder público iniciar. Esclareceu que existe uma

Leveessaqualidadeparaseumunicípio

Rua Trinta e Seis, 497 - Ilhas Telefone: (33) 3277-4951 Gov. Valadares

Estamos de olho

E

proposta da atual administração para construir um Parque Municipal mas que ainda não tem um projeto pronto. A idéia é que teria uma passarela de acesso da Ilha direto ao parque. O sociólogo Dirley Henriques defendeu o posicionamento da AMAI afirmando que a associação dos moradores é favorável ao projeto do Parque e compreende da sua extrema necessidade para o município, uma vez que não existe infra-estrutura de lazer que possa congregar nossos concidadãos e que uma das poucas existentes é o próprio bairro Ilha, espaço de grande visitação e local de caminhadas. A AMAI questiona firmemente a ligação da Ilha ao Pico do Ibituruna. Segundo Dirley, o posicionamento da AMAI é em função de diversas preocupações dos moradores que precisam ser esclarecidas: falta de áreas de estacionamento no bairro o que inundaria as ruas de carros trazendo naturalmente o aumento de arrombamentos a veículos e flanelinhas; o trafego na ponte seria permanentemente congestionado; com a passarela traria o comércio ambulante; descaracterização do bairro; forte im-

pacto ambiental na vegetação ciliar; forte impacto social; desvalorização dos imóveis; conexão de áreas de alto risco com de baixo risco ocasionando o aumento da violência, uso de drogas

e prática sexual já comum nas margens do rio; falta de certeza que o pontilhão permanecerá fechado no futuro, devido ao aumento natural da população e da necessidade de escoar a circulação de pessoas em direção ao centro. A AMAI defende ainda o resgate das propostas iniciais do projeto de integração: Ibituruna Sustentável conectando a Ibituruna no Parque e este a área da antiga Feira da Paz, destacando ainda que dessa forma geraria uma opção de renda para a comunidade do Bairro São Tarcísio, que tinha na antiga Feira da Paz, uma alternativa de emprego e renda. O projeto pode resgatar o Bairro como símbolo da identidade cultural do município com o comércio, tropeirismo e o Rio Doce. Foi destacado ainda que esta ligação fomentaria o desenvolvimento da comunidade do São Tarcísio, uma vez que Valadares tem uma dívida histórica com o São Tarcísio onde iniciou colonização da cidade e região. O projeto traria um reforço na identidade histórica do Marco Zero da cidade. A comunidade deu grande apoio ao posicionamento da AMAI se manifestando calorosamente contra a ligação da Ilha ao Parque.

m uma de nossas últimas edições da ‘Voz da Ilha’ comentamos a respeito da falta de colaboração dos moradores do nosso bairro no tocante à colaboração do lixo gerado em nossas casas e descartado de qualquer maneira sem a observância dos dias de coleta específica com relação ao lixo úmido e seco. Chegamos a publicar uma foto de um prédio com lixo espalhado pela calçada. Infelizmente ainda esta acontecendo em alguns outros locais, mas o prédio em questão, colocou um belo e robusto cesto de lixo que a nosso ver, soluciona de vez o problema levantado e queremos nesta oportunidade, parabenizar os moradores que entenderam e atenderam as nossas propostas de cidadania e vida em comunidade. Aproveitando para reproduzir a foto, agora com a lixeira já devidamente fixada. Muito obrigado, Jairo P. Rezende - membro da AMAI


Setembro/2010

9

dízimodízimodízimo

“Dai de beber a quem tem sede”

“Todo aquele que der ainda que seja somente um copo de água fresca a um destes pequeninos, porque é meu discípulo, em verdade eu vos digo: não perderá sua recompensa”. (Mateus10,42)

N

ão acredito que haja dentre nós alguém que tenha negado um copo d’água a quem quer que fosse. Dar de beber a quem tem sede pode, de início, parecer a mais simples das obras de misericórdia. Será? Há que se redimensionar essa proposta de Deus. Na maioria do território brasileiro somos agraciados pela abundancia de mananciais de água doce. Outras regiões, porém, padecem pela falta dela. Despreocupados, nos esquecemos que a água é um recurso natural limitado. De toda água do planeta, apenas 2% é doce. Cada vez que a desperdiçamos, seja na lavagem do carro, nos banhos demorados em nossos chuveiros, ou na torneira aberta desnecessariamente na cozinha, estamos determinando a falta de água para milhares, talvez milhões de pessoas. O Assoreamento e a poluição dos rios condenam a humanidade à morte. Uma morte lenta. Podemos oferecer um copo de água a quem quer que seja e isso será uma prática de generosidade e acolhida bem vinda às

virtudes de santidade. Porém, quando a desperdiçamos fazemos parte desta destruição. O mundo tem sede de Deus. Somos chamados a sermos leitos da graça aos sequiosos do amor divino. Desejar ser canal da graça e ao mesmo tempo não se tornar responsável pela natureza, é contradição. A prática do dízimo desperta a consciência comunitária. Seja você também um agente da paz e da justiça e que a Igreja seja sempre porto seguro aos que estão a deriva no oceano da vida. Seja voz daqueles que a perderam devido às injustiças.

Exercícios de Misericordia

Oração

1. Crie você, em sua casa, meios e regras de preservação e economia: Estipule tempo para os banhos; feche torneiras e evite lavar calçadas com água tratada; varra o chão antes de lavá-lo. 2. Torne-se um(a) defensor(a) contra o desperdício da água: eduque seus filhos falando sobre a importância da preservação da fontes naturais converse a respeito com amigos e parentes e denuncie o desperdício em todas as oportunidades. 3. Participe das campanhas promovidas pela Igreja, como a campanha da fraternidade. Promova em sua rua, condomínio, bairro os encontros de reflexão.

“Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.” (Mt 5,6)

AniversariantesdeSetembro Anestor Felipe Rocha - 15/09 Maria Iolanda Pereira Queiroz - 16/09 Parabéns! Felicidades! Que Deus continue derramando sobre vocês e seus familiares muitas bênçãos.

Deus Pai e Criador! Quão bela é Tua criação. Toda ela proclama a Vossa misericórdia. Que Teu Santo Espírito instrua minha alma e meu coração para que eu te reconheça através de Tuas obras. Perdoe-me o desperdício e o mau uso da água: vida de meus irmãos e irmãs. Amém!

Pastoral do Dízimo

PRÓXIMA REUNIÃO:DIA14/09/2010ÀS 19H30, NO CENTRO COMUNITÁRIO, SE VOCÊ DESEJA CONHECER A PASTORAL VENHA PARTICIPAR CONOSCO.

ATENÇÃO:Asmissasderesponsabilidadedapastoraldodízimoacontecem todo 3º Sábado e Domingo do mês. Agende para não esquecer.

TELE-JÓIAS - CONSERTOS 3271-4044 / 9102-9374 Jairinho busca e entrega Chamem-me / Appelez-moi Voku Min / Call Me Rua 20, 251 - Ilha dos Araújos


10

A Voz da Ilha

Setembro/2010


Setembro/2010

11

catequese AGENDA DA CATEQUESE SETEMBRO: 04/09 - Terço com os catequistas 10/09 - Reunião de coordenadores 13/09 a 16/09 - Semana de Estudo Bíblico, para pais, catequistas, pastorais e convidados 26/09 - Celebração da 1ª comunhão

ANIVERSARIANTES Pré-catecumenato: 05 - Mirelle Magalhães Coelho 10 - Alisson Caldas Dias 26 - Beatriz Martins M. do Monte Perseverança e Mini-Jovem: 03 - Pâmella Carvalhos Schenatto 09 - Arthur Rodrigues Fialho 12 - Bruno Pereira Marques 26 - Júlia Coelho 31 - Jhully Rezila dos Anjos Catequista: 11 - Diana Maria Soares “Caminhem confiantes, porque o Senhor está no meio de nós” Felicidades!!!

ANIVERSARIANTES COROINHAS Parabéns aos ANIVERSARIANTES COROINHAS, que Deus derrame sobre vocês muitas bênçãos pela intercessão de São Tarcísio e de São Domingos Sávio aumentando-lhes a piedade e o desejo sincero de Servi-lo sempre com alegria.

30 - Bruno Bicalho / 06 - André Brito

Ecoando...


A Voz da Ilha

12

Galeria Infantil

Tia Rita

Escolher um caminho de vida é importante para criar uma nova história Leia Lucas 13, 22-30. Encontre no caça-palavras sete atitudes que levam à porta estreita.

Setembro/2010

Gabriela de Oliveira Vasconcelos, filha de Márcia Silva Oliveira e Ademir Rodrigues Vasconcelos. completa 6 anos no dia 07 de setembro. Parabéns! Que Deus te ilumine e abençoe sempre. Felicidades! Eu sou a Júlia, um presente de Deus. Alegria de meus pais e avós. Da Vovó e Vovô corujas, Benjamin e Inez


Jornal "A Voz da Ilha" - Setembro de 2010