Page 1


Palavra do Pároco Tempo favorável

E

sse número do NOVO TEMPO é especial, como especial é o tempo litúrgico que estamos iniciando, a Quaresma. Dois horizontes são apresentados: a Campanha da Fraternidade – que esse ano versa sobre a juventude – e nossa Campanha 40 Dias no Deserto. A primeira situar-nos-á frente à bela realidade, e às vezes machucada realidade, dessa etapa da vida e da juventude brasileira no contexto atual, assim como aos desafios da evangelização dos jovens. A segunda é uma proposta de caminho espiritual para você viver pessoalmente, mas sempre num profundo sentimento de ser Igreja, de experimentarse como Corpo de Cristo. Na consciência de sermos Corpo de Cristo, peço a todas as famílias de nossa Paróquia que se abram para acolher os jovens peregrinos que virão para a Semana Missionária em julho, em preparação para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. O acolhimento favorável dos tempos e dos ritmos da vida nos convidam a iluminar o cotidiano com a Palavra, percebendo que o Espírito nos fala e nos conduz HOJE, como o fez com Jesus: “Cheio do Espírito Santo, voltou Jesus do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto” (Lc 4, 1). Aonde o Espírito nos conduzirá? De que forma estaremos abertos à sua voz? Como nos prepararemos para acolher esse tempo favorável? Pois, “agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação” (2Cor 6, 2). Vamos juntos, pois, como Paróquia, abraçar essa dinâmica, preparando-nos para a Páscoa do Senhor. Que cada um se coloque numa perspectiva de conversão e numa postura de serviço naquilo que for pedido. Saúde e Paz! Pe. Sérgio Luiz e Silva, CSsR. www.padresergio.com Facebook: falecompadresergio@gmail.com

Campanha da Fraternidade 2013

Eis-me aqui, envia-me! P

aroquianos, sacerdotes, jovens e seminaristas das comunidades vocacionais Santo Afonso e São Clemente se reuniram no Salão Paroquial da Igreja da Glória no dia 7 de fevereiro para refletir sobre a Campanha da Fraternidade, que em 2013 tem como tema “Fraternidade e Juventude” e como lema “Eis-me aqui, envia-me (Is 6,8). A partir de um vídeo produzido pela CNBB, o Superior da Província Redentorista do RJ-MG-ES, Padre Vicente de Paula Ferreira, CSsR, levou a assembleia a pensar sobre o papel da juventude na sociedade, seus anseios, seus desafios e seu lugar no mundo. “O tema da Campanha da Fraternidade deste ano é muito instigante, desafiador, mas, ao mesmo tempo, bonito e alegre”. Padre Vicente, que também integra a Comissão Nacional da Juventude Redentorista, destacou ainda a força das novas tecnologias junto à juventude. “Se você quiser encontrar o jovem, o procure nas redes sociais.” O protagonismo da juventude ainda foi lembrado, no que diz respeito à solidariedade. “Este talvez seja um grande atrativo: a valorização da pessoa humana”. O Provincial encerrou a noite deixando duas questões para reflexão, pontos, segundo ele, bastante citados pelos jovens ao longo dos encontros dos quais vem participando: “Quem realmente me ama e qual realmente será meu lugar na sociedade?” Ano da Juventude A Campanha da Fraternidade marca o início dos preparativos para uma série de eventos, que culminam com a Jornada Mundial da Juventude, entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. Antes, no dia 22 de julho, jovens redentoristas de todo o mundo se reúnem em Aparecida (SP), para a Jornada Afonsiana. Além disso, as comunidades da Província do Rio de Janeiro já vivem o clima da Jornada, com a peregrinação da cruz redentorista, o ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e a relíquia do Beato Gaspar Stangassinger, que chegarão à Paróquia da Glória em maio, junto com os ícones da JMJ. No âmbito paroquial, 160 pessoas estão organizadas em grupos para refletir sobre a CF 2013. Sílvia Carvalho


O SENTIDO DE DESERTO

Existe Água

“Cheio do Espírito Santo, voltou Jesus do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto, onde foi tentado pelo demônio durante quarenta dias.” (Lc 4, 1-2a)

Também nós queremos que o Espírito Santo nos conduza ao deserto! Na tradição bíblica e também nos primeiros séculos da Igreja, o deserto é considerado um lugar especial de encontro com Deus: “Por isso a atrairei, conduzi-la-ei ao deserto e falar-lhe-ei ao coração.” (Os 2, 16) Ir ao deserto com Jesus durante este tempo de quaresma – ou outro tempo que você mesmo eleger (não necessariamente a quaresma) – é colocar-se no firme propósito de ter um encontro com Deus e com nossa própria verdade. O deserto não é um lugar, mas uma disposição espiritual. Os “demônios” que precisamos enfrentar estão, antes de tudo, dentro de nós. São nossos próprios traços de personalidade, inclinações, atitudes que precisam ser reconciliados ou até mesmo vencidos, “exorcizados” para vivermos debaixo da Vontade de Deus. Uma batalha que se trava no decorrer de toda a vida. Sempre precisaremos de mudança, conversão. Ninguém se sinta pronto por ter percorrido um determinado trecho de sua senda espiritual. Sempre haverá a necessidade de se colocar novamente a caminho, de se confrontar, de mudar, de crescer. É tarefa de uma vida inteira. É preciso ainda lembrar que, sem a graça de Deus, toda ascese (disciplina espiritual) é vã. A iniciativa é de Deus! É o Espírito Santo quem conduz Jesus ao deserto. “Porque é Deus quem segundo o seu beneplácito, realiza em vós o querer e o executar.” (Fp 2, 13)

ENTRANDO NO DESERTO

Entre no deserto! Mas entre com a determinação de abrir-se à Palavra e à Graça de Deus. Ninguém julgue estar pronto para essa empreitada por si mesmo. Não temos que provar nada a Deus. Não temos que “obrigá-lo” a fazer algo por nós, pois suas ações em nosso favor são sempre amorosas. O jejum é uma prática voltada para nosso crescimento e não para um Deus que exige sacrifício. Jesus já realizou o único e definitivo sacrifício, oferecendo-se por todos nós na cruz (Hb. 10, 10). Os 40 DIAS nos lembram os 40 dias que Jesus esteve no monte das tentações. O tempo dedicado ao jejum é reservado para buscar o Senhor, mesmo em meio às atividades cotidianas. Em Mt 6, 1-18, vemos como Jesus indica o jejum, a oração e a esmola como sinais característicos da vida de um cristão fiel. Em alguns momentos de decisão, porém, somos convocados a intensificar nossa comunhão com o Senhor. Outro fator importante em um tempo de jejum é o propósito que nos move a fazê-lo. Um jejum sem propósito definido é como vagar num túnel escuro, sem se saber de onde ou para onde se vai. Olhando as Sagradas Escrituras, encontraremos muitas razões que levaram as pessoas ao jejum. Se vamos jejuar temos que ter objetivos firmes e claros pelos quais lutar: • Estar com Deus; receber sua Palavra e alguma orientação concreta; interceder por alguém ou alguma situação; enfrentar o “inimigo” e suas tentações; etc...

COMO FAREMOS NOSSO JEJUM?

Jejuaremos às QUARTAS E SEXTAS-FEIRAS durante o período de nossa Campanha, como estará indicado no


no deserto! roteiro à frente. Mas, durante os 40 dias, evitaremos alimentos pelos quais buscamos mais saciar nosso gosto do que as necessidades de nosso organismo (doces, refrigerantes, excesso de frituras ou outros alimentos que constituem hábitos alimentares aos quais estamos apegados). Além disso, evitando extravagâncias, vamos escolher entre duas opções: • Iniciar a alimentação diária só a partir das 12h, ou simplesmente cortar uma das refeições do dia. Cuidado somente para não “descontar” na próxima refeição para compensar o que não foi comido. Pessoas que fazem uso de medicação devem estabelecer o jejum em conformidade com o horário dos remédios, bem como aquelas com problemas de pressão alta, diabetes ou outro tipo de limitação de saúde ou restrição alimentar podem fazer jejum de televisão, conversas ou outras coisas. Mas lembre-se: inicialmente o jejum consta de algum sacrifício na alimentação.

Sangue e Água, fontes da Eucaristia e do Batismo. Optei por não colocar o dia do mês e da semana no roteiro para que você possa usá-lo em qualquer época do ano. Certamente será de muito proveito espiritual para você repetir este roteiro em algum outro momento. Procure sempre ter com você UM COPO COM ÁGUA para rezar a cada dia, sempre terminando por beber da água. Se você tiver Água Benta, tanto melhor. Na Solene Vigília Pascal, no Sábado Santo, quando você renovar suas promessas batismais e ao ser aspergido pela água, você o fará com muito mais profundidade. Tenho certeza disso. Faça a experiência!

Oferecimento Diário da Oração e Jejum

Pai misericordioso que sondas todas as coisas e que vês o que está oculto, dedico este dia de oração (e jejum) para que eu possa entrar em comunhão profunda com teu amor. Inspira-me com tua luz, defenda-me com tua graça, santifica-me com teu Espírito. Possam UM CAMINHO ORACIONAL COM A PALAVRA me valer o preciosíssimo sangue de Jesus, a intercessão Serão 40 DIAS no deserto bebendo da água da vida. da bem-aventurada Virgem Maria e dos Arcanjos MiAs meditações irão possibilitar sua reflexão sobre diversos textos bíblicos que se referem à água. O centro é Jesus. guel, Gabriel e Rafael. Jesus, Fonte de Misericórdia que jorra do Trono, que É Ele a Fonte de Água Viva que sacia nossa sede. Seremos conduzidos até o Monte Calvário, na Sexta-feira Santa comunicas o Espírito Santo sem medidas, peço-te: dá– nosso último dia de oração e jejum – e, dali, à Páscoa me da tua Água Viva (repita 3x)! Amém. do Senhor, manancial inesgotável de vida nova. Contemplaremos o peito aberto do Senhor, deixando dele jorrar


Roteiro para a Campanha 1º dia: Água Primordial

Pela virtude das águas primordiais das quais tudo foi criado, para que minha origem seja recriada no amor, bendita seja esta água! Medite em Gênesis 1, 1-10. Deus é a origem de todos os seres, do universo inteiro. Pense em toda beleza que existe ao nosso redor e isto é apenas um pequeno grão de areia, diante do universo. Igualmente é maravilhosa a vida humana. A água aí está. Assim como o Espírito Santo pairava sobre as águas, deixe que Ele paire sobre sua origem. Entregue o período de sua gestação nas mãos de Deus. Beba do copo com água!

2º dia: Água de Renovação

Pela renovação feita com as águas do dilúvio, para que tudo em mim se renove, bendita seja esta água! Medite em Gênesis 7. Foi necessário um novo início para a humanidade. As águas vieram para tirar a maldade que tinha tomado conta das pessoas. O que as águas precisam “inundar” para que seja renovada sua vida? Ao tomar hoje seu banho, peça esta renovação. Vá se preparando para fazer uma boa confissão nesta quaresma. Beba do copo com água!

3º dia: Água da Aliança

Pela Aliança que fizestes com Noé e toda a humanidade pelo Arco colocado no céu, para que eu tenha sempre firmada em mim tua Aliança, bendita seja esta água! Medite em Gênesis 9, 8-17. Agradeça a Deus pela Aliança que Ele fez com você e com toda a humanidade. Cada vez que vejo um arco-íris vejo nele um sinal do amor salvador de Deus. Procure interiorizar este sinal e, ao ver um arco-íris, veja nele esta manifestação simples e bela da natureza que nos fala de algo sobrenatural. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

4º dia: Água da Providência

Pela providência nas águas das quais Moisés foi salvo, para que a Providência Divina atue em minha vida, bendita seja esta água! Medite no Êxodo 2, 1-10. A Providência divina tem muitas formas de agir. Esteja hoje consciente da ação da Providência, mesmo quando tudo parece incerto. Você perceberá que ela chega a você nos pequenos detalhes. Como sempre gosto de dizer: Deus está nos detalhes! Beba do copo com água!

5º dia: Água de Libertação

Pela libertação operada no recuo das águas do Mar Vermelho, para que todo jugo de escravidão se quebre em mim, bendita seja esta água! Medite no Êxodo 14, 21-31. Lembre-se da música que diz: “Se diante de mim não se abrir o mar, Deus vai me fazer andar por sobre as águas”. Creia nisto! Seus problemas podem ser grandes, mas o seu Deus é maior. Ele liberta você do poder do inimigo. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

6º dia: Água de Purificação

Pela purificação das águas amargas que se tornaram apropriadas no lançar do madeiro, para que toda amargura seja retirada de mim, bendita seja esta água! Medite no Êxodo 15, 22-27. O que anda amargo em você? Você tem sido amargo com os outros? A cruz de Jesus é o “madeiro” que tem o poder de tirar a amargura da sua alma. Seria interessante você fazer uma infusão com alguma erva amarga para beber. Beba do copo com água!

7º dia: Água do Rochedo

Pela sede saciada através da água que jorrou da rocha no Horeb, para que seja retirada de meu coração a dureza, bendita seja esta água! Medite no Êxodo 17, 1-7. Tire do seu coração a murmuração que produz dureza. Jesus é o Rochedo que nos dá água viva. Não reclame de nada, hoje. Talvez você perceba que ao abraçar este propósito, situações que o levem a reclamar apareçam ainda mais. É sinal que você está no caminho certo. Beba do copo com água!

8º dia: Água de Intercessão

Pela ação intercessora dos sacerdotes que abrem as águas, para que meus caminhos sejam abertos, bendita seja esta água! Medite em Josué 3,1­-17. Cremos na comunhão dos santos. A oração de todos os fiéis em Cristo é bênção em nossa vida. Em especial, o Senhor deixou em sua Igreja os sacerdotes para abençoar. Se possível, procure hoje a bênção de um sacerdote. Beba do copo com água!

9º dia: Água do Combatente

Pelo chamado feito aos guerreiros de Gedeão, para que eu me torne um guerreiro do Senhor em todas as suas batalhas, bendita seja esta água! Medite em Juízes 7, 1-7.


O guerreiro de Deus vai além daquilo que se espera dele. Ele está sempre pronto para guerrear, sempre “de pé”, priorizando a batalha do Senhor e não a si mesmo. Este é o sentido do gesto daqueles 300 separados para a batalha. Estarei entre eles? Beba do copo com água!

10º dia: Água da Provisão

Pelo cuidado divino manifestado nas águas da torrente de Carit das quais bebeu o profeta Elias, para que eu seja sempre conduzido à Fonte, bendita seja esta água! Medite em 1Reis 17, 1-6. Deus sempre proverá uma fonte para você em meio à “seca” da vida. Creia que Ele proverá uma torrente para suprir suas necessidades. Profetize esta Palavra especialmente para alguma área de sua vida que precise de uma nova provisão. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

11º dia: Água da Promessa

Pelas águas profetizadas por Eliseu, mesmo quando tudo parece mostrar o contrário, para que eu me abra às promessas de Deus, bendita seja esta água! Medite em 2Reis 3, 13-20. Nem sempre os sinais da bênção de Deus são claros. Eles podem não ser notados, mas a bênção vem. O verdadeiro servo espera nas promessas do Senhor e não nos seus sinais. Deus busca homens e mulheres que vivam nesta perspectiva. Poderá contar com você? Beba do copo com água!

12º dia: Água de Restauração

Pela cura operada no sírio Naamã ao banhar-se nas águas do Jordão, para que meu corpo seja preservado na saúde, bendita seja esta água! Medite em 2Reis 5, 1-19. Se Deus lhe diz algo, faça. Isto levará você à cura. Banharse sete vezes é sinal de perseverança (uma após outra) e aponta a plenitude (o número 7). Persevere e você será conduzido à plenitude de Deus. Ao beber da água hoje, faça isto em sete goles, pedindo, um após outro, para que a cura do Senhor se estenda a todo seu ser. * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

13º dia: Água de Frutificação

Pelas águas que banham as raízes plantadas à margem dos regatos divinos, para que meu ser seja sempre irrigado com a graça, bendita seja esta água! Medite no Salmo 1. Que promessa forte da parte do Senhor! Certifique-se de que sua vida está em Deus, pois você dará frutos na época apropriada e o que você empreender, prosperará. Beba do copo com água!

14º dia: Água de Refrigério

Pelo zelo do Bom Pastor que conduz as ovelhas às águas de refrigério, para que eu possa atravessar incólume os desertos da vida, bendita seja esta água! Medite no Salmo 22. O que importa é ser conduzido pelo Bom Pastor, mesmo quando se atravessa os vales escuros. Ele nunca deixará você morrer de sede. Reze este Salmo hoje pelo menos três vezes em horas diferentes do seu dia. Beba do copo com água!

15º dia: Águas de Fertilidade

Pelas águas que correm e fertilizam a terra, para que meus projetos sejam fertilizados e meu ser se rejubile em louvor ao Senhor, bendita seja esta água! Medite no Salmo 64. A divina fonte está jorrando em sua vida. Mas de que adianta isto se você não lança boas sementes através de projetos concretos de crescimento? Faça a sua parte! Beba do copo com água!

16º dia: Água do Florescimento

Pelas águas que o Salvador faz correr pela terra, fazendo florescer a justiça, para que a abundância da paz venha à minha casa, bendita seja esta água! Medite no Salmo 71. Jesus é o cumprimento de todas as promessas messiânicas. Adore o Senhor dos senhores. Passe o dia de hoje em louvor por tudo que Jesus é e faz em sua vida e na terra inteira. Se possível, faça um momento de adoração ao Santíssimo. Beba do copo com água!

17º dia: Água do Clamor

Pelas águas que irrigam a terra árida com uma nova esperança, para que minh’ alma seja saciada pela divina presença, bendita seja esta água! Medite no Salmo 142. Clame ao Senhor. Tenha sede d’Ele como a terra seca tem sede das águas. Clame por você e por todos os necessitados. É bom tirar os olhos apenas de si e perceber que existem pessoas que passam por angústias tremendas. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

18º dia: Água da Fonte

Pelas águas da nascente protegida e da fonte selada pelo amor, para que minha vida seja guardada e selada pelo Divino Espírito, bendita seja esta água! Medite nos Cânticos 4, 12-16. Imagine um lindo jardim, cercado e banhado por uma fonte que se encontra em seu centro. Assim é a alma daquele que confia no Senhor. Você é este jardim. A fonte é o centro do seu ser. Ao ver um jardim, contemple ali Deus cuidando de você. Beba do copo com água!


19º dia: Água da Sabedoria

Pelas águas da sabedoria que jorram do interior daquele que vive em comunhão com o Senhor, para que eu seja fortalecido e me torne inabalável nas provações, bendita seja esta água! Medite no Eclesiástico 15, 1-4. Tantos pedem tanta coisa e não buscam o essencial: a sabedoria! A busca da sabedoria deveria ser uma prioridade na vida de cada um de nós. Peça-a, insistentemente, ao Espírito Santo. “Dá-me, Senhor, a sabedoria que partilha do vosso trono.” (Sb 9,4ª) Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

20º dia: Água do Manancial

Pelo manancial das águas de salvação prometidas por Deus através do profeta Isaías, para que eu sempre possa delas haurir, bendita seja esta água! Medite em Isaías 12. Imagine um poço de águas cristalinas e puras. Pela sua oração você lança bem ao fundo o balde para recolher esta água. Esta água lhe dá forças e afasta todo medo. Beba do copo com água!

21º dia: Água da Primavera

Pelas águas que se derramam do alto e mudam o deserto em vergel, para que semeie à margem de todos os cursos de água que o Senhor me dá, bendita seja esta água! Medite em Isaías 32, 15-20. Seja generoso ao semear a Palavra, a bondade, a gentileza, o sorriso, a solidariedade... Todas as circunstâncias podem se tornar cursos de água jorrando em seu caminho. Esteja atento ao dia de hoje para perceber como isto se dá. Não procure condições ideais, elas se apresentam na própria rotina. Beba do copo com água!

22º dia: Água do Crescimento

Pelas águas que jorram no deserto e as torrentes na estepe, para que possa crescer em mim tudo aquilo que me eleva, bendita seja esta água! Medite em Isaías 35. Caniços e papiros brotam em regiões alagadas e não nos desertos e estepes, mas quando Deus libera sua Palavra que tudo cria e transforma, tudo se torna possível. Isto mostra que a ação da graça de Deus pode fazer crescer em você tudo aquilo que o elevará verdadeiramente. Esteja aberto e você verá esta bênção acontecendo. Beba do copo com água!

23º dia: Água da Fidelidade

Medite em Jeremias 2, 10-13. Pela verdadeira água que não pode ser contida nas cisternas fendidas da autossuficiência, para que a fidelidade seja a marca de meus relacionamentos, bendita seja esta água! Renove hoje sua fidelidade a Deus. Renuncie às crendices, superstições e doutrinas falsas. Renove também sua

fidelidade nos relacionamentos que você mantém. Lembre-se do que diz o Senhor na Carta aos Hebreus: “O meu justo viverá pela fé”(Hb 10, 38). Outras traduções trazem o verbete fidelidade. Beba do copo com água!

24º dia: Água de Cura

Pela força de restauração nas águas que correm do templo, que por onde passam tudo sanam, para que meu ser por elas seja restaurado, bendita seja esta água! Medite em Ezequiel 47, 1-12. Deixe que a água viva do Senhor envolva todo o seu ser. Silencie e medite nesta água envolvendo cada área de sua vida, sanando, restaurando, curando e despertando novos potenciais. Num gesto consciente, regue uma planta que você tiver em sua casa e medite, enquanto você faz isto. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

25º dia: Água das Estações

Pelas águas que jorram no inverno e no verão e que correm em todas as direções, para que o reinado do Senhor se estenda em todas as dimensões do meu ser, bendita seja esta água! Medite em Zacarias 14, 6-9. Falar em dimensões da vida é mais do que falar das áreas. As dimensões implicam o espírito, a alma (mente e sentimentos) e o corpo. É o seu ser se expandindo por igual. Esta é uma perspectiva que, infelizmente, poucos cristãos têm consciência e, por isto, deixam de desfrutar uma vida vitoriosa. Beba do copo com água!

26º dia: Água da Filiação

Pela declaração de amor feita pelo Pai a Jesus nas águas do Jordão, para que eu acolha, na emanação do meu Batismo, a afeição do Pai por mim, bendita seja esta água! Medite em Mateus 3, 13-17. Pelo Batismo, o Pai deposita em nossa vida a mesma afeição que Ele colocou em Jesus. Receba este bem-querer que amoriza, integra, conduz e faz você caminhar positivamente em todas as circunstâncias. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

27º dia: Água do Serviço

Pela gratuidade manifesta no copo com água que se oferece a um pequenino, para que minha vida se torne serviço em todos os meus gestos e palavras, bendita seja esta água! Medite em Mateus 10, 40-42. O discípulo de Jesus serve em todos os momentos. O cotidiano é cheio de oportunidades para prestar pequenos serviços, especialmente aos mais necessitados. Perceba como você tem exercido este serviço e faça de cada gesto seu, um gesto de serviço generoso. Beba do copo com água!


28º dia: Água do Jordão

Pela conversão sinalizada nas águas do Jordão onde João batizava, para que eu me converta de todo pecado, bendita seja esta água! Medite em João 1, 19-28. Entre nas águas da conversão com João para provar o fogo do Espírito Santo que Jesus envia sobre seus discípulos. Ele é quem batiza no Espírito Santo. Cultive um espírito de humildade. Não deixe que o orgulho domine você. Beba do copo com água!

29º dia: Água da Multiplicação

Pela abundância comunicada na água transformada em vinho nas bodas de Caná, para que se multiplique o que falta em mim, bendita seja esta água! Medite em João 2, 1-12. Este texto é tão rico em cada detalhe. Coloque-se no lugar de cada um dos personagens e, por fim, deixe que Jesus transforme as águas no bom vinho de tudo aquilo que ainda falta em sua vida. Você pode, simbolicamente, beber hoje um cálice com vinho. Faça-o de forma meditada. Beba do copo com água!

30º dia: Água da Transformação

Pelo dom da Graça divina prometida por Jesus à samaritana na água por Ele oferecida, para que eu receba a água da vida, bendita seja esta água! Medite em João 4, 1-42. Acompanhe cada etapa desta história. Há uma evolução na abertura da samaritana, à medida que ela se deixa confrontar pela presença de Jesus. Resultado: ela se torna uma nova mulher; encontrou um amor que procurava e que nunca poderia ser achado em criatura alguma, mas só em Deus. Passe pelo processo de transformação operado na vida da samaritana. Receba da água da vida que Jesus oferece e testemunhe sua fé. Beba do copo com água!

31º dia: Água do Anjo

Pela presença do Anjo movendo as águas por ele visitadas e que a todos curava, para que eu mergulhe neste banho restaurador, bendita seja esta água! Medite em João 5, 1-18. Água parada, ao invés de produzir vida, produz morte. Não basta ter água dentro de você, se sua vida espiritual está estagnada. O que precisa entrar em movimento em seu ser? Que áreas estão “paralisadas”? Deixe o movimento do Anjo chegar às regiões profundas de sua alma. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

32º dia: Água do Espírito

Pela fonte plantada pelo Espírito Santo, como água que corre do interior de quem crê, para que a fecundidade me siga por onde eu for, bendita seja esta água! Medite em João 7, 37-39.

Que maravilhosa promessa feita por Jesus. Você não só beberá da Água que Ele oferece, mas terá plantados em seu interior rios de água viva. Veja que está no plural: rios! É a plenitude comunicada a você pelo Espírito Santo. Creia e rejubile-se. Beba do copo com água!

33º dia: Água da Visão

Pela visão restituída ao cego ao lavar seus olhos nas águas da piscina de Siloé, para que meus olhos se abram e eu veja o caminho que devo seguir, bendita seja esta água! Medite em João 9. Um dos mais significativos textos do Evangelista João: o cego que chega a ver, pela fé. Este texto tem origem batismal e era usado na catequese dos catecúmenos (aqueles que se preparavam para o Batismo). O crente enfrenta obstáculos e perseguições que se antepõem no seu caminho. Lave-se na água desta “piscina” para que você veja claro. Ore, lavando seus olhos. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

34º dia: Água da Humildade

Pela humildade feita serviço nas águas com as quais Jesus lavou os pés dos discípulos, para que se torne serviço ao próximo o que tenho e sou, bendita seja esta água! Medite em João 13, 1-20. Jesus abaixa-se à altura dos pés dos discípulos. Que lição de humildade demonstrada por nosso Mestre. Na verdade, a vida de Jesus foi toda ela esse movimento de vir ao nível da “terra” (húmus > humildade), já no momento de sua encarnação. Humildade não é anular-se, mas continuamente colocar-se na postura de servo. Deixe que o Senhor lave seus pés. Faça esta experiência, banhando simbolicamente seus pés. Beba do copo com água!

35º dia: Água da Misericórdia

Pela misericórdia derramada na Água que jorrou do peito aberto de Jesus, para que no Divino Coração eu encontre abrigo e proteção, bendita seja esta água! Medite em João 19, 17-36. Todas as promessas feitas por Jesus, de que daria a Água da Vida a todos que a Ele fossem, apontam para esse derradeiro momento em sua vida. Na cruz, vemos Nosso Senhor derramando sua misericórdia que nos renova pelos sacramentos da Igreja. Ore hoje com uma cruz junto a você. Beba do copo com água!

36º dia: Água da Fé

Pela vida nova recebida pelo eunuco nas águas em que foi batizado pelo apóstolo Filipe, para que tudo se faça continuamente novo em mim, bendita seja esta água! Medite nos Atos 8, 26-40. A fé vem pelo ouvir, uma acolhida profunda da Palavra que tem o poder de transformar uma vida. Assim aconte-


ceu com o eunuco. Logo após o Batismo, o apóstolo Filipe foi arrebatado pelo Espírito para outras paragens. Cabia àquele homem fazer, agora, seu caminho de fé. Assim também com você: é necessário que você faça seu caminho. Comprometa-se na fé. Reze o Credo. Beba do copo com água!

37º dia: Água da Vida Nova

Pela água que brotou da pedra espiritual que é Cristo, para que eu viva num contínuo processo de mudança de vida e mantenha a vigilância sobre meus atos, bendita seja esta água! Medite em 1Coríntios 10, 1-13. Paulo faz a releitura sobre o acontecido no deserto, aplicando esta maravilhosa e, ao mesmo tempo, dura experiência do Povo de Deus à vida do cristão. É preciso manter-se vigilante. Fica o alerta do apóstolo a cada um de nós: quem pensa estar de pé veja que não caia. E eu completo dizendo: se você caiu, coloque-se logo de pé. Já se confessou para preparar a Páscoa? Beba do copo com água!

38º dia: Água Doce

Pela água doce que jorra da boa fonte e que sacia a sede, para que minha língua seja sempre fonte de bênção e nunca de maldição, bendita seja esta água! Medite em Tiago 3, 1-12. Um dos pontos de maior queda na vida de todos nós: a língua. Como é necessário vigiar a língua. Quantas vidas destruídas pela língua, através da fofoca, calúnia, críticas e maldições. Como você tem usado sua língua? Tire de sua boca todas as palavras que expressem todos estes elementos apontados. Experimente elogiar, destacar os pontos positivos sobre o outro, calar-se para não falar mal de outrem, não emprestar seus ouvidos àqueles que fazem isto. Ao beber da água, demore um pouco com ela em sua boca e peça purificação. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum.

39º dia: Água da Santificação

Pela filiação divina que me foi outorgada nas águas do Batismo nas quais fui lavado, para que eu me torne digno desta graça, bendita seja esta água! Medite em 1Pedro 3, 13-22. Santificar no coração Cristo, o Senhor! Isto se dá ao levar uma vida reta. Não é apenas não fazer o que é errado, mal, mas fazer o bem, marcar todos os atos e palavras com o Amor. Se você colocar amor em tudo que você faz

e fala, pode ter certeza de que estará no caminho certo e Jesus será santificado em seu coração. Não é complicado, mas, certamente, é desafiante. Beba do copo com água!

40º dia: Água da Nova Jerusalém

Pela herança final que me espera na água do Rio da Vida que corre do Trono de Deus, para que eu possa dela beber na eternidade feliz, bendita seja esta água! Medite em Apocalipse 22. Que maravilhosa visão alimenta nossa esperança, sustenta nossa fé e nos impulsiona na caridade. Esse é o destino final que espera todo aquele que se mantém fiel e perseverante. Agradeça à Santíssima Trindade – ao Pai e a Jesus e ao Espírito Santo – por este caminho espiritual trilhado por você nestes dias. A Páscoa (passagem) de Jesus aponta-nos a Páscoa definitiva. Não é preciso temer a morte e a dor. Ele é com você e continuamente oferecerá a você a Água da Vida, em cada etapa de seu caminho. Peça a graça da perseverança em cada circunstância. Que nada nem ninguém o afaste deste certame. Beba do copo com água! * Lembre-se: hoje é dia de jejum e abstinência de carne.

“O Espírito e a Esposa dizem: Vem! Possa aquele que ouve dizer também: Vem! Aquele que tem sede, venha! E que o homem de boa vontade receba, gratuitamente, da água da vida!” (Ap 22,17)

Faremos a entrega deste tempo de jejum e oração no Domingo de Páscoa, dia 31/03, participando da Procissão da Ressurreição com o Santíssimo Sacramento, às 18h30, saindo da Capela São Roque até a Matriz, onde acontece a Solene Missa da Páscoa! Cristo está vivo entre nós, confirmando nossa fé, tornandonos herdeiros de todas as suas promessas. Alegremo-nos! Nesse dia, não se esqueça de trazer pelo menos UM QUILO DE ALIMENTO NÃO PERECÍVEL para partilhar com nossos irmãos mais carentes e CONSAGRAR O SEU DÍZIMO como sinal concreto de seu compromisso com o Senhor e a Comunidade. Um abençoado caminho quaresmal e FELIZ PÁSCOA!


NOVO TEMPO Dízimo Aniversariantes Dizimistas - Fevereiro Igreja da Glória 01/02 Maria Amália de Oliveira Rosmaninho 01/02 Maria Luiza do Carmo 01/02 Sebastião Paulo de Jesus 02/02 Ana Franco da Fonseca 02/02 Luiz Gonzaga Ferreira 02/02 José Henriques Cordeiro Soares 02/02 Maria de Fátima Candis 02/02 Nilson José Viana 03/02 Eggon Gabriel Vieira Basoli Machado 04/02 Poliana Luiz dos Santos 04/02 Tercio Sammuel Farinazzo de Oliveira 05/02 Luiz Cláudio Dias 05/02 Millena Fernandes Ferreira de Moura 05/02 Leonardo Pandolfi Caliman 06/02 José Adelbar Affonso 06/02 Maria Loures de O Gomes 06/02 Ivane Marques Pereira 06/02 Paulo Roberto Domingos de Andrade 07/02 Regina Conceição Boscaro 07/02 João Pedro Guedes de Carvalho 07/02 Ana Maria Costa Soares 07/02 Rosa Eny de Souza Menezes 07/02 Jamille Dias da Silva 08/02 Stela Maris Cioni 08/02 Osny José Arantes 09/02 Roberto Gomes de Carvalho 09/02 Terezinha Moreira Oliveira 09/02 Etelvina Pinto Gonçalves 09/02 Elídio Joaquim de Oliveira 09/02 Brasilia Marlene Guimarães Antunes 10/02 Ana Flávia Araújo Dias 10/02 Laíse Fávero Mota 10/02 Aline Giannini Hallack Cobucci 11/02 Deize Dilon 12/02 Ângela Maria 12/02 Vitória Bárbara Marques 12/02 Francisco Moreira de Castilho 12/02 Laurentino Ferreira de Jesus Mendes 12/02 Laurentina Ferreira de Jesus 12/02 Luiz Marcelo dos Santos 13/02 Sebastiana Dias Evangelista 13/02 Regys Barbosa Menezes 13/02 Pedro de Lima Campos 13/02 Mayra Luísa das Dores Ramos Bobó 13/02 Claudia Coelho 14/02 Marisa de Castro Sousa 14/02 Ely Gomes Ferreira 14/02 Valéria Silva Sampaio 15/02 Ana Lúcia dos Santos 15/02 Jovita de Barros Mota 16/02 Luiz Carlos Latuf Gomes 16/02 Wania Maria Riani 16/02 Lincoln Marques Pereiira

17/02 Simeão Cirino de Paiva 17/02 Dércio Dilon 18/02 Maria Gertrudes F dos Santos 18/02 Neide Aparecida Alves de Amorim 18/02 Luiz Brugger 18/02 Carlos Alves de Oliveira 19/02 Maria Angélica Andrade Alves 20/02 Olívia D`Aparecida Gaspareto Piazzi 20/02 Marlene da Silva Gomes 20/02 Avanir da Silva Guedes 20/02 Gabriel Lineker Francisco 20/02 Marcelo Bissiatti Fava 20/02 josé Luiz de Souza Costa Júnior 20/02 Avani da Silva Guedes 20/02 Zélia Maria Prado Morais Giglio 21/02 Marlene Gervásio Silva 21/02 Sérgio Guimarães Faulhaber 21/02 José Esteves Borges 22/02 Maria da Conceição Campos 22/02 Luciano Pereira 23/02 Alessandro Pires de Miranda 23/02 Valdinilce Maria Magalhães 23/02 Bianca de Mello Lucioli 23/02 Daniel Aparecido Seres Machado 24/02 Rosa Maria Vieira Barbosa 24/02 Anefália Souza Monteiro Resende 24/02 Márcia Assis Farias 24/02 Márcia Reis F Lemos 25/02 Dario José de Freitas 25/02 Eunice Albernaz Martins da Costa 25/02 Vanessa Maria Farney 25/02 Edson de Carvalho Cardozo 25/02 Ivone Albertoni Gollner 25/02 Ary Geraldo 26/02 Maria Aparecida Motta Larcher 26/02 Maria Luíza Brugger 27/02 Mauro de Oliveira Torres Junior 27/02 Marcio de Oliveira Silva 28/02 Maria José Pereira Bessa 28/02 Hélia Alves Pereira 28/02 Maria Schitini de Oliveira 28/02 Nair Lanziotti Lagrotta 28/02 Manoel Pinto de Almeida 28/02 Glória Defilipe Pereira e Rodrigo Defilipe Pereira 29/02 Sandra Aparecida de Oliveira Capela São Roque 03/02 Sebastião do Carmo Veriato 05/02 Eva Alves da Silva 08/02 Áquilla da Silva Petronilho 19/02 Merielen de Oliveira Pena 26/02 Ana Marta Borges Ribeiro

Novos dizimistas, sejam bem-vindos! Antônio Toledo Pinto Arlindo Aragão de Farias Auxiliadora Perpétua Lima de Sales Ivã das Graças Silva João Erildo Silva Joaquim José Melchíades de Souza Leda Maria Gomes Fernandes Luiz Alberto de Almeida Ribeiro Marcelo Alves Tertuliano Mafalda Rossi Masson

Márcio de Castro Maria de Lourdes Castro Fagundes Maria José Rezende Fonseca Mariângela Benini Vieira Maria Angélica Dias Maria Aparecida Faria Maria Cristina Martins Teixeira Patrícia Benini Vieira Rita Furtado de Rezende Samanta M Gomes

Dízimo,fruto da aliança

Irmão e irmã, odo primogênito me pertence, assim como todo macho primogênito de teus rebanhos, tanto do gado maior, como do menor” (Dt 34, 19). Esta foi uma das prescrições que o Senhor deu a Moisés, como fruto da Aliança que fez com o povo de Israel no deserto. Hoje, cumprimos esta ordenança através da consagração do Dízimo, que deve ser o “primogênito” oferecido, as primícias – primeiros frutos – apresentadas. Daí, dizermos que o Dízimo não nos pertence, mas ao Senhor, à sua Obra. É uma consequência natural para quem procura viver em fidelidade a Deus e à Aliança que Ele mesmo tomou a iniciativa de fazer conosco. Então, pratiquemos o que Ele nos prescreve. Já iniciamos a reforma do salão paroquial e os ventiladores da igreja já estão adquiridos. Os recursos vêm do Dízimo. Obrigado a você que tem sido fiel. Obrigado a você que está aderindo a esse gesto de consciência comunitária. Deus abençoe e multiplique todos os dons em sua vida, para que você prospere em tudo que você empreender (Salmo 1).

“T

Pe. Sérgio Luiz e Silva, CSsR Pároco Fernando Toledo


Consagrando os pedidos e projetos no primeiro dia do ano

Sílvia Carvalho

O

primeiro dia do ano na Igreja da Glória foi marcado pela entrega dos pedidos e projetos para 2013 e a Bênção da água. Tudo sob os pés da Mãe do Perpétuo Socorro. Padre Sérgio, que presidiu a Celebração da Solenidade de Maria, Mãe de Deus, destacou que ‘è preciso buscar sempre o crescimento em todas as áreas de nossa vida”, numa mensagem de otimismo para ser seguida ao longo de todo o ano. Lúcia Cascardo

Paróquia celebra o Beato Pedro Donders

N

o dia 29 de janeiro, o Superior da Província Redentorista MG-RJ-ES, Padre Vicente de Paula Ferreira, CSsR, presidiu a missa em honra ao Beato Pedro Donders, celebrado no primeiro mês do ano. Enviado como missionário para o Suriname, um ano depois de ser ordenado sacerdote, Pedro Donders se destacou pelo trabalho desenvolvido junto aos mais pobres e abandonados daquele país, principalmente entre os leprosos. Beato Pedro Donders, rogai por nós!

Mobilização para a Jornada Mundial da Juventude

T

oda a Arquidiocese se mobiliza para acolher os cerca de 2 mil peregrinos que virão participar da Semana Missionária que acontecerá entre os dias 15 de 22 de julho. Nos finais de semana dos dias 23 e 24 de fevereiro e 2 e 3 de março, nossos jovens estarão de plantão após as missas para informar como as famílias poderão hospedar esses peregrinos, assim como recolher adesões. Que todos estejam abertos a esse gesto fraterno de hospitalidade!

Novo Papa deve ser conhecido até a Páscoa

D

epois de ser pega de surpresa no dia 11 de fevereiro, quando o Papa Bento XVI anunciou sua renúncia, a Igreja reza e se prepara para receber o novo sucessor de Pedro, que deve ser conhecido até a Páscoa, em 31 de março. Em carta lida durante encontro de cardeais no Vaticano, o Sumo Pontífice justificou sua decisão devido à idade avançada. “Após ter repetidamente examinado minha consciência perante Deus, eu tive certeza de que minhas forças, devido à avançada idade, não são mais apropriadas para o adequado exercício do ministério de Pedro.” Bento XVI deixa o cargo às 20h do dia 28 de fevereiro. A previsão é de que o conclave, que vai eleger o novo Papa, se reúna a partir do dia 15 de março. Cinco cardeais brasileiros participarão da eleição. Em mensagem divulgada após o anúncio da renúncia, o arcebispo de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, destacou o “gesto de profunda humildade de Sua Santidade ao tomar esta decisão, com a qual reconhece suas naturais dificuldades impostas pela idade e pela doença.” Dom Gil também pede a oração dos fiéis pelo futuro da Igreja. “Ao mesmo tempo, convoco os presbíteros, os diáconos e todo o Povo de Deus de nossa Arquidiocese de Juiz de Fora para entrarmos, desde já, em ritmo de fervorosa oração ao Espírito Santo, invocando a proteção de Maria, Mãe da Igreja, em vista do novo Conclave que se dará nas próximas semanas. “

Informativo Novo Tempo - Fevereiro/2013  

Informativo da Paróquia Nossa Senhora da Glória, Juiz de Fora (MG)