Page 1


O SAMBA VEIO NO NAVIO NEGREIRO Celebração a obra de CASTRO ALVES CONSIDERAÇÕES GERAIS O ano de 2014 traz um marco especial para a História da Literatura Brasileira. Há exatos 145 anos, o poeta baiano Castro Alves apresentava ao público seu maior clássico: o épico, trágico e pungente poema Navio Negreiro. Os versos se tornaram um marco por serem o primeiro retrato lírico-narrativo do drama que foi o tráfico de africanos para o Brasil. Percebendo a relevância deste marco comemorativo, o selo Versivox criou o mini espetáculo O Samba Veio no Navio Negreiro, uma ato cênico que une música, declamação e performance de teatro e dança. Tudo partindo do poema de Castro Alves para expor os dramas negros no ontem e no hoje. Carlos Correia Santos, o idealizador do Versivox, canta canções especialmente compostas para abraçar trechos dos célebres versos do poeta baiano. A apresentação conta com as participações especiais do violonista Renato Rosas, da cantora Ani Barbosa, da bailarina Ierecê Corôa e dos atores Alexandre da Silva, Karina Lima e Nilton Cézar. Hudson Andrade assina a dramaturgia e a direção de cena. Tainá Coroa é a responsável pelas coreografias.

O QUE ESSE PROJETO PROPÕE E QUESTIONA? Há 145 anos, o poeta baiano Castro Alves abria o mar de suas letras para fazer aportar nas páginas da Literatura Brasileira um triste clássico: O Navio Negreiro Era a primeira vez que versos arrebentavam diante da leitura a hedionda realidade do trágico de seres humanos africanos para o Brasil. Dentro dos navios, que eram verdadeiras tumbas sobre o mar... Tumbeiros... Dentro destes navios, o negro preso à dor, à humilhação, à degradação, ao açoite sangrento do preconceito. Centro e Quarenta e cinco anos... De lá para cá, desde o tumbeiro até os dias de hoje, o que, de fato, mudou?...

NECESSIDADES PARA APRESENTAÇÃO Palco e equipamento de som e luz que comporte apresentações musicais e cênicas


CACHÊ PEDIDO A combinar com o contratante

O SAMBA VEIO NO NAVIO NEGREIRO Uma produção do selo Versivox FICHA TÉCNICA Concepção, roteiro geral, composição melódica letras das canções e canto: CARLOS CORREIA SANTOS Violão 7 cordas, composição harmônica e backing vocal: RENATO ROSAS Ani Barbosa: cantora convidada Alexandre da Silva: ator convidado Karina Lima: atriz convidada Nilton Cézar: ator convidado Iêrêcê Corôa: bailarina convidada Coreografias: TAINÁ CORÔA Dramaturgia e direção de cena: HUDSON ANDRADE

ASSISTA NOSSOS LINKS NO YOUTUBE: CHORA, NEGRO: http://migre.me/incBE MEU CORAÇÃO É SAMBA E COR http://migre.me/incBa ANTI ALFORRIA: http://migre.me/incCs

NOSSOS CONTATOS: carloscorreia.santos@gmail.com carloscorreiasantos@yahoo.com.br Versivox@hotmail.com


O SAMBA VEIO NO NAVIO NEGREIRO - Projeto para Contratantes  
O SAMBA VEIO NO NAVIO NEGREIRO - Projeto para Contratantes  

O ano de 2014 traz um aspecto especial para a História da Literatura Brasileira. Há exatos 145 anos, o poeta baiano Castro Alves apresentava...

Advertisement