__MAIN_TEXT__

Page 1

[LÃ DE AÇUCAR - PB] Instituição: Creche Maria Emília Cordeiro Pedrosa Município: Campina Grande - PB

Conforme Câmara Cascudo, pregões de rua são pequenas vocalizações melodiosas utilizadas pelos vendedores ambulantes para anunciar suas mercadorias, o que às vezes se faz acompanhar pelo toque de algum instrumento como uma gaita, sino ou matraca. Encontra- dos em diferentes tempos históricos e presentes em diversas culturas, os pregões podem ser divididos em individuais (maneira singular de anunciar) e genéricos (utilizados por todos os vendedores daquele mesmo artigo).

A comunidade do bairro do Araxá, na cidade de Campina Grande - PB, onde está localizada a creche Maria Emília Cordeiro Pedrosa, mantém alguns traços e costumes tradicionais. Um deles é o dos pregões de rua, como o do vendedor de algodão-doce, ou lã de açúcar, uma guloseima muito apreciada pelos nordestinos. A criançada corre para a rua ao escutar o vendedor gritar: — Chora menino pra comer lã de açúcar, chora, chora que ela compra! E pra quem estiver com o bolso naquela dependência, ele dá um jeitinho: — Chora menino pra comer lã de açúcar… Chora, chora ela troca: penico velho, amassado, garrafa velha sem tampa. Chora, chora que ela troca! Texto retirado do Estação Paralapracá.

Profile for Paralapracá

Paisagem sonora: Lã de açucar  

Paisagem sonora: Lã de açucar  

Advertisement