Page 1

Edição 1 - Dezembro/2012

Asap marca presença em fórum da CCA nos Estados Unidos Em Atlanta, nos Estados Unidos, a Aliança para a Saúde Populacional (Asap) participou do Fórum da Care Continuum Alliance 2012 (CCA) recentemente. A entidade esteve representada pelo presidente Fábio Abreu e pelos membros do conselho diretor Luiz Monteiro e Paulo Hirai, acompanhados de representantes de outras associadas da Asap. André Gibrail ministrou a palestra Mercado de Saúde do Brasil & Lançamento da Asap e mostrou a necessidade de divulgar o conceito de gestão de saúde no país, onde o envelhecimento populacional já é realidade.

Modelos de gestão de saúde em debate Cerca de 20 representantes de empresas do setor de saúde se reuniram, no mês de novembro, para discutir os destaques do Fórum12 da CCA. Na ocasião, foram apresentados os progressos nas ações de promoção da saúde e nas estratégias de Gestão de Saúde Populacional (GSP), e metodologias de avaliação de resultados. “Esse tipo de evento será frequente na Asap. A ideia é apresentar os modelos mais bem sucedidos em GSP”, diz Marilia Ehl Barbosa, superintende executiva da Asap.

Intermédica tem programas de saúde para gestantes A Intermédica, uma das líderes em planos de saúde no país e pioneira em Medicina Preventiva e Gestão Integral da Saúde obtém resultados importantes na realização de partos normais nos hospitais que integram sua rede própria de atendimento. Contrastando com a média nacional no segmento, em que o número de cesáreas chega a 80%, os hospitais de sua rede registram apenas 50% de cesarianas. Para oferecer um atendimento de qualidade, a Intermédica possui uma estrutura completa, composta por ampla rede credenciada, dez hospitais próprios, incluindo oito maternidades e 11 prontos-socorros, além de 90 centros clínicos. Entre os programas exclusivos de atendimento às gestantes, destacam-se: Gestação Segura, Mãe Canguru e Programa Preventiva Premiada, os Centros Clínicos da Mulher e a certificação dos Hospitais Paulo Sacramento e Modelo como Hospitais Amigo da Criança. Conheça mais sobre os programas no site www.asapsaude.org.br.

NEWSLETTER ASAP é uma publicação quinzenal da Aliança para a Saúde Populacional. Produção: Scritta Divisão de Publicações. Jornalista responsável: Paulo Piratininga (MTPS 17.095). Produção editorial: Eduardo Graboski. Revisão: Diogo Cruz. Diagramação: Thiago Cruz. É permitida a reprodução das matérias, desde que citada a fonte.


Edição 2 - Janeiro/2013

Aliança para a Saúde Populacional é destaque na mídia nacional Com a missão de divulgar o conceito de gestão de saúde populacional e sua importância, a Asap figurou com destaque nas páginas da Folha de S. Paulo. Em uma das reportagens, o periódico mostra porque as empresas estão investindo mais na prevenção de doenças dos seus funcionários. Confira a reportagem na íntegra.

Telefônica/Vivo aposta em modelos ambulatoriais para seus funcionários Com foco na qualidade de vida dos seus colaboradores, a Telefônica/Vivo aposta na Gestão de Saúde Populacional (GSP) para obter resultados clínicos e financeiros atrativos. Segundo o diretor de Promoção da Saúde, Dr. Michel Daud Filho, a empresa investe em modelos ambulatoriais com clínicas, hospitais e laboratórios especializados. Com essa estrutura, a corporação identifica os grupos de risco e oferece tratamento específico, promovendo ações direcionadas, além de administrar os impactos com mais eficiência. “Nesse contexto, a função da Asap é buscar e disseminar modelos de GSP, inclusive com apoio da CCA. Na associação, o papel da Vivo é trocar experiências, apresentar a sua estratégia em GSP e difundir os resultados obtidos”, ressalta Daud Filho.

Quais as vantagens de associar-se à Asap? A ideia da ASAP é formar, no Brasil, um grupo de pessoas e empresas que possam verdadeiramente buscar mudanças para o setor de saúde privado, assim como já existe uma experiência de sucesso nos EUA, que é a Care Continuum Alliance – CCA. A proposta é que a ASAP seja referência no setor privado de saúde, inclusive para a ANS, podendo ser ainda entidade de consulta para os órgãos governamentais, como o Ministério da Saúde. Os benefícios para os associados da ASAP serão inúmeros: - atividades para compartilhamento e debates sobre as melhores práticas - de gestão de saúde, o que inclui apresentação de cases em empresas e estudos; - workshops, cursos, cafés da manhã e outros eventos para disseminação de conhecimento; - produção de material institucional de conteúdo técnico sobre iniciativas, soluções e novos produtos; - criação de um departamento técnico para desenvolvimento de estudos, pesquisas, métricas e indicadores; - desenvolvimento e fomento de metodologias de certificação de empresas; - iniciativas para integração de gestores de empresas e instituições que atuam com gestão de saúde.

Entidade congrega novos associados com foco em gestão de saúde Lançada oficialmente em setembro do ano passado, a Asap conquista cada vez mais a atenção dos grandes empregadores brasileiros ao debater e divulgar novos modelos de Gestão de Saúde Populacional (GSP). A entidade já soma 21 empresas associadas. As mais recentes adesões foram da Fiosaúde, Intermédica, Interne, Price WaterHouse Coopers, Bradesco, BMS e Mind Solutions. A Asap congrega não só entidades ligadas à saúde, mas também consultorias especializadas, instituições de ensino e pesquisa, corporações privadas, operadoras de planos de saúde, empresas de gestão de medicamentos e demais companhias que priorizam a GSP para os seus colaboradores.

NEWSLETTER ASAP é uma publicação quinzenal online da Aliança para a Saúde Populacional. Produção: Scritta Divisão de Publicações. Jornalista responsável: Paulo Piratininga (MTPS 17.095). Redação: Eduardo Graboski. Revisão: Diogo Cruz. Diagramação: Thiago Cruz. É permitida a reprodução das matérias, desde que citada a fonte.


Edição 3 - Janeiro/2013

A importância de investir em Gestão de Saúde

World Economic Forum publica relatório sobre saúde do trabalhador

O crescimento dos custos de assistência à saúde, ocasionado principalmente pelo aumento da expectativa de vida da população e pela mudança do perfil epidemiológico, com o avanço das doenças crônicas, é um desafio premente da área de saúde no Brasil. Para agravar este cenário, o foco das ações das empresas acaba sendo direcionado ao tratamento da doença e não à promoção da saúde e à prevenção de riscos.

Nesta semana, a World Economic Forum’s Workplace Wellness Alliance publicou o relatório Fazendo o investimento certo: Saúde do Trabalhador e o Poder de Métricas. O material apresenta novas pesquisas sobre a implementação de programas de bem-estar no local de trabalho e avaliação, bem como nove estudos de caso mostrando os diferentes retornos sobre os investimentos de empresas em todo o mundo. Os dados do relatório serão apresentados e compartilhados em uma série de eventos na reunião anual da entidade. Para saber mais sobre o estudo e o evento, leia a publicação na íntegra acessando.

Nesse sentido, propomos um fórum de discussão voltado à consolidação das melhores práticas de gestão populacional e ao desenvolvimento de novos indicadores de saúde. A importância de se investir nesse segmento está na obtenção de resultados mais efetivos, tanto no aspecto econômico-financeiro como na melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores. A newsletter é uma das formas que encontramos para divulgar modelos inovadores, capazes de trazer benefícios não só para as populações mas também às empresas, que reduzem suas despesas ao priorizar a saúde preventiva de sua equipe de profissionais. Boa leitura! Marilia Ehl Barbosa Superintendente executiva da Asap

As doenças mais comuns no ambiente corporativo Uma pesquisa da operadora Omint ouviu 15 mil executivos brasileiros para identificar as doenças mais comuns no ambiente corporativo. No topo do ranking aparece a rinite, com 28,97% de prevalência. A moléstia está diretamente associada à poluição do ar nos grandes centros urbanos, que contribuem ainda para a incidência de outras doenças respiratórias como asma e bronquite (13,4% na 7ª colocação da lista). A lista também inclui dores no pescoço, ombros, de cabeça e nas costas. Esses incômodos físicos são resultados, principalmente, da má postura dos trabalhadores, que muitas vezes estão inseridos em ambientes ergonomicamente inadequados. Aliadas ao estresse, surgem outras doenças como insônia e transtorno de ansiedade. Para completar, com dias mais corridos e abarrotados de compromissos e reuniões, os executivos deixam de dedicar tempo às atividades físicas regulares e abdicam de hábitos alimentares saudáveis. Esses fatores implicam em colesterol alto e excesso de peso.

Agenda de eventos 28 de Fevereiro

Café da manhã – Inovações da ISQUA

Março

Café da manhã – Como faço GSP 1º Workshop Asap

Abril

Café da manhã – Como faço GSP

28 de Maio

1º Fórum Asap

Junho e Julho

Café da manhã – Como faço GSP

Agosto

2º Workshop Asap Café da manhã – Como faço GSP

Setembro

Café da manhã – Como faço GSP

Outubro

Fórum CCA e Road Show Asap Café da manhã – Como faço GSP

Novembro

3º Workshop Asap Café da manhã – Novidades da CCA

Dezembro

Café da manhã – Como faço GSP

Doença

Prevalência

1- Rinite

28,97%

2- Alergia de pele

22,41%

3- Dor no pescoço/ombros

19,36%

4- Excesso de peso

18,42%

5- Dor de cabeça frequente

16,50%

6- Ansiedade

18,19%

7- Asma ou bronquite

13,47%

8- Insônia

10,83%

9- Colesterol Alto

11,53%

10 - Dor crônica nas costas *Omint

8,52%

Grupo hospitalar implementa programa para evitar riscos assistenciais Para obter um controle mais eficiente no gerenciamento de crises e riscos assistenciais, o grupo hospitalar Santa Celina – que presta serviços de home-care e na prevenção de saúde, investe nas áreas assistenciais e administrativo-financeiras. Referência nacional em gestão de saúde por meio de programas de promoção da saúde, prevenção de doenças e educação da população, o grupo tem como principal foco implantar modelos de gestão de saúde à base de inovação e tecnologia. A empresa lançou o projeto com três etapas de gerenciamento – Assistencial, Comunicação e Sustentabilidade. O programa foi destaque na Revista FH-ITMÍDIA. A reportagem mostra detalhadamente a iniciativa que visa o gerenciamento em saúde populacional. Leia na íntegra:

NEWSLETTER ASAP é uma publicação quinzenal online da Aliança para a Saúde Populacional. Produção: Scritta Divisão de Publicações. Jornalista responsável: Paulo Piratininga (MTPS 17.095). Redação: Eduardo Graboski. Revisão: Diogo Cruz. Diagramação: Thiago Cruz. É permitida a reprodução das matérias, desde que citada a fonte.

Boletim ASAP  

NEWSLETTER ASAP (Aliança para Saúde Populacional) é uma publicação quinzenal da Aliança para a Saúde Populacional. Produção: Scritta Divisão...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you