Page 12

Desempenho em 2014

Desempenho em 2014

3

3

Negócios que foram destaque em 2014 Em um ano especialmente desafiador, a ePharma obteve avanços importantes em seus negócios. Os principais destaques foram o ótimo desempenho da Flex, prestação de serviço de entrega de medicamentos especiais em domicílio com suporte clínico-farmacêutico, o lançamento do plano de medicamentos Plenus, que projetou a ePharma

para um novo patamar no segmento de PBM, e as sinergias geradas com a integração da In Health, empresa de gestão de tratamentos de alta complexidade adquirida em 2013 que dobrou de tamanho em 2014.

Flex: crescimento de 440% A receita da Flex cresceu mais de quatro vezes no ano. O desempenho está relacionado com a entrada em vigor, em 1º de janeiro de 2014, da Resolução Normativa 338, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A RN 338 obrigou os planos de saúde individuais e coletivos a fornecer 37 medicamentos orais para o tratamento domiciliar de diferentes tipos de câncer. A Flex, que oferece esse serviço desde 2011, estava preparada para atender as operadoras de saúde no cumprimento da nova norma. Ao longo do ano, conquistou três grandes clientes do seg-

20

mento (SulAmérica Saúde, Prevent Senior e Omint), o que fez sua receita subir de R$ 3,6 milhões para R$ 16 milhões por trimestre (440% de crescimento). Além disso, iniciou negociações para conquistar outros clientes entre as cerca de 450 operadoras de plano de saúde que atuam no País.

Plenus: o plano de medicamentos completo Uma das mudanças mais importantes para o setor de PBM no Brasil foi a Resolução Normativa 310, da ANS, que autorizou a operação de planos de medicamentos nos mesmos moldes dos planos de saúde. Por um preço fixo mensal, o beneficiário tem acesso a todos os medicamentos necessários para seus tratamentos com até 100% de desconto.

Para atender a esse novo segmento, em 2014 a ePharma lançou o Plenus, voltado para o mercado corporativo. O produto propicia várias vantagens para as empresas-clientes. A mais importante está relacionada com a garantia de acesso aos medicamentos por parte dos funcionários. Sem a barreira do custo, eles restabelecem a saúde e a energia para o trabalho mais rapidamente.

Além disso, o produto proporciona às empresas previsibilidade nos gastos com medicamentos. Elas pagam apenas o valor mensal por funcionário, independentemente do quanto eles gastam. Com o Plenus, a ePharma atinge um novo patamar no segmento de PBM, com um plano completo para aproveitar as oportunidades surgidas a partir da RN 310.

In Health: 30 mil novos pacientes O aporte dos sócios-investidores dos fundos Valiant Capital Management e Aberdare Ventures, dos EUA, permitiu à ePharma adquirir a In Health, em 2013. A empresa presta serviço à indústria farmacêutica na gestão de planos de pacientes com foco em medicamentos de alta complexidade e doenças raras.

ampliou sua carteira em 30 mil novos pacientes e dobrou tanto sua receita quanto seu resultado operacional (EBITDA).

Ao longo de 2014, equipes, processos e sistemas foram totalmente integrados à ePharma, gerando inúmeras sinergias. Como resultado, a In Health

21

Anuário 2014  
Anuário 2014