Page 1

YEAR 7 - 2013

EDITION 81

artigos exclusivos turismo na florida

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

1


Start Your Future Now At …

BAY STATE SCHOOL OF TECHNOLOGY Learn by “HANDS ON” Training to become a DIGITAL AGE TECHNICIAN Install and Maintain Electronic Equipment including Computers and Networks

MAJOR APPLIANCE SERVICE TECHNICIAN Service and Repair All Household Major Appliances

AC/REFRIGERATION TECHNICIAN Service and Repair Air Conditioning Units & Refrigeration Systems

NEW LAPTOP COMPUTER IS INCLUDED IN TUITION, AS WELL AS CERTIFICATION PREP AND TESTING

BAY STATE SCHOOL OF TECHNOLOGY

CLASSES STARTING IN SEPTEMBER - DAYS AND EVENINGS Classes Starting in JANUARY 2

CALL A BROCHURE 1-888-828-3434 CALL FOR FOR A BROCHURE 1-888-828-3434 BATE PAPO MAGAZINE

Day & Evening Courses Dedicated Faculty with Industry Experience Financial Aid Assistance Available to Qualified Students Job Placement Assistance Approved for Veteran’s Training Benefits

Accrediting Commission of Career Schools and Colleges

225 Turnpike St., (Rte. 138) Canton, MA 02021 For Information Visit: www.baystatetech.org www.papoTV.com


Divulgação

Brasileiro é candidato a vereador em marlborough

Carlos Valadares, um pequeno empresário brasileiro que vive em Marlborough com sua esposa Elizabeth e seus dois filhos, anunciou que é candidato a vereador do distrito Ward 5. “Marlborough tem dado muito à minha família, tanto em termos de uma boa base para meus negócios, assim como ótimas escolas públicas para meus filhos, e excelente qualidade de vida para todos,” disse Carlos. Carlos conta que “desde abril tem participado do City Council Meeting (reuniões na prefeitura), quando tive o desejo de concorrer a cargo de City Council (Vereador), pois senti a nescessidade de aprender mais sobre a cidade e a linguagem da política nas reuniões, para me preparar”. A eleição se realizará em 5 de Novembro proxímo e já conta com o apoio de vários brasileiros como Carlos A. F. da Silva (Diretor Geral da Campanha) e do Senator James Eldridge. O mineiro emigrou para os Estados Unidos em 1980, tornando-se um cidadão dos EUA em 1996. Carlos ficou conhecido do público em geral quando encontrou num depósito de lixo reciclável em Wellesley cerca de 25 mil dólares escondidos dentro de um livro. Na época Carlos colocou anúncios em jornais procurando o dono do dinheiro para fazer a devolução. Mas como não conseguiu encontrar o dono do dinheiro, acabou usando parte em benefício próprio e o restante doou para quem achou necessário. Carlos conta que está muito feliz em ser o primeiro brasileiro a se candidatar a um cargo político em Massachusetts “assim abrindo um novo capítulo neste país na trajetória dos brasileiros na America”. Ele espera usar sua experiência em serviços empresariais e de comunidade para servir o distrito Ward 5 da Câmara Municipal de Marlborough. Especificamente, ele quer expandir o número de parques na cidade e oferecer mais oportunidades de lazer depois da escola para as crianças, além de fazer mais divulgação das pequenas empresas, para ajudá-las a expandir e atender melhor aos seus clientes em toda a área de Metrowest. Carlos disputa o cargo com John Irish e Domenic Valarioti, que filha de brasileiros disputará também se candidatam pela primeira vez. O trabalho do vereador inclui a participação em várias reuniões mensais, encontros com os National American Miss residentes e o salário anual é de menos de $10,000. Para mais informações sobre Carlos Valadares, entre em contato com ele pelo e-mail carlos@carlosvaladares.com ou pelo telefone A pequena Ashlee Alba Lacerda, de sete anos, filha do casal (774) 641-9868. brasileiro Taciane e Rodrigo Lacerda foi a vencedora do concurso Miss Massachusetts, na categoria de princesa, neste ano de 2013. Apesar de ser uma disputa muito difícil e com grande número de Roberto Gaseta candidatas, Ashlee obteve o título máximo de beleza do estado. Agora, está qualificada como princesa e concorrerá ao título competindo com meninas de todo o Estados Unidos. O disputado concurso National Americam Miss será realizado na Califórnia na semana do Thankgiving. Ashlee participa dele com uma experiência bastante respeitável. Em 2012, ela concorreu ao título do National Americam Miss pela segunda vez e ficou em segundo lugar no ranking norte-americano da beleza infantil. Aliás, com menos de dois anos de idade, através da agência de modelo Cameo, de Boston, ela executou trabalhos e testes para empresas como: CVS, Dollar General e Hasbro. Aos quatro anos de idade, foi eleita a Miss Brasil USA Mirim, 2010/2011. Merece destaque também a participação dela, no ano passado, do filme “Grown Ups 2”, com Adam Sandler e Salma Hayek. Além do cinema, fez parte do elenco da peça teatral “O Natal do Papai Noel”, dirigida por Edel Holz. Pode-se dizer que a vida toda de Ashlee está impregnada de atos e de participações em eventos relativos à arte, à beleza e à cultura. Incentivada pelos pais, sempre teve aulas de ballet, teatro, piano, sapateado, tênis. Na escola, foi premiada várias vezes como a aluna do mês e como embaixadora da paz. Sua formação cultural é bem sólida e fala fluentemente o português. Atualmente, aguardando a final do National American Miss, ela faz trabalhos voluntários, visita asilos, arrecada dinheiro, livros, Carlos Valadares e família comida, brinquedos, destinados à comunidades carentes. Sua vida é um exemplo para outras crianças da sua idade e, que certamente vai muito além de qualquer beleza física. www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

3


Fim de Férias

EDITORIAL

Alessandra Ribeiro

O verão passou e a nem deu tempo de fazer tudo o que a gente planejou. Conseguimos tirar duas semanas de férias e passear na Florida. A Florida estava cheia de turistas vindos do Brasil. Às vezes os brasileiros que moram aqui nos EUA acabam não conhecendo os locais turísticos deste país. Nesta edição eu relato em detalhes a viagem a Orlando, Fort Lauderdale e Miami com dicas de hotéis e locais interessantes. Em setembro meu programa de TV Bate Papo com Shirley comemora 8 anos de sucesso. Recentemente eu tive a honra de entrevistar o Tesoureiro do Estado de Massachusetts Steve Grossman, que é candidato ao governo do estado em 2014. Ele se mostrou a favor da legalização dos imigrantes e justificou que os imigrantes são importantes para a economia do estado. O programa vai ao ar em mais de 30 tvs comunitárias de Massachusetts e através do Comcast on Demand>Get Local>Brazilian nos estados de MA, CT, VT, ME e NH. Nesta edição trazemos ainda artigos de opinião, fotos dos eventos que aconteceram na nossa comunidade e um artigo que tira as dúvidas sobre a Reforma Imigratória. Em setembro nós comemoramos a Independência do Brasil e como todos os anos haverá uma grande festa em Boston no domingo 8 de setembro (veja página 27). A Bate Papo estará com um estande, venha nos visitar, tirar fotos e pegar cópias da revista. A Bate Papo está sempre perto do leitor com atualizações diárias no nosso facebook. Siga-nos para ficar sabendo das notícias locais, eventos e ofertas de empregos e sorteios, acesse www. facebook.com/ batepapomagazine. Shirley Nigri Farber - Editora Publisher & Editor: Shirley Nigri Farber 781-975-1009 Marketing Director: Scott A. Farber 781-975-0482 Contributors: Lygya Maya, Leonina Heringer, Jota Alves, Josimar Salum, Shirlei Udell, Marco Fogel, Rafaela Garreta, Danilo Brack, Mayra Loureiro, and Roberto Carlos. Design: Farber Marketing Inc. tel: 781-975-1009 EMAIL: papoTV@msn.com Farber Marketing Inc. www.papoTV.com ADDRESS: 12 Edward Dr., Stoughton, MA 02072

4

BATE PAPO MAGAZINE

Vacation Ends

The summer went by and we did not get a chance to do everything we planned. My family and I managed to get two weeks of vacation and sightseeing in Florida. Florida was full of tourists coming from Brazil. But sometims Brazilians that live in the U.S. do not travel around this country. In this issue I report in details my trip to Orlando, Miami and Fort Lauderdale with tips about hotels and interesting places. In September my Bate Papo com Shirley TV show celebrates 8 years of success. Recently I had the honor to interview the Massachusetts State Treasurer Steve Grossman, who is a candidate for governor in 2014. He discussed that he is in favor of the legalization of immigrants and justified that immigrants are important to the state’s economy. The program airs on over 30 Community channels in Massachusetts and the states of MA, CT, VT, ME and NH through Comcast on Demand> Get Local>Brazilian. In this edition we bring you various opinion articles, photos of events that happened in our community and Q&A about the Immigration Reform. In September we also celebrate the Independence of Brazil, and as it occurs every year there will be a big outdoor event in Boston on Sunday, September 8 (see page 27). Bate Papo Magazine will have a booth, so come visit us, take pictures and get your copy of the publication. Bate Papo is in constant contact with our readers with daily updates on our facebook. Follow us to stay informed of local news, events job offers and sweepstakes, visit www.facebook.com/ Shirley Nigri Farber - Editor Contributing Photographers: Arilda Costa, SckyArt, Simoneide Almeida, Oliveira Studios and Francielle Santo. Articles not signed were written by the editor. Articles signed are the writer’s responsibility. No article or photo can be reproduced without written permission from the publisher. Cover Photo: Farber Family at Disney Hollywood Studio. TO ADVERTISE CALL 781-975-1009 Português / 781-975-0482 English Farber Marketing Inc. is not responsible for the services and products offered by our advertisers.

www.papoTV.com


www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

5


Assista também online: www.accessfram.tv Airam da Silva, diretor da Fundação Icla da Silva falou da campanha para encontrar um doador de medula óssea para o menino Filipe Wolff. Filipe, como muitos na comunidade já sabem, é um brasileiro de 4 anos que veio para os EUA em 2011 tratar de uma rara doença. Recentemente se descobriu que além dos vários problemas de saúde e de um transplante de fígado, ele também precisaria de um transplante de medula. Airam contou que hoje existem no mundo cerca de 15 milhões de doadores de medula. Mas que certos grupos como brasileiros, africanos e asiáticos têm dificuldade de encontrar doadores compatíveis pois há poucas pessoas desses grupos cadastradas. Ele explicou que por questões genéticas, as chances de ser compatível são maiores quando as pessoas são da mesma etnia. Em geral, as chances de ser compatível é um entre 15 milhoes. Ele explicou que primeiro a pessoa preenche um formulário de doador e faz um teste da saliva que é enviado para o laboratório. Quando for encontrado um paciente compatível, o doador é procurado e então são feitos os exames para ver se o doador está saudável. Airam explicou que antigamente a doação era feita através de uma retirada do líquido do osso do doador. Hoje em dia em 80% dos casos a medula óssea pode ser doada através de uma simples transfusão de sangue. No ano passado 60 pacientes encontraram doadores através da Fundação Icla da Silva. Só no ano de 2013 já foram 42 pessoas. Ele contou que sua família morava em Maceio, quando descobriram que sua irmã Icla tinha leucemia. Eles então vieram para os EUA onde já existia um banco de medula óssea. Eles buscaram e cadastraram vários doadores, mas ela veio a falecer aos 12 anos. Um desejo de Icla era de ajudar outros pacientes e deu-se início a fundação. Hoje Icla da Silva é a maior recrutadora nos EUA registrando cerca de 40 mil novos doadores por ano. Para maiores informações visite: www.icla.org

6

BATE PAPO MAGAZINE

Airam da Silva, director of the Icla da Silva Foundation, spoke about the campaign to find a bone marrow donor for Filipe Wolff. Filipe, as many in the community already know, is a 4-year-old Brazilian who came to the U.S. in 2011 seeking treatment for a rare disease. Recently it was discovered that in addition to treatment for his various health problems, and a liver transplant, he also needs a bone marrow transplant. Silva said that in the world today, there are about 15 million marrow donors. But certain groups like Brazilians, Africans and Asians have difficulty finding suitable donors because there are few registered donors from these nationalities. He explained that for genetic reasons, the chances of being compatible are higher when people are of the same ethnicity. In the general population, the odds of being compatible are one in 15 million. Silva explained the donation process, which begins with a potential donor filling out a form and submitting a saliva test that is sent to the laboratory. When a patient is found to be compatible, the donor is contacted. Then, exams are conducted to determine that the donor is healthy. Silva said that the donation is carried out through a fluid removal from the donor bone. In 80 percent of cases, the bone marrow can be donated by a simple blood transfusion. Last year, 60 patients found donors through Icla da Silva Foundation, and so far this year, 42 Brazilians have located matches. Silva said that his family was living in Maceio when they discovered that his sister, Icla, had leukemia. They moved to the U.S., where there was already a bone marrow bank. They sought out and registered several donors, but she died at age 12. It was Icla’s desire to help other patients that started the Foundation. Today, Icla da Silva is the largest recruiter in the U.S., recruiting approximately 40,000 new donors per year. For more information, visit www.icla.org.

www.papoTV.com


Watch on Comcast On Demand > Get Local > Brazilian O Tesoureiro do Estado de Massachusetts Steve Grossman é um candidato a governador em 2014. Ele afirmou que ele há vários anos apoia o in-state tuition (tarifa reduzida nas universidades) para filhos de imigrantes indocumentados. Ele explicou que os estudantes imigrantes não ocuparão as vagas de outros moradores locais e ainda produzirão verbas para o Estado através das mensalidades pagas para as universidades estaduais. Ele acredita que os imigrantes indocumentados precisam de um caminho para a cidadania e que os imigrantes colaboram a economia. Ele falou sobre o programa que ele introduziu: Small Business Banking Partnership. O programa já ajudou a gerar US $ 900 milhões em empréstimos para pequenas empresas, especialmente de propriedade de mulheres, minorias, imigrantes e veteranos. Ele citou como exemplo Leo Chantre, proprietário do Stone Projects em Woburn, um brasileiro que está ampliando o seu negócio através do programa bancário. Chantre conseguiu um empréstimo de $ 335,000 e está usando para comprar novos equipamentos. Mais informações sobre o programa e a lista de bancos que oferecem este empréstimo pode ser encontrada em www.Mass. gov/treasury Ele falou sobre seu avô que veio da Rússia e criou uma empresa que hoje é administrada por seus filhos como um ­exemplo de empreendedorismo imigrante. Ele falou sobre as razões pelas quais decidiu se candidatar a governador e que “as pessoas em Massachusetts querem uma liderança comprovada que não vai deixar ninguém para trás.” Ele quer ter certeza de que todo o estado está incluído no progresso e criação de emprego. Grossman disse que apoia casinos em Massachusetts, porque eles vão ajudar a economia e gerar empregos mas não opina onde os casinos devem estar localizados. Ele convidou os espectadores a participarem de sua campanha visitando seu site ­­www. stevegrossman.com.

Massachusetts State Treasure Steve ­ rossman is a candidate for Governor G in 2014. During the Bate Papo televised interview, he said that for many years, he has supported in-state tuition for children of undocumented immigrants. He explained that these students would not take seats from other local residents, and would still produce money for the state by paying tuition to our schools. He believes that undocumented immigrants need a pathway to citizenship, and that immigrants are helping the economy. He also discussed a program that he introduced, the Small Business Banking Partnership. The program has helped generate $900 million in loans to small businesses, especially those that are women, minority, immigrant and veteran-owned. He gave as an example Leo Chantre, owner of Stone Projects in Woburn, a Brazilian who is growing his business through the banking program. Chantre received a $335,000 loan, and is using it to purchase new equipment. More information on the program and a list of banks that offer this loan can be found at www.Mass.gov/treasury. As another example of immigrant leadership, Grossman cited his own grandfather, who immigrated from Russia and started a business that is now run by his sons. He discussed the reasons why he decided to run for governor, and said that “people in Massachusetts want proven leadership that will leave no one behind.” He wants to make sure that the whole state is included in its economic, social and educational development, as well as in job creation. Grossman said that he supports casinos in Massachusetts because they will help the economy and generate jobs. He does not take a position of where the casinos should be located. He invited viewers to participate in his campaign by visiting his site www.stevegrossman.com.

Curta nossa página www.Facebook.com/­batepapomagazine e fique sempre em dia com as novidades

Like our Page www.Facebook.com / batepapomagazine and always be up to date with news

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

7


Assista no Xfinity On Demand > Get Local > Brazilian Ann Linhares nasceu no Açores e aos 8 anos mudou-se com sua família para Stoughton. Há 20 anos ela abriu o Hair Circuit. Ann era ­cabelereira e começou a trabalhar no Hair Club for Men onde aprendeu e se especializou na reposição de cabelo. Até que um dia decidiu abrir seu próprio negócio. Ela pretende abrir uma filial em Plymouth no ano que vem. Ela explicou como é feito o exame para saber a causa da queda. Depois disto é feita a encomenda do cabelo natural. Ela explicou que o cabelo é colado a pele e ao cabelo existente e que o resultado é bem natural. Ela comentou que muitos remédios têm provocado a queda de cabelo. A primeira consulta é gratuita. Ela disse que desde que começou a anunciar na Bate Papo tem tido ótimos resultados principalmente trazendo ­clientes de Framingham. Ela recomenda que as pessoas entrem no site para saber mais sobre o seu trabalho www.TheHairCircuit.com. Everton Weeks é proprietário da clínica Care Central Urgent Care. Ele explicou a diferença entre a sala de emergência de um hospital para sua clínica Care Central. Ele mencionou que as seguradoras não estavam familiarizadas com o conceito das clínicas Urgent Care, mas com o aumento dos custos de serviços médicos elas vem mudando essa atitude. No Care Central, aceita-se a maioria dos seguros de saúde privados e estão em processo de aceitação do MassHealth. No Care Central, o co-pagamento é menor do que em muitos hospitais, e também ­oferecem desconto para pagamento em dinheiro. Ele listou muitos dos serviços prestados na clínica localizada ao lado do Stop & Shop em Stoughton. Não é necessário marcar uma consulta. Para mais informações visite www.CareCentalUrgentCare.com.

8

BATE PAPO MAGAZINE

Ann Linhares was born in the Azores and moved with with her family to Stoughton at the age of 8. Almost 20 years ago she opened the Hair Circuit. She was a hairdresser and started working in the Hair Club for Men. There she specialized in hair replacement until she decided to open her own business. She plans to open a branch in Plymouth next year. She explained how the test is done to find the cause of the hair loss. After this is done they order the natural hair to match the client’s hair. She explained that the hair is stuck to the skin and to existing hair and that the result is very natural. She commented that many drugs have caused hair loss. The first consultation is free. She said that since she began advertising in Bate Papo she has had a great result especially bringing customers from Framingham. She recommends that people visit her site to learn more about her work: www.TheHairCircuit.com. Everton Weeks is the owner of Care Central Urgent Care. He discussed the difference between a hospital Emergency Room versus going to a Urgent Care Clinic. He mentioned that insurance providers were not familiar with the concept of Urgent Care but now with the rising costs of medical services they are changing their policy. At Care Central, they accept most of the private health insurances and they are in the process of accepting MassHealth. Not only is their co-payment less than at many hospitals but they also provide a discount for cash payment. He listed many of the services that they provide at the clinic. They are conveniently located next to Stop and Shop in Stoughton. It is not necessary to make an appointment as they take walk-ins. For more information, visit www.CareCentalUrgentCare.com.

www.papoTV.com


www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

9


Por Um Mundo Melhor : O poder do desejo

“Quando você quer alguma coisa, todo o universo conspira para que você realize o seu desejo.” – Paulo Coelho

Roberto Carlos Fernandes Antes de desenvolver este tema, deixe-me ajudá-lo a receber o que pretendo transmitir. Primeiro, abra sua mente. Fique aberto para receber algo que poderá definitivamente mudar a sua vida. Segundo, faça um esforço para ler esta materia até o fim e depois, volte a le-la outras vezes até que os princípios aqui expostos possam impulsioná-lo para a etapa seguinte, a ação! Terceiro, pense em algo que você deseja muito! Não importa o quê, apenas pense nisso e concentre-se no texto abaixo. Nada nem ninguém pode controlar a força de um desejo. Quando esse extraordinário poder entra em ação, coisas incríveis ocorrem! Acredite, você também tem esse poder dentro de você, basta apenas descobrir como ele atua e como tirar as melhores vantagens disso. Uma pessoa que descobre o segredo do desejo, nunca mais será a mesma pessoa. Para essa pessoa, acabam as frustrações e as situações auto-impostas. O caminho para o sucesso se abre diante dela e jamais voltará a sentir-se perdida no mundo. Chamo esse desejo de atitude interior. A base da estrutura de tudo o que se quer. A fonte da energia para a realização de coisas aparentemente impossíveis. Esse desejo criador precisa necessariamente estar fundamentado, alicerçado numa verdade. Essa verdade é o princípio moral que sustenta a tudo e a todos. Portanto, o desejo precisa, primeiramente ser ético, moral e verdadeiro. Qualquer coisa que fuja disso, mesmo sendo um propósito ardente, acabará por se romper como um edifício implodido. Por exemplo, se o que você deseja é ilícito, ilegal, fraudulento, enganador ou baseado em uma mentira, o fracasso será eminente. Portanto, consideremos que o desejo a que referimos esteja plenamente sustentado no que é puro, amável, verdadeiro, de boa fama, aceitável e louvável. Esse desejo pode ser qualquer coisa que você queira, por exemplo, um melhor emprego, um casamento sólido, uma liberdade finaceira, uma profissão nova, ou qualquer outro propósito idealizado dentro de sua mente. Os princípios que vou dar a você servem para qualquer área da vida. Acredite, você pode ser o que você deseja ser!

10 BATE PAPO MAGAZINE

Tudo começa com uma idéia. Essa idéia é arquitetada, forjada e planejada na mente. Por certo você já deve ter ouvido a seguinte frase, “não tenha medo de ter idéias, uma delas pode te deixar milionário”. E é verdade. Todos nós já tivemos milhares de idéias. Já não ocorreu com você de ver algo inventado e fazendo sucesso e você lembrar que aquela idéia você já tinha tido? Ocorre que alguém teve a mesma idéia e associou a ela o desejo de vê-la realizada! Não desprezes os dias de pequenas idéias. Os pensamentos estão aí, dentro de cada um de nós! Isso é um fato. Isso é uma verdade. Isso é um princípio. Você pensa, você tem idéias. Você tem um poder criador dentro de você. Acredite nisso! Nossa mente é um laboratório vivo de idéias. Olhe à sua volta agora! Veja tudo o que está diante dos seus olhos. Veja os pequenos detalhes. Essa revista que está nas suas mãos, o que é isso? Um desejo materializado. Essas palavras que você está lendo, um desejo transmitido. A roupa que você usa, a comida que nvocê come, a casa onde mora, etc. Tudo é o resultado de uma idéia! Alguém teve uma idéia e um desejo forte de torná-la realidade. Onde estão suas idéias e seus pensamentos? Deixe-me ajudá-lo a energizá-los. Você não imagina o poder que está dentro de você. Nossa mente é uma parte do nosso corpo e, assim como nossos músculos podem se desenvolver para suportar e levantar pesos cada vez maiores, assim também é a nossa mente. Ela pode se desenvolver de tal forma que surpreenderia a nós mesmos. Se você sabe o que quer e deseja ardentemente que aquilo se concretize, deverá associar a isso uma outra atitude, persistência. A persistência é a expressão maior do desejo. Ela é como o eixo que liga o motor as rodas do carro. Ela é resistente, rígida e transmite exatamente o que recebe do motor. Um motor, por mais possante que seja, se não estiver ligado às rodas pelo eixo de comando, não move o carro. A persistência propicia essa ação e reação. Você deseja, e persiste em ter o que deseja. A persistência é uma busca constante de fazer valer o poder do desejo. É a mola mestra da ação e a irmão gêmea da perseverânça. Na próxima edição vamos dar passos práticos de como tudo isso acontece. Portanto, guarde esta introdução, leia-a tantas vezes até que esses princípios façam parte da sua vida. Deixe sua mente trabalhar por você e para o seu sucesso. Nos veremos nas próximas edições de Por Um Mundo Melhor.

www.papoTV.com


Greater New England Minority Supplier Development Council Join us for the

2013 BUSINESS OPPORTUNITY

EXPO

Tuesday, September 24 Wednesday, September 25 Connecticut Convention Center, Hartford CT

This is the Largest Trade Show in the Northeast focused on Supplier Diversity Keynote Speaker

Mayor Pedro Segarra

City of Hartford, Connecticut

Keynote Speaker

Joset Wright-Lacy NMSDC President

Featured Events One on One Meetings between Corporate buyers & MBEs Corporate & MBE Presentations Best Practices in Corporate Supplier Diversity Workshop Networking and much more

MBE Training Session 100 + Corporate Exhibitor Booths Over 1,000 Attendees

Minority Business + Corporate America = Jobs and Hope register online now at www.gnemsdc.org www.papoTV.com

Certify | Develop | Connect | Advocate

BATE PAPO MAGAZINE

11


A questão dos médicos cubanos Marcelo Ferreira da Costa Gomes, PhD Há algo de muito errado com a classe médica brasileira. Assim como há muitos problemas no sistema de saúde brasileiro. Faltam mais e melhores estruturas para atendimento fora dos grandes centros urbanos, é inegável. Mas também faltam médicos. Uma rápida pesquisada e encontras exemplos de cidades, como Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, segunda melhor no Brasil em distribuição de renda, onde há centros de qualidade mas não há médicos. Recentemente houve oferta de 5 vagas e apenas um inscrito. Como esta existem muitas outras passando por situações semelhantes, onde há estrutura mas não há médicos. Segundo dados recentes, medicina é o curso superior com a menor taxa de desemprego, beirando a nulidade. O Dr. Drauzio Varella, famoso pelas suas participações no programa Fantástico, da Rede Globo, publicou texto intitulado “O problema da má distribuição de médicos no Brasil”, com dados extremamente alarmantes sobre isto, mostrando a concentração de médicos nos grandes centros urbanos. Quando olhamos os valores ofertados em programas de incentivo para a alocação destes profissionais em locais interioranos e para o número de inscritos em cada especialidade em programas de residência (dados de Pernambuco para o ano de 2013 mostram 17,7 candidatos por vaga em dermatologia, 11,8 para cirurgia plástica e meros 0,4 em medicina da família ) vemos que este discurso de que só não há médicos no interior por falta de estrutura não se sustenta. A realidade é que a carreira de medicina no Brasil é extremamente elitista e cercada de uma aura de glamour, preenchida por candidatos que, em boa parte, ingressou em busca do dinheiro e status, não por preocupação com a saúde da população (com exceções, logicamente). Pensando em atacar este problema, o Governo Federal lançou o programa Mais Médicos, para contratação de profissionais formados no Brasil e no exterior. Para tanto, oferecem 3 anos de bolsa de R$10 mil mais moradia e alimentação, estes dois últimos por conta do Município que receber o profissional. Para fins de comparação, uma bolsa de pós-doutorado, para pesquisadores que já possuem o título de Doutor, paga R$4400, sendo a bolsa para atrair pesquisadores brasileiros de reconhecido destaque internacional e que estejam no exterior é de R$4 mil a R$7 mil. Sem moradia e alimentação. Olhando para estes números e para o salário médio de profissionais

brasileiros com o mesmo grau de escolaridade, é revoltante ver a classe dizer que este programa é “escravidão”. Medicina deveria ser o ponto máximo do humanismo, do senso de amor ao próximo, de dedicação ao bem estar alheio, mas não é isto que está transparecendo nas declarações dos Conselhos de Medicina. O presidente do CRM de Minas Gerais chegou ao ponto de fazer a seguinte declaração: “irei aconselhar meus médicos [de MG] a não socorrerem erros dos colegas cubanos”. E a preocupação com o paciente, onde fica? Qualquer pessoa tem o direito de ser contra o programa seja pelo motivo que for, mas não pode colocar o seu ego acima do bem estar do paciente. Até porque, embora não seja aplicado o Revalida (exame aplicado a médicos formados no exterior), os médicos formados no exterior serão sim avaliados, inclusive com trabalho supervisionado. Vale lembrar que a medicina cubana, com muito menos recurso, é uma das melhores do mundo, líder disparada na América Latina. Os índices de saúde da ilha são melhores do que muito países desenvolvidos, incluindo os EUA. Ora, se a saúde por lá é tão boa, com menos recurso, é porque a formação de seus profissionais deve ser boa, impossível ser diferente. Para fechar, alguns dados sobre o SUS que nós brasileiros nos esquecemos e reclamamos tanto (muitas vezes com razão). Mais de 80% dos tratamentos de câncer no Brasil são feitos pelo SUS, mesmo quando o paciente entra no sistema com plano de saúde privado. As filas na emergência para pacientes conveniados e SUS em muitos hospitais é semelhante, inclusive isto foi motivo de ação contra os convênios no ano passado. Em 2008 tive o prazer de participar do Congresso Mundial de Epidemiologia realizado em Porto Alegre, RS. Todos os palestrantes estrangeiros fizeram questão de elogiar o SUS, pois embora ainda possua déficit de leitos, é exemplo seguido e estudado no mundo. Pense quanto gastas com saúde aqui nos EUA. Pense no que seria de ti caso não tivesses nem plano de saúde nem dinheiro e precisasses de atendimento aqui. Já imaginaste ter que fazer tratamento pra câncer nos EUA sem gastar nada? O SUS faz. Claro que o SUS precisa melhorar, e o programa Mais Médicos irá ajudar nisto. Mas precisamos, enquanto pacientes, parar de nos menosprezar e, enquanto médicos, parar de nos elitizar e segregar. Marcelo Ferreira da Costa Gomes Marcelo é natural de Porto Alegre e dolsista de pós-doutorado pelo CNPq na Northeastern University, Boston.

Deixe seu filho animado para

aprender, rir e crescer. Conheca a Kiddie Academy faça uma visita • Programa adequado para idade escolar • Transporte escolar. Ligue para mais detalhes • Tecnologia e eLearning disponivel nas salas de aula • Cameras de seguranca • Junte-se a nós FACEBOOK www.facebook.com/KiddieAcademy

Matricule seu filho Matricule seu filho até 2831 dede agosto ganhe um até setembro e ganhe

Kiddie Academy® of Stoughton

1202 Washington Street • Stoughton, MA 02072

781.341.2240

kiddieacademy.com/stoughton

12 BATE PAPO MAGAZINE

UMA SEMANA AMAZON KINDLE GRÁTIS DE GRAÇA Apenas para clientes novos. Não pode ser trocado por dinheiro. Apenas para Não pode ser Umacliente oferta novos. por criança. trocado porNão dinheiro. Uma oferta por criança. pode ser combinado Não pode combinado nenhuma comser nenhuma outracom oferta. outra oferta. Faleo com o diretor da escola Fale com diretor da escola para mais detalhes. para mais detalhes.

www.papoTV.com CS120803_Stoughton_PRINTAD_4x4.indd 1

8/1/12 4:14 PM


SckyArt.com

FamĂ­lia de Paula comemorou 1 ano do Karlos Emmanuel SckyArt.com

Casamento de Jozi e Jonas

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

13


fotos enviadas pela leitora Talita, acompanhada de seu tio Wanderson, vindo do Brasil para representar seu pai

Talita e sua amiga e sócia Janeusa, as esteticistas que fazem sucesso no Cynthia’s Spa em Chelmsford.

14 BATE PAPO MAGAZINE

Casamento de Talita & Alaques (senhor e senhora Caldeirão) realizado no dia 17 de agosto no Elks Hall em Chelmsford

www.papoTV.com


Festas e Fotos

Casamento Lorraine e Jonatas Fotos: SckyArt.com 617-394-0900 Nicolas, 5 anos

Aniversรกrio de um ano de Isabella Aniversรกrio de um ano de David

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

15


Dúvidas sobre Imigração Enquanto não sai a tão esperada Reforma Imigratória, o advogado de imigração Danilo Brack esclarece algumas dúvidas. 1- Doutor (com sotaque de mineiro) afinal saiu alguma lei ou não de imigração? Já tá na hora de eu contratar um advogado? - UAI! Não existe, ainda, nenhuma “lei de imigração” nova que beneficie nossa numerosa população brasileira indocumentada. Uma proposta multi-partidaria foi aprovada no Senado Americano (SB 744) e enviada para a Camara de Deputados para debate e aprovação. Infelizmente o ambito politico nacional dividido estagnou a proposta e não temos ainda uma estimativa de quando será, e se será, colocada na pauta do congresso. A boa noticia é que nos últimos 15 anos nunca houve um movimento tão forte quanto o do momento para uma reforma imigratória completa. Quanto a contratar um advogado, cuidado é muito necessário: Não existe lei, portanto não existe como um advogado pedir sua legalização a não ser que o individuo se encaixe em estatutos existentes. Entretanto, existem coisas que o imigrante pode fazer em preparação para uma possível legalização: colocar suas declarações de impostos de renda em dia, resolver questões de Child Support (pensão alimentícia) atrasadas, requerer cópias de documentos em poder do Departamento de Imigração ou da corte, obter disposições finais certificadas de cada corte local que já compareceu, etc. Mas não contrate ninguém para um trabalho no futuro sob uma lei que ainda não existe. Aconselho a todos, independente de status imigratório, a ligar para o seu deputado e senador para expressar seu apoio a uma reforma completa e imediata. Somente com muita ação teremos uma reforma de verdade. 2- Já fui pego dirigindo sem carteira, não fui a corte, será que vou conseguir entrar nessa nova lei de imigração? - Antes de qualquer tipo de ajuste de status voce terá que resolver todas as suas situações pendentes – cortes, impostos, Child Support, etc. Quanto mais tempo voce deixar passar mais difícil e custoso será para voce. Um dos items levantados em todas as propostas de reforma imigratória (e presente requerimento em todas as formas

atuais de ajuste) é o bom carater moral do imigrante. Isso significa arcar com responsabilidades civis, sociais, familiares, financeiras, etc. Aconselho que procure um advogado de imigração que também atue em cortes criminais e analise sua situação com cuidado. Quando uma reforma imigratória for aprovada voce não vai querer gastar tempo correndo atrás de assuntos como esses que possivelmente atrasarão, e talvez impedirão, sua qualificação. 3- Quero regularizar minha situação, fui casado com uma americana mas não durou, não deu tempo nem de dar entrada no processo. Tem algo que ainda pode ser feito? - Dificilmente haja algum caminho, mas somente após detalhada avaliação de seu caso poderíamos dar um parecer concreto. Em princípio, somente se houve abuso do cidadão que qualificaria sob o estatuto de proteção contra a violência (VAWA). Aconselho que consulte imediatamente com um advogado acreditado em imigração. 4- Vivo com minha esposa, somos um casal gay. Eu tenho cidadania pois casei com americano. Quando o casamento gay vai ser reconhecido pela lei de imigraçao? Terei a chance de me casar oficialmente com minha esposa? - Sua questão precisaria de uma analise específica do seu caso. Mas basicamente dois pontos podem ser levantados: Primeiro: casamento civil é uma ­i nstituição regulamentada em nível estadual. Em Massachusetts o casamento civil gay já é reconhecido como válido. Então, se voce é divorciada do seu primeiro marido nada impede de legalmente casar com uma pessoa do mesmo sexo em Massachusetts. Segundo: A decisão recente da Suprema Corte dos Estados Unidos removeu a invalidade do reconhecimento do casamento homosexual para benefícios federais e o Departamento de Imigração declarou imediatamente que tais casamentos seriam processados normalmente. De fato, vários ajustes de status (Green Cards) já foram concedidos a casais gays. Entretanto, consulte com um profissional qualificado para que toda a sua situação seja considerada. 5- Tenho ouvido dizer que vai ser preciso pagar o imposto de renda atrasado. Estou aqui há mais de 10 anos, tenho uma empresa de faxina mas nunca me preocupei em contabilidade. O que devo fazer? - Uma sugestão que tenho dado a nossos clientes é começar colocando os impostos atuais em dia, sem utilizar o “jeitinho brasileiro” – o barato hoje sempre custa caro amanhã. Voce pode, também, com a ajuda de um profissional competente e qualificado, começar a colocar em dia declarações atrasadas. A Declaração de Impostos é uma responsabilidade civil altamente respeitada nos Estados Unidos e traz muitos benefícios, incluindo ser um fator altamente positivo em corte ou durante seu processo de ajuste de status. Como advogado aconselho colocar todas as suas declaracoes em dia; como homem temente a Deus, aconselho o mesmo, pois Cristo comandou-nos a dar a Cesar o que pertence a Cesar e a Deus o que pertence a Deus. 6- Meu marido foi deportado e eu fiquei aqui com nosso filho. Será que se eu conseguir me legalizar eu posso trazê-lo para ficar com a gente? Não aguento mais essa separação. - Novamente, uma questão muito complexa e que depende de múltiplos fatores de sua situação individual como a razão pela qual ele foi deportado, como ele havia entrado nos Estados Unidos, o que ele fez enquanto estava aqui, questões em relação ao seu filho, etc. Ademais, apesar do projeto de reforma mencionado incluir items relacionados a familiares deportados, ainda é um projeto e não se sabe qual será a versao final. A versão atual inclui alguns requesitos e algumas situações excluidas. Somente após uma análise detalhada do seu caso poderia-se dar um parecer. Mas lembre-se, por enquanto temos apenas um projeto de reforma e qualquer opinião no momento é altamente especulativa.

“Uma sugestão que tenho dado a nossos clientes é começar colocando os impostos atuais em dia.”

Para entrar em contato com o advogado Danilo Brack veja anúncio na página 5 ou visite www.BrackLaw.com. Envie perguntas para papotv@msn.com.

16 BATE PAPO MAGAZINE

www.papoTV.com


Casamento de Andressa e Jaderson Fotos: Oliveira Studios 617-771-9413

Festas e Fotos

Raquel, filha de Jaco e Janaina

www.papoTV.com

Cantora Gospel Cibely Lopez

BATE PAPO MAGAZINE

17


Show da Ivete Sangalo

O brasileiro reclamou do local e do fato dos ingressos serem vendidos apenas pela internet e n達o nas lojas brasileiras como de costume. Mas os produtores n達o deram ouvidos e Ivete Sangalo realizou seu show no dia 16 de agosto no Lynn Auditorium para um p炭blico bem menor do que essa grande cantora merece. Quem foi, curtiu e n達o se arrependeu.

Fotos: Francielle Santo

18 BATE PAPO MAGAZINE

www.papoTV.com


Espaço dos Leitores

AMERICAN HARLEY-DAVIDSON®, INC. I n v i t eYou s Y o uTo T o Our O u r 36th 3 8 t h AAnnual nnual Invites

O aniversário de 34 anos de Janaina Souza (a animadora de festas mais conhecida como Tia Janaina) foi realizado no dia 29 de julho na casa de oração CEC Framingham. A festa teve como tema flores e frutas “à lá Carmen Miranda” e decoração feita pela própria aniversariante. Fotos enviadas pela leitora. Envie suas fotos para papotv@msn.com

Our Everyday Deals Just Got Better

S a t u r d a y , August S e p t e m b e 4th r 1 4 t h• -99 AM A M t oto 4 P Saturday, 4MPM

FREE

HOT DOGS & HAMBURGERS

Oil Change While You Wait 9:00am TO 3:00pm Price Of Oil & Filter Only

See The New 2012

Harley-Davidson’s COME CHECK OUT The New 2014

FLSTC

Heritage Softail Classic

ALL BREAD 3 for $3.00 EVERY TUESDAY & FRIDAY

Freihofer’s Bakery Outlet 589 Centre St. Brockton, MA 02401 508-583-7713

Street Glide

DYNO LARGE

SERVICES

Selection Of

NEW & USED

MODELS FLTR

Road Glide

P o orr Phi P h ill Say S a ys.. s... Poo He h F ing all H e rre e thi tSpr WiW F ele Fre l F redo e e dm o m wit w i th h Fee H arle r l ey,y ,454 5 -50 5 0 MP M PG G AAHa

BIKES

Great to School Savings FREE Back ENTENMANN’S CAKE FREE w/ ENTENMANN’S CAKE $10.00 purchase w/ good $10.00 purchase Offer through 5/30/13 Offer good through Oct/15/13 CanCan notnotbebecombined withother other offers combined with offers

FLHX

10:00am TO 3:00pm

LOW FINANCING AVAILABLE

20% OFF

COLD WEATHER ACCESSORIES AND DISCONTINUED LEATHER JACKETS

END OF SEASON CASUAL OUTERWEAR

20% OFF

AMERICAN HARLEY-DAVIDSON®, INC. 1437 Central St. (Rt. 12) Leominster, MA 01453

978-537-6919 • www.americanharleydavidson.com Mon., Mon., Tues. Tues. & & Thurs. Thurs. 9-8, 9-8, Wed., Wed., Fri. Fri. 9-5, 9-5, Sat. Sat. 9-4 9-4, Sun. 11-3

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

19


Férias na Florida Texto e fotos: Shirley Nigri Farber No início de junho meu filho começou a me perguntar onde iriamos passar as férias. Como eu ainda não tinha me programado e ele insistia em um reposta, eu disse: vamos ao Cape e Nova York. Ele, já mal acostumado, disse que férias sem viagem de avião não tem graça. Realmente, nós estávamos cogitando a possibilidade de ir para a Europa ou Israel. Mas nessa época é tudo caro e lotado. É difícil arrumar um local que agrade a todos na família. Claro, meu filho quer ir de novo a Disney, eu quero curtir uma praia e meu marido gosta de explorar lugares diferentes. Acabamos indo para Orlando e Miami. Verão não é a melhor época para se ir para Disney em Orlando. Além de ser muito quente e chover no fim da tarde, todos os brinquedos ficam com filas enormes. Mas quando se tem criança, a única época em que dá para viajar é nas férias. Depois eu fico pensando, meu filho vai crescer e daqui a pouco não vai mais querer ir a Disney, então qual o problema de irmos de novo? Toda viagem começa com a busca na internet. Procura-se passagem, hotel e o mais caro: os ingressos para os parques. Um ingresso para um dos parques da Disney custa cerca de $100 por dia, mas quanto mais dias você compra mais esse preço cai. Para quem nunca foi e quer conhecer todos os parques, o ideal é um passe de 5 dias que sai por $289 no site da própria Disney, (disneyworld.

Meu filho David no World of Chima, Legoland

Disney Magic Kingdom

20 BATE PAPO MAGAZINE

disney.go.com). A Disney é formada por 4 parques: Magic Kingdom, (o primeiro de todos e ideal para crianças menores), Hollywood Studios (tudo sobre os filmes da Disney e Pixar), Animal Kingdom (uma espécie de zoológico com brinquedos) e Epcot (o mais moderno mas interessante para adultos). Além desses tem os parques aquáticos: Typhoon Lagoon e Blizzard Beach. Nessa época do ano encontra-se muitos brasileiros nos parques da Disney mas não nos parques aquáticos. Na minha opinião, o ideal é pegar um passe para vários dias que inclua os parques aquáticos, se refrescar pela manhã e deixar os parques “secos” para o fim da tarde. Somente o Animal Kingdom fecha mais cedo por causa dos animais e dos safaris. Em 2001 fizemos os 6 parques em 5 dias. Desta fez foram 3 parques em 2 dias mas é claro não deu para ir em todos os brinquedos que queriamos. Só para se ter uma idéia, o mais badalado brinquedo no Hollywood Studios, o Toy Story, um jogo a laser, tinha fila de 120 minutos no fim da tarde. Você pode até conseguir um Fast Pass (que marca hora para entrar no brinquedo) mas precisa chegar cedo. Eu tirei uma foto pois sei que é difícil acreditar que alguem se dispõe a ficar na fila, em pé por duas horas para uma brincadeira que leva uns 3 minutos. Eu já tinha me preparado psicologicamente para ficar uma média de uma hora em cada fila mas meu filho disse que não fazia questão e fomos para outros brinquedos. O legal do Hollywood Studios são os stunt shows, em que eles atuam e mostram como são criados os efeitos especiais

Tempo de espera para o Toy Story do Hollywood Studios

dos filmes de ação. Em Orlando nós ficamos sete dias no WorldGate Resort que fica a 5 milhas da entrada da Disney. Quer dizer que eu podia acordar cedo e ser a primeira a entrar no parque. Mas é férias, a gente quer relaxar, acordar tarde, tomar um café da manhã com calma, curtir a piscina e jacuzzi do hotel. O WorldGate foi reformado e ficamos num quarto ótimo. Além de um kiosk do Starbucks, o hotel possui dois restaurantes sendo um deles Voka, Glatt Kosher. O hotel está preparado para aqueles que respeitam o Shabat e inclusive um dos salões se transforma numa sinagoga. Hotel tem preço ótimo, várias atividades para as criança e transporte para os parques caso a pessoa não queira alugar carro. Um parque que eu gosto muito é o Legoland. É ideal para crianças menores de 10 anos, até porque não fica cheio de adolescentes. Fomos no parque aquático e a tarde seguimos para o restante do parque. O ingresso para um dia que inclui o parque aquático sai por $81 mas se comprar para dois dias fica por $96 (florida.legoland.com). Fomos num sábado e tinha filas de até 50 minutos, depois fomos de novo numa terça e as filas não passavam de 15 minutos. O mais interessante é que depois da chuva das 5 da tarde (aliás todo dia caia uma chuva www.papoTV.com


de verão), alguns brinquedos fecharam e o parque se esvaziou. Os brinquedos restantes não tinham nenhuma fila e fomos repetidas vezes no Lost Kingdom Adventure que vem a ser um jogo a laser igual ao Toy Story. Parque sem fila é muito divertido, a família brinca unida e compete unida. Adivinha quem teve mais pontos? Visite o novo brinquedo World of Chima e prepare-se para se molhar. Para relaxar entre um brinquedo e outro, faça um passeio pelas mini cidades feitas com Lego. Claro que o brasileiro vai para Orlando e só quer passear nos parques mas se você quiser, tem milhões de outras coisas interessantes e divertidas, principalmente se está chovendo. Alguns dos outros locais que visitamos em Orlando: CSI The Experience, bom programa para quando chove. Participantes ajudam a investigar um crime. Pirates Dinner Adventure – jantar com teatro interativo cheio de ação onde as crianças são chamadas ao palco. Meu filho adorou. Ripley’s Believe it or Not! – espécie de museu do absurdo. Não gostei. Sleuths Mistery Dinner Show – jantar com teatro divertido onde os convidados ajudam a solucionar um crime. Muito bom mas para quem entende inglês. Wet’nWild – um parque aquático com várias atrações. Eu acho mais interessante para adolescentes do que crianças pequenas. Não achei muito limpo como os da Disney. Whirlydome – outro local que nos salvou em dia de chuva. Tem jogos divertidos, principalmente para quem vai em grupo. Boggy Creek Airboat Rides – um passeio de barco pelo pantano. Gatorland – um parque temático em torno dos jacarés. Só vale a pena se você for ficar mais de duas semanas na região. Depois da maratona de Orlando com atividades mil, fomos para Miami para um descanço merecido no Ritz Carlton Coconut ­Groove. Confesso que nunca tinha me hospedado no Ritz, achava que era só para milionário. Mas se você procurar na internet vai encontrar quartos desde $200 a $2,000. Um luxo de vez em quando vale a pena. Feeling Ritz Sempre quiz saber por que os hotéis Ritz-Carlton são tidos como símbolo de elegancia e status. Logo na chegada deu para sentir a diferença. Um hotel não se destaca dos outros só pela sua decoração ou pelo piso de mármore mas sim pelo seus serviços. Todos os funcionários são muito bem treinados e educados. O manobrista abre a porta do nosso carro e pergunta o nome da reserva. A partir daí parece que avisaram que o rei e a rainha da Inglaterra chegaram. Cada um dos funcionários já sabia o nosso sobrenome. Veio a gerente abrir a porta “welcome Mrs. Farber” e o carregador de malas “fez boa viagem Mrs. Farber?” Nisso o check-in leva alguns segundos e já estamos na nossa linda suite com sala de jantar e de estar, duas

Eu e meu marido na nossa suite no Ritz-Carlton com sala de jantar, dois banheiros e varanda com vista para o mar www.papoTV.com

B Ocean

Férias na Florida

Suite do B Ocean Fort Lauderdale onde eu não precisei levantar da cama para ver o mar

Ritz-Carlton Key Biscayne

Worldgate Resort, Orlando BATE PAPO MAGAZINE

21


Férias na Florida

Passeio de bicicleta no Hugh Taylor Birch Park

Fort Lauderdale: Yachting Capital of the World

Dylan’s Candy Bar em South Beach

22 BATE PAPO MAGAZINE

varandas e vista para o mar. Nos dois banheiros todos de mármore se encontra tudo aquilo que você carregou a toa: escova e pasta de dente, cremes, esponja de banho, chinelo, roupão, creme de barbear, etc. Coconut Groove tem um área badalada com restaurantes e lojas e então fomos jantar e passear. No dia seguinte fomos convidados a passar o dia no Ritz Carlton Key Biscayne que eu estava curiosa para conhecer pois sempre via nas fotos das revistas de moda. No chiquérrimo resort à beira do mar, curtimos praia, piscina (sendo uma só para adultos) e almoçamos. O tratamento sempre VIP como se não fizesse diferença se o hóspede está na suite de $300 ou de $3,000 por noite. Desde a mocinha que toma conta do banheiro até o gerente do restaurante, todos te tratam como se você fosse o hóspede mais ilustre, sempre antecipando suas necessidades, seja mais uma toalha, uma bebida ou se oferecendo para tirar uma foto. Em Fort Lauderdale ficamos hospedados no B Ocean num quarto em frente ao mar. Fort Lauderdale era o famoso point de Spring Break, onde os jovens passavam as férias da primavera bebendo e fazendo festa pelas ruas. Mas hoje prefere ser conhecida como a Capital Mundial do Iate e de Venice of America devido aos vários canais. Mas quem vem do Brasil só quer passar o dia no Sawgrass Mall. Cheguei até a perguntar aos brasileiros que encontrei no hotel por que se hospedar na beira do mar se eles não iriam a praia: a lista de compras é grande. Não é meu caso. Depois do café no hotel eu atravessei a rua e curti o mar quentinho e sem ondas. Se você mora em Massachusetts vai me entender, ir a praia sem carregar nada é bom demais da conta. Eu até ficaria na praia até o sol se pôr mas meus companheiros de viagem querem algo mais. Fizemos o Duck Tour, passeio de onibus que vira barco. Fomos no IGFA Fishing Museum, curti pela primeira vez um K1 speed racing, passeamos de bicicleta pelo Hugh Taylor Birch Park onde fomos surpreendidos por uma iguana e uma cobra (no banheiro), fizemos o passeio de barco Sea Experience pela mansões e iates da chamada Millionaire’s Row que incluiu uma parada no meio do oceano para snorkeling (mergulho sem tanque de ar) onde vimos lindos peixes. A noite fomos para Las Olas, rua movimentada de Fort Lauderdale. Mas a badalação mesmo nós encontramos em South Beach, na Lincoln Road. Interessante que em Miami parece que todo mundo é rico. São iates gigantescos, carros modernos em alta velocidade, lindas mansões. Mas o que eu realmente senti o contraste foi ver tanta gente circulando pelas lojas e fazendo compras. Nem na época do Natal eu vejo as lojas tão cheias aqui em Boston. A Lincoln Road com construções no estilo Art Deco mistura lojas das melhores marcas e restaurantes com mesas na calçada. Local ideal para fazer compras e é claro desfilar o que se comprou. Tudo num clima super relaxado, mulheres de sandalia baixa, roupinhas de verão e gente do mundo. Meu filho chegou a perguntar se estamos nos EUA pois ninguém falava inglês. Demos uma parada na Dylan’s Candy Bar, linda lojinha de balas da filha do Ralph Lauren, na galeria do Romero Britto e num restaurante. Depois de Miami fomos passar o dia em Palm Beach. Já tinha ouvido falar muito nesta cidade como o local onde os ricos têm casa e passam as férias. Passeamos pela praia e pela rua principal, Worth Avenue, onde ficam todas as lojas chiques conhecida como a Rodeo Drive da Florida. Estava tudo vazio, os ricos chegam depois do verão fugindo do frio em outras partes do mundo. Assim pudemos almoçar no tradicional e super elegante restaurante Renato sem ter de fazer reserva. Fomos super bem recebidos, num ambiente tranquilo e com uma boa comida. Relaxados após duas semanas sem trabalhar, sem computador, sem entrar na cozinha, pudemos voltar para a rotina de trabalho em Boston. Em casa meu filho pergunta: tem Ritz-Carlton no Brasil? Não filho no Brasil a gente fica na casa da vovó. Sugestão de site sobre a Florida: www.sunny.org; visitorlando. com/alegria (em portuuguês). www.papoTV.com


Show Jorge Aragão

Show realizado no dia 25 de agosto no Wonderland e produzido pela Aplausos e Axé Rio

Fotos: Francielle Santo

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

23


Para quem não apoia a Causa do Imigrante Josimar Salum Na região de Boston onde vivo, os esforços para unir pessoas imigrantes em torno de uma causa comum não são facilmente recompensados. Geralmente pessoas se unem em função de coisas e de seus próprios interesses e não de causas. Todos sentem necessidade de pertencer a um grupo, porque quando nascemos somos inseridos em nossa família. Os grupos mais comuns entre os brasileiros são as igrejas católicas, os membros de igrejas de denominações evangélicas unidos em função de sua igreja local, as uniões e fraternidades de pastores, os grupos de igrejas de diversas denominações evangélicas unidas em torno de uma “visão”, as sociedades como maçons, Rotary clubes e agremiações esportivas. Dentro destas uniões ocorrem muitas divisões em função de disputas de poder, da insatisfação de líderes com outros líderes, de questões morais e escândalos financeiros, da quebra de relacionamentos de pessoas de destaque do grupo, e no caso específico de igrejas evangélicas as discórdias doutrinárias têm sido as causas mais comuns de divisão. Quando as crises de relacionamentos acontecem, por exemplo, dentro das igrejas católicas a organização é sempre preservada ainda que haja rupturas entre membros. Até em igrejas batistas ocorre o mesmo. Divisões são acomodadas com a denominação apoiando a fundação de outra igreja para manter os fieis todos como sendo batistas. Este fenômeno não ocorre com a mesma frequência entre outras igrejas evangélicas. Essas igrejas são parecidas com colmeias, de vez em quando soltam enxames. Uma rainha é levantada no grupo e leva seu grupo de operários para outra localidade. E as abelhinhas já não trabalham mais juntas, senão cada uma somente em favor de sua própria colmeia. Tem ocorrido sucesso de algumas causas no meio imigrante brasileiro quando o alvo é a ajuda humanitária. O sentimento de solidariedade de cada indivíduo propulsiona sua participação para socorrer algum enfermo no hospital, no despacho do corpo de um

24 BATE PAPO MAGAZINE

ente querido falecido para o Brasil e de outras causas semelhantes. Nestes tempos atuais, quando a discussão de uma Reforma Imigratória incendeia o Congresso Americano e a própria Sociedade Americana, será que este assunto tornar-se-á uma causa comum que imigrantes documentados e indocumentados unir-se-ão para batalharem juntos pelo seu sucesso? Todo imigrante indocumentado vive o sonho de sua legalização. O desejo principal do brasileiro é visitar seus familiares e retornar aos Estados Unidos para continuar vivendo sua vida. Este é de fato o sentimento básico e determinante na sua aspiração de tornar-se um imigrante residente legal e colocar-se na trilha para tornar-se um cidadão. O direito mais fundamental e sublime de um cidadão é poder votar e ser votado para cargos de liderança política. Entretanto, pesquisando por conta própria, constatei que para 90% dos brasileiros este é o direito para o qual não dá o mínimo de importância. O debate político esquentado por brasileiros nas últimas Eleições Presidenciais foi motivado somente pelas questões imigratórias. O resto das questões político-sociais dos Estados Unidos simplesmente não lhes interessa. E o que tem ocorrido é que o imigrante brasileiro legalizado e cidadão não demonstra nenhuma vontade de se envolver na luta dos que estão na fila para a legalização. Se existe ainda alguém de sua família que precisa se legalizar é possível então que se desperte nele ou nela algum interesse em participar do processo. Conheço inúmeros brasileiros que depois que conseguiram seu Green Card esquecem-se dos outros que ainda estão na luta por esta conquista. Conheço outros que depois que tornaram-se cidadãos desprezam seus conterrâneos e não fazem nada para os ajudarem a conquistar também seus direitos de cidadania plena neste país. Penso que cada brasileiro cidadão americano deveria se solidarizar e fazer tudo quanto pode para que outros imigrantes sejam integrados na Sociedade Americana com plenos direitos. Nesta discussão é importante ressaltar que o imigrante legal paga seus impostos porque em seu processo de legalização lhe foi exigido acertar as contas com o Governo. Grande parte dos assim denominados ilegais também pagam seus impostos e terão que acertar sua conta total ao entrarem no processo de sua legalização, doutro modo, jamais serão aprovados. É fato constatado que milhões de cidadãos, nascidos aqui, não pagam “Income Tax” na proporção direta de que milhões de ilegais já pagam seus impostos. Este debate sem pé e sem cabeça e preconceituoso dos conservadores que só pensam em si mesmos de que imigrante não paga imposto deveria dar um passo avante. Todos nós, de um modo ou de outro, imigrantes ou descendentes deles devemos nos envolver nesta grande frente de Solidariedade para com milhões de pessoas, novos e velhos, que como todo mundo, pisaram e andam dentro deste solo abençoado para viver o verdadeiro Sonho Americano: a Liberdade! Josimar Salum é um dos líderes do Movimento Brasileiro pela Cidadania www.euqueroficar.com e endossa www.minhasolucaototal.com. Confira!

www.papoTV.com


Arte e Cultura Evento do Centro do Imigrante Brasileiro O Centro do Imigrante Brasileiro realizará na sexta, dia 20 de setembro um evento com o objetivo de arrecadar fundos para o Massachusetts Coalition for Domestic Workers. Esta organização tem ajudado gratuitamente aos trabalhadores domésticos. Além dos atendimentos de rotina, são oferecidos à comunidade cursos e serviços de mediação familiar. O CIB está estruturando um programa de Mediação entre Trabalhador Doméstico e Empregador que permite que os trabalhadores domésticos e seus empregadores resolvam as disputas e as controvérsias trabalhistas em seu local de trabalho. A Clínica Jurídica, dos Direitos e das Políticas dos Trabalhadores Domésticos de Massachusetts iniciou seus atendimentos ao público em setembro de 2011 e até hoje já conseguiu economizar mais de U$ 100.000 para os trabalhadores da categoria. Os serviços jurídicos devem crescer muito a partir de setembro deste ano quando o Centro do Imigrante Brasileiro se opuser ao programa de Secure Communities. Participe e apoie nossos servicos. O evento será realizado no Samba Bar, 608 Sommerville Ave. Sommervile e apresentará uma noite de forró, samba e boa comida. Entrada U$ 20.00. Informações pelo: 617-783-8001.

4a Brazilian Expo USA A 4a Brazilian Expo USA, feira de produtos e serviços brasileiros será realizada nos dia 14 e 15 de setembro a partir das 10 da manhã no Seaport World Trade Center, 200 Seaport Boulevard, Boston. Haverá desfile de moda, palestras, café literário, comidas típicas e atividades para crianças. A atriz Desiree de Oliveira do Zorra Total, da TV Globo estará presente. O Centro do Imigrante Brasileiro estará oferecendo um seminário sobre os requisitos da OSHA para a Indústria da Construção. O United States Census Bureau estará organizando o workshop “Quem é o seu cliente”, que descreve como acessar as informações do Census para beneficiar o seu negócio. O evento é produzido por Suely DiBara, da SR Global Enterprises. Maiores informações: 774- 242-9580 ou www.BrazilianExpoUSA.com.

Robson Lemos

O ator baiano Robson Lemos apresentou o seu espetáculo ­ razilwood (Pau-Brasil) no dia 23 de agosto no Sunset Café B em Cambridge. O musical dirigido por Edel Holz contou com a participação dos músicos David Ramos (guitarra), Paulo Cesar (violoncelo), Julio Santos (percursão) e Mister Zi (voz). O musical conta, em inglês e português, toda a história do Brasil embalado por produções literárias e artísticas que marcam tempo e espaço nos momentos importantes da nação. Robson Lemos convidou o espectador a mergulhar na cultura brasileira usando de tecnologia de ponta e projeções de alta qualidade.

www.papoTV.com

Equipe da peça Mãe e Filha

Nos dias 20 e 21 de setembro, às 8 da noite, Edel e Sophia Holz apresentarão a peça: “Mãe e Filha: O maior amor do mundo”, no basement do Regent Theater, 7 Medford St. Arlington. O espetáculo conta a história da mãe solteira Analu Mendes que decide criar sua filha sozinha e retrata também a amizade, a cumplicidade e o amor maternal imenso que transcende e contagia. As atrizes que vivem esse papel, na realidade, já foram Mãe e Filha na ficção mostrada no DVD gravado ao vivo de “Os Silva na América”. Elas prometem impressionar o público através do texto de Edel Holz que mistura emoção e identificação imediata com o espectador. FICHA TÉCNICA: Elenco: Edel e Sophia Holz. Texto: Edel Holz Produção: Andreza Moon. Direção: Robson Lemos. Músico Convidado e Trilha Sonora: Fernando Holz. Cabelo e Maquiagem: Panther Hair Salon by Nicy Duarte. Photos: Sky Art Photo and Video. Contato: 617-229-8403. BATE PAPO MAGAZINE

25


IDEOLOGIA

Marco Fogel Em 1964, estávamos sob o risco de nos tornarmos um país comunista. Por isso, a “Revolução”. Em 1989, estávamos à beira do comunismo (Lula). Por isso, Collor. Em 2013, estamos à beira da revolução (?). Por isso, aí vem um pouco mais do mesmo. Em todos as encruzilhadas históricas e políticas do Brasil, uma pitada de instrumentação ideológica tem resolvido o problema e mantido o status quo. Ideologia, vejam bem, na concepção Marxista da palavra. Para falar de qualquer conceito Marxista, primeiro é necessário desmistificar Marx. Para muitos da minha geração, ele simboliza o “Cruz credo comendo mariola”, o “666”, a “Besta” em si. Marx é, no entanto, o principal pensador político do século XIX e catalisador do século subsequente. O século XX deve a Marx as conquistas sociais que alcançamos. Marx está por trás de leis trabalhistas justas (8 horas por dia!), uniões sindicais e, acima de tudo, deu voz ao proletariado, para que esse possa reivindicar seus direitos mais básicos. Mas Marx também cunhou expressões importantes, como a “mais Valia”, que significa que o trabalhador produz sempre muito mais do que circunstancialmente recebe. Mas não quero falar de nada disso. Quero falar de Ideologia. Para Marx, ideologia é aquele papo de “cerca-lourenço”, que pessoas no poder sempre usam para justificar seus atos, quando na verdade aspiram tão somente a se perpetuarem no Poder. Assim, não houve comunismo nenhum em 1964 (e não foram os militares que nos salvaram disso, muito pelo contrário, garantiram o “capitalismo selvagem” por mais tempo no Brasil), Collor não simbolizava o saudável avanço democrático em detrimento do “comunismo ditatorial” de Lula, e Lula, por sua vez, não tinha nada de comunista, não é mesmo? Não vai demorar muito para os manifestantes serem acusados de “baderneiros”, “anarquistas”, e quiçá, até de “comunistas”.No dia 15 de Agosto, um grupo de 200 manifestantes parou a principal rua do centro da cidade do Rio de Janeiro por sete horas ininterruptas. Sem uma intromissão policial. Porém, há três semanas, 50 manifestantes na frente da residência privada do Governador Cabral foram dispersados pela polícia. 200 pessoas tiveram acesso livre para criar o caos no tráfego na cidade; 50 pessoas foram dispersadas porque “estavam assustando meus filhos”, segundo Cabral. É, sem dúvida, um momento que vai demandar requinte dos governantes na formulação de algum culpado, algum “monstro comunista”. E o plano já está em marcha. As manifestações prosseguem, os acertos no plano executivo, nem tanto. Mas a criação de um “monstro culpado” está

a pleno vapor. E nao é o poder executivo, obviamente. Um amigo americano meu ficou chocado com a história de Collor. “Quer dizer, então, que vocês votaram e elegeram o Collor como senador anos depois de terem ido para a rua exigir o impeachment?”. Não discerniria com simplicidade de argumentos. Afinal, eles votaram duas vezes no Bush só para que ele pudesse matar um cara que falou palavrão para a familia dele. Tudo isso a um custo de US$1 bilhão por dia. Onde então fica a diferença? A diferença está, e sempre esteve, na educação. O Governo dos EUA tem um sistema democrático, onde seus vigilantes(os poderes legislativo e judiciário), estão, conforme deveriam, livres para atua-

Painel Paulo Freire por Luiz Carlos Cappellano

rem em suas funções. Quem erra, vai para a cadeia. Se está errado, legisla-se diferente. A lei “pega”. Com vários reticentes problemas de lobbying, de poder financeiro influenciando ou tentando influenciar nas decisões. A democracia como um todo procura um equilíbrio. O sistema educacional no Brasil não acontece porque há um interesse profundo de quem está no Poder para que isso não aconteça. Um dos maiores pedagogos do seculo XX é brasileiro. Seu nome? Paulo Freire. Misturando Marx e religião, ele criou a “Pedagogia do Oprimido”, um livro de fama e repercussão internacionais. No Brasil, ele não tem relevância alguma nos projetos governamentais para a educação. Segundo Freire, o oprimido é “o outro”. No nosso caso específico, “o pobre”, “o traficante”, “o pivete”, “o analfabeto”. Ele é pobre porque é burro, é traficante porque é violento (animal), é pivete porque quer dinheiro fácil e, novamente, é analfabeto porque tem essa caracterisitca “indolente”. Para inverter todo esse processo, é necessário primeiro criar uma “auto-estima”. Quem está no Poder desumaniza este outro, no caso - o pobre. O pobre é só um número, não tem relevância. Assim, a campanha “Onde está Amarildo?” tem uma conotação extremamente saudável. Amarildo, pedreiro, pai de seis filhos, de-sa-pa-re-ceu, quando levado da favela pela polícia. Houve um ensaio de tentativa da polícia em usar os velhos trunfos: “era traficante”, “tinha outra mulher e sumiu no mundo”, etc. O movimento está incluíndo Amarildo na comunidade cidadã. Amarildo é cidadão brasileiro. Não pode evaporar-se assim, sem mais nem menos. Essa é a batalha pela humanização do oprimido, dando-lhe voz e assumindo que ele tem direito a todos os predicamentos de um cidadão. Pense bem antes de usar as palavras: “baderneiros”, “anarquistas”, “comunistas”, “traficantes”. Vai ver é isso mesmo o que o Cabral quer que você pense e fale. Marco Fogel formou-se em Comunicação Social na Faculdade da Cidade, Rio de Janeiro. Mora em Londres desde 2007 onde tem uma empresa de importação de alimentos.

26 BATE PAPO MAGAZINE

www.papoTV.com


GELÉIA REAL Silvio não veio

Hoje quem não apareceu na churrascaria foi o Silvio. Uma pena, porque ele é divertido e faz todo mundo rir. Silvio não leva nada à sério, e, às vezes, é até bom assim mesmo. A vida é cachorra. - Eu nunca fico totalmente à vontade com ele aqui, pra dizer a verdade- diz o Luis. -Nem eu - diz a Mariana. - E porque isso? - Pergunta o Carlos. - Ele sempre conta histórias da vida sexual dele. Não sei se gosto muito de ouvir, ele podia guardar isso pra ele - responde o Luis. - Como aquele rendezvouz a três que ele teve?- ri a Angela. - Poxa, eu fiquei encabulado. Como ele tem coragem de ficar falando isso pra todo mundo?- pergunta o Luis. - A cena do “trenzinho” não deu pra engolir - disse a Mariana com nojo. Angela caiu na gargalhada: - Ah, mas eu ri muito disso tudo. -Não posso dizer nada, disse o Carlos. Respeito a escolha dele. -Que escolha?- Angela reage atônita. - Eu acho que cada um tem o direito de ser o que é, de escolher seu modo de vida. Nao temos que interferir. É a vida privada deleCarlos, muito solene, explica. - Carlos, me admira você! O culto da turma aqui...- ainda a Angela. - Uai, nao falei mal dele, falei? - Mas claro que falou! - Ah, Angela, me desculpe, você é muito amiga dele. Mas tem certas coisas que nao dá pra engolir. O Silvio é meio pervertido- Mariana, com ponderação. Houve um silêncio. Ninguém reparou que há um certo mal estar com o Silvio, sempre. Até aqui, pensávamos que estávamos totalmente a vontade com ele, tolerantes com o que ele é. - Eu não preciso trazer exemplos te mostrando que todos os homossexuais célebres que conhecemos são atormentados: Oscar Wilde, Tennessee Williams, Truman Capote, Gore Vidal, James Baldwin. Todos escritores. Compara eles com heterosexuais: Saul Bellow, Ernest Hemingway, Norman Mailer, F.Scott Fitzgerald. Na primeira lista são todos gays. E todos são porra-loucas!- lista o Carlos. - Instantinho só- Angela pede um time- vou aqui agora abrir o Wikipedia...momento... Todo mundo na expectativa sem entender nada. - Taqui: Hemingway se suicidou. Macho pra caramba. F. Scott Fitzgerald morreu de cirrose e pobre.Adorava mulher. Norman Mailer saía dando porrada em todo mundo. Me explica isso? Silêncio na mesa. E a Angela: - Pois eu explico. Eu li outro dia sobre Ideologia, no conceito Marxista. Tá no Wikipedia, todo mundo pode ler. “A mim muito me interessa”, como diz o pessoal do Planeta. E li sobre Ideologia, segundo Marx, entre o alisamento e o secador, no cabelereiro. - Ihh, tá podendo - Luiz, já no deboche. - Olha, digo uma coisa pra vocês: existe uma diferença entre racismo/ antisemitismo/ homofobia e preconceito em si. Vocês sabem qual é? - pergunta a Angela. Um uníssono NÃO veio a tona. - Os primeiros são uma escolha ativa de gente estúpida. O segundo, o preconceito, nasce da ignorância, outra estupidez. Ninguém nesta mesa é homofóbico. Vocês são todos uns ignorantes mesmo! - Não precisa ser tão grossa - Mariana, nossa gatinha, responde. - Vem cá, meu amor, você não tava saindo com um homem casado com filhos e tudo?- Angela. -Sim? - Isso não é perversão?- Angela, de novo. - Não é sexo pela porta dos fundos, Angela! Eu te garanto!- respondeu a Mariana. www.papoTV.com

NOSSOS BRASILEIROS EM LONDRES - PARTE 4 Aí todos riram nervosos. Porque riram, nem eu sei. - Vocês não entendem que é isso que o pessoal no Poder usa pra gente ter ódio da gente mesmo??? Ideologia é isso: “O gay é um monstro, pervertido. Mata ele, não mata euzinho aqui no Poder”. “É ele quem está corrompendo a sociedade”. Preconceito é falta de educação. Olha pra cara daquela vendedora de bolsas em Zurique. Ela não tem nada contra pretos gordos, que, no caso, era a Oprah. Ela só tem certeza que pretos gordos não tem dinheiro pra comprar bolsa cara!E ninguém nesta mesa conhece mesmo o Silvio, né? E não se conhece também. Luis, vai dizer que você já não fez o que o Silvio faz? -Não faço, não senhora! - Então tá morrendo de vontade de fazer. E aquelas histórias que nós ouvimos daquelas duas garotas que gostavam muito de você “ao mesmo tempo”? - Eram duas garotas, ué. -Faz diferença nenhuma. O Sílvio não veio hoje, e a gente decidiu que realmente não conhece ele. O Sílvio é o mesmo de sempre, já vimos ele N vezes. Agora a gente decidiu que fica todo mundo sem graça com ele, porque decidimos que somos todos puros. E porque ele não tá aqui pra se defender. Ora, tenha santa paciência. Esses almoços na churrascaria estão ficando confusos...

BATE PAPO MAGAZINE

27


Essa Vida Americana…. Madame Catástrofe Leoninafortunatoheringer@hotmail.com Por cinco dias tive a visita da Elizabeth, uma brasileira que viveu em Quebec, a província canadense francófona, e pude praticar meu francês com ela. Residente legal do Canadá, ela espera voltar para lá em um ano, quando se aposentar como professora de francês, em São Paulo. Em 2005, Elizabeth foi selecionada entre todos os professores do seu estado, para participar de um curso de francês em Limoges, na França. Na Gare Austerlitz em Paris, decidiu que havia tempo suficiente para dar um passeiozinho pela cidade, antes do horário do trem para Limoges. O único problema era a mala, que não queria deixar no guardavolumes, por motivo de economia. Perguntou, então, a uma simpática senhora afro-descendente, assentada perto dela, se esta se importava de tomar conta da sua mala por alguns minutos. “Pas de problem…” a senhora se prontificou imeditamente. Colocou a mala entre um banco e outro, bem arrumadinha, para não atrapalhar ninguém, e lá se foi toda feliz… Após uns quarenta minutos, voltou trazendo uma sacola com um lanchinho, para encontrar a estação completamente rodeada de carros de polícia e policiais… Não teve como não se lembrar de um fato ocorrido dois dias antes, que estava sendo repetido a toda hora na televisão no Brasil. O brasileiro Jean Charles de Menezes havia sido morto por engano pela SO19, unidade armada da Scotland Yard dentro de um trem do metrô de Londres, quando trazia uma mochila `as costas. Os policiais supostamente o confundiram com Hamdi Adus Isaac (ou “Hussain Osman”) suspeito de tentar fazer um fracassado atentado a bomba no metrô, na véspera. “Meu Deus, minha mala…” Quando entrou na estação, havia dezenas de gendarmes (policiais) Malden Catholic High School The Xaverian Brothers School for Tomorrow’s Leaders

rodeando a área onde ela estivera e um deles apontava com um fuzil para a sua mala, isolada por uma fita amarela e preta. Pensou por alguns segundos e, rapidamente, desenvolveu um plano. Entrou aparentando descontração total, um sorriso quase maroto no rosto e balançanShirley Farber do sua sacolinha com o lanche, enquanto apontava com o dedo livre para a mala e quase gritava: “Ma valisse… ma valise…” (Minha mala…) “Ce n’ est pas votre valise, madame!” (Esta não é sua mala, senhora), um policial jovem, bonito e que parecia o chefe da operação lhe falou. “Oui… c’est ma valise.” “Pourquoi avez vous laisser votre valise comme ça?” (Por que a senhora deixou sua mala assim (sozinha)?) “Je suis sorti pour acheter un lunch.” (Saí para comprar meu lanche), balançando a sacolinha bem alto, próximo do rosto… “Est-ce-que je peux prendre ma valise, monsieur?”(Posso pegar minha mala, senhor?), caminhando em direção ao cordão de isolamento. “Non, il fault que tu atendes” (Você tem que esperar) “Mais, Monsieur, c’est ma valise. Regarde, mon nome est la....” (É minha mala, veja, meu nome está lá), apontando para a etiqueta da mala. “Oui, on a verifié votre nome madame.” (Nós verificamos o seu nome) “Il fault que tu attends vingt minutes” (Você vai ter que esperar uns vinte minutos). O policial pega o telefone e liga para o que ela pensa ser o Esquadrão de Comando Anti Bombas de Paris. Explica que a dona da mala aparecera e que havia saído para comprar um lanche. Toda a estação cai na risada… Depois de ter a mala liberada, Elizabeth pega o trem para Limoges, seu destino, feliz por não ter tido sua mala explodida. Vai para o alojamento de estudantes da Universidade de Limoges, onde fará o seu curso de aperfeiçoamento. Lá, para se distrair de tudo o que passara, tenta ligar a televisão e, como o sistema é totalmente diferente do sistema brasileiro, acaba mexendo nos botões errados e a televisão não funciona. Elizabeth tem certeza de que queimou a televisão, está muito nervosa e sua preocupação aumenta quando alguém diz que o conserto da televisão fica em três mil euros. Chamam o supervisor do estabelecimento que, sabendo já da história da mala em Paris, diz pra ela: “Restez loin de tout ici, Madame Catastrophe! (Fique longe de tudo aqui, Madame Catástrofe!) Daquele dia em diante até o término do curso, o seu apelido passou a ser “Madame Catastrophe”. Leia o livro de Leonina no site:http://cidadedosvagalumes.blogspot.com)

At Malden Catholic, young men thrive in a family-like community that fosters academic excellence, character formation and personal achievement. Our faculty have a passion for teaching and more than 70% hold advanced degrees. It makes a difference.

99% of Graduates Attend College $19 Million in 4-Year College Scholarships to 2013 Graduates Catholic High School Information Night - Sept. 19 Apply Online

Admissions: 781-475-5293 or www.maldencatholic.org

Malden Catholic High School

Today’s Outstanding Students, Tomorrow’s Outstanding Leaders

28 BATE PAPO MAGAZINE

www.papoTV.com


Oliveira Studios

Inauguração do Oliveira Studios

À direita os proprietários Cristiane e Jean No dia 9 de setembro foi inaugurado o novo espaço do Oliveira Studios Photography no 8B Henderston St em Everett. Os proprietários Jean e Cristiane (Kit) receberam seus amigos e clientes com um coquetel. Entre os que compareceram ao evento estão a Cantora Gospel Gabriela Rocha, o Pastor da Rescue Church Cristino Paes, Juliana e Douglas, Lucineia e Rone. O telefone de contato do Oliveira Studios é 617-771-9978. Francielle Santo

CIB promove atividades para domésticas

Casamento de Karla e Zanone

Francielle Santo

O Centro do Imigrante Brasileiro, vem ampliando a área de cobertura de suas atividades e, entre elas, encontra-se a campanha pela garantia dos direitos das trabalhadoras domésticas no estado. O CIB faz parte da Coalizão de Trabalhadoras Domésticas de Massachusetts, juntamente com o Grupo Mulher Brasileira, a Mata-Hari: Olho do dia, Centro de Desenvolvimento Dominicano e Instituto para o Desenvolvimento de Lideranças Femininas (WILD). Reuniões, workshops e treinamentos estão sendo realizados com o objetivo de engajar trabalhadoras domésticas das regiões de Lawrence, Lowell, Billerica, Dracut, Chelmsford e redondezas. Em Lawrence, existe uma parceria com a organização Lawrence Community Connections, onde já aconteceu a segunda reunião de trabalhadoras domésticas e no último dia 20 de agosto, aconteceu um treinamento sobre direitos trabalhistas e sobre o projeto de lei referente aos direitos das trabalhadoras domésticas de Massachusetts. Em Lowell e cidades próximas estao previstos workshops e reuniões para levar informação para as trabalhadoras. O BIC convida as trabalhadoras e membros da comunidade brasileira para participarem do próximo evento em Lawrence, em parceria com a Lawrence Community Conections: A exposição do fotógrafo Mario Quiroz “Trabalhadoras domésticas: as rodas invisíveis que empoderam a nossa economia” que poderá ser visitada entre os dias 3 e 30 de setembro. A recepção será no dia 26 de setembro às 6 da tarde e contamos com a presença das trabalhadoras, representantes locais, lideranças comunitárias e membros da comunidade. A exposição acontecerá na Biblioteca Pública de Lawrence. Para mais informações, entre em contato com o Centro do Imigrante Brasileiro pelo telefone 617 783 8001 ou pelo email dw@braziliancenter. org. Visite também o nosso website www.braziliancenter.org.

Casamento de Christina e Julio www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

29


Apoio ao Imigrante Attorney’s General office 617-727-2200 Defesa do consumidor hotline 617-727-8400 disputas com empregador e defesa do consumidor. Centro do Imigrante Brasileiro www.immigrantcenter.org 14 Harvard Ave - 2nd Floor, Allston MA 02134 tel: 617-783-8001 Masschusetts Alliance of Portuguese Speakers (MAPS) 1046 Cambridge St, Cambridge MA 02139 www.maps-inc.org, tel: 617-864-7600 Grupo Mulher Brasileira www.verdeamarelo.org, 697 Cambridge St, Brighton. tel: 617-202-5775 Consulado do Brasil em Boston www.consulatebrazil.org 20 Park Plaza sala 1420, Boston MA 02116, tel: 617-542-4000 Consulado de Portugal em Boston 617-536-8740 Consulado de Cabo Verde em Boston tel: 617-353-1446 Federation for Children with Special Needs oferece ajuda aos pais e crianças com deficiência mental ou física 617-236-7210 ext 329 (Rhea em portugues) www.fcsn.org Health Care for All - 1-800-274-4232, opção 3 para português. ajuda a aplicar para plano de saúde mesmo sem documentação The Center for Cancer Support and Education - 781-643-3370 Oferece ajuda gratuita às vítimas de cancer Centro do Imigrante New Bedford - 508-996-8113 (Helena) Casa do Trabalhador do Metrowest 24 Union Avenue 19, Framingham, MA 508- 532-0575 Centro Bom Samaritano (Igreja Católica) Contato: Sr. Manoel Basilio - Tel.: 508-628-3721 Central do Trabalhador Imigrante Brasileiro 129 Concord St # suite 24 # Framingham, MA 01702 Tel: 978-648-1283 www.ctibus.org A New Day - Formerly Womensplace Crisis Center (Gisela Lopes) 950 W Chestnut Street, Brockton, MA 02301 Phone: 508-588-2045 x 27 , Hotline: 508-588-8255 Alliance For Affordable Housing 391 Broadway, Suite 102, Everett, MA 02149 (Antonio Lima) Tel: 888-625-2990 - www.AFAHinfo.org - Dedicada a educar e ajudar os proprietários de imóveis em dificuldade financeira. OASIS Organization - prevenção contra o uso de drogas 110 Rockland Street, Stoughton 781-888-1134 (Cecilia) Aliança Da Primeira Infância, Framingham 508-782-6932

30 BATE PAPO MAGAZINE

Solteira (o) e Feliz da Vida Por Lygya Maya Soube que existe o dia das solteiras no calendário de celebrações e pensei cá com meus botões... Será que há mulheres solteiras felizes de verdade? Acho que no período em que vivemos muitas mulheres escolhem o ditado “antes só do que mal acompanhada” com consciência e maturidade. Isso se dá com as mulheres mais amadurecidas ou mais bem-sucedidas financeiramente. Antigamente se ouvia muitos homens dizerem que queriam ser solteiros para aproveitar a vida com liberdade; agora, ouço muitas mulheres dizerem a mesma coisa com um sorriso nos lábios. No final das contas, ser solteira se tornou uma conquista pela cobiçada liberdade que tantos de nós queremos e muitas pessoas se acovardavam, se acomodavam, por medo da solidão. Porém, hoje em dia, com a internet e todos os instrumentos tecnológicos utilizados para a socialização, a solidão fica em segundo plano e nós seres humanos nos tornamos mais individuais. Aprendemos a “curtir”, ficar só, para ter paz, calma, e um momento nosso para meditar e pensar, sem obrigações, horários e restrições. Já não temos muita paciência para aturar certas atitudes como nossas avós aturavam, e já não queremos sacrificar nossa felicidade, mesmo momentânea, por uma vida como doméstica ou Amélia. Se você que me lê, é uma mulher se sentindo inconfortável por ser solteira, respire fundo e se questione sobre o que você não está fazendo para se sentir feliz. Ou será que pensa que só seria possível ser feliz, vivendo na companhia de alguém? Se for o caso, preste atenção na sua autoestima e confiança nos seus poderes em relação à criatividade e competência, no sentido de criar oportunidades. Minhas dicas de hoje para a solteirice sem tolice são: • Faça amizade com mulheres que gostam de sair e se divertir. Para que isso aconteça, você tem de sair e fazer algo que gosta. Essa atitude lhe trará oportunidades de se relacionar. • Se você gosta de conversar, mesmo pelo telefone, telefone para as mulheres que você conhece para papear qualquer coisa (menos falar mal uma da outra; isso NUNCA!), mesmo que elas não telefonem pra você; ou envie email (que é menos invasivo, caso não queira pressionar). Um dia, você irá encontrar uma ou duas que gostam das mesmas coisas que você gosta. • Frequente aulas de dança, mesmo que sinta dificuldade. Afinal, o movimento do corpo ajuda você a se sentir mais leve e consciente dos poderes físicos que tem. Além disso, lá na aula, uma amizade pode surgir sem estresse; daí, é só sorrir. E assim...sorrindo, de amiga em amiga, você encherá seu coração de alegria com a graça de ter um grupo seleto e fiel. Ouvimos e falamos, sentimos e simpatizamos, trocamos e dividimos emoções e atenções. É tão bonito saber viver sendo solteira, feliz e atrevida... Lygya Lygya Maya é coach, escritora e palestrante. Desenvolveu sua carreira nos Estados Unidos, onde atuou na Companhia do mestre em motivação Anthony Robbins. É autora do e-book Ame as Emoções que Você Odeia (2008), disponível em www.lygyamaya.com.br.

www.papoTV.com


O seu anúncio poderia estar aqui para ser visto por milhares de pessoas. Ligue para 781-975-1009 www.facebook.com/ Anúncios a partir de $90 por mês. batepapomagazine

www.papoTV.com

BATE PAPO MAGAZINE

31


32 BATE PAPO MAGAZINE

www.papoTV.com

Bate Papo Magazine Edition 81  

Brazilian monthly magazine - Massachusetts, Rhode Island and New Hampshire. Published since April 2006. Free

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you