Page 1


2


Editorial Expediente DIREÇÃO Paschoal Sabatine paschoal@topbrasileditora.com.br PUBLICIDADE Marco Aurélio vendas1@topbrasileditora.com.br (11) 3271-5867

Informação, troca de conhecimento e muitas novidades No mês de agosto o mercado se reuniu na 30ª edição da Escolar Office Brasil. O evento é aguardado sempre com expectativa, pois concentra as novidades para a próxima temporada de negócios. Ao longo dos anos, o mix apresentado na feira foi ampliado. Hoje, além dos tradicionais itens escolares são apresentadas as linhas para os ambientes corporativos e home office, incluindo os artigos de papelaria e muitos outros produtos. A empresa organizadora do evento, Francal Feiras, afirma que uma feira de

JORNALISTA RESPONSÁVEL Lia Freire (MtB 30.222) redacao@topbrasileditora.com.br

negócios não deve ter como único propósito divulgar marcas e promover vendas,

PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO ClStudio Produção Gráfica Cristiana Lacutissa (11) 3589-5381 Whats App (11) 9 96047300 producao@topbrasileditora.com.br

Uma importante novidade neste ano foi a Papelaria Modelo. Um espaço em

sendo fundamental também que ofereça conteúdo e neste sentido, a Escolar na edição 2016 cumpriu a sua função. que especialistas conduziam visitas guiadas para mostrar os melhores conceitos de visual merchandising e todas as técnicas que podem ser usadas no varejo de papelaria para fomentar os negócios. Outro destaque foi o estande para apresentar o Cartão Material Escolar, projeto de um grupo de entidades representativas do setor, que visa fortalecer os comércios locais, gerar empregos e fomentar

CAPA Patricia Chammas patriciachammas@yahoo.com.br

a economia dos municípios. O cartão substitui os kits escolares entregues pelo

ADMINISTRAÇÃO Av. Alcântara Machado, 924 cj. 03 – Brás CEP 03102-001 – São Paulo Fone (11) 2306-1246 www.topbrasileditora.com.br

de diferentes lugares do Brasil que assistiram a palestras, colheram informações e

governo no início do ano letivo. É um cartão do tipo pré-pago para a compra exclusiva dos materiais em papelarias cadastradas. Foram centenas de visitantes orientações sobre como implantar o Cartão. E o conteúdo da Escolar 2016 não parou por aí, teve ainda o Ciclo de Gestão Sebrae SP, com as principais tendências mundiais para o varejo; o Painel de Licenciamento com executivos que falaram sobre a importância de personagens e marcas no material de papelaria e o 3º Seminário de Educação Escolar Office Brasil que debateu temas atuais que indicam novos caminhos para a educação no Brasil. Para Abdala Jamil Abdala, presidente da Francal Feiras, a feira cumpriu sua missão mais uma vez. “A mesma missão que assumimos há 30 anos, quando criamos

A Revista Papelaria e Negócios é uma publicação mensal da Top Brasil Editora dirigida a lojistas e fornecedores de artigos para papelaria e informática. Circulação nacional.

a Escolar: trabalhar incansavelmente pelo desenvolvimento do setor de produtos para papelarias, material escolar e de escritório. Um setor forte merece uma feira forte”. O executivo acredita que, no ano que vem, a feira vai aquecer ainda mais os negócios do setor. “Com a retomada da economia, a mudança da feira para o Expo Center Norte, o retorno de várias empresas e o aumento de conteúdo profissional

O conteúdo dos artigos e as declarações textuais contidas nas reportagens da Revista P&N são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados.

4

nas palestras e workshops, temos certeza de que a Escolar 2017 reforçará seu papel de evento fundamental para fabricantes e varejistas”. Boa Leitura!


Sumário

8

Cobertura

34 38

Seções

Fornecedor


6


Cobertura Escolar

Escolar Office Brasil: desafios superados

Em 30 anos de existência, evento passou por mudanças significativas e se adaptou as necessidades do setor. A edição 2016, mais uma vez, retrata a força e o dinamismo do mercado papeleiro No segundo dia do evento, Abdala Jamil Abdala, presidente da Francal Feiras, responsável pela organização da Escolar Office Brasil já contabilizava um saldo bastante positivo do evento. “Na edição 2015, que também teve início num domingo, tivemos uma excelente visitação. Para esta edição a expectativa era que atingíssemos índices muito próximos, mas para a nossa surpresa, no primeiro dia os registros eram ainda melhores, tanto em número de compradores, quanto de público em geral. Isso reafirma que a feira se mantém fundamental para o mercado papeleiro e permanece como um instrumento que gera e alavanca os negócios. O retorno dos expositores demonstra a credibilidade O evento recebeu 150 expositores e a visita de 13.087 profissionais do setor, sendo que 8.637 foram compradores.

8

da feira. O segmento é privilegiado por ter um evento com essa longevidade”, ressaltou Abdala. E nos dias subsequentes, os números maiores do que os registrados em 2015 se mantiveram. Corredores e estandes movimentados, vendas concretizadas, novos


“O segmento é privilegiado por ter uma feira com essa longevidade. O evento, durante estes 30 anos, se mantém fundamental para o mercado papeleiro e permanece com um instrumento que gera e alavanca os negócios”, Abdala Jamil Abdala.

contatos e uma extensa programação com conteúdo profissional marcaram a 30ª edição da Escolar, que seguramente cumpriu as expectativas de retomada da confiança do setor e impulsionou os negócios entre varejo e expositores. Muitos destes expositores eram estreantes na feira como Cartões Bella Arte, Company/Cyclone, Fabriano, Grintoy, JWorld – Stöd, Maccabi Art e Paramount Plásticos e ‘veteranos’ que retornaram como Tilibra, Canson, DAC, Rendicolla e Artmanual. O evento recebeu 150 expositores e a visita de 13.087 profissionais do setor, sendo que 8.637 foram compradores do Brasil e de países como Antilhas Holandesas, Arábia Saudita, Argentina, Bolívia, Chile, China, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, México, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, Turquia, Uruguai, entre outros. Em 2017, a Escolar Office Brasil estará em novo espaço e acontecerá no mês de julho, entre os dias 23 e 26. O Expo Center Norte foi o local escolhido para receber a 31ª edição. Segundo Abdala, o pavilhão possui infraestrutura moderna e vai oferecer ainda mais conforto aos expositores e visitantes. “A Francal já realiza nove feiras por ano no Expo Center Norte com muito sucesso. Temos certeza que o mesmo vai acontecer com a Escolar 2017. Com a retomada da economia, a mudança do local da feira, o retorno de várias empresas e o aumento de conteúdo profissional nas palestras e workshops, temos certeza de que a Escolar 2017 será mais um sucesso.”

Corredores e estandes movimentados, vendas concretizadas, novos contatos e uma extensa programação com conteúdo profissional marcaram a 30ª edição da Escolar.


Cobertura Escolar

Uma feira com conteúdo “Acreditamos que uma feira de negócios não deva ter como único propósito divulgar marcas e promover vendas, mas é preciso também que Como já tradicionalmente acontece nas edições da Esofereça conteúdo”, colar Office Brasil, a trigésima edição contou com uma extensa programação com conteúdo para auxiliar o varejo na Abdala Jamil Abdala gestão do negócio e no processo de compra dos produtos. Abdala Jamil Abdala, presidente da Francal Feiras, empresa organizadora da Escolar Office, destacou que a feira oferece uma série de espaços e conteúdo relevante para incrementar os negócios do varejo de papelarias, bazares e afins. “Acreditamos que uma feira de negócios não deva ter como único propósito divulgar marcas e promover vendas, mas é preciso também que ofereça conteúdo.” Uma importante novidade neste ano foi a Papelaria Modelo, uma iniciativa que contou com a parceria da Francal Feiras, do SEBRAE-SP e da ABIGRAF-SP. O espaço teve o patrocínio das empresas Software Express, Total Sistemas e produção da MP Papeleiras, que cedeu todos os exposi-

Novos espaços e uma intensa programação de palestras e seminários marcaram a 30ª edição da Escolar Office Brasil.

10


Cobertura Escolar tores e móveis a fim de reproduzir uma papelaria modelo. “Buscamos no mercado referências para compor uma loja bem organizada, aplicamos os melhores conceitos de visual merchandising e todas as técnicas que podem ser usadas no varejo de papelaria para fomentar os negócios”, contou Larissa Carvalho, consultora do SEBRAE - SP. No espaço, as visitas, com duração de 20 minutos, eram guiadas por consultores do SEBRAE, que faziam uma breve apresentação sobre o mercado de papelaria e então, apresentavam a Papelaria Modelo, destacando aspectos como: a importância da fachada e da criação da identidade visual; da vitrine como chamariz para atrair os clientes; também foram abordadas questões relacionadas à acessibilidade; técnicas de exposição de produtos; sinalização; aspectos que constam no Código de Defesa do Consumidor como fornecer sempre informação clara e de fácil visualização dos preços; controle de estoque, entre outros importantes pontos. “Em muitas ocasiões, o lojista não precisa realizar altos investimentos. Bastam alguns pequenos ajustes e há uma significativa melhora na gestão da papelaria”, declarou Larissa. “O feedback do público foi ótimo. Ouvimos desde: “Eu faço exatamente isso na minha loja, estou no caminho certo!” a desabafos como: “Poxa, com essa sugestão de móveis e exposição dos produtos eu poderei diversificar meu mix, pois terei mais espaço!” Tivemos uma excelente experiência, além da adesão massiva dos expositores da Escolar que forneceram seus produtos para montarmos a papelaria. Com certeza será um projeto que desejamos manter na edição 2017 da Escolar”, afirmou Rogério Camilo, coordenador de relações com o mercado da ABIGRAF – SP. Outro novo espaço nesta edição da Escolar, que tinha como propósito levar informação aos participantes foi o Escolar Experience, em que expositores como Uma papelaria modelo foi recriada na feira. Com visitas guiadas de 20 minutos, especialistas apresentavam técnicas de exposição, visual merchandising, gestão, entre outras importantes informações para o varejista.

Nova Rio/Fênix, Cyclone, Dello, Dermiwil/DW, Newpen, Waleu, Editora DCL, GComWeb, Yangzi, Editora Todo Livro Teca e Xeryus demonstravam aos lojistas por meio de palestras, oficinas e workshops, a funcionalidade, utilidade prática, vantagens e diferenciais de

12


seus produtos. “Saber orientar os consumidores a respeito dos produtos faz parte da excelência no atendimento do varejo e, muitas vezes, é fator decisivo para a venda e a fidelização. Por isso, uma das atrações da feira neste ano foi o espaço Escolar Experience”, destacou Abdala. Mais uma vez, a Papelaria Mais - Quem circulou pelos corredores do Anhembi percebeu uma área diferenciada chamada Papelaria Mais. Espaço idealizado em 2015 e que voltou nesta edição para novamente reunir itens de papelaria fina, concentrando artigos de valor agregado. Uma tendência que vem sendo observada nas papelarias, que buscam fugir do mix tradicional e assim driblar a sazonalidade do setor. Neste ano participaram empresas como Teca, Fabriano, Okscrapbook, Cartões Bella Arte, Casa Dois Editora, Newpen do Brasil, Confetti, Box House, Tecnodidática e Santoro London. E teve mais – Se há um tema que não pode ficar de fora da Escolar é o licenciamento. Afinal, marcas e personagens estão presentes na grande maioria dos artigos escolares se destacaram entre os lançamentos apresentados na feira. E foi este o assunto tratado no Painel de Debates: “Licenciamento de Personagens: Uma Poderosa Ferramenta de Marketing”. Especialistas explicaram aos visitantes do evento, como os produtos licenciados, de maior valor agregado, podem aumentar as vendas no ponto de venda. Enquanto isso, o SEBRAE – SP foi responsável pelo Ciclo de Gestão composto por palestras sobre gestão e varejo, com as novidades apresentadas na maior feira do varejo do mundo, a NRF 2016. Realizado pelo terceiro ano consecutivo, o Seminário de Educação Escolar Office Brasil reuniu um time de especialistas que discutiu questões como a integração da tecnologia na prática, a personalização do ensino e as competências para o século 21. Para Abdala, o público formado pela rede de ensino é fundamental para a Escolar Office Brasil. “Os profissionais de ensino já visitam a feira regularmente. Precisamos, cada vez mais, oferecer a eles não só produtos dentro do mix, mas também conteúdo de qualidade, que atenda suas necessidades e torne sua presença

Por mais uma edição, a Escolar contou com uma intensa programação de palestras.

A Papelaria Mais reuniu no Anhembi expositores que apresentaram itens de papelaria fina, concentrando artigos de valor agregado.


Cobertura Escolar no evento mais agradável e proveitosa”, afirmou Abdala. Cartão Material Escolar ganha destaque – a iniciativa de um grupo de entidades representativas do setor (ABFIAE, ABIGRAF-SP, ADISPA, FACESP, FECOMÉRCIO e SIMPA-SP), que visa fomentar e fortalecer o comércio local ganhou visibilidade na edição 2016 da Escolar. O Cartão Material Escolar (CME) é um cartão de débito disponibilizado pelas prefeituras aos alunos da rede pública, possibilitando a compra exclusiva de materiais escolares na rede de estabelecimentos cadastrados pela Associação Comercial ou pelo Sindicato do Comércio Varejista dos municípios. Presente nas cidades de Agudos, Boracéia, Salto e Capivari, todas em São Paulo, em Poços de Caldas (MG), além do Distrito Federal e o Maranhão. No total são 1.200 estabelecimentos cadastrados. “Considerando apenas os números do último volta às aulas (janeiro a março de 2016) foram movimentados aproximadamente 80 milhões de reais, em todas as cidades onde o sistema CME foi implementado com sucesso”, declarou Rubens Passos, presidente da ABFIAE – Associação Brasileira dos Fabricantes e ImportaDurante a feira, em um estande exclusivo, foi apresentado o Cartão Material Escolar, seus benefícios, vantagens e funcionamento.

dores de Artigos Escolares. Durante a feira, representantes das entidades parceiras deram plantão para esclarecer dúvidas e ministraram palestras, com uma detalhada explanação sobre o assunto e o lançamento de uma cartilha. “Tivemos dezenas de papelarias de diferentes cidades e estados brasileiros visitando nosso estande. Foram compartilhadas as experiências realizadas com sucesso, ficando bastante claro os benefícios que o CME proporciona, a curto e longo prazo, para o comércio local, a geração de empregos, além do aumento da autoestima dos estudantes e de toda cadeia produtiva das papelarias. Nossa participação foi muito importante para mostrar como o projeto funciona e dessa forma disseminar melhor nossas metas. Temos grandes expectativas para implantação do CME em 2017, em algumas cidades do interior de São Paulo como: Marília, Sorocaba, Araraquara, Itu e São Carlos, além de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Será necessário mantermos um trabalho determinado e em conjunto das entidades setoriais, além do apoio e interesse das papelarias e das associações comerciais. Certamente se trata de um benefício para toda a cadeia produtiva e sociedade”, destacou Rubens.

14


Cobertura Escolar

A principal e maior vitrine do mercado papeleiro É durante a Escolar Office Brasil que são apresentadas as tendências e os principais lançamentos para a próxima temporada de negócios Já são três décadas que o setor papeleiro aguarda a feira Escolar para conferir as novidades que irão compor a próxima temporada de negócios. A diferença é que com o passar dos anos o mix apresentado no evento foi ampliado e além dos lançamentos de itens escolares como cadernos, mochilas, lancheiras, canetas e lápis, há também a apresentação das novas coleções na linha office como organizadores, expositores, cestos, pastas, incluindo os itens de papelaria em geral, e muitos outros artigos.

16


Interatividade, licenciamento e cores Percorrendo os corredores do Anhembi o que pudemos observar é que a indústria brasileira continua se superando. Um aspecto que chamou atenção nas linhas escolares é que cada vez mais a interatividade ganha destaque. São estojos com realidade aumentada, mochilas com capas, máscaras, braceletes e acessórios para serem usados pelos consumidores e mais uma vez, considerado uma das ferramentas de marketing mais certeiras para a maximização de vendas, o licenciamento de marcas e personagens ganhou relevância entre os lançamentos que foram apresentados. “O segmento de material escolar é o segundo mais rentável para as licenças infantis, perdendo apenas para o de confecções e a feira retratou bem este cenário, afinal 90% dos expositores apresentaram produtos associados a alguma marca ou personagem”, lembrou Marici Ferreira, presidente da Associação Brasileira de Licenciamento (Abral). Profissional com mais de 20 anos de experiência em licenciamento, Marcus Macedo explica que a concentração de licenças no segmento infantil é justificada pelo fato das crianças terem o desejo aspiracional muito mais aflorado do que os adultos. “Entretanto, há sinais indicando que o mercado ficará mais equilibrado e maduro com a indústria apostando nas marcas direcionadas ao público adulto, como as esportivas e de atletas”, explicou Macedo. Outra tendência que deve impulsionar as licenças é a ascensão do universo geek. “Mário Bros, super-heróis, personagens de games e seriados estão em alta no mercado de licenças com potencial de contratos para produtos de várias categorias”, pontuou Marici. O empoderamento feminino também aparece como uma forte temática nas licenças, principalmente com as super-heroínas em filmes e desenhos. Mu-

O licenciamento de marcas e personagens, considerado uma das ferramentas de marketing mais certeiras para a maximização de vendas, mais uma vez ganhou relevância entre os lançamentos que foram apresentados.


Cobertura Escolar

lher Maravilha, por exemplo, ganha um filme no ano que vem e deve virar febre entre todas as faixas etárias. Tem também a Miraculous: As Aventuras de Ladybug, a série de animação transmitida pelo canal Gloob que mistura fantasia e aventura. A história é baseada em Marinette, uma garota capaz de se transformar em uma super-heroína joaninha que tem o dever de salvar

As cores ganham evidência nas linhas Office. Produtos funcionais e com ‘pegada’ decorativa também são apontados como tendência.

o mundo. Ainda sobre o licenciamento, Macedo ressaltou a importância de checar a procedência dos materiais escolares com licenças. “A indústria passa por uma avaliação criteriosa de qualidade antes de conseguir a autorização para utilizar uma licença, consequentemente o produto licenciado original possui um ‘selo de garantia de qualidade’. Já os produtos advindos de práticas irregulares e pirataria são até nocivos ao consumidor, principalmente quando falamos em material escolar. O varejo precisa estar atento a isso”. Sobre as linhas Office que foram apresentadas na Escolar, como os itens voltados para a organização de escritórios e home office, constatamos que as cores ganham evidência, levando mais beleza e descontração aos ambientes corporativos. Acompanhe algumas das inúmeras novidades que ‘garimpamos’ em nossas visitas aos expositores:

18


Cobertura Escolar Acrimet Os escritórios se tornarão mais coloridos, se depender da Acrimet. A empresa levou as cores pastéis como o verde, lilás, azul e rosa para a sua linha regular de produtos, que incluem organizadores de mesa, porta lápis, porta revista, caixas para correspondência, entre tantos outros itens. Destaque também para a linha de pranchetas com versões para todas as necessidades e gostos. Tem cores pastéis, em alumínio, aço inox e totalmente esterilizáveis (sendo indicadas para ambientes hospitalares, consultórios, laboratórios etc) e modelos em MDF branca com os prendedores coloridos em metal. Por falar em prendedores, para as pranchetas Acrimet estão disponíveis diferentes modelos como wire clip, metálico e plástico. E um novo acessório chega ao portfólio da empresa: o suporte Smart para celular, compatível com a maioria dos aparelhos smartphones, que pode ser usado sobre a mesa, ou então, fixado à parede próximo à tomada, deixando os fios organizados. Tem proteção antirrisco, antiderrapante e vem em sete opções de cores.

Art Manual A grande diversidade de estojos escolares foi mais uma vez apresentada aos visitantes da Escolar. Desenvolvidos de acordo com as normas do Inmetro em uma grande diversidade de formatos e materiais empregados, inclusive com realidade aumentada. A empresa também levou para a feira as opções de aventais escolares e destacou sua mais nova e promissora categoria de produto: as frasqueiras térmicas. A procura por esse tipo de produto tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, já que as pessoas estão em busca de uma alimentação mais saudável e passaram a levar seus lanches e refeições para o trabalho. A Art Manual desenvolveu o produto nas mais diferentes estampas. Tem de corujas, caveiras, raposa, cupcake, entre muitas outras opções.

20


Canson Quem passou pelo estande da Canson, notou que além de estarem expostas as tradicionais linhas de papéis especiais da empresa, como a Escolar com o produto carro-chefe, o Bloco para Desenho, passando pela Digital Fine Art para impressões digitais; as Técnicas e Universitárias, incluindo ainda as cadernetas para esboços e desenhos da linha ArtBook e a Oxford de cadernos executivos e universitários, havia a presença de outras marcas como a conhecida Uti Guti de massas de modelar; DAS também de massas de modelar e de uso profissional; a alemã Lyra de lápis e a italiana Giotto de colas, giz, lápis de cor, guache etc. Todas essas pertencentes ao grupo italiano FILA, que recentemente adquiriu a francesa Canson. Com essa negociação, a partir de agora o portfólio da Canson no Brasil estará ainda mais completo.


Cobertura Escolar Cartões Bella Arte São dez anos de mercado e a primeira participação na Escolar. A empresa de Erechim, que tem em seu mix os cartões de expressão social, papéis de presente, adesivos, decoupage e marcadores de página, apresentou parte de sua extensa linha aos visitantes da feira. Com uma equipe de criação jovem e antenada às atuais demandas, a empresa constantemente traz novidades para o mercado. O propósito é resgatar as relações humanas por meio de produtos que aliam beleza a um conteúdo diferenciado. A Bella Arte acredita que o mercado de cartões de expressão social continua sendo bastante promissor e com muitas oportunidades de canais de vendas, pois hoje em dia não são apenas as papelarias que comercializam estes produtos, mas também bazares, livrarias, lojas de conveniência e até mesmo farmácias. A Cartões Bella Arte pretende expandir a sua atuação e busca representantes em todas as regiões do país.

Color Make Na linha de tintas faciais, produtos carros-chefe da Color Make, a novidade é a embalagem na linha Color Make Kids, de tinta líquida, contendo seis potes de 15ml cada. Novidade também na linha escolar com a brocal metalizada, em seis cores e potes de 3g. O produto complementa a linha Color Make Escolar, que já conta com a estrelinha metalizada, o glitter pó e a lantejoula metalizada. Outro lançamento apresentado para o público da Escolar foi o gel glitter flúor para cabelo, que brilha sob luz negra, comercializado nas cores amarelo, vermelho, verde e laranja.

22 22


Cobertura Escolar DAC Dois nomes de peso assinam novas coleções da DAC. Uma das linhas é da atriz, cantora e escritora Sophia Abrahão, que reúne em suas redes sociais mais de 11 milhões de seguidores. São itens como pasta catálogo, malote, mini malote, caderno argolado universitário, caderno espiral universitário, estojo, caixa organizadora, bolsa e nécessaires. A própria artista opinou e escolheu as coloridas e alegres estampas de suas linhas. A outra coleção é do Dudu Bertholini com estampas criadas pelo renomado estilista e consultor de moda da Rede Globo. Tem bolsas plásticas, necessaries, bolsa saco, estojo, caderno argolado universitário, caderno espiral universitário, pasta ofício, mini pasta sanfonada, pasta sanfonada, caixa organizadora e malotes.

Dello A empresa que aposta no conceito Organização e na crescente demanda deste mercado está com um portfólio que oferece um custo-benefício bastante atraente para que as papelarias tenham um mix rentável. O fabricante divide seu portfólio em três segmentos: Office, Escolar e Casa e durante a Escolar apresentou novidades como o Display Multiuso produzido em polipropileno transparente, com fixação autoadesiva inclusa, disponível nos tamanhos Ofício, A3, A4 e A5, e segundo o fabricante, com um valor 40% mais baixo do que os similares que são encontrados no mercado; as Caixas Organizadoras Baixa, na dimensão 380x290x109mm, em polipropileno, nas cores cristal, rosa e preto, que acondicionam presentes, pequenos objetos, chocolates, entre outros itens; as Caixas Multiuso com tampa fixa junto à base, já montadas, nas cores cristal, preto e rosa, com textura mais elegante e em alto relevo e as Caixas Organizadoras Linho com dois pegadores e duas canaletas, nas cores cristal, rosa e preto, feitas em polipropileno e de fácil montagem. E com as temáticas Londres, Nova York e Paris, a Dello apresenta a Caixa Organizadora Dello Mundi, em polipropileno, com dois pegadores e duas canaletas

24


Cobertura Escolar Evatex Especialista em EVA, a empresa de Pomedore, em Santa Catarina, apresentou novidades como os painéis para escola, as folhas de EVA no formato 40x50cm em diferentes temáticas, tais como, fundo do mar, corujinha e com acabamento que lembra tecido com a estampa de rosas, podendo ser usado na criação de diferentes peças.

Grupo Yangzi O poder de consumo dos clientes encolheu e o Grupo Yangzi, que tem como estratégia oferecer produtos a preços acessíveis, conseguiu reunir na nova coleção itens com custos-benefícios ainda melhores, sem perder a qualidade e com detalhes que fazem a diferença, adaptando as necessidades dos consumidores. Na sua marca Colorizi composta por mochilas, lancheiras e estojos, todos com design próprio, a empresa tem as licenças Bratz e Miffy e uma grande diversidade de linhas para atender a diferentes perfis de consumidores. Na marca Lazi os produtos licenciados de personagens consagrados como Barbie, Hot Wheels, Galinha Pintadinha, Monster High e Homem Aranha continuam sendo os destaques, enquanto que sob a marca Brizi, o fabricante apresentou as novas sombrinhas, guarda-chuvas e capas de chuva das licenças Mattel.    

Libreria Com fabricação 100% nacional os novos globos terrestres da Libreria foram apresentados na última edição da Escolar. Tem a linha Aquarela com configuração política da terra e 21 cm, nas versões sem iluminação (nas cores vermelho, verde, azul e preto) e com iluminação (rosa, verde, amarelo e branco), podendo ser usados também como item decorativo. Outra novidade é o Globo Cielo 21, um globo celeste, com iluminação, que apresenta as principais estrelas com brilho de 1ª a 5ª magnitude e suas constelações, com opções de base em plástico ou madeira.

26


Cobertura Escolar MP Papeleiras Em meio às diferentes opções de móveis e expositores destinados às papelarias, chamou atenção no estande da MP Papeleiras a Vitrine Roda Gigante, um expositor no formato de roda gigante com 12 ou 6 caçambas, para ser colocado na vitrine ou próximo à entrada da loja. Outra novidade para os lojistas é o Expositor TNT – giratório que possibilita a exposição de 15 boninas e vem com um prático sistema de corte e medida. Os visitantes da Escolar Office Brasil também puderam conferir os expositores da MP no espaço Papelaria Modelo, já que a empresa cedeu todos móveis para reproduzir uma loja.

Pacific Uma turma de peso de youtubers chegou no portfólio da Pacific e sua coleção Pack Me traz mochilas, bolsas e acessórios dos jovens: Christian Figueiredo, Felipe Castanhari, Malena Nunes, Kéfera e João Guilherme, cada qual seguindo a ‘linguagem’ e características dos youtubers. Outra co-branding na coleção Pack Me é com a icônica Hello Kitty que reúne inúmeras fãs, de crianças a mulheres. As novidades nas linhas licenciadas continuam com a Porta dos Fundos e sua coleção inspirada nos vídeos mais acessados. Quem também está presente na nova coleção de mochilas, lancheiras e estojos da Pacific é a super-heroína joaninha da série Miraculous – As Aventuras de Ladybug. A linha traz uma máscara da personagem para que as garotas possam ficar iguais à protagonista. O jogo Assassin’s Creed Movie, que em 2017 chegará às telas de cinema, vem em uma linha de mochilas, que traz ainda bracelete e uma touca igual dos personagens. Para os pequeninos, os lançamentos na linha Pack Me incluem coleções do dinossauro, tubarão, unicórnio, entre muitas outras, todas cuidadosamente desenvolvidas para atender as necessidades e entreter os pequenos.

28


Cobertura Escolar

Paramount Há um ano e meio trabalhando no segmento de papelaria, setor que pretende expandir a sua presença, a Paramount pela primeira vez participou como expositor da Escolar. A especialista em utilidades domésticas com um portfólio de mais de 500 itens destacou produtos como os organizadores em diferentes cores, formatos e tamanhos; brinquedos que incluem carrinhos, blocos de montar, kits para praia, jogos de panelinha; linha infantil com mesa, cadeirinhas, gaveteiros, maletas e uma infinidade de produtos para cozinha, mesa, banho, limpeza e decoração.

Rendicolla Em pouco mais de dez anos de existência, a Rendicolla, especializada na produção de cola hot melt, contabiliza bons resultados e segue seu plano de expansão. Adquiriu uma empresa de cola industrial hot melt, está em uma sede maior e constantemente investe em seu portfólio. Durante a Escolar destacou produtos como a cola quente cristal, que oferece mais transparência, em embalagem de 1kg e a cola universal para artesanato em embalagem de 17g. Ainda este ano a empresa lançará as colas para EVA e para tecido.

30


Stalo Interativo e tecnológico, o ebeam Edge+, é o quadro branco digital, com conexão plug’n’play (USB e wireless), funciona em qualquer superfície plana, tem apagador e caneta digitais. É possível gravar áudios, vídeos, textos e imagens graças ao intercâmbio perfeito entre interação digital e captura física do quadro branco. A Stalo mostrou outros lançamentos, estes produzidos em MDF e tampo em MDF com pintura UV. São o cavalete de pintura que vem pré-montado e regulagem de altura para as telas e o flip chart que pode ser usado como quadro branco, com pés de pontas arredondadas e com porta bloco em plástico. Na linha Decor, os quadros decor em chapa de fibra MDF com acabamento em preto fosco para uso de giz é encontrado em formatos de cachorro, nuvem, taça, lâmpada, cachorro, seta e muitos outros.

Tecnodidattica Presente no Brasil desde 2013, a líder na Europa na produção de globos terrestres, Tecnodidattica apresentou na Escolar sua recente novidade, a linha Giacomino com 16 cm nas versões: Pink Zoo (base rosa), Continenti (base azul), Arca (base verde) e Antique (base vermelha) com um novo tipo de base. Os globos desenvolvidos são mais do que uma ferramenta para estudo, a empresa afirma que os produtos também são usados como item decorativo ou mesmo como brinquedo.


Cobertura Escolar Tilibra São mais de 120 marcas presentes no amplo portfólio da Tilibra. Marcas e personagens dos cinemas, de desenhos, séries, do mundo esportivo e clássicos da Disney que irão estampar cadernos, agendas e mochilas do fabricante. Tem Moana, a jovem polinésia aventureira da nova animação da Disney; a super-heroína joaninha da série Miraculous: As Aventuras da Ladybug; o Capitão América Civil War; Sou Luna; Chapolin; A Guarda do Leão – que traz as aventuras do leãozinho Kion, filho do famoso Simba e Nala; o mundo esportivo chega com a força da marca Umbro; tem ainda a querida e simpática namorada do Pato Donald, a Margarida e muitas outras novidades.

Vulcan Quem se aproximava do estande da empresa, antes mesmo de entrar para conferir as novidades, se deparava com os autoadesivos usados para revestir o espaço. Foram cerca de 20 novidades entre ConTact e Vini-Tac, com linhas voltadas à decoração como o tijolo colonial, azulejo português; na coleção Premium a linha 3D e black glitter; para o público infantil, as novidades foram as coleções Bloquinhos, Gatinha, Elefantinhos, Carros e muitos outros e na Vini-Tac os lançamentos apontados foram na linha Laca com o azul Tiffany, black piano, branco gloss, vermelho Scarlet e o Bordeaux. Já na linha cores, o marrom foi o lançamento apresentado. A participação da Vulcan também se deu no espaço Escolar Experience, em que o gerente geral da empresa falou sobre ações de marketing promocional no PDV e a importância do bom funcionamento do trade marketing.

32


Waleu Quem também levará cores aos escritórios e home offices é a Waleu. Por meio da sua linha Color, o fabricante traz itens como gaveteiros, dispensador de fitas, fichário de mesa, organizador de pastas e revistas, cesto para lixo, porta caneta/ clips/lembrete e demais itens nas cores rosa, azul, branco e preto. A empresa também levou para a feira suas lixeiras para reciclagem de 12,5l nas quatro tradicionais cores: amarelo, azul, vermelho e verde; os organizadores de gaveta; o display office A4 na cor cristal e os estojos com estampa de oncinha e glitter nas cores preto, dourado e prateado.

Xeryus O universo geek (que mistura a cultura pop, games e cinema) e representa hoje um estilo de vida é explorado pela Xeryus, que aposta nesta forte tendência, usando artes diferenciadas, irreverentes e divertidas. O universo das licenças também é amplamente trabalhado pela empresa, em suas linhas de mochilas, buscando opções tanto para as crianças, quanto para os jovens e adultos. O Capitão América – Guerra Civil, que foi um grande sucesso de bilheteria em 2016 é um dos lançamentos, além de Bad Boy e Paw Patrol (este com extensão de linha para as meninas). Clássicos como Batman, Moranguinho, Liga da Justiça, Marvel Comics, Galinha Pintadinha, Dora, Peppa Pig, Scooby Doo, Minions e Alice in Wonderland permanecem na coleção e chegam com novidades. Para os fãs de futebol e MMA, a Xeryus preparou diferentes novidades por meio das marcas Pretorian, UFC e times nacionais e internacionais de futebol.


Fornecedor

Cadersil e suas

inspirações para o volta às aulas 2017 São 14 novas linhas de cadernos e a renovação de coleções já existentes, todas com forte apelo visual, traduzindo os estilos e as personalidades dos consumidores

Com temáticas que transitam pelo universo da moda, dos carros, da música, dos animais, da tatuagem, além de personagens dos contos de fadas e dos esportes radicais, a Cadersil tem no mix 34 linhas, abrangendo do público infantil ao adulto. Nas capas são usadas laminações especiais, aplicado o hot stamping, glitter e os espirais são coloridos. Enquanto que na parte interna as guardas são personalizadas, há guardas com tabela periódica, bolsas pocket e bolsas plásticas, cartelas de adesivos, editoriais personalizados, divisórias e pautas decoradas. O portfólio contempla cadernos espiralados (formatos universitário e 1/4), cadernos espiralados com capa plástica e fechamento com botão (formatos universitário e 1/4), cadernos brochura (formatos universitário e 1/4), cadernos de desenho e de cartografia. A tônica usada pela Cadersil para o desenvolvimento de suas coleções foi manter o foco em atender e, se possível, antever as necessidades do mercado, acompanhando as mudanças e tendências presentes no universo que cerca os seus públicos-alvo. “Trabalhamos reunindo as informações obtidas nos diversos canais de comunicação que mantemos com o nosso consumidor final, além do feedback dos pontos de venda e das

Temáticas que transitam pelo universo da moda, dos carros, dos esportes, da música, dos animais, da tatuagem, além de personagens dos contos de fadas e dos esportes radicais compõem a nova coleção de cadernos da Cadersil.

34


Fornecedor “Nossas estratégias estão de acordo com o nosso planejamento e pautadas segundo as demandas do mercado que atuamos. Trabalhamos com uma boa expectativa de crescimento em 2017”, Laércio Barros da Silva Filho.

equipes de vendas. Também acompanhamos as tendências lançadas no mundo da moda, TV, cinema e nas revistas”, cita Laércio Barros da Silva Filho, analista de marketing da Cadersil. Como apoio e suporte aos representantes e lojistas, o fabricante disponibiliza catálogo de produto, materiais de treinamento e apresentação como books, informativos, mostruários, peças para PDV (displays e adesivos) e promotores, tudo para ampliar a exposição da marca e apresentação dos produtos. Todo o conteúdo de relacionamento, incluindo vídeos e imagens promocionais que são geradas em suas redes sociais e site, posteriormente são replicados para os lojistas e equipe de vendas. Localizada em Campina Grande, na Paraíba, a Cadersil tem como principais mercados, as regiões Norte e Nordeste, porém nos últimos anos vem ocorrendo um importante processo de expansão, levando a marca para outros Estados, inclusive com exportações para países como Uruguai e Paraguai. “Nossas estratégias estão de acordo com o nosso planejamento e pautadas segundo as demandas do mercado que atuamos. Claro que levamos em consideração atual situação econômica do país, que é delicada e com certeza tem efeito em toda a cadeia produtiva. Porém, a encaramos como uma oportunidade de validar estratégias, consolidar ou repensar algumas ações. Estamos trabalhando com uma boa expectativa de crescimento em 2017, um ano que será marcado (ainda mais) pela total atenção ao setor, em que a produção estará totalmente alinhada aos movimentos do mercado”, conclui Laércio.

A Cadersil tem no mix 34 linhas, que estão voltadas para os públicos: infantil, adolescente e adulto.

36


Faber-Castell instala, no país, sua primeira vending machine

Giro Golden Distribuidora planeja um crescimento de 20%, em 2016 Com um amplo mix, que compreende produtos de informática à telefonia móvel, passando pelo fornecimento de papel, a Golden Distribuidora avalia que a gestão de ativos - por meio da integração de tecnologias de informação (TI) e tecnologias operacionais (TO) – é fundamental para alcançar as metas financeiras e a ordem operacional da companhia. O resultado dos investimentos foi o aumento da produtividade dos funcionários, a visibilidade absoluta de toda a organização e, consequentemente, planejamentos diretivos mais assertivos. “Nosso objetivo é atingir um crescimento de 20% em relação a 2015. Pode até parecer ousado, mas vamos alcançar com foco em novos negócios. Nos primeiros quatro meses de 2016 fechamos 10% acima de 2015. O mês de marco de 2016 foi o melhor dentro da trajetória da Golden. É um fato importante, no meio de uma crise, registramos o melhor mês de nossa história”, fala Davi Saadia, CEO da Golden Distribuidora. Sempre centrado em seus desafios e pragmático na forma de liderar sua companhia, Saadia atua com foco em seu core business: “Não lidamos com produtos que não sejam do nosso meio. Na Golden não há espaços para aventuras. Isso eu acho perigoso dentro de uma corporação, não é porque há capital que você vai fazer outro negócio que não é o seu foco. Não enxergo a Golden como uma empresa de oportunidades. Preferimos a continuidade, apostamos no atendimento adequado e na responsabilidade em fornecer produtos e serviços confiáveis”, avisa o CEO da empresa. “Apostamos no atendimento adequado e na responsabilidade em fornecer produtos e serviços confiáveis”, Davi Saadia, CEO da Golden Distribuidora.

38

O movimentado aeroporto de Congonhas, de São Paulo, recebeu uma vending machine da Faber-Castell. A máquina com tela touch screen permite aos consumidores acessar as informações dos produtos disponíveis e realizar a compra em poucos instantes. Também é possível assistir a vídeos sobre os produtos e suas características nas telas das máquinas. Serão comercializados itens como hidrográficas, esferográficas, marcatextos, marcadores multiuso permanente, entre outros.

Vending Machine da FaberCastell foi instalada no aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Kalunga inaugura mais uma loja em Minas Gerais e contabiliza nove unidades no Estado A rede recentemente inaugurou sua segunda loja em Juiz de Fora, no Shopping Jardim Norte. Com essa unidade, a empresa chega a nove lojas no Estado de Minas Gerais. O empreendimento ocupa um espaço de 812 m² e tem um mix de mais de 10 mil produtos à disposição dos clientes. A estimativa é de que a loja fature entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão por mês, quando alcançar o nível de maturação. “O investimento em Minas Gerais tem dado certo. Acreditamos que o Estado tenha potencial para abertura de novas unidades, por ter uma demanda importante de clientes e empresas”, afirma o diretor comercial da empresa, Hoslei Pimenta.

Kalunga inaugura loja em Juiz de Fora, a nona no Estado de Minas Gerais e a previsão é de que o faturamento atinja de R$ 800 mil e R$ 1 milhão por mês, quando alcançar o nível de maturação.


BIC® tem novo Centro de Distribuição em Pernambuco Em Ipojuca, a sete quilômetros do Porto de Suape, em Pernambuco, está o mais novo Centro de Distribuição da BIC® Brasil com o objetivo de agilizar o processo logístico de distribuição dos produtos à região nordeste e reduzir o tempo de entrega aos clientes. O espaço conta com dois mil metros quadrados de área de armazenagem, separação de mercadorias e inúmeras docas de recebimento e expedição, com possibilidade de expansão conforme necessidade. Segundo André Negro, diretor de Supply Chain da empresa, 2016 é um ano de muitas comemorações para a BIC® e a inauguração do novo CD não poderia vir em melhor hora. “Comemoramos 60 anos de atuação no Brasil esse ano e estamos trabalhando para garantir os próximos “A região Nordeste tem grande potencial para 10 anos. A região Nordeste tem grande potencial para contribuir com contribuir com nosso crescimento, pois já representa nosso crescimento, pois já representa 20% das vendas da BIC® em todas 20% das vendas da BIC® em todas as categorias”, as categorias”, explica. André Negro, diretor de Supply Chain da BIC® Brasil. Com a nova operação o lead time para os clientes será reduzido em média, 38%. Além da otimização logística, o novo CD também trará mudanças positivas para o meio ambiente. “Consideramos que haverá uma redução de 371 toneladas de emissão de CO2, uma vez que os produtos não precisam mais ir até Uberlândia (MG), via modal rodoviário, para depois retornarem ao Nordeste para serem distribuídos na região”, comenta Negro. O trajeto dos produtos será via cabotagem, saindo de Manaus até Suape, de onde seguirão a Ipojuca. A empresa Supporte é a operadora logística responsável pela distribuição local. O condomínio logístico, onde a BIC® está instalada, conta com outras oito empresas e recebeu um investimento inicial de R$ 15 milhões na estrutura, segundo a companhia.


Giro

Ciabrink adquire a Papo de Pano Brinquedos Em dezembro de 2015 a Ciabrink Brinquedos adquiriu a Papo de Pano Brinquedos. Após meses de transição, no mês de agosto foi oficialmente divulgada a operação. As marcas somam experiências no mercado especializado de brinquedos e no ramo escolar. Marcas fortes que continuarão com suas identidades e valores. O objetivo é somar conhecimentos e experiências comerciais, produtivas, criação e desenvolvimento, a fim de aumentar a participação de ambas no setor de brinquedos. “A força da marca Papo de Pano, tanto na qualidade quanto na sua participação de mercado, foi essencial para tomarmos a decisão da aquisição. Estamos otimistas com o potencial que os produtos apresentam e prontos para oferecer ainda mais novidades para nossos clientes”, comenta Eliane Von Muhlen, diretora comercial das empresas. Seguindo o planejamento estipulado para a marca, está sendo lançado seis novos produtos e um catálogo atualizado com a linha completa da empresa.

As marcas Ciabrink e Papo de Pano Brinquedos continuarão com as suas respectivas identidades. O objetivo é somar conhecimentos e experiências para aumentar a participação de ambas no setor de brinquedos.

Correção Diferente do que foi publicado na edição 143 agosto/2016, da Revista Papelaria & Negócios, na matéria “Dia das Crianças – Não deixe essa oportunidade escapar”, nas páginas 68 e 69, a linha Alice no País das Maravilhas, da Ciabrink, não é licenciada, como foi divulgada, mas uma linha própria criada pelo fabricante. “O quebra-cabeça Alice no País das Maravilhas faz parte da nova linha de produtos da Ciabrink, que são produtos voltados para as lojas de brinquedos e presentes. Ele não é um produto licenciado ou que faça parte de uma linha de licenciados. No momento trabalhamos apenas com a nossa marca própria. A história da Alice é de domínio público então pode ser utilizada por qualquer empresa, caso o produto fosse baseado nos traços ou ideia do filme da Alice da Disney, aí sim teríamos que trabalhar com o sistema de licença, o que não é o caso.”

40


Escolar & Papelaria

Caneta 2 em 1 A caneta Stylus BK91L é a nova esferográfica da Pentel que possui na parte de trás uma superfície touch para clicar em tablets, smartphones, iphones e demais aparelhos de tela touchscreen. Com ponta 1.0 mm e nas cores preta e azul, a caneta tem grip emborrachado para mais conforto e maciez na escrita.

Pastas: modernas e estilosas Quem disse que os itens de escritório precisam ser básicos? A linha Office da TN Bolsas traz uma proposta que segue as tendências do próximo verão em sua pasta sanfonada e catálogo. A combinação de jeans com aveludado na cor chocolate promete agregar charme e bom gosto no ambiente de trabalho, aliando durabilidade, com um produto de fabricação 100% nacional.


E&P

EcoLápis com efeitos especiais São 18 cores especiais, sendo 6 tons neon superflorescentes, 6 cores metálicas com efeitos brilhantes e 6 cores pastéis com tons suaves e o EcoLápis de cor Efeitos Especiais da Faber-Castell possibilita criar desenhos com efeitos surpreendentes.

Clássicas e repaginadas Para os fãs da clássica BIC® 4 Cores tem a edição Original Fine com ponta fina de 0,8mm no corpo laranja e nas quatro tintas originais (azul, preto, vermelho e verde); e na versão Metallic, a BIC® traz duas opções de corpo metalizado, o roxo e o azul.

Itens para organização Em sua linha Office, a Waleu destaca peças como o Display Office A4 e o Organizador de Gavetas. Produzido em poliestireno, o display na cor translúcida pode ser usado na vertical ou horizontal, sendo ideal para expor avisos, informativos, recados, folhetos etc. Para facilitar a instalação, já acompanha fita adesiva. Nas versões preto, rosa e azul, o Organizador de Gavetas possui divisórias para moedas, local para clips, cartões de visitas, calculadoras e um espaço exclusivo para guardar régua de até 30cm.

42


Profile for Revista Papelaria & Negócios

Pn144site  

Pn144site  

Advertisement