Page 1


2


Editorial

Iluminando as vendas Tão importante quanto o que se expõe no ponto de venda é como se iluminam os produtos expostos e o ambiente em que eles estão expostos. Com isso, pode-se dizer que a iluminação é a grande responsável pela aura de uma loja ou de qualquer outro ambiente comercial. Alguns estabelecimentos apresentam um visual agradável, que envolve e convida as pessoas a entrarem, enquanto outros aparentam ser “frios” ou muito “quentes” e neste caso afastam o desejo de permanecer no interior deles ou mesmo de entrar. “É necessário desenvolver um projeto de iluminação específico para avaliar cada detalhe, identificando os melhores modelos de luminárias a serem utilizados, onde serão posicionadas, a temperatura de cor da lâmpada ideal para o ambiente, realizar o estudo técnico para melhorar a distribuição dos raios luminosos, preocupando-se em não causar sombras e assim deixar a loja homogeneamente iluminada”, explica André Ferreira, diretor executivo da Luminae, empresa fundada em 2008 e especializada em iluminação comercial e industrial, que concedeu entrevista à revista Papelaria & Negócios para abordar com mais profundidade o tema. E não perca, as novidades em colas para uso artístico, as sugestões de produtos para o Dia dos Namorados, as coloridas e modernas pastas para uso em ambiente corporativo e escolar, as embalagens para presente e na nova seção Tecnews, com as principais marcas de multifuncionais e impressoras, apresentando seus recentes lançamentos. Boa leitura!

4


Sumário

14

22

18

46

42

56

DIREÇÃO Paschoal Sabatine William Gimenes PUBLICIDADE comercial@topbrasileditora.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL Lia Freire (MtB 30.222) redacao@topbrasileditora.com.br PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO Cristiana Lacutissa (11) 2749-0738 producao@topbrasileditora.com.br CAPA - Patricia Chammas

06 Marketing e Negócios 14 Entrevista 18 Categoria de Produto 22 Tendência 38 Novidade 42 Fornecedor 46 Tecnews 50 Licenciamento 52 Informática 54 Prateleira 56 Especial Dia dos Namorados

ADMINISTRAÇÃO Av. Alcântara Machado, 924 cj. 03 – Brás CEP 03102-001 – São Paulo Fone (11) 2306-1246 atendimento@topbrasileditora.com.br www.topbrasileditora.com.br www.papelariaenegocios.com.br A Revista Papelaria e Negócios é uma publicação mensal da Top Brasil Editora dirigida a lojistas e fornecedores de artigos para papelaria e informática. Circulação nacional.

O conteúdo dos artigos e as declarações textuais contidas nas reportagens da Revista Papelaria & Negócios são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados.


Marketing & Negócios

Staples intensifica atuação online no mundo e operação brasileira lança logística de Entrega Expressa Responsável por 50% de um faturamento superior a US$ 25 bilhões, o e-commerce da Staples coloca a rede como responsável pela segunda maior operação de comércio eletrônico do mundo. E esse sucesso vem motivando, por exemplo, a adoção de “nano lojas” com estruturas menores nos Estados Unidos e ainda mais atenção para os canais online de vendas de produtos e materiais utilizados pelas pessoas nas empresas ou outros locais onde trabalhe. No Brasil, onde não adota estruturas físicas por ter o e-commerce como um dos modelos principais de atuação, a empresa prepara uma série de ações capazes de ampliar ainda mais a conquista e fidelização de clientes, participação de mercado e sucesso operacional. Para começar, a Staples lança o serviço de Entrega Expressa, que ocorre em até um dia útil para a Grande São Paulo. “Logística é um dos pilares fundamentais para o sucesso do comércio eletrônico e, desde 2007, mantemos essa área sob os cuidados de profissionais especializados, que vieram inclusive das maiores empresas de logística do mundo. Assim, construímos um dos diferenciais da Staples Brasil, cuja logística é reconhecida pelo grande índice de satisfação dos clientes”, conta Leo Piccioli, CEO da Staples na América Latina. E acrescenta: “afinada a operação, novos benefícios precisam ser oferecidos aos consumidores, como a Entrega Expressa (serviço que custa apenas R$ 10,00, independente do valor ou tamanho do pedido)”. Agora, a equipe de Logística prepara para, em breve, levar o novo benefício para clientes de outras regiões do Brasil.

6

“Logística é um dos pilares fundamentais para o sucesso do comércio eletrônico e, desde 2007, mantemos essa área sob os cuidados de profissionais especializados”, Leo Piccioli, CEO da Staples na América Latina.


Multilaser produzirá chips de memória em sua unidade de Extrema (MG) Como um investimento na ordem de R$ 74,45 milhões direcionados à tecnologia, compra de novos equipamentos, expansão da planta industrial e contratação de consultorias, a partir de maio de 2014, a Multilaser começará a produzir chips de memória em sua fábrica na cidade de Extrema, no sul de Minas Gerais. Segundo o CEO da Multilaser, Alexandre Ostrowiecki, o objetivo é ganhar maior competitividade no mercado nacional. Atualmente, os chips nand flash e dram, usados para armazenamento e processamento de dados em dispositivos móveis são importados. “Com a produção aqui no Brasil, teremos uma redução de 8% nos preços dos produtos, se compararmos com os importados da mesma categoria”, explica o executivo. Em uma primeira etapa, será fabricada a memória para tablets e celulares, posteriormente, a tecnologia também estará em smartphones e pen drives da empresa. Como um investimento de R$ 74,45 milhões a partir de maio de 2014, a Multilaser começará a produzir chips de memória em sua fábrica na cidade de Extrema (MG).


Marketing & Negócios

Acrimet tem novo site Dando continuidade à renovação de suas mídias impressas e digitais, a Acrimet coloca o novo site no ar. De acordo com o departamento de marketing da empresa o objetivo é levar leveza, praticidade e interatividade aos internautas, estejam eles acessando a página eletrônica da Acrimet de um computador ou dispositivo móvel. “Precisamos facilitar a vida do consumidor/revendedor/representante para que eles possam alcançar o resultado esperado com mais precisão e agilidade. Com o rápido crescimento ao acesso à internet, um site mais dinâmico se tornou uma ferramenta extremamente necessária e essencial para todas as empresas.” Na página inicial, há um banner com as novidades e notícias da empresa, como participação em feiras, lançamentos e campanhas em pontos de venda.  Além das habituais páginas falando sobre a companhia, os trabalhos sociais e prêmios conquistados, há as linhas de produtos, que ganharam mais atenção no novo site. O portfólio está dividido nas seguintes categorias (Escritório, Papelaria e Org. de Chaves) e em subcategorias (Caixas para Correspondência, Acessórios de Mesa etc.), tornando o acesso ágil e intuitivo para o usuário. Cada produto contém fotos de detalhes, do uso, informações de cores disponíveis e um breve descritivo. Também foi disponibilizada a opção de visualizar ou fazer download do catálogo de 2013/2014 que a Acrimet lançou na última Office Paper Escolar. O site ainda ganhou uma página exclusiva para os recentes lançamentos da empresa, o que facilita quando o cliente deseja buscar todas as novidades da Acrimet. E os representantes ganharam uma área de acesso exclusivo, com login e senha, para facilitar seu atendimento.

8


GOLD investe em qualidade,

inovação e ações socioambientais Empresa 100% nacional fundada há 64 anos, o Grupo GOLD é hoje constituído pelas empresas Security Systems Solution (com mais de 3 mil itens de ferragens, ferramentas e acessórios) e Indústria de Chaves GOLD, (criada em 2001 e voltada para o segmento de carimbos, tendo mais de mil itens em seu portfólio e marcas como Colop, EOS; linha Max, carimbos de Madeira; linha Data Kanji; Glorimax e outras). A proposta do Grupo, com unidades em São Paulo, Pouso Alegre (MG) e Jundiaí (SP), é estar sempre em busca de novos negócios e com produtos inovadores, para isso conta com importantes parcerias ao redor do mundo para o desenvolvimento e fabricação dos itens de alta tecnologia e qualidade, submetidos a um rígido controle de qualidade através de testes que duram até 6 meses antes de serem comercializados. As embalagens também são cuidadosamente desenvolvidas para que protejam os produtos adequadamente, tenham design moderno e contenham as informações necessárias. Já a qualificação da rede de revendedores permite que os produtos cheguem a todas as regiões do país e exterior. É importante destacar que a GOLD é uma empresa com responsabilidade socioambiental, por isso, adotou projetos sustentáveis, visando a geração de energia limpa e renovável, além de medidas de ordem social e ambiental que possam ser vantajosas, como por exemplo, a reeducação e treinamento dos funcionários para minimizar o impacto ambiental da produção.

Linha de carimbos da GOLD, criada em 2001.


Marketing & Negócios

Fazenda realiza teste com novo sistema de transmissão de cupons fiscais que será utilizado por 900 mil lojistas, a partir de 2014 A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo iniciou a série de testes reais para implantação do SAT-CF-e (Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos), equipamento que deverá ser utilizado pelos 900 mil estabelecimentos de varejo do Estado de São Paulo a partir de 1º de novembro de 2014. A rede McDonalds saiu na frente e emitiu o primeiro Cupom Fiscal Eletrônico (CF-e) durante piloto realizado em 26 de fevereiro. O SAT substituirá os atuais emissores de cupons fiscais (ECF) e traz inúmeras vantagens para o varejista e consumidores. Estima-se que o equipamento seja 50% mais barato que os emissores de cupom fiscal atuais que custam, em média, R$ 1.500,00.  Os lojistas também não precisarão mais instalar um equipamento por caixa registradora. O SAT pode ser compartilhado por vários caixas, impressoras e rede de internet.  Se o caixa não estiver conectado à internet, o equipamento armazena todas as operações para ser lançadas no sistema da Fazenda via computador instalado no escritório da administração. A emissão dos documentos fiscais via SAT será integrada à Nota Fiscal Paulista.  O consumidor poderá visualizar o cupom fiscal eletrônico da compra no site em algumas horas ou poucos dias, de acordo com a rotina do estabelecimento. Pelo sistema atual, os documentos fiscais entravam no sistema no período de 40 a 90 dias. O SAT elimina também erros no envio e reduz o número de reclamações dos consumidores e autuações e multas dos lojistas. Todos os extratos dos documentos fiscais emitidos pelo SAT terão QRCode, código que permite ao consumidor checar dados da compra e a validade do documento com

seu Smartphone. Atualmente, a Fazenda finaliza o sistema de retaguarda que receberá os dados emitidos pelo equipamento SAT. Os pilotos foram programados para a Fazenda e os varejistas avaliarem os processos, sistemas e o funcionamento do SAT em situações reais de venda. Nestes testes, os dados da operação são registrados pelos equipamentos SAT, que geram, autenticam e transmitem os cupons fiscais eletrônicos via internet aos servidores da Secretaria da Fazenda. Como os testes estão sendo realizados em caráter experimental, os cupons gerados não têm efeito legal ou tributário. Por isso, durante os pilotos, os contribuintes continuam obrigados a emitir também os documentos fiscais atualmente em uso.  Sobre o Projeto SAT-CF-e_ visa documentar de forma eletrônica as operações do comércio varejista no Estado de São Paulo. O equipamento SAT é um módulo composto de hardware e software embarcado, que substituirá os atuais ECFs (Emissores de Cupons Fiscais) nos estabelecimentos varejistas. O contribuinte será beneficiado com a simplificação dos trâmites para cumprir as obrigações tributárias. A empresa usuária da nova máquina não terá de intervir no hardware nem formatar arquivos. Um único equipamento atende vários pontos de venda de uma loja. O varejista poderá inclusive usá-lo off-line, ou seja, sem necessidade da existência de rede de internet no ponto de venda. A conexão também não precisa permanecer disponível durante todo o horário comercial. Basta que, periodicamente, o equipamento seja conectado à internet para transmitir à Secretaria da Fazenda as informações dos cupons fiscais emitidos nesse período.

10


Marketing & Negócios

Mais de 5 mil toners falsificados da

Lexmark foram apreendidos no Brasil em 2013 Uma das maiores companhias do setor de tecnologia e referência global em produtos, softwares e serviços de impressão e imagem, a Lexmark tem atuado de forma bastante efetiva para combater a pirataria no Brasil. Além de trabalhar em parceria com órgãos públicos, entidades e outras organizações afetadas por esse problema, a empresa conta com o LexProtect, um serviço de atendimento criado especificamente para que clientes, revendas e parceiros denunciem suspeitas de produtos falsos. Em 2013, esse canal recebeu 210 denúncias, que resultaram em 23 processos judiciais. O recurso, aliado a outros esforços, permitiram que fossem apreendidos no ano passado 5,3 mil toners e cartuchos falsificados da marca, estimados em R$ 3 milhões, uma queda de 3% em relação a 2011. “Os criminosos recarregam as carcaças de nossos cartuchos com pó de toner de qualidade inferior, forjam embalagens, adesivos e comercializam os produtos como se fossem novos e originais”, explica Aimberê Maciel, diretor de canais e suprimentos da Lexmark. Ele acrescenta que a maior parte das denúncias recebidas pelo LexProtect é proveniente de órgãos governamentais. “Ajudamos, por exemplo, a desmantelar quadrilhas que atuavam com empresas de fachada para participar de licitações públicas para a aquisição de produtos de informática”, destaca o executivo. Outra iniciativa da Lexmark foi a definição de um contrato de licença de exclusividade entre a matriz da companhia e a subsidiária brasileira para importação e distribuição de seus produtos no Brasil, averbado junto ao INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. Desta forma, a empresa também vem combatendo os crimes de contrabando e subfaturamento, praticados com o objetivo de não recolher os impostos devidos e obter vantagem competitiva desleal. Entre as fraudes, está a importação de produtos com declaração de valores reduzidos ou classificados erroneamente.  Quando suspeitar que adquiriu um suprimento falsificado ou contrabandeado da Lexmark, o cliente deve contatar o LexProtect pelo telefone 0800-702-5352 ou então acessar o site http://www.lexmark.com/pt_BR/products/brand-protection/lexprotect.shtml, no qual encontrará um aplicativo gratuito que verifica online a autenticidade do produto. Caso a dúvida não seja esclarecida, os técnicos solicitam o envio do produto para análise e, em um prazo de até dois dias, retornam para o cliente. Se comprovada a fraude, orientam sobre o procedimento a ser adotado.

DL apresenta novo diretor comercial e de marketing

Com mais de 20 anos de experiência no segmento de tecnologia e eletrodomésticos, Francisco Hagmeyer Jr. chega para ocupar o cargo de diretor comercial e de marketing da DL, fabricante nacional de eletrônicos. Seu currículo conta com passagens pela JVC, Eletrolux e Philips como gerente nacional de vendas. “Meu desafio na DL é fortalecer o departamento comercial, desenvolvendo equipe de trade e buscando novos parceiros”, ressalta Hagmeyer. “Queremos fortalecer o mix atual de produtos, agregando valor para a DL”, completa o executivo.  O foco da empresa é aumentar a participação nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sul. “Estes estados têm uma demanda muito grande por eletrônicos e uma carência de produtos de qualidade. Estamos prontos para oferecer para estes consumidores mais por menos”, afirma Hagmeyer.

12

Francisco Hagmeyer Jr. chega para ocupar o cargo de diretor comercial e de marketing da DL.


Cicero Papelaria lança coleção ilustrada por mulheres

Neste ano, a loja uniu forças com as mulheres para o lançamento de uma coleção poderosa: a Sketch Collection, que é forte e cheia de estilo! Os nomes escolhidos foram das mais variadas áreas artísticas: Bruna Yonashiro é tatuadora; Eva Uviedo, Marcella Tamayo e Camila do Rosario, ilustradoras; Paula Jardim é ilustradora e designer de superfície e a grafiteira Panmela Castro. Elas se expressaram através de sketches, cada uma com seu estilo e técnica favorita - que vão desde as tradicionais aquarelas ao grafitti, passando por canetas de nanquim e até café. O resultado pode ser visto em seis capas diferentes, nos tamanhos 9x13cm e 14x21cm. Cada uma transferiu os registros e inspirações que coletam em suas próprias cadernetas de sketches para as capas da nova linha da Cicero para motivar a criatividade e inspirações por aí. “O Sketchbook é o par perfeito para ideias inesperadas em lugares públicos. Não se entedie. A inspiração voa. Colecione palavras e rabiscos. Exercita-te o eu”, incentiva Paula Jardim.

Tatuadoras, ilustradoras, designers e grafiteiras assinam a Sketch Collection.


Entrevista

Um projeto de iluminação leva em conta que 80% da percepção do ser humano se dá pela visão, com isso ela torna-se uma aliada extremamente importante nas vendas e que vem sendo largamente explorada pelos empresários

O poder de vendas

da iluminação André Ferreira Diretor executivo da Luminae

14


Tão importante quanto o que se expõe no ponto de venda é como se iluminam os produtos expostos e o ambiente em que eles estão expostos. Com isso, pode-se dizer que a iluminação é a grande responsável pela aura de uma loja ou de qualquer outro ambiente comercial. Alguns estabelecimentos apresentam um visual agradável, que envolve e convida as pessoas a entrarem, enquanto outros aparentam ser “frios” ou muito “quentes” e neste caso afastam o desejo de permanecer no interior deles ou mesmo de entrar. Existe um conceito bastante difundido e equivocado, de que melhorar a iluminação significa aumentar a “conta de luz”. Tal afirmativa só reflete negativamente no desempenho econômico do estabelecimento, já que investir na infraestrutura significa usar os recursos de forma mais inteligente. No caso da iluminação, existem novas tecnologias que utilizam espelhos refletores capazes de utilizar 95% dos raios luminosos da lâmpada, potencializando ao máximo a iluminação, além de reduzir significativamente os gastos com a conta de energia, afinal, quando se obtêm um sistema eficiente de iluminação, diminui-se a necessidade de utilizar uma grande quantia de luminárias. “É necessário desenvolver um projeto de iluminação específico para avaliar cada detalhe, identificando os melhores modelos de luminárias a serem utilizados, onde serão posicionadas, a temperatura de cor da lâmpada ideal para o ambiente, realizar o estudo técnico para melhorar a distribuição dos raios luminosos, preocupando-se em não causar sombras e assim deixar a loja homogeneamente iluminada”, explica André Ferreira, diretor executivo da Luminae, empresa fundada em 2008 e especializada em iluminação comercial e industrial que atua de forma inovadora e sustentável. Para abordar o assunto, o especialista concedeu a seguinte entrevista:

“A boa iluminação gera visibilidade estética dos produtos, cria a sensação de bem-estar, transmite o conceito de honestidade comercial da loja, expresso no “nada a esconder” e propicia uma escolha consciente e bem informada do produto”, André Ferreira.

Revista Papelaria & Negócios - No que consiste uma boa iluminação para o ponto de venda? André Ferreira – Antes mesmo de apontar os aspectos que caracterizam uma boa iluminação para o PDV é preciso destacar que uma iluminação de qualidade influencia diretamente nas vendas da loja. O ambiente deve ser agradável para que o cliente se sinta bem e passe mais tempo. Além disso, o produto deve estar bem exposto e visível para que chame a atenção. Portanto, deve-se buscar uma iluminação de alta qualidade, mas que consuma pouca energia, pois não resolve ter uma loja bem iluminada e ter problemas no final do mês com absurdos na conta de energia. Por isso, a nossa empresa, Luminae, desenvolveu um sistema luminotécnico que proporcione uma alta qualidade de iluminação com um consumo energético baixo. Normalmente, conseguimos até triplicar a iluminação, chegando a 80% de economia de energia. Para atingir esses resultados, nos valemos de alguns diferenciais: desenvolvimento de projetos personalizados para cada ambiente da loja, fabricação própria de luminárias personalizadas, utilização de lâmpadas e reatores de alta eficiência, utilização de um espelho refletor exclusivo com alto índice de reflexão (95% contra em média 70% a 80 % dos convencionais) e com geométrica totalmente curva (os convencionais são facetados) sendo que essa curvatura é calculada especificamente para cada situação de forma a direcionar os raios de luz para onde realmente se deseja iluminar, otimizando o sistema. Revista Papelaria & Negócios - No que consiste um projeto luminotécnico de qualidade para o varejo? André Ferreira – Um projeto luminotécnico de qualidade deve levar em conta fato-


Entrevista res como: índice de reprodução da cor da lâmpada utilizada (quanto maior for esse índice, maior será a fidelidade que a luz emitida irá realçar as cores dos produtos), a temperatura da cor (que determina a coloração da luz emitida, existem cores adequadas para cada ambiente), homogeneização da distribuição da luz (de forma a não gerar sombras) e outros aspectos que beneficiarão a iluminação no ambiente.

tribuição das prateleiras, gôndolas e demais itens que interferem no visual do PDV. Esse cuidado é para que não ocasione sombras, por isso, cada luminária é calculada para que deixe os produtos mais bem expostos e a loja melhor iluminada.

Revista Papelaria & Negócios - Quais são os principais equívocos cometidos, ainda hoje, na iluminação dos estabelecimentos comerciais? André Ferreira – O grande problema é quando o cliente está montando uma loja, ele deixa a iluminação sempre para o final e Revista Papelaria & Negócios- Quais são as por já ter feito vários investimentos, economiza neste quesito, esatuais tendências e novidades quando falamos em colhendo qualquer tipo e a mais barata. Essa iluminação comercial? escolha vai gerar problemas futuros, especialAndré Ferreira – Hoje em dia todo “Uma iluminação de mente quando o sistema demonstrar alta manumundo fala do LED, ele está ai no merqualidade e bem cado e chegou com força, porém, ainda tenção, a loja estiver consumindo muita potênprojetada é importante cia, sem estar iluminando adequadamente e os não é uma das opções mais viáveis se para melhorar a clientes permanecerem menos tempo na loja. avaliarmos custo / benefício. A Luminae realiza diversas pesquisas nesse exposição do produto Por isso, é importante consultar profissionais sentido, pois queremos trabalhar com e tornar o ambiente da área e “perder” um tempo conhecendo o LED, porém, ainda, não é acessível e agradável, fazendo com que tem de bom no mercado, avaliando preço, o resultado é equiparado com o Sistequalidade e benefícios, este é um investimento que o cliente permaneça ma Luminae, ou seja, nós conseguimos a longo prazo que resultará apenas em pontos o maior tempo possível atingir a mesma ou maior eficiência do positivos. LED. O sistema da Luminae é constituí- na loja.” do por um espelho refletor com 95% de Revista Papelaria & Negócios - O varejista índice de reflexão dos raios da lâmpada, curvatura vabrasileiro dá importância a este aspecto da iluminação? Como riável de acordo com o pé direito e utilizamos apenas você analisa esta questão? a lâmpada TL5, a tubular mais eficiente do mercado, André Ferreira – O cenário está mudando, mas ainda existe essa junção de materiais de altíssima qualidade é asmuita resistência quando se trata em investir na boa iluminação, sociada a um estudo luminotécnico que realizamos. pois não é considerado prioridade em uma obra, o que está errado, Um projeto específico para cada ambiente da loja, pois é tão importante quanto qualquer outro item. Falta também isso gera toda diferença no resultado da instalação do conhecimento ou interesse em pesquisar o sistema de iluminação sistema, pois, consideramos a peculiaridade de cada ideal para cada situação. espaço. E, claro, que essa eficiência energética visa qualidade da iluminação e, ao mesmo tempo, a reduRevista Papelaria & Negócios - Há algum tipo de varejo que ção do consumo em energia elétrica. trabalha adequadamente a iluminação, que poderíamos citar como case? Revista Papelaria & Negócios - Quais os aspecAndré Ferreira – É difícil avaliar um ramo específico do varejo tos levados em consideração em um projeto de iluque utilize uma iluminação eficiente e de qualidade. Normalmenminação para o varejo? te se preocupam com iluminação barata e não se atentam com a André Ferreira – Ao desenvolvermos um projeto quantidade de watts, muitas vezes exagerando na iluminação, ou de iluminação em uma loja, avaliamos o layout, a disentão, deixando ela deficiente.

16


Revista Papelaria & Negócios - Em média de quanto é o investimento para um projeto de iluminação? André Ferreira – Esse cálculo é complicado de ser realizado, pois existem muitas variáveis. Por exemplo, como pé direito, o tamanho da loja etc, por isso, antes de cada projeto elaborado, a Luminae visita os clientes para fazer um estudo luminotécnico, especificando cada ambiente da loja para que não tenha erro no projeto e que o cálculo da iluminação, seja o mais adequado possível para aquela loja. Revista Papelaria & Negócios - Poderia apontar os benefícios obtidos quando se tem uma boa iluminação? Há algum estudo, números e dados que possamos usar para exemplificar? André Ferreira – Uma iluminação de qualidade e bem projetada é importante para melhorar a exposição do produto e para tornar o ambiente agradável para que o cliente permaneça o maior tempo possível na loja. Porém, a conta de energia, assim como alguns outros custos fixos, é um dos grandes vilões na saúde financeira de uma loja. Uma das formas de melhorar a margem de lucro é baixando o consumo de energia. O trabalho que a Luminae oferece vai ao encontro a esse anseio, ou seja, otimizar o máximo possível o sistema luminotécnico da loja, atingindo a máxima eficiência energética possível, proporcionando alta qualidade e uma economia de 50% a 80%, alcançando-se uma redução extremamente considerável na conta de energia, contribuindo com a sustentabilidade financeira da empresa. Trabalhamos com diversos segmentos e em todos, a iluminação tem um papel fundamental, tanto no consumo de energia como no impacto direto no trabalho. Existem normas da ABNT e da segurança do trabalho que indicam os níveis de iluminância ideais para cada tipo de atividade. Em um supermercado, por exemplo, a iluminação representa mais de 30 % da conta de energia e influencia diretamente nas vendas. Em uma indústria, a iluminação influencia na produtividade dos funcionários e na segurança do trabalho. Em uma escola, a iluminação representa até 70 % da conta de energia e influencia diretamente no rendimento escolar dos alunos e na saúde e bem-estar, conforme vários estudos comprovam. Revista Papelaria & Negócios - Em tempos de sustentabilidade e a necessidade de reduzir o consumo de energia, quais são as alternativas encontradas nos projetos de iluminação? André Ferreira – Hoje em dia, a preocupação com a questão ambiental e com uma iluminação mais eficiente, de alta qualidade e

baixo consumo, não é privilégio das grandes redes. Muitos empresários estão contribuindo para que o planeta se desenvolva de forma mais sustentável. E o grande foco do nosso trabalho é esse, associar qualidade e economia no mesmo sistema de iluminação. Em seus projetos, a Luminae reduz o consumo de energia em até 80%.

DICAS Atualmente, no Brasil há disponíveis todas as ferramentas necessárias para o desenvolvimento de projetos inovadores de iluminação. São lâmpadas, equipamentos e luminárias, que permitem proporcionar concepções de iluminação mais eficientes, funcionais e artísticas. Uma boa iluminação é uma questão de equilíbrio. Uma loja ou um escritório não devem ser tão claros a ponto de parecer um “cassino de Las Vegas” e nem tão escuros quanto uma caverna. Uma iluminação eficiente e agradável deve apresentar uma mistura equilibrada de lâmpadas com tonalidades frias e quentes. Para a iluminação geral, utilize lâmpadas com tonalidade fria que consomem menos e iluminam áreas maiores. Já para destacar e valorizar pontos específicos e especiais, como os produtos expostos, vitrines, cartazes ou as áreas de atendimento, utilize lâmpadas com fachos pontuais e com tonalidade quente Mostre a iluminação. Esconda as lâmpadas. Caso não seja possível escondê-las, disponha-as de um jeito que não ofusquem os olhos e, portanto, não desviem a atenção do cliente. Independentemente da localização e do produto comercializado, qualquer estabelecimento necessita de vários efeitos de luz capazes de realçá-lo entre os demais e, principalmente, precisa chamar a atenção do consumidor. Destacar a vitrine, a arquitetura da fachada, os produtos, os expositores, a decoração dos espaços internos, enfim todos os detalhes que tornam uma loja atraente aos olhos do público, não é possível sem a elaboração de um bom projeto de iluminação.


Categoria de Produto

Arte com as colas Diferentes soluções em colas são oferecidas ao mercado voltado para as atividades artesanais Quando a ato de colar ganha um novo sentido entram em cena as colas para uso artístico. Elas apresentam embalagens diferenciadas, algumas com bico dosador e aplicadores, têm consistências distintas, cores e características singulares para as mais distintas utilizações. Quem tem em seu mix este tipo de produto é o fabricante Mercur, que dentre as opções disponibilizadas oferece a Cola para E.V.A.; Cola Extra para Artesanato, um tipo de adesivo extraforte para utilização em trabalhos de artesanato em madeira, MDF, papelão e fibras naturais; Cola Permanente para Tecido, que mantém o tecido firme e esticado enquanto é pintado; Cola para Isopor para trabalhos de decoração e artesanato; Cola 3 em 1, que veio para substituir as colas lantejoula, jeans e pano, suprindo a necessidade de aplicação nesses três tipos de atividades, aplicando com facilidade lantejoulas e paetês, em virtude do seu bico aplicador, além disso, cola tecidos em algodão e jeans, possuin-

do acabamento transparente e ótima resistência à lavagem após 72h de aplicação. Os produtos da Mercur são disponibilizados em frascos que variam de 40g, 90g, 200g, 250g, 500g a 1kg. Ao desenvolver suas colas, a Mercur atenta-se para dois aspectos: a boa aderência às superfícies às quais se destinam e a praticidade das embalagens. “É de grande importância o formato e tamanho do frasco e do bico aplicador, pois estas características podem interferir na produção do trabalho”, observa Breno Strussmann, diretor geral da Mercur. Após introduzir no mercado as colas lantejoula e pano (este considerado carro-chefe da empresa) e conquistado a confiança dos consumidores, a indústria Glitter passou a desenvolver colas para as mais diversas técnicas, sempre primando pela qualidade e resistência dos produtos produzidos à base d’água. São encontradas no portfólio variações como: Cola Pedraria, Cola Descola, Cola Patch, Cola Flocar, Cola Pano Decoupage, Resina RDT - adesivo desenvolvido para aplicação sob tapetes, geran-

Praticidade com a Cola 3 em 1 da Mercur que veio para substituir as colas lantejoula, jeans e pano, suprindo a necessidade de aplicação nesses três tipos de atividades.

18


do efeito antiderrapante, Cola EVC, Cola EPS, Cola Madeira, entre outras. Para oferecer facilidades aos usuários, a maior parte das colas Glitter possui bico aplicador, já os produtos que precisam ser usados com pincel têm um bocal largo para facilitar a passagem do acessório. “Atualmente o mercado de colas para uso artístico está em alta pela praticidade da aplicação e resultado. Destacamos em nosso portfólio a procura nos últimos meses pelos produtos: Cola Pano e as novas Cola Tipo Silicone, que se distingue da concorrência por não utilizar metanol, substância considerada nociva; Cola Universal, que foi recriada agora na versão à base d’água, tornandose mais ecológica e mantendo a excelência nos resultados e a Cola Chinelo, criada especialmente para customização de chinelos. A principal exigência hoje é que o produto cole com eficiência, não descolando depois do uso e lavagem. Além da busca por adesivos inovadores, trabalhamos continuamente na promoção destes produtos, treinando artesãos, usuários e também oferecemos materiais informativos para mais esclarecimentos”, cita André Vaccaro, diretor da Glitter. Considerada uma das mais importantes empresas a atuar no ramo de materiais artísticos, a Acrilex também possui um amplo portfólio de colas, para as mais diferentes utilizações. Há, por exemplo, a Cola Pano; Cola Jeans; Cola Lantejoula para fixar miçangas, canutilhos, fuxicos e lantejoulas em tecido); Cola Permanente indicada para preparação de suporte para fixação de stencils e tecidos que serão pintados e também pode ser utilizada para fixar papéis, plásticos ou tecidos sobre materiais como gesso, madeira, cerâmica, metal, vidro, plástico etc; Crystal Cola Relevo que proporciona múltiplos efeitos decorativos com relevo, disponível nas versões: Jelly, Glitter, Acqua e Metallic, além de possuir aroma de bebê; A nova Cola Tipo Silicone, da Glitter, se distingue da concorrência por não utilizar metanol, substância considerada nociva.

Ao desenvolver as colas, a Mercur atentase para dois aspectos: a boa aderência às superfícies e a praticidade da embalagem.

A Glitter tem colas para as mais diversas técnicas


Categoria de Produto

A Acrilex é uma marca forte no mercado de colas para fins artísticos.

Colas em cores especiais e com glitter estão disponíveis no portfólio da Delta.

Multcolage Têxtil ideal para fazer decoupage em tecidos de algodão sem goma; Cola Branca Ateliê, com alto poder de colagem, indicada para colagens de madeira, papel, cortiça, MDF, materiais porosos e pode ser usada em técnicas de scrapbook e scrapdecor; Cola Madeira para colagem de peças de madeira em geral como portas, janelas, caixas, chapas, encaixes de peças de madeira, além de papel, papelão e cartões; Multcolage para impermeabilizar e fazer trabalhos de découpage, transformando simples objetos em obras de arte, dentre tantas outras opções oferecidas pela Acrilex. As colas coloridas e com glitter são os destaques no portfólio da Delta, que disponibiliza inclusive opções em cores especiais (nos tons brilhantes do amarelo, verde, rosa e azul). “O mercado procura qualidade com preço equilibrado, por isso, anualmente a Delta investe em equipamentos que melhoram a produtividade e qualidades dos produtos. Temos observado crescimento gradual e progressivo nesta linha de colas. As expectativas de crescimento nas vendas em 2014 giram em torno de pelo menos 3%”, afirma Plínio César Rabelo Câmara, gerente comercial da Delta. Especialista em colas quente e pistolas aplicadoras, a empresa Rendicolla também oferece a Cola de Silicone Líquido e a RendBond, cola instantânea. São produtos usados

20


para atividades que envolvam técnicas de patchwork, decoupage, colagem em papel à biscuit, entre tantas outras. Em constante pesquisa para atender as demandas que surgem, a Rendicolla detectou recentemente a carência de uma cola de cor cristalina, foi por esta razão que investiu em formulação e maquinário para desenvolver a Cola de Silicone Líquido. O sucesso foi grande e o fabricante lançou novos tamanhos do produto, agora nas versões 60g e 100g, além da Instantânea RendBond em embalagens de 20g e 100g. “O mercado vem buscando colas fáceis de usar com resultados rápidos e melhores acabamentos. O foco está no resultado final do trabalho manual e não na forma da colagem, por isso, é importante investirmos no aprimoramento dos produtos para que ofereçam o melhor acabamento”, justifica Carlos Olimpio Malucelli, diretor comercial da Rendicolla, que almeja para 2014 um crescimento de 17%.

A Rendicolla segue investindo no aprimoramento da colas para que ofereçam o melhor acabamento.


Tendência

o C O

o s r d e a v s i n P u a o s d i t as r o l O uso das cores facilita a organização e leva modernidade às pastas, que podem a partir desta característica decorar os ambientes Os tons sóbrios e os modelos tradicionais de pastas continuam tendo uma importante demanda, especialmente nos escritórios, no entanto, é perceptível que o colorido, as estampas e o design mais arrojado vêm ganhando importância e espaço. Hoje em dia, os consumidores escolhem as pastas que “combinam” com a decoração do ambiente, o que justifica o fato de muitas vezes não ficarem dentro dos armários, mas sobre as mesas e nas estantes. Tudo isso sem deixar de lado a funcionalidade, que também é decisiva na hora compra. Especialista em produtos para organização, a Acrimet há pouco mais de dois anos e meio começou a desenvolver pastas e hoje, algumas linhas como as suspensas já são exportadas. A produção vem crescendo 60% ao ano e embora a participação no mercado interno ainda seja pequena, suas exporta-

A Acrimet está investindo no aumento da produção das pastas Suspensas.

22


As cores também chegaram ao portfólio da ACP.

ções estão atingindo números interessantes, em algumas regiões, a Acrimet é líder de mercado, como em países da América Central. As pastas da Acrimet, tanto com argolas como as Registradoras A-Z, apresentam uma ampla gama de cores e são fabricadas em polipropileno injetado, em uma única peça (monobloco), o que de acordo com o fabricante, garante alta resistência e grande durabilidade. “Por serem feitas totalmente em plástico, não se deterioram com o passar do tempo e não apresentam problemas inerentes às pastas de papelão puro ou plastificado, que se desgastam com certa facilidade”, compara Natália Gastaldo, gerente de marketing da Acrimet. No mix da empresa também há uma linha bastante ampla de pastas Suspensas em Kraft, tanto naturais quanto as plastificadas, marmorizadas e coloridas, inclusive o fabricante tem investido na planta industrial voltada à fabricação deste modelo de pasta. “São novas e modernas máquinas para aumentarmos a produção”, explica Natália. As cores também chegaram ao portfólio da ACP, que fabrica pasta Aba elástico, pasta Catálogo com envelopes, pasta Malote com zíper, pasta Fichário, pasta “AZ”, pasta com Canaleta, pastas com Grampo Trilho, pastas “L”, pastas Sanfonadas, pasta Maleta com pastas suspensas e pasta Maleta. “Todos estes produtos possuem ampla usabilidade, seja no campo escolar ou corporativo, como por exemplo, arquivar e transportar documentos e papéis, apresentar projetos ou trabalhos e organizar papéis em geral. Pastas com elástico, pastas Catálogo e pastas “L” têm uma importante procura, por isso, não devem ficar de fora do mix do lojista, lembrando que as cores mais procuradas ainda são as tradicionais cristal, azul ou fumê, embora tons mais vivos estejam caindo no gosto do consumidor”, afirma Eduardo Zaw, gerente de marketing e tecnologia da ACP. “O mercado de pastas e de organização é sempre receptivo a novidades e convidativo a novas cores, por isso, a Chies investe constantemente em novas tonalidades e formatos, resultando em um amplo mix onde o cliente tem à disposi-


Tendência

As pastas catálogos da Chies ganharam estampas. Hoje as peças organizam e decoram ambientes.

ção produtos que além de organizar seus documentos, possibilitam decorar o ambiente. As cores ganharam ainda um papel fundamental na “economia de tempo”. De acordo com pesquisas, atualmente perdemos horas e horas por ano procurando um documento perdido sobre pilhas de papéis. Por exemplo, para achar suas informações à primeira vista, arquive seus documentos em Registradores AZ de cores diferentes e codificadas na etiqueta, evitando assim o arquivamento incorreto e desperdício de tempo. O mesmo vale para outros produtos, como por exemplo as pastas “L” coloridas. Hoje, a Chies trabalha com 20 modelos de pastas “L”e mais de 50 modelos de Registradores AZ, entre cores e tamanhos diferentes”, exemplifica Guilherme Chies, executivo da empresa. Dentre diversos produtos que compõe a linha de pastas da Chies, há os Registradores AZ, as pastas Catálogo, fichário com visor, pastas “L”, Zip Bag, pastas classificadoras, entre outras. “Destacamos que as cores cítricas vêm acompanhando a tendência da linguagem dos modernos escritórios”, afirma o executivo da Chies.

Aposta no uso dos materiais recicláveis, estampas e novos formatos Pastas “L” coloridas compõem o mix da Chies.

Confiante no potencial de vendas da categoria pastas, a empresa DAC fez novos investimentos em sua estrutura fabril, adquiriu máquinas de produção e uma nova unidade de estoque e armazenamento. A cada ano, o fabricante amplia seu portfólio com o emprego de novas matérias-primas e layout. Hoje, a marca conta com

24


Tendência

Material reciclado ganha destaque nas pastas da DAC

A Frama entrou no mercado de produtos premium, com o AZ Global. São detalhes que tornam o produto mais requintado, além da qualidade superior, destaca a empresa.

mais de 50 modelos entre pastas Registradores AZ, pasta Catálogo, pasta Aba Elástica, pasta Canaleta, pasta Sanfonada, pasta Grampo Trilho, Pasta “L” e com ferragem, pasta Envelope Vai e Vem e Malote. Sempre com base nas pesquisas de mercado, a DAC faz os seus lançamentos, o que a levou a estender sua linha de pastas em material reciclado; a pasta Sanfonada ganhou fechamento em velcro e tem ainda a pasta Sanfonada Maleta para facilitar o transporte. Uma nova linha de pasta Catálogo com lombo ajustável foi lançada para atender o público que exige durabilidade e preço. Modelo com estampas coloridas e na versão animal print ganharam evidência, assim como a utilização do material percalux. Uma outra novidade lançada foram as pastas Sanfonadas tamanho mini, ideais para serem levadas em bolsas e mochilas. “Dentro de alguns meses o mercado poderá conferir a “nova cara” das pastas produzidas pela Frama”, anuncia Maurício Fischer Costa, coordenador de marketing da empresa. “Acabamos de investir em maquinário completamente novo para a fabricação de toda a linha de pastas. Trata-se da mais alta tecnologia para fabricação destes produtos, o que nos dará uma capacidade produtiva muito maior e uma qualidade impecável. Este foi um dos maiores investimentos da Frama nos últimos anos e será um divisor de águas para nós”, justifica. O carro-chefe da Frama é o Registrador AZ e recentemente a marca entrou no mercado de produtos premium, com o AZ Global, que possui revestimento interno e externo

26


em POKF, rado, olhal, cantoneiras e mecanismo de aço niquelado, além de já vir montado e em caixas com 12 unidades. No mix há também pastas Suspensas Kraft, marmorizadas e marmorizadas plastificadas, pastas Aba Elástico e pastas Grampo Trilho.

Elegância e criatividade Coloridas, com corte diferenciado, elásticos coloridos, produzidas em matérias-primas plásticas, em PP e TERA (material 100% reciclável feito a partir das embalagens Tetrapak) é com estas características que as pastas da Confetti se apresentam ao mercado. “Temos as pastas clássicas de elástico, coloridas em tons neon e pastel; as pretas com elásticos coloridos; pastas mais fininhas que são ótimas para arquivar, inclusive há um conjunto delas que vem em um display ou caixa organizadora e com adesivos com as escritas Luz / Água / Celular /Telefone fixo/ etc para organizar o arquivo

O formato mini das pastas Sanfonadas é mais uma novidade da DAC.


Tendência de contas; tem também pasta para desenho, com alça e zíper e muitas outras opções. Desenvolvemos soluções para organizar de uma forma elegante e criativa. A mais recente novidade é a pasta CROCO, com estampa que lembra a pele de crocodilo. Além de chique, acompanha a tendência animal print”, explica Silvia Rettmann, diretora de criação da Confetti.

Tendências mundiais O colorido das pastas Grampo Trilho produzidas pela Frama.

Novos conceitos são introduzidos pela Confetti: pastas fininhas para organizar o arquivo de contas.

O fabricante Dello observou e apostou nas tendências do mercado europeu e assim desenvolveu suas mais recentes coleções de pastas, destacando as cores pastéis e materiais monocromáticos com detalhes fluorescentes. Para o mercado office mantiveram-se as cores padrão: azul, cristal e fumê. “Mas já existe um movimento nos escritórios que busca a organização por cores, como por exemplo, nas pastas suspensas”, declara Juliana Rett, gerente de marketing e relações públicas da Dello. As mais recentes novidades lançadas pelo fabricante foram a linha TopLine, que veio com design e cores inovadoras como a trend colors e a Maleta A2 destinada a arquitetos, projetistas, cartunistas e engenheiros, por acomodar impressos no tamanho A2. No mix da Dello podem ser encontradas ainda as pastas Suspensas Kraft e Ecológica, Sanfonadas revestidas em percalux com divisórias de Janeiro a Dezembro e A/Z, pastas Aba Elástica Dello Plus e Dello Plex, pasta Clip A4 Dello Smile, pasta Aba Elástica DelloFine com lombos até 5,5cm, pasta Canaleta com uma pequena lombada que não permite que a canaleta escorregue e muitas outras versões. Para 2014, a Dello esperar superar o crescimento registrado no ano anterior e traçar um caminho ainda mais sólido. “O objetivo é rumo ao percentual de 20%, expandindo para isso o nosso mix de produtos e mantendo investimentos no processo fabril”, justifica Juliana.

28


Tendência Atenção aos detalhes

O fabricante Dello observou e apostou nas tendências do mercado europeu e assim desenvolveu suas mais recentes coleções de pastas, destacando as cores.

Cerca de 80% dos negócios da Yes vem das pastas. São mais de três mil produtos para atender as diferentes necessidades. Preocupada com a satisfação dos consumidores e em levar soluções inovadoras, a empresa introduziu em suas pastas, elásticos de silicone, mais durável, não desgasta, não resseca e não possui partes em metal, características ideais para as pastas escolares. E as novidades não param por aí, para o uso corporativo há lançamentos como: pasta Sanfonada com 12 divisões, tamanho A4 em dois níveis, um produto patenteado internacionalmente. O grande diferencial está em poder visualizar melhor os assuntos, já que seus indicadores são maiores e facilitam a leitura. Outras novidades são as pastas “L” com bolso interno e coloridas, no tamanho A4 e Registradores A/Z com dorso estreito, em polipropileno transparente e opaco, personalizável, rados de travamento, olhal e ferragem niquelada, segundo a Yes, um produto perfeito para escritórios compactos e que requer uma organização mais refinada. Para uso escolar, os lançamentos são a Maleta com alça, tamanho ofício, com fecho clip, feito em chapa texturizada com acabamento das bordas em tecido, bolso telado externo com fechamento em zíper e alça com reforço plástico; pasta Portfólio com zíper e alça A3, em cores vibrantes, bolso interno, alça de tecido com costura reforçada, ferragem niquelada de alta precisão de 4 argolas; e Caderno Argolado A4 da linha Color Grid, em cores cítricas, com bolso interno, cinco divisórias de fichário, cinco sacos de refil plástico e um bloco de 96 folhas. “Acredito que o consumidor, tanto escolar quanto corporativo, está optando em sair do óbvio, com cores vibrantes e materiais diferenciados, pois hoje em dia, as pastas precisam combinar com os estilos de cada um. Os clássicos como cristal e fumê ainda predominam, mas as cores vêm ganhando cada vez mais força. Até mesmo o ambiente corporativo está apostando nas pastas coloridas, seguindo as cores da marca, ambientando toda empresa. É nítido que as pastas foram se adequando a vida moderna”, analisa Caroline Barone, supervisora de marketing da Yes.

30


Investimentos se estendem aos processos produtivos A Plast Park tem investido na renovação tecnológica na fabricação das suas pastas, buscado melhorias contínuas em seus processos, além de trazer diferentes inovações em seus produtos. “Modificamos o processo produtivo das nossas pastas “L”, que agora são antirrefletivas, também acrescentamos itens complementares em nossa pasta para Convenção, com bloco de notas e caneta; redesenhamos a pasta Catálogo expansível com parafuso plástico, permitindo adicionar saquinhos plásticos, além dos já inclusos; as pastas Catálogo “Clear Book” em PP vêm com saquinhos mais leves e resistentes que não aderem nos documentos e renovamos a linha de pasta Portfólio, com saquinho em PP, que estão mais transparentes, não grudam e não danificam os documentos. Como a tendência de mercado são tons fortes e chamativos,

Seguindo a tendência animal print, a Confetti lançou a pasta CROCO, com estampa que lembra a pele de crocodilo.


Tendência

Os elásticos de silicone nas pastas Yes é um diferencial a mais da marca. Segundo a empresa, são mais resistentes, não ressecam e não há partes em metal.

Cores vibrantes e alça em tecido compõem as características das pastas maleta A3, da Yes.

agregamos à nossa linha teen de pastas, as cores, lilás, laranja, vermelho, preta e verde”, cita Rosemeire Gil de Luca, supervisora de vendas da Plast Park. A Polycart vem acrescentando às suas linhas novos formatos e cores de pastas, além de investir em itens que complementam os já existentes, como por exemplo, caixas organizadoras, maletas e caixas para pastas suspensas. O fabricante oferece diferentes opções de pastas em diversos materiais, tais como, cartão, plástico PP laminado e PP corrugado. Há pastas Catálogos, Classificadoras, “L”, Canaleta, Sanfonadas, Suspensas, Registadores A-Z, entre outras. Dentre as campeãs de vendas estão as pastas Suspensas, produzidas em cartão marmorizado, cartão semi kraft, cartão duplex colorido e plástico PP laminado. Tem também a linha de pastas Aba Elástico, produtos feitos em cartão, PP laminado e PP corrugado, e que trazem o selo do INMETRO, que agora é exigido. Na categoria de pastas em PP corrugado, a empresa investiu em cores, num total de 11 tonalidades, incluindo as preferidas das mulheres como rosa, lilás e roxa e destaca-se a linha Premier, produ-

32


Tendência

A pasta Catálogo “Clear Book”, da Plast Park, está com saquinhos plásticos mais leves e resistentes, que não aderem nos documentos.

Caixas arquivos com pastas suspensas são encontradas no mix da Polycart.

zida em material translúcido e de gramatura maior. “Com o “boom” da informática, muito se especulou sobre a redução de vendas das pastas, pois grande parte dos documentos que circulava nas empresas, passaria ser arquivado nas “pastas” dos computadores. No entanto, verificamos que, na realidade, o que aconteceu foi uma mudança de comportamento. Estes produtos continuam tendo boa aceitação e existe a necessidade da utilização, no entanto, o consumidor tornou-se mais exigente e passou a se interessar em adquirir produtos diferenciados e de melhor qualidade. Para atender esta nova demanda, a indústria passou a investir com maior empenho no design dos produtos e em novas tecnologias de produção, mostrando-se em constante e saudável evolução”, opina André Felipe Gelli, gerente de marketing e designer da Polycart. A empresa Mano Manufaturados de Papéis produz pastas que atendem tanto o mercado corporativo quanto o escolar e, segundo o fabricante, o diferencial está na utilização do papel como matéria-prima principal e na valorização da mãode-obra artesanal. “Temos divisórias escolares, índices para fichários, pastas Catálogo, Classificadores, pastas Contrato e pastas Sanfonadas, além de realizarmos peças sob encomenda, como as caixas -arquivo, pastas Suspensas Sanfonadas etc”, cita José Mariano, sócio-diretor da empresa. No último ano, a Mano voltou a produzir as pastas Catálogo com capa em papelão encadernado e com envelopes plásticos. “As vendas das pastas Catálogo acompanharam os números das pastas Sanfonadas (campeãs de vendas) mas, diferentemente destas últimas, a demanda é por materiais e cores diferenciados, a pasta roxa, por exemplo, foi a mais vendida. O foco mantêm-

34


Tendência

A linha Premier, da Polycart, é produzida em material translúcido e de gramatura maior.

se pertinente à filosofia da nossa empresa, foi a manutenção da qualidade das matérias-primas, o primor no acabamento manual e a introdução de novas padronagens e cores. Trouxemos o acabamento “aço escovado”, que tem agradado muito, além do resgate do trabalho com tecidos, com a encadernação das pastas com tecido jeans. Também há um público crescente que se preocupa não somente com a praticidade, mas com o design diferenciado, com uma produção responsável e com a possibilidade de descarte sustentável. Para este consumidor desenvolvemos revestimentos coloridos e acabamentos que permitem uma reciclagem de 98% da pasta – caso do nosso modelo de pasta revestido em Kraft e com interior em Kraft reciclado”, explica o executivo. O sócio-diretor da Mano afirma que os fabricantes de pastas tiveram que se adaptar a uma nova demanda gerada por um novo comportamento global, que é: menos espaço para acumular, maior preocupação com ciclos de produção sustentáveis, necessidade de gerar menos lixo e maior cuidado com a qualidade do que adquirimos. “Estas são as grandes mudanças incorporadas nos últimos anos em nossa empresa, as mudanças geradas por um ganho de consciência da população e também pelo aumento do seu poder aquisitivo – foco na qualidade, foco no ciclo de produção e foco na produção responsável”, observa José Mariano.

O acabamento “aço escovado” é um dos diferenciais das pastas Mano.

36


Anuncie na

A mais completa do setor www.papelariaenegocios.com.br Entre em contato conosco Tel.: (11) 2306-1246 email: atendimento@topbrasileditora.com.br


Novidade

Requinte nas embalagens para presente Cada vez mais se investe na qualidade do papel, na criação das estampas, na variedade e no formato caixas rígidas. Bem vindo a uma nova era no mercado de embalagens! A praticidade das sacolas de papel da H7.

Papéis, sacolas,

sacos, caixas flexíveis, rígidas, fitas, laços e etiquetas, o diversificado mercado das embalagens vai se aperfeiçoando e se sofisticando, oferecendo surpreendentes soluções, com acabamentos sofisticados, criatividade e bom gosto. Embora as datas comerciais, tais como, Páscoa, Mães, Namorados, Pais, Crianças e Natal sejam importantes para alavancar as vendas, as embalagens são comercializadas o ano inteiro, ou seja, um bom negócio para o lojista que entrar neste segmento. Inclusive há uma curiosa característica de consumo: com o surgimento das caixas rígidas, estas passaram a ser usadas também como organizadores e itens de decoração, impulsionando ainda mais os negócios. Sempre em busca de novas tecnologias e tendências, a Cromus traz inovações em suas embalagens. No último ano, o fabricante investiu em maquinários o que aumentou em 20% sua capacidade fabril. “Fizemos investimentos em equipamentos para a produção de sacos para presente, o que nos dá a expectativa de aumentar em 12 % nosso faturamento”, afirma Fernando Hachul, diretor comercial da Cromus, que tem em seu portfólio itens como: sacolas de papel, papel de seda, envelopes de papel de presente, sacos de presente em BOPP, folhas de papel de presente em BOPP, bobinas de papel LWC, bobinas de papel kraft, caixas e cestas de papel cartão, etiquetas, fechamentos em cartão para sacolas de papel, entre outros vários itens, inclusive para decoração.

38


Dentre os mais recentes lançamentos apresentados pela empresa estão a linha de sacolas para presente com impressão metalizada e os envelopes de papel de presente. “O mercado gosta de novidades e na coleção Cromus 2014 a palavra de ordem é ousadia. Notamos uma evolução no mercado. Novos formatos de caixas e as caixas rígidas são muito procuradas. Este ano lançaremos, por exemplo, a   caixa rígida com estampa registrada e a caixa rígida em formato de coração com estampa registrada. Também está em alta a mistura de tendências, onde as estampas estão mescladas como animal print e floral e estamos trabalhando com estampas espelhadas”, cita Fernando. Para acompanhar as novas exigências e necessidades do mercado, o fabricante H7 Embalagens, que disponibiliza papel de presente em bobinas e folhas, papel de seda, caixas para presente e sacolas, investiu nos últimos dois anos

Os papéis de presente em bobinas e folhas continuam tendo grande importância no mercado de embalagens. Na foto, produtos da H7.

Dentre os lançamentos da H7 estão as sacolas nas cores azul, preta e vermelha.


Novidade A coleção Linda Copa do Mundo, desenvolvida pela Paloni, possui estampa que homenageia o Brasil.

aproximadamente R$ 700.000,00 em máquinas e deu um importante upgrade em seus processos produtivos. Renovando constantemente o seu portfólio, a empresa traz novidades como as sacolas de papel colorida, nos tons azul, preta e vermelha; caixa em relevo e kit para presente contendo sacola, seda e tag. “Com relação às novas estampas das embalagens utilizamos o animal print, que desde o ano passado é sucesso, tem também a mistura de traços e estampas como o poá e uso de cores sólidas como o verde esmeralda”, exemplifica Christiano Roman Novaes, supervisor comercial da H7 Embalagens. Há 34 anos atuando no mercado de embalagens, a Paloni possui um amplo portfólio com caixas rígidas em vários formatos, linhas com apliques, com revestimento interno, De olho nas tendências, a Paloni investe em modernas estampas como azulejo português e animal print.

40


fechamento em imã, caixas bolsas e maletas, sacolas em kraft, sacos metalizados, papéis laços prontos e muito mais. “Estamos atentos às tendências, ficamos de olho no mercado internacional e renovamos as estampas e cores, constantemente. As nossas recentes novidades são as coleções com estampas animal print, azulejo português e, em clima de Copa do Mundo, lançamos uma linha em homenagem ao Brasil”, cita Léa Paloni, executiva da Paloni Embalagens. Otimista, a empresa acredita que em 2014 os negócios crescerão em 20%.

Acabamentos metalizados destacam-se nas embalagens da Paloni.


Fornecedor

Fundada em 1964, a Acrilex ocupa hoje uma área de 87mil m², em São Bernardo do Campo (SP).

Os 50 anos da Acrilex Maior fábrica da América Latina para o segmento de tintas para manualidades, a empresa está também entre as maiores do segmento de tintas escolares e artísticas

Empresa 100% brasileira, a Acrilex foi fundada em 1964, em São Paulo, no bairro do Ipiranga. Oito anos depois, no ano de 1972, teve suas instalações transferidas para São Bernardo do Campo, no Grande ABC Paulista. Atualmente, a Acrilex ocupa uma área de 87mil m² e nos últimos anos realizou diversos investimentos em sua planta, que vão desde maquinário para produção, até um moderno sistema de expedição, tornando a empresa referência, inclusive para outros segmentos. Ao longo destas cinco décadas, a Acrilex trabalhou para associar a sua marca a produtos de qualidade e assim conquistou a fidelidade e a confiança dos consumidores. “A liderança que possuímos na linha para tecidos no mercado nacional e a boa aceitação no competitivo mercado internacional comprovam a excelente qualidade e o respeito que temos pelos consumidores”, afirma Sérgio Kohashi, diretor comercial e de marketing. No Brasil, a Acrilex está presente em 10 mil pontos de vendas, além disso, seus produtos são encontrados em praticamente toda a América Latina, em alguns países da África e da Europa. “Buscamos expandir nossos negócios não apenas no Brasil, mas também pelo mundo. Nós temos qualidade e capacidade para exportar. Nossa participação na feira Paperworld, em Frankfurt, na Alemanha pelo segundo ano consecutivo só comprova isso. O stand foi um sucesso e isso é um dos fatores que nos faz acreditar que temos essa capacidade de crescimento lá fora, sem esquecer do A Acrilex tem como proposta mercado interno”, declara o oferecer produtos de qualidade e fáceis de utilizar. diretor.

42


Fornecedor

As novidades da marca Acrilex O atual portfólio da Acrilex é composto pelas seguintes linhas: manualidades, com produtos e auxiliares para pintura em tecido, madeira, vidro, e outras superfícies comuns no ramo de artesanato; belas artes, com itens para pintura em tela, como tintas acrílicas e a óleo; escolar, com materiais escolares e pré-escolares, como giz de cera, tempera guache, massinhas de modelar, colas, canetinhas, lápis, pintura a dedo e outros e customização, com itens voltados para a customização de roupas e peças, com foco maior no público teen. Com constantes investimentos em seu mix de produtos, a Acrilex apresenta suas mais recentes novidades. A primeira delas é a linha EcoGreen, que se caracteriza pelo apelo ecológico. Os primeiros produtos lançados são colas brancas que vêm em embalagens produzidas com material PET 100% reciclado. A ideia é expandir a linha. Outros recentes lançamentos são: a linha de Canetinhas Hidrográficas, que foram as primeiras a serem comercializadas em cartuchos, visando facilitar o armazenamento; a Fan Pen, um marcador para tecido sintético, ideal para autógrafos e escritas nesse tipo de superfície; Window Pen, conjunto com 6 canetas para escrita em vidros e espelhos, de fácil limpeza, ideal para adolescentes e crianças desenharem e escreverem. Para o mercado de artesanato, a Acrilex lançou a Vitro 150°, uma tinta para cerâmica e porcelana, que após a pintura é levada ao forno para total fixação; a Acrílica Resistente ao Tempo, tinta usada para pintar peças que podem ser expostas ao ar livre, com total resistência às intempéries, sem perder a vibração e a qualidade das cores e, por fim, na categoria carrochefe da Acrilex, a de tintas para tecido há 22 novas cores e na tinta fosca para artesanato foram incorporadas 12 tonalidades. O diretor da Acrilex acrescenta que além de produtos de qualidade, o público deseja itens e técnicas que sejam fáceis de utilizar. “Por esta razão, cada vez mais buscamos desenvolver produtos que facilitem a aplicação e que ofereçam um resultado satisfatório, para os diversos níveis de artesãos, dos experientes até aqueles que estão começando a pintar.” Para a Acrilex o profissionalismo dos colaboradores, a confiança e ajuda de todos os clientes e fornecedores, atrelados à ética, princípios e valores familiares da companhia foram os responsáveis pela trajetória de êxito da companhia, que aproveita a ocasião para fazer o seu agradecimento. “Agradecemos a todos que de alguma forma contribuíram para o sucesso da Acrilex. Uma empresa 100% brasileira, que atua incessantemente para oferecer uma tinta para cada ideia; uma ideia que já dura 50 anos...”

44

O atual portfólio é composto pelas linhas de manualidades, belas artes, escolar e customização.


Tecnews

Democratização da impressão Estudo da IDC sobre mercado de impressão em 2013 mostra queda na tecnologia jato de tinta e crescimento de vendas de equipamentos a laser Em 2013, o mercado brasileiro movimentou 3.7 milhões de equipamentos de impressão, volume aproximadamente 9% menor do que em 2012. A retração refletiu também nas receitas: em 2013 o setor gerou um volume de aproximadamente US$1 bilhão no Brasil, 13.6% a menos do que em 2012. Os dados são da IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. Na visualização dos resultados por tecnologia, o cenário é distinto entre laser e jato de tinta. Enquanto as vendas de impressoras jato de tinta caíram 13,1% (de 3.087 milhões em 2012 para 2.682 milhões de unidades em 2013), as vendas de laser tiveram um ligeiro crescimento e passaram de 1.019 milhão de unidades vendidas em 2012 para 1.053 milhão em 2013. Diego Silva, analista de mercado da IDC Brasil, atribui os resultados do mercado jato de tinta a fatores como a readequação de demanda e migração de foco por parte dos fabricantes. “No período pós-crise (2008), por um lado a movimentação dos fabricantes  garantiu excelentes volumes de vendas, mas, por outro, condicionou a demanda a faixas de preços extremamente baixas. Tais movimentações visavam recuperar a lucratividade por meio da venda de suprimentos de impressão, o que no mercado brasileiro não ocor-

re com tanta facilidade”. Segundo ele, o foco também está migrando: antes, com poucas funções e aplicabilidades, os equipamentos jato de tinta buscavam atingir principalmente os usuários domésticos e profissionais liberais. Agora, com as linhas “business inkjet”, os equipamentos estão cada vez mais robustos, e com funções e aplicações mais abrangentes, visando também usuários corporativos de pequenas e médias empresas. Já o mercado laser, embora também esteja passando por mudanças, em 2013 apresentou resultados positivos pelo terceiro ano consecutivo. Segundo o analista de mercado da IDC Brasil, outro movimento forte, que vem crescendo de forma constante nos últimos anos e demonstrando maturidade, é o  mercado de serviços gerenciados de impressão (MPS).  “É uma excelente oportunidade para as empresas que buscam não só a redução de custos, como também a otimização dos processos”.

“Em 2013, enquanto as vendas de impressoras jato de tinta caíram 13,1%, as vendas de laser tiveram um ligeiro crescimento e passaram de 1.019 milhão de unidades vendidas em 2012 para 1.053 milhão em 2013”, Diego Silva, da IDC Brasil.

46


Confira as novidades apresentadas recentemente pelo mercado de impressão Tecnologia Tanque de Tinta No final de 2012, a Epson lançou no Brasil uma estratégia para combater o mercado de cartuchos genéricos, sendo a primeira empresa do segmento a oferecer uma linha de impressora e de multifuncionais com Tanque de Tinta. O país é o primeiro fora da Ásia a fabricar os equipamentos Tanque de Tinta que também abastecerão o mercado da América Latina. A exclusiva tecnologia redefine o conceito de economia, já que permite a impressão de um grande volume de documentos, páginas da Web, fotos, entre outros arquivos, segundo o fabricante, em alta qualidade e com o menor custo por impressão. Destaca-se o modelo L355, que imprime 37 páginas por minuto em preto e 15 em cores, na velocidade máxima.  Além da grande autonomia de impressão, esta multifuncional traz o recurso de wi fi integrado, que permite o compartilhamento com outros usuários que estejam conectados na rede sem fio, além de acesso ao aplicativo iPrint, da Epson, que oferece recursos diferenciados para Tablets ou Smartphones.

Impressões sem fio A linha Deskjet Ink Advantage da HP foi criada para os consumidores que desejam imprimir documentos em casa ou que buscam maior produtividade para seu home office e também querem reduzir os custos de impressão sem abrir mão da qualidade. O sistema de impressão, segundo o fabricante, oferece funcionalidades como: impressão sem fio, alta qualidade e confiabilidade, além de cartuchos de tinta originais com custo reduzido. Um exemplo é que os usuários podem escolher entre os cartuchos de impressão, da família HP 662, de tamanho padrão, que custam a partir de R$ 19,90, e os cartuchos de alta capacidade, que produzem até 3 vezes mais páginas que os cartuchos padrão e custam a partir de R$ 34,90. A tecnologia de impressão associada à tecnologias wireless já embutidas nas impressoras transformam estes conteúdos em arquivos físicos e memórias fáceis de serem compartilhadas não só através do PC, mas também diretamente de tablets e smartphones. “Nós entendemos que a relação entre a qualidade e o custo dos cartuchos originais são fatores determinantes para o consumidor na hora da compra ou troca de uma impressora. Os suprimentos originais HP garantem impressões de qualidade com um valor acessível”, explica Alfredo Cors, diretor do  Grupo de Impressão da HP do Brasil.


Tecnews Linha voltada para artes gráficas A OKI apresenta na linha de impressoras coloridas A3: os modelos C911dn, C931dn e C941dn. Além do tradicional padrão CMYK, a C941 traz a exclusiva quinta estação para as cores branco ou clear. “A série C900 traz recursos inéditos ao mercado e abre novas possibilidades para a criação de peças exclusivas como convites, protótipos de embalagens e muito mais. Uma aposta da OKI que fechou 2013 com chave de ouro”, afirma Marcio Marquese, gerente de marketing. “Estamos investindo ainda mais para proporcionar equipamentos de ponta ao mercado de artes gráficas”, diz o executivo. Outro diferencial da Série C900 é a flexibilidade no manuseio de mídias. Graças ao caminho plano do papel, as impressoras têm suporte a papéis de até 360g/ m² e banners de 1,32m. Com resolução de 1200 x 1200 dpi, a série C900 destaca-se também pela velocidade de impressão e alcança incríveis 50 páginas por minuto, tanto em preto, quanto em cores. O painel de LCD colorido de alta resolução de 4.3 polegadas facilita o acompanhamento da vida dos suprimentos e informações gerais da impressora.

Tela touchscreen e redução no consumo de energia A Lexmark anuncia sua nova linha de dispositivos multifuncionais e impressoras a laser no mercado brasileiro. Ao todo, são 21 produtos: 10 multifuncionais e 11 impressoras, todos desenvolvidos com base em uma plataforma tecnológica que visa reduzir a complexidade dos processos manuais de impressão e melhorar a produtividade das empresas.  Um dos destaques da nova linha é a tela touchscreen de 4.3” a 10”, com interface que permite acesso rápido às soluções embarcadas nos equipamentos. Outras novidades são o processador Dual Core de até 1.2 GHZ de RAM associado ao HD de 160 GB expansível, que possibilita ao usuário acessar e armazenar documentos diretamente no dispositivo, e a função Hibernação, que, quando acionada, reduz o consumo de energia. Há ainda um modelo de multifuncional que imprime ou copia a primeira página em apenas 4 segundos, velocidade mais rápida já oferecida por equipamentos do gênero disponíveis no mercado, segundo a Lexmark.  “A inteligência oferecida através dos dispositivos da Lexmark é um diferencial-chave, quando combinado à nossa avançada tecnologia de imagem. Por meio de nosso portfólio de soluções, disponibilizamos uma capacidade inigualável”, comenta Carlos Eduardo Bretos, vice-presidente e gerente-geral da empresa para a América Latina.

48


Impressão a partir dos dispositivos móveis

Soluções para o mercado varejista A Zebra Technologies disponibiliza inúmeras soluções que auxiliam na segurança e andamento do mercado varejista. São impressoras de recibo e etiquetas de códigos de barra, bem como software, soluções de conectividade e impressoras de cartões. As soluções podem ser usadas desde a produção de cartões de fidelidade, impressão de etiquetas para identificação de paletts e soluções customizadas para identificação de gôndola. Tem a impressora GC420, voltada para a etiquetagem de preços e impressão de recibos, que ocupa pouco espaço; a impressora ZT230 (com revestimento metálico), reconhecida pela sua durabilidade e capacidade de resistir a ambientes hostis. O modelo também ajuda a limitar os custos de propriedade e maximiza o tempo de operação da impressora, devido à facilidade de manutenção e de conexão à rede, sem necessidade de ferramentas. Há ainda, as impressoras portáteis RW420, ideais para a impressão de recibos e faturas durante a realização do serviço externo

A Samsung apresenta a primeira impressora a laser colorida e também multifuncionais com tecnologia NFC (Near Fiel Communication), no qual os usuários podem facilmente imprimir fotos de alta qualidade e documentos a partir de seus smartphones e tablets. A nova linha de impressoras NFC é formada pela impressora a laser colorida C410W e pelas impressoras multifuncionais a laser coloridas C460W (com funções de impressão, cópia e scanner) e C460FW (com funções de impressão, cópia, scanner e fax). A nova série foi desenvolvida especialmente para o pequenos escritórios ou home office que desejam imprimir conteúdo a partir de seus dispositivos móveis. Esses três modelos imprimem até 18 páginas por minuto (ppm) em preto e branco. “Nossas mais recentes soluções para impressão são baseadas no desejo dos consumidores de imprimir fotos e documentos diretamente de seu celular,” explica Joosang Eun, vice-presidente sênior de marketing estratégico da divisão de Soluções para Impressão da Samsung. “A série Xpress NFC, é um bom exemplo de como a Samsung está revolucionando o mercado de soluções para impressão móvel e de impressoras com NFC, demonstrando o seu compromisso com pesquisa e desenvolvimento (P&D) e a criação de produtos que melhoram a experiência dos consumidores. A Samsung continuará expandindo suas soluções de impressão móvel com tecnologia NFC para usuários de pequenas e médias empresas”, completa o executivo.


Licenciamento Coleção de cadernos UFC Em sintonia com a nova paixão dos brasileiros, a Foroni desenvolveu cadernos da linha UFC com diversas referências ao esporte. As capas imortalizam, em três modelos, os heróis em seus momentos de glória e superação no octógono. A quarta versão traz o logo do UFC em destaque com o lema do campeonato: “As real as it gets”. Com capa dura, laminação fosca e aplicação de verniz reserva, bolsa plástica, pôster e folhas decoradas, estão disponíveis nas versões: 96 fls, 200 fls, 240 fls, 300 fls ou 400fls.

Kingston lança pendrive com tema do filme RIO2 Em parceria com a Fox Films, a Kingston apresenta o dispositivo de 8 GB de capacidade, que vem com 3 trailers da animação, 1 videoclipe, 8 imagens de capa para Facebook, 10 papéis de parede para computador, 9 atividades para imprimir e um pôster do filme em JPG para garantir que a companhia de Blu, Jade e seus filhotes não termine com a sessão do cinema. O produto tem embalagem alusiva ao filme.

Frasqueiras da Turma da Mônica A Turma da Mônica ganha mais um produto em sua linha de licenciamento. Trata-se de frasqueiras exclusivas e personalizadas com a Mônica, em comemoração aos 50 anos da personagem, completados em 2013. As peças são feitas em policarbonato e encontradas em três estampas: Selos, Tampinhas e Mônicas, todas coloridas e cheias de estilo. O interior é forrado com desenho exclusivo da Mauricio de Sousa Produções e ainda apresenta divisórias e espelhinho interno.

50


As princesas Disney chegam ao universo LEGO® Marca anuncia o lançamento da linha Disney Princess para as meninas recriarem as aventuras de Ariel, Rapunzel, Cinderela e Merida. A proposta é recriar os ambientes, os castelos, as carruagens e toda a magia que envolve algumas das princesas clássicas do universo infantil. “Há inúmeras possibilidades de construções para meninas de 5 a 12 anos. Além disso, a linha representa a união de duas marcas fortes no mercado infantil: LEGO e Disney”, afirma Robério Esteves, diretor de operações da LEGO no Brasil.

“Barbie™ A Sereia das Pérolas” apresenta nova aventura no fundo do mar Uma nova animação da boneca chega para encantar as meninas . A Mattel e Universal lançam o filme “Barbie™ A Sereia das Pérolas” em DVD e Blu-ray. Barbie® estrela como Lumina, uma sereia que sonha em ser princesa. “Com o filme as meninas irão descobrir um novo mundo de sereias e se inspirar nas habilidades de Lumina para criar penteados incríveis. Sempre ao lado de sua melhor amiga Tuca, um cavalo-marinho cor-de-rosa, a boneca também irá provar o valor da família ao encarar perigos e desvendar seu verdadeiro destino”, conta Ana Furtado, gerente de marketing de produtos para meninas da Mattel do Brasil.


Informática

Etiquetadora de mesa A LetraTag® LT-100T da Dymo é uma etiquetadora eletrônica de mesa que permite imprimir uma variedade de etiquetas coloridas, em 5 tamanhos de fontes, 7 estilos de impressão, 8 estilos de caixa, carimbo de data e 195 símbolos.Possui tela de LCD com 13 caracteres, 3 opções de idiomas (inglês, francês e espanhol), além de display gráfico para visualizar os textos antes de imprimir.

Em alto e bom som O headset apresentado pela distribuidora Mega Tec Drive é revestido em couro, tem protetor de ouvido almofadado e haste com altura regulável, possui controle de volume e microfone também flexível, potência máxima de 50 mw e conexão de entrada estéreo plug 3.5mm.

Caixa de som portátil Com design compacto, elegante e compatível com todos os tablets e smartphones atuais com conexão Bluetooth, chega ao mercado a caixa de som portátil Jukebar, da marca holandesa Trust. Funciona sem fios até uma distância de 10 metros do dispositivo móvel, tem bateria interna e fornece até 17 horas de funcionamento sendo recarregável através do cabo USB incluso.

52


Acessórios para tablets A DL está com duas novidades para ampliar a usabilidade de tablets e smartphones: o e-Power e o Modem 3G. O primeiro é um banco de energia para recarregar baterias. Quando, por exemplo, acabar a bateria do tablet é só ligar o cabo na entrada USB do aparelho. Já o segundo produto permite conexões 2G, 3G, via Plug & Play, em tablets e computadores e ainda suporta mensagens SMS e chamadas de voz via computador.

Inspirados na Copa do Mundo

A Maxprint traz fones e mouses óticos USB estilizados com a bandeira do Brasil. Os fones de ouvido da coleção Brasil são compatíveis com mp3/mp4 player, smartphones, tablets e qualquer outro equipamento com saída de áudio para plug p2 3.5 mm estéreo. Já os mouses óticos USB, com design ergonômico, vêm em 5 opções de cores e desenhos.


Prateleira

Bandeiras e estandartes de mesa Em ano de Copa do Mundo, quando o patriotismo fica ainda mais evidente, a empresa Bandermás apresenta a sua linha de bandeiras e estandartes de mesa, representando vários países e Estados. As peças têm acabamento em madeira reflorestada e impressão dupla face.

Bloco para desenho Produzido pela Canson ®, o Bloco para Desenho Liso é voltado para as atividades das crianças no início do processo de aprendizagem. Confeccionado com o exclusivo papel tratado, Opalina Canson de gramatura 120 g/m2, têm excelente resistência podendo ser colorido em toda a sua superfície com canetas hidrográficas, já que o papel não desgasta a ponta da caneta e não “puxa” tinta excessivamente. Nele também pode ser usado grafite, lápis de cor, giz de cera e pincel atômico. Disponível nos tamanhos A4 e A3.

Qualidade e resistência em nova tesoura Com garantia vitalícia, a tesoura Diamond, da Maped, tem lâminas largas e resitentes. Feita em aço inoxidável com carbono, está disponível nas versões 12 e 21 cm. De acordo com o fabricante, o produto oferece conforto tanto para destros, quanto para canhotos.

54


Esferográfica para elas Com grande apelo para o público feminino, a Pentel traz para o mercado brasileiro a sua mais nova caneta esferográfica Line Style. Com tinta a base de óleo em cores vivas e intensas, tem ponta esférica de 0.8mm (preta, vermelha, azul, verde, violeta e rosa) e de 1.0mm (rosa), corpo mais alongado e grip e clip de metal.

Marcadores de texto em cores super fluorescentes A Faber-Castell apresenta novidades da linha GRIP como o Marca Texto com tinta superfluorescente, nas cores amarelo, rosa e verde, resultando em maior intensidade das cores. Os marcadores têm ponta chanfrada com três medidas de traço (1mm, 2mm e 5mm), além do design diferenciado e as esferas antideslizantes, que garantem firmeza no traço.

A categoria lápis de cor ganha reforço O lápis Evolution Pijama Grafite, da Bic, o terceiro modelo de lápis preto mais vendido da marca, agora chega à linha Colorir. O BIC Evolution Lápis de Cor Pijama alia o conceito divertido de listras aos já conhecidos lápis de cor da BIC. Disponíveis em embalagens com 12 cores e 18 cores.


Especial

Dia dos Namorados

O amor em todas as suas formas (e negócios!) Para celebrar o amor, empresas apresentam suas linhas temáticas e dão sugestões de presentes para impulsionar as vendas durante a época mais “apaixonante” do ano. Se programe e prepare a loja para a data As datas comerciais representam excelentes momentos para os empreendedores divulgarem seus produtos e serviços de forma mais agressiva. O Dia dos Namorados traz desafios e oportunidades para o varejo, com a demanda levando o faturamento a uma variação positiva. Diferentemente de grandes períodos como o Natal, o Dia dos Namorados é uma data em que não se vê tanto movimento nas ruas, porém os maiores valores vêm do consumo unitário. É um período de compras feitas com maior pesquisa e escolha. Na hora da compra, as pessoas já têm uma noção do que querem dar. Para aumentar as vendas, os lojistas devem investir no visual do estabelecimento, seguido de novos produtos e promoções. Lembrando que, segundo os consumidores, o fator mais importante para a decisão de compra é o bom atendimento.

De cartões a kits do amor O dia dos Namorados é para a Cartões Gigantes a melhor data comemorativa do ano, por isso, a empresa não mede esforços para investir em um mix amplo e moderno. Para 2014, aposta nos cartões com mecanismo POP-UP. Além disso, também lançou o Kit Amor, com diversas brincadeiras e jogos para os casais curtirem a data.

56


Recordações eternizadas Para relembrar os felizes momentos a dois, muitas vezes eternizados em fotos, a DAC sugere como opção de presente os seus álbuns para fotos, confeccionados em corino, alguns com fechamento em elástico, com opções para 200 e 300 fotos e janelas personalizáveis.

Embalagens modernas e românticas A Gráfica Cristina preparou para a data uma ampla linha de embalagens. Há desde papéis de presente, passando pelas caixas flexíveis, rígidas e sacolas, todas com estampas bem românticas para agradar os namorados. E, para quem não abre mão de entregar um cartão para a pessoa amada, há também uma linha especialmente desenvolvida para a ocasião.

Para os casais descolados Versáteis, confortáveis e modernas, as mochilas da Leadership com compartimento para notebook de até 15.4” estão disponíveis para eles e para elas. Outra sugestão de presente é o Autorrádio Bluetooth, para sincronizar o smartphone e ouvir no carro as músicas preferidas. Reproduz de diversos gadgets: iPod, iPhone, smartphone com Android, dispositivo USB, cartão de memória SD e aparelhos com bluetooth. Ainda é possível conectar outros dispositivos portáteis através da entrada auxiliar (P2 3,5mm).


Especial

Embalagens que são um presente Para quem quer impressionar o(a) amado(a) já com a embalagem, a Paloni Embalagens lançou linhas especiais com peças que são consideradas o próprio presente. Há o Kit coração, com três tamanhos de caixas rígidas; o Kit calçado da Coleção Linda, com aplique de coração; o Kit Mimo, que ganhou estampas de corações e a caixa coração Animal Print que vai acompanhada por um laço de fita e tem tamanho menor, sendo ideal para colocar bombons e lingeries.

A expressão do amor Apostando nas últimas tendências, a Grafon’s traz ao mercado uma coleção bastante diversificada e completa de cartões. Com a temática do Amor, destacamse a linha Handmade Beauty, de cartões premium, com estilo artesanal, apliques e acabamentos diferenciado; na Teen’s Collection, a linha é jovem, descontraída, colorida e todos os cartões vêm com um botton que pode ser colecionável. Na coleção UNICEF, além de declarar o amor, quem adquire ajuda os projetos sociais do UNICEF Brasil, uma vez que parte da renda obtida tem este destino. Já Magic Moments traz cartões em formato um pouco maior e design contemporâneo e, para os casais que querem descontração, os cartões do gato Garfield prometem agradar.

58


É isto que sua empresa procura? A revista voltada ao trade

Atinja seu público-alvo, anuncie Divulgue sua marca e seus lançamentos para o mercado altamente consumidor.

11

2925-6623

site: www.papelariaenegocios.com.br e-mail: comercial@topbrasileditora.com.br


60

Profile for Revista Papelaria & Negócios

P&n 117 site  

P&n 117 site  

Advertisement