Page 1


2


Editorial Expediente DIREÇÃO Paschoal Sabatine paschoal@topbrasileditora.com.br William Gimenes william@topbrasileditora.com.br PUBLICIDADE Marco Aurélio vendas1@topbrasileditora.com.br (11) 3271-5867 JORNALISTA RESPONSÁVEL Lia Freire (MtB 30.222) redacao@topbrasileditora.com.br PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO Cristiana Lacutissa (ClStudio) (11) 2749-0738 producao@topbrasileditora.com.br CAPA - Patricia Chammas ADMINISTRAÇÃO Av. Alcântara Machado, 924 cj. 03 – Brás CEP 03102-001 – São Paulo Fone (11) 2306-1246 www.topbrasileditora.com.br

As novas formas de alcançar o consumidor contemporâneo Mudam-se as expectativas sociais, mudam-se os ideais de consumo e, consequentemente, as estratégias de marketing e publicidade. Novas táticas buscam dar conta do novo consumidor e em meio a estas novas formas de alcançá-lo surge o Inbound Marketing, que está focado nas estratégias online para transformar estranhos em contatos qualificados e, consequentemente, em consumidores. A proposta é reconhecer as necessidades deste consumidor, conhecê-lo e só então oferecer os produtos e serviços que atendam os seus desejos. Uma das premissas do Inbound Marketing é falar sobre o que é relevante ao público e não sobre produtos e a marca. Embora o conceito de Inbound Marketing vem crescendo no Brasil, ainda falta conhecimento aprofundado das métricas utilizadas. É preciso análise, planejamento e conhecimento do público-alvo para gerar mensagens que possam impactar positivamente os negócios. Para falar sobre o assunto, entrevistamos Marco Cassiano Alves, diretor da 7Co Social, empresa especializada em marketing digital e expertise em Inbound Marketing. Confira nas próximas páginas. E já que estamos falando em conquistar consumidores, nesta busca tão importante quanto desenvolver ou distribuir produtos que sejam úteis e atendam às necessidades é oferecer itens de qualidade e seguros. Empresas de certificação e laboratório de análises como BRICS, ICEPEX e INTERTEK falam sobre suas atividades, seus serviços e apontam quais devem ser os cuidados para que as indústrias e distribuidores façam as suas escolhas. Demos um rasante no universo das borrachas de apagar e, por lá, eficiência e bom desempenho continuam primordiais, mas já não bastam! Um pouco de cor e novos atributos prevalecem nos atuais produtos. Trazemos nessa edição algumas das linhas apontadas por marcas como BIC, Faber-Castell, Mercur e Tilibra. Aproveite também nesta edição para conhecer o projeto Uatt+ que leva ao varejo, organização, comunicação visual diferenciada e experiência de consumo para

A Revista Papelaria e Negócios é uma publicação mensal da Top Brasil Editora dirigida a lojistas e fornecedores de artigos para papelaria e informática. Circulação nacional.

O conteúdo dos artigos e as declarações textuais contidas nas reportagens da Revista P&N são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados.

4

que os lojistas passem a vender mais e melhor. E a Newell Rubbermaid que trabalha no Brasil com as suas marcas líderes mundiais de instrumentos de escrita, que incluem as canetas Paper Mate, os marcadores Sharpie e os corretivos Liquid Paper segue crescendo de forma acelerada ano a ano, ganhando participação de mercado. “Seguiremos investindo em nossas marcas e traremos a cada ano ainda mais inovações no portfólio”, afirma o diretor, Ricardo Dias, que fala para a Revista Papelaria & Negócios sobre a presença da empresa no país. Boa leitura!


Sumário

06 Entrevista 12

Categoria de Produto

24 Fornecedor 34 Case 36 Seções

Normas técnicas

26


Entrevista

Inbound Marketing Uma nova forma de alcançar o consumidor contemporâneo Mudam-se os ideais de consumo, o comportamento do consumidor e consequentemente, as estratégias de marketing e publicidade

O

conceito de Inbound Marketing vem crescendo no Brasil. Ele surge aliado à geração de leads (clientes em potencial), ou seja, está focado nas estratégias on line para transformar estranhos em

contatos qualificados e, consequentemente, em consumidores. Consumidores estes que procuram informação em mecanismos de busca e em sites de redes sociais, em blogs pessoais, sites corporativos e vídeo-tutoriais publicados online. E é aí que a marca deve estar: sendo resultado destas buscas. É preciso criar estratégias para encontrar e ser encontrado online. Apesar de ser uma metodologia relativamente nova, de acordo com estudos realizados pela Hubspot - fabricante de sistemas de Inbound Marketing - 58% das empresas brasileiras já utilizam, embora ainda estejam longe da realidade das companhias norte-americanas, onde 84% aplicam o Inbound, mas os resultados positivos têm se espalhado por aqui e têm feito aumentar as estatísticas. E como o Inbound Marketing funciona? Sua metodologia é reconhecer as necessidades do consumidor, conhecê-lo e, só a partir daí, oferecer produtos e serviços.Trata-se do “marketing de atração” que tem como base desenvolver e promover conteúdo para determinado público-alvo, visando conquistar, atrair e fidelizar clientes, ao invés de somente comprá-los. Engana-se quem pensa que o Inbound termina após a compra efetuada. Posteriormente à conversão de um lead em cliente, é hora de transformá-lo em um promotor da marca. As empresas que souberem produzir o melhor conteúdo e arranjarem formas de disseminar a informação, consequentemente atrairão mais públicos, fecharão mais negócios e conquistarão mais fãs. Para falar sobre o assunto, entrevistamos Marco Cassiano Alves, diretor da 7Co Social, empresa especializada em marketing digital e expertise em Inbound Marketing.  “A proposta do Inbound Marketing é não atrapalhar o que as pessoas estão vendo em seu dia a dia, mas disponibilizar o que elas procuram, no momento certo”, Marco Cassiano Alves.

6


Revista Papelaria & Negócios - Qual o conceito do Inbound Marketing? Marco Cassiano Alves - O Inbound Marketing é uma metodologia de trabalho do marketing digital, baseado no conceito de atração de visitação qualificada através de conteúdo, onde se trabalha todas as etapas de um funil de vendas (atração de visitantes > transformação desses visitantes em leads > nutrição desses leads para convertê-los em clientes > marketing de relacionamento, cross selling, up selling e/ou redução da taxa de desistência). Revista Papelaria & Negócios - Quais as vantagens e benefícios em investir neste tipo de marketing? Marco Cassiano Alves - Comparado às ações de marketing off line -

cliente, podendo trabalhar com B2C, B2B, relacionamento, fidelização etc.

como compra de mídia ou realização de eventos, entre outras estratégias - se trata de uma alternativa muito mais barata e diferente, sendo possível

Revista Papelaria & Negócios - Quais são os

rastrear todos os passos do prospect, desde o início da campanha até o

principais aspectos que diferenciam o Inbound

momento da decisão de compra, inclusive o pós compra, tornando cada

Marketing do marketing tradicional?

peça e fase da ação acessível para análise e melhoria, o que a torna mais

Marco Cassiano Alves - O marketing tradicional

efetiva. E, como estamos falando de visitação e público qualificado, esta-

visa impactar pessoas a conhecerem e experimenta-

mos nos referindo a um trabalho com pessoas que já estão interessadas

rem seus produtos ou serviços no dia a dia, enquan-

em nossos produtos ou serviços, o que torna a média de conversão de

to o Inbound Marketing identifica as pessoas com

20% a 50%.

alguma necessidade específica que estão procurando nos canais digitais as melhores soluções para

Revista Papelaria & Negócios - As empresas brasileiras já aderiram ao Inbound Marketing? Teria exemplos?

suas demandas e assim apresentar seus produtos ou serviços como a solução ideal, por esta razão a

Marco Cassiano Alves - Sim, hoje já temos estudos realizados por

efetividade é alta. O objetivo é não atrapalhar o que

diversos fabricantes de sistemas de Inbound Marketing (como Hubspot e

as pessoas estão vendo em seu dia a dia, mas dis-

RD Station) que fazem pesquisas no Brasil a respeito. Não apenas diversas

ponibilizar o que elas procuram, no momento certo.

empresas já aderiram, como também o assunto está muito em alta por aqui. Em nossa agência atendemos diversos tipos de empresas, como o

Revista Papelaria & Negócios - Em termos de

Grupo Boucinhas, de consultoria, e o laboratório genético multinacional

investimentos, qual é o comparativo entre o In-

Igenomix.

bound Marketing e o marketing tradicional? E o retorno?

8

Revista Papelaria & Negócios - Quais são os ramos de negócios

Marco Cassiano Alves - Segundo dados da

que mais vêm utilizando este tipo de marketing? Há como especifi-

Hubspot, quando feito por profissionais e agências

car?

qualificadas, o Inbound Marketing pode custar 62%

Marco Cassiano Alves - Como Inbound Marketing se trata de uma

a menos por lead, se comparado às campanhas tra-

metodologia, não existe um tipo de negócio específico ou que mais se

dicionais de marketing off line, e o retorno sobre o

adequa, pelo contrário, é a metodologia que se adequa ao negócio do

investimento pode levar de 6 meses a 1 ano.


Entrevista

Revista Papelaria & Negócios - O Inbound

Revista Papelaria & Negócios - Quando o Inbound Marketing co-

é utilizado somente em ações on line ou tam-

meçou a ser utilizado pelas empresas brasileiras? E mundialmente?

bém cabe a sua aplicação em ambiente off line? Marco Cassiano Alves - Com o Inbound é possível integrar as ações off line com on line, como

Marco Cassiano Alves - O Inbound no Brasil começou a ser aplicado por volta de 2011 e nos EUA em 2006, com a criação da empresa Hubspot.

eventos, campanhas promocionais, branding e até publicidade televisiva utilizando recursos de second screen.

Revista Papelaria & Negócios - O Inbound é uma “resposta” ao novo consumidor e as suas atuais demandas? Marco Cassiano Alves - Certamente o Inbound é uma das principais respostas ao novo comportamento do consumidor, que quando quer uma indicação pega nas redes sociais e quando procura algum produto ou serviço vai para os sites de buscas, como Google, Yahoo, Bing etc.

keting r a M d n u o b n “O I logia de o d o t e m a m éu ting e k r a m o d o h trabal do no digital, basea ção de a r t a e d o it e c con cada ifi l a u q o ã ç a it vis nde o , o d ú e t n o c através de tapas e s a s a d o t a h se trabal ndas.” e v e d il n u f de um 10

Revista Papelaria & Negócios - Qual é o futuro do Inbound Marketing? Marco Cassiano Alves - O Inbound começa com as pequenas e médias empresas que não possuem uma verba de marketing como as grandes companhias. Surge com empresários e profissionais de marketing de perfil agressivo e antenados ao que acontece no mundo. A tendência é começar a incomodar as grandes empresas mesmo com uma verba pequena, fazendo com que no futuro as grandes comecem a utilizar esta estratégia, que a cada ano aumenta sua capacidade de atingir o sucesso.


Categoria de Produto

As mudanรงas nas borr

12


rachas de apagar EficiĂŞncia e bom desempenho continuam primordiais, mas jĂĄ nĂŁo bastam! Um pouco de cor e novos atributos prevalecem nas atuais borrachas de apagar


Categoria de Produto As cores neon das borrachas BIC®.

Tradicional item escolar, as borrachas de apagar ganham novas roupagens e deixam de ser simples artigos com a função de apagar. Oferecer um manuseio confortável, cumprir adequadamente a função de apagar continuam sendo aspectos imprescindíveis, mas há outros atributos que hoje em dia são levados em consideração pelos consumidores destes artigos escolares. Cores, estampas, aromas, novos e práticos formatos entram para a lista de pré-requisitos na hora da escolha de qual produto levar para casa. A marca BIC®, por exemplo, aposta em uma proposta mais divertida, sem perder a funcionalidade ao ato de apagar. Em tons neon de rosa, amarelo, roxo, verde, azul e laranja, a Eraser Neon tem as capinhas que seguem a mesma cor da borracha; no portfólio da empresa tem também a Eraser Caneta Borracha disponível em diversas cores vibrantes: azul, verde, amarela, laranja, rosa e roxa, além do branco e é possível também comprar o refil separadamente; já a BIC® School Line com abertura automática traz corpo retrátil para guardar a borracha quando não está sendo utilizada e evitar sujeiras no estojo ou mochila. A borracha e capa vêm em cores diferentes: azul/amarelo e

BIC® School Line com abertura automática tem corpo retrátil para guardar a borracha quando não está sendo utilizada.

14


vermelho/verde; e para quem prefere a borracha branca, tem a Eraser com capa azul, livre de ftalato. O fabricante destaca que os seus produtos são atóxicos. Com tecnologia que concentra os resíduos produzidos, evitando que a sujeira se espalhe pelo papel, a Faber-Castell desenvolveu a Dust Free (sem resíduos) com lados chanfrados que permitem maior precisão na hora de apagar. O produto está disponível em três tamanhos: pequeno (cor branca), médio (nas cores azul, verde e rosa) e grande (também na cor branca). Atento aos formatos divertidos e ergonômicos, o fabricante desenvolveu a borracha FC Shape nos tons azul claro, verde claro e rosa. Tem também a caneta borracha que é retrátil, possui corpo com grip, clip plástico e vem com refil único na própria embalagem. Disponível nas cores rosa, azul claro e preto. Outro destaque da marca e que sugere uma nova opção em estilo é a borracha mini sleeve, que já existe na linha Colors (rosa claro, verde claro e azul claro) e ganha novas cores na linha Black Neon - com cor de capa protetora preta e borracha disponível em tons roxo, verde claro, rosa e branco.

O formato caneta para as borrachas foi adotado por diferentes marcas, inclusive a BIC® que traz um colorido portfólio.


Categoria de Produto Com tecnologia que concentra os resíduos produzidos, evitando que a sujeira se espalhe pelo papel, a Faber-Castell desenvolveu a borracha Dust Free.

Quem ampliou sua oferta na linha de borrachas para o período de volta às aulas 2016 foi a Tilibra que traz os produtos coordenados com outros itens escolares como tesouras, lápis preto, réguas, apontadores etc. Os consumidores encontram na coleção de borrachas Tilibra uma variedade em estampas de personagens. Há do Ben 10, Capricho, Jolie, Formato diferenciado na borracha FC Shape, da Faber-Castell.

Adventure Time, Garfield, Red Nose, Simpsons, Snoopy, Romero Britto, X-Racing, além dos modelos sem personagens. Entre os principais destaques para a próxima temporada estão as linhas Transformers, Ecko, Titio Avô, Chococat e Equestria Girls. As versões com personagens possuem espessura adequada para o público infanto-juvenil, vêm em formatos especiais, além de serem embaladas individualmente, o que dá mais proteção ao produto e facilita o manuseio no ponto de venda. As borrachas também são acondicionadas em embalagens no formato pote, melhorando a visualização dos consumidores no ponto de venda. “Além destes benefícios, outro importante atributo é que cada borracha possui um código de barras individual, o que facilita o registro do produto no momento da venda. Em seu mix, a Tilibra também disponibiliza as versões convencionais e opções de canetas borrachas”, aponta Danielle Medina, gerente de produto & propaganda da Tilibra, acrescentando que todos os produtos passam por testes e aprovações, antes de serem lançados. “Entendemos que qualidade e segurança são essenciais para que qualquer empresa ou produto permaneça no mercado. A inovação é importante, mas nunca deixando de lado a função principal do produto.”

Mini Sleeve, da Faber-Castell, capa protetora e cores chamativas.

16


Categoria de Produto

Na coleção de borrachas Tilibra há uma variedade em estampas com personagens.

Tradição aliada à inovação Embora as borrachas venham com um novo visual, os modelos tradicionais têm o seu espaço garantido. “Mesmo com tantas opções e possibilidades, a nossa tradicional borracha branca Record, considerada uma ótima borracha de apagar é muito procurada. Conhecida por várias gerações, possui quatro tamanhos, tem o formato retangular e além da cor branca tem também as versões azul, rosa e lilás, que não mancham o papel. Ouvimos sempre dos usuários a importância da boa apagabilidade. Ou seja, desempenho é fundamental! Há também a preferência por borrachas naturais considerando as questões ambientais, uma preocupação cada vez mais frequente até mesmo na escolha por materiais escolares”, diz Breno Strussmann, facilitador e diretor geral da Mercur. Outra borracha tradicional da Mercur e uma das mais antigas é a Pensando no conforto do público infantojuvenil, nas versões com personagens, a Tilibra desenvolveu uma espessura diferenciada.

18


Categoria de Produto A tradicional borracha branca Record, da Mercur, conhecida por várias gerações, tem atualmente quatro tamanhos e versões coloridas como azul, rosa e lilás.

Prima, Primex e Tinta e Lápis, com dois lados e diferentes funções. A parte vermelha (Prima e Primex) ou branca (tinta e lápis) é indicada para apagar escrita a lápis e lapiseira. Já a parte azul (Prima e Primex) ou cinza (tinta e lápis) é para remoção de tinta de caneta e lápis de cor. O executivo da Mercur lembra que é uma borracha mais abrasiva, que possui cristais pontiagudos em sua composição, o que faz com que seja possível desgastar (lixar) a folha até a remoção parcial ou total da tinta, ou seja, a borracha não apaga a tinta do papel, mas desgasta a ponto de conseguir removê-la. “Seu formato chanfrado (com quinas) auxilia na precisão ao apagar e mesmo sendo colorida, não mancha o papel.” A empresa é categórica ao afirmar que preocupa-se, antes de tudo, em atender a principal função da borracha, por isso estuda e aprimora constantemente as formulações para que possa satisfazer as necessidades das pessoas. “As nossas borrachas naturais, por exemplo, possuem na composição o fáctis, um componente que é responsável pela maciez do produto e que contribui para a apagabilidade, permitindo que ela se solte ao ser friccionada sobre o papel e não borre o grafite. Além disso, dentro do nosso posicionamento de marca, buscamos oferecer produtos que gerem o menor impacto possível ao meio ambiente e à sociedade”, comenta Breno. O fabricante desenvolve dois tipos de borracha de apagar: as naturais, produzidas a partir do látex das seringueiras, uma matéria-prima de fonte renovável; e as termoplásticas, que são atóxicas, derivadas do petróleo e sem látex em sua composição. A Mercur entende que é preciso conhecer os motivos que levam as pessoas a escolherem determinado produto, entregando qualidade aliada ao desempenho e que não represente apenas um objeto de modismos. “Cultivamos o relacionamento com os consumidores para entender as suas reais necessidades. Desenvolvemos as borrachas com o proA inclusão está presente na marca Mercur. Pessoas com tremores nas mãos podem usar o borrachão de apagar e o borrachão longo, que devido suas características: respectivamente, mais pesada e longa, facilitam o ato de apagar.

20


É isto que sua empresa procura? A revista voltada ao trade

Atinja seu público-alvo, anuncie Divulgue sua marca e seus lançamentos para o mercado altamente consumidor.

11

3271-5867

22 site: www.papelariaenegocios.com.br e-mail: comercial@topbrasileditora.com.br


Categoria de Produto pósito de que ofereçam a possibilidade de (re)fazer, (re)criar e (re)inventar. Oferecemos diferentes opções que se adaptam a diferentes necessidades. As interações que promovemos por meio do Projeto Diversidade na Rua, por exemplo, têm o objetivo de compreender melhor as necessidades das pessoas com deficiência. Foi possível verificar que algumas possuem dificuldade de preensão ou movimentos involuntários o que nos levou a desenvolver produtos como o Borrachão de apagar - em virtude de seu peso pode facilitar o ato de apagar para pessoas que possuem tremores nas mãos. O nome do produto está em português, libras e escrita de sinais impresso na borracha. Criamos também o Borrachão longo que por ser mais longo facilita o movimento de segurar objetos com a palma da mão e devido o peso facilita o apagar por pessoas que possuem tremores nas mãos. Neste modelo, o nome do produto também está em português, libras e escrita de sinais impresso na borracha”, cita Breno. Na linha de borrachas naturais da Mercur é possível encontrar versões com formatos diferenciados como triangular (Delta) nas cores branca, lilás e verde; oval (Oval) nas cores branca, rosa e azul; chanfrado com quinas (Clean) que auxilia na precisão ao apagar, encontrada nas cores verde e rosa. Já na categoria de borrachas termoplásticas tem opções com aroma cítrico com a Flash nas cores branca, rosa, verde e amarela e a Decorada nos tons branco, rosa e preto; no formato triangular com extremidades que proporcionam mais precisão ao apagar está disponível a borracha Prisma que oferece conforto na pega e é ideal para artistas e estudantes, em especial de artes visuais, moda, decoração, arquitetura, engenharia e design gráfico. E há ainda muitas outras opções no portfólio. “Temos um grande cuidado no reaproveitamento dos resíduos de produção, tanto nas borrachas naturais quanto nas termoplásticas. No desenvolvimento dos nossos produtos, buscamos sempre utilizar matérias-primas que não prejudiquem as pessoas. O propósito destas escolhas é o cuidado com a saúde dos usuários, entregando produtos atóxicos e certificados, quando necessário. Lembrando que este ano entrou em vigor para os lojistas a portaria 481 com a questão de que as borrachas devem estar nas suas embalagens de origem, uma vez que as informações obrigatórias a respeito do produto precisam estar acessíveis ao consumidor. Inclusive nos casos em que a embalagem não é levada para casa”, lembra o executivo da Mercur.


Fornecedor

prevê manter crescimento acima de dois dígitos

C

om foco no consumidor, investindo con-

aqui uma representatividade importante, principalmente na ca-

tinuamente em pesquisas que ajudam a

tegoria de canetas esferográficas com a marca Paper Mate que

entender melhor o público-alvo e suas ne-

retornou ao país em 2011 com um índice alto de lembrança junto

cessidades, a Newell Rubbermaid trabalha no Brasil

aos consumidores. “Desde então, seguimos crescendo de forma

com as suas marcas líderes mundiais de instrumen-

acelerada ano a ano, ganhando participação de mercado e pres-

tos de escrita, que incluem as canetas Paper Mate,

tígio com os nossos clientes devido a essa performance positiva.

os marcadores Sharpie e os corretivos Liquid Paper.

Seguiremos investindo em nossas marcas e traremos a cada ano

“Comercializamos no Brasil produtos de altíssima

ainda mais inovações no portfólio.”

qualidade, com a proposta de oferecer aos consumi-

Apresentados recentemente em seu showroom de volta às au-

dores a melhor experiência de consumo a um preço

las 2016, a Newell Rubbermaid destaca para a próxima tempora-

justo. Competimos em condições de igualdade com

da os quatro lançamentos Paper Mate: Kilometrica® Quatro que

empresas que já estão no mercado há muitos anos”,

traz 4 cores em um único produto, com destaque para os botões

afirma o diretor, Ricardo Dias.

mais largos facilitando uma rápida ativação das cores. São duas

O executivo destaca que a companhia tem por

versões: Business ( tintas nas cores preta, azul, verde e vermelha) e Fun & Fashion (tintas nas cores magenta, turquesa, roxo e verde-limão); Kilometrica® Stylus, inspirada no design da Paper Mate Kilometrica 100, que reúne duas funções em um único instrumento: escrita comum de um lado e de outro, a ponta de silicone que permite manusear os aparelhos de tela touchscreen; Kilometrica® Mini, com apenas 10 cm e embalagem no sistema “zip” ( que vira um estojinho), produto que estimula a venda por impulso; e a Kilometrica® 100 Colorz em novas cores: verde escuro, marrom e laranja. “Para a temporada de volta às aulas 2016 manteremos o nosso foco em investimentos de visibilidade e experimentação de

Foto: Andréia Martins - EBC Editora

produtos nos pontos de venda”, destaca Ricardo.

24

“Comercializamos no Brasil produtos de altíssima qualidade, com a proposta de oferecer aos consumidores a melhor experiência de consumo a um preço justo”, Ricardo Dias.


A Newell Rubbermaid trabalha no Brasil com as suas marcas líderes mundiais de instrumentos de escrita, que incluem as canetas Paper Mate e os marcadores Sharpie.

Para a próxima temporada são quatro lançamentos Paper Mate: Kilometrica® Quatro; Kilometrica® Stylus; Kilometrica® Mini e Kilometrica® 100 Colorz.


Normas técnicas

Certificações e análises

Escolha bem os seus parceiros Tão importante quanto desenvolver ou distribuir produtos que sejam úteis e atendam às necessidades dos consumidores, as empresas devem estar atentas à segurança e certificação dos artigos, sendo fundamental firmar parcerias com entidades idôneas

26

As empresas brasileiras estão cada vez mais engajadas na questão da certificação dos produtos. Medida que contribui para a segurança dos consumidores, como também acaba por excluir do mercado os competidores desonestos e produtos piratas, sem qualquer qualidade. Por aqui, desde 28 de fevereiro de 2015 o comércio varejista só pode vender artigos escolares certificados pela portaria 481/2010. Nos primeiros seis meses, a fiscalização foi de orientação aos comerciantes, conforme consta na lei geral das Micro e Pequenas Empresas (MPEs). Após 31 de outubro, os estabelecimentos irregulares que já tenham sido submetidos a uma primeira ação de fiscalização poderão ser penalizados, com advertências, apreensão do produto e multas que variam de R$ 100 a R$ 1,5 milhão, de acordo com o estabelecido na lei n.° 9.933/99. Já

“O trabalho da BRICS não se restringe a certificar produtos. Oferecemos um amplo sistema de gestão de certificação, em que os clientes recebem informações de cada etapa, evitando surpresas com possíveis custos não previstos”, Gilson da Silva Melo.


os fabricantes e importadores não podem fabricar e importar artigos escolares sem a certificação desde 01 de janeiro de 2013. São considerados artigos escolares qualquer objeto ou material com motivos ou personagens infantis utilizados em ambiente escolar e/ ou atividades educativas, com ou sem funcionalidade lúdica, por crianças menores de 14 anos. Contemplam esta portaria os itens: apontador; borracha e ponteira de borracha; caneta esferográfica/roller/gel; caneta hidrográfica (hidrocor); giz de cera; lápis (preto ou grafite); lápis de cor; lapiseira; marcador de texto; cola (líquida ou sólida); corretor adesivo; corretor em tinta; compasso; curva francesa; esquadro; normógrafo; régua; transferidor; estojo; massa de modelar; massa plástica; merendeira/lancheira com ou sem seus acessórios; pasta com aba elástica; tesoura de ponta redonda e tintas (guache, nanquim, pintura a dedo plástica, aquarela). Para as empresas que precisam realizar certificações em brinquedos, artigos escolares, artigos de festas, entre outros escopos, a BRICS Certificações de Sistemas de Gestão e de Produtos, que é acreditada pela CGCRE/INMETRO e está localizada em São Paulo, conta com uma equipe


Normas técnicas composta por 14 técnicos e infraestrutura adequada às funções, segundo a própria empresa, com laboratórios em quantidade suficiente para atender as demandas de testes. O executivo sênior da empresa, Gilson da Silva Melo, destaca que o trabalho da BRICS não se restringe a certificar produtos. É oferecido também um amplo sistema de gestão de certificação, em que os clientes recebem informações de cada etapa, evitando surpresas com possíveis custos não previstos, possibilitando planejamento que inclui a previsão de gastos em períodos definidos para a realização dos processos de manutenção da certificação. “Visando proteger a marca do cliente, a BRICS comunica de maneira automática e sistematizada a necessidade da realização das manutenções dos processos de certificação para que o cliente não perca os prazos par a certificação dos produtos e também não seja punido com multas e degradação da sua imagem. Quando há necessidade oferecemos treinamentos sobre as portarias, que podem ser realizados no próprio cliente ou em nossa empresa. Desta maneira o cliente se mantém atualizado sobre os processos certificatórios”, explica Gilson, que analisa o processo de certificação como um amadurecimento no mercado, que passa a oferecer produtos seguros, mitigando os riscos de acidentes. Na categoria de brinquedos, o executivo da BRICS lembra que neste momento a portaria do INMETRO está sendo atualizada e deve ter novidades para os próximos meses. “A atualização visa melhorar o entendimento do processo certificatório de maneira geral e aparar arestas existentes na portaria em vigor e emitida em 2009. Com relação à portaria de artigos escolares, ela passou a ser compulsória para a comercialização no mercado nacional no dia 28 de fevereiro de 2015, portanto, a partir de agora o consumidor sentirá de maneira efetiva as benesses do processo certificatório”, observa Gilson.

Como funciona a certificação de um produto? Antes de entrar na questão de como fazer a certificação de um produto, é preciso entender alguns conceitos de modelos de certificação, família de produtos e lote. Em relação aos modelos ou sistemas de certificação estes devem ser confiáveis e aceitáveis por todas as partes interessadas, sendo eficazes quando administrados de forma imparcial, proporcionando critérios que dão confiança de que o produto satisfaz as exigências definidas. Os processos de certificação de produto trabalham basicamente com os seguintes modelos: certificação 4 em que a avaliação é realizada por meio de ensaios completos nos produtos, de acordo com os requisitos

28


fixados pela norma aplicável, seguidos de verificação através de ensaios de amostras retiradas no comércio e/ou no fabricante; certificação 5 que é realizado por meio de ensaio completo nos produtos, avaliação e aprovação do Sistema de Gestão da Qualidade do fabricante e tem o acompanhamento feito através de auditorias no fabricante e ensaios periódicos em amostras; certificação 7 que é realizado por meio da avaliação do lote, onde a certificação estará somente vinculada ao lote avaliado, quer seja o mesmo fabricado ou importado. Para a coleta de amostras, utiliza-se o critério do “pai” da família dos produtos. Já a definição de família está atrelada a produtos que são produzidos por uma mesma fábrica, no mesmo país de origem, utilizando o mesmo material, que têm a mesma funcionalidade e que requerem o mesmo tipo de ensaio. Outro conceito importante é o de lote de certificação, que consiste no conjunto de todas as unidades de produtos apresentadas simultaneamente à avaliação para a certificação, oriundas de uma mesma unidade de fabricação e que constituem uma mesma família, apresentando a mes-

O ICEPEX tem profissionais que passam periodicamente por uma reciclagem de conhecimentos e procedimentos, visando atender os critérios estabelecidos nas portarias, normas e regulamentos”, Sérgio Diogo.


Normas técnicas ma codificação NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul). No caso dos brinquedos, o executivo da BRICS explica que a certificação pode ocorrer pelos modelos 4 - somente para fabricantes ME/EPP e/ou artesãos, ou então, 5 ou 7. Para os artigos escolares está prevista a certificação nos modelos 5 e 7. “A escolha do modelo mais adequado depende da opção do cliente e deve ser analisada de acordo com cada negócio que está sendo realizado. Estamos abertos para discutir e orientar os clientes a escolherem o modelo que mais se adeque à necessidade”, afirma Gilson. Quando certificado pelo modelo 5, a certificação de artigo escolar tem validade de 3 anos, sendo prevista uma manutenção anual no processo, onde são realizadas auditorias e ensaios nos produtos. No caso de brinquedos, a validade do certificado emitido pelo modelo 5 está atrelada ao ciclo do processo, sendo que a certificação inicial tem validade de quatro meses, a primeira manutenção tem validade de oito meses e a partir da segunda manutenção o ciclo passa a ser de doze meses. Esse ciclo é interrompido e volta a quatro meses no caso de alguma não conformidade detectada em auditoria ou na avaliação das amostras coletadas. Brinquedos certificados pelo modelo 4 tem o certificado emitido com validade de 24 meses. No caso de certificação pelo modelo 7, tanto para brinquedos, quanto para artigos escolares, o certificado não tem prazo determinado de validade, sendo válido exclusivamente para os produtos que fazem parte da mesma família, em um mesmo lote de certificação. Sobre o investimento na certificação, Gilson afirma que dizer que se trata de um alto investimento é dúbio, pois a questão central seria o que custa mais: a prevenção ou a correção? “Sendo o processo de certificação algo que busca avaliar produtos a fim de mitigar riscos, os valores gastos com este processo deveriam ser considerados investimentos e não custos, já que um recall por um incidente ou por um acidente ocorrido com o produto, além de gerar valores infinitamente superiores para o fabricante ou importador, gera um prejuízo incalculável para a imagem e credibilidade da marca do produto. Uma certificação feita de maneira responsável e confiável pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma empresa.” O ICEPEX - Instituto de Certificação para Excelência na Conformidade - é mais uma empresa que realiza os serviços de certificação. Acreditado pela CGCRE/Inmetro está localizado em São Paulo e desde 2009 conta também com auditores exclusivos para as avaliações e amostragens na China, otimizando tempo e dinheiro. “O departamento técnico do ICEPEX é formado por profissionais treinados para atender todas as diretrizes técnicas do INMETRO com agilidade e eficiência. Possuímos um programa de Treinamento & Desenvolvimento onde nossos técnicos passam

30


periodicamente por uma reciclagem de conhecimentos e procedimentos, visando atender sempre os critérios estabelecidos nas portarias, normas e regulamentos. Realizamos o trabalho de certificação nos sistemas 5 e por lote, e sem distinção de clientes e independente da estrutura destes, com atendimento diferenciado e personalizado”, afirma Sérgio Diogo, diretor presidente do ICEPEX. Embora represente a minoria, o executivo do ICEPEX lembra que ainda há empresas que encaram a certificação como um entrave em seus negócios. “Entretanto, após concluída a certificação, essas mesmas empresas percebem que se trata não só da garantia da segurança do produto como a “qualidade” intrínseca ao produto e da marca que o produz. Importante ressaltar que o processo de certificação é um mecanismo de equalização entre os produtos comercializados, pois todos obrigatoriamente devem seguir os padrões mínimos de segurança”, diz Sérgio, que lembra aos fabricantes e importadores que considerem o conhecimento técnico e a capacidade de entendimento e explicação

“A Intertek tem laboratórios no Brasil e na Ásia, atendendo a todas as exigências da regulação brasileira”, Eliana Moreira Rosa.


Normas técnicas do processo de certificação das empresas para de-

ensaios físicos e mecânicos, inflamabilidade, ensaios químicos, jogos quí-

finir com qual irá trabalhar. “Somente conhecendo

micos e ensaios elétricos. Já a norma ABNT NBR 15236 determina os re-

bem o processo e suas normas é possível torná-lo

quisitos para avaliação de segurança em artigos escolares e contempla a

simples e rápido a fim de minimizar os riscos e o

realização de ensaios físicos e mecânicos, químicos, inflamabilidade, bem

próprio prazo para a certificação. Também é impor-

como a verificação da presença de pentaclorofenol e seus sais em artigos

tante checar a idoneidade e a vocação das empre-

de madeira ou componentes de madeira. Para ambos os escopos, brin-

sas, já que o tempo e a experiência são imprescindí-

quedos e artigos escolares, são requeridos os ensaios de ftalatos – a de-

veis para a garantia de um trabalho eficaz e seguro.”

terminação de plastificantes ftálicos por cromatografia gasosa, de acordo

Laboratório de ensaios

com a norma ABNT NBR 16040”, explica Eliana Moreira Rosa, supervisora da Intertek do Brasil – Toys & Hardlines. Eliana destaca que a Intertek conta com uma equipe de profissionais

No processo de certificação dos artigos esco-

experientes e capacitados, permitindo que o laboratório desenvolva um

lares e brinquedos, os produtos devem passar por

trabalho de relevância no segmento. E para manter-se atualizada, a Inter-

ensaios nos laboratórios. A empresa Intertek, acredi-

tek participa constantemente de Comitês de Estudos Técnicos dos produ-

tada pela CGCRE/Inmetro, oferece essa prestação

tos com os quais trabalha com o objetivo de acompanhar as discussões e

de serviço por meio dos seus laboratórios no Brasil

contribuir com o desenvolvimento das normas e regulações no país.

(em São Paulo) e na Ásia (em Hong Kong e Shen-

A sugestão da supervisora da Intertek às empresas que estão à pro-

zhen, na China), atendendo as exigências da regu-

cura de laboratórios é que verifiquem se os prestadores de serviço estão

lação brasileira. “A norma atualmente adotada pelo

devidamente acreditados pela CGCRE/ INMETRO. “Além de checar a acre-

Brasil para avaliação da segurança em brinquedos

ditação, o fabricante e/ou distribuidor deve considerar o site do Inme-

é a ABNT NM300, uma norma Mercosul que é váli-

tro como sua fonte de pesquisa principal; lá é possível encontrar dados

da para todos os países do bloco e que está dividi-

atualizados das empresas acreditadas para estes escopos e os dados de

da em 6 partes, cada uma dedicada à avaliação de

contato. A partir daí é possível iniciar a pesquisa e definir qual laboratório

determinados aspectos dos brinquedos, tais como,

é o mais adequado para a necessidade”, indica Eliana.

A escolha de um Organismo de Certificação de Produto (OCP) deve ser criteriosa, pois implica na credibilidade do certificado emitido. Por isso, leve em conta os seguintes aspectos:

• Realize uma visita ao escritório do organismo de certificação com a finalidade de conhecer os profissionais que cuidarão do processo certificatório e “sentir” o clima organizacional do local;

• Desconfie de empresas que ofereçam “facilidades” na certificação, pois o processo é um só para todos os organismos, não existindo atalhos ou desvios;

• Busque clareza de informações e uma empresa disposta a ouvir, não somente a falar; • Ouça o mercado, lembrando que a escolha do OCP pode significar a diferença entre o sucesso e o fracasso de um produto.

32


Case O projeto respeita o espaço do lojista. É utilizado o mobiliário da própria loja, sendo a Uatt+ responsável pela montagem da área, transformando-a em ponto focal.

O cliente que participa do projeto Uatt+ ainda recebe condições especiais de pagamentos, tem acesso a ações diferenciadas de marketing, promoções exclusivas e recebe materiais de merchandising de datas comemorativas.

34


Uatt+

Projeto leva às lojas, organização, comunicação visual diferenciada e experiência de consumo para que elas passem a vender mais e melhor

M

arca de produtos emocionantes, divertidos e surpreendentes, a

contribui para alavancar os negócios, dificilmente

Uatt? desenvolveu para os lojistas o projeto Uatt+, que tem o

eles não se tornam um cliente Uatt+”, declara Diogo

propósito de auxiliar na exposição das mercadorias, na com-

Silva, gerente regional de vendas Sul e São Paulo.

posição do espaço, na realização do merchandising, entre outros aspectos, gerando resultados positivos.

O projeto respeita o espaço do lojista. É utilizado o mobiliário da própria loja, sendo a Uatt+ respon-

A gerente nacional de vendas da Uatt?, Renata Santos, destaca que

sável pela montagem da área, transformando-a em

o projeto Uatt+ representa um verdadeiro “banho de princesa na loja” e

ponto focal – que desperta o interesse e a curiosi-

aponta alguns benefícios como: auxílio no controle de estoque das mer-

dade dos clientes, para que o consumidor perceba o

cadorias sem a necessidade de elaborar planilhas; facilidades em enxergar

espaço. “Em uma área de 2m x 2,30m ou 2m x 2,50

o faturamento e o que está sendo vendido e com isso realizar os pedidos

m já é possível criarmos o projeto e promovemos a

de reposição de maneira mais eficiente e assertiva, facilitando inclusive

experiência de consumo. As nossas orientações ao

o trabalho do representante. “Em relação às lojas multimarcas, especial-

cliente não apenas ajudam no projeto Uatt+, mas

mente do ramo de presentes, que trabalha com uma grande variedade de

influenciam na loja como um todo. Reforçamos, por

fornecedores, pode faltar organização necessária para conseguir enxer-

exemplo, a área “quente” - o caminho que natural-

gar o giro dos produtos, realizar a contabilidade do que

mente o consumidor já percorre no estabelecimen-

realmente está vendendo e os lucros obtidos. Quando

to, ou então, procuramos tornar uma área “fria” - de

é proposto um projeto como o Uatt+, o cenário muda.

pouco contato do consumidor - em ponto focal.

O cliente que participa do projeto Uatt+ ainda recebe

Auxiliamos na técnica de triangulação de exposição

condições especiais de pagamentos, tem acesso a ações

dos produtos; há também a orientação da comuni-

diferenciadas de marketing, promoções exclusivas, rece-

cação das cores; os cuidados com os excessos. Tudo

be materiais de merchandising de datas comemorativas.

isso facilita o trabalho do vendedor e permite que

Os nossos representantes levam a marca Uatt+ para o

ele possa conhecer o comportamento do consumi-

mercado e são os porta-vozes dos nossos clientes, sendo

dor no ponto de venda”, declara Jandyra Zanella,

um importante elo deste negócio. Isso faz a diferença no

coordenadora de projetos, acrescentando que os

nosso atendimento. O treinamento que o lojista recebe

lojistas recebem o kit merchandising composto por

é para levar a “Uattmosfera” para o ponto de venda. O

adesivo azul, saias de gôndola dos momentos, saias

cliente entra para uma espécie de clube de vantagens.

de gôndola top sellers, móbile, adesivo de vitrine, o

Quanto mais ele compra, mais vende e mais ganha”, ex-

mascote da marca (pássaro), o logotipo, três aven-

plica Renata.

tais para os atendentes e a piscina de almofofa.

“Pensamos na maneira como o lojista irá vender. Per-

E qual é o custo do lojista nesta ação? A geren-

cebemos que há muitos varejistas com dúvidas quanto

te nacional de vendas, Renata, explica que não há

às exposições das mercadorias e como trabalhar o visual

nenhum investimento por parte do varejista, além da

merchandising, por isso, quando apresentamos uma so-

compra das mercadorias. “Nós ficamos responsáveis

lução pronta, embasada em estudos e que efetivamente

por todo o restante deste projeto”, esclarece Renata.


Acrinil participa da terceira edição da feira SULPAPER

Giro

Evento regional realizado em Porto Alegre (RS), no mês de agosto, a SULPAPER conecta fabricantes e papelarias às últimas novidades do mercado. A fabricante Acrinil aproveitou a ocasião  para  consolidar e expandir a sua participação na região. “Ao término do evento ficou evidente que nossos objetivos foram plenamente alcançados. Apresentamos nossos lançamentos, divulgamos as promoções e nos aproximamos dos clientes da região Sul”, pontuou Ademir Felix Vernice, diretor-presidente da Acrinil, acrescentando que a feira regional possibilita a todos acesso às novidades do mercado sem que estes precisem se deslocar até os eventos que acontecem distantes das suas regiões. Stand da Acrinil na SULPAPER, feira realizada em Porto Alegre (RS), no mês de agosto.

Setor de papelaria terá Congresso 100% online e gratuito Entre os dias 19 e 25 de outubro de 2015 acontece a primeira edição do CONAPAP: Congresso Nacional de Papelaria. Totalmente online e gratuito, reunirá mais de 20 especialistas com um mesmo propósito: ajudar os papeleiros a transformarem o seu negócio, tornando-o ainda mais sólido e próspero. Marcas como 3M, CHTech, Compactor, Dello, Faber-Castell, Frederico Gorgulho, International Paper, Inforshop, Summit, Tilibra e Tonbras, além das empresas que se destacam no mercado de licenciamento como a BR Licensing, Disney, Exim Licensing Group, Instituto Ayrton Senna, Mattel e Play Pesquisa & Conteúdo Inteligente falarão de suas estratégias e apresentarão dicas e sugestões aos lojistas. Haverá palestras de escritório de advocacia, sobre gestão contábil, soluções de comércio eletrônico e estratégias digitais. A primeira edição do CONAPAP conta com o apoio da Revista Papelaria & Negócios. A inscrição é gratuita e deve ser feita pelo link: www.conapap.com.br.

36


Tilibra apresenta novidades em showroom Nos dias 21 e 22 de agosto, a Tilibra preparou no Hotel Holiday Inn, em São Paulo, o seu showroom para apresentar aos clientes e representantes de vendas, os principais lançamentos da sua coleção 2016. Foram criadas áreas temáticas das principais licenças trabalhadas como Disney, Mattel, Cartoon, Red Nose, Red Bull, No Stress, Capricho, Hasbro, Sanrio, entre outras, destacando os produtos. Mais de 150 marcas estavam distribuídas em papelaria, escrita, acessórios escolares, mochilas, estojos, lancheiras e bolsas, sendo 35 grandes lançamentos, tais como: as bonecas Ever After High; Avengers – Age of Ultron; Cinderela; Distroller - marca que é um fenômeno no México e na América Latina, com divertidos vídeos transmitidos nos intervalos do canal Cartoon Network; Hello Kitty DC, que traz a conhecida gatinha na versão Mulher Maravilha e demais heroínas da DC Comics; o clássico cãozinho beagle que chegará em 2016 às telonas, Snoopy Movie e tem uma linha inspirada no filme; Castelo Rá-Tim-Bum com um novo conceito de arte; Masha e o Urso, a série transmitida para mais de 100 países e veiculada na TV brasileira pelos canais fechado e aberto; O Bom Dinossauro, novo filme da Disney/Pixar; os desenhos animados do Cartoon Network: Titio Avô, Steven Universo e Clarêncio, o Otimista; na categoria de games são duas novas franquias, Call of duty e Halo 5; tem também Simpsons-Barcelona, reunindo um dos times mais famosos do mundo e uma das famílias mais populares da TV; além de Porta dos Fundos e tantas outras propriedades. O mix de mochilas e lancheiras da Tilibra também foi ampliado para a temporada de 2016 e atenderá de crianças, jovens a adultos. Lançamentos Meninos

Lançamentos Meninas

Avengers Age of Ultron

Ever After High

Avengers Hero

Cinderela

Ant-Man

Mickey

Titio Avô

Hello Kitty

Steven Universo

Hello Kitty DC Comics

Guardiões da Galáxia

Snoopy Movie

Call of Duty

Distroller

Halo 5

Castelo Rá-Tim-Bum

Ed Hardy

Masha e o Urso

Aerosmith

Jogos Vorazes: A Esperança

Simpsons-Barcelona

No Stress Collage

O Bom Dinossauro

WWF

Cartoon Pop

Maurício 80

Alvin e os Esquilos

Cúmplices de um Resgate

Detetives do Prédio Azul

Carrossel

Pica-Pau

Porta dos Fundos

Love Pink

Pac-Man Clássico

Em seu showroom, a Tilibra criou áreas temáticas das principais licenças trabalhadas na coleção 2016.


Giro Cadersil comemora 22 anos O fabricante de cadernos Cadersil completa 22 anos em meio a novidades. A empresa vem investindo na ampliação do mix de produtos, no aumento do número de cidades atendidas, na participação em eventos de clientes lojistas e na aproximação com sua equipe de vendas espalhada por todo o Brasil. A Cadersil acredita que é preciso despertar, em todos os envolvidos com a indústria de cadernos, a vontade de prosperar. Unir todas as pontas do negócio, que vai da fábrica às prateleiras, não é tarefa fácil! “Não basta ouvir as demandas de um mercado cada vez mais exigente e se preocupar com a constante atualização dos processos industriais que garantem um preço justo e competitivo no produto final. É preciso amar o que se faz, tratar todos com respeito, entender a opinião de cada um e andar sempre em frente. Um caminho de gratidão e parceria com colaboradores, fornecedores, clientes e amigos. Um caminho de batalhas e vitórias que só é traçado quando todos crescem juntos”, afirma a diretoria.

A evolução da Cadersil ao longo dos anos. Sua primeira sede em 1993 (acima); a segunda em 1994 (à esq.) e a atual unidade industrial (abaixo).

38


Waleu promove ciclo de palestras para seus funcionários

No mês de agosto, a Waleu juntamente com a sua equipe de segurança do trabalho ofereceu diversas palestras para a conscientização de seus funcionários, abordando importantes temas, tais como: as doenças sexualmente transmissíveis, métodos anticonceptivos, drogas lícitas, tipos de câncer, dengue, primeiros socorros e treinamento para brigadas de incêndio. Com o fim do ciclo de palestras, a Waleu recebeu diversos feedbacks positivos de seus funcionários. “Este tipo de retorno reforça a nossa imagem de uma grande família. A Waleu procura sempre investir em temas preventivos, pois acreditamos que esta é a melhor maneira de levar informação a todas as pessoas que trabalham conosco”, afirma a diretoria.

Para a conscientização de seus funcionários, a Waleu ofereceu diversas palestras, abordando temas como: doenças sexualmente transmissíveis, métodos anticonceptivos, drogas lícitas, tipos de câncer, dengue, primeiros socorros e treinamento para brigadas de incêndio.


Giro

Faber-Castell inova a maneira de colorir A empresa acaba de lançar o Color PXL, uma nova forma de colorir que integra o universo digital ao analógico, transformando o pixel numa nova manifestação de formas e cores feitas à mão. A plataforma digital Color PXL disponibiliza diversos Pix Papers para serem coloridos, divididos em três graus de dificuldade: fácil, médio e avançado. Os Pix Papers são folhas de papel A4 quadriculadas, sendo que cada quadradinho está identificado com um número que representa a cor que compõe o desenho. Após a pintura, transformam-se em divertidos desenhos. Basta acessar colorpxl.faber-castell.com.br e, com o produto Faber-Castell escolhido para colorir, é só definir o grau de dificuldade, baixar o Pix Paper, imprimir e começar a atividade. É possível escolher o desenho a partir de uma ilustração pronta, ou se surpreender após ele ser colorido, já que a plataforma oferece todos os Pix Papers para serem escolhidos apenas por dicas dadas. Os desenhos fáceis utilizam os estojos de EcoLápis de cor e canetinhas de 12 cores, os médios os EcoLápis de cor de 24 e 36 cores e, os avançados, os estojos de EcoLápis de cor de 48 e 60 cores, além dos e EcoLápis Castell 9000. Os Pix Papers são folhas de papel A4 quadriculadas, sendo que cada quadradinho está identificado com um número que representa a cor que compõe o desenho.

Sertic entra no segmento de brinquedos Importador brasileiro do segmento de papelaria com os produtos CiS, Stabilo, Uni-ball e Eagle que recentemente também investiu no segmento de eletroeletrônicos e informática com as marcas OEX e NewLink anuncia sua entrada no segmento de brinquedos com a criação da empresa Play CiS. A nova divisão chega ao mercado com mais de 140 produtos no portfólio, composto por seis linhas de brinquedos para crianças de todas as idades. “O segmento de brinquedos proporciona ao grupo Sertic total sinergia em relação ao consumidor final e ao trade no qual acumulamos experiência de cinco décadas”, enfatiza Liat Chalom Shalev, diretor da Play CiS. “Outro ponto extremamente positivo, é que o segmento papeleiro e o setor de brinquedos contam com sazonalidade complementar um ao outro.” O showroom da Play CiS é inspirado em uma brinquedoteca, estrutura que também favorece a realização de ações-teste de brinquedos com as crianças.

A Play CiS tem o compromisso de atender o mercado com brinquedos divertidos, inovadores e projetados para colaborar com o desenvolvimento das habilidades das crianças desde a primeira infância ao início da adolescência. Em seu portfólio estão as linhas Little Tikes (produtos norte-americanos) acessórios

Lalaloopsy (para as bonecas da marca), e quatro linhas inéditas desenvolvidas para a Play CiS: Click-It (blocos de montar), Baby-Fun (produtos para bebês), D+ (brinquedos inusitados, gosmentos, que pulam e piscam) e Mega Massa ( massa de modelar). Importados, os brinquedos vêm dos Estados Unidos e China.

40


Licenças

Personagens estampam shopping bags A Xeryus apresenta uma coleção prática, versátil e atemporal de Shopping Bags com estampas superdescoladas e exclusivas de licenças que fazem o maior sucesso: Minions, Barbie, Alice in Wonderland, Disney Cuties, Disney Stitch, Marie, entre outras.

Linha O Pequeno Príncipe é destaque em cadernos, fichários, agendas e gifts Terceiro livro mais vendido do mundo, O Pequeno Príncipe que recentemente ganhou as telas do cinema vem em uma linha especial da Jandaia. São cadernos, fichários, agendas e gifts deste cativante principezinho.

42


Licenças

Galinha Pintadinha está entre as 150 maiores licenciadas do mundo A cativante personagem da série criada por Juliano Prado e Marcos Luporini está entre as 150 maiores marcas do mundo em licenciamento, ocupando a 89ª posição, ao alcançar o valor de 300 milhões de dólares em produtos vendidos. O ranking “150 TOP Global Licensors” foi publicado na edição de maio da revista inglesa Foto: Ricardo Dettmer

License! Global, uma das mais respeitadas e especializadas no setor. A Galinha Pintadinha está à frente de marcas importantes e conhecidos

globalmente,

como

Volkswagen, Sony Pictures e Lamborghini. “Aproveitar o potencial de uma marca 100% nacional como a Galinha Pintadinha mostra a força do Brasil na produção audiovisual e no mercado de licenciamentos, que nos permite criar oportunidades reais de negócios para nós e nossos parceiros”, ressalta Miguel Moreira, gerente da Bromélia Produções, empresa responsável pela criação e administração do conteúdo da Galinha Pintadinha em todos os canais Juliano Prado (à esq.) e Marcos Luporini (à dir.) criadores da Galinha Pintadinha.

de distribuição. Além da presença no ranking, o reconhecimento internacional começa a avançar também graças ao movimento de expansão global da marca, que fechou parceria com quatro grandes agências de licenciamento em pontos estratégicos do globo: Televisa (no México), CPLG (na Espanha e Portugal), Character Mix (Argentina, Colômbia, Uruguai e Paraguai) e P&L Global (Chile, Peru, Venezuela, Panamá, Bolívia, Equador, Caribe, entre outros), cobrindo países da América do Sul, Caribe, México e Europa. Criado a partir de uma experiência teste dos produtores, o canal da Galinha Pintadinha em espanhol no YouTube já conta com quase um bilhão de visualizações, e La Gallina Pintadita em espanhol é exibido pelo Netflix LATAM com enorme sucesso. “Queremos que as crianças dos países latinos e hispânicos se tornem fãs dos personagens, suas músicas e vídeos disponibilizados por streaming e pelo app para, em seguida, iniciar a venda de produtos relacionados. Esse caminho já está sendo traçado com sucesso”, finaliza Miguel.

44


Coleção Rio 2016 O Comitê Olímpico Rio 2016, em parceria com a Xeryus, desenvolveu uma coleção esportiva composta por mochilas, shopping bags, saco costas com cordões de nylon e estojo. São mais de 35 itens, com estampas exclusivas.


Sofisticação em nova linha de cadernos

Escolar & Papelaria

Para os públicos jovem e adulto, estudantes e executivos, a Pombo Lediberg desenvolveu uma linha de cadernos. Com wire-o, alguns possuem elástico e porta caneta, outros têm nos acabamentos detalhes em hot stamping e relevo ou materiais com texturas especiais que podem ser sentidas no toque. Há cadernos que trazem licenças do Ayrton Senna, Dudu Bertholini e Playstation.

Estojo acrílico de lápis de cor

Esferográfica Xtreme Colors

O estojo acrílico Evolution de lápis de

A caneta Xtreme, da Faber-Castell, vem com a proposta de mesclar

cor, da Bic, deixa tudo organizado. Com

design moderno e conforto. A linha chega na versão Colors, disponível

design diferenciado, o objeto fica de pé e

nas cores azul claro, rosa e roxo, com ponta média (1,0mm). Tem grip

ainda serve para deixar a mesa mais bo-

emborrachado, corpo transparente, ponta metálica e clip na cor da tinta.

nita.

Para o ponto de venda, as canetas estão disponíveis em uma caixa display com o novo sistema “Ready to Display”, ou seja, a embalagem se transforma em um mostruário exclusivo.

Charme na hora de dormir O charmoso tapa olhos Coruja, da Uatt?, tem enchimento macio que se adapta ao rosto e é ideal para dormir em viagens de avião, de ônibus e até mesmo de carro. Também é recomendado para lugares com muita iluminação.

46


Organizador de livros, revistas e catálogos Ideal para organizar livros, revistas, pastas e catálogos, o Bibliocanto Platinum, da Acrimet, é fabricado em metal, tem cores atrativas e possui uma exclusiva base protetora e antideslizante. A peça mantém os livros organizados, evitando que os demais escorreguem ao se tirar um.

Armários para Chaves Disponível em diversos tamanhos e fabricado em MDF na cor areia, o armário para chaves, da Acrimet, acompanha chaveiros com etiquetas para identificação, além de parafusos para fixação e duas chaves para sua fechadura de porta. Pode ser usado nos mais diversos ambientes do dia-a-dia.


Sobre quatro rodas

Brinquedos

Robusto e moderno, o Carrinho Elétrico XRover 6V, da Xalingo Brinquedos, possui marcha à ré, rodas esportivas, banda de rodagem emborrachada e direção com textura antiderrapante

Brinquedo 2 em 1 Com a proposta de colaborar com o desenvolvimento das crianças, a Ciabrink Brinquedos lança a Caixa Duo-Atividades, em madeira, é composta por oito quebra-cabeças de animais para montar frente e verso e um desafiador passa formas.

48


Pequenos fotógrafos A Primeira Máquina Fotográfica da Pimpolho traz luz de flash, som de tirar foto, lente giratória, espaço para colocar a foto da criança e músicas diferentes em cada botão. E ainda vem com pilhas. O produto é certificado pelo Inmetro.

Snoopy em pelúcia O mais famoso beagle, Snoopy estará nas telas do cinema em janeiro de 2016 e a Long Jump lança a pelúcia do personagem de 20 centímetros de altura. O item compõe a linha que já conta com almofada de viscoelástico em formato de osso.


Teclado para gamers

Tecnews

Para quem gosta de jogar no computador, o teclado Gamer Easy, da Leadership, é uma boa opção. Com oito teclas emborrachadas e destacadas em outra cor para fácil utilização em jogos de ação, melhor desempenho e maior conforto, é resistente, compatível com Windows (XP, 7 e 8) e apresenta conexão USB.

Teclado lavável e produzido em material antimicrobiano Lavável e resistente a derrames, o teclado USB/PS2 Lavável da, Kensington, é produzido em material antimicrobiano para prevenir aumento de mofo, bolor e fungos, tem operação plug & play com ligação USB e layout de 104 teclas.

Pequeno e funcional A marca OEX traz o mouse óptico - MS103, no tamanho mini, ergonômico, com dois botões + scroll e quatro opções de cores. Ideal para usuários de notebooks.

Fone de ouvido bluetooth Compatível com sistema Android e I_Devices, o fone de ouvido bluetooth, PH119, da Multilaser tem alcance de 10m, dispensando o uso cabos conectados a celulares e tablets.

50


Profile for Revista Papelaria & Negócios

P&n133site  

P&n133site  

Advertisement