Page 1


2


Editorial

DIREÇÃO Paschoal Sabatine paschoal@papelariaenegocios.com.br William Gimenes william@papelariaenegocios.com.br PUBLICIDADE Marco Aurélio Sabatine marco@papelariaenegocios.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL Lia Freire (MtB 30.222) redacao@papelariaenegocios.com.br

2011... Ainda há muito

trabalho pela frente! Em nossa última edição de 2011 fomos ouvir do mercado quais as expectativas para a principal temporada de negócios: o volta às aulas. Mais uma vez, as empresas mostraram-se confiantes, com projeções otimistas. Estima-se um aumento nas vendas que varia entre 10% a 30% em relação à última temporada de negócios.

PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO Cristiana Lacutissa/Vitor Lacutissa CL Studio (11) 2749-0738 clstudio@terra.com.br

próximos meses recebem uma quantidade maior de pais e alunos com

CAPA Patricia Chammas

das lojas e é neste momento que se torna fundamental atrair novamen-

ADMINISTRAÇÃO E PUBLICIDADE Av. Alcântara Machado, 924 cj. 03 – Brás – CEP 03102-001 – São Paulo Fones (11) 3207-3896 / 3271-5867 pn@papelariaenegocios.com.br www.papelariaenegocios.com.br

Todos comemoram, inclusive os donos das papelarias, que nestes suas extensas listas de materiais escolares em mãos. Porém, assim que as aulas têm início os clientes parecem “sumir” dos corredores te para a loja os consumidores, seja por meio de campanhas, ações promocionais, ou então, com novos tipos de produtos. Pensando nesta situação, destacamos as tendências em periféricos. As peças ganharam cores, inclusive alguns modelos trazem estampas, além de apresentarem mobilidade e tantos outros atributos para agradar uma clientela cada vez mais exigente e que sabe exatamente o que quer. O ano está chegando ao fim e o representante comercial de Olinda (PE), Gabriel Ribeiro de Andrade, que está à frente da Gapa Representações Ltda só tem a comemorar. Neste ano, além de abrir a sua

A Revista Papelaria e Negócios é uma publicação mensal da Top Brasil Editora dirigida a lojistas e fornecedores de artigos para papelaria e informática. Circulação nacional.

O conteúdo dos artigos e as declarações textuais contidas nas reportagens da Revista Papelaria & Negócios são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados.

empresa, conquistou importantes prêmios e obteve um excelente desempenho profissional. Confira a sua história! E a papelaria escolhida para apresentarmos nesta edição é a Livraria Mec, que surgiu no mercado pernambucano na década de 70 e hoje é a maior rede de papelarias da região. Boa leitura!


Sumário

08

Marketing & Negócios

As notícias que movimentam o setor.

16 20 30 34 48 50 52 56

Entrevista

Gabriel Ribeiro de Andrade, representante comercial de Olinda, comemora as conquistas de 2011.

Categoria de Produto

Os novos e estilosos periféricos. Raio X dos Negócios

Livraria Mec tem em seu comando a terceira geração Negócios

As expectativas para o volta às aulas 2012. Licenciamento

As marcas e personagens que estão em evidência. Informática

As novidades do segmento. Prateleira

Um mix diversificado. Brinquedos

O que está chegando nas lojas.

Errata Na edição de número 90 da Revista Papelaria & Negócios, de outubro de 2011, na seção Marketing & Negócios (pg.14) na nota “Cadersil é eleita uma das empresas que mais cresce no Brasil”, foi publicado equivocadamente o site de outro fabricante. O endereço eletrônico da Cadersil é www.cadersil.com.br

4


6


Marketing & Negócios Atleta Acrimet em competição no Centro-Oeste Mais de 15 mil atletas de várias partes do Brasil e do mundo participaram da 3ª edição da Meia Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações, realizada no dia 09 de outubro, em Campo Grande. O evento insere, definitivamente, a região no seleto circuito do atletismo brasileiro. José do Nascimento Souza, atleta Acrimet, confirmou sua ótima fase, em uma acirrada disputa com os atletas africanos, obtendo a melhor colocação (terceiro lugar) entre os maratonistas brasileiros. www.acrimet.com.br

José do Nascimento Souza confirmou sua ótima fase em uma acirrada disputa com os atletas africanos.

International Paper apresenta nova estrutura nas diretorias de RH e Financeira Com o objetivo de fortalecer os negócios na América Latina, a International Paper América Latina (IP) reestruturou duas áreas: Diretoria Financeira e de Recursos Humanos. Dois executivos da IP, que atuavam em outras unidades fora do país, foram transferidos para o Brasil, como parte da política da companhia de desenvolver o treinamento global de seus profissionais e promover o networking entre as regiões onde possui operações. O americano Doug Haefer assumiu a posição de diretor de Recursos Humanos da IP América Latina. O executivo está na companhia desde 1995. Recentemente atuava como gerente de RH para o negócio de P&CP (Papel para Imprimir e Escrever) e plantas de conversão de CPG (Papel Corrugado para Embalagens), nos EUA. Já Marc Van Lieshout assume o cargo de diretor Financeiro (CFO) da IP América Latina, sendo responsável pela liderança das áreas de finanças e TI. Marc será membro tanto do Lead Team da IP na América Latina, quanto do Lead Team de Finanças em Memphis (EUA), sede da companhia. O executivo está na IP desde 1989 e ocupou vários cargos nas áreas de Finanças e Negócios, em diversos países. Mais recentemente, atuava como diretor geral dos Negócios de Embalagens da IP no Marrocos. Ambos os diretores ficarão baseados no escritório da companhia, em São Paulo, capital. www.internationalpaper.com.br

8


Marketing & Negócios

Lupapel é a primeira loja beneficiada no programa de relacionamento Bic

Canon tem o seu site reformulado Com layout clean, o novo portal da empresa traz informações institucionais, além do portfólio completo nos segmentos de câmeras, impressoras, multifuncionais, projetores, scanners, filmadoras digitais, raio x digital, entre outros. “O site foi totalmente reformulado com o intuito de facilitar a navegação e a consulta das informações da empresa e dos produtos. Colocamos ainda um destaque para o e-commerce, que é o nosso canal de vendas de equipamentos fotográficos no Brasil”, destaca Flavia Guiráo da Costa, especialista de câmeras compactas da Canon. O endereço eletrônico conta ainda com informações completas de cada segmento de atuação; sobre os produtos; catálogos de soluções disponíveis para download; informações institucionais; histórico e filosofia da empresa; entre outros dados. www.canon.com.br

O Bic Club, programa de relacionamento para o canal papeleiro, que visa proporcionar aos lojistas serviços que agreguem valor ao seu negócio, realizou o primeiro resgate de benefícios, com a Lupapel Informática e Papelaria. Atualmente, são mais de 2.500 papelarias cadastradas. Ao fazer suas compras, o papeleiro acumula Bic Boys, a moeda oficial do Bic Club, e com eles resgata softwares para gestão de papelaria, uniformes personalizados, treinamentos de capacitação, itens de comunicação e identidade visual, consultoria de negócios e sistema de segurança. Cadastrada no programa há apenas 2 meses, a loja de São Caetano do Sul/ SP, usou seus créditos no Bic Club para resgatar chaveiros personalizados com o logo da papelaria. “Já estamos planejando os próximos resgates. Vamos investir em uniformes para a equipe e em aparelhos eletrônicos para realizar campanha com os funcionários”, comenta Luiz H. Finotti, proprietário da loja. “Esse é o grande diferencial do Bic Club. Além de produtos, o programa oferece serviços customizados para o papeleiro potencializar a performance do seu estabelecimento”, explica Luciano Santos, gerente de desenvolvimento do canal papeleiro da BIC. www.bicclub.com.br Papelaria usa créditos em programa de relacionamento para resgatar chaveiros customizados.

10


Marketing & Negócios

Waleu: uma marca com mais de três décadas Fabricante de itens escolares e organizadores para escritório, tudo 100% nacional, a Waleu está há 32 anos no mercado e ao longo deste período não deixou de investir em alta tecnologia e qualificação profissional. Recentemente, novas e modernas máquinas foram instaladas em sua unidade industrial, além da ampliação de sua equipe de funcionários. “Trabalhamos para oferecer aos nossos clientes, diversidade, inovações, qualidade e preço justo”, destaca a diretoria da empresa. www.waleu.com.br

A Waleu investe constantemente em sua unidade industrial e na equipe de profissionais.

12


Marketing & Negócios

Atuação internacional da Acrimet No segundo semestre de 2011, a Acrimet participou de ações de vendas na Guatemala e Nicarágua. Na ocasião aconteceram capacitações e treinamentos para as equipes de vendas dos importadores e distribuidores da empresa. Nesta iniciativa, com o apoio de seus parceiros, a Acrimet abriu espaço onde vendedores tiveram a oportunidade de receber informações comerciais, sobre os produtos, recentes lançamentos, além de uma maior familiarização com as linhas. As ações marcaram a forte atuação da Acrimet no mercado da América Latina, cumprindo seu compromisso e programa de desenvolvimenA Acrimet promoveu na Guatemala e to junto a importadores e distribuidores, reafirmando a importância do Nicarágua treinamentos para as equipes de investimento no capital humano na gestão da Acrimet. vendas dos importadores e distribuidores da www.acrimet.com.br empresa.

Uatt? e Redoma fecham parceria Com a meta de fortalecer suas parcerias com fornecedores nacionais e garantir a qualidade e a distribuição em suas franquias e pontos de venda por todo o País, a Uatt? acaba de firmar negócios com a gráfica Redoma para a produção de uma linha completa de papelaria, com itens como cadernos, agendas, cadernetas de anotações, calendários, entre outros. A Uatt? distribui seus produtos – com linhas de presentes, papelaria e decoração – em mais de 4,5 mil PDVs multimarcas pelo Brasil, além de 16 lojas exclusivas de sua marca. “A Redoma é uma das líderes nacionais no segmento. Optamos por ela porque é uma empresa renomada e capaz de produzir com nossa identidade visual, mantendo o padrão que desejamos”, informa Rafael Biasotto, sócio-diretor da Uatt?. A parceria integra a estratégia da Uatt? de investir massivamente em produtos nacionais de qualidade para abastecer o mercado e seus franqueados com os produtos da marca. Na prática, a Uatt? entra com a representação, criação, de-

sign e conceitos e a Redoma com a parte de produção, faturamento e operação. “As nossas lojas e PDVs passaram a contar com uma linha diferenciada em papelaria que alia qualidade e beleza. Estamos muito empolgados com isso; é o nosso primeiro ano e pretendemos estender esta parceria para os próximos”, comenta Biasotto. Para José Carlos Nico Júnior, gerente comercial da Redoma, a parceria com a Uatt? produziu uma linha de papelaria de bom gosto, a preços competitivos. “Fizemos uma análise de demanda de mercado, com foco na qualidade e no preço, e o resultado foi percebido na Gift Fair 2011, que nos rendeu muitos pedidos”, conta. “Nosso compromisso, tanto da Redoma, quanto da Uatt?, é atender com qualidade e seriedade o mercado de presentes que exige cada vez mais produtos bacanas e bem elaborados”, completa. www.uatt.com.br www.redoma.com.br

14


Entrevista

Esforço, desempenho e dedicação De Olinda (PE) vem um bem-sucedido exemplo na área de representação comercial Seguir a carreira do pai. Quantos filhos não têm este desejo? Muitos ao chegar na fase adulta acabam mudando de ideia, outros, no entanto, seguem firme neste propósito. E foi exatamente assim que surgiu o interesse de Gabriel Ribeiro de Andrade pela representação comercial. Tudo começou com o seu pai, já falecido, que era vendedor externo de um grande atacadista que existiu no Recife, chamado Socimasa. Há dez anos, Gabriel atua como representante e agora está à frente da Gapa Representações Ltda. Após superadas as dificuldades comuns a qualquer início de negócio, o executivo comemora importantes conquistas e avalia o ano de 2011 como o de consagração da sua empresa. Confira a entrevista do empresário para a nossa equipe da Revista Papelaria & Negócios:

Revista Papelaria & Negócios - Conte-nos o que o motivou a entrar no mercado de representação. Gabriel Ribeiro de Andrade - Tudo começou com o meu pai, já falecido, que era vendedor externo de um grande atacado que existiu aqui no Recife, o Socimasa. Foi daí que surgiu a minha vontade de seguir os seus caminhos. Revista Papelaria & Negócios - Qual era a sua estrutura no início das atividades? Gabriel – Eu trabalhava em casa, possuía apenas uma linha telefônica e muita vontade de vencer. No início me deparei com tantas dificuldades, que pensei em desistir. Porém, quando peguei a representação da empresa Off Paper Papéis Especiais, com quem trabalho até hoje, os negócios começaram a melhorar e prosperar, com isso a minha motivação para alçar novos voos foi ainda maior. Revista Papelaria & Negócios Atualmente qual é a sua estrutura e quais empresas representa? Gabriel – Hoje tenho um pequeno escritório em Olinda (PE) e comigo

16


Entrevista

trabalham 5 pessoas. Minha esposa, uma secretária, duas promotoras e um preposto. Represento as empresas Off Paper, Leonora, RST Realce, Acrinil, Piratininga e a Grifity. Atuo em todo o Estado de Pernambuco e Paraíba. Entre atacado e varejo tenho 300 clientes ativos. Revista Papelaria & Negócios - Quais os principais desafios a serem superados no mercado de representação? Gabriel – Há vários desafios a serem superados e sempre surge algo novo que nos coloca diante de situações em que é preciso tomar atitudes rápidas e certeiras, sem colocar os negócios em risco. Mas, acredito que o principal desafio está em manter o bom atendimento.

“Este ano de 2011 foi minha consagração como profissional. Abri meu escritório, fiquei em 2º lugar em uma campanha nacional de vendas e conquistei o Prêmio Desempenho em Papelaria 2011, na região do Nordeste”, Gabriel Ribeiro de Andrade.

Revista Papelaria & Negócios – Com relação as conquistas alcançadas, quais você destacaria? Gabriel – Atuo como representante no ramo papeleiro há 10 anos e posso afirmar que o simples fato de estar há uma década no mercado já é uma grande conquista. Mas este ano

de 2011 foi sem dúvida minha consagração como profissional. Abri meu escritório, fiquei em segundo lugar em uma campanha nacional de vendas da empresa Leonora e ganhei uma viagem para Cancun, no México, além do Prêmio Desempenho em Papelaria 2011, na região do Nordeste.

Revista Papelaria & Negócios – Quais as suas dicas para quem deseja entrar neste ramo de representação? Gabriel – Qualificação! Tem muita gente carregando catálogos de grandes empresas sem dar atenção, como deveria, ao cliente. Para essas pessoas, deixo um recado: “o cliente é quem lhe mantém no mercado e não a grande empresa que você representa. É preciso se qualificar para atuar na área que você escolheu para trabalhar”.


Entrevista

Procuro sempre fazer cursos e me atualizar. O SEBRAE e SENAC, por exemplo, oferecem excelentes cursos nesta área de representação.Também recomendo ter uma empresa aberta, além do registro no Core, que reconhece o profissional da categoria.

“Seja qual for a área/ profissão escolhida, não é possível ter êxito sem que Revista Papelaria & Negócios – De haja empenho, quanto é aproximadamente o investimento dedicação e inicial necessário para abrir uma empresa honestidade.” de representação? Gabriel – O valor fica em torno de R$ 5.000,00 a R$ 10.000,00. Porém, destaco que o mais difícil é manter a estrutura física. Os encargos fiscais no nosso país são muito altos, por isso, a informalidade por aqui é tão grande. Revista Papelaria & Negócios – Representante comercial ganha bem?

Gabriel – Ganha! Mas se a pessoa for pensar primeiro em ganhar muito dinheiro, certamente esquecerá o imprescindível, ou seja, realizar um bom trabalho e no nosso caso, atender bem o cliente. Trabalhe com dedicação e amor, que o dinheiro se tornará uma consequência. Revista Papelaria & Negócios – Quais características você acredita que sejam fundamentais para quem deseja ser um representante? Gabriel – Seja qual for a área/profissão escolhida, não é possível ter êxito sem que haja empenho, dedicação e honestidade. Acredite que o “hoje” é o momento certo para realizar os seus sonhos. Revista Papelaria & Negócios – Quais as próximas metas e objetivos para o seu negócio? Gabriel – Vislumbro aprimorar o atendimento, atingindo a excelência neste aspecto, tornando-se uma referência para o setor.

18


Categoria de Produto

Periféricos Acessórios com p Mobilidade, cores e estilo estão entre as exigências dos consumidores Teclados, caixas de som, mouses, webcams, fones de ouvido e tantos outros periféricos disponíveis aos consumidores estão um tanto quanto mudados. Tão importante quanto o desempenho, a praticidade e as novas tecnologias empregadas em cada peça, está o visual e estilo despojado que vêm sendo adotados. “Os consumidores buscam acessórios que têm a ver com o seu próprio estilo e que combinem com os demais equipamentos que

Caixas de som Edifier, distribuídas pela Agora Digital, reconhecidas com prêmios internacionais de design e tecnologia.

possuem”, afirma Filipe Spinola, do marketing da importadora Agora Digital. A empresa, que possui em seu portfólio caixas de som multimídia, portáteis, stands (suportes) para tablets, touch pen, mochilas e sleeves, destaca novidades como a caixa de som em MDF, os stands para tablets em alumínio e as mochilas em cores diversas e materiais impermeáveis como o neoprene e a “umbrella”. Outra distribuidora com novidades é a Anovati. Seguindo o conceito de peças cada vez menores com capacidade ainda maiores, o distribuidor apresenta a linha Super Memory, com destaque para o pen drive COB-A. “Trata-se de uma mídia à prova d’água, resistente a impactos, com garantia lifetime (isto significa que em até 10 anos depois da compra o cliente poderá efetuar a troca caso o produto apresente defeito) e taxas de transferência que garantem velocidades

20


Pen drive Super Memory,

personalidade

da Anovati, é a prova d’água, tem garantia lifetime, além de ser desenvolvido em aço escovado e 5 cores diferentes.

“Os consumidores procuram acessórios que

combinem com seus produtos e estilo, além de buscar alta qualidade dos materiais”, Filipe Spinola, da Agora Digital.

até 3x maiores em relação a concorrência. Com capacidades de 2, 4, 8, 16 e 32 GB, está disponível em aço escovado nas cores: cromado, dourado, vermelho, preto e rosa”, destaca a gerente de marketing, Rafaela Giovanna Zessin, reforçando que no segmento de pen drives, cada vez mais os consumidores vêm exigindo capacidades maiores de armazenamento, intensificando inclusive a procura por HD’s externos. Conectividade, mobilidade, entretenimento e design. A partir destas características, a Maxprint desenvolve os seus produtos e acessórios para informática. “O design é um ponto cada vez mais exigi-

O design é um ponto cada vez mais exigido pelos consumidores, por isso, uma forte aposta da Maxprint.

do pelos consumidores. As peças que podem agregar decoração são muito bem aceitas. Temos exemplos como as caixas de som Panda; a caixa de som Vibration e os teclados flexíveis coloridos. Há também a versão que acende no escuro”, exemplifica Rafael Cortes, gerente de produto da Maxprint, Gothan e Dazz. Para manter a força da marca, respeitando a sua elasticidade e pensando no consumidor cada vez mais exigente, a Maxprint lançou duas novas marcas: Dazz voltada ao entretenimento e Gothan para conectividade. O fabricante oferece garantia de dois anos para todos os seus


Categoria de Produto

variedade de opções”, analisa Mario. A Mobimax disponibiliza itens como cabo de transferência entre PC e Mac, scanner de mão, suportes para notebook, carregadores de mouse e teclado Apple, protetores de teclado, capas para notebook, adaptadores, organizadores de cabo, cabos HDMI e minidisplay port, entre muitos outros. Algumas das recentes novidades apresentadas pela empresa são o cabo HDMI 360 graus v1.4 que possibilita realizar transferência de dados, internet e usá-lo com a tecnologia 3D. Além disso, o conector é flexível, podendo ser utilizado em pequenos espaços sem afetar a qualidade ou romper o cabo. Tem também o cabo de transferência de dados de PC para Mac e o de captura de vídeo, portátil, compatível com PC e produtos. “A Maxprint Mac. O pós-venda na Mobimax é levado tão à sério pela emA experiência de atuação no mercado de está focada presa, que segundo o diretor da distribuidora está no mesmo periféricos leva o diretor da Mobimax, Mario em oferecer patamar de importância que a qualidade e o preço dos proWagner Okuno, a afirmar que a cada dia um um portfólio dutos. A garantia dos produtos Mobimax varia de 1 a 5 anos, número maior de pessoas migra de PCs para cada vez mais além disso, todas as eventuais necessidades de troca e repaMacs, o que torna crescente a demanda por focado em ros são concluídas no prazo máximo de um mês. “Oferecemos acessórios como capas, protetores de tecla- conectividade, suporte técnico exclusivo para nossos clientes (revendas) e do, carregadores, suportes, cabos, entre ou- mobilidade e tros. “A tendência atual são os acessórios para entretenimento”, aos consumidores, onde garantimos 100% de atendimento e eventuais trocas e reparos quando necessário. É importante portáteis e computadores da Apple e estes Rafael Cortes. também destacarmos que oferecemos um rigoroso controle serão cada vez mais específicos e com maior de qualidade que se inicia antes mesmo do produto chegar ao Brasil. Possuímos um escritório na China responsável pelo prévio controle de qualidade”, explica Mario. Produtos voltados à mobilidade estão no portfólio da Mtek, que apresenta novidades como as gavetas para HD 2,5” e 3,5”, ambas com entrada USB 3.0 e taxa de transferênCores e formatos cia de até 5 Gbps. Outra recente novidade da empresa é o conjunto KM7900G Quad+, composto por teclado de teclas diferenciados nos produtos da com o novo design quadrado de perfil baixo – tipo “chiclete” e mouse laser de 1.600 dpi, com tecnologia sem fio de 2.4 Mobimax. GHz, compacto e tecnologia de ponta. “O consumidor busca produtos personalizados que coincidam com seu estilo e o diferenciem. O crescimento recorde nas vendas de computadores, segundo o IDC, catapultado principalmente pela classe C, resultou numa massificação no design dos produtos de entrada. Assim, para diferenciar destes, novos materiais como o alumínio foram

22


Categoria de Produto

Periféricos mais elegantes

incorporados nos periféricos, além de cores e formatos diversos”, observa Mauro Hiroshi Fujisawa, gerente de marketing da Mtek. Os produtos da empresa têm 3 anos de garantia e o consumidor pode entrar em contato diretamente com a Mtek através do site ou retornar à revenda onde constatado o defeito é feita a troca ou assistência do produto.

“A tecnologia vem tornando os periféricos melhores, mais elegantes e acessíveis. A estética é sem dúvida algo As teclas a se destacar. Antes as pessoas compravam um mouse quadradas de porque realmente precisavam, hoje elas adquirem porperfil baixo tipo que gostam de um determinado modelo e querem dei“chiclete” seguem xar sua mesa no trabalho ou em casa mais bonita. Este uma tendência ano, a Multilaser apresenta a coleção mouse colors, com atual. Há também acabamento brilhante e cores mais vivas. Enquanto isso, uma linha de os acessórios na cor rosa continuam fazendo sucesso gavetas para HD e base para notebook entre o público feminino, mas a diferença é que agora prevalece um tom mais forte como o pink. As peças blaem alumínio escovado. Produtos ck piano também fazem muito sucesso. O design está sofisticado e os formatos tradicionais estão dando lugar Mtek. aos anatômicos”, analisa Danilo Angi, gerente de produtos da Multilaser, que destaca ainda a tendência por dispositivos sem fio e multifuncionais. Na linha de mouse há modelos sem fio 2.4ghz e bluetooth, as webcams são todas plug & play e vêm com microfone USB. “Na coleção de áudio os modelos portáteis estão fazendo sucesso, tanto para notebook como os multifuncionais com entrada para pen drive e rádio FM.” “O aumento nas vendas De acordo com informações da Multilaser, de computadores resultou todos os seus periféricos possuem um ano de numa massificação no design garantia, que cobre qualquer tipo de defeito, dos periféricos de entrada. seja funcional ou visual. O cliente tem diversos Assim, para diferenciar canais para contatar a empresa, através do destes, novos materiais 0800, do webchat, por email ou na própria loja como o alumínio foram onde comprou o produto, no caso das vendas incorporados”, Mauro H. realizadas com menos de uma semana. Fujisawa, da Mtek.

24


Categoria de Produto

entre outros e não requer instalação de driver, basta plugar e usar. O seu alcance é de até 15 m”, explica Isis Gomes, gerente de marketing da Buy Digital. A empresa oferece garantia para todos os produtos. “Se houver algum problema com a peça fazemos a troca e encaminhamos através de um sedex reverso. Isto garante agilidade e menos burocracia.”

Bom design e custo acessível

Os acessórios pink, da Multilaser,

“Os consumidores buscam produtos que fazem sucesso se destacam em design e preço.” A partir com o público desta afirmação a importadora e distribuidora feminino. Buy Digital escolhe o mix a ser comercializado no mercado brasileiro. “Os nossos produtos possuem esta diferenciação, oferecendo bom design, custo acessível e uma excelente qualidade. Dentre os exemplos, podemos citar os Hubs Colors, que são articuláveis, plug & play e destinados aos usuários que têm necessidades simultâneas de uso de porta USB. Destaca-se ainda o apresentador multimídia Feel Electronics BD809, que suporta programas como Word, Excell, Power Point, Web Site, “O consumidor brasileiro busca custo-benefício. O maior desafio é lançar produtos melhores, mais bonitos e por um preço que o consumidor esteja disposto a pagar”, Danilo Angi, da Multilaser.

Personalização de produtos No início de 2010, a Integris Brasil, que produz e distribui acessórios para o ramo da informática e games, lançou a coleção Style que levou aos consumidores peças personalizadas. A empresa também tem como proposta desenvolver linhas com edições limitadas. “Além de design diferenciado contamos com personalização de produtos e estampas”, explica Tatiana Mancini, diretora da Integris Brasil. Segundo a executiva, vem prevalecendo neste mercado produtos com design diferenciado e moderno, além da praticidade na utilização, no transporte e o emprego de tecnologia de ponta. No portfólio da empresa há novidades em acessórios para tablet; na linha de áudio/speakers; em conectores; suporte para notebook; tem ainda a nova coleção Prime formada por mochilas, bolsa carteiro e pasta para notebook; fone de ouvido na versão mini, entre outros. “Em termos tecnológicos a tendência é a comunicação via wireless e bluetooth. Produtos com usabilidade e acessibilidade são a cada dia mais indispensáveis no cotidiano do consumidor”, afirma Tatiana.

Praticidade, durabilidade e conforto De acordo com Bruno Lima, gerente de produtos do distribuidor Leadership, no mercado de periféricos é possível observar um grande investimento em produtos de qualidade, com preço acessível e vasto leque de opções. Com um mix que contempla cerca de 700 itens entre teclados, mouses, caixas de som, gabinetes, fontes, fones de ouvido, webcams, acessórios para notebooks e tablets, entre outros, além de uma linha de gamer e outra voltada para o universo feminino, a Leadership está focada em investir em itens de qualidade, práticos, duráveis, confortáveis, além de


Categoria de Produto

Hub colorido e articulável, para usuários que precisam utilizar simultaneamente várias portas USB. Produto distribuído pela Buy Digital.

apresentarem um design original, recursos modernos e preço acessível. “Temos, por exemplo, a família de acessórios Goldship que tem itens como o mouse touch wireless, que vem em uma embalagem em forma de estojo, visual moderno e tecnologia de ponta, que reconhece diferentes gestos do usuário apenas com o toque dos dedos”, destaca Bruno. A empresa oferece garantia de um ano em todos os seus produtos. “Trabalhamos para garantir a satisfação plena do cliente e temos o compromisso de esclarecer todas as dúvidas, solucionando cada caso, com a garantia de reparo ou troca de produto.” O teclado

Recursos diferenciados

Os periféricos nas papelarias

Multimídia, da Integris, tem pintura

Acessórios com recursos diferenciados, que melhorem o desempenho dos produtos e sua funcionalidade é a proposta da NewLink, que aponta ainda a praticidade e a portabilida-

de como outros dois fundamentais aspectos nos periféricos. Em sua linha de mouse, a NewLink apresenta a tecnologia blue sensor, que possibilita maior precisão de movimentos durante o uso; o mouse sem fio Diamond, que permite ajuste de resolução (800 dpi ou 1600 dpi) e pode ser encontrado em três cores: prata, azul e roxo e na linha de mouses retráteis há opções que vêm com duas capas, podendo o consumidor trocá-las. Outra novidade da empresa é o Cooler Ice Gel, voltado aos notebooks de 10” a 17”, que não utiliza fonte de energia, não emite poluentes e nem agride o meio ambiente. Isso porque possui cristais macromoleculares em seu interior que absorvem e dissipam o excesso de calor do notebook. “Os consumidores desejam praticidade e recursos nos produtos, mas também se atentam à relação custo x benefício. Querem produtos com qualidade, mas que sejam acessíveis”, afirma Leandro Murachovsky, diretor comercial da NewLink.

metalizada e uma membrana impermeável para proteção do acessório.

Os fabricantes e distribuidores de acessórios de informática são unânimes ao afirmar o grande potencial que as papelarias possuem como revendedores destes artigos e, diferentemente das loO mouse touch white jas especializadas, atraem um púwireless Goldship, da blico diversificado, resultando em Leadership, vem em novas oportunidades de vendas e embalagem no formato negócios a serem gerados. “Nas de estojo e tecnologia papelarias temos a possibilidade de ponta, que reconhece de comercializar uma grande vadiferentes gestos do riedade de produtos, aumentanusuário apenas com o do as nossas chances de atingir o toque dos dedos.

26


Categoria de Produto

“A papelaria precisa da informática e vice-versa. Todo escritório tem um computador, uma impressora, caneta, papel etc. O consumidor quando busca um destes itens deseja encontrar todos em um mesmo PDV”, Bruno Lima, da Leadership.

desempenho esperado. Para entrarmos nestes pontos de venda fizemos antes uma pesquisa de mercado com as principais lojas para buscarmos aquelas com o perfil dos nossos produtos, ou seja, que tivessem afinidades e foco nos acessórios de informática. É importante salientarmos que os nossos produtos possuem garantia de um ano e o suporte pós-venda é feito por nós. Um ponto que ainda precisa

ser aprimorado é o conhecimento dos balconistas sobre os produtos comercializados”, alerta Filipe, executivo de marketing da Agora Digital. Para a gerente de marketing da Anovati, Rafaela, vem acontecendo uma situação interessante nas papelarias, tornando-as importantes revendedores de periféricos e acessórios de informática. “Nos últimos anos, especialmente na linha de pen drive percebemos uma forte presença no mix das papelarias já que o produto foi incluido na lista de material escolar e este talvez seja um dos aspectos responsáveis pelo desempenho das papelarias ter superado as nossas expectativas e os consumidores já as considerarem como especializadas no mercado de periféricos e acessórios.” Parte da estratégia de negócios da Buy Digital para 2012 será estreitar ainda mais o seu relacionamento com o canal papeleiro. “Através de nossa força comercial com representantes e televendas temos conseguido oferecer bons negócios a um custo acessível, principalmente para o pequeno papeleiro e hoje, temos importantes clientes, dentre eles, Papelaria Martins, Booz e Universitária. Cada vez mais precisamos estreitar o nosso relacionamento com este canal, oferecendo ações diferenciadas”, opina a gerente da Buy Digital, Isis. Também para o próximo ano, a empresa investirá fortemente em marketing, fazendo com o que a marca Feel Electronics ganhe maior participação de mercado em outras praças, além de São Paulo, como Belém, Bahia e Rio de Janeiro. Segundo a gerente da Integris, Tatiana, a presença dos periféricos no mix da papelaria é convergente, pois há uma certa resistência de algumas papelarias em introduzirem uma linha ampla de informática em seu mix, comercializando primeiramente itens de valor agregado baixo. “Demonstramos ao lojista a grande oporO ecologicamente tunidade em trabalhar corrente cooler Ice Gel, com produtos de maior da NewLink, tem cristais valor agregado, além da macromoleculares em seu possibilidade de aumeninterior que absorvem e tar o seu mix e não perdissipam o excesso de calor der vendas para as lojas do notebook. especializadas”, explica.


Categoria de Produto

“A entrada dos periféricos nas papelarias foi de maneira natural, seguindo o avanço da indústria de tecnologia. Hoje, teclados e mouses são commodities”, Mario W. Okuno, da Mobimax.

Quanto ao suporte de pós-venda, a Integris oferece ações de capacitação através de treinamentos com experimentação de produtos, ação de incentivos aos balconistas e eventos para o consumidor final testar e aprovar os produtos, além de levar brindes. “Contamos com uma equipe de trade ativa para trabalhar ações personalizadas, além de melhorar o posicionamento da marca nos PDVs. Temos também SAC próprio, que pode ser contatado através de telefone, e-mail ou chat em nosso site. E agora atuamos ativamente nas redes sociais com ações de integração do público com nossa marca, desde desafios para o consumidor criar a estampa de nossos produtos até concursos culturais que geram prêmios”, exemplifica a gerente da Integris. “A papelaria precisa da informática e vice-

versa, por isso, a nossa parceria com estas lojas é muito boa e estamos sempre trabalhando para aprimorá-la, através de expansão dos nossos promotores, auxílio na elaboração de vitrines e gôndolas, investimento em promoções e vantagens para os nossos parceiros”, destaca Bruno Lima, gerente da Leadership. Estar próximo da revenda, entender o perfil de cada loja e assim oferecer um plano de negócios adequado é o trabalho que a Maxprint desenvolve para o varejo, incluindo aí as papelarias. “Oferecemos um amplo apoio ao canal. Disponibilizamos, por exemplo, materiais promocionais e displays e a Universidade Maxprint potencializa este apoio com treinamentos atualizados sobre mercado e produtos”, explica o gerente Rafael. O executivo da Mobimax, Mario Wagner, afirma que a presença dos periféricos no mix da papelaria aconteceu de forma natural em conjunto ao avanço da indústria de tecnologia no mercado. “Em paralelo a isso, as facilidades em comprar computadores e notebooks fez com que grande parte da população tivesse acesso a estes equipamentos. Por isso, teclados e mouses são commodities. Acredito que progressivamente as papelarias irão oferecer um mix de acessórios ainda mais complexo”, analisa o diretor da Mobimax.

“Há certa resistência de algumas papelarias em introduzirem em seu mix uma linha ampla de informática, normalmente são comercializados produtos de valor agregado baixo”, Tatiana Mancini, da Integris Brasil.

28


Raio X dos Negócios

Em seu comando está a terceira geração Foi na década de 70 que teve início a história da Livraria Mec, considerada atualmente a maior rede de papelarias do estado de Pernambuco, com 5 unidades e comandada pela terceira geração da família Oliveira Oscilações na economia, uma enxurrada de impostos e burocracia, concorrências desleais...e poderíamos listar aqui uma infinidade de dificuldades que o varejo brasileiro encontra para iniciar ou manter-se competitivo. Mesmo com tantos entraves para os lojistas é possível encontrarmos, por todo o país, vários exemplos de histórias bem-sucedidas como a que vem de Pernambuco. Há 40 anos, quando o senhor Leonardo Oliveira fundou, em Jaboatão dos Guararapes (PE), a sua primeira papelaria já tinha como vi-

são abrir uma loja com atendimento diferenciado, variedade de marcas, produtos de qualidade e preço justo, o que foi sendo aprimorado ao longo dos anos. Novas lojas do grupo foram abertas e as gerações seguintes deram continuidade ao empreendimento sem perder a essência que norteou os negócios. Hoje, à frente das lojas está a terceira geração, comandada por Paulo Freire de Oliveira. “Sou abençoado por fazer aquilo que gosto, o que certamente me motiva a buscar o aprimoramento constante. O setor em que atuo é altamente dinâmico, sempre há novidades e tendências. Poderíamos comparar o funcionamento da papelaria com o universo da moda, pois a cada período nos deparamos com uma nova demanda, que é completamente diferente da anterior, por isso, é fundamental que estejamos acompanhando de perto as mudanças do mercado para aproveitarmos as oportunidades que surgem”, analisa Paulo. A rede de Livrarias Mec conta atualmente com cinco lojas, localizadas em diferentes regiões de Pernambuco, atendendo a consumidores que pertencem desde a classe AA até a D, por isso, há um mix específico em cada unidade. “Os produtos e marcas comercializados em cada loja estão de acordo com o perfil dos clientes da respectiva unidade. No

30


entanto, fazemos questão de mantermos em todas as lojas o padrão de atendimento e o layout”, esclarece o empresário. A Livraria Mec contabiliza um mix bem completo. Tem desde livros paradidáticos e didáticos, passando por material escolar em geral, produtos de informática, itens para escritório, presentes e gifts, artigos de pintura e limpeza. “Os livros ainda são os campões de vendas no período de volta às aulas e no restante do ano, a linha de informática e os presentes estão entre os mais vendidos das lojas, juntamente com papéis cut size, cadernos e canetas”, observa Paulo. As lojas também atendem clientes do mercado corporativo e os órgãos públicos, que representam 15% do faturamento total do grupo.

Direto da indústria A Livraria Mec é associada à Brasil Escolar – entidade formada por mais de 500 lojas em todo Brasil, considerada a maior

rede de papelarias e central de compras da America Latina – e isso, segundo Paulo, contribui para que haja muito mais facilidades em comprar as mercadorias diretamente dos fornecedores, o que fatalmente resulta em melhores preços para os consumidores finais. “A indústria também se conscientizou de que para ganhar destaque no PDV é preciso estar em harmonia com o varejo, afinal nós estamos frente a frente com os consumidores, inclusive auxiliando-os nas compras e escolhas das marcas, portanto, sermos parceiros é imprescindível para o êxito dos negócios.” Ter um mix diversificado e que na grande maioria das vezes é adquirido diretamente da indústria não é a única particularidade da Livraria Mec, que também disponibiliza aos consumidores diferentes prestações de serviço.


Raio X dos Negócios

Linha do tempo

Em duas unidades possui uma gráfica rápida e completa, em todas as lojas há serviços de copiadoras e em três delas são disponibilizadas oficinas e cursos de pintura.

Funcionários devidamente treinados 1971 - A Livraria Mec/Jaboatão dos Guararapes, que funciona até hoje no mesmo local, teve origem em novembro de 1971, quando Leonardo Oliveira criou a FAE (Fundação Nacional de Material Escolar). 1983 – Inaugurada a segunda loja, a Livraria Mec/Prazeres, com foco no varejo. Bernardo, filho do fundador entra no negócio. Seu irmão, Leonardo Filho, assumiu a loja do pai. 1988 – Neste ano foi fundada a terceira loja, Livraria Mec/Piedade. Hoje, a maior do grupo com 850m². 1990 – O fundador da Livraria Mec, juntamente com outros papeleiros de diferentes regiões do país, criaram a Brasil Escolar com 15 associados. Hoje, é considerada a maior rede de papelarias e central de compras da América Latina, com mais de 550 lojas associadas. 1996 - Paulo Freire, filho de Bernardo, entra no negócio. 1999 – Inaugurada a quarta unidade, a Livraria Mec/Cavaleiro. 2006 – É inaugurada a quinta unidade, Livraria Mec/Candeias.

Para que o atendimento oferecido em suas lojas seja de qualidade e diferenciado, os 65 funcionários das Livrarias Mec são submetidos semestralmente a treinamentos de atendimento, in loco. “Também sempre que possível enviamos nossos colaboradores para a feira Office PaperBrasil Escolar e eventos regionais ligados ao setor papeleiro. Temos ainda boas parcerias com fabricantes e mensalmente realizamos demonstrações de produtos para que os balconistas conheçam melhor cada item a ser vendido”, afirma Paulo. E o que o empresário almeja para os próximos anos? “Desejamos ampliar o número de lojas e estreitar ainda mais o relacionamento com os fabricantes”, finaliza o diretor da rede, Paulo Freire de Oliveira.

“Sou abençoado por fazer aquilo que gosto, o que certamente me motiva a buscar o aprimoramento constante”, Paulo Freire de Oliveira.

32


Negócios

O final do ano está ch tão esperado “volta às a crescente demanda, além disso, há um forte investimento em publicidade, ações e campanhas nos pontos de venda e na criação de materiais de merchandising. No Brasil, o consumo de artigos escolares cresce mais de 7% ao ano, segundo pesquisa do instituto Data Popu“Os nossos lar. A previsão é que o setor movimente em 2011 mais lançamentos contarão de R$ 12 bilhões. Um dado interessante é que a clascom campanhas de se B é a que apresenta o maior potencial de consumo, marketing, ações com 48% de intenções de compra. promocionais, De acordo com o Pyxis, ferramenta de potencial investimento em mídia de mercado do IBOPE, o comércio de material escoe reforço do time lar e artigos de papelaria deve movimentar em 2012, de merchandising”, por volta de R$ 54,4 bilhões, projetando um consumo Luciano Santos, da Bic. per capita de cada brasileiro na ordem de R$ 33/ano. No contexto do mercado de livros e artigos de papelaria é esperado que a região Sudeste do país detenha 56% do potencial do consumo brasileiro. As regiões Sul e Nordeste tiveram um empate técnico, onde cada uma levou 15,3% da fatia do mercado, o Centro-Oeste deteve 8,1% e a região Norte 5,2%. O aumento no mix de produtos e na quantidade de papelarias que passaram a trabalhar com a marca Bic são dois importantes aspectos que levaram a empresa a apostar em um incremento nas vendas acima de 20% no comparativo ao volta às aulas 2011. Para a época, o fabricante pretende fortalecer a sua linha colorir para o público kids e fazer um trabalho direcionado para os marcadores, Bic Marking. “Os nossos lançamentos contarão com campanhas de marketing, ações promocionais, investimento em mídia e reforço do time de merchandising, ou seja, estaremos com investimentos 360°

O que as empresas esperam do período e como se prepararam para 2012

Para uma data com tamanha relevância como o volta às aulas, que chega a concentrar cerca de 70% do faturamento das empresas que trabalham com artigos escolares, não faltam boas expectativas e muito trabalho para impulsionar os negócios, que segundo os fabricantes neste ano deve atingir um crescimento entre 10% a 30%. Por isso, a produção dos itens escolares está a todo vapor para atender

34


hegando e com ele o s aulas” em nossos clientes lojistas”, afirma Luciano Santos, gerente de desenvolvimento do canal papeleiro, que destaca uma importante mudança que vem ocorrendo nos negócios gerados com o volta às aulas: “as compras vêm se tornando cada vez mais agressivas em volume, em um curto espaço de tempo.” Outro fabricante que também almeja aumentar as vendas em 20% é a empresa de cadernos, Cadersil, que para tanto ampliou sua linha com modelos diferenciados e licenciados. Segundo a diretora de marketing e desenvolvimento de produtos, Patrícia Cabral, neste ano, a empresa está investindo pesado nos materiais de PDV e nas revistas focadas em adolescentes. “Estamos apostando também nas mídias sociais, como Orkut, Twitter e Facebook que terão ações específicas.” A Carbrink, fabricante das maletas infantis e carimbos educativos, apagadores e pranchetas escolares, está empenhada em diminuir os seus custos para tornar os seus produtos ainda mais competitivos e assim atingir no próximo volta às aulas um crescimento entre 12% a 15%. Para a época, a empresa investe em um acentuado estoque de matéria-prima, em treinamento e contratação de novos funcionários, além de uma logística especial para atender as novas demandas. “Estamos também com importantes lançamentos como as pranchetas escolares Ofício e ½ Ofício com pegadores em metal ou plástico, apagadores com depósito para lousa e quadro branco e diferentes opções nas maletas infantis, formadas por brinquedos educativos e recreativos”, exemplifica Valter Carlos Miranda, diretor comercial da Carbrink. Ao apresentar o seu caderno como um acessório de moda, reforçando este conceito com a campanha “Faz par-

“Neste ano, a Cadersil está investindo pesado nos materiais de PDV e nas revistas para adolescentes. Estamos fazendo também, várias ações nas mídias sociais, como Orkut, Twitter e Facebook”, Patrícia Cabral.

te do seu look”, a Credeal está otimista com os negócios a serem gerados no período que representa o maior movimento da empresa, com uma projeção de aumento que varia entre 10% a 15%. Foram lançadas diferentes licenças e as novidades estão divididas em quatro universos: fashion, cute, aventura e esporte. A Credeal pretende dar continuidade a pesquisa em todo o Brasil sobre o comportamento das gerações Y e Z e a partir disto criar seus produtos. Outra novidade para este ano é que a empresa entrou fortemente nas mídias sociais. “Mantemos relacionamento com blogueiros, que têm afinidade com os nossos produtos e


Negócios

“Estamos deixando

mil clientes. “Desenvolvemos também materiais de ser uma empresa promocionais, ações em mídias sociais e outra nova no mercado e a área que está recebendo grandes investimentos é nossa equipe de vendas a de licenciamento.” está mais atuante Fabricante de réguas, transferidores, esquae chegou a Estados dros e kits escolares, a Delfitec, fundada em 2007, que não tínhamos prevê um aumento real de 50% a 60% nas venrepresentações” Rodrigo das de “volta as aulas” em comparação ao mesmo Delfino Barbosa, da período do ano passado. “Os clientes estão cada Delfitec. vez mais nos conhecendo, já estamos deixando de ser uma empresa nova no mercado, além disso, a nossa equipe de vendas está mais atuante e chegou a Estados que não tínhamos representações, por estes motivos a nossa projeção é alta para o período”, afirma Rodrigo Delfino Barbosa, diretor da empresa. A época representa cerca de 40% do faturamento anual da Delfitec, que pretende diluir esta porcentagem no decorrer do ano, aumentando o estamos no Facebook e Twitter para interagir faturamento simetricamente com o lançamento de diferentes diariamente com os consumidores, clientes e produtos. parceiros. Estamos desenvolvendo diversas Investimentos em marketing e aumento na capacidade ações para a volta às aulas, que coincidem com este novo posicionamento da marca no mercado”, explica Ricardo Frederico, diretor de marketing e vendas da Credeal. A área de marketing ainda criou ações de comunicação, como o lançamento da revista Credeal Acontece, que reúne catálogo e conteúdo editorial e é distribuída para mais de 10 A Delta Artigos Escolares apresenta novos materiais de merchandising para o PDV.

36


de produção permitem à Delta Artigos Escolares projetar um acréscimo nos negócios de 8%. “Porém, estamos trabalhando para um crescimento de 12% em relação ao faturamento do ano passado”, afirma Paula Yamazaki, diretora comercial e de marketing da empresa. Para o volta às aulas, o fabricante investirá fortemente no ponto de venda com contratação de promotores, uso de material de merchandising e treinamento de equipe de vendas. A DGrafia, fabricante de cadernos, mobiliza recursos e esforços para estar bem preparada para o volta às aulas. Este ano, além do investimento em infraestrutura, a empresa está trabalhando forte na capacitação da equipe e em melhorias de processos internos de produção e administrativos. “Tudo para oferecer ao lojista um produto e um atendimento com ainda mais qualidade. Este ano, estamos com a marca fortalecida e atendendo um território ainda mais abrangente, abrimos novos mercados e apresentamos não apenas o produto, mas todo o conceito e o trabalho cuidadoso com pesquisa, desenvolvimento e acabamento. A parte positiva disso tudo é o retorno do cliente, que tem reconhecido esta qualidade”, afirma Laura Maffei, supervisora de marketing da empresa. Na Foroni não faltam novidades para o período escolar. Além de inovar em produtos com materiais diferenciados, acessórios e tecnologia, como os que trazem o game de realidade aumentada, no caso da linha Carros 2 com um jogo que permite simular uma volta de carro no computador, usando o caderno como volante e na linha Barbie que leva as meninas a experimentarem looks diretamente do guarda-roupa da boneca mais

Produtos com game de realidade aumentada e a entrada em novas categorias como de mochilas, são alguns dos destaques da Foroni para o volta às aulas.

“As vendas neste volta às aulas refletirá os resultados que esperamos ter durante o ano de 2012. A nossa projeção é de um aumento de 30%”, Ana Maria, da Waleu.

famosa do mundo e apostar em novos mercados como o de mochilas, a empresa, que almeja um crescimento nas vendas de 27%, focou também investimentos no treinamento de equipe, campanha de marketing e produção de material promocional, além de um intenso trabalho de comunicação, interna e externa, para a divulgação das novas linhas. “Nossas duas últimas campanhas para o volta às aulas foram estreladas por Dudu Surita (2010) e MariMoon (2011). Também estamos presentes nas redes sociais como Twitter, Orkut, Facebook, Tumblr e YouTube. Além do site institucional, temos o www.clubeforoni. com.br, um portal descolado, com informação sobre moda, comportamento, variedades e novidades em produtos uma rádio exclusiva. A programação é feita pelos internautas, além de trazer novidades do cenário musical. No Clube Foroni, o internauta também pode baixar wallpapers e participar de enquetes e concursos culturais.Promovemos ações em parceria com diversos veículos de comunicação voltados para o público teen e tween”, explica Marici


Negócios

“É a época mais importante para a nossa empresa, onde concentramos

Primeiro volta às aulas

toda a nossa força de vendas”,

Esta é a primeira vez que a Dello se coloca efetivamente como participante do cenário volta às aulas. “Almejamos nos firmar neste setor com os nossos lançamentos em pastas PP: linhas Fine, Fine Neon e Maletas A3, com estampas exclusivas, cores arrojadas e pigmentos exóticos. Criamos estes produtos nos baseando nos pontos fracos do mercado e transformando em nossos pontos fortes, tais como: qualidade, inovação, cores diferenciadas e design exclusivo”, alerta Juliana Rett, assessora de relações públicas e de marketing da Dello. Para atender o mercado, a empresa está estruturada com um time de marketing e trade marketing, que garantem apoio em vários aspectos como ações diferenciadas em PDV, criação publicitária de e-mails marketing e suporte às televendas de clientes.

Wagner Jacob, da Tilibra.

Foroni, diretora de marketing da Foroni. Trabalhar no desenvolvimento de produtos que tragam crescimento em vendas e novas oportunidades de negócio está entre as estratégias de atuação da Tilibra para atingir bons resultados durante o período de volta às aulas. “É a época mais importante para a nossa empresa, onde concentramos toda a nossa força de vendas”, esclarece Wagner Jacob, diretor comercial da Tilibra. De acordo com informação da gerente comercial da Waleu, Ana Paula Keiko, a empresa a cada ano se fortalece ainda mais no segmento escolar. “Temos uma ótima aceitação dos produtos devido a nossa qualidade e ótimos preços. Assim, as vendas  neste volta às aulas refletirá os  resultados que esperamos ter durante o ano de 2012. A nossa projeção é de um aumento de 30%. É importante também frisarmos que recentemente investimos em modernas máquinas,  tecnologias avançadas e no aumento no quadro de funcionários”, afirma Ana Maria, do marketing da Waleu.

Percentuais significativos nos últimos 8 anos A Filiperson, fabricante de papéis coloridos e sulfite, vem obtendo excelentes resultados nos últimos negócios gerados no volta às aulas – que representa 14% do volume total anual de vendas da empresa -, tanto que almeja para este ano um crescimento percentual superior a 10% no número de unidades vendidas. “Lançamos novos produtos, flexibilizamos ainda mais as condições comerciais e repetimos toda a gama de incentivos aos lojistas e distribuidores”, ressalta Daniel Grassiotto, gerente operacional e de marketing da Filiperson, destacando ainda que os negócios do volta às aulas perderam a conotação de “negócio de oportunidade”, quando bastava colocar os produtos nas prateleiras e as vendas fluíam naturalmente. “A concorrência aumentou, a eficiência passou a ser fator primordial no sucesso dos negócios e a dedicação e foco no período representam ações indispensáveis à própria sobrevivência do ponto de venda.” O fabricante direciona um volume considerável de recursos para o período. São campanhas promocionais, intensificação do trabalho de promoção nos PDVs, especificação dos produtos nas escolas, lançamentos de itens complemen-

38


“Lançamos tares e campanhas de vendas junto novos produtos, à rede de representantes comerciais flexibilizamos ainda e vendedores. mais as condições Para 2011, a novidade é que a comerciais e Filiperson implementou ações de exrepetimos toda a tratificação de seu universo de potengama de incentivos ciais clientes, focando sua atenção aos lojistas e e recursos na facilitação e incentidistribuidores”, vos aos distribuidores e revendedoDaniel Grassiotto, res. “Dessa forma, esperamos para da Filiperson. o volta às aulas um crescimento da ordem de 4% no número de pontos de venda que disponibilizam os produtos da Filiperson aos consumidores. Isso deverá ter reflexos, no momento seguinte, nas vendas de nossa linha clássica de produtos, onde a empresa já lidera o segmento há anos. É um árduo trabalho de manutenção de uma liderança consolidada, porém visando o estreitamento ainda maior de nossa relação com nossos par-

ceiros, mediante a promoção e facilitação de seus negócios”, afirma Grassiotto.

Escolar 2011: o termômetro para o volta às aulas


Negócios

“Vamos intensificar nossas

quando comparado a última temporada, o que ações para incentivar os alcançaremos com facilidade se o mercado conestudantes a utilizarem tinuar apresentando essa crescente demanda os nossos produtos e isso por produtos escolares. A Kajoma tem passado será feito através de por uma reestruturação, aprimorando a qualiuma comunicação direta dade de seus produtos e investindo cada vez usando recursos das redes mais em pesquisas e estratégias de marketing. sociais”, Carolina Casetti, O saldo positivo em negócios fechados se deve da AF International. principalmente ao conhecimento mais aprofundado no perfil dos consumidores, que possibilita a criação de produtos que tenham uma rápida identificação com eles”, observa Tatiana Belleza, gerente de marketing.

De olho no mercado escolar

A participação da fabricante de cadernos, Kajoma, na Office PaperBrasil Escolar 2011, em agosto, serviu de termômetro para o volta às aulas, que abocanha 60% do processo produtivo da empresa e 50% dos negócios realizados anualmente. “Fechamos ótimos negócios durante o evento, que indica um crescimento de 30% em relação ao ano anterior. Nossa perspectiva é elevar o lucro em 30%

O aumento na oferta de produtos voltados para o segmento escolar possibilita à Office Media apostar em um incremento nas vendas na ordem de 15% durante o período de Para volta às aulas. Neste ano, por exemplo, a empresa passa desenvolver a representar a marca de mochilas Sumdex, voltada aos as suas linhas, estudantes. “Investimos também fortemente em pesquisas a Kajoma de novos fabricantes que tragam conceitos diferenciados aprofundou-se em produtos, design e tendências, como por exemplo, no no perfil dos caso dos dispositivos como tablets e netbooks usados no consumidores. material escolar”, afirma Yury Wilker, diretor comercial da Office Media. Embora trabalhe com soluções voltadas à higiene e limpeza de tablets e computadores, a AF International está bastante otimista com os negócios que deverão se gerados ao longo dos próximos meses, isso porque, de acordo com Carolina Casetti, gerente geral da AF International, estes equipamentos estão cada vez mais presentes no cotidiano dos alunos, muitos inclusive levam os seus portáteis às escolas e

40


Negócios

Durante o volta às aulas, a Papéis Off Paper pretende atingir um crescimento de 20% nas vendas.

A Office Media apresenta o 2 milhões em um equipamaterial de merchandising mento alemão que permitiu para a marca de mochilas incrementar a produção em Sumdex. 40%. Além disso, o fabricante estará promovendo faculdades. Produtos como o Screen Protector, workshops em alguns colégios, apresentando aos alunos os um spray limpador de telas, pode, por exemseus papéis para a realização das atividades escolares. plo, ser levado facilmente na mochila. “Vamos “Em relação a 2012 nossa projeção para a campanha de intensificar nossas ações para incentivar os volta às aulas está estimada em um crescimento de 25%. Este estudantes a utilizarem os nossos produtos e índice está atrelado a abertura de novos mercados, aos reisso será feito através de uma comunicação centes lançamentos (12 modelos dos adesivos decorativos direta usando recursos das redes sociais”, exPlasticover), além da parceria com o Profº Sassa, que produz A Plavitec traz plica Carolina. trabalhos manuais voltados ao público infantil, utilizando noslançamentos de Com o aumento na demanda por papéis sas linhas e divulgando-os em eventos do setor, programas seus adesivos especiais nas atividades escolares, o fabripara internet, TV e revistas”, esclarece Débora C. Venditto da decorativos cante Papéis Off Paper pretende atingir rapiSilva, supervisora de venda e marketing da Plavitec. para o volta às damente um acréscimo de 20% nas vendas. Para atender a demanda do volta às aulas, de agosto a aulas. Para tanto, a empresa se preparou investindo janeiro, a Plavitec trabalha com dois turnos para que não haja atraso nas entregas. “Isto é um dos pontos fortes da nossa empresa, a pontualidade na entrega, além é claro, da qualidade nos produtos”, afirma Débora. A previsão de crescimento da distribuidora Port Info para a época é de 20%. “Apostamos que todos os prospects e clientes desejam “permanecer em sala de aula”. Estamos nos preparando para atender esta demanda nos dedicando e planejando para uma maior capilaridade e também um mix mais adequado, que atenda o perfil dos clientes de nossas revendas em todo Brasil”, afirma Geraldo Melo, gerente de marketing da Port Info, que tem no período de volta às aulas concentrado 35% de seu fatura-

42


“Todos na Port Info estão prontos para atender as revendas e superar até mesmo a expectativa de crescimento para a época”, Geraldo Melo.

mento. Ainda segundo o executivo, a distribuidora está preparada para customizar o atendimento, tornando-o diferenciado. “Todos na Port estão prontos para atender as revendas e superar a nossa expectativa de crescimento para a época.”

AF International Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 10% a 15%. Investimentos para a época: Mídia dirigida para os lojistas, no ponto de venda e também na comunicação com o consumidor final para criar o hábito de consumo dos produtos da marca. Equipe de promotores: Investimento em capacitação da equipe e na sua ampliação. Material de merchandising: Novos expositores e displays. Publicidade: Anúncios nas principais revistas voltadas para o trade. Ações e campanhas: Parcerias com blogs e outras redes sociais para falar diretamente como o consumidor final.


Negócios

Bic Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 20%. Investimentos para a época: Investimentos 360° em todos os clientes, com mídia, campanhas, materiais de merchandising, ações promocionais e aumento de quadro de funcionários. Equipe de promotores: Irá dobrar o time de promotores. Serão, em média, 500 pessoas. Material de merchandising: Todos os materiais estão no ponto de venda desde a segunda quinzena de novembro, com o mote “Volte às aulas com tudo. Volte às aulas com Bic”. Publicidade: Serão três campanhas. Um filme “Volte às aulas com tudo. Volte às aulas com BIC”, outro com foco nos marcadores BIC Marking Color “Sua marca para sempre” e o terceiro para a linha de colorir “A Evolução do Colorir”. Ações e campanhas: São várias ações para o consumidor final no PDV, como: Compre BIC e Ganhe BIC, Compra Casada e Compra Mais por Menos. Para a força de vendas, a BIC aposta em campanhas de incentivo, customizada para cada equipe.

Carbrink Cadersil Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 20%. Material de merchandising: Serão disponibilizados materiais de forração, adesivo de chão, display de prateleira e de chão. Publicidade: No mês de janeiro haverá publicidade nas principais revistas de circulação nacional para o público adolescente, além de encartes em jornais e outdoors. Ações e campanhas: Promoções para o consumidor final estarão disponíveis nas mídias sociais Facebook, Orkut e Twitter.

Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 12% a 15%. Investimentos para a época: Em matéria-prima suficiente para atender a alta demanda, em máquinas e equipamentos para uma produção mais veloz e na contratação de profissionais. Publicidade: Há contratos de publicidade com as principais revistas do segmento papeleiro, além das revistas específicas do atacado.

Credeal Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 10% a 15%. Equipe de promotores: A Credeal está treinando um grupo de promotores para atuar em todo o Brasil. São cerca de 200 profissionais. Material de merchandising: São móbiles, bandeirolas, faixa de gôndola, wobler, precário, display universitário, display ¼, plástico leitoso, torre e display natural. Todos integrados com a campanha “Faz parte do seu look”. Publicidade: Investimento nas redes sociais, em ações promocionais e no site www.fazpartedoseulook.com.br usado para divulgar lançamentos e fazer a interação com o público jovem, além de sorteios semanais de kits das mais variadas coleções da Credeal.

44


DAC Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 20%. Equipe de promotores: Todo ano são contratadas equipes de promotores. Material de merchandising: Displays de balcão, testeiras e banners. Publicidade: Divulgações no twitter, em revistas segmentadas e e-mail marketing.

Delfitec Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 50% a 60%. Equipe de promotores: Quando solicitado são negociados diretamente com o cliente. Material de merchandising: Camisetas, batas e bonés são disponibilizados para os funcionários das lojas, assim como display para exposição de produtos. Publicidade: Serão feitos anúncios em revistas do setor e em publicações de preços dos clientes.

Delta Giz Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de cerca de 8%, porém a empresa está trabalhando para um aumento de 12%. Equipe de promotores: Há promotores nos principais Estados do país, que trabalham juntamente com os representantes comerciais. Material de merchandising: São desenvolvidos diferentes materiais como testeiras, bandeirolas e precificadores. Publicidade: Além das ações pontuais nos clientes são feitos investimentos em anúncios nas principais revistas do segmento. Ações e campanhas: São feitas campanhas nos 10 principais clientes, todas ações voltadas para a equipe de vendas.


Negócios

Filiperson

Kajoma

Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de mais de 10% em unidades de vendas. Equipe de promotores: Há um time regular de promotores, já conhecedores do negócio, produtos e clientes, além de um reforço com a contratação de novos profissionais. Material de merchandising: A mesma variedade de peças dos anos anteriores, acrescida de algumas relativas a novos produtos. Publicidade: Planeja-se investir 10% a mais do que  em relação a 2010. Ações e campanhas: Campanha de vendas que permite aos distribuidores e revendedores a compra dos produtos desde agosto de 2011 até março de 2012 com prazos de pagamento favoráveis e que também mantém os valores para as reposições, independentemente da época do novo pedido, desde que dentro do período da campanha. 

Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 40%. Equipe de promotores: Haverá uma equipe de promotores com um forte planejamento estratégico. Material de merchandising: Estão disponíveis banners, adesivos, faixas de gôndola e móbiles. Estes materiais serão disponibilizados através de um catálogo, para que os lojistas possam escolher os mais adequados ao seu estabelecimento. Publicidade: Investimentos em peças publicitárias e uma programação de mídia para que os produtos ganhem cada vez mais destaque no mercado. Ações e campanhas: A Kajoma desenvolveu campanhas promocionais com conceitos sólidos, feita para envolver e encantar os seus clientes.

Foroni Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 20%. Equipe de promotores: A equipe atua durante o ano inteiro nos PDVs de todo o país. Material de merchandising: É desenvolvido para atender as necessidades de diversos tipos de exposição, mas sempre destacando os produtos da marca. Ações e campanhas: Foram lançadas diversas campanhas publicitárias associando o objeto de estudo a atitudes positivas e personalidades com as quais o público jovem se identifica.

Office Media Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 15%. Equipe de promotores: Investimentos em capacitação e ampliação da equipe. Material de merchandising: Haverá maior oferta de materiais voltados a cada uma das marcas representadas. Publicidade: Desenvolvida em conjunto com os parceiros comerciais.

Plavitec Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 25%. Equipe de promotores: São 4 promotoras fixas mais as avulsas Material de merchandising: Novos catálogos, encartes com os lançamentos, além de expositores. Publicidade: Anúncios em revistas do setor e patrocínio a pessoas que atuam no segmento escolar e artesanal como é o exemplo do Profº Sassa Ações e campanhas: Há a parceria com o Profº Sassá, que produz peças utilizando os produtos Plavitec e participa de várias campanhas.

46


Port Info Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 20%. Equipe de promotores: Como distribuidores, a Port prepara a sua equipe de vendas para oferecer o mix certo e com giro rápido. Material de merchandising: Os materiais são dos fabricantes e estarão disponíveis para compor os PDV’s. Publicidade: Investe-se no marketing direto Ações e campanhas: São campanhas de vendas com foco em resultados, isto é, focar em um grupo ou linha de produtos a fim de incrementar sua saída.

Tilibra Equipe de promotores: Treinamentos e convenções são constantemente realizados para a equipe de promotores. Material de merchandising: Há uma equipe responsável por encaminhar os materiais e fazer o acompanhamento no cliente. Publicidade: Investe-se em TV aberta, fechada, nas revistas do segmento e internet. Ações e campanhas: Incentivo de vendas aos atendentes de lojas e equipes de vendas dos clientes,contribuindo para o aprimoramento profissional e mais conhecimento do mix de produtos Tilibra.

Waleu Projeções de vendas para o volta às aulas 2012: A expectativa de crescimento é de 30%. Equipe de promotores: Atuam firmemente nas lojas para garantir que os produtos estejam bem expostos e não fiquem em falta nas prateleiras. Material de merchandising: Catálogos. Publicidade: Participações em revistas setorizadas, jornais, catálogos e revistas de clientes com distribuição regional e nacional.


Licenciamento

Caco, Miss Pig e Gonzo vão à escola

Os Muppets estão de volta ! Sucesso na TV, os personagens também estrearam no cinema e agora em uma nova linha de cadernos da Credeal. Os produtos trazem o Sapo Caco, a porquinha Miss Pigy e toda sua turma. www.credeal.com.br

Carregador em formato de Pikachu

No final dos anos 90, o anime japonês Pokémon veio para o Brasil e fez o maior sucesso. Dentre os personagens de destaque está o Pikachu. Pensando neste público fã do anime japonês, a JP Tech traz o DSi Pikachu Charger Stand, da Hori, um carregador para Nintendo DSi e DS XL O acessório tem o formato de um Pikachu e de uma Pokébola; e funciona como suporte para o portátil. O carregador precisa de um adaptador AC para fazer as recargas, que costuma vir com o próprio videogame. www.jptech.com.br

Angry Bird: dos games para as salas de aula

  Um dos games para celulares e portáteis mais comentados da atualidade, Angry Bird, tornou-se marca licenciada da Jandaia para o volta às aulas 2012. A coleção traz os personagens do jogo em cadernos brochura ¼ e universitário de 96 folhas e caderno universitário com 96, 200 e 300 folhas.  www.grupobignardi.com.br

48


Coleção Capricho Para as estudantes adeptas a um estilo descolado e moderninho, a empresa Tilibra oferece uma ampla linha com a marca Capricho, a famosa revista da Editora Abril. Os produtos disponíveis são: estojos, canetas, calculadoras, grampeadores, borrachas, cola bastão, cadernos e fichários, em diferentes modelos. Com esta coleção, a Tilibra marca presença na 3ª temporada de Moda Capricho, o reality de moda do canal Boomerang. www.tilibra.com.br


Informática

Cases coloridos

Tablets protegidos

A Multilaser amplia sua linha de cases para notebooks de até 14” com o lançamento de três novos modelos nas cores azul, cinza e roxo. As peças têm fechamento em zíper e são confeccionadas em neoprene resistente. www.multilaser.com.br

O acessório SmartMate, da Macally, foi desenvolvido para ser utilizado em conjunto com a SmartCover, da Apple, protegendo a parte de trás dos tablets. A capa tem abertura para todas as conexões e controles e está disponível nas cores transparente cristal, preto e branco, com superfície emborrachada. www.macally.com

50


Caneta 2 em 1 A caneta Stylus, da iKit é um dos destaques da distribuidora Mobimax. Trata-se de uma caneta que combina a função esferográfica com uma ponta de borracha macia para permitir o toque em telas touch screen de gadgets como tablets e smartphones. Disponível nas cores branca e preta. www.mobimax.com.br

Case externo para HDs DragonEye é uma gaveta externa para HDs da Mtek. Compatível com HDs SATA I e SATA II de até 640 GB de capacidade, atingindo uma taxa de transferência de dados de até 480 Mbps através da porta USB 2.0. Também possui a função de backup e pode ser usado nos sistemas Windows 2000/XP/Vista/7 e MAC OS 10.2.8 ou superior. www.mtek.com.br


Prateleira

Novos organizadores

Cadernos para pré-adolescentes

A Paloni Embalagens lança a coleção Estojos com Divisórias, ideal para organizar acessórios e bijouterias. As peças têm acabamento interno em camurça, berço removível, vêm em três modelos e quatro estampas florais. www.paloniembalagens.com.br

Os novos cadernos da linha Bonequinhas, desenvolvida pela Norma, vêm com diferenciais como detalhes em 3D e efeitos metalizados, além da coleção Bonequinhas Palito, com capas escolhidas pelas fãs na internet. www.produtosnorma.com.br

Produtos

com conceito ecológico

Pensando no meio ambiente, a Waleu desenvolveu o Kit Escolar 1º Grau Pet (formado por régua, transferidor e esquadros), feito em material de garrafas pet pós-consumo e a Bolsa Ecológica em tecido reciclável.  www.waleu.com.br

52


Pincéis escolares Para os pequenos artistas, a Condor traz Pincéis Escolares com ponta redonda em pêlo de pônei. São indicados para o uso com tintas à base de água e disponíveis em 4 tamanhos. O cabo é de plástico, colorido e em formato anatômico. www.condor.ind.br

Hora de colorir A conhecida marca de lápis preto BIC Evolution, da Bic, é ampliada para os lápis de cor (com 12 e 24 unidades e em formato triangular gigante com 12 unidades), além de giz de cera com 12. Os lápis utilizam 50% de matéria-prima reciclada, além de ser atóxico; enquanto que o giz possui um exclusivo sistema abre/fecha e corpo plástico. www.bic.com.br


Prateleira

Calculadoras de mesa e bolso

A Maxprint apresenta 11 opções de calculadoras, atendendo a diferentes estilos e necessidades de consumidores. Coloridas, com 8, 10 e 12 dígitos, são 7 modelos de mesa com teclas macias, funções percentual e de raiz quadrada e 4 modelos de bolso com teclas emborrachadas. Todas possuem alimentação solar e bateria. www.maxprint.com.br

Apontador diferenciado A importadora Classe, que tem entre seus representantes no mercado brasileiro, a União Cristal apresenta o exclusivo apontador para ser acoplado ao lápis. Em formato cilíndrico, está disponível nas cores vermelho, azul, preto e rosa. Tel.: (11) 2105-9600

54


Brinquedos

Brincadeiras debaixo d’água O Caranguejo Jogos D’água, da Chicco, é um centro de atividades no formato do bichinho, que vem com uma concha separada para a criança encher de água e brincar na banheira. www.chicco.com.br

Galinha Pintadinha Fenômeno na internet e nas vendas de DVD, os personagens da turminha Galinha Pintadinha agora estão nos brinquedos da empresa Líder. Tem o Chute a Gol, com duas traves e uma mini bola; o Pula Pula; Jogo de Boliches; além das bolas em EVA e vinil. www.liderbrinquedos.com.br

Novas versões para massa de modelar A massa de modelar Moon Dough da Long Jump, segundo a empresa, é de fácil manuseio, antialérgica e nunca seca. São três novos modelos: Sorveteria, Coelhinhos e Zoológico Mágico, este último, devido um mecanismo de corda permite que os bichinhos criados “andem sozinhos”. www.longjump.com.br

56


Pequenos leitores Estimular o hábito da leitura desde cedo é a proposta da Girotondo com os livros da Emily e o Cavaleiro Prince. Coloridos e alegres são elaborados com texturas variadas e ajudam no desenvolvimento do sistema nervoso e visual. www.girotondo.com.br

Aprendizado e diversão

A Editora Luz e Vida apresenta quebra-cabeças com letras do alfabeto e números, além do jogo de tabuleiro “Contra Tempo”, em que o objetivo é ajudar o Smilinguido e a sua turma a chegarem a tempo para assistir às aulas. www.luzevida.com.br


Serviço

Entrevista Gapa Representações Ltda Tel.: (81) 3434-4945

Categoria de Produto Agora Digital www.agoradigital.com.br Anovati www.anovati.com.br Buy Digital www.buydigital.com.br Integris Brasil www.integrisbrasil.com.br Leadership www.leadership.com.br Maxprint www.maxprint.com.br Mobimax www.mobimax.com.br Mtek www.mtek.com.br Multilaser www.multilaser.com.br NewLink www.newlink.com.br

Negócios AF www.af-online.br.com Bic www.bic.com.br Cadersil www.cadersil.com.br Carbrink www.carbrink.com.br

58

Credeal www.credeal.com.br DAC www.dac.com.br Delfitec www.delfitec.com.br Dello www.dello.com.br Delta Giz www.deltagiz.com.br DGrafia www.dgrafia.com.br Filiperson www.filiperson.com.br Foroni www.foroni.com.br Kajoma www.kajoma.com.br Office Media www.officemedia.com.br Papéis Off Paper www.papeisoffpaper.com.br Plavitec www.plavitec.com.br Port Info www.portinfo.com.br Tilibra www.tilibra.com.br Waleu www.waleu.com.br

Raio X Dos Negócios Livrarias Mec www.livrariamec.com.br


60

Profile for Revista Papelaria & Negócios

Revista Papelaria e Negócios edição 91  

Revista Papelaria e Negócios edição 91

Revista Papelaria e Negócios edição 91  

Revista Papelaria e Negócios edição 91

Advertisement