Page 1


2


Editorial

Não vacile no atendimento Uma loja bem localizada, organizada de maneira impecável, com um sortimento incrível de produtos, mas no atendimento, pessoas despreparadas e desmotivadas. Será que esta revenda terá êxito nos negócios? Certamente não! Especialistas afirmam que 70% da perda de clientes se deve ao atendimento, enquanto que apenas 30% por produto melhor e preço menor. Por isso, não descuide deste aspecto em sua loja. Invista, aprimore e mude o que for necessário. Se for o caso, conte com o auxílio de uma consultoria especializada no assunto. Edmour Saiani, sócio-diretor da Ponto de Referência, oferece exatamente este tipo de consultoria para o varejo. “Ajudamos a construir e implantar a cultura de atendimento. Somos responsáveis pelo inovador movimento GAS - Gestão de Atendimento e Serviços”. Fique por dentro do assunto em nossas próximas páginas.

DIREÇÃO Paschoal Sabatine paschoal@papelariaenegocios.com.br William Gimenes william@papelariaenegocios.com.br PUBLICIDADE Marco Aurélio Sabatine marco@papelariaenegocios.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL Lia Freire (MtB 30.222) redacao@papelariaenegocios.com.br PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO Cristiana Lacutissa/Vitor Lacutissa CL Studio (11) 2749-0738 clstudio@terra.com.br CAPA Patricia Chammas IMAGENS Fotolia ADMINISTRAÇÃO E PUBLICIDADE Av. Alcântara Machado, 924 cj. 03 – Brás – CEP 03102-001 – São Paulo Fones (11) 3207-3896 / 3271-5867 pn@papelariaenegocios.com.br www.papelariaenegocios.com.br

Não perca também as novidades e tendências em calculadoras e colas. Produtos que são facilmente encontrados em qualquer papelaria e que pela diversidade possibilitam ao lojista atender vários perfis de consumidores. Você pretende impulsionar as vendas em datas comemorativas como Páscoa e Dia das Mães? Então conheça algumas novidades de produtos temáticos e sugestões de presentes para as épocas festivas. Vem do norte do País a história que apresentamos neste mês na seção Raio X dos Negócios. A Papelaria Lucena que tem em sua administração a quarta geração. Confira! Boa Leitura!

A Revista Papelaria e Negócios é uma publicação mensal da Top Brasil Editora dirigida a lojistas e fornecedores de artigos para papelaria e informática. Circulação nacional.

O conteúdo dos artigos e as declarações textuais contidas nas reportagens da Revista Papelaria & Negócios são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados.


Sumário

6 Marketing & Negócios – As notícias que movimentam o setor.

14

Entrevista - O consultor Edmour Saiani fala sobre a cultura e gestão de atendimento e serviços.

28

Raio X dos Negócios – A Papelaria Lucena, de Manaus, tem em seu comando, a quarta geração.

36

Fornecedores – As empresas Visitex e Ecologic e suas atuações no mercado de papéis fotográficos.

46

Prateleira Especial – Itens temáticos e sugestões de produtos para a Páscoa e Dia das Mães.

18 Tendência – As novas calculadoras. 30 Categoria de Produto – A versatilidade no universo das colas. 40 Licenciamento – As marcas e personagens que estão em evidência. 43 Informática – As novidades do segmento. 44 Prateleira – Um mix diversificado. 45 Brinquedos – O que está chegando nas lojas.

ESCLARECIMENTO Diferentemente do que foi publicado na edição nº 93 da Revista Papelaria & Negócios, mês de fevereiro de 2012, na seção Marketing & Negócios, o conteúdo da informação noticiada e enviada pela própria RT Tecnologia: “RT Tecnologia – Empresa fecha contrato de distribuição com a Oki do Brasil” não procede. Segundo os fabricantes Epson, HP e Lexmark a referida companhia não é distribuidora das marcas relacionadas. Em respeito aos nossos leitores e a todo o mercado papeleiro, esclarecemos que como porta-voz do setor o nosso compromisso é com a transparência, imparcialidade e a fidelidade às informações que nos são transmitidas. Ressaltamos ainda que como consta em nosso expediente, o conteúdo das notas, artigos e declarações textuais são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados. Portanto, quando uma informação não procede a mesma é retratada. Equipe Revista Papelaria & Negócios

4


Marketing & Negócios IIIª Convenção Nacional de Vendas Sid-Nyl Diretoria, profissionais de marketing, palestrantes e os responsáveis legais de empresas representantes, totalizando em 102 pessoas, participaram do evento, que apresentou as estratégias e táticas contidas no “Business Plan” 2012 da SidNyl. O ano de 2011 foi de grandes desafios e ótimas oportunidades para a companhia, de maneira a comemorar os resultados obtidos. “Para 2012, as perspectivas são as melhores possíveis, quer sejam frente ao mercado ou ao nosso portfólio, que está alinhado com os interesses e expectativas de nossos clientes e consumidores. Assumimos o compromisso de sermos líderes no mercado de brinquedos para o segmento de bonecas, assim, pensamos em novos projetos o tempo todo, ou seja, avanço na profissionalização de nossa equipe, aquisição de novas tecnologias e na criação e desenvolvimento de novos produtos como sendo condição sine-qua-non para ganhos de posições no mercado. É com este compromisso que “embarcamos” rumo a 2012 e apresentaremos na feira Abrin os nossos lançamentos.”, afirma Hélio Garcia da Silva, diretor comercial. Após dois dias completos de Convenção, realizada de 25 a 27 de janeiro de 2012, no Hotel Alpino, em São Roque (SP), a Sid-Nyl acredita que contribuiu para que cada participante compreendesse a nova formatação de negócios que a comA Convenção de Vendas Sid-Nyl reuniu 102 panhia deseja empreender. “Acreditamos que os representantes saberão definir pessoas, entre diretoria, profissionais de de maneira inteligente, objetiva e rápida seu plano de atuação para 2012, isso marketing, palestrantes e representantes. fará toda a diferença para que possamos atingir as metas traçadas. Torcemos e acreditamos que cada cliente visitado reconheça, através de nosso representante, a importância de se ter os produtos Sid-Nyl.” www.sidnyl.com.br

Equipe Acrimet de montanhismo no Aconcagua Foram meses de intenso treinamento físico e preparação antes dos atletas viajarem para a Argentina rumo ao Aconcagua, considerada a maior montanha das Américas. O objetivo era conquistar o cume do Sentinela de Pedra, nome local da montanha. Após muitas aventuras e caminhadas, a equipe se instalou no acampamento de Nido de Condores, onde enfrentaram fortes nevascas, ventos e temperaturas inferiores a - 20°C. www.acrimet.com.br Equipe Acrimet de montanhismo rumo ao Aconcagua, considerada a maior montanha das Américas.

6


Marketing & Negócios

Tem novidades na linha Durex Durex é lançado na A marca da 3M do Brasil, que chegou no Brasil em 1946 e cor transparente e há tornou-se sinônimo da categoria de fitas adesivas ganha investimentos e rejuvenesce com novos produtos e ações de marketing. também uma linha para empacotamento. “Durex foi a primeira fita adesiva vendida no Brasil e, até hoje, é uma marca muito forte e estratégica para a companhia”, admite Márcia Teixeira, gerente da divisão de papelaria e escritório da 3M do Brasil. Dentre as novidades estão a nova formulação (com adesão inicial mais forte), as fitas em cor transparente, linha para empacotamento, renovação das embalagens, ações de marketing no ponto de venda, novo site e comunicação em mídias especializadas. “Esperamos dobrar nossa presença em volume neste mercado nos próximos cinco anos”, prevê Márcia. As fitas Durex são produzidas localmente, nas unidades de Manaus (AM), Sumaré e Itapetininga (SP). www.durex3M.com.br

Jandaia tem novo site Em sintonia com a mudança da sua identidade visual e assinatura da marca, a Jandaia reformulou seu site. Além de poder conferir a coleção 2012, o internauta terá acesso a jogos e wallpapers. Quem acessar o site ouvirá a rádio Coca-Cola e comprando um produto Jandaia/Coca-Cola terá um qr code para baixar músicas da marca. Quem tiver smartphone poderá baixar as músicas. “A reformulação segue o novo padrão que a Jandaia quer em 2012, aumentando sua ligação com o cliente. O ponto forte é a modernidade do site e sua linguagem direta, atual e moderna”, afirma Fabrício Pardo, gerente de marketing do Grupo Bignardi. O site também terá um blog com notícias para os jovens e os internautas participarão de promoções exclusivas. www.cadernosjandaia.com.br

8


Bic investe 40 milhões de reais em sua fábrica de Manaus A empresa anuncia que aumentará em cerca de cinco mil metros quadrados o seu parque industrial localizado em Manaus/AM que passará a ter 45 mil metros quadrados de área construída. O investimento, na ordem de R$ 40 milhões, o dobro do valor aportado em 2011, será destinado para a construção de um novo prédio, que deve abrigar duas linhas de produtos totalmente novas, ou seja, ainda não fabricadas no país, bem como a ampliação de duas operações de produtos já existentes. “A matriz dedicou constantes investimentos na opeO parque industrial de Manaus passará a ter 45 mil metros ração brasileira, principalmente, nos últimos cinco anos. quadrados de área construída. O Brasil vem sendo considerado, pelos dois últimos anos consecutivos, a operação com o maior crescimento em vendas e lucro líquido do grupo Bic. O investimento de cerca de R$ 40 milhões, com previsão para ser concluído até 2013, só reafirma o compromisso sólido e consistente que a Bic tem com o país em prol de seu desenvolvimento”, enfatiza Horácio Balseiro, presidente da Bic Brasil. www.bic.com.br


Marketing & Negócios

Faber-Castell cria Estação de Escrita interativa

Empreendedorismo é o tema do livro de Luiz Arnaldo Biagio

Proporcionar uma experiência real da marca a clientes, oferecendo produtos com base na idade, hábito e preferências é o objetivo da Estação de Escrita, da Faber-Castell, plataforma instalada em lojas de São Paulo e Rio de Janeiro. A ação consiste em plataformas que além de contarem com diferentes produtos, permitem também que o usuário tire uma foto, customize e envie para a empresa, que expõe posteriormente na própria página do Facebook (www.facebook.com/fabercastellbrasil). Segundo Ana Cláudia Mascitto, gerente de marketing da Faber-Castell, a Estação chega para inovar o relacionamento com o cliente, que passa a ter uma alternativa moderna para descobrir o produto ideal. “De forma interativa, em uma tela touch screen, é possível selecionar características que definem qual é o produto ideal para cada pessoa. Além disso, o consumidor pode ainda testar diferentes produtos das nossas linhas e descobrir assim o que mais se adequa ao seu estilo de vida”, conclui. www.faber-castell.com.br

Ter seu próprio negócio é um sonho para muitas pessoas e na primeira chance, ela arrisca todo seu patrimônio, construído ao longo dos anos com muito trabalho e sacrifício, para realizá-lo. As palavras “chance” e “arriscar” foram utilizadas no sentido lato, ou seja, as pessoas que tentam realizar seu sonho desta forma, realmente arriscam tudo numa só chance, como se estivessem em um jogo e o resultado, na maioria das vezes, acaba sendo desastroso ou o sonho vira um pesadelo. O livro “Empreendedorismo – Construindo Seu Projeto de Vida”, de Luiz Arnaldo Biagio, da Editora Manole, é um alerta para as pessoas que buscam a realização de seus projetos de vida, e não um desestímulo, pelo contrário, deve ser visto como um estímulo para que o sonho seja convertido na construção de um projeto de sucesso. A falta de planejamento prévio é a principal causa dos casos de insucesso nas incursões empreendedoras. E fazer planejamento não é algo tão complexo assim, basta conhecer três variáveis básicas: conhecimento de si próprio como empreendedor, do mercado e do produto/da empresa. O livro é um guia para o planejamento prévio, desde o autoconhecimento das características comportamentais, enquanto empreendedor, passando pelo conhecimento do mercado abrangendo os concorrentes, os clientes e os fornecedores, indo até os entraves burocráticos para a formalização da empresa. A publicação estabelece a relação entre o sonho e a realização. Segundo o autor: “empreender é realizar sonhos no limiar do impossível”. biagio@intellecto.com.br

Plataforma instalada em lojas proporciona aos clientes uma experiência real da marca.

10


Mais uma edição do Gerando Demanda pelo Conhecimento Com foco na capacitação e desenvolvimento profissional – para o mercado papeleiro e Office - por meio de palestras motivacionais e treinamentos, o projeto Gerando Demanda pelo Conhecimento, realizado pela empresa CH Tech chega em sua quarta edição. Neste ano, o projeto visitará a região Norte do Brasil em duas de suas principais cidades: Manaus e Belém. Além disso, passará por praças tradicionais, como Recife e Rio de Janeiro, e depois de um ano de intervalo voltará para Curitiba e Goiânia. Cuiabá entrou novamente no calendário e também o formato de Lounge do Conhecimento, durante a Office PaperBrasil Escolar, com palestras rápidas e assuntos sugeridos pelos próprios participantes. O encerramento da programação contará com um evento diferenciado, em São Paulo, no formato de Market Place, com o objetivo de aproximar ainda mais compradores e fornecedores. Novidades no time de palestrantes, que tem agora o prof. Menegatti para abordar temas relacionados ao desenvolvimento do potencial humano com palestras nas áreas de Vendas, Motivação e Liderança. O projeto é mantido através de patrocinadores e apoiadores do segmento. Para 2012 estão confirmadas parcerias das empresas: Bic, Sheaffer, Pimaco, Chamex, Dello, Francal, Imex, Libreria, Procalc e Plus. Os apoiadores são Alare Comunicação, Brasil Escolar, Feira Office PaperBrasil Escolar e Revista da Papelaria. Confira as datas e praças do Gerando Demanda 2012: 27/03

Rio de Janeiro

17/04

Recife

15/05

Manaus

17/05

Belém

26/06

Goiânia

24/07

Cuiabá

28/08

Lounge do Conhecimento – Feira Office PaperBrasil Escolar

25/09

Curitiba

23/10

São Paulo

www.gerandodemanda.com.br


Marketing & Negócios

Abrin deve movimentar mais de R$ 2 bilhões A 29ª edição da Feira Brasileira de Brinquedos acontece de 9 a 12 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo. Considerado o maior evento do setor da América Latina e o terceiro maior do mundo, é promovido e patrocinado pela ABRINQ – Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos e organizado pela Francal Feiras. “A feira deve movimentar o equivalente a pelo menos 30% do faturamento anual da indústria nacional de brinquedos, estimado em R$ 6,4 bilhões para 2012, 9% a mais que no ano passado”, avalia Synésio Batista da Costa, presidente da ABRINQ. Durante quatro dias, 170 expositores estarão reunidos em uma área de 35 mil m² para apresentar novidades em brinquedos, itens pedagógicos, puericultura leve e pesada, jogos eletrônicos, pelúcias, miniaturas, fantasias e outros artigos. São em torno de 1,5 mil lançamentos que vão abastecer o varejo durante todo o ano, especialmente nas datas mais importantes para o setor: Dia das Crianças e Natal. A expectativa dos organizadores é superar os 16 mil profissionais do setor que visitaram a feira no ano passado. Expositores se preparam para a Abrin e mostram-se otimistas: A Kreateva, que produz artigos em EVA, está bastante otimista com a feira. Será a sua primeira

participação na Abrin. “Estaremos com vários novos produtos. Serão lançamentos da Marvel com os personagens Homem Aranha, The Avengers e Super Heros Squad; itens das Disney com os personagens Mickey, Fadas, Princesas, Winnie the Pooh, Marie, Carros e Handy Manny; a licença da Redibra, com o personagem Ben 10, além de uma linha completa de produtos didáticos”, adianta Ana Paula Baumgartner, gerente de marketing da Kreateva. Na Brinquedos IFA, a expectativa quanto a participação na Abrin também é muito boa. “Na ocasião temos contato direto com os lojistas e distribuidores, criando deste modo um relacionamento efetivo e importante”, observa Reynaldo Biscáro, gerente de marketing. Neste ano, a empresa apresentará um novo foco de atuação. Os seus lançamentos irão concentrar-se em bonecas e brinquedos populares, todos fabricados pela própria empresa. “Iremos surpreender com uma coleção inteiramente nova. Aproveito para convidar a todos a nos visitar e visitarem a Abrin.” www.abrin.com.br

12


Entrevista

A Gestão e Cultura do Atendimento “Atendimento é o único diferencial inimitável que uma empresa consegue ter.”

O que não faltam são reclamações sobre o atendimento no varejo. Também pudera, não investe-se! Os atendentes estão despreparados, não conhecem o produto que vendem, falta traquejo para as vendas, estão desatualizados e por aí vai... O Grupo Ponto de Referência surgiu para transformar este cenário. “Ajudamos a construir e implantar a cultura de atendimento. Na verdade, atendimento é um diálogo a três: do agente de atendimento, do líder que cuida deste agente e do cliente. É algo que deve ser planejado,

“Clientes querem

aprendido e praticado por todos que fazem parte da empresa”, des-

atendimento feito por

taca Edmour Saiani, sócio-diretor da Ponto de Referência, que criou

pessoas competentes”,

o movimento GAS - Gestão de Atendimento e Serviços. “Os líderes

Edmour Saiani.

fazem a Gestão de Atendimento e Serviços, enquanto que os agentes de atendimento praticam o Gostar de Atender e Servir.” Revista Papelaria & Negócios – Como ter uma equipe eficiente e comprometida com o bom atendimento? Edmour Saiani – A primeira providência, que recomendamos no nosso processo denominado GAS – Gestão de Atendimento e Serviços – é construir a cultura da companhia que deverá ser implantada. Frases que deverão reger o comportamento de todos que trabalham na empresa. Se isso não ficar claro, os conflitos surgirão e certamente afetarão os negócios. Revista Papelaria & Negócios - Defina o bom atendimento. Edmour Saiani – Eu não posso defini-lo! Quem define é o cliente. O melhor atendimento é aquele que cada cliente deseja receber. A máxima que virou mínima no varejo é: “atenda o cliente como você gostaria de ser atendido”. Cada cliente gosta de

14


paramos com os consumidores de anos

ser atendido do jeito dele. Em atendimento, as tribos são de uma pessoa. Revista Papelaria & Negócios - Quais as consequências de um bom atendimento? E de um mau atendimento? Edmour Saiani – O bom atendimento ajuda a vender para mais clientes, por mais tempo, com maior margem e reputação. Enquanto o mau atendimento faz com que o cliente procure uma loja que o atenda melhor, além de não indicar o estabelecimento. Quando, por qualquer razão, é obrigado a manter-se cliente da loja ou da marca, fala mal para todos os conhecidos e hoje em dia usa as redes sociais para demonstrar o seu descontentamento. É só dar uma olhada no link:

“Quase todo mundo acha que o atendimento acontece por acaso, sem esforço ou acha que atendimento é “culpa” de quem está na ponta.”

atrás? Edmour Saiani – Clientes querem atendimento feito por pessoas competentes e mais do que isso, que este atendimento esteja disponível em multicanais (SOLOMO - Social, Local e Móvel). As pessoas desejam achar os produtos/ marcas estejam elas onde estiverem. Por exemplo, no período de volta às aulas seria interessante um aplicativo no smartphone, em que fosse possível fazer o pedido do material escolar sem a necessidade de deslocar-se até a papelaria.

http://www.youtube.com/watch?v=5YGc4zOqozo. Revista Papelaria & Negócios - Por que Revista Papelaria & Negócios - Atualmente, quais as exigências relacionadas ao atendimento? Quais as principais mudanças observadas neste aspecto, quando com-

encontramos tantos problemas no atendimento? Edmour Saiani – Porque os varejistas in-


Entrevista vestem pouco em atendimento. Tem aqueles que

minar a distância entre conceitos e resultados.

não acham necessário, outros não sabem o que fazer e ainda há um terceiro grupo que até faz

Revista Papelaria & Negócios - Quais as principais de-

algo, mas sem estrutura. Por isso criamos o mo-

ficiências observadas hoje no atendimento realizado pelo

vimento GAS. O objetivo é ajudar os varejistas a

varejo?

implementarem processos e atitudes que façam

Edmour Saiani – O maior problema está na qualidade do

o seu negócio ser o melhor no mercado em que

líder para oferecer um atendimento nota 10, afinal sem este lí-

atua.

der, nada acontece. Desde o dono do negócio até o chefe de seção, o líder tem que ser preparado para ter equipes AIDDU

Revista Papelaria & Negócios – No que

- Atitude e Atendimento Incrivelmente Diferentes Do Usual.

consiste o movimento GAS? Edmour Saiani – O método é inovador, cria-

Revista Papelaria & Negócios - Houve progressos no

do pela nossa empresa Ponto de Referência, e

atendimento? Quais aspectos mereceriam ser destaca-

de fácil aplicação. Ele acontece em 7 fases:

dos? Edmour Saiani – Acho que houve e haverá continuamen-

•Ouvir a voz da comunidade de servir. É um

te. Mas somente quando os líderes se conscientizarem que

diagnóstico para entender o relacionamento com

depois de ter investido no ponto, móveis, arquitetura, pro-

o cliente e as relações intra e interáreas.

dutos, não pode se conformar em ter gente ruim atendendo.

• Definir a cultura da empresa e construir a causa

70% da perda de clientes se deve ao atendimento. Apenas

de atender e servir.

30% por produto melhor e preço menor.

• [Re]pactuar a atitude e as relações. Criar PACRevista Papelaria & Negócios - É preciso alto investi-

TOs - Pensar e Agir Coletivamente Transformando a Organização - para estimular a integração e

mento para oferecer um bom atendimento? Edmour Saiani – O custo do bom atendimento já está

o comprometimento entre as áreas. • Convidar e ativar a comunidade de servir. Pre-

embutido na folha de pagamento, afinal é o pessoal que vai

paração de toda a empresa para o projeto e de-

atender bem. O investimento na verdade é de tempo para

terminação das metas que se quer atingir.

formar a equipe. Também é fundamental a presença do dono

• Ciclo de aprendizagem e inovação estratégi-

na loja para dar o exemplo de como o atendimento deve ser.

ca de atendimento. Consiste no aprofundamento

Outro importante investimento é procurar gente boa. Dá muito

dos temas ligados diretamente a construção de

trabalho, mas quem se dá ao trabalho tem muito mais resul-

atendimento, serviço e operação.

tado. Atendimento começa e acaba com gente com vocação

• Sistematizar e [Re]aprender. Toda a implanta-

de atender. Isso não se ensina na loja.

ção das ações da cultura e do aprendizado dos Revista Papelaria & Negócios - Quais os objetivos da

módulos de capacitação será consolidada através do movimento GAS. Focado em patrocinar

Ponto de Referência?

e gerir as ações que se pretende que ocorram

Edmour Saiani – Queremos transformar o ano de 2012

nos pontos de contato com o cliente. O sistema

no Ano de Atendimento do Brasil. Se vocês quiserem parti-

funciona como e-learning e controle de implan-

cipar é só falar com a gente!!! Vem a Copa, as Olimpíadas e

tação.

o país precisa estar preparado. Estamos fazendo um grande

• Monitorar indicadores. Essa fase ajudará a eli-

esforço para isso.

16


Tendência

Tudo devidamente Coloridas, práticas, multifuncionais e com recursos especiais. Estão aí algumas das características de uma nova geração de calculadoras

Se antes elas possuíam um visual sisudo, sem grandes

As cores ganham destaque entre as calculadoras. Modelos distribuídos pela CHTech.

atrativos, cumprindo simplesmente a sua função de realizar cálculos numéricos, hoje elas estão bem diferentes. Desenvolvidas por vários fabricantes, em diversas formas e tamanhos, variam em preço de acordo com a sofisticação e os recursos oferecidos. A CHTech é um dos fornecedores deste mercado. Oferece um amplo mix de calculadoras, totalizando mais de 100 modelos (pessoais, de mesa, de impressão, científicas, financeiras, entre outras) sob as marcas: Procalc, Truly (ambas têm um ano de garantia) e Zeta (3 meses de garantia). E, há novidades como as calculadoras com estilete para cortar envelopes, com face que troca (como papel de parede), calculadora financeira que funciona 100% igual ao padrão usado nas salas de aulas, custando metade do preço praticado, além de serem coloridas. “Em termos tecnológicos não tivemos grandes mudanças nos últimos anos. Na realidade, costumamos nos deparar com a seguinte situação: calculadoras desenvolvidas com componentes eletrônicos mais baratos, consequentemente os preços tornam-se mais baixos e a vida útil dos produtos diminui consideravelmente, com isso, os lojistas podem estar competindo diretamente com os camelôs, portanto, é preciso ficar atento ao compor o seu mix”, observa Lucas Huang, diretor comercial da CH Tech. Por ser um dispositivo que apresenta dados mais técnicos, Huang lembra que sem conhecimento adequado, o vendedor poderá perder as vendas, então, o desafio da empresa é treinar cada vez mais os vendedores. “Usamos o projeto Gerando Demanda pelo Conhecimento para treinar vendedores e mostrar porque a nossa empresa tem a melhor proposta e mix de produtos para qualquer papelaria. Treinamento e capacitação é a chave para chegarmos nas lojas.” Cores vibrantes, visores amplos, alimentação dupla (solar e bateria), teclas plásticas, cálculos de mark up, alíquotas, câmbio, entre outros aspectos caracterizam os modelos das

18


calculado calculadoras Casio, representadas no Brasil pela Eletrônicos Pince Cweb. São opções como as calculadoras científicas, gráficas, de bolso, mesa e impressoras. Todas têm em comum, segundo informação do distribuidor, tecnologia avançada aliada ao design inovador. “A Casio aposta forte nos modelos de calculadoras científicas e gráficas”, destaca Roberta Tolentino, gerente de vendas da Eletrônicos Pince Cweb. Dependendo do modelo da calculadora Casio, a Eletrônicos Prince Cweb oferece de 1 a 4 anos de garantia e também serviços de pós-venda e assistência técnica. Para facilitar a exposição das suas calculadoras e conferir um layout adequado, estimulando as vendas no ponto de venda são disponibilizados pela CWeb displays de balcão personalizados.

Inovação constante São mais de 100 modelos no mix da importadora Classe, desde as pequenas e práticas, com ou sem protetor frontal, para uso pessoal, passando pelas calculadoras de mesa com visor duplo e funções específicas, como cálculo de mark up, chegando às científicas e que imitam os aparelhos celulares, estas últimas bastan-

“As calculadoras Casio apresentam tecnologia avançada e design moderno”, Roberta Tolentino, da distribuidora Cweb.

Calculadora Procalc com face que troca, mais uma novidade que chega ao mercado.


Tendência

A Casio desenvolve calculadoras em cores vibrantes e modelos variados: de bolso, mesa, científica, gráfica e impressoras.

Calculadora científica distribuída pela Classe, com design diferente, colorida e funções de relógio e alarme.

te populares entre o público infantil. “Toda a nossa linha é produzida na China, mas possuímos um diferencial importante em relação à maioria das importadoras que atua nesse segmento: mantemos sólidas parcerias estratégicas com nossos fornecedores e não praticamos compras de ocasião. Isso nos permite participar ativamente do desenvolvimento do produto até sua configuração final, garantindo o padrão de qualidade”, explica Eliane De Martini, gerente de comunicação e de marketing da Classe. Dentre os modelos da importadora que se destacam estão as calculadoras CLA-2078, que vem com prancheta em acrílico; CLA-6292 produzida em material flexível, disponível nas cores rosa e azul, com teclado sem botões. O acionamento se dá por meio de sensores embutidos sob o próprio corpo da calculadora; CLA-7618 com design moderno, tampa deslizante e funções de relógio e calendário; CLA-88MS, modelo científico com design diferenciado e CLA-402, com teclas em acrílico, função memória e raiz quadrada. “As tendências para as calculadoras especialmente destinadas ao público juvenil estão nas cores vivas e no design diferenciado. Temos também verificado um crescimento de demanda em relação às calculadoras de visor duplo, nas quais tanto quem calcula, como quem está observando os cálculos podem acompanhar os resultados. Quanto maior o valor agregado tecnológico em uma calculadora, melhor a sua aceitação”, analisa Eliane. A gerente da Classe afirma que é bastante complexo o trabalho para detectar as atuais exigências dos consumidores, já que eles estão bem segmentados. “Hoje, apenas para tomar como exemplo, temos um mercado direcionado exclusivamente para o consumidor com orientação sexual diferenciada e também temos o público infantil e juvenil, que

20


Tendência

Outro destaque da Classe é esta calculadora produzida em material flexível, o teclado sem botões é

passou a ter decisão de compra. A informação chega quase que instantaneamente aos mais diferentes lugares do mundo e uma novidade passa a gerar demanda em outros continentes imediatamente, influenciando as decisões estratégicas corporativas.”

acionado por sensores.

Calculadoras mais atrativas e funcionais A Elgin antes de desenvolver uma nova calculadora sempre leva em consideração as reais necessidades dos consumidores. “Hoje atingimos públicos de diversas faixas etárias e por esse motivo buscamos apresentar ao mercado peças que facilitem o dia a dia do usuário. Acredito que temos que agregar funções e tornar o produto cada vez atrativo e funcional”, enfatiza Mara Cristina Lavia, gerente de marketing. Uma tendência observada e colocada em prática pela empresa diz respeito ao meio ambiente. Sempre que possível, a Elgin utiliza componentes e peças menos agressivas. “Podemos citar como exemplo, o uso de papel na composição das embalagens, os compostos plásticos dos gabinetes baseados em polímeros menos agressivos e recicláveis ou o uso de células solares cada vez mais eficientes e que dispensam o uso de baterias. Além da questão ecológica, destacamos que vem sendo priorizada em nossas linhas de calculadoras o uso de cores, mais vivas e com acabamento polido do tipo piano.” A empresa oferece calculadoras de bolso, científicas, financeiras, leves, pesadas e as compactas. Destacam-se a que vem com bobina, MR 6126, com impressão bicolor para chamar a atenção para os resultados das operações de soma, subtra-

Calculadora com bobina, da Elgin, tem como diferencial o display bicolor.

A CLA-7618, da Classe, segue a

Quando a soma

tendência do design moderno.

é positiva os números

Possui tampa deslizante e

aparecem em verde e

funções relógio e calendário.

quando negativa em

22

vermelho.


ção, divisão, multiplicação, porcentagem e cálculos de taxa e vendas comerciais; e os modelos MV4125, MV4126, MV4127 e MV4128 nas cores azul, verde, roxo e laranja, respectivamente, e design arrojado. A Elgin oferece garantia de 90 dias para os modelos de bolso e 180 dias para os demais modelos. A sua assistência técnica atende todo o território brasileiro. Das opções mais tradicionais para o uso em escritório chegando às coloridas e com design diferenciado para o público jovem, que prioriza estilo e sofisticação, a Maxprint possui um portfólio de 15 calculadoras. Todas possuem dupla fonte de alimentação: bateria e energia solar. “São produtos de grande durabilidade devido à utilização de material de alta qualidade na composição, tecnologia de ponta na linha de produção e um avançado sistema de controle de qualidade. As calculadoras são comercializadas em caixas e blisters. Embora o maior volume de vendas ainda seja dos modelos mais tradicionais, muitos consumidores buscam uma calculadora que expresse o seu estilo de vida ou sua personalidade. Por este motivo, a demanda de produtos com design diferenciado e cores vibrantes vem crescendo bastante. Seu conceito vem deixando de ser o de um produto banal para algo cada vez mais atrativo aos olhos do consumidor”, explica Gabriela Tavares, gerente de materiais e escritório da Maxprint. A empresa em 2012 lançará seis modelos de calculadoras. O lojista que optar por trabalhar com a marca Maxprint, segundo a própria empresa, conta com um suporte pós-venda completo. Tem o departamento de trade marketing que acompanha o giro do estoque no PDV e a equipe de SAC que é treinada para solucionar qualquer ocorrência que aconteça, sempre da forma eficiente. “Existem diferenciais entre as calculadoras que podem ou não ser fundamentais para o usuário, por isso o vendedor precisa estar preparado para oferecer ao consumidor o melhor custo x benefício. Aqui na Maxprint disponibilizamos aos balconistas treinamentos por meio da Universidade Maxprint, que já treinou mais de 7.000 profissionais em todo o Brasil”, acrescenta a executiva Gabriela.

As tradicionais nunca saem de “moda” Distribuidora da marca Sharp, a importadora Opeco comercializa desde as calculadoras mais básicas como a de

O design arrojado e as cores vibrantes também são aspectos presentes nos modelos da Elgin.

Todos os modelos da Maxprint possuem dupla fonte de alimentação: bateria e energia solar


Tendência

A calculadora Sharp, EL2192RII, com impressora, privilegia a praticidade, tem visor de 12 dígitos, teclas grandes e inúmeros recursos. TRIS Calc vem em 5 cores vibrantes, capa de proteção e formato de bolso.

bolso, até maiores, com impressora, passando pelos modelos científicos. Para André Saslavsky, gerente de produto, o design não é um atributo que gera tanto valor percebido no segmento de calculadoras. No entanto, há algumas características e diferenciais que tornam o uso do produto muito mais prático. “Um exemplo que temos é um modelo de mesa com visor articulado e teclas e laterais emborrachadas. O acabamento emborrachado, além de proteger contra batidas e quedas, permite um uso mais confortável, ou seja, a calculadora não escorrega na mesa, a digitação das teclas é “mais firme” e o visor articulado ajuda na visualização dos números digitados. Percebemos, por exemplo, que a demanda por modelos com funções mais básicas (de bolso ou de mesa) ainda existe, pois apesar do aparelho de telefone celular ser útil na questão de portabilidade para fazer pequenas contas, a utilização é mais prática, através da calculadora, por ter, por exemplo, teclas maiores. Não vislumbramos o surgimento e lançamento de “supermodelos”, que contemplem um enorme número de funções e aplicações, bem como design diferenciado. No entanto, consideramos que o mercado de calculadoras tradicionais, ainda tenha demanda significativa por bastante tempo.” Recentemente, a Opeco trouxe para o mercado o modelo EL2192RII, com impressora, visor de 12 dígitos, teclas grandes e inúmeros recursos, como impressão de 3 linhas por segundo, tecla de mark up, porcentagem etc. E, há alguns meses lançou outro modelo, também da Sharp, porém para a linha escolar (científico), a EL506XBWH, que conta com visor de 2 linhas e 469 funções, abrangendo uma ampla variedade de aplicações em matérias, como biologia, física, química e matemática. Na opinião de Saslavsky, os lojistas devem ter em seu estabelecimento ao menos três opções de calculadoras e com isso poderão atender praticamente toda a demanda. São elas, as calculadoras com impressora (para os clientes corporativos/ escritórios); modelos científicos (bastante procurados para uso escolar) e as menores (de mesa e de bolso), estas últimas fazem parte daqueles produtos considerados “ponta de gôndola”, que são comprados por impulso. “Nós temos, em nosso mix, modelo de bolso que custa R$ 10,00 na ponta. Observo que as calculadoras com impressora e as científicas demandam a exposição de informações no ponto

24


As calculadoras Concept posicionam-se como produtos com layout tradicional, ótimo desempenho e custo competitivo.

de venda para gerar interesse. Seriam, por exemplo, quantidade de dígitos no caso da primeira e quantidade de funções no caso da segunda.” Para que os donos de papelaria tenham acesso a seus produtos, a Opeco adotou uma política comercial flexível, que procura não onerar o estoque das lojas, propondo compras menores e mais constante. “Nosso pedido mínimo é de valor baixo (R$ 400,00) e não há exigência de compra por caixa master, ou seja, a papelaria pode comprar uma ou duas unidades de cada, bem como, de vários outros itens de nossa linha para formar um pedido. Para a Grande São Paulo entregamos com frota própria em até 48 horas”, explica Saslavsky. A Opeco destaca ainda o seu serviço de assistência técnica. A empresa coordena 300 postos autorizados em todos país, que estão listados no site www.opecoservice.com.br. As calculadoras têm garantia de no mínimo 6 meses, contados a partir da nota fiscal de venda do lojista ao consumidor. “Além disso, ofertamos todos os modelos de tomada, com cabo homologado pelo Inmetro e em versões 110v e bivolt.”

Priorizando o conforto Segundo Andrea Medeiros, gerente de marketing da Summit, a tendência para a empresa na categoria de calculadoras está voltada para o conforto na utilização e na visibilidade dos números aliada ao aspecto do design. Há também uma grande preocupação com a utilização de fontes de energia e sustentabilidade. “Todos os modelos da Summit contemplam memória independente (M+, M-, MR e MC), mark up (MU) e montante final (GT). Além disso, 90% das nossas calculadoras possuem a função Power Off, que proporciona o desligamento automático após período sem uso, economizando energia, além das operações básicas.” As calculadoras da Summit contam com manual de instruções detalhado em português e espanhol, embalagem segura e garantia estendida, além de suporte para ajuste de altura e capas protetoras. Entre as calculadoras da marca, destacam-se a TRIS Calc, direcionada ao público infantil e os modelos da UFFIZI para a linha Office. “Na TRIS Calc oferecemos 5 cores vibrantes e capa de proteção. A TRIS SU-050


Tendência

Para o consumidor teen, a Tilibra apresenta calculadoras das marcas Red Nose e Jolie.

é uma científica que possui 240 funções, seu diferencial é a utilização de energia solar e capa protetora. As calculadoras UFFIZI se destacam pelo design arrojado, e seguem uma linha contemporânea, clean e em sintonia com as estações de trabalho onde há uma preocupação com a ambientação e estilo. Enquanto que a linha Concept é formada por 5 modelos de bolso e de mesa, tendo layout tradicional, ótimo desempenho e custo competitivo”, explica Andrea.

Para o consumidor teen Após pesquisas, a Tilibra constatou a demanda por calculadoras específicas para o público teen, por conta disso, desenvolveu quatro modelos que vêm associados a personagens: Jolie, Capricho, Plush Poison e Red Nose. “Atualmente, 20% do nosso mix é desenvolvido para este público teen”, afirma Antônio Jorge, gerente de novos negócios da Tilibra. As calculadoras da empresa possuem manual em português e garantia de um ano. A Tilibra também oferece outras opções, de bolso, mesa, com cordão, científicas e com visual clean, com visor de cristal líquido e teclas supersensíveis. “Hoje, não basta para o cliente um aparelho que apenas faça contas. Entre uma calculadora comum sem atributo e um produto diferente, o cliente opta por este último. Por isso, a Tilibra procura inovar para ter o diferencial em relação à concorrência. Oferecemos, por exemplo, capas protetoras para não riscar a tela e o teclado, visor grande que permite inclinação, cores e formatos diferenciados.” Para que a sua linha tenha visibilidade no PDV, a Tilibra oferece expositores especiais. Além disso, as calculadoras vêm em embalagem do tipo blister para que o consumidor possa ver o produto facilmente e analisar todos os seus atributos antes de adquiri-lo. “O As calculadoras da comércio de calculadoras tem crescido muito nas Tilibra vêm em blister papelarias, a exposição talvez seja um ponto a para o consumidor ser fortalecido, pois as calculadoras são projetavisualizar o produto das para serem penduradas e não empilhadas. A e analisar os seus exposição correta certamente aumentará a venda atributos, antes da por impulso deste produto”, conclui o executivo compra. da Tilibra.

26


Raio X dos Negócios

Papelaria Lucena

Em seu comando, a quarta geração No ano de 1955 empresários do Amazonas entraram no negócio de impressão

É da região Norte do País, mais precisamente de Manaus, considerada a sexta cidade mais rica do Brasil, que vem a história do varejo apresentado neste mês

tipográfica, acompanhando o crescimento da região e as necessidades que surgiam na época. Ficaram neste ramo durante quatro décadas, quando então perceberam um outro mercado que despontava como promissor: o varejo papeleiro e assim decidiram encerrar as atividades no segmento de impressão e investir nesta nova área de negócios. Em 1994 surgia a papelaria Lucena, uma loja que traz o sobrenome da família que a fundou. O seu foco principal foi, e continua sendo, a comercialização de artigos de papelaria e escolares, para escritório e presentes, muito embora, os proprietários tenham acrescido ao mix, os itens de informática. Na região já existem várias lojas especializadas em informática, por isso, para este segmento dedicou apenas 10% do seu portfólio. Enquanto isso, os itens escolares representam 40% do mix, produtos para escritório 50% e os 10% restantes são outros tipos de artigos. “Eu acredito que a principal vantagem em atuar neste mercado seja exatamente esta diversificação de artigos e consequentemente o leque de clientes que conseguimos atingir, afinal todos necessitam de algum artigo de papelaria. Temos clientes de vários perfis, são pessoas físicas de diferentes idades, geralmente clientes de balcão e pessoas jurídicas, que estão enquadradas nas vendas corporativas”, afirma o gerente Diego Lucena, que representa a quarta geração à frente dos negócios da loja.

Atendimento VIP Com o objetivo de alcançar a plena satisfação dos seus clientes, na Papelaria Lucena o atendimento é considerado peça-chave e está sempre no centro das atenções dos sócios. Hoje em dia é oferecido, por exemplo, o serviço de disk entrega,

28


em que basta o cliente ligar para receber a mercadoria em casa ou no escritório. “Para aqueles que sempre compram conosco, distribuimos brindes. É um pequeno gesto, mas de tamanha importância para os nossos negócios e que demonstra o cuidado que temos em manter uma ótima relação. E, não importa se o cliente entrou em nosso estabelecimento para adquirir apenas uma caneta ou uma lista de material escolar, todos serão bem atendidos!”, enfatiza Diego. Para que os oito colaboradores da Papelaria Lucena possam oferecer este atendimento de qualidade, que a loja tanto preza, e tornem-se profissionais ainda mais capacitados e atualizados com o mercado, os donos da Lucena sempre que necessário promovem palestras e reuniões, em que são abordados diferentes assuntos, principalmente sobre as novas tendências no ramo da papelaria. “Este trabalho que desenvolvemos é internamente e de nossa responsabilidade, dificilmente temos o apoio ou suporte da indústria.”

Faça o que gosta e fará bem feito Diego afirma que o exercício de qualquer atividade empresarial implica em um risco e no ramo papeleiro não é diferente.

“Existem meses que o movimento está bom, em outros cai consideravelmente, mas, quem é do setor já está acostumado com esta sazonalidade e procura contornar da melhor forma. O principal para obter êxito no setor papeleiro é gostar deste ramo. Além disso, para o sucesso nos negócios é fundamental nos mantermos atualizados sobre as mudanças, tendências e novidades do mercado.” O gerente também enfatiza a importância das relações comerciais que são mantidas com os fornecedores. Na Papelaria Lucena elas acontecem quase que 100% diretamente com a indústria, sem passar por distribuidores ou atacadistas. “Nossa relação é extremamente harmônica com a maioria deles, podemos destacar como os melhores fornecedores e nossos grandes parceiros, Mercur e Tilibra”, explica Diego. Quando indagado sobre os próximos objetivos para a papelaria, o gerente afirma que continuar oferecendo um atendimento de excelência está entre as prioridades, mantendo-se assim,uma referência em Manaus.

Diego Lucena representa a quarta geração à frente dos negócios da papelaria Lucena, presente no mercado manauara desde 1994.


Categoria de Produto

Colas Para tod Líquidas ou em bastão, brancas ou coloridas, com brilho, em novos formatos e para diferentes aplicações. A variedade encontrada na categoria de colas

As colas da 3M trazem o selo no Inmetro e a versão líquida possui maior percentual de sólidos, o que caracteriza ótima adesividade.

Elas estão presentes em casa, na escola, no escritório e no dia a dia de qualquer pessoa que precise unir materiais. Com o tempo elas foram sendo aprimoradas, surgiram diferentes versões, tornaram-se mais resistentes e passaram a produzir efeitos estéticos ainda melhores. Estamos falando das colas. Existe um tipo específico (epóxi, PVA ou acrílica, silicone, instantânea, quente, látex e muitas outras) para cada material. O princípio fundamental é a afinidade da cola, ou seja, ela precisa combinar com a superfície que for colar. Por exemplo, uma cola de tecido não serve para colar materiais plásticos e vice-versa. Comprometida em oferecer produtos de qualidade, a 3M, antes mesmo do selo do Inmetro tornar-se obrigatório em itens escolares como é no caso das colas, a empresa já o trazia em sua linha. O fabricante disponibiliza atualmente para o mercado as colas líquidas Scotch em 40g, 90g, 500g e 1kg; colas bastão 8g, 20g e 40g; a Lapiscola branca e transparente 40g que tem embalagem no divertido formato de lápis e, por último, os adesivos em spray reposicionáveis e permanentes. “Destaco ainda que as nossas colas líquidas Scotch apresentam um maior percentual de sólidos - o que caracteriza a adesividade da cola é o percentual de sólidos presente na composição. Quanto mais sólidos, melhor e mais rapidamente acontecerá a adesão ao material. Além disso, quanto mais sólidos, melhor será a adesão aos materiais mais pesados, como couro, madeira etc. Também vale reforçar que a nossa embalagem da cola bastão possibilita que o consumidor use o produto até o final, sem desperdício, uma vez que a substância está presa na base e não cai enquanto o trabalho está sendo executado”, explica Márcia Teixeira, gerente de negócios de papelaria e escritório da 3M do Brasil.

30


das as tribos Dos adesivos para as colas A expertise em produzir os adesivos de suas fitas adesivas levou a Adelbras a lançar em agosto de 2011 uma linha de colas. “Oferecemos produtos com alta performance a preços competitivos”, destaca José Carlos B. de Campos Junior, gerente comercial da Adelbras. O seu mix é formado pelos seguintes produtos: cola em bastão com 10g; adesivo instantâneo Extra Bond bisnaga de 3g e a mais recente novidade, cola em fita, disponível nas versões pontilhado e serrilhado, voltada tanto para o mercado de escritório, quanto para a atividade de scrapbooking. Junior aponta os diferenciais que são encontrados nas colas Adelbras: “na cola instantânea Extra Bond, por exemplo, além de chegarmos com um preço atrativo, investimos em uma tampa antientupimento, proporcionando utilização por mais tempo; a nossa cola

Novidade da Adelbras, a cola em fita é para os praticantes do scrapbooking.

Lapiscola, da 3M, tem embalagem divertida,

O adesivo instantâneo

especialmente

Extra Bond tem tampa

voltada para as

antientupimento.

crianças.


Categoria de Produto

Colas coloridas e com glitter são as apostas da Delta Artigos Escolares.

Diversidade no mix da Radex.

em bastão mantém a maciez, mesmo sendo exposta ao calor, e não “empedra”, desde que mantidas as condições ideais de uso e armazenamento.”

Colas coloridas, com glitter, em forma de spray... É com a sua marca Koala, que a Delta Artigos Escolares atua desde 2006 no segmento de colas, desenvolvidas à base de água e PVA. Hoje, a empresa oferece opções como a cola branca (40g, 90g, 500g e 1kg); cola isopor (40g, 90g, 450g e 900g); cola colorida (25g); cola glitter (25g) e cola glitter em cores especiais, todas devidamente aprovadas pelo Inmetro. A postura adotada pela empresa para atuar em um setor onde os produtos são semelhantes é investir na qualidade e oferecer preços acessíveis. “Também procuramos pesquisar para fabricar linhas que têm demanda, mas ainda não são comercializadas por outras empresas como é o caso da cola glitter em cores especiais”, afirma Paula Yamazaki, diretora comercial da Delta Artigos Escolares. As colas da marca Koala são liberadas para envase e comercialização somente após serem submetidas e aprovadas nos testes de teor de sólidos, de colagem e do PH do produto. A Delta já realizou importantes investimentos em sua linha de produção, triplicando a capacidade de envase, desde que entrou neste setor há 6 anos. “Em 2011 investimos nas linhas de colas colorida e glitter, que vêm apresentando uma crescente demanda. Também teremos novos equipamentos que serão instalados a partir de maio e ampliaremos a linha”, explica Paula. Novidades também no mix da Radex, que ampliará a sua linha com a cola em spray e a hobby glue, que juntam-se ao portfólio atual composto pelas colas em bastão, branca líquida, para isopor, para E.V.A, para madeira e goma arábica. “As colas Radex são atóxicas, fabricadas com matérias-primas selecionadas de fornecedores credenciados por normas de qualidade. Destacam-se ainda nossas embalagens modernas e o prático sistema de abre-e-fecha no caso das colas líquidas e para E.V.A. Nossos produtos são desenvolvidos dentro de um rigoroso controle de qualidade”, lembra André Natan Nussbacher, diretor comercial da empresa.

32


Categoria de Produto

As opções oferecidas pela Siquiplás seguem as tendências e necessidades do mercado.

Colas à base de água, de fácil aplicação e com excelente rendimento. A partir desta proposta, a Siquiplás desenvolve as suas linhas. São colas para papel, pano, isopor, de contato permanente e para biscuit. “Nosso objetivo é oferecer produtos diferenciados, com excelente qualidade, ótimo preço, além da rapidez nas entregas”, enumera Rosana Gonçalves, diretora comercial da Siquiplás. Para a executiva, as tendências em termos de cola se resumem a produtos à base d’água, com melhor aderência, baixo odor (a empresa trabalha inclusive com versões perfumadas), de fácil aplicação e limpeza, econômica e não poluente ao meio ambiente. A Siquiplás além de realizar testes em seu laboratório fornece amostras a clientes específicos. “Este é o melhor controle de qualidade, ou seja, a pesquisa com lojistas, professores e artesãos. A opinião deles é muito importante, pois é daí que sabemos se o produto está ou não aprovado.” Segundo informações da empresa, as vendas na linha de colas atingirão em 2012 um crescimento de 20%. “Este índice é um fato, mas nossa meta é desafiadora e desejamos alcançar a marca de 50% de crescimento”, afirma Rosana.

Licenciadas Marcas e

Trabalhar com produtos associados a personagens e marcas consagradas entre os públicos infantil, teen e juvenil é uma pránas colas da tica constante nos negócios da Tilibra, incluindo no ramo de coTilibra. las. Neste segmento, o fabricante oferece colas bastão, branca, colorida e com glitter das licenças Jolie, Plush Poison, Bichinhos, Capricho, Red Nose, entre outras. “Os principais diferenciais nas nossas colas estão na qualidade como adesividade, durabilidade e praticidade, são produtos compostos por substâncias atóxicas e laváveis; e destacamos ainda o design e a embalagem diferenciada, bem como as licenças que investimos”, observa Antônio Jorge, gerente de novos negócios da Tilibra. “As colas Radex são Outro fabricante que também oferece colas licenciadas é a atóxicas, fabricadas Summit, com linhas da Barbie, Hot Wheels, Princesas, Carros, com matériasPolly, Fadas, entre outras. “Além da qualidade, o nosso destaque primas selecionadas também está nas licenças, que trazem os personagens preferide fornecedores credenciados por normas dos das crianças. Ter essas marcas significa estar em sintonia com o universo infantil e despertar o interesse dos pequenos”, de qualidade”, André afirma Andrea Medeiros, gerente de marketing da Summit. Natan Nussbacher.

personagens

34


Inovar Uma cola bastão que produz rastro roxo que desaparece após a aplicação para que seja possível enxergar onde foi usado o produto; uma cola líquida lavável que possui bico com espátula para espalhar adequadamente a substância; colas glitter em cores intensas, com bico dosador e material lavável são alguns dos diferenciais encontrados no mix da Summit. “Embora a cola mais procurada continue sendo a branca, muito utilizada em trabalhos escolares, é notável que cada vez mais técnicas diferentes e atrativas são realizadas nas escolas e isto influencia o mercado a desenvolver novos produtos. As datas festivas do calendário escolar, como Páscoa e Dia do Índio, por exemplo, favorecem a busca por novas técnicas para a confecção de fantasias, cartões e outros materiais. Isto faz com que os fornecedores mantenham este mercado aquecido com novidades para inovar a cada ano, o que é muito positivo para o papeleiro”, analisa Andrea, gerente da Summit.

O bico com espátula ajuda a espalhar a cola. Mais um destaque na linha da Summit.

Cola Dissapear, da Summit, produz um rastro roxo que desaparece após aplicação.


Fornecedores

Os papéis

fotográficos Fornecedores como Visitex e Ecologic comemoram os bons resultados obtidos na comercialização dos papéis fotográficos A marca Datajet, da Visitex, apresenta papéis fotográficos nos acabamentos glossy, matte e glossy autoadesivo.

A democratização no valor das máquinas fotográficas digitais, nas impressoras e multifuncionais, muito embora ainda haja queixas por parte dos consumidores com relação aos custos dos cartuchos e toners, possibilitou que a grande maioria dos brasileiros passasse a imprimir suas fotos em casa. E foi neste cenário que os papéis fotográficos ganharam projeção e passaram a ser consumidos. Várias marcas surgiram e uma diversidade de papéis foram apresentadas. A empresa Visitex vem acompanhando a expansão deste mercado e comercializa há 10 anos uma linha completa de papéis fotográficos sob a marca Datajet. São papéis à prova de água, para impressoras jato de tinta e laser, com acabamentos glossy e matte, além da versão glossy autoadesivo. Todos eles são oferecidos em embalagens laminadas que visam preservar o produto por muito mais tempo. Embora aparentemente estes papéis não representem mais nenhuma novidade para o consumidor brasileiro o executivo da Visitex, Adrian Rossano, lembra que ainda há muita falta de informação, tanto por parte dos balconistas, quanto dos consumidores, para que se escolha o papel adequado. “Ainda hoje, os papéis fotográficos são “comprados” e não “vendidos”. Na tentativa de mudar esta situação, procuramos desenvolver embalagens

36


“Procuramos instruir nossos clientes a respeito da correta informação sobre os papéis, além de distribuirmos mostruários”, Adrian Rossano, da Visitex.

autoexplicativas. Também buscamos instruir nossos clientes a respeito da correta informação sobre os produtos, além de distribuirmos mostruários.” Outro importante fornecedor deste mercado é a Ecologic, que disponibiliza papéis especiais com qualidade fotográfica para impressoras laser e jato de tinta. “Nossa linha tem papéis com densidade maior, secagem rápida e um brilho especial”, afirma Rodrigo Alexandre Thomaz, diretor de marketing da Ecologic. O executivo observa, no entanto, que o setor ainda é prejudicado pela existência de papéis de qualidade bastante ruim, vendidos a preços bem abaixo dos praticados, mas Thomaz lembra também que existe a seleção natural do mercado e que no final se mantém apenas as marcas que oferecem qualidade. A Ecologic segue otimista, desenvolvendo novas linhas e tecnologias com o intuito de atingir todas as regiões do mercado brasileiro. A Ecologic disponibiliza papéis especiais com qualidade fotográfica para impressoras laser e jato de tinta.


A mais completa do Setor

Acesse: www.papelariaenegocios.com.br ou ligue: 11 3207-3896 38


Receba mensalmente sua P&N


Licenciamento

Cadeados do Mickey e Minnie Por meio da parceria com a Disney Pixar, a Pado oferece divertidos cadeados com os personagens Mickey, Minnie, Carros e Princesas. Os produtos têm design ergonômico, hastes coloridas e flexíveis e estão disponíveis com segredo. www.pado.com.br

Glee em uma linha de cadernos Famosa no mundo todo, a série musical Glee é um dos principais destaques deste ano da Foroni, em uma colorida e arrojada linha de cadernos. www.foroni.com.br

Novidades com a personagem Mila Com produtos nos segmentos de papelaria, artigos escolares e confecção, agora a personagem Mila chega no ramo moveleiro. Tem a cama, penteadeira, criado-mudo, banqueta e espelho, todos licenciados pela Gepeto. www.andreiaboneti.com

40


Licenciamento

Michel Teló no volta às aulas A Jandaia reforça seu time de licenças com uma coleção do cantor Michel Teló. São cadernos universitários com 4 opções de capas. www.cadernosjandaia.com.br

Destaque para a fashion doll Susi A boneca Susi está nos cadernos da Credeal. São 6 modelos em duas linhas: Susi Rock e Susi Wireless. Na primeira, a boneca é uma pop star, na segunda, Susi está completamente inserida no universo da internet. www.credeal.com.br

Protagonista dos Muppets vira pelúcia A Long Jump apresenta a versão pelúcia do personagem mais famoso da turminha dos Muppets, o sapinho Caco, sucesso nos anos 80 e 90, que agora chama Kermit, nome original em inglês e que esteve no início deste ano nas telas do cinema. www.longjump.com.br

42


Informática iPhones protegidos A Macally lança a capa protetora TriBandB, em silicone ultrafino compatível com os iPhones 4S e 4. Na cor preta vem com laterais coloridas intercambiáveis nos tons laranja, cinza e branco. Há protetores para as portas de fone de ouvido e 30 pinos contra pó e respingos de água. www.macally.com

Notebooks customizados e protegidos A NewLink lança uma coleção de skins. Produzida em vinil, a coleção é composta por 21 modelos. São 7 artes diferentes, entre elas, veículo esportivo, corações, florais, desenhos geométricos e arte moderna. Cada uma das estampas está disponível para 3 tamanhos de notebooks: 10”, 14.1” e 17”. www.newlink.com.br

Um basta na sujeira dos telefones Phone-Clene, da AF International, é uma solução limpadora para aparelhos telefônicos e fones de uso pessoal. O produto vem no formato de lenços umedecidos descartáveis e recicláveis em embalagens com 25 unidades www.af-online.br.com

Pen drive de 64GB Disponível na cor preta, o pen drive da Multilaser, tem capacidade de armazenamento de 64GB, taxa de transferência de 48 MB/s, leitura de até 10 MB/s e gravação de até 3 MB/s. Compatível com os sistemas:Windows 98, 2000, ME, XP, Vista e 7; MacOs 9.0 ou superiores; e Linux 2.4 ou superiores. www.multilaser.com.br


Prateleira Tesouras infantis As tesouras infantis da Classe foram desenvolvidas para garantir a segurança dos pequenos, enquanto realizam as atividades escolares. São diferentes opções, todas produzidas em materiais leves e com pontas arredondadas. www.classejl.com.br

Máquinas para carimbos A Carbrink apresenta novas máquinas para a fabricação de carimbos, através do sistema de fotossensibilização do polímero líquido. A Polijet – 8 lâmpadas está compacta e hás novas fixações de borracha que envolvem as lâmpadas, enquanto a Polijet – 12 lâmpadas, proporciona maior economia de material, agilidade, além de alta qualidade no produto final. www.carbrink.com.br

Bichinhos e estampas florais em linha escolar A coleção Bichinhos, marca própria da Tilibra, vem repleta de estampas florais. São diferentes opções de cadernos, agendas, apontadores, estojos, tesouras, massa de modelar, lápis de cor, régua e vários outros itens. www.tilibra.com.br

44


Brinquedos Alfabeto em braille Atenta à inclusão social, a Carlu tem em seu portfólio, o alfabeto em braille, com 15 peças em MDF ou EVA, cada uma  com 6 círculos vazados, que possibilitam formar diversas palavras. O brinquedo é indicado para crianças a partir de 4 anos. www.carlu.com.br

Brinquedos Sustentáveis Para aprender sobre as fontes de energias renováveis, a Fábrica 9 apresenta o Gerador Eólico. A criança monta o brinquedo e a luz LED brilha sempre que ele for movido pelo vento. Nenhuma bateria é necessária! www.fábrica9.com.br

Para uma Páscoa mais divertida Para os pequenos brincarem nesta Páscoa, a Chicco traz o Coelho Musical em pelúcia antialérgica, com três botões e efeitos sonoros, além das melodias que iniciam ao apertar o botão ao centro da barriguinha. www.chicco.com.br

Muppets em diversos jogos Kermit The Frog, Miss Piggy, Gonzo e Fozzie Bear chegam ao mix da Xalingo Brinquedos. Os personagens estão em jogos da memória, dominó, quebra-cabeça, carimbos, desenhando, entre outros produtos. www.xalingo.com.br


Prateleira Especial

Páscoa e Dia das Mães Há muitas opções em produtos para serem comercializados nas próximas datas comemorativas. Itens temáticos ou opções de presentes para os períodos são algumas sugestões que apresentamos aos lojistas!

Aster Produtos de Papel Especialista em produtos confeccionados em papel, como cadernos, agendas, cadernetas, embalagens, caixas de presente, entre outros artigos, a Aster atua com o intuito de oferecer itens com qualidade, inovação e preço justo. www.asterprodutos.com.br

Cartões Cristina Modernos, com cores e estampas alegres, e mensagens que fogem do tradicional, os cartões de Páscoa vêm com envelopes coloridos e embalagens individuais. Destacam-se ainda o acabamento laminado com brilho, verniz UV glitter, hot stamping e apliques personalizados. Para celebrar o Dia das Mães, dentre as opções há os cartões gigantes (fechado 23X17 cm e aberto 45,5X46 cm). Há ainda as caixas de presente flexíveis e rígidas, além dos papéis de presente. www.cartoescristina.com.br

46


Prateleira Especial Credeal As sugestões da empresa para a Páscoa são os cadernos da charmosa coelhinha Miffy, já para o Dia das Mães tem os cadernos Miss Glamour, com estampas de make up, sapatos e demais ícones que remetem ao universo feminino; linha Aghata, inspirada na moda; Purpurina, com cenários abstratos, cheios de efeitos e aplicação de glitter, entre tantas outras opções. www.credeal.com.br

Mig & Meg Os cartões caixinhas especiais para a Páscoa podem ser usados para embalar pequenos presentes, além disso, trazem mensagens e são decorados também internamente. Para comemorar o Dia das Mães há o ímã-retrato Mig&Meg, ilustrado com os personagens e muito glitter. www.migmeg.com.br

Paloni Embalagens diferenciadas. Com esta proposta o fabricante traz opções como o Kit Mimo, com três caixas rígidas de tamanhos diferentes, revestidas interna e externamente, fecho com imã e laço decorando e a Caixa Surpresa, quando fechada tem um único corpo e quando aberta, duas gavetas. www.paloniembalagens.com.br

48


Smile House A coleção de Páscoa vem com cartões comemorativos e também De/Para em um expositor exclusivo. São 72 opções em 6 modelos e 90 unidades De/Para (3 modelos). Enquanto que para o Dia das Mães há 90 cartões (9 modelos), com versões como mãe amiga, mãe moderna, mãe coruja e para a vovó querida.
Esta coleção vem em um expositor de mesa. www.smilehouse.com.br

Summit Para quem deseja aproveitar a Páscoa e fazer trabalhos artesanais, a massa de modelar Staedtler Fimo é uma boa opção. Há variedade de cores e texturas que permite a confecção de uma grande diversidade de peças. Em sua linha Triplus Staedtler, a empresa tem opções de presente para as mamães como estojos versáteis com canetas em cores vibrantes e para aquelas que são apaixonadas por futebol, na Tris Times de Futebol há artigos como lápis, canetas, réguas, tesouras e muito mais, de times como Flamengo, Vasco, Grêmio, Internacional e Corinthians. www.summit.com.br

Tilibra/Grafon’s Dentre as opções oferecidas para agradar as mamães está o Caderno de Receitas, com uma versão moderna e outra clássica para que elas guardem as suas receitas preferidas. Tem também os cartões Grafon’s, uma marca Tilibra (incluindo linhas para a Páscoa e Dia das Mães), além de papéis de presente. www.tilibra.com.br


Serviço Entrevista Ponto de Referência www.pdr.com.br

Raio X dos Negócios Papelaria Lucena Tels.: (92) 3633-1603 / 4101-0974

Fornecedores Ecologic http://ecologic.com.br/blog/ Visitex www.visitex.com.br Categoria de Produto 3M www.3m.com.br Adelbras www.adelbras.com.br Delta Artigos Escolares www.deltagiz.com.br Radex www.radex.com.br Siquiplas www.siquiplas.com.br Summit www.summit.com.br Tilibra www.tilibra.com.br Tendência CH Tech www.chtech.com.br Classe www.classejl.com.br Cweb www.cweb.com.br Elgin www.elgin.com.br Maxprint www.maxprint.com.br Opeco www.opeco.com.br Summit www.summit.com.br Tilibra www.tilibra.com.br

50


52

Profile for Revista Papelaria & Negócios

Revista Papelaria e Negócios - edição 94  

Revista Papelaria e Negócios - edição 94

Revista Papelaria e Negócios - edição 94  

Revista Papelaria e Negócios - edição 94

Advertisement