Page 1


2


Editorial

Um MIX que rende MAI$ do que ORGANIZAÇÃO São vários os itens que visam deixar a casa, o home office e os escritórios organizados, além de mais charmosos. Confeccionados em diferentes materiais, cores, formatos e tamanhos, apresentamos nas próximas páginas três matérias que trazem as tendências e lançamentos dos principais fabricantes nas seguintes linhas de produto: pastas para uso escolar e nos escritórios; organizadores de mesa e as caixas organizadoras, que podem acomodar diferentes itens e ainda permitem tornar os ambientes mais estilosos. Confira e explore melhor estas categorias em sua loja. Na nova seção Memória, apresentamos duas marcas que fizeram um grande sucesso na década de 80 e estão de volta! A Paper Mate e a sua tradicional caneta Kilometrica e o corretivo líquido, Liquid Paper. O retorno destes dois sucessos vem junto com uma novidade para o público brasileiro: os marcadores Sharpie. Mais uma data comemorativa vem chegando, o Dia dos Namorados. Para a ocasião apresentamos alguns itens temáticos e sugestões de produtos que as papelarias podem comercializar e assim impulsionar os

DIREÇÃO Paschoal Sabatine paschoal@papelariaenegocios.com.br William Gimenes william@papelariaenegocios.com.br PUBLICIDADE Marco Aurélio Sabatine marco@papelariaenegocios.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL Lia Freire (MtB 30.222) redacao@papelariaenegocios.com.br PROJETO GRÁFICO, DIAGRAMAÇÃO Cristiana Lacutissa/Vitor Lacutissa CL Studio (11) 2749-0738 clstudio@terra.com.br CAPA Patricia Chammas IMAGENS Fotolia ADMINISTRAÇÃO E PUBLICIDADE Av. Alcântara Machado, 924 cj. 03 – Brás – CEP 03102-001 – São Paulo Fones (11) 3207-3896 / 3271-5867 pn@papelariaenegocios.com.br www.papelariaenegocios.com.br

negócios em uma época em que as vendas costumam ser mais fracas. Aproveite as dicas. Ter uma equipe de vendas nota 10. Qual é o empresário que não sonha com isto? Como formar este time é o assunto que abordamos com Marcos Ton, diretor de Novos Negócios da Caliper Brasil, empresa americana com sede em Princeton, New Jersey, que há mais de 50 anos avalia o potencial de colaboradores e orienta quanto à contratação, gestão e desenvolvimento de equipes em todo o mundo. “A produtividade em vendas depende de três fatores: pessoas certas, em posições certas, fazendo as coisas certas.” Pense nisso! Boa Leitura!

4

A Revista Papelaria e Negócios é uma publicação mensal da Top Brasil Editora dirigida a lojistas e fornecedores de artigos para papelaria e informática. Circulação nacional.

O conteúdo dos artigos e as declarações textuais contidas nas reportagens da Revista Papelaria & Negócios são de responsabilidade dos articulistas e entrevistados.


Sumário

6 Marketing & Negócios – As notícias que movimentam o setor.

10

Entrevista – O especialista Marcos Ton fala como ter uma equipe de vendas bem-sucedida.

22 30

Tendência – As pastas escolares e para uso nos escritórios.

16 Categoria de Produto – As modernas caixas organizadoras ganham destaque. Memória – A caneta Kilometrica e o corretivo Liquid Paper de volta ao mercado brasileiro.

34 Novidades – As opções em organizadores de mesa.

40

Artigo – Executivo da Acrimet, Ricardo Pinto da Silva, assina o artigo “Transparência Sempre”.

41 Licenciamento – As marcas e personagens que estão em evidência. 42 Informática – As novidades do segmento. 43 Prateleira – Um mix diversificado. 44 Prateleira Especial – As românticas linhas para o Dia dos Namorados. 48 Brinquedos – O que está chegando nas lojas.


Marketing & Negócios Foroni investe em novos aplicativos para o facebook O novo aplicativo exclusivo para o Facebook do Clube Foroni destaca a linha Amigas para Sempre, que traz quatro estilistas modernas e descoladas, presentes em cadernos, agendas, estojos e mochilas da Foroni. No aplicativo as pessoas poderão relacionar cada uma das personagens a alguma amiga da sua lista, escolhendo fotos e fundos diferentes e depois postando no seu álbum. A novidade permite interatividade e compartilhamento das fotos criadas, aproximando as Amigas para Sempre dos usuários da principal rede social da Internet. Link para o aplicativo: http://www.facebook.com/Clu beForoni?sk=app_373381526010296

Colacril apresenta nova embalagem em sua linha de etiquetas Dando continuidade à sua evolução institucional, após a integração com a RR Etiquetas, a Colacril, fabricante de autoadesivos, redesenhou sua embalagem de etiquetas brancas para impressoras inkjet e laser. A proposta conserva os atributos centrais da marca, como a tipografia em caixa alta, a cor verde e a composição do símbolo, levando em conta a nova identidade corporativa. www.colacril.com.br As novas embalagens das

Foto de Marcelo Vigneron

etiquetas autoadesivas Colacril.

Vista parcial do Centro de Distribuição da Inforshop, em Itu (SP), construído numa área de 20 mil m2.

Inforshop fecha parceria com a francesa Lyreco De acordo com João Luiz Gabassi, gerente de marketing da Inforshop - distribuidora brasileira de suprimentos de escritório, a parceria recentemente firmada permitirá atender no Brasil os clientes globais da companhia francesa. “A parceria gerará um grande número de potenciais clientes, o que colaborará para que tenhamos crescimento acelerado em 2012, em torno de 25%”, avalia. Gabassi também destacou que o crescimento nas vendas alavancará ainda mais o setor de compras da empresa, que dessa forma obterá dos fornecedores melhores condições de preços e de pagamento. “Queremos repassar essas condições para a revenda e, dessa forma, vamos trabalhar para aumentar a representação desse segmento no faturamento da Inforshop.” O executivo afirma ainda que as negociações com fornecedores como Lexmark, HP e Epson vão crescer a partir desta parceria com a francesa Lyreco. “Como resultado teremos preços e condições de vendas melhores”, comemora. A Inforshop só atua no mercado corporativo de grandes volumes e para os demais clientes, que compõem a maioria do mercado brasileiro, está cadastrando papelarias parceiras para atuarem em todo o território nacional. Em 2011 o distribuidor faturou R$ 180 milhões. www.inforshop.com.br

6


Marketing & Negócios

Office PaperBrasil Escolar atrai interesse dos mercados europeu e asiático Em mais uma participação na Paperworld, maior feira do setor no mundo para os segmentos de papelaria, escritório e escolas, realizada na Alemanha, a Office PaperBrasil Escolar chamou a atenção de fabricantes e compradores do mundo todo. Maria Cristina Botelho, coordenadora de Negócios Internacionais e uma das representantes da Francal Feiras no evento alemão, lembra que o estande da feira brasileira foi muito procurado. “O Brasil é considerado a ‘bola da vez’ no exterior. Fizemos contatos com muitos empresários de várias partes do mundo, especialmente da Ásia e da Europa, que manifestaram interesse em vir à Office PaperBrasil Escolar no mês de agosto para fazer negócios.” Entre estes empresários havia tanto aqueles que querem expor seus produtos quanto os que esperam começar a comprar das marcas brasileiras. “Constatamos que nossa feira goza de grande prestígio no exterior”, comenta Maria Cristina. “Agora entramos na fase de retomar os contatos e enviar convites e mais informações a este público. No geral, nossa participação foi bastante positiva”, completa Rosângela Marques, da área de Negócios Nacionais, que também esteve na Paperworld. www.officepaperescolar.com.br

Na Alemanha, a Office PaperBrasil Escolar chamou a atenção de fabricantes e compradores do mundo todo.

Chamex confirma liderança na preferência do consumidor

A linha Chamex é a marca mais lembrada, de acordo com pesquisa “Top of Mind”.

Quando se fala em papel, a linha Chamex, fabricada pela International Paper América Latina (IP), é a marca mais lembrada, de acordo com pesquisa “Top of Mind” realizada pela Millward Brown. Os dados, finalizados em dezembro de 2011, abordam aspectos como relevância da marca, performance, vantagem e lealdade. A pesquisa mostrou que Chamex é a marca mais lembrada por 73% dos consumidores entrevistados, 20% a mais desde 2009. Além disso, o produto recebeu atributos como “ideal para cada tipo de uso”, “não atola na impressora” e

“fácil de encontrar”. O universo pesquisado contemplou 400 entrevistados da cidade de São Paulo, entre homens e mulheres com mais de 25 anos, das classes ABC (critério Brasil), que possuem computadores e impressoras e que tenham comprado papel de imprimir e escrever, nos últimos seis meses para uso próprio. www.internationalpaper.com.br

8


Existem certas coisas que só encontramos no Brasil.

O INNAC é uma delas... O INNAC é um organismo de certificação de produtos genuinamente brasileiro. Nosso time está pronto para lhe atender de forma ágil e competente, buscando sempre um resultado rápido e seguro.

O INNAC é como você, “nascido e criado” no Brasil.

INNAC - Instituto Nacional de Avaliação da Conformidade Em Produtos Rua Coriolano, 1.894 - Vila Romana - São Paulo - SP (11) 3017-8260

www.innac.org.br


Entrevista

Como ter e formar uma equipe nota 10! “A produtividade em vendas depende de três fatores: pessoas certas, em posições certas, fazendo as coisas certas”

Uma ampla pesquisa desenvolvida pela Caliper Estratégias Humanas - empresa americana com sede em Princeton, New Jersey, que há mais de 50 anos avalia o potencial de colaboradores e orienta quanto à contratação, gestão e desenvolvimento de equipes em todo o mundo – aponta que vendedores bem-sucedidos possuem cinco qualidades essenciais: empatia (para ouvir e entender as necessidades de cada cliente), resiliência (capacidade de superar rejeições), persuasão (o sim, mais do que o dinheiro, é a motivação principal), motivação para servir (capacidade de prestar atendimento e de estabelecer relacionamentos) e disciplina interior (elevado nível de responsabilidade). Marcos Ton, diretor de Novos Negócios da Caliper Brasil, explica que além de identificar se o vendedor tem o perfil necessário para a área de vendas, ao selecionar um indivíduo é necessário avaliar se o perfil dele é adequado para o segmento em que atuará. “Uma empresa que contrata vendedores sem utilizar uma ferramenta de assessment não consegue saber se a equipe é vendedora mesmo e se os vendedores têm o perfil mais adequado para o segmento”, analisa. Depois de efetuar a seleção e a contratação correta de cada membro de uma equipe de vendas é hora de olhar para o grupo e verificar quem precisa de desenvolvimento, procurando identificar as necessidades para melhoria do desempenho. Por fim, planejar a frequência e a “Com uma avaliação, forma com que a equipe de vendas é ou será treinada. é possível saber se “Para qualquer processo de não só a pessoa tem o perfil para vendas, capacitação é recomendável fazer uma análise de potencial para comas, também, em que tipo de venda ela nhecer o perfil da equipe comercial e trabalhar assertivamente nos se encaixa melhor”, ‘gaps’ de desenvolvimento. Esse Marcos Ton.

10


conhecimento é essencial para se customizar o conteúdo a ser trabalhado. Quando isso não ocorre, o programa de desenvolvimento pode ser ineficiente e não ser assimilado “Não basta querer trabalhar pela equipe”, detalha Marcos. Além desses fatores, influenciam o resultado das ven- em vendas, é das, a precificação praticada pela empresa em relação preciso ter um aos concorrentes, as condições comerciais oferecidas perfil vendedor pelo estabelecimento ao cliente, a forma de atuação das adequado para lideranças, o sistema de remuneração adotado e a exis- cada segmento ou ciclo de tência ou não de uma metodologia de vendas. De acordo com o especialista, quase 80% das em- vendas.” presas brasileiras não possuem metodologia de vendas aplicada, sabem apenas qual é o produto e como se vende tecnicamente, mas não dominam técnicas voltadas para a abordagem profissional de vendas. “Quando cada um faz do seu jeito, uns vão acertar mais e outros menos. Esse cenário vai refletir diretamente na produtividade de vendas.” Revista Papelaria & Negócios - Quais as ferramentas que uma empresa pode fazer uso para identificar se a pessoa que pretende contratar tem o perfil de vendas necessário para o seu negócio? Marcos Ton - Eu acredito que todas as pessoas têm uma vocação e um dom para atuar em uma função. Infelizmente, no Brasil, a educação em vendas ainda não é um assunto levado a sério. Não basta querer trabalhar em vendas, é preciso ter um perfil vendedor adequado para cada segmento ou ciclo de vendas. Sempre recomendo a utilização de um assessment – Avaliação de Potencial – por tornar o processo de recrutamento e seleção mais científico e eficiente, aumentando consideravelmente o índice de acerto. Com uma avaliação, é possível saber se não só a pessoa tem o perfil para vendas, mas, também, em que tipo de venda ela se encaixa melhor. A Caliper possui um interessante estudo sobre os perfis de vendas que classifica os vendedores em Hunter (Caçador) e Farmer (Fazendeiro), a partir dessa classificação é possível desenvolver e treinar corretamente o vendedor, além de alocá-lo na posição correta. Revista Papelaria & Negócios - A produtividade da equipe de vendas depende de quais fatores? Marcos Ton - Está ligada sempre a fatores internos e externos. No que diz respeito a fatores externos, como em qualquer negócio, nem sempre são controláveis ou possíveis de se gerenciar, como, por exemplo, a entrada de novos concorrentes com propostas altamente competitivas ou taxações de impostos que influenciam diretamente no mercado. Ao analisar os fatores internos, é nesse momento que a em-


Entrevista

presa tem as cartas abertas na mesa, já que se tratam de variáveis controláveis e totalmente possíveis de se mensurar por meio de um processo de R&S (Recrutamento e Seleção) e, novamente, com o uso de ferramentas de Avaliação de Potencial. Entendo que se a empresa possui a equipe certa (perfil e quantidade), a produtividade, independente de fatores externos, tenderá a aumentar. Além de ter um time certo, algumas questões relevantes a fatores internos também podem ser levadas em consideração como um líder capacitado para gerir essa equipe, metas desafiadoras, uma metodologia clara do processo de vendas, além de produtos e serviços adequados às necessidades do mercado. Revista Papelaria & Negócios - O desempenho do profissional também está relacionado às condições de trabalho que são oferecidas. Neste sentido, quais são as observações para o empresário? Marcos Ton - As condições de trabalho oferecidas são realmente um ponto-chave. Mesmo um profissional com um excelente perfil, ou seja, com alto potencial para vendas, pode acabar se desmotivando e, até mesmo procurar outro horizonte em outra empresa, se a atual tiver grandes problemas internos, como, por exemplo, falta de recursos para executar suas atividades. O empresário deve investir em um catálogo adequado, produtos e serviços de qualidade, uma estrutura de apoio a vendas eficiente, treinamento constante de seus colaboradores, além de sistemas de remuneração eficazes e gestores preparados para liderar esse time. Revista Papelaria & Negócios - Quais as características que o indivíduo deve ter para ser um vendedor bem-sucedido? E quais ele pode adquirir?

Marcos Ton - Após realizar diversos estudos, a Caliper chegou a conclusão que os vendedores bem-sucedidos “Os apresentam 5 qualidades em comum: empatia, persuasão, vendedores resiliência, disciplina interior e orientação para atendimento. bem-sucedidos A partir disso, sabemos que um supervendedor é uma pesapresentam soa com grande capacidade para escutar e compreender a 5 qualidades necessidade do cliente; ele também tem enorme satisfação em comum: ao ouvir o “sim”, por isso sempre busca argumentos para empatia, convencer as pessoas; é capaz de se recuperar bem de obpersuasão, jeções e rejeições; busca metas e objetivos a serem superaresiliência, dos além de ser atencioso e solícito no atendimento. Quem disciplina não gostaria de ser atendido por um vendedor assim? Muitas interior e dessas características já nascem com o indivíduo, mas elas orientação para também podem ser desenvolvidas. O início desse processo atendimento.” passa pelo autoconhecimento e pela autodisciplina. No que diz respeito à capacitação, o mercado é amplo e com inúmeras formas que podem variar de seminários, cursos on-line ou até mesmo uma faculdade e cursos de especialização. Acredito que a premissa básica é ter talento e dom para vendas, afinal de contas, hoje vivemos em um mundo de complexidade e boa vontade não basta. Revista Papelaria & Negócios - Como a empresa pode melhorar o desempenho da sua equipe? Marcos Ton - Acredito que o desempenho esteja ligado a fatores já citados. Minhas sugestões para melhorá-lo é trabalhar com uma equipe com perfil adequado, sempre investindo em processos de treinamento; a gestão deve ser eficaz e sempre próxima da equipe e do mercado para entender suas necessidades. Também sugiro trabalhar com sistemas de compensação inteligentes, além de metas e alvos de venda claros para todos. Um acompanhamento contínuo e correção do rumo tornam a fórmula infalível para o aumento do desempenho da sua equipe. Revista Papelaria & Negócios - Com que frequência e de que forma a equipe de vendas pode ser treinada? Marcos Ton - Sem exageros, diariamente. O papel de um gestor de vendas é ser um Líder Coach, focado em resultados. Algo que passa pela capacitação da equipe e que

12


Entrevista

acontece com acompanhamento, feedback e treinamento contínuo. Revista Papelaria & Negócios - Quais as dicas para que seja realizado um processo de capacitação eficiente? Marcos Ton - Um dos grandes problemas das empresas é subestimar o uso de uma metodologia de vendas, ou seja, um instrumento dinâmico e eficaz capaz de orientar as equipes de vendas sobre “o que e como fazer” antes, durante e depois de uma visita (ou contato comercial). Havendo uma orientação clara para a equipe de vendas, entendo que o próximo passo já faz parte do papel da gestão comercial que deve focar além das estratégias, a metodologia e a avaliação de resultados dentro de uma cultura de permanente treinamento. Aliás, treinamento não acontece só em sala de aula, acontece durante uma visita, num contato telefônico, num feedback, enfim, todo momento é uma oportunidade única para o gestor comercial capacitar a equipe de vendas.

Marcos Ton - Sobre isto entendo que uma coisa é “perfil adequado ou potencial” e outra é “experiência”. Sempre é benéfico investir em novos talentos, em pessoas que possam trazer novas ideias e impulsionar a empresa a inovar e a “pensar fora da caixa”. Obviamente, ao trazer um perfil mais júnior, é preciso investir em capacitação e acompanhamento por parte do gestor comercial direto. O que não é indicado é trazer um perfil júnior, não treinar e nem acompanhar e soltálo no mercado para atender clientes. Essa receita certamente será uma tragédia. Revista Papelaria & Negócios - Quais os erros mais frequentes das empresas na contratação de vendedores? Marcos Ton - A Caliper possui inúmeras pesquisas neste sentido que baseiam o livro “As 5 qualidades do Supervendedor”. Elas nos mostram algo assustador: a maioria das pessoas que atua em vendas não deveria estar atuando nessa área, ou seja, não tem o perfil adequado para a área comercial. Esta informação confirma alguns dos erros mais comuns na contratação de vendedores: contratar pela aparência, pela desenvoltura ou pelo discurso vendedor que, muitas vezes, na prática não vão sustentar uma atividade comercial que exige muito mais que tais qualidades, também presentes nos campeões de vendas.

Revista Papelaria & Negócios - Quando é o momento de submeter a equipe de vendas a treinamentos de reciclagem profissional?

Revista Papelaria & Negócios - O que diferencia e é exigido hoje do vendedor em comparação destes profissionais de anos atrás?

Marcos Ton - Novamente, a profissão de vendas é equivalente a de um atleta, assim não se deve treinar somente nas vésperas do jogo, o treinamento não acaba nunca e deve fazer parte da cultura da empresa e de seus gestores.

Marcos Ton - Hoje, vivemos num mundo tecnológico e complexo. Penso que tais aspectos estão provocando mudanças bruscas na forma de atuar das equipes de vendas. Hoje, elas precisam ser mais estratégicas e integradas com novas tecnologias, além disso, também temos o perfil do consumidor moderno que mudou e mudou muito, exigindo uma constante atualização e capacitação de um profissional de vendas. O cliente não compra mais produtos ou preço, ele compra serviço e relacionamento. É nesse momento que as 5 qualidades do supervendedor se destacam, pois não basta só saber sobre o produto ou serviço vendido, o vendedor precisa gerar um relacionamento com o cliente e encantá-lo.

Revista Papelaria & Negócios - Em que ocasião é benéfico para a empresa contratar o indivíduo sem experiência e vícios, para atuar na área de vendas? E quando não é indicado?

14


Revista Papelaria & Negócios - Por que muitas empresas não possuem uma metodologia de vendas?

Revista Papelaria & Negócios - Qual a mensagem que deixaria ao mercado?

Marcos Ton – Acredito que estamos diante de um paradigma empresarial reforçado, muitas vezes por culturas conservadoras de gestão e também, infelizmente, por experiências mal-sucedidas que foram conduzidas com o apoio de pseudoconsultorias que não conhecem o universo de vendas, a cabeça de vendedores e processo de T&D em vendas.

Marcos Ton - No mundo empresarial é imprescindível conhecer nossas equipes, utilizar instrumentos profissionais e especializados de assessment e investir continuamente na capacitação dos gestores e das equipes comerciais. Dessa maneira, cria-se uma cultura de autodesenvolvimento forte e presente no negócio, o que, consequentemente, impactará em resultados e satisfação de nossos clientes.

Revista Papelaria & Negócios - Qual o conselho para as pessoas que atuam como vendedores, para que eles possam desenvolver o seu próprio potencial? Marcos Ton - Potencial, todos nós temos, a questão está em descobrir-se, focar-se nos pontos fortes e nos talentos naturais, além de não nos metermos a fazer coisas que não gostamos, não temos aptidão e que não nos fazem felizes. Aliás, potencial em prática, gera felicidade! Revista Papelaria & Negócios - Fale sobre o trabalho desenvolvido pela Caliper e os diferenciais oferecidos. Marcos Ton - A Caliper Brasil selou, recentemente, uma parceria estratégica com a Tekoare Vending - consultoria especializada em vendas. Juntas, as empresas estão lançando no mercado o programa de capacitação comercial “SUPER Treinamento de Vendas”. O programa inicia-se com um prévio estudo do perfil da equipe de vendas e, a partir daí, acrescentam-se modernas tecnologias de treinamento em vendas, conceitos e ferramentas práticas para que vendedores desenvolvam os pontos fracos avaliados na equipe. Dessa maneira, o impacto do treinamento e o nível de aderência “Hoje, o cliente das técnicas abordadas é não compra mais maior, já que são tratadas produto ou preço, as necessidades reais da- ele compra serviço quele equipe. e relacionamento.”


Categoria de Produto

Caixas organizador Cada vez mais req As caixas organizadoras entraram no portfólio de Caixas em papel trançado com aspecto artesanal são destaques no portfólio da Dello.

vários fabricantes que utilizando o know-how em criar pastas e demais itens que têm a finalidade de guardar e organizar objetos, papéis e documentos, decidiram também apostar neste mercado em que a demanda só vem aumentando. E as revendas tiveram que abrir espaço em suas prateleiras, afinal não dá para perder a venda de um produto de valor agregado. A empresa Dello, especializada em desenvolver soluções para organização, disponibiliza ao mercado caixas em papel trançado com aspecto artesanal (DelloGift), que é a sua mais recente novidade. “Cada vez mais os consumidores buscam as caixas para guardar e organizar documentos, registros, utensílios etc, portanto é utilizado tanto em casa, quanto nos escritórios. Quem compra estas caixas é aquele tipo de pessoa que valoriza o bem-estar através da organização, portanto, lojistas não deixem de ter este produto em seu estabelecimento”, alerta Juliana Rett, assessora de relações públicas e marketing da Dello. Para estar sempre atualizada com as últimas tendências e acompanhar as novidades globais, a empresa está de olho no mercado internacional e não deixa de participar de feiras no exterior. Depois é só adaptar ao gosto e às necessidades dos consumidores brasileiros. “Todas as nossas caixas seguem o padrão de qualidade Dello que é indiscutível, além disso, possuem cores e layout diferenciados”, acrescenta Juliana. Quando bem expostas, as caixas por si só são um chamariz no ponto de venda. Mas, para que as suas linhas ganhem

16


ras quisitadas

Elas organizam ao mesmo tempo que decoram ambientes

ainda mais destaque, a Dello disponibiliza aos lojistas materiais como faixas de gôndola, totens e wobblers. “É um produto rentável e atrativo que não pode faltar no mix de qualquer lojista”, reforça Juliana.

Enquanto os espaços diminuem, as caixas organizadoras destacam-se Tradicional fabricante de artigos para organização da casa e do escritório, a Sanremo apresenta como lançamento a sua linha de caixas organizadoras Flex. “A diminuição dos espaços em casa, no escritório e ambientes em geral é cada vez mais real, e a linha de caixas organizadoras da Sanremo, atende a necessidade de “encaixar” tudo no seu devido lugar”, comenta Sérgio Dias, diretor superintendente da empresa. As novas caixas Flex apresentam-se em duas opções de cores: cristal e roxo translúcido; possuem travas laterais; nove formatos, com capacidade de armazenamento que varia entre 06 e 80 litros e pegadores laterais e inferiores. “Os organizadores da Sanremo são espessos, de maior durabilidade, feitos com matéria-prima atóxica, acabamento perfeito e sistemas inteligentes de fechamento e empilhamento. As referências e inspirações para as nossas criações veem do consumidor final, através de pesquisas que sempre realizamos para avaliar as necessidades e as oportunidades de novos produtos e soluções. A Sanremo não aposta em modismos, mas investe em cores atuais. Também não colocamos estampas nas peças para que o consumidor possa dar a aplicação que desejar ao produto”, explica.

As caixas Flex, da Sanremo, têm travas laterais, nove formatos e pegadores laterais e inferiores.


Categoria de Produto

“As caixas organizadoras quando bem expostas no varejo são compradas por impulso”, Rubens Peres Junior, da Polibras.

Além da nova linha Flex, a Sanremo também oferece a Top Stock, que é mais robusta, com travas de abertura e fechamento; e desenho especial nas tampas que possibilita maior empilhamento. Está disponível na cor cristal e as travas em prata. Já a linha Vista apresenta design contemporâneo, formato do tamanho exato de uma prateleira e cores modernas (coral, verde e azul), segundo o fabricante, são ideais para compor a decoração no escritório, no closet e até mesmo na sala de estar. Comercializar as caixas organizadoras pode parecer um problema para o lojista quando a questão é a exposição destas peças no ponto de venda, mas o executivo da Sanremo apresenta algumas alternativas que podem surtir em um resultado bastante positivo. “Primeiramente, a forma ideal de expor os organizadores é de maneira vertical, de baixo para cima, sendo produtos maiores em baixo e os menores em cima, na altura dos olhos do cliente. Para ter um melhor aproveitamento da gôndola, as caixas podem ficar encaixadas uma dentro da outra e as tampas expostas organizadamente logo ao lado. Quanto às cores,

Estampas e cores contemporâneas caracterizam as caixas da Polibras.

18


Categoria de Produto

o ideal é separar as coloridas das cristais. Além disso, ilhas e pontos especiais, simulando a aplicação/utilização das caixas, auxiliam nas compras por impulso.” Uma das pioneiras na fabricação de caixas em polipropileno (PP) extrusado, destinadas ao mercado doméstico, escolar e escritório é a Polibras que com o decorrer dos anos ampliou o seu mix e hoje oferece uma gama completa. São linhas fabricadas em papelão resinado, polipropileno laminado, foscas etc; em tamanhos variados com cores e estampas contemporâneas. “Para protegermos os objetos e documentos armazenados, desenvolvemos pegas plásticas fechadas, patenteadas por nossa empresa”, destaca Rubens Peres Junior, gerente nacional de vendas da Polibras Minas Plásticos LTDA. As caixas organizadoras da Polibras são comercializadas desmontadas e acondicionadas em peg board, facilitando a exposição no ponto de venda. “Recomendamos aos lojistas a montagem de alguns modelos para que o consumidor possa visualizar e escolher a de sua preferência”, explica Rubens. “As caixas organizadoras são vendidas o ano inteiro e quando bem expostas no varejo são compradas por impulso, afinal quem não precisa de uma caixa para organizar uma pequena bagunça seja em casa ou no escritório?”, conclui Rubens.

Elas organizam e decoram ambientes. Peças da Polibras.

20


Tendência

Pastas

Organização com estilo Em evidência, o polipropileno continua sendo uma matériaprima bastante utilizada na confecção das pastas, que também estão ecológicas e ainda mais coloridas O expositor modular da Chies facilita a exposição das pastas no PDV, independente do tamanho da loja.

Uma rápida passada de olhos pelas prateleiras e estoque de pastas das papelarias, e certamente nos deparamos com um universo de cores e detalhes, além de modelos práticos e atuais. Todas essas características vêm prevalecendo nas últimas coleções e, as novidades não param de chegar. O emprego do polipropileno e uma pasta com características antibacteriana são as últimas tendências e novidades presentes no portfólio da empresa Chies, que também investe em modelos coloridos e com design atual. A inspiração para a criação, segundo o fabricante, aparece de várias formas: por necessidades dos consumidores, pesquisas de tendências internacionais, por movimentações do mercado, entre outras. “Após observarmos a tendência no mercado mundial detectamos uma forte movimentação no emprego do polipropileno (PP) por não prejudicar a saúde (sem ftalatos) e por ser ecologicamente correto. Exemplo no nosso mix é o fichário com visor. Também temos como novidade o Registrador AZ antibactéria. Com esta pasta somos pioneiros no Brasil e em nível mundial. Esta pasta traz inúmeras vantagens, principalmente para o uso em hospitais e áreas de saúde. Nosso produto possui laudo técnico de acordo com testes efetuados em laboratório suíço, seguindo a norma JIS Z2801:2000”, explica Guilherme Chies, diretor da empresa. Para que os lojistas, independente do tamanho da O Registrador AZ loja, possam antibactéria, da Chies, é ideal para a expor adequadamente as área de saúde.

22


Coloridas estão nas escolas e nos escritórios. Produtos da ACP Plásticos.

pastas, a Chies criou um expositor modular em que é possível formar facilmente diferentes layouts de exposição. Outro fabricante que investe em pastas de polipropileno é a ACP Plásticos, que destaca os formatos A4 e ofício como os mais solicitados pelo mercado, especialmente nos escritórios. Já no ambiente escolar, Eduardo Zaw, gerente de marketing da empresa, afirma que a demanda é mais diversificada. Os menores preferem pastas com estampas de personagens e as maletas no formato A4, enquanto que os adolescentes preferem cores, estampas e design que tenham a ver com seus gostos pessoais; por fim, os adultos fazem a sua opção, de acordo com os seus gostos pessoais, aliados à necessidade. “Estamos com duas novas linhas: a Black que tem 6 tipos diferentes de pastas em PP fosco, fabricadas com material reciclado processado internamente na empresa, com gramatura alta para proporcionar firmeza. A cor preta predomina em todos os produtos, dando um ar sóbrio. A outra novidade é a Bicolor, são 5 tipos de pastas em PP, todas com sobreposição de duas cores”, explica Eduardo, acrescentando que são vários os aspectos a serem estudados antes de colocar um novo produto em linha, tais como: a demanda de insumos, o investimento tecnológico (se necessário) e o impacto da implementação deste novo produto na linha de produção. “Um estudo sobre as atuais tendências de moda, design e gostos do grande público também são necessários para que se lance um produto de sucesso.” Quando perguntado sobre as principais evoluções e melhorias que as pastas obtiveram, o executivo da ACP Plásticos, afirma que no processo de fabricação, os equipamentos se modernizaram, tornando mais ágil a produção e permitindo a criação de produtos com detalhes diferenciados. “Além

A linha Black confere um aspecto sóbrio e elegante às pastas da ACP.

disso, a criação de novos insumos permitiu a fabricação de pastas com novas cores, mais chamativas e diferentes, o que caminha em compasso com a nova geração de consumidores.” Pastas catálogo, suspensas, de apresentação e do tipo “L” estão entre algumas das diferentes opções que a Yes oferece em seu portfólio. O fabricante é mais um que utiliza o polipropileno na confecção de seus produtos. O principal lançamento da empresa está na li-


Tendência

O polipropileno é o material escolhido para desenvolver as pastas da YES.

“A criação de novos insumos permitiu a fabricação de pastas com novas cores, mais chamativas e diferentes, o que caminha em compasso com a nova geração de consumidores”, Eduardo Zaw, da ACP.

nha office, uma pasta apresentação que pode ser grampeada, além de um discreto charme colorido que fica por conta da contracapa. Para o consumidor escolar há opções de linhas de maletas artísticas, pastas com elástico e pastas catálogo, além dos tradicionais fichários escolares e a linha de licenciados com os personagens mais pedidos das crianças. “Para desenvolver os nossos produtos, o departamento de criação inclui na concepção, as pesquisas de moda, comportamento, ergonomia e, principalmente novos materiais. Analisamos as tendências até econômicas e realizamos pesquisas periodicamente com nossos consumidores e clientes para cada vez mais aprimorarmos as nossas pastas. Além disso, as inspirações vêm das mais variadas fontes, sempre aliadas ao bom gosto, criatividade e beleza em cada produto criado”, afirma Caroline Barone, supervisora de criação e marketing. A Yes planeja para este ano uma média de 14% no aumento das vendas, incluindo os itens consagrados e lançamentos. Em seus 20 anos de atividades, o fabricante buscou levar tecnologia às suas pastas. Desde a concepção do material empregado, ao desenvolver chapas que não agridem o meio ambiente e possam ser recicladas, além de serem mais leves e resistentes, passando pelos novos formatos e cores vibrantes das linhas, que segundo a Yes, traduzem o espírito de inovação e design que norteiam os ideais da empresa. “Outro ponto importante é a praticidade e as funções que foram inseridas como valor agregado, transformando a pasta numa companheira diária das tarefas.”

24


Tendência

“As nossas inspirações vêm das mais variadas fontes, sempre aliadas ao bom gosto, criatividade e beleza em cada produto criado”, Caroline Barone, da Yes.

Pastas catálogo nos tons rosa, lilás, branco, vermelho e azul são os destaques no mix da DAC.

Um toque feminino Segundo análise de Edson Cardoso, gerente de vendas da DAC, boa parte dos escritórios estão sendo organizados por mulheres e isso significa “mais cores” e atenção aos detalhes nos ambientes corporativos. Mediante esta nova realidade, os itens de organização, dentre eles as pastas, mudaram e hoje além de estarem mais resistentes possuem cores vibrantes. “Temos, por exemplo, pastas catálogo nos tons rosa, lilás, branco, vermelho e azul. Já na linha de sanfonadas, a procura é por modelos confeccionados em chapas de polipropileno mais espesso que dá maior durabilidade ao produto e também por cores mais fortes como a vermelha, lilás e amarela.” As cores também predominam na linha escolar da DAC que desenvolveu pastas catálogo decoradas e coloridas (lilás, vermelha e pink) em PVC com 10 e 50 envelopes. Já na linha de PP destacam-se as pastas catálogo lilás, transparente e fumê com 20 e 40 envelopes. Sobre os negócios relacionados ao mercado de pastas e as respectivas vendas, Cardoso diz estar em plena expansão. “Muitas empresas estão colocando no seu mix algum produto relacionado a pastas, com isso há maior competitividade e a diversificação de qualidade se torna maior, refletindo nas vendas, tornando-as pulverizadas. Por esse motivo trabalhamos para melhorar e ter um mix completo e as expectativas são as melhores possíveis, com o objetivo de alavancar em 18% as vendas para este ano”, afirma Cardoso.

Pastas “sustentáveis” A Pastas Mano atua para atender as demandas geradas por um novo comportamento global: menos espaço para acumular, maior preocupação com ciclos de produção sustentáveis, necessidade de gerar menos lixo e, portanto, maior cuidado com a qualidade do que é adquirido. “A todo momento incorporamos mudanças que geram melhorias e agregam valores muitas vezes intangíveis: como o aprimoramento do ciclo de produção e das condições de trabalho. Mas também, há as mudanças que o consumidor final pode visualizar, como a

26


utilização de papéis reciclados, de colas solúveis em água, acabamento final aprimorado e resistência do produto, já que nossas pastas duram mais de 2 anos em uso diário!”, destaca Lúcia Helena Dutra Mariano, gerente de marketing da Pastas Mano. A pasta campeã em vendas da empresa é a sanfona tradicional preta, com miolo em Kraft de 31 divisões, no tamanho ofício. No entanto, há um público crescente que se preocupa não somente com a praticidade, mas com o design diferenciado, com uma produção responsável e com a possibilidade de descarte sustentável. Para este consumidor, desenvolveu revestimentos coloridos e acabamentos que permitem uma reciclagem de 98% da pasta. “Em 2012 lançaremos um novo modelo de maleta-arquivo e também uma releitura das pastas assinatura de mesa, ainda bastante utilizadas em escritórios de advocacia e em várias empresas. Hoje sabemos que o consumidor tende a adquirir produtos em menor quantidade (até porque muitos documentos ficam registrados virtualmente) e busca melhor qualidade, sustentabilidade, design e fun-

“Hoje sabemos que o consumidor tende a adquirir produtos em menor quantidade e busca melhor qualidade, sustentabilidade, design e funcionalidade. Trabalhamos para isso”, Lúcia H. Dutra Mariano, da Pastas Mano.


Tendência

cionalidade. Trabalhamos para isso”, enfatiza Lúcia.

Soluções que “poupam” o tempo

“Acreditamos que a praticidade, tanto no transporte quanto no uso, está entre as principais evoluções e melhorias que as pastas tiveram”, Vítor Citrangulo de Campos, da Plast Park.

Valor agregado. A pasta “L” da Plast Park agora é antirrefletiva.

As pastas no formato ofício (muito embora o A4 tenha crescido consideravelmente), confeccionadas em polipropileno e materiais reciclados, tais como o PET, são observadas pelo fabricante Plast Park como importantes tendências. “Estamos preparando novidades para os próximos meses, mas ainda não citaremos por estar em fase final de desenvolvimento. Porém, posso adiantar que nossa pasta “L” agora é antirrefletiva, uma tecnologia que agregamos ao nosso produto sem custo para o consumidor. Analisamos as necessidades do público e as tendências mundiais, buscamos sempre soluções que possam ajudá-los em sua organização, poupando o seu tempo. Acreditamos que a praticidade, tanto no transporte quanto no uso, ao longo dos anos está entre as principais evoluções e melhorias que as pastas tiveram. Conseguimos diminuir consideravelmente o peso de nosso produto sem que a qualidade ficasse comprometida”, explica Vítor Citrangulo de Campos, gerente comercial da Plast Park. De acordo com Vítor, a venda de pastas vem em um ritmo interessante de crescimento, mesmo com a forte concorrência no mercado interno, que na sua opinião, é bastante saudável, ao contrário do que acontece com o produto importado, que normalmente tem uma qualidade extremamente baixa e uma diferença de preço significativa. “Estamos otimistas para este ano, ao contrário de 2011, o mercado vem dando sinais claros de reaquecimento.”

Linha de pastas “sustentáveis” da Mano.

28


Memória

Paper Mate e Liquid Paper voltam ao mercado brasileiro... ...e tem novidades com os marcadores Sharpie 36% dos consumidores brasileiros se lembram da Paper Mate, a marca dos dois corações.

Sucessos na década de 80, os produtos que ainda permanecem na lembrança do público brasileiro estão de volta! Segundo pesquisa realizada pela Newell Rubbermaid, detentora das marcas, 36% dos consumidores se lembram da Paper Mate, a marca dos dois corações e 53% da Kilometrica. Paper Mate chega com um portfólio extenso e completo de canetas, que inclui a tradicional Kilometrica. Liquid Paper, o primeiro corretivo do mercado, com 50% de lembrança, está disponível nas versões frasco, caneta e fita corretiva. A Newell Rubbermaid aproveita a ocasião para apresentar aos brasileiros os marcadores Sharpie. Os produtos para quadro branco e permanente, com cores variadas e pontas de diversas espessuras estão presentes em mais de 100 países, na Europa, América do Norte e América Latina. São mais de 400 milhões de marcadores produzidos anualmente nas fábricas da Newell Rubbermaid. O produto foi o primeiro da categoria a ser desenvolvido em formato de

A Newell Rubbermaid traz para o mercado brasileiro os marcadores Sharpie, que escrevem em quaisquer superfícies.

30


Memória caneta. A ponta e a tinta especial permitem que os usuários escrevam em diferentes tipos de superfícies madeira, pedra, plástico, metal, papel e diversas outras - , diferenciando-se da concorrência que comercializa um produto para cada necessidade. No Brasil, o garoto propaganda é o reconhecido artista Marcelo D2, que criou um hit sobre os marcadores permanentes Sharpie, para promover o lançamento nacional da marca. Sharpie chega ao Brasil com a expectativa de disputar o mercado de marcadores no país e aumentar a velocidade de expansão da marca na América Latina.

Paper Mate® Com sua logomarca de dois corações, há mais 50 anos é a marca líder no mundo de instrumentos de escrita, oferecendo canetas, lápis e corretivos cada vez mais evoluídos e de melhor desempenho.

Sharpie® Sucesso na década de 80, o corretivo Liquid Paper volta nas versões: frasco, caneta e fita corretiva.

É a marca mundial número 1 no segmento de marcadores permanentes, oferecendo diversas cores e tamanhos de ponta, com um importante diferencial: pode ser usado em qualquer superfície.

Newell Rubbermaid A empresa entrou no negócio de papelaria em 1992 com a aquisição da Sanford. Em 2000 comprou as marcas Paper Mate, Liquid Paper, Parker e Waterman da Gillette se tornando líder mundial na categoria de papelaria. Newell Rubbermaid é uma empresa de produtos de consumo e profissionais com presença mundial. Teve um faturamento de US$ 5.8 bilhões em 2010.

32


Novidades

Organizadores de mesa

Praticidade ao a

Peças sóbrias ou modernas, com múltiplas divisões ou simples. A diversidade para manter organizadas as mesas de trabalho é grande e elas ainda contribuem para deixar os ambientes mais charmosos

Os organizadores Molin ganharam novo design.

Por meio de algumas pesquisas, a fabricante Molin observou que os consumidores ao escolherem os seus organizadores de mesa buscam certa identificação com estas peças, afinal são itens que personalizam e organizam a área de trabalho, por isso, tendem a fazer a escolha de acordo com o modelo e a cor que mais tem a ver com o seu estilo pessoal e do ambiente. No final de 2011, a empresa repaginou os seus três modelos de organizadores, a fim de acompanhar as atuais necessidades e desejos dos consumidores. Atualmente, estão disponíveis em diferentes cores os modelos: Desk Organizer Completo, que vem com itens como caneta, tesoura, estilete, régua, grampeador etc; Desk Organizer Ball, um modelo arredondado e com base giratória, possui vários compartimentos inclusive para maquiagens, além de conter itens como esferográfica, marcador, lápis e outros itens. Por último, apresenta o Desk Organizer, que tem design arrojado, cores vivas e também vários compartimentos. Acompanha esferográficas, marcador fluorescente, borracha e demais peças. “O diferencial da nossa marca está no design, no sortimento de cores, na qualidade inquestionável, além da diversidade de compartimentos em um único produ-

34


alcance das mãos to”, enumera James Paulo dos Santos, gerente comercial da Molin. Com a proposta de atingir todos os públicos, desde as pessoas que passam horas do seu dia em uma mesa de escritório, ou então, em casa, trabalhando/estudando, a Waleu quando cria estes produtos, analisa todas as características capazes de melhorar ao máximo a organização, para que o consumidor tenha total comodidade. Devido esta diversidade, há desde peças com uma aparência mais sóbria, passando por itens com cores modernas e descontraídas. São caixas de correspondência em diversos modelos, diferentes opções em organizadores de pastas, expositor Office, suporte para avisos, organizador de livros Standard, suporte para pastas suspensas, gaveteiro com 4 gavetas, organizadores de chaves, de moedas, trio-porta caneta/clips/lembrete, porta cartões de visitas e porta lembretes. “Usamos a melhor matéria-prima (100% poliestireno) na fabricação dos nossos produtos, todos têm design moderno e arrojado para criar um ambiente de trabalho ou estudo mais organizado. Pensamos frequentemente em inovações e fabricamos peças bem apresentáveis para agradar todos os consumidores”, afirma Ana Maria de Jesus, assistente de marketing da Waleu.

De caixas de correspondência, passando pelo suporte para pastas ao porta caneta/clips/lembrete, a Waleu diversificou seu mix para atender a diferentes necessidades e perfis de consumidores.


Novidades

O gerente de vendas da Acrimet, Ricardo Pinto, afirma que a cada ano há um crescimento considerável no consumo dos organizadores e acredita que este movimento se deva ao fato das pessoas estarem mais conscientes sobre a importância da organização, que no ambiente de trabalho representa uma maior produtividade e menos stress no momento de procurar documentos entre outros itens importantes. Sem contar que torna os ambientes mais agradáveis e bonitos. “A organização não vai acabar nunca, só tende a crescer, portanto, estamos diante de produtos com demanda garantida.” Tudo junto e organizado. As peças da Acrimet já vêm com lápis, canetas, régua, grampeador e demais itens.

Ainda segundo Ricardo, a tendência entre os organizadores de mesa é acomodar um número cada vez maior de itens em uma única peça. Seguindo este conceito, a Acrimet desenvolveu o porta lápis Jumbo, as caixas de correspondência Facility, que ocupam pouco espaço e organizam uma quantidade grande de itens. As novidades do fabricante concentram-se no Maxi Office, um organizador de mesa que vem com lápis, canetas, régua, borracha, clips, grampeador, grampos, papel lembrete, tesoura e estilete, tem base giratória de 360°, design moderno e cores atuais; e na caixa de correspondência Facility Frontal, que tem maior capacidade de armazenagem de documentos e facilidade de manuseio devido a maior distância entre as bandejas. Além dos dois produtos citados, a Acrimet nesta linha de organizadores oferece outras opções como: o porta lápis/ clips/lembrete (trio); organizador de mesa que vem com folhas de papel lembrete; organizador de gaveta; 14 tipos de caixas de correspondências; porta revistas; organizador de escritório (pode ser usado sobre a mesa na vertical ou horizontal e até fixado na parede); expositor classic (porta folder) e muitos outros. “As diferenças dos organizadores da Acrimet estão na resistência e durabilidade das peças, no acabamento perfeito, sem rebarbas ou marcas de moldes, além das matérias-primas certificadas. Atuamos forte na criação e inovação produtos, criando tendências de mercado.” Outro fornecedor com forte atuação neste segmento é a Carbrink, que industrializa organizadores de mesa de vários modelos. Há as caixas de correspondências (modular, dupla ou tripla, fixas ou móveis), nas cores cristal, fumê e black; o porta lápis/clips/lembretes, produzido em plástico ABS ou poliestireno, injetado numa só peça, ou seja, não há partes coladas e nem móveis, nas cores preto, azul e cinza (todos opacos) e recentemente uma versão translúcida.Tem ainda o Espeto 3x1, para papel, espaço para esponja (umedecedor para os dedos) e compartimento para clips. “Procuramos sempre inovar e melhorar os produtos já existentes, através de testes contínuos de durabilidade e design, além da elaboração de novos modelos que possam satisfazer o mercado”, diz Valter C. Miranda, diretor comercial da Carbrink. A funcionalidade, o design, as cores variadas e a resistência dos produtos, para o executivo da Carbrink, são aspectos primordiais nesta categoria de produto e devem estar

36


sempre aliados a valores competitivos, sob pena de perderem o mercado para os importados. “Estes últimos raramente possuem qualidade, estando muito abaixo daqueles que são produzidos no Brasil.”

A compra por impulso De acordo com o executivo da Molin, James, assim como tantos outros produtos disponíveis nas papelarias, os organizadores precisam de uma boa exposição. Geralmente eles são adquiridos por impulso, na compra de alguns materiais de escritório o consumidor acaba levando o produto que é o “responsável” por organizar sua área de trabalho. O consumo com certeza está ligado à praticidade do produto. A Molin tem aumentado sua fabricação devido a demanda do mercado e as expectativas para esta categoria são as melhores. “Os produtos estão sendo bem aceitos, já temos um planejamento definido, aumentaremos a produção em

As caixas de correspondência da Acrimet foram aprimoradas para comportar um número maior de documentos e para se tornarem mais fáceis de manusear.


Novidades

Os diferenciais do porta lápis/ clips/lembretes da Carbrink estão na matéria-prima usada (plástico ABS ou poliestireno) e no fato de ser injetado numa peça só, sem emendas e rebarbas.

Funcionalidade, design, cores variadas e resistência são para a Carbrink, aspectos primordiais no desenvolvimento de suas linhas.

30% sobre o volume que produzimos em 2011”, afirma James. A Waleu procura desenvolver para os seus produtos, embalagens atrativas e bem visíveis, com isso, mesmo que o lojista não exponha alguns organizadores e os tire da caixa, o fato de estarem acondicionados em embalagens que chamam a atenção serão “percebidos” pelos consumidores. “Também atuamos com promotores que visitam as lojas, acompanhando a exposição das mercadorias e a saída das mesmas, oferecendo o suporte necessário ao papeleiro”, explica Ana Maria. A expectativa de vendas da Waleu para esta categoria é positiva e o objetivo é atingir um aumento de aproximadamente 30% em relação ao ano anterior. O executivo da Carbrink, Valter, também concorda que a compra dos organizadores muitas vezes ocorre de maneira impulsiva. “Seduzidos pela beleza e funcionalidade, os consumidores muitas vezes adquirem os organizadores por impulso, razão pela qual o produto deve estar sempre exposto de forma visível. A sugestão para o lojista é que estas peças, sempre que possível, estejam expostas em balcões ou vitrines onde o cliente possa ver a diferenciação entre os itens, inclusive oferecendo a possibilidade de manuseio para a constatação da qualidade”, opina Valter.

38


Artigo

Transparência Sempre Transparência é

uma das chaves do sucesso profissional, isso garante credibilidade até em situações adversas. Para fazer um trabalho com perfeição não é preciso permissão e sim determinação. Estar atento para facilitar a solução de problemas, colaborar e motivar seus colegas, ter iniciativas positivas e ser transparente. Isso tudo melhora o ambiente de trabalho e gera confiança entre as pessoas. Fazer somente o que esperam de você ou simplesmente esperar que alguém mande que você faça algo pode ser perigoso para a sua vida profissional. Quando você não é uma “peça” importante na sua empresa ou para o seu cliente, você é facilmente descartado. Não ter iniciativa é não querer assumir responsabilidade. Antecipe-se, faça mais do que esperam

“A transparência é uma das chaves do sucesso profissional, isso garante credibilidade até diante de situações adversas”, Ricardo Pinto da Silva.

de você. Cada um é responsável diretamente pelo seu trabalho e também pelo trabalho do seu grupo e da sua empresa. “A capacidade A capacidade de aprender, ensinar e interagir em prol da sua de aprender, empresa, do seu cliente e de você mesmo, o torna um profisensinar e sional importante para o grupo. interagir em A motivação tem que vir de dentro para fora, não espere prol da sua empresa, do que alguém lhe motive, você tem que ser automotivado. Errar é humano e natural, todos erram. Com os nossos erros tamseu cliente bém tiramos boas lições e aprendemos. Faz parte do desene de você mesmo, o volvimento profissional. Só erra quem busca acertar, quem torna um não erra é porque nunca tentou acertar. Pessoas que não profissional assumem riscos passam despercebidas pelo mercado e não importante fazem a menor diferença. para o grupo.” Não existe uma fórmula ou forma correta para atingir o sucesso, todos os dias temos que estar nos desenvolvendo e crescendo profissionalmente. Existem várias maneiras de realizar um trabalho com excelência, as coisas não precisam ser feitas simplesmente como sempre foram, tudo na vida pode ser aprimorado, basta ter prazer em fazer e dedicar-se com vontade. E nunca esqueça de ter total transparência em tudo que fizer, seja o que for. É preciso sair da zona de conforto, assumir desafios com responsabilidade e visão de futuro. Atenção, não se deixe contaminar por pessoas negativas, pessimistas, que sempre têm uma história trágica para contar, que só falam de doenças, que só sabem comentar o que assistiram naqueles canais de televisão que apresentam jornais sensacionalistas. Não gaste energia boa com esse tipo de gente, fuja delas. Fale sempre de coisas boas, positivas, tenha a mente aberta. A lei da mente é implacável, o que você pensa você cria, o que você sente você atrai e o que você acredita tornase realidade. As oportunidades aparecem para todos, muitos nunca percebem, outros deixam escapar e poucos agarram e as transformam em realizações de sucesso. * Ricardo Pinto da Silva é gerente nacional de vendas da Acrimet.

40


Licenciamento Do octógono para as lojas   A marca UFC - Ultimate Fighting Championship - a maior organização de artes marciais mistas do mundo e, a cada mais popular entre o público brasileiro, ganha nova linha licenciada. A fabricante Xeryu’s que já conta com mochilas, expande o mix para malas de viagem com três opções de tamanho e duas cores. Todas têm rodinha e alça retrátil para facilitar a locomoção. www.xeryus.com.br

A simpática dupla de porquinhos A marca Monokuro Boo, que segue o conceito “Simple is Best”, estampa diferentes versões de pastas da Yes. As cores da dupla - preto, branco e cinza - prevalecem nas pastas, que mesclam tonalidades de azul ou vermelho. Há opções em formato L, catálogo, com elástico e sanfonada com 12 divisões. Além disso, a Yes desenvolveu a maleta com alça, que comporta folhas A3. www.redibra.com.br / www.clickyes.com.br

Bolsas maternidade da Jolie e Peixonauta As duas licenças estão em exclusivas mommy bags, da Pacific. Ou seja, carregar fraldas, mamadeiras e tudo o que um bebê precisa está ainda mais prático, elegante e charmoso. Para as mamães de meninas, as opções são as delicadas linhas Jolie Very Romantic e Jolie Pets. Já se for um rebento, a sugestão é a linha Peixonauta Baby. www.pacific.com.br


Informática Novo headphone O mini headset Bluetooth Goldship, da Leadership, tem controle de volume, frequência de 2.4GHz, alcance máximo 5m ou até 10m em área aberta, botão para atender/finalizar ligações e conectividade Bluetooth, sem interferências ou falhas. www.leadership.com.br

Mouse em formato de anel Ring Presenter, da Genius, além das funções básicas de um mouse tem recursos como laser pointer e tecnologia touch para um controle absoluto do computador remoto por um dispositivo ultrassensível. Ao usar o Power Point, por exemplo, há acesso direto a comandos como Início (F5)/ Sair, entre outros. Disponível nas cores azul, dourado, rosa, roxo ou verde. www.clubegenius.com.br

Beleza e praticidade Para garantir estilo e delicadeza às mulheres que precisam transportar notebooks de até 14”, a Multilaser lançou a pasta Ella. Disponível nas cores rosa e preto, fabricada em nylon, tem bolsos externos, alça removível e compartimento com forro de algodão. www.multilaser.com.br

Para melhorar a refrigeração no computador A Cooler Master acaba de lançar o cooler para CPU GeminII S524, que fornece um balanço perfeito de refrigeração entre a CPU e os outros componentes da placa-mãe. Versátil, eficiente e com baixo nível de ruído, o cooler está posicionado a 90 graus, o que aproveita o fluxo constante e a entrada de ar fresco ao gabinete. www.coolermaster.com.br

42


Prateleira

Errou...apagou! Ideal para as crianças que estão na fase de transição do lápis para a caneta, a Caneta Apagável da Paper Mate® pode ser apagada até 24hs após a escrita, tem borracha na tampa e está disponível nas cores azul, preto e vermelho. www.papermate.com

Régua 2 em 1 O inventor Paulo Kataoka criou uma “Régua picotadora”. Feita de metal tem um rebaixo ao longo de seu comprimento com pequenos recortes enfileirados, permitindo que, ao passar a lâmina de um estilete ao longo do rebaixo, o papel seja picotado, cortando apenas a parte vazada, facilitando o trabalho de produzir picotes em notas fiscais e recibos. Com patente requerida em todo território brasileiro, Paulo está em busca de parceiros para o desenvolvimento das réguas. www.inventores.com.br / http://reguapicotadora.wordpress.com

Diferentes opções de pilhas A Elgin oferece pilhas de zinco AA, AAA, C e D; pilhas alcalinas; recarregáveis nos modelos AA, AAA, C, D, além de baterias 9V. Os produtos vêm em novas embalagens do tipo blister, com cores fortes e acomodam 1, 2 ou 4 unidades. www.elgin.com.br

Estilo e graciosidade A linha de cadernos Petit Poá, marca própria da Jandaia apresenta 4 amigas: Duda, Manu, Patty e Gabi, todas adoram moda, mas cada uma tem o seu próprio estilo. A coleção traz cadernos capa dura, universitários e brochuras. www.cadernosjandaia.com.br

Mais uma opção em pasta catálogo Da linha Vision, esta pasta desenvolvida pela Dac, diferente dos modelos catálogo A4 tradicionais, vêm com um lombo diferenciado, agregando ainda mais estilo e organização ao produto. Está disponível nas cores: lilás, transparente, fumê e azul. www.dac.com.br


Prateleira Especial

Dia dos Namorados

Muito romantismo nas coleções As lojas que trabalham com gifts, artigos de papelaria, papéis de presente, embalagens e cartões de expressão social têm uma boa oportunidade para sacudir as vendas no Dia dos Namorados. Reunimos alguns fornecedores que apresentaram as suas linhas e sugestões para a época:

Cartões Cristina Cores alegres, acabamento laminado, aplicação de verniz UV glitter, hot stamping, destaques salientes e mensagens românticas estão nos cartões da empresa para o Dia dos Namorados, que desenvolveu também os cartões gigantes (fechado 23X17cm e aberto 45,5X46 cm). Completam o mix, os papéis de presente tradicionais e especiais, feitos em couché com aplicação de glitter e as caixas flexíveis e rígidas com glitter. www.cartoescristina.com.br

Credeal O amor está sempre na moda e dessa vez não apenas no ar, mas impresso e estampado nos cadernos da Coleção Love, da Credeal. A linha pretende conquistar mentes e corações com ilustrações supermodernas e criativas. www.credeal.com.br

44


Joy Paper E quem disse que a imagem de uma caveirinha não pode estar associada ao amor? Foi com esta proposta inusitada que a Joy Paper criou a romântica linha Caveira, formada por blocos de anotações, envelopes, álbuns, mini cards com os dizeres “I Love You” / “Just to Say”, cartão “I Love You”, pranchetas, caixas de entrada e embalagem presente (saquinho com visor). www.joypaper.com.br

Mig & Meg A Turminha Mig&Meg está presente em mais de mais 50 modelos de cartões com temas de amor e namorados, todos coloridos, com aplicação de glitter e envelopes personalizados. Outro destaque são 5 modelos de porta-retratos magnéticos, que vêm com mensagens de carinho, são coloridos e apresentam aplicação de glitter. www.migmeg.com.br

Paloni Embalagens O kit Mimo com Laço é a sugestão do fabricante para a data. Composto por 3 caixas rígidas nos tamanhos: 22 x 16 x 7; 27 x 18 x 7,5 cm e 32 x 22 x 8,5 cm, cada uma delas é estampada interna e externamente e tem fechamento com imã. www.paloniembalagens.com.br


Prateleira Especial Smile House Irreverência e criatividade caracterizam os cartões da Smile House. São 120 opções, que vão deixar os casais ainda mais apaixonados e felizes. A coleção acompanha um expositor de mesa exclusivo, sem custo adicional. www.smilehouse.com.br

Summit A marca TRIS apresenta opções superbacanas para essa data tão especial. Apontadores e borrachas com estampas delicadas e formatos irreverentes como de estrela, maça, espelhinho, flores, bichinhos ou ainda bem romântico e tradicional como o de coração. Tem também lápis-borracha de bichinhos e desenhos coloridos. www.summit.com.br

VMP Papéis Para o Dia dos Namorados, a VMP oferece uma grande variedade de embalagens: são papéis de presente (folhas e bobinas); sacos perolizados e metalizados; sacos e folhas em BOPP; caixas de presente cartonadas em kits de 3 ou 10 unidades em diversos tamanhos; laços de fitas; sacos de tecido; além das sacolas. Todos em diversas estampas e modelos. www.vmppapeis.com.br / www.vmp.net.br

46


Brinquedos Um novo conceito de brinquedo Especializada em brinquedos sustentáveis, customizáveis e com conceito Design Toy, a Ludiks apresenta linhas em papelão, com embalagens no mesmo material. Tem os Big Toys: Casa, Balão, Foguete e Avestruz (este uma régua medidora), todos em tamanho grande para que as crianças vivam experiências da maneira mais real possível; e os Small Toys, cofrinhos em formatos de coelho, hipopótamo e elefante. www.ludiks.com.br

Especialmente para elas A Lego lança uma linha exclusiva para as meninas. Dentre as novidades da Lego Friends há o Carro Conversível da Stephanie. Além do veículo, o kit traz um poste de luz, itens para limpeza do carro e acessórios para a personagem, como bolsa, espelhinho, MP3 etc. Acompanha uma miniboneca e um cachorrinho. SAC: 0800 770 1615

Tapetes de atividades Apresentados em 2 versões: Bosque Encantado e Oceano Divertido, os tapetes de atividades da Dican oferecem um espaço lúdico e atrativo para que o bebê desenvolva os sentidos de tato, visão e audição. www.dican.com.br

Um simpático coelhinho para comemorar a Páscoa A Hasbro® acaba de lançar o Furreal Coelhinhos que Pulam. Sensores localizados nacabeça do bichinho permitem que ele emita sons e sensores em suas costas fazem com que pule em círculos. São necessárias 3 pilhas AA para o funcionamento. www.hasbro.com

48


Serviço Entrevista Caliper Estratégias Humanas www.caliper.com.br

Categoria de Produto Dello www.dello.com.br Polibras www.polibras.com.br

Carbrink www.carbrink.com.br

Sanremo www.sanremo.com.br

Molin www.molin.com.br

Tendência

Waleu www.waleu.com.br

ACP Plásticos www.acpplasticos.com.br Chies www.chies.com.br DAC www.dac.com.br Pastas Mano www.pastasmano.com.br

Memória Newell Rubbermaid www.papermate.com www.sharpie.com.br

Artigo Acrimet www.acrimet.com.br

Plast Park www.plastpark.com.br Yes www.yesbrasil.com.br

Novidades Acrimet www.acrimet.com.br

50


52

Revista Papelaria e Negócios edição 95  

Revista Papelaria e Negócios edição 95