Page 218

22

Peeta deixa a bainha e enterra a faca nas costas do macaco, esfaqueando-o repetidas vezes até que libere sua mandíbula. Ele chuta a mutação para longe, se preparando para mais. Eu tenho agora suas flechas, um arco carregado e Finnick nas minhas costas, respirando com dificuldade, mas não ativamente. ‚Venham, então! Venham!‛ Peeta grita, arfando com raiva. Mas algo aconteceu com os macacos. Eles se retiram, se amparando nas árvores, sumindo na selva, como se uma voz inaudível os tivesse chamado. Uma voz de Gamemaker, dizendo a eles que já é suficiente. ‚Busque-a‛ digo a Peeta. ‚Nós cobriremos você.‛ Peeta levanta suavemente a usuária de morfina e a leva para os últimos metros da praia, enquanto Finnick e eu mantemos nossas armas preparadas. Mas, exceto pelas carcaças laranjas no chão, os macacos se foram. Peeta coloca a usuária de morfina na areia. Eu corto o material sobre o peito, revelando as quatro profundas perfurações. O sangue escorre lentamente a partir delas, fazendo com que pareçam muito menos mortais do que elas são. O dano real é interior. Pela posição das aberturas, tenho certeza que o animal rompeu algo vital, um pulmão, talvez até o seu coração. Ela repousa na areia, ofegante como um peixe fora da água. Pele flácida, pálido esverdeado, suas costelas proeminentes como uma criança morta de fome. Certamente ela poderia comprar comida, mas usava tudo para usar morfina como Haymitch virou-se para beber, eu acho. Tudo nela fala de partida - seu corpo, sua vida, o olhar vago nos seus olhos. Eu seguro uma das mãos se contorcendo, não está claro se ela se move do veneno que afetou nossos nervos, o choque do ataque, ou retirada do medicamento que era seu sustento. Não há nada que se possa fazer. Nada além de ficar com ela enquanto ela morre. ‚Vou observar as {rvores,‛ Finnick diz antes de se afastar. Eu gostaria de ir embora também, mas ela prende minha mão com tanta força que eu teria que arrancá-la de seus dedos, e eu não tenho a força para esse tipo de crueldade. Penso em Rue, como talvez eu pudesse cantar uma música ou algo assim. Mas eu não sei nem mesmo o nome da usuária de morfina, muito menos se ela gosta de músicas. Eu só sei que ela está morrendo.

JOGOS VORAZES 2  
Advertisement