Page 217

enquanto ele tenta remover a bainha. Eu lanço minha faca na mutação próxima, mas os saltos mortais da criatura, fogem da lâmina, e permanece em sua trajetória. Desarmada, indefesa, eu faço a única coisa que posso pensar. Eu corro para Peeta, para derrubá-lo no chão, para proteger o seu corpo com o meu, embora eu saiba que não vou chegar a tempo. Ele chega, no entanto. Se materializando do ar, ao que parece. Do nada, cambaleia para frente de Peeta. Já sangrento, a boca aberta em um grito estridente, pupilas dilatadas de modo que seus olhos parecem buracos negros. O insano usuário de morfina do Distrito Seis levanta os braços esqueléticos, como se para abraçar o macaco, e ele afunda suas presas em seu peito.

JOGOS VORAZES 2  
Advertisement