Page 113

Minha mãe me deixa dormir até o meio-dia, então me levanta para examinar meu calcanhar. Ela me manda ficar na cama para descansar e eu discuto, porque estou me sentindo muito mau. Não apenas pelo meu calcanhar e meu cóccix. Todo o meu corpo dói de exaustão. Então deixo minha mãe cuidar de mim e trazer meu café da manhã na cama, e colocar outra coberta sobre mim. Depois eu só fico ali, olhando pela minha janela para o céu de inverno, ponderando sobre como isso tudo aconteceu. Penso muito em Bonnie e Twill, e na pilha de vestidos de noiva no andar de baixo, e se Thread vai descobrir como eu consegui voltar e me prender. É engraçado, porque ele só podia ter me prendido, de qualquer forma, baseado nos crimes passados, mas talvez ele tenha de ter algo irrefutável para fazê-lo, agora que sou um vencedor. E me pergunto se Presidente Snow está em contato com Thread. Acho improvável que ele tenha conhecimento de que o velho Cray existia, mas agora que eu sou um problema nacional, ele está cuidadosamente instruindo Thread sobre o que fazer? Ou Thread está agindo sozinho? De toda maneira, estou certa de que eles concordaram em me trancar aqui dentro do distrito com aquela cerca. Mesmo se eu pudesse imaginar algum modo de escapar – talvez amarrando uma corda naquele galho do bordo e subir – não haveria escapatória com minha família e meus amigos agora. Eu disse a Gale que iria ficar e lutar. Pelos próximos dias, eu pulo toda vez que há uma batida na porta. Nenhum Pacificador apareceu para me prender, então eventualmente começo a relaxar. Estou bem segura quando Peeta casualmente me diz que a força está desligada em seções da cerca porque grupos estão fora assegurando a base do elo de correntes no chão. Thread deve acreditar que eu, de alguma forma, passei por debaixo da coisa, mesmo que uma corrente mortal passasse por lá. É um descanso para o distrito, ter os Pacificadores ocupados fazendo algo além de abusar das pessoas. Peeta aparece todo dia para me trazer pães de queijo e começa a me ajudar a trabalhar no livro da família. É uma coisa antiga, feita de papel de pergaminho e couro. Algum ervanário do lado da família da minha mãe começou eras atrás. O livro é composto por páginas atrás de páginas com desenhos a tinta de plantas com descrições de seus usos medicinais. Meu pai acrescentou uma seção para plantas comestíveis que estava no meu guia para nos manter vivos depois de sua morte. Por um longo tempo, eu quis registrar meus próprios conhecimentos nele. Coisas que aprendi de experiências e de Gale, e então a informação que eu consegui quando estava treinando para os Games. Eu não fiz, porque eu não era uma artista e era tão crucial que as figuras fossem desenhadas com detalhes exatos. Foi quando Peeta apareceu. Algumas das plantas ele já conhece, outras tínhamos exemplares secos, e outras eu tinha de descrever. Ele faz rabiscos no papel de rascunho até

JOGOS VORAZES 2  
JOGOS VORAZES 2  
Advertisement