Issuu on Google+

ADEUS AO GÊNIO OSCAR NIEMEYER

A

morte não é tudo. Não é o final. Eu somente passei para a sala seguinte. Nada aconteceu. Tudo permanece exatamente como sempre foi. Eu sou eu, você é você, e a antiga vida que vivemos, tão maravilhosamente juntos, permanece intocada, imutável. O que quer que tenhamos sido um para o outro, ainda somos. Chame-me pelo antigo apelido familiar. Fale de mim da maneira como sempre fez. Não mude o tom. Não use nenhum ar solene ou de dor. Ria como sempre fizemos das piadas

que desfrutamos juntos. Brinque, sorria, pense em mim, reze por mim. Deixe que meu nome seja uma palavra comum em casa, como foi. Faça como que seja falado sem esforço, sem fantasma ou sombra. A vida continua a ter o significado que sempre teve. Existe uma continuidade absoluta e inquebrável. O que é essa morte senão um acidente desprezível? Por que ficarei esquecido se estiver fora do alcance da visão? Estou simplemente à sua espera, como um intervalo, bem próximo, na outra esquina. Está tudo bem.”

Texto extraído do Jornal Tribuna do Anchieta - Ed. 215 - 2001

É

verdade que, como qualquer outra grande cidade, Belo Horizonte enfrenta seus inúmeros problemas, mas, também temos muitos motivos para comemorar, já que a nossa capital vem sendo muito bem cuidada pelo poder público, que nos últimos anos vêm fazendo constantes melhorias na cidade como por exemplo a duplicação da Av. Antônio Carlos. A população ainda acalenta alguns desejos como a ampliação da linha do metrô, o BRT, mas, o fato é que as obras na cidade não param. Por consequência da Copa do Mundo de 2014, teremos muitas obras na

região da Pampulha e o projeto do novo Mineirão que está certamente entre os melhores estádios de futebol do Brasil. Aos 115 anos de idade, a capital mineira demonstra que tem muito fôlego para progredir e oferecer melhores condições de vida aos seus habitantes. O mineiro é, historicamente, incansável na luta por seus ideais. Que este espírito de luta, esteja sempre presente nos corações e nas mentes dos mineiros para que o futuro de BH seja de muito progresso e satisfação comum. Parabéns BH !

Foto: Arquivo Jornal Fórum Econômico

OS 115 ANOS DE BELO HORZIONTE

Igreja São José, em Belo Horizonte na década de 50

ARCELORMITTAL As peças de comunicação da ArcelorMittal Brasil foram escolhidas como as melhores do setor de aço na América Latina. Durante o Alacero 53, congresso que reuniu a cadeia produtiva do aço da região, o anúncio "Agir hoje" e o folder institucional da empresa, produzidos respectivamente pelas agências Rino Publicidade e Jota Campelo, foram agraciados, no dia 29/10, com o prêmio principal de suas categorias.

LEIA MAIS NA PÁGINA .............................................................................................................................................................................................. 4


 

 

2

     

NIEMEYER O GĂŠNIO INCOMPREENDIDO

PPGC

Neves. O projeto CATEDRAL CRISTO REI em BH foi localizada no chamado VETOR NORTE, em frente a estação metrorodoviaria do Vilarinho em Venda Nova definido no Governo AĂŠcio Neves e Antonio Anastasia. Recentemente, um dos maiores crĂ­ticos de arte deste pais disse-me pessoalmente, que Oscar Niemeyer ĂŠ mais escultor do que arquiteto, pois nos seus projetos predomina a estĂŠtica, a forma escultural, sem jamais pensar na função. Ele se referiu ao projeto do CENTRO ADMINISTRATIVO TANCREDO NEVES, citando os corredores dos dois edifĂ­cios dos funcionĂĄrios que tem cerca de 300 metros para percorrer e eu o retruquei, dizendo-lhe que hĂĄ cinco saĂ­das e entradas de elevadores e escadas, surpreso , ele me perguntou como sabia , e eu o expliquei que trabalho lĂĄ. NinguĂŠm elogiou atĂŠ agora que em apenas 2 prĂŠdios (Minas e Gerais) Oscar Niemeyer colocou todas as secretarias e repartiçþes estaduais (17.000 mil funcionĂĄrios ) em vez de inĂşmeros edifĂ­cios espalhados dando maior entrosamento Ă  maquina administrativa estadual e maior economia. É o que acontece com o arquiteto Oscar Niemeyer que, por mais de 70 anos, desde que recĂŠm-formado projetou o Conjunto ArquitetĂ´nico da Pampulha encomendado pelo prefeito Juscelino Kubistchek (no inicio da dĂŠcada de 40) esteve sempre entre os grandes da arquitetura mundial. Na ĂŠpoca da construção de BrasĂ­lia, (plano piloto do urbanista Lucio Costa)o sonho do presidente J.K, que foi realizada em tempo record em apenas 42 meses pelo grande engenheiro civil Israel Pinheiro, como superintendente da NOVACAP e que Niemeyer participou ativamente como arquiteto dos edifĂ­cios oficiais. Semanas antes da inauguração de BrasĂ­lia fomos convidados pelo Israel Pinheiro (Presidente da NOVACAP), como estudantes da Escola de Arquitetura da UFMG, para conhecermos a implantação do Plano Piloto de BrasĂ­lia, idealizado pelo urbanista Lucio Costa (que venceu o concurso nacional de ante-projetos). Os projetos arquitetĂ´nicos dos edifĂ­cios oficiais da Nova Capital foram elaborado pelo Oscar Niemeyer e sua equipe sendo que ele mesmo nos mostrou o desenvolvimento da implantação dos mesmos “in locoâ€?. Nos traços simples do plano piloto de BrasĂ­lia, o urbanista Lucio Costa definiu “um gesto primĂĄrio de quem assinala um lugar ou dele toma posse: dois eixos cruzando-se em

Errata: O novo escritĂłrio da Arquitetura Oscar Ferreira tem um auditĂłrio com 40 lugares e nĂŁo 100 como informamos. O EdifĂ­cio Inovatto da Construtora Canopus que aparece na foto foi vendido em uma semana com cerca de quinhentos apartamentos e o Monterey da Direcional, as torres comerciais foram comercializadas em menos de um mĂŞs. Oscar Ferreira traz sorte aos empreendimentos.

Arq. JosĂŠ Carlos Laender Castro

ângulo reto, ou seja, o prĂłprio sinal da cruzâ€?. Com relação Ă  construção da NOVA CAPITAL FEDERAL, teve repercussĂŁo internacional, vieram autoridades de o mundo inteiro conhecer esta grandiosa e monumental obra do presidente J.K interiorizando o desenvolvimento do Brasil para o distante Planalto Central, a caminhada rumo ao oeste, confirmando a profecia de D. Bosco que antevia que surgiria uma nova civilização no paralelo 20 no Brasil Central. O pai da arquitetura moderna Le Corbusier definia que “ARQUITETURA É INVENĂ‡ĂƒOâ€?, este pensamento influenciou Oscar Niemeyer durante toda sua trajetĂłria de genial criador de novas formas em vĂĄrios partes do mundo. Comentando ele mesmo sobre a sua longevidade, disse certa vez “ nĂŁo tenho tempo de morrer, pois estou cheio de projetosâ€? e continuou trabalhando intensamente. Gostaria finalmente de citar o antropĂłlogo mineiro, Prof. Darcy Ribeiro, (meu paraninfo de arquitetura em 1963) que disse sobre ele: no final do sĂŠculo XXI um dos poucos brasileiros que permanecerĂŁo na memĂłria da humanidade serĂĄ Oscar Niemeyer por causa da sua genial obra arquitetĂ´nicaâ€?. Foto: PPGC

Belo Horizonte, a capital de Minas Gerais, jĂĄ recebeu muitos tĂ­tulos e nomes: A cidade que mais cresce no Brasil, a capital dos bancos, a cidade Vergel, a cidade saber, a cidade-jardim... Realmente ĂŠ uma comunidade em evolução, onde o desenvolvimento industrial e o comĂŠrcio intenso nĂŁo sacrificam a arte, a cultura e a beleza. Vejam sĂł as obras que o grande Oscar Niemeyer recĂŠm falecido deixou para a nossa cidade. Cidade planejada, sob inspiração do traçado arquitetĂ´nico de La Plata - na Argentina e para servir como centro polĂ­tico-administrativo Ă  semelhança de Washington, custou 33 mil contos de rĂŠis. Cresceu mais do que o previsto pelos seus idealizadores, trazendo problemas para as administraçþes presentes e futuras. EstatĂ­sticas comprovam que na capital mineira constroe-se um edifĂ­cio por dia. Cada vez mais o concreto desafia o horizonte bonito que deu nome Ă  cidade jardim. Muita gente costuma designar Belo Horizonte tambĂŠm como “Capital das Montanhasâ€? ou “Capital das Alterosasâ€?. Na topografia Belorizontina se sobresai o aspecto montanhoso com serras ramificadas da cordilheira do Espinhaço, pertecentes ao grupo da Serra do Itacolomi. É lamentĂĄvel que Belo Horizonte ao completar 115 anos, perde o gĂŞnio Oscar Niemeyer aos 104 anos de idade. Agradecemos a ele por sua inspiração e trabalho. Oscar descansa agora nas curvas celestiais.

C

onheci Oscar Niemeyer nos meus tempos de estudante de arquitetura da UFMG (59/60), portanto hĂĄ 53 anos, desde entĂŁo o vejo definir assim a sua criação arquitetĂ´nica: “O BELO É ETERNO E A FUNĂ‡ĂƒO É PASSAGEIRAâ€? podendo ser evoluĂ­da, modificada, ou adaptada em função da evolução de uma nova realidade tecnolĂłgica.â€? NĂŁo ĂŠ o angulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexĂ­vel , criada pelo homem, o que me atrai ĂŠ a curva livre e sensualâ€?. Com 104 anos de existĂŞncia profĂ­cua a vĂŠspera de completar 105 anos em 15 de dezembro, com centenas de projetos arquitetĂ´nicos das mais variadas funçþes e regiĂľes o arquiteto Oscar Niemayer, por ser conhecido no mundo inteiro contribuiu para dignificar e exaltar a tecnologia nacional atravĂŠs de sua geniais criaçþes. Todo ser humano que se sobressai, que fica em evidencia na mĂ­dia por muito tempo, ficando famoso acaba sofrendo toda espĂŠcie de contestação, talvez por inveja, incompreensĂŁo, ou desinformação. Alguns ainda acham que o arquiteto Oscar Niemeyer nĂŁo se preocupa com função da obra, mas somente com o aspecto estĂŠtico, com a forma plĂĄstica, sendo mais escultor do que arquiteto. Quanto ao Niemeyer, basta conhecer seu escritĂłrio de arquitetura numa cobertura da Avenida Atlântica, com vista para Baia de Guanabara, para compreender sua maneira de trabalhar, o processo criativo deste genial arquiteto reconhecido em todo o mundo. Depois de estudar exaustivamente com sua equipe todo o programa – objeto traça ele prĂłprio um rabisco com as linhas bĂĄsicas do projeto arquitetĂ´nico e como seqßência, sua equipe de colaboradores desenvolve a forma estrutural em função dos objetivos do programa proposto e atravĂŠs de maquetes ele corrige as possĂ­veis distorçþes do projeto.Inicialmente ele trabalhou com seu parceiro e amigo Joaquim Cardoso, eminente engenheiro calculista, que era tambĂŠm poeta, historiador, escritor, um humanista que falava 6(seis) idiomas, entre os quais grego,latim, sânscrito etc.Depois veio seu atual calculista, engenheiro JosĂŠ Carlos Sussekind com quem desenvolve as atuais formas da estrutura dos projetos inicialmente concebidos para depois realizar com maquete a definição da forma final do projeto , desenvolvendo os detalhes finais com sua equipe de arquitetos colaboradores. Assim foi concebida tambĂŠm a recĂŠm inaugurada CIDADE ADMINISTRATIVA TANCREDO NEVES em Belo Horizonte obra do Governador AĂŠcio

Foto: PPGC

Foto: Ilustrativa

EDITORIAL:

Arq. JosÊ Carlos Laender Castro Presidente D.A.E.A UFMG.(61/62); Presidente IAB�MG (80/81); Presidente URBEL (90/91)

EXPEDIENTE: Editor: Petrônio Perdigão Godoy Castro Revisora: Vanessa Jaques Libanio Colaboradores: Jornalista JosÊ Godoy Castro, Dênis Kleber Gomide Leite, JosÊ Carlos Laender e Oscar Ferreira, Henrique Campos Vivåcqua e Revista Arquitetura e Engenharia. Fotos: Folha da Engenharia, Pedro Moura, anunciantes e agências. Redação e Administração: Rua Penafiel, 360 - Anchieta CEP: 30310-420 - Belo Horizonte/MG Telefax: (31) 3221 1553 - Cel.: (31) 8400 8100 E-mail: folhadaengenharia@ig.com.br CPNJ: 09.353.211/0001-82 Diagramação e Editoração: Jota Peg Comunicação Total E-mail: jotapegcomunica@gmail.com Impressão: Fumarc Tiragem: 5000 exemplares

A Folha da Engenharia não se responsabiliza pelo material publicitårio e/ou conteúdo dos artigos veiculados nesta edição. Os artigos e matÊrias publicados não refletem necessariamente a opinião dos editores.


 

       

3


4

F

older institucional também foi premiado durante o Alacero 53.

Congresso Latino-americano do Aço As peças de comunicação da ArcelorMittal Brasil foram escolhidas como as melhores do setor de aço na América Latina. Durante o Alacero 53, congresso que reuniu a cadeia produtiva do aço da região, o anúncio "Agir hoje" e o folder institucional da empresa, produzidos respectivamente pelas agências Rino Pu-

blicidade e Jota Campelo, foram agraciados, no dia 29/10, com o prêmio principal de suas categorias. O conceito "Agir hoje" mostra que as ações tomadas pela empresa, respeitando o meio ambiente e ajudando a preservar o planeta, impactam no presente e estão transformando o amanhã de todos. A campanha foi desenvolvida para comunicar os principais valores da ArcelorMittal: sustentabilidade, qualidade e liderança. E ainda estabelece uma ligação com o slogan global da companhia - transformar o amanhã. No folder institucional, a comunicação se faz

de forma clara e eficiente, apresentando todas as operações da ArcelorMittal Brasil. O 12º Concurso sobre Ações Promocionais do Aço teve como objetivo premiar ações publicitárias e promocionais que divulgaram as características e vantagens do aço, sua qualidade de produto reciclável e o valor da siderurgia como indústria sustentável. Os três critérios de avaliação utilizados foram: originalidade e relevância da ideia criativa, sucesso da implementação e uso do conceito criativo e concepção e qualidade da execução final.

Foto: Ilustrativa

ANÚNCIO DA ARCELORMITTAL BRASIL ESTÁ ENTRE OS MELHORES DO SETOR DE AÇO

Raul Gutiérrez Muguerza, Ex-Presidente do Alacero e Benjamim Baptista Filho, CEO ArcelorMittal Brasil, Planos América do Sul e Presidente do Alacero.

ADEUS AO GRANDE OSCAR NIEMEYER meu, é o trabalho de um grupo. Estou entusiasmado", disse Niemeyer, na ocasião. O projeto de Niemeyer previa um equilíbrio entre os dois lados da Sapucaí, como se fosse um espelho. Com a obra, a Sapucaí passou a ter 12.500 lugares a mais, podendo acomodar 72.500 pessoas. Trabalho em ateliê para festejar 104 anos

O

arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, morreu no Rio na quarta-feira (5/12). Ele estava internado desde 2 de novembro no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul. Reconhecido internacionalmente por suas obras, Niemeyer completaria 105 anos em 15 de dezembro. Em fevereiro, ele fez uma visita ao Sambódromo, durante a fase final das obras de reforma da Passarela do Samba que mantiveram o traçado original que o arquiteto projetou há 30 anos. Ele enfrentou o sol forte de meio-dia e percorreu num carrinho aberto toda a extensão da Avenida. "Está muito bom. Melhorou muito. Este não é um trabalho só

Autor de mais de 600 projetos arquitetônicos, Oscar Niemeyer decidiu festejar os seus 104 anos do jeito que mais gostava: trabalhando em seu ateliê de janelas amplas diante da Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Em agosto de 2011, ele lançou o livro "As igrejas de Oscar Niemeyer" (Editora Nosso Caminho), na galeria de um shopping da Zona Sul do Rio. Embora ateu convicto, o arquiteto selecionou fotos e desenhos das 16 obras religiosas, entre capelas e igrejas, que realizou ao longo de sua carreira. "As pessoas se espantam pelo fato de, mesmo sendo comunista, me interessar pelas igrejas. E a coisa é tão natural. Eu morava com meus avós, que eram religiosos. Tinha até missa na minha casa. E eu fui criado num clima assim. Esse passado junto da família me deixou com a ideia de que os católicos são bons, que querem melhorar a vida e fazer um mundo melhor", explicou Niemeyer.

Depoimentos “Niemeyer alçava seus altos vôos bem perto do chão Tinha medo de avião. Agora, vive a nos inspirar lá do alto.” Arquiteto João Batista de Assis “Niemeyer não é para ser discutido e sim admirado, dispertou ao longo de sua existência a auto-estima da profissão arquiteto.” Arquiteto Henrique Osvaldo Vivácqua Campos “Um privilegiado: trabalhou com Le Corbusier, foi o arquiteto preferido de Juscelino quando prefeito, governador e presidente. No exílio, foi acolhido pelos "correligionários" em Paris e na vida teve um prazo de validade prolongado fazendo o que mais gostava.” Arquiteto Oscar Ferreira

“Para mim, o que há de mais inesquecível naquele arquiteto é uma frase singela: "É preciso cuidar para que o homem seja mais gentil, mais solidário". Arquiteto Álvaro Drummond "Oscar Niemeyer, do início ao fim da vida, um lutador e um sonhador."

Arquiteto Gian Paolo Lorenzetti “Sua arquitetura, voltada para a construção de uma sociedade justa e socialmente correta, é o resultado de um pensamento que privilegia a beleza, a conquista técnica”. Trecho da carta aberta do arquiteto Sylvio Emrich de Podestá para Oscar Niemeyer.


RINO COM

Vai usar aço na sua obra?

A ArcelorMittal entrega a solução em aço sob medida para você.

Tela Soldada Nervurada e Espaçador Treliçado

Corte e Dobra de Vergalhões e Armadura Pronta

Um novo país se constrói com a realização dos projetos da sua vida e com aço produzido no Brasil. Mais que uma linha completa de produtos para construção civil, a ArcelorMittal oferece soluções em aço para obras de todos os portes, como as Telas Soldadas Nervuradas e a Armadura Pronta, um serviço que entrega a estrutura cortada, dobrada e armada, pronta para aplicação na fôrma conforme seu projeto. É o máximo de agilidade com zero desperdício. Tudo com a qualidade e a sustentabilidade do aço ArcelorMittal, que o mundo todo reconhece.

A primeira siderúrgica do Brasil a receber o Rótulo Ecológico ABNT e também certificada com o Selo Ecológico Falcão Bauer, que atestam o compromisso da ArcelorMittal com a sustentabilidade. O escopo da certificação ArcelorMittal junto ao IFBQ refere-se apenas às Telas Soldadas Nervuradas e Espaçador Treliçado.

Central de Relacionamento

0800 015 1221 www.arcelormittal.com/br


6

B

rasileiro poderá gerar energia em casa e ganhar desconto na luz por isso. Mas, como não falta quem procure atrasar o processo, o Greenpeace foi a Brasília lembrar que o Sol é para todos. O povo brasileiro está acostumado a usar e abusar do Sol na praia. A partir de 17 dezembro, ele terá outro fim: gerar energia em casa e baratear a conta de luz. Foi aprovada hoje a resolução normativa 482/2012 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que estabelece as condições gerais para a geração renovável de pequeno porte. O Greenpeace foi a Brasília para pressionar pela entrada em vigor da resolução, durante defesa pública que a Aneel promoveu em sua sede. Enquanto o coordenador da campanha de energias renováveis do Greenpeace, Ricardo Baitelo, apresentava motivos de sobra para que o prazo dado às concessionárias se adequarem não seja estendido, ativistas da organização levaram a mensagem de que o Brasil ainda tem muito potencial de energia solar para explorar. Primeiro, a Abradee (Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica) tentou usar um questionamento jurídico para empurrar a resolução mais para a frente. Sem definir a natureza jurídi-

ca da operação de troca de energia entre residências e distribuidoras, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e de Serviços) incidiria apenas sobre a energia vinda da rede. Na prática, se assim fosse feito, o desconto na conta seria reduzido. A Aneel corrigiu o texto, mas a reticência da associação das concessionárias permaneceu - agora alegam que precisam de mais tempo para se adaptarem. Apesar dos oito meses que tiveram desde a aprovação da resolução e da discussão, inclusive com consulta pública, acontecer desde 2011. Microgeração Durante a audiência, representantes da Abradee e da Eletropaulo pediram novamente mais tempo para que a resolução entre em vigor. No entanto, os diretores da Aneel julgaram que ela deve vigorar ainda este mês e o diretor-geral, Nelson Hübner, afirmou que “a microgeração traz vantagens e ajuda a consolidar a energia solar no país, trata-se de uma energia que já é competitiva e por isso pedimos espaço para experimentá-la. É um primeiro passo para vermos como poderemos explorá-la no país”. Além de economia no bolso do consumidor, a geração de energia distribuída, com mini e microgeração, é uma importante passo para a consolidação das

Perspectiva: GPA&A

UFA... O MINEIRÃO TÁ PRONTO !

A

obra do Mineirão foi entregue no dia 21 de dezembro. O governador de Minas, Antônio Anastasia, anunciou recentemente que o primeiro jogo no novo Mineirão será o clássico Cruzeiro X Atlético no dia 3 de fevereiro. A grama do estádio foi plantada em abril deste ano em uma fazenda de Bonsucesso, no interior do estado. Após ser lavado a seco, o material foi transportado em caminhão refrigerado a 5º C até a capital. A espécie escolhida foi a Bermuda Celebration, por ser mais resistente ao clima brasileiro. A obra do Mineirão está concluída. Cerca 2 mil operários trabalharam na obra.

A instalação da treliça metálica para sustentação da cobertura e a colocação da membrana foram finalizadas. O piso em concreto na área da esplanada está concluído, assim como 100% dos bares. As bancadas e divisórias e os telões já foram instalados. A montagem da via de integração com o Mineirinho está pronta. Os últimos ajustes foram a execução das esquadrias em alumínio, a colocação de vidro dos 98 camarotes e a instalação das catracas. A arena da capital mineira receberá três jogos da Copa das Confederações em 2013 e seis do Mundial de 2014.

Foto: Ilustrativa

GERAÇÃO RENOVÁVEL AO ALCANCE DOS BRASILEIROS

energias renováveis no Brasil, com especial benefício à solar. Toda a atual demanda elétrica nacional poderia ser atendida pela energia solar, mas hoje faltam incentivos para que ela ganhe destaque na matriz brasileira.

“O país tem um potencial enorme em termos de irradiação solar, mas ainda não consegue aproveitá-lo por falta de coordenação, direcionamento dos incentivos e ações coordenadas e claras do governo”, afirma Baitelo.


 

 

7

     

CORRETOR DE IMĂ“VEIS NĂƒO PRECISA CONCLUIR NEGOCIAĂ‡ĂƒO PARA RECEBER COMISSĂƒO

O

pagamento de comissão ao corretor de imóveis Ê ainda um assunto que gera inúmeras controvÊrsias, muitas das quais terminam no Judiciårio. Nelas, o que se verifica Ê que o beneficiårio, após a conclusão do negócio de compra e venda ou locação, tenta furtar-se de todas as maneiras ao pagamento da comissão, não deixando alternativa ao corretor senão a via judicial. Foi o que ocorreu na Ação Monitória patrocinada pelo escritório Gaiofato Advogados Associados, meio pelo qual se obteve sentença procedente para cobrança de comissão de corretagem devida e não paga pela parte contråria, em decorrência da prorrogação do contrato de locação de um flat. Em sua defesa, alegou a proprietåria do imóvel que a clåusula contratual que a obrigava a pagar nova comissão em decorrência de renovação do contrato com o hóspede do flat era abusiva e ilegal. PorÊm, o magistrado entendeu ser procedente a ação, não só pelo fato da empresa de corretagem ter intermediado a locação, mas, sobretudo pelo fato de constar clåusula expressa

A

sobre a comissão devida no caso de renovação contratual. Em face dessa decisão, a proprietåria interpôs recurso de apelação, o qual aguarda julgamento. Podemos mencionar, tambÊm, recente decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, proferida pela 5ª Câmara de Direito Civil, no julgamento da Apelação Cível nº 2010.000547-2, mantendo a sentença de 1º grau, decidindo ser devida comissão ainda que o negócio tenha sido concluído após o tÊrmino de vigência do contrato de corretagem, se o corretor de imóveis foi o responsåvel pela aproximação das partes e, consequentemente, viabilizou a celebração da avença. Conforme consta dos autos acima mencionados, o corretor de imóveis teria sido contratado para, com exclusividade, intermediar a venda de um imóvel rural de propriedade do rÊu. O autor alegou ter sido surpreendido com a notícia da alienação direta do imóvel um ano após aproximar comprador e vendedor, razão pela qual pleiteou o pagamento da comissão de corretagem e indenização por danos morais. Em síntese, o rÊu alegou que o corretor não teve qualquer participação

na venda, e que o contrato de corretagem não previa exclusividade e tinha prazo determinado de três meses, não havendo que se falar em comissão de corretagem. A sentença prolatada pelo juiz de primeiro grau foi parcialmente procedente, condenando o rÊu a pagar a comissão de corretagem, tendo afastado a indenização por danos morais. Amparado no depoimento das testemunhas, o TJ/SC manteve a referida decisão por ter entendido que, embora findo o contrato de corretagem, o resultado útil alcançado decorreu da atividade de intermediação desenvolvida pelo corretor, que aproximou as partes e possibilitou a celebração da compra e venda. A decisão em questão estå em conformidade com o artigo 725 do Código Civil, que assim dispþe: "a remuneração Ê devida ao corretor uma vez que tenha conseguido o resultado previsto no contrato de mediação, ou ainda que este não se efetive em virtude de arrependimento das partes". Ainda sobre o assunto, o artigo 727 do mesmo diploma legal prevê que: "se, por não haver prazo determi-

nado, o dono do negócio dispensar o corretor, e o negócio se realizar posteriormente, como fruto da sua mediação, a corretagem lhe serå devida; igual solução se adotarå se o negócio se realizar após a decorrência do prazo contratual, mas por efeito dos trabalhos do corretor". Conforme se verifica, a decisþes judiciais acima mencionadas estão em sintonia com a legislação påtria e com a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, de modo que havendo a intermediação atravÊs de corretor em contratos de locaçþes, devida Ê a comissão nos exatos termos contratados. Por Ricardo Kobi da Silva: Advogado Coordenador da à rea Contenciosa Cível. Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo, sob o nº 283.946. Bacharel em Direito pelo Centro Universitårio Nove de Julho - UNIVONE; pós-graduado em Direito Processual Civil, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC. Faz parte Tribunal de Ética da OAB/SP.

CONSTRUĂ‡ĂƒO CIVIL CONTINUOU EM ALTA NO BRASIL EM NOVEMBRO

s vendas de material de construção cresceram 3,9% em novembro em relação a outubro, apontam dados da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Na comparação novembro de 2012 sobre novembro de 2011, as vendas tiveram um incremento de 2,3%. Jå no acumulado do ano, o desempenho foi de 3,3% e, nos últimos 12 meses, o setor apresenta

variação positiva de 3,1%. Segundo o estudo, em novembro o mercado atingiu o terceiro melhor resultado desde janeiro de 2011, ficando atrås apenas dos meses de março e outubro de 2012. "Com estes números, o setor tende a bater a meta e fechar o ano com 3,5% de crescimento sobre 2011", revela Clåudio Conz, presidente da Anamaco. "Ainda

esperamos um bom movimento nas lojas na primeira quinzena de dezembro relacionadas Ă s festas de fim de ano, pois as pessoas querem arrumar a casa para receber a famĂ­lia e comemorar a chegada do ano novo. Essa ĂŠ uma ĂŠpoca do ano em que as vendas sempre crescem acima da mĂŠdia", completa Conz. Segundo a pesquisa, o segmento que mais cresceu em novembro foi o de

acabamentos, que teve um desempenho 10% superior a outubro. Jå cimento, tubos e conexþes de PVC e aço não tiveram resultado favoråvel. Na comparação novembro de 2012 sobre novembro de 2011, as vendas tiveram um incremento de 2,3%. O presidente da Anamaco jå prevê vendas melhores no primeiro semestre de 2013.


 

 

8

     

NOTAS

Foto: Arquivo Jornal FĂłrum EconĂ´mico

Foto MemĂłria

Foto: Ilustrativa

Dia do Engenheiro ĂŠ comemorado em SĂŁo Paulo

Em comemoração ao Dia do Engenheiro, o Sindicato dos Engenheiros no Estado de SĂŁo Paulo (SEESP) vai homenagear profissionais da ĂĄrea com o prĂŞmio “Personalidade da Tecnologia 2012â€?. O tradicional evento estĂĄ em sua 26° edição e homenageia todo ano profissionais que se destacam pela ousadia e criatividade na execução de seus trabalhos. A premiação acontece nesta terça-feira, 11 de dezembro, Ă s 19h30h, na sede do SEESP. Murilo Pinheiro, presidente do sindicato e da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), destaca a importância das faculdades investirem no curso de Engenharia como forma de aperfeiçoar o desenvolvimento do PaĂ­s. “HĂĄ necessidade de aprimorar a formação de forma a atender as demandas atuais e futuras, alĂŠm de estimular estudantes a aderirem Ă  carreira. Por isso em 2013 o SEESP lançarĂĄ o Isitec (Instituto Superior de Inovação e Tecnologia), faculdade de engenharia que vai formar engenheiros de inovaçãoâ€?, comenta. Em sua 26ÂŞ edição, a iniciativa agraciarĂĄ neste ano Denise Consonni (Educação em Engenharia), Lair Alberto Soares KrähenbĂźhl (Habitação), PlĂ­nio Oswaldo Assmann (Transporte urbano), Silvia Guerra Vieira Lundwall (Inovação), JosĂŠ Roberto Postali Parra (Agricultura) e Murilo Celso de Campos Pinheiro (Valorização profissional).

“Um trĂĄgico incĂŞndio pĂ´s fim ao ColĂŠgio do Caraça no dia 28 de maio de 1968. Ă€s 3h da madrugada, um aluno, que dormia na enfermaria, sentiu o cheiro de fumaça e, mais que depressa, foi avisar o Padre disciplinĂĄrio, que dormia no prĂŠdio do ColĂŠgio.â€? Uma comitiva formada (foto) da esquerda para a direita: Amaro Lanari (presidente da Fiat), deputado Jorge Ferraz (SecretĂĄrio de Estado, IndĂşstria e ComĂŠrcio), Padre Tobias Zico (Reitor do ColĂŠgio do Caraça), JosĂŠ Aparecido de Oliveira (SecretĂĄrio de Cultura), Edmar Machado (presidente da comissĂŁo), Rodrigo Andrade (Presidente do IEFA) e JoĂŁo Bosco Carvalho (Presidente da Fundação Roberto Marinho), no governo Tancredo Neves, em visita Ă s ruĂ­nas do Caraça.

Livro sobre Niemeyer O jornalista Ponce de Leon promete lançar um livro que conta detalhes curiosos e inÊditos sobre a vida do Arquiteto Oscar Niemeyer. Entre outras, pretende focalizar o relacionamento conflitante entre o ex-governador carioca Carlos Lacerda e o criador de Brasília, quando a dupla pertencia ao Partido Comunista


Folha da Engenharia - Edição 105