Page 1

14 Mulher 14 01 de Março 2013

01 de Março de 2013 jopsc.com.br Dilvane Secchi

oleosa: Como Visual ganha força com o esmalte certo Pele cuidar? Variar a cor também ajuda a quebrar a rotina do guarda-roupa

Ir à manicure semanalmente pode se tornar uma ação mecânica quando as opções de esmalte são sempre as mesmas. As cores mais sóbrias, de tons claros e naturais, são consideradas as mais seguras, já que com elas tem-se a ideia de que não é preciso quebrar a cabeça para pensar na combinação das roupas. Mas vale à pena ousar um pouco na escolha para quebrar a monotonia do guarda-roupa e colocar peças encostadas na rua novamente. “O esmalte é o ponto inicial de uma produção. Primeiro se escolhe a cor. Depois, o look inteiro é baseado nele”.A seguir, ela dá dicas para não ter medo de ousar nas cores, saber reaproveitar aquele cinto rosa-pink e, o que é melhor, não errar na produção.

Dê uma chance aos vermelhos Dê uma chance aos vermelhos Ele é um clássico, mas falta coragem para muita gente quando o assunto é pintar as unhas de vermelho. Marcante e poderosa, não tem como passar despercebida com unhas vermelhas. Na cartela da cor, as opções são as mais variadas: há os vermelhos alaranjados, o mais rosados e os que puxam para os tons mais escuros, como o vinho. Os tons mais abertos, em geral, são mais usados no verão por serem mais alegres e chamativos. Enquanto os tons fechados são a escolha certa para o inverno. Quando a dúvida é combinar as roupas com o vermelho, sugere adequar-se a cor do esmalte ao estilo de cada pessoa, mas não há restrições. “Pode apostar em roupas neutras, coloridas e estampadas. Mas as associações com peças nas cores cinza, branco, preto, azul ou marrom ficam muito chiques”.

Cores mais claras para todas as horas

Quem decidiu que não quer planejar qualquer tipo de combinação entre esmalte e roupas ao longo da semana pode optar pelos esmaltes clarinhos, garantindo uma produção prática. “Qualquer roupa combina com os brancos e rosados. É garantia de um look bonito e sem falhas”. É um tom de esmalte que sobrevive a qualquer moda.

o t n e m Mo ROSA

Ela pode ir da nuance superdiscreto ao moderno. E é por isso mesmo que é tão versátil. Dá para fazer o visual romântica (com um rosa claro), retrô (com um rosa envelhecido) ou antenada (com um rosa vibrante). A dica para não brigar com o espelho é sempre combinar o tom do esmalte com algum acessório. “Vale usar sapatos, bolsas, tiaras, cintos e até alguma peça da roupa no mesmo tom do esmalte”. Outra alternativa é apostar no esmalte para quebrar looks monocromáticos. Invista, por exemplo, num esmalte vibrante pink aliado a uma roupa inteira preta. O rosa será o detalhe que faz a diferença

Esmaltes chamativos são tendência Já para as mulheres fashionistas, que não têm receio de abusar nas cores de esmalte, a próxima estação promete chegar criando espaço aos tons chamativos. Vale apostar no verde, que será a grande vedete do verão, no azul e até no roxo. Para acertar em cheio na produção, vale a mesma regrinha de usar acessórios do mesmo tom do cosmético, que fiquem em harmonia entre si.

Manter a pele bonita e saudável não é tarefa simples, especialmente se ela for oleosa. Os poros dilatados, pele brilhante, às vezes até com presença de cravos e espinhas, não agradam mulher alguma, e podem acabar até com a auto-estima. A pele oleosa é causada pela produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas e atinge entre 80% e 90% das mulheres jovens. A herança genética é o principal motivo, porém, outros fatores também contribuem para a pele oleosa: alterações hormonais, excesso de sol, variações climáticas, stress e alimentação inadequada podem influenciar no aumento da atividade das glândulas sebáceas. Para melhorar a sua pele, segue algumas dicas.

Limpeza

Procure não lavar o rosto mais que duas vezes ao dia, e sempre com água fria, para não estimular a produção de sebo. É importante usar sempre sabonetes neutros ou formulados especialmente para sua pele, com bactericista e anti-sépticos. A oleosidade da pele é causada pela produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas e atinge entre 80% e 90% das mulheres jovens À noite, é fundamental que retire a maquiagem com demaquilante sem álcool. É bom que a pessoa faça uma vez por semana uma esfoliação suave.

Tonificação

Usar produtos adstringentes, sem álcool na fórmula, para fechar os poros e equilibrar o pH, acalma e refresca a pele. Hidratação Procure usar produtos em gel, fluido, loção ou sérum, sem óleo em sua formulação. Produtos com ácidos na formulação podem ser indicados por um dermatologista para ajudar a controlar a oleosidade.

Proteção

Alguns hidratantes possuem filtros anti Uva-B em sua composição, que ajudam a retardar o envelhecimento, além de proteger contra os danos causados pelo sol. Caso seu hidratante não tenha filtro solar, é importante utilizar um protetor em forma de gel.

Maquiagem

Pós-faciais e compactos ressecam a pele e obstruem os poros. Evite. Bases densas podem obstruir os poros, acentuando a oleosidade e causando até acne. “Uma opção é usar como base um pr oduto matificante, que absorve o óleo da pele, e não a água, proporcionando uma sensação de pele menos oleosa e prolongando a duração da maquiagem”.

Jornal Oeste Popular  

Dilvane Secchi

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you