Page 1


INTELIGÊNCIA CULTURAL

Não faz muito tempo desde que ouvimos o termo Inteligência Cultural pela primeira vez e, de repente, está em todos os lugares. Hotéis, bancos, financistas, jornalistas, ou seja, empresas de vários segmentos querem aprender mais sobre o tema. E você IBMista, está interessado? Seu gerente de primeira linha está alocado em Singapura, o de segunda no Brasil, enquanto você cumpre um assignment no Estados Unidos? A adaptabilidade cultural tem um papel bastante presente no seu dia a dia e é fundamental que você se desenvolva para não ficar para trás em uma área de conhecimento que ganha cada vez mais espaço no mercado e se mostra importante em um mundo global.

2


A Inteligência Cultural se torna uma aptidão e uma competência vital, e se torna a chave do sucesso do funcionário multicultural que trabalha além de suas fronteiras e em organizações globais, como a IBM. E, afinal de contas, O QUE É INTELIGÊNCIA CULTURAL? A resposta simples é: HABILIDADE DE UMA PESSOA ATUAR EFETIVAMENTE EM DIVERSOS CONTEXTOS CULTURAIS. É mais do que entendimento das relações entre questões culturais de um lado e problemas empresariais de outro, ou trabalhar além de suas fronteiras. A inteligência cultural congrega a capacidade de CONHECER, ENTENDER E SABER SE ADAPTAR AOS DIVERSOS AMBIENTES CULTURAIS. A dificuldade está justamente em entender os ambientes e uni-los. É verdade que muita coisa mudou há algumas décadas. O funcionário global atual é diferente do funcionário global de antes, já que no passado para se trabalhar em outro país as pessoas se deslocavam de sua terra natal imergindo em uma nova cultura. Hoje, a situação é diferente. Apesar do trabalho ser realizado em seu país nativo as interações com pessoas de diversos países e culturas são cada vez mais freqüentes e, muitas vezes, não é preciso nem sair de casa para que isso aconteça.

3


INTELIGÊNCIA CULTURAL

Ao analisar nossas interações diárias, nos damos conta de características que passam quase despercebidas, porém mostram como as relações multiculturais estão em diferentes ambientes rotineiros da IBM.

Por ser um IBMista, você já está um passo a frente de muita gente para se tornar um funcionário ou líder global. Isso porque a estrutura da IBM nos permite: • Ser parte de uma empresa homogênea e globalmente integrada, colaborar e compartilhar recursos com colegas de trabalho além das fronteiras e unidades de negócios. • Aproveitar oportunidades de desenvolvimento de carreira e habilidades, possibilitando prosperar no atual cenário econômico. • Ser culturalmente adaptável e flexível para se ajustar às normas e condutas locais em cada situação de negócios. • Ser consciente, engajado e ter orgulho das muitas formas com as quais os IBMistas contribuem com os negócios e com a sociedade. Tais esforços incentivam relacionamentos mais profundos e de confiança entre a empresa, seus funcionários e clientes, e as comunidades nas quais atuamos. 4


Um mindset construtivo pode auxiliar na adaptação e entendimento das diferenças culturais. As atitudes ilustradas abaixo facilitam o relacionamento intercultural.

Sabe-se que a interação eficaz com outras pessoas é essencial a um gerente, negociador ou vendedor. Ao participar em um mercado altamente competitivo, as empresas que não se mantiverem atualizadas correm o risco de serem excluídas do mercado. Além disso, pode-se identificar outros riscos em um ambiente em que as relações entre culturas não são harmonizadas, causando a perda de talentos internos, queda na produtividade dos funcionários, atraso no desenvolvimento de produtos e dificuldade em atender demandas de clientes. Aprendemos sobre a Inteligência Cultural ou a adquirimos conforme a experiência individual? Estudos mostram que, além de ser um pouco dos dois, é necessário ter conhecimento específico sobre diferentes culturas, entendimento sobre como elas funcionam e também entender a sua própria cultura. Quando se tem uma posição clara de ‘o que é ser brasileiro para o mercado’, será possível fazer ligações com outras culturas. A característica mais importante para um IBMista que quer se tornar global é a diligência cultural, ou seja, prestar atenção nas diferenças, estar aberto a novas experiências, ideias e continuar aprendendo. 5


INTELIGÊNCIA CULTURAL

Pesquisas recentes mostram que times ou mesmo indivíduos que trabalham em situações multiculturais, podem ser obrigados a prestar mais atenção a pequenos detalhes e diferenças. O resultado pode ser visto na melhora da performance. Me adaptar, significa que devo seguir o velho ditado “Quando em Roma, faça como os romanos” ? Apesar de acreditarmos que a melhor maneira de harmonizar uma relação multicultural seja imitando os hábitos e costumes de outra cultura, essa prática não é necessariamente a melhor. Fingir pode atrapalhar seu desempenho, além de construir uma imagem pessoal errada. A mudança de comportamento deve ser suficiente para demonstrar respeito, mas sem deixar de lado suas próprias características. Ou seja, não se espera de um time com 20 pessoas alocadas em diferentes lugares do mundo, que cada um fale os idiomas de todos os outros, mas que a comunicação seja bem sucedida mantendo-se uma linguagem simples e respeitosa. Meu time todo está alocado no Brasil, exceto meu gerente. Quem deve se adaptar? A responsabilidade da adaptação é um dilema. Existem dúvidas de até que ponto devemos nos adaptar, ou quanto devemos esperar que os outros se adaptem. A verdade é que a adaptação será responsabilidade daqueles que se importam com o impacto disso em sua performance. Quando uma pessoa se adapta a outra ou a uma cultura diferente, sua performance melhora e, quando todos se adaptam, a performance conjunta melhora consideravelmente. Se interessou pelo assunto? Conheça as ferramentas que a IBM disponibiliza para desenvolver a sua Inteligência Cultural!

Going Global - TMA Country Navigator Shades of Blue for Employees Shades of Blue for Managers ➢E-Learning:

Cultural Intelligence e-Learning @ TMA Country Navigator

Inteligência Cultural  

.......................................................................