Issuu on Google+


THIS IS A DOOR


ASSOCIATION FOR CREATIVE AND ARTISTIC DEVELOPMENT

P28 ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO CRIATIVO E ARTÍSTICO Explora a relação entre a cidade, espaços “não lugares” e cultura. Promove o desenvolvimento artístico no máximo das suas vertentes, reabilita mentalidades e aposta numa acção de responsabilidade social direccionada para a doença mental. A P28 também é Artista, alguém que defende uma posição singular e crítica, confrontando com o que nos é exterior. A P28 serve de intermediário entre o artista e o público, reunindo e disponibilizando espaços para encontros artísticos e, consequentemente, de partilha. As suas funções distribuem-se pela produção de projectos artísticos internos e fora de muros, quer a nível nacional como internacional.

P28 explores the relationship between the city, “non-place” spaces and culture. It promotes artistic development to its utmost extent, rehabilitates mentalities and invests in social responsibility actions focused on mental illness. P28 is also an Artist, someone who takes a unique and critical stand, confronting what is exterior to us. P28 serves as a bridge between the artist and the public, gathering spaces and making them available for artistic meetings and, consequently, sharing events. Its roles include the development of inhouse and beyond-walls artistic projects, at national and international level.


PROJECTOS PROJECTS


CONTENTORES CONTAINERS


O projecto CONTENTORES pretende assumir um papel dinamizador ao adoptar um formato pouco convencional na arte pública contemporânea, que se replica em manifestações de artistas reconhecidos no panorama artístico português e internacional mas sob uma vertente Site Specific – obra específica para o espaço. Esta solução conceptual -Site Specific - compreende a necessidade de reabilitar e reavivar espaços urbanos, sem perda de identidade ou transformação da sua forma mas, sim, como uma reorientação ou redefinição das prioridades na sua génese e propósito naquela localização específica. Pretende-se o reaproveitamento de um espaço por objectos já previamente aí existentes, mas processando-os ao reorganizá-los e aprestando-os como um elemento tão importante para a obra como os próprios objectos artísticos.

Ao interiorizar as premissas anteriores e equacionar a localização do CONTENTORES nas docas de Alcântara, este projecto visa também extravasar a arte dos seus espaços tradicionais e ainda promover a utilização de lugares anteriormente alheios de propósitos museais, ao concorrer para a promoção na equidade ao acesso à cultura, elemento fundamental nas sociedades modernas de incremento de cidadania. Sem cultura não pode haver plena cidadania. Com esta orientação estética (mas também pragmática) acreditamos atingir um ideal conotado com a massificação do acesso à Arte, numa verdadeira manifestação do conceito de arte-pública na qual esta entra em contactocom o espectador de modo espontâneo. Para queisso suceda, é necessário que exista um mínimo de esforço consciente da parte deste último. Essa é, também, a percepção da Administração do Porto de Lisboa (APL) que, desde a primeira hora, encarou a iniciativa como uma oportunidade para estreitar os laços

Project CONTENTORES aims to play a dynamic role by embracing a nonconventional format in contemporary public art. This role translates into promoting the artistic manifestations of acclaimed artists in the Portuguese and international arts scenario, focusing on sitespecific artworks – compositions specifically created to exist in a given place. This conceptual solution – site-specific - targets the need to rehabilitate and revitalize urban spaces, without losing their identity or altering their nature, by redirecting or redefining their core priorities and their purpose, focusing on that given location. The project aims to recycle a space through already existing objects, reorganizing and presenting them as elements that are as important as the artistic objects themselves. By internalizing these notions and taking into consideration the location of the project, in the Alcântara docks, CONTENTORES aims to expand art into nontraditional spaces and promote the use of places that previously lacked museum-like characteristics, by promoting a more equitable access to culture, which is a fundamental element to increase civic


entre a comunidade portuária e a população e, simultaneamente, chamar a cidade à zona ribeirinha de Alcântara. Dando seguimento a uma longa tradição de apoiar projectos de cariz artístico/cultural, a APL considera que o projecto CONTENTORES encontra no território portuário um espaço perfeito para a dinamização da arte pública. As exposições calendarizadas são extremamente bemvindas na comunidade portuária, dado envolverem alguns dos maiores nomes nacionais e internacionais da arte contemporânea. A nível temático há um abandono dos temas clássicos como conteúdo comemorativo, e uma nova incursão pelas poéticas pessoais e assuntos do quotidiano, abrangendo em alguns casos situações sociais (new genre public art). A multidisciplinaridade torna-se numa prática cada vez mais comum na arte pública contemporânea, observase uma simbiose e apropriação da linguagem de disciplinas como a arquitectura, design de equipamento, publicidade, sociologia, ecologia entre outras.

www.contentoresp28.com

consciousness in modern societies. Without culture, societies cannot have a true civic consciousness. Thanks to this aesthetic (but also pragmatic) approach, we believe the project will be able to achieve an ideal associated with making art accessible to the masses, as a true manifestation of the concept of public art, and through which art comes into contact with the spectator in a spontaneous way. In order for this to happen, some conscious effort is needed from the spectator’s side. This is, also, the perception of the Administration of the Port of Lisbon(APL) that, since the beginning, has faced this initiative as a chance to narrow the bonds between the port community and the population, while simultaneously calling the city to the marginal zone of Alcântara. Following a long tradition in supporting projects of cultural / artistic nature, the APL considers that project CONTENTORES finds in the port territory the perfect spot for developping public art initiatives.The schedulled exhibitions are extremely welcome in the port of Lisbon,due to the participation of some of the biggest names in the national and international contemporary art world.


LUISA CUNHA Luisa Cunha & Bruce Nauman Uma Performance e Uma Conversa One Performance and One Conversation 17.06.10 > 17.07.2010


R2 Temos Qualidade a Baixo Preço We’ve Got Quality at Low Price 24.07.10 > 28.08.2010


SUSANNE THEMLITZ 4Contentores 1Desenho 1Paisagem 4Containers 1Drawing 1Conversation 02.09.10 > 02.10.2010


PEDRO CABRITA REIS Deposição #2 Deposition #2 15.10.10 > 31.10.2010


JOSÉ PEDRO CROFT Sem Título,2010 Untitled,2010 13.11.10 > 31.12.2010


Espaรงo3 Space3


[espaço ao cubo] não é apenas uma galeria de arte, nem tão pouco ambiciona ser uma galeria de arte. Com o objectivo de trazer o melhor da arte contemporânea a um vasto público, este espaço, inaugurado no Centro Comercial Alegro Alfragide em Fevereiro de 2009, pretende fazer chegar às massas algo mais do que se espera de um Centro Comercial. No Espaço3 [espaço ao cubo] damos a conhecer aos milhares de Clientes que todos os dias visitam o Alegro Alfragide, um artista por mês. Ambicionamos desta forma contribuir para a disseminação da arte contemporânea, com total liberdade criativa para o artista convidado, num espaço que concebemos como um local privilegiado para um verdadeiro conceito de Arte Pública.

www.espacoaocubo.com

Espaço3 [espaço ao cubo] is not just an art gallery and it doesn’t intend to be an art gallery. Assuming a goal of bringing the best of contemporary art to a broader audience, this space, opened at Alegro Alfragide shopping mall in February 2009, is aiming to reach out to the masses with more that it would be expected from a shopping mall. At Espaço3 [espaço ao cubo] we’ll share the work of one artist per month with the thousands of Clients that visit us everyday. Thus, we’re willing to contribute to an art spreading ideal, giving the artist total freedom, in a place privileged for a true concept of Public Art. Drawing, painting, sculpture, installation, video art… creative expressions, divergent thoughts and different ways to view the world and the reality that surrounds us… to stimulate the reflexion of those who visit this place. In a place traditionally associated with consumption as it is a shopping mall, the artist has the challenge to capture people’s attention and stimulate the interest and reflexion of different audiences.


PAVILHÃO 27 Pedro Cabrita Reis _ “Os Outros”


“Os Outros” It’s an exhibition project of P28 that lies in the swap of roles between Pedro Cabrita Reis and Artur Moreira, Walter Barros, José Ribeiro, Francisco Gromicho, [artists – patients of the fine arts studio of the rehabilitation service in CHPL – Lisbon). Along this creative process, Pedro Cabrita Reis plays the part of a matrix – the reproduced model. The paper also comprises the single aesthetic support, filling in the whole exhibition space of Pavilhão27.

The identity matrix works as the neutral element in the multiplying process. By multiplying itself, its reflectivity has all the elements with an equal and zero value – thus, an equality component exists.

É um projecto expositivo da P28, que consiste numa troca de papéis entre Pedro Cabrita Reis e Artur Moreira, Walter Barros, Marta Sales, Francisco Gromicho, [artistas - doentes do atelier de artes plásticas do serviço de reabilitação do CHPL]. Neste processo criativo, Pedro Cabrita Reis assume-se como uma matriz – o modelo a ser reproduzido. O papel assume-se, também, como único suporte estético, ocupando na totalidade o espaço expositivo Pavilhão 27. A matriz identidade tem a função de ser um elemento neutro na multiplicação. Ao multiplicar-se, a sua reflectividade possui todos os elementos iguais e de valor zero – existe pois uma componente de igualdade.


WWW.P-28.COM _ +351 938 658 154 _



dossier-p28