Page 1

Colecção Pasárgada Pretende ir além do livro como objecto de consumo, criando uma manifestação artística elevada, quer na escolha dos títulos, intercalando novos valores com autores consagrados, quer na composição do livro físico e na concepção original do produto, que se pretende raro e autenticado pelo autor.

Iacyr Anderson Freitas

Iacyr Anderson Freitas

Terra Além Mar

Manuel Bandeira

Amadeu Baptista, nasceu no Porto a 06/05/1953. Frequentou a Faculdade de Letras da Universidade do Porto. É membro da Associação Portuguesa de Escritores e do PEN Clube Português. Poemas seus foram traduzidos para castelhano, italiano, inglês, francês, romeno e hebraico. Alguns livros publicados: As Passagens Secretas, Fenda Edições, Coimbra, 1982; Limiar,Porto,1985; Maçã, Limiar, Porto, 1986; O Sossego da Luz, Limiar, Porto, 1989; Desenho de Luzes, Ed. Amigos de Azertyuiop, A Corunha, Galiza, Espanha, 1997 (edição galaico-portuguesa); Arte do Regresso, Porto, Campo das Letras, 1999 e Paixão, Ed. Afrontamento, 2003, a que foi atribuído o prémio Vítor Matos e Sá, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e, mais recentemente, o prémio Teixeira de Pacoaes.

“… o nome Pasárgada suscitou na minha imaginação uma paisagem fabulosa, um país de delícias…”

Iacyr Anderson Freitas, nasceu a 22/09/1963, em Patrocínio do Muriaé, Minas Gerais, Brasil. Publicou vários livros de poesia e ensaio e prosa de ficção, com premiações no Brasil e no estrangeiro. Em Portugal sua produção poética teve acolhimento em periódicos e antologias colectivas e encontra-se também divulgado na Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, EUA, França, Itália e Malta. Do seu percurso poético destaca-se: Messe (1.º lugar no Concurso Nacional de Literatura Cidade de Belo Horizonte – Poesia, em 1990, e 1.º lugar no Prémio Nacional Joaquim Norberto, da União Brasileira de Escritores, em 2001); Oceano coligido (1.º lugar no Prémio Internazionale Il Convívio – Poesia, conquistado na Itália em 2002); As perdas luminosas (1.º lugar no Prémio Nacional Centenário de Oscar Mendes – Ensaio, em 2002); A soleira e o século (1.º lugar no Prémio Internazionale Il Convívio – Poesia (Itália), e 1.º lugar no Prémio Nacional Centenário de Hely Menegale, ambos em 2003) e o livro de contos Trinca dos traídos (Menção Especial no Prémio Literário Casa de las Américas, obtida em Cuba em 2005).

Terra Além Mar

Coordenação Ozias Filho, nasceu em 6/7/1962, no Rio de Janeiro. Jornalista e Fotógrafo, reside em Portugal há cerca de treze anos. Trabalhou no Jornal O Primeiro de Janeiro (Porto), nas Revistas Lusofonia e Teres e Haveres - História do Património de Portugal. Lançou em 2001 pela Editora Alma Azul o livro Poemas do Dilúvio. Idealizou e protagonizou, entre 2002 a 2004, na Casa da América Latina, os projectos: "Uma Hora Com os Poetas", “Noites em Pasárgada” e “Neruda com Amor”. Desde de 1999 é o responsável da Editora Vozes em Portugal.

CAPA Terra Alem Mar PRETO