Page 1

Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar

Ensino Médio Integrado e Educação Profissional

Incentivo a leitura

pág. 2

pág.4

pág. 4

Secretários discutem formação de professores durante reunião do Consed

O

s secretários de Estado da Educação se reuniram no Rio de Janeiro para a IV reunião ordinária do ConsedConselho Nacional de Secretários da Educação, que aconteceu no Hotel Novo Mundo, entre os dias 27 e 28 de novembro. A solenidade de abertura contou com a presença da presidente do Consed, secretária de Educação e Cultura do Tocantins, Maria Auxiliadora Seabra Rezende, do secretário executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim, representando o ministro Fernando Haddad, e dos demais secretários de estado da Educação. Na pauta do dia a formação de professores e o Prêmio Nacional de Referência Escolar. A presidente do Consed, profª Dorinha, deu boas vindas aos secretários e falou da importância da

reunião e dos desafios na formação de professores. “Os nossos professores não são formados para serem professores. Precisamos discutir a educação, o ensino superior e o desenho da formação de professores. Devemos tentar construir política de educação que vá além das nossas redes. Temos que fazer um trabalho em regime de colaboração entre união, estados e municípios” destacou. O secretário executivo do MEC, Paim, destacou a iniciativa de discussões conjuntas empreendidas pelo Consed. Para ele, “as discussões envolvem além da demanda de cursos, a construção de currículo”. A anfitriã Tereza Porto, Secretária de Educação do Rio de Janeiro, também relatou a importância do tema formação de professores. “O professor

não sai da universidade preparado para a sala de aula”, destacou a Secretária.

ramentas pedagógicas”, informou Tereza. A distribuição de notebooks para todos os

Percebi como a educação, diferente de outras áreas, está distanciada dessa nova ferramenta. Lançamos o Programa Educação para a Sociedade do Conhecimento TECNOLOGIA EDUCAÇÃO

DA professores também faz

Na oportunidade, a secretária do Rio, Tereza Porto, fez uma apresentação sobre inclusão tecnológica, uma das principais ações da Secretaria do Estado. “Percebi como a educação, diferente de outras áreas, está distanciada dessa nova ferramenta. Lançamos o Programa Educação para a Sociedade do Conhecimento, iniciativa que tem como principal objetivo inserir as tecnologias como fer-

parte desse processo de inclusão digital, além da criação do “Portal do Professor” e do “Conexão Escola”, que implantará pelo menos um laboratório de informática até o final do ano em cada escola estadual. Reunião - No dia 28, os secretários socializaram experiências de sucesso na formação de professores, e os resultados dos seminários internacionais do ensino médio na

Argentina e no Brasil. As discussões incluiram ainda a educação indígena, as missões internacionais e o calendário 2009. Coquetel com Governador do Rio Os Secretários de estado da Educação foram recebidos no Palácio das Laranjeiras, pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para um coquetel de boas vindas à cidade maravilhosa. O governador Sérgio Cabral destacou a importância do Consed nas discussões pertinentes à Educação. “Este Conselho é muito importante porque reúne o que há de mais estratégico e fundamental para o Brasil que nós queremos: a educação. Acredito que essa causa não tem partido, é uma grande luta que deve ser de todos os estados, disse o Governador.

pág. 1


consed

TOME NOTA

informa

Ano 1 | Número 4 | Janeiro-Março 2009

Modelo de formação de professores é apresentado durante reunião

Guiomar Namo de Melo ao lado da Secretária de Educação do Rio de Janeiro, Tereza Proto.

N

a manhã do primeiro dia de reunião (quinta-feira, 27), um modelo de formação de professores foi apresentado aos secretários, pela diretora presidente da Escola Brasileira de Professores, Guiomar Namo de Melo. As referências e características dos cursos de formação e a importância das diretrizes e parâmetros curriculares no processo de formação, fizeram parte da apre-

sentação. “Os professores precisam dominar as propostas, porém temos parâmetros vagos, a formação tem que ser mais objetiva com base na realidade de cada estado”. Guiomar expôs o perfil pessoal e profissional do professor. “O professor precisa desenvolver suas competências, ter boa gestão da escola e da sala de aula, além de planejar sua carreira, relacionar-se com a cultura, saber con-

viver com o coletivo, acolher a diversidade e não se comprometer com a própria aprendizagem. O bom professor deve aliar a teoria à prática, é necessário que ele aprenda o que vai ensinar e que possa levar suas competências para a sala de aula”. A diretora relatou a ineficiência das universidades na formação do professor. A matriz da universidade é da idade média. Ela

afirmou que os modelos de cursos oferecidos são arcaicos e não preparam o professor para estar em sala de aula. Os princípios pedagógicos e metodológicos são outros, diferentes do que a sala de aula precisa. “Não podemos formar professores em um ambiente que não gostaríamos que levassem para sala de aula. Formamos o professor em um modelo e pedimos que ele pratique outro. O professor deve passar pela formação básica novamente, no fundamental e médio” finalizou Guiomar. Pesquisa revela deficiência na formação de professores Uma pesquisa realizada pelas Fundações Carlos Chagas e Vitor Cívita foi apresentada pela pesquisadora Marina Muniz. A pesquisa realizada em diversas universidades do País revelou a deficiência na formação de professores. O estudo foi baseado nos currículos e na análise das ementas dos cursos de pedagogia e das licenciaturas. A análise das grades curriculares mostra uma fragmentação do curso de pedagogia, “a diversidade de disciplinas é muito grande, é preciso haver um consenso”, revelou

Marina. Foram detectadas 1.968 disciplinas diferentes, sendo que apenas 53 delas estão ligadas à atividade de alfabetização. A disparidade entre a grade curricular e as ementas dos cursos também foi apontada pela pesquisadora. “Existe um descompasso entre o currículo e as ementas. A ementas revelam que as didáticas são dadas do ponto de vista teórico, além de serem pouco orientadoras - apenas 5% tem conteúdos para a educação infantil. Outro dado que podemos observar é que em apenas 8% das ementas aparece a palavra escola. Os conteúdos estão distantes das escolas. Não se consegue articular o que se espera de um profissional”, relata a pesquisadora. A presidente do Consed, Profª Dorinha Seabra Rezende, falou da importância de trazer a pesquisa para o Conselho. “O estudo serve como provocação para sabermos que tipo de profissional queremos. Para demandar às instituições de Ensino Superior, precisamos estudar e propor desenhos alternativos. Existem muitas experiências que mostram que a formação com qualidade é possível”, disse Dorinha.

Especialistas discutem políticas públicas para o Ensino Médio Integrado e Educação Profissional E

m São Paulo, acon- formação de professores, em função da cultura”, teceu o I Seminário a desigualdade social e destacou Álvaro Marchesi, Internacional para Se- as divergências culturais. Secretário Geral da OEI. cretários Estaduais de Segundo Dante, a muPara a presidente do Educação, sobre o En- dança do Ensino Médio Consed e secretária de sino Médio e Educação tem como base três eixos Educação do Tocantins, Profissionalizante. O estruturantes quando se Maria Auxiliadora Seabra evento, aconteceu no Ho- trata de Ensino Médio In- Rezende, o Seminário teve tel Renaissance, e é uma tegrado: trabalho, ciência o propósito de promover a realização da OEI- Organi- e tecnologia, e cultura. troca de experiências e de zação dos Estraçar caminhos tados Iberopara dar identiEstados e países têm dade ao Ensino americanos, Fundação que pensar juntos. A troca Médio. “As avaliaSantillana, em ções mostram que parceria com de experiência é fundamental. começamos a meo Consed. lhorar na EducaO modelo de ensino se No docução Básica, mas o mento nor- dá em função da cultura. ensino médio ainteador das da é um desafio. discussões, apresentado A preocupação em de- O jovem chega à escola e pelo professor Dr. Dan- senhar um modelo de quer uma escola diferente te Henrique Moura, do Ensino Médio Integrado, da que está sendo ofereciNúcleo de Pesquisas em ajustável à diversidade da”, ressalta. “Precisamos Educação, do Centro Fe- dos estados, também foi buscar um caminho para deral de Educação Tec- pontuada pelos especia- a qualidade da educação nológica do Rio Grande listas. Além da expansão do Brasil. Estamos em um do Norte, são apontados das discussões, “estados momento em que as disvários fatores que influen- e países têm que pensar cussões sobre obrigatociam na condução do juntos. A troca de expe- riedade e universalização Ensino Médio Integrado, riência é fundamental. O têm que caminhar juntas” dentre eles o currículo, a modelo de ensino se dá disse a Presidente. pág. 2

Alvaro Marchesi, Secretário Geral da OEI.


consed

Ano 1 | Número 4 | Janeiro-Março 2009 GALERIA DE FOTOS

informa

Ana Tereza Halston, Gerente de Educação Social da Microsof Brasil.

Aparecido Roque da Silva recebe o Prêmio das mãos da Sec. Milca Severino (GO).

Iara Moraes da Silva recebe da Sec. Tereza Porto (RJ) o Prêmio Nacional de Gestão Escolar.

Guiomar Namo de Melo, Tereza Porto (RJ), Maria Auxiliadora (TO) e Marina Muniz na IV Reunião Ordinária do Consed.

Prof. Dorinha faz abertura da cerimonia na entrega do Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar.

Vencedores do Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar participam de coquetel no Palácio das Laranjeiras.

Secretários Estaduais, após discuções da IV Reunião Ordinária do Consed no Rio de Janeiro.

Seminário Internacional para Secretários Estaduais de Educação sobre o Ensino Médio e Educação Profissionalizante.

Reunião do Progestão Online na sede do Conselho Nacional de Secretários de Educação - Consed em Brasília.

Conferência Regional de Educação Escolar Indigena do Alto Rio Negro (AM). Mário Vilela /FUNAI

Mário Vilela /FUNAI

Paulo Cesar da Silva Araújo (RR) recebe o Prêmio Escola Destaque Nacional em Gestão Escolar, entrege por José Roberto Marinho da Fundação Roberto Marinho.

Secretários em visita a escola espanhola durante missão em Madrid.

Representantes da Embaixada da Espanha, Maria Auxiliadora Seabra Rezende (TO) e Nilene Badeca (MS).

Conferência Regional de Educação Escolar Índigena do Alto Rio Negro - São Gabriel da Cachoeira (AM).

pág. 3


consed EM ALTA

informa

Ano 1 | Número 4 | Janeiro-Março 2009

Premiada escola de Referência em Gestão Escolar A

Escola Municipal Professora Amazona de Oliveira Monteiro, em Boa Vista, Roraima, foi a grande vencedora do Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar, ano base 2007. A solenidade de premiação aconteceu em novembro do ano passado, no Iate Clube, no Rio de Janeiro. A Escola Professora Amazona foi destaque entre as 1.609 escolas inscritas no Prêmio. Com apenas três anos de funcionamento, a instituição de ensino já vê os resultados de um trabalho desenvolvido em uma gestão democrática. Os projetos de aprendizagem representam uma das inovações

pedagógicas da escola, em especial pela realização das aulas-passeio, utilização de recursos tecnológicos e parcerias educativas. Os projetos se desenvolvem a partir de temas escolhidos pelos alunos em sala de aula, no laboratório de informática ou fora da escola. Como prêmio, a escola recebeu os diplomas de “Escola Referência Nacional em Gestão” e de “Liderança em Gestão Escolar”, além de um cheque no valor de R$ 10 mil. “O Prêmio veio para mostrar que estamos no caminho certo. Quando queremos fazer encontramos os meios, quando não queremos encontramos as descul-

pas”, falou emocionado o diretor da escola, Paulo Cezar de Araújo. Em seu discurso a presidente do ConsedConselho Nacional de Secretários de Educação, Profª Dorinha Seabra Rezende, reforçou a importância da gestão escolar. “Temos grandes desafios e um compromisso em proporcionar uma educação pública de qualidade, o Prêmio fortalece e mostra que o gestor pode fazer a diferença na escola”. Na oportunidade, foram premiadas outras 21 escolas, uma de cada Estado, que além do diploma receberam a quantia de R$ 2 mil, todos os diretores das escolas selecionadas re-

ceberam uma viagem de intercâmbio para os Estados Unidos. A cerimônia de premiação foi conduzida pela jornalista Renata Ceribelli e encerrada com um show da cantora Teresa Cristina. Estiveram presentes no evento a presidente do Consed, Maria Auxiliadora Seabra Rezende; a secretária Municipal de Educação de Angra dos Reis, Stella Magaly Salomão Correa, representante da Undime; a diretora para assuntos da Embaixada dos EUA, Adela Ruppe; o coordenador do Escritório Antena da Unesco no Rio de Janeiro, Pedro Lessa; o diretor-presidente do Movimento Brasil Competitivo, Cláudio

Leite Gastal; além de Vilma Guimarães, gerentegeral de Educação e de José Roberto Marinho, presidente da Fundação Roberto Marinho. O Prêmio - Criado em 1998, o Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar é uma iniciativa do Consed, Undime, Unesco e Fundação Roberto Marinho. Mais de 19 mil escolas já participaram do Prêmio que já diplomou 580 unidades de ensino. O Prêmio visa reconhecer os trabalhos inovadores e as experiências bem sucedidas das escolas públicas com mais de cem alunos, além de proporcionar a autoavaliação do processo de gestão.

VivaLeitura: Presidente do CONSED participa da maior premiação nacional de incentivo a leitura A presidente do Consed e secretária da Educação e Cultura do Tocantins, Maria Auxiliadora Seabra Rezende, profª Dorinha, participou em São Paulo, da entrega do Prêmio VivaLeitura, conhecido como a maior premiação de incentivo a leitura no Brasil. Durante solenidade, ocorrida no Museu de Arte da capital paulista, a Fundação Santillana anunciou os nomes dos três vencedores. As iniciativas ganhadoras foram escolhidas dentre os 15 finalistas. Cada uma delas recebeu R$ 30 mil. Na categoria escolas públicas, privadas e comunitárias, o vencedor foi o projeto “Ônibus Biblioteca”, de São Paulo. Na categoria escolas públicas e privadas foi escolhido o projeto “Palavras Andantes”, de Londrina (PR). Já na categoria ONGs, pessoas físicas, universidades e instituições sociais, o vencedor foi o projeto “Formação de multiplicadores da Expedição Vaga Lume”. Todos os finalistas foram agraciados com troféus. A professora Dorinha fez a entrega do troféu para Marcelo Nascimento, de Mato Grosso, responsável pelo projeto “A leitura e a escrita entre os índios Xavantes de Sangradouro”. O Projeto foi realizado com o foco na leitura e escrita, valorizando a cultura indígena local, aprimorando a pág. 4

cartilha bilíngüe já existente e reforçando a importância da escola cultural.

Educação e Cultura e da Organização dos Estados Ibero-americanos, com

A leitura é área central para a formação do cidadão. Vemos aqui situações diversas e adversas que estão investindo e acreditando na leitura. Para a presidente do Consed, o Prêmio, além de reconhecer iniciativas que potencializam a leitura, tem o papel de fomentar e incentivar essa prática. “A leitura é área central para a formação do cidadão. Vemos aqui situações diversas e adversas que estão investindo e acreditando na leitura”, destacou Dorinha. Diversas autoridades participaram da cerimônia de premiação, dentre elas o senador Cristovam Buarque, o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação, André Lázaro, representando o ministro Fernando Haddad e o gerente da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Américo Córdula, representando o ministro, Juca Ferreira, além de secretários de Educação de todo o País. O VivaLeitura é uma iniciativa dos Ministérios da

apoio do Consed, Undime – União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação e da Fundação Santillana

O Prêmio - O VivaLeitura faz parte do PNLL- Plano Nacional do Livro e Leitura e tem como objetivo promover a prática da leitura, por meio do reconhecimento das melhores experiências que incentivam o ato da leitura. Em 2008 o Prêmio contou com 1899 projetos inscritos, de todas as regiões do País, distribuídos em três categorias: bibliotecas públicas ou privadas, escolas públicas ou privadas e pessoas físicas ou instituições. Nesta edição a novida-

de foi o reconhecimento a empresas privadas que executam projetos dessa natureza. Receberam Menção Honrosa: A Tarde Educação, da Editora A Tarde (BA); Minibliotecas da Embrapa, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (DF); Jornadas Literárias, da Fundação Universitária de Passo Fundo (RS); e Projeto Entorno, da Fundação Victor Civita (SP). Conheça os projetos premiados em 2008 no site www.premiovivaleitura.org.br

GESTÃO 2007 - 2008 Maria Auxiliadora Seabra Rezende Secretária de Estado da Educação e Cultura de Tocantins Presidente (Região Norte):

1° Vice-presidente (Região Nordeste): Adeum Sauer Secretário de Estado da Educação da Bahia 2° Vice-presidente: (Região Centro-Oeste): Maria Nilene Badeca da Costa Secretária de Estado da Educação de Mato Grosso do Sul

Mariza Abreu Secretária de Estado da Educação do Rio Grande do Sul

3° Vice-presidente (Região Sul):

Haroldo Corrêa Rocha Secretário de Estado da Educação do Espírito Santo

4° Vice-presidente (Região Sudeste):

Secretária Executiva: Nilce Rosa da Costa

Expediente: Informativo produzido pela Assessoria de Comunicação do Consed Jornalista Responsável: Lilian Saldanha (MTb 10029/RS) Texto: Alayla Milhomem Revisão: Cinara Maia Projeto gráfico e diagramação: Marcos Felipe Fotos: Mário Vilela/FUNAI, Marcia Costa/Sec.RJ, Cris Torres/Sec.RJ, ASCOM/Consed e ASCOM/OEI. E-mail: comunicacao@consed.org.br - Contato: (61) 2195.8651

Consed Informa 04  

Informativo Trismestral do Consed - Conselho Nacional de Secretário de Educação. Projeto Grafico e Diagramação: Marcos Felipe Jornalista: L...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you