Issuu on Google+

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

CARAZINHO, sexta- Feira 17.02.2017

Diário da Manhã

1

www.diariodamanha.com 36 ANOS - Nº73- R$ 2,00

Saques do FGTS deixam comércio na expectativa

Foto DM/Kleiton Vasconcellos

Segundo CDL, 70 e 75 por cento dos beneficiados vão aproveitar esse dinheiro para quitar as pendências financeiras, mas parte também será utilizada para a aquisição de bens de consumo, até porque o governo estima injetar cerca de R$ 30 bilhões na economia do país. Pág 3

Osinca irá ampliar projetos musicais em Carazinho O projeto da Academia de Música passa a contar com o patrocínio e forte investimento da Vivo, que pretende transformar o município em um dos grandes polos culturais do Sul do país. Já o Projeto Osinca nas escolas deverá abranger crianças e adolescentes da rede municipal de ensino. Pág 4

Roos apresenta desempenho de insumos Fertilizantes e defensivos foram aplicados em lavouras de soja e milho e os resultados foram mostrados em um Dia de Campo. Agro Diário

Município e HCC devem assinar contrato nesta sexta-feira

Segundo a Secretária de Saúde, Anelise Almeida,a tendência é de que o contrato deste ano seja aos moldes do último, porém com a previsão de reajuste da inflação. Pág 5

99959-5027


2

DA REDAÇÃO

Diário da Manhã

SAL DA TERRA

ZOOM Ampliação do atendimento odontológico

Christopher Goulart*

Em um trecho do “Sermão de Santo Antônio”, do Padre Antônio Vieira, deparei-me com uma revelação de alta doutrina de Estado, interpretado na palavra de Jesus Cristo aos Apóstolos, que ora compartilho de forma propositiva. “Vos estis sal terrae”, (Vós sois sal da terra). Diz o Padre Vieira no referido sermão: “Não é necessária filosofia para saber que um indivíduo não pode ter duas essências”. E prossegue: “Vos estis sal: porque o ofício há-se de transformar em natureza, a obrigação há-se de converter em essência, e devem os homens deixar o que são, para chegarem a ser o que devem” Quando refiro-me, seguindo os ensinamentos apontados, que nesta lição está inserida uma “alta doutrina de Estado”, aponto urgentemente para a necessidade da transformação de cada cidadão, em homens e mulheres de fé, no sentido da convicção de que sempre podemos mudar o que somos. Neste sentido, atento à definição de São Cromácio, também citado no Sermão, diz ele que; “A matéria ou natureza do sal são três elementos transformados, os quais tendo sido fogo, ar e agua, se uniram em uma diferente espécie, e se converteram em sal”. Eis o ponto, certamente eivado de utopia. “Unirmos em uma diferente espécie”, que fuja dos sentimentos mesquinhos, os mesmos que fazem parte de nosso ser, de andarilhos errantes e pecadores, para definitivamente conquistarmos a consciência “do que devemos ser”. Repensarmos o quanto dispendemos energias negativas e reciclarmos nossos pensamentos em alta qualidade, cientes de que nosso caminho é finito, e por aqui devemos dar o melhor de nós. Estejamos certos de que sempre temos muito mais a contribuir, seja dentro da família, em nosso trabalhos, como também fazendo a diferença como cidadãos no círculo ativo que movimenta um País. Aqui, sob meu ponto de vista, reside a revelação da alta doutrina de Estado. Sejamos “Sal da terra”, lembrando sempre as palavras da Bíblia em Mateus 5, 13: “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens”. Vale refletir se queremos “ser insípidos”, ou destituído de qualquer sabor desprovido de interesse. Eu, francamente, não quero! Dia desses, em tom irônico, fui questionado sobre os motivos de minha leitura e reprodução de trechos originários do livro Sagrado. Minha resposta, que ora faço pública e recomendo (com a devida permissão dos leitores), está no fato da reafirmação de que através da fé podemos deixar de ser o que somos para chegarmos a ser o que devemos. Vos estis sal terrae.

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

Foto Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura de Tio Hugo, através da Secretaria Municipal de Saúde, ampliou o horário de atendimento odontológico na Unidade Básica de Saúde. A ampliação do atendimento foi avalizada pela contratação do cirurgião dentista Dr Leonir Setti, que já está atuando no Posto de Saúde desde o início da semana. Esta medida

foi tomada com o intuito de aprimorar a qualidade do atendimento de saúde bucal prestado aos cidadãos, bem como atender a demanda existente por este tipo de serviço. Atualmente a Unidade Básica de Saúde possui três dentistas que realizam os atendimentos de segunda a sexta-feira.

(*) Advogado, primeiro suplente de Senador (PDT-RS)

Fique por dentro da programação da emissora número um de Carazinho:

Mande seu artigo para avaliação para redacao.carazinho@diariodamanha.net. Não garantimos a publicação. O Grupo Diário da Manhã não se responsabiliza pelas opiniões expressas neste espaço e todo material enviado não será devolvido. Máximo de 35 linhas, fonte times tamanho 10.

7 h às 9 horas - Agenda de Notícias com Marcelo Marcos 09 horas às 12 horas – Show da Manhã com JP 12 horas às 12 h30min – Patrulha Diário com Tiago Borges 12 h30mim às 12h45min–

Informativo da Cotrijal 12h45mim às 13 horas – Esporte na Mesa com Tiago Borges 13 horas às 14 horas – Recadão Diário 14 horas às 18 horas – Tarde Legal 18 horas às 19 horas – Plantão Diário com Alessandro Tavares

Ouça a rádio pelo site: WWW.diarioam780.com.br

DATAS COMEMORATIVAS

Se você tem um smartphone e um aplicativo de QR Code instalado, posicione o leitor desta imagem e tenha acesso direto ao nosso site!

Facebook.com/diarioam

Fundador Jornalista Túlio Fontoura (1935 1979) Presidente-Emérito Dyógenes Auildo Martins Pinto (1972 1998) Vinícius Martins Pinto (1997 2003)

Presidente Janesca Maria Martins Pinto Vice-Presidente Ilânia Pretto Martins Pinto

17/02.Dia Mundial do Gato 19/02.Término do Horário de Verão

Diretora Comercial: Jussara Alberton Sirena Editora: Mara Steffens Nogueira (SRTE/RS 17005)

www.diariodamanha.com www.facebook.com/diarioam

@diariodamanhaRS


GERAL

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

Diário da Manhã

Saques do FGTS devem ser usados principalmente para quitar dívidas O governo federal já divulgou o calendário para o saque dos saldos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mais de 10 milhões de pessoas têm direito à retirada, que terá início no dia 10 de março. A Caixa Econômica Federal (CEF) até antecipou o horário de atendimento ao público nas agências para explicar sobre os saques, que acontecerão de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. O diretor executivo da Câ-

mara de Dirigentes Lojistas de Carazinho (CDL), Wanderlei Conte revela que há expectativa da própria Federação e de todo comércio, “de que a maioria dos beneficiados com o saque do FGTS vão aproveitar esse dinheiro para quitar as pendências financeiras, mas parte também será utilizada para a aquisição de bens de consumo, até porque o governo estima injetar cerca de R$ 30 bilhões na economia do país”, explica. Conte ressalta que a maior fatia desses

recursos que serão retirados pelos trabalhadores vai suprir essas necessidades, ou seja, “muitos que estão inadimplentes, realmente atravessam dificuldades financeiras. Então, eles devem aproveitar esse momento para quitar as suas dívidas”, prevê. Conte acredita que no momento em que acontecer a primeira liberação dos valores, os consumidores vão procurar imediatamente as lojas. “Na estimativa que nós temos, acreditamos que cer-

3

Previsão do CDL é que de 70 a 75 por cento dos consumidores resolvam suas inadimplências junto ao comércio, a partir da liberação do dinheiro, cujo calendário de pagamento inicia dia 10 de março

ca de 70 a 75 por cento dessas pessoas que vão realizar os saques devem quitar suas pendências imediatamente e isso, ficando com o nome limpo e o comércio vai sentir esse impacto”, observa. O levantamento pontual que a CDL realiza ao monitorar o sistema do SPC, mostra que atualmente há cerca de 20 mil registros de inadimplentes, sendo mais de 10 mil CPFs em Carazinho. “O índice não aumentou, se compararmos com 2015, mas

independente disso, mesmo não tendo aumentado, o nível de endividamento do carazinhense é alto ainda. Sem dúvidas, em um momento em que o governo lança essa possibilidade de injetar dinheiro no mercado, isso vem em beneficio de todos, e nós acreditamos que esse reflexo será imediato no comércio”, reitera. No portal diariodamanha. com você confere quem tem direito bem como as datas previstas para o saque.

Aumenta demanda por medicamentos especiais na Defensoria Pública Enquanto os entes do Poder Público protelam suas responsabilidades, há pacientes que estão com o tratamento contra o câncer suspenso por falta de medicamentos Tem crescido a quantidade de colocações que chegam a redação do DM de pessoas que precisam de medicamentos especiais, que são aqueles não fornecidos diretamente na Farmácia Básica, e que tem levado mais tempo para conseguir acessá-los, mesmo pela via jurídica. Nesta semana redação do DM recebeu a paciente Rose Machado, que faz tratamento contra um câncer. Ela relata que desde o final do ano passado teve de interromper seu tratamento por falta de disponibilidade do medicamento que lhe foi prescrito. Segundo ela, cada dose do remédio tem valor aproximado de R$ 17 mil, e sem condições de adquiri-lo procurou o poder público e fez a solicitação. Após a demanda ter sido encaminhada à Defensoria Pública, ao final do ano passado ela conseguiu garantir parte do tratamento com o produto chamado Avastin de nome cientifico Bevacizumabe e que deveria ser aplicado por seis vezes. Ela recebeu três doses entre os dias 3 de outubro de 2016 e 10 de novembro de 2016 sendo que o tratamento deveria ter sido concluído no início deste ano, mas as últimas três doses não foram lhe disponibilizadas.

“Eu ligo na Secretaria todas as semanas e a resposta tem sido a mesma, não veio o remédio. Nesta semana disseram que provavelmente não viria mais. Eu não estou com gripe, nem com um corte, estou com câncer! O médico disse que a doença tinha parado de evoluir, mas preciso concluir o tratamento”, diz Rose. De acordo com ela, a aplicação ocorria na oncologia do Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo. Ela revela que recentemente teve câncer no colo do útero, se tratou e acreditava que estava curada, porém meses depois a doença voltou a se manifestar na altura da clavícula. Rose comenta que caso o câncer volte a progredir terá de aumentar o número de sessões, e assim, por consequência, a quantidade de doses. No caso dela, o processo envolveu o bloqueio de recursos públicos. Rose revela que assim como ela sabe de outros quatro pacientes que estão na mesma condição de espera. Contatada pela redação do DM, a secretária de Saúde, Anelise Almeida, ficou de verificar qual o andamento do processo da paciente. Anelise comenta, no entanto, que esse tipo de demanda é encaminhadas via Farmácia Bási-

ca do Município que recolhe os documentos necessários e faz o relatório quando os pedidos de medicamentos especiais, que seriam de incumbência do Estado são aportados. “Nós encaminhamos os documentos e os laudos e todos os meses o Estado nos disponibiliza em Passo Fundo os medicamentos que estão na lista, mas tem ocorrido que há alguns que mesmo estando na lista não tem vindo”, lamenta.

Demanda por medicamentos aumentou na Defensoria Publica O Defensor Público, Marcelo Piton, confirma que nos últimos meses tem-se notado um acréscimo nas demandas por medicamentos especiais que aportam na repartição. “Verificamos que em novembro do ano passado foram agilizados 24 processos. Em dezembro houve o recesso. Em janeiro o recesso encerrou no dia 8, mas foram agilizados 14 processos até o final do mês e agora em fevereiro já são 13 processos”, comenta Piton. De acordo com o defensor, se considerados os dias úteis, aportam na Defensoria ao menos uma demanda do gênero por dia. Piton expli-

ca toda pessoa pode buscar a Defensoria Pública para ingressar no juízo e postular medida, desde que não possua condições financeiras para comprar o medicamento. O defensor no entanto, comenta que para ter acesso aos serviços da Defensoria Pública a renda familiar deve ser inferior a cinco salários mínimos. Piton revela que no ano passado o valor de R$ 300 mil foram bloqueados das contas do município de modo que as demandas por medicamentos fossem atendidas. “A Defensoria sempre ajuizá as ações contra o Estado e contra o município. Então, por exemplo, se uma pessoa vem buscar um medicamento que custa R$ 500 por mês a ação é ajuizada e do custo do medicamento 50% fica para o município e 50% para o Estado. No ano passado, dos cofres de Carazinho foram bloqueados

cerca de R$ 300 mil e do Estado um valor superior a isto”, revela Piton. O Defensor destaca que quando ocorre demora na entrega do medicamento ao paciente geralmente é pelo descumprimento da medida. “ Ajuizamos o processo e o juiz profere uma liminar, deferindo ou indeferindo o medicamento. Geralmente ele da um prazo para o Estado e Município cumprirem, e que comumente é de cinco dias. Se o Estado e o Município cumprem esta decisão, do ajuizamento até a pessoa ter o medicamento em mãos demora de 10 a 15 dias. O problema ocorre quando não há o cumprimento da decisão, e nestes casos a pessoa tem de voltar a Defensoria e nos apresentar três orçamentos do medicamento para aí sim postularmos o bloqueio das contas”, explica diz Piton.


4

CULTURA

Diário da Manhã

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

Osinca irá ampliar projetos musicais em Carazinho O projeto da Academia de Música passa a contar com o patrocínio e forte investimento da Vivo, que pretende transformar o município em um dos grandes polos culturais do Sul do país. Já o Projeto Osinca nas escolas deverá abranger crianças e adolescentes da rede municipal de ensino Foto DM/Arquivo

Desde sua criação em 2006, já alcançou mais de 25 mil pessoas, tanto em alunos, quanto em público nos concertos e eventos. “É um projeto continuado, que ao longo de seus 10 anos vem transformando a realidade cultural da região, o que representa um projeto perene, capaz de deixar um rico legado às futuras gerações”, enfatiza Cordella.

ACADEMIA DE MÚSICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS Outro projeto educacional e cultural da Osinca foi apresentado na última sexta-feira (10) pelo Maestro Fernando Cordella ao prefeito Milton Schmitz. No encontro realizado na Prefeitura, participaram a secretária de Educação, Sandra Citolin; o secretário Geral do Governo, Jorge Dutra; a coordenadora de Cultura da Secretaria Municipal de Educação, Silvana Souza e o produtor Vinícius Moreira. O projeto apresentado refe-

A Orquestra Sinfônica de Carazinho (Osinca) deverá expandir em proporções muito maiores, o projeto Academia de Música re-se a possibilidade de uma parceria entre a Secretaria de Educação e Cultura (SMEC), através das escolas municipais e a Osinca, que consiste na realização de atividades pedagógicas sociais gratuitas, bem como concertos didáticos para a comunidade. Conforme ressalta que este

Foto Divulgação/ Prefeitura de Carazinho

Com patrocínio exclusivo do grupo de telefonia Vivo, a Orquestra Sinfônica de Carazinho (Osinca) deverá expandir em proporções muito maiores, o projeto Academia de Música. “A Vivo pretende transformar Carazinho em um dos grandes polos culturais do Sul do país. Esse projeto até então era modesto, realizado dentro das possibilidades limitadas que tínhamos. De início, essa parceria está investindo mais que o dobro do que já foi investido durante todos esses anos. Isso vai proporcionar um salto muito grande ao projeto”, explica o maestro Fernando Cordella, coordenador da Osinca. Cordella revela que já está sendo aberto edital para contratação de mais professores, visando a ampliação do projeto. “Vamos trabalhar com os melhores profissionais que estão á disposição. Alguns nós já tínhamos na Orquestra e outros, inclusive de fora do Rio Grande do Sul estão manifestando interesse em participar dessa seleção”, ressalta. O Projeto Osinca vem contribuindo para a formação musical de dezenas de jovens, muitos deles hoje integrantes da Orquestra e também de outras orquestras do Estado. “O projeto já representa hoje o maior Polo Cultural da região Norte do Estado, o qual foi criado pela Fundação Cultural de Carazinho (FUCCAR), há 11 anos. Iniciou modestamente e com os anos foi atingindo um grau elevado de qualidade, o que chamou a atenção de investidores”, enfatiza o maestro.

Reunião no gabinete do prefeito Milton Schmitz tratou sobre a implantação do projeto da Academia de Música da Osinca nas escolas municipais

é um projeto de grande impacto de transformação social, devido à contribuição na geração de oportunidades de trabalho no mercado musical. “Além de toda a atividade social, o projeto tem como principal objetivo a formação de músicos profissionais, diferente da maioria dos projetos em que se visa apenas a inclusão social”, explica. O Projeto se divide em Academia de Musica OSINCA, Academia na Escola e Concertos Didáticos. Na Academia na Escola os alunos da rede municipal de ensino terão aulas no turno inverso (manhã ou tarde), de segunda-feira a sexta-feira com carga horária semanal de 12h. Divididas em aulas individuais (para os mais adiantados) ou grupos de até 20 alunos, com um total máximo de vagas para 100 alunos em 2017. Cordella comemora que

Dia: 21/02/2017

Horário: 19h30

Local: ACIC (Agências Carazinho e Carazinho Centro)

Dia: 22/02/2017

Horário: 19h30

Local: CTG Rincão Serrano (Agência Carazinho Sul)

sicredi.com.br

o Projeto Osinca nas Escolas já recebeu a aprovação do prefeito Milton Schmitz. Agora, segundo ele, a SMEC irá selecionar algumas escolas que têm estrutura física suficiente para adequar seus espaços físicos. “Pelo menos duas salas de aula por escola serão adaptadas para abrigar os estúdios onde serão ministradas as aulas de música”, esclarece o maestro, informando que a ideia é funcionar no turno inverso ao de aula, com crianças dos 6 aos 12 anos, mas também com a possibilidade de expandir para adolescentes que tenham interesse em participar o projeto. “Nossa meta é abrir 100 vagas na Academia de Música da Osinca e outras 100 no Osinca nas Escolas”, anuncia. O maestro considera muito positiva a parceria com o Executivo Municipal, que está disposto em investir na música orquestral. “Ainda não temos a confirmação do valor que será destinado, mas vejo como uma decisão muito inteligente”, elogia o maestro, destacando que em países de primeiro mundo, investimentos em educação e cultura são prioridade. Ele cita como exemplo a Alemanha, que investe 18,8% do PIB nessa área, enquanto que no Brasil os investimentos são de 0,6%. “Esses números mostram que não é só no futebol que o Brasil leva 7 a 1. No primeiro mundo, quando há alguma crise, eles investe mais ainda em educação e cultura, para o país não cair. Essa é a mesma linha diferenciada que a Prefeitura de Carazinho está começando a seguir”, avalia.


DIREITO GERAL E CIDADANIA

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

Diário da Manhã

5

Município pretende definir contrato com o HCC ainda esta semana Segundo a Secretária de Saúde, Anelise Almeida,a tendência é de que o contrato deste ano seja aos moldes do último, porém com a previsão de reajuste da inflação Foto Arquivo DM

O município de Carazinho, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deve assinar com o Hospital de Caridade de Carazinho - HCC, provavelmente nesta sexta-feira (17), o contrato de prestação de serviços. A informação é da secretária de Saúde, Anelise Almeida, que comenta que o HCC apresentou uma proposta e que a SMS formalizará ainda uma contra proposta. De acordo com Anelise, hoje a prefeitura repassa mensalmente cerca de R$ 400 mil de recursos próprios ao HCC e outros R$ 800 mil aproximadamente, que se referem ao repasse da Saúde Plena. A princípio, o contrato que se discute para este ano se mantém aos moldes do último, porém considerando a reposição da inflação do período. “Uma das demandas que o prefeito se deteve bastante quando da sua viajem a Brasília refere-se ao reajuste do teto da média e alta complexidade. Estes valores não são reajustados há anos e não são o suficientes para custear os serviços. Já conversamos com o HCC e estamos formalizando uma contra proposta e possivelmente devemos acordar até sexta-feira (17) . O que se trata é o reajuste sobre a produtividade que o hospital apresenta e a inflação do período”, comenta Anelise. A secretaria destaca que se os valores referentes aos tetos da Plena fossem equacionados, a cidade teria a receber por mês cerca de R$ 150 mil a

da disponibilidade de R$ 1milhão para comprar os equipamentos e materiais como macas, respiradores, gases, geradores entre outros. Precisamos comprar muita coisa para dizer que ela esta equipada”, diz Anelise.

Compra dos prédios

Secretária Anelise Almeida estima que sejam necessárias aplicações mensais de R$ 600 mil mais do Ministério da Saúde.

Modelo de operação da UPA Anelise Almeida diz também que um dos focos dos trabalhos da Secretaria Municipal de Saúde é a viabilização da abertura da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas. A secretária explica que a portaria que permite a flexibilização do serviço autoriza que a unidade opere em uma das oito modalidades proposta pelo Ministério da Saúde. A secretária destaca que, embora a portaria apresente opções para o funcionamento com menos ou mais servidores e a terceirização de serviços, o atendimento ao público deve ocorrer durante as 24 horas do dia, ou seja, nenhuma das modalidades refere-se a flexibilização de horários. “A partir das modalidades que a flexibilidade permite, estamos

ainda analisando todas elas e fazendo as contas sobre cada uma das opções para que com isso possamos decidir qual porte implantar”, confirma. Anelise menciona que as modalidades prevem que o serviço funcione assistidos pelo mínimo de um a cinco médicos, e a tendência é de que a de Carazinho opere com dois profissionais. “A portaria permite a flexibilização de alguns profissionais do serviço mas não a carga horaria de atendimento, pois um paciente poderá ficar sob observação na UPA por até 72h”, diz. A secretária revela também que pelas análises de custos que estão sendo feitas para o custeio da UPA, estima-se que sejam necessárias aplicações mensais de R$ 600 mil. Ainda precisarão serem comprados vários equipamentos e materiais para fazer a unidade funcionar. “Pelo Plano de Aplicação nós precisaríamos

Repasses da União A secretaria explica que para começar a receber os recursos da União para custeio da UPA - e os valores dependerão da modalidade que cidade optar - o município precisa fazer a unidade operar por cerca de seis meses quando então pode pedir o credenciamento ao Ministério da Saúde. Este encaminhará técnicos para fazer avaliação do serviço. Só então a cidade passa a receber recursos da União e do Estado para a manutenção. Para tanto, considerando os seis meses de serviços que devem ser custeados pelo município mais o investimento que anda precisa ser feito na compra de materiais a SMS precisaria de uma reserva de cerca de R$ milhões para garantir o inicio da operação do serviço. “É mais ou menos isso que precisaríamos para podermos andar com segurança

e garantir o serviço até começarmos a receber recursos do custeio. Estamos trabalhando com foco na abertura da UPA. A Comissão montada para isso deve definir até março qual a modalidade que vamos optar e teremos então mais claro quais os reais custos. O Conselho de Saúde também será ouvido”, diz a secretária. Embora a definição sobre a modalidade que a UPA irá operar ocorra em março, ainda não há previsão de quando o serviço comece a funcionar. A gestora revela que o município trabalha fortemente com a possibilidade de terceirização da UPA, ou seja, a Secretaria não seria o gestor operacional da unidade e a ideia é de que o HCC assumisse o serviço. Segundo Anelise, o Hospital ainda analisa esta possibilidade.

Recentemente correu a noticia de que haviam prefeituras gaúchas que tiveram as propostas de compra dos prédios das Unidades de Pronto Atendimento avalizadas pela União, e que Carazinho estava entre estes municípios. Porém, segundo Anelise, a compra do prédio da UPA pelo município não é cogitada pela atual administração. Esta proposta tinha sido assinalada pela Administração anterior ao Ministério da Saúde, e

segundo a secretária, a prefeitura já assinalou o declínio da colocação que tinha sido protocolada na época. Outra hipótese descartada pela atual administração é a de transferência dos servidores do Ambulatório Municipal para a UPA. Anelise explica que os servidores que hoje atuam no Ambulatório são profissionais que integram a rede municipal e quando a UPA entrar em funcionamento a intenção da SMS é de que os profissionais que atuam no Ambulatório sejam alocados nas ESFs. Também por isso é que neste momento a SMS está evitando fazer novas contratações, prevendo que ainda neste ano os profissionais do Ambulatório possam ser realocados nos locais onde existem maior demanda.


6

POLÍCIA

Diário da Manhã

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

Jovem com CNH bloqueada é novamente E mais... Mulher é presa por furto em flagrado dirigindo alcoolizado estabelecimento comercial foto: Divulgação

Por volta das 5h desta quinta-feira (16), a Brigada Militar (BM) de Carazinho foi acionada por populares. A denúncia era de um acidente de trânsito na Avenida Pátria na esquina com a Rua Bernardo Paz. No local, a guarnição verificou que o motorista de um veículo Peugeot 206, branco, placas JPA3902 de Carazinho teria colidido em outros dois carros que estavam estacionados na Pátria, sendo uma Ecosport e um Peugeot 208, ambos com placas de Carazinho. O motorista causador do acidente foi encontrado ao lado do carro com visíveis sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Em consulta ao sistema, foi verificado que o infrator é reincidente, estando o mesmo com a Carteira Nacional de Habilitação

Motorista colidiu em dois automóveis

(CNH) bloqueada por já ter sido flagrado anteriormente dirigindo sob o efeito de álcool. O motorista de 22 anos foi encaminhado até a Delegacia de

Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Como não pagou a fiança de R$ 2.811,00, ele foi recolhido ao Presídio Estadual de Carazinho (Pecar).

No final da tarde desta quarta-feira (15), funcionários de um supermercado localizado no Bairro Glória acionaram a Brigada Militar (BM). A suspeita era de que um casal suspeito de já ter cometido furto no local há alguns dias antes voltaram ao estabelecimento e estariam novamente furtando. Na saída dos suspeitos, uma guarnição da BM abordou os dois e com eles foram encontrados diversos produtos que foram colocados em sacolas, mas nenhum comprovante de compra. Segundo informações, imagens do sistema de videomonitoramento também flagraram a ação. Eles foram encaminhados até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde a mulher assumiu a autoria do furto, sendo presa e recolhida ao Presídio Estadual de Carazinho (Pecar). A acusado tem 32 anos.

Dupla é presa por roubos na região de Passo Fundo Na noite desta quarta-feira (15), policiais da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) em ação conjunta com a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Passo Fundo prenderam em flagrante uma mulher de 29 anos e um homem de 19 anos, que estava foragido do Instituto Penal de Passo Fundo. Segundo o delegado Adrolado Schenkel, os policiais investigavam uma casa na Vila

Luiza, com informações de que escondiam foragidos suspeitos de roubarem veículos e residências. Ao perceber que um veículo Scenic deixava o local, os policiais procederam a abordagem. No momento do flagrante, só a mulher estava no carro. Enquanto isso dois homens fugiram a pé, sendo um deles capturado e preso. Dentro da casa foram apreendidos munições de diversos calibres, rádio na

frequência da Brigada Militar e vários objetos roubados. Os policiais identificaram a vinculação dos elementos com pelo menos três roubos. Um em Pessegueiro, interior de Passo Fundo, em janeiro, quando a vítima teve o seu carro roubado e foi mantida refém pelos criminosos, que realizaram saques e compras com o seu cartão. O outro roubo foi a residência e veículo em Victor Graeff, quando foi roubada uma Fiat

Toro e diversos bens das vítimas. O terceiro crime foi um roubo a residência e veículo em Santo Antônio do Planalto, em 29 do mês passado. Por fim, com a Toro roubada, foi realizado um assalto neste último sábado em Ronda Alta, com os bandidos retornando para Passo Fundo, onde houve tentativa de abordagem pela Brigada Militar com confronto, mas os suspeitos acabaram fugindo. A caminhonete foi abandonada, cheia de tiros.

Os dois foram autuados em flagrante pela Polícia Civil por posse de munição, receptação e associação criminosa e foram encaminhados ao presídio. O homem que fugiu já foi identificado. As apurações prosseguem. O grupo é suspeito de diversos outros roubos na região. Muitos objetos apreendidos, bem como as identidades dos bandidos, vão ser submetidas às vítimas para reconhecimento.

OBITUÁRIO Alice Leopoldina Di Domenico Aos 67 anos, Alice Leopoldina Di Domenico faleceu no dia 12 de fevereiro. Era casada com Alcibiades Albino Di Domenico e mãe de Ana Paula Di Domenico de Paula e Tatiana Simone Di Domenico Nienow. Deixou também irmãos, cunhados, genros, netos e sobrinhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério Ecumênico.

Almerinda Mambrini de Castro Almerinda Mambrini de Castro faleceu aos 65 anos no dia 11 de fevereiro. Era viúva de Armindo Rodrigues de Castro e mãe de Guerta, Glicéria e Noedi. Deixou irmã, genro, nora, netos e sobrinhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério de Tenente Portela.

João Dolir dos Santos

Noeli Moraes Borges

Faleceu no dia 14 de fevereiro, aos 53 anos, João Dolir dos Santos. Deixou a esposa Fabiana o filho João Augusto, irmãos, cunhados e sobrinhos. Seu corpo foi cremado no Cremátório Memorial Vera Cruz, em Passo Fundo.

Aos 58 anos, Noeli Moraes Borges faleceu no dia 15 de fevereiro. Deixou o irmão Gilmar Trautmann Bohrer, além de cunhada e sobrinhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal.

Maria Marlene Rocha

Rosa Maria Silva

Conhecida como “Nega”, Maria Marlene Rocha faleceu aos 70 anos no dia 11 de fevereiro. Era irmã de Valdormiro, Adroaldo, Armando, Carlos e José Edison. Deixou também cunhados e sobrinhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal.

Marli Teresinha Monteiro Aos 50 anos, Marli Teresinha Monteiro faleceu no dia 16 de fevereiro. Era mãe de Bianca Aparecida Monteiro Silveira e irmã de Airton, Marisa e Jair (já falecido). Deixou também cunuados e sobrinhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal.

Aos 51 anos, Rosa Maria Silva faleceu no dia 10 de fevereiro. Deixou o esposo Eloir, o filho Gustavo, a nora Sabrina, o neto Augusto, os pais Angelo e Libera Spanhol, além de irmãos, cunhados e sobrinhos. O sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal. As informações veiculadas neste espaço são gratuitas e podem receber contribuições do leitor. Basta enviar um e-mail para redacao.carazinho@diariodamanha.net com nome, endereço, número da identidade do remetente, número de telefone para contato e foto.


Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

GERAL POLÍCIA POLÍCIA POLÍCIA CLASSIFICADOS.AUTOMÓVEIS ALUGUEL APARTAMENO CASAS TERRENO POLÍCIA GERAL POLÍCIA SAÚDE

Começa mais um campeonato de futsal em Tamandaré Jogos da rodada de abertura ocorreram na quarta-feira (15) Fotos Divulgação/Prefeitura

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Rua Venâncio Aires, 279 - Carazinho/RS Fone: (54) 3329-5588

DIONATAN SANTOS NOETZOLD e JÉSSICA EDUARDA MELLO DE SOUZA DIAS

Quem souber de algum impedimento acuse-o na forma da lei. Carazinho, 16 de fevereiro de 2017.

Atlético Mata Cobra estreou com vitória perdeu para o Dubweiser de 2x1. A segunda rodada é nesta sexta-feira (18), no Ginásio de Esportes da Cominidade Nossa Senhora de Fátima, do Distrito de Rincão do Segredo, a partir das 20h. O União Vitoriense B enfrenta o Não Vai Que É fria, o União Vitoriense A será adversário do Atlético Mata Cobra e o Dubweiser duela com o Pé na Cova.

Parabéns!

União Vitoriense A foi autor da goleada da noite

(54)

17.02.2017

Adriano Goelzer Fetzer Alba M. Pasquetti Ananda Lubenn Ramos Anália Veneranda da Silva Almeida Anderson de Oliveira Kowaski Ana Maria Costa de Moraes Carlos Eduardo Petry Carlos Lauri Rubenich Dalgisa Belaver Francine de Oliveira Gertrudis Zieppe Kienast Gisele de Souza Barbosa Gustavina Pantaleão da Silva Hilda Foncharte Irani Gomes de Oliveira Irene Lange Irene Paludo Ivanor Rizzardi Jeferson Golognese Joel Rosa de Moura Joseane Costa

Joacir de Oliveira Moraes Leandro L. Meneguzzo Lenita Blattes Luis Fernando Costa de Oliveira Maisa Vieira Knopp Soares Maria Inês Secco Marilene Rigotti Marlene F. Muller Marlene Pilotto Marcos Roberto do Amaral Nelite Pinto Rafael Moraes de Almeida Rafaela Xavier do Carmo Ronaldo Resch Rosane Fátima Ebertz Sarita H. Graeff Simone Lang Sônia Regina Delavy Valmir Hoppen

7

3329-9666

Sílvia Regina de Assumpção Carbonari, faz saber que pretendem casar-se:

Ananda Maroso dos Santos Oficial Escrevente Autorizada

O Ginásio de Esportes Santo Antônio, na localidade de Linha Vitória, foi sede da rodada de abertura de mais um Campeonato Municipal de Futsal de Almirante Tamandaré do Sul. Foram realizados três confrontos. O Pé na Cova foi goleado de 6x1 pelo União Vitoriense A. Em seguida, o Atlético Mata Cobra venceu o Não Vai Que É fria de 3x2. Por fim, o União Vitoriense B

Diário da Manhã

Anúncios


8

Diário da Manhã

DIÁRIO PASSO FUNDO redacao@diariodamanha.net - (54) 3316.4800 DIÁRIO CARAZINHO redacao.carazinho@ diariodamanha.net - 54.3329.9666 DIÁRIO FM 98.7 MHz diariofm@diariodamanha.net - 54.3311.1309 DIÁRIO AM - 570 KHz diarioam570@diariodamanha.net - 54.3311.7756 DIÁRIO AM CARAZINHO - 780KHz diarioam780@ diariodamanha.net - 54.3331.2422

DM Sexta - Feira, 17.02.2017

Sexta - Feira, 17.02.2017, Carazinho

www.diariodamanha.com

PREVISÃO PARA HOJE PASSO FUNDO

CARAZINHO

19ºC 31ºC

20ºC 31ºC

Mínima

PORTO ALEGRE

22ºC Mínima

Mínima

Máxima

37ºC Máxima

Máxima

LUAS Crescente 04-02

Cheia 10-02

Minguante 18-02

Nova 27-02

Esporte em Tapera Será nesta sexta-feira (17) a final do Campeonato Municipal de Bocha de Tapera. O título será disputado entre Pereira e Parque Aquático Taperense. O jogo será na cancha do Perera, a partir das 20h15min. No jogo de ida o Parque Aquático venceu de 2x1. Já o Municipal de Futsal terá os jogos da sétima rodada, também nesta sexta-feira (17). O Galera/Meketrefes enfrenta o GF Pneus, a partir das 19h30. Em seguida tem GF/BKT/ Homers Futsal x Juventus, Chape Futsal x Acople/Farmácia Avenida e Parceria X Magnatas FC.

Primeira audiência pública para debater o assunto já foi realizada. Castração será o modelo para o controle populacional de cães e gatos “Será que desta vez vai?” Esta era a indagação de alguns participantes da audiência pública promovida pela Câmara de Vereadores, que busca a implantação de um projeto de Políticas Pública de Proteção e Bem Estar dos Animais. Os debates sobre o assunto aconteceram no final da tarde de quarta-feira no plenário do Legislativo de Carazinho, onde estavam cinco vereadores, o prefeito Milton Schmitz e representantes de ONGs que traba-

lham na proteção dos animais abandonados pela população da cidade. Também participaram desta primeira reunião protetores independentes de animais. Os trabalhos da audiência foram abertos pelo presidente do Poder Legislativo, vereador Estevão De Loreno (PP), que explicou a dificuldade do município em repassar verbas para as entidades protetoras dos animais, em função de uma lei que restringe o re-

Foto Divulgação/Ascom Câmara

Carazinho discute direito e proteção aos animais

Audiência ocorreu na Câmara de Vereadores na noite de quarta-feira passe de dinheiro público a entidade. “Precisamos primeiro encontrar uma maneira legal de auxiliar quem realiza um trabalho importante como, por exemplo, as associações de proteção aos animais”, comentou De Loreno. O primeiro passo que será dado é a criação do Conselho Municipal de Proteção dos Direitos dos Animais em Carazinho. Com a finalidade de dar continuidade no projeto de elaboração das políticas públicas de proteção aos animais foi criada uma comissão, que conta com representantes da Acapa, Associação São Francisco de Assis, Patram, Secretarias da Saúde e Fazenda, setor de vigilância sanitária e meio-ambiente do município.

Um dos pontos esclarecidos na audiência pública é que este ano as entidades não terão condições legais de receberem verba pública, em forma de auxílio. É pela formação de um projeto de políticas públicas, que recursos futuros poderão ser destinados novamente às entidades que trabalham com proteção aos animais. O vereador Jean Pedroso (PSB), que coordenou os trabalhos, disse estar preocupado com a situação que impede o repasse de recursos as associações protetoras dos animais. Já o vereador João Pedro Albuquerque (PSDB) adiantou que está trabalhando na busca de elementos para a formatação de um projeto voltada a proteção e bem estar social dos animais.

Apoio do município O prefeito Milton Schmitz garantiu que o município é um parceiro da iniciativa e que já destinou o local (parte das instalações do IML) onde deverão ser realizadas as castrações dos animais. O diretor de vigilância sanitária de Carazinho, o veterinário Daniel Kloeckner confirmou que o objetivo é iniciar o mais rápido possível o trabalho de controle populacional de cães e gatos. “Devo encaminhar o projeto nos próximos dias para análise do Conselho de Medicina Veterinária, que na sequência terá até 60 dias para nos remeter um parecer”, comentou. Inicialmente o projeto deverá ser levado para famílias de baixa renda, com até dois salários mínimos. O comandante da Patram, o policial militar Davi Schaefler abordou as questões que envolvem o abandono de cavalos, pois, segundo ele, é comum o recebimento de chamadas da população para socorrerem estes animais. Enfatizou o resultado positivo para o futuro, no que diz respeito a castrações dos animais domésticos. Para discutir o assunto outras duas audiências públicas deverão ser realizadas. A audiência pública também foi acompanhada pelo presidente local da OAB, Tailor Agostini.


Conexão

PASSO FUNDO - CARAZINHO

Sexta-feira, 17.02.2017 - www.diariodamanha.com

Vendas de combustíveis caem em 2016 Caetano Bortolini Barreto conexao@diariodamanha.net

A Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis – ANP, divulgou na última quinta-feira (15) o relatório de consumo de combustíveis no país no ano de 2016. Em todo território nacional, a venda de combustíveis caiu 4,5% em relação ao ano anterior. Em 2015, foram vendidos mais de 141 bilhões de litros, porém, no ano passado, pouco mais de 135 bilhões de litros chegaram a abastecer os automóveis brasileiros. Itamar Simões da Costa, proprietário de um posto de combustíveis em Passo Fundo, afirma que a queda na busca pela gasolina, comum ou aditivada, caiu em 6% ao longo de todo ano de 2016. Dados na ANP revelam que a procura pelo diesel teve queda de 5,1%, e somente o gás natural veicular (GNV) registrou aumento nas vendas, porém o número

positivo é pouco expressivo, meros 1,1%. Segundo Itamar, essa porcentagem varia muito, dependendo da época e da região.“Em Passo Fundo, os meses de janeiro e fevereiro são meio atípicos, pois muita gente viaja, sai de férias, portanto a queda nesta época chega a 20%”, afirma. Um dos motivos da procura menor foi o preço, que teve uma alta considerável nos últimos dois anos. Segundo os dados fornecidos pela ANP, a média do valor no Estado é de R$ 3,97 o litro da gasolina comum. Em Passo Fundo, a redação do Diário da Manhã registrou postos vendendo o mesmo produto ao preço mínimo de R$ 3,79, e o máximo de R$ 4,31 o litro. A média do valor da gasolina no município, conforme balanço da ANP, é de R$ 4,03. O GNV, único combustível que registrou aumento na procura no país, não vingou na região, e é distribuído em

Foto Caetano Bortolini Barreto/DM

Procura por gasolina nos postos recuou em mais de 5% ao longo do ano

Preço alto seria o motivo da queda na procura por combustíveis apenas um posto na cidade de Passo Fundo. Itamar da Costa explica: “O investimento (para distribuir GNV) é muito alto, e o valor que

com um caminhão adaptado especificamente para isso, ter armazenamento apropriado, o que torna tudo muito mais custoso”, complementa.

chega aqui pela distribuidora não é tão competitivo a ponto de compensar. A logística é completamente diferente, pois precisa buscar o combustível

Sem seguro, nova ambulância não pode rodar Coordenação do Samu e Município aguardam para hoje uma resposta da seguradora quanto à liberação do uso da viatura recebida no começo do ano Fotos: Rodolfo Sgorla da Silva/DM

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Carazinho recebeu uma nova viatura no começo deste ano. Com isso, além da motolância, são três ambulâncias para o socorro emergencial na cidade. Porém, a nova ambulância, que tem suporte avançado, ainda não pode rodar. “Somente no dia 26 de janeiro foi feito o termo de cessão do veículo para o Município. A partir dessa data, conseguimos ir atrás de emplacamento, seguro e da compra de alguns materiais que faltavam”, explica Cleverson Metzdorf, coordenador do Samu em Carazinho. Porém, o seguro ainda está emperrando a liberação da ambulância para o atendimento Nova ambulância é uma unidade avançada de quem precisa de socorro. “A questão do seguro esbarrou na burocracia. É o seguro que está atrasando a liberação e esperaCleverson mos resolver essa questão. Contatei a seguradora Metzdorf, coore eles prometeram dar uma resposta nesta sexdenador do Samu ta-feira. Acredito que no máximo em dez dias o em Carazinho veículo estará à disposição”, projeta Metzdorf.

Atraso nos repasses Neste ano, o DM Carazinho já havia noticiado que o governo do Estado estava atrasando o repasse de verbas para o Samu de Carazinho. A situação permanece. “Temos seis parcelas atrasadas do governo do estado. Se somar esses valores, dá um montante bem expressivo, já que o serviço do Samu não é tao barato. O Samu é mantido pelo município, estado e União, e um dos valores mais expressivos vem do governo estadual”, cita Metzdorf. O coordenador explica que não há risco do Samu interromper o trabalho. “O Município é que está bancando o serviço e por isso ele continua funcionando. Estamos preocupados com essa falta de recursos do estado, mas o serviço não corre o risco de interrupção já que a Prefeitura está se empenhando e fornecendo recursos”, finaliza Metzdorf.


ESTADO

Novo ensino médio deve ser implementado a partir de 2019

DIÁRIO DA MANHÃ

2

Sexta-feira, 17.02.2017

Passo Fundo Carazinho

Nova legislação prevê que o currículo seja 60% preenchido pela Base Nacional Comum Curricular e que os 40% restantes sejam destinados aos chamados itinerários formativos, em que o estudante poderá escolher entre cinco áreas de estudo O presidente Michel Temer sancionou ontem (16), em cerimônia no Palácio do Planalto, a reforma do ensino médio. Durante o evento, o presidente disse que, a exemplo das outras reformas, a reformulação do ensino médio só foi possível graças à ousadia do governo, de encarar a polêmica que cerca os temas relevantes para o país. Segundo o presidente, a sanção da medida provisória (MP) da reforma do ensino médio representa um “momento revelador” de seu governo, “com ousadias responsáveis e necessárias para que o país possa crescer e prosperar”. Temer acrescentou que as discussões em torno da matéria acabaram por aperfeiçoá-la. “Temos enviado propostas que geram saudável polêmica. A polêmica, crítica portanto, gera aperfeiçoamento. Certa e seguramente, algumas modificações feitas

pelo Congresso Nacional foram feitas pela sociedade. Acabou, então, saindo uma coisa consensual.” “Estamos ousando. Quem ousaria fazer um teto para os gastos públicos? Seria muito fácil o presidente chegar e gastar à vontade sem se preocupar com as reformas fundamentais, ou seja com o país no futuro. Não estamos fazendo isso. Propor o teto foi uma ousadia muito bemsucedida. Agora, a do ensino médio”, acrescentou. O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que o novo ensino médio estará implementado em todo o país a partir de 2019. “Há prazos para os estados se adequarem a essa realidade. A base [Base Nacional Comum Curricular] só estará concluída até o final de 2017. Não poderíamos exigir a implementação plena pelos estados em 2018. Então, isso será feito com mais profun-

didade só em 2019.” Em seu discurso, Mendonça Filho, falou que a MP representa “a mais estrutural mudança na educação pública do Brasil”, que demorou mais de 20 anos para ser implementada. “Debate houve [ao longo desse período]. O

que não existia na prática era vontade e decisão política de fazer avançar”, disse Mendonça, ao lembrar que há no país 2 milhões de jovens excluídos da educação, em um total de 8 milhões. “É consensual, no meio, a necessidade de mudanças.”

“A escola do ensino médio era estática, com 13 disciplinas obrigatórias. [O aluno] tem de assimilar aquele conteúdo de forma similar e igual para todos, como que cada um tivesse um perfil igual ao outro”, acrescentou o ministro.

Mudanças Aprovada na última semana pelo Senado, a nova legislação prevê que o currículo seja 60% preenchido pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e que os 40% restantes sejam destinados aos chamados itinerários formativos, em que o estudante poderá escolher entre cinco áreas de estudo: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional. O projeto prevê ainda que os alunos escolham a área na qual vão se aprofundar já no início do ensino médio. As escolas não são obrigadas a oferecer aos alunos todas as cinco áreas, mas devem oferecer ao menos um dos itinerários formativos. Durante a tramitação na Câmara, o projeto retomou a obrigatoriedade das disciplinas de educação física, arte, sociologia e filosofia na Base Nacional Comum Curricular, até então fora do texto original. A proposta apresenta também uma meta de ampliação da carga horária para pelo menos mil horas anuais e, posteriormente, chegar a 1.400 horas para as escolas do ensino médio. Elas devem ampliar a carga horária para cinco horas diárias – atualmente são obrigatórias quatro horas por

dia. A intenção é que progressivamente amplie-se a carga horária para sete horas diárias, para ofertar educação em tempo integral. Para viabilizar essa ampliação, será disponibilizado apoio financeiro do governo federal. Outra mudança importante foi a permissão para que profissionais com notório saber, mas sem formação acadêmica específica, possam dar aulas no ensino técnico e profissional. Com isso, um engenheiro, por exemplo, poderá dar aulas de matemática ou física. Sancionada a MP, o próximo passo a ser dado é implantar a Base Nacional Comum Curricular que, atualmente, está sendo elaborada por um comitê presidido pelo Ministério da Educação. O presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Fred Amâncio, destacou o fato de a reforma ajudar a tornar a escola mais atrativa aos estudantes brasileiros. Segundo Amâncio, a flexibilidade do ensino médio está alinhada também com o Plano Nacional de Educação, que apresenta metas para a melhoria do sistema educacional brasileiro.

Sartori anuncia recursos da nova fase de repatriação aos municípios Seminário da Famurs coloca em discussão experiências para que os gestores municipais possam assumir o protagonismo no debate sobre o projeto de nação desejado daqui para frente Com o tema ‘Reconstruindo o Brasil a partir dos Municípios’, o Seminário dos Novos Gestores, uma iniciativa da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), reuniu dirigentes municipais e prefeitos, no Centro de Eventos do Plaza São Rafael, em Porto Alegre. Nesta quinta-feira (16), o governador José Ivo Sartori participou do painel no início da tarde, que discutiu o tema ‘Caminhos para um novo Brasil’. Sartori anunciou aos gestores

municipais que “possivelmente até metade do ano recursos da nova fase de repatriação, da ordem de 46%, ficarão para municípios e estados, fato que só foi acordado em razão da construção conjunta entre os poderes, em Brasília. O bom gestor é aquele que não teme enfrentar os problemas”, disse o governador. Sartori destacou ações para enfrentar questões estruturais que, ao longo dos anos, colocaram o Rio Grande do Sul como um dos estados mais insolventes do país. “São

www.diariodamanha.com Presidente

Vice-Presidente

Janesca Maria Martins Pinto

Ilânia Pretto Martins Pinto

@diariodamanhaRS www.facebook.com/redediariodamanha

Clélia Fontoura Martins Pinto - ME Matriz: Rua Independência,917, sala 3 - Passo Fundo Contato: (54) 3316-4800

muitos desafios que exigem transparência, verdade, serenidade, coragem e adoção de medidas amargas, mas necessárias”, explicou. O governador citou iniciativas adotadas para controlar os gastos e enfrentar a grave crise financeira instalada no estado, como também as parcerias que viabilizaram repasses para hospitais e obras de infraestrutura, especialmente, relativos aos acessos asfálticos. Desde o início do governo, medidas foram tomadas para diminuir o déficit público como a Lei de Responsabilidade Fiscal, Previdência Complementar, avanços na negociação da dívida com a União, ampliação das ações de transparência do Executivo e aprovação do Plano de Modernização do Estado pela Assembleia Legislativa. Além de aderir ao Plano Nacional de Segurança, que reforça

o enfrentamento à criminalidade, o próximo passo agora é aguardar a aprovação do auxílio aos estados em calamidade financeira, em avaliação no Congresso Nacional. O seminário coloca em discussão experiências para que os gestores municipais possam assumir o protagonismo no debate sobre o projeto de nação desejado daqui para frente. “É fundamental que prefeitos e prefeitas capitaneiem o esforço para construir um país melhor, mais desenvolvido. Só desta forma, a sociedade conseguirá ter do poder público o retorno que espera e deseja””, salientou o presidente da Famurs, Luciano Pinto. O evento, que se estende por dois dias, prossegue com o painel das 16h sobre relação dos prefeitos com a imprensa, tema que será abordado pelo secretário de Comunicação, Cleber Benvegnú.


GERAL GERAL POLÍCIA GERAL

Novelas

Cinemas

REDE GLOBO

Sol Nascente

Rock Story

A Lei do Amor

Loretta conta que entregou a filha de Lenita para um casal que vive fora do país. Carol desiste de contar para Louzada o que sabe sobre César. Patrick diz a Ana Clara que Julia pode ajudar na recuperação de Wagner. Hideo tenta encontrar a fraude no vídeo de César sobre a explosão das traineiras. Tanaka conta a Mocinha toda a sua história. Hirô leva documentos do último carregamento da Arraial Pescados para Alice assinar. César arma contra Alice e avisa a Mesquita e Louzada sobre o carregamento ilegal de dinheiro.

Gui e Diana chegam à floresta onde Chiara se perdeu. Nanda se irrita por ter que fazer uma reserva para Gordo jantar com Eva. Diana encontra a pulseira de Chiara e se desespera. Eva sugere que ela e Gordo mantenham o romance em segredo. Diana encontra Chiara, e Gui se esforça para resgatar a filha. Léo tenta falar com Diana. Zac tem uma conversa séria com Tom. Edith e Nelson se preocupam por Júlia não querer falar com Gui. Chiara pede para não ir ao casamento de Diana, e ela chora ao ver a filha abraçada a Gui.

Tião se surpreende com Magnólia. Letícia insiste para Tiago fazer uma massagem com Marina. Marina concorda em se afastar de Tiago e Letícia. Pedro e Ana Luiza pensam em como recuperar a gravação feita por Ciro. Letícia se aconselha com Jéssica e Antônio. Pedro procura Ciro. Magnólia tenta não pensar em Tião. Gustavo termina seu romance com Salete. Robinson teme que Antônio se separe de Ruty Raquel. Yara chama Misael para conversar com Aline.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br O mais im- Item portante do clássico séc. XX foi da moda rock o de Nuremberg Arena da (?), estádio do Paraná

© Revistas COQUETEL

Dele fazem parte (?) Vegetal aquático as lendas do boto responsável por mais Jacobs, e do curupira da metade do oxigê- estilista nio que respiramos dos EUA Seda, crepe e algodão

Prato nacional do Líbano

(?) e canela: temperam o chá de doentes Conflito como a Guerra de Secessão

Roupão usado após o banho

Musa (?), status de Demi Lovato

Raul Bopp, poeta de "Cobra Norato"

Acessório para quem não sabe nadar

Pedro (?), apresentador da TV

(?) Locatelli, pintor brasileiro Preso com nós Pequena igreja

Portavolumes de motocicletas

Burro de (?): indivíduo muito estúpido

Quente, em inglês Esfregar (pele) "(?) de ligação", exemplo de pleonasmo Capital industrial do Oeste (SC) Casa (?), sede do governo argentino

Medida determinada de remédio

Invenção naval portuguesa Mutilada (?) aeternum: para sempre (latim)

Fruta apreciada no réveillon Fase do sono Rafael (?), futebolista Líquido de frituras Prefixo de "ambíparo" Sem número (abrev.) Saudação informal

Átomo que perdeu ou ganhou elétrons Principal objetivo da transação comercial Gênero poético da Grécia Antiga

O Cananeu (Catol.) Prefixo de "ensacar"

Alan Turing, pioneiro da computação Água gaseificada artificialmente

Lago, em francês "Mundial", em OMC

Prerrogativa do usuário de certas redes sociais, pode incentivar o bullying virtual

2/ad. 3/hot — lac — vaz. 4/aldo — teen. 5/coçar — simão. 7/caçador. 9/anonimato.

49

Solução

R L B G B

J A Q U E T A D E C O U R O

L A S C A D A

A Q L U L G A I X A D M B A E R R A O I A B E E N U H O C A R O A Ç A D A D A R O S I E O N O N

M E N T A M E R B C C I V I A L D A L O D T O S A V E L D R E O R V O L E A M S M Ã O B L A I M A T

O N I C O A

Z

F O L C L O R E A M

BANCO

Sexta-feira, 17.02.2017 Passo Fundo Carazinho

3

Astral ÁRIES - Você terá vantajosas e reais oportunidades, já que seu signo é pleno de chances e oportunidades. Favorável a compras e vendas lucrativas. O período da noite poderá ser aproveitado em recreação. Excelente fluxo para o amor. Dinheiro ganho inesperadamente. TOURO - Procure compreender o seu valor profissional, relacionando-o ao bem que poderá causar ao seu semelhante no futuro. Leia mais penetre nas coisas para realmente melhorar e valorizar o seu intelecto e sua personalidade. Você está sujeito a aceitar com muita facilidade, opiniões e sugestões de terceiros. GÊMEOS - Melhor disposição para o trabalho, aos negócios e a vida social, está previsto para hoje. Haverá alegria e muita felicidade proporcionadas pelos amigos e familiares e pela pessoa amada. Coloque em prática as novas ideias. CÂNCER - Um feliz encontro pode marcar o início de uma amizade mais proveitosa e duradoura. Há prenúncios de notícias agradáveis. Romance favorecido. Não deixe que o desânimo torne as coisas mais difíceis para você. Notícias agradáveis depois do meio dia. LEÃO - Aproveite uma oportunidade que surgirá para fazer passeios se as circunstâncias favorecem. Evite atritos no período da manhã. Um presente ou uma visita o agradará bastante. Na esfera amorosa, a tendência será de muita alegria interior, transferindo para a pessoa amada todo o seu bom humor e otimismo. VIRGEM - Boa influência para cuidar dos seus interesses pessoais e assuntos sentimentais. Pessoas amigas e conhecidas procurarão favorecê -lo. Saúde, dinheiro, amor, jogos, esportes e loteria sob excelente influxo. Pode viajar. LIBRA - Demonstre firmeza, convicção e mais confiança em si, que conseguirá, neste dia, influenciar pessoas importantes ao seu progresso e prosperidade profissional e material. Contudo, evite precipitações em seu lar. ESCORPIÃO - Este dia, deverá favorecê-lo nos assuntos familiares e questões financeiras ligadas aos colegas de trabalho ou pessoas conhecidas. Procure ser previdente quanto aos demais assuntos porque o passado pode trazer alguma coisa que o aborrecerá. SAGITÁRIO - Dia em que poderá obter lucros, no comércio de produtos químicos e líquidos, de um modo geral. Tratar de assuntos relacionados com sua melhoria financeira e pedir favores. Felicidade amorosa e conjugal. Extraia da sua vida tudo o que não faz parte da sua natureza. CAPRICÓRNIO - Pessoas nascidas sob este signo, terão possibilidades de sucesso de algum modo. As influências dos luminares lua e sol prometem êxito. Boa indicação para a vida sentimental. Viverá uma boa fase astral no próximo período. AQUÁRIO - Não será conveniente aventurar-se em novos negócios. Cuidado com o excesso de gastos. Mantenha-se em suas atividades rotineiras e muito benefício receberá em breve. Influência benéfica para a saúde. Procure aprender mais com as pessoas amigas. Não tenha medo de se arriscar, tome a iniciativa de procurar essas pessoas. PEIXES - Faça de tudo para aumentar seu círculo de relações e de amigos neste dia.Tudo dependerá de suas próprias ações hoje. Evite atritos com pessoas desconhecidas seja qual for o motivo. Dia regular para o romance e bom para os negócios. Dia proveitoso para viagens a negócios.


ESPORTE DIÁRIO DA MANHÃ

4

Sexta-feira, 17.02.2017

Passo Fundo Carazinho

Inter empresta Fernando Bob e Aylon Volante retorna à Ponte Preta após uma temporada em Porto Alegre. Atacante, pouco aproveitado por Zago, joga no Goiás até o fim do ano em 2015, e depois retornou ao clube gaúcho, onde atuou em 2016 e conseguiu titularidade em algumas oportunidades. Sem ser utilizado por Zago e ainda enfrentando uma forte concorrência no ataque, o jovem retorna ao Inter no fim do ano, após encerramento do empréstimo.

Foto: Montagem / Ricardo Duarte / Internacional

Em remodelagem do elenco, com chegadas e partidas, o Internacional acertou o empréstimo do volante Fernando Bob para a Ponte Preta e do atacante Aylon para o Goiás nessa quinta-feira (16). Com poucas oportunidades – Bob apenas um jogo e Aylon nenhum – sob o comando de Antônio Carlos Zago, a dupla deverá ganhar oportunidade nas equipes que disputam o Campeonato Brasileiro da Série A e B. Bob já foi confirmado em anúncio oficial pela equipe de Campinas, que corre para regularizar o atleta e colocá-lo para jogar no próximo fim de semana, diante do RB Brasil, pelo Campeonato Paulista. Com a ida de Bob para a Ponte, a expectativa é de que o acordo com William Pottker, da Macaca, esteja mais próximo, visto que há dias o clube gaúcho está em negociações para contar com

Sem perda de mando de campo Julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS), em razão das brigas entre a torcida Guarda Popular e Camisa 12 – suspensas por um ano dos estádios -, o Internacional recebeu uma multa de R$ 50 mil pelos incidentes em Veranópolis, na estreia do Campeonato Gaúcho 2017. Mesmo com toda confusão, o TJD entendeu melhor não retirar nenhum mando de campo. Assim, o Colorado seguirá recebendo seus adversários no Estádio Beira-Rio.

Bob e Aylon não atuam mais pelo Inter nesta temporada o centroavante após o término do Paulistão – quando o jogador estaria liberado para atuar por outro clube. O atacante Aylon, no entanto, está de malas prontas para embarcar para Goiânia

jogar o Campeonato Brasileiro da Série B pelo esmeraldino. Com 24 anos, essa será a segunda vez que o atacante será emprestado pelo Internacional. Ele já havia sido emprestado ao Paysandu,

Grêmio negocia renovação de Luan O Tricolor pretende prorrogar o vínculo do atacante Luan por mais um ano. Com a última renovação acertada até setembro de 2018, o Grêmio se movimenta para ampliar o contrato com o jogador até setembro de 2019. Para isso, o Tricolor oferece valorização salarial ao camisa 7 gremista. Uma primeira reunião já foi realizada com o representante do jogador, no entanto, os valores apresentados pelo Grêmio foram considerados abaixo do pretendido pelo atleta. Luan, hoje, é um dos atletas mais valorizados do elenco gremista. Nessa quinta-feira (16), o atleta foi poupado dos treinos pelo técnico Renato Gaúcho. O jogador foi substituído na última partida, diante do Passo Fundo, em razão de sentir dores no joelho por conta de uma tendinite. Além dele, Jael, com entorse, e Pedro Rocha, com dores no calcanhar, também foram ausências no treinamento. Edílson, Beto da Silva e Douglas seguem fora em razão de contusões.

Marinha abre vagas para atletas de alto rendimento Mais de 10 vagas em oito modalidades desportivas são oferecidas Foto: Divulgação

Com vistas aos Jogos Mundiais Militares de 2019 e os Jogos Olímpicos de 2020, as Forças Armadas continuam incentivando e apoiando o esporte brasileiro. Dessa forma, a Marinha abriu 13 novas vagas em oito modalidades desportivas para que atletas ingressem no Programa de Alto Rendimento do Ministério da Defesa. O aviso de convocação inclui oportunidades para homens e mulheres nas disci- Marinha visa os Jogos Mundiais Militares de 2019 e os Jogos Olímpicos de 2020 plinas de futebol de areia, futebol de campo, vela, judô, natação, Centro de Educação Física Almirante Adalberremo, taekwondo e tiro esportivo. O atleta to Nunes (CEFAN), na Penha, no Rio de Janeiinteressado em se tornar terceiro sargento ro. da Marinha deve entregar a documentação O alistamento é feito de forma voluntária e necessária no Comando do 1º Distrito Naval, o processo de seleção leva em conta os resulno Rio de Janeiro, ou enviar por meio de pos- tados dos atletas em competições nacionais e tagem, no período de 21 de fevereiro a 10 de internacionais. Dessa forma, as medalhas já março. conquistadas na carreira transformam-se em Após o processo de seleção, o atleta passa- pontuações no concurso para preenchimento rá um período de 45 dias de incorporação, no das vagas.

Programa O investimento anual do Ministério da Defesa no Programa de Alto Rendimento é de aproximadamente R$ 18 milhões, entre salários, benefícios, aquisição de equipamentos, uniformes, participação em eventos esportivos nacionais e internacionais, e outros itens destinados ao aperfeiçoamento dos atletas.A parceria entre os ministérios da Defesa e do Esporte consiste em apoiar atletas de alto rendimento, melhorar o desempenho e descobrir novos talentos esportivos. No âmbito da Defesa, são realizados cursos para a capacitação de recursos humanos dedicados às atividades esportivas bem como o estabelecimento de metas para o Programa. Na prática, a função dos atletas é defender o Brasil em campeonatos militares nacionais e internacionais, como é o caso dos Jogos Mundiais Militares. Em contrapartida, o

atleta, que irá compor o quadro temporário por até oito anos de uma das três Forças Armadas, recebe instruções militares para uma formação básica. Os desportistas têm à disposição todos os benefícios da carreira, como soldo, 13º salário, férias, assistência médica, incluindo nutricionista e fisioterapeuta, além de disporem de todas as instalações esportivas militares adequadas para treinamento. Por meio do Departamento de Desporto Militar (DDM), o Ministério da Defesa organiza a participação militar brasileira em eventos esportivos de alto nível. As delegações de atletas militares do país participam com regularidade de campeonatos do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM) e da União Desportiva Militar Sul-americana (UDMSA).


Sexta-feira, 17.02.2017 - www.diariodamanha.com

PASSO FUNDO - CARAZINHO

Chuvas desaceleram colheita do milho Produtividade nas primeiras lavouras colhidas tem mostrado uma variação que vai de 80 a 180 sacas por hectare. Faltou chuva em dezembro.

Foto arquivo/DM

Sereno Azevedo

redacao.carazinho@diariodamanha.net

O clima que vem ocasionando uma sequencia de dias com chuvas começa a preocupar produtores que investiram no plantio do milho, segunda principal safra de grãos da região no período do verão. De acordo com o técnico agrícola da Coagril, Juliano Stefens, ainda não há registro de problemas que o tempo mais chuvoso dos últimos dias possa ter causado nas plantas. “O que não pode acontecer é termos chuvas acompanhadas de ventos fortes, pois isto acabaria criando um acamamento das plantas e por consequência comprometimento da produtividade do cereal,” explica Stefens. O técnico estima que até o momento na região próxima ao município de Chapada, pouco mais de 10% das lavouras de milho foram colhidas. “A safra até agora está concentrada nas

Pouco mais de 10% das lavouras de milho foram colhidas variedades superprecoces, produtores aguardam por, se dê para o final deste mês que são de ciclo mais curto pelo menos, dois dias de sol e início de março, quando entre o plantio e começo de para intensificarem a co- também estarão prontas as retirada dos grãos das lavou- lheita do milho das cultiva- áreas semeadas com varieras,” salienta. res precoces. A estimativa dades tardias. “Como houve Conforme o técnico, os é de que o pico da colheita escalonamento de varieda-

des e ciclos a safra vai acontecendo de maneira lenta,” destaca Stefens. Segundo ele, o que vem sendo registrado neste começo de colheita é uma produtividade muito variada, que vai das 60 as 180 sacas por hectare. O motivo desta diferença produtiva do milho é explicada pela falta de chuvas em momentos críticos para a cultura, que acontece na hora da floração, polinização e formação das espigas com o enchimento dos grãos. O maior período registrado com falta de umidade para as plantas aconteceu entre a última quinzena de novembro primeiros dias de dezembro. “Nestes dias não tivemos acúmulos de umidade em determinadas regiões, o que comprometeu a produtividade do cereal,” disse Stefens. Em Carazinho, conforme a Emater-RS a colheita também avançou sobre pouco mais de 12% das lavouras cultivadas com milho. A produtividade da mesma maneira de outros municípios teve comprometimento por causa da pouca.


DIÁRIO DA MANHÃ

2

Sexta-feira, 17.02.2017

Passo Fundo Carazinho

REGIÃO Ações em prol da horticultura e fruticultura Emater/RS-Ascar, feirantes e Prefeitura definem planejamento em Passo Fundo

Uma reunião de aproximação e planejamento de ações foi realizada entre a Emater/RS-Ascar, regional e municipal, Secretaria Municipal do Interior, Secretaria Municipal da Transparência e Relações Institucionais e Feira do Produtor de Passo Fundo. O encontro foi na segunda-feira (13), no Escritório Regional da Emater/RS-Ascar, em Passo Fundo. Estiveram presentes o gerente re-

gional da Emater/RS-Ascar, Oriberto Adami, o gerente regional adjunto, Dartanhã Luiz Vecchi, a assistente técnica regional Social, Luciana Gobbi, o assistente técnico regional, Ivan Guarienti, o secretário municipal do Interior, Antonio Bortolotti, o secretário de Transparência e Relações Institucionais, Edison Nunes, o engenheiro agrônomo e a extensionista social do Escritório Municipal de Passo Fundo,

Alessandro Davesac e Sandra Bressan Gayger, e o presidente e a vice-presidente da Feira do Produtor, Mércio Tarcizo Michel e Claudete Giaretta Sballo. Entre os encaminhamentos ficaram o compromisso da Emater/RS-Ascar auxiliar na elaboração e execução do Programa Municipal de Apoio ao Incentivo da Fruticultura, qualificar ainda mais a Assistência Técnica prestada

aos feirantes, seguir na realização de eventos técnicos, instalar uma Unidade de Referência Técnica e oportunizar capacitações na área de produção e de boas práticas de fabricação para as agroindústrias familiares. De acordo com o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Oriberto Adami, essa aproximação vem ao encontro do que a Instituição busca, no apoio ao desenvolvimento rural dos municípios.

Mapa reúne fabricantes de vacinas para apresentar prazos e mudanças no produto Blairo Maggi deve levar à Cosalfa estratégia de retirada da vacinação contra aftosa no Brasil O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), deverá anunciar na reunião da Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa (Cosalfa) 2017, o cronograma da mudança da vacina contra a febre aftosa e maiores detalhes da retirada gradual da vacinação no país, com a apresentação das ações que serão adotadas para isto. A reunião da Cosalfa será realizada entre 3 e 7 de abril, em Pirenópolis (GO). O Mapa trabalha com a possibilidade de retirar a vacinação de 80 milhões de cabeças a partir de novembro de 2018.

O diretor do Departamento de Saúde Animal do ministério, Guilherme Marques, destaca que “a reunião será um divisor de águas pela sinalização que o Brasil vai dar de que é possível a retirada da vacinação e que outros países vizinhos utilizem a estratégia, desde que tenham condição sanitária para tanto”. Além do Brasil, são integrantes da Comissão Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Venezuela e Uruguai. Na terça-feira, Guilherme Marques reuniu-se com re-

presentantes dos fabricantes de vacinas e com integrantes das áreas do ministério ligadas à questão, a de insumos pecuários (Departamento de Fiscalização de Insumos Pecuários, DFIP) e de laboratórios (Coordenação Geral de Laboratórios Agropecuários, Cegal), para receber sugestões de como fazer a mudança do tipo da vacina e de prazos compatíveis para retirada gradual da vacinação. Segundo o diretor Guilherme Marques, “a retirada da vacinação está decidida, o que é preciso agora é definir como e quando será realizada. E, para isso, serão promo-

www.diariodamanha.com Presidente

Vice-Presidente

Janesca Maria Martins Pinto

Ilânia Pretto Martins Pinto

@diariodamanhaRS www.facebook.com/redediariodamanha

Clélia Fontoura Martins Pinto - ME Matriz: Rua Independência,917, sala 3 - Passo Fundo Contato: (54) 3316-4800

vidas reuniões no país com todos os integrantes da cadeia produtiva. “Não haverá surpresas, tudo será feito de maneira organizada e tecnicamente defensável, respeitando também a situação sanitária dos estados”, garantiu. Marques explicou que, primeiro a vacina será modificada, pois será retirado o vírus “C” (inativado) da composição do produto, que foi erradicado há mais de 13 anos na região, não sendo mais necessária imunização. A retirada do vírus C é possível e viável na avaliação do diretor do departamento. Atualmente o produto é trivalente e protege o rebanho dos vírus A, C e O. Em 2018, o produto será bivalente contendo apenas as cepas A e O. Com isso, a dose do produto também deverá diminuir de 5 ml para 2 ml, sem perder qualidade e com os antígenos (substância que provoca a produção de anticorpos, ativando o sistema de defesa do organismo)

necessários à manutenção da erradicação da doença. Ele nfatiza que todo estoque da trivalente poderá ser totalmente utilizado. “Estamos em uma posição muito confortável, tanto pela inexistência de circulação de vírus da aftosa, no país e na região ( países que integram a Comissão), quanto à resposta imunológica alta dos nossos rebanhos, o que viabiliza mudanças na vacina, além da retirada gradativa do produto”, completou o diretor. Com a nova vacina, Marques prevê redução no custo do transporte, no armazenamento e na conservação das doses, tanto no processo de fabricação e distribuição, quanto na comercialização. Também haverá menor gasto com o manejo nas propriedades e menos reações nos animais, como os eventuais caroços no couro, que podem provocar perda de até 2 Kg na toalete (preparação dos cortes).


REGIÃO

Roos apresenta desempenho de insumos

DIÁRIO DA MANHÃ

3

Sexta-feira, 17.02.2017

Passo Fundo Carazinho

Fertilizantes e defensivos foram aplicados em lavouras de soja e milho e os resultados foram mostrados em um Dia de Campo Fotos: Rodolfo Sgorla da Silva/DM

Em frente à sua filial 1, em Não-Me-Toque, a empresa E. Orlando Roos possui uma mini fazenda. Neste local, cultivares de milho e soja, as principais da safra de verão, foram plantadas e as áreas receberam tratamentos com fertilizantes e defensivos. Os resultados da aplicação deste insumos foram apresentados em um Dia de Campo, realizado nesta quarta-feira (15). “Nós sempre buscamos repassar as melhores tecnologias que temos aos agricultores e esse é um Dia de Campo específico da área de insumos. Este é o segundo evento desta característica que realizamos desde que a empresa decidiu focar mais na área de insumos, atendendo o agricultor da região da melhor forma possível, incluindo a questão de manejo”, explica Arlei Krüger, gestor de sementes da E. Orlando Roos. O evento desta quarta-feira teve como parceiros Agroeceres, Adama, Dupont, Basf e Yara. “Nesta mini fazenda temos todas as demonstrações necessárias para o produtor ter informações para pensar sua próxima lavoura com inovações. Tanto em soja como em milho, apresentamos um manejo médio e um de alta tecnologia para grandes produtividades. É uma forma do produtor conhecer e comparar cada uma das estratégias”, explica

Atividade aconteceu em área experimental localizada em frente à filial 1 da empresa

Nos dias 1° e 2 de março, a E. Orlando Roos realiza mais um Dia de Campo, focado em sementes de soja. “A programação é igual nos dois dias e ocorre pela parte da manhã. Não só agricultores da região, mas produtores de outros locais do estado e até de fora do Rio Grande do Sul vão participar do evento, cujo foco principal é a semente. Vamos falar de variedades e tratamento de sementes. Será o momento do agricultor trocar ideia com os pesquisadores sobre as novas tecnologias”, finaliza Krüger.

Arlei Krüger, gestor de sementes da E. Orlando Roos Eduardo Souilljee, gerente do setor de insumos da Sementes Roos. Outro segmento de produtos destaque durante o Dia de Campo foi a linha Dinastia. “É uma linha de fitofortificantes produzida na Espanha e comercializada em mais de 60 países. Essa linha engloba sete produtos, sendo que o carro-chefe é o defensebio, usado junto com o fungicida, com a função de potencializá-lo”, relata Lucas Signor, engenheiro agrônomo da Roos.

Opinião do produtor Produtor rural em Santo Antônio do Planalto, Irinei Secchi, gostou do Dia de Campo. “É muito importante uma atividade como essa porque vários produtos a gente não conhece. Vindo aqui, ficamos por dentro do que existe de tecnologia de produtos à disposição”, ressalta. Um total de 250 produtores visitaram o Dia de Campo. Élido Damiani, gerente comercial de insumos da Roos, valoriza o fato dos produtores rurais buscarem informações. “É uma oportunidade dos clientes verem os investimentos com alta tecnologia e como eles podem ser aplicados às suas necessidades. No que se refere a insumos,

Próximas atividades

Produtores rurais trocaram ideias com técnicos da empresa a Roos não é apenas uma revenda, mas também possui qualificação técnica e prestação de serviços, discutindo o manejo com os produtores rurais”, explica. Dez estações com demonstrações do funcionamento de produtos puderam ser conferidas pelos produtores rurais durante o Dia de Campo. Uma delas apresentava um manejo diferente criado pela Roos com produtos das empresas parceiras. “Fizemos um manejo diferente dos produtos, direcionando-os conforme a infestação de insetos ou algum fungo”, explica Patrick Goegen, responsável por essa área demonstrativa.


MUNDO AGRO

4

Sexta-feira, 17.02.2017

Passo Fundo Carazinho

Agricultores mantêm boas expectativas de produção

Clima favorece culturas e agricultores seguem realizando tratamentos fitossanitários, para o controle preventivo de doenças O aspecto geral das lavouras de soja é ótimo, favorecido pelas chuvas regulares, temperaturas elevadas e intensa radiação solar. De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, os agricultores seguem realizando tratamentos fitossanitários, para o controle preventivo de doenças, como a ferrugem asiática e o controle de lagartas, quando necessário, utilizando produtos que preservam os inimigos naturais. Com relação à ferrugem, constata-se uma menor pressão da doença nas Unidades de Referência Técnica (URTs). Em Unidades de Mormaço, Victor Graeff e Venâncio Aires, onde se aplica o Manejo Integrado de Pragas (MIP), ainda não houve necessidade de aplicação de inseticidas, pois o ataque

de pragas é baixo, mantido pelos inimigos naturais, que são favorecidos pelo clima. O plantio das áreas destinadas ao plantio da soja na resteva de milho já está concluído e a germinação tem sido boa. Nas lavouras semeadas dentro do período recomendado pelo Aspecto geral das lavouras de soja é zoneamento agroótimo, favorecido pelas chuvas regulares climático para a total plantado. soja, continua uma excelente aparênA expectativa dos agricultores é de cia geral, com bom desenvolvimento uma ótima safra, se as chuvas continuadas plantas e ótimo porte, com o dossel rem como vêm acontecendo até o mocompletamente fechado. Percebe-se mento. No Estado, 20% das lavouras de que nesta safra o controle das plantas soja estão maduras e por colher, 40% esinvasoras foi realizado com muita efitão em enchimento de grãos, 25% estão ciência. A maior parte das lavouras está em floração e 10% da soja está em gerem fase de floração e formação de vaminação e desenvolvimento vegetativo. gens, com a colheita atingindo 5% do Foto: Carina Venzo Cavalheiro/Emater

DIÁRIO DA MANHÃ

Pastagens e criações

Pastagens - Continua bastante favorável a produção de forragem nos campos nativos, pela continuidade das chuvas semanais, mesmo que irregulares em algumas regiões, possibilitando os pastoreios com alta carga animal. Porém, a tendência é de diminuição das horas de sol e também dos ventos, reduzindo a evapotranspiração, o que sinaliza que os campos entraram em boas condições no Outono. Os produtores realizam roçadas nas áreas de campo nativo, para controle de plantas invasoras. Os produtores que realizaram fenação nas pastagens de trevo e cornichão estão manejando as áreas de melhor potencial produtivo com objetivo de produção de sementes, a fim de reduzir os custos com implantação de pastagens no Inverno e com aquisição de volumosos. O ideal é armazenar o máximo de excedente forrageiro possível. As lavouras de milho para silagem estão com excelente crescimento, entrando na fase de enchimento de grãos, com muita qualidade e quantidade de grãos. Alguns produtores já começam a manejar as áreas com vistas à implantação de pastagens de Inverno. Apicultura - Na região de Soledade, as boas condições climáticas da semana também possibilitam a recuperação dos enxames mais fracos (divididos e capturados). Enxames produtivos também são beneficiados pelas floradas da época, embora não sejam muito abundantes. De maneira geral, a colheita foi satisfatória, principalmente nos apiários bem manejados.

Produtor rural de menor porte tem regras facilitadas para crescer e formalizar atividade Blairo Maggi assinou Instrução Normativa diferenciando o tratamento em relação ao da grande agroindústria Instrução Normativa (IN) assinada pelo ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), na terça-feira (14), estimula a criação e a formalização de agroindústrias familiares. As regras que orientavam a produção de laticínios, ovos e mel comuns aos médios e grandes produtores agora foram flexibilizadas para viabilizar os pequenos negócios. “A medida é para a indústria quase artesanal, formada por milhares de produtores, que só precisavam de oportunidade para crescer”, afirmou o ministro.

A IN, que foi publicada ontem (15), é voltada para estabelecimentos de até 250 metros quadrados. Com a mudança são adequadas as exigências de equipamentos e de instalações para essas pequenas agroindústrias sem, abrir mão de parâmetros higiênicos e sanitários, preservando a segurança dos alimentos e a saúde pública, explicou o secretário Luis Rangel (Defesa Agropecuária), acrescentando que são mantidos cuidados relativos à temperatura e tempo de cozimento ou de resfriamento dos produtos.

Exemplos de adequações são a dispensa, em situações específicas, de equipamentos, como o resfriador à placa, o tanque de estocagem e equipamento de pasteurização rápida. No caso da utilização de leite proveniente somente da produção própria é dispensado também o laboratório. As instalações também podem ser anexadas à residência, desde que tenham acessos independentes e não precisam ter uma sede para o Serviço de Inspeção. A altura (pé direito), não teve medida mínima definida, mas deve ser

suficiente para a disposição dos equipamentos e permitir boas condições de temperatura, ventilação e iluminação. O secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki, lembrou que a principal preocupação do ministro Blairo Maggi desde que assumiu o cargo foi o de desburocratizar e modernizar o agronegócio, lançando logo no início de sua gestão o programa Agro+ com esse objetivo. Segundo ele, de 380 problemas elencados por produtores, desde então, 300 estarão resolvidos.


Carazinho