Page 1

www.outdoorregional.com.br | 1


2 | www.outdoorregional.com.br


EXPEDIENTE

CARTA AO LEITOR

Nossa capa deste mês está mais do que especial, afinal, é mais uma vez abrilhantada por Ivete Sangalo! E o motivo é digno: ela virá a Boituva para apresentar o show de sua nova turnê, IS20, que comemora seus 20 anos de carreira. Em entrevista ela contou um pouco sobre esse novo trabalho para você saber o que irá rolar no dia 11 de outubro.

Coordenador Geral Rafael J Pereira Coordenador de Criação André Maffeis Jornalista Responsável Juliana Moreno MTB: 0056878/SP Repórteres Bruno Rodrigues / AC Rezende Juliana Moreno / Rafael Barbosa Colaboradores Fábio Sanqueta / Thássia Moro Gabriela Barreto / Dr. Marcelo L. Galvão Laura Baggio / Luana Dourado Bruno Fernandes / Bettina Schrader Fotografia Eduardo Soares

Quem também bateu um papo muito bacana conosco foi o ator Erom Cordeiro, que atualmente dá vida ao personagem Fernando, na novela “Império”, no ar pela Rede Globo. Ele falou sobre seu início de carreira, além de suas passagens também pelo teatro e cinema. Confira tudo na editoria Especial! Em Arquitetura & Decoração, preparamos uma matéria que lista os benefícios de termos plantas dentro de casa, bem como dá dicas para te ajudar na hora da escolha da sua plantinha. Já Web apresenta uma plataforma online que já virou queridinha das crianças, o Mundo do Sítio. O site é baseado na obra de Monteiro Lobato e primeiro no Brasil a ter uma seção exclusiva para jogos pedagógicos. Isso e muito mais você confere a seguir. Boa leitura!

Revisão Juliana Moreno Diagramação / Criação Bruno Vieira Veiga de Oliveira Leonardo Cândido Comercial Ronaldo Dória – (15) 9 9615-2398 Agradecimento Marcela Oliva - Sig. Comunicação e Conteúdo Tiragem / Impressão 8.000 exemplares / Graf. Santa Edwiges Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho Tatuí/Sorocaba Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br Edições anteriores edicoes@outdoorregional.com.br Empresa Pereira e Maffeis Editora LTDA CNPJ: 13.970.830/0001-93

j-moreno@outdoorregional.com.br A revista não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de informes e anúncios publicitários

www.outdoorregional.com.br | 3


4 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 5


ÍNDICE

76 08 10 12 14 16 18 20 22 24 26 28 32 48 54

ESPECIAL: Erom Cordeiro

Cinema Séries Literatura Música Web Moda Masculina Moda Feminina Beleza Transformação Kids Arquitetura e Decoração Social Capa Esporte

ERRATA

56 58 60 62 64 66 68 72 74 76 78 80 82

Saúde Psicologia Games Pets Turismo Autos Finanças Direito Política Especial Gourmet Galeria Crônica

- Na edição nº 55, página 22, o título correto é "Espontaneidade - Para equilibrar e ser mais livre" 6 | www.outdoorregional.com.br

58

PSICOLOGIA

82

CRÔNICA

Entenda um pouco sobre hipnose clínica

Aquela educação de antigamente

FALE CONOSCO

Site www.outdoorregional.com.br Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 2º andar - sala 07 Telefone: (15) 3263-5028 (15) 99114-2136 / ID 113*16815 contato@outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 7


CINEMA

8 | www.outdoorregional.com.br

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br


o filme também conta com uma pequena participação de Robin Williams, morto em agosto, sendo uma das últimas de sua carreira Chegou aos cinemas no último dia 18 o filme “Uma nova chance para amar”, que tem sido definido pela crítica como “um melodrama com ares de novela mexicana”. Dada essa afirmativa, você deve estar se perguntando qual motivo bom, então, te levaria para frente da telona, certo? A resposta é certa e convincente: a escalação da dupla Annette Bening e Ed Harris para viver o par central da trama. Fora isso, o filme também conta com uma pequena participação de Robin Williams, morto em agosto, sendo uma das últimas de sua carreira.

Trama e elenco

A direção ficou por conta de Arie Posin, que também assinou o roteiro ao lado de Matthew McDuffie. O longa conta a história de uma viúva chamada Nikki (Annete Bening), a qual não consegue de forma alguma superar a morte do marido. Anos depois da perda, quando ela decide visitar um museu que lhe traz boas lembranças da época de casada, ela acaba vendo um homem muito parecido com o falecido marido e se torna, simplesmente, obcecada por ele. Então, sem que ninguém saiba, ela começa a namorar Tom (Ed Harris). Aliás, é o próprio Harris que também interpreta Garret, o falecido marido. Apesar de estar bem em

ambos os personagens, o fato de serem ali pessoas idênticas não deixa de causar certa estranheza. Com baixo orçamento, a produção é bem simples e enfatiza o luto de Nikki e seu novo relacionamento, sem se dar ao trabalho de fazer uso de nenhum desafio tecnológico. A narrativa lenta é sustentada pelo elenco de peso, principalmente Bening, que conseguiu dar vida à viúva com excelência, equilibrando o mar de emoções da personagem sem exagerar.

Curiosidade

Já a Williams coube a tarefa de conceder momentos de leveza à trama através do personagem Roger, que apoia Nikki nos momentos de solidão e tristeza. Retratando o mistério que envolve o amor e a dor da perda, o diretor relata que a ideia para o enredo veio cinco anos após a morte de seu pai e foi inspirada por uma mulher que atravessava a rua. Segundo ele, um dia essa conhecida o abordou e disse “sabe, uma coisa engraçada aconteceu comigo hoje. Eu estava andando pela rua e vi um homem vindo na direção contrária e ele era cópia do seu pai. Eu estava com meus óculos na mão e ia colocá-los na cara, mas, então, decidi não colocá-los”. Permanecer com a ilusão pareceu ser mais reconfortante àquela mulher. Talvez seja essa também a situação de Nikki em “Uma nova chance para amar”.

www.outdoorregional.com.br | 9


SÉRIES

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

How To Get Away With Murder Nova série de Shonda Rhimes estreia nos EUA Estreou no último dia 25, pela rede ABC dos EUA, a nova série produzida Shonda Rhimes, a mesma de “Grey’s Anatomy” e “Scandal”. “How To Get Away With Murder” foi uma das estreias mais aguardadas da temporada e com certeza você ainda vai ouvir falar muito sobre ela, visto que a estreia aqui no Brasil só acontecerá em 2015 pelo canal Sony.

Trama

Com criação de Betsy Beers e roteiro de Peter Nowalk, a série trata-se de um suspense jurídico que narra a vida de Annalise Keating, vivida pela ótima atriz Viola Davis. Ela é uma advogada e professora de Direito que ministra uma aula de Direito Criminal, apelidada por ela como “How To Get Away With Murder”, que pode ser traduzido na linha de “como sair impune de um assassinato”. Keating, uma mulher apaixonada pela profissão, carismática, mas ao mesmo tempo implacável e manipuladora, esconde de

uma reviravolta acontece e ela se vê, juntamente com alguns de deles, envolvida em uma trama de assassinato seu marido um caso extraconjugal. No episódio de estreia, ela recruta um time de alunos para trabalhar em sua firma de advocacia. Entretanto, uma reviravolta acontece e ela se vê, juntamente com alguns de deles, envolvida em uma trama de assassinato. Eles, então, precisarão realmente se livrar de uma acusação de assassinato. Isso tudo em meio a idas e vindas no tempo, a medida que vamos sendo apresentados aos personagens.

10 | www.outdoorregional.com.br

Com muito suspense e reviravoltas, “How To Get Away With Murder” promete ser digna de ser colocada na listinha de “séries para acompanhar”

Elenco

Os estudantes são interpretados por Aja Naomi King, Alfred Enoch, Jack Falahee, Matt McGorry e Karla Kouza. O elenco também conta com Charlie Weber e Liza Weil (a Paris Geller de “Gilmore Girls), que serão sócios de Annalise no escritório de advocacia, Billy Brown, o detetive da polícia com quem a Keating mantém o relacionamento, além de Katie Findlay (de “The Killing” e “Carrie Diaries”), que interpreta uma vizinha gótica de um dos alunos. Com muito suspense e reviravoltas, “How To Get Away With Murder” promete ser digna de ser colocada na listinha de “séries para acompanhar”.


www.outdoorregional.com.br | 11


LITERATURA

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

“Os Três” Os mistérios por trás da Quinta-Feira Negra Apesar da capa um tanto quanto assombrosa, é importante dizer que “Os Três” não é classificado, de fato, como um livro de terror. Entretanto, em alguns momentos consegue causar com maestria impactos dignos de um livro do gênero. O livro começa com a queda de um avião em Aokigahara, no Japão, mais precisamente em um local conhecido como “floresta dos suicidas”. Ali, a única sobrevivente, Pamela May Donald, acorda em meio aos destroços e, antes de morrer, deixa a seguinte mensagem: “O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas. Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise eles que o menino, não é para ele...”. Bom, já é possível imaginar quão grande caos essa mensagem causou, não? O mais intrigante é que não só no Japão aconteceu um acidente, mas outros três países também registraram terríveis acidentes aéreos, e todos ao mesmo tempo. Em cada um deles houve apenas um sobrevivente, sendo as crianças Hiro, Bobby e Jess. Esse dia ficou marcado na vida de muitas pessoas e conhecido como Quinta-Feira Negra. A partir desse dia, muitas coisas começam a sair do controle, tanto para os familiares das crianças sobreviventes, como para a população de uma forma geral. Somem-se a isso muitas conspirações, teorias de todas as formas, tramas políticas, religiosas e pessoais, e terá o cenário do livro. Algo bem interessante na obra é a forma de narrativa adotada por Sarah Lotz, feita em formato de documentário. Dessa forma, o leitor tem acesso a entrevistas com as pessoas que se envolveram de alguma forma com os sobreviventes, gravações, trechos de jornais, e-mails, e tudo mais que for essencial para entender a dimensão do que a Quinta-Feira Negra acarretou na vida das pessoas. Teremos acesso a algo intitulado “Quinta-Feira Negra, da Queda à Conspiração – Por dentro do fenômeno dos Três”, ou seja, um apanhado do que há de mais importante acerca do ocorrido, feito pela jornalista investigativa Elspeth Martins. Há relatos muito sombrios, por exemplo, dos familiares dos sobreviventes, que terão que lidar com crianças que já não são mais as mesmas, além de apresentarem comportamentos estranhos. “Os Três” irá te envolver em um mistério incrível que te fará desejar chegar logo ao final e à solução da Quinta-Feira Negra.

12 | www.outdoorregional.com.br

Ficha Técnica

Título: “Os Três” Autora Sarah Lotz Editora: Arqueiro 400 páginas

Trecho “De modo previsível, semanas depois dos acidentes, o mercado recebeu uma avalanche de relatos de não ficção, blogs, biografias e artigos de opinião aproveitando o fascínio mórbido do público pelos eventos e pelas crianças que sobreviveram, conhecidas como Os Três. Mas ninguém poderia ter previsto a cadeia macabra de acontecimentos que viria em seguida ou a rapidez com que iriam se desdobrar”.


www.outdoorregional.com.br | 13


MĂšSICA

14 | www.outdoorregional.com.br

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@ outdoorregional.com.br


Seu último sucesso ‘Luar de Sol’ foi gravado ao vivo no Ceará Sobre Jorge

Sucesso nos anos 90, Jorge Luiz Sant’Anna Vercillo, ou simplesmente Jorge Vercillo, o cantor, compositor e músico carioca, nascido em 11 de outubro de 1968, é conhecido por milhões de brasileiros por seu estilo romântico, com músicas que agradam variados tipos de fãs. Ano passado lançou o 12º título oficial de sua discografia solo, o CD e DVD “Luar de sol – Ao vivo no Ceará”. Aos 45 anos, o cantor vive uma satisfação pessoal ao ouvir suas músicas nas vozes de cantores consagrados como Ana Carolina, Caetano Veloso, Leila Pinheiro e Maria Bethânia, entre muitos outros. Seu primeiro disco, “Encontro das Águas”, foi lançado em 1993 pela extinta gravadora Continental e deu início a um novo estilo de música popular brasileira romântica. Pouco antes disso, ainda em sua vivência como cantor da noite, Vercillo foi preparado para saltos bem maiores na carreira. O primeiro deles foi dado em 1989 e em 1990, anos em que o artista representou o Brasil no Festival Internacional de Curaçao. Lá, ele venceu a competição nesses dois anos consecutivos. Com músicas espalhadas em diversas novelas da rede Globo, como “Encontro das Águas” em Mulheres de areia, “Praia nua” em Tropicalaliente, “Ela une todas as coisas” em Duas caras, “Ciclo” em A lua me disse, entre outras, o cantor consolidou-se como um dos grandes nomes da música romântica brasileira. Em 2012, fez sua primeira turnê na Europa, e por lá se apresentou em países como Inglaterra, Suíça, França e Portugal. Não é difícil se pegar cantando os hits

de Vercillo, pois suas músicas possuem ritmos perfeitos para ambientes como restaurantes, barzinhos e um prazeroso happy hour. Sua voz contém uma dosagem certa para agradar fãs de um bom e clássico violão e banquinho.

Algumas sugestões

O repertório de Jorge Vercillo é muito vasto, porém, podemos listar boas dicas de músicas para variados momentos. “Avesso”, “Que nem maré”, “Ela une todas as coisas”, “Monalisa” são exemplos de músicas para quem está bem apaixonado. “Homem aranha” apresenta um teor de senso crítico, fala sobre a realidade de um herói que se torna pai de família, mas durante a canção, Vercillo não dispensa os momentos de romantismo. “Final feliz”, o qual gravou em dueto com Djavan e depois viu ser regravado por Caetano Veloso e Alexandre Pires é uma interpretação otimista que relata sobre um casal que se guarda um para outro na esperança de um relacionamento saudável e equilibrado, em suma, com um típico final feliz. São inúmeras as sugestões de boas canções apresentadas pelo carioca. Pra você que já desfruta desta boa música, não perca as novidades no site do cantor em www.jorgevercillo.com.br. Já você que ainda não se permitiu viajar nesse moderno estilo de MPB, experimente, e se não for da sua maior predileção, ao menos o som ambiente irá agradecer.

www.outdoorregional.com.br | 15


WEB

Por: Thássia Moro t-moro@ outdoorregional.com.br

O Mundo Virtual do Sítio Conheça a plataforma online baseada na obra de Monteiro Lobato No mês das crianças a coluna Web traz um dos sites mais procurados pelos pequenos: o Mundo do Sítio. Inspirado na obra de Monteiro Lobato o site é o primeiro no Brasil a ter uma seção exclusiva para jogos pedagógicos. A turma do Sítio do Pica Pau Amarelo ensina crianças a partir de cinco anos através de mais de 20 jogos online interativos.

O site

Se divertir no Mundo do Sítio é simples e educativo, baseado sempre nas histórias originais dos livros de Monteiro Lobato. É preciso um cadastro simples para entrar no site, transformando o jogador em um membro do sítio que precisa ajudar Emília e sua turma em aventuras onde aprender é divertido. Todos os jogos foram criados sob a supervisão do educador Marcelo Cunha Bueno, especialista em pedagogia das diferenças. O Mundo do Sítio oferece, além dos jogos, um bate papo interativo, no qual as crianças podem conversar com outros membros do site, ou convidar seus amigos mais próximos para dividirem as aventuras vividas no sítio. Tudo isso em uma plataforma segura e tranquila para os pais.

o site também oferece uma biblioteca virtual, chamada Biblioteca do Visconde, onde as crianças podem ter acesso aos livros originais de Monteiro Lobato Biblioteca virtual

Além do bate papo, o site também oferece uma biblioteca virtual, chamada Biblioteca do Visconde, onde as crianças podem ter acesso aos livros originais de Monteiro Lobato, a ilustrações animadas de artistas premiados, uma trilha sonora exclusiva e a uma narração contada pela atriz Denise Fraga. Essa é a primeira biblioteca infantil virtual interativa do Brasil! 16 | www.outdoorregional.com.br

Há também um museu online, onde as crianças podem saber mais informações sobre a vida de Monteiro Lobato, como curiosidades sobre sua infância, seus livros favoritos, sua trajetória e, claro, sobre o próprio Sítio do Pica Pau Amarelo. O Museu do Lobato é um atrativo para as crianças e também para os adultos.

Cantinho dos pais

O que chama mais a atenção para o Mundo virtual do Sítio, não são apenas os jogos e as atividades pedagógicas que ele oferece para as crianças, mas também a maneira como os pais podem acompanhar o que o filho faz no site. O Mundo do Sítio oferece um espaço chamado Cantinho dos Pais, onde os responsáveis podem acompanhar todas as atividades que as crianças fazem, além de determinarem quanto tempo elas podem ficar online nele. Uma maneira de acompanhar as atividades dos filhos e também o desenvolvimento deles nos espaços educativos. O Mundo do Sítio é uma boa pedida para o mês das crianças, então, ligue seu computador, abra seu livro e mergulhe junto com Emília, Visconde, Narizinho e Pedrinho no mundo mágico do Sítio do Pica Pau Amarelo! http://mundodositio.globo.com/


www.outdoorregional.com.br | 17


MODA MASCULINA

Por: Gabriela Barreto g-barreto@ outdoorregional.com.br

Estampas fotográficas Camisa Pais e

xadrez filhos

As camisetas com estampas são despretensiosas, divertidas e alegres, marcam o verão masculino e invadem Uma peça ícone odaoutono moda Quando só o que muda no lookera é ousada tamanho Há algum tempo, a camisa xadrez somente

por pessoas que moravam no campo, os famosos “caipiPaisagens, desenhos, meios de locomoção e feições ras”, mas com o passar do tempo isso mudou e adespocamisa É ou nãoentre é um charme ver o filhonas vestido todose igualzijadas estão principais estampas camisetas masxadrez passou a as ser usada por homens e mulheres, tornho aoem pai? HáDiversas tempos que homens játemporadas não são mais culinas 2013. marcas nacionais e internacionais nando um ícone da moda, vistoos em diversas apostaram suas coleções nasapenas estampas fotográficas, como outono-inverno e vestindo até mesmo no alto verão. tão tradicionais, camisas e calças sociais, Dolce & Gabbana, Calvin Klein e a descolada Eleven Paris. Dos ruas ou jeans e camisetas. Atualmente, só de andar pelas coqueiros aos personagens as masculino t-shirts masculinas tranota-se que o perfil do célebres, vestuário mudou. zem consigo ares de passeio em locaiso turísticos Tanto o sexo masculino como feminino são adeptos Avistamos homens com camisas polos,e veraneio. camisas de diao uso da camisa xadrez atualmente, que deixa qualquer versas estampas, sapatênis ultra moderno, uso de shorts composição elegante, usadano com calmais curtos,mais calças mais podendo coladas, ser cardigã inverno, Como aderir a nova tendência? Versáteis e muito democráças e bermudas, desde que combinadas de maneira corenfim, uma infinidade de look. E foi assim que os filhos ticas, t-shirts são peças-chave guarda-roupa reta eascerteira. passaram a também adotar em essequalquer estilo mais moderno e masculino, por apresentar váriosdiversas modelosdúvidas com diversas ca-de A maioria dos homens tem na menos tradicional, sendo um charme o filhohora vestir-se racterísticas e asroupas. estampas ser aliadas atuàs combinar suas O fotográficas xadrez, por podem mais tradicional igualzinho ao pai! produções casuais, quando combinadas ao tradicional jeans almente que seja, sempre gera uma dúvida a respeito de ou calças e bermudas de sarja. Também podem ser combinacomo e com qual peça usá-lo. Camisas xadrez combinadas mocassins, tênis, sapatênis, abotinados das aos a um tradicional jeans semprecalçados caem muito bem.e os Já faz alguns anos que algumas marcas e confecções modernos chinelos. Sobreposições de peças, cintos e outros aderiram esseser segmento, porém, começaram partindo adereços podem adotados para completar a composição. dos pijamas, depois para camisetas com frase e, boa atualAs camisetas invadiram o espaço ganhaOptar por uma camisa de padrão masculino xadrez seráe uma mente, grandes marcas fazem grande uso desse segmenram o fanatismo dos homens, pordesua característica escolha para o inverno, quer usada forma casual, com to, oueseja, a mesma peça tanto para o pai, quanto para despojada moderna. jeans ume colete, quer usada num visual mais sóbrio, o filho, com eoblazer. mesmo modelo, mudando apenas a numecom gravata ração. A estampa xadrez é uma peça coringa e básica, que

Dúvidas

Como usar

A moda

Peça coringa

atende a todos os gostos e estilos sociais, desde os mais básicos até os mais modernos. A estampa pode ser enEm pesquisa nota-se que até algumas marcas, como contrada em roupas, sapatos e em acessórios em geral, cachecol e chapéus. a Milon, a coleção retomou o estilo para o pai, filho e até a qualquer idade estilopara mesmo para a filha- Democráticas com a mesma estampa, oueseja, Para uma composição mais social, aposte na camiseta a família toda, que chamam a coleção de Mon papa et moi combinada umatradicional jeanséesimples. um moderno sapatênis Para os homens composição Camisa (meu papai eaeu). Outras marcas que aderiam suaxadrez coleção Para as ocasiões casuais, use as estampas fotográficas pode combinar tanto com uma camiseta lisa branca ou a este segmento, como a MINI U.S., TUTU E ZUZU moda combinadas a bermudas de sarja, mocassins ou chinelos preta por baixo, quanto ela sozinha. Calça jeans clara ou infantil, a marca carioca RESERVA, a francesa Vilebreescura. Se preferir invista no cinto. sapato, tênis quin, Lacoste, Ralph Lauren, GAP,Nos VR,pés, Zapälla e a querida ou sapatênis. A estampa xadrez tem mil e uma opções de A DUDALINA, tanto para filhas e mãe, como pais e filhos. modelos que podem ser escolhidos de acordo com a sua família toda no mesmo estilo! Uma graça para os pequepreferência. nos, um charme para os adultos.

Marcas

Combinações

28 16 | www.outdoorregional.com.br

18 | www.outdoorregional.com.br

- Aposte na composição toda igual para ambos - Combine camisas xadrez comdeixe o tradicional - Ouse sem medo, seu filho igualzinho a jeans e um sapatênis você, pois será divertido - Opte por bermudas xadrez a camisas - Aposte nas corescombinadas e estampas iguais, básicas aderindo - Aposte aos no suéter sobrepondo a camisa xadrez modelos super parecidos para os dois


www.outdoorregional.com.br | 19


MODA FEMININA

20 | www.outdoorregional.com.br

Por: Gabriela Barreto g-barreto@ outdoorregional.com.br


Esse tipo de modelo de calças não é muito vistoso, pois, muitas pessoas acham estranho ver mulheres usando calças que vão até embaixo dos seios. O jeans cintura alta ajuda a alongar a silhueta quando na versão flare, que dá a impressão de centímetros a mais e é o modelo que está mais em alta nesta estação. O modelo segura a barriguinha, equilibra o quadril e ajuda a parecer mais alta.

A tendência

Essas calças são encontradas em diferentes tecidos, como o algodão e o jeans, e também são confeccionadas em tecidos mais finos e leves, como a seda. Podem ser encontradas das mais variadas cores, sendo mais comum a preta e a branca por causa da elegância natural que essas cores trazem, porém o que promete ser hit da estação e já está no guarda-roupa das famosas seria a calça cintura alta jeans. A tendência, que marcou a “era disco” nos anos 70, e já conquistou famosas como Grazi Massafera, Carolina Dieckmann, Débora Nascimento e Angélica, promete ser a tendência Primavera-Verão. Além de estilosa, ela é ótima para modelar o corpo e deixá-lo ainda mais bonito e acinturado.

Quem pode usar

lheres com tronco mais curto devem optar por calças com cinturas altas um pouco mais discretas, ou seja, na linha da cintura, para o corpo ficar mais equilibrado. Mulheres com quadril largo devem evitar calças de cintura alta tipo skinny, pois o modelo, por afunilar na perna, ressalta o quadril, deixando-o mais volumoso neste tipo de corpo. Mulheres muito baixas também devem evitar este tipo de modelo e tendência.

- O jeans de cintura alta fica ótimo se combinado com blusa de seda - Já para a balada, é muito legal combinar com casaqueto paetizado e saltos altos, como peep toe - Para as mais ousadas, invista em um top cropped e sandálias anabelas, pois fica perfeito para os dias quentes

Porém, mulheres com determinados tipos físicos, como aquelas que têm quadril largo, devem ficar atentas. Mu-

www.outdoorregional.com.br | 21


BELEZA

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

O batom certo

Na dúvida entre qual batom escolher? Damos para você uma breve explicação sobre as diferenças entre o mate, o cremoso e o laqueado! O mate é aquele que preenche os lábios por completo, sem deixar a cor da boca sobressair. A aplicação fica mais fácil com a ajuda de um pincel e sua textura é muito duradoura. Já os cremosos, os mais queridinhos, são enriquecidos com agentes emolientes, como manteiga de karité, que garantem a maior hidratação. Por serem mais escorregadios, o uso do pincel também é bacana para um melhor resultado. Este precisa se retocado a cada hora, já que sai à medida que você fala. Por fim, os laqueados são incrivelmente brilhantes e transparentes, principalmente se tiverem partículas peroladas. Antes de usar, aplique um pouco de corretivo nos lábios para neutralizar a cor da boca. É necessário reaplicar sempre que quiser potencializar o brilho.

Blush nosso de cada dia

É possível dar um up no rosto apenas com o blush aplicado de forma correta. Você vai ficar com aparência saudável e com um look ideal para todo dia. Primeiramente passe sua base de costume e prepare a pele corretamente. Depois disso, aplique uma primeira camada de blush com o mesmo pincel de base. No próximo passo você deve passar mais uma camada de blush, mas agora com o pincel dele próprio. Em seguida cubra com base parte das laterais do nariz e a área das olheiras, a fim de iluminar e diferenciar o blush. Por fim, o resultado é uma pele linda e com cara de saúde!

Pincéis

Esmalte cheiroso

A Revlon lançou uma novidade muito legal: uma linha dos produtos em versão aromatizada! São tons brilhantes e vibrantes que, além de oferecerem cores incríveis, quando secos, exalam uma fragrância leve que dura o dia todo. A linha completa, que recebeu o nome de Revlon Parfumerie Scented Nail Enamel, tem 13 cores e os preços variam entre R$ 26 e R$ 29 cada. 22 | www.outdoorregional.com.br

Você tem cuidado bem dos seus pincéis de maquiagem? Essenciais para uma maquiagem perfeita, eles necessitam de cuidados sempre. Faça uma higienização a cada 15 dias com um shampoo de limpeza profunda e, após a lavagem, os coloque na posição horizontal sobre uma toalha em um local com bastante claridade e livre de umidade. Deixe secar naturalmente, pois o jato de ar de um secador, por exemplo, danifica bastante as cerdas. Por fim guarde-os em local seco.


www.outdoorregional.com.br | 23


TRANSFORMAÇÃO

Por: Laura Baggio l-baggio@ outdoorregional.com.br

Estar atento à vida Para encantar os olhos Há uns dias atrás eu estava dirigindo de volta do trabalho para minha casa, já passava das seis da tarde e o céu estava escuro. Eu não pensava no caminho e nem no ato de dirigir, esses eram comportamentos automáticos. Até o momento em que tocou em meu rádio a música “Dust in the Wind” (Poeira ao Vento, em tradução livre), da banda Scorpions. Em um resumo rápido, a canção fala como nossos sonhos e nós mesmos somos como poeira ao vento, passageiras e, em uma leitura mais pessoal, levadas forçadamente na direção do sopro do ar. Meus ouvidos e todo o meu corpo concentraram-se no som e na letra vinda do aparelhinho sonoro e modesto do meu carro. Nesse mesmo dia, mais tarde, li uma matéria na revista Vida Simples, do Padma Samten, onde ele explicava brevemente sobre a Normose, a doença da normalidade. Ele a associava com o Titanic, em suas palavras ele dizia: “A vida segue com suas urgências, ritmos, orgulhos, invejas, desejos e apegos, preguiças, carências, raivas e medos em um barco fantasma, que conduz aceleradamente a lugar nenhum”. Uma semana antes desse dia, também, eu havia visto o filme “Beleza Americana”, dirigido por Sam Mendes. Nesse longa-metragem, o personagem Ricky Fitts é um adolescente considerado estranho, mas extremamente sensível à beleza do mundo, e por isso filma tudo o que o encanta. Sua filmagem preferida é a de um pequeno saco de plástico branco flutuando ao vento, como se dançasse, por vários minutos.

Nossas rotinas nos automatizam, nos pressionam, e de certa forma nos limitam, assim como nossos relacionamentos nos conduzem, exigem comportamentos, moldam nossas ações Essas três imagens, nascidas em fontes tão distintas, mas que partilham de um mesmo berço, visitaram meus pensamentos atormentando-me por longas horas. Nossas rotinas nos automatizam, nos pressionam, e de certa forma nos limitam, assim como nossos relacionamentos nos conduzem, exigem compor-

24 | www.outdoorregional.com.br

tamentos, moldam nossas ações. Por outro lado precisamos sobreviver, e a cultura, a economia e a sociedade vão tecendo suas regras. Também é preciso adaptar-se. A sensação é de estarmos presos a uma corda, e ao soltá-la teremos nossa liberdade, no entanto não é possível ver aonde cairíamos. Algumas questões inquietaram-se nas profundezas do meu coração. Estaríamos mesmo vivendo a bordo de um barco fatalmente destinado a afundar? Seríamos espectadores desatentos à beleza da vida? E mais, se realmente nosso destino está traçado por um vento, uma força maior, para onde estaríamos indo? Após remoer tantos questionamentos e não achar resposta alguma, tentei despertar em mim um estado de atenção e um olhar mais cuidadoso sobre meus sentimentos e pensamentos, mesmo ao fazer as pequenas tarefas do meu dia-a-dia. Desliguei alguns botões mecanicistas. Cuidei de olhar para os outros e para mim estando presente e inteira. E como se uma luz que acendesse sozinha em um salão de festa escuro, sem haver comemoração alguma, minha inquietação dissipou e eu pude enxergar beleza por todo lado por onde eu olhasse. Há perguntas que não possuem respostas, e há perguntas cujas respostas manifestam-se silenciosamente, como um chamusco de vela de aniversário no peito, fugaz e certeiro. Meu alívio é a poesia existir e conseguir capturar essa incompletude humana, da maneira mais sensível e bonita possível, seja através de uma música, um texto ou um filme.


www.outdoorregional.com.br | 25


KIDS

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

alertam que o uso da chupeta não traz benefícios para a saúde do recém nascido, entretanto, caso os pais optem por ela, a recomendação é usá-la de forma restrita, de preferência apenas na hora de dormir.

Hello Kitty para elas!

Diário e quadro mágico da gatinha mais querida do mundo são sugestões de presente para o próximo dia 12 de outubro! O primeiro vem com uma chave mágica em forma de gatinha, para que as meninas possam abri-lo e ter acesso a itens que acompanham o produto, sendo três carimbos, caderno e caneta. Também há espaço para colocar uma foto favorita. Já o quadro mágico portátil vem com um lápis, um apagador e quatro ímãs alusivos ao universo da Hello Kitty. Possui também um compartimento para guardar objetos pequenos.

Danny Pink e os Ursinhos Quadrados

Uso da chupeta

Muitos pais têm dúvidas sobre recorrer ou não ao uso da chupeta. Isso porque, embora seja um recurso eficaz para acalmar e induzir o sono do bebê, em longo prazo o hábito pode prejudicar a formação da musculatura oral e até deformar a arcada dentária. Fonoaudiólogos

26 | www.outdoorregional.com.br

Já estão nas lojas o CD e DVD da cantora Danny Pink, intitulados “Danny Pink & Os Ursinhos Quadrados”. As 12 faixas dos álbuns são compostas pela artista, que trabalha com o público infantil desde os cinco anos de idade. As canções falam sobre brincadeiras, amizade, bem estar, sonhos, entre outros assuntos diretamente ligados à realidade das crianças. “Meus lovinhos vão adorar, porque poderão assistir, cantar e dançar as músicas, além de brincar, porque nas contracapas têm encartes com os Ursinhos Quadrados para recortar e colar. É um presente lindo e lúdico ao mesmo tempo”, disse a cantora através de sua assessoria.


www.outdoorregional.com.br | 27


ARQUITETURA & DECORAÇÃO

28 | www.outdoorregional.com.br

Por: Luana Dourado arq-deco@outdoorregional.com.br


As plantas cultivadas em casa reduzem as partículas de pó suspensas no ar, o que proporciona maior qualidade de vida às pessoas com doenças alérgicas Quando passeamos ao ar livre ou em lugares com bastante vegetação, costumamos nos sentir melhores e sentimos essa diferença na respiração. Todo aquele verde, além de bonito, faz muito bem à nossa saúde. O processo de fotossíntese das plantas renova o ar, proporcionando assim maior saúde para os nossos pulmões. As plantas cultivadas em casa reduzem as partículas de pó suspensas no ar, o que proporciona maior qualidade de vida às pessoas com doenças alérgicas.

Benefícios de cultivar uma planta dentro de casa O ambiente fica mais agradável, pois a planta além de renovar o ar, diminui a temperatura do ambiente, o que pode reduzir o uso de ventilador e ar condicionado. Elas também abafam o som quando colocadas próximas às janelas ou em varandas. As mais altas formam uma “barreira viva”. Algumas plantas devem ser colocadas em lugares específicos para que não sintam falta de ventilação ou luminosidade. Adubo, umidade e luz são índices de sobrevivência para as plantas. Evite as que têm perfume muito forte, as de raízes agressivas e, em caso de banheiros, prefira as que resistem a esse tipo de ambiente.

Sugestões

Rosa de Pedra: cultivada em pequenos vasos, parece-se com uma rosa Minicactos: são ótimos para compor arranjos e exige regras semanais Zamioculca: uma das favoritas. Continua bonita, mesmo sem cuidados. Precisa ser regada uma vez por semana Pau d’água: bom para escritórios, pois não precisa de exposição direta ao Sol e tolera ar condicionado Palmeira Rafis: semelhante ao bambu, suas folhas são plissadas Entender os tipos de plantas e como cuidar de cada uma é o principal fator que fará com que seu cantinho verde prospere!

www.outdoorregional.com.br | 29


INFORME PUBLICITÁRIO

Projetar e construir Trabalhos de sucesso desenvolvidos em conjunto

A parceria

A Lemil, empresa que atua no mercado de construção civil, em 2011 viu a necessidade de criar uma parceria com uma empresa que tivesse capacidade comercial e técnica para atender os projetos com qualidade, além da preocupação e honestidade com os clientes. Dessa necessidade, surgiu então a parceria com o Estúdio de Arquitetura Arquijhow. Desde então, ambos desenvolvem em conjunto trabalhos de sucesso, que priorizam a qualidade e a satisfação dos clientes, através de projetos e obras diferenciadas que valorizam o patrimônio dos mesmos.

Lemil

Uma parceria de sucesso é, em muito, fruto de empresas já consolidadas no mercado pela boa prestação de serviços. A Lemil, no mercado desde 2009, iniciou seus trabalhos com pessoas que já tinham contato direto no mercado de construção, o que colaborou para o crescimento. Integridade, honestidade, qualidade e garantia são alguns dos diferenciais da empresa, que é constituída por uma equipe técnica de acompanhamento de obras, sendo responsável pelos projetos estruturais de grande parte das obras executadas por ela. A Lemil realiza construções comerciais, residenciais, industriais, além de projetos estruturais, pontos elétricos e hidráulicos.

Estúdio de Arquitetura Arquijhow Já o Estúdio de Arquitetura Arquijhow, é representado pelo arquiteto Jhow Herick Cardoso, que atua na área de arquitetura desde 2000, desenvolvendo projetos residenciais, comerciais e industriais. Também na área de mobiliários, trabalhou e coordenou projetos por todo o país,

30 | www.outdoorregional.com.br

em grandes empresas nacionais e multinacionais. O Estúdio surgiu em 2010, com o intuito de desenvolver projetos diferenciados que valorizam o patrimônio dos clientes, através de soluções inovadoras e que prezam a qualidade em atender a concretizar ideias desenvolvidas em parceria com os clientes. Assim, as empresas vêm desenvolvendo em parceria trabalhos de sucesso que somam no currículo de ambos e que ganham cada vez mais a confiança dos clientes.


www.outdoorregional.com.br | 31


SOCIAL

Boituvana 2014

Deck Bar Fotos:Eduardo Soares & Restaurante

32 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 33


Boituvana 2014 Fotos:Eduardo Soares

34 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 35


SOCIAL

Boituvana 2014

Deck Bar Fotos:Eduardo Soares & Restaurante

36 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 37


Boituvana 2014

Deck Bar Fotos:Eduardo Soares & Restaurante

38 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 39


SOCIAL

Boituvana 2014

Deck Bar Fotos:Eduardo Soares & Restaurante

40 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 41


SOCIAL

Cultura Alternativa Edição Reggae

Fotos: Cainã Dias - facebook.com/UmBeloDia Alexandre Salviano

42 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 43


Reinauguração Flex Center Academia Fotos: Eduardo Soares

44 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 45


SOCIAL

- Bodega Bar e Wash RockBar - Formandos de 1964 Magistério Barão de Suruí Fotos: Equipe Xpres

46 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 47


CAPA

48 | www.outdoorregional.com.br

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 49


São todos amigos queridos que me deram a honra de partilhar comigo desse momento especial. O que falar de cada um deles? Foi um luxo para mim ter a presença de todos nesse meu DVD tão especial

50 | www.outdoorregional.com.br

O show

O local escolhido para o espetáculo que marcou os 20 anos de carreira foi o Arena Fonte Nova, em Salvador, ressaltando, segundo Ivete, a vaidade que todo baiano tem de voltar para casa. “Tocar em Salvador é o nosso desejo. Como quem volta para dizer: ‘olha, mãe, o que eu consegui’. Eu tenho popularidade para fazer algo muito grande, mas quis um espetáculo mais íntimo. Tem multidão, mas é em casa. Rola olho no olho, cumplicidade”, diz ela. E no show, que reuniu 40 mil pessoas, Ivete partiu para a linha de frente e assumiu o comando geral. Ela não somente cuidou da direção musical, que foi dividida com Radamés Venâncio, e cênica, como também ajudou a desenhar cenários, imaginar figurinos, criar o projeto de iluminação e escrever o roteiro. Este, por sua vez, foi dividido por assuntos. O primeiro deles foi chamado por Ivete como “bloco pop”, encabeçado por


sucessos como “Acelera Aê (Noite do Bem)”, “Festa”, “Sorte Grande”, “Na Base do Beijo” e “Dançando”.

Ritmos

A cantora destaca que, ao gravar uma música, a primeira coisa que conta é o quanto ela poderá usufruir dela ritmicamente. “Só depois disso eu penso em letra e melodia. Nós, baianos, temos essa característica muito peculiar, então acabo sendo tendenciosa. Meu ouvido foi criado assim”, define ela. E justamente para acentuar características rítmicas do repertório que Ivete recebeu a participação do cantor Bell Marques, ex-vocalista da banda Chiclete com Banana, bem como o grupo britânico de dança percussiva Stomp, cujos músicos-bailarinos tiram sons do próprio corpo e de objetos como baldes e vassouras.

Participações especiais

Depois disso, vem em cena uma seleção mais puxada pelo reggae, puxada pelo sucesso “Flor do Reggae” e segue com os clássicos internacionais “Master Blaster (Jammin’)”, de Stevie Wonder e “Could You Be Loved”, de Bob Marley, sendo que esta última conta com a participação de Alexandre Carlo, da banda Natiruts. Na sequência aparecem músicas dos tempos da Banda Eva e da axé music. Aqui aparece a participação de Alexandre Pires na música “Me Engana que Eu Gosto”, inspirada em “Camisa Amarela”, de Ary Barroso. Depois do samba, surge o bloco romântico, composto por baladas populares, como “Se Eu Não te Amasse Tanto Assim”


de 75 metros de largura, sustentando nada menos que 1200 metros quadrados de led, espalhados em três telões. Cerca de 100 pessoas foram envolvidas na superprodução e mais de 30 carretas foram usadas para dar conta das 400 toneladas de equipamento. Fora isso, foram usadas 20 câmeras, incluindo duas gruas. Já a gravação contou com a tecnologia SpiderCam, um sistema que permite à câmera um movimento vertical e horizontal sobre uma área de larga escala. Por fim, as tomadas aéreas foram feitas por um helicóptero.

Boituva

A lista de músicas de trabalho do novo DVD foi iniciada com “Amor Que Não Sai” e “Tempo de Alegria”. Já no final de setembro Ivete anunciou que o hit da vez é “Beijo de Hortelã”. E é assim, com uma sequência de sucessos, que a cantora trilha seu caminho. Ela acredita que a receita do sucesso é unicamente o amor. “Amor pelo que faço. Pelos fãs e sempre com respeito à minha verdade”, afirma. Ela termina a entrevista deixando um recado para os fãs que a aguardam para o show na cidade. “Espero todo mundo no show de Boituva no dia 11 de outubro. Vamos fazer uma festa linda, mas ela só vai valer a pena se você estiver junto comigo. Quero ver todo mundo lá! Um beijo”, finaliza Ivete.

e “Quando a Chuva Passar”, seguidas por outro clássico internacional, o soul “Cruisin”, de Smokey Robinson, número este que conta com a participação do cantor Saulo. Já o desfecho do espetáculo surgiu de um sonho da cantora, no qual um trio elétrico cênico era montado por bailarinos diante do público. E o sonho de Ivete foi personificado no palco pelo Olodum, que simboliza com perfeição o Carnaval baiano. “O Olodum foi a primeira coisa que me arrebatou e isso transformou para sempre a minha vida musical”, diz. Em entrevista a cantora também falou sobre as participações especiais de um modo geral. “São todos amigos queridos que me deram a honra de partilhar comigo desse momento especial. O que falar de cada um deles? Foi um luxo para mim ter a presença de todos nesse meu DVD tão especial”, declarou Ivete.

Estrutura

A parte técnica do show também é um destaque por si só. Durante o espetáculo, imagens captadas nos últimos 20 anos fazem, no telão gigantesco ao fundo do palco, uma retrospectiva da história profissional da cantora. E por falar em palco, ele é em formato de ferradura e possui cerca

52 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 53


ESPORTES

54 | www.outdoorregional.com.br

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@ outdoorregional.com.br


O mundial

Realizado esse ano na Espanha, o Mundial de Basquete ou Copa do Mundo de Basquetebol, é a competição mais almejada pelas seleções, perdendo apenas para os jogos olímpicos. A competição que teve duração de 30 de agosto a 14 de setembro foi a décima sétima edição dos mundiais. O primeiro torneio aconteceu em 1950 na Argentina, tendo como vencedor os donos da casa. De 1970 pra cá, os mundiais seguiram a sequência de quatro em quatro anos, acompanhando a Copa do Mundo de futebol. Na última competição, realizada na Turquia, os americanos venceram a final sobre os anfitriões por 80 a 64. Este ano, sendo a segunda edição na Espanha, as cidades sedes escolhidas foram: Baracaldo, Barcelona, Granada, Madrid e Sevilha. Chegaram ao torneio 24 equipes: Espanha, Brasil, França, Sérvia, Irã e Egito compondo o grupo A. Pelo grupo B se enfrentaram Grécia, Croácia, Argentina, Senegal, Porto Rico e Filipinas. O grupo C foi formado por Estados Unidos, Turquia, República Dominicana, Nova Zelândia e Ucrânia. E, por fim, o grupo D foi composto por Lituânia, Eslovênia, Austrália, México, Angola e Coreia do Sul. Classificaram-se para segunda fase as quatro melhores equipes de cada grupo. A fase matamata da competição teve duelos memoráveis como: Brasil x Argentina, Espanha x França, Estados Unidos x Lituânia, entre outras disputas espetaculares. Os atletas de destaque foram: José Juan Barea de Porto Rico como maior pontuador, Lee Jong-Hyun da Coreia do Sul como o mais eficiente em bloqueios, Andray Blatche das Filipinas nos rebotes, o finlandês Petteri Koponem nas assistências e Ricky Rúbio da Espanha foi quem mais roubou bolas. O grande prêmio de melhor jogador da competição ficou para o armador americano Kyrie Irving, com somente 22 anos de idade.

A participação do Brasil

A seleção brasileira viveu momentos sublimes no Espanha, porém, acabou sendo eliminada de uma forma bem amarga. A

equipe liderada pelo técnico argentino Rúben Magnano, que contou com renomados jogadores como, Tiago Spliter (atual campeão da NBA), Leandrinho, Anderson Varejão, Nenê e Raulzinho, fez uma primeira fase interessante ficando em segundo colocado. Na oitavas de final viveu seu momento mais eufórico. Venceu os argentinos e esmagou um tabu de sempre ser eliminado em competições importantes pelos hermanos. A decepção ficou na fase seguinte quando se despediu da competição ao tomar um chacoalhão da Sérvia por 84 a 56. Fica a lição para se entrar mais ligado nas Olímpiadas do Rio de Janeiro, em 2016.

Os maiorais

Não tem jeito, no basquete eles destroem. Já chegaram ao mundial como a equipe a ser batida. Não por menos, além de toda tradição, foram à Espanha como os atuais campeões. A equipe americana, considerada curiosamente como equipe B, por estar sem LeBron James, Kevin Love e Kobe Bryant, todos poupados para o Rio 2016, chegou forte mesmo assim. Estrelas como James Harden, Derick Rose e Kyrie Irving lideraram o poderoso esquadrão americano que simplesmente passeou no mundial. Contaram com a sorte de campeão ao ver Espanha, Argentina e França ficando pelo caminho. Mas, independente disso, deu a lógica, eles venceram todas as partidas atropelando seus adversários até chegar à final e deixarem um placar arrasador de 129 a 92 para cima dos sérvios. Com um investimento exemplar na safra de atletas, que começa desde cedo nas escolas e passa com brilhantismo pelas universidades, não há dúvidas de que eles são os maiorais nesse esporte.


SAÚDE

Todo mundo já ficou doente e já precisou de um “remedinho”. Bem, hoje em dia, existem medicamentos para curar ou tratar boa parte das doenças. Das mais comuns e pontuais como dor de cabeça, muscular, de dente e de barriga, como também das doenças crônicas, como diabetes e colesterol. A indústria farmacêutica pesquisa há anos o desenvolvimento de novos princípios ativos, testando suas fórmulas em ambiente controlado. Todos os cuidados necessários da produção até chegar às prateleiras de drogarias e farmácias. Mas e depois dali? Você sabe como cuidar deles na sua casa? 56 | www.outdoorregional.com.br

Por: Dr. Marcelo L. Galvão m-galvao@ outdoorregional.com.br

Antes de chegar a casa

O dia a dia é corrido para todos nós. Passamos na farmácia e compramos nossos medicamentos naquela brechinha de tempo, entre uma atividade e outra. Infelizmente, por muitas vezes, o paciente não chega a ouvir todas as recomendações do farmacêutico sobre aquele medicamento. É aí que mora o perigo. O farmacêutico é o amigo do paciente. Ele passa todas as informações de como administrar corretamente o medicamento, as quantidades, os horários e também de como armazená-los. Por


Você deixa seus medicamentos dentro do carro?” exemplo, você deixa seus medicamentos dentro do carro? Entenda o porquê.

Clima tropical

Moramos no Brasil, país muito grande, com diversas variações climáticas, mas não deixamos de ser um país muito quente. E essa variação de temperatura é um grande problema para os medicamentos. Com temperaturas que em dias quentes chegam facilmente a casa dos 30ºC, imaginem a temperatura que chega no interior de um automóvel, fechado sob um sol escaldante? Com certeza, maiores que 80ºC.

Cuidados

Entenda sobre os cuidados necessários para se armazenar seus medicamentos: •Refrigeração: as insulinas que são utilizadas no controle da diabetes mellitus tipo 1 e casos em que os medicamentos orais já não são suficientes, precisam ser armazenadas em refrigeração, com temperaturas entre 2 e 8ºC, porém não podem ser armazenadas em freezer, nem em contato direto com o gelo, se transportadas em caixas térmicas. Essas caixas térmicas são muito utilizadas no transporte entre a drogaria até a residência e nas viagens do paciente; •Temperatura Ambiente: não deve ultrapassar os 25ºC. Até essa temperatura, o medicamento tem garantia de sua eficácia, conforme todos os testes realizados; •Luz: a maioria dos medicamentos precisa estar protegido da luz. Ela pode acelerar e degradar (perder a função) do me-

dicamento. Por isso, o medicamento vem na maioria dentro de blisters (aquele cartelinha de plástico e alumínio) e este, dentro de uma caixinha. No caso de líquidos, eles podem vir em vidro ou plástico escuro para evitar luz. Após o uso, guarde novamente dentro da caixa, e esta, dentro de um guarda-roupa, por exemplo; •Umidade: Banheiro não é lugar de medicamento. Por causa principalmente do vapor do chuveiro, o local sempre está úmido, o que pode comprometer a estabilidade do medicamento. No Brasil, a umidade recomendada é abaixo de 75%; •Local: Caso faça uso contínuo de medicamentos, o ideal é que você tenha uma caixa organizadora de medicamentos. O importante é que ela tenha uma tampa e seja guardada em um local protegido da luz e umidade, como descrito acima; •Validade: verifique sempre antes de tomar o medicamento se está dentro da validade. Testes realizados garantem a eficácia dentro desse período. Nunca tome medicamento vencido. Caso isso ocorra, leve até uma drogaria, UBS ou ponto de coleta autorizado para o descarte consciente. Nunca jogue no esgoto ou no lixo comum.


PSICOLOGIA

Por: Bettina Schrader b-schrader@ outdoorregional.com.br

Hipnose Clínica As contribuições para a promoção da saúde Você já deixou de fazer a viagem dos sonhos ou pensa em abrir mão de uma possível promoção por apreensão de expor suas ideias? Então você pode se beneficiar da Hipnose Clínica.

Psicoterapia

A Psicoterapia é uma forma de tratamento destinada a ajudar as pessoas a lidarem com os obstáculos da existência, como crises pessoais, dificuldades de transição nas diferentes fases da vida, conflitos conjugais e familiares, ou problemas que impedem um desempenho satisfatório na escola e no trabalho. Ela promove saúde por meio do equilíbrio emocional! Durante o Processo Psicoterápico, o Psicoterapeuta faz uso de diferentes técnicas e recursos que viabilizam aos pacientes o desenvolvimento das habilidades necessárias para que possam superar suas dificuldades.

A Hipnose é caracterizada pelo conjunto de fenômenos que levam a pessoa a um estado de consciência focada Hipnose Clínica

Um recurso coadjuvante e acelerador do Processo Psicoterápico é a Hipnose Clínica. A Hipnose é caracterizada pelo conjunto de fenômenos que levam a pessoa a um estado de consciência focada. Os fenômenos hipnóticos são induzidos ou autoinduzidos por meio da estimulação dos cinco sentidos de forma direta ou indireta. A partir daí, a atividade psíquica da pessoa está mais receptiva ao tratamento. Quando a atenção é dirigida para estí-

58 | www.outdoorregional.com.br

A hipnose também é utilizada por médicos e odontologistas para promover anestesia e reduzir o efeito colateral de medicamentos

mulos selecionados, a probabilidade de percebê-los aumenta. Por isso, a Hipnose é um recurso que agiliza o Processo Psicoterápico e contribui para obter o sucesso desejado. Ou seja: saúde, sucesso profissional e/ou acadêmico, relações pessoais gratificantes, aumento da autoestima e da qualidade de vida!

Situações

Alguns casos da aplicabilidade da Hipnose Clínica são: estresse, tabagismo, dificuldades de concentração, memorização e aprendizagem, medo de dirigir, ansiedade, depressão, tensão pré-menstrual, fobias, pânico, medo de exames, alcoolismo, obesidade e dor. A hipnose também é utilizada por médicos e odontologistas para promover anestesia e reduzir o efeito colateral de medicamentos, ampliando a sensação de bem estar.


www.outdoorregional.com.br | 59


GAMES

60 | www.outdoorregional.com.br

Por: Rafael Barbosa r-barbosa@ outdoorregional.com.br


Se você ainda não pôs as mãos em “Far Cry 3”, pare de ler este texto agora mesmo e vá atrás deste jogo, afinal, jogar este título incrível é a melhor maneira de entender porque a sua continuação está sendo tão aguardada. O FPS lançado pela Ubisoft, em 2012, elevou o nível do gênero, ao apresentar aos jogadores um mundo vasto e cheio de possibilidades a serem exploradas, uma narrativa envolvente e um vilão que embora fosse pra lá de louco, também era incrivelmente carismático. O novo jogo da série promete trazer todos estes elementos novamente, em uma história nova e que se situa em um dos locais mais misteriosos e bonitos do planeta. No game, acompanhamos a jornada de Ajay Ghale, que viaja para a cidade de Kyrat, um país fictício do Himalaia, para deixar as cinzas de sua mãe repousarem em seu país de origem. Mas o protagonista encontra um lugar muito diferente daquele que deixou anos atrás, um estado às margens de uma guerra civil e governado por um tirano chamado Pagan.

Mantendo a fórmula

Pelo que pudemos conferir do game até aqui, a intenção da Ubisoft é lapidar a fórmula criada no game anterior, refinando a experiência, mas mantendo a sua estrutura. Pouca coisa parece ter realmente mudado e quem já brincou com o “Far Cry 3” não deve demorar muito tempo para se acostumar com este novo capítulo da franquia. Teremos que explorar diferentes ambientações em busca de recursos, desbravando um universo recheado de bases inimigas a serem conquistadas, territórios secretos que precisam ser encontrados e explorados, além de termos que enfrentar centenas de inimigos que são liderados por um vilão que, assim como o algoz do jogo anterior, parece ser totalmente maluco. O game também continuará a ter um lado mítico e sobrenatural, só que aqui este conceito será mais explorado,

já que a espiritualidade é um aspecto muito presente na cultura da região.

E as inovações?

Mas embora a estrutura do jogo seja basicamente a mesma do game anterior, isto não quer dizer que ele não trará novidades, que devem ser notadas desde o primeiro momento em que olhamos para os cenários do título. O Himalaia oferece uma estrutura diferente das ilhas tropicais de “Far Cry 3”, com uma ambientação cheia de montanhas e precipícios, que vão exigir uma série de novos equipamentos para serem explorados. O universo do game parece oferecer uma ambientação inóspita e interessante, com um primor gráfico muito superior ao do jogo anterior, graças ao poder da nova geração. Os animais voltaram, mas agora eles não são apenas uma fonte de recursos, pois agora podemos interagir com alguns deles, como os elefantes, que se mostram uma grande ajuda contra os inimigos. Teremos também à nossa disposição uma nova gama de armas a serem adquiridas e veículos para pilotarmos, e o melhor de tudo, é que agora poderemos utilizar estes dois elementos ao mesmo tempo, atirando em inimigos enquanto dirigimos pelos cenários do game. Também teremos um grande enfoque no sistema online, que traz missões exclusivas que somente podem ser executadas em modo cooperativo. Neste aspecto, a versão PS4 leva vantagem, pois uma pessoa que tenha o game pode convidar outros nove amigos que ainda não tenham o jogo, para jogar este modo em até quatro pessoas. “Far Cry 4” provavelmente não irá revolucionar a franquia como o seu antecessor, porém as mudanças de cenários e novos elementos prometem trazer um frescor novo a uma fórmula que já se provou primorosa.

www.outdoorregional.com.br | 61


PETS

Por: Fabíola Hiller pets@outdoorregional.com.br

tar pelo ganso! Este animal cumpre muito bem a função de guarda, pois são bravos, territorialistas, mordem e fazem alarme. Alguns presídios usam gansos em fossos para inibir as fugas de presos que, antes dos animais, eram constantes.

Vermífugos: quando e como dar? Vermífugos são medicamentos usados para tratar vermes que podem causar diversos danos à saúde. Para que esse tratamento surta efeito e seu animalzinho se mantenha limpinho, livre desses parasitas e não contamine outros animais, crianças e adultos, é interessante que seja aplicada a primeira dose com 15 dias de vida e repetido 15 dias depois. Quando o animal está contaminado com o verme da giárdia, o tratamento é três dias seguidos e repetido com 15 dias, sendo esses seguidos. Depois as doses de manutenção são feitas de 3 em 3 meses, sempre repetindo 15 dias depois do primeiro dia, até o último dia de vida do pet. Cuidado com cães que derivam dos Collies, pois estes são sensíveis à IVERMECTINA, que pode até matar, caso o cão seja sensível. Algumas raças sensíveis ao medicamento: Border Collie, Pastor de Shetlante, Australian Catle Dog (ou Heeller) e mestiços dessas raças.

Quem não tem cão, caça com ganso Se você não tem cães ou não gosta deles, mas precisa de alguém guardando seu quintal, então você pode op-

62 | www.outdoorregional.com.br

Caniscross, um esporte bom para cachorro O Canicross é uma corrida cross country, isto é, na natureza, onde o dono e seu cão competem juntos. O primeiro usa um cinto (Waist Belt) e o segundo um arreio especial (Running Harness) e ambos são unidos por uma guia com uma parte elástica (Canicross Line) para evitar trancos. Durante a corrida, o cão vai na frente do corredor, que compete com as mãos livres, mas tem que estar atento para projetar o corpo para trás, no caso de reduzir o ritmo do animal, e dar comandos de “esquerda” ou “direita” para o cão, de acordo com a direção da trilha da competição. Qualquer cão pode participar, não precisa ter pedigree e podem participar animais de todas as raças e tamanhos.


www.outdoorregional.com.br | 63


TURISMO

64 | www.outdoorregional.com.br

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@ outdoorregional.com.br


A cidade

Com um ambiente pacato e de muita tranquilidade, o município do interior do Estado de São Paulo, de 364km² de área e 9.442 habitantes, a 295 km da capital, atende pelo nome de Bocaina. Seus primeiros habitantes se fixaram na segunda metade do século XIX. No início, a principal atividade da região era o plantio de café, cereais e algodão. Atualmente, o carro chefe de sua economia é a cana-de-açúcar que se espalha por toda localidade. Seu desenvolvimento político-administrativo começou em 8 de julho de 1890, com a criação do distrito policial de São João da Bocaina e, em 28 de fevereiro de 1891, do distrito do município de Jaú. Em 23 de maio de 1891, adquiriu autonomia municipal e, em 30 de novembro de 1938, alterou sua denominação para Bocaina.

Principais pontos turísticos

Para quem não dispensa conhecimento histórico e atrativo cultural, a cidade apresenta boas opções. A Igreja Matriz de São João Batista de Bocaina, idealizada pelo Padre Mariano Cúria, foi inaugurada em 1910. Conta com treze telas de arte sacra do pintor Benedito Calixto. Seu aspecto arquitetônico e estilo artístico remetem à Renascença, pois ilustra a fórmula romana nas linhas internas do arco-cruzeiro, a tradição gótica na estrutura global, e vitrais belgas, coloridos, com divisões de estanho. A cidade conta com famosos casarões antigos que foram construídos na época da cafeicultura. Um passeio a pé permite contato com a fachada de muitos deles, no centro da cidade. Rio Jacaré Pepira também é outra opção muito convidativa. O curso da água corta o município, e é tido como um dos últimos não poluídos do estado. Suas margens mantêm a mata ciliar preservada e muitos peixes.

Casarões construídos na época da cafeicultura são algumas das atrações Outra característica da cidade são as topiarias, uma arte de podar plantas em formas ornamentais que é praticada na praça de Santa Luzia, no centro da cidade. No jardim são retratados fatos históricos que ocorreram no mundo. Bocaina possui opções gastronômicas para os três horários de refeições do dia, confira no site: www.bocaina. sp.gov.br.

Sugestão de hospedagem

Inaugurado em 2011 em Bocaina, a Fazenda Santa Teresa Hotel & SPA conta com atividades de relaxamento, tratamentos corporais, faciais e alimentação balanceada, além de todo charmoso clima rústico. O local reúne uma imensa área verde com três cachoeiras, trilhas em meio à mata nativa, lagoa para pesca, horta, pomar e plantações de café e cana-de-açúcar. Os hóspedes têm à disposição, ainda, piscina, ambientes para leitura, salas com lareira e televisão e um espaço fitness. No restaurante com vista panorâmica, o hotel serve uma alimentação saudável, preparada com ingredientes orgânicos de produção própria. Os pratos apresentados são inspirados em antigos cadernos de receitas. A proposta é estimular e aguçar a memória afetiva. Da horta orgânica e das árvores frutíferas são colhidos itens para o farto café da manhã, que conta com queijo branco, mel, pães integrais, bolachinhas e um aromático café, todos produzidos no local. Aos que buscam opções para emagrecimento, são oferecidos programas alimentares específicos, feitos com a orientação de nutricionistas. Os valores de hospedagem variam entre R$ 195,00 e R$ 450,00.

www.outdoorregional.com.br | 65


AUTOS

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Que tal um up na caranga? Sorocaba e região recebem loja especializada em preparação automotiva de alta performance

Sobre a loja

Cada vez mais a febre de customizar e aumentar a potência de automóveis cresce entre os brasileiros. Foi pensando nisso que um casal de jovens empreendedores de Sorocaba resolveu montar uma loja especializada em peças de alta performance para preparação automotiva. Esse objetivo foi recentemente alcançado. No dia 21 de setembro, a Outdoor Regional esteve presente na inauguração oficial da Ultimate Motorsports. Além da loja, os sócios do casal querem transformar o local em um espaço para reunir amantes do automobilismo, deixando-o à disposição para sediar exposições de veículos antigos, modificados e de competição. Os idealizadores desse espaço são Patrícia Zanetti Bastos e Maurício Asseituno Bastos, dois apaixonados por tudo que é relacionado à preparação automotiva. Os dois sempre adicionaram aos seus veículos itens esportivos. “Optamos por esse tipo de negócio pela necessidade que sentíamos quando queríamos comprar essas peças para nossos carros e, na maioria das vezes, tínhamos que nos deslocar até São Paulo para encontrarmos o que queríamos”, relembra a proprietária. O local é todo arrojado e traz desde pequenos frascos de silicone a opções de bancos esportivos, volantes, válvulas, filtros de ar, relógios para medição de combustível, entre outros. A loja fica na Galeria Santa Rosália, localizada na Rua Maria Cinto de Biaggi, 105, loja 7, piso 1 - Jardim Santa Rosália, em Sorocaba.

Alterações e seus resultados

Durante a inauguração foi possível ver alguns carros caracterizados com as novas peças esportivas. Patrícia mostrou em seu Volvo C30 TS mudanças no desempenho através do escape, tubulação, aumento nos cavalos de 230 para 250, alteração de pintura e maximização no aro da roda de 17 para 20. Tudo para aumentar o desempenho do carro e o deixar mais bonito sem perder a originalidade de fabricação. Algumas mudanças necessitam de laudo do Inmetro e vistoria do Detran para manterem o veículo legalizado. Luka Araújo, 26, também mostrou alguns upgrades em seu Fusca (modelo novo) branco peroliza66| www.outdoorregional.com.br

Para os apaixonados por autos mais potentes, opções para isso agora é o que não falta

do. A capa do motor e o filtro que eram protegidos com plástico passaram a receber capa de fibra de carbono. O veículo conta também com um Downpipe, que tem a função de alterar o padrão de leitura do acelerador trazendo mais duas opções, além da convencional de fabricação, sendo o modo Sport e modo Racing, ambas aumentando a resposta de aceleração de forma mais ágil. Já o engenheiro mecânico, Ricardo Fay, 27, trouxe em sua Peugeot 306 S16, mudanças como o acréscimo da barra de tração, eficiente em curvas, a realocação da bateria para o porta-malas com objetivo de equilibrar o peso do carro, suspensão preparada, freio de alta performance, escape esportivo, relógio Wideband para medir a quantidade de combustível e volante de escape rápido. Para os apaixonados por autos que gostam de deixar seus carros cada vez mais potentes, opções para isso agora é o que não falta.


www.outdoorregional.com.br | 67


FINANÇAS

Por: Fábio FábioSanqueta Sanqueta f-sanqueta@outdoorregional.com.br f-sanqueta@ outdoorregional.com.br

Nome “sujo” no mercado Entenda os motivos que tornam uma pessoa inadimplente Quando um consumidor deixa de efetuar o pagamento de uma conta, seu nome corre sério risco de figurar entre uma lista “negra”, conhecida como lista de inadimplentes. Essa situação é tão comum quanto nós imaginamos, e um exemplo simples e rápido é quando compramos algo via cartão de crédito ou a aprovação dos famosos crediários em lojas, verificam se seu nome está “sujo” no mercado. O nome incluído na lista depende de fatores como o tipo de conta e das regras estabelecidas pelos credores (quem recebe). Se for uma conta de telefone, demora em torno de três meses, se for uma numa loja de roupas, pode ser no primeiro dia após o vencimento. Alguns, ainda, não inserem o nome no cadastro, procuram sempre uma negociação.

Os prazos antes da inclusão

Segundo informações do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) e o Serasa Experian, órgãos responsáveis pelos cadastros, não é comum no mercado a inclusão imediata dos nomes na lista negra. A maioria das empresas prefere manter o relacionamento com o cliente, sendo a última alternativa o procedimento de inadimplência, continuando assim a vender para tal cliente. Lembrando que tudo depende de cada credor. O prazo máximo de nome sujo na praça é de cinco anos e, caso a dívida não tenha sido paga durante este período, o nome deverá ser retirado do cadastro de inadimplentes, fato este que conhecemos pelo famoso termo “dívida caducou”. Todos nós podemos consultar o CPF para evitar transtornos, pois muitas pessoas só descobrem que possuem alguma pendência e restrição ao nome quando pedem algum crédito. A consulta pode ser realizada através da internet, pelos sites do Serasa e do SCPC, ou ainda pelos postos de atendimentos localizados nas principais cidades.

Algumas dicas

- O devedor precisa ser avisado antes da inclusão do nome na lista, dando um prazo de pagamento de 10 dias. Lembre-se que cada credor possui um prazo

68 | www.outdoorregional.com.br

Todos nós podemos consultar o CPF para evitar transtornos, pois muitas pessoas só descobrem que possuem alguma pendência e restrição ao nome quando pedem algum crédito

- Especialistas informam que as empresa aguardam entre 30 e 60 dias na média para notificação ao consumidor - Caso não seja localizado, não impede a inclusão do nome entre os inadimplentes - Negociação da dívida deve ser diretamente com os credores e não com o Serasa ou SCPC - Para limpar seu nome, deve procurar o credor e negociar a dívida (valores e prazos) e pedir uma notificação de quitação da dívida como prova. A partir deste momento, é obrigação do credor entrar em contato com o Serasa ou SCPC e anunciar o pagamento do montante.


www.outdoorregional.com.br | 69


INFORME PUBLICITÁRIO

As Cores da Natureza Tintas Pig de Boituva mobilizou alunos de todas as escolas da cidade através de concurso de desenhos A Tintas Pig realizou no último dia 18 de setembro a final do Concurso de Desenhos Tintas Pig Boituva 2014, uma realização da empresa em conjunto com o Rotary Club de Boituva. O concurso teve como intuito envolver todas as crianças das escolas em criatividade utilizando cores. Com o tema “As Cores da Natureza”, a ação contou com a participação de alunos do Ensino Fundamental, do 1º ao 5º ano, de todas as escolas da cidade. No período de 04 a 29 de agosto, foram recebidos 492 desenhos, sendo selecionados apenas 10 para concorrerem na final. A premiação, que aconteceu às 16h no Rotary Club de Boituva, classificou os seguintes vencedores: - 1º lugar: Vitória Matos - EMEF “Profª Elza Brígida Ferriela Malatrasi” (Professora Ana Cristina) - 2º lugar: Victória Santos Mendes - EMEIEF “Profº Olavo Lázaro Munhoz Soares” (Professora Priscila) - 3º lugar: Caiky Pinheiro Foge de Sá - EMEF “Cel. José Campos de Arruda Botelho” (Professora Ariéla)

Com o tema “As Cores da Natureza”, a ação contou com a participação de alunos do Ensino Fundamental, do 1º ao 5º ano, de todas as escolas da cidade

Os alunos foram presenteados com brindes, sendo um Tablet para o primeiro lugar, um “Jogo da Vida” para o segundo, um “Jogo Uno Stacko” para o terceiro e jogos “Responda Se Puder” para os que ficaram do quarto ao décimo lugar, sendo estes:

- Ana Vitória Wurtz Santos – Colégio Peres Guimarães (Professora Nilza) - Gabriela Machado – EMEF “Cel. José Campos de Arruda Botelho” (Professora Alice) - Luis Fernando Alves - EMEIEF “Prof. Olavo Lázaro Munhoz Soares (Professora Priscila) - Mariana Guimarães Simonetti – Colégio Anglo de Boituva (Professoras Cecília e Carol) - Vitor Mateus Aparecido dos Santos Gonçalves – EMEF “Profª Elisa Ferreira da Silva Mello” (Professora Adriana)

- Amanda Marles Almeida - EMEF “Profª Elisa Ferreira da Silva Mello” (Professora Jaqueline) - Ana Carolina Mesquita Gasparini – EMEF “Prof. João Pastre” (Professora Bruna)

70 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 71


DIREITO

Por: Bruno Fernandes b-fernandes@ outdoorregional.com.br

Somos todos macacos? Vivemos em uma sociedade bastante diversificada. Um país continental como o nosso, nos guarda grande variedade racial e cultural. Por outro lado, esta mesma variedade, qual deveria ser motivo apenas de orgulho, nos traz alguns contratempos Não incomum, tampouco menos gravoso, vemos condutas discriminatórias sendo praticadas com reiterada frequência e sem nenhuma preocupação. Motivos relacionados a crenças religiosas, opções sexuais, regionalidade, dentre tantas outras são alguns motivos a se elencar. Porém, dentre todas, talvez a questão raça seja a maior causa dos crimes de preconceito.

Os casos

Em um passado recente, vimos um lamentável ato discriminatório, onde um torcedor atirou uma banana em um jogador de futebol, enquanto este cobrava um escanteio. Tal conduta foi o estopim de uma campanha mundial, onde diversos outros jogadores e famosos em geral aderiram ao slogan: “Somos todos macacos!”. Num passado mais recente ainda, por ter sido chamado de macaco, outro jogador virou manchete e uma torcedora acabou virando bode expiatório. O episódio, muito difundido na mídia, ganhou as vestes de crime de racismo.

Definições

Nosso interesse aqui, não se demonstra na discussão do ato praticado ou na punição adequada ou não, e sim no esclarecimento de uma questão técnica: crime de racismo ou injúria qualificada? Em que pese juridicamente sejam parecidas, guardam suas peculiaridades. Nosso Código Penal, em seu artigo 140, parágrafo 3º, diz: Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro: (...) 3º Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência. Pena: reclusão de um a três anos e multa. Tal tipificação legal é a mais adequada aos casos mencionados, vez que esta visa proteger ofensa direta à honra subjetiva do indivíduo, em razão de ofensas relacionadas à raça ou cor.

72 | www.outdoorregional.com.br

Já os crimes de racismo são disciplinados pela Lei 7.716 de 5 de janeiro de 1989, que ocorrem, por exemplo, quando alguém é impedido ou tem seu direito negado em razão de questões baseadas em raça ou cor. São circunstâncias bastante distintas, considerando ainda que o crime de racismo é imprescritível e inafiançável, dada sua singularidade.

Conclusão

Solucionada a questão técnica, mais fácil entender o porquê da não ocorrência da prisão dos acusados, entre outros. No entanto, salutar é compreender o absurdo da conduta, independente da tipificação legal ou punição. Não somos todos iguais, em razão de nossa vivência ou até mesmo por carga genética. Porém, também não somos diferentes! Somos todos da mesma raça, a raça humana e, igualmente, merecemos respeito!


www.outdoorregional.com.br | 73


POLĂ?TICA

74 | www.outdoorregional.com.br

Por: AC Rezende ac-rezende@ outdoorregional.com.br


Muito papo sobre a economia e, às vezes, pouca pragmática nesse segundo semestre eleitoral do país. O Brasil está em crise econômica. Há quem diga que não, ou melhor, que a confiança na economia está forte. O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, defendeu que oscilações no cenário econômico durante o período eleitoral são normais e a manutenção dos planos de investimentos das empresas, no médio prazo, mostram confiança na economia do país. Segundo o economista, os desembolsos do BNDES, entre janeiro e agosto, ficaram cerca de 5% abaixo dos registrados no mesmo período do ano passado. O presidente do BNDES disse ainda que momentos de maior volatilidade também podem ser provocados por “operadores profissionais”, que ganham mais com a oscilação.

Política para a Indústria

No mesmo esteio do otimismo, o combalido ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou, após reunião com empresários e representantes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), medidas para dinamizar as exportações brasileiras. Ele classificou a agenda como complexa e urgente, e disse que as medidas beneficiam principalmente o setor de manufaturados, muito atingido pela crise econômica internacional de 2008. Entre as medidas destacadas para criar um ambiente de competitividade para o país estão uma política cambial que não permita valorização do câmbio, o que vem sendo feito, segundo o ministro, e políticas industriais que aumentem a produtividade do setor.

Queda no Ideb

Dezoito capitais aumentaram a porcentagem de escolas em estado de alerta, de 2011 para 2013. São escolas que atendem a estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental - do 1º ao 5º ano, que tiveram queda no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2013 e que não cumpriram a meta para o ano. Em

números, são 894 escolas de um total de 2.974. Essas escolas também não atingiram o índice 6, que é a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), e a meta brasileira para 2022.

A verdade e a Ditadura

O presidente da Comissão Nacional da Verdade (CNV), Pedro Dallari, disse que generais da reserva e ex-ministros do Exército cometem o “equívoco” ao misturar as discussões sobre revisão da Lei de Anistia com o pedido de reconhecimento das Forças Armadas de que seus membros praticaram violações de direitos humanos durante a ditadura militar. Dallari comentou manifesto assinado por mais de 20 militares da reserva, entre eles generais de quatro estrelas e três ex-ministros, que critica duramente a CNV e o ministro da Defesa, Celso Amorim. “Acho que o manifesto comete o equívoco muito grande ao misturar a Lei de Anistia, que diz respeito a condutas pessoais, e há um debate no Brasil sobre a aplicação dela, mas isso não diz respeito à Comissão da Verdade. Isso é da alçada do Poder Judiciário. O que nós estamos defendendo é que haja o reconhecimento institucional das Forças Armadas de que houve violações de direitos humanos durante o regime militar”, disse Dallari.

Os “Milicos”

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a suspensão das ações penais contra cinco militares acusados da morte do ex-deputado Rubens Paiva, durante o período da ditadura no Brasil. Os militares reformados recorreram ao Supremo para contestar a decisão Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) que rejeitou outro pedido de trancamento da ação penal. Eles alegam que não podem ser punidos por causa da Lei da Anistia (6.683/1979), cuja abrangência, segundo eles, alcança os crimes cometidos durante o período da ditadura no Brasil.

www.outdoorregional.com.br | 75


ESPECIAL

76 | www.outdoorregional.com.br

Por: Thassia Moro t-moro@ outdoorregional.com.br


A coluna Especial desse mês entrevista um dos atores mais versáteis da atualidade, destaque em ótimos trabalhos no teatro, na televisão e também no cinema. Estamos falando de Erom Cordeiro, um alagoano, radicado no Rio de Janeiro, que transita entre as diversas áreas da atuação com personagens diversos e envolventes. No ar como o Fernando da novela Império da Rede Globo, Erom conversou com a Outdoor e contou um pouco da sua trajetória pessoal e profissional, e dos personagens do momento, na TV e no teatro. Como surgiu a vontade de ser ator? Você sempre sonhou com essa profissão ou ela foi uma vontade que surgiu com o tempo? Erom Cordeiro: A vontade de ser ator surgiu cedo. De início por curiosidade, mas a certeza de querer seguir aprendendo e trabalhar com isso, surgiu logo em seguida. Comecei a estudar com 15 anos, quando estreei minha primeira peça e comecei a frequentar um curso técnico da Universidade Federal de Alagoas, em Maceió. Em seguida, vim para o Rio de Janeiro, com 17 anos, prestar vestibular para Artes Cênicas na UniRio, passei e desde 1995 moro no Rio. Você sempre conciliou papéis no teatro, no cinema e na TV. Como você faz essa transição de um meio para o outro? E qual a diferença entre elas? EC: Hoje em dia não vejo tanta diferença entre os três. O objetivo é o mesmo: comunicar! Claro que no teatro a resposta é imediata, estar no presente, respirando com aquela plateia. Mas há também uma comunhão com a equipe e seus colegas de cena quando se está em um estúdio de TV ou num set de filmagem. A verdade é a mesma! Você é um alagoano, residente no Rio de Janeiro, que já viveu personagens vindos de todos os cantos do Brasil. O que cada um desses papéis traz para a essência do Erom pessoa? EC: Tudo e nada. Não costumo me preocupar em compor personagens, quando me vejo já estou fazendo de formas diferentes. E essa pluralidade é uma diversão na profissão. Você ser/estar em vá-

rios lugares/personalidades a partir de você mesmo. O Fernando (personagem interpretado por ele na novela Império) é um homem correto que irá disputar o amor da protagonista, vivida por Leandra Leal. O que o Erom tem do Fernando e vice e versa? EC: Tento ser organizado como o Fernando, prestativo. Demoro a perder a paciência, mas quando perco, é uma descarga emocional boa também. Você vem emendando trabalhos seguidamente, tanto no teatro como na TV. A novela ainda está no início, mas você já tem planos para quando ela terminar? EC: Quero descansar um pouco. Venho emendando trabalhos na TV e no teatro simultaneamente. Tenho projetos em teatro para o ano que vem e quero voltar a filmar. Mas me conheço, esses planos de férias podem vir por água abaixo assim que surgir algo que me deixe instigado. A hora é de trabalhar, descanso depois. Você considera esse seu melhor momento profissional (o ator vem se destacando com duas peças aclamadas pela crítica “Em Nome do Jogo”, no qual contracena com Marcos Caruso e “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?” com Daniel Dantas e Zezé Polessa)? Quais seus planos para o futuro? EC: É um ótimo momento, sim. Tenho feito parte de projetos que me orgulho. Mas a roda sempre gira e sempre espero o melhor do próximo trabalho também. Fernando é minha prioridade agora e tenho imenso prazer em interpretá-lo. Assim como os personagens que estou fazendo no Teatro: “Nick” em “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?” e “Milo Tindolini” de “Em Nome Do Jogo”. Qual sua dica para quem está começando na carreira de ator/atriz? EC: Estude leia, veja/assista tudo o que puder. Vire a câmera para o mundo, não pra você. Seja curioso com o que acontece a sua volta. Apreender o mundo em torno é mais interessante do que cultivar seu ego.

www.outdoorregional.com.br | 77


GOURMET

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

Torta de Amoras e Creme Uma massinha super crocante e um recheio de dar água na boca. Isso sem contar a cor linda das amoras, que dão um toque todo especial!

Ingredientes (Massa) 2 xícaras de farinha de trigo 1 xícara de manteiga gelada em pedacinhos ½ colher de chá de sal 1 ovo 2 colheres de chá de vinagre branco 2 colheres de água gelada

Modo de preparo 1. Misture a farinha com o sal e adicione a manteiga, amassando com os dedos até virar uma farofa 2. Adicione a água, o ovo e o vinagre, amasse levemente, divida em duas bolas e leve-as à geladeira por 20 minutos 3. Abra uma metade com o rolo e forre o fundo e as laterais de uma forma de 22 cm de diâmetro

Ingredientes (Recheio) 2 colheres de sopa de farinha de amêndoas 170ml de creme de leite fresco 2 ovos levemente batidos 2 colheres de chá de extrato de baunilha 3 colheres de sopa de açúcar refinado 2 colheres de sopa de farinha de trigo 400g de amoras pretas

78 | www.outdoorregional.com.br

Modo de preparo 1. Asse a massa em forno a 180ºC por 15 minutos, até começar a estufar. Retire e mantenha o forno ligado 2. Polvilhe o fundo da massa com 2 colheres de farinha de amêndoas e reserve 3. Em um tigela misture o creme de leite, os ovos, a baunilha e o açúcar. Adicione a farinha de trigo e mexa até ficar homogêneo 4. Distribua as frutas sobre a base da torta, derrame o creme sobre elas e volte a torta ao forno por mais 45 minutos, até que o recheio fique firme e doure. Se quiser, polvilhe açúcar de confeiteiro na hora servir


www.outdoorregional.com.br | 79


GALERIA

Rock Store Blusa ombro caído R$ 44,90 Rua Cel. Arruda Botelho, 148, Centro, Boituva/SP (15) 99743-7220 / 99700 - 8558

Acqua Style Bonés originais a partir de R$59,99 Rua Nove de Julho nº 25.B, Centro, Boituva/SP (15) 3263-3152 / 99745-2785

Atrevida Lingerie Conjunto estampado Mar Rio R: Cel Eugênio Motta, 266, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2258

Rock Store Blusa Capitão América R$ 52,90 Rua Cel. Arruda Botelho, 148, Centro, Boituva/SP (15) 99743-7220 / 99700 - 8558

80 | www.outdoorregional.com.br


Madame Filó Femme Camisola de onça - Fruit De La Passion R: Cel. Eugênio Motta, 398-A, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795

Madame Filó Femme Conjunto lingerie onça - Fruit De La Passion R: Cel. Eugênio Motta, 398-A, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795

Madame Filó Femme Biquíni azul com babado - Rivannà R: Cel. Eugênio Motta, 398-A, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795

Madame Filó Femme Saída de praia estampa mandala com bordado de pedras no decote - Opalocka R: Cel. Eugênio Motta, 398-A, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795

Madame Filó Femme Biquíni onça com franja - Rivannà R: Cel. Eugênio Motta, 398-A, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795

www.outdoorregional.com.br | 81


CRÔNICA

Por: Rafael Barbosa r-barbosa@ outdoorregional.com.br

Aquela educação de antigamente A educação é coisa do passado. Uma habilidade que se tornou raridade e que é dominada por poucos, embora não precise de anos para ser desenvolvida ou dominada, exigindo apenas um pouco de paciência e compreensão daqueles que estejam dispostos a aprendê-la. Mas talvez estas exigências sejam muito altas nos dias de hoje, afinal, que tem tempo a perder com paciência nestes dias tão corridos e cheios de responsabilidades em que vivemos. Cada um tem seus próprios problemas para cuidar e que os outros lidem com os deles. A educação está fora de moda porque importar-se com os outros é coisa do passado, um hábito retrógrado de um tempo em que homens usavam ternos e mulheres tinham vestidos rodados, acenando uns aos outros pelas ruas, no tempo em que as pessoas ainda encontravamse umas com as outras. Ninguém tem tempo para se ver pessoalmente, já estando de bom tamanho uma rápida olhada em um perfil aqui e uma curtidinha ali.

hoje todos temos centenas de amigos e lá está o Facebook, que não nos deixa mentir Esta é a era da informação, meu irmão. Onde tudo está conectado e avança na velocidade da luz. Onde aprendemos a encontrar nossos iguais com apenas alguns cliques e onde podemos realmente nos expressar impunemente, principalmente contra aqueles ignorantes que não concordem com nossos pontos de vista. Nesta era moderna, a informação corre tão rápido que podemos falar com pessoas de outros países ou conhecer outras culturas. Com tudo isso à mão, quem tem tempo para o velho contato humano, para um mero bom dia para um estranho que esteja passando? Educação é uma ferramenta do passado, usada para

82 | www.outdoorregional.com.br

fazer amigos em um tempo onde as pessoas tinham apenas alguns compadres de confiança. Não precisamos mais dela, pois hoje todos temos centenas de amigos e lá está o Facebook, que não nos deixa mentir. São tantos que mal nos lembramos dos nomes de metade deles e nem precisamos nos esforçar em mantê-los, já que se alguns não gostarem do nosso jeito de agir, bastam alguns cliques para fazer novos. E tudo isso do conforto do nosso lar, afinal, quem precisa olhar nos olhos de alguém e ver apenas uma pessoa, quando podemos olhar para uma tela e ver uma centena?


www.outdoorregional.com.br | 83


84 | www.outdoorregional.com.br

Outdoor Regional  

Edição 56 - Ivete Sangalo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you