Page 1

www.outdoorregional.com.br | 1


2 | www.outdoorregional.com.br


EXPEDIENTE

CARTA AO LEITOR

Os números falam por si só: Daniel tem 17 CDs gravados em carreira solo, cinco DVDs e mais de 13 milhões de discos vendidos. E tudo isso distribuído em mais de 30 anos de carreira! É sobre essa trajetória e o trabalho feito para comemorar esse sucesso que ele falou um pouco à Outdoor. Confira na entrevista detalhes sobre o DVD “Daniel 30 Anos – O Musical”.

Coordenador Geral Rafael J Pereira Coordenador de Criação André Maffeis Jornalista Responsável Juliana Moreno MTB: 0056878/SP Repórteres Bruno Rodrigues / AC Rezende Juliana Moreno / Rafael Barbosa Colaboradores Bruno Fernandes / Fábio Sanqueta Thássia Moro / Gabriela Barreto Dr. Marcelo L. Galvão / Livia Barros Laura Baggio Fotografia Júlia Graziela / Rafael Domingos Raphael Chespkassoff

Quem também marca presença nesta edição é o calor, atual protagonista dos nossos dias! Em Gourmet você aprende a fazer uma saladinha deliciosa que vai muito bem nos dias quentes. Já a editoria Beleza traz dicas de maquiagens para o verão, cores de esmalte da estação e cuidados com os cabelos loiros ao entrar em piscinas. Em Moda Feminina você fica por dentro da estampa Frutare, que invadiu as passarelas e tem tudo para fazer parte dos nossos dias também, pois é uma tendência linda e a cara do verão! Não deixe de conferir em Saúde alguns cuidados necessários agora para este começo de ano. Veja quais exames precisam fazer parte do seu check-up anual. Confira estes e outros assuntos muito interessantes e que levarão mais informação aos seus dias. Boa leitura!

Revisão Juliana Moreno / Thássia Moro Projeto Gráfico / Diagramação Bruno Vieira Veiga de Oliveira Comercial Ronaldo Dória – (15) 9 9114-2136 Agradecimento Simone Catto - Midiorama Tiragem / Impressão 8.000 exemplares / Graf. Santa Edwiges Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho Tatuí/Sorocaba Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br Edições anteriores edicoes@outdoorregional.com.br Empresa Pereira e Maffeis Editora LTDA CNPJ: 13.970.830/0001-93

j-moreno@outdoorregional.com.br A revista não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de informes e anúncios publicitários

www.outdoorregional.com.br | 3


4 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 5


6 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 7


ÍNDICE

74 10 12 14 16 18 20 22 28 30 32 34 52 58 60 62

POLÌTICA 2014: Um ano perigoso

Cinema Séries Literatura Música Moda Masculina Moda Feminina Ensaio Beleza Transformação Arquitetura e Decoração Social Capa Esporte Saúde Tecnologia

8 | www.outdoorregional.com.br

64 66 68 70 72 74 76 78 80 82

Games Turismo Autos Finanças Direito Política Gourmet Prata da Casa Galeria Crônica

58

ESPORTES

66

TURISMO

Skate: Um esporte que cresceu e conquistou a juventude

Recife e Olinda comandam a festa

FALE CONOSCO

Site www.outdoorregional.com.br Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 2º andar - sala 07 Telefone: (15) 3263-5028 (15) 99114-2136 / ID 113*16815 contato@outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 9


CINEMA

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

Entre Nós

Sobre amigos, o tempo e um segredo

Chega aos cinemas no dia 28 de março o filme “Entre Nós”, obra de Paulo Morelli e co-dirigida por Pedro Morelli, seu filho. Em entrevista divulgada, Paulo disse que o filme não seria o que é se não fosse feito com Pedro. “Cada cena ele ia lendo e comentando. Nas filmagens, ele ficou muito próximo da parte da câmera, enquadramento. Ele se envolveu mais intensamente com a estética”, disse. Quando exibido no Festival do Rio, entre setembro e outubro do ano passado, o filme foi bem recebido e ganhou os prêmios de melhor roteiro, por Paulo Morelli, melhor atriz coadjuvante para Martha Nowill e melhor ator coadjuvante por menção honrosa do júri para Júlio Andrade.

Elenco e trama

O elenco conta com Carolina Dieckmann, Caio Blat, Paulo Vilhena, Maria Ribeiro, Júlio Andrade, Martha Nowill e Lee Taynor. A trama do filme se passa em duas datas específicas. Primeiro, em 1992, quando um grupo de sete amigos escritores viaja para uma casa de campo a fim de comemorar a publicação do primeiro livro do grupo. Lá, eles decidem escrever e enterrar cartas para serem abertas por eles somente dez anos depois. Depois de uma tragédia que acontece nesse mesmo dia, eles se reencontram apenas em 2002.

São pessoas que se divertiam, se beijavam, viviam aquele sonho e, de repente, alguém tem um filho, outro é fracassado, outro não conseguiu o emprego Impressões

“É como se fosse a vida real dando um tapa na cara desses jovens. São pessoas que se divertiam, se beijavam, viviam aquele sonho e, de repente, alguém tem um filho, outro é fracassado, outro não conseguiu o emprego”, analisou Caio Blat em entrevista divulgada. “O filme também mostra o primeiro momento em que um grupo de atores, que se conhece há muito tempo, percebe a passagem do tempo. Você percebe que eu já não sou mais um garoto, que a Carol e a Maria já têm as primeiras marquinhas do tempo. Isso é muito bonito. Queremos muito continuar esse filme para mostrar como seremos aos 45 anos”, complementou Blat que, inclusive, revelou já estar discutindo uma sequência de “Entre Nós” com a O2 Filmes, a produtora. 10 | www.outdoorregional.com.br

O elenco conta com Carolina Dieckmann, Caio Blat, Paulo Vilhena, Maria Ribeiro, Júlio Andrade, Martha Nowill e Lee Taynor

Curiosidade

Interessante é que os atores passaram bastante tempo juntos e sempre no mesmo local. Foram quatro semanas de filmagem, sem contar o tempo de ensaio, com todos reunidos em uma casa de campo isolada do mundo, na Serra da Mantiqueira. Aliás, o filme todo também se passa apenas nesse local. O trailer divulgado é bastante interessante e desperta a vontade de conferir essa obra do nosso cinema.


www.outdoorregional.com.br | 11


SÉRIES

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

The Crazy Ones Depois de três décadas dedicadas quase exclusivamente ao cinema, Robin Williams retorna à televisão As notícias sobre “The Crazy Ones” chegaram já trazendo grande alvoroço ao mundo dos aficionados por séries. Não somente pelo fato de ter Robin Williams como protagonista, mas também pelo fato do roteiro e produção ficar por conta de David E. Kelley, que possui em seu currículo séries como “Ally McBeal”, “The Practice”, “Boston Legal”, “Boston Public”, entre outras. Além disso, “The Crazy Ones” também marca o retorno de Sarah Michelle Gellar à telinha. Soma-se ao elenco, ainda, James Wolk (“Mad Men, Political Animals”), Hamish Linklater (“The New Adventures of Old Christine”) e Amanda Setton (“The Mindy Project”, “Gossip Girl”).

História

A história se passa em Chicago e gira em torno da “Lewis, Robert & Roberts”, uma agência de publicidade comandada por Simon Roberts (Williams), que é um publicitário um tanto doido e imprevisível. Trabalhando ao lado dele está Sydney (Gellar), que mostra-se ser um verdadeiro oposto do pai. Ela é uma garota comedida e que transparece seriedade, no intuito de conferir certo equilíbrio ao ambiente da empresa. À equipe da agência ainda soma-se o copywriter Zach Cropper, o diretor de arte Andrew Keanelly e a assistente de Simon, Lauren Slotsky.

nos Estados Unidos, “The Crazy Ones” estreou em setembro e teve uma excelente recepção, atraindo nada menos que 15 milhões de telespectadores Piloto

O episódio piloto, que aqui no Brasil foi ao ar no dia 2 de fevereiro pelo canal FOX, mostrou a agência correndo o risco de perder um de seus maiores clientes, nada menos que o McDonalds, e a equipe numa tentativa desesperada para remediar a situação. O episódio ainda contou com a participação da cantora Kelly Clarkson. Já nos Estados Unidos, “The Crazy Ones” estreou em setembro e teve uma excelente recepção, atraindo nada menos que 15 milhões de telespectadores, sendo uma das maiores audiências da fall season. Este fato, aliás, garantiu a temporada completa. 12 | www.outdoorregional.com.br

A história se passa em Chicago e gira em torno da “Lewis, Robert & Roberts”, uma agência de publicidade comandada por Simon Roberts

Curiosidade

Um fato interessante é que, em um episódio que vai ao ar entre abril e maio, nos EUA, a série irá contar com a participação de Pam Dawber, atriz que contracenou com Robin William entre as décadas de 1970 e 1980, em uma das séries mais populares da época, “Mork & Mindy”, que teve seu fim em 1982. Ela era uma jovem humana que mantinha um relacionamento com um alienígena, Mork, interpretado por Williams. Já em “The Crazy Ones”, ela viverá Lily, uma escritora que desperta o interesse de Simon.


www.outdoorregional.com.br | 13


LITERATURA

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

Como eu era antes de você Um romance imprevisível, um final chocante Um livro que você começa a ler despretensiosamente e, quando se dá por conta, não consegue mais parar enquanto não chega ao final. É assim o bonito “Como eu era antes de você”, de Jojo Moyes, escritora londrina que lançou seu primeiro livro em 2002. Na obra, seremos apresentados a Will Traynor e Louisa Clark e veremos nascer um amor imprevisível, inusitado e puro. De um lado ele, um homem jovem, cheio de vigor e que adorava aventuras. Entretanto, sua vida muda abruptamente quando, numa rasteira do destino, ele acaba ficando tetraplégico depois de sofrer um acidente. Do outro lado temos Louisa que, dois anos depois, está desempregada e acaba conseguindo um emprego de cuidadora, vindo a cruzar justamente a vida de Will. Ela é contratada por um período de seis meses, tempo necessário para que ambas as vidas mudem completamente. Moyes, através de linguagem simples e de fácil compreensão, nos leva a imergir na vida de Will, compreendendo todas as dificuldades que suas limitações implicam. O começo da convivência dos dois também é muito interessante, sendo possível até mesmo se imaginar ali, vendo as cenas. É possível se envolver tanto com a história que, em certos momentos, a vontade é estar ali e tentar fazer algo para mudar a situação. Isso porque Louisa se verá frente a uma situação muito complicada e que, embora utilize todas as suas forças, nada conseguirá fazer. E justamente em um momento em que Will passará a ter uma importância em sua vida que ela jamais imaginou. Da mesma forma, ele também mudará a vida dela dia após dia. Uma leitura leve, linda e emocionante.

14 | www.outdoorregional.com.br

Ficha Técnica Título: “Como eu era antes de você” Autora: Jojo Moyes Editora: Intrínseca 320 páginas

Trecho “É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida. Não pense muito em mim. Não quero que você fique toda sentimental. Apenas viva bem. Apenas viva. Com amor, Will”.


www.outdoorregional.com.br | 15


MÚSICA

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@ outdoorregional.com.br

Projota O rapper traz em seu novo disco um retrato do preconceito, desigualdade social e conflitos internos

“Muita Luz”

O rapper paulistano José Tiago Sabino Pereira ou, simplesmente, Projota é, atualmente, um dos grandes nomes do rap nacional. Com seu sexto registro da carreira, intitulado “Muita Luz”, o cantor sedimenta seu nome justamente por apresentar um trabalho distinto dos demais. Mixada e masterizada pelo DJCaique, a nova mixtape está disponível para download. A faixa título abre o trabalho e exibe toda a acidez presente nas demais composições. Da mesma forma que um prefácio, a música introduz as ideias centrais do disco. Medo, esperança e um pedido de muita luz para os que vivem no cenário cinzento apresentado nas 19 faixas da mixtape. Entre os destaques, “Vocês Vão Ter que Engolir”, é uma ode ao rap nacional. A música enaltece o estilo e os artistas que dele fazem parte. Em cima de uma base do DJ Max e de coros, Projota desfila rimas diretas que evidenciam a sagacidade do MC. A faixa “Foco na Missão”, terceira faixa desse novo trabalho, foi escolhida para ser o primeiro single da mixtape e já tem videoclipe lançado. Nela. Projota traduz sua trajetória, abordada também em outras canções. “Escrevi essas músicas com a intenção de transformar vidas. Vidas que se identifiquem com o que digo. Acredito que uma música pode mudar o mundo e busco isso nas minhas composições”, conta o rapper.

Mais sobre o novo trabalho

Em um tom mais sarcástico, o hit “Palmas”, produzido por André Laudz, prodígio dos beats, é uma alfinetada ao “incrível espetáculo do enriquecimento invisível” do sistema político brasileiro e à guerra de classes no país. Por meio de ditados populares, a letra faz uma crítica ao senso comum e provoca uma reflexão sobre a alienação da população. Em contraponto ao clima das faixas anteriores, “Tão Moleque” e “Mulher” formam a dupla romântica da mixtape. Mesmo sem o tom contestador das demais, essa segunda faixa é uma das grandes canções desse lançamento. Com influências do R&B, a música tem um refrão marcante, cantado por Marlos Vinicius, e é como um sopro de esperança dentro do disco. Outro ponto alto é “Fatality”, composta toda com palavras que começam com a letra “F”. A dinâmica das rimas é um dos maiores registros da destreza de Projota como cantor e compositor. “Mataram um Amigo Meu”

16 | www.outdoorregional.com.br

álbum traz 19 faixas com rimas afiadas e letras reflexivas

e “Silêncio” são as letras mais densas de todo o trabalho. A sensibilidade e profundidade das faixas, com pianos e metais em meio ás batidas, potencializam a interpretação que torna dramática a fase final do álbum. Última faixa do disco “Eu Sou Problema”, levanta novamente o clima da mixtape com uma letra contundente, porém com um lado otimista. Produzida pelo próprio rapper, a música traz uma mensagem: ele ainda tem muito o que dizer. Em suma, o som do Projota é basicamente o som da periferia que de certa maneira chegou ao centro das metrópoles e agradou.


www.outdoorregional.com.br | 17


MODA MASCULINA

Por: Gabriela Barreto g-barreto@ outdoorregional.com.br

Estampas fotográficas Transparência Camisa

para eles! xadrez

As camisetas com estampas são despretensiosas, divertidas e alegres, marcam o verão masculino e invadem odaoutono Muito popularizada nas coleções Uma peça ícone moda e tendências de moda feminina, a transparência sido vista Há algum tempo, a camisa xadreztem era usada somente no vestuário por também pessoas que moravam no campo, osmasculino, famosos “caipiPaisagens, desenhos, meios depra locomoção ras”, masuns com otempos passar do tempo isso e adespocamisa de cámudou ee feições mostra-se jadas estão entrea as principais estampas nas camisetas masxadrez passou ser usada por homens e mulheres, se torcom mais intensidade na culinas marcas nacionais e internacionais nando em um 2013. íconeDiversas da moda, visto em diversas temporadas temporada verão 2014

apostaram suas coleções nas estampas fotográficas, como outono-inverno e até mesmo no alto verão. Dolce & Gabbana, Calvin Klein epara a descolada Paris.que Dosainda É uma tendência polêmica muitosEleven homens, coqueiros aos personagens as t-shirts masculinas tra- mais sentem receio em aderir ecélebres, usada timidamente por homens zem consigo ares de passeio em locais e veraneio. Tanto o sexo masculino como o turísticos feminino são descolados. A transparência pode ser mais notada emadeptos trajes com ao usode daalfaiataria camisa xadrez queseja deixa peças e estiloatualmente, sportwear. Mas nosqualquer detalhes da composição mais elegante, podendo ser usada com cal-usapeça ou no conjunto da obra, ela tira a composição do trivial Como aderir a nova tendência? Versáteis e muito democráças e bermudas, desde que combinadas de maneira cordo sempre. ticas, t-shirts são peças-chave em qualquer guarda-roupa reta eascerteira. masculino, váriosdiversas modelosdúvidas com diversas ca-de A maioriapor dosapresentar homens tem na hora racterísticas e asroupas. estampas ser aliadas atuàs combinar suas O fotográficas xadrez, por podem mais tradicional Para os mais modernos e ousados, a transparência é um recurproduções casuais, quando combinadas ao tradicional jeans almente que seja, sempre gera uma dúvida a respeito de so sensual que pode ser explorado, com moderação, no verão ou calças e bermudas de sarja. Também podem ser combinacomo e com qual peça usá-lo. Camisas xadrez combina2014, onde inúmeras peças apresentarão a nova tendência. Para das mocassins, tênis, sapatênis, abotinados das aos a um tradicional jeans semprecalçados caem muito bem.e os a ala masculina, a transparência está presente em peças com modernos chinelos. Sobreposições de peças, cintos e outros matéria prima ao sportwear, que agregam bolsos. Foi adereços podemdestinada ser adotados para completar a composição. vista nas coleções da 2nd Floor, que abriu a temporada carioca As camisetas invadiram o espaço ganhaOptar por uma camisa de padrão masculino xadrez seráe uma boa de desfiles dos últimos meses. Outras grifes também apostaram ram o fanatismo dos homens, pordesua característica escolha para o inverno, quer usada forma casual, com em sobreposições dequer tecidos transparentes, como Groove, despojada moderna. jeans e ume colete, usada num visual maisa R. sóbrio, marca de alfaiataria jovem e OEstudio, que apresentou a transcom gravata e blazer. parência com um toqueé de modernidade em meio a tantosque branA estampa xadrez uma peça coringa e básica, cos e cáquis. atende a todos os gostos e estilos sociais, desde os mais básicos até os mais modernos. A estampa pode ser encontrada em roupas, sapatos e acessórios em geral, cachecol chapéus. Outroemodelo de transparência bastante forte é do efeito va- Democráticas a qualquer e estilo zado, que mostra uma grande expectativa deidade referência para a Para uma composição mais social, aposte na camiseta moda masculina, que já era grande desde que as rendas voltacombinada a um jeanséesimples. umvazado moderno Para homens atradicional composição Camisa xadrez ram à os moda no vestuário feminino. O é osapatênis efeito que dá Para as ocasiões casuais, use as estampas fotográficas pode combinar tanto com uma camiseta lisa branca ou após o tecido ser cortado a laser em tamanhos e formatos iguais, combinadas a bermudas de sarja, mocassins ou chinelos preta por baixo, quanto ela sozinha. Calça jeans clara ou tecido este que tomou outra leitura nesta temporada e agora já escura. preferir invista no cinto.também. Nos pés, sapato, tênis pode serSe visto em peças masculinas ouAsapatênis. A estampa xadrez tem milfeito e uma opções de e famosa marca 2nd Floor uniu o corte a laser ao preto modelos que podem ser escolhidos de acordo com a sua brincou de sobreposições que hora escondiam a pele, hora mospreferência. travam. Já Coca Cola Clothing apostou na escolha de um vazado discreto e acertou na estampa sobreposta, que deu cara de streetwear, DNA da marca. | www.outdoorregional.com.br 28 16

Dúvidas

Como usar

A tendência

Peça coringa

Efeito vazado

Combinações

18 | www.outdoorregional.com.br

- Combine camisas xadrez comescuras, o tradicional - Use transparências de cores como o preto e o cinza jeans e um sapatênis - Invista nos modelos vazados do branco ao amarelo e laranja - Opte por bermudas xadrez combinadas a camisas - Aposte nas composições monocromáticas dosbásicas efeitos - Aposte no suéter sobrepondo a camisa xadrez transparentes vazados.


www.outdoorregional.com.br | 19


MODA FEMININA

20 | www.outdoorregional.com.br

Por: Gabriela Barreto g-barreto@ outdoorregional.com.br


Muitas frutas

Em 2013 as estampas de frutas já apareceram em alguns dos maiores desfiles brasileiros e internacionais. Já este ano ele ganhou as passarelas de vez e agora as ruas, caindo no gosto das mais modernas de plantão.

Tendência

O estilo é meio Carmen Miranda mesmo, mas é divertido e promete agradar a todas que tendem a aderir à tendência. As peças com a estampa de frutas são inúmeras tanto no vestuário quanto nos acessórios, camisas, tops, blusas, saias, bolsas, lenços etc. e aparecem nas vitrines atuais. E quando relatamos frutas, são praticamente todas: morango, banana, limão, caju, laranja, maracujá, goiaba, abacaxi, dentre outras. É a cara do Brasil, sem dúvida alguma, tropical.

Foi em 2011 que as grifes internacionais como Mochino, Prada e Stella McCartney deram partida à feira frutífera que estava por vir e colocaram na passarela estampas multicoloridas deixando claro que era permitido ousar naquele verão, afinal, é a cara da estação. Água de coco, sol, mar, piscina, frutas, frutas e mais frutas é o que promete este verão, desde o biquíni até a saia para a balada estará estampado o colorido das frutas.

Cuidado!

A principal dica antes de usar e abusar das estampas frutíferas, é que essas frutas tendem a dar mais volume ao corpo, aliás, vale tomar cuidado para não ficar parecendo que você se jogou de vez na salada de frutas real! A dica também é dar um ar mix à produção, pois muitas peças já misturam o xadrez suave com a estampa de frutas, por exemplo, quebrando um pouco a intensidade e deixando o look ainda mais moderno.

- Aposte nos acessórios com estampas de frutas - Invista em composições com mix de estampas, frutas+xadrez, por exemplo - Abuse nos vestidos longos e macacões estampados totalmente por frutas.

www.outdoorregional.com.br | 21


ENSAIO

Modelo: Angélica Zucatelli Fotos: Luciana Guimarães Styling: Livia Barros Maquiagem: Alexander Carriel Local: Estúdio fotográfico Luciana Guimarães

22 | www.outdoorregional.com.br


Regata cetim, shorts paetê e colares pingentes de seda

Livia Barros R. Cel Eugênio Motta,521 Loja 43, Shopping Villa D’Ouro, Centro, Boituva/SP (15) 3263-4347 www.outdoorregional.com.br | 23


Biquini detalhe em trança, chemise branca de musseline e colar malha de cristal

Madame Filó Femme Moda Íntima R. Cel. Eugênio Motta, 398 - A Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795 24 | www.outdoorregional.com.br


Blusa com bicos de cetim, shorts sarja branco e brinco pingente pedra

Madame Filó Femme Moda Feminina R. João Leite, nº 295, sala 5 Centro, (Galeria Villa Di Oreana), Boituva – SP Fone: (15) 3263-3661 www.outdoorregional.com.br | 25


Vestido viscose estampado

Abba R. Cel Eugênio Motta,521 loja 07, Shopping Villa D’ouro Centro, Boituva/SP Fone: (15) 3363-2847 26 | www.outdoorregional.com.br


Vestido paetê quartzo

Madame Filó LiviaFemme Barros Moda Feminina R. Cel Eugênio Motta,521 R. João Loja Leite, 43, Shopping nº 295, sala Villa 5 D’Ouro, Centro, Centro, (Galeria Boituva/SP Villa Di Oreana),(15) Boituva 3263-4347 – SP Fone: (15) 3263-3661


BELEZA

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

Cabelos loiros x piscina

Make de Verão

Manter a maquiagem bonita com as altas temperaturas não é tarefa fácil, mas há algumas dicas que podem ajudar! Na pele, invista em um bom primer para deixar a pele mais homogênea e manter a maquiagem por mais tempo. Quem tem pele oleosa deve optar pela base efeito mate e, já as peles normais e secas devem receber a base iluminada, que aumenta a hidratação. Já nos lábios, aposte no gloss em cores como vermelho aberto, coral e fúcsia. Para os olhos, a eleita da estação é a sombra cremosa com acabamento seco. Por fim, o blush deve ser nos tons pêssego e rosado.

Esmaltes vibrantes

O clima quente da estação se faz presente também nas unhas! As cores vibrantes voltam à cena e estão lindas. Além do vermelho aberto e do laranja, já clássicos, pode se jogar sem medo em cores como coral e amarelo, em diversas nuances. Você pode, até mesmo, combinar duas cores fortes. O acabamento perolado está em alta, mas os cremosos ainda permanecem.

28 | www.outdoorregional.com.br

Verão é época de horas e horas na piscina, não é mesmo? Mas e quando as madeixas loiras ficam esverdeadas por conta do sulfato de cobre usado no tratamento da água? Muita calma! Há como prevenir e também recuperar os danos causados. O primordial é manter os fios bem cuidados, hidratados e evitar a piscina nas duas semanas seguintes à coloração. Utilize bastante creme sem enxague, inclusive com proteção solar. Se o tom verde aparecer, há várias receitas caseiras, como acrescentar uma colher de bicarbonato de sódio ao shampoo. Um shampoo anti-resíduos também ajuda bastante!

Muita água!

Sempre é bom lembrar: beba muita água! As temperaturas estão altíssimas e nosso corpo precisa estar sempre o mais hidratado possível. Durante o dia tenha sempre uma garrafinha à mão. Torne o ato de beber água um hábito e veja os resultados. Água é vida!


TRANSFORMAÇÃO

Por: Laura Baggio l-baggio@ outdoorregional.com.br

O que somos e esperamos ser A busca infinita para encontrar sentidos Quando eu era pequena o primeiro livro a encantar meus olhos foi um título da Ruth Rocha “Para que Serve?”. Naquele momento já inquietavam em mim perguntas sobre o sentido das coisas (e continuam até hoje incomodando meus silêncios). Lembro-me de ainda menina pesquisar sobre os símbolos todos que eu via. E tentava redescobrir neles os significados agregados ao decorrer da história. Mão Hamsá, Pentagrama, Estrela de Davi, a Cruz, o Om, entre tantos outros, despertavam em mim narrações vivas, com personagens distintos, sons ávidos e cores vibrantes. E ali, imersa num conto criado, pela relevância dos símbolos, eu sentia ter entendido. Acho que é a mesma sensação sentida ao vermos um filme e nos identificarmos, ou ainda quando lemos um livro e ao fechar suas páginas o seguramos contra o peito esperando transbordar nosso deleite. É o sabor da segurança poética, é a catarse artística, é o afastamento do medo de não saber. Seria então a fábula, real ou não, a responsável por significar a vida? Uma história preencheria todo sentido? Recordei-me de uma frase que ouvi de um amigo: “O que somos senão um encontro de tantos contos?”, e aumento, tantos contos se transformando em cada encontro em um novo conto. É um pouco de Sherazade, a personagem de “As Mil e Uma Noites”, que transforma e resguarda sua vida ao contar histórias as quais se entranham em outras até o infinito.

Somos o nosso melhor invento, somos contos contados por nós. E podemos ser aquilo tudo que imaginarmos, sem precisar fazer sentido algum Consigo perceber a significância das minhas fábulas em minha vida, assim como do que sou e espero ser, comparando relativamente com quem fui e com quem me imagino no futuro. Mas quem era eu, senão o que conto de mim e conser-

30 | www.outdoorregional.com.br

vo em minha memória? Acredito ser as palavras, carregadas de sentimentos próprios, serventes à descrição de um olhar único e pessoal sobre os fatos ocorridos. Essas palavras, dispostas a me relatar, a dividir com o outro o meu segredo íntimo de como me vejo constituída. Palavras inventivas, não mentirosas, mas tão desesperadas por autoconhecimento, que consolidam meus valores ao contar-me e fazem de mim o que sou. Para mim, somos o nosso melhor invento, somos contos contados por nós. E podemos ser aquilo tudo que imaginarmos, sem precisar fazer sentido algum.


ARQUITETURA & DECORAÇÃO

32 | www.outdoorregional.com.br

Por: Luana Dourado arq-deco@outdoorregional.com.br


- Tempo e custos de manutenção reduzidos - Como a piscina biológica não requer equipamentos elétricos, não existem custos energéticos - As piscinas biológicas ajudam a equilibrar o ecossistema, eliminando a presença de insetos indesejados - Promoção da biodiversidade (fauna e flora) - Apesar do seu aspeto natural e da existência de plantas aquáticas, as piscinas biológicas não atraem mosquitos

Desvantagens

- Custo inicial elevado. Somados todos os custos o valor de uma piscina ecológica fica em torno de 20% a mais que os modelos convencionais - Pode haver a existência de animais anfíbios na zona das plantas aquáticas e que podem ocasionalmente surgir na zona de banhos

O verão chegou e não está passando despercebido! A única coisa em que a gente consegue pensar nestes dias tão quentes é em uma boa piscina para se refrescar. Se ela for sustentável, melhor ainda. A gente cuida do nosso bem estar e cuida do nosso planeta.

Como são

As piscinas ecológicas acabam por ser lagos artificiais, mas com características de lagoas naturais. Neste tipo de piscinas são utilizadas plantas e pedras em vez de produtos químicos para o tratamento da água. As plantas aquáticas agem como os filtros que são utilizados eventualmente para a limpeza das piscinas convencionais, através do oxigênio que liberam durante o processo de fotossíntese. É comum o uso de plantas como as Nenúfares ou Ninféias, mas a espécie da planta é escolhida de acordo com o clima do local. O aconselhável é sempre procurar um especialista no assunto. A piscina fica dividida em duas partes: uma para o banho propriamente dito e outra para a purificação com as pedras e as plantas.

Vantagens

- A vantagem principal em construir uma piscina ecológica ou “biopiscina” é a ausência de cloro. Não necessita de produtos químicos


SOCIAL

Fotos: Raphael Chespkassoff

34 | www.outdoorregional.com.br


SOCIAL

Especial Deck BarSĂŠrgio Reis & Restaurante

36 | www.outdoorregional.com.br


SOCIAL

Deck Bar SĂŠrgio Reis Especial & Restaurante

38 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 39


SOCIAL

Especial SĂŠrgio Reis

40 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 41


SOCIAL

Deck Bar e Restaurante

42 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 43


SOCIAL

Festival de Ver達o Fotos: Equipe TV Boituva

44 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 45


SOCIAL

- 3º Baile da Banda do Bonde - Música na Praça - Sans Café Fotos: Equipe Xpress

46 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 47


SOCIAL

Sushi Ya Boituva

Boituvana 2013 Fotos: Patricia Pereira / AndrĂŠ Maffeis Rafael Pereira 48 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 49


SOCIAL

Bodega Bar

50 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 51


CAPA

52 | www.outdoorregional.com.br

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 53


Repertório

Ele também nos contou que a escolha do repertório foi um processo muito bem pensado. “Em reuniões com os diretores Marcelo Amiky, Vivieb Fortes e o diretor musical Rodrigo Costa, fui explicando a eles o que eu gostaria de narrar e as canções do meu repertório foram se encaixando perfeitamente. Falamos também em referências como Jessé, Elvis Presley, Milton Nascimento, e as músicas desses artistas também tiveram papel fundamental na montagem do roteiro musical em ordem cronológica dos acontecimentos”, diz o cantor.

O Musical

O DVD, que foi gravado no Credicard Hall, em São Paulo, envolveu o trabalho de mais de 200 profissionais. Para mostrar a história do cantor, o espetáculo é dividido em

54 | www.outdoorregional.com.br

em ‘Daniel – 30 Anos, O Musical’, ele leva os fãs a uma verdadeira viagem cronológica de sua trajetória, com dança, teatro e novos arranjos para seus sucessos duas partes, sendo que cada trecho representa um momento da vida de Daniel, sendo: Infância, Encontro com João Paulo, Ascensão da Dupla, Despedida de João Paulo, Carreira Solo e Auge do Sucesso.


Para representar a infância, encaixaram-se músicas como “Romaria” e “Saudades da Minha Terra”. Já para mostrar a formação e a ascensão ao sucesso da dupla, foram escolhidas canções como “Desejo de Amar”, “Rosto Molhado”, “Hoje eu Sei”, “Eu me Amarrei” e “Estou Apaixonado”. No fim do primeiro ato, marcado pelo trágico acidente de João Paulo, o cantor escolheu a música “Bridge Over Troubled Water”, criada por Simon & Garfunkel e imortalizada por Elvis Presley. Depois disso, “Tocando em Frente” marca a retomada de Daniel. A segunda parte do espetáculo é marcada pelo lado romântico do cantor, em

canções como “Adoro Amar Você” e “Quando o Coração se Apaixona”, que traz a participação especial de sua esposa, Aline de Pádua. A fase de ascensão é representada pelas músicas “Fricote”, “A Jiripoca Vai Piar”, “Meu Mundo e Nada Mais” e, por fim, ele encerra o musical com a canção “Tantinho”, escrita por Carlinhos Brown.

Detalhes

E esse show foi uma verdadeira superprodução mesmo! São pelo menos 10 trocas de figurino e 16 performers que atuam, cantam e dançam. Entre os artistas do espetá

www.outdoorregional.com.br | 55


culo, muitos são da indústria dos musicais, como Lissah Martins, de “Miss Saigon”, e “A Bela e a Fera”, Marcos Tomura, de “Cabaret”, “Les Miserábles” e “Miss Saigon”, e Matheus Braga, de “Rei Leão” e que interpreta Daniel na infância. Já o roteiro ficou por conta de Daniel Salve, que atuou na versão brasileira de “Rent” e foi responsável pela direção do musical “Cazas de Cazuza”. Fora isso, o show ainda conta com uma orquestra composta por 20 músicos e regida pelo maestro Carlos Iafelice, também responsável pelos arranjos e orquestração, juntamente com Rodrigo Costa, e conhecido pela versão brasileira do musical “New York, New York”.

Música sertaneja

E assim, com mais de 30 anos de carreira, Daniel é um sucesso que só cresce. Ele conta que, nesse tempo, viveu muitos momentos marcantes e se diz privilegiado por isso. “Posso dizer que o que vem primeiro na minha memória foi o lançamento da música ‘Estou Apaixonado’, o que ela significou pra gente naquele momento, a repercussão e tudo o que começamos a viver a partir dali”, relembra ele. Ele também nos falou um pouco sobre a essência da música sertaneja. “É verdade, é vida real. Eu sou um suspeito para falar, pois minha formação musical começou com referência como Tonico e Tinoco, Liu e Léo, e depois Milionário e José Rico, Chitãozinho e Xororó, e tantos outros que, além de talento, traziam na bagagem essa verdade que eu acho que precisa existir”, explica ele.

Aniversário de Iperó

Se você é fã do cantor, aproveite, pois ele estará aqui pertinho, na Festa do Peão de Iperó, evento que celebra os 49 anos da cidade. As comemorações acontecem entre os dias 08 e 23 de março, sendo que o show do sertanejo será no dia 19. Além de Daniel, também haverá show da dupla Jads & Jadson no dia 20, Luan Santana no dia 22 e, fechando a sequência de shows, João Bosco & Vinícius no dia 22. Confira a programação completa: 08/03 - Baile de Escolha da Rainha e 1º Cowboy no Complexo Esportivo “Dona Elisa Moreira Santos”, a partir das 20h 16/03 – 9ª Corrida de Rua na Avenida Luíza Rosa Sartorelli, Bacaetava, às 8h 19 a 23/03 – “Iperó Fest 2014” na Avenida Emílio Guazzelli, em frente ao Complexo Esportivo Dito Bom, a partir das 19h Ainda no dia 21 de março também haverá Desfile Cívico na Avenida Emilio Guazelli, Bairro Bacaetava, a partir das 09h30min da manhã. Vanderlei Polizeli, prefeito de Iperó, falou sobre o aniversário da cidade. “É com muita alegria e grande orgulho que vemos nossa cidade chegar aos 49 anos, com a certeza de que ela trilha um caminho de desenvolvimento e qualidade de vida de seus cidadãos. Trabalhamos principalmente buscando a humanização, para que os iperoenses tenham orgulho de sua cidade, aumentem sua autoestima e ganhem cada vez mais qualidade de vida, para que possamos celebrar sempre a nossa Iperó. Parabéns, Iperó! Parabéns, iperoenses”, finalizou o prefeito.

Recado

Para finalizar, Daniel deixou um recado para todos os leitores da Outdoor Regional. “Muito obrigado pelo espaço e pelo carinho com meu trabalho. Espero que tenham gostado desse novo projeto, que é o DVD, pois foi feito com muito carinho especialmente para quem acompanha o meu trabalho e quem ainda quer conhecer um pouco dessa história”, termina ele. 56 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 57


ESPORTES

58 | www.outdoorregional.com.br

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@ outdoorregional.com.br


Sandro Dias e Bob Burnquist são duas lendas brasileiras do esporte Um pouco da história

Não existe muita precisão para afirmar quando essa febre apareceu, mas muito provavelmente a prática de skate surgiu no início dos anos 1960 nos Estados Unidos, mais precisamente na Califórnia. O surf reinava nessa época e a curtição sobre uma prancha não se limitou a ficar somente no mar, assim, aqueles mesmos surfistas pegaram as rodas de seus patins, e colocaram em “shapes” (plataforma de encaixe das rodinhas), para que assim pudessem surfar no asfalto. No início, os skates eram muito primitivos, rudimentares e sem qualquer tipo de imaginação. Resumindo: era apenas uma tábua e quatro rodas. O crescimento da prática foi tão contagiante, que muitos jovens da época se renderam ao novo esporte. Sendo assim, surgiam os primeiros skatistas da época. Em 1965 se comercializaram os primeiros skates fabricados industrialmente e, consequentemente, começaram as primeiras competições. O esporte explodiu em popularidade em meados dos anos 1970, atingindo seu auge. O surgimento da revista “Skateboarder” - uma das mais importantes sobre o assunto - contribuiu ainda mais para fomentação da prática. Logo depois, a revista mudou seu segmento e partiu para bikes, fazendo com que caísse um pouco da procura pelo esporte. Porém, nos anos 1980 o skate voltou com tudo. Apresentou como grande novidade a utilização das pistas em “U” - os half pipes. Com isso, o skate retorna às suas origens de muitos adeptos, e com o aparecimento de vários nomes do skateboard mundial: Steve Caballero, Tony Alva, Tom Sims, entre outros ajudaram para ser o que

o esporte é hoje. No final da década surgiu aquele que seria uma espécie de Pelé do skate. Um garoto de 12 anos que chamava atenção, por acertar flips (uma das manobras) com muita perfeição inclusive em altas rampas. Seu nome: Tony Hawk. O atleta se tornou tão importante, que na época praticava verdadeiros malabarismos com o skate e, com isso, acabou criando várias manobras. Na época, Hawk ficou muito famoso, atraiu grandes patrocinadores, se tornou nome de jogos de vídeo games e, claro, ficou milionário, provando que o esporte pode retornar com uma boa grana.

No Brasil

Veio pra cá nos 1980, tinha uma demanda de jovens razoável. A galera se amarrava em revistas, álbuns de figurinhas, vídeos, mas a prática não pegava liga suficiente para se tornar algo impactante. Para quem queria se profissionalizar, a vida não era nada fácil. Não tinha patrocínio, nem apoio. E pior: O esporte era mal visto pela sociedade. Ser skatista na época era ser um desocupado. Anos depois, com a chegada da tv a cabo, a situação foi melhorando e o país conseguia enxergar o sucesso da atividade em outros países. Não por acaso, o esporte acabou se transformando num estilo de vida. Hoje existem roupas, acessórios e diversos modelos de skate com variadas peças para customizá-lo. O Brasil também revelou grandes skatistas, dois deles são considerados verdadeiros fenômenos no esporte. Bob Burniquist e Sandro Dias, o mineirinho. Ambos são atletas premiadíssimos e considerados “top de linha” na modalidade. O mineirinho, por exemplo, é autor da manobra “900” (dois giros e meio no ar) e Bob foi o inventor do “switch”, um jeito – revolucionário na época em que surgiu - de andar de skate, com as bases dos pés trocadas, ou seja, se o skatista anda com o pé direito na frente, invertia o pé e andava com o esquerdo. Se quiser entender um pouco do que essas feras fazem em cima de um skate, é só acessar os vários vídeos que os dois têm espalhados pela internet. Divirta-se!

www.outdoorregional.com.br | 59


SAÚDE

Passaram-se as festas de Natal, Ano Novo e férias. E as promessas de vida nova, alimentação regrada e atividade física são típicas depois de cair na real que 2014 já começou. Mas antes de começar uma atividade física ou mesmo para saber se o nosso maior bem, o nosso corpo, está em perfeita ordem, precisamos passar por um check-up, que é uma bateria de exames. E você sabe qual o objetivo de cada um?

Exames de Imagem

•Colposcopia: Exame da região da vulva, vagina e colo do útero

60 | www.outdoorregional.com.br

Por: Dr. Marcelo L. Galvão m-galvao@ outdoorregional.com.br

para detectar lesões ou tumores; •Mamografia: Radiografia das mamas. Verifica-se existência de nódulos ou tumores nos seios; •Raio X tórax PA: Radiografia (abaixo do pescoço e acima do diafragma) de trás para frente (PA) que pode demonstrar alterações no pulmão e coração, como tumores, pneumonia, por ex.; •Ultrassonografia: (Abdômen total/ mamas/ transvaginal/ próstata): Exame com nitidez de imagem dos órgãos das regiões descritas, buscando alterações de tamanho, formato ou presença de tumores.


Exames de Sangue

•Acido Úrico: Quantifica-se o nível de ácido úrico. Seu aumento forma cristais de uratos que levam a quadros de artrites, cálculos renais e gota; •Colesterol (frações e total)/ Triglicerídeos: São gorduras presentes no nosso organismo. Existem gorduras boas (HDL) e ruins (LDL, VLDL e TRI). O desequilíbrio pode levar a diversas doenças graves, como entupimento de artérias, problemas no fígado e no pâncreas etc; •Creatinina e Uréia: São “lixos” do nosso metabolismo e são usados para avaliar o funcionamento dos rins; •Glicemia: É a açúcar no sangue. Seu aumento leva à diabetes; •Hemoglobina Glicada: Verifica o comportamento da glicemia dos últimos três meses; •Hemograma: Avalia as células do sangue, como hemácias, leucócitos e plaquetas. Com essas informações detectam-se várias doenças como anemias e problemas de coagulação do sangue; •Proteína C reativa: Proteína do sangue que pode estar relacionada às inflamações relacionadas a infecções, câncer, doenças cardiovasculares ou reumáticas; •PSA (livre e total): O número dessa enzima aumentada está ligado normalmente ao câncer de próstata; •Saturação de Transferrina: E a razão ferro sérico vs capacidade de combinação com ferro. De 20 a 50% é normal. Abaixo pode indicar desnutrição ou anemia ferropriva e acima, pode indicar talassemia, gravidez, hepatite, por exemplo. Transferrina é uma forma de transporte do ferro; •Ferritina: Forma de armazenamento de ferro. Se o nível estiver baixo há carência de ferro, se estiver alto, em excesso; •Ferro Sérico: Corresponde a quanto de ferro está disponível no sangue; •TGO: Enzima presente no fígado, músculos e no coração. Seu

aumento pode indicar problemas como inflamação em algum desses tecidos e no coração pode indicar infarto; •TGP: Enzima exclusiva do fígado. O aumento do TGO e TGP pode indicar hepatite, gordura no fígado, alcoolismo etc; •Gama GT: Está relacionada normalmente as doenças biliares; •TSH: Está relacionada aos hormônios T3 e T4 que regulam o metabolismo. Sua alteração pode levar ao hipo ou hipertireoidismo; •Urina 1 (EAS): Analisa odor, pH, densidade, cor, aspecto, detectar infecções no sistema urinário, presença de bactérias, diagnóstico de cálculos renais, diabetes, entre outros.

Outros exames:

•Teste ergométrico: Avalia capacidade do coração, vascular, pulmões e as possíveis doenças relacionadas aos mesmos; •Eletrocardiograma: Registra o número de batidas e o ritmo do coração; •Papanicolau: Exame ginecológico que identifica alterações das células que podem estar relacionadas com alguma DST, infecção ou câncer de colo de útero.

Avaliação

Em posse dos resultados, o médico poderá avaliar todo o seu quadro. A escolha de quais exames serão feitos também dependerá da sua especialidade. Uma equipe multidisciplinar pode ser determinante para avaliar determinados casos.

www.outdoorregional.com.br | 61


TECNOLOGIA

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

Economia através da tecnologia Aplicativos prometem encurtar banhos e promover o consumo consciente Calor em excesso, falta de chuvas e uso de água acima da média. Essa é a soma que resulta no racionamento de água que diversas cidades já foram obrigadas a adotar. Mesmo que sua cidade não esteja passando por isso, já parou pra pensar se você está fazendo sua parte? É pensando nisso que a ONG SWU (Movimento de Conscientização pela Sustentabilidade) criou um aplicativo, disponível apenas para iOS, que tem como proposta diminuir o tempo de banho. Isso mesmo! É a tecnologia atuando a favor de todos.

Sai desse banho

A cada minuto embaixo do chuveiro, estima-se que sejam gastos nove litros de água. E com o calor intenso, onde uma boa chuveirada é a única coisa que resolve a situação, perder a hora no banho é fácil. É aí que o aplicativo “Sai desse Banho” entra em ação. Ele promete, nada menos, que te forçar a sair debaixo do chuveiro e fechar a torneira. Isso porque, caso você não desligue a água em um tempo programado, um som muito irritante, feita de uma mistura de brega, axé e música eletrônica, começa a tocar incessantemente e em um volume muito alto. A proposta é, basicamente, vencer a pessoa pelo cansaço (ou pela irritação).

caso você não desligue a água em um tempo programado, um som muito irritante, feito de uma mistura de brega, axé e música eletrônica, começa a tocar O aplicativo ainda propõe que você diminua o tempo do seu banho, sendo assim, tempos de cinco minutos são diminuídos para quatro, de dez para oito e, por fim, de 15 para 12 minutos de duração. Também é possível ter acesso a um histórico dos banhos, sendo fácil a visualização de quanto tempo tem gastado no chuveiro. Assim, também calcula quanto você conseguiu economizar ao reduzir o tempo dos banhos.

62 | www.outdoorregional.com.br

Consumo consciente

Há também um aplicativo chamado “Fake Shower”, que propõe de uma forma divertida mudar hábitos em relação ao consumo de água. Ele imita o som de um chuveiro aberto, de forma a ser uma alternativa para as pessoas que deixam o chuveiro ou a torneira aberta para sobrepor ou disfarçar ruídos, digamos, indesejados no banheiro. Ele também mostra quanta água teria corrido à toa pelo ralo, sendo uma forma de defender o consumo consciente. Disponível para iPhone, o aplicativo já tem mais de 150 mil downloads desde a criação, em março de 2012. Já para sistema Android, de autoria desconhecida, mas exercendo as mesmas funções, está disponível para download o aplicativo “Fake a Shower”.


www.outdoorregional.com.br | 63


GAMES

64 | www.outdoorregional.com.br

Por: Rafael Barbosa r-barbosa@ outdoorregional.com.br


A Dashboard do Xbox One é baseada no Windows 8 e tem a proposta de facilitar a vida do jogador ao ser totalmente adaptada a comandos de voz

não é possível)”. É verdade que a Microsoft recebeu diversas críticas pelo seu grande enfoque no entretenimento diversificado, mas aparentemente a empresa está muito empenhada em transformar a sua plataforma na melhor central de jogos da geração. A empresa continua com um ótimo relacionamento com as desenvolvedoras terceirizadas, como Ubisoft e Eletronic Arts, de forma

Jogar é apenas o começo

O novo produto da Microsoft traz uma proposta ousada: integrar games, cinema, música e televisão em um único aparelho que será o grande centro de entretenimento das salas de estar, um conceito que começou a ser construído no Xbox 360 e que agora será realmente posto em prática. O Xbox One oferece uma interação jogador/console sem precedentes na indústria e tudo isso graças a um sistema operacional robusto e ao novo Kinect, que passa a ser vendido junto com o console e que tornou parte fundamental da experiência que a Microsoft quer oferecer. O aparelho agora reconhece a face do jogador, iniciando sua conta automaticamente e com apenas um comando de voz o aparelho migra rapidamente entre contas, jogos e aplicativos. Agora o jogador pode pausar o seu jogo para atender a uma chamada no Skype ou visitar qualquer aplicativo, como o Netflix, You Tube e Xbox Music, para depois voltar a jogar do exato ponto em que havia parado. Outra característica interessante é que agora podemos conectar o Xbox One a um receptor de TV por assinatura, como SKY e Claro TV, o que permite ao jogador a possibilidade de alternar entre jogos e canais de TV rapidamente. Claro que isto é possível apenas se o seu receptor tiver uma entrada HDMI, mas não deixa de ser tentadora a possibilidade de migrarmos entre um jogo e aquele programa que queremos assistir sem precisarmos utilizar um controle remoto.

E os jogos

Agora você deve estar pensando: “tudo isso parece ótimo, mas eu não vou gastar mais de dois mil reais em um console só para ver a Netflix, ouvir música ou dizer ‘Xbox, vá para a Globo’ (o que ainda

que praticamente todos os grandes jogos third party estarão disponíveis no Xbox One, além de conteúdos exclusivos e DLCs que chegarão primeiro no console. Pelo que pudemos ver na E3 de 2013, o investimento na produção de jogos exclusivos para a plataforma será pesado. Além de séries já consagradas como Forza, Halo e Fable, existem novas franquias chegando às terras verdes do Xbox One, como os aguardados Quantum Break e D4, além de títulos de desenvolvedoras não pertencentes à Microsoft, como Titanfall. Mesmo trazendo alguns problemas em sua interface e não estando totalmente adaptado para o Brasil, o Xbox One chega ao mercado nacional com grandes chances de se tornar o queridinho dos jogadores brasileiros. Com uma proposta de integração entre diversos meios de entretenimento e uma safra de jogos que deve crescer a cada ano, o console oferece neste momento um custo benefício muito mais atraente que seus concorrentes, sendo uma ótima opção para os que querem entrar de vez na nova geração de consoles.

www.outdoorregional.com.br | 65


TURISMO

66| www.outdoorregional.com.br

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@ outdoorregional.com.br


As cidades

Em qualquer lugar do Brasil o Carnaval dura quatro dias. Porém, isso não se aplica na região nordestina do país. No Pernambuco, por exemplo, a festa começa mais cedo e termina mais tarde. Pudera! É o evento mais aguardado do ano. Recife e Olinda formam um verdadeiro polo carnavalesco, que atrai turistas de todo Brasil e também do exterior. Recife é a capital do estado, fundada em 1537, uma cidade que transborda cultura e atrai muitos turistas, não só pela sua beleza, mas por sua localização. A cidade ostenta uma proximidade de verdadeiros paraísos como Porto de Galinhas e Fernando de Noronha. Com mais de um milhão e meio de habitantes, a cidade pernambucana mescla muita história com um crescimento econômico e tecnológico bastante interessante para o país. Empresas como Microsoft, Nokia e Motorola contribuem com geração de emprego e pelo menos 3,5% do PIB do estado. Sua vizinha, Olinda, fundada dois anos antes, não é uma força econômica, mas é um point obrigatório para quem vai ao estado. Subir a ladeira da cidade é obter uma sensação surreal ao ter a vista do mar e a cidade recifense de fundo. Em 2006, a cidade foi considerada a capital brasileira da cultura.

Carnaval

Galo da madrugada, frevo e muitos outros atrativos. Recife é pura festa! A cidade dá uma pausa em sua rotina para se dedicar a um espetáculo cultural e animado. Considerado o maior bloco de Carnaval do mundo, o Galo da madrugada é uma agremiação que

completou 27 anos e se tornou um dos grandes ícones do bairro de São José. E saber que o primeiro desfile reuniu apenas cerca de 70 pessoas. Atualmente, arrasta milhões de foliões pelo centro do Recife. Em 2013, o número de foliões teve crescimento expressivo e o bloco reuniu cerca de 2,3 milhões de pessoas. Quem nunca ouviu falar dos famosos bonecos de Olinda? Pois é, esses gigantes bonecos – confeccionados geralmente com pano, madeira e papel – são verdadeiras preciosidades do carnaval pernambucano. São inúmeras oficinas e a criatividade para criar os bonecões não tem limite. Durante a folia, o povão desce e sobe as ladeiras de paralelepípedo dançando, cantando as marchinhas e curtindo a ótima temperatura nessa época do ano.

Ano passado o carnaval pernambucano reuniu cerca de 2,3 milhões Outras atrações

Ponto turístico é o que não falta no Recife. A Oficina Brennand é uma ótima opção para quem aprecia história e uma boa exposição. As obras estão expostas tanto dentro dos galpões, quantos ao ar livre, nos belos jardins do local. No quesito areia, sol e mar, a principal praia de Recife, a praia de Boa Viagem, tem sete quilômetros de extensão. É protegido por uma barreira de recifes que surgem durante a maré baixa e o local é ponto de encontro dos moradores do município. Para quem gosta de futebol, atração é o que não falta. Os Aflitos, Arruda e Ilha do Retiro, estádios do Náutico, Santa Cruz e Sport, respectivamente, apresentam galerias da história de seus clubes e lojas com artigos para recordações. Isso sem falar da Arena Pernambuco, que será palco de alguns jogos da Copa do Mundo. Enfim, calor, curtição, cultura e muito lazer é o que não falta na queridíssima vida pernambucana.

www.outdoorregional.com.br | 67


AUTOS

Por: Bruno Rodrigues b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Sistema de freios

Grande responsável por realizar a parada do veículo nas vias, o sistema de freio requer atenção especial dos motoristas na hora da revisão

Revisão

Antes de qualquer viagem, é necessário atenção e cuidado na revisão do veículo. É recomendável fazer um check up, especialmente, no sistema de freios, item fundamental para garantir a segurança nas estradas. “O sistema de freios é composto por diversos componentes, entre eles, pastilhas, discos, tambor, cilindros (mestre e de roda), pinça, servo freio, sapata e fluído de freio. Ao fazer a revisão, é ideal analisar todas as peças para verificar se estão em boas condições”, afirma Jair Silva, supervisor de serviços da empresa especialista no ramo, a Nakata. A troca dos itens deve ser feita na frequência recomendada pelo fabricante ou quando alguma das peças apresentarem desgaste ou quebra. “O uso constante dos freios resulta no desgaste natural de algumas peças. Por isto, é importante verificar se não há ranhuras nos discos e nos outros

A troca dos itens deve ser feita na frequência recomendada pelo fabricante componentes”, afirma. Caso os discos estejam riscados ou desgastados devem ser substituídos por uma peça nova. Ele ressalta, ainda, que o motorista deve ficar atento ao nível de fluído de freio. Se estiver abaixo do nível no reservatório, uma luz acenderá no painel, sinalizando que há algo errado. Pode haver desgaste de lonas e pastilhas ou algum vazamento já que o fluído de freio não diminui com o uso.

68 | www.outdoorregional.com.br

O uso constante dos freios resulta no desgaste natural de algumas peças

Especialidade no mercado

Fabricante de autopeças para o mercado de reposição automotiva com uma linha completa de componentes para suspensão, transmissão, freios e motor, a Nakata faz parte da Affinia Automotiva. Presente no Brasil desde 2004, com quatro unidades de negócios, incluindo fábrica, sede administrativa e dois centros de distribuição. Além da Nakata, a Affinia, que tem operações totalmente voltadas ao mercado da reposição automotiva, com amplo portfólio de produtos. A empresa dispõe de central de atendimento, catálogos eletrônicos, entre outros serviços. Participa do Programa Carro 100% / Caminhão 100%, iniciativa inédita no País que visa conscientizar o motorista sobre a importância da manutenção preventiva do veículo.


www.outdoorregional.com.br | 69


FINANÇAS

Por: Fábio FábioSanqueta Sanqueta f-sanqueta@outdoorregional.com.br f-sanqueta@ outdoorregional.com.br

O Mercosul Sempre escutamos, mas sabemos o que realmente significa?

O MERCOSUL, ou Mercado Comum do Sul (América do Sul), trata-se de um bloco econômico criado em 1991 formado pelos seguintes países atualmente: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela recentemente. Alguns outros países do continente podem ser considerados como associados, havendo negociações. Os “sócios” são Bolívia, Chile, Peru, Colômbia e Equador. O México é considerado um parceiro. A entrada da Venezuela (suspensa desde 2006 aguardando o consenso do Paraguai) ocorreu em Julho de 2012 justamente depois do Paraguai ser suspenso do bloco, após um golpe do estado sofrido pelo ex-presidente Fernando Lugo um mês antes. Os associados remanescentes se reuniram em Brasília e oficializaram a entrada da Venezuela no bloco econômico.

O que é

Foi criado no Paraguai através do Tratado de Assunção, onde o objetivo desde acordo econômico e comercial é a livre circulação de bens, serviços e fatores produtivos entre os países envolvidos. Sendo assim, eliminam-se barreiras tributárias, alfandegárias e restrições comuns quando se tratam de importações, exportações e turismo com a Europa, por exemplo.

o objetivo desde acordo econômico e comercial é a livre circulação de bens, serviços e fatores produtivos entre os países envolvidos Além dos benefícios citados acima, a criação do Mercosul prevê um poder maior na relação entre os blocos mundiais, com a zona do Euro, EUA, Ásia, etc. Outra questão é o tratamento diferenciado de acordo com a necessidade de cada país. Por exemplo: o Brasil possui uma fartura de produção de laranjas, sendo assim, uma possível exportação para um país com necessidades como o Chile seria facilitada e com preços atrativos. Outros fatores como educação, políticas e questões ambientais também são tratados.

70 | www.outdoorregional.com.br

Em 2002 veio um dos principais benefícios para os países, onde foi assinado um acordo de livre estadia e turismo entre os países do Mercosul

Benefício

Em 2002 veio um dos principais benefícios para os países, onde foi assinado um acordo de livre estadia e turismo entre os países do Mercosul, a Bolívia e o Chile. O cidadão com registro de cinco anos ou mais entre os países citados tem o direito de residir por dois anos apenas com uma autorização (com fácil acesso). Após os dois anos, a possibilidade da permanência depende apenas do comportamento e de que atividade o cidadão está exercendo no determinado país “visitado”. O MERCOSUL não é apenas aquele antigo campeonato disputado entre o final da década de 90 e início dos anos 2000, atual Sul Americana.


www.outdoorregional.com.br | 71


DIREITO

Por: Bruno Fernandes b-fernandes@ outdoorregional.com.br

Atrasou! Imóveis negociados “na planta” podem ser a solução de muitos na compra de um imóvel, mas também o pesadelo de tantos outros

Tal meio de venda/aquisição de imóveis gera diversas vantagens para ambas as partes envolvidas, pois possibilita às construtoras a edificação dos imóveis com a garantia da venda e, aos compradores, preços mais em conta e pagamento parcelado. Contudo, infelizmente, nem tudo são flores.

Problemas

Como exemplo de algumas situações comuns em referidos contratos, podemos encontrar, por exemplo, questões que fazem referência à entrega do imóvel, muitas vezes sendo colocados sem prazo determinado ou, já sendo previsto em contrato a possibilidade de atraso na entrega do bem em período consideravelmente longo. Em certos casos, ainda, as construtoras se resguardam no direito de cobrar eventuais acréscimos de valores, frente à valorização do imóvel durante o período em que o mesmo estava em mora.

penalidades e/ou obrigações impostas à uma das partes, deverá por óbvio ser imputada também à outra, por questões de justiça Por óbvio que referidas práticas são proibidas pelo código de defesa do consumidor, sendo que, conforme anteriormente citado, toda e qualquer situação que seja entendida como prejudicial ao comprador, deverá ser tido como nula, ou interpretada de forma a beneficiar a parte hipossuficiente. Não obstante, penalidades e/ou obrigações impostas a uma das partes, deverá por óbvio ser imputada também à outra, por questões de justiça. Dessa feita, da mesma forma que o atraso no pagamento da prestação implicará ao comprador a obrigação de realizar 72 | www.outdoorregional.com.br

Nossos Tribunais têm se posicionado pelo Brasil todo, no sentido de identificar o direito dos consumidores, imputando a responsabilidade devida às construtoras

a mesma com o acréscimo de correção e multa de mora, caberá à construtora, em caso de atraso na entrega do empreendimento, indenizar a parte inocente em patamares equivalentes.

Soluções

Nossos Tribunais têm se posicionado pelo Brasil todo, no sentido de identificar o direito dos consumidores, imputando a responsabilidade devida às construtoras. Em muitos casos, a não entrega do imóvel no prazo acordado inicialmente tem gerado a necessidade de pagamento de multa diária pelas empresas. Em outros, tem-se condenado ainda ao pagamento de lucro cessante ao comprador, em valor equivalente ao aluguel do bem durante todo o período de atraso, sem prejuízo claro, sendo a vontade do consumidor, da rescisão contratual com a devolução de todo o montante pago, acrescido de juros e correção monetária.


www.outdoorregional.com.br | 73


POLĂ?TICA

74 | www.outdoorregional.com.br

Por: AC Rezende ac-rezende@ outdoorregional.com.br


Já surgem casos de políticos envolvidos no fornecimento de equipamentos para manifestantes e até mesadas para baderneiros Como de hábito, o ano eleitoral carrega consigo uma grande quantidade de outros eventos que elevam o ânimo dos cidadãos a níveis extraordinários. Nas eleições municipais, são as Olimpíadas. Nas Estaduais e Federais, são as Copas do Mundo. Em 2014 e 2016, teremos dois agravantes: elas serão no Brasil. Se as más línguas apostam no naufrágio violento desses dois eventos, em especial as Olimpíadas, caso a Copa seja um retumbante fracasso, os comerciantes e empresários já estão faturando alto com toda sorte de objetos que enalteçam a pátria tupiniquim, e carreguem consigo cores que lembrem nossa bandeira nacional. Fora todos aqueles que estão faturando com boas práticas comerciais, a grande preocupação do povo é justamente com aqueles que estão faturando de forma, digamos, pouco ética: bandidos de colarinho branco abrindo as torneiras dos cofres públicos para subsidiar todas as formas possíveis gastos. O que o povo espera é uma fiscalização genuína das autoridades competentes, sobre todo e qualquer tostão utilizado nessas obras monumentais. A Copa já é fato consolidado que será no Brasil. Não adianta quebrar estádio, muro ou agência bancária que nada voltará atrás. Cobrem, pois, fiscalização e punição. Afinal, em outubro tem urnas esperando votos conscientes.

Movimentos

As grandes ondas de movimentações populares que tomaram o Brasil em junho de 2013, registrando para sempre na história do País uma das mais genuínas manifestações cidadãs do país, estão ganhando novos contornos. Já surgem casos de políticos envolvidos no fornecimento de equipamentos para manifestantes e até mesadas para baderneiros. Isso

em nada deslegitima os movimentos iniciais. Mas como tudo no Brasil, a corrupção adentra até os recantos mais improváveis. A organização não governamental Rio de Paz prestou no dia 13 de fevereiro, uma homenagem ao cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, morto ao ser atingido por um rojão durante a cobertura de um protesto no último dia 6, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Um cenário foi montado na areia da Praia de Copacabana, na zona sul do Rio, com uma faixa, uma cruz preta e uma câmera da Bandeirantes voltada para o chão e cercada de flores.

Capitalismo comunista

A capital chinesa, Pequim, ficou em penúltimo lugar em uma avaliação sobre a qualidade ambiental em 40 cidades globais, sendo considerada “imprópria para viver”, informou também no dia 13 de fevereiro, a imprensa oficial chinesa. Curiosamente, quando comparam o crescimento do Brasil com o da China, dizendo que o nosso é “pífio”, jamais citam fatos como esse, tampouco a castração das liberdades individuais na China, menos ainda a ausência de direitos trabalhistas. Qualquer comparação, quando pese a favor do capital e das gigantes multinacionais, é válida para os políticos e os conservadores. O trabalhador não pode cair nesse papo. Índice de crescimento de verdade não é o PIB (Produto Interno Bruto), mas o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Mas esse nunca é comparado com o da China.

MST acordou

A presidente Dilma Rousseff recebeu no início do mês de fevereiro, um grupo de 30 representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) no Palácio do Planalto, em Brasília. Eles pediram mais agilidade na implantação da reforma agrária, e alegam que pelo menos cem mil famílias vivem em lonas pelo país, aguardando assentamentos. O MST passou o governo Lula e a maior parte do governo Dilma dormindo. Sobra terra e falta reforma agrária. As manifestações do MST tendem a aumentar nos próximos meses.

www.outdoorregional.com.br | 75


GOURMET

Por: Juliana Moreno j-moreno@ outdoorregional.com.br

Salada Carolina A receita deste mês é, digamos, já antiga. Isso porque ela faz parte de um livro de culinária escrito pela atriz Carolina Ferraz em 2010. No entanto, com as altas temperaturas que temos enfrentado, ela acaba se tornando super atual e ótima!

Ingredientes 2 cabeças de alface americana 5 tomates grandes bem maduros 300g de parmesão ralado na parte grossa do ralador 4 ovos cozidos e também ralados na parte grossa do ralador 1 colher de mostarda

Misture a alface cortado em tiras, os tomates cortados em cubos, o parmesão e os ovos

Faça um molho básico misturando 150 ml de azeite, suco de meio limão e tempere com sal e pimenta do reino a gosto

Misture esse molho aos ingredientes até que tudo fique bem homogêneo

76 | www.outdoorregional.com.br

Você pode incrementar o molho com outros ingredientes de sua preferência

É um ótimo acompanhamento para carnes ou até mesmo para ser refeição principal quando a opção é comer algo mais leve


www.outdoorregional.com.br | 77


PRATA DA CASA

78 | www.outdoorregional.com.br

Por: Thรกssia Moro t-moro@outdoorregional.com.br


Fiz alguns cursos básicos, mas hoje na verdade tenho certeza que meu dom sempre esteve comigo A artista plástica Suzelaine Fabri, da cidade de Boituva, possui um grande talento na criação de peças artesanais e no restauro de móveis antigos. É um pouco da trajetória dessa artista da nossa região que a Prata da Casa traz esse mês.

e imaginação novamente para funcionar, ou seja, tudo sai diferente do planejado. Digo que, quando finalizo um trabalho, quem me guiou foi Deus, pois no final parece que tudo se torna mágico”, exalta.

Criar ou restaurar

Ela nos aponta que existe uma grande diferença entre criar algo e restaurar um objeto. “Quando vejo uma peça para restaurar já consigo visualizá-la modificada, não há muito espaço para mudanças e criações”. Para ela, o mais importante não é criar ou restaurar, mas sim estar sempre envolvida com a arte e suas diferentes técnicas. A dedicação é o passo mais importante. O trabalho de Suzelaine hoje é dividido com a sua dedicação à família e aos seus artesanatos. Ela atende aos pedidos de toda a região, principalmente Boituva e Porto Feliz. Para ela toda criação parte do dom em fazer arte. “O dom nasce, cresce e termina no momento em que há início de uma nova arte”, finaliza. Para conhecer mais da arte de Suzelaine entre em contato: Email: suzefabri@gmail.com Fanpage: www.facebook.com/suzedeaz

Início

Em entrevista à Outdoor, Suze nos contou que a arte sempre fez parte de sua vida, sendo que desde criança ela já se interessava em desenhar e pintar. “Comecei com alguns simples desenhos em papéis. Com o passar dos anos, aprendi a técnica da pintura em tecidos e acabei me realizando”, comenta. A necessidade constante de inovar e buscar novas formas de pintura fez com que Suze aprendesse a pintar em porcelanas. “Eu ainda estava no magistério quando aprendi todas essas coisas, quando saí e decidi estudar Artes Plásticas, o mundo das artes me encantou de maneira definitiva”, afirma. Nessa época ela lecionava e estudava ao mesmo tempo, mas continuava fazendo suas pinturas e artesanatos. Após 11 anos nessa rotina, Suze decidiu aprender uma nova técnica e fez alguns cursos de pintura em MDF e começou a produzir alguns quadros próprios. “Fiz alguns cursos básicos, mas hoje na verdade tenho certeza que meu dom sempre esteve comigo”, aponta.

Criação

Suze nos relatou sobre como é sua relação com os objetos e o ato de criar. “Antes de comprar as peças sinto uma grande ansiedade. Quando as compro, idealizo o que e como fazer. Assim que inicio, geralmente viajo e coloco meu sentimento www.outdoorregional.com.br | 79


GALERIA

Atrevida Lingerie Espartilho Valisere R: Cel Eugênio Motta, 266, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2258

Rock Store Camisetas R$ 34,90 Av. Alexandrina B. Vercellino, 184, Centro, Boituva/SP (Próx. à Escola Vercellino) (15) 99700-8558 / 99743-7220

Rock Store Máscaras R$ 74,90 Av. Alexandrina B. Vercellino, 184, Centro, Boituva/SP (Próx. à Escola Vercellino) (15) 99700-8558 / 99743-7220

Vitória By Kids Coleção Outono/Inverno Feminino Bibi R: Cel. Eugênio Motta, 521, Loja 42, Centro, Boituva/SP (Shopping Villa D´Ouro) (15) 3363-2648

80 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 81


CRÔNICA

Por: Rafael Barbosa r-barbosa@ outdoorregional.com.br

Naturalmente Ostentador O clipe começa com aquele “tchu-tcha” tão característico do funk e, sem delongas, o MC entra em cena. Vestido a caráter, com roupas de marca, óculos escuros, um colar que parece pesar dois quilos e com uma postura cheia de marra para combinar com o visual. O cantor solta a sua letra sobre como é bom ter o melhor que o dinheiro pode comprar, enquanto exibe suas posses: seus carros importados, motos possantes, plaquetes de 100 reais e suas mulheres. Foi mais ou menos assim que conheci o funk de ostentação, através de um clipe dentre muitos espalhados pelo YouTube. Não, eu não sou um amante do gênero e provavelmente seria a última pessoa que você encontraria em um baile funk, de forma que minha primeira reação foi de revolta. Lembro de ter pensado: “mas que droga é essa? Que cara babaca, se achando todo bonzão e cantando esse monte de porcaria com um monte de mulher fácil rebolando do lado”. Agora me fala a verdade. Você provavelmente pensou algo muito parecido na primeira vez que ouviu uma música ou viu um clipe desta nova vertente do funk, que aparentemente vem ganhando cada vez mais adeptos e críticos conforme deixa a baixada santista para ganhar o Brasil e talvez o mundo (batendo na madeira). Na verdade foi com este exato pensamento que acabei começando a escrever este texto, para mostrar minha indignação por mais uma prova de que o brasileiro não se importa de estar no fundo do poço moral e intelectual, desde que ele tenha uma pá para cavar mais fundo. Mas conforme pesquisava sobre o assunto, via um clipe pior que o outro e lia as críticas ferrenhas que algumas pessoas destilam sobre o assunto, me surpreendi sobre como comecei a mudar de opinião. Não me entendam mal. Continuo não gostando do gênero, pois acho que embora existam vários MCs bacanas e que cantem um funk mais consciente, sobre a própria vida nas comunidades carentes, a grande maioria deles acaba transmitindo uma mensagem bem mais suja. Claro que o Funk de Ostentação não foge a essa regra, por sua apologia ao materialismo, ao mostrar o consumismo como um caminho para a felicidade e tratar as mulheres como pessoas interesseiras ou como bens a serem adquiridos. Mas é inegável que a mensagem propagada por estes jovens MCs é muito menos pre82 | www.outdoorregional.com.br

judicial do que a difundida por outros subgêneros do funk, como o proibidão e sua apologia ao crime, afinal, é preferível que um garoto sonhe em passar a mão em um carro, do que em um revólver. Isto sem dizer que criticar a música e a postura destes Mcs é uma atitude que facilmente beira a hipocrisia, afinal, a mensagem que eles propagam pode não ser benéfica, mas não deixa de ser verdadeira. Todos nós gostaríamos de dirigir carrões, ter roupas de marca e ir a festas badaladas que todos sabemos estarem cheias de pessoas interesseiras e que se aproximam facilmente daqueles que tem mais dinheiro. Talvez você esteja dizendo algo como “mas eu não sou assim” e isso pode até ser verdade. Mas talvez antes de sairmos por aí criticando tão ferrenhamente o funk de ostentação, devêssemos olhar primeiro para aquele celulares de mil e tantos reais, aquela roupa de marca, aquele carro bacana ou o aparelho tecnológico de última geração que nós eventualmente possamos ter ou que gostaríamos de adquirir. Se formos um pouco mais sinceros com nós mesmos, iremos ver que ostentação está muito além dos daqueles carrões, festas e bebidas que aqueles garotos imaturos exibem em seus clipes e que, no final, todos nós somos um pouco ostentadores.


www.outdoorregional.com.br | 83


84 | www.outdoorregional.com.br

Outdoor Regional  

Edição 49 - Daniel

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you