Page 1

www.outdoorregional.com.br | 1


2 | www.outdoorregional.com.br


Carta ao leitor Coordenador Geral Rafael J Pereira Coordenador de Criação André Maffeis Jornalista Responsável Juliana Moreno MTB:0056878/SP Repórteres AC Rezende / Camila Marcusso Juliana Cuani / Juliana Moreno Rafael Barbosa/ Vitor Quartezani Colaboradores Bruno Fernandes / Fábio Sanqueta Thássia Moro / Valdely Dantas Gabriela Barreto / Marcelo Galvão João Bidu / Talita Dias Revisão Juliana Moreno / Mariele Rosa Projeto Gráfico / Diagramação Bruno Oliveira / Thiago Nehring Foto Estúdio Daniel Trabanca Produção de moda Gabriela Barreto Comercial Patricia Pereira Agradecimento Assessoria de imprensa Luan Santana Tiragem / Impressão 8.000 exemplares / Graf. Santa Edwiges Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho/Tietê Tatuí/Sorocaba Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br Edições anteriores edicoes@outdoorregional.com.br

A primeira Outdoor do ano já chega com tudo, tendo nada mais e nada menos que Luan Santana na capa, a maior atração do Carnaboituva 2012. Ele nos falou um pouco sobre a atual fase de sua carreira e também de sua vida, fazendo um comparativo de dois anos atrás, quando nos concedeu a primeira entrevista. E para completar a trilha sonora, também trazemos um especial com Netinho, que contou sobre seus planos para o Carnaval e também para o novo DVD. E se você ainda não escolheu o destino para passar o feriadão de Carnaval, te apresentamos algumas das belezas e atrativos da linda Salvador. Embalando o clima bom de começo de ano, também iniciamos com uma novidade que vai agradar e muito os apaixonados por séries, já que agora temos um espaço especial apenas para falar sobre elas. Em Gourmet, aproveitando esse tempo de calor e festa, trazemos uma receita que vai cair como uma luva: raspadinha de melancia! Também no clima de verão, em Moda você poderá conhecer um pouco sobre a moda dos chapéus e saber como usá-lo. Isso e muito mais você confere nesta edição super especial, com cara de novidade e festa!

Site www.outdoorregional.com.br Empresa CNPJ: 13.970.830/0001-93 Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 - 2º andar - sala 07 Telefone: (15) 3263-5028 (15) 9114-2136 / ID 113*16815 contato@outdoorregional.com.br A revista não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de iinformes e anúncios publicitários

j-moreno@outdoorregional.com.br


06 - Cinema 08 - Séries 10 - Literatura 12 - Música 14 - Tecnologia 16 - Ensaio 20 - Moda Feminina 22 - Moda Masculina 24 - Educação 26 - Decoração 28 - Especial 32 - Social 38 - Capa 46 - Esportes 48 - Saúde 50 - Games 52 - Autos 54 - Finanças 56 - Turismo 58 - Direito 60 - Política 62 - Trabalho 64 - Gourmet 66 - Prata da Casa 68 - Região 70 - Horóscopo 72 - Galeria 74 - Crônica

Índice 06 Cinema A história de alguns momentos vividos com Marilyn Monroe

08 Séries “The Good Wife” e a força da mulher

60 Política O atual tempo frio da Economia

68 Região Movimentação na terceira idade


www.outdoorregional.com.br | 5


cinema

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

O relato de uma semana vivida ao lado de uma das mulheres mais bonitas que o mundo já conheceu la personificou o glamour hollywoodiano dos anos 50 com sua aparente vulnerabilidade e inocência, somadas à sua inata sensualidade. Sim, Marilyn Monroe foi um marco na história. Sua grandiosidade é expressa até mesmo pelo título do filme que chega aos cinemas brasileiros dia 10 de fevereiro, pois para se contar os dias que passamos com alguém, essa pessoa tem que ser, no mínimo, muito especial. E por serem apenas sete e nada mais, fica clara a importância que esse tempo teve e a certeza de que não se repetiria jamais.

A história A história relatada no filme é na verdade uma adaptação do livro homônimo de Colin Clark, que conta o período em que Marilyn passou na Inglaterra filmando “O Príncipe Encantado”, em 1957. Na ocasião, Clark era assistente de filmagem e passou uma semana ao lado da atriz acompanhando sua rotina. Na trama, Colin, interpretado por Eddie Redmayne, é assistente do prestigiado cineasta Laurence Olivier, tendo como sonho ape-

nas se tornar um diretor de cinema. Entretanto, ele nem imagina que virá a viver um romance com aquela que era considerada a mulher mais linda do mundo. No início apenas uma aventura amorosa, mas depois, algo que mudaria sua vida para sempre e, ainda, revelaria uma das várias faces da eterna Marilyn Monroe.

O elenco Com direção de Simon Curtis, “Sete Dias com Marilyn” estreou nos Estados Unidos em novembro do ano passado e foi um grande sucesso, visto que já possui três indicações ao Globo de Ouro e 16 indicações ao Bafta. A responsável por dar vida à Marilyn – com pinta na boca e tudo - é a atriz Michelle Williams, interpretação, inclusive, que já lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro 2012 como Melhor Atriz e, além disso, está sendo cogitada para ser uma das grandes concorrentes ao Oscar. O elenco também conta com Judi Dench, Emma Watson e Dougray Scott. Como dito no trailer, esta história descreve um milagre. Não é uma biografia, visto que são relatados apenas os momentos em que Colin conviveu com Marilyn durante sete dias. Mais do que isso, é uma história real de uma semana que mudou toda uma vida.

Sete Dias com Marilyn” (“My Week With Marilyn”) EUA - 2011

6 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 7


séries

Vitor Quaterzani v-quartezani@outdoorregional.com.br

conheça a força de

Uma mulher real

Superação em prol de si e da família é a grande conquista de “The Good Wife”

P

ensando em aumentar ainda mais o leque de informações aos nossos leitores, a Revista Outdoor Regional inaugura nesta edição um espaço voltado para as Séries de TV, uma das fontes de entretenimento mais procuradas pelas pessoas. E nessa primeira aparição, apresentamos uma série que surpreende pelo seu conteúdo e pelo modo de como abordar uma história de drama familiar.Trata-se de “The GoodWife”, exibida no Brasil pelo canal a caboUniversalChannel.Um seriado que mudou os rumos da atual televisão aberta americana, que há alguns anos estava ausente de um programa que fosse capaz de prender a atenção dos telespectadores e pudesse incomodar as redes deTV a cabo.

História

O mote de “The Good Wife” é a história da esposa e advogada Alicia Florrick, interpretada de forma surpreendentemente brilhante pela atriz Julianna Margulies (conhecida pelos fãs de séries por viver a enfermeira Carol Hathaway, par de George Clooney em “ER”), que após seu marido, procurador do estado do Illinois, ser preso por conta de um escândalo sexual, tem que lidar com o sustento de sua casa e seus filhos, em meio à enxurrada de acusações e problemas que recaem sobre ela e seus filhos.

8 | www.outdoorregional.com.br

Para lidar com isso, Alicia começa uma nova vida trabalhando e se associando a um grande escritório de advocacia da cidade de Chicago, que pertence a um velho amigo da faculdade. E é nisso que “The Good Wife” tem um de seus pontos altos, pois mesmo depois de abdicar de tantos anos de sua vida em dedicação à família, ela tem forças para iniciar uma nova vida, praticamente do zero, já que nunca havia exercido a profissão antes. Também vemos o conflito de Alicia Florrick dentro de seu próprio trabalho, onde tem que competir na busca de casos com advogados mais jovens, que a olham como apenas uma esposa traída tentando disfarçar e fugir de uma vida problemática.

Por que assistir?

O que faz de “The Good Wife” uma das melhores séries da atualidade é a atuação impecável de Julianna Margulies, que consegue proporcionar aos telespectadores a inserção dentro de todos os conflitos pelos quais a personagem atravessa, onde sentimos que somos parte dessa grande história. Atualmente em sua terceira temporada, o elenco ainda conta com um velho rosto do mundo dos seriados, o do ator Chris Noth, que interpreta Peter Florrick, marido de Alicia, e que viveu o personagem Mr. Big, grande amor de Carrie Bradshaw em “Sex and The City”.


www.outdoorregional.com.br | 9


literatura

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

“Mas ali estava eu – ignorando o reflexo. Eu estava fazendo uma coisa que nunca tinha feito antes. Uma coisa pequena, tudo bem, mas quando foi que eu pude dizer isso? E o que serei capaz de fazer amanhã que ainda não sou capaz de fazer hoje? Quando tudo terminou, levantei-me, andei até meu quarto e avaliei o estrago. Contei cerca de vinte picadas de mosquitos. Meia hora depois, porém, todas as picadas haviam diminuído de tamanho. Tudo passa. Depois de algum tempo, tudo acaba passando”

F

iquei pensando em uma palavra que pudesse definir Liz Gilbert, mas cheguei à conclusão que isso é impossível. Isso porque uma palavra apenas não conseguiria traduzir tudo que essa mulher é. Várias palavras passaram pela minha cabeça, dentre elas, corajosa, sonhadora, lutadora, persistente e, até mesmo, doida. Sim, conforme ia lendo o livro, em cada parte um desses adjetivos se encaixava e eu ficava me perguntando que mulher hoje em dia teria a mesma fibra dela, pra fazer as coisas que ela fez. Hoje em dia temos muito medo de enfrentar nossos medos, mas ela o fez com fé, determinação e coragem. Além disso, foi atrás de seus sonhos, sem medir as consequências e pensando apenas no imediato – ótimo artifício para tentarmos colocar em prática quando nosso terrível medo do amanhã vier nos assombrar. Imagine viver as seguintes situações: um divórcio, um amor não correspondido, uma vida e uma carreira a tocar e um futuro incerto. Imaginou? Agora pense em enfrentar tudo isso ao mesmo tempo! É, esse era o estado na vida de Elizabeth. E o que ela fez? Largou tudo de lado e vendeu à sua editora um livro que ela ainda iria escrever depois de uma viagem de um ano inteiro à Itália, onde buscaria os prazeres da comida, seguindo para a Índia, onde tentaria encontrar sua fé e, por fim, na Indonésia, para achar seu equilíbrio. E são essas viagens incríveis que a autora conta em seu livro, que já teve mais de 4 milhões de exemplares vendidos no mundo todo e que logo foi adaptado para o cinema. É uma daquelas histórias que você consegue acompanhar como se estivesse lá, na cena narrada, no momento em que está acontecendo, pois os detalhes são muito ricos. Talvez ao terminar de ler, você fique com uma vontade súbita de conhecer algum dos países pelos quais Liz passou ou quem sabe conhecer pessoas fantásticas como as quais ela conheceu. Mas se essa história apenas te inspirar a ser mais corajoso, já terá valido a pena, pois a partir desse momento, você vai poder ir a qualquer lugar.

10 | www.outdoorregional.com.br

TÍTULO: COMER, REZAR, AMAR TÍTULO ORIGINAL: EAT, PRAY, LOVE AUTOR: Elizabeth Gilbert EDITORA:Objetiva


www.outdoorregional.com.br | 11


música

Juliana Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br

Rendidos pelo romantismo de

Adele

N

ão há nada como a sensação de quando você está ouvindo uma música, escrita por alguém que você não conhece e que você nunca conheceu, mas que de alguma maneira foi capaz de descrever exatamente como você se sentiu em um particular momento de sua vida”. Assim descreveu James Corden, que anunciou a apresentação de Adele na cerimônia do BRITAwards,escolhendo as palavras perfeitas para falar da cantora. Depois da performance ao vivo, a canção “Someone LikeYou” chegou ao primeiro lugar das paradas de sucesso no Reino Unido, enquanto o álbum também permaneceu como número um no país. A OfficialChartsCompany anunciou que Adele é a primeira artista a alcançar, ainda viva, uma canção e um álbum como número um ao mesmo tempo na Inglaterra desde Os Beatles, em 1964.

Surge uma nova voz A britânica Adele Laurie Blue Adkins, nascida em 5 de maio de 1988, é a dona de um vozeirão inexplicável que com apenas 23 anos vem registrando seu nome nas galerias de sucessos. Ela recebeu o prêmio Critics’ Choice e foi nomeada “artista revelação” em 2008 pelos críticos da BBC. Começou a cantar aos quatro anos e, em 2006, Adele atraiu a atenção de uma gravadora com três demos postadas no MySpace. Em 2009, Adele ganhou dois Grammy Awards como “Artista

Adele é a primeira artista a alcançar, ainda viva, uma canção e um álbum como número um ao mesmo tempo na Inglaterra desde Os Beatles”.

Dramas amorosos rendem boas canções Revelação” e “Melhor Vocal Pop Feminino”. Seu primeiro disco intitulado “19” foi lançado em 2008 trazendo influências de soul, blues, pop e country. Em 28 de outubro, já com a gravadora Columbia Records, anunciou que passaria por uma cirurgia nas cordas vocais por conta de uma hemorragia. Ainda assim, lançou seu DVD “Adele Live at The Royal Albert Hall” em novembro de 2011.

12 | www.outdoorregional.com.br

Ao falar sobre o processo de composição de “21”, do single “Rolling In The Deep”, Adele afirmou: “sou o oposto daqueles comediantes que são divertidos no palco e depressivos sob portas fechadas. Numa gravação posso até parecer triste, mas na vida real estou bem satisfeita. Só que, quando eu estou feliz, eu não escrevo músicas, não teria tempo pra compor. Se eu estivesse casada, chegaria uma hora em que diria ‘querido, eu preciso me divorciar, tenho um disco pra escrever’”.


www.outdoorregional.com.br | 13


tecnologia

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Inovações em

2012 Na área da tecnologia, muito se espera desse ano no quesito novidades, então, fique por dentro de algumas coisas que podem surgir no decorrer dos meses

Windows 8

O ano já começou com várias promessas despontando no mundo da tecnologia. O Windows 8, por exemplo, poderá ser controlado pelo mouse e teclado, pelo toque em telas touch e também pelo movimento dos olhos. Sim, é isso que promete o Gaze, dispositivo criado pela Tobii, uma empresa sueca. Ele vai funcionar com um sensor que monitorará o movimento dos olhos e com o touchpad convencional. Vai funcionar da seguinte forma: para acessar um aplicativo, basta olhar para ele e tocar o touchpad. Com isso, o Gaze localiza a sua pupila e faz cálculos para determinar o lugar da tela onde seus olhos estão fixados. Incrível, não é?

Smartphone do Facebook

Outra novidade que promete revolucionar é o primeiro smartphone lançado pelo Facebook. Batizado de Buffy, ele terá sistema Android e nasceu de uma parceria com a HTC. Segundo fontes, o Facebook teria optado pela HTC depois de analisar uma proposta da Samsung, além do fato da HTC ter lançado um aparelho com um botão físico dedicado para acesso ao Facebook. Em comunicado, o Facebook não confirmou a parceria, tampouco o aparelho, então, o que nos resta é aguardar.

Baterias de hidrogênio

Outra inovação prometida para este ano são as baterias de hidrogênio, descobertas pela Apple e que prometem durar até semanas sem precisar de recarga. Ela poderá ser usada em vários equipamentos eletrônicos, substituindo, assim, a atual bateria de íon-lítio. O projeto ainda está sendo estudado e não há data prevista para a fabricação, mas, como dito, espera-se que chegue ainda este ano.

iPhone 5

Por outro lado, é praticamente certo que em 2012 chegue ao mercado o tão aguardado iPhone 5. Acredita-se que será um smartphone completamente redesenhado, com tela maior que o iPhone atual, provavelmente de 4 polegadas. Isso se justificaria pelo fato de, assim, poder concorrer com os rivais, como é o caso do Galaxy Nexus, por exemplo, cuja tela mede 4,65 polegadas. Também é provável que o iPhone 5 use o novo processador A6, que também será empregado no iPad 3. Dessa forma, podemos ver que 2012 promete vir com várias novidades, então, vamos esperar pra ver!

14 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 15


ensaio

O laranja, abordado no coral ou em uma versão mais original em sua cor pura reflete o calor da temporada. As produções combinadas com peças nudes ou mesmo em versões monocromáticas retratam bem os momentos quentes da estação.Deixe a acidez da cor conquistar você!

Modelo: Marcella Riello Fotógrafo: Daniel Trabanca Styling: Gabriela Barreto Maquiagem: Débora dos Santos Alves Edição de imagens: Bruno Veiga de Oliveira Local: Residencial São José de Boituva 16 | www.outdoorregional.com.br


Camisa Coral intenso, saia longa tribo com babado, colar dourado e pulseiras mescladas laranjas.

Livia Barros Avenida ProfÂŞ Celia Lourdes Vercellino, 105, Boituva/SP (15) 7835-2816 www.outdoorregional.com.br | 17


Shorts Coral claro, regata branca e casaqueto com detalhes em dourado.

Socila Rua Expedicionรกrio Souza Filho, 110, Centro Boituva/SP (15) 3363-2795

18 | www.outdoorregional.com.br


Biquíni coral com detalhes em crochê e listras.

Madame Filó Rua Cel. Eugênio Motta, 398-A, Centro, Boituva/SP (15) 3363-2795

www.outdoorregional.com.br | 19


modafeminina

20 | www.outdoorregional.com.br

Gabriela Barreto g-barreto@outdoorregional.com.br


A moda que vai fazer

sua cabeça!

F

ora de moda desde a década de 60, os chapéus voltaram com tudo neste ano e apareceram em boa parte dos desfiles de verão 2012. No entanto, as brasileiras não são grandes fãs desses acessórios. Muito mais difundido entre as européias, o uso de chapéus em terras nacionais ainda é bastante tímido. Mas isso não significa que você vai abrir mão de se proteger do sol, cuidar de seus cabelos e ainda desfilar cheia de elegância na praia, na piscina ou no parque.

Os benefícios

Os chapéus se transformaram em um acessório indispensável no próximo verão, pois além de trazer vários benefícios para quem o utiliza durante os dias quentes, protege contra os raios solares e ainda agrega mais charme e estilo em qualquer visual, podendo ser usado até em produções urbanas.

Os modelos

É um dos acessórios mais versáteis do guarda-roupa feminino, pois o grande número de modelos permite montar looks diferentes e cheios de estilo. O chapéu de praia, no estilo palha, também pode vir associado a acessórios como lenços, aplicações em flores e laços, que

dão um charme a mais à produção, assim pode ser usado com vários biquínis e saídas, apenas mudando o lenço ou as flores. Para este verão 2012,os chapéus femininos estão bastante diferenciados, com uma grande variedade de modelos, cores, materiais e acabamentos. Os chapéus de modelo “Floppy” recebem esse nome por terem abas mais largas e maleáveis. É o modelo mais queridinho do verão por proteger do sol e deixar o look muito mais feminino e o mais usado pelas mulheres brasileiras na beira do mar ou da piscina. Já para as combinações urbanas este cai melhor com peças de corte reto e em cores sóbrias, pois cria produções elegantes. O chapéu “Panamá” é um dos modelos mais tradicionais e descontraídos, sendo útil tanto para a praia quanto para as ruas combinando este com peças de alfaiataria, camisas, calças e shorts de corte seco e reto ganham ainda mais estilo quando acompanhados de um chapéu Panamá. O mais quadradinho dos modelos, o “Chapéu-palheta”, tem a copa e aba retos. O modelo foi muito popular nos anos 1940 e 1950 e agora volta para este verão em versões coloridas e feitas de materiais leves. Deve ser usado em combinações com vestidos leves e soltos.

dicas -Mulheres altas ficam bem com peças grandes de abas largas, já as baixinhas podem apostar sem medo em modelos mais enxutos -Para preservar as proporções do rosto, os chapéus mais quadrados combinam mais com rostos arredondados, e o contrário também cria produções harmoniosas

www.outdoorregional.com.br | 21


modamasculina

22 | www.outdoorregional.com.br

Gabriela Barreto g-barreto@outdoorregional.com.br


É jeans! Pode apostar sem medo, inclusive, em jeans com jeans

G

rande parte dos homens encontra dificuldade em decidir que estilo de roupa deve preencher o guarda-roupa. A escolha do visual costuma variar com a personalidade e com a ocasião e, em muitas situações, é necessário um look mais despojado. Ainda entram como um hit as camisas jeans, que são boas opções para formar looks bacanas com simplicidade, pois são versáteis e combinam com (quase) tudo e, por isso, assim como as mulheres, os homens não escaparam de entrar nessa tendência. Ela foi sucesso nos anos 90 e há alguns meses já voltou como ícone de estilo, presente nos guarda-roupas femininos e masculinos.

O que combina

Um dos melhores pontos quando a escolha é por camisas jeans é que se torna possível combiná-las com diversos estilos de bermudas, calças de diferentes cores e tecido, inclusive de estilo mais casual, como as jeans mais escuras. E para dar um toque ainda mais despojado, opte por dobrar as mangas, um ponto sempre muito atraente nas camisas de manga comprida.

O que não combina

Apenas roupas esportivas não combinam com as camisas jeans, como por exemplo aqueles shorts ideais

apenas para praticar esportes. Para deixar o tom da produção em harmonia, com uma composição mais monocromática, a boa opção é combinar a camisa com uma calça jeans mais clara.

Camisa jeans com terno ou blazer

O hit do momento é substituir a camisa social por camisa jeans no look social, pois fica bem diferente e estiloso. Outro grande triunfo que ainda dá um tom mais moderno é utilizar a camisa em sobreposição com uma camiseta básica branca, pois fica um verdadeiro charme despojado!

Dicas

-Meninos, podem apostar em jeans com jeans, pois nesse verão o que vai encher as lojas são as camisas jeans -Misturar os tons de jeans é sempre bom, apesar de ter pessoas que gostam de usar o mesmo tom em toda a roupa, mas vai de cada um -Deixar a camisa aberta também é uma boa, mostra sensualidade. Podendo colocar também uma camiseta mais solta com cores marcantes como, vermelho, azul escuro, rosa forte, preto, dando um toque a mais no seu look

www.outdoorregional.com.br | 23


educação

Thássia Moro t-moro@outdoorregional.com.br

Educação ambiental

em Boituva Grupo Petrópolis lança seu primeiro programa de educação ambiental em Boituva

O

Grupo Petrópolis em parceria com o Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes lança seu primeiro Programa de Educação Ambiental na cidade de Boituva. Iniciado em 2011, o projeto em parceria com a secretária de Educação, Meio Ambiente e a Prefeitura, chega esse ano à cidade visando expandir a cultura de responsabilidade ambiental através da escola e de seu processo de formação de novos cidadãos. O programa de educação ambiental faz parte do Projeto AMA (Área de Mobilização Ambiental) no qual o grupo busca desenvolver diversas ações e iniciativas em prol do meio ambiente em todas as cidades em que atua (Petrópolis - RJ, Teresópolis- RJ, Rondonópolis - MT e Boituva – SP). Além do plantio de cerca de 1,1 milhões de mudas de árvores nativas dos locais em que o grupo se estabe-

24 | www.outdoorregional.com.br

leceu, o projeto também possui trilhas ecológicas e espaços para o cultivo e a preservação de diversas espécies vegetais. O Projeto AMA busca não somente a conservação do meio ambiente em suas variadas formas e espaços, desde o reflorestamento até a redução de resíduos impactantes, como também a conscientização e a integração sócio-ambiental por meio da educação. “Além das ações de reflorestamento, o Projeto AMA, do Grupo Petrópolis, também se preocupa com as gerações futuras e acredita que a educação é o melhor caminho para desenvolver jovens conscientes e preocupados com a sobrevivência do nosso planeta”, afirma o gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, Henrique Campos. É nessa perspectiva que surge o programa de Educação Ambiental em parceira com o Instituto Chico Mendes, intitulado “Cuidar do Meio Ambiente depende da Gente” e visan-


do atingir cerca de mil alunos por cidade. Em Boituva o programa tem início no primeiro semestre e envolverá crianças de 9 a 11 anos dos terceiros e quartos anos das escolas municipais. Com a crescente preocupação mundial acerca da preservação do meio ambiente é cada vez mais presente no cotidiano escolar a conscientização com a conservação da natureza. É nesse pensamento que o programa se estrutura e em parceria com o Instituto Chico Mendes criou um projeto educacional em que a responsabilidade sócio-ambiental começa nos primeiros anos da escola. A estrutura do programa começa com a capacitação dos professores, no qual existe um módulo para uma atividade voltada somente para os educadores compreenderem o espírito e os objetivos do projeto (atividade essa iniciada no mês de dezembro de 2011). O

programa inclui uso de material didático especializado, como cartilhas ambientais e CDROM tanto para alunos como para os professores e avaliações periódicas sobre o andamento do programa. Além disso, os estudantes participarão das trilhas ecológicas disponíveis nas fazendas do Grupo Petrópolis, onde os conteúdos e os ensinamentos da sala de aula podem ser vistos na prática. Dessa forma, o programa de Educação Ambiental do Grupo Petrópolis em parceira com o Instituto Chico Mendes busca estabelecer um processo de preservação e de conscientização da responsabilidade socioambiental cada vez mais cedo nas crianças de Boituva. E em parceira com os órgãos responsáveis da cidade, busca aprimorar a necessidade da conservação e recuperação de áreas ambientais com a união entre os três setores da sociedade através do melhor meio na solução dos problemas sociais: a educação.

www.outdoorregional.com.br | 25


decoração

Valdely Dantas v-dantas@outdoorregional.com.br

Decorando com plantas artificiais

Aprenda a compor seus ambientes com as plantas e cores certas

A

o contrário de pouco tempo atrás, as plantas artificiais ou permanentes estão bem próximas das naturais, tanto na aparência quanto na textura. Optar por elas é uma boa alternativa para quem não gosta ou não tem tempo para cuidar dos vasos, para locais com pouca luminosidade, ou para pessoas alérgicas a flores. Quem é que não gosta de ter um ambiente mais gostoso de viver em casa? A decoração com plantas pode fazer com que você tenha paz, harmonia e bem estar. Porém, muitas pessoas alegam que as plantas dentro de casa podem trazer complicações. Entretanto, você pode levar todo o charme das plantas para a sua casa sem ser necessário o cuidado diário para mantê-las sempre belas.

Antigamente, as plantas artificiais eram tidas como “bregas”, mas hoje são elaboradas com material de qualidade Como fazer Antigamente, as plantas artificiais eram tidas como “bregas”, mas hoje são elaboradas com material de qualidade e por esse motivo estão sendo muito utilizadas nos projetos de decoração. Com grande durabilidade, preservam o aspecto de novas por longo tempo, além de não atraírem insetos e serem de fácil manuseio.

Brega ou chique? Planta artificial é muito legal para decorar quando se sabe aproveitar bem o que cada uma tem de melhor. Rosas dão um aspecto mais romântico, ideal para os corredores ou para quartos. Na cozinha, margaridas dão um ar mais descontraído, mais alegre. Já flores como dracena-tronco, bico de papagaio e palmeira-bambu, são flores de grande porte, por isso, acabam destacando bastante o ambiente e a decoração com as plantas, sendo indicadas para lugares como sala de jantar, sala de TV, sala de espera, enfim, em lugares que deseja destacar a decoração. Assim você deixará os ambientes mais bonitos, dando alegria e vida ao seu espaço.

26 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 27


Especial

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

sucesso Sempre

OOOOOH MIIIILLAAA Há pouco mais de duas décadas, suas músicas embalam festas e carnavais, fazem multidões dançar e contagiam todos os cantos por onde passam

E

m 1980, quando ganhou seu primeiro violão, seu destino já estava traçado: viria a ser um grande artista da música brasileira. Dois anos mais tarde, começou a tocar profissionalmente em bares de Salvador, de domingo a domingo, tendo no repertório muita MPB e Bossa Nova. “Minha paixão pela música começou já na infância, na escola, sempre cantando ou ligado aos instrumentos musicais. A minha maior dificuldade no início da carreira foi com a minha família, pois comecei muito cedo a cantar na noite e naquela época a imagem do músico era a pior possível”, diz ele sobre seu começo na música.

O sucesso Foi em 1986 que ele estreou no circuito do carnaval, já à frente da Banda Beijo que, dois anos depois, gravou o primeiro disco e estourou nas rádios de todo Brasil, lançando Netinho ao sucesso nacional. Já em 1993, ele deixa a banda e lança-se na carreira solo, a convite da Polygram, hoje Universal Music. “São 22 anos de carreira e durante este tempo muitos momentos marcantes e decisivos aconteceram. Um deles foi o dia que recebi o convite para deixar de ser Banda Beijo e iniciar a minha carreira solo”, conta o cantor. De lá pra cá, seu sucesso só tem crescido e, em consequência disso, existem músicas que marcaram sua trajetória e continuam agradando seu público até hoje. “Durante estes anos de carreira eu colecionei muitos hits nacionais que sempre são pedidos nos meus shows. ‘Milla’, ‘Preciso de você’, ‘Menina’ e ‘Cidade Elétrica’ são as mais pedidas’”, enumerou ele.

28 | www.outdoorregional.com.br

Já experiente na arte de subir em um trio elétrico e arrastar multidões ao som de sua música, ele conta um pouco como é essa sensação. “A emoção de estar num trio elétrico, na rua, cantando para milhares de pessoas é indescritível. Para mim, cada apresentação é única e no trio esta emoção se renova a cada metro que o caminhão anda. A emoção da primeira vez, em tudo, nunca se repete. E nunca se esquece também”, diz ele, fazendo menção à primeira vez em que subiu em um trio elétrico para fazer um show, em 1986.

Música no exterior Netinho, que é sucesso tanto aqui como no exterior, faz uma avaliação de como a nossa música é vista lá fora. “Ela é vista como a música da alegria e da festa. No exterior as pessoas associam muito a sensualidade à nossa música por causa do ritmo e das coreografias que sempre mexem com o corpo e com a libido de todos. Sobre a música baiana em si, vivemos um momento de


www.outdoorregional.com.br | 29


OOOOOH MIIIILLAAA amadurecimento dos artistas já consagrados e de renovação. É hora de novos valores artísticos aparecerem na cena musical baiana”, avalia o cantor.

Carnaval

Com o carnaval 2012 já batendo às portas, Netinho está cheio de planos, tendo escolhido como tema “Brasil – A bola da vez”, para embalar a festa comandada por ele. “Escolhi este tema pela importância crescente que o Brasil vem conquistando no cenário internacional. Vamos destacar as nossas riquezas naturais, a economia, as artes, e o nosso próprio povo. O petróleo, os grãos, a pecuária, os recursos hídricos e a nossa música são alguns dos elementos que estarão em destaque nos figurinos criados por Valéria Kaveski. Muita cor e muito brilho numa celebração às coisas do Brasil de hoje”, já adianta ele.

Novo DVD

O ano de 2012 está apenas começando, mas Netinho já tem planos e muitos projetos para colocar em prática no decorrer dos meses. Uma novidade será o novo DVD, chamado “2012 – Uma Viagem ao Egito”, sendo que esteve lá por 12 dias para conhecer e fotografar as locações para a gravação. O conceito desse projeto é contar lindas histórias do povo e criar um paralelo entre o Antigo Egito, começo da civilização e as previsões maias do “fim do mundo” para dezembro de 2012. Além disso, o DVD também trará histórias das duas civilizações que antecederam os egípcios, sendo a Atlântida e a Lemúria. Sendo assim, realidade e ficção se fundirão através de ricas e misteriosas histórias de amor, sangue e sabedoria, transmitidas através das letras das canções, nos textos e nas cenas filmadas no Cairo, que estarão editadas no decorrer de todo vídeo. Ao todo serão 22 canções, sendo 18 inéditas e quatro regravações. O espetáculo será filmado no Teatro Riachuelo, em Natal/RN, enquanto que as cenas com atores vão ser todas feitas no Cairo.

Para mim, cada apresentação é única e no trio esta emoção se renova a cada metro que o caminhão anda 30 | www.outdoorregional.com.br


A

www.outdoorregional.com.br | 31


social

02 01 03

Arrasta Sertanejo Terra Brasilis Boituva/SP 01 - Dalen e Eder Picco / 02 - Samara 03 - Aline e Marcio / 04 - Naiara e Lucas 05 - Hamilton e Cris Serrão / 06 - Karina e Murilo / 07 - Tamiris, Vitor e Fábio

Inauguração Espaço Korpus Boituva/SP 04

08 - Gabriel Siqueira e Daniel Rosica

05

32 | www.outdoorregional.com.br

06

07

08


10 09

Virada do Século Terra Brasilis | Boituva/SP 09 - Lara, Aline, Juliana e Cristiane / 10 - Lucas e Tomaz 11 - Paula Folim e Jéssica Denardi / 12 - Jéssica, Mariele e Tati 13 - Débora / 14 - Etiene, Kennyer, Cristiane e Chico 15 - Karina, Edilaine e Patricia / 16 - Fernando, Caio e Bruno

11

12

13

15

14

www.outdoorregional.com.br | 33

16


social

02 03

em parceria com 01

Terra Brasilis Boituva/SP 04

01 - Pâmela e Mayara / 02 - Daiane e Lilian 03 - Jeisiane e Natacha / 04 - Michela e Beatriz / 05 - Nayara Nascimento / 06 - Rafaela e AndrÊ / 07 - Grazielli e Ariane 08 - Izis Priscila / 09 - Rayssa Eid 10 - Rosana Eid

05

06 09

34 | www.outdoorregional.com.br

07

08

10


12

11

13

Projeto Verão Boituva/SP 11- Prefeita Assunta e Isaltino / 12 - Felipe e Steffanie 13 - Gabriel e Weronica / 14 - Gabrieli e Andressa / 15 - Luciano e Artur / 16 - Andressa e Tamires

14

01 - Bárbara e André / 02 Thais e Tiago / 03 - Marcela e Danilo / 04 - Izabel, Fabiano e Gabriel / 05 - Danilo e Bruna / 06 - Rodrigo e Carol

15

www.outdoorregional.com.br | 35

16


02

social

03

em parceria com

01

04

Capitão XV | Tatuí/SP 01 - Rodrigo e Carol / 02 - Marcela e Danilo / 03 - Bárbara e André / 04 - Danilo e Bruna / 05 - Guilherme e Angélica 06 - Thais e Tiago / 07 - Robno e Scarlet 08- Izabel, Fabiano e Gabriel

06

05

36 | www.outdoorregional.com.br

07

08


09

República Botequim Tatuí/SP

10

09 - Isa, Lú e Rafael / 10 - Douglas e Patrícia / 11 - Pamella e Tiago 12 - - Bruna Oliveira / 13 - Luciana / 14 - Junior e Sabrina

12

11

13

www.outdoorregional.com.br | 37

14


Capa

38 | www.outdoorregional.com.br

Camila Marcusso c-marcusso@outdoorregional.com.br


E

le era apenas um garoto quando se tornou uma celebridade reconhecida em todo o país, após o sucesso da música “Meteoro”. Hoje, aos 20 anos, Luan Santana conta com mais de três milhões de seguidores no twitter, músicas de grande sucesso e muitas premiações, entre elas, Top TVZ 2010 como melhor artista nacional, Prêmio Multishow 2011 como Melhor Show e Troféu Imprensa 2011 como Revelação do Ano.

www.outdoorregional.com.br | 39


Após dois anos da primeira entrevista concedida por Luan à Outdoor Regional, voltamos a conversar com o artista para um novo bate-papo. Mais amadurecido, ele contou que hoje tem consciência da fama, tem responsabilidade e sabe exatamente o que quer. Durante a entrevista, Luan falou sobre o sucesso, a maturidade, o carinho pelos fãs, o novo CD, seus sonhos e, é claro, sobre o mega show que ele fará no CarnaBoituva, no dia 10 de março.

40 | www.outdoorregional.com.br


Outdoor Regional: Você ganhou visibilidade através do seu talento projetado em um vídeo caseiro colocado no youtube, que teve mais de um milhão de acessos em menos de um mês. Você esperava que um vídeo pudesse transformá-lo em um astro nacional? Você acredita no poder das redes sociais como uma porta para o sucesso? Luan Santana: Na verdade foi um conjunto de ações. A música “Falando Sério” foi colocada na internet e os radialistas pegaram de lá e começaram a tocar nas rádios de Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná. Em pouco tempo todo mundo já estava pedindo a música e me procurando para fazer shows. Outdoor Regional: Além de estar sempre lançando novos hits, você acredita que o contato próximo com os fãs, especialmente através das redes sociais, seja um aliado para manter-se no auge do sucesso? Luan Santana: Tenho meu twitter pessoal (@luansantana) que é uma forma que tenho de estar junto com meus fãs. Ali respondo as dúvidas, peço opinião sobre as minhas músicas, enfim, é uma linha direta que tenho com meu público. Hoje tenho mais de três milhões de seguidores e o twitter é minha ferramenta preferida das redes sociais que uso para falar com meu público.

Outdoor Regional: Como você se tornou uma personalidade muito novo, você acredita que tenha amadurecido rapidamente para lidar com a fama? Em que aspectos você mais mudou durante esses anos? Luan Santana: Acredito que seja natural você amadurecer rapidamente quando convive com pessoas mais velhas e viajando sozinho todos os dias, durante quatro anos seguidos. Fui para estrada aos 16 anos e hoje já estou com 20 anos, tenho responsabilidade e sei exatamente o que eu quero.

Outdoor Regional: Como você se sente sendo um dos pioneiros do sertanejo solo?

Luan Santana: Muito feliz, porque eu fui o primeiro que encarei cantar sozinho sem ter a segunda voz e ainda não usar chapéu, nem bota. Mostrei que a música sertaneja pode sim ser cantada por uma só voz, tanto que vieram outros depois, como Eduardo Costa, Michel Teló e Paula Fernandes.

www.outdoorregional.com.br | 41


Outdoor Regional: Em uma entrevista concedida à Revista Outdoor Regional, em janeiro de 2010, você disse que para fazer sucesso não tem idade, basta ter estilo próprio, identidade e acreditar em si mesmo. Você continua acreditando nessa mesma receita? Qual o recado que você deixa para os jovens talentos? Luan Santana: É isso mesmo, você precisa ter identidade; ter um diferencial. Minha receita para quem está começando é exatamente essa. Estilo próprio e acreditar em você mesmo. Outdoor Regional: Qual a previsão para o lançamento de um novo álbum? Já tem alguma música nova que você acredita que vai estourar como "Meteoro"? Luan Santana: Estou em estúdio finalizando o quinto CD da minha carreira. A música “Nega” faz parte deste novo trabalho, que tem muitas músicas boas, quer dizer, eu acho, né (risos). Prefiro não adiantar nada, sou suspeito.

Outdoor Regional: Você já fez parcerias musicais com várias personalidades. Tem alguma, em especial, que você ainda não fez e gostaria de fazer?

Luan Santana: Com o Rei Roberto Carlos. Quem não sonha em cantar com o Rei?

Outdoor Regional: Pela primeira vez em Boituva/ SP, no "CarnaBoituva", o público o aguarda ansioso. O que os fãs podem esperar para esse show?

Luan Santana: Tenho certeza que a galera que for para o CarnaBoituva vai se divertir muito e cantar muito com a gente. Nesse show levo um cenário com efeitos especiais com fire ball, jatos de CO2, painel de LED e muitas outras surpresas que tenho certeza que vão agradar a galera. No repertório terá “Amar não é Pecado”, “As Lembranças vão na mala”, “Nega”, “Adrenalina” e, claro, “Meteoro”. Espero agitar toda a galera lá!

42 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 43


publicitário

Fotos: Daniel Trabanca

informe

Flex Center inaugura novo CT de Musculação e amplia sua capacidade de atendimento.

A

academia Flex Center, desde 2003, presta um importante serviço à população de Boituva/SP: Melhorar a saúde das pessoas através do esporte e atividade física. É o que nos contam os sócios Ciro de Souza, Tiago de Castro e Teco Alves. “Sempre buscamos criar um ambiente sofisticado, porém, ao alcance de todas as classes sociais”, conta Tiago. Toda essa dedicação rendeu frutos, agora com a inauguração do novo CT de Musculação a academia praticamente dobrou de tamanho e número de equipamentos, e o preço continua igual. O antigo CT, passa agora a ser exclusivamente voltado para a prática de Artes Marciais. “Será um novo espaço completo com Tatames e Ringues”, explica Tiago, e o novo CT é totalmente voltado para a atividade aeróbica e Musculação com novos equipamentos e amplo espaço. Outro ponto destacado pelos sócios da Flex Center é o foco no atendimento. “Queremos uma relação personalizada entre o aluno e o instrutor. Cada aluno possui um treino específico e o comprometimento do instrutor com o seu resultado”. Então fica o convite, “Você que ainda não é aluno da Flex Center, venha até a academia, faça um treino experimental e comprove pessoalmente toda esta filosofia e estrutura”.

44 | www.outdoorregional.com.br

Flex Center Academia CT Artes Marciais Av. Pereira Ignácio, 641, Centro, Boituva/SP CT Musculação Manoel dos Santos Freire, 516, Centro, Boituva/SP Telefone (15) 3263-5742


www.outdoorregional.com.br | 45


Esportes

Vitor Quartezani v-quartezani@outdoorregional.com.br

Apaixonados mantĂŠm projeto para preservar grandes momentos do nosso esporte em forma de cultura 46 | www.outdoorregional.com.br


D

izer que o brasileiro é apaixonado por futebol é no mínimo redundante. Em muitos casos essa paixão não pode ser descrita ou explicada, simplesmente a pessoa é tomada por um sentimento de devoção que transcende os limites do entendimento e da racionalidade. Naqueles 90 minutos a pessoa perde a sua racionalidade e passa a viver inteiramente com o coração e, nesses momentos, podemos constatar o impacto que um time ou uma seleção é capaz de provocar nos mais diversos tipos de pessoas.

Contudo, mesmo com essas demonstrações de amor, notoriamente somos caracterizados por não reverenciarmos nossa memória da maneira que se deve, em todos os setores da sociedade, e no âmbito esportivo, principalmente no futebol, isso é muito notório. Pensando em manter viva a história do nosso esporte, o estudante de Jornalismo e Administração, Radialista e também árbitro da Federação Gaúcha de Futsal, Maiquel Machado, resolveu criar no ano de 1999, na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul, o Projeto Acervo do Futebol (PAF), onde exerce hoje a função de coordenador, que tem a intenção de preservar e apresentar às pessoas todos os momentos importantes do nosso maior esporte. Atualmente trabalhando ao lado do outro coordenador do projeto, Thiago Feldmann, Machado conta que o principal motivo para a manutenção do PAF é ressaltar um dos principais traços da identidade do nosso país. “A intenção do projeto é dar o devido valor ao esporte que representa uma das nossas identidades, ao mesmo tempo que queremos difundir esta modalidade esportiva como uma manifestação cultural e social, pois hoje o futebol está presente em todos os aspectos sociais, seja na política ou na economia, já que é um esporte democrático, capaz de unir simpatizantes de todas as raças e classes sociais. Além disso, queremos incentivar a busca do conhecimento em outros campos de estudo, mostrar aos jovens que existe a possibilidade de trabalhar no futebol sem ser um jogador, pois em nosso acervo possuímos livros de Direito, Administração, Psicologia e outras ciências relacionadas ao futebol, o que gera a possibilidade de incentivo a novos gestores esportivos, psicólogos e advogados que poderão futuramente trabalhar com o futebol”.

De todo o acervo que possui dentro do Projeto Acervo do Futebol, o coordenador destaca a cópia original do

Os coordenadores do PAF Maiquel Machado (dir) e Thiago Feldmann (esq) querem fazer com que o projeto leve às pessoas todas as informações sobre as histórias e fatos importantes do nosso futebol

livro “Copa Rio Branco de 1932”, lançado no ano de 1949, do jornalista Mario Filho, irmão do grande escritor Nelson Rodrigues, além de possuir um vasto material de revistas das décadas de 70 e 80 e filmes, que sofrem uma grande procura por parte dos estudantes em processo de pesquisas para trabalhos e teses. A curiosidade nisso tudo é que mesmo trabalhando diretamente com a perpetuação da paixão pelo futebol, Machado não torce para nenhuma equipe, e afirmou que sofre gozações de seus amigos torcedores, que querem empurrar um time a ele a qualquer custo. “Não possuo nenhum clube do coração. Moro no Rio Grande do Sul, onde a rivalidade entre gremistas e colorados é muito acirrada, uma das maiores dentro do nosso futebol. Meus amigos colorados dizem que sou gremista, e os gremistas dizem que sou colorado. Convivo muito bem com todos, sem problemas. Gosto muito de futebol, assisto desde a série A3 do paulista até a Major League Soccer (liga de futebol dos Estados Unidos). Sempre que posso estou acompanhando uma partida de futebol, seja de qualquer lugar do mundo”. Entre as ações futuras que o PAF pretende promover estão as oficinas de estímulo à leitura para crianças e possíveis sessões de cinema com filmes sobre futebol em abrigos para idosos.

Quer conhecer o trabalho do PAF ou fazer alguma doação, ou indicação de um material? Entre em contato com Maiquel Machado através do e-mail acervodefutebol@yahoo.com.br, no site http://acervodefutebol.blogspot.com, no Twitter @AcervodeFutebol e no Facebook www.facebook.com/acervodefutebol

www.outdoorregional.com.br | 47


saúde

Marcelo Galvão m-galvao@outdoorregional.com.br

http://chameofarmaceutico.tumblr.com/

Beijos de Uma das épocas mais festivas do ano exige cuidados na mesma medida da diversão

O

Carnaval está chegando e as pessoas se empolgam com a música, a alegria, a bebida e, claro, o beijo! Porém, através de um simples beijo, muitas doenças podem ser transmitidas, afinal, boa aparência não significa que a pessoa é saudável. A mais famosa doença transmitida é a Mononucleose Infecciosa, que inclusive chegou a receber o título de “Doença do Beijo” e é muito confundida com um resfriado. Objetos que entrem em contato com a saliva também são fontes de transmissão, como utensílios de cozinha e artigos de higiene pessoal. Entretanto, a Mononucleose não é a única doença que pode ser transmitida através do beijo, como poderá ver nos tópicos a seguir. Se sentir qualquer um dos sintomas, procure um médico e nunca faça uso da automedicação.

Cárie Agente Transmissor - Bactéria Streptococcus mutans Sinais e Sintomas - Dor, inflamação, sensibilidade quente/frio, mau hálito Tratamento - Limpeza e restauração através de resina

Meningite Meningocócica Agente Transmissor - Bactéria Neisséria meningitidi Sinais e Sintomas - Rigidez na nuca, rigidez nos ombros, diarréia, rigidez nas costas, febre, dor de cabeça Tratamento – Antibioticoterapia

Algumas doenças transmitidas através do beijo Mononucleose Infecciosa Agente transmissor – Vírus Epstein-Bar Sinais e sintomas - Aumento de gânglios (virilha, axila e pescoço), fadiga, aumento do baço, febre, aumento do fígado, dor de garganta. Se a pessoa estiver utilizando antibiótico podem aparecer manchas vermelhas (rash) Tratamento - Não tem cura. Tratamento ortomolecular ou alimentos que melhorem o sistema imunológico

Herpes Labial Agente Transmissor - Herpes simplex vírus 1 (HSV-1) Sinais e sintomas - Lesões (bolhas e feridas) podem aparecer em qualquer lugar ao redor da boca Tratamento - Não tem cura. Reaparece toda vez que o sistema imunológico estiver baixo

48 | www.outdoorregional.com.br

Outras doenças como a hepatite (A e E) e algumas DST’s, como a sífilis e gonorréia também podem ser transmitidas se houver lesão (uma afta, por exemplo) na mucosa da boca. Então, cuidado na hora de se divertir, escove os dentes, cuide da higiene e beije quem você acha que merece ser beijado! Bom Carnaval!


www.outdoorregional.com.br | 49


games

Rafael Barbosa r-barbosa@outdoorregional.com.br

Produtora: Capcom Desenvolvedora: CyberConnect 2 Plataformas: PS3 / Xbox 360 Lançamento: 21/02/2012

E você achava as lutas de Dragon Ball Z épicas... ste ano a pancadaria promete rolar solta no mundo dos vídeo games. Com os lançamentos do reboot de Devil May Cry e Metal Gear Rising: Revengeance, marcados para os próximos meses e com os crescentes rumores sobre o anúncio de um novo God of War, os fãs do gênero hack and slash parecem estar bem abastecidos para este ano. Mas existe mais um game do gênero a ser lançado este ano, um que não tem chamado muita atenção neste lado do planeta, porém que fez barulho no oriente e que já começa a ser chamado de “o God of War japonês”. E a comparação não é despropositada, afinal, Asura’s Wrath também conta a saga de um general traído pelos deuses. Baseado na mitologia hinduísta e budista, o game conta a história de Asura, um general a serviço dos deuses que após voltar de uma guerra, é injustamente acusado de um crime e por conta disto tem sua mulher assassinada e sua filha sequestrada. Banido para a terra, o guerreiro é acordado de sua hibernação séculos depois pelas orações de uma jovem, despertando cheio de fúria e desejo de vingança. Porém as comparações com a jornada do deus da guerra param por aí. Embora o título prometa trazer uma mecânica muito

50 | www.outdoorregional.com.br

parecida com a que foi eternizada nas aventuras de Kratos, como combates contra vários oponentes, evolução de poderes e os famosos Quick Time Events, a CyberConnect 2 parece ter tomado o cuidado para trazer aos jogadores um épico totalmente oriental.

Avaliação rápida

A começar pelo design do game que, baseado nos traços de mangás e animes, traz personagens de proporções exageradas, com olhos grandes e expressivos, sempre se utilizando de cores fortes e vivas. A jogabilidade também promete variar, alternando entre combates corpo a corpo e combates à distância, que utilizam uma mecânica muito similar ao game Sin and Punishiment. Porém o que realmente promete chamar a atenção em Asura’s Wrath é a grandiosidade de seus combates. As lutas prometem ser emocionantes, seja contra hordas de inimigos ou contra criaturas gigantescas, em batalhas tão épicas que algumas vezes deixaram a terra,

indo em direção ao espaço. E se você achou épica a luta de Kratos contra um Titã, espere até ver Asura enfrentar um inimigo do tamanho de um planeta!


www.outdoorregional.com.br | 51


Autos

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Nova Santa Fé:

Deslumbrante! Com reformulações estéticas e de engenharia, a Santa Fe aparece com um novo design único e revolucionário em questões de potência, autonomia e economia. Além disso, garante satisfação ao dirigir pelo conforto e desempenho.

A maior novidade

Entre os principais diferenciais dessa nova versão está o Controle de Declive DBC (Downhill Brake Control), um sistema de freio e tração que auxilia automaticamente a dirigibilidade do condutor em descidas com grande inclinação e em terrenos com baixa aderência. Para isso, basta acionar o sistema através de um toque no botão e pronto: o condutor terá pleno domínio sobre o veículo.

Freios

A segurança dos freios do veículo também foi triplamente reforçada com a implantação de freios ABS (Sistema de Antitravamento), EBD (Distribuição Eletrônica da Força dos Freios) e BAS (Freios Assistidos). Como se não bastasse, ainda para aumentar a segurança, foi adicionada a tração 4x4 AWD integral, controlada eletronicamente com os sistemas EPS (Sistema de Estabilidade Eletrônica) e TCS (Sistema de Controle de Tração). E ainda, para fechar com chave de ouro e garantir por completo a segurança do motorista e passageiros em caso de acidentes, a nova Santa Fe no modelo top vem com 10 airbags frontais, laterais e de cortina. Com isso, pode-se dizer que a segurança é cinco estrelas.

Motor e detalhes externos

O motor do veículo é o novo Lambda II 3.5 V6 Dual CVVT 285CV e o câmbio é automático com shiftronix de seis marchas com trocas imperceptíveis. A frente possui grade dianteira cromada e um novo acabamento de metal. A traseira aparece com novas saídas de escapamento e acabamento.

52 | www.outdoorregional.com.br


Equipamentos

Na parte de equipamento, a Santa Fe, se equipada, traz kit multimídia que conta com tela de 7” polegadas touchscreen completo com sistema de som AM, FM, CD, DVD, Bluetooh, MP3, entrada auxiliar USB, iPhone e iPod, GPS, câmera de visão traseira, sistema assistência para parking, e conta com 5 ou 7 lugares, bancos elétricos de couro, piloto automático, Cruise Control com comandos na dire-

ção e teto solar panorâmico, tudo isso proporcionando, com certeza, uma viagem perfeita. Ela também é equipada com coluna de direção retrátil, cintos dianteiros com pré-tensionadores e limitadores de força. Outros detalhes são o sistema de partida sem chave com botão startstop e sensor de proximidade. Comercializado nas versões de cinco e sete lugares, o veículo conta ainda com bancos elétricos de couro.

Dimensões

Transmissão

4,67 metros de comprimento, 2,67 metros de distância entre-eixos e 203 mm de vão livre do solo.

Ficha técnica

Rodas e pneus 7,0 J x 18" em liga leve, radiais 234/60 R18

Automática de seis velocidades; opção de acionamento manual e sequencial, com controle de distribuição de torque, com sistema adaptativo de condução

Itens externos Suspensão Dianteira independente tipo MacPherson e traseira independente Multi-link com molas helicoidais; amortecedores pressurizados a gás de dupla ação

Faróis com refletores multi-foco, faróis de neblina, alarme anti-furto, imobilizador (se equipado), brake light incorporado ao aerofólio traseiro,acendimento automático do farol (se equipado)

www.outdoorregional.com.br | 53


finanças

Fábio Sanqueta f-sanqueta@outdoorregional.com.br

BGE anunciou a inflação acumulada de 2011: exatos 6,50%

P

rimeiramente, vamos entender o que é a inflação. Ela é a queda do valor de mercado ou poder de compra do dinheiro. Porém, é usada para se referir ao aumento geral dos preços, sendo também o oposto de deflação. Índices de preços dentro de uma faixa entre 2 a 4,5% é o ideal. Inflação “zero” não é o que se deseja, pois pode estar denunciando a ocorrência de uma estagnação da economia, momento em que a renda e a demanda estão muito baixas, significando alto desemprego e crise. contando a inflação do período. Isso afeta a economia num geral, não somente com a subida dos preços, mas com a forte pressão exercida sobre aumento de salários e reajuste do mínimo.

Quais os efeitos a médio e curto prazo O que podemos concluir sobre este número de 6,5% A conclusão é simples. A política monetária em 2011 se distanciou 2% do centro de sua meta. Isso significa um desvio de 44% do seu objetivo inicial. Com um exemplo simples e objetivo, citarei o que pode acontecer com o valor do seu dinheiro em nosso dia a dia: se você possui uma renda mensal de R$ 1.000,00, esse seu dinheiro antes do fechamento do ano de 2011 tinha como poder de consumo os mesmos R$ 1.000,00, mas hoje ele perdeu seu valor em 6,5% (inflação). Fazendo uma conta rápida, sua renda hoje está em torno de R$ 935,00 des54 | www.outdoorregional.com.br

No curto prazo, o poder de compra do consumidor se reduziu a uma taxa maior do que esperado. Além disso, há o comprometimento da meta de 2012. Como bem já alertou Alexandre Schwartsman, Economista-chefe do Grupo Santander Brasil, se o BC tiver errado a dose de juros em 2011, os efeitos se propagam até 2013. Dentre os efeitos a médio prazo, um deles é a perda da credibilidade no trabalho do BC em buscar a meta para 2012. Uma possível leitura do resultado de 2011 é a de que o BC abandonou a busca pela meta de 4,5% e agora trabalha com o objetivo de ficar abaixo de 6,5%. Por fim, se de fato o BC agora persegue uma inflação menor ou igual a 6,5%, o risco de uma inflação maior é grande. Neste cenário, qualquer choque de oferta (desastres naturais, aumento do preço do petróleo, etc) podem empurrar a inflação para cima.


www.outdoorregional.com.br | 55


Turismo

Juliana Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br

Vamos pular

meu rei? atrás do trio,

A sempre acolhedora Salvador é um dos lugares mais procurados para o carnaval

C

om 2.465,9 horas anuais de sol e dias claros em todas as estações do ano, uma temperatura média anual de 25.5°C e uma brisa refrescante constante que vem do mar, a sempre acolhedora Salvador é um dos destinos mais procurados pelos turistas, principalmente no carnaval. Além disso, os seis dias de muita folia e muito axé atraem os visitantes que procuram pelos inúmeros blocos e trios elétricos que invadem a cidade. Fundada como São Salvador da Bahia de Todos os Santos, a cidade também é conhecida como “Capital da Alegria” devido aos festejos populares e “Roma Negra”, por ser considerada a metrópole com maior percentual de negros fora da África.

56 | www.outdoorregional.com.br


É a maior festa de participação popular do planeta. São mais de 2 milhões de foliões e cerca de 223 entidades cadastradas na Empresa Salvador Turismo que organiza a festa, entre elas 36 blocos de trio. O som eletrizante agita três circuitos: Osmar (Campo Grande), Dodô (Barra-Ondina) e Batatinha (Centro Histórico), somados aos blocos afro e seus tambores para percorrer uma área de 25 quilômetros de avenidas, ruas e praças transformando-a na Cidade do Carnaval e, como diz a própria marca da festa, “o coração do mundo bate aqui”. Em 2012 o tema da festa é “O País do Carnaval” em homenagem ao centenário do escritor baiano Jorge Amado. O portal oficial inaugurado em janeiro apresenta ícones dos principais personagens de suas obras literárias. A novidade deste ano é que os foliões poderão compartilhar tudo nas mídias sociais, com direito a Fan Page no Facebook, Twitter (@carnaval_saltur) e transmissão ao vivo via Web TV através do www.carnaval.salvador.ba.gov.br.

O turista que escolhe Salvador tem a difícil missão de montar um roteiro: ele pode caminhar na praia pela manhã, fazer um passeio ao Centro Histórico à tarde, dançar nos ensaios dos blocos de carnaval, visitar museus e teatros famosos, como o Castro Alves, o Jorge Amado e o Vila Velha, ir ao Farol da Barra ver o pôr-do-sol na Baía de Todos os Santos ou ainda jantar em um dos bons restaurantes da cidade. O Mercado Modelo é o lugar certo para comprar lembranças da Bahia, dentre rendas, berimbaus e todo tipo de artesanato. No porão do Mercado ficavam os escravos vindos da

África enquanto esperavam para ser leiloados, local atualmente aberto para visitação. Além disso, há o famoso Pelourinho, repleto de construções coloniais de diferentes cores, que tempos depois do final da escravidão no país, recebeu grandes investimentos para a instalação de hospedarias, restaurantes, escolas de dança e artes e a restauração dos casarios coloniais. A palavra Pelourinho corresponde a uma coluna de pedra localizada normalmente ao centro de uma praça, onde criminosos eram expostos. Em Salvador, o uso principal era para castigar escravos com chicotadas. Hoje ele se transformou em um centro cultural tombado pela UNESCO e também certificado como Patrimônio da Humanidade. Mais uma opção é conhecer o Elevador Lacerda, um cartão-postal que liga a Cidade Baixa à Cidade Alta. Ou então Igreja de Nosso Senhor do Bonfim construída em estilo neoclássico com fachada em rococó, o Parque Metropolitano da Lagoa, a Fundação Casa de Jorge Amado e as Dunas do Abaeté.

Salvador oferece aos seus visitantes um vasto repertório arquitetônico com relíquias da época colonial. A primeira capital do Brasil mostra em seus traços a preocupação dos colonizadores do século XVI com a segurança da cidade, construindo uma estrutura de defesa para que o litoral fosse guardado pelos fortes sempre vigilantes a possíveis invasões. São sobrados, solares, palacetes, igrejas e conventos com grandes salões e quintais em forma de jardins ao fundo, tudo isso esperando os turistas com suas máquinas fotográficas para registrar, certamente, belos momentos.

www.outdoorregional.com.br | 57


Direito

Bruno Fernandes b-fernandes@outdoorregional.com.br

Infernal! Meu vizinho já acorda ouvindo suas músicas freneticamente e vai até o adentrar da noite; ou o namorado da filha da vizinha chega com seu “possante” e o namoro é regrado de música alta. A conversa falhou. O que faço?

F

alta de bom senso e de cidadania fazem as pessoas abusarem em certas ocasiões, ignorando por completo o bem estar do próximo. As festas de fim de ano se foram há pouco, logo chegará o carnaval e então, mais festas. Situações perfeitas para reunirmos os amigos e familiares para ouvir música, cantar, gritar; fazer aquela folia que, muitas vezes, nos faz esquecer que o vizinho pode incomodar-se com o barulho. Muitas pessoas nem precisam de pretextos de festas e fazem do dia a dia um motivo para comemorar, geralmente com música alta, gostos duvidosos ou até mesmo vulgares. Não muito longe, motoristas com suas máquinas de fazer barulho resolvem estacionar bem em frente à sua casa e ligar seus potentes equipamentos, em volume máximo. Atitudes que até aguentamos por algum tempo, mas depois disso, faz qualquer monge budista perder a paciência. Nosso direito prevê situações como estas, e as trata por “perturbação do sossego”, punida com prisão simples de até três meses ou multa. No entanto, é comum ouvirmos que até as 22h podemos tudo, e somente após esse horário devemos nos atentar a barulhos ou algazarras. Ledo engano, a partir do momento que nossas atitudes passam a incomodar terceiros, seja cedo ou tarde, se-

58 | www.outdoorregional.com.br

gunda ou terça, estamos cometendo uma contravenção. Situações como estas são corriqueiras, gerando perturbações. Em casos isolados, uma boa conversa é o bastante para se resolver, mas em casos reiterados, necessitamos recorrer ao auxílio do poder público, através da polícia, que pode ser instada a se manifestar por meio da realização de um boletim de ocorrência, ou em casos mais extremos, com suporte do judiciário, através de uma ação de obrigação de não fazer. A bem da verdade, bastaria o bom senso para o bom convívio em sociedade, lembrando-se sempre que o meu direito termina onde começa o do outro, contudo, na falta deste, cabe aos órgãos competentes ensinar ao sem noção um pouco de cidadania.


www.outdoorregional.com.br | 59


Política

AC Rezende ac-rezende@outdoorregional.com.br

O ano de 2012 nasceu com todos os ingredientes para ser o pior desde o início deste século. O veneno da ganância sufocou o fermento dos mercados, gerando um bolo de intolerância e irresponsabilidade

ano de 2012 começou particularmente apocalíptico para este pequeno torrão de argila que orbita nosso Astro Rei. Enquanto o fim do mundo já chegou, há décadas, para populações inteiras de desassistidos - para quem a crise econômica mundial não representa qualquer coisa e não faz o menor sentido, por motivos óbvios - os países desenvolvidos, entorpecidos por promessas insustentáveis de ganhos sem investimentos reais e lucros sem qualquer produção, tateiam o lodoso chão das negociações internacionais e cedem ao antigo hábito de apontar o imigrante como um dos culpados pelo seu infortúnio, enquanto este deva-se mais à falência moral de suas instituições do que ao acaso ou a nacionalidade de indivíduos.

Philipp Hildebrand, ex-presidente do BC da Suíça 60 | www.outdoorregional.com.br


Embora prenhe de crises, irremediavelmente cíclicas, a economia sempre conseguiu aprender com seus erros, tendo aperfeiçoado, sistematicamente, o jogo do mercado. Se tivesse uma natureza friamente exata, diante de tantas crises econômicas que o mundo já viveu, nadaríamos em águas plácidas. Mas o elemento humano, que para o bem e para o mal compõe a genética dos mercados, impede que a racionalidade sobreviva aos fantasmas da ganância, do medo da derrocada e falência, levando as crises a patamares em que a razão é apenas coadjuvante, e não elemento principal, em especial em mercados dominados pela insânia do pensamento único, batizado de “neoliberalismo”. Enquanto essa escola acenava com a possibilidade irreal de facilidades desenvolvimentistas propulsionadas por mercados autoregulamentados, a economia gerava, em seu ventre, uma das maiores crises de sua história. Mas essa crise, de forma consciente ou não, tem filhos medonhos (como outras) que, se não vestem a túnica do ditatorialismo, tocam as rédeas da intolerância.

França

A França conseguiu o recorde de expulsões de estrangeiros em 2011. Na balança de uma questionável justiça histórica, pesam 32.922 imigrantes a menos, o mais elevado índice de deportações de seus séculos de existência. O anúncio foi feito, com alarde, pelo ministro do Interior, Claude Guéant. O índice é 17,5% superior a 2010, sendo a meta para este ano de 35 mil. Seu alvo não se dirige apenas aos clandestinos, mas aos imigrantes legais também (com inúmeras dificuldades para renovação de documentos). Guéant relacionou os índices de violência no país à presença de imigrantes, que representam

6% da população francesa, maior população muçulmana da Europa, boa parte dela com laços familiares com antigas colônias francesas no norte da África. Em muitos países europeus, o imigrante é apontado como causador de desempregos e tumultos. Outros chegam a chamar de vagabundos seus vizinhos de porteira, imputando somente a eles uma culpa que deveria ser devidamente compartilhada. Planos econômicos e medidas políticas podem ser enterradas, com pás de cal, por nacionalismos irresponsáveis.

Israel

Já em Israel, o tradicional fracasso de sua política sobre imigração ilegal, levou o parlamento a endurecer as medidas contra os imigrantes ilegais e israelenses que os ajudarem. A nova lei permite que esses imigrantes sejam presos perpetuamente, caso cometam crimes contra a propriedade, e detidos por até três anos sem julgamento. Já os israelenses que os ajudarem podem ser condenados a até 15 anos de prisão.

Estados Unidos

Nos EUA, o conservadorismo rebrota nas palavras rocambolescas de Mitt Romney, que vem vencendo as primárias republicanas e deverá ser o opositor de um Obama mais conservador. A coletividade do “sim, nós podemos” está sendo trocada pela individualidade do “a culpa é sua”. E assim segue o combalido mercado internacional, para alegria dos apocalípticos. A economia aprende com os seus invernos. Se reinventa. Mas por melhores que sejam seus argumentos, jamais serão convincentes o bastante para que a natureza humana, em seu ponto mais íntimo, lhe dê ouvidos.

www.outdoorregional.com.br | 61


Trabalho

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Sustentabilidade no trabalho

62 | www.outdoorregional.com.br


P

ara muitos, é algo comum o ambiente de trabalho ser uma extensão da casa, afinal, é um lugar onde você passa grande parte do dia. Por isso, algo que precisamos nos atentar, é para o fato de que precisamos estender também o cuidado que temos em nossas casas, para o trabalho. Muitas empresas já incentivam seus funcionários a terem essa preocupação, mas se isso não acontece no lugar onde você trabalha, seu papel é ainda mais importante. É claro que sua função é, sim, ter um bom desempenho em sua profissão, mas nos dias atuais, os empregadores buscam pessoas completas que, além de bons profissionais, sejam conscientes dos cuidados necessários para uma vida melhor. Visto isso, aqui vão algumas dicas para alcançar sucesso em sua postura de funcionário preocupado com a sustentabilidade:

Transporte

Que tal organizar caronas para ir ao trabalho? Colegas de trabalho que moram próximos uns dos outros podem se mobilizar para irem todos no carro de uma pessoa só, fazendo uma escala semanal, por exemplo. O trânsito, o ar e o bolso agradecem.

Materiais de escritório

Ao invés de jogar fora impressões que não deram certo, use o verso como papel para anotações, pois dessa forma você reaproveita e acaba gastando bem menos. Da mesma forma, se adapte a utilizar os dois lados do papel quando for fazer impressões em grande quantidade.

Ao invés de utilizar copos descartáveis cada vez que der uma pausa para o cafezinho, leve sua própria caneca. O mesmo funciona para a água, pois você trazer de sua casa uma garrafa e deixá-la sobre sua mesa, evitando o uso excessivo de copos de plástico.

Computador

Quando for sair para o almoço ou para alguma reunião mais longa, desligue a tela de seu computador, assim você economiza energia.

Lixo

Se houver uma cozinha no local, disponível para lanches e coisas do tipo, procure sempre separar o que for jogar fora em plásticos, papéis, vidros, alumínios e orgânicos. É fácil e logo será seguido pelos outros colegas de trabalho se você der o primeiro passo para o descarte correto do lixo.

www.outdoorregional.com.br | 63


gourmet

Talita Dias t-dias@outdoorregional.com.br

Comde sabor verão Raspadinha de melancia verão é a estação preferida de muitos de nós, brasileiros. Neste período as temperaturas permanecem elevadas e os dias são longos. Por isso, para curtir melhor esse período, o segredo é fazer refeições leves, consumir frutas e sucos naturais durante o dia e beber bastante líquido pra manter o corpo hidratado. Pensando nisso, a Outdoor Regional preparou pra você uma receita prática e refrescante que vai tornar seu dia muito mais agradável sem perder tempo.

ingredientes

modo de preparo

01 02 03 64 | www.outdoorregional.com.br

1 lata de leite condensado 3 xícaras (chá) de melancia picada, sem semente 1 forma de gelo picado

rendimento 8 porções

dica

você pode variar o sabor da raspadinha substituindo a melancia por outra fruta de sua preferência. Vale uva, morango, maracujá, etc

Quer participar da editoria de Gourmet na Revista Outdoor? Mande sua receita para t-dias@outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 65


pratada

casa

Juliana Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br

Irreverência, bom humor

e muito sertanejo! A dupla Danny e Allan vem arrastando público por onde passa, combinando música e boas doses de risada

J

untos há quase quatro anos, como eles mesmos dizem, após o “primeiro encontro”, a dupla Danny e Allan mistura irreverência e bom humor ao som sertanejo. “Nosso primeiro contato foi há uns três anos, não sou bom com datas, mas sei que foi em meados de junho ou julho onde há muita festa junina na cidade”, tenta explicar Danny. Logo corrigido por Allan: “Estamos entrando no quarto ano, contando pelo nosso primeiro ‘encontro’. Ele deixou um depoimento no Orkut querendo me conhecer”, diz entre risos.

O início de uma parceria

O primeiro show juntos foi na abertura do show do Cesar Menotti e Fabiano, no Pagliato, em Sorocaba, em agosto de 2008 e, depois disso, não pararam mais. Entre as composições próprias estão “Só amanhã” composta por Allan e Laluna da dupla Laluna e Vinícius, “Aparpá”, “O rico e o pobre”, “Como que ocê pode” e a de trabalho que se chama “Fogueteira”. “No nosso primeiro CD tem cinco composições minhas, algumas em parcerias. A ‘Só Amanhã’ virou lema dos baladeiros nos shows, e o engraçado é que essa música foi composta há uns sete anos, meio por brincadeira e quando mostrei ao Danny ele falou

66| www.outdoorregional.com.br

‘vamos gravar’”, completa Allan. Hoje a banda é formada por Beto Salgado (contra baixo), Cássio Abdalla (bateria), Cleiton Alves (violões e guitarra), Evandro Hurricane (acordeon e teclados) e na equipe de estrada Raphael Fernandez e Jonnhy Vinicius. As influências musicais não poderiam ser mais variadas, passando de puro rock and roll a Beto Barbosa. “Sempre ouvi um pouco de tudo, FM total devido à escola das Bandas de Baile, gosto de Roupa Nova, Jota Quest, Beto Barbosa, Daniel, Alexandre Pires (SPC)”, conta Allan. “Já eu sou quase totalmente voltado ao rock, como Queen, Europe, Scorpions, mas também adoro música latina como Eddie Gourme por influências maternais”, diz Danny.

Projetos e futuro

Há seis meses a dupla iniciou um projeto na TV. O programa “Comédia Sertaneja” é exibido ao vivo todas as terças-feiras às 21h pelo site www.sorocabaaovivo.com.br e reexibido as sextas às 20h no canal 16 da NET. Em 2012, além da expansão do trabalho para outras regiões, visando projeção nacional, eles também querem gravar o DVD. Mais no site www.dannyeallan.com.br, facebook e twitter @dannyeallan.

Prata da casa é uma editoria destinada a divulgar os artistas da nossa Região. Se você é esportista, possui uma banda, grupo de dança ou de teatro ou qualquer talento artístico este espaço é para você! Escreva agora para prata@outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 67


Região

Camila Marcusso c-marcusso@outdoorregional.com.br

Tempo de ser feliz! Para quem pensa que chegar à terceira idade é um problema, essa turma prova o contrário!

P

ara essa galera não há tempo ruim! A idade só acrescenta experiência e vitalidade. Carolina Arruda, por exemplo, tem 67 anos e pratica atividades físicas. “Eu acho excelente. As atividades fazem bem não só para o corpo, como também para a mente”, diz.

Mais anos de vida

Com o crescimento da expectativa de vida da população, graças às características contemporâneas favoráveis de quali-

68 | www.outdoorregional.com.br

dade de vida, o número de idosos tem aumentado e, muitos deles, têm aproveitado esta fase da vida para cuidar da saúde, passear e se divertir.

Ação!

No Núcleo da Terceira Idade de Boituva (NUTI), atividades como ginástica, artesanato, pintura, psicoterapia, dança de salão, hidroginástica, coral, teatro, massoterapia, vôlei, crochê, pilates, hidroterapia, jogos de salão, entre muitas outras, fazem parte do cotidiano dos alunos.


Fundado em 1991, o projeto apresenta 26 atividades diferentes e, mais que isso, oferece momentos de lazer, cuidado com a saúde, convívio agradável, amizades e alegria. É o que afirma a Presidente Elvira Lissoni da Costa: “O NUTI é como se fosse uma segunda família. Eles vêm com depressão, problemas de saúde e se renovam através do convívio, dos passeios e das atividades. NUTI é vida!”.

Há três anos na presidência, Dona Elvira desenvolve um trabalho voluntário, assim como toda a equipe da diretoria e conta que faz por amor. “É maravilhoso! Quem não vem está perdendo, aqui se ganha em saúde, amizade, carinho: tudo”, fala a presidente.

As diversas atividades

Sandra Maria Moraes de Almeida faz aulas de ginástica, musculação, hidroginástica e dança de salão e descreve ter melhorado bastante. “Além de a aula ser boa, as companhias e as amizades também são excelentes”, expõe Sandra. Para Adão Venturoso de Paiva, é importante praticar atividades diversificadas. “Pratico várias atividades diferentes. Há aulas até de computação e shows”, conta. Marli Melaré, professora de educação física, mostra que a animação da turma contagia suas aulas. “Trabalhar com a terceira idade é diferente. Eles são mais esforçados, mais ativos, mais animados, têm mais vontade e não faltam. É um ânimo fora do comum!”. Além disso, a professora lembra os cuidados necessários para trabalhar com a terceira idade. “Temos que ter o cuidado de reduzir o esforço, sempre respeitando o limite de cada um”, ressalta.

1, 2, 3 e já!

Dona Carolina Arruda deixa um recado para todos, em especial para os jovens: “Recomendo que todos se exercitem desde cedo, principalmente os jovens, que devem trocar um pouco a internet por outras atividades. Mais movimento, menos depressão!”.

Serviço:

Para mais informações sobre o Núcleo da Terceira Idade de Boituva (NUTI), entre em contato através do telefone (15) 3263-5382.

As aulas de ginástica do NUTI atraem muitos alunos.

Há momentos de descontração, como nos jogos de cartas.


horóscopo

Escrito por: João Bidu www.joaobiducom.com.br Twitter: @joaobidu

Signo do mês Aquário - 21/01 a 19/02

j-bidu@outdoorregional.com.br

Peixes

de 20/02 a 20/03

No campo profissional, use e abuse do seu sexto sentido. Pode sentir dificuldade diante de situações novas, mas não convém se estressar. Depois do dia 20, tudo vai melhorar, aproveite para mostrar seus talentos. O mês vai exigir mais reflexão sobre sua vida de um modo geral. Em casa, momentos de instabilidade não estão descartados. Evite se isolar e tente manter a harmonia do ambiente. A dois, o ciúme será seu maior desafio. Se quer sentir segurança no romance, não faça muitas cobranças. Na segunda quinzena, vai conseguir demonstrar seu amor e tudo vai melhorar. Se está só, vai evitar se envolver com medo de se magoar. Na segunda quinzena, pode reencontrar alguém e começar um namoro.

Touro

Sergio marone 04/02/1981

Shakira 02/02/1977

No trabalho, tudo o que fizer em equipe está favorecido. mas precisará maior atenção ao desenvolver suas tarefas, pois há tendência a se distrair com facilidade. Até o dia 13 não faltarão ideias criativas – compartilhe com o pessoal! Os astros indicam uma fase positiva entre amigos e familiares. Na primeira semana pode até cobrar demais das pessoas da sua estima, mas a partir do dia 08, sua alegria toma conta do cenário e vai contagiar quem está à sua volta. Romance protegido. Os interesses da pessoa amada estarão entre suas prioridades, aumentando a sintonia de vocês. Se procura um par, graças ao seu jeito comunicativo e seu charme, há grandes chances de encontrar alguém especial. 70 | www.outdoorregional.com.br

de 21/04 a 20/05

O Sol envia vibrações positivas para o trabalho - vá em busca de seus objetivos. Tudo indica que terá oportunidades de crescimento e reconhecimento em sua carreira. Depois do dia 08, alguns obstáculos podem surgir, mas não faltará motivação para superá-los. Em casa, compartilhe seus sonhos e ouça o conselho dos mais experientes. O campo afetivo conta com boas energias no começo deste mês. Você saberá como envolver seu par com seu lado carinhoso. Mas, depois dos primeiros dias, será preciso se esforçar um pouco mais para agradar sua alma gêmea. Evite se isolar, converse e esclareça dúvidas para manter a harmonia do romance. Se está só, aproveite as energias da primeira quinzena para conquistar.

Gêmeos

de 21/05 a 20/06

É tempo de vencer desafios e mostrar sua capacidade no trabalho. Netuno vai dar a inspiração que faltava para você progredir. Mas, se deseja mudar os rumos de sua vida profissional, aproveite as energias do Sol para encontrar um emprego que corresponda às suas expectativas. Em casa, invista em atividades diferentes e afaste a monotonia. Passeios e viagens renovam o astral com os familiares e amigos. Fuja da rotina! Saia com seu par e vai se divertir bastante. Na última semana, tudo indica que vai preferir programas mais sossegados. Se deseja conquistar, agite sua vida social! Depois do dia 08, você estará mais cativante e vai fazer sucesso. Uma paixão animadora não está descartada.


Câncer

de 21/06 a 21/07

No trabalho, uma certa insegurança pode te acompanhar no começo do mês. Mas, depois do dia 08, estará mais confiante e seguirá em busca de suas metas. Confie em suas habilidades! Se procura um emprego, conte com o apoio de gente experiente. Há uma tendência a dar mais atenção aos familiares neste período. Alguns setores de sua vida passarão por transformações e isso pode influenciar seu romance. Pare um pouco e reflita sobre suas inseguranças e sua postura diante dos acontecimentos. Isso vai trazer crescimento emocional e momentos de felicidade ao lado do par. Se procura um amor, terá charme de sobra para atrair alguns pretendentes, mas seu coração não vai se contentar com pouco.

Leão

de 22/07 a 22/08

Escorpião

de 23/10 a 21/11

No trabalho, use suas experiências anteriores para se destacar. Mas, a partir do dia 08, cuidado com atitudes precipitadas. Prefira trabalhar em equipe a se lançar em projetos individuais. Assim, o sucesso virá para todos. Lembranças do passado estarão presentes em sua vida neste período. Aproveite para resolver assuntos pendentes com as pessoas ao seu redor. Entre amigos e familiares, não faltará cumplicidade. No começo do mês, Vênus traz boas energias para os casais apaixonados. Já depois do dia 08, será preciso um amor sólido para vencer as dificuldades. Se está só, deixe as mágoas de lado e viva o presente. Ótimas vibrações astrais na paquera, especialmente na época do Carnaval.

Sagitário

de 22/11 a 21/12

Depois do dia 08, você se sentirá com motivação de sobra para se dedicar às tarefas profissionais. Talvez seja o momento de investir em novos aprendizados e assumir outras atividades. Em casa, alguns conflitos podem surgir, mas você saberá como diminuir as tensões e conciliar diferenças. O romance estará em ponto de destaque neste mês. Aproveite para se aproximar ainda mais de sua cara-metade, tudo ganhará mais brilho e entusiasmo quando estiver acompanhado(a). Mas não deixe que o amor te sufoque, reserve um tempo para sua individualidade. Se pretende conquistar, não faltarão motivos para comemorar. Está em um período de muita agitação e tudo indica que oportunidades vão surgir.

Excesso de franqueza pode gerar inimizades. No trabalho, quanto maior a sua liberdade de ação, maior o seu destaque. Mas sua impulsividade poderá prejudicar o contato com colegas e superiores. Netuno, a partir do dia 03, ajuda a restabelecer a harmonia em casa. Aproveite o Carnaval para se divertir e reencontrar pessoas especiais. No romance, sua agitação vai ditar o ritmo do relacionamento na primeira quinzena, contagiando seu amor com seu entusiasmo. Na segunda quinzena, mantenha o pique e não permita que problemas alheios interfiram na sua felicidade. Conquista favorecida. A partir do dia 08, seu sucesso está garantido e, se deseja um namoro sério, não apresse os acontecimentos.

Virgem

Capricórnio

de 23/08 a 22/09

Com o Sol em sua Casa do Trabalho, terá energia de sobra para conquistar seus objetivos. Os astros também prometem criatividade, use-a para chegar mais perto do sucesso. Depois do dia 14, as parcerias estão favorecidas. Em casa, o excesso de responsabilidade pode pesar, então, evite assumir muitas tarefas ou poderá comprometer a harmonia do seu lar. O contato com colegas de trabalho fora do ambiente profissional deve animar sua vida social. Se já tem um amor, espere pelas boas influências de Vênus e Netuno no início do mês. A partir do dia 08, conflitos podem surgir, mas as dificuldades serão superadas. Está só? Aproveite o Carnaval para paquerar. Seu lado sedutor pode surpreender.

Libra

de 23/09 a 22/10

A partir do dia 03, Netuno começa a enviar ótimas energias para o setor profissional, realçando seus talentos. Sua criatividade também estará em destaque, aposte em seus dons! Invista em seu aperfeiçoamento na segunda quinzena e não vai se arrepender. Com a vida social agitada, não faltarão convites para se divertir com amigos. Mas não deixe a família em segundo plano ou poderá receber cobranças. A dois, o mês começa um pouco instável. Mas, depois do dia 08, tudo vai melhorar. Com seu jeito mais apaixonado, vai superar as diferenças do romance. Na conquista, seu sucesso está garantido. Só tenha cuidado com a empolgação e saiba diferenciar algo passageiro de um sentimento mais profundo.

de 21/05 a 20/06

Aproveite sua vitalidade para resolver questões profissionais e expor suas ideias, poderá conquistar ótimos resultados. Mas, depois do dia 08, tenha cautela. Saturno pode trazer obstáculos para sua vida, então, tenha objetividade em suas ações. Este mês, seu foco estará nas finanças, mas isso não vai te impedir de dar atenção ao pessoal de casa. Tudo indica que vai curtir os momentos de folga ao lado da família. A dois, compartilhe expectativas e planos, assim o entrosamento entre vocês será total. Intimidade estimulada a partir da segunda semana do mês. Na hora da conquista, seu jeito prudente vai dar as cartas e só vai investir em um romance se tiver certeza daquilo que você quer.

Áries

de 21/03 a 20/04

Seja paciente ao lidar com as pressões existentes no ambiente de trabalho. Só assim conseguirá a tranquilidade necessária para administrar melhor suas atividades e eliminar pendências. Sua agitação será visível em todos os setores e há uma tendência a deixar os familiares em segundo plano - não permita que isso aconteça. Na vida afetiva, não se deixe abater por pequenos desgostos nos primeiros dias do mês, valorize os momentos ao lado de sua cara-metade. Depois disso, não faltarão carinho e romantismo em seu romance. Se precisar resolver algum mal-entendido, aproveite o período. Está só? Saia com amigos e terá grandes chances de conhecer alguém especial. Abuse do seu magnetismo. www.outdoorregional.com.br | 71


galeria

Atrevida Lingerie Macacão Fitness Obbia 5x no Cartão ou no Crediário Próprio R: Nove de Julho, 40, Centro, Boituva/SP (15) 33632258

Miss Flora Bolsa Cantão Acima de R$500,00 em 6x no Cartão ou Cheque R: Camilo Thame, 47, Loja 05, Centro, Boituva/SP (15) 33631505

Miss Flora Biquini Cantão Acima de R$500,00 em 6x no Cartão ou Cheque R: Camilo Thame, 47, Loja 05, Centro, Boituva/SP (15) 33631505

Vitória By Kids Roupa Feminina ou Masculina Zigmundi R: Cel Eugênio Motta, 521, Loja 42, Centro, Boituva/SP (15) 33632648

72 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 73


crônica

Rafael Barbosa r-babosa@outdoorregional.com.br

Todos os dias nos vemos cercados por belezas artificiais e naturais, porém nenhuma destas belezas vai te afetar tanto quanto a que você vê quando se olha no espelho

T

oda pessoa é insegura quando o assunto é a própria aparência. Todos temos quilinhos que adoraríamos perder, músculos que gostaríamos de ganhar, ou partes de nossos corpos que não nos importaríamos de mudar. E é exatamente por conta desta insegurança que somos tão fortemente influenciados pelos padrões estéticos que atualmente vemos todos os dias estampados nas capas de revistas, na televisão, nos outdoors espalhados pelas ruas, na internet e etc. A beleza deixou de apenas nos cercar e passou a nos perseguir e oprimir, nos mostrando algo que deve não apenas ser apreciado, mas sim seguido.

A cultura ao corpo chegou a um novo patamar, pois a pressão por se ter um corpo bonito nunca foi tão avassaladora. Passamos a conviver com uma avalanche de barrigas chapadas e músculos salientes, divulgados por uma mídia que quer nos fazer crer que só seremos bonitos se seguirmos a sua fórmula da beleza, ou seja, se formos magros, sarados, ou se tivermos o rosto milimetricamente simétrico. E assim, aos poucos deixamos de ter nossa própria opinião sobre o que é belo e não somente aderimos a este conceito estético falho e hipócrita, como também passamos a fazer loucuras para nos adequar a ele. 74 | www.outdoorregional.com.br

Deixamos de ir à academia, praticar esportes e tomar cuidado com a alimentação apenas para ter uma vida mais saudável, pois o objetivo agora é conquistar o corpo perfeito. O problema é que nesta jornada insana, a saúde fica em segundo plano e ironicamente muitas vezes acabamos agredindo o corpo que tão desesperadamente gostaríamos de “melhorar”, ao apelarmos para dietas exageradas, excesso de exercícios físicos, uso de remédios e anabolizantes ou intervenções cirúrgicas. Chegamos a um ponto em que, sufocados por esta ditadura estética, nos vemos obrigados a escolher entre maltratar nosso corpo ou nossa auto estima. Deixamos de ver que a individualidade tem seu encanto e que embora nem todos estejamos dentro dos padrões de beleza impostos por esta sociedade influenciável e egocêntrica, isto não quer dizer que não sejamos todos pessoas bonitas. Não serei hipócrita de dizer que a aparência não é importante, porém na próxima vez que nos olharmos no espelho, talvez devamos dar mais atenção às partes de nossos corpos que gostamos e não às que gostaríamos de mudar.


www.outdoorregional.com.br | 75


76 | www.outdoorregional.com.br

Outdoor Regional  

Ediçao 27 - Luan Santana

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you