Page 1

www.outdoorregional.com.br

1


2

www.outdoorregional.com.br


EXPEDIENTE

Carta ao leitor Coordenador Geral Rafael Jorge Pereira Coordenador de Criação André Maffeis Jornalista Responsável Juliana Moreno MTB: 0056878/SP Repórteres Bruno Rodrigues / Juliana Moreno Rafael Barbosa

A última edição de 2017 destaca “Fernando & Sorocaba”, a dupla que este ano comemorou uma década de estrada e celebrou a marca com o lançamento do DVD “Sou do Interior”. Eles, que já estiveram aqui na Outdoor em 2013, falaram sobre o que mudou de lá para cá e também contaram as novidades da carreira. Nesta edição temos a estreia de uma nova editoria, cujo foco será falar sobre tudo relacionado à nutrição. E para dar o pontapé inicial o assunto é bem propício: como manter o foco na ceia de Réveillon? Saúde destaca o Dezembro Vermelho, mês de conscientização sobre o HIV e explica tudo sobre o kit disponível em farmácias que se destina a detectar o vírus.

Colaboradores Gabriela Barreto / Dr. Marcelo L. Galvão Solutudo / Aline Franceschini Vanessa Vichi

Já Moda Masculina embarca no calor da estação e apresenta a Camisa Resort, que remete ao estilo turista em cidades praianas. De manga curta, com um ou mais botões abertos e estampa tropical com referências havaianas, é a favorita do público masculino para o Verão!

Fotografia Raphael Chespkassoff Eduardo de Carvalho / Du Arantes Danielle Silveira

Nosso muito obrigado a todos os leitores, clientes, parceiros e amigos que nos acompanharam neste ano! Desejamos a todos um Feliz Natal e um excelente 2018! Até o próximo ano!

Revisão Juliana Moreno / Rafael Pereira Diagramação / Projeto Gráfico Bruno Vieira Veiga de Oliveira Departamento Jurídico Mariele de Oliveira Rosa OAB/SP 377.408 Agradecimento Juliana Sagnori - Caldi Comunicação Foto Capa Cadu Fernandes

Juliana Moreno

Tiragem/Impressão 8.000 exemplares Gráfica Santa Edwiges

Jornalista Reponsável pela Revista Outdoor Regional

Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho Tatuí/Sorocaba Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br Edições anteriores edicoes@outdoorregional.com.br Empresa Pereira e Maffeis Editora LTDA CNPJ: 13.970.830/0001-93 A revista não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de informes e anúncios publicitários

j-moreno@outdoorregional.com.br

www.outdoorregional.com.br

3


4

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

5


6

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

7


8

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

9


10

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

11


Índice

54 24

64

14 16 18 20 22 24 26 28 32 46 50 52 54 56 58 62 64 66

Cinema Séries Literatura Música Moda Masculina Moda Feminina Nutrição Web Social Capa Esportes Saúde Games Turismo Direito Gourmet Política Crônica

Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 2º andar - sala 07 Telefone: (15) 3263-5028 (15) 99114-2136 contato@outdoorregional.com.br Empresa Parceira: Solutudo Boituva (15) 3264-1457 / SoluTudo Boituva

62 12

www.outdoorregional.com.br

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

13


Juliana Moreno Jornalista MTB 0056878/SP

Cinema

j-moreno@outdoorregional.com.br

i

i 14

A obra que deu origem ao filme foi escrita pelo mesmo autor do bestseller “A Invenção de Hugo Cabret”, também adaptada para o cinema

O filme é uma continuação direta do clássico de 1995 protagonizado por Robin Williams www.outdoorregional.com.br

i

A atriz Kate Winslet comentou que sua atuação no filme é agradável para grandes premiações


“Roda Gigante” O 47º filme do diretor Woody Allen, “Roda Gigante”, é um drama romântico que se passa em um parque de diversões em Coney Island. Numa imersão nostálgica entre as décadas de 1930 e 1950, que inclusive já serviram de cenário para muitas produções do diretor, temos quatro personagens principais, cujas vidas se entrelaçam, com destaque para Ginny, interpretada por Kate Winslet. Ela, que trabalha como garçonete, tem o sonho de se tornar uma atriz famosa. Um certo dia ela conhece Mickey (Justin Timberlake), um jovem salva-vidas que a encanta tanto pela beleza, como pelas aspirações artísticas. “Ela deixa tudo com a esperança de algo novo, em um lugar diferente, mas é um sonho impossível, inalcançável, intocável”, afirmou a atriz em uma entrevista. Tudo se complica quando uma filha de seu marido volta para casa e também se apaixona pelo rapaz.

“Jumanji Bem-Vindo à Selva” No filme que estreia no final de dezembro, quatro crianças ficam presas na detenção da escola e lá encontram um antigo videogame, que os transporta para dentro de Jumanji. As crianças, então, adquirem a forma dos personagens do jogo, representados por Dwayne Johson (Dr. Bravestone, Jack Black (Professor Shelly Oberon), Karen Gillan (Ruby Roundhouse) e Kevin Hart (Moose Finbar). O filme é uma sequência do longa original, de 1995, baseado no clássico livro de Chris Van Allsburg, que gira em torno de um jogo de tabuleiro mágico, que prende um dos usuários no mundo de Jumanji por décadas, sendo que a única forma de sair dali é terminar o jogo.

“Sem Fôlego” Aclamado durante sua exibição no Festival de Cannes, “Sem Fôlego” chega aos nossos cinemas no início de janeiro. O filme, baseado em um best-seller, conta a história de duas crianças que, em linhas temporais distintas, têm um mesmo objetivo. De um lado um menino surdo que foge de casa em busca do pai e do outro uma menina também surda que deixa sua casa para procurar sua atriz preferida na capital, história que aconteceu 50 anos antes da outra. O grande mistério é que, por ordem do destino, ambas as histórias estão conectadas. O filme conta com a veterana Julienne Moore e com os atores mirins Oakles Fengley e Millicent Simmonds, que vivem Ben e Rose.

www.outdoorregional.com.br

15


Juliana Moreno Jornalista MTB 0056878/SP

Séries

j-moreno@outdoorregional.com.br

Dark

Nova série de suspense da Netflix é digna de maratona! Disponível no catálogo da Netflix desde o dia 1º de Dezembro, “Dark” tenta seguir os passos de sucesso de “Stranger Things” e apresenta ao telespectador uma ficção científica repleta de suspense e mistérios.

A série A série tem como ponto central da trama o tempo e já abre o primeiro episódio com uma frase de Albert Einstein que nos posiciona frente ao quer pretende ser apresentado: “a distinção entre o passado, o presente

e o futuro é só uma ilusão”. Diferente de “Stranger Things”, “Dark” tem um tom mais denso e com uma narrativa mais adulta, focada em elementos de ficção científica e no desenvolvimento dos personagens.

Enredo Na história, um jovem desaparece em uma cidade repleta de segredos e um pai de família se suicida ao mesmo tempo. Este, por sua vez, deixa uma carta para sua mãe e seu filho, que só pode ser aberta no dia 4 de Novem-

i

A série é a primeira produção local da Netflix na Alemanha

bro de 2019. Logo no primeiro episódio a série já começa a apresentar diversas perguntas sem respostas, que instantaneamente despertam o interesse de quem está assistindo. Além disso, também há todo um mistério que envolve a cidade, que tem uma usina de energia elétrica como seu maior ponto turístico. Num ritmo bem lento e ao que parece propositalmente sufocante, conhecemos vários personagens, como Katharina, cujo filho desapareceu, Hannah e também Ulrich Nielsen, um homem que embarca numa jornada para encontrar o filho, mas que acaba encontrando muito mais.

Digna de maratona Com 10 episódios de 50 minutos, o criador Baran bo Odar consegue criar um clima viciante, capaz de te fazer maratonar todos os episódios em um só dia! De quebra ainda apresenta uma fotografia belíssima e uma trilha sonora repleta de hits dos anos 80.

16

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

17


Juliana Moreno Jornalista MTB 0056878/SP

Literatura

j-moreno@outdoorregional.com.br

“365 Dias Para Plantar” Escrito pela jornalista e jardineira Carol Costa, o livro se propõe a ser um diário que pode ser usado por cinco anos. De forma interativa, apresenta dicas e curiosidades sobre plantas e jardinagens, com espaços para comentários e anotações do leitor. Ilustrado por Brunna Mancuso, “365 Dias Para Plantar” responde questões corriqueiras e ensina a como começar um horta, quanto de água colocar nas orquídeas e o que fazer para as flores não pegarem pragas e doenças, por exemplo. A autora, Carol Costa, é apresentadora do quadro de jardinagem do programa “Mais cor, por favor”, do canal GNT, do Jardinaria, da BandNews FM e também da websérie #MinhaHorta.

Autora: Carol Costa | Editora: Rocco | 368 páginas

“Extraordinário – Edição Especial” Aproveitando o gancho da estreia do filme, a editora Intrínseca relançou “Extraordinário” numa edição especial comemorativa, com novo posfácio da autora, fotos de bastidores e depoimentos dos artistas envolvidos na megaprodução. Lançado no Brasil em 2013, a obra conta a história de August Pullman, o Auggie, um menino que nasceu com uma severa deformidade facial e que aos 10 anos vai frequentar a escola pela primeira vez. Se para qualquer criança esse é um passo importante, para Auggie é algo ainda mais intenso e desafiador. Ao vencer seus medos e tentar se integrar em um mundo completamente novo, sua presença desperta um mar de diferentes reações, boas ou não, mas todas intensamente transformadoras.

Autor: R. J. Palacio | Editora: Intrínseca | 352 páginas

18

www.outdoorregional.com.br

“1001 Séries de TV Para Assistir Antes de Morrer” Um livro perfeito para os amantes de séries! De “I Love Lucy” a “Breaking Bad”, de “Esquadrão Classe A” a “Homeland”, de “Bonanza” a “Glee”, a obra lista atrações de todos os gêneros e estilos, enumerando as mais memoráveis séries de TV dos últimos 70 anos. Ricamente ilustrado e recheado de curiosidades sobre atores, roteiros e gravações, o livro é um guia para uma viagem investigativa e altamente viciante. A obra também inclui comédias clássicas como “A Feiticeira” e “Friends” e documentários de tirar o fôlego, tais como “Life on Earth” e “Cosmos”, bem como os dramas “The Quartermass Experiment” e “Forbrydelsen”.

Autor: Paul Condon | Editora: Sextante | 960 páginas


www.outdoorregional.com.br

19


Bruno Rodrigues Jornalista e Pedagogo MTB 0071443/SP

Música

b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Blitz

Gal Costa A cantora Gal Costa, aos 72 anos, volta a vivenciar a Tropicália e dá um tom de rock ao seu novo CD/DVD “Estratosférica Ao Vivo”. Depois de seu último disco intitulado “Recanto” em 2011, a renomada artista apostou na música eletrônica com o intuito de ter uma li-

gação maior com o público jovem. Gal convidou compositores da nova safra para compor o álbum “Estratosférico”, que foi repaginado com uma versão ao vivo incluindo faixas antigas de sua discografia e versões de músicas nunca antes gravadas pela cantora baiana.

Se você nasceu depois dos anos 90 não fará ideia de quem são estes senhores. Mas se você teve o privilégio de curtir o som dos anos 80 na época, sabe de quem se trata. A banda Blitz, que está festejando 35 anos de carreira com o lançamento do novo álbum “Aventuras II”, subiu ao palco do Circo Voador, no Rio, em abril de 2017 para gravar seu quarto DVD. As mídias foram lançadas agora em dezembro e já estão disponíveis em todas as plataformas digitais. O projeto da banda liderada por Evandro Mesquita contou com convidados especiais como Alice Caymmi, George Israel, Milton Guedes e Afroreggae.

Phil Collins no Brasil Prepare-se! Uma das vozes mais fenomenais do planeta desembarca no Brasil em fevereiro para fazer três shows. Trata-se do lendário Phil Collins. O britânico dono de sucessos como “Another Day in Paradise”, “In the Air Tonight”, “Easy Lover”, “One More Night”, “A Groovy Kind of Love” e “Against All Odds (Take A Look at Me Now)” se apresentará no Rio de Janeiro, dia 22/02 no Estádio do Maracanã. No dia 24/02 em São Paulo, no Allianz Parque e dia 27/02 em Porto Alegre, no Estádio Beira-Rio. Os valores dos ingressos variam entre R$135 e R$760.

20

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

21


Gabriela Barreto Produtora e Styling de moda

Moda Masculina

g-barreto@outdoorregional.com.br

Camisa Resort Uma tendência com a cara do Verão!

piração tropical, enquanto a outra exibe apenas os inconfundíveis hibiscos, flor típica do Havaí. Uma característica marcante dessa peça é o fato da versão em mangas curtas ser muito mais popular. Até dá para encontrar alguma de manga longa por aí, mas sem essa vibe do Verão.

Dicas

O Verão 2018 masculino aposta no repeteco de tudo que foi feito antes em uma versão mais leve, ou seja, de acordo com a estação. As estampas mais coloridas ganham muito mais referência e força nas estações mais quentes do ano. E no Brasil ainda mais, onde em várias regiões o sol nunca dá uma trégua, sempre está brilhando forte, por isso, a usabilidade das estampas mais vibrantes é sempre uma boa opção.

O estilo E para o Verão 2018 uma tendência que chega com força é a da Cami-

22

www.outdoorregional.com.br

sa Resort! Ela remete bem o estilo turista em cidades praianas, por isso recebe esse nome. A camisa de manga curta com um ou mais botões abertos, algo mais solto, com estampa tropical, é a favorita para o público masculino, com referências havaianas, folhas, folhagens, frutas e flores, coisas que remetem à férias, lazer e Verão.

Estampas Porém, não confunda com a camisa havaiana, embora ambas sejam muito parecidas. A Camisa Resort vai na onda das estampas com ins-

01 Para não errar basta combiná-la com peças que tenham uma pegada similar e que sejam mais discretas, como uma bermuda jeans ou uma calça linho em tom pastel

02 As camisas com fundo escuro são mais discretas e podem agradar quem ainda não está seguro para usar algo vibrante

03 Com chinelos, sandália e mocassim, as camisas não perdem o ar descolado, então, aposte nesses calçados


www.outdoorregional.com.br

23


Gabriela Barreto

Moda Feminina

Produtora e Styling de moda g-barreto@outdoorregional.com.br

A Pareô O modelo de saia já é uma peça favorita ao guarda-roupa feminino O favoritismo das mulheres pela saia Pareô não é algo novo. É bem difícil encontrar uma mulher atualmente que não tenha pelo menos um ou dois modelos para compor seus looks. O lado bom dessa peça é que podemos encontrar diversas variações e modelos. De tempos em tempos surge um novo modelo de saia que acaba fazendo a cabeça das fashionistas de plantão.

A saia O modelo do momento que já está aparecendo em vários desfiles de grifes famosas no Brasil e fora, é a saia Pareô. Também conhecida como saia envelope, essa tendência não tem segredo. O modelo é um lenço que pode ser amarrado  de forma frontal ou lateral. Você pode tentar também com uma echarpe ou panneaux, que são aqueles lenços bem longos.

24

www.outdoorregional.com.br


Como usar O segredo da saia Pareô é, se você for utilizar um lenço para fazê-la em casa, cuidado com a amarração, utilize cordinhas, elásticos para compor a amarração. Tanto para não ter perigo de cair enquanto você estiver usando, como para achar a melhor amarração que combina com o estilo de cada um.

Dicas 01 Para os looks mais formais, combine com uma camisa de seda que fica perfeito

02 Para o trabalho, aposte em modelos mais comportados e em cores mais sóbrias

Modelos Podemos encontrar a saia Pareô em todos os tamanhos: mini, midi e longa. Os tecidos são mais estruturados com modelagem mais ajus-

tada. As fendas vieram com tudo e a saia pareô traz em evidência justamente elas. Dependendo do comprimento e fenda, pode ser usada até mesmo em looks mais formais, como no trabalho. A saia Pareô também lembra muito a praia e a beira do mar. Com uma saia mais longa com um cropped e rasteirinha, você fica pronta pra curtir um dia tranquilo de praia e até para um jantar à beira do mar fica ótimo e confortável.

03 O look mais casual pode ser composto por t-shirts, bodys e tops

www.outdoorregional.com.br

25


Vanessa Vichi Nutricionista Clínica e Esportiva - CRN3 18387

Nutrição

nutricao@outdoorregional.com.br

Salve sua dieta na ceia de Réveillon Estamos às vésperas da festa de fim de ano e isso significa se esbaldar em mesa farta de calorias Apesar de vivermos em um país tropical, com grande diversidade de frutas, legumes e verduras, os brasileiros não consomem esses alimentos como deveriam.

i

DICA: Antes das festas faça um lanche saudável utilizando frutas, cereais integrais e queijo light

Alimentação saudável As frutas, legumes e verduras são ricos em fibra alimentar, minerais e diferentes tipos de vitaminas, como os carotenóides, precursores da vitamina A. Estudos científicos comprovam que uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras estão associados ao menor risco de desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis (hipertensão, acidente vascular cerebral, câncer) e à manutenção do peso adequado. Esses alimentos também são protetores do organismo contra as doenças pulmonares crônicas e obstrutivas, incluindo a asma e a bronquite. A trilogia “frutas, legumes e verduras” é utilizada para enfatizar a importância da variedade alimentar e por isso esses alimentos devem ser considerados parte importante das refeições e não somente lanches ocasionais.

Dicas da Nutricionista • Diminua a quantidade de alimento a ser ingerido, e na medida do possível combine pratos mais calóricos e elaborados com saladas variadas (utilizar vários vegetais folhosos como, por exemplo, alface americana, rúcula, agrião, repolho colorido, etc), pois promovem a sensação de saciedade; • Nas preparações dos alimentos substitua os produtos convencionais por lights (por exemplo: maionese, creme de leite, margarina, etc); • Dê preferência às preparações no va-

26

www.outdoorregional.com.br

por, assadas, cozidas ou grelhadas. São mais nutritivas, menos gordurosas e muito mais saudáveis. Evite frituras; • Comece o seu prato servindo-se dos alimentos mais saudáveis, pois desta maneira sobrará menos espaço no prato para as comidas gordurosas; • Mantenha distância de alimentos que não necessitem de talheres. Desta forma, você elimina os salgadinhos, biscoitos, bolos, pães de queijo, pizzas, etc., que são gordurosos e bastante calóricos; • Lembre-se que o mais importante nesta época é estar com as pessoas queridas e a confraternização, assim o

foco será automaticamente desviado da comida; • Antes das festas faça um lanche saudável utilizando frutas, cereais integrais e queijo light. Esta é uma dica muito importante para não exceder na quantidade ingerida durante os eventos; • E quando chegar a hora da sobremesa, coma uma porção pequena ou escolha uma fruta, excelente opção de sobremesa e ótima para refrescar o nosso final de ano, que é bem tropical; • A alimentação é uma preocupação constante na rotina das pessoas. Seja para obter um estilo de vida saudável, para emagrecimento ou melhorar a saúde.


www.outdoorregional.com.br

27


Bruno Rodrigues Jornalista e Pedagogo MTB 0071443/SP

Web

b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Doutor Barakat Conheça o médico que tem angariado cada vez mais seguidores com seu estilo de vida leve e saudável

Conceito próprio Nascido em 23 de maio de 1966, o “jovem” médico Mohamad Barakat, conhecido na rede como Dr. Barakat, atua há mais de três décadas no campo da saúde. Ele é fundador do Instituto Dr. Barakat de Medicina Integrativa e prega com muito afinco sobre alimentação e intestino saudável. Apesar da idade, o médico aparenta um físico invejável para os mais jovens e conta com um jeito muito carismático para tratar sobre os temas que vêm ganhando cada vez mais adeptos. Assuntos como a prática de exercícios físicos, qualidade do sono e controle do estresse e o equilíbrio do corpo, mente e espírito são denominados como os “Quatro

No Instagram, o doutor tem mais de 700 mil seguidores e os diverte mostrando seu cotidiano familiar sempre dando dicas de qualidade de vida Pilares”, que são a base de sustentação de todo o trabalho de Barakat. Além do jeitão “good vibe” que agrada seus fãs, o médico tem um olhar biopsicossocial sobre o ser humano que é norteado pela sua visão profissional na medicina.

28

www.outdoorregional.com.br

Sucesso no Instagram A visão particular do médico gerou um livro chamado “Pilares para uma vida saudável” em que ele retrata toda sua teoria sobre a vivência priorizando a saúde. No Instagram, o doutor tem mais de 700 mil seguidores e os diverte mostrando seu cotidiano familiar sempre dando dicas de qualidade de vida. O Dr. Barakat é reconhecido por defender veemen-

temente o conceito de comida de verdade, ou seja, uma alimentação isenta de industrializados, embutidos, conservantes, corantes e tantos outros artifícios utilizados atualmente, os quais considera nocivos à saúde do organismo e procura mostrar isso nos vídeos instantâneos que as redes sociais promovem. Os benefícios deste estilo de vida ele comprova na sua própria aparência. @doutorbarakat


www.outdoorregional.com.br

29


Informe publicitário

Dr. Raul Sartoreli Melaré Quiropraxista e Acupunturista AQB - 0107

Hérnia de disco: mitos e verdades Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 5,4 milhões de brasileiros sofrem de hérnia de disco, em uma faixa etária entre 30 e 50 anos de idade Essa parcela da população sofre com a falta de informação sobre essa patologia e acaba submetendo-se a tratamentos nem sempre eficazes para acabar com as dores, o que pode gerar aumento dos sintomas e a progressão da doença a médio e longo prazo, levando a problemas mais sérios na coluna.

Causas A predisposição genética é a causa de maior importância para a formação de desordens discais, seguida do envelhecimento, da pouca atividade física, da má postura e do tabagismo. Carregar ou levantar muito peso também pode comprometer a integridade do sistema muscular que dá sustentação à coluna vertebral e favorecer o aparecimento de desordens discais. Quando estes discos se desgastam, parte deles sai da posição normal e comprimem os nervos.

Sintomas A hérnia de disco pode ser assintomática ou, então, provocar dor de intensidade leve, moderada ou tão forte que chega a ser incapacitante. Os sintomas são diversos e estão associados à área em que foi comprimida a raiz nervosa. Os mais comuns são: parestesia (formigamento) nos membros superiores e/ ou inferiores, com ou sem dor; e perda de força dos membros superiores e/ou inferiores, com ou sem dor.

Tratamento O tratamento Quiroprático nas desordens dos discos intervertebrais é dividido em três etapas e possui altíssimos níveis de eficácia. A primeira etapa dedica-se na redução dos sintomas dolorosos causados pela lesão discal. É muito importante entender que todo

30

www.outdoorregional.com.br

processo inflamatório da coluna vertebral provoca um ciclo vicioso de tensão muscular, perda de movimento articular, aumento da inflamação local e aumento da dor que, consequentemente, irá tensionar ainda mais a musculatura e dará continuidade a este ciclo. Após controlados os sintomas dolorosos, inicia-se a segunda etapa, que consiste em restaurar o movimento articular e preparar os componentes estabilizadores da coluna para evitar quadros de recidiva do paciente. Nesta etapa, exercícios

musculares dirigidos são fundamentais para preparar os músculos que estabilizam a coluna vertebral e com isso, garantir que não haja o retorno dos sintomas da lesão discal. A terceira etapa está na manutenção. Uma vez ocorrida uma lesão discal, é muito importante que haja acompanhamento com um quiropraxista para garantir que as atividades do cotidiano não prejudiquem o funcionamento da coluna e despertem os sintomas inflamatórios da lesão do disco intervertebral.


www.outdoorregional.com.br

31


Social

Fotos: Raphael Chespkassoff

32

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

33


Social

Fotos: Raphael Chespkassoff

34

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

35


Social

Caravana de Natal Centro Comercial da Avenida Brasil Fotos: Eduardo de Carvalho

36

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

37


Social

Casamento Flaviana e André No dia 04 de Novembro, na Paróquia de São Roque, em Boituva, aconteceu o casamento de Flaviana e André, sócio-proprietário da Revista Outdoor Regional. Logo após a cerimônia, amigos e familiares se dirigiram para a SRB, onde festejaram o momento com o casal. Confira alguns desses momentos. Fotos: Danielle Silveira

38

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

39


Social

Concerto de Natal No dia 07 de Dezembro, na Paróquia São Roque, em Boituva, a Camerata Les Ensembles realizou um belíssimo Concerto de Natal, com Orquestra, Coral e Solistas, levando a música e o espírito de Natal para todos os presentes. Fotos: Du Arantes

40

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

41


Social

Confraternização Studio de Pilates Elisangela Batistela No dia 01 de Dezembro aconteceu a confraternização de Final de Ano do Studio de Pilates Elisangela Batistela. No Petra Bar, equipe e amigos se reuniram para celebrar mais um ano de trabalho e sucesso. Confira quem esteve presente! Fotos: Raphael Chespkassoff

42

www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br

43


Social

Noite Tropical Fotos: Foco a Dois

44

www.outdoorregional.com.br


Social

Confraternização First Idiomas Boituva Fotos: First Boituva

www.outdoorregional.com.br

45


Capa

Fotos: Gabriel Silva / Fernando Hiro 46

www.outdoorregional.com.br


Juliana Moreno Jornalista MTB 0056878/SP j-moreno@outdoorregional.com.br

i

A dupla, no alto de sua primeira década de carreira, se define como completamente feliz por viver fazendo o que realmente ama

O ano de 2017 foi bastante especial para Fernando & Sorocaba. A dupla, que completou uma década de carreira, gravou um DVD especial de comemoração à data e também recentemente lançou um livro que narra as histórias do início da carreira. Eles, que já estiveram na capa da Outdoor em 2013, retornam para falar dessa fase tão especial que estão vivendo. Aproveitei para perguntar quais foram as mudanças mais significativas na carreira nesses quatro anos que se passaram. “Desde 2013 muita coisa mudou na carreira de Fernando & Sorocaba. Lançamos novos projetos, viajamos o país inteiro e também alguns lugares fora do Brasil! Tivemos grandes conquistas e sempre com os nossos fãs maravilhosos ao nosso lado”, contaram.

www.outdoorregional.com.br

47


“Sou do Interior” A gravação do DVD que marcou os 10 anos de estrada da dupla aconteceu em julho na cidade de Holambra, onde estiveram reunidos mais de 3 mil fãs em um enorme milharal, com caracterização inspirada no filme “Mad Max – Estrada da Fúria”. Foram três meses de pré-produção, que contou com a criação, preparação, desenho do cenário e a locação ideal. O milharal de 140 mil m2 levou 10 dias para ser preparado e a produção dar início à montagem da cenografia, num trabalho que envolveu mais de 300 profissionais. “Sou do Interior” se propôs a fazer uma volta às origens da dupla, sendo que 35% do repertório é composto de músicas que fizeram parte da história da dupla e 65% de músicas inéditas.

Repertório e participações No repertório, canções que viraram hit como “Celebridade”, “É Tenso”, “Paga Pau”, “Bala de Prata”, entre outras, bem como as inéditas “Sou

i 48

No DVD “Sou do Interior” a dupla quis se conectar com a história do agro, de forma a resgatar essa essência www.outdoorregional.com.br

do Interior”, “Terapinga”, “Ainda Existem Cowboys” e “Me dá o Amor que eu Mereço”. O trabalho contou com participações especiais de nomes conhecidos da música brasileira, como Luan Santana e JetLag (“Meu Melhor Lugar”), Jorge e Mateus (“Bom Rapaz”), Matheus e Kauan (“Quarenta Linhas”), Mc Menor (“Deixa Brilhar”) e Nego do Borel (“Menina Pipoco”), além do cantor americano de música country, Chris Weaver “Madri”). “Foi uma tarde inesquecível para todos os presentes e é diferente de tudo o que vem sido feito por aí”, afirmou a dupla.

Sertanejo com Funk Algo que chamou a atenção foi a mistura de sertanejo com funk, na música “Menina Pipoco” e a dupla falou com a gente sobre essa experiência, que inclusive depois virou até clipe. “O Nego do Borel é nosso amigo pessoal e um profissional incrível. Ficamos honrados com essa parceria inédita. Gravamos o clipe em um aeroporto particular na cidade de Espírito Santo do Pinhal e foi incrível.


i

A cada novo projeto, Fernando & Sorocaba buscam se reinventar

Usamos inovações tecnológicas nele e fizemos algo bem diferente dos nossos outros clipes”, afirmam eles.

O Nego do Borel é nosso amigo pessoal e um profissional incrível. Ficamos honrados com essa parceria inédita

“Ainda Existem Caubóis” E as novidades programadas para o ano de 2017 não pararam por aí. Recentemente Fernando & Sorocaba” lançaram o livro “Ainda Existem Caubóis”, obra que conta toda a trajetória de sucesso da dupla de Londrina, como empresários e cantores, narrando as dificuldades e conquistas que tiveram desde 1997, quando se tornaram uma das primeiras duplas e inserir uma nova linguagem no universo sertanejo.

www.outdoorregional.com.br

49


Bruno Rodrigues Jornalista e Pedagogo MTB 0071443/SP

Esportes

b-rodrigues@outdoorregional.com.br

A Copa da Rússia já começou! Com os grupos definidos já é possível traçar uma trajetória para cada seleção e saber quais os confrontos mais esperados

Clima de festa Oficialmente, a Copa do Mundo da Rússia começa dia 14 de junho de 2018, no confronto de abertura entre os donos da casa e a Arábia Saudita. No entanto, dá pra se dizer que o clima da competição mais popular do mundo já começou. Dia primeiro de dezembro ocorreu o sorteio da Copa

50

www.outdoorregional.com.br

que contou com presenças ilustres de ex-jogadores como o inglês Gordon Banks, o argentino Diego Maradona, o capitão do penta Cafu, o italiano Fabio Cannavaro, entre outros.

Os grupos Algumas seleções se deram bem, como no caso de Portugal e Espa-

nha no grupo B e Bélgica e Inglaterra no grupo G. Outras seleções já se encontram em uma situação mais complicada como Argentina, França e Brasil que pegam algumas seleções mais tradicionais pelo caminho. Mas é claro que quando o jogo começa todos os prognósticos futebolísticos vão por água abaixo assim como mostraram quase todas as Copas que


i

O Brasil de Tite enfrentará Suíça, Costa Rica e Sérvia

Inglaterra; Grupo H: Polônia, Senegal, Colômbia e Japão.

Jogos do Brasil ocorreram até o momento com as famosas zebras. Os grupos ficaram assim: Grupo A: Rússia, Arábia Saudita, Egito e Uruguai; Grupo B: Portugal, Espanha, Marrocos e Irã; Grupo C: França, Austrália, Peru e Dinamarca; Grupo D: Argentina, Islândia, Croácia e Nigéria; Grupo E: Brasil, Suíça, Costa Rica e Sérvia; Grupo F: Alemanha, México, Suécia e Coreia do Sul; Grupo G: Bélgica, Panamá, Tunísia e

O Brasil estreia na Copa contra a Suíça no dia 17/06, domingo, às 15h no Samara Arena. No segundo jogo a seleção pega a Costa Rica, dia 22/06, sexta-feira, às 9h no Kaliningrad Stadium. E fecha a terceira rodada contra a Sérvia dia 27/06, quarta, às 15h no Spartak Stadium. Se tratando de ser uma seleção pentacampeã, é claro que o Brasil é favorito, mas deve ficar atento com os adversários. A Suíça conta com jogadores experientes e um bom sistema defensivo,

a Costa Rica surpreendeu na última Copa e vale a pena ficar atento e a Sérvia traz a escola iugoslava com futebol técnico e cheio de tradição. Com tudo definido, agora só resta aguardar a bola rolar no maior evento esportivo do planeta.

www.outdoorregional.com.br

51


Dr. Marcelo L. Galvão

Farmacêutico Bioquímico e Secretário da Comissão Técnica do Conselho Reg. de Farmácia de Sorocaba CRF-SP 50.071

Saúde

m-galvao@outdoorregional.com.br

Teste na ponta do dedo! Agora você pode realizar o teste de HIV dentro da sua casa Agora, você deve encostar esse tubo capilar no poço (parte redonda) do teste. Em seguida, adicione 3 gotas da solução no mesmo poço. O resultado ficará pronto entre 10 e 20 minutos. Ao lado do poço do teste existe um espaço com as letras T e C. Se apenas aparecer uma linha em frente à letra C, significa que apenas a linha de Controle evoluiu e resultou negativo para o anticorpo do HIV. Se uma linha aparecer tanto na letra C como também na letra T, ou seja, duas linhas, significa que resultou em positivo para o anticorpo do HIV. Caso nenhuma linha apareça, algum erro aconteceu durante o teste.

Dezembro Vermelho é o mês de conscientização sobre o HIV. Muito já se sabe como se transmite e como se previne, mas muita gente ainda não cuida e muito menos realiza o teste. Até pouco tempo atrás, você poderia solicitar o exame através de um médico e realizá -lo em laboratório de análises clínicas, como também através de teste rápido em unidades públicas voltadas às ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis) gratuitamente. Mesmo assim, muita gente tem vergonha de ir até essas unidades. Agora, você pode adquirir um kit em farmácias e realizá-lo em sua casa. Vamos explicar um pouco sobre essa nova opção.

O Kit Se você já foi a uma unidade pública e realizou o teste rápido vai reparar na

52

www.outdoorregional.com.br

semelhança. Caso contrário, o kit pode lembrar um exame rápido de gravidez. Só que no lugar de utilizar a urina como meio, esse kit utiliza uma gota de sangue. A embalagem vem com o dispositivo (teste propriamente dito), um frasco com uma solução tampão, um lancetador automático, um tubo capilar de coleta de sangue, curativo e álcool sache. Abra a embalagem selada do dispositivo. Utilize o álcool sachê para higienizar o dedo que irá coletar a gota de sangue e espere o álcool secar (não assopre). Pegue o lancetador e retire a tampa branca. Encoste a extremidade do lancetador no dedo que passou o álcool e pressione-o. O melhor lugar fica entre o final da lateral da unha e o centro da digital. Desencoste o lancetador e uma gota de sangue sairá do dedo. Encoste o tubo capilar no sangue até chegar à marcação.

Muito já se sabe como se transmite e como se previne, mas muita gente ainda não cuida e muito menos realiza o teste Uma linha Se seu teste apresentou uma linha em C, você tem grandes chances de não estar com o vírus do HIV, porém, você precisa estar atento a um falso-negativo. Caso você tenha se contaminado antes de 30 dias de realizar este teste – janela imunológica – ou tenha um fator interferente, pode ser que o seu organismo ainda não tenha criado os anticorpos necessários. O ideal é você repetir um novo teste 30 dias depois.


Duas linhas Se seu teste apresentou duas linhas, uma em T e outra em C, você tem grandes chances de estar com o vírus do HIV, porém, segundo as normas, esse tipo de teste não pode ser caracterizado com diagnóstico. Nesse caso, você deve solicitar para um médico um novo exame, só que agora em laboratório, já que são mais precisos. O diagnóstico definitivo só vai ser depois de realizado esse tipo de exame.

Calma! Se o resultado for positivo, a empresa do teste consta com um telefone na bula para que você possa entrar em contato para tirar qualquer dúvida e/ ou lhe dar suporte. Tenha calma e procure um médico infectologista assim que possível. Use camisinha em todas as práticas. Você também pode conversar com seu farmacêutico de confiança e receber todo apoio necessário. Previna-se! Teste-se! Cuide-se!

Caça-Palavras! Teste agora seu conhecimento sobre o tema. Quer conferir a resposta? Entre no site do Chame o Farmacêutico!

Continue lendo sobre esse assunto no site www.chameofarmaceutico.com.br ou nas mídias sociais: Facebook, Youtube e Instagram @chameofarmaceutico ou Twitter @chameofarma Contato ou Sugestões - chameofarmaceutico@gmail.com

www.outdoorregional.com.br

53


Rafael Barbosa Jornalista

Games

r-barbosa@outdoorregional.com.br

i

Microtransações são toda espécie de compra que você faz em um game utilizando dinheiro real

Microtransações: de sistema despretensioso a negócio bilionário Como um sistema que começou nos celulares chegou aos consoles e começa a afetar os seus jogos As microtransações estão entre nós e embora você talvez não as reconheça, provavelmente você já gastou ou ainda vá gastar dinheiro com elas. Este sistema de faturamento econômico tem se tornado cada vez mais famoso e infame no mundo dos games e para entender como isso pode afetar os seus jogos e o seu bolso em um futuro muito próximo, vamos desbravar o assunto neste artigo dividido em duas partes. Para simplificar: microtransações são toda espécie de compra que você faz em um game utilizando dinheiro

54

www.outdoorregional.com.br

real, seja para comprar itens, vantagens ou artigos puramente estéticos, como roupas. Um negócio que começou despretensiosamente nos celulares, mas que virou rapidamente um negócio multimilionário.

O começo nos celulares Quando os smarthphones surgiram e com eles a Apple Store e a Google Play, uma das maiores dificuldades dos desenvolvedores de aplicativos

para celulares era convencer o consumidor a comprar os Apps. As pessoas simplesmente não tinham este hábito na época e, assim, uma maneira encontrada para monetizar os programas foi oferecê-los de graça e depois realizar pequenas cobranças dentro do aplicativo, seja para vender algumas vantagens ou desbloquear uma função mais avançada, em uma estratégia que ganhou o nome de Freemium. O sistema deu resultado e rapidamente ganhou seguidores, até se tornar o modelo de negócios mais


praticado e vantajoso dos celulares, principalmente no que se refere a jogos. Segundo uma análise do grupo Ditismo, os jogos freemium e suas microtransações representavam em 2013 cerca de 92% de todas as receitas obtidas pela Apple Store e 98% das receitas do Google Play. Mas falar em porcentagens pode não dar a ideia da magnitude que este modelo pode gerar em lucros, uma explicação que fica muito mais clara quando dizemos que a King, criadora de Candy Crush Saga anunciou um faturamento 490 milhões de dólares no último quadrimestre, ou que os criadores de Clash of Clans tiveram receitas de mais de dois bilhões de dólares. Com números tão absurdos, dá para entender porque o sistema chegou também aos consoles e PCs. Não dá?

Pague pelo jogo e no jogo As desenvolvedoras de jogo para consoles viram o sucesso das microtransações e também quiseram utilizar o sistema em seus games, num começo pequeno e quase despercebido, mas que deu muito certo. Em 2006 a Bethesda fez um bom dinheiro vendendo itens personalizados para os cavalos de seu jogo The Elder Scrolls IV: Oblivion, enquanto que depois a Valve fez milhões ao vender itens de vestuário para os personagens de Team Fortress 2.

i

Algo que começou despretensiosamente nos celulares, rapidamente virou um negócio multimilionário

Com o tempo outras empresas entraram na jogada e conseguiram resultados assombrosos, como a EA, que inseriu o modo Ultimate Team da série Fifa, onde você pode montar seu time com cartas de jogadores compradas com dinheiro real, em um sistema que sozinho gerou 800 milhões de dólares e superou o faturamento das próprias vendas do jogo. No final as microtransações se torna-

ram mais vantajosas que as próprias DLCs (conteúdos de download), pois não necessitam do investimento em montar um grande conteúdo e rendem muito mais. Assim, naturalmente todos os grandes jogos hoje contam com algum tipo de transação com dinheiro real e isso começou a afetar a própria experiência que os jogos proporcionam. Um assunto que vamos falar na próxima edição.

www.outdoorregional.com.br

55


Bruno Rodrigues Jornalista e Pedagogo MTB 0071443/SP

Turismo

b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Goiânia e Caldas Novas Um destino repleto de locais históricos, gastronomia bem particular e muitos locais sagrados para diversos tipos de religiões

As cidades Capital de Goiás, Goiânia é a segunda maior cidade do centro oeste brasileiro, depois de Brasília. A cidade é considerada um dos locais com melhor qualidade de vida do país por ser uma das capitais mais novas, com baixos custos, áreas de lazer, praças e parques. Ao visitar Goiânia, o turista se surpreende com o repertório arquitetônico da cidade e com a boa gastronomia típica sertaneja. Alguns pontos são considerados paradas obrigatórias para quem visita a cidade, como o Parque Flam-

56

www.outdoorregional.com.br

A região conta com diversos parques e atrações temáticas

boyant, situado num bairro nobre de Goiânia com uma área bem arborizada com um belo lago e jardins exuberantes, o Parque Areião, Museu Memorial do Cerrado, que abriga um enorme acervo sobre a fauna e flora, solos e minerais e até mesmo civilizações que já habitaram a região, o Centro Cultural Oscar Niemeyer, o Bosque dos Buritis, o Teatro Rio Vermelho, Catedral Metropolitana, Estádio Serra Dourada, entre outras atrações. A aproximadamente 152 km de distância dali, Caldas Novas

i


também se apresenta como uma opção imperdível para os visitantes que vão ao estado. O local é conhecido por ser a região das águas quentes e conta com diversos parques temáticos que usufruem desta particularidade da cidade. Além das águas termais, Caldas Novas conta com a tranquilidade do Parque Estadual que se opõe ao agito dos movimentados clubes da cidade.

Ainda há um pequeno museu e trilhas que chegam até as imponentes quedas -d’água na mata goianiense.

Turista regional A analista fiscal, Carolina Miranda de Oliveira, 29, viajou com o marido para Goiânia e Caldas Novas. Carolina nasceu em Porto Feliz, mas mora desde

i

O casal Carolina Miranda e Franklin são frequentadores da região

a infância em Boituva e conta que foi a Goiânia junto com o marido Franklin Inácio de Oliveira a lazer e aproveitou para visitar um amigo. “Fomos duas vezes para lá, na primeira fui de carro, e vivi uma aventura, pois a viagem durou 11 horas e fomos desfrutando dos detalhes da estrada repleta de caminhões e diversos vendedores de frutas, e na segunda optamos por ir de avião”, conta. Carolina experimentou o arroz com pequi, comida típica da região centro-oeste e no restante dos dias abusou do churrasco. Em Caldas Nova, o casal se hospedou no “Lagoa Quente Hotel” e aproveitou as piscinas e peculiaridades das instalações.

www.outdoorregional.com.br

57


Aline Franceschini Advogada OAB SP 312.310

Direito

direito@outdoorregional.com.br

Registro Nacional de Sinistros No mercado de seguros, sinistro refere-se a qualquer evento em que o bem segurado sofre um acidente ou prejuízo material e representa a materialização do risco, causando perda financeira para a seguradora

Com o crescimento dos sinistros, a Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e Capitalização, Fenaseg, criou um Cadastro Nacional de Sinistros – RNS, considerado um cadastro de negativação, um banco de dados integrante do SISEG - Sistema Integrado de Dados Técnicos de Seguros, que tem sido utilizado tanto na aceitação de riscos, quanto nas regulamentações de sinistros, uma vez que possibilita o cruzamento de informações em sua ampla base de registros.

Como funciona As seguradoras alimentam o registro, o qual também utiliza as bases de dados do DPVAT, do Denatran (BIN Fabril, BIN Roubo e Furto), do SNG – Sistema Nacional de Gravames e da Associação Comercial de São Paulo. O registro é de consulta on line e vendido às seguradoras e associadas por meio de contrato, inclusive revende-

58

www.outdoorregional.com.br

doras de automóveis. Porém, sem fiscalização efetiva quanto à inserção de dados neste cadastro, algumas seguradoras de forma abusiva vêm inserindo de forma indiscriminada registros os quais as seguradoras foram acionadas, porém não tiveram um prejuízo efetivo. Por exemplo: o segurado teve seu carro roubado e posteriormente recuperado sem sequer ter utilizado o seguro (hoje em dia sequestros relâmpagos são muito comuns); o segurado teve dois pequenos sinistros, ainda que causados por culpa de terceiros, etc.

do Consumidor art. 43, §2º determina que: ”A abertura de cadastro, ficha, registro e dados pessoais e de consumo deverá ser comunicada por escrito ao consumidor, quando não solicitada por ele”. Neste sentido o RNS deveria realizar a prévia ciência, sem a qual não há a possibilidade daquele de retificar, informar ou justificar o ocorrido, ocasionando inserções indevidas e ocasionando graves prejuízos aos Segurados.

O que diz o CDC

Na próxima vez que for contratar ou renovar seu seguro e receber uma recusa, deve ser por este motivo. Se outras seguradoras recusarem-no também, fique desconfiado, pois poderá estar incluído no referido cadastro, devendo procurar ajuda com as entidades de defesa do consumidor ou o Poder Judiciário por meio de seu advogado.

Com a inserção muitas vezes indevida no Registro Nacional de Sinistros, o Consumidor – Contratante, deparase com suas futuras propostas de seguro negadas, ainda que tenha perfil médio de pessoa cuidadosa e responsável. Entretanto, o Código de Defesa

Fique atento


www.outdoorregional.com.br

59


Parceiro Solutudo

J&C Tintas Há 17 anos em Boituva, loja se destaca pelo atendimento e orientação ao cliente

i

A J&C Tintas busca garantir a satisfação total dos clientes, dando assistência técnica junto aos fabricantes

Desafios

i

Cristiano também conta que o maior desafio para ele, no início da empresa, foi aprender sobre tintas, já que ele era do ramo de informática. “Há 17 anos quando começamos tudo era mais difícil e o mercado era mais fechado para novas lojas. Com muito trabalho e parcerias, conseguimos superar as dificuldades do início”, relata o proprietário.

Em 2005 a loja mudou-se para um imóvel próprio na Avenida Mário Pedro Vercellino

A J&C Tintas é uma empresa que já possui uma história de 17 anos na cidade de Boituva. O proprietário, Cristiano Yoshihisa, conta que as atividades tiveram início em Dezembro de 2000 na Avenida Pereira Ignácio, local em que permaneceu por dois anos.

Diferenciais

Os primeiros anos “As vendas foram crescendo e a necessidade de um lugar maior fez com que a loja mudasse, então, em junho de 2002 a J&C Tintas se mudou para a Rua Guilherme Primo”, conta Cristiano. “No decorrer de três anos e meio a loja se especializou no ramo de tintas imobiliárias, tentando passar para seus clientes confiança e determinação no que faz”, diz ele. Em 2005 a loja passou mais uma vez por uma mudança de local, dessa vez para um imóvel próprio situado na Avenida Mário Pedro Vercellino, no Centro de Boituva.

i

60

www.outdoorregional.com.br

i

Primeira sede da JC Tintas

A J&C Tintas diferencia-se pelo atendimento, entregas rápidas e a orientação ao cliente, deixando-o à vontade para escolher a cor e a marca de sua preferência. “A pós-venda também é muito importante. Trabalhamos a fim de garantir a satisfação total de nossos clientes, dando assistência técnica juntos aos fabricantes. Venha colorir sua vida junto com a J&C Tintas”, finaliza Cristiano.

Avenida Mário Pedro Vercellino, 362 Centro – Boituva/SP (15) 3363-1303 www.jctintas.com.br


www.outdoorregional.com.br

61


Juliana Moreno Jornalista MTB 0056878/SP

Gourmet

j-moreno@outdoorregional.com.br

Salada de batata picante

Ingredientes

Como acompanhamento esta receita é excelente e pode ser servida no almoço ou no jantar

3 batatas médias 1 xícara (chá) de ervilhas 100 g de bacon ½ cebola 2 dentes de alho 1 colher (chá) de pimenta calabresa 1 colher (café) de pimenta-do-reino moída 4 colheres (sopa) de azeite 3 colheres (sopa) de maionese

62

www.outdoorregional.com.br

Modo de Preparo 1. Descasque as batatas, corte em cubos, cozinhe até que fiquem macias e reserve

2. Pique o bacon, o alho e a cebola. Frite o bacon em uma frigideira até que ele solte sua própria gordura 3. Adicione o alho, deixe fritar e acrescente a cebola

4. Coloque as batatas nas frigideira e misture bem 5. Em uma tigela, adicione a maionese, a pimenta calabresa, a pimenta-do-reino e misture bem 6. Junte as batatas, finalize com a ervilha e o azeite e leve para gelar antes de servir


www.outdoorregional.com.br

63


Bruno Rodrigues

Política

Jornalista e Pedagogo MTB 0071443/SP b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Em busca do efeito Robin Hood Através de um estudo, o Banco Mundial aponta os erros de gastos no Brasil e sugere medidas que tirem dinheiro dos mais ricos e aliviem o peso para os mais necessitados

Robin Hood é um conhecido herói de arco e flecha que tirava recursos dos mais ricos para dar aos pobres. Teoria que o Banco Mundial vem sugerindo para solucionar o problema de gastos errôneos no Brasil.

Os problemas A Instituição aponta em seu estudo que alguns programas de Governo não melhoram o quadro geral do país e, pior, favorecem apenas a classe mais abastada. Uma das soluções seria rever benefícios de servidores e Previdência. Para o Banco Mundial, o Brasil vem gastando mais do que pode e está gastando mal. O próprio Governo Federal solicitou um levantamento e recebeu um alerta de que alguns programas governamentais não têm atingido de forma eficaz o seus objetivos e ainda beneficiam mais os ricos que os pobres. Para a instituição financeira, um dos motivos do rombo da Previdência de maneira imediata também poderia ser solucionado por meio da retirada dos privilégios concedidos aos servidores públicos contratados antes de 2003. Atualmente, eles têm direito a uma aposentadoria extremamente generosa, cujo valor é bem acima do que suas contribuições. E o discurso de Temer para solucionar o problema é mexer no bolso da base da pirâmide, ou seja, o povo. O “efeito Robin Hood” mexeria na redução do salário do funcionalismo público, principalmente o dos servidores públicos

i 64

Banco Mundial indica soluções através de estudo para melhorar a economia brasileira

www.outdoorregional.com.br


federais. Hoje o nível dos salários dos servidores federais é em média 67% superior ao do setor privado, mesmo após considerar o nível de educação e outras características como experiência. Desta maneira, o Banco Mundial prevê que a redução da metade dessa diferença salarial dos servidores públicos federais em relação ao setor privado geraria uma economia equivalente a 0,9% do PIB.

Outras soluções A outra saída para o problema seria o Governo aumentar suas receitas tributárias e reduzir os altos paga-

A Instituição aponta em seu estudo que alguns programas de Governo não melhoram o quadro geral do país e, pior, favorecem apenas a classe mais abastada

mentos de juros sobre sua dívida pública. Conforme os relatórios há embasamento para aumentar a tributação dos grupos de alta renda (os ricos) através dos patrimônios, heranças ou ganhos de capital e reduzir a dependência dos tributos indiretos, que pesam os ombros dos mais pobres. Uma reforma tributária pode contribuir muito para o ajuste. Além disso, despesas com políticas de apoio às empresas, que atingiram 4,5% do PIB em 2015. E o gasto da

i

Sede do Banco Mundial em Washington, EUA

manobra para salvar a permanência de Temer na presidência também pode ser considerado um grande fator para esse gasto desastroso. Um verdadeiro acinte para quem está cortando diversos tipos de benefícios para o cidadão brasileiro.

www.outdoorregional.com.br

65


Rafael Barbosa Jornalista

Crônica

r-barbosa@outdoorregional.com.br

Propagação da ignorância Carlinhos é uma pessoa aparentemente normal. Tem uma namorada, é chegado aos parentes (pelo menos os que são legais) e apesar do trabalho, mantém uma vida social razoável ao se encontrar com os amigos para ver um joguinho de futebol, fazer aquele churrasco ou algum outro programinha de fim de semana. O problema é que Carlinhos tem alguns pensamentos que poderiam ser considerados “pouco sociais”. Ele acredita, por alguma razão que não vem ao caso, que pessoas negras são inferiores à pessoas brancas. Ele não é necessariamente uma pessoa ruim, mas seja por uma criação retrógrada, influência de terceiros ou apenas algum distúrbio mental, ele acredita que afrodescendentes não deveriam ter os mesmos direitos, como uma educação superior de qualidade ou mesmo receber as mesmas oportunidades que as pessoas brancas como ele. Carlinhos no fundo sabe que esse pensamento não é bem aceito pela sociedade, afinal estamos em 2017 e não em 1817, e exatamente por isso ele não comenta sua opinião com outras pessoas, pois tem medo de que elas o recriminem ou mesmo o excluam de alguma forma. Ele sabe que existem pessoas que pensam como ele, mas a maioria das pessoas não tem “Poder Branco” escrito na testa, ele não vai compartilhar seus pensamentos com qualquer um, já que a pessoa pode acabar o tachando de “racista”, o que seria um absurdo já que ele até tem alguns amigos negros. Assim o sujeito vive em seu mundo de preconceito, até que ele vê um vídeo de uma mulher que chama a filha negra de um ator famoso de “macaca”. O vídeo foi compartilhado por uma amiga, que compartilhou o material comentando o absurdo que a mulher estava dizendo. Mas ao ver aquela senhora falar aquelas atrocidades sobre uma criança, apenas porque ela é negra, Carlinhos tem uma revelação: talvez mais pessoas do que ele já imagi-

66

www.outdoorregional.com.br

nou pensem como ele. Neste momento ele sente-se invadido de uma empolgação que antes não sentia, pois ele não está mais tão sozinho no mundo. Ele provavelmente vai compartilhar o vídeo e talvez até minta ao dizer que na opinião dele aquilo é um absurdo, mas ele também pode tentar defender as palavras daquela pessoa que pensa como ele. O vídeo da mulher que chamou uma criança negra de macaca, destilando seu ódio só porque os pais da menina eram brancos, já tem milhares de visualizações além de ser debatido por centenas de pessoas. Assim como outros tantos vídeos de políticos extremistas, fanáticos religiosos e tantas outras pessoas que propagam ideias que, apesar

de ferirem todos os conceitos de uma sociedade ideal e igualitária, continuam a ser compartilhados e tendo um alcance cada vez maior. A internet e, principalmente as redes sociais, não deram apenas voz às pessoas preconceituosas e ignorantes, elas também permitiram que esses indivíduos descobrissem que não estão sozinhos no mundo e assim começassem a ganhar cada vez mais força. E no final das contas, somos nós que contribuímos para isso ao propagarmos seus pensamentos depravados e, mesmo que queiramos mostrar como eles são ruins, tudo o que fazemos é lhes dar voz ao invés de os mantermos onde eles deveriam ficar: no esquecimento.


www.outdoorregional.com.br

67


68

www.outdoorregional.com.br

Outdoor Regional  

Edição 93 - Fernando & Sorocaba

Outdoor Regional  

Edição 93 - Fernando & Sorocaba

Advertisement