Page 1

22

a h l e b A Kid ! a t l o v e d

Auto

Surpreenda-se com os novos Sandero e Sandero Stepway

brica de ĂĄ f a d s o n a 0 3 gia de Hits com ener principiante

Moda para ELES! Eles gostam e as mulheres amam quando estĂŁo em dia com o guarda roupa


2 | www.outdoorregional.com.br


Carta ao Leitor

Nas ruas, na internet e sempre com você Todos os meses, quando a revista chega ainda fresquinha da gráfica, nossa equipe sai às ruas para distribuir a Outdoor Regional, enquanto outra parte já posta a edição completa em nosso site (www.outdoorregional.com.br) . A distribuição não é simplesmente feita, mas estudada passo a passo para que a Outdoor realmente chegue até seus leitores e, para isso, são analisadas diversas questões, com muito cuidado e compromisso. Você deve se perguntar o porquê de falar da distribuição na carta ao leitor. A resposta é simples: porque sem ela, a Outdoor não entraria em sua vida, sem nossos distribuidores de ruas e virtuais, esta revista não seria tão democrática e nem teria o alcance que tem atualmente. Exemplo disso é essa edição de cabo a rabo. Discutimos com vocês os assuntos que tratamos e, graças à participação de mais de 1000 (mil, isso mesmo!) postagens no Twitter, é que nossa matéria Especial foi feita com a Nath Bacci, novidade na música brasileira. Na capa, uma verdadeira homenagem aos bons tempos do rock pop brasileiro, típico dos anos 80: Kid Abelha, que está de volta com “Glitter de Principiante”. E nessa edição tem novidade na Moda, pois a editoria este mês é toda deles! Moda masculina. Mas temos também Tecnologia, Saúde, Finanças, Viagem, Gastronomia e muitos outros assuntos e, com certeza, um deles é o seu preferido. Chega de papo, afinal, tem muitas páginas esperando para serem lidas por você!

Melise Scomparim Jornalista

Recado dos leitores

“Parabéns pelo lindo trabalho que a cada nova edição fica melhor! Sucesso Mil para vocês! ” Valdely Dantas – Boituva/SP “Muito bacana essa matéria sobre os 15 anos dos meninos do Jota Quest. Eles merecem todo sucesso que fizeram e fazem até hoje, são simples, atenciosos e simpáticos. Parabéns, a Revista pelo destaque aos meninos queridos do Jota!” Bárbara Oliveira – São Paulo/SP


www.outdoorregional.com.br | 5


Expediente

Índice 08

Cinema & TV

10

Literatura

André Maffeis

12

Música

Jornalista Responsável

14

Tecnologia

16

Moda

AC Rezende Camila Marcusso

18

Decoração

Juliana Cuani / Juliana Moreno Rafael Barbosa / Vitor Quartezani

20

Educação

Colaboradores Bruno Fernandes / Fábio Sanqueta Thássia Moro / Valdely Dantas

22

Games

24

Especial

Revisão Juliana Moreno Melise Scomparim Mariele Rosa

28

Social

36

Capa

Projeto Gráfico / Diagramação Thiago Nehring / Bruno Oliveira

42

Esporte

44

Saúde

Estúdio Daniel Trabanca

46

Autos

Comercial Patricia Pereira

48

Finanças

50

Trabalho

52

Direito

54

Política

56

Turismo

58

Gourmet

60

Prata da casa

edições@outdoorregional.com.br

62

Região

Site

64

Galeria

66

Crônica

Coordenador Geral Rafael J Pereira Coordenador de Criação

Melise Scomparim MTB:46015 /SP Repórteres

Foto

Tiragem 8.000 exemplares Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho/Tietê/Tatuí/ Sorocaba Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br Edições anteriores

www.outdoorregional.com.br| Empresa CNPJ: 07.627.719/0001-04 Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 - 2º andar - sala 07 Telefone: (15) 3263-5028 / (15) 91142136 / (15) 9744-9382 contato@outdoorregional.com.br A Revista Outdoor Regional não se responsabilzia por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de informes e anúncios publicitários

6 | www.outdoorregional.com.br

Tecnologia Especial pag.24 Vocês pediram pelo Twitter: NathBacci é nossa matéria especial de Julho!

pag.14

O mundo virtual esquenta com a chegada do Google+

Errata No Informe Publicitário do evento Destaque Solidário do Rotary Club de Boituva, falta a foto e menção ao premiado Tatuí Turismo. O nome correto do ganhador RRL Comunicação é Revista A+ e as fotos que compõem a matéria, são do fotógrafo Julio Vial.


www.outdoorregional.com.br | 7


cinema

E se todos nós tivéssemos saudades de nossas mães?

Ficha Técnica “O Clube da Felicidade e da Sorte” (“The Joy Luck Club”) EUA - 1993

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

A

gora ela não dorme mais no quarto ao lado, mas em outra casa, outra rua, outro bairro, outra cidade. Apesar de serem cidades vizinhas, os poucos quilômetros que nos separam – cerca de 15 minutos percorridos de carro – às vezes parecem incrivelmente sem fim. Quem já teve que se separar de sua mãe por algum motivo, sabe do que estou falando. Pensando nisso, assisti um filme que trata exatamente disso, do laço invisível que une mães e filhas de uma forma toda mágica. “O Clube da Felicidade e da Sorte” é um filme sensível, que gira em torno do universo feminino, mostrando as lembranças, sonhos, alegrias e tristezas de quatro mulheres. Cada uma delas possui uma história em particular com suas filhas, todas regadas de sentimentos verdadeiros e profundos. Talvez quem não esteja em um momento de reflexão sobre o assunto, não ache nada de interessante neste filme. Acredito

8 | www.outdoorregional.com.br

que isso é realmente algo de se esperar pois, como eu disse, só vai entender como 15 minutos podem se tornar infinitos quem já teve ou tem uma distância que te separe da sua mãe. Não tem como descrever ou explicar. Quando eu ouvia amigas ou qualquer outra pessoa falando sobre a saudade que sentia da mãe ao mudar de casa, confesso que eu achava exagero. Pois, pense comigo, quando você sai da casa dos seus pais, não está indo embora para sempre, apenas se mudando. Pois agora que estou nessa situação, te digo, dá uma baita saudade mesmo. Não só da mãe, mas do pai, irmãos, avós, animais, tudo! Mas como dizem, mãe é mãe, né. “O Clube da Felicidade e da Sorte” é bom para nos fazer pensar a respeito disso. De como nossa mãe tem influência sobre nossa vida, mesmo às vezes sem percebermos. Talvez quando eu esteja no lugar dela, assista esse filme de novo, para entender melhor – ou superar, se é que é possível – o fato de ser aquela que fica e assiste a filha ir.

Dia 15/07 chegou ao fim uma grande saga. “Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2” encerra a série de sucesso em grande estilo, já que a Warner Bros decidiu adaptar o filme para a tecnologia 3D, o que aumentou o orçamento em US$ 5 milhões. Um fato interessante é que no epílogo que se passa anos após os últimos eventos, Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson não serão substituídos por atores mais velhos e parecidos com eles, já que a equipe irá envelhecer os atores usando os magníficos artifícios da maquiagem e efeitos visuais.

Neste mês você já pode encontrar nas locadoras a animação “Rio”, que tem como plano de fundo a linda cidade do Rio de Janeiro. O filme conta a história da arara Blue, que nunca aprendeu a voar por ser domesticada e vive tranquilamente com a sua dona Linda, na pequena cidade de Moose Lake, Minnesota. Blue e Linda acreditam que ele seja o último da espécie, mas descobrem a existência de outra arara que mora no Rio de Janeiro. Começa, então, uma viagem cheia de aventura em busca de Jade, a única fêmea da espécie.


www.outdoorregional.com.br | 9


literatura

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Você me chamou por telefone. Não te vejo há um ano... seis anos juntos e agora sem te ver... pela tua voz no telefone sei que você está controlando uma emoção, querendo bancar o homem seguro de si... e fico desesperada porque mesmo assim você consegue fingir solidez e eu... e eu... ao ouvir tua voz, o mundo se acalma... [...] e tua voz vem do mundo dos altos, dos fortes, e eu, mesmo sabendo dos perigos que esta paz me oferece , me arrumei toda para vir aqui ver você”.

S

abe quando você está em algum lugar e, aparentemente do nada, algum casal começa a ter uma discussão bem do seu lado? E você ali, sem ter como fugir, fica sabendo de todos os detalhes dos motivos que levaram aquela discussão de relacionamento acontecer. Apesar de ser um tanto quanto constrangedor – para ambos os lados, diga-se – todos havemos de confessar que, apesar de tudo, gostamos de ficar sabendo da vida alheia. Pois bem, é assim que me senti ao ler “Eu sei que vou te amar”. O livro conta a história de um casal que se separou após seis anos de casamento. Entretanto, depois de três meses sem se ver, marcaram um reencontro. E é então, que do começo ao fim da leitura, o leitor passa a se sentir um intruso nesse reencontro, pois o livro todo é de um momento só, uma única cena, sem intervalos. Nesse reencontro, cada um expõe seus pensamentos mais ínti-

10 | www.outdoorregional.com.br

mos, segredos, confissões e angústias. Ao mesmo tempo em que ambos de abrem um com o outro, passam a chegar mais perto do real motivo que os levou à separação. E é assim, vendo os diálogos intensos, que nos sentimos reais espectadores do momento, como se estivéssemos lá presenciando. E mais do que saber o que cada um sente e traduz em palavras, também temos acessos aos seus pensamentos, o que faz com que tudo fique mais dramático e real. Enfim, é um daqueles livros que você começa a ler e termina poucas horas depois, pois quer logo saber como vai ser o desfecho do reencontro. Da mesma forma que acontece quando começamos a ouvir uma discussão de relacionamento por aí. Não sossegamos enquanto não sabemos como vai acabar, mesmo sem conhecer os personagens principais e suas histórias. Talvez porque, assim que começamos a ouvir, a curiosidade não nos deixa parar.

“Eu sei que vou te amar” Arnaldo Jabor 131 páginas Editora Objetiva

A coluna que o cantor Ozzy Osbourne possui no jornal The Sunday Times, na qual responde, de forma bem humorada, questões relacionadas à vida saudável, irá virar livro. Detalhe: suas respostas são baseadas em suas próprias experiências de vida! “Trust me, I’m Dr. Ozzy: Advice From Rock’s Ultimate Survivor”, algo como “Confie em mim, eu sou o Dr. Ozzy: Conselhos do maior sobrevivente do rock” tem previsão de lançamento para 11 de outubro nos EUA.


www.outdoorregional.com.br | 11


música

Juliana Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br

A

pós boatos espalhados por algumas mídias de que Rodolfo Abrantes voltaria ao Raimundos em 2011, a gravadora Warner Music divulgou um comunicado negando as informações e dizendo não ter relação com essa notícia falsa. Para os fãs que se animaram, já que Rodolfo não toca com a banda desde o ano de 2001 quando se converteu ao protestantismo, ainda sobram algumas novidades: após o lançamento do DVD “Roda Viva”, Digão, o atual vocalista, diz que estão voltando com tudo aos shows e muito mais. “Depois dele [o DVD], ninguém vai

ficar na saudade de nada, Raimundos está mais vivo do que nunca!”, disse em entrevista ao Portal MTV. Sobre a possível volta, Digão esclareceu que “desde que assumi os vocais, não o convidamos para um retorno porque achamos que não tinha sentido, a escolha foi dele de sair e será dele se quiser voltar, as portas aqui nunca estão fechadas”. Já Rodolfo ao ser abordado sobre o assunto disse que boatos são coisas de gente desocupada. “Estou muito bem como estou. Temos tocado bastante, não só no meio cristão, o que eu acho bem legal, as pessoas se identificando com a mensagem. No

momento estou terminando meu quarto CD, que está sendo produzido pelo Ricardo Vidal (O Rappa) e a sonoridade está ficando animal”.  Desde a estreia do trabalho em 2006 foram lançados três discos - ‘Santidade ao Senhor’ (2006), ‘Enquanto é Dia’ (2007) e ‘Ao Vivo’ (2010). A formação atual do Raimundos tem Digão nos vocais e na guitarra, Canisso no baixo, Marquim também tocando guitarra e Caio Cunha na bateria. A agenda de shows é longa, com datas até o final de julho e também para agosto e setembro. Você pode conferir em www.raimundos.com.br

Festival Lollapalooza deve ter edição no Brasil O festival Lollapalooza deve ganhar uma edição no Brasil em 2012 e está previsto para acontecer em abril, no Jockey Club, em São Paulo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a produtora Geo Eventos divulgou que o evento será realizado nos dias 7 e 8 de abril. Já a produtora Lotus confirmou que o festival voltará a acontecer no Chile, em 31 de março e 1º de abril de 2012, se tornando a segunda edição na América do Sul. O Lollapalooza original acontece entre 5 e 7 de agosto em Chicago. O festival criado por Perry Farell já completou 20 anos e contou com bandas como The Killers, Kanye West, Flaming Lips, 30 Seconds To Mars, Yeah Yeah Yeahs, entre outros. 12 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 13


tecnologia

Google estreia nova rede social e promete mudar conceitos Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

O

s domínios de Facebook estão ameaçados: a empresa Google lançou o projeto Google+ (ou Google Plus, como preferir), que por enquanto está sendo testando por alguns e selecionados grupos. Assim que testada, a nova rede social estará aberta a todos e permitirá o compartilhamento de conteúdo como fotos, textos e links. E para quem espera um “mais do mesmo” é bom não pré-julgar. Quem teve o prazer de entrar no Google+ encontrou uma interface limpa e intuitiva, com um projeto bem diferente do Facebook, a começar pela ideia de criar pequenos grupos (ponto positivo para quem quer mais privacidade), além dos serviços de mensagem de texto e vídeo chat. Além dos usuários estarem ansiosos, a Google também, afinal, está na hora da empresa superar seus tropeços em redes sociais, como o Buzz e o Orkut (lembrando que o Orkut só foi

14 | www.outdoorregional.com.br

bem sucedido no Brasil). A campanha da rede é muito boa, uma série de vídeos no canal do You Tube da empresa explica o projeto, passeia por ele e ainda explora o lado da privacidade, relacionamentos, um misto muito bem feito de razão, praticidade e emoção. O Google+ é uma aposta que foca o dinamismo e tem a preocupação principal em humanizar o ambiente de rede o máximo possível, para que se pareça com a vida real. Saiba um pouco mais sobre os componentes do Google+: Círculos: Você compartilha coisas diferentes com pessoas diferentes. Mas compartilhar as coisas certas com as pessoas certas não deveria ser uma complicação. Com os Círculos, fica fácil colocar seus amigos da balada em um círculo, seus pais em outro e seu chefe em um círculo só dele, exatamente como na vida real. Sparks: É como um apanhamos de coisas que gostamos. O Sparks procura vídeos e artigos

de que você possa gostar para que, em seu tempo livre, você tenha sempre algo para assistir, ler e compartilhar. Hangouts: Encontrar com amigos é uma das coisas mais legais de sair por aí. Com Hangouts, os encontros inesperados acontecem na web pela primeira vez. Avise aos amigos que você está on-line e veja quem aparece para um chat por vídeo e dá para colocar várias pessoas ao mesmo tempo no chat. Uma ótima maneira de reunir pessoas queridas. Instant upload: É exatamente o que diz o nome, pois suas fotos fazem o upload automaticamente. Curioso para ver como irá funcionar? Nós também. Huddle: Transforma várias conversas em um simples chat em grupo. Dessa forma, todo mundo entra em sintonia antes de os dedos ficarem doendo. Agora é esperar e ver se a Google vai acertar desta vez, afinal, nós, amantes de tecnologia, é que ganhamos com tudo isso.


www.outdoorregional.com.br | 15


moda

Homens, nós temos as dicas para vocês não errarem mais Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

N

enhum homem pode fugir totalmente da moda, afinal, por mais que não seja um assunto do agrado de todos, a boa aparência é fundamental, principalmente no ambiente profissional. Cada vez mais as empresas deixam os funcionários mais à vontade para a escolha da roupa, com uma postura menos conservadora e, com isso, ganha-se liberdade, mas há a armadilha do look ser um fracasso. Evite de qualquer maneira ber16 | www.outdoorregional.com.br

muda (por mais bonita e social que ela seja), calça jeans destroyed e/ou muito justas, camisetas com gola V e chinelos. Essas são peças para os momentos de lazer. O ponto positivo do inverno é ser elegante mais facilmente. Para quem trabalha em um ambiente formal, é difícil errar usando terno e, para espantar o frio, um suéter, cardigã ou sobretudo também são bem vindos. Para quem tem um ambiente profissional que pede um esporte fino, as peças clássicas são as preferidas. Combine um jeans escuro com uma

camisa e blazer bem cortados e com bom caimento. Agora se você tem a sorte de trabalhar em um lugar onde há a liberdade da diversidade casual, o jeans e camiseta são as peças-chave. Para esquentar, escolha entre moletom, jaqueta de nylon, jaqueta de couro, cardigã ou blazer. Em qualquer momento, lembre-se dos acessórios como cachecóis e gravatas, pois eles dão um toque de sofisticação. Agora é hora de caneta e papel para anotar as peças que não


podem faltar no guarda roupa masculino na hora do trabalho:

- Blazer (o azul marinho é um clássico, mas outro de cor escura faz a vez) - Terno (ainda que não seja usual, nunca se sabe quando

será necessário fazer uso dessa peça versátil e formal) - Camiseta branca (porque até com um blazer ela fica perfeita) - Calça jeans escura (clássicos são indispensáveis)

- Cinto preto ou marrom (básico e essencial) - Camisa social clara (elas são mais fáceis de combinar) - Calça social preta (sempre se pode precisar) - Sapato confortável social - Suéter (tenha pelo menos um)

O jornal The New York Times levantou suspeitas sobre um possível retorno de John Galliano para o grupo LVMH. No entanto, Bernard Arnault, proprietário do conglomerado de luxo, negou os boatos durante o desfile masculino da Dior, no dia 24 de junho, em Paris. “Ele não teve nem a delicadeza de me contatar após os acontecimentos”, declarou Arnault.

Para um homem ficar elegante e ainda se manter aquecido no inverno, é prático: aposte em peças clássicas como sobretudo ¾, trench coat, tricô, varsity jacket e, claro, a queridinha jaqueta de couro.

Beatnik é um movimento contra-cultura que surgiu nos anos 60 na literatura, o qual se proclamava contra o materialismo, e que está de volta e na moda. O estilo Beatnik de se vestir traz o preto como a cor principal, além de boinas, roupa formal, como camisas, sapatos clássicos, coletes e camisas de gola alta. Além disso, o uso do cabelo comprido e despenteado conclui o look.

www.outdoorregional.com.br | 17


decoração

Valdely Dantas decoração@outdoorregional.com.br

P

roporcionar um belo quarto ao filho que está para chegar é o sonho dos pais. Porém, muitas vezes essa tarefa parece ser mais fácil do que realmente é. O quarto de um bebê não deve ser apenas bonito, pois há muito mais a se considerar. O conforto, a saúde e a segurança do recém-nascido estão em jogo e por isso cada detalhe merece atenção. Tudo começa com a escolha do quarto. Claro que quanto a isso nem sempre se tem muita opção, mas tenha em mente alguns pontos: * O ambiente deve ser o mais aconchegante e tranquilo possível * O quarto tem que ser de fácil acesso, assim os pais podem atender o bebê com rapidez quando precisar * A ventilação do ambiente é muito importante. Ele deve ser arejado, de preferência com a janela voltada para o leste, assim o bebê recebe a luz da manhã no seu quarto, o que também ajuda com que ele tenha noção do dia e da noite. Se isso não for possível, preste  atenção para que não seja voltada para a face sul, pois esta não tem quase incidência 18 | www.outdoorregional.com.br

de sol ao longo do ano, além de má ventilação. Isso pode acarretar numa maior umidade no ambiente e, consequentemente, a proliferação de ácaros, fungos e bactérias prejudiciais à saúde. * Evite ventiladores e ar condicionado. Em casos de calor extremo, use ventiladores de teto na função exaustor * Cuidado com exageros! Cores, formas e texturas diferentes são boas para o estímulo visual do bebê, mas o excesso traz confusão visual * Sancas e outros ornamentos em gesso como roda-meios são lindos, mas antes de investir neles, lembre-se: eles acumulam muito pó. Assim como excesso de prateleiras, bichinhos de pelúcia, carpetes e tapetes. Um bom modo de começar a decoração do quarto é a partir de um tema e um esquema de cores. Tendo isto em mente, trabalhe as paredes e piso, cuide da iluminação, escolha os móveis e distribua-os de modo que sempre haja uma fácil circulação. Deixe o berço fora de correntes de ar (linha entre janela e porta). Depois, cuide dos detalhes, como cortinas, enxoval e

outros enfeites em geral. Além das cores tradicionalmente utilizadas, você pode inovar e usar variações de tons que sejam agradáveis para a criança. Cores fortes como o vermelho, azul royal, amarelo ouro e verde são alegres, aguçam a curiosidade das crianças e estimulam a percepção das formas. Entretanto, os tons pastéis transmitem mais tranquilidade e ajudam a relaxar. O xadrez, o poá (bolinhas) e as listras também podem ser utilizados de forma muito harmônica em um mesmo enxoval. Esta combinação é perfeita para aplicar em um trabalho de patchwork. O efeito será lindo e bem original. A delicadeza dos trabalhos elaborados com fuxico dá um ar de graciosidade e leveza ao enxoval, sendo ideal para ajudar a compor o quarto das meninas. Um quartinho de neném normalmente perde o sentido depois do 3º ano de vida da criança, então, tente ser criativo e modernize um pouco para que a decoração sirva para os anos seguintes também.


www.outdoorregional.com.br | 19


educação

A Ou escol tdoor ha do te aj seu c uda a p urso ensa super r na ior

20 | www.outdoorregional.com.br


Thássia Moro educacao@outdoorregional.com.br

E

xistem momentos em que nossas escolhas podem mudar completamente nossa vida, e a escolha do seu curso superior com certeza é uma das mais importantes delas. E se você está se preparando para prestar vestibular no final do ano, sabe bem que esse momento de decisão profissional está cada vez mais próximo. Esse momento é sempre o mais complicado, pois são inúmeras questões e dúvidas que nos rodeiam. Se você se encontra nesse período conturbado e ainda está em dúvida, não se preocupe, já que esse processo de indecisão é essencial e mais comum do que você possa imaginar. As pesquisas apontam que a maioria dos jovens tem dificuldades para escolher uma profissão e que apenas uma pequena parcela tem certeza absoluta do curso superior escolhido. É raro você encontrar pessoas que sabem desde a infância a profissão que irão seguir. As indecisões e inconstâncias são partes do nosso crescimento e das nossas mudanças pessoais. As opções de cursos são inúmeras e divergem nas mais variadas áreas, além de uma incontável lista de universidades espalhadas pelo país. Para ajudar em sua escolha, apontaremos alguns aspectos fundamentais. Antes de qualquer coisa você precisa se conhecer, procurar suas habilidades e suas aptidões. Busque, também, ter conhecimento dos seus defeitos, pois eles serão essenciais para as decisões que precisará tomar dentro de sua vida universitária. Liste as principais opções nos vestibulares que pretende prestar. Os cursos superiores possuem diversas derivações, seja nas áreas mais clássicas (Direito, Medi-

cina, Comunicação), seja nos mais novos cursos que surgem a cada ano. Faça uma auto análise sobre suas aptidões em cada categoria, por exemplo, se você não gosta de uma determinada matéria na escola, provavelmente você não se dará bem se um curso superior for voltado somente para ela. Depois de adquirir um auto conhecimento, liste as carreiras que mais se comparam com sua personalidade e se informe sobre elas. Conheça todas as profissões que você tem interesse de maneira profunda. O curso superior geralmente é o inicio do aprendizado e do cotidiano do profissional que ele forma. Saiba que todas elas possuem lado positivo e negativo e procure conhecer o cotidiano de cada profissional já formado naquela área. Pesquisas em manuais universitários e sites especializados também são de grande valia. Além disso, testes vocacionais nos ajudam a delimitar nossas áreas de interesses. A calma e a paciência são peças chave nesse quebra cabeça vocacional, pois sem elas você não estará preparado e não terá certeza da escolha que fizer. Analise muito bem todas as possibilidades, não escolha sua profissão porque ela rende muito dinheiro, ou porque você só sabe fazer aquilo, pense que as carreiras profissionais se adaptam ao momento da economia e da sociedade, por isso, preste atenção aos “cursos do momento”, pois eles nem sempre são aquilo que prometem. Hoje o que é tendência, amanhã não será. Mesmo que o curso possa preencher seu gosto pessoal imediato, lembre-se que será uma escolha que determinará sua vida e não apenas alguns anos de satisfação escolar.

Escolha por você e pelo prazer em fazer algo que você goste. Porém, uma escolha agora não impede que você a mude no futuro. Procure entender que nossos gostos mudam e, muitas vezes, o curso que escolhemos nem sempre é o que imaginamos. Mudar de ideia não é errado. Por isso é importante pensar com calma e paciência antes de optar por qualquer curso ou universidade e ter certeza de que a sua vocação está nessa área. Lembre-se que a entrada em uma universidade modifica sua vida de maneira absoluta, pois você não mais estará em uma sala de aula com pessoas de gostos extremamente opostos ao seu, mas sim em um lugar em que os gostos podem até ser diferente, mas eles se assemelharam muito aos seus. A universidade também significa possíveis mudanças de cidades, de amigos e de padrão de vida. Pondere todos os quesitos quando for escolher o curso e o local de estudo. Além disso, faça sua escolha por você, já que influências da família e de amigos são normais, mas muitas vezes são o primeiro passo para uma decepção universitária. Eles também querem que você seja feliz em sua profissão, mas é somente você que pode dar a palavra final. Estude e reflita sobre todos os momentos de sua vida e conheça você mesmo muito bem. A escolha do seu curso superior é o primeiro passo para a construção da sua carreira profissional, da sua própria vida e esse caminho é somente você quem pode trilhar. No momento da escolha na ficha de inscrição do vestibular lembre-se de comparar bem as opções, pense muito sobre elas, busque ajuda quando necessário, mas saiba que o sonho é seu, a vida é sua e cabe a você correr atrás deles!

www.outdoorregional.com.br | 21


games

Rafael Barbosa r-barbosa@outdoorregional.com.br

É

inevitável. Quando se fala em Xbox 360, um jogo vem logo à mente: “Gears of War”. A série que mostra a luta entre humanos e Locusts pelo domínio do planeta Sera, arrebanhou uma legião de fãs, desde que seu primeiro título chegou às prateleiras, em 2006. Agora, o terceiro capítulo da trilogia está chegando, marcando não só o fim da história centrada em Marcus Fenix e Don Santiago, mas também o enceramento da franquia no Xbox 360. O título se passa 18 meses após os trágicos eventos narrados em Gears 2, e agora encontramos a tropa Delta (composta por Marcos e companhia) tentando repelir o ataque dos Drudges, uma nova subespécie de Locusts, enquanto buscam por sobreviventes humanos. Gears of War 3 promete ser dramático, os inimigos serão maiores e mais ameaçadores do que nunca e para isto uma nova gama de ar-

mamentos será disponibilizado aos jogadores, como a Silverback, uma armadura equipada com metralhadoras e lança foguetes. Novos personagens também serão apresentados, como a bela Anya Stroud e o novato Aaron Griffin, dublado pelo Rapper Ice T, que reuniu sua banda, Body Count, para compor a trilha do game. Porém, o apelo de Gears 3 não fica apenas no modo Story. A franquia foi uma das primeiras a mostrar o potencial viciante da Xbox Live e agora, para o terceiro game da série, a jogatina on-line promete ser matadora, mais balanceada e contando com novos modos e um sistema de recompensa. E o melhor de tudo é que há grandes possibilidades de termos tudo isto em nossa língua, já que o gerente de marketing da Xbox Brasil, Guilherme Camargo, afirmou `a revista EGW que o game virá legendado em português.

A Sony anunciou recentemente a criação do PSN Pass. O serviço, que estará presente apenas nos games first party, é um sistema de verificação on-line que irá exigir um código para que o jogador possa aproveitar as funções on-line de alguns jogos. O novo serviço, que será iniciado com Resistance 3, é uma medida contra a venda de jogos usados, já que cada código (distribuído juntamente com o game), uma vez utilizado, torna-se inativo para outros consoles.

A Ubisoft Brasil declarou que, em virtude do sucesso que a série Assassin’s Creed obteve no Brasil, o novo game da série, “Assassin’s Creed: Revelations”, será lançado com legendas em português. A Ubisoft também afirmou que uma versão especial do game, contendo diversos extras, pode ser adquirida através de pré-vendas em revendedores oficiais, pelo mesmo valor da edição convencional.

22 | www.outdoorregional.com.br

Ficha técnica Nome: Gears of War 3 Desenvolvedora: Epic Games Editora: Microsoft Game Studio Plataformas: Xbox 360 Lançamento: 20 de setembro de 2011


www.outdoorregional.com.br | 23


especial

th a N ? o h n o s m o ã u ç r a a s z n i al se e a r é é o o Com na pele com e com você r e o b o a d s t i u c O a Bac m o c u i d i v i d e 24 | www.outdoorregional.com.br


Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

N

osso twitter recebeu muitos pedidos, foram muitos mesmo! Mais de mil e tá aí: a pedidos e merecidamente, o nosso Especial é Nath Bacci, todinha para seus fãs. Fãs. Essa é uma palavra que a garota talentosa ainda se acostuma, pois de fã para ídolo, requer um tempo, mas essa é a sua nova realidade. Realidade que começou a tomar forma em um programa de talentos. Nath explica pra gente que foi tudo muito inesperado no programa Raul Gil “Jovens Talentos”. “A repercussão que tive durante o programa, eu não esperava! Não sabia que tanta gente curtia o som do Paramore, e realmente não imaginava que atingiria um público tão jovem cantando músicas antigas como “Whats Up” do Four Non Blonds e tão fortes como “Dear Mr. President” da Pink! Foram até fãs com cartazes na plateia para me ver. Foi demais!”. A emoção da moça é sentida na entrevista, afinal Nath Bacci está no mundo da música desde os seis anos, e em 2010 a escola foi o programa de calouros. “Aprendi como interagir com as câmeras, a lidar com a pressão de ser julgada, a controlar o nervosismo de cantar em rede nacional... aprendi muito lá! Fora que foi muito gratificante ganhar o carinho do público, o reconhecimento pelo meu trabalho”, conta deslumbrada. Sonhadora, a garota também é muito pé no chão. Ela nos contou como foi a batalha para a gravação do seu primeiro single “Decisão”. “Eu escrevi ‘Decisão’ junto com a melodia, brincando com a minha prima, e deu no que deu! Mostrei

ao meu produtor, e ele pirou! A etapa de estúdio foi maravilhosa, aprendi e aprendo muito com meu produtor... foi incrível! Fora que gravar a sua música e ouvi-la pronta, é tudo de bom!”. A concretização do sucesso veio nos convites de abertura para bandas de renome nacional. “A emoção de lidar com um grande publico não é fácil, é mais difícil que TV. Abrir Fresno, NxZero, Gloria, Strike, entre outros, às vezes dá medo, porque você não sabe qual será a reação do público ao teu show, ao teu repertório, mas graças a Deus, consegui agitar todo mundo, e fazer com que eles cantassem junto! E quando isso acontece, é a melhor sensação do mundo”. Nath entrou nas aulas de teatro aos seis anos e fez peças musicais como, “Alice no País das Maravilhas” e “O Mágico de OZ”, onde foi Alice e Doroty, respectivamente. “Nelas eu cantava e atuava, e foi assim que percebi que era isso o que eu queria”, contou-nos. Agora Nath tem planos ainda com o seu single. “Bom, agora que gravei um single, todo single merece um clipe, não é? Então estamos começando os projetos para isso. E claro, gravar um cd completo, pois tenho muitas composições que estou louca pra mostrar ao meus fãs”. Carismática, a sorocabana contou que participar do programa Raul Gil foi muita adrenalina. “Meu primeiro show solo após essa temporada na Tv , no Mezzanine, foi muito emocionante! Ver meus fãs ali comigo, cantando as músicas, gritando meu nome”. Mas ela merece, merece muito! Além dos incontáveis pedidos no twitter, nós também recebemos

Agradecimentos: Blog Nath Bacci BR - www.nathbaccibr.blogspot.com Produtora Som Original - www.somoriginal.com.br

algumas perguntas de fãs e a Nath respondeu! Confira: Além de cantora, você também é compositora. Compor permite o artista ver suas canções em vários estilos musicais. Como define seu estilo? Pergunta enviada pela Bruna Rasfe de Belo Horizonte/MG Nath Bacci>> Eu defino meu estilo, não só pela composição, pois isso pode variar muito dentro do mesmo estilo, mas sim, pela emoção que aquele ritmo me passa, a vontade que eu tenho de sair pulando, cantando com aquele ritmo, que é o Rock. O que te motiva a caminhar cada dia mais nesse caminho de cantora? Pergunta enviada por Samantha Mayara Lisboa Ponce – Piracicaba/SP

Nath Bacci: Os meus fãs que me apóiam e estão sempre junto comigo, e a certeza de que é a música que eu quero pra minha vida, que eu faço com amor e quero compartilhar com todos! Você foi reconhecida nacionalmente e mundialmente pela passagem pelo quadro Jovens Talentos. Você tem que agradecer a quem por esse reconhecimento? Pergunta enviada por Henrique Neves - São Paulo/SP

Nath Bacci>> Primeiramente a Deus, pela minha família que sempre me motivou e me apoiou, aos senhores Raul Gil e Raul Gil Jr. que abriram portas enormes para mim, e claro, mais do que nunca, aos meus fãs que estão fazendo com que eu tenha esse ‘reconhecimento’, porque são vocês que fazem o nosso sucesso!

www.outdoorregional.com.br | 25


26 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 27


01

02

social

03 Terra Brasilis | Boituva 01 Sabrina, Jéssica e Pamela 02 Vivian, Débora, Camila e Daniela

28 | www.outdoorregional.com.br

04

03 Luana e Andressa 04 Gislaine, Ariane e Daniela

05

05 Cássia, Gislene e Kenia 06 Francine, Isis, Nadal e Talita


06

07

08

09

07 Ana Laura, Tayla e Gabriela 08 Josiane e Flávio

09 Caio, Laís e Mariana 10 Glaucia, Jéssica, Gleice e Mariellen

10

Créditos: Patricia Pereira

www.outdoorregional.com.br | 29


02

01

03

social em parceria com

04

05

06

07

10 Arraiá da Oficina Boituva – SETEC | Boituva 01 Irani e Marcos 02 Pref.ª Assunta e Drº Isaltino Gomes Verdi | Boituva 03 Fernando, Chiquinho e Demétrio 04 Fabiano, Daniel e Vitor 05 Stephanie, Brena e Pâmela 06 Rafaela e Manoel 07 Jéssica, Juliana e Flávia 08 Talita e Lucas Créditos: 09 Rafaela | www.outdoorregional.com.br 30Moro TV Boituva | www.tvboituva.com.br 10 Caroline

08

Agenda Verdi | Boituva 06/08 | Festa de Aniversário de 9 anos da casa

Terra Brasilis | Boituva

15/08 | Sertanejo com Edinho e Alessandro

SRB | Boituva

20/08 | Baile da Rainha da Boituvana

09


www.outdoorregional.com.br | 31


01

02

03

social em parceria com

04

32 | www.outdoorregional.com.br

05

07

08

06

09


10

14

13 Rota 11 | Tatuí 01 Isabela Juiz e Pamela Stape 02 Gabriela e Maigle 03 Andressa e Sabrina 04 Richard e Carina 05 Gian e Gisele Trevisan 06 Andressa e Tais

12

11

Rotary Club | Tatuí 07 Talita e Michele 08 Rogério e Vanessa 09 Carlos e Jaque 10 Paula e Fernando 11 Bete e Maria Renata

15

Alldeia Bar | Boituva 12 Talita Borsatti e Hélio Sebastiani 13 Lana e Júnior 14 Liriane e Rafael 15 Alexandre e Natália

Créditos: Equipe Xpres | www.xpres.com.br

www.outdoorregional.com.br | 33


34 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 35


capa

h l e b A d i K Melise Scomparim

m-scomparim@outdoorregional.com.br

A década era 1980 e, no meio de uma transmissão ao vivo de uma rádio carioca, era escolhido o nome de uma nova banda de pop rock nacional: “Kid Abelha e os Abóboras Selvagens”. De lá pra cá, a banda mudaria de nome para apenas “Kid Abelha”, teria mais de 30 hits executados nas rádios, tiraria férias de 2007 a 2010 e voltaria, para delírio de seus fãs 36 | www.outdoorregional.com.br


ha

! a t l o v de

Fotos por Mรกrcio www.outdoorregional.com.br | 37 Scatrut


A

voz de Paula Toller é inconfundível e o trio de muito bom gosto musical já gravou 13 álbuns de estúdio, três ao vivo e dois DVDs ao vivo. Foram quatro longos anos de lacuna musical do Kid Abelha que agora se findam, matando de sau-

38 | www.outdoorregional.com.br

dades seus fãs espalhados pelo Brasil e que jamais deixaram de cantarolar suas melodias. Para Bruno Fortunato, que comanda guitarra e violão, a volta após esses anos longe dos palcos é “um desafio excitante”. O desafio tem até nome: “Glitter de Principiantes”, nome da nova turnê e, como de costume, de uma das faixas inéditas da banda. “Nossas turnês sempre estiveram associadas a um lançamento de CD, DVD ou anteriormente de algum vinil. Desta vez, para não atrasar ainda mais o retorno do Kid com um período longo de gravação/composição, disponibiliza-

mos duas canções inéditas que são respectivamente "Veio do Tempo" e "Glitter de Principiante". Daí o nome da turnê, que traz consigo a ideia da vontade de se ter uma postura de frescor de principiante na volta aos palcos”, explica Bruno. O Kid Abelha tem muita história para contar, afinal, eles estavam presentes no auge das grandes composições de pop rock nacional e passaram por muitas fases da música brasileira, que é atualmente mais eclética que nunca. São 30 anos, algo definido como engraçado. “É aquela sensação de que é uma coisa que só acontece com os ‘outros’, mas não com agente. Eu vi os Rolling Stones completarem 30 anos juntos, já os Beatles não. Então, mesmo com as lembranças de tantos acontecimentos, das conquistas, e de todo o amadurecimento, ainda assim dá a impressão de que é uma coisa que talvez o nosso público tenha uma melhor percepção do que nós mesmos. Nós temos um comprometimento muito grande com o ‘aqui e o agora’, que é uma forma da gente estar atento para  solicitações artísticas do presente e de futuros projetos também. Às vezes, por conta disso,  fica um pouco difícil se ter uma dimensão de um período tão longo de trabalho”, confessou o guitarrista.


A fábrica de hits volta com tudo. Para quem não se lembra, ou não sabe, o primeiro disco do Kid Abelha foi “Seu Espião”, que trazia entre outros os clássicos amados por todos como “Pintura Íntima”, “Fixação” e “Como eu Quero”. Em 1985, lá estavam eles no seu primeiro Rock in Rio. A formação inicial tinha Leoni no baixo e como um dos compositores. Não demorou muito para a vocalista Paula Toller se tornar sexy-symbol, e inspirar muitas mulheres, aliás, Paula é referência de beleza até hoje. Na mudança de anos 80 para 90, o Kid Abelha tinha sua primeira férias, dois anos, por conta da gravidez de Paula. O trio voltou ao mundo musical com “Tudo é Permitido”, e o disco foi um sucesso, principalmente o hit “Grad´Hotel”, que contou com um vídeo clip gravado em super 8. Sim, essa foi a grande época dos vídeos clips. A onda dos acústicos veio com “Meio Desligado”, no qual o trio revitalizou antigos sucessos, mas com uma nova roupagem, resultando em um álbum que foi aprovado pela crítica. Depois voltaram ao elétrico com “Meu Mundo Gira em torno de Você”, com o qual venderam mais de 250 mil cópias, e logo veio também o projeto em espanhol (gravações dos sucessos) com participação de Alejandro Sanz. A cada álbum o Kid Abelha tomava forma, e “Autolove” é um dos melhores segundo muitos fãs e críticos. Na década de 2000, mas precisamente em 2003, é lançado o “Acústico MTV” que vendeu mais

de 750 mil cópias e permaneceu por dois anos como um dos Cds mais vendidos. Com a volta do Kid Abelha, muitas coisas mudaram no som do trio. Fortunato nos contou que muitas pessoas dizem que voltaram tocando melhor mas, para ele, o “distanciamento das nossas atividades relacionadas ao  Kid Abelha nos proporcionou uma visão mais nítida em relação ao nosso trabalho e do que cada um deseja para o sucesso da banda”. Com todo o frescor possível que umas férias trazem, os fãs saem ganhando, pois com experiência

musical e energia renovada do trio, é claro, podem aguardar um novo álbum muito em breve. É o estímulo final para a volta do Kid Abelha com chave de ouro e quem sabe ele não venha do registro dessa nova turnê? É uma probabilidade que a banda não descarta. Em 30 anos de sucesso, o cenário musical mudou muito e com as facilidades tecnológicas, diversos sistemas foram facilitados. “Acho que o que nos aproxima é a vontade de fazer música. Mas são momentos extremamente distintos. Nós começamos quase como uma ‘brincadeira’, não tínhamos a

www.outdoorregional.com.br | 39


Discografia menor noção de até onde poderíamos chegar. Na época, a ideia de gravar um single sob a forma de um vinil ‘compacto’ era algo difícil de imaginar, pois qualquer gravação só acontecia num ambiente profissional de estúdio,  o que representava um custo fora do nosso alcance. E como este tipo de coisa, outras, como tocar num palco com um equipamento relativamente decente, a possi-

40 | www.outdoorregional.com.br

bilidade da gente se apresentar num programa de televisão, tudo isso nos parecia algo muito distante, mas que aos poucos foi acontecendo”. O que não muda é a relação com os fãs, pois a relação das pessoas com a música é algo que não vai mudar. A música sempre vai ter  este poder de associar determinado momento de nossas vidas  a uma canção, a um Cd.

2005: Pega Vida 2002: Acústico MTV - Kid Abelha 2001: 25 Anos: Kid Abelha 2001: Surf 2000: Coleção 1998: Música: o Melhor da Música do Kid Abelha 1998: Autolove 1997: Kid Abelha: Espanhol 1997: Remix 1996: Meu Mundo Gira em Torno de Você 1995: Meio Desligado 1993: IÊ IÊ IÊ 1991: Tudo é permitido 1990: Greatest Hits 80's 1989: Kid 1987: Tomate 1986: Kid Abelha: ao Vivo 1985: Educação Sentimental 1984: Seu espião


www.outdoorregional.com.br | 41


esporte

Declínio técnico do boxe no país contribuiu para o crescimento do número de adeptos e ascensão da modalidade

N

o dia 27 de agosto, um evento promete revolucionar o modo do brasileiro enxergar o cenário de luta no Brasil. Trata-se do Ultimate Fighting Championship, ou UFC 134, como os torcedores mais fanáticos chamam a competição. E pela primeira vez, o Brasil recebe o evento que reúne os maiores lutadores das artes marciais do mundo. E o UFC ou MMA vem ganhando uma projeção nunca antes esperada dentro do território brasileiro, onde às vezes pode ocupar o gosto do brasileiro como o quarto ou terceiro esporte mais adorado pelo público, perdendo apenas para modalidades já consagradas como futebol, vôlei e F1. Isso se deve muito ao sucesso recente de lutadores brasileiros, como Vitor Belfort lá atrás, no final da década de 90 e começo dos anos 2000, a Rogério Minotouro, Ander42 | www.outdoorregional.com.br

Vitor Quartezani v-quartezani@outdoorregional.com.br son Silva, Lyoto Machida e Wanderlei Silva nos dias atuais. O que poucos sabem é que o UFC, antes de ser consolidado e virar um grande evento comandado por Dana White, foi criado por um brasileiro, Rorion Gracie, filho mais velho do lendário Hélio Grace, que em 1993 resolveu criar um campeonato que pudesse reunir lutadores de diversas especialidades e baseado nas batalhas realizadas entre os gladiadores romanos, resolveu desenhar o que os lutadores chamam de octógono, o ringue no qual acontecem as lutas nos dias de hoje. Porém, foi a partir da venda do evento em 2001 para os irmãos Fertitta, que o fenômeno o UFC começou a ganhar notoriedade no Brasil e principalmente no mundo. De lá para cá, o evento vem crescendo em termos de popularidade e arrecadação, como falou White em entrevista recente aos jornalistas

brasileiros. “Por onde passa, o UFC causa um impacto econômico na ordem de US$ 15 milhões a US$ 50 milhões e atrai muitas pessoas do mundo todo”. E o sucesso do UFC no Brasil é um dos responsáveis pelo enfraquecimento de um esporte que já deu muitas alegrias e que foi muito popular no país, o boxe, aonde desde que começaram a aparecer lutadores brasileiros de sucesso no Ultimate Fighting, coincidiu com o mesmo período em que os pugilistas brasileiros estavam em baixa no cenário do esporte mundial. Um dos que comprovam essa mudança no cenário das lutas é o lutador Tiago de Castro, da cidade de Boituva, bicampeão mundial de Jiu-Jitsu nos anos de 2006 e 2008. “O MMA, UFC ou como chamamos no Brasil, Vale-Tudo, ganhou espaço por que é a luta que mais se aproxima da realidade em ter-


“Somos os lutadores mais respeitados no mundo por conta do nosso Brazilian Jiu-Jitsu” Tiago de Castro

mos de combate, pois se fosse um combate pela sobrevivência entre lutadores, o MMA é o mais efetivo nesse ponto de vista. E acho que é isso que cativa tanto os expectadores, a questão da sobrevivência. Os grandes eventos estão atraindo cada vez mais expectadores e com

isso aumenta a popularidade do esporte e forma a sua consolidação”. Esse sucesso entre os brasileiros faz com que o país comece a ocupar uma posição de destaque dentro do universo do UFC, seja em termos de lutadores ou de reconhecimento por mídia e público. “Hoje o Brasil é o país que mais exporta lutadores de MMA para os ringues do UFC, somos os lutadores mais respeitados no mundo por conta do nosso Brazilian Jiu-Jitsu, pela versatilidade que é natural do brasileiro, e por nossa garra em combate. Por conta disso é que no Brasil tem-se aumentado o número de praticantes e consequentemente os eventos estão cada vez mais profissionais e sempre com grande presença de público”, ressalta Tiago. Como prova de que o lutador está correto em suas palavras, mesmo com o preço absurdo de R$ 275 reais pelo ingresso mais barato, os 16.572 ingressos para o UFC 134 Rio se esgotaram em pouco mais de uma hora. Tiago acredita que o sucesso entre o público e os atletas brasileiros se deve à grande mistura de técnicas que são empregadas dentro

de um evento UFC, o que possibilita acompanhar a apresentação de vários estilos de lutas. “O estilo que o brasileiro gosta é uma mescla de técnica e muita garra em combate, nossos lutadores são completos por que temos ótimos lutadores em todos os quesitos do MMA como Jiu Jitsu, Muay Thai, Boxe, Judô, Karatê entre outras modalidades todas muito bem representadas”. Perguntado sobre a expectativa em torno do evento, Tiago está otimista e ressalta que os últimos resultados obtidos pelos atletas brasileiros é o ingrediente principal que fará com que o UFC 134 seja lembrado para sempre no Brasil. “Com certeza será um grande evento e com um índice de audiência muito grande, já que será transmitido em rede aberta e que contará com grandes combates, como a defesa de cinturão do atual fenômeno Anderson Silva. Lutador esse que tem um estilo único de combater, que aplica golpes surpreendentes em seus adversários, com uma trocação fantástica e Jiu-Jitsu bom para o MMA. Na minha opinião, ele está no caminho certo para se tornar o nosso Pelé do MMA” .

www.outdoorregional.com.br | 43


saúde

A pílula anticoncepcional, mais que um contraceptivo, é um auxiliar na saúde feminina Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

L

iberdade. Esse é o adjetivo que por muito tempo as mulheres relacionaram à pílula anticoncepcional, um contraceptivo hormonal que surgiu na década de 50. Antes dela já existiam outros contraceptivos, mas este foi uma verdadeira revolução, justamente quando sexo e maternidade começavam a ser coisas diferentes para uma sociedade que até então não as dividia. A pílula foi responsável pela mudança na vida e no papel social da mulher e propiciou uma maior inserção no mercado de trabalho e também uma liberdade sexual que ainda não era conhecida. Da sua criação até o século XXI, muita coisa mudou, já que a pílula anticoncepcional evoluiu, mantendo os 99% de garantia contra gra-

44 | www.outdoorregional.com.br

videz não desejada e reduziu seus efeitos colaterais. Segundo estudos na área de ginecologia, hoje, os anticoncepcionais orais também ajudam a prevenir uma série de males, e os benefícios gerados pelas misturas hormonais têm respostas diferentes de pessoa para pessoa. A pílula do nosso tempo melhora a TPM em diversas mulheres, muitas também possuem efeito diurético, evitando inchaço, dores no seio e ainda reduzem a irritação, a ansiedade, a melancolia e o nervosismo típicos desse período. Muitas mulheres em idade reprodutiva sofrem da síndrome do ovário policístico, que se manifesta de diversas formas, como irregularidade menstrual, acne, oleosidade excessiva da pele ou aparecimento

de pelos grossos nas costas, glúteos e rosto. Os anticoncepcionais combatem essa síndrome, além de melhorar aspectos estéticos como pele e cabelo, sendo que isso acontece por conta de hormônios sintéticos, que regulam a produção hormonal. Esse fator pode resultar até mesmo na melhora da circulação, evitando o aparecimento de vasinhos e varizes, além da diminuição de dores de cabeça constantes. É importante lembrar que a pílula não faz milagres e que cada uma tem uma composição diferente que auxilia uma determinada necessidade, portanto, na hora de eleger uma pílula anticoncepcional, é necessário consultar um ginecologista, pois só ele pode avaliar e indicar qual é a melhor para você e a sua saúde.


www.outdoorregional.com.br | 45


autos

Sucesso comercial desde o seu lançamento, há três anos, o hatch compacto torna-se ainda mais atraente, com mudanças estéticas e técnicas Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

A

mplo espaço interno, robustez mecânica, três anos de garantia e manutenção acessível são pontos altos da nova versão. A equipe do Renault Design América Latina trabalhou com o objetivo 46 | www.outdoorregional.com.br

deixar os Novos Sandero e Sandero Stepway ainda mais modernos externamente e alinhados com a nova identidade mundial da marca, além de tornar o interior desses veículos mais sofisticado, graças, principalmente, à utilização de materiais

mais agradáveis ao toque. Para ampliar o conforto a bordo, o Novo Sandero traz ainda outras novidades como, por exemplo, abertura da tampa de combustível, que agora se dá através de uma alavanca no interior do veículo; e um


Fonte: Assessoria de imprensa Renault

novo rádio - desenvolvido especificamente para melhorar a qualidade do som (digital 3D) -, que incorpora novas funções como entrada USB/iPod, leitura de MP3, WMA e WMV; e Bluetooth. Outra importante evolução realizada nos Novos Sandero e Sandero Stepway ocorreu na parte de conforto acústico, onde as implantações de uma série de novidades tornaram esses novos modelos ainda mais confortáveis. Sucesso de vendas, o Renault Sandero vem crescendo de participação de mercado ano após ano, passando de 2,5% no segmento em 2008 para 4,8% em abril deste ano. As mudanças visuais são notáveis, como a dianteira, por exemplo, com novos faróis, grade frontal e pára-choques, conjunto que guarda semelhança com o Fluence. Na traseira, a identificação do modelo foi para o centro da tampa do porta-malas, alinhando o estilo do carro ao novo padrão de identidade da marca. No interior, novos materiais, cores e texturas deixam claro o salto de qualidade. O painel, por exemplo, está mais moderno e atraente. A parte central, agora em preto brilhante, abriga um novo sistema de som - com face “double din” -,

mais moderno e com ampla conectividade. Os comandos dos vidros elétricos migraram para as portas, melhorando a ergonomia. Outra importante novidade é que o Sandero acaba de receber o selo “Renault Eco²”, indicador desenvolvido pelo Grupo Renault para comprovar a produção de veículos ecologicamente e economicamente responsáveis. O selo foi criado para assegurar que todos os carros produzidos nas fábricas da Renault apresentem tecnologias acessíveis ao consumidor e bons resultados ao meio ambiente durante todo o seu ciclo de vida.

Novo Sandero Stepway O Novo Sandero Stepway também evoluiu e apresenta uma personalidade própria em relação às demais versões. Pára-choques mais encorpados, máscaras negras nos faróis e lanternas, além da altura elevada em relação ao solo marcam esta versão direcionada a consumidores com especial exigência em relação à estética. No interior, mais sofisticação a partir da adoção de materiais e padrões diferenciados, tonalidades e grafismos exclusivos.


finanças

Fábio Sanqueta financas@outdoorregional.com.br

A

alimentação fora de casa ficou 10,60% mais cara nos últimos 12 meses, superando a alta dos preços dos alimentos e bebidas em geral, que foi de 8,89%, de acordo com os dados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), divulgados nesta semana pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Dentro do item alimentação fora do domicílio, as refeições registraram alta acumulada nos 12 meses de 11,9%, no entanto essa não foi a maior elevação. A maior alta foi do famoso cafezinho, de 12,95%, e a menor, de 7,63%, foi verificada nos preços dos doces. Considerando apenas o mês de junho, o consumidor que se alimenta fora de sua casa está desembolsando 0,4% mais do que em maio e, num acumulado desde janeiro, temos um aumento absurdo de 5,02%. Neste caso, o destaque também ficou com o cafezinho, que pesou 0,98% a mais no bolso. Depois, aparecem outras bebidas alcoólicas (0,98%, com a cerveja liderando), o refrigerante e a água mineral (0,84%). Enquanto não for feita uma reforma na política econômica brasileira, os preços (inflação) de alimentos e outros consumos necessários aumentarão fora do controle e quem sempre acaba pagando são os consumidores. Nós temos que parar de ser escravos dos políticos

48 | www.outdoorregional.com.br

e, se não conseguirmos conter a alta dos preços, reivindicarmos salários e benefícios justos.

Alimentação em casa Alimentando-se em nossa casa (ideal, se possível), o Distrito Federal é a capital onde os preços mais subiram, com alta acumulada em

12 meses de 9,66%, frente à média nacional de 7,97%. No primeiro semestre, a alimentação em casa subiu 2,10%, com destaque para Porto Alegre, onde a alta foi de 4,05%. Já no mês de junho, a alimentação feita em casa ficou 0,62% mais barata, com maior queda em Belém, de 1,31%.


www.outdoorregional.com.br | 49


trabalho

vem Marketing Pessoal ionais a para ajudar profiss ercado se destacarem no m Rafael Barbosa r-barbosa@outdoorregional.com.br

P

or que ótimos funcionários, muitas vezes, não conseguem ser promovidos? Por que tantas pessoas, com excelentes qualificações, têm tanta dificuldade em conseguir um bom emprego? Estas são perguntas muito frequentes, baseadas em uma triste realidade que muitas vezes encontramos no mercado de trabalho. Boas qualificações e competência são, ainda, essenciais para construir-se uma carreira de sucesso, porém, não são os únicos quesitos para se deslanchar no mercado de trabalho. Outro fator muito importante, que vem ganhando força nos últimos anos e que tem provado ser uma arma muito poderosa na trajetória do sucesso profissional é o Marketing Pessoal. Mas não se assuste com este nome pomposo, pois embora a palavra pareça meio complicada, o conceito por trás do Marketing Pessoal é muito simples e similar ao marketing convencional. “Marke-

50 | www.outdoorregional.com.br

ting é o conjunto de ferramentas que uma empresa usa para fazer com que seus produtos sejam conhecidos, apreciados e comprados. Marketing Pessoal é quando um profissional faz exatamente a mesma coisa, só que em beneficio da própria carreira”, afirma o consultor de carreiras, Max Gehringer. Assim, tanto o Marketing Convencional, quanto o Marketing Pessoal, têm como objetivo ofertar um produto da melhor maneira possível. A diferença é que os produtos em oferta passam a ser as qualidades e competências de uma pessoa. Porém, claro que ambos utilizam-se de estratégias muito diferentes, afinal, não se pode ofertar as habilidades de um profissional da mesma maneira que se oferta uma geladeira. Se olharmos para as habilidades e competências de uma pessoa como sendo um produto, o planejamento de marketing pessoal desta pessoa deve incluir primeiramente o aper-


feiçoamento destas aptidões. “O planejamento deve incluir também a criação de valor para tais habilidades, assim como a criação de relacionamentos com pessoas que possam ajudar a promover a sua ‘marca pessoal’ e a entrega destas competências em forma de serviços”, afirmou o consultor em comunicação, Mario Persona, em dissertações sobre o tema.

Vendendo o seu peixe A primeira coisa que uma pessoa deve ter em mente ao planejar seu marketing pessoal, é saber exatamente o que ele está vendendo, ou seja, quais são suas qualificações e habilidades que possam interessar ao mercado de trabalho. A partir daí, a meta será utilizar-se de estratégias e ações para atribuir valor a estas habilidades, para que seus possíveis empregadores, ou colegas de trabalho (e claro, a chefia), passem a notá-lo e ao seu trabalho.

Muitas destas ações são muito simples, mas às vezes nos passam despercebidas na loucura do dia a dia. Ser solícito, pró- ativo, ou prestar mais atenção ao vestuário, por exemplo, são dicas simples, mas importantes e que podem fazer muita diferença para a carreira de alguém. Existem inúmeros livros e cursos com a função específica de ensinar uma pessoa a planejar, ou melhorar o seu marketing pessoal e, embora alguns possam trazer ensinamentos diferentes sobre o assunto, todos concordam em um ponto: Marketing Pessoal não é auto promoção. “Falar demais de si mesmo cria uma imagem negativa. Fazer propaganda de si mesmo não é marketing pessoal. Embora o profissional deva se expor, se quiser passar a ser conhecido, é muito melhor que os outros falem dele, do que ele de si próprio”, afirma Mario Persona. Portanto, é bom tomar cuidado para nunca confundir as coisas. Auto

propaganda, ou o famoso “querer aparecer”, somente atrapalham e em nada tem a ver com os fundamentos do Marketing Pessoal. A ideia não é que você fale bem de si mesmo, mas sim criar situações benéficas, que façam com que as outras pessoas não apenas falem bem de você, mas que também queiram propagandear suas qualidades. É claro que não podemos falar sobre todos os preceitos do Marketing Pessoal aqui. Esta matéria traz apenas uma pequena parcela de todos os fundamentos que podem ser aprendidos e que, com certeza, podem auxiliar a promovê-lo, pessoal e profissionalmente, de maneira mais eficiente e dinâmica, dando um belo impulso em sua carreira. Afinal, como disse Max Gehringer, em uma reportagem especial sobre o assunto: “em uma empresa séria, quem faz uso de um bom marketing pessoal sempre recebe atenção da chefia e o apoio dos colegas”.

www.outdoorregional.com.br | 51


,

direito

Mesmo após consulta realizada em 2005, acontecimentos recentes fizeram com que o Senado Federal trouxesse à baila a possibilidade de realização de novo plebiscito a respeito da permissão ou não da venda de armas de fogo no Brasil Bruno Fernandes b-fernandes@outdoorregional.com.br

I

nfelizmente, vivemos num país, ou melhor, em um mundo violento, onde muitas vezes questões banais são levadas às ultimas consequências, nos fazendo viver sempre em uma atmosfera de insegurança e medo. Quem já não disse, ou pelo menos ouviu alguém falar, que somos nós, cidadãos de bem que vivemos presos – em nossos lares – enquanto bandidos fazem a festa nas ruas? Isso não está longe de ser verdade, e muito se tem feito, ou pelo menos se diz fazer, para sanar problemas de violência em nosso país. Recentemente, mais precisamente em outubro de 2005, foi realizado, pela módica quantia de R$ 250 milhões, um plebiscito, que tinha por objetivo decidir sobre a permissão ou não da venda de armas de fogo no Brasil. O resultado: mais de 60% dos consultados se manifestou para a mantença de tal permissiva. Vai ano, vem ano, e nos deparamos com uma nova tragédia; dessa vez bem aos moldes norte-americanos, onde um indivíduo armado invade uma escola no Rio de Janeiro, e talvez por hobby, resolve fazer de vítimas, mais de uma dezena (15) de jovens, sem nenhuma razão ou causa aparente. Com base no sentimento aflorado após esta chaci52 | www.outdoorregional.com.br

na, sem considerar os verdadeiros pontos que devem ser tratados, como uma política de segurança eficiente, ou outros meios de conter a violência, parlamentares ressuscitam o debate de proibição de venda de armas de fogo, sugerindo a realização de novo plebiscito a respeito do tema. Ora, vivemos em um sistema político representativo, onde os legisladores, de tal forma, ao manifestarem suas vontades e entendimentos, estão, ou pelo menos deveriam estar manifestando a vontade do povo, e não se verifica a conveniência da realização de manobras tão dispendiosas como a que se comenta, toda que vez que houver alguma “dúvida” sobre se deveria ou não ser permitida a venda de armas ou qualquer outra coisa que seja, ainda mais em tão curto espaço de tempo, muitas vezes insuficiente para mudar a opinião ou entendimento dos consultados. Quase a metade das armas de fogo em circulação no país é ilegal, de tal forma, que a simples proibição da comercialização, talvez muito pouco trouxesse de proveitoso ao tema, sendo muito mais interessante e talvez até mais efetivo, investir eleva monta, em políticas de desarmamento, como já se tem feito, mas talvez não de forma tão

expressiva, investir também na conscientização das pessoas, e na importantíssima questão da educação, que pode ser, se já não for com certeza, a principal ou única saída para o fim da violência aqui e no mundo. Se analisarmos países com baixos índices de violência, nos depararemos com elevados índices educacionais. Portanto, é visível que somente através da educação obteremos resultados positivos, ainda que a médio e longo prazo, pois a educação é o melhor caminho para a solução de muitos de nossos problemas, inclusive a violência.


www.outdoorregional.com.br | 53


política

O velho continente deixou de ser visto como uma massa coesa e demonstra que não possui lideranças unânimes e dispostas a uma visão global AC Rezende ac-rezende@outdoorregional.com.br

O

euro, moeda oficial circulante na Europa, está diante de uma possível fratura que arrastará, para baixo, toda a economia global. Os líderes de diversos países daquele continente têm se mostrado incapazes de controlar a situação que acomete, em especial, Grécia, Portugal e Irlanda. As medidas pre-

54 | www.outdoorregional.com.br

conizadas pelas principais figuras políticas europeias se mostram menos duras do que o necessário para resgatar a estabilidade econômica da moeda. Com isso, já perceberam as lideranças americanas, em especial estadunidenses, todo o mundo sofrerá drásticas consequências. Nenhum país europeu sozinho tem condições de financiar os países devedores, de forma que eles vol-

tem a crescer. Somente o conjunto da Europa pode. Cientistas políticos concordam, contudo, que falta a unidade necessária ao conjunto de países para que isso ocorra. “Não há líderes europeus, apenas uma chanceler alemã, um presidente francês, um primeiro-ministro italiano e outros que professam uma visão continental, mas nunca olham muito para além dos seus interesses


políticos locais”, chegou a defender em editorial o jornal americano The New York Times, em crítica à absoluta ausência de lideranças unânimes europeias. As medidas necessárias para retirar do poço os países endividados seriam reestruturar as dívidas excessivas, recapitalizar os bancos atingidos e relaxar a austeridade (rigor de controle de gastos), para que os países devedores voltem a crescer para ter solvência (ter o ativo – patrimônio – maior do que o passivo, ou seja, capacidade de pagar suas dívidas). A UE, no entanto, parece distante de conseguir esse feito. E essa demora pode tornar irreversível uma cena de declínio econômico global. Para contar com apoio, os países endividados – leia-se em especial Portugal e Grécia – se comprometeram a realizar a redução do déficit e da dívida, impostos pela UE e FMI. Os bancos alemães e franceses se comprometeram a prolongar

o prazo de pagamento da dívida contraída pela Grécia, enquanto os papéis da dívida externa portuguesa foram cotados na faixa de “junk”, ou seja, lixo. Portugal e Grécia colhem, hoje, os frutos podres que sobraram da feira do “salve-se quem puder” de 20082009. Com economias pouco competitivas, má gestão e gastos públicos elevados, os dois estão em uma condição de quase incapacidade de retirar suas contas do vermelho. Origens - A crise econômica global, que atingiu seu auge em setembro de 2008, agravou os problemas de diversos países da União Europeia, em especial os Pigs (Portugal, Irlanda, Grécia e Espanha – Spain, em inglês), cuja capacidade de honrar dívidas já estava combalido. Para diminuir os impactos da crise, alguns países precisaram ajudar com pacotes bilionários os seus mercados internos. Isso diminuiu a arrecadação desses países e eles ficaram mais endividados.

www.outdoorregional.com.br | 55


turismo

r Este mês vamos viajar po da um patrimônio cultural , humanidade: Ouro Preto em Minas Gerais Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

V

iajar é uma delícia, descobrir novos lugares, experiências, momentos. Agora, imagina viajar e ainda de quebra ser transportado no tempo! É assim para quem visita a cidade de Ouro Preto, um lugar de resgate da história de nosso país. Uma história rica tanto de fatos maravilhosos como de tristezas,

56 | www.outdoorregional.com.br

como a exploração dos escravos na busca exaustiva de seus senhores por ouro nas minas. A riqueza é tamanha que Ouro Preto foi decretada Cidade Monumento Nacional em 1933. Os olhares e o reconhecimento do mundo viriam em 1980, quando a Unesco a declarou Patrimônio Cultural da Humanidade. A arquitetura é colonial e considerada como o maior reduto barro-


co existente, e é o maior destaque e atrativo turístico da cidade com edifícios religiosos que ostentam o ouro, como não poderia deixar de ser. Vale a pena conhecer seus museus, como o Museu das Reduções, Museu do Chá, Museu da Inconfidência, Museu Aleijadinho, além do Museu do Ouro. Muito além de uma cidade que exala histórias e arquitetura refinada, as belezas naturais de Ouro Preto não deixam nada a desejar, pois suas cachoeiras são verdadeiras

poesias e um descanso dos sonhos dourados dos personagens históricos. Há também as trilhas seculares e uma fantástica mata nativa protegida graças à criação de Parques Estaduais, que fazem toda a diferença a quem visita a cidade. Ouro Preto também se destaca pela atividade cultural, já que todos os anos é sede do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes. No ano de 2010, o Festival homenageou Mestre Ataíde, pintor de gran-

de influência no barroco de Minas Gerais. Atividades culturais como teatro, música, artesanato, literatura, discussões em mesas redondas e palestras sobre meio ambiente e incentivo à leitura para crianças também entraram no calendário do Festival. Não é difícil entender o porquê de essa cidade mineira ser considerada uma das Sete Maravilhas Brasileiras. História, cultura, muita beleza e, claro, o bom e velho jeitinho mineiro.

www.outdoorregional.com.br | 57


gourmet

Melise Scomparim m-scomparim@outdoorregional.com.br

Este mês trouxemos uma receita simples de fondue de queijo, prato ideal para as noites frias do inverno, afinal, além de ser quente, seu ritual de degustação aproxima as pessoas

Ingredientes 300g de queijo emmental 300g de queijo gruyère 1 dente de alho 1 copo pequeno de vinho branco 1 cálice pequeno de Kirsch (aguardente de cereja) Noz moscada Pimenta-do-reino

58 | www.outdoorregional.com.br

Modo de preparo Esfregue o alho no interior de uma panela de barro pequena. Rale os queijos e os despeje na panela. Acrescente o vinho branco, a aguardente de cereja, uma pitada de noz moscada e pimenta-do-reino a gosto. Leve ao fogo brando para que possa fundir sem queimar. Após 15 minutos no fogo, o queijo estará no ponto ideal: cremoso. Sirva à mesa com batatas, legumes cozidos e fatias de pão.


www.outdoorregional.com.br | 59


prata da casa

Thássia Moro prata@outdoorregional.com.br

E

ntre março e abril foi ao ar o quadro “Meu Primeiro Emprego”, no Fantástico (TV Globo), apresentado por Max Gehringer, e que tinha como objetivo ajudar a driblar a falta de experiência no início da carreira de quatro jovens recém-formados no ingresso no mercado de trabalho. Um dos participantes era Fábio Costa, que passou boa parte da sua vida em Boituva. Fábio é formado em Engenharia Ambiental pela Escola de Engenharia de Piracicaba e foi lá que ele teve a oportunidade de ser selecionado para participar do programa. Em entrevista a Outdoor, Fábio nos contou detalhes dessa experiência única em sua vida e do destaque que o “garoto Fantástico” de Boituva teve no programa. O projeto do Fantástico era selecionar quatro jovens recém-formados nos Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, três de nível superior e um de nível técnico. Como nos relatou Fábio, a sua faculdade recebeu a proposta de que cada alu-

A prata da casa deste mês veio diretamente do quadro “Meu primeiro emprego” do Fantástico. De Boituva para o Brasil: Fábio Costa no do último semestre fizesse um vídeo de cinco minutos contando as expectativas sobre o futuro profissional que seguiriam. Depois de uma seleção, entre todos os alunos da sala, Fábio foi o escolhido. “Recebi um telefonema no dia da minha colação de grau e eu fui convidado para fazer parte do programa!”. O quadro abordou diversos momentos dos integrantes na busca pela primeira experiência profissional na área de cada um deles, deu dicas para elaboração de um bom currículo, como se portar em uma dinâmica de grupo, em entrevistas de emprego e proporcionou a cada um deles uma experiência de três semanas em uma grande empresa no ramo de sua profissão. Fábio afirma que essa oportunidade foi fundamental para a sua carreira. “Eu ganhei uma visibilidade imensa. Aprendi diversas coisas com pessoas extremamente competentes, como o Max e os outros profissionais que me ajudaram”. Muito mais do que uma sim-

ples experiência de ganho pessoal e profissional, Fábio destacou a importância que o quadro trouxe sobre sua profissão. “O curso de engenharia ambiental é relativamente novo no mercado de trabalho e essa chance de poder divulgar mais a nossa área profissional foi essencial para colocá-lo em evidência”. Além disso, para ele, a oportunidade de passar três semanas trabalhando em uma grande empresa foi o ponto principal, algo que rendeu muito mais do que uma experiência profissional, pois Fábio foi contratado pela mesma depois do fim do quadro. Hoje Fábio está empregado em uma grande construtora e prepara suas malas para se mudar para São Luís, no Maranhão, para trabalhar em uma grande obra da empresa. “É uma experiência nova e eu vou buscar dar o meu melhor, mas eu só estou aqui por conta do meu trabalho e da importância que o Fantástico proporcionou em minha vida”, finaliza.

Prata da casa é uma editoria destinada a divulgar os artistas da nossa Região. Se você possui uma banda, grupo de dança ou de teatro, é esportista ou tem qualquer talento artístico, este espaço é para você! Escreva agora para prata@outdoorregional.com.br

60 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 61


região

Camila Marcusso c-marcusso@outdoorregional.com.br

A

pós cinco meses de obras e cerca de 100 profissionais envolvidos no projeto, foi inaugurada, no dia 23 de junho, a Mostra ArqDecor Brasil 2011, na Chácara Samambaia, em Boituva/SP. Com o objetivo de apresentar tendências da arquitetura e mostrar os trabalhos dos profissionais da região, a Mostra, que vai até o dia 07 de agosto, oferece aos profissionais além da exposição, um espaço destinado a palestras e apresentações da área. “Queremos mostrar o trabalho dos profissionais da região e criar oportunidades para a descoberta de novos talentos, reunindo em um único espaço beleza, desafios e soluções para demonstrar a criatividade do setor e as tendências, agrupando marcas, prestadores de serviços, produtos, empresas e clientes”, afirmaram Marta Fogaça e Josenil Botecchia, organizadores da Mostra. Todos os quadros e trabalhos expostos nos ambientes da Mostra também foram criados por artistas da região, valorizando-os e embelezando ainda mais a exposição. “Acredito que a Mostra, além de ser uma vi-

62 | www.outdoorregional.com.br

trine dos trabalhos dos arquitetos de toda a região, permite também um aprendizado de novas técnicas e novas tendências”, afirmou a arquiteta e expositora Bianca Barrilari. Para Samara Miranda, de Boituva, visitante da Mostra, o local ficou completamente diferente. “A mudança no local foi grande e esplêndida, ficou muito bonito. Além disso, com a Mostra, as tendências ficam mais acessíveis para as pessoas conhecerem e adquirirem as novidades do setor”, contou. Todos os ambientes da Chácara Samambaia, internos e externos, foram reformados para a Mostra. A arquiteta Bianca Barrilari, expositora responsável pela piscina e pelo jardim da ducha, contou que se preocupou com os detalhes ao projetar seus ambientes. “Para a piscina planejei um espaço com decoração inspirada na etnia minimalista: o estilo japonês. Com poucos detalhes, móveis em madeira e cores como preto, vermelho e cru, o ambiente trouxe à piscina uma decoração que une o estilo tradicional japonês com o estilo ocidental mais moderno, criando assim uma

decoração de influência asiática, mas que se insere na agitada vida urbana da família”, disse Bianca. Para ela, uma tendência atual é a influência da moda na arquitetura. “A arquitetura e a moda estão falando a mesma língua, essa é uma tendência muito forte que só vem crescendo. Um ótimo exemplo disso é a grande atuação dos estilistas na decoração”, falou. E completa com a sua satisfação em participar da Mostra. “Fiquei muito feliz com o resultado do evento. A experiência foi muito valiosa para mim, pois além do aprendizado, o círculo de amizades e o contato com representantes também foram muito importantes para minha vida profissional”, contou Bianca Barrilari.

Tecnologia A Suíte do jovem solteiro, ambiente da arquiteta Janice Sthefane de Arruda Serrão, prezou pela tecnologia, funcionalidade e praticidade. “No dormitório, assim como no banheiro da suíte do jovem solteiro, busquei no estilo contemporâneo a funcionalidade e simplicidade das


Samara Miranda e Leonardo Dordetti, visitando a Mostra no dia 02 de julho

linhas retas, juntamente com a praticidade e sofisticação da automação. Apostei na iluminação indireta e em spots com luzes dicróicas, nas quais a intensidade da iluminação pode ser controlada, proporcionando um ambiente mais aconchegante. Na hora do banho, com o smart shower, a intensidade e a temperatura da água podem ser programadas”, descreveu. No ambiente, foram utilizadas tecnologias como a do Wallpad, que substitui os interruptores convencionais e possibilita diversas programações, comandados via wireless (sem fio), para iluminação, ar condicionado, persianas, entre outros e a do aplicativo Home Controller, que transforma o tablet ou smartphone em um

controle remoto para equipamentos de áudio e vídeo.

Sustentabilidade A sustentabilidade também foi levada em conta na Mostra como, por exemplo, no Jardim do Spa, dos expositores Alex Duque e Carolina Lopes. “Nós fizemos um ambiente que mescla o luxo com materiais de baixo custo, como pneus, caixas de feira, garrafas retiradas da praia e móveis feitos de madeira de demolição”, contou a expositora Carolina Lopes. No escritório do expositor Isael Ferreira Cruz, todo o material utilizado também foi reciclado, buscando sair do convencional. “Pensei na sustentabilidade e no diferencial, com um escritório mais agradável

dentro de casa, diferente do local de trabalho do dia a dia”, contou. De acordo com a organização do evento, 10% da renda será destinada para uma instituição de caridade da região. Os organizadores estimam que cerca de 15 mil pessoas visitem a mostra até o final da exposição.

Serviço A Mostra pode ser visitada até o dia 07 de agosto, às quintas e sextas, das 14h às 22h e aos sábados, domingos e feriados das 12h às 22h, na Chácara Samambaia (Estrada Municipal Natale Modolo, 205 - Bairro do Retiro - Boituva/ SP). O valor da entrada é de R$ 25,00. Mais informações no site: www.arqdecorbrasil.com.br.

www.outdoorregional.com.br | 63


galeria

CRIART

Capa e Bandeja de Noot Book Imaginarium 5% à Vista Rua Cel Eugênio Motta, 78, Centro, Boituva/SP Telef ne: (15)3363 - 3961

VITÓRIA BY KIDS Tênis Bibi Masculino ou Feminino Rua Cel. Eugênio Motta, 521/Loja42, Centro, Boituva/SP Telefone: (15)3363 - 2648

R$89,90 à vista ou 3x R$33,30

PIMENTA CALÇADOS

Scarpim Coral Carrano Rua Cel Eugênio Motta, 521/Loja43, Centro, Boituva/SP Telefone: (15)3263 - 4284

à vista R$142,90

ATREVIDA LINGERIE Calcinhas Capricho Rua Nove de Julho, 40, Centro, Boituva/SP Telefone: (15)3363 - 2258

à vista R$19,90

ATRATTIVA Kit Urban UK 100 ml Perfume e Sabonete Neutro Masculino Rua Camilo Thame, 39, Centro, Boituva/SP Fone: (15) 3263 - 4121

R$89,90 64 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 65


crônica

Rafael Barbosa r-barbosa@outdoorregional.com.br

H

á pouco tempo atrás ouvi, horrorizado, uma amiga relatar como havia sido molestada e roubada em um ônibus lotado, em São Paulo. O fato em si não me surpreendeu, afinal, estamos sempre propensos a sofrer ao mais variados tipos de violência, todos os dias, e esta é uma sina que todos nós brasileiros enfrentamos. Porém, o que me deixou horrorizado foi o fato de ninguém, em um ônibus lotado de pessoas, ter feito nada sobre o assunto. Horrorizado sim, mas não surpreso, afinal, a omissão tornou-se uma grande amiga do brasileiro. Presos em uma sociedade que, embora tente parecer controlada, vive à beira do caos, acabamos rodeados de tanta violência, que nos acostumamos a ser apáticos quando defrontados com atos abusivos. E por que não seria assim? Afinal, é sempre mais fácil virar o rosto e seguir com a própria vida do que se preocupar em tentar amparar alguém que aca-

66| www.outdoorregional.com.br

bou de ser violentado. E continuamos seguindo nossas vidas egoístas, compadecidos com a situação, mas sempre pensando em coisas como, “eu tenho uma família para cuidar”, ou “que bom que não foi comigo”. Claro que estes

pensamentos não são de todo errados, mas o que a maioria não percebe é que, no final, todos somos vítimas de abuso. Somos assaltados todos os dias, pagando impostos abusivos em troca de segurança, saúde e dignidade, mas ao invés dis-

to, tudo que ganhamos é uma passada de mão nos fundilhos, vinda de um governo cheio de pessoas que estão bem seguras em seus carros blindados e com seus seguranças mal encarados, mas que parecem pouco dispostas a nos ajudar. Infelizmente não podemos contar somente com as autoridades e, por isso, por mais piegas que a frase pareça, temos que cuidar uns dos outros. E não estou dizendo que deveríamos todos revidar, reagir a assaltos e socorrer prontamente quando alguém apontasse uma arma para outra pessoa. Muito pelo contrário, a menos que você seja mais rápido que uma bala, nunca se deve reagir a um assalto, porém, muitas vezes, uma palavra de consolo, ou uma pequena ajuda a alguém que acabou de sofrer um abuso, podem ser atitudes tão importantes quando uma tentativa de heroísmo descabido. Ser solidário é o mínimo que se espera de um cidadão decente.


www.outdoorregional.com.br | 67


68 | www.outdoorregional.com.br

Outdoor Regional  

- Edição 22 - Kid Abelha

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you