Page 1

www.outdoorregional.com.br | 1


2 | www.outdoorregional.com.br


Coordenador Geral Rafael J Pereira Coordenador de Criação André Maffeis Jornalista Responsável Juliana Moreno MTB:0056878/SP Repórteres AC Rezende / Camila Marcusso Juliana Cuani / Juliana Moreno Rafael Barbosa/ Vitor Quartezani Colaboradores Bruno Fernandes / Fábio Sanqueta Thássia Moro Gabriela Barreto / Dr.Marcelo L. Galvão João Bidu / Talita Dias Revisão Juliana Moreno / Juliana Cuani Projeto Gráfico / Diagramação Bruno Vieira Veiga de Oliveira Produção de moda Gabriela Barreto Comercial Patricia Pereira Agradecimento Gorete Silva Great Assessoria e Comunicação Tiragem / Impressão 8.000 exemplares / Graf. Silva Marts

Carta ao leitor Existem pessoas que são assim mesmo: nascem para fazer sucesso. Explicação? Não há muita. Destino, talvez. É o caso de Gusttavo Lima, esse artista que, mesmo com pouco tempo de carreira, já arrasta verdadeiras multidões por onde quer que passe. É o que vai acontecer na Boituvana, onde ele irá se apresentar no dia 5 de setembro! Aliás, a Outdoor já está no clima, pois também traz nesta edição uma matéria especial com outra atração do evento, a dupla Ricardo & João Fernando. Existem também pessoas que nasceram para fazer a diferença. Um exemplo disso são Arlem Maffra e Laila Maffra, fundadores do projeto Escola Sem Drogas, lá em Manaus, mas que possui em Boituva a sede do segundo maior projeto de prevenção às drogas do país. Eles nos contaram um pouco sobre o ESD e sua importância, como você poderá ver em Prata da Casa. Bom, na nossa parte de Moda, você verá as lindas franjas, releitura do século 20 que voltaram com tudo nesta temporada nas roupas, bolsas ou acessórios. Para eles, trazemos dicas super importantes para o uso dos charmosos cachecóis. Em Turismo viajaremos lá pra Minas, mais precisamente para um pequeno município chamado São Lourenço, famoso pela calmaria e pelas águas medicinais. E tem muito mais coisas legais e interessantes em todas as editorias desta edição. Corre lá pra ver! Boa leitura!

Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho/Tietê Tatuí/Sorocaba Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br Edições anteriores edicoes@outdoorregional.com.br Site www.outdoorregional.com.br Empresa CNPJ: 13.970.830/0001-93 Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 - 2º andar sala 07, Boituva/SP Telefone: (15) 3263-5028 (15) 9114-2136 / ID 113*16815 contato@outdoorregional.com.br

A revista não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de informes e anúncios publicitários

j-moreno@outdoorregional.com.br www.outdoorregional.com.br | 3


4 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 5


08 - Cinema 10 - Séries 12 - Literatura 14 - Música 16 - Tecnologia 18 - Ensaio 22 - Moda Feminina 24 - Moda Masculina 26 - Decoração 28 - Educação 30 - Especial 32 - Social 38 - Capa 44 - Esportes 46 - Saúde 48 - Games 50 - Autos 52 - Finanças 54 - Turismo 56 - Direito 58 - Política 60 - Trabalho 62 - Gourmet 64 - Prata da Casa 66 - Região 68 - Lançamentos 70 - Galeria 72 - Horóscopo 74 - Crônica 6 | www.outdoorregional.com.br

Índice 10 Séries A maior série de drama da tv americana chega em sua nona temporada

44 Esporte À espera das Olimpíadas e da 100ª medalha

50 Autos

Veja dicas de como enfrentar o congestionamento

62 Gourmet Aprenda a preparar essa irresistível torta de maçã


www.outdoorregional.com.br | 7


Cinema

Vitor Quartezani v-quartezani@outdoorregional.com.br

O embate entre os maiores heróis das HQ’s nas telas de cinema

O

mês de julho é muito especial para os fãs de quadrinhos. Pela primeira vez, as duas grandes editoras, DC Comics e Marvel, colocam frente a frente dois de seus maiores personagens: Batman e Homem Aranha, que vão dividir os amantes das HQ’s e de cinema em geral.

A diferença

Contudo, os dois longas caminham por caminhos distintos em suas histórias. Enquanto “O Espetacular Homem Aranha” é um reboot que apresenta um novo início para o personagem mais importante da Marvel, “Batman Dark Kinight Rises” é o encerramento de uma das franquias com maior importância para a indústria do cinema de super-heróis. E tudo isso são ingredientes que vão mexer ainda mais com o imaginário dos cinéfilos.

Os detalhes

Não resta dúvida que ambos serão grande sucesso de público, então, o que estará em disputa é saber qual deles agradará mais aos fãs. Em Homem-Aranha o principal enfoque é mostrar a relação do próprio personagem com os seus pais, arco que pouco foi abordado nas histórias em quadrinhos, desenhos animados e nos filmes anteriores. Já em Batman, a grande trama gira em torno de como a história do homem-morcego será fechada nos cinemas, já que esse terceiro longa tem a grande responsabilidade de manter a excelência com relação ao anterior, “Batman Dark Knight”, considerado por boa parte da crítica e público como a maior adaptação de quadrinhos para o cinema.

8 | www.outdoorregional.com.br

As particularidades

Entre os dois filmes existe a particularidade de apresentar ao público personagens que sempre foram peças importantes nos quadrinhos. No caso do Homem-Aranha, os destaques estão para Gwen Stacy, primeiro amor do lançador de teias nos quadrinhos, que tem um papel fundamental no desenvolvimento do herói ao longo de suas tramas. Outro personagem de destaque é um dos vilões mais presentes nas aventuras de Peter Park, o Lagarto, que o diretor dos filmes anteriores, Sam Raimi, sempre teve a intenção de usar, mas era impedido pela Sony.

Não resta dúvida que ambos serão grande sucesso de público, então, o que estará em disputa é saber qual deles agradará mais aos fãs Em Batman, o destaque está na presença de Selena Kyle, alter-ego da enigmática vilã do homem morcego, Mulher Gato, que já apareceu em “Batman Returns” de 1992, mas que agora deve ser usada de uma forma mais fiel às histórias em quadrinhos. O vilão está a cargo de Bane, responsável nos quadrinhos por quebrar a coluna de Batman e que em 1997 fez parte do elenco do péssimo “Batman&Robin”, no qual seu papel era de apenas um capanga da vilã Hera Venenosa.


www.outdoorregional.com.br | 9


Séries

Q

Vitor Quartezani v-quartezani@outdoorregional.com.br

O maior drama da televisão americana chega à sua nona temporada

uando você liga a televisão e se depara com a exibição de Grey’s Anatomy, a impressão é que se trata de uma novela ambientada em um hospital, mas com estilo de filmagem de um filme. E é exatamente essa a proposta da série: levar o telespectador a se envolver semanalmente com os dramas pessoais de cada personagem, com o enredo e principalmente mostrar toda a tensão existente dentro de uma unidade médica.

O diferencial

Mesmo com tudo isso que pode pesar contra, Greys (como a série é conhecida pelos fãs, no qual eu me incluo) consegue atingir um esplendor de qualidade difícil de alcançar, uma vez que

o ambiente médico já foi cenário de diversas séries como E.R., Chicago Hope, House, Scrubs e tantas outras. Para que não seja qualificada como mais um seriado do gênero, a criadora, Shonda Rhimes, apostou em levar para a televisão uma história que tivesse o enfoque mais voltado aos dramas pessoais dos protagonistas, sem esquecer o que esses problemas podem acarretar em suas respectivas carreiras como médicos.

Os detalhes de sucesso

Ao longo das oito temporadas, Grey’s soube trabalhar muito bem a história de todos os seus personagens, trazendo à tona, com o decorrer do tempo, aspectos das suas personalidades os quais não conseguimos identificar no começo. E para quem gosta de um romance mais quente, Grey’s Anatomy é a série que mais traz isso à tona, e com a sabedoria de não cair na baixaria como vemos em muitos casos, pois aqui cada romance tem um significado, mesmo que nos pareça um tanto quanto fútil em um primeiro momento.

A série agradou tanto o público que derivou um spin-off, Private Practice, série que tem todo o seu enfoque em uma das personagens mais queridas que já passou por Grey’s Anatomy, a ginecologista Dra Addison Montegomery, que apareceu na série no último capítulo da primeira temporada como a esposa do Dr. Sheperd.

9ª temporada

Em 2012 a série chega à sua nona temporada, com algumas mudanças drásticas em relação aos personagens da temporada anterior, como a morte de um dos integrantes mais queridos do público nos últimos tempos. Preparem-se, pois lágrimas rolarão e mais uma reviravolta está à vista. Aliás, drama e choro são palavras que caminham lado a lado com Grey’s Anatomy. E isso é o ponto forte dela.

10 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 11


Literatura

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Uma vida em sessenta segundos ...entrelaçando os dedos, não sem antes enxugar as lágrimas, revelou: ‘não conheço nenhum Kaká’. O choro dela era exatamente pela falta de memória a respeito de um futuro que ela viveu. Pelo menos achei que fosse. Também tive vontade chorar. Perguntei: ‘por que está chorando’? ‘Não sei, não, seu Ataíde. Deu vontade. Fiquei emocionada ao ver o senhor novo, eu acho’. Enxugou as lágrimas que, de verdade, nem eram muitas, coisa à toa. Rosto seco, foi ela para seus afazeres”.

E

se sua vida começasse a retroceder? Se seus dias, a partir de hoje, começassem a voltar, um após o outro, te fazendo reviver coisas do passado? Vicente, o personagem principal deste livro, viveu isso. Aos 70 anos de idade, acometido por Alzheimer, ele se vê diante de acontecimentos jamais imaginados. O tempo volta, ele é curado, reencontra pessoas e antigos cenários, o tempo volta mais, relembra velhos sentimentos e o tempo volta ainda mais. E pouco a pouco rejuvenescendo, ele descobre que, embora estivesse solitário e sem memória em seus últimos dias, ele já viveu um grande amor. Mas em que lugar estaria esse amor agora? Ele, então, tem apenas um minuto para revisitar sua própria história e correr atrás da chance de viver de novo antes que a morte, por fim, lhe bata à porta. Não à toa, o livro é dividido em 60 capítulos, ou seja, um capítulo para cada segundo dessa jornada na história de vida de Vicente. Eu sei que tudo isso parece loucura, mas ainda é pouco. Loucura mesmo é o seguinte: a leitura desse livro deve ser iniciada do que seria sua contracapa. Sim, você deve começar a ler pelo “final”! Quem já é adepto de mangás deve estar achando que isso não é nenhuma novidade, mas ainda não acabou! Não bastasse isso, é preciso que você leia as linhas de baixo para cima. É, eu disse que seria loucura. Bom, mas o livro ainda tem um grande trunfo, acredite! Quando, enfim, você chegar à última página da leitura ao contrário, que na verdade é a primeira do livro, um grande segredo se revela! Nesse ponto, você inicia uma nova leitura do livro, mas dessa vez do modo convencional, ou seja, começando do início. Entretanto, é preciso que você leia apenas as frases em negrito! É então que se desvenda a história através de um novo olhar, um novo tempo, um novo minuto.

12 | www.outdoorregional.com.br

TÍTULO: UM MINUTO AUTOR: Newton Cesar EDITORA:Besouro Box 197 páginas


www.outdoorregional.com.br | 13


Música

A

tualmente na trilha sonora da novela “Amor Eterno Amor” com a canção “Linha Tênue”, Mayra Corrêa Aygadoux, é uma cantora e  compositora que tem chamado a atenção do público e da crítica, sendo indicada duas vezes ao Grammy Latino no início da carreira. Não faz ideia de quem estamos falando, não é? E se dissermos que a paulista, praticamente erradicada no Rio de Janeiro desde 2008 e que já gravava suas canções em fita cassete desde os sete anos de idade, fez um grande sucesso com “Shimbalaiê”, sua primeira composição feita aos 10 anos, que você certamente já ouviu, para não dizer que passou tempo cantarolando? Sim, estamos falando de uma revelação musical nos últimos anos: Maria Gadú. Nascida em dezembro de 1986, sempre teve a música presente até mesmo no berço.

Juliana Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br

Dos bares aos famosos

Aos 13 anos já tocava em pequenos shows e festas de família, mas foi a partir da mudança para o Rio que se tornou conhecida por famosos ligados ao meio musical como Caetano Veloso, Milton Nascimento e João Donato. Milton chegou a declarar: “ela me foi apresentada por meu baixista Gastão Villeroy. Fomos a um show, talvez o primeiro dela no Rio e meu coração bateu forte. Música, simpatia, enfim, tudo de bom. E nos tornamos amigos, nos visitando e frequentando os shows. Canta lindamente, traz amigos para repartir o palco, coisa que fazemos igual. Gadú, você já ganhou o Brasil e desejo que cada vez aumente mais seu sucesso. É demais. Sou fã incondicional”.

O começo de uma nova fase

Pode-se dizer que um grande marco foi interpretar “Ne me quitte pas” para o diretor Jayme Monjardim, que estava em fase de pré-produção da minissérie Maysa. A mãe do diretor e cantora, Maysa Matarazzo, fez sucesso nas décadas de 50 e 60 can-

tando esta canção. A versão de Gadú rapidamente foi incluída na trilha sonora. No início de 2009, preparava seu primeiro álbum pela gravadora  Som Livre. Em 2010, Gadú recebeu duas indicações ao Grammy Latino  nas categorias  Melhor Artista Revelação  e Melhor Álbum de Cantor/Compositor. Em dezembro de 2011, surge o segundo álbum de estúdio, “Mais Uma Página”, com o single “Axé Acappella”, que foi disponibilizado para download gratuito no site da cantora.

14 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 15


Tecnologia

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Primeiro tablet da Microsoft deve chegar ao mercado até o final do ano

S

im, a intenção foi justamente bater de frente com o iPad e a supremacia Apple. Aliás, já ouve uma tentativa similar em 2006, quando a Microsoft lançou o Zune, reprodutor de músicas e vídeos que, infelizmente, não alcançou êxito e foi descontinuado em março de 2011. Um ano antes disso, a empresa lançou o Kinect, sensor de movimentos que dispensa controles, usado no videogame Xbox. Mas agora a briga vai ficar à altura com o lançamento do Surface.

Os diferenciais

Bill Gates, fundador da Microsoft, descreveu o Surface como sendo um aparelho que possui um novo fator muito interessante. “Você pode ter tudo o que gosta em um tablet e tudo que gosta em um PC em um mesmo dispositivo. E isso deve mudar a maneira como as pessoas enxergam tudo”, disse ele. Também declarou que o aparelho permite que os usuários sejam mais criativos, de uma maneira que não é possível no iPad.

As versões

O aparelho chegará ao mercado em duas versões. A primeira virá com o sistema operacional Windows 8 RT e terá 9,3 milímetros de espessura, porta USB 2.0, espaço para cartão micro SD, carcaça de magnésio, cerca de 680 gramas e, além disso, tela de 10,6 polegadas, ou seja, maior que a maioria dos concorrentes. O aparelho será vendido com duas versões de armazenamento, 32 GB ou 64 GB. Já a versão com Windows 8 Pro terá o mesmo tamanho de tela, mas uma espessura maior e mais pesado, sendo 13,5 mm

e 903 gramas. Entretanto, terá autonomia de bateria um pouco maior, além de porta USB 3.0. Em relação ao armazenamento, este poderá ser de 64 GB ou 128 GB. Ambos virão com uma capa embutida para apoiá-lo, algo como o smart case do iPad, e uma capa que vira um teclado touchscreen para facilitar a produção de conteúdo.

Sucesso?

O presidente da empresa, Steve Ballmer, disse esperar um começo lento para o Surface, com a venda de “apenas” alguns milhões de unidades do tablet em seu primeiro ano de mercado. O “apenas” se explica quando olhamos para as vendas do iPad: apenas no último trimestre, o tablet foi comprado por 11,8 milhões de consumidores. A Microsoft anunciou que o Surface com Windows 8 RT será lançado primeiro, precisamente junto com o lançamento mundial do sucessor do Windows 7, previsto para setembro ou outubro deste ano.

O Surface com Windows 8 RT será lançado primeiro, precisamente junto com o lançamento mundial do sucessor do Windows 7, previsto para setembro ou outubro deste ano 16 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 17


Ensaio

Os tons nudes e marrons resgatam a pureza dos tecidos e a elegância das composições.

Modelo: Isabela Barreto Fotógrafo: Mylene Sagas Styling: Gabriela Barreto Cabelo e maquiagem: Paloma Gianotti Edição de imagens: Bruno Veiga de Oliveira Local: Hípica Centaurus 18 | www.outdoorregional.com.br


Blusa tricô branca, calça camurça nude bege claro, cinto marrom com detalhes em dourado e bracelete dourado cascata

Socila - Rua Expedicionário Souza Filho, 110, Centro Boituva/SP - (15) 3263-5042

www.outdoorregional.com.br | 19


Casaco trech off White le lis, regata cetim laranja, calça marrom, brinco de pérola, pulseira olho grego laranja, pulseira dourada entrelaçada

Livia Barros - Shopping Villa D’ouro - R. Cel. Eugênio Motta, 521, loja 43 - Centro - Boituva/SP - (15) 3263-4347


Camisola cetim rosa nude de laço e hobby com detalhes em renda

Madame Filó - Rua Cel. Eugênio Motta, 398 A - Centro - Boituva/SP - (15) 3363-2795


Modafeminina

Gabriela JulianaBarreto Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br g-barreto@outdoorregional.com.br

Grande releitura do século 20, elas voltam com tudo nessa temporada

F

ranjas, franjinhas, franjonas! Acompanhadas também da cintura baixa, estão presentes em bolsas, acessórios, sapatos, casacos, saias e vestidos. Está valendo tudo! O estilo hippie chic presente nos anos 70 trouxe as franjas para as bolsas e muitos estilistas foram mais longe na criação de suas coleções. As preferidas do momento retornam à moda de forma mais democrática, em peças de vários estilos e modelos, servindo para as mais glamourosas e também para as moderninhas.

Como usar

O material é altamente diversificado, muito clean, o que faz toda a diferença no resultado com o balanço das franjas. Para um visual mais country usa-se a franja em camurça. Optando-se por um visual girlie, use as franjas de crochê. Para produções mais casuais, elas podem ser usadas em blusas acompanhadas de shorts ou saias, já para combinações mais elegantes abuse delas em vestidos curtos.

Peça coringa

Franja é peça coringa do guarda-roupa feminino, pode compor o look com calça mais justa, de couro, vestidos mais justos, shorts. Não há referência melhor para inspiração que as melindrosas e os caubóis.

22 | www.outdoorregional.com.br


As mais diversas grifes apostaram no hit das franjas: Gucci, Versace, Ralph Lauren, Huis Clos, Barbara Bela, Coven e Acquastudio, com os mais diversificados tipos de matérias-primas, desde os clássicos couro e camurça até destacando-se o cetim plastificado e cortado a laser.

Qual escolher?

Na hora da escolha pela tendência, opte por aquela franja que mais combina com seu estilo e então comece a compor o look: Estilo Western: compostas de camurça ou couro são franjas mais pesadas e combinam melhor com programas informais, casuais. Calça skinny e botas são bons aliados. Estilo anos 1920: são as queridinhas do momento. Delicadas, suaves e ideais para situações mais sofisticadas, ficam muito bem em vestidos e saias. Para compor, opte por sandálias mais leves ou até um belo slipper.

DICAS Aposte na compra de vestido com muitas franjas em camadas, ideal para a noite, seja uma balada ou até mesmo aniversário A cartela de cores ideal para as franjas são preto, bege, prata, vermelho e branco . Se quiser ousar um pouco menos, opte por peças onde as franjas aparecem apenas nos detalhes, como na barra ou ombros e nos coletes

www.outdoorregional.com.br | 23


Modamasculina

Gabriela JulianaBarreto Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br g-barreto@outdoorregional.com.br

Inverno, frio e elegância. Mais do que nunca, a diversificação nos acessórios masculinos vem aumentando e os cachecóis fazem sucesso entre eles no inverno

E

sta é a época do ano caracterizada pelo estilo mais sofisticado e elegante, permitindo o uso de peças e acessórios que possam proteger do frio, assim como o scarf ou o cachecol, consideradas sempre características de muito requinte.

Como surgiu

A palavra é de origem francesa, “cacher”, com o significado de esconder ou ocultar, e “col” colo ou pescoço. A Roma Antiga é o berço do cachecol. Foram usados primeiramente pelos homens em torno do pescoço ou amarrado à cintura, nos dias mais quentes os soldados romanos, I a.C., com o intuito de se refrescar, usavam um pano molhado amarrado ao pescoço. Então as mulheres começaram a usar os lenços, que eram feitos de pano e não de lã ou de seda, e desde então o lenço foi moda entre as mulheres. Assim o cachecol virou um acessório de moda para homens e mulheres tornando-se, no século XX, um dos acessórios mais importantes e versáteis para ambos os sexos. 24 | www.outdoorregional.com.br


Como usar

Como modelo de lenços, o scarf geralmente é usado como um cachecol, utilizado em diversas formas no pescoço e nas composições das roupas. Assim o scarf pode compor looks casuais com facilidade, completando produções com blazers e jaquetas jeans, garantindo um estilo descontraído e inusitado. As combinações utilizadas de scarf e cachecol são inúmeras e caem muito bem com o social despojado e o mais informal de jeans aliado à combinação de um suéter. Pode utilizá-los tanto agarrados ao pescoço como mais soltos, ao lado de calçados como botas, ideais para a estação. Há inúmeras maneiras de utilizá-los, como dando duas voltas ao redor do pescoço, deixando-o bem justo, optando-se por pontas amarradas na frente ou mesmo soltas. Outra maneira sofisticada de usar o cachecol é dar duas voltas e jogar as pontas para trás. Para homens que preferem algo não muito apertado pode-se dar uma volta completa e deixar o cachecol mais folgado, como se fosse uma gola de completo. Já para um modelo mais prático e simples, passe o modelo ao redor do pescoço e deixe as pontas caídas para frente.

Os tipos

Diferenciados por seus vários tamanhos e cores, os cachecóis masculinos podem ser usados tanto para o dia quanto para a noite, em diversos ambientes, permitindo

composições elegantes até looks mais despojados e moderninhos. Os cachecóis masculinos diferenciam-se dos femininos pelo aspecto mais sóbrio, em modelos mais discretos, sem grandes detalhes em ênfase. Por isso, os modelos de cachecóis ideais para os homens são mais finos, sem volume extra e, em sua maioria, em cores discretas e escuras. Lembrando-se sempre que o cachecol compõe um look muito elegante de inverno, então combine-o com peças do mesmo estilo e calçados com a cara do inverno, como as charmosas botas.

DICAS Os cachecóis masculinos podem ser usados por dentro do casaco ou por fora da roupa Para combinações casuais, os cachecóis podem ser combinados com jeans e casaco, jaqueta de couro, pulôver, jeans e blazer Composições mais formais podem ser compostas de cachecóis usados com ternos, casacos pesados, coletes sociais e cardigans, assim, prefira tecidos nobres e cores mais discretas para visuais clássicos

www.outdoorregional.com.br | 25


Decoracão

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Deixe-as entrar em cena para transformar o ambiente

J

á se foi o tempo em que a única função das almofadas era proporcionar conforto, afinal, muito mais do que deixar os ambientes aconchegantes, elas se mostram como itens fundamentais na decoração. Assim como não dá pra imaginar uma cama sem travesseiros, a presença das almofadas no sofá é super importante.

Escolhendo as combinações

Para acertar na escolha, nada melhor do que confiar em seu próprio gosto, portanto, sua escolha pode ser baseada nas cores, formatos, texturas ou ainda nos tecidos. Você pode também escolher se prefere combiná-las com o tapete ou com o sofá, tendo a opção de escolher uma cor que contraste com um ou com outro. Se preferir, é possível criar um efeito degradê com a cor já existente no sofá, escolhendo tons semelhantes. Indo mais além, você pode, inclusive, combiná-las com a cor da parede do ambiente ou dos objetos mais próximos, o que cria um efeito muito interessante. O melhor de usar as almofadas como itens de decoração é o fato de que as capas podem ser trocadas sempre que desejar, permitindo que várias combinações sejam criadas.

Os estilos

Veja alguns tipos de almofadas e as possibilidades de combinações:

Coloridas e estampadas

A combinação de tons terrosos com verde e vermelho fica muito aconchegante. Se seu sofá possui alguma variação de marrom, almofadas de cores mais vivas cairão bem.

Lisas e estampadas

Uma boa opção também é tentar a combinação em pares, ou seja, uma almofada lisa com alguma estampada que contenha em seu desenho o mesmo tom da outra. Fica lindo!

Coloridas e com franjas

Para criar ambientes descontraídos, este modelo é o mais indicado, pois une a alegria das cores com o efeito das franjas, garantindo uma decoração mais alto astral.

Cores neutras

Apesar do preto, branco e cinza deixarem o ambiente mais sério, possuem o poder de trazer muito charme e elegância ao ambiente, portanto, são cores muito indicadas. 26 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 27


Educação

Thássia Moro t-moro@outdoorregional.com.br

A A relação entre o professor e os alunos

28 | www.outdoorregional.com.br

relação entre o professor e os alunos é o ponto central de um processo que envolve toda a vida escolar de uma criança. Entretanto, nem sempre essa relação é positiva. Muitas vezes a interação professor e aluno são comprometidos por inúmeros fatores. Como lidar com uma situação de descontentamento entre um aluno e um professor? Esse é um problema sério no mundo escolar e é mais comum do que muitas pessoas imaginam. Seu filho chega em casa irritado, reclamando da escola, do professor. Essa situação quando repetida consecutivamente durante um período pode deixar alertas pais e familiares. O que fazer quando o aluno não gosta do professor? Os estudiosos do comportamento escolar apontam que a solução para essa questão é uma só: o diálogo.


Procure tentar compreender o problema antes de tomar qualquer atitude Escutar o que a criança ou o adolescente tem a dizer é fundamental, mas nem sempre é único lado da história. Os pais também são parte ativa da vida escolar de seus filhos, por isso, saber lidar com situações como essa pode solucionar inúmeros problemas que ele poderá desenvolver no futuro.

Tente encontrar uma solução pacífica para o problema

sobre o comportamento do aluno em sala pode ser o remédio para evitar problemas nas relações dele com todos os membros do corpo escolar. Deixe o professor explicar o seu ponto de vista, pois às vezes ele nem ao menos sabe que o problema está acontecendo. Esteja aberto ao diálogo, mas lembre-se que o professor é humano e também pode errar. Participar de maneira efetiva das reuniões escolares pode ajudar no convívio com o professor e fazer com que ele conheça mais o aluno fora dos muros da escola.

A boa relação entre professor e aluno é primordial na influência do aprendizado e do desenvolvimento da criança. Contornar um problema entre o docente e o aluno pode evitar que a criança crie uma imagem negativa sobre o educador durante sua vida escolar. A confiança é fundamental nessa relação, por isso, contornar e resolver o problema de maneira pacífica pode evitar traumas no laço afetivo entre o professor, o aluno e a própria escola.

Escute a versão do aluno Procure conversar com a criança e saber exatamente o que ocorre no cotidiano escolar dela. Lembre-se que ela pode fantasiar e até aumentar o problema em razão própria. É comum a criança se fazer de vítima, mesmo quando está errada. Para os pais nem sempre é fácil pensar em seu filho como um aluno, mas é preciso lembrar que ele é uma criança igual às demais da sala e nem sempre é o centro das atenções. Entretanto, se o problema for recorrente e comum a outras crianças, seu filho pode sim estar com a razão. Não assuma diretamente um ponto de vista, busque um parecer sobre os dois lados da situação.

Procure o professor e a escola Entender o cotidiano da criança na escola é muito mais do que observar se ele faz as lições de casa. Conversar com o professor

Solucionando os problemas Se o problema realmente existir procure as soluções cabíveis a essas situações. O professor e o aluno não são obrigados a gostar um do outro, mas precisam ter em mente que a relação precisa ser no mínimo de harmonia, principalmente por parte do professor. Não gostar de uma matéria não implica em não gostar do professor que a ministra. A relação professor e aluno necessita ser, na maioria das vezes, positiva para que o aprendizado não seja comprometido. Problemas de indisciplina e comportamento são comuns a todas as escolas, então, cabe ao professor, à escola e aos pais saber lidar com essas situações. E lembre-se sempre: não existem boas relações sem o diálogo constante e efetivo entre todas as partes.

www.outdoorregional.com.br | 29


Especial

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Um pouco da hist贸ria da dupla que realizou e vive o sonho de cantar

30 | www.outdoorregional.com.br


O início

No mesmo ano lançaram o primeiro trabalho da carreira, o CD intitulado “Vida de Peão”. Dois anos mais tarde, já estavam gravando o primeiro DVD, “Ao Vivo em Americana”, que contou com a participação super especial de Gian & Giovani, ídolos da dupla. Foi aí que os primeiros hits começaram a surgir e estouraram no país inteiro, como foi o caso de “O Mundo Gira”, “Só Saio com as Top”, “Cé Qué Largá da sua Muié”, entre outros. No ano de 2010 lançaram um novo CD chamado “Destino”, de onde saiu a música “Top do Brasil”, uma das mais tocadas nas rádios, assim como “Relógio”. No ano seguinte outros sucessos surgiram, como “Só Papai” e “Água de Bar”.

O segundo DVD

O segundo DVD da dupla, gravado recentemente em Americana, contou com participações especiais de César Menotti & Fabiano e Israel Novaes. Eles falaram um pouco sobre esse momento e de como se prepararam para ele. “Foi uma emoção sem tamanho. Estar em Americana, que é a nossa casa, e dividir com nossos fãs, amigos e familiares um momento tão especial como esse, foi maravilhoso! Antes da gravação, viajamos o Brasil inteiro em busca de novas composições e o resultado foram 25 faixas incríveis, com algumas músicas do nosso repertório, como “Só Papai”, “Água de Bar”, “Só Saio com as Top”, releituras de clássicos como “Tentei de Esquecer”, de Matogrosso & Mathias, além de novas composições”, disseram. Quanto ao nome desse novo trabalho, a dupla está fazendo todo um suspense, dizendo apenas que será divulgado em breve, sem dar mais informações a respeito. Entretanto, eles já adiantam que o público pode esperar desse novo DVD um trabalho que reuniu o que há de melhor no mercado da música.

que nos apresentamos no Rodeio de Americana. Parecia um sonho! Até bem pouco tempo atrás, estávamos ali, assistindo nossos ídolos cantarem no palco. E de repente nosso sonho estava se realizando: éramos nós que estávamos no palco, cantando e vendo o público cantar nossas músicas. Essa troca, para o artista, é a melhor coisa que existe”, afirmam eles. E por falar em artista, eles nos contaram alguns nomes daqueles que, para eles, são suas inspirações. “Gostamos muito de música de raiz. Aliás, esse estilo musical foi uma das razões da nossa união. Destacamos Milionário & José Rico, Matogrosso & Mathias e por aí vai. Da nova geração, ouvimos muito João Paulo & Daniel, mestres para nós, Chitãozinho & Xororó, César Menotti & Fabiano e Zezé di Camargo & Luciano”, contam.

Boituvana

Ricardo & João Fernando estarão na Boituvana em setembro e já empolgam os fãs afirmando que todos podem esperar um show pra lá de animado. “Muita festa, muita música e muita ‘Água de Bar’! Vamos botar pra quebrar na Boituvana, esse evento tão importante para a região. Para nós é uma alegria muito grande apresentar nosso trabalho e esperamos contar com a presença de todos”, dizem. E para finalizar, a dupla deixou um recado para todos os leitores da Outdoor Regional. “Um beijo brande a todos vocês! Obrigado sempre por tanto carinho. Esperamos vê-los na Boituvana e em outros shows para fazermos uma grande festa”, terminam eles.

Momentos e inspirações

Dentre todo o tempo de carreira, Ricardo & João Fernando conseguem destacar alguns momentos que os marcaram. “A gravação do primeiro e do segundo DVD foram momentos bem especiais para nós. Outro momento marcante foi a primeira vez

www.outdoorregional.com.br | 31


Social

01 02 01 01

5º Boiturave Sertaneja – Boituva/SP 1 – Fred e Gustavo / 2 - Bianca, Karina, Jessica e Mariele 3 – Babi e Andressa / 4 - Bruna, Lilian e Rosa 5 - Carol, Pamela e Larissa / 6 - Milene e Bruno 7 – Vanessa e Patricia / 8 – Daniele e Sirley

01 03

01 06 01 05

01 04

01 07 32 | www.outdoorregional.com.br

01 08

01 09


10

11

Terra Brasilis – Boituva/SP 9 – Adriana e Leandro / 10 – Karine, Rafaela e Camila 11 - Daniele e Caroline / 12 – Fernanda e Evelin 13 – Agda, Mariellen e Thaís / 14 – Suellen e Michele 15 – Larissa e Mariana / 16 – Mariana e Thaisy Créditos: Patricia Pereira 12

13 14 15

16

www.outdoorregional.com.br | 33


Social

02

04 01

03

em parceria com

06

05

7º Festival de Inverno – Boituva/SP 01 - Alexandre e Graziela 02 - Andréa e Gilson 03 - Carla, Marluce e Sirley 04 - Daniela, Bruno e Flávia 05 - Jamile e Giovana 06 - Élcio e Jaqueline 07 - Jéssica e Larissa 08 - Laurie e Felipe 09 - Lubia e Eric 10 - Mel e Demetrius 11 - Melissa e João 12 - Natalin 13 - Valdilene 14 - Rosângela, Márcia e Natália 15 - Wellington e Camila 34 | www.outdoorregional.com.br

07

08


09

10

11

12

14

13

www.outdoorregional.com.br | 35

01 15


Social

02

em parceria com

03

01

Club 80 - Xpres 5 Anos | Tatuí/SP 01 - Claudinei e Adriana / 02 - Claudia, Andréia e Helen/ 03 - Stefan e Jhony Salles 04 - Kauanne e Tiago / 05 - Sú e Daniele 06 - Godoy e Adriana / 07 - Eliane e Silvana 08 - Cesar e Carla / 09 - Léu, Raquel e Karina / 10 - Benzinho e Catyta

04

05

Rota 11 | Tatuí/SP 11 - Gisele, Ana e Rebeca / 12 - Juliana 13 - Caio e Isabela / 14 - Mariane e Ana

06

36 | www.outdoorregional.com.br 07

08

09


10

11

Capitão XV | Tatuí/SP 15 – Beatriz, Alessandra e Marília 16 – Fernanda e Lara 17 – Giovana 18 – Mateus e Francine Créditos: Cintia Rodrigues 12

14

13

16

15

17

www.outdoorregional.com.br | 37

18


Capa

38 | www.outdoorregional.com.br

Juliano Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 39


E

quando uma música faz tanto sucesso que, mesmo quem não conhece o cantor, sabe um trechinho e ainda cantarola, meio que às vezes um pouco enrolado? Pois é o caso da super conhecida “Tchê tchê Rerê”, que na verdade se chama “Balada Boa”. Pode ser que você tenha passado pela mesma experiência que eu, pois quando a canção caiu na graça do povo, eu a conheci muito antes de saber quem era Gusttavo Lima!

O início do sucesso E sucesso, com certeza, é uma palavrinha que acompanha o cantor e que é refletida em suas músicas. Aliás, ele não é só cantor, mas também músico e compositor: toca violão, viola, guitarra, bateria, baixo e sanfona, e traz em sua bagagem mais de 150 composições. Seu caso de amor pela música começou quando ele ainda era criança. “O gosto pela música veio através do meu pai. Ele era capitão na Folia de Reis, então comecei a cantar com ele quando tinha cinco anos de idade e estou aí até hoje. A música é a minha vida. Respiro música 24 horas por dia, pois até nas horas de folga estou com o violão cantarolando alguma coisa”, conta ele. Gusttavo também disse que cresceu ouvindo artistas como Barrerito, Tião Carreio, Milionário & José Rico, Tonico e Tinoco, Chitãozinho e Xororó, Zezé di Camargo & Luciano, Leandro e Leonardo, Bruno & Marrone, João Paulo e Daniel, Gian e Giovani, Chrystian e Ralf, Rick e Renner, entre outros. Ou seja, inspiração não faltou para fazer o cantor chegar onde está hoje.

40 | www.outdoorregional.com.br


A carreira solo Foi aos 18 anos que ele deu início à carreira solo, no ano de 2010, quando gravou seu primeiro CD e DVD intitulado “Inventor de Amores”, com 22 músicas, onde 16 são composições próprias. Imediatamente o trabalho ganhou destaque devido ao sucesso das canções “Caso Consumado”, “Revelação”, “Rosas, Versos e Vinhos”, “Cor de Ouro” e principalmente “Inventor dos Amores”. Isso sem contar que esse primeiro álbum teve várias participações especiais, como das dupla Jorge & Mateus, Maria Cecília & Rodolfo, Guilherme & Santiago e do artista solo Edson.

O segundo trabalho No ano seguinte, Gusttavo levou ao delírio um público de 60 mil pessoas durante a gravação de seu segundo CD e DVD, “Gusttavo Lima e Você”. Foi um show de mais de três horas de duração, realizado no Parque de Exposições da cidade de Patos de Minas (MG), na Festa Nacional do Milho. O álbum saiu com 12 faixas inéditas, dentre as quais estava o hit “Balada”, de Cássio Sampaio, que se tornou uma das músicas mais executadas do Brasil em 2011, alcançando, inclusive, o TOP 10 da Billboard Brasil. Fora isso, o trabalho recebeu o Disco de Platina pela vendagem superior a 1 milhão de cópias e o DVD de Ouro com mais de 50 mil cópias vendidas. Sobre o momento da gravação, o cantor disse que foi maravilhoso ver 60 mil pessoas cantando com ele. “A emoção foi muito forte. Toda a energia que vem do público é gratificante”, disse.

www.outdoorregional.com.br | 41


O hit “Balada” se tornou uma das músicas mais executadas do Brasil em 2011, alcançando, inclusive, o Top 10 da Billboard Brasil Terceiro DVD e sucesso no exterior

Já neste ano, em abril, Gusttavo Lima subiu novamente ao palco para a gravação de seu terceiro DVD, no Credicard Hall, em São Paulo. O novo álbum, que ainda não foi lançado, trará 25 canções, sendo 22 faixas inéditas e as regravações de “Balada”, “60 Segundos” e “Fora do Comum”. Para esse trabalho, foi montado um cenário moderno com estrutura e tecnologia de última geração. A conquista mais recente de Gusttavo foi a gravação de um DVD nos Estados Unidos, mais precisamente em Orlando, na Flórida, sendo ele o primeiro artista brasileiro a gravar no Hard Rock, ou seja, motivos para comemorar não faltam! “A gravação do DVD no Hard Rock foi lindo demais. Mais um sonho realizado graças a Deus”, comentou ele em seu Twitter.

Boituvana

E você que é fã de Gusttavo Lima, pode comemorar, pois ele estará na Boituvana no dia 5 de setembro, fazendo um grande show onde cantará todos seus sucessos e fará a alegria do público.

Ele estará na Boituvana no dia 5 de setembro, fazendo um grande show onde cantará todos seus sucessos e fará a alegria do público

42 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 43


Esportes

Vitor Quartezani v-quartezani@outdoorregional.com.br

Edição das Olimpíadas de Londres pode ser um marco histórico para o Brasil 44 | www.outdoorregional.com.br


D

e quatro em quatro anos o mundo dos esportes se reúne para a maior competição do planeta, as Olímpiadas, que nessa edição acontece na cidade de Londres, Inglaterra, que nos parâmetros olímpicos atuará com a bandeira da Grã-Bretanha.

A grande chance

Para o Brasil é uma chance a mais de destacar-se em esportes já consolidados no país e no cenário mundial, como judô, natação, vôlei (de praia e de quadra), iatismo e atletismo, além de buscar melhores resultados em outras modalidades como basquete masculino, que volta à disputa depois de 16 anos fora, futebol (e a obsessão pelo tão sonhado ouro), ginástica e outros. Porém, se tudo correr dentro do planejado, essa edição dos jogos olímpicos pode ficar para sempre na história do país, já que pode significar a conquista da 100ª medalha do Brasil nos jogos. Até o momento são 91 medalhas, sendo 20 de ouro, 25 de prata e 46 de bronze.

sete bronzes), o Judô com 15 (duas de ouro, três de prata e dez de bronze), atletismo com 14 (quatro de ouro, três de prata e sete de bronze) e natação com 11 (uma de ouro, três de prata e sete de bronze). O detalhe é que entre os esportes coletivos, o mais vitorioso é o voleibol com sete medalhas (três de ouro, duas de prata e duas de bronze), seguido pelo futebol com seis (quatro de prata e duas de bronze) e pelo basquete com cinco (uma de prata e quatro de bronze).

Os atletas

Para os jogos de Londres, a delegação Brasileira chega com 259 atletas, sendo 136 homens e 123 mulheres, divididos em 32 modalidades. As esperanças recaem sobre os principais atletas e esportes, caso de César Cielo na natação, no voleibol (nas modalidades quadra e areia, masculino e feminino), no futebol masculino, no judô e na vela. O Brasil pode surpreender ainda em outras modali-

O percurso

A história de conquista começou logo com a honraria máxima, na primeira participação do país no maior evento esportivo do mundo, a medalha de ouro, conquistada por Guilherme Paraense na prova de tiro dos jogos da Antuérpia (Bélgica) no ano de 1920. Nesse mesmo jogo e na mesma prova, porém, em categorias distintas, o Brasil alcançou as medalhas de prata e bronze. Depois disso, a participação brasileira foi sempre constante e com cada vez mais atletas. A única ausência aconteceu na edição de 1928, disputada em Amsterdã, na Holanda.

As medalhas

Entre os esportes que mais trouxeram medalhas para o Brasil, destaca-se a Vela com 16 medalhas (seis ouros, três pratas e

dades como no salto com vara com Fabiana Murer, Keila Costa no salto triplo, Marílson dos Santos no atletismo, Thomaz Belluci no tênis individual, Bruno Soares e Marcelo Melo no tênis em duplas e com a seleção masculina de basquete.

www.outdoorregional.com.br | 45


Saúde

E

Dr. Marcelo L. Galvão m-galvao@outdoorregional.com.br

Doar órgãos é compartilhar a vida com quem não conhecemos

Um ato de amor

doadores. Para a confirmação, dois médicos diferentes avaliam o paciente além de um exame complementar interpretado por um terceiro médico até o laudo final. Esse procedimento é validado pelo CRM – Conselho Regional de Medicina. A Lista Única de Espera é organizada pela Secretaria de Saúde de cada Estado. Caso o órgão não seja compatível com algum paciente do Estado, ele é disponibilizado para a fila nacional. O paciente que irá receber o órgão precisa ser compatível com o mesmo. Para isso, vários exames serão realizados. Além disso, o paciente irá tomar medicamento contra a rejeição do órgão durante toda a vida. Para esclarecer algumas dúvidas, veja o resumo abaixo:

Como funciona

Doador Falecido

stamos em 2012 e esse assunto ainda gera polêmica. Tráfico de órgãos através de sequestros é um dos motivos que assombram as pessoas. Mas até quando esse tipo de pensamento é válido, quando estamos falando em salvar várias vidas com um simples gesto e uma palavra: doação?

Acima de qualquer crença, salvar a vida é um ato humanitário. Pode ser um vizinho, um amigo, um parente ou alguém que nunca conhecemos e nunca saberemos quem é, mas o ato de amor ao próximo é validado nesse momento. “Fazer o bem sem olhar a quem” resume bem essa atitude. Se para qualquer religião amar o próximo é um mandamento, doar órgãos para uma pessoa que está na fila por muito tempo é sinal de esperança.

Há pouco tempo atrás, essa confirmação constava até nas carteiras de habilitação, mas esse procedimento foi cancelado. Segundo a lei atual, basta avisar sua família que deseja ser doador; somente a família pode autorizar. O medo de muitos é levar o paciente à morte para se beneficiar

Para que seja realizada a retirada dos órgãos, o paciente precisa ter constatada a morte encefálica (células do cérebro) por um trauma do tipo irreversível, como um AVE (Acidente Vascular Encefálico). O coração pode continuar batendo, mas o cérebro “morreu”; Os órgãos doados podem ser: coração, fígado, intestino, pâncreas, pulmões e rins; Os tecidos doados podem ser: artérias, córneas, músculos, ossos, pele, válvulas, veias e tendões; Nosso país tem um dos maiores programas de transplantes do mundo. São mais de 1.376 equipes médicas preparadas para realizar esses procedimentos nos 25 Estados onde o “Sistema Nacional de Transplantes” está implantado.

Doador Vivo

Você também pode doar um órgão durante a vida. Nesses casos você pode doar parte do fígado, parte dos rins, parte da medula óssea e parte dos pulmões. O organismo do doador faz a compensação da parte doada.

Disque Saúde

Transplantes: 0800 61 1997

46 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 47


Games

A

Rafael Barbosa r-barbosa@outdoorregional.com.br

Embora a ambientação e a carga dramática sejam pontos importantes do game, o foco de Sleeping Dogs ainda é a ação

série “True Crime” é sem dúvida uma franquia de altos e baixos. Depois do sucesso de vendas do primeiro game da série, o bem intencionado “Streets of LA”, a franquia despontou como uma grande promessa, porém o fracasso de crítica e público de sua continuação (“New York City”) deixou a franquia desacreditada. Anos depois, a Activision acabou cancelando “True Crime: Hong Kong”, o terceiro game da série, por acreditar que o título não seria suficientemente competitivo no mercado. Porém, a Square Enix acreditou no projeto e adquiriu os direitos do game, agora rebatizado com o nome de “Sleeping Dogs”.

A história

O título narra a história de Wei Shen, um agente do Departamento das Tríades da Polícia de Hong Kong, que recebe a missão de infiltrar-se como agente duplo em uma poderosa facção criminosa chamada Sun On Yee. Sendo um sand box, o título oferecerá ao jogador a oportunidade de explorar livremente uma Hong Kong que promete surpreender com seu grau de realismo, ao retratar as cores vibrantes, os

inúmeros cartazes luminosos, a arquitetura caótica, entre outras características que tornam esta cidade estado chinesa, única.

Tiros, carros e combates

Embora a ambientação e a carga dramática sejam pontos importantes do game, o foco de “Sleeping Dogs” ainda é a ação. No decorrer da jogatina, poderemos ver Shen participar de tiroteios frenéticos, que utilizam recursos já conhecidos dos gamers, como opções de cobertura, explosões e o já famoso bullettime. O policial também poderá desbravar as ruas chinesas em diversos tipos de veículos, participando de perseguições e corridas clandestinas, sempre com a possibilidade de saltar de um veículo a outro, em cenas de ação dignas dos filmes de John Woo. Entretanto, o grande diferencial de “Sleeping Dogs” são os combates desarmados. As artes marciais são uma característica marcante do game, que utiliza um sistema de combates muito similar ao utilizado no game “Batman: Arkham City”, abusando de agarrões, combos, finalizações e contra-ataques. E como um toque especial, o game também traz alguns elementos de RPG. Ao final de cada missão, o jogador ganhará pontos de experiência divididos em três tipos (Triad XP, Face XP, e Police XP) e que servirão para desbloquear diversas habilidades.

Desenvolvedora: United Front Games Produtora: Square Enix Plataformas: PC/Xbox 360/PS3 Lançamento: 14/08/2013 48 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 49


Autos

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

Algumas medidas podem ajudar a passar por ele de forma menos crítica

U

ma coisa já é fato: em grande parte dos dias temos que enfrentar algum terrível congestionamento, pois hoje ele não assombra apenas as cidades grandes, não. Aliás, está se tornando muito comum se deparar com pequenos ou grandes congestionamentos pra onde quer que nos desloquemos. Como medida imediata, apenas o que podemos fazer é seguir algumas dicas para minimizar os efeitos decorrentes dele e também problemas.

Motor

Algo importante é sempre verificar o sistema de arrefecimento do motor, estar atento a eventuais vazamentos e completar o nível de água regularmente, pois um superaquecimento do motor não é nem um pouco bem vindo em meio a um congestionamento.

Paradas

No meio do congestionamento, apenas desligue o motor se perceber que não irá se deslocar por vários minutos, pois se for

ligar e desligar o motor a cada parada, isso fará com que mais combustível seja gasto, além de sobrecarregar a bateria. Agora se o trânsito parar enquanto você estiver dentro de um túnel, desligue o motor para evitar acúmulo de monóxido de carbono.

Freios

Para evitar desgaste nos freios, mantenha sempre uma boa distância do carro da frente, assim você evita recorrer com muita frequência ao pedal. E se for ficar parado muito tempo em subidas ou descidas, opte pelo freio de mão.

Pneus

Lembre-se sempre de calibrar os pneus periodicamente para evitar qualquer tipo de problema. Além disso, também faça o rodízio de pneus, pois é a melhor maneira de prolongar a vida útil deles. A maioria dos fabricantes recomenda que essa troca seja feita a cada 10 mil quilômetros rodados, sempre de forma diagonal, ou seja, o pneu dianteiro esquerdo é colocado no lugar do traseiro direito, por exemplo.

Corpo

O banco do motorista deve ser ajustado de forma a deixar os braços semi-flexionados e com todos os pedais ao alcance dos pés, pois são cuidados suficientes para que se chegue ao destino mais relaxado. Se a viagem for longa e durar mais de três horas, procure sempre fazer uma ou duas paradas, aproveitando esse tempo para alongar o corpo, esticando braços e pernas.

50 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 51


Finanças

Fábio Sanqueta f-sanqueta@outdoorregional.com.br

A gasolina está cara no Brasil? Sim! Tire suas conclusões em uma pequena comparação com outros países

U

m tweet recente do economista Ricardo Amorim chamou a atenção para um link com preços correntes de um galão de gasolina em vários países. Na reportagem foi feita uma análise de cada país e do custo real, em termos de renda, da gasolina.

Mais cara ou mais barata?

Só deixei alguns na lista, mas muitos estão acima do Brasil. Em uma lista com 57, o Brasil é o número 36. A pergunta é: isso significa que a gasolina no Brasil é mais barata que em outros países? Bem, se olharmos o preço, o valor nominal, como se fosse o preço de um bem perfeitamente transacionável e sem nenhum imposto, então sim. Concluiríamos que, por exemplo, a gasolina é mais cara na Alemanha do que no Brasil. Será que esta é uma boa medida? Essas comparações não refletem os preços reais. Vou comparar os preços de acordo com as rendas locais.

52 | www.outdoorregional.com.br

Comparações

Na Noruega, o galão sai por $9.69, mas grande parte disto são impostos que se transformam em educação, saúde e etc. Além disto, a renda norueguesa é altíssima. Os gastos com gasolina representam apenas 3.6% da renda de um norueguês. No Japão o galão custa $7.58, ou 5.8% da renda do japonês após o Tsunami. No Brasil, um galão representa 18% da renda de um brasileiro. Nessa medida, a gasolina brasileira é a décima terceira mais cara do mundo.

Conclusão

Portanto, a gasolina representa um custo elevado para os consumidores brasileiros, relativamente à sua renda. A gasolina pode ser mais cara na Noruega, pois os noruegueses são mais produtivos, tem um PIB per capita maior, e estão dispostos a pagar impostos para ter serviços públicos de melhor qualidade. Por isso, em termos de valor nominal, sai mais caro um galão na Noruega do que no Brasil. Mas, em termos reais, a gasolina é mais cara no Brasil. O brasileiro precisa trabalhar mais horas para comprar a mesma quantidade de gasolina. A gasolina é cara no Brasil? Sim, a gasolina é cara no Brasil.


www.outdoorregional.com.br | 53


Turismo

Juliana Cuani j-cuani@outdoorregional.com.br

Famoso pelas suas águas medicinais, o pequeno município de Minas é um dos menores do Estado 54 | www.outdoorregional.com.br


O

pequeno município de São Lourenço, localizado estrategicamente no sul do Estado de Minas Gerais, conhecido como Circuito das Águas, oferece aos seus visitantes muita calmaria e toda a hospitalidade mineira. Suas principais forças são o turismo e o comércio movidos pela quantidade de turistas que passam pela cidade todos os finais de semana, chegando a dobrar o número da população estimada em 40 mil habitantes. A cidadezinha de clima ameno tem uma temperatura média de 18°C, mas no inverno os termômetros chegam a 0°C e no verão, a temperatura média é de 22°C.

Riquezas hidrominerais

São Lourenço, como estância hidromineral, além dos benefícios das águas, coopera para a cura de diversas patologias devido ao clima, a mudança de ambiente, a vida ao ar livre, a presença da natureza, somados ao repouso e tranquilidade. O Parque das Águas, que fica no centro da cidade, na Praça João Lage, lidera o roteiro que tornou São Lourenço conhecida por suas sete fontes de águas minerais, com propriedades medicinais e um balneário com diversos tipos de práticas de relaxamento. A área do parque é protegida por matas e caminhos cercados por jardins, com 430 mil metros quadrados, sendo que só o lago domina 90 mil metros.

Passeios de charrete, teleférico, artesanato, os quitutes, a Casa da Cultura e os mirantes também são boas opções de lazer. A viagem de Maria Fumaça até a cidade vizinha de Soledade, em locomotiva do início do século XX, proporciona um reencontro com uma época remota, seguindo junto ao leito do Rio Verde, importante via de colonização do sul de Minas. O apito saudoso, a fumaça, o balanço dos velhos vagões de madeira e o barulho das rodas no trilho completam a viagem

Ermida Bom Jesus

Ao lado da imponente Igreja Matriz, a Ermida Bom Jesus do Monte construída em 1891, e o Caminho Santo à Nhá Chica (uma trilha de 30 Km entre São Lourenço e Baependi), compõem as atrações religiosas.

Atrativos turísticos

É claro que não faltam cinemas, restaurantes, cafés e diversas lojas com doces e queijos para os que procuram opções além das águas. Para quem gosta de arte a dica é a Fundação Cymas com obras de Salvador Dali, galerias e lojas de decoração e artesanato. A Praça Brasil, atrai os visitantes pela  beleza e tranquilidade. É palco dos eventos culturais como shows, forró todos os finais de semana, rodas de capoeira, apresentações de dança e teatrais, entre outros. Já os esportistas podem se deliciar com a rampa de parapente na Montanha Sagrada, a pista de kart e uma teia de estradas vicinais  ao redor da cidade, que garantem diversão para os mais radicais.

A Igreja Matriz se destaca pela beleza dos vitrais, pelo acervo de imagens sacras e pela pintura. A solenidade de colocação da sua pedra fundamental, celebrada pelo Frei Egidio de Assis, teve como paraninfo de honra o então Presidente da República Dr. Getúlio Dorneles Vargas e de sua esposa a Sra. Darcy Vargas. A Ermida, que está prestes a completar 110 anos em 2013, foi o santuário onde se realizou a primeira missa em São Lourenço. O templo foi improvisado em 18 de novembro de 1892 e suas obras concluídas em 1903. É considerada o maior patrimônio histórico, religioso e cultural do município.

www.outdoorregional.com.br | 55


Direito

Bruno Fernandes b-fernandes@outdoorregional.com.br

Uma Resolução da Agência Nacional de Saúde (ANS) cria regras que permitem a mantença de planos de saúde a funcionários dispensados sem justa causa ou aposentados, por tempo relevante ou dispensando nova carência

A

resolução normativa nº. 279 da ANS vem regulamentar os termos da Lei nº. 9.656/98, permitindo a funcionários dispensados sem justa causa e aos aposentados, que tenham contribuído com o plano empresarial, a manutenção do seguro de saúde. Tal norma prevê alguns limites, considerados em razão do tempo de contribuição para o plano, tendo limite máximo de dois anos e período mínimo de seis meses.

Os aposentados

Aos aposentados, que tenham contribuído para o plano por mais de dez anos, poderão manter o seguro de saúde pelo tempo que desejarem, e em casos de contribuição por tempo inferior, cada ano contribuído, implica em um ano de manutenção do plano.

Os custos

Importantíssimo ressaltar que em qualquer dos casos, os custos pelo seguro saúde será por conta exclusiva do ex-funcionário, independente da situação. Tal medida, além de visar proteção imediata, garante também a possibilidade de permitir ao interessado, tempo hábil a providenciar novo convênio médico, sem prejuízo de perder benefícios já adquiridos, tendo que se sujeitar à nova carência.

O intuito

Além do próprio segurado, estão acobertados também pela resolução, seus familiares, tal como quando do plano empresarial, sendo mantidas todas as condições e direitos anteriormente contratados. Além de manter uma relação de consumo mais equilibrada, permitindo negociar condições mais vantajosas em

eventual nova contratação de seguro de saúde, busca também tornar menos difícil o momento, onde a perda do emprego pode ser substancialmente agravada, quando além de desempregado, se vê também à mercê de um sistema de saúde nem sempre eficiente, trazendo de certa forma maior acalanto e possibilidade de busca de novas possibilidades de forma tranquila. Tal medida regulamentadora se mostra como um grande avanço na busca de uma sociedade justa e em relações de consumo mais equilibradas, atendendo aos interesses da população. Além do mais, obriga as operadoras de planos de saúde a cumprir com suas obrigações, não permitindo nossas leis, tornarem-se letras mortas. 56 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 57


PolĂ­tica

58 | www.outdoorregional.com.br

AC Rezende ac-rezende@outdoorregional.com.br


E

ntre um governo que faz o mal e o povo que o consente, há uma certa cumplicidade vergonhosa.” Victor Hugo Há no mundo uma decadência que atinge o ser humano no sentido de o desumanizar, torná-lo uma coisa, coisificá-lo. Esse movimento utiliza o capital como motor propulsor, alimentado pela enorme falta de consciência dos homens e mulheres que se deixam instrumentalizar por essa ordem econômica que não é tão nova assim. “O governo que faz o mal”, o fez e o faz assentado na inconsciência dos povos e por meio dela. A ordem econômica que rege a vida dos habitantes deste planeta deixou de ser instrumento de produção de riqueza para ser a “alma”, aquilo que anima os corpos sociais e, como tal, portadora da capacidade de “deixar de animar”, ou deixar apodrecer, aquelas parcelas que entende como desinteressantes ou economicamente perigosas. Veja que, em certa medida, essa cumplicidade está profundamente vinculada ao egocentrismo dos povos instrumentalizados: quando dão-se com o cenário econômico favorável, tratam de consumir de forma desenfreada, irresponsável. Deixam-se seduzir pelo deus das realizações imediatas e colocam sua própria existência, que exige cuidados constantes, em xeque. A crise econômica mundial é o exemplo perfeito disso: atender os interesses empresariais de lucro fácil sem produção de riqueza, embotando a razão dos cidadãos contribuintes com promessas falsas de realizações materiais, foi a forma como diversos governos do mundo agiram, traindo seus interesses pátrios em prol do motor do capital, que se mostrou ultrapragmático e desprovido de “pena”, de “compaixão” (não se esperava compaixão, afinal) para com aqueles povos e países que se deixaram ludibriar pelo

brilho das moedas. Alertas diversos sobre o que o consumismo desenfreado traria foram dados, portanto, culpados são tanto os governos quanto os cidadãos em relação a esta crise, só mais uma dentre tantas passadas e vindouras. O fato é que a nossa história recente demonstra, com clareza extraordinária, que a economia funciona de forma cíclica: se hoje as burras jorram dinheiro, amanhã amargarão miséria, e depois voltarão a jorrar dinheiro, em menor ou maior quantidade. O que vimos na Europa foram governos irresponsáveis cedendo à pressão dos conglomerados empresariais e permitindo a criação de bolhas (praticamente todas ligadas ao ramo imobiliário). Esses mesmos governos que conhecem tão bem a natureza cíclica da economia, facilitavam o consumismo e o incentivava. Os governos foram cúmplices dos conglomerados empresariais que podem mover suas montanhas de dinheiro para outros países, num piscar de olhos, ou clicar de mouse. A questão é ver se o povo (e até onde esse povo) está mais consciente das razões históricas que promovem essa cumplicidade vergonhosa e demonstrar que a realidade que se vive é apenas a consequência de que a consciência, por si só, sem ação prática, não gera resultados favoráveis (vejamos a Europa, com seu povo “consciente”), e que essas consequências devem ser suportadas e superadas justamente através dessa consciência, sem a intenção, ou prática, de socializar a miséria moral na qual chafurdam

muitos países tidos como “conscientes” e desenvolvidos, mas que carregam a ganância como elemento existencial fundamental. Não à toa, o Banco Central brasileiro divulgou neste início de mês que a inadimplência de empresas e famílias atingiu o recorde de 6%. Que os resultados da ganância internacional sirvam como exemplo para os brasileiros, que incorrem no mesmo erro de povos de outros países, que se endividaram de forma assustadora e hoje colhem os frutos podres do mercado.

www.outdoorregional.com.br | 59


Trabalho

U

ma das coisas mais difíceis hoje em dia é conseguir manter a concentração plena no trabalho. Quem nunca passou pela situação de estar desenvolvendo algo e, no momento em que uma ideia perfeita vem em sua cabeça, chega algum colega de trabalho na sua mesa e começa a falar sobre outra coisa? Não preciso nem dizer que, na maioria das vezes, toda sua concentração vai por água abaixo e você tem que começar todo raciocínio novamente. O problema é que, segundo estudos 60 | www.outdoorregional.com.br

Juliana Moreno j-moreno@outdoorregional.com.br

de ciência cognitiva, quando o ser humano é interrompido, ele demora em média 15 minutos para restabelecer a concentração.

Quem me interrompe?

Infelizmente existem várias formas de ser interrompido, e não somente por alguém que vai até a sua mesa para conversar sobre coisas não pertinentes. Existem os telefones que tocam praticamente o dia todo, e-mails que chegam sem parar, reuniões


convocadas sem aviso prévio, além das redes sociais e comunicadores instantâneos, talvez os maiores responsáveis por tirar o nosso foco. Tudo isso junto resulta numa realidade impressionante: estima-se que o excesso de interrupção diminua em 40% a nossa produtividade.

Outro agravante

A arquitetura corporativa também prejudica – e muito – a concentração das pessoas. É só parar para reparar e perceber que a maioria dos escritórios hoje não possui paredes, ou seja, são espaços abertos que, intencionalmente, facilitam a convivência entre os funcionários e a comunicação. O intuito é nobre e válido, mas acaba acarretando outros tipos de problemas, pois, num ambiente

assim, todos os barulhos se juntam e, consequentemente, acaba sendo prejudicial a todos. Se um telefone tocando já é motivo suficiente para distração, imagine num espaço onde trabalham juntas cinco ou seis pessoas e cada uma tem um telefone em sua mesa! Fora isso, quando não há divisórias, é muito mais fácil alguém passar por você, em sua mesa, e acabar parando, pois não há nada que a bloqueie.

Soluções

Então, talvez o melhor para comunicação e produção caminharem juntos, sejam escritórios privados, mas com locais públicos de interação. Mas se isso não é possível em seu ambiente de trabalho, tente reservar horários específicos para lidar com e-mails e redes sociais, por exemplo, já que muitas vezes não é possível controlar quem virá em sua mesa e será sua próxima interrupção.

www.outdoorregional.com.br | 61


Gourmet

Talita Dias t-dias@outdoorregional.com.br

modo de preparo

01 02 03

Misture bem em uma vasilha a farinha de trigo, o açúcar e o fermento em pó. Reserve.

Bata os ovos e misture-os à baunilha. Reserve.

Unte uma assadeira com bastante manteiga e arrume sobre elas as maçãs descascadas e cortadas em fatias. Sobre elas, ponha o suco do limão.

04

Em seguida, sobre as maçãs, espalhe a mistura de farinha. Por cima da mistura, ponha a manteiga derretida, depois os ovos batidos e, por último, a mistura de canela e açúcar que deve ser polvilhada sobre a torta.

05

Asse em forno quente por cerca de 20 minutos ou até que fique bem dourada.

Dica: sirva ainda quente, acompanhada de sorvete de sua preferência.

62 | www.outdoorregional.com.br

Torta de maçã

S

abe quando você precisa de algo pra servir em um café ou chá da tarde, mas não tem ideia do que preparar? Ou quer uma sobremesa que agrade a todos os gostos? Pois separamos pra você a receita perfeita! Em dias quentes ou frios, com ou sem tempo, essa torta é sucesso garantido!

- 3 a 4 maçãs - suco de 1 limão - 1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo peneirada - 1 xícara (chá) de açúcar - 1 colher (sopa) de fermento em pó - 2 colheres (sopa) de manteiga derretida e dourada - 4 ovos batidos - 1 colher (café) de essência de baunilha - 1 xícara (chá) de canela e açúcar misturados


www.outdoorregional.com.br | 63


PratadaCasa

Thássia Moro t-moro@outdoorregional.com.br

A luta pela prevenção A Prata da Casa deste mês conta um pouco sobre esse projeto de prevenção às drogas que atua em todo o Brasil e tem sede aqui na região de Boituva.

O projeto

O projeto Escola Sem Drogas (ESD) foi fundando em Manaus (AM) há mais de 20 anos e teve como fundadores os escritores Arlem Maffra, autor do livro “Droga Disfarçada de Estudante” e Laila Maffra, autora de “Droga, Disfarce Irresistível”, ambos protagonistas dos próprios livros. O ESD é um projeto com caráter pedagógico que busca através da prevenção alertar estudantes, escolas e pais sobre o perigo das drogas, principalmente em sua presença na adolescência. O foco do trabalho é a escola, pois para o projeto é nesse ambiente que o adolescente começa a conviver com as diferenças, as experiências começam a surgir e é nesse período que as drogas têm maior incidência sobre ele. O ESD busca mostrar para alunos, educadores e pais como se prevenir das drogas e dos males que ela traz.

O trabalho

Em entrevista à Outdoor, Laila Maffra contou que o projeto possui visibilidade nacional e é em Boituva que se encontra a sede do segundo maior projeto de prevenção às drogas do país. Através dessa visibilidade, conseguiu um importante destaque não só nessa região, mas em diversos outros lugares. O projeto Escola Sem Drogas já foi implantado em mais de 15 municípios e reúne hoje, a cada dois meses, mais de 10 mil alunos lendo os livros preventivos. Há também palestras e atividades dinâmicas junto com as escolas e os familiares. Após essa primeira etapa, o ESD busca encontrar aqueles que por alguma razão já tiveram contato com as drogas. Esses são levados para a Associação Viver Livre, que também tem sede em Boituva, que direciona o jovem para o tratamento, quando necessário.

O terceiro livro

O ESD está lançando nesse mês o terceiro livro da trilogia sobre as drogas, intitulado “Se não fosse o Crack, te teria outra vez”, romance que aborda as dificuldades da vida dos usuários da droga mais devastadora, o crack. “Acreditamos que ao ler esse último livro da saga, nossos leitores terão uma percepção real do que é o caminho das drogas”, finaliza Laila Maffra.

Site: www.escolasemdrogas.com.br

64 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 65


Regi達o

66| www.outdoorregional.com.br

Camila Marcusso c-marcusso@outdoorregional.com.br


Comemorações

De acordo com a Secretaria da Cultura, Turismo, Esportes, Lazer e Juventude do município, dentre os eventos que já estão confirmados está o desfile cívico comemorativo ao 186º aniversário de Tatuí, dia 11, às 9 horas, na Avenida Cel. Firmo Vieira de Camargo, com a participação de escolas municipais, estaduais e particulares, além de militares, clubes de serviço e bandas marciais. Este ano, comemoram-se os 70 anos da Semana Paulo Setúbal, atividade cultural criada em homenagem ao advogado, jornalista, escritor e político, que nasceu em Tatuí em 1893. Paulo Setúbal foi eleito membro da Academia Brasileira Letras e sua bibliografia reúne 13 livros, entre os quais “A Marquesa de Santos” e “O Príncipe de Nassau”. Dentre essas comemorações estão o concurso para criação do logo da semana, o 10º Prêmio Paulo Setúbal de Contos Crônicas e Poesias e o 11º Concurso Paulo Setúbal de Literatura e Artes Visuais para alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. A psicóloga Lilian Almeida de Miranda, da cidade de Tatuí, aprecia as atividades festivas, entretanto, sugere a criação de mais eventos culturais. “Eu gosto e participo das festividades, mas, gostaria que tivesse mais eventos relacionados à cultura”, diz. “Enquanto jovem, eu participava intensamente das atividades e elas sempre foram muito boas. Nesse aniversário, desejo que a cidade de Tatuí cresça em todos os bons sentidos e que continue sendo a ‘cidade ternura’, onde cresci

e vivi durante muitos anos”, afirma a professora Ana Paula de Carvalho Fabro, moradora da cidade de Indaiatuba. Vanessa da Silva Miranda, moradora de Tatuí, gosta e participa das festividades, em especial dos shows.

História da cidade

A origem da palavra Tatuí vem do Tupi-Guarani e significa “Água do Rio do Tatu”. A palavra Tatuí passou pelas

seguintes transformações: Tatuuvú, Tatuhú, Tatuhibi, Tatuy, Tatuhy, até que finalmente chegou a Tatuí. Alguns pesquisadores e historiadores consideram o ano de 1822 (e não 1826) como a fundação de Tatuí, pois acreditam que Tatuí já era distrito. Na data de 20 de setembro de 1861, Tatuí elevou-se à categoria de cidade e em 26 de outubro de 1877, foi instalada a sua comarca.

Fotos:Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Tatuí.

www.outdoorregional.com.br | 67


Mús ica Lança mentos

MÚSICA | Green Day A banda Green Day divulgou recentemente o primeiro single de sua nova trilogia de álbuns, “¡Uno! ¡Dos! ¡Trés!”; a faixa se chama “Oh Love”. A primeira parte da nova trilogia de álbuns deve chegar às lojas em 25 de setembro. Em entrevista à Rolling Stone, o vocalista Billie Joe Armstrong disse que o primeiro disco tem um estilo mais “power pop”, o segundo é um rock mais clássico e o terceiro tem um tom épico. O baixista  Mike Dirnt  falou que a banda se distanciou das questões políticas e temas mais pesados que abordaram em  “American Idiot”  e  “21st Century Breakdown”.

FILME | Novo roteiro para “A Bela Adormecida” “A Bela Adormecida” irá ganhar uma nova versão, mas dessa vez será uma comédia. Isso mesmo! O produtor Neal Mortiz revelou que os novatos Mike Gagerman e Andrew Waller já estão trabalhando no roteiro do filme, que promete mostrar o conto de fadas nos dias atuais. Na história, a princesa será despertada por um homem que, além de não ter o menor interesse nela, ainda vai sofrer com as perseguições, afinal, ela vai tentar conquistá-lo a qualquer custo.

GAME | Super Smash Bros O novo jogo da série “Super Smash Bros” encontra-se em desenvolvimento. Segundo o diretor do projeto, Masahiro Sakurai, o título, que será lançado para Wii-U, encontra-se em sua fase inicial de desenvolvimento, o que significa que os fãs da série terão que esperar um bom tempo até que o jogo chegue às prateleiras.

68 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 69


Galeria

Vitória By Kids Sapato Feminino Bibi 3x R$25,63 ou à Vista com 10% de Desconto R: Cel. Eugênio Motta, 521, Loja 42, Centro, Boituva/SP Fone: (15) 3363-2648

Miss Flora Camiseta Fórum - Modelo Masculino Em até 6x no Cartão ou Cheque Agora com Size Plus e Moda Masculina Fórum R: Camilo Thame, 47, Loja 05, Centro, Boituva/SP Fone: (15) 3363-1505

Atrevida Lingerie Conjunto Rios R$79,90 à Vista R: Nove de Julho, 40, Centro, Boituva/SP Fone: (15) 3363-2258

Atrattiva Acessórios e Presentes Kit Garrafa Vinho - 5 Peças (vários modelos) R$ 69,90 Rua Camilo Thame, 39, Centro, Boituva/SP Tel.: (15) 3263-4121 70 | www.outdoorregional.com.br


www.outdoorregional.com.br | 71


Horóscopo

Escrito por: João Bidu www.joaobidu.com.br Twitter: @joaobidu

Signo do mês Leão - 22/7 a 22/8

j-bidu@outdoorregional.com.br

Áries

de 21/03 a 20/04

Neste período, seu trabalho vai exigir mais dedicação e foco de sua parte, principalmente nas primeiras semanas. Então, tente manter suas responsabilidades em ordem e evite pressões desnecessárias. Depois do dia 09, você conseguirá defender suas ideias e seus projetos: aproveite! Em casa, oferecer a segurança e a proteção que sua família precisa pode ser gratificante. No romance, a sua maturidade vai guiar seus passos e mesmo que surja uma questão difícil a se tratar, tudo tende a se resolver de forma tranquila: é só chegarem a um consenso. Na hora da paquera, seu charme dará as cartas e tudo indica que vai atrair olhares. Se encontrar alguém interessante, pode até se comprometer.

Touro

Rodrigo Santoro 22/08/1975

Madonna 16/08/1958

No trabalho, vai cumprir suas tarefas sem grandes esforços. Mas se está insatisfeito(a), aproveite as energias: converse com gente influente e abra portas para sua carreira. O desejo de manter um clima harmonioso em seu lar estará tão grande que você vai segurar suas opiniões. Mas, depois do dia 23, Marte vai dar as cartas incentivando tomadas de decisões e você, com jeitinho, vai mudar o que deseja sem imposições. Mudanças serão necessárias a dois. Caso o romance esteja sólido, a tendência é melhorar, mas, se a união está instável, tenha cautela para evitar um rompimento. Com diálogo e no carinho e tudo se resolve. Na paquera, seu charme estará no auge e você tem tudo para brilhar. 72 | www.outdoorregional.com.br

de 21/04 a 20/05

Você estará com disposição para se dedicar aos assuntos profissionais em busca de seus objetivos a longo prazo. O convívio no trabalho estará mais tranquilo e conseguirá convencer os demais dos seus projetos. Neste mês, sua prioridade será sua família, mas pense antes de falar para evitar conflitos até o dia 08. Depois tudo há de melhorar. A dois, sua principal meta será melhorar a qualidade da relação. Então, controle a impulsividade e converse com o par em busca de acordos que favoreçam os dois. A partir do dia 23, Marte traz momentos de paixão. O período começa morno na conquista, mas recebe as boas influências de Vênus depois do dia 07 e traz charme e ânimo para sua vida afetiva.

Gêmeos

de 21/05 a 20/06

Não desanime diante dos resultados que consegue no trabalho. Continue se empenhando que sua insistência vai gerar bons frutos mais adiante! Aproveite as energias de Júpiter para renovar seu ânimo e não se intimide com os desafios que surgirem em seu caminho. Em família, desentendimentos não estão descartados, mas as tensões logo darão espaço aos momentos felizes. No romance, só há motivos para comemorar, pois esta é uma fase de descontração e repleta de bons estímulos. Converse mais com quem ama e pensem em um futuro a dois. Só tenha cuidado com a possessividade depois do dia 07. Se está só, sua sensualidade vai atrair atenções. Então, se está de olho em alguém, aproxime-se sem medo!


Câncer

de 21/06 a 21/07

No trabalho, esta é uma fase para observar os colegas e aprender com a experiência deles. Oportunidades de crescimento podem surgir, mas fique de olho! Em situações complicadas, use seu jogo de cintura e tudo vai melhorar. Em seu lar, além de todo o carinho que dá aos seus familiares, atitudes maduras vão favorecer os objetivos que têm em comum. No amor, não faltarão paciência e romantismo para fortalecer a união. Mas cuidado com o apego ou pode sufocar quem ama. Caso precise aparar arestas, este é o momento! Na conquista, imprevistos podem surgir até o dia 07, mas depois disso o seu charme vai se destacar. Como estará exigente, pode preferir ficar só do que em uma relação sem futuro.

Virgem

de 23/08 a 22/09

No trabalho, seja tolerante, pois atrasos e mudanças em sua rotina não estão descartados. Controle sua impaciência e faça a sua parte com bom humor que tudo vai melhorar. Em casa, nas primeiras semanas, você estará mais reservado(a): faça sua vontade, mas tenha cuidado para não parecer indiferente com os demais. Entre amigos, busque a companhia de quem confia. Altos e baixos farão parte de sua vida a dois e manter a paz no convívio com o par estará em suas mãos. Mantenha a calma e converse com sua cara-metade: coloque o amor acima de tudo e a união vai se fortalecer. Caso esteja só, não vai perder tempo com paqueras vazias. Mas seja mais delicado(a) ao dizer que não está a fim.

Libra

de 23/09 a 22/10

No trabalho, confie em sua capacidade e Marte vai trazer determinação para conquistar seus objetivos. Isso vale tanto para quem já tem um emprego quanto para quem está à procura de um. Investir em seus estudos é uma ótima pedida para o momento. Transformações podem trazer tensão para sua vida familiar. Então, aja com diplomacia e sabedoria para conseguir o que deseja. No amor, seu desejo de romper a rotina pode trazer bons estímulos para o romance: traga descontração ao seu dia a dia. Na segunda quinzena, não permita que outros setores interfiram em sua união. Com sua agitada vida social, não faltará oportunidade para quem está só paquerar e, neste mês, só fica sozinho(a) quem quer.

Escorpião

de 23/10 a 21/11

É tempo de batalhar pelo seu crescimento profissional e investir em novos conhecimentos que favoreçam sua carreira. Controle a impulsividade e não perca a paciência diante de imprevistos e fofocas, pois é com sua dedicação que conquistará sucesso. Em família, seu desejo de mudar o que incomoda virá à tona. Mas cuidado com atitudes radicais e tente não impor suas opiniões ou tensões podem tomar conta do astral em casa. Na união, permanece um astral de leveza e descontração. A partir do dia 07, Vênus exalta o romantismo e deixa os momentos a dois mais intensos. Na conquista, use sua sedução nata e se aproxime do seu alvo, mas avalie bem riscos antes de se entregar a uma nova paixão.

Sagitário

de 22/11 a 21/12

Siga em busca dos seus objetivos com determinação e conquistará tudo o que deseja. Na carreira, suas qualidades estarão exaltadas, então, aproveite a boa fase para conversar e trocar experiências com seus colegas e superiores, mas mantenha o foco em suas prioridades. Os estudos estão favorecidos nesta fase. Organize melhor sua agenda para curtir os agitos de sua vida social sem deixar suas responsabilidades familiares de lado. Reserve um momento para o pessoal de casa. Na união, a troca de carinho, o romantismo e a sensualidade vão predominar, mas deve ter cuidado com assuntos polêmicos ou tudo pode ir por água abaixo. Se está só, divirta-se, mas sempre com responsabilidade, valeu?

Capricórnio

de 22/12 a 20/01

Aproveite o período de grandes transformações para se livrar de tudo que pode atrapalhar seu desenvolvimento pessoal e profissional. No início do mês, será preciso disciplina para lidar com as questões do trabalho, mas depois do dia 09, tudo vai fluir melhor. Desavenças podem surgir entre familiares e você terá jogo de cintura para contornar os atritos e trazer a harmonia de volta ao convívio. Na relação afetiva, aproveite as boas energias do Sol e procure passar mais tempo a sós com seu amor. É tempo de conhecer os anseios do par e realizar suas fantasias. Mas se o romance estiver instável, um rompimento não está descartado. Na paquera, deixe a timidez de lado e invista em seu alvo.

Aquário

de 21/01 a 19/02

Os astros enviam boas perspectivas para sua carreira neste mês. Então, aproveite para aumentar sua produtividade e seguir em busca de seus objetivos. A partir do dia 07, trabalhos ligados ao belo recebem ainda mais incentivos. O convívio familiar está em uma boa fase, mas cuide de seus parentes sem esperar nada em troca. Na união, exercite a paciência diante de opiniões diferentes nos primeiros momentos. Depois do dia 09, tudo vai melhorar e o clima de companheirismo vai embalar a sua relação. Caso esteja só, saia para se divertir com os amigos e encontrará várias oportunidades de paquera. Aproxime-se de quem deseja conquistar e siga em frente, mas não vá com tanta sede ao pote.

Peixes

de 20/02 a 20/03

O Sol envia boas energias para sua profissão, então, concentre-se em suas tarefas e batalhe por suas metas. Evite se envolver em intrigas! Depois do dia 09, os contatos profissionais vão se intensificar: apresente suas ideias. Sua família estará no centro de suas atenções e você não medirá esforços para manter um bom convívio em seu lar. Mas encontre o equilíbrio entre carinho e liberdade para não sufocar as pessoas ao seu redor. No romance, algumas tensões podem surgir no início do mês e é melhor não se render às discussões. Depois do dia 09, tudo vai voltar aos seus eixos. Não faltará charme para quem está em busca de uma nova paixão: deixe o amor acontecer, mas cuidado com o ciúme.

www.outdoorregional.com.br | 73


Crônica

O

ntem fiz algo que não fazia desde os meus áureos tempos de infância: fui a um circo. Porém, o pequeno circo que estava em minha cidade, não trazia audaciosos malabaristas, corajosos domadores ou mesmo apresentadores de vozes poderosas, e sim, uma modesta trupe de atores que encenariam uma cômica peça teatral. Na verdade, os únicos elos entre o mágico mundo circense e aquele espetáculo eram a tenda onde ele acontecia e o líder da trupe, um carismático palhaço chamado Tubinho. Enquanto a peça acontecia, uma plateia lotada ria das desventuras do atrapalhado palhaço, que disfarçado de um famoso macumbeiro, aprontava diversas confusões. A peça foi um sucesso, mas com o tempo comecei a desconfiar que a figura de Tubinho era completamente descartável e que se o ator que o representava o substituísse por outro personagem teria o mesmo resultado. Desconfiança que se transformou em certeza quando vi, ao final do espetáculo, o intrépido palhaço apresentando-se sem a aura do teatro produzindo gargalhadas bem menos entusiasmadas da plateia.

A figura do palhaço não encontra mais um lugar seguro dentro de nossa sociedade. Seu humor simples e quase ingênuo já não satisfaz o que, gradativamente, o transforma em uma figura de alegria decadente já que o principal alvo de seu humor também encontra-se em extinção, através dos meninos e meninas que deixam a ingenuidade da infância cada vez mais cedo. E assim, o palhaço deixa o seu lugar no circo em busca 74 | www.outdoorregional.com.br

Rafael Barbosa r-barbosa@outdoorregional.com.br

de novos palcos e oportunidades, tornado-se apresentador de TV, membro de peças teatrais e até mesmo músico, o que inevitavelmente o coloca em uma disputa desigual com outras milhares de pessoas e personagens que buscam o mesmo espaço. Ao sair daquele circo, não pude deixar de lembrar um velho e maldoso ditado que diz que todo palhaço ri no palco para depois ir chorar em seu camarim. E quem pode culpá-lo, afinal, você também não choraria se estivesse perdendo seu lugar no mundo?


www.outdoorregional.com.br | 75


76 | www.outdoorregional.com.br

Outdoor Regional  

Edicão 32 - Gusttavo Lima

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you