Page 1

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

1


2

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


EXPEDIENTE

Carta ao leitor

Coordenador Geral Rafael J Pereira Coordenador de Criação André Maffeis Comercial (15) 3263 - 5028 Jornalista Responsável Juliana Moreno MTB: 0056878/SP Repórteres Bruno Rodrigues Juliana Moreno / Rafael Barbosa Colaboradores Gabriela Barreto/ Raphael Chespkassoff Dr. Marcelo L. Galvão / Laura Baggio XPRES / Arch 0.7 Revisão Juliana Moreno Diagramação / Projeto Gráfico Bruno Vieira Veiga de Oliveira Departamento Jurídico Oliveira & Paiotti Advogados Associados

O

tradicional Rodeio de Tatuí se aproxima e uma das atrações da festa chega primeiro aqui na Outdoor Regional! A dupla Zé Neto & Cristiano bateu um papo conosco para falar sobre a carreira e também sobre o lançamento do segundo DVD, que acontecerá em setembro.

Em Arquitetura & Decoração o assunto são os quadros, objetos capazes de transformar um ambiente, agregando estilo e charme ao local, além de transmitir a personalidade dos moradores de uma casa, por exemplo. Games traz uma análise de Unchated 4, o final de uma jornada que teve início em 2007, quando a desenvolvedora Naughty Dog lançou o primeiro jogo da série e também apresentou ao mundo o personagem Nathan Drake. Já em Turismo a indicação é a cidade de Poços de Caldas, localizada a 280 km de São Paulo e que oferece opções que agradam desde os jovens, com esportes radicais em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, até os mais idosos, com as praças, concertos ao ar livre e as delícias da culinária mineira. Confira estes e outros assuntos nas páginas a seguir. Boa leitura!

Agradecimento Luana Dourado – Assessoria Márcia Stival Distribuição Boituva/Iperó/Cerquilho Tatuí/Sorocaba

Juliana Moreno

Assinaturas assinaturas@outdoorregional.com.br

Jornalista Reponsável pela Revista Outdoor Regional

Edições anteriores edicoes@outdoorregional.com.br Empresa Pereira e Maffeis Editora LTDA CNPJ: 13.970.830/0001-93

A revista não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por entrevistados e colaboradores, assim como não se responsabiliza pelo conteúdo de informes e anúncios publicitários

j-moreno@outdoorregional.com.br

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

3


4

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

5


6

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

7


Índice

66 62

10 12 14 16 20 22 26 28 44 48 50 52 54 58 62 64 66

Cinema Literatura Séries Música Moda Feminina Arquitetura e Decoração Pé na Estrada Social Capa Esportes Saúde Games Turismo Autos Política Gourmet Crônica

16 Anúncios e Publicidade: Avenida Pereira Ignácio, 378 2º andar - sala 07 Telefone: (15) 3263-5028 (15) 99114-2136 contato@outdoorregional.com.br

54 8

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

www.outdoorregional.com.br


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

9


j-moreno@outdoorregional.com.br

Cinema

i

i 10

A Warner divulgou que o ator Alexandre Skarsgard, que vive o Tarzan, virá ao Brasil para o lançamento do longa

Os atores dos filmes originais farão participações especiais no filme OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

i

A surfista fica presa a 200 metros da costa e precisa lutar pela sobrevivência


Águas Rasas Em agosto chega aos cinemas um filme de tirar o fôlego - pelo menos é isso que os trailers já divulgados pela Sony Pictures indicam. No papel principal está Blake Lively (a eterna Serena Van der Woodsen para o fãs de “Gossip Girl”), uma surfista chamada Nancy. No início tudo é lindo: uma praia paradisíaca, mar cristalino, sol raiando. Parece o lugar perfeito para se aventurar nas ondas, até que um imenso e assustador tubarão -branco a ataca. Nancy consegue nadar até um rochedo, onde fica ilhada com o animal nadando em volta. O clima tenso à la “Tubarão” tem empolgado os fãs do gênero para a estreia, programada para o dia 11 de agosto.

Caça-Fantasmas Três décadas após o lançamento da franquia original, chega aos cinemas o filme do diretor Paul Feig, que traz uma nova visão para a comédia sobrenatural, mas desta vez com uma equipe só de mulheres como protagonistas. Melissa McCarthy, Kristen Wiig, Kate McKinnon e Leslie Jones formam um quarteto de mulheres que, embora muito diferentes, se unem para descobrir como salvar a cidade de Nova York e também o mundo da ameaça dos fantasmas. O filme está programado para estrear por aqui no dia 14 de julho, ou seja, uma semana antes de estrear nos cinemas norte-americanos.

A Lenda de Tarzan No dia 21 de julho acontecerá a estreia do novo longa-metragem sobre o icônico personagem criado por Edgar Rice Burroughs. O filme conta com a direção de David Yates, responsável pelos quatro últimos filmes da saga “Harry Potter”, e se passa anos após o retorno de Tarzan a Londres nos anos 1880. Ele, um aristocrata casado com Lady Jane, é convidado a voltar ao Congo, desta vez como um emissário do Parlamento, sem imaginar que, na verdade, ele é uma peça usada para uma ação de profunda ganância e vingança. De volta à selva africana, ele precisará resgatar seu instinto animal para sobreviver às ameaças que encontra ali.

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

11


j-moreno@outdoorregional.com.br

Literatura

Direto para a Cabeceira Confira algumas dicas de literatura para esse mês por Juliana Moreno

Eu Sem Você Uma informação na capa já entrega o tom da história: “se você é fã de JoJo Moyes, David Nicholls e Nicholas Sparks, então irá amar ‘Eu Sem Você’”. Na obra da escritora Kelly Rimmer, Callum Riberts narra a sua história de amor com Lilah MacDonald. “Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco”, conta uma sinopse divulgada dias antes do lançamento do livro. Callum é um funcionário de agência de publicidade que nunca conseguiu pensar muito sobre o futuro, o que muda depois de conhecer Lilah, uma decidida advogada ambientalista. Uma história sobre descobertas, sentimentos, corações partidos e muito amor.

Autora: Kelly Rimmer | Editora: Arqueiro | 304 páginas

O Último Adeus Um dos lançamentos de junho da DarkSide é da autora Cynthia Hand, famosa pela saga “Sobrenatural”, um sucesso internacional. Ela agora lança seu primeiro romance contemporâneo, que possui uma trama comovente e aborda questões sobre o luto, vida após a morte e também a luta para superar uma tragédia. O livro é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que inicia um diário a pedido de seu terapeuta, o qual indicou que essa seria uma boa forma de conseguir expressar seus sentimentos. Há menos de dois meses, seu irmão mais novo, Tyler, cometeu suicídio e, desde então, Lex não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. A cada página podemos acompanhar os sentimentos de uma garota que, ao tentar superar o vazio, consegue sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Autora: Cynthia Hand |Editora: DarkSide | 352 páginas 12

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

F de Falcão Este aclamado best-seller do New York Times é uma autobiografia, onde a autora Helen Macdonald conta sua história de superação da dor do luto através da excêntrica arte de treinar falcões. Ela, que foi acometida pela depressão após o falecimento de seu pai, chegou em um momento de sua vida em que nada mais fazia sentido. As coisas começam a mudar quando ela viaja até a Escócia para comprar um falcão. Então, ao praticar falcoaria com Mabel, sua ave de rapina, e ler os diários de T. H. White, um clássico autor da literatura inglesa, Helen começa a entender que o luto pode, sim, ser superado.

Autora: Helen Macdonald Editora: Intrínseca | 288 páginas


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

13


j-moreno@outdoorregional.com.br

Séries

The Get Down Nova série musical de Baz Luhrmann, cineasta que conquistou o mundo com “Moulin Rouge – Amor em Vermelho” por Juliana Moreno

V

er o nome de Baz Luhrmann nas divulgações da nova série musical original Netflix, por si só, já desperta certa curiosidade. Seu primeiro trabalho televisivo, “The Get Down”, ganhou um trailer bastante convidativo e que mostra sua paixão pela música de forma bem clara.

Enredo Com estreia programada para o dia 12 de agosto, a série tem treze episódios encomendados para a primeira temporada. O drama musical, como tem sido categorizado, situa-se na década de 1970, em Nova York, e acompanha a vida de um grupo de adolescentes do Bronx apaixonados por hip hop.

14

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

Personagens Narrada pelo ponto de vista dos garotos interpretados por TJ Brown, Justice Smith, Shameik Moore e Skylan Brooks, respectivamente Boo-Boo, Ezekiel, Shaolin Fantastic e Ra-Ra. A série se propõe a mostrar como a cidade, praticamente à beira de uma crise econômica, acabou sendo o berço dos movimentos do hip hop, do punk e da disco. No elenco principal também está Herizen Guardiola, que interpreta Mylene, uma jovem com o sonho de ser cantora, mas que enfrenta grande oposição de seu pai, o reverendo Ramon Cruz. Outro personagem da história, Francisco Cruz, mais conhecido como Papa Fuerte, será interpretado por Jimmy Smits. Ele será um líder político do sul do Bronx, que oferece à sua comunidade tudo aquilo que a prefeitura tem deficiência em dar, como

empregos, habitação e assistência médica, por exemplo.

Detalhes Música e dança dão o tom em “The Get Down”, que também é acompanhado de humor, romance e drama ao mostrar o dia a dia dos jovens do Bronx, armados de latas de spray, passos de dança, rimas e o sonho de mudarem suas vidas.

Com estreia programada para o dia 12 de agosto, a série tem treze episódios encomendados para a primeira temporada


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

15


b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Música

Scorpions no Brasil

Pitty lança novo álbum A cantora baiana Pitty vai lançar mais um álbum e DVD ao vivo no mês que vem. O novo trabalho, chamado “Turnê Setevidas – Ao Vivo”, capta uma apresentação durante a excursão nacional com o mais recente disco dela, “Setevidas”, lançado em 2014. Assinado pelo selo Deck, o novo DVD ao vivo de Pitty foi gravado em um show da banda no Audio Club, em São Paulo. O material traz também um documentário

de 50 minutos com cenas de bastidores da turnê e de apresentações em outras cidades. Além do formato físico, “Turnê Setevidas – Ao Vivo” sairá digitalmente em qualidade superior ao DVD. O filme e seus extras poderão ser comprados pela internet, em plataforma desenvolvida pela Deck, com qualidade full HD e possibilidade de reprodução em smartphones e tablets, além de computadores.

Os Scorpions, banda de rock alemã, fará um terceiro show no Brasil. A apresentação será em 4 de setembro e foi marcada, segundo a produtora Time For Fun, pelo motivo do sucesso de vendas. Além deste novo show, o Scorpions mudou as datas da turnê pelo Brasil. Eles cancelaram o show que seria no Recife. Agora, eles passam por São Paulo (Citibank Hall) nos dias 1º, 3 e 4 de setembro e vão também até Fortaleza (CFO), no dia 8. Eles se despedem com show no Rio de Janeiro, no Metropolitan, em 10 de setembro. A turnê comemora 50 anos de carreira da banda e os mais de 100 milhões de álbuns vendidos no mundo todo. As músicas mais conhecidas do Scorpions são “Wind of Change”, “Still Loving You” e “Rock You Like a Hurricane”.

Blink 182 está de volta! O Blink 182 está há poucos dias de lançar o novo álbum. A “Rabbit Hole”, nova música apresentada ao público, tem o mesmo jeitão pop punk que consagrou o Blink 182 e promete não desapontar os fãs mais saudosos da banda. Vale lembrar que Mark Hoppus, Travis Backer e o novo guitarrista Matt Skiba (do Alkaline Trio, que entrou no lugar de Tom DeLonge) já lançaram um outro single e até um vídeo de 10 horas de uma nova música, que tem somente 40 segundos. O novo álbum da banda, intitulado “California”, será lançado no dia 1º de julho deste ano. 16

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

17


Informe Publicitário

Diabetes e a saúde bucal

O

A Pesquisa Nacional de Saúde mostra que o diabetes, em 2015, atingiu 9 milhões de brasileiros | por Dra. Tatiana Kassardjian

diabetes é uma doença onde o organismo não produz ou utiliza a insulina adequadamente. A insulina é um hormônio produzido no pâncreas, e faz a transformação do açúcar, amido e outros elementos em fonte de energia que precisamos no dia a dia. Considerada uma doença silenciosa, pois 50% dos diabéticos desconhecem ser portadores, por ano são mais de 600.000 novos casos diagnosticados. Sabe-se que, a longo prazo, órgãos como olhos, rins, coração, nervos e vasos sanguíneos podem ser acometidos em consequência do aumento do nível de glicose no sangue. A doença periodontal é uma das complicações causadas pelo diabetes.

Qual a relação entre Doença Periodontal e Diabetes? Devido à baixa resistência do organismo e um processo mais demorado de cura, a doença periodontal parece ser mais frequente e mais grave entre as pessoas com diabetes, por outro lado, verificase que o tratamento de doenças periodontais em pessoas com diabetes pode ajudar a melhorar o controle de açúcar no sangue, sendo assim, uma via de mão dupla. A placa bacteriana no diabético provoca uma inflamação gengival mais acentuada, podendo progredir para perdas dentárias aceleradamente, devido à sua dificuldade em reagir a processos inflamatórios e infecciosos. A doença periodontal atinge 76% dos pacientes mal controlados, sendo necessária a colaboração para um sucesso em seu tratamento.

Problemas Infecções nas glândulas salivares, lesões bucais, infecções por fungos e irritação 18

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

i

Agende uma avaliação comigo, terei grande satisfação em esclarecer todas as suas dúvidas e melhorar sua qualidade de vida! Dra. Tatiana Kassardjian (CROSP: 102.906)

nos cantos da boca, são comumente vistos em pacientes diabéticos. O sintoma mais evidente é a Xerostomia, caracteriza-se quando a boca fica seca devido ao elevado nível de açúcar no sangue ou por efeito colateral da medicação,

não havendo produção suficiente de saliva, além do auxílio para engolir os alimentos, a saliva neutraliza os ácidos ajudando a prevenir cáries e doenças gengivais. Faça o controle adequado e frequente com um periodontista.


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

19


Moda Feminina

20

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

g-barreto@outdoorregional.com.br


Conjuntos Eles estão presentes na moda feminina brasileira há décadas e surgiram como sinônimo de elegância e sofisticação, destacando-se na elite que usava terninhos sempre como referência em diversas ocasiões | por Gabriela Barreto

P

ara a meia-estação, as saias e jaquetinhas com a mesma estampa maximalista, seja abstrata ou floral, são uma ótima pedida para manter o corpo aquecido sem perder a vibração dos looks de Verão, combinando uma peça de Inverno (jaqueta) com uma de Verão (saia).

Estilos

Os conjuntos coloridos, como o twinset (camiseta e blusa de malha da mesma cor) em tweed (tecido, um dos mais usados por Coco Chanel), devem aparecer também nas ruas e nas baladas, um clássico da moda super em alta. A ideia dos conjuntos se repete também na combinação de calça + paletó, tipo o

look pijama que já circulava nos blogs de diversas It-Girls. Os mesmos podem aparecer em estampas miúdas, que agradam as mais discretas e clássicas, e que buscam uma sofisticação ao look sem erro, ou em desenhos grandes, agradando as mais antenadas e modernas do mundo da moda.

Cores Fugindo das estampas, as cores vibrantes e vivas podem facilitar o uso dos conjuntos. É tipo um terninho, porém moderno e super atualizado, deixando o ar de social um pouco de lado, podendo ser usado em diversas ocasiões e momentos. As calças também são muito bem vindas para formar os conjuntos. A Cigarrete, soltinha ou de couro, ganha como combinação tops que variam entre todos os comprimentos e tecidos, unido a um belo blazer para compor o conjunto. 

Dicas 01 Aposte nos conjuntos de tweed, um clássico modelo Chanel 02 Invista nos conjuntos de calças + blusas ou cropped compondo o look com um blazer

03 Use e abuse de conjuntos de estampas maximalista

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

21


Arquiterura & Decoração

22

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

arq-dec@outdoorregional.com.br


Enquadre essa ideia Objetos de decoração são capazes de transformar um ambiente, agregando personalidade, estilo e charme ao local. Os quadros são bons exemplos dessa transformação, pois além de compor com outros objetos decorativos, podem transmitir a personalidade dos moradores | por Arch 0.7 As peças podem valorizar não apenas pinturas, como também pôsteres, gravuras e fotografias. Existem diversas maneiras de incluir os quadros na decoração, e atualmente a forma que são dispostos mudou.

Tendência Se a ideia é pendurar os quadros, abuse da criatividade e monte arranjos descontraídos, assimétricos e com molduras de diferentes tipos e cores. Também podemos utilizar as molduras vazias, com cores vibrantes ou iguais à da parede. Aposte na diversidade e crie sem medo! Antes de furar a parede faça testes com a disposição dos quadros no chão ou recorte moldes de papel e prenda com fita adesiva para visualizar o resultado final. Renata Tomazela e Ana Beatriz Ghizzi Arquitetas Arch 0.7

Uma nova tendência versátil e prática é apoiar os quadros ao invés de pendurá-los Dicas Embora não existam regras fixas, algumas dicas ajudam na hora de montar a composição. Uma altura visualmente confortável para pendurar é de 1,60m do centro do quadro ao chão. Quando estiver sobre o sofá, o ideal é que a moldura fique a 30 cm do encosto, o mesmo ocorre se estiver sobre a cabeceira de uma cama. Uma nova tendência versátil e prática é apoiar os quadros

ao invés de pendurá-los. Você pode dispor as peças sobre aparadores, bancadas, prateleiras, mesas ou criados-mudos. No caso de apoiar sobre prateleiras, existe hoje no mercado um modelo ideal para essa finalidade, pois são estreitas e com limitadores. Para quadros grandes, aposte em deixá-los apoiados diretamente no chão.

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

23


Informe Publicitário

Inverno: a estação da beleza

C

Eduardo Santos Montoro - Membro Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (CRM 124.821)

om a chegada do frio, o aumento na procura por cirurgias plásticas cresce quase três vezes mais que em qualquer outra época do ano. Isso acontece porque a maioria das pessoas busca estar com o corpo em dia para o verão seguinte, quando decide por um procedimento. Além disso, também existem algumas vantagens que tornam, sim, o inverno uma ótima época para se fazer uma cirurgia plástica. Não que o Verão não seja indicado, porém, o frio traz algumas facilidades a mais que o Verão.

Vantagens 1- Menos inchaço: comum no pós-operatório de qualquer cirurgia, o inchaço tende a ser menos intenso com as temperaturas mais amenas 2- Mais cuidado com a pele: uma cirurgia em uma estação mais amena também se deve aos cuidados que se precisa ter com a pele, mantendo-a hidratada, com filtro solar, sem muita ou quase nenhuma exposição ao sol. A baixa incidência dos raios solares é fundamental para uma boa cicatrização, evitando o surgimento de manchas na pele e cicatrizes escurecidas 3- Maior conforto: o uso de cintas e sutiãs modeladores, exigidos em algumas intervenções, fica mais tranquilo no frio do que no calor do Verão 4- Pós-operatório mais tranquilo: as temperaturas mais baixas são mais sugestivas ao repouso, extremamente importante para a recuperação no pós -operatório 5- O tempo de recuperação ideal: o resultado final de uma cirurgia plástica demora meses para aparecer. É preciso diminuir o inchaço, cicatrizar as

24

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

i

A maioria das pessoas busca estar com o corpo em dia para o Verão seguinte quando decide por um procedimento

incisões, etc. Se você deseja estar com tudo em cima no Verão, o Inverno é a época mais indicada, pois o tempo de recuperação até o verão é maior.

Acima de tudo, a época mais indicada para fazer sua cirurgia é aquela em que você tenha tempo suficiente para a recuperação necessária.


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

25


l-baggio@outdoorregional.com.br

Pé na Estrada

“Mirela caminhou até o grande penhasco. As últimas luzes do dia banhavam sua face morena com ar de despedida. Sua camisa branca entreaberta recebia o calor pouco que restava. Ela olhou o barco. Rio abaixo seguia seu caminho a mares distantes. Um vento fresco assoprou-lhe os cabelos molhando-os de saudade líquida. E o bálsamo, extraído de suas emoções buliçosas, passeou pelo ar até a embarcação, levando sua lembrança a Haroldo. Haroldo. Ereto sobre a proa fixou seus olhos ao horizonte. Mantendo-os assim desatentos ao choro. Partira. De botas, chapéu, espada e coração. Não olhou para trás. Não disse adeus. Que diria ele? Por que diria? Partira como de passagem, como quem escolhe pela vida. Ia velejando. E não sabia dizer-se. Mas a linguagem não requer palavras. Comunica sempre pelo corpo de quem a carrega em mente. Amarrada a face seca, contavam os olhos os sonhos desgarrados. Contava Mirela e seu amor voraz. Sua redenção silenciosa aos sonhos prometidos. E a esperança da memória eterna e viva.

Velejo Leio, viajo e vejo | por Laura Baggio

Mas a linguagem não requer palavras. Comunica sempre pelo corpo de quem a carrega em mente

Mirela, em outro barco logo partiria. Como partem todos, a toda hora. E o som do piano continuaria a rasgar o céu com as luzes do pôr-do-sol”. Alice fechou o livro, despedindo-se dos viajantes. Voltando de sua própria viagem. Olhou ao horizonte pela sacada do prédio, o sol compunha em cores a grande tela do céu. Suspirou. - Há caminhos que percorremos por palavras e sonhos, e são tão nossos quanto de quem os criou. Para mais textos acesse www.oombrodaborboleta.blogspot.com.br

26

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

27


Social

1º Arraiá do Colégio Pingo de Gente Fotos: Raphael Chespkassoff

28

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

29


Social

Boituva Expo Noivas & Festas 2016 Fotos: Raphael Chespkassoff

30

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

31


Social

Deck Bar & Restaurante Fotos: Raphael Chespkassoff

32

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

33


Social

Especial Sérgio Reis Fotos: Raphael Chespkassoff

34

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

35


Social

Absurdo Chopp & Food Fotos: Equipe Xpres

36

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

37


Social

- 149 Snooker Bar - Capitão XV Fotos: Equipe Xpres

38

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

39


Social

Arraiá do Colégio Anglo de Boituva Fotos:Colégio Anglo de Boituva

40

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

41


Social

- Palestra Clube Amigo Suvinil - A Fábrica Fotos: Tintas Pig Boituva Equipe XPRES

42

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

43


Capa

44

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76


Zé Neto & Cristiano Dupla se prepara para lançar o segundo DVD em Setembro | por Juliana Moreno ZéNeto&Cristianoconquistaramafaçanhade estarem no topo do sucesso com apenas cinco anos de estrada. Embalando multidões com hits como “Te Amo”, “Eu Ligo Pra Você” e o mais recente “Seu Polícia”, a dupla possui mais de um milhão de seguidores no Facebook e mais de 220 milhões de visualizações nos vídeos do canal no Youtube!

a dupla possui mais de um milhão de seguidores no Facebook e mais de 220 milhões de visualizações nos vídeos do canal no Youtube

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

45


i

As canções “Te Amo” e “Eu Ligo Pra Você” estão na lista das 100 músicas mais tocadas nas rádios do país em 2015

Início Eles se conhecem desde os três anos de idade e, apesar de seus caminhos terem seguido cursos diferentes, 2011 foi o ano em que tudo começou a mudar. Sempre imensamente apaixonados por música, os amigos estabeleceram a parceria para, juntos, irem em busca do mesmo sonho: cantar.

Trajetória A dupla conversou conosco para falar a respeito dessa trajetória e também dos planos. “Sem dúvida nenhuma tem sido uma tra-

46

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

jetória muito bonita, acho que a gente tem tido muita sorte nos lugares onde temos ido, agradado bastante o público em questão ao repertório. Temos conseguido atender às expectativas, assim eu espero. Graças a Deus estamos muito felizes com tudo que tem acontecido”, afirmam.

Memórias Eles também relembraram os momentos que mais marcaram o início da carreira, quando cantavam em barzinhos. “Você estar ali naquele showzinho e a galera vibrando, torcendo para que tudo desse certo,

isso marcou muito. E com certeza também as dificuldades e os momentos difíceis”, dizem. E esse trabalho árduo trouxe o amadurecimento artístico na carreira da dupla, que já está em seu terceiro álbum. “Estamos vivendo a nossa melhor fase, com certeza, realizando sonhos, vivendo da música, que é o que a gente sempre sonhou”, dizem eles.

Primeiro DVD O primeiro DVD da carreira da dupla foi gravado em 2015, na cidade de São José do Rio Preto. Com 21 faixas inéditas e uma regravação, o DVD contou com participações


especiais de Henrique & Juliano em “Estamos Quites”, Humberto & Ronaldo na canção “Pra Rezar Ninguém Me Chama” e Marília Mendonça na faixa “Abaixe o Som”.

Novo trabalho E o lançamento do próximo trabalho, o segundo DVD, já tem data e local marcados! Vai acontecer no dia 03 de setembro em Cuiabá. “Marcamos a data do nosso novo DVD, que é o grande projeto do nosso segundo semestre. Vamos continuar com a agenda de shows, mas o foco maior é o DVD”, informa a dupla.

Rodeio de Tatuí E a agenda de shows prossegue, inclusive, com uma apresentação no tradicional Rodeio de Tatuí. A dupla Zé Neto & Cristiano irá subir ao palco já no primeiro dia do rodeio, marcado para 10 de agosto. Na sequência, a festa irá receber Munhoz & Mariano no dia 11, Cezar e Paulinho no dia 12, Lucas Lucco no dia 13 e, no último dia, Janderson & Anderson e Antony & Gabriel.

Aos fãs Para finalizar a entrevista, a dupla fez questão de deixar um recado para todos os fãs aqui da nossa região. “Um beijo grande pra vocês que acompanham, que curtem o nosso trabalho, que divulgam e levam o nome de Zé Neto & Cristiano por onde passam, isso ajuda muito a gen-

Estamos vivendo a nossa melhor fase, com certeza, realizando sonhos, vivendo da música, que é o que a gente sempre sonhou

te, obrigado por todo carinho e por tudo que têm feito por nós. Obrigado por vocês receberem o nosso trabalho tão bem e ter essa aceitação tão maravilhosa. Que Deus abençoe o coração e a vida de cada um de vocês e esse sonho só deu certo por causa de vocês”, terminaram eles.

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

47


b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Esportes

nas quartas. Um ano depois, foi campeã do mundo na Sérvia.

A nata A algoz do Brasil no Mundial da Dinamarca, a romena Cristina Neagu, é eleita a melhor do mundo em 2015. Aos 27 anos, a atleta foi eleita pela segunda vez na carreira a melhor jogadora de handebol do mundo em 2015. Neagu, vencedora em 2010, levou a melhor sobre as norueguesas Heidi Løke e Nora Mørk, a holandesa Nycke Groot e a polonesa Karolina Kudlacz-Gloc. A romena venceu tanto na eleição dos especialistas, com 50,5%, quanto dos fãs, com incríveis 72,9%. Entre os homens, o dinamarquês Mikkel Hansen também voltou a ser o melhor do mundo. Ele, que já havia vencido em 2011, bateu o francês Nikola Karabatic, eleito o jogador mais impressionante do planeta nos anos de 2013 e 2015. O terceiro lugar ficou com o croata Domagoj Duvnjak, seguido pelo goleiro francês Thierry Omeyer e o cubano naturalizado catari Rafael Capote.

Novidades no handebol

Conheça os preparativos das seleções masculina e feminina do Brasil, além dos atuais melhores jogadores do mundo da modalidade por Bruno Rodrigues

Seleção masculina A delegação da seleção brasileira de handebol masculina disputa o Campeonato Pan-Americano, em Buenos Aires, última competição da equipe antes dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, em agosto. Os comandados do técnico espanhol Jordi Ribera apresentam bom desempenho na competição. Vice-campeão nas últimas três edições, o Brasil é um dos favoritos ao título do Pan junto com a anfitriã Argentina, também classificada para a Olimpíada. As duas seleções fizeram as últimas sete finais do torneio bienal, com vitórias do Brasil apenas em 2006 e 2008. O Chile é a terceira força das Américas, e Uruguai e Groenlândia correm por fora na briga por uma vaga no Mundial. A situação complica nos jogos olímpicos quando o Brasil encontra as gigantes europeias. De qualquer forma, a atmosfera de jogar em casa deve ajudar no desempenho dos atletas para fazerem bonito durante a competição. 48

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

Seleção feminina A pedido do técnico dinamarquês Morten Soubak, comandante da seleção brasileira feminina de handebol, as meninas disputarão um jogo amistoso na Arena do Futuro, casa do esporte na Olimpíada contra a Suíça em um Desafio Internacional. As suíças não estão classificadas para a Olimpíada, mas algumas características das rivais são importantes para o treino brasileiro visando os Jogos e darão boa sustentação à equipe brasileira. O Brasil está no Grupo A da Olimpíada e terá pela frente na estreia a Noruega, bicampeã olímpica, no dia 6 de agosto, às 9h30, na Arena do Futuro. Depois, encara ainda Romênia, Espanha, Angola e Montenegro. Quatro seleções avançam para as quartas de final da Olimpíada. Em Londres, no ano de 2012, o Brasil foi eliminado pela própria Noruega


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

49


Saúde

50

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

m-galvao@outdoorregional.com.br


Site Chame o Farmacêutico completa 6 anos Parceria do site com a Outdoor Regional também completa 4 anos e meio | por Dr. Marcelo L. Galvão Junho está muito especial para o site Chame o Farmacêutico (COF). A parceria do site com esta revista completou 4 anos e meio, a página do Facebook® atingiu 4.000 likes e o site completou 6 anos. Comemoração tripla! Veja um flashback do que já aconteceu por aqui.

Como tudo começou O site começou em 2010, mas em 2012 o seu conteúdo era apenas online. Apesar do acesso à internet já ser comum nas casas das pessoas, o hábito de ler revista ainda é grande e importante. Foi daí que surgiu a ideia de passar do mundo virtual para o mundo real. Nesse momento surgiu a parceria do site com a Revista Outdoor Regional.

Temas Com o intuito de explicar melhor assuntos que estão em evidência, os temas das matéDr. Marcelo L. Galvão

Farmacêutico e Membro da Comissão Técnica CRF Sorocaba

rias são baseados em cronogramas elaborados pelas equipes de saúde do mundo ou quando um assunto entra em destaque, seja por um epidemia ou interesse da população.

Expansão Hoje em dia somos bombardeados de informações, seja pela TV, no celular, tablet ou computador, mas não adianta nada se a população não consegue entender. Esse é o principal objetivo do Chame o Farmacêutico. Quando alguém vai até o balcão da farmácia e relata algum problema, o farmacêutico está diante de pacientes de diversos graus de instrução, culturas ou idades. As matérias na revista ou no site levam o mesmo tipo de conceito. Quando um termo é um muito específico, pode ter certeza, que ao lado já tem a aplicação com palavras mais simples para que todos entendam do mesmo jeito.

O que já passou por aqui Os temas foram diversos: cuidados com o cabelo, pele (hidratação, manchas e proteção solar), interação entre medicamentos,

doação de sangue, córnea e leite materno, uso inadequado de hormônio (anabolizantes), de antibióticos, ansiolíticos, emagrecedores, doenças relacionadas à tireoide, colesterol, rins, fígado, alerta sobre ebola, ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), doenças sexualmente transmissíveis (do beijo, HIV, HPV), uso do narguilé, saúde da mãe, do bebê, do jovem, do homem, mulher, do idoso, entre vários outros.

Novidades vêm por aí Se o objetivo é sempre levar informação sobre saúde cada vez a mais gente, nosso conteúdo também estará em muito breve em um canal no YouTube®, assim você pode acompanhar o conteúdo na forma escrita, no site ou na revista, como também em vídeo, áudio e libras. Com isso, deficientes visuais ou auditivos poderão também acompanhar as matérias. Quer sugerir alguma matéria para as próximas edições? Envie um email para m-galvao@outdoorregional.com.br Você confere o conteúdo exclusivo dessa e de outras matérias no site: www.chameofarmaceutico.com.br

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

51


r-barbosa@outdoorregional.com.br

Games

i

A história do novo jogo nitidamente é a mais madura de toda a franquia, mostrando vários aspectos desconhecidos da personalidade de Drake

i

52

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

A jornada de Drake e Sam os leva por diversas partes do mundo e paisagens exuberantes


Uncharted 4

A Naughty Dog encerra a série Uncharted com um jogo que não é apenas o melhor game da série, como também o melhor título lançado até o momento para o PS4 | por Rafael Barbosa

U

ncharted 4 é uma joia rara, uma preciosidade que começou a ser lapidada em 2007, quando a Naughty Dog nos apresentou a Nathan Drake. Na época, o caçador de tesouros buscava a tumba de Sr. Francis Drake, em um jogo que apesar dos seus problemas, claramente tinha o potencial para se tornar uma franquia de sucesso. Desde então se passaram quase 10 anos e a cada novo jogo víamos a evolução da desenvolvedora californiana, que claramente se superava em algum aspecto a cada jogo lançado.

O início O primeiro Uncharted estabeleceu uma base forte, de uma franquia baseada nas aventuras Pulp dos anos 30, fonte da qual nosso querido Indiana Jones também bebe. Por sua vez, Uncharted 2 e 3 serviram para mostrar até onde a série poderia chegar em termos de ação e exploração, enquanto Last of Us ensinou a desenvolvedora como contar uma história e desenvolver seus personagens. A influência destes quatro jogos está impregnada em Uncharted 4, principalmente

em sua narrativa, que pega o jogador desde o início, quando vemos um Nathan Drake casado e vivendo uma vida feliz, apesar de claramente sentir falta dos seus tempos de aventura. Quando seu irmão mais velho, Sam Drake, aparece e o arrasta para mais uma aventura, o game leva o jogador em mais uma busca por um tesouro perdido, embora o que realmente importa seja a construção do relacionamento entre os dois irmãos.

Contexto A relação entre Sam e Nathan é a força motriz do game. Tudo gira em torno dela e o game não tem pressa em construir esta afinidade com cuidado, através de diálogos durante a jogatina ou em grandes cenas cinematográficas, para que consigamos entender como a relação destes dois irmãos afeta todos à sua volta Uncharted ainda respeita suas origens. Exploramos ruínas antigas, deciframos enigmas centenários, escalamos diversas estruturas e, claro, atiramos nos caras maus, mas tudo isso é feito dentro de um contexto muito bem estabelecido, para que saibamos porque estamos fazendo tudo isso e nos importemos com cada ação.

i

Ficha Técnica Desenvolvedora: Naughty Dog Estúdio: Sony Interactive Entertainment Plataforma: PlayStation 4 Lançamento: Maio de 2016

Evolução É gratificante ver que a Nauthy Dog entendeu que não precisamos pular entre cenas de ação para se ter um grande jogo de aventura. Atiramos muito menos aqui do que nos outros jogos da série, mas temos fases que constroem sua tensão aos poucos para nos entregar uma grande cena final, rendendo alguns dos momentos mais incríveis da série, e quando você ver a cena final do estágio em Madagascar, vai entender o que estou falando. Esta nova aventura de Nathan Drake talvez seja o melhor jogo da Naughty Dog, afinal, Last of Us é um páreo duro, mas com certeza é o melhor jogo da franquia Uncharted e com certeza é o melhor game lançado até agora para o PS4. Um título que é a prova do amadurecimento de um estúdio que elevou mais uma vez o seu nível e promete nos trazer grandes jogos no futuro.

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

53


Turismo

i

i

54

Esportes radicais em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira são grandes atrativos da região

As arborizadas e tranquilas praças da cidade são opções para os mais idosos

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

b-rodrigues@outdoorregional.com.br


Poços de Caldas A irresistível gastronomia mineira e o charme de uma cidade que respira tranquilidade e história | por Bruno Rodrigues

Atrações Localizada a 280 KM de São Paulo, é de lá que vem também a maior parte dos turistas que frequentam o local conhecido como a “cidade da lua de mel’, que atualmente tem pouco mais de 162 mil habitantes. Recheada de pontos turísticos tradicionais, Poços de Caldas oferece um turismo barato e com opções que agradam desde os jovens, com esportes radicais em meio às montanhas da Serra da Mantiqueira, até os mais idosos, com as praças, concertos ao ar livre e a famosa culinária mineira. As belezas das praças e jardins do Centro da cidade dão a Poços de Caldas o clima interiorano que agrada quem procura fugir da correria das metrópoles. Na Praça Pedro Sanches, por exemplo, é possível desfrutar de música ao vivo no coreto, com apresentações de chorinho, bandas e música raiz, sempre com bailes ao ar livre. Já a alimentação também varia de acordo com o gosto e o bolso. Pratos-feitos e executivos podem ser encontrados a partir de R$ 9,90 em restaurantes do Centro da cidade. Existem também cantinas, bistrôs e locais mais sofisticados, que servem feijão tropeiro, tutu à mineira e outros pratos de culinária típica por R$ 50 para duas pessoas. No Mercado

Municipal encontra-se todo tipo de doces, queijos e vinhos, serve também um sanduíche de mortadela típico da terra mineira e Chopp artesanal.

Roteiro

feito com acompanhamento de um instrutor e tem duração de 15 minutos. O paraglider decola do morro e retorna para o mesmo local, na rampa de decolagem. Em uma das entradas da cidade, a Represa do Bortolan também pode ser um atrativo radical. Embora não apareça entre os pontos turísticos mais famosos da cidade, possui 3,45 km de área e oferece passeios de escuna, pedalinho e Jet-ski, que podem ser alugados nos bares e hotéis que ficam às margens do local. Os preços são variáveis e alguns hotéis possuem convênios e já incluem os passeios nas diárias. É possível praticar também esportes náuticos ou pesca.

i

A visita ao Cristo Redentor, com subida de teleférico, é um dos passeios mais tradicionais da cidade

Entre os passeios tradicionais estão o Cristo Redentor (com a subida de teleférico), a Pedra Balão, o Véu das Noivas, o Recanto Japonês e a Fonte dos Amores. Este trajeto pode ser feito de charrete, de carro, de vans que fecham passeios e pacotes com os hotéis. O voo livre é uma das principais práticas da cidade. Na Serra de São Domingos o passeio é

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

55


Informe Publicitário

Your Travel agora oferece locação de automóveis Uma oportunidade para ir até destinos especiais, como Poços de Caldas, com a comodidade de retirar o veículo em Boituva

Vantagens Visando facilitar a vida de seus clientes, a Your Travel traz para Boituva mais uma novidade. Por conta da parceria com a Locadora Unidas, agora é possível locar um carro sem precisar ir até outras cidades próximas. A Your Travel é a única empresa a oferecer essa oportunidade em Boituva e tudo é feito de maneira prática e descomplicada.

56

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

Como funciona O cliente pode solicitar a reserva, através do e-mail lazer@yourtravel.com.br, de qualquer categoria de veículo que a locadora Unidas tenha disponível, bem como enviar documentos básicos. Após isso, a reserva é feita e o cliente recebe o voucher que deverá ser apresentado na retirada do veículo, feita no Hotel Boituva Inn, local também da devolução.

Atendimento Entre em contato e saiba mais sobre essa novidade que vai facilitar muito sua vida! A agência está de portas abertas para te receber e o horário de atendimento é sempre de segunda a sexta, das 8:30h às 18:30h no Setor Lazer, e das 8h às 19h no Setor Corporativo, além de Plantão Emergencial aos finais de semana.


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

57


b-rodrigues@outdoorregional.com.br

Autos

i O compacto parte de R$ 41.990 e chega a custar R$ 52.140 na versão SEL 1.5

Ford Ka

Modelo ganhou itens como cinto de segurança de três pontos e apoio de cabeça para o assento central traseiro por Bruno Rodrigues

Características

C

onsiderado o queridinho do segmento de hatches compactos, o Ford Ka vem bem equipado desde sua versão de entrada. Em abril o modelo passou a contar com cinto de segurança de três pontos e apoio de cabeça para o assento central traseiro. O hatch ficou mais seguro, porém, obviamente, mais caro. Atualmente, o compacto parte de R$ 41.990 e chega a R$ 52.140 na versão SEL 1.5.  É um acréscimo de cerca de R$ 8 mil, em média, na linha em relação ao lançamento. Mesmo com a continuidade dos aumentos, o modelo figura entre os mais vendidos da categoria com facilidade desde que a nova geração apareceu.  Muito diferente no design em relação ao seu primeiro modelo em 1997, fica claro que não foi só em estilo e mecânica que a terceira geração revolucionou o hatch.  O modelo incorporou novidades inexistentes na categoria de acesso, tais como controle 58

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

de tração e estabilidade e um sistema de segurança que liga automaticamente para o SAMU, raros até em compactos mais caros. 

Compensações O Ford Ka conta com o sistema SYNC com Bluetooth e entradas USB e auxiliar. O dock para celulares até dá conta do recado, mas o posicionamento no topo do painel deixa o

seu smartphone exposto no dia a dia. Faltam retrovisores elétricos, encontrados apenas na versão topo de linha SEL. Há bastante espaço para guardar as chaves, moedas e o que for preciso colocar dentro dos 21 porta-objetos do carro. Há, inclusive, um lugar pensado para o celular. O espaço interno é um dos pontos fortes se comparado ao resto da categoria. Com 2,49 metros de entre-eixos, o Ka oferece conforto para quatro adultos altos, já que o túnel central é alto e incomoda o passageiro central do banco de trás. O porta -malas não é dos maiores e possui apenas 216 litros. Por fim, o compacto da Ford vai fazer feliz quem quer um hatch espaçoso e com lista de itens de série recheada. Não dá para contar com uma tela multimídia sensível ao toque, mas a compensação vem no motor econômico com fôlego e a direção elétrica com ótimo ajuste.


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

59


Boituva

Por 150 novos empregos, Prefeitura concede benefícios a DIP Universal

“Blitz do Bem” orienta motoristas no centro da cidade O Departamento Municipal de Trânsito, numa ação conjunta com a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar, realizaram a “Blitz do Bem” em frente ao Paço Municipal. A abordagem aos motoristas consiste em uma ação de educação no trânsito, que busca orientar sobre normas de segurança com foco para a importância do uso do cinto de segurança, da cadeirinha para transporte

de crianças, respeito aos pedestres e a proibição do uso do celular. Segundo o Demutran, esta ação permite transmitir informações importantes sobre segurança e legislação a fim de que os motoristas sejam cada vez mais atentos e evitem acidentes. Esta é a terceira ação que acontece em Boituva este ano e continuará sendo realizada regularmente em diversos pontos do município.

Em solenidade ocorrida no dia 6 de junho no Paço Municipal, com o representante da Universal Dip Brasil Ltda – ME, foi assinado um termo de concessão de auxílio e incentivo, visando a implantação de uma unidade fabril da empresa no município de Boituva. De origem Jordaniana, a Dip Universal opera na fabricação de produtos específicos como pivôs de irrigação e materiais industriais de plástico, contudo, exercerá função de incubadora de empresas em ramos correlatos, tendente a se constituir numa cadeia produtiva inédita na Região Metropolitana de Sorocaba. Com os benefícios recebidos pelo Programa de Auxílio às Indústrias, a empresa assume o compromisso de manter em seu quadro funcional o mínimo de 150 e o máximo de 200 postos de trabalhos formais, devendo comprovar mensalmente, mediante apresentação de guias de recolhimento de FGTS, as obrigatoriedades do programa.

3ª Corrida de Boituva mobiliza 1200 pessoas No dia 05 de junho aconteceu a 3ª Corrida e Caminhada de Boituva que mobilizou cerca de 1200 atletas pelas ruas da cidade. O evento foi realizado pela Associação Olímpica Boituva e organizado com o apoio da Prefeitura de Boituva, através da Secretaria Municipal de Esportes. A prova teve início com a caminhada de 3 km, e na sequência aconteceram as provas de corrida, disputadas em

60

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

dois percursos, em 5 km e 10 km, com a participação de atletas da cidade e região. Todos os inscritos para a corrida de 5 km e 10 km receberam uma medalha de participação no final da prova. Os primeiros colocados na prova de corrida de 10 km, tanto no masculino como no feminino, receberam 1 mil reais em prêmio e troféu. As categorias por faixas etárias receberam prêmios de menor valor.


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

61


Política

b-rodrigues@outdoorregional.com.br

A traição de Machado é apenas uma das muitas que aparecem no enredo contado em capítulos pela operação Lava Jato

62

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

i


O efeito Sérgio Machado Entre traições e subornos, o ex-presidente da Transpetro avançou a Lava Jato desmascarando ainda mais a política brasileira | por Bruno Rodrigues

Delação

A

famosa delação premiada foi estopim de mais um avanço importante para a Lava Jato. Trata-se de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, que seguiu para um encontro com o senador Renan Calheiros munido de um dispositivo escondido para gravar a conversa com seu interlocutor. A decisão de trair o antigo aliado foi tomada poucos meses antes, em dezembro, depois de conversar com seu filho, Expedito Machado. Jogou sujo com Renan, a quem conhecia desde 1991, para salvar sua própria pele. O motivo para esta coleta de gravação, óbvio, foi para reduzir sua pena por praticar crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Estrategicamente o executivo seduziu os líderes do PMDB com a sua conversa informal, provocando-os a fazer um diagnóstico sobre a Lava Jato. Desta forma obteve opiniões sinceras da cúpula peemedebista sobre Rodrigo Janot – um mau caráter, segundo Renan –, a vulnerabilidade de Aécio Neves (“o primeiro a ser comido”, segundo Romero Jucá) e as tentativas de fechar um “pacto de Caxias” com diversos parlamentares que estavam na Lava Jato, Machado foi indicado pelos quatro políticos traídos

ao cargo na Transpetro em sua delação. A indicação para a presidência da empresa de logística de combustíveis, porém, cobrava um preço: 100 milhões de reais, a título de “vantagens ilícitas”, foram depositados na conta de caciques do partido entre 2004 e 2014, período em que o executivo ocupou a presidência da empresa de logística. Em suma, um suborno mensal para facilitar os negócios da Transpetro e seus fornecedores com a Petrobras.

Traições A traição de Machado é apenas uma das muitas que aparecem no enredo contado em capítulos pela operação Lava Jato que revela, de maneira nua e crua, a política brasileira. Machado narrou o pagamento de propinas em dinheiro vivo e disfarçadas de doações de campanha a dezenas de políticos de diferentes matizes ideológicos. PMDB, PT, PP, DEM, PSDB e PC do B são as legendas citadas. Em todos os casos, os recursos teriam como origem repasses irregulares de empresas que obtinham contratos com a estatal. De acordo com Machado, os pagamentos começaram em 2004, e se

tornaram mensais a partir do momento em que Edison Lobão (PMDB-MA) assumiu o ministério de Minas e Energias, em fevereiro de 2008. Ainda no âmbito da traição, Delcídio do Amaral, ex-senador petista, sentiu uma faca nas costas quando foi deixado à míngua pelo seu antigo partido e por virtuais aliados no Senado. Flagrado numa gravação oferecendo dinheiro a Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, Amaral foi preso em 25 de novembro do ano passado. No mesmo dia em que foi levado por agentes da Polícia Federal para Curitiba, viu o presidente do PT, Rui Falcão, soltar uma nota anunciando que o partido não lhe prestaria solidariedade. Sentiu-se traído, também, por dois terços do Senado a quem prestou diversos favores que o abandonou quando votou por sua cassação em maio deste ano. Traído também pela família de Cerveró, que aceitou primeiramente dinheiro das mãos de Amaral para custear suas despesas enquanto o patriarca estava preso. Em meio a tantas traições, fica claro que está cada vez mais arriscado conversar, mesmo que formalmente, sobre possíveis participações na Lava Jato.

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

63


j-moreno@outdoorregional.com.br

Gourmet

Lasanha Descomplicada por Juliana Moreno

Ingredientes Molho de tomate Requeijão Caldo de carne Queijo parmesão Massa para lasanha de forno Carne moída temperada e pronta

64

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

Nos dias de frio, bom mesmo é poder matar a fome com receitas gostosas, práticas e fáceis de fazer! Esta lasanha é assim! Você pode variar o recheio e também incrementar nos acompanhamentos. Sucesso garantido!

Modo de Preparo 01 - Em um recipiente próprio para ir ao forno, coloque molho de tomate até que todo o fundo esteja preenchido 02 - Depois, acrescente a carne moída por cima, também preenchendo a extensão do recipiente 03 - Em cima da carne, coloque porções generosas de requeijão. Agora, disponha as folhas da massa da lasanha de forma a cobrir todo o recheio

04 - Dilua o caldo de carne em uma quantidade de água suficiente para cobrir as camadas e despeje no recipiente 05 - Tampe com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180º por 10 minutos ou até que a massa cozinhe 06 -Retire, acrescente o queijo parmesão por cima e leve ao forno novamente para gratinar, mas desta vez destampado 07 - Agora é só servir sua lasanha, que fica uma delícia acompanhada de pãezinhos!


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

65


r-barbosa@outdoorregional.com.br

Crônica

Roubo on-line por Rafael Barbosa

A

notícia de que as empresas de telefonia móvel irão taxar a Internet fixa, da mesma forma que ocorre com a Internet móvel, me pegou completamente de surpresa. Para quem ainda não está inteirado da situação, aqui vai um resumo. A partir de 2017, praticamente todas as operadoras, com exceção da TIM, cobrarão a internet residencial da mesma forma que a usada nos celulares, ou seja, você terá um limite de megabites de download e quando esta taxa for atingida, a velocidade da sua conexão será cortada ou diminuída. Desde o anúncio, as operadoras tentam se explicar, falando que somente estão aderindo a um padrão já usado em outros países, que esta ação é necessária para manter o padrão de atendimento e que este tipo de atitude já estava prevista nos contratos com os clientes. Tudo isso previamente apoiado por um órgão que deveria zelar pelo bom atendimento ao consumidor. E enquanto

Você terá um limite de megabites de download e quando esta taxa for atingida, a velocidade da sua conexão será cortada ou diminuída isso acontecia, a única coisa que a população podia fazer era assistir a tudo pasma, sem saber se estava vendo um filme de terror ou um show de piadas muito do vagabundo. Desculpas não vão faltar por parte das operadoras, e apesar de processos do Ministério Público Federal, CPIs do Senado, acusações de boicote a serviços de streaming 66

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

i

Países que implantam essa medida contam com um serviço muito superior ao oferecido no Brasil e por um preço acessível

e favorecimento de órgãos públicos, estas empresas provavelmente irão “empurrar” esta questão até que ela seja implantada, para que nós paguemos ainda mais por um serviço insatisfatório. Mas não se enganem, pois países que implantam esta medida contam com um serviço muito superior ao oferecido no Brasil e por um preço acessível aos padrões da sua população. O que temos aqui são instituições que querem tirar vantagem do mundo globalizado em que vivemos e ao contrário de um ladrão, que pelo menos tem a de-

cência de anunciar o assalto, fazem isso na encolha, usando advogados e cláusulas de contrato. Existe um código de conduta entre criminosos não invadirem a área do rival, mas do jeito que as coisas estão, não duvidaria que daqui a pouco vamos estar na rua e, ao invés de um ladrão nos assaltar com um revólver, um agente de operadora vai nos abordar na rua, nos apontar um celular e dizer “perdeu playboy, assina aqui esse pacote de internet de 2MB”. Pelo menos assim, eles seriam mais honestos com a população.


OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

67


68

OUTDOOR REGIONAL - EDIÇÃO 76

Outdoor Regional  

Edição 76 - Zé Neto & Cristiano