Page 1

46 anos Edição n° 2542 Fundado em 29.07.66

Canoas, 5 a 11 de abril de 2013

Nem tão transparente assim OT testou o acesso às informações de contratos firmados pelo município no portal da transparência, no site da Prefeitura, e constatou que fácil é se perder pelo caminho.

Pág. 7

R$ 1,50

Rede Sustentabilidade Mobilizadores canoenses que atuam em prol da criação da Rede Sustentabilidade coletam assinaturas de autorização para criação do partido no centro da cidade. Última página.

MÉDICA É SUBSTITUÍDA POR FÍSICO

Secretária da Saúde não resiste ao caos e pede demissão

ENSINO

Novo atraso na entrega dos uniformes Pág.

Pág.

5

9

SAÚDE

Aumento nos preços dos medicamentos Pág. 7 Convite para Missa de 1° Ano de Falecimento Os familiares e demais parentes da querida e sempre lembrada

CATHARINA UEQUED DAVID CONVIDAM para a missa de 1° ano de falecimento que farão realizar no dia 10 de abril (quarta-feira) na Igreja Matriz São Luiz Gonzaga, às 18h30min. Canoas, 5 de abril de 2013.

Nesta edição encarte da Paim Consultoria

FEIRA DO LIVRO

Livros invadem o Jardim Igara Pág.

11


CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013 I POLÍTICA I O TIMONEIRO I 3

jorgeuequed@terra.com.br

CADÊ O DINHEIRO?

Um dos municípios mais ricos do Rio Grande do Sul, com a arrecadação sempre crescendo, pelo trabalho de sua população, enfrenta grave crise financeira. A pergunta que está na boca de todos: ONDE ESTARÁ O DINHEIRO DE CANOAS? Na saúde não está, porque ela está um caos. Faltam datas para consultas, exames médicos e os remédios faltam nas chamadas farmácias populares. O atendimento no pronto socorro é de baixa qualidade, no hospital da Ulbra faltam médicos, exames e quase tudo, só tem a bela estrutura herdada pelo dinamismo da administração Rubem Becker na Ulbra. No Gracinha não está, porque o hospital agora terceirizado, tem quase todas as deficiências possíveis. O dinheiro também não está na educação, onde faltam vagas e professores, onde faltam vagas nas escolas infantis. Não está também na merenda escolar que está pouca e de má qualidade, como no governo passado. O DINHEIRO ESTÁ: Nas mordomias, porque nenhum prefeito teve tanta mordomia como o atual. No gasto exorbitante com propaganda, pois nenhum governo gastou tanta propaganda como o atual. Na nomeação excessiva, abusiva e desnecessária de centenas de cargos em comissão, apenas para agradar ao processo político do “TOMA LÁ DÁ CÁ”, onde os partidos apóiam o governo em troca de cargo. É importante sempre salientar que os partidos cobram um percentual dos detentores de cargo em comissão para os caixas do partido. Assim, temos a linha macabra: o prefeito compra os partidos com cargo, os partidos nomeiam os seus cupinxas e ganham seu percentual. Apóiam o prefeito, que tem submissão total da maioria da Câmara e faz o que quer, ou seja, o povo paga tudo e lá vai o dinheiro público.

MERENDA ESCOLAR

É preciso uma reformulação urgente na merenda escolar. Este negócio de terceirizar a mão de obra está dando lucro para terceiros, donos de cooperativas, mas está prejudicando as merendeiras, a qualidade da merenda e os alunos. O quadro está ficando quase igual ao do governo passado, senão igual, talvez pior.

APLAUSOS

Muitos telefonemas e e-mails cumprimentando o vereador Patricio pela manifestação contra a cobrança abusiva e sem controle do estacionamento de veículos.

UNIÃO

Os senadores Pedro Simon, Ana Amélia Lemos e Paulo Paim atuam em bloco na defesa dos interesses do Rio Grande. É bonito de ver uma atuação sem nenhum viés partidário ou promocional na busca de recursos e na defesa dos interesses do Estado que representam.

MARINA SILVA

A advogada Gisele Uequed, uma das coordenadoras do movimento REDE SUSTENTABILIDADE no Estado, irá confirmar a vinda da ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva, ao Rio Grande do Sul. Na última semana, os dirigentes da Rede formaram núcleo de sustentação e recolhimento de assinaturas nas cidades de Esteio, São Leopoldo, Bento Gonçalves, Rio Grande, Gravataí e Imbé. O projeto de constituição da Rede em partido político necessita ter 500 mil assinaturas de apoiamento até o final de maio para ter seu registro aprovado pelo TSE.

CORREÇÃO

Na coluna da edição anterior, em nota que tratava da falta de vagas em escolas de Educação Infantil ocorreu um erro de digitação. Ao invés de 112 mil, leia-se de 11 a 12 mil.

PP

O Partido Progressista, que apóia o atual governo, mas que está na geladeira, depois de anunciada a candidatura da senadora Ana Amélia Lemos ao Governo do Estado, prepara a candidatura a deputado estadual do vereador Airton de Souza. As lideranças têm confiança de que Airton, duas vezes o mais votado para Câmara de Vereadores, possa eleger-se em 2014.

SAÚDE

É doloroso o quadro da saúde pública em Canoas. Quatro anos do atual governo e não serviram para nada, ao contrário, a situação está pior hoje do que quando o prefeito Jairo Jorge (PT) assumiu. Dinheiro não falta, apenas é mal utilizado. O que sobra são promessas e utilização da máquina pública em proveito político eleitoral dos atuais detentores.

SAÚDE 2

A secretária da Saúde mal entrou e ninguém viu, nem notou e já pediu pra sair. Certamente não aguentou o caos administrativo da área. Agora foi nomeado o irmão do secretário da Fazenda, Marcos Antônio Bósio, para o cargo. Assim, Marcelo Bósio passa a exercer o comando da Saúde. E assim, também, a família Bósio fica com o controle administrativo na Fazenda e na Saúde.

Cidade do Faz de Conta PALESTRA NA ASSOCIAÇÃO PRESIDENTE: Como dirigente dessa ASSOCIAÇÃO DA MELHOR IDADE, trouxe o professor Alan, para fazer uma palestra sobre os problemas da melhor idade. PROFESSOR ALAN: Dizem que esta é a melhor idade, mas nem tanto, porque quando passamos dos 60, nossos problemas aumentam, com eles as preocupações, os cuidados da família e as crises de existência que vivemos. APOSENTADO: Sem querer interrompê-lo, mas já interrompendo doutor, quero lhe dizer que eu tenho dois problemas: eu caio, e eu me esqueço das datas, dos nomes e do que fazer. PROFESSOR: Esse não é um problema só da melhor idade, é de grande parcela da sociedade. O acúmulo de compromissos e responsabilidades afeta este computador que é o nosso cérebro e aí ele entra em crise. APOSENTADO ANTIGO: O meu problema é de convivência doutor, meus amigos vão morrendo, outros perdendo o raciocínio, e eu não tenho mais com quem falar, com quem trocar ideias e nem brigar. Isto me dá um isolamento e uma tristeza. PROFESSOR: Eu lhe recomendo ingressar na internet, filiar-se ao facebook e começar a conversar com amigos virtuais. Isto faz muito bem, e até cria novas relações, abre horizontes, estimula a inteligência e faz pensar. APOSENTADO: Meus problemas são minhas amigas, as que aderiram às novas tecnologias como iphone e ipad. Elas passam o dia inteiro ligadas nesses equipamentos, e não falam com mais ninguém. Muitas vezes

nas nossas reuniões, elas não falam com a companheira ao lado e trocam e-mails com pessoas que estão no Japão ou na China. Um dia, dona Betinha chegou a mandar mensagem para dona Ritinha, que estava ao seu lado, e a quem não dirigia a palavra. PROFESSOR ALAN: Esse é um dos excessos do uso da tecnologia. Como tudo na vida, o uso excessivo faz mal, cria mais problema do que soluções e quando a pessoa perde o celular ou o iphone e ipad, parece que o mundo terminou. Aí muitas vezes dá depressão. Por isso é necessário usar moderadamente. NOVO APOSENTADO: O meu problema é a desilusão política doutor. Eu acreditava em certas siglas partidárias, em homens e mulheres públicas e com o tempo eu fui notando que eram descaradas e vigaristas iguais aos outros. Alguns que diziam defender os mais humildes passaram a beber os melhores vinhos com os mais ricos, ter contas bancárias no exterior e andar de jatinhos particulares. Eu não acredito em mais ninguém, é tudo a lesma lerda, e eu não quero mais saber de conversa política, nem a favor, nem contra os ladrões do governo. PROFESSOR ALAN: Esse é o momento difícil da vida política brasileira. Quebraram os paradigmas, quem parecia honesto e bem intencionado, chegou ao poder e virou pilantra igual ou pior do que os outros. Aqui na CIDADE DO FAZ DE CONTA tinha um cidadão chamado KID GOELA GRANDE que virou pivete, ou melhor, aprendiz, diante das falcatruas que os novos governantes passaram a fazer. Mas para isso é preciso participação para tentar mudar. Desilusão não adianta nada.

Quaisquer semelhanças com fatos, dados, nomes ou pessoas conhecidas, relacionados com esta estória, é simplesmente mera coincidência, ou produto da inteligência fantasiosa ou excepcional do leitor.


4 I O TIMONEIRO I OPINIÃO I CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013

Editorial

Caos na saúde A médica Ana Resende não resistiu por muito tempo e pediu demissão do cargo de Secretária de Saúde do município, deixando claro que a situação na pasta é grave. Em três meses, a médica não conseguiu mudar em nada a estrutura sucateada da saúde canoense. Enfrentou di muita cara feia e dificuldades internas, bri além de muitas brigas com o Prefeito. Não teve forças, apoio político e, ver muito menos, verba. Enfrentou uma estrutura viciada e que tem seus propro blemas agravados Jor na gestão Jairo Jorge, que demonstra mais uma vez que prefere uma gestão téc política do que técnica. Se alguém tinha esperança de que uma médica no posto máximo da saúde resolveria os problemas graves enfrentados na área, agora tem que enfrentar a realidade de que um graduado em Física assumirá a gestão municipal da Saúde. Marcelo Bósio é irmão do secretário da Fazenda e chega com currículo de ter trabalhado na área em cargos menores na Capital. Lembrando que quase toda a primeira gestão do atual Prefeito teve uma professora, a vice-prefeita Beth Colombo, como titular da pasta. Enquanto isso, o canoense segue sofrendo, e morrendo, na fila por atendimento público. Se nem os médicos estão conseguindo mudar esta triste realidade, quem irá defender e lutar pela saúde canoense?

isso, “oEnquanto canoense segue sofrendo, e morrendo, na fila por atendiatendimento público”

A reforma mais necessária Canabarro Tróis filho*

José Fontes*

A Reforma de que mais precisamos, a política, está como a de um galinheiro entregue ao cuidado das raposas. Perdoem a velha comparação, se tiverem outra – certamente melhor – a usem para externar sua indignação. Necessitamos, com máxima urgência, proibir a infidelidade partidária. Enoja ver políticos eleitos por um passando para outro partido, renegando as idéias que pregavam, traindo a quem lhes confiou os votos. Enoja ver alianças de partidos que se confrontavam, até hostilmente, tudo pela vitória eleitoral, pela governabilidade, por um poder que não sabem ou não querem usar pelo bem público. O resultado dessa promiscuidade, dessa suruba, é o esvaziamento programático, inclusive ideológico, dos partidos que se rebaixam à condição de clubes de “negócios”. Os cargos “de confiança”, em número muito maior que o necessário, são usados como moedas no tráfico de influências, causam descontinuidade administrativa porque excluem os funcionários “de carreira” dos círculos decisórios. A política partidária, para os beneficiários, valem mais que a política de estado. As dificuldades de uma reforma política, esperados, se confirmam. O cientista político Francisco Fonseca, professor da Fundação Getúlio Vargas – São Paulo, afirma com razão que “Toda reforma tentada no Brasil não prossegue porque muda as regras do jogo, o que gera incerteza para os jogadores”. Então, é hora do povo jogar sua vontade soberana exigindo que uma assembléia exclusiva, formada por cidadãos não políticos de carreira, escreva uma regra nova. É outra idéia velha, mas ainda oportuna à vista da falta de uma política nova.

“Certas pessoas que amamos,/ são como balas perdidas/ quando passam pela gente, / deixam marca em nossas vidas.” A ideia sobre essa frase ocorreu ao receber, recentemente, uma cartinha de um companheiro de lutas, mais-que-amigo, o colega radialista Nelson Rodrigues. Homônimo do teatrólogo e escritor carioca, colunista de O Globo, do RJ, onde mantinha sua famosa coluna “A Vida como ela é”, e autor de peças como O Beijo no Asfalto, Bonitinha mas ordinária e Os Sete Gatinhos. Claro, o nosso Nelson Rodrigues, morador da Chácara Barreto, pode não ter o reconhecimento nacional, alcançado pelo outro, o carioca. Mas a sua cartinha sensibilizou-nos, ao relembrar artigos e textos que escrevi, aqui mesmo em OT, no Jornal da Cidade e Jornal de Canoas (o verdadeiro, não aquele do qual a Prefeitura se apropriou, indevidamente), assim como em outras publicações em que já atuei, como o Atualidades Cine-Show, Opinião Pública, Radar, Fato ilustrado, jornal da semana (do Grupo Sinos, editado em Porto Alegre, nos anos 70). Pois o nosso autêntico Nelsinho Metafórico registra, em sua carta, muito de nossa trajetória, que acompanha desde os anos 60, no Teatro, na TV, no Rádio Gaúcho e na imprensa escrita. Ele, que também viveu e participou dessa época de ouro, quando éramos uma das ativas engrenagens dessa maravilhosa máquina multiplicadora de emoções, que é a atividade jornalística e do entretenimento. Por tudo isso, preocupa ver em que transformaramse certas pessoas, praticantes da política do toma lá dá cá. É uma legítima briga de bugios, onde às vezes se concluiu que, ao fim e ao cabo, faltará ”munição”para ser jogada em quem tanto merece. Que pena! Muitos trocam o que há de melhor nas utopias, pela inutilidade de certas ideologias. O País está a reclamar pessoas com chispa, atitude, e dignidade. Aquilo que os hindus chamam de prana ou força vital. Sejamos lobistas, se necessário, tudo bem. Mas não sejamos lobos contra os nossos irmãos. Mais qualidade e menos vaidades. Mais verdades e menos comissões. Em honra à pureza do Nelson Rodrigues, o canoense, registro, como homenagem, alguns nomes que dignificam a raça humana, como criadores, pensadores, gente com chispa e não cultivadores de interesses mesquinhos. Por exemplo: Frank Sinatra, Charles Chaplin, Charles Aznavour, Edith Piaff, Liza Minelli, Libertad Lamarque, Ivon Cury, Lima Duarte, Rodolfo Mayer, Juca Chaves, Fernanda Montenegro, Maria Betânia, Chico Buarque de Holanda, Moacyr Franco, Darcy Fagundes, Walter Ferreira, Cláudia Martins, Beatriz Regina, Lupicínio Rodrigues, Teixeirinha, Zayra Acauan e Elis Regina. O que temos em comum? Somos todos artistas, criadores, com chispa e atitude. Desculpem a imodéstia, mas, acho que não estou nada mal, em termos de colegas... Os não providos por esses dons, precisam apropriar-se, ainda que indevidamente, às vezes, da propriedade intelectual alheia!...

*Escritor, jornalista, editor dos Cadernos Canoenses, mantenedor da Fundação Cultural de Canoas, membro da Associação Canoense de Escritores, da Associação Canoense de Comunicação Social e da Casa do Poeta

Tragédia de Santa Maria e desrespeito às leis - II Odil Gonçalves Gomes*

Desde 1966 relatando a história de Canoas Editado por: CEDRO - Editora e Empresa de Comunicação Ltda. CGC/MF 02.347.932/0001-30

Diretor: Feres Jorge Uequed Redator: Émerson Vasconcelos Diagramação: Sinara Dutra Colaboradores: Daltiva Uequed Circulação: Celço Andreotti Redação: Av. Victor Barreto, 3056/3º andar Sala 314 - Centro - Canoas - RS - Cep 92010-000 Circulação Semanal Fechamento comercial: Quintas-feiras, às 14 horas IMPRESSO: Gazeta do Sul S/A - Rua Ramiro Barcelos, 1.206 Santa Cruz do Sul-RS. Filiado a ADJORI/RS Os textos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não traduzindo obrigatoriamente a opinião do jornal.

Fone/fax: 3032.3022 - 3472.3022 e-mail: otimoneiro@otimoneiro.com.br site: www.otimoneiro.com.br Escritório comErcial Porto alEgrE

AV. CARLOS GOMES, 126/207 - HIGIENÓPOLIS - F.:8415.3142

Briga de bugios!...

(Na publicação anterior... seja um marco divisor das manhas e não manhãs)... Quantos dos eleitos e empossados ao invés de promoverem concursos públicos e na condição de gestores do SUS, cumprirem suas obrigações constitucionais e as Leis 8080 e 8142/90, as quais regram o Sistema Único de Saúde – SUS, vigente no Brasil a partir da Constituição de 1988. Qual a razão da verdadeira obsessão dos empossados que, em grande maioria, passam a entregar para grupos de fora do serviço publico. Portanto, o que deveria ser função de gestor público, suplementado pelo privado, estão invertendo as funções de gestores do SUS. Com essas atitudes, estão ou não dependendo da iniciativa privada e, o retorno do comércio da doença? Em 2004, até 2006, o Ministério da Saúde, as representações a nível Nacional, dos municípios e dos secretários municipais de saúde, acordaram na criação dos pactos pela vida em defesa do SUS e de Gestão. Seguem-se com os regramentos trabalhados por dois anos, assinado no dia 26/01/2006, aprovado na reunião do CNS em 9/2/2006, Ministério da Saúde, CONASEMS e CONASS. Oito municípios, com serviço existentes e com possíveis a acrescentar, as previsões de consórcios, teríamos então possibilidades de uma regionalização segura e qualificada. Este sinhô acabou quando as representações de municípios e dos secretários de saúde do RS, não levaram avante a criação dos pactos. Somente em 2010, quatro anos depois, o Município de São Borja/RS estudou e assinou o projeto dos pactos, sendo seguidos de imediato por outros 136 municípios no mesmo ano. As não aplicações dos 12% no Rio Grande do Sul no SUS, deu um déficit de mais de 10 bilhões com todo este valor, teríamos condições de fazer investimentos e os hospitais na Região de Fronteira, também evitando as longas viagens de ambulâncias. (Final). *Comunitarista

*Jornalista

Espaço Aberto Esta seção está aberta a todos os canoenses, a todos que queiram falar sobre nossa cidade. São duas páginas reservadas para a opinião por edição. Para participar, envie seu texto por correspondência eletrônica para o endereço otimoneiro@otimoneiro. com.br, ou diretamente na redação do jornal, na rua Victor Barreto, 3056, sala 314, no Centro. A preferência é para os textos que tenham referência à cidade e que tenham, em média, 25 linhas.


CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 5

PEDIU PARA SAIR

Médica abandona cargo de secretária da Saúde

17 ANOS

Físico Marcelo Bósio, irmão do secretário da Fazenda, foi nomeado para gerir a pasta A médica Ana Rezende deixou o cargo de secretária municipal da Saúde na última semana, dando espaço à nomeação de Marcelo Bósio, irmão do secretário da Fazenda, Marcos Bósio, para o cargo. Ana pediu demissão após muitos desentendimentos com o Prefeito, pela precariedade da estrutura da saúde e pela falta de recursos. Depois de quatro anos de total caos na saúde pública, primeiro sob o comando da vice-prefeita Beth Colombo, que acumulava o cargo de secretária da Saúde, e depois com Leandro Santos, a Prefeitura havia optado por colocar uma médica para cuidar da pasta. Não deu tempo de saber se a colocação de uma profissional

da medicina no cargo teria surtido efeito para amenizar o problema da saúde canoense, já que em menos de quatro meses ela pediu demissão. Os problemas da saúde em Canoas são inúmeros, mas alguns podem ser facilmente identificados. A questão do teleagendamento é uma das mais graves no momento. Embora a ideia fosse perfeita no papel, pois eliminaria as filas e proporcionaria aos pacientes a possibilidade de marcar consultas sem sair de casa, na prática se tornou um verdadeiro desastre. São horas de espera em ligações que muitas vezes são encerradas antes da marcação ser feita. Em diversas vezes os pacientes ouvem que a agenda

de seu médico não está aberta e quando ligam novamente, são informados que já fechou outra vez. Demoras infindáveis para a realização de exames são outro acontecimento constante na vida de quem necessita do SUS no dia a dia. Quando o assunto é emergência médica, a gravidade aumenta muito mais, já que no Pronto Socorro são comuns os relatos de espera de mais de cinco horas para receber atendimento e situações similares são registradas na pediatria do Hospital Universitário, por exemplo. A colocação de Marcelo Bósio, que é Físico, no comando da secretaria de Saúde mostra novamente que os critérios são políticos e não técnicos na escolha

do secretariado. No entanto, como o presidente do Simers Paulo de Argollo Mendes afirmou em entrevista concedida ao jornal O Timoneiro em 2010, um gestor pode até colocar a primeira bailarina do teatro municipal para comandar a polícia, se quiser. O difícil sempre será os policiais responderem ao seu comando. Na comparação do presidente, a mesma lógica vale para os profissionais da saúde quando são coordenados por alguém de fora da sua área. Segundo a Prefeitura, Ana deixou o cargo por motivos pessoais, já que não teria conseguido conciliar atividades profissionais particulares com o trabalho na Secretaria.

Servidor com câncer afirma que Prefeitura não aceitou atestado médico O operário municipal Gilmar Ramos visitou a redação do jornal O Timoneiro na última semana, relatando que estaria sendo prejudicado pela Prefeitura, pois esta estaria lhe descontando dias de trabalho nos quais precisou se ausentar por motivo de doença. Segundo Gilmar, a junta médica teria recusado o atestado que apresentou para comprovar que precisou ficar quase três meses em casa em decorrência do tratamento de um câncer. Em decorrência disso ele estaria trabalhando por

três meses sem receber, para compensar os meses que ficou parado. Documentos apresentados pelo funcionário comprovam que ele esteve na Santa Casa, em Porto Alegre, em diversas ocasiões nos últimos anos, para fazer acompanhamento da doença, contra a qual luta há cerca de oito anos. Em 2005 ele chegou a ser operado para a retirada de um tumor. Gilmar também apresentou um atestado médico que afirma que ele estava sob cuidados médicos e impossibilitado de comparecer ao

trabalho, assim como um laudo da junta secretaria de Planejamento e Gestão, indeferindo o pedido de aceite do atestado.

Contraponto

Consultada por nossa equipe de reportagem, a Prefeitura afirmou, em nota, que em dezembro de 2005, depois da cirurgia, Gilmar foi encaminhado a readaptação de sua função de operário e passou a ter uma carga de trabalho mais leve. A nota diz ainda que, em setembro de 2012, o servidor

apresentou atestado médico para afastamento de um dia, o que teria sido validado pela Comissão. Desde então (a metade do mês de setembro, em outubro, novembro e dezembro) ele não teria comparecido ao trabalho. Ainda segundo a administração municipal, em fevereiro Gilmar apresentou novo atestado, que não foi aceito pela Comissão por estar fora do prazo e não comprovar incapacidade para o trabalho. Os descontos no salário teriam ocorrido porque o atestado

médico foi apresentado fora do prazo para a Comissão de Perícia Médica. A Prefeitura alega que os procedimentos e datas de troca de atestados na Comissão, para que as faltas fossem abonadas, foram explicados por diversas vezes ao servidor. Como não foram cumpridos, resultaram em descontos salariais, que, segundo o que diz a Prefeitura, poderiam ter sido ressarcidos imediatamente, até em folha complementar, caso o servidor tivesse observado os procedimentos previstos.


6 I O TIMONEIRO I OPINIÃO I CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013

LIVROS

Problema crônico

Celso Uequed Pitol uequedpitol@bol.com.br

Luci Pra Matiolli*

Existe um problema crônico em meu bairro. Um lixão horrível que fica na rua Sezefredo de Azambuja. A prefeitura tem conhecimento, já fizemos vários apelos, até a TV Canal 2, Record, esteve aqui. Colocam fogo, fumaça sufocante, queima os fios, inclusive telefone. Quando isto acontece, o lixo tomando conta da metade da rua com asfalto, onde passam ônibus, desviam o tráfego para a São Matheus, rua paralela, que no segmento final, não tem asfalto. É o caos, poeira sem fim. Já reivindicamos calçamento, abaixo-assinado pessoalmente (prefeitura na rua), por duas vezes entrou no OP. Claro que, neste caso, ganha o circo. Área de lazer, campo de futebol, academia ao ar livre, etc.

Não sou contra, mas há prioridades. Por que não completar o asfalto da São Matheus? É tão pouco! Perto de obras “Jaraônicas” planejados. Vivemos na poeira e barro quando chove, próximo a um lixão, com cachorro morto, osso enormes descartados no local, mau cheiro, visual terrível, com ratos, baratas, moscas, mosquitos. E a saúde pública, como fica? Esta é a cidade do Faz de Conta. Finalmente fiz esta descoberta! Nota: “Os bombeiros não querem mais apagar o fogo”. E bem próximo fica uma distribuidora de gás. *Comunitarista

A prova diabólica - perguntas e respostas Francisco José Luz*

Décima sétima - Uma matéria de tal importância o Supremo Tribunal já se pronunciou? Sim. A palavra final sobre a matéria foi dada pelo Supremo Tribunal Federal no recurso nº 100.472, através do voto do Eminente Ministro Joaquim Barbosa, assim se manifestando: “O tipo previsto no art. 306 do CBT requer, para a sua realização, concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 (seis) decigramas por litro de sangue – atualmente devido à mudança da lei é menos. Parece-me evidente que a imputação delituosa há de ser feita somente quando comprovado teor alcoólico igual ou superior previsto em lei. Ora, não tendo sido realizado o teste do bafômetro, falta, obviamente, a certeza desse requisito, necessário, repita-se à configuração típica. Aliás, o Supremo Tribunal Federal em julgamento anterior já tinha se posicionado a respeito: “O tipo previsto no art. 306 do C.T.B. requer, para sua realização concentração de álcool por livro de sangue igual ou superior a 6 decigramas por litro de sangue. Parece-me evidente que a imputação delituosa há de ser feita somente quando comprovado o teor alcoólico igual ou superior ao previsto em lei. Ora, não tendo sido realizado o teste do bafômetro, falta, obviamente, a certeza da satisfação desse requisito, necessário , repita-se, à configuração típica “ (S.T.H. 2ª Turma, HC nº 100.472 – DF, Relator Ministro Eros Grau”. Décima Oitava - Uma vez que em 20 de dezembro do ano próximo passado foi editada nova lei sobre a matéria (Lei Nº 12.760) houve alguma modificação? Sim, no que diz respeito à quantidade de álcool no sangue. Pela redação anterior era necessário que a quantidade fosse igual ou superior a 6 (seis) decigramas de álcool. Pela redação atual á qualquer quantidade. Décima nona - Mas qual é a eficácia das alterações introduzidas no art. 306, II, Estabelecendo que além da quantidade de álcool, pode valer como prova exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal e outros maiores da prova? Nenhuma. Como já foi dito o tipo penal é a quantidade de álcool no sangue, sendo irrelevante, inclusive que a pessoa tenha bebido. Esta orientação é do Supremo, do Tribunal Superior de Justiça, do nosso Tribunal e de todos os demais tribunais do país. Para por fim à discussão, vale à pena, para maior entendimento dos não formados em direito relatar uma importantíssima decisão do Tribunal

de Justiça do Mato Grosso do Sul. Trata-se de uma decisão proferida em processo de Revisão Criminal. Nesse tipo de processo, principalmente em estados cujo movimento não é tão grande, participam todos os desembargadores que integram as Câmaras Criminais. No caso a pessoa foi condenada em sentença que transitou em julgado à pena de 01 (um) ano e 03 (três) meses de detenção e ao pagamento de 30 (trinta) dias-multa. A condenação teve como suporte prova testemunhal. O Tribunal entendeu que com a entrada da lei 11.705, não era mais possível condenar alguém que não tivesse sua embriaguez comprovada pelo exame do sangue ou teste do bafômetro, absolvendo o réu. Ementa: A falta de exame pericial de alcoolemia constitui óbice à condenação pela prática do art.306 do Código Brasileiro de Trânsito, visto que, com a alteração legislativa ocorrida com a Lei 11.705, passou-se a exigir exame específico para auferir a taxa de concentração de álcool no sangue. Sendo a nova lei mais benéfica, deve retroagir para atingir os casos praticados antes de sua entrada em vigor. Para a infração ser tipificada é necessário auferir a quantidade de álcool. Vigésima - As pessoas são obrigadas a fazer o teste do bafômetro? Não, não apenas porque ninguém é obrigado a fazer a prova diabólica (prova contra si mesmo) como também porque inexiste no Código de Trânsito dispositivo legal a obrigar o teste do bafômetro. Além disso, pelo princípio da reserva legal consagrado na Constituição “ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. É oportuno lembrar, finalmente, que o Código de Trânsito, tem outros mecanismos como exame clínico, perícia, etc. Vigésima Primeira - Então, qual seria a razão pela qual os “azuizinhos” tomam a carteira de motorista e apreendem o carro de quem não quer se submeter ao teste do bafômetro? Naturalmente cumprem ordens. Estas ordens que partem de pessoas sabedoras que são manifestamente ilegais não devem ser cumpridas pelos agentes a não ser que elas sejam dadas por escrito. *Colaborador

Papéis invertidos Se há uma constante nas histórias de vampiro – as tradicionais, não as açucaradas releituras recentes -, esta constante é a posição de antagonista ocupada pelo vampiro. E não pode ser diferente: como se vai chamar um ser que vive literalmente de sugar o nosso sangue senão de antagonista? O vampiro pode ser psicologicamente interessante, bonito (ou bonita) e até provocar uma certa compaixão pelo que tem de passar, mas nada disso muda a sua posição de inimigo da humanidade. Deve, portanto, ser combatido. A tradição foi essa até o momento em que RPGs como “Vampiro – A Máscara” colocaram o jogador humano no papel de vampiro e deram-lhe a tarefa de explorar as conseqüências psicológicas que sua tormentosa nãoexistência lhe traz. Assim, um livro como Antagonistas (Devir, 132 páginas) não pode trazer vampiros. Quem ocupa o papel de vilão de storyteller (como este tipo de RPG é chamado) são os religiosos, caçadores de monstros, fanáticos religiosos, sociedades secretas e criaturas sobrenaturais, todos eles dispostos a fazer com os morto-vivos aquilo que eles querem fazer conosco. O livro fornece informações detalhadas sobre todos eles e ainda traz dicas de narrativa, criação de inimigos e inserção de conflitos entre antagonista e protagonista dentro da história.

Homenagem a Eisner No meio acadêmico, o termo Festschrift (“publicação celebratória”, em alemão) designa um livro dedicado a homenagear um pensador ou estudioso de grande renome. Normalmente, um Festschrift e composto de trabalhos que, direta ou indiretamente, têm algo a ver com a obra do homenageado, seja tratando do mesmo tema que ele abordou em sua vida acadêmica, seja comentando a sua obra. Nesse sentido,podemos interpretar um livro The Spirit: as novas aventuras (Devir, 128 páginas) como sendo uma espécie de Festschrift para Will Eisner e seu conhecido personagem, The Spirit. Afinal de contas, uma reunião de nomes do porte de Alan Moore, Dave Gibbons, Neil Gaiman, Eddie Campbell, Mike Allred e muitos outros para criar novas histórias do Spirit só pode servir para celebrar a memória de qualquer um, ainda mais deste que é tido e havido como um dos maiores – se não o maior – quadrinistas de todos os tempos. No entanto, é importante ressaltar que o objetivo inicial dos organizadores de As Novas Aventuras não era apenas homenagear Eisner. O que se queria, em princípio, era apresentar o personagem, um ícone dos quadrinhos dos anos 40 e 50, ao leitor jovem moderno. Para isso, foram escolhidos a dedo os maiores nomes da área na atualidade, cada um dos quais imprimindo um pouco de seu estilo pessoal na consecução do projeto. Ainda que nenhuma das histórias selecionadas supere o trabalho original (o que é mais do que esperado), é interessante ver abordagem individual da temática deste personagem que já foi definido como o Cidadão Kane dos quadrinhos. Vale pela experiência e por alguns belos resultados.


CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 7

Portal da Transparência confunde cidadãos Acessos repetitivos e caminhos confusos atrapalham a vida de quem quer buscar informações no site da Prefeitura Leitores de O Timoneiro têm informado que estão encontrando dificuldades para acessar informações no site que a Prefeitura chama de Portal da Transparência. Uma das reclamações mais frequentes registradas por nossa equipe de reportagem é em relação à localização dos contratos firmados pela administração municipal. Há um link chamado Contratos e Convênios, mas este direciona para uma outra página, onde o usuário pode escolher qual dos dois tipos de documentos quer ver. No entanto, tanto contratos quanto convênios apresentados nestes links são datados até, no máximo o final de 2012. Nenhum contrato de 2013 pode ser visualizado. Para sanar a dúvida, nossa equipe de reportagem entrou em contato com a Prefeitura, que informou o seguinte: “A Controladoria-Geral do Município informa que os contratos e convênios de 2013 constam do Portal da Transparência no seguinte caminho: Página Principal da Prefeitura de Canoas + Lei de Acesso à Informação + Portal da Transparência

(terceiro item) + Contratos. O número deve ser "0" (zero) e o ano 2013. Com o clique "buscar” irão aparecer todos os contratos e convênios de 2013, que são 16 até a presente data”. Portanto, fica evidente que o site, embora ofereça uma forma de ver os contratos, peca no que diz respeito a um quesito básico da transparência, pois com links repetitivos induz o usuário a seguir o caminho errado e a não conseguir a informação desejada. Sobre este problema estrutural, a Prefeitura disse: “É importante informar que o Portal está sendo reformulado para facilitar a consulta dos usuários. Esta é uma meta da CGM para o primeiro semestre deste ano”.

Transparência

Embora o acesso à informação de órgãos públicos tenha sido tema de uma resolução do Supremo Tribunal Federal em 2012, só em 2013 a Prefeitura começou a divulgar os salários dos funcionáUm dos caminhos leva à página desatualizada, com informações de 2012 rios nominalmente.

Governo autoriza reajuste nos preços dos medicamentos Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMEd) publicada no dia 4 no diário Oficial da União autoriza reajuste de até 6,31% nos preços dos remédios. As alterações valem para três grupos de medicamentos, definidos de acordo com o nível de participação de genéricos. Na categoria com maior participação, onde os genéricos representam 20% ou mais do fatura-

mento, o reajuste autorizado pode chegar ao teto de 6,31%. Para remédios com faturamento de genéricos entre 15% e 20%, o reajuste autorizado é de até 4,51%. Já entre medicamentos com menor participação de genéricos (faturamento menor que 15%), a CMEd autorizou um reajuste até 2,7%. No ano passado, o reajuste autorizado pelo governo para medicamentos vendidos em todo o país chegou a 5,85%.

Aniversário do La Salle Niterói O Colégio La Salle Niterói realizará uma missa em comemoração aos 55 anos de fundação da Instituição. A celebração ocorre no dia 7 de abril, a partir das 19h30min, na Igreja São Paulo Apóstolo (Rua Lajeado, 1366 - Niterói - Canoas/RS).

Aumento será de 6,31% nos medicamentos


8 I O TIMONEIRO I GERAL I CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013

Vendas de Páscoa atendeu expectativas Dados da AGV apontam que previsão do Sindilojas Canoas estava correta Conforme previsto pelo presidente do Sindilojas Canoas há duas semanas, a Páscoa de 2013 apresentou um crescimento nas vendas do comércio em relação ao ano anterior. Embora ainda não tenha sido divulgado um dado específico sobre as vendas em Canoas, os números estaduais mostram que a projeção do Sindicato estava correta. Segundo foi divulgado no site da Associação Gaúcha de Varejo, livros sonorizados e roupas infantis foram os produtos mais procurados por consumidores para presentear as crianças nesta Páscoa. Desta forma, os presentes alternativos representaram um crescimento de 7,8% nas vendas sobre igual período ano passado. Conforme o presidente da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo da Vilson Noer, a cada ano cresce o interesse do consumidor em associar o consumo de produtos alternativos ao tradicional chocolate. As vendas a prazo

representaram 68,7% dos negócios da data, ficando as operações a vista (incluindo o cartão de débito) com 31,3%, e o tíquete médio das compras em R$ 82. Há duas semanas, o presidente do Sindilojas Canoas, Denério Neumann, afirmou que acreditava no aumento das vendas de Páscoa em relação a 2012. A avaliação era baseada no aquecimento no mercado de trabalho, na taxa de desemprego mais baixa comparado na progressão de anos anteriores. Outro fator que considerou foi o crescimento na venda dos produtos “Premium”, o consumo destes produtos deve-se a maior distribuição de renda da população que passaram a consumir produtos com maior qualidade. De acordo com o IBGE, em janeiro de 2013 a taxa de desemprego foi de 3,5% no estado, paralelamente houve um aumento de 2,5% no rendimento médio do trabalhador gaúcho.

Páscoa atendeu expectativas do comércio

La Salle Canoas na Páscoa Jovem

As alunas do La Salle Canoas, Gabriela da Luz e Júlia Jaeger, das turma 23C e 23A, respectivamente, participaram da Páscoa Jovem, um retiro promovido pela Pastoral da Rede La Salle, na Quinta São José, em Nova Santa Rita. Elas relatam que nos três dias de reflexão conjunta com alunos de outras unidades trocaram experiências, se envolveram com atividades de integração, de reflexão, dinâmicas de grupo e também participaram de uma procissão em São Leopoldo. Dificuldades para entrar no mercado de trabalho, injustiças sociais, limites, liberdade, respeito e violência foram alguns dos temas trabalhados com os jovens.

José Avelar de Melo Curitiba-PR

Cidades da Solda forma 50 alunos

Cinquenta alunos do Cidades da Solda se formaram no final da tarde do dia 4, na Câmara de Vereadores. O projeto é desenvolvido na cidade em uma parceria entre a Petrobras/Refap, Instituto Integrar, Senai, Prefeitura e as empresas ESAB, Belgo, Whitte Martins, UTC Engenharia, Estrutural, Aryes Engenharia, Prominp, Centro Clínico Gaúcho, HP parafusos, Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas, Lumacor, Madef e Liess. O Cidades da Solda visa propiciar o desenvolvimento regional e a qualificação dos moradores da cidade. A partir de uma seleção baseada em critérios sócio-econômicos, a iniciativa prevê a capacitação de cidadãos canoenses em Soldador em Eletrodo Revestido. O processo de seleção dá preferência a pessoas em situação de vulnerabilidade social como desempregados e beneficiários do Bolsa Família. O projeto tem duração de dois anos e cada turma tem 20 alunos. O curso tem carga horária de 240 horas e está sendo oferecido para turmas nos três turnos turnos, com duração de três meses cada ciclo. A capacitação técnica, bem como a certificação é realizada pelo Senai. Canoas é a única cidade do Estado a realizar o projeto. São critérios de seleção ser cidadãos canoense e ter entre 18 e 59 anos.

TEMPO DE SAÚDE.

SAÚDE NÃO TEM PREÇO OFERECE REMÉDIOS DE GRAÇA E UMA VIDA MELHOR PARA OS BRASILEIROS. O programa Saúde Não Tem Preço do Governo Federal oferece remédios de graça para milhões de brasileiros com hipertensão, diabetes e asma. Ao mesmo tempo em que garante o acesso ao tratamento das doenças, também representa uma economia para esses brasileiros, que podem usar o dinheiro em outras necessidades. 

‡ Mais de 26 mil farmácias credenciadas em todo o Brasil. ‡0DLVGHPLOK}HVGHEHQH´FLDGRV ‡ Descontos de até 90% em outros itens e medicamentos pelo programa Farmácia Popular. PROCURE UMA FARMÁCIA DA REDE AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR E APRESENTE CPF, DOCUMENTO COM FOTO E RECEITA MÉDICA VÁLIDA. MELHORAR SUA VIDA, NOSSO COMPROMISSO.


CANOAS, 5 A 11 de Abril de 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 9

Novo atraso na entrega dos uniformes escolares Erro prejudica alunos, e mais uma vez a Prefeitura coloca a culpa na logística de entrega do fornecedor terceirizado Depois de descumprir a primeira data estipulada para a entrega dos uniformes escolares, a Prefeitura anuncia agora um novo atraso. A entrega dos kits de uniformes para as áreas da cidade que a administração denomina como quadrantes Nordeste e Noroeste sofreu alterações. Na quarta-feira, 3, os pais dos alunos das escolas municipais localizadas na região Nordeste (bairros Guajuviras, Estância Velha, Igara, Olaria e Marechal Rondon) receberam apenas os kits de verão, que contam com camisa de manga curta e bermuda para os meninos e short-saia para as meninas. Os kits de inverno (camiseta de manga longa, calça de moletom e jaqueta) só serão entregues na próxima segunda-feira, 8. A entrega dos kits para a região Noroeste (bairros Mathias Velho, Harmonia, são Luiz e Centro), que seria nesta quinta-feira, 5, foi adiada para o dia 11, quinta-feira próxima. Mais uma vez a Prefeitura justifica o atraso, agora recorrente, culpando a logística da empresa fornecedora das peças. Os kits de inverno para as escolas da região Nordeste serão entregues diretamente para os estudantes na segundafeira, 8, apenas nos casos em que os pais já receberam

os kits de verão na quarta-feira, 3. Aqueles pais que não forem à escola nesta semana, deverão ir na segunda-feira, 8, para buscar o kit de uniforme completo. Até agora, apenas os alunos das escolas localizadas nos quadrantes Sudoeste (Rio Branco, Fátima e Mato Grande) e Sudeste (Niterói, Nossa Senhora das Graças) receberam os kits completos. De acordo com a Prefeitura, o motivo do primeiro atraso, ocorrido em março, foi o seguinte: “Conforme informações da empresa fabricante, são duas as unidade fabris dos uniformes - uma em Blumenau (SC) e outra em Campo Grande (MS). As fortes chuvas que assolaram recentemente aquela região impossibilitaram o transporte das peças, conforme o cronograma inicialmente previsto, ocasionando a alteração em uma semana na data da entrega”. O leitor do jornal O Timoneiro pode ver que o problema do atraso dos uniformes não é o único que prejudica os alunos neste início de ano letivo. A baixa qualidade e o atraso no recebimento da merenda escolar em algumas escolas e a baixa qualidade dos kits de material escolar vem causando indignação na comunidade educativa.

Prefeito fez grande uso político dos uniformes antes das eleições

Comissão irá normatizar direitos dos trabalhadores domésticos A comissão do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que vai elaborar propostas para a normatização dos pontos pendentes entre os direitos estendidos aos empregados domésticos pela Emenda Constitucional nº 72, foi criada no dia 4 de abril. De acordo com a publicação no Diário Oficial da União, a comissão será formada por representantes de diversas secretarias do ministério e poderá convidar, ao longo de seu funcionamento, representantes de outros órgãos do governo ou de entidades para participar das discussões. O grupo terá 90 dias para apresentar as propostas de normatização sobre

os diversos temas. Segundo o ministério, os pontos que serão debatidos pela comissão serão a proteção do trabalhador doméstico contra demissão arbitrária ou sem justa causa, o seguro-desemprego, o Fundo de Garantia do Fundo de Serviço (FGTS), as horas extras e o trabalho noturno. Outros direitos introduzidos pela emenda não foram citados pela portaria do Ministério do Trabalho, como é o caso do seguro contra acidentes de trabalho e do salário-família, que deverão ser discutidos em parceria entre o MTE e o Ministério da Previdência Social (MDS).

A Previdência informou que estão sendo feitas reuniões para avaliar a emenda e analisar como será a normatização dos direitos ainda pendentes, especialmente sobre uma possível alíquota de redução do pagamento de impostos pelo empregador. Na emenda, há menção à simplificação do cumprimento das obrigações tributárias. No Congresso, desde 2010, está em tramitação um projeto de lei que prevê a desoneração da folha de pagamento dos empregadores. Atualmente, ainda é cogitada a possibilidade de criação de um Supersimples para as domésticas. A Emenda Constitucional nº 72

entrou em vigor no dia 3, após a promulgação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

Direitos

Até então, empregados domésticos tinham direito a salário mínimo, à irredutibilidade da remuneração, a décimo terceiro salário, repouso semanal remunerado, férias, à licença-maternidade e licença-paternidade, a aviso prévio, à aposentadoria e à Previdência Social. Com os novos direitos incluídos no Artigo 7º da Constituição, esses trabalhadores terão garantia de jornada semanal de 44 horas, hora extra, Fundo de

Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), seguro-desemprego, normas específicas para a redução dos riscos de trabalho e reconhecimento de convenções e acordos coletivos.

Proibições

Passam a ser proibidos a diferença de salários por motivos de sexo, idade, cor ou estado civil; a discriminação salarial ou de critérios de admissão de pessoas com deficiência; o trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de 18 anos e qualquer tipo de trabalho doméstico a menores de 16 anos, exceto em condição de aprendiz.


CANOAS, 5 A 11 de Abril de 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 11

Escola Especial Vitória completa 10 anos Aniversário de 10 anos da instituição foi lembrado na sessão da Câmara A Escola Municipal de Ensino Fundamental Especial para Surdos Vitória foi homenageada na Câmara de Vereadores, no dia 27 de março. Autor da homenagem, o vereador César Augusto (PRB) destacou a qualidade dos serviços prestados pela instituição na área de ensino especial. “A Escola Vitória tornou-se uma referência no ensino de pessoas com surdez, não apenas em Canoas, mas em toda a Região Metropolitana”, afirmou. Fundada em 19 de março de 2003, a Vitória é a única escola especial para surdos em Canoas. São desenvolvidos diversos projetos, todos com o objetivo de auxiliar no ensino e aprendizagem dos alunos e garantir a cidadania e integração das pessoas com surdez na sociedade. “Pela importância da Escola Vitória no contexto social e de ensino em nosso município, é que propomos essa homenagem para expressar o reconhecimento do Legislativo canoense à bela história da escola, que é uma referência e um modelo a ser seguido”, enfatizou César Augusto. A diretora da Escola Vitória, Cris-

representantes da escola receberam a homenagem na Câmara

tine Strobelt, agradeceu a homenagem e disse que a distinção é motivo de orgulho para a equipe e para os alunos.

Ela ressaltou que trabalha desde 2003 com a população surda, tendo sido eleita, em 2011, diretora da Vitória.

Aberta a 3ª Feira do Livro do Igara A 3ª Feira do Livro do Igara foi aberta no início da manhã da última quinta-feira, 4, na Associação dos Moradores do Jardim Igara II. Além de cinco expositores, o evento conta com atividades de contação de histórias, palestras, oficinas literárias, apresentações culturais e encontros com escritores. Durante a primeira manhã de atividades, os alunos das escolas municipais de Ensino Fundamental Castelo Branco e de Educação Infantil Carrossel assistiram à contação de histórias da Boneca Cecília, realizada pela contadora Andréia Pires e Mari Regina Rigo, e do Boneco Juca, pelas contadoras Sonia Petry e Maristela Bongiorni (SMC). Integrando a programação uma outra sala na propriedade da associação disponibiliza ao acesso do público a exposição "Comemoração às cores da natureza", com trabalhos desenvolvidos em óleo sobre tela pela artista plástica Hilda Lape. No local também pode ser conferida a exposição de fotos Canoas, Um olhar sobre a Cidade, de

Centenas de alunos da rede municipal já visitaram a Feira

Adilar Signori. Interagiram com os presentes nesta manhã os escritores Henrique de Freitas Martins, que também coordena o Ponto de Cultura Guajuviras Centro de Artes, Décio Dalke, Nelsi Urnau, Jairo de Souza, entre outros. De acordo com a professora Mari

SINDICATO DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE CANOAS CNPJ 97.130.835/0001-06

a Voz do ProfeSSor

dia Mundial de conscientização do autismo No dia 02 de Abril comemorou-se o dia Mundial de Conscientização do Autismo, a ONU (Oganização das Nações Unidas), decretou todo o dia 02 de Abril como World Autism Awareness day. desde então, neste dia, pessoas vestem a cor azul, cidades, estados e países iluminam de azul monumento, praças para alertar a população sobre este tema que para muitos de nós ainda é desconhecido. esta cor é utilizada, pois as maiores incidências dos casos ocorrem em meninos. No âmbito educacional o Transtorno Global do desenvolvimento, que dentre eles, estão classificados o Autismo e a Síndrome de Asperger, um dos espectros autistas, ainda são um desafio que professores, e o sistema educacional enfrentam. O desconhecimento nesta área da educação especial, a falta de formação específica e continuada são um dos fatores que gera a falta de informação e logo a sensação de incapacidade frente a estes alunos. Porém, cabe ressaltar que autistas são pessoas com deficiência sim, pois possuem uma síndrome que os classifica, contudo, são dotados de inúmeras capacidades e precisam ser vistos a partir de um “outro olhar”, uma vez que eles vêem o mundo de outra ótica, com uma lógica própria de cada um. esse modo de ver e interagir com o mundo ao seu redor parece-nos uma incógnita num primeiro momento, mas na interação com pessoas com esta deficiência vemos que todos têm uma via de acesso, seja através da arte, da música, das letras ou dos números, e este é um dos passos para adentrarmos neste universo ainda tão novo para nós. O documento da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (MEC/ SEESP), de 2008 traz marcos legais e normativos que deram embasamento a algumas legislações, tais como: O Decreto nº. 6.571/2008 e a Resolução nº. 4 /2009 do CNE/ CEB, que tratam da oferta do Atendimento Educacional especializado na rede regular de ensino, posteriormente outras legislações vieram e esperamos que outras venham reafirmar o direito à Educação, garantindo não só o ingresso, mas, a permanência dos alunos com deficiência no ensino regular. ressaltamos a importância do suporte especializado a estes alunos, bem como aos professores que os acolhem em suas sala de aula. Como educadora, acredito na importância do diagnóstico e da estimulação precoce, além da construção do vínculo para que possamos juntos, professor e aluno construir novos conhecimentos, novos saberes. Gosto de dizer às professoras que trabalham no dia-a-dia, em sala de aula com estes alunos especiais que: “nós pensamos que ensinamos a eles, mas eles que nos ensinam, temos que estar abertos para podermos também aprender com eles”. Cátia Soares Bonneau Professora de Educação Infantil/Sala de Recursos – EMEI Tia Maria Lúcia

Regina Rigo, a primeira edição da feira ocorreu em 2005, por iniciativa da moradora Naira Antipack, que realizou essa iniciativa com o apoio dos professores da escola Castelo Branco e moradores locais. A feira se estende até o próximo sábado, pela manhã e tarde, no local. Aluno Pablo V (8 anos) em atendimento na sala de recursos da eMei Tia Maria lúcia

Sindicato doS ProfeSSoreS MuniciPaiS de canoaS SinProcan rua XV de Janeiro, 121, conj. 203. centro. canoas-rS. cep. 92010-300 telefone: 3476-4033 e-mail – sinproc@terra.com.br


12 I O TIMONEIRO I GERAL I CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013

“Uma literatura dá a medida de uma sociedade”*

Associação dos Servidores Municipais de Canoas Fundada em 12/06/62 e-mail: asmc_canoas@terra.com.br site: www.asmc.com.br Fone: (51) 3472-1866

O equilibrista Vi v e r é f i c a r s e equilibrando entre as escolhas e as consequências! Eu fiz as minhas... Marco Leite Quanto ao equilíbrio? Sou um ótimo equilibrista! Em tempos de recuperação, viver em equilíbrio é quase uma obrigação. Um dependente químico e alcoólatra como eu, que sempre viveu em completa euforia do prazer imediato e a depressão por se sentir culpado do que fazia e não conseguir se livrar do vício, tem que buscar o caminho deste equilíbrio. Fiquei tanto tempo neste vai e vem que acabei me acostumando e minha memória alcoolista insiste em, às vezes, me chamar para baixo ou para uma alegria exacerbada. Isso, para um dependente do comportamento, é um perigo. Eu tenho que ter o equilíbrio como companheiro constante. É neste equilíbrio que encontro a serenidade para fazer as minhas escolhas. E nem sempre as escolhas devem ser para o meu bem ou para o meu prazer. Elas são feitas por serem necessárias e não por conveniência, pois se fosse assim eu estaria na mesmice, estancando o que preciso para chegar à espiritualidade desejada. E é na espiritualidade que mantenho a sobriedade e evito um recuo em minha exitosa caminhada de recuperação. Nem sempre tenho o equilíbrio, aliás, muitas vezes, por paixão, por decepções, e até por alegrias cometo várias falhas. O que me salva é que pratico a autovigia, quando analiso e faço as escolhas necessárias. O mais importante é o foco de uma vida em recuperação. Não posso mais viver de ilusões e fantasias, isso eu tinha nas drogas e no álcool. Mas tinha um preço e paguei por isso. Sempre falei e falo para todos ao meu lado que, se quiserem permanecer comigo, respeitem a minha situação e minhas escolhas, assim como eu respeito quem usa ou não álcool e drogas. Eu escolhi não usar mais, e sou feliz com isso. É lindo demais viver “de cara”, com problemas, amores, trabalho, sociedade, família e até com a desconfiança alheia de que posso estar recaindo sempre. Não me importo muito com a opinião alheia sobre uma possível queda minha, e quando falo possível é real; não sou perfeito e sei que minha doença é incurável. Mas aí volta o equilibrista e é nele que eu confio. A força para me manter em pé durante tantas 24 horas me deixou um ótimo equilibrista, e vou em frente na corda bamba da vida. Os riscos são minhas escolhas e nelas que eu busco sempre um contato com Deus. Ele é o apoio que eu preciso cada vez que a corda balançar. Passo a passo eu vou andando na corda bamba da vida e quando chegar ao final dela e não tiver caído, vou ser grato a Deus por ter conseguido ser o equilibrista que buscou sempre a melhora do SER. Mas a vitória não será minha, será de todos que sempre estiveram ao meu lado e de Deus o meu maior apoio.

INFORMATIVO ASMC Nº. 401 - Ano III

Dia 15, a 2ª Feira Do Livro De Harmonia Esta Associação abrirá, dia 15, na sede do União Harmonia Futebol Clube, a 2ª Feira do Bairro Harmonia, que irá até o dia 17. Vários escritores, associados e não, estarão participando em encontro com alunos de escolas da região, respondendo a questões e estimulando a escrita e a leitura. “o Livro está na mesa”: menino escritor é conviDaDo De abriL Dia 27, último sábado deste mês, no Canoas Tênis Clube, a partir das 11h30min, estarão sendo recepcionados os convivas de mais um almoço do projeto “O Livro está na mesa”, que esta entidade realiza para valorizar ainda mais o Livro como ferramenta de humanização. O convidado principal será o jovem Kaleb Ruivo, que está se iniciando na arte literária. Ele dirá as razões de sua opção por essa forma de arte e responderá a perguntas dos demais convivas. Convite individual por R$15, sem bebida. Cada presente ganhará um livro de autor associado. Leitura, a “prática mais nobre” La Rochefoucault, em suas “Máximas e Reflexões”, disse que “ninguém jamais poderia apaixonar-se se antes não tivesse algo já saído escrito sobre o amor”. Olgária Matos, em “Discretas esperanças”, afirma que “A leitura é a prática mais nobre da educação humanista, provedora de paciência e de consciência não apenas por trabalhar nossos medos e nossas esperanças, mas também por sua dimensão ética, pois ‘que saberíamos nós do amor e do ódio, dos sentimentos éticos, e em geral de tudo o que chamamos de si mesmo se tudo isso não estivesse passado à linguagem, articulado pela literatura?’ - pergunta Paul Ricoeur. * Frase do poeta português Guerra Junqueiro.

Direito Previdenciário Justiça nega pensão à mulher que alegou ter união estável com o ex-sogro Airton Joel Cardoso*

A Justiça gaúcha recusou pedido de pensão previdenciária à mulher que alegou viver em união estável com o ex-sogro. Os juízes da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul confirmaram a sentença de primeiro grau, proferida pelo juiz Bruno Jacoby de Lamare, da Comarca de Itaqui. Segundo o Código Civil, a afinidade em linha reta (ascendentes, irmãos do cônjuge ou companheiro) não se extingue com a dissolução do casamento ou da união estável. A autora do Mandado de Segurança sustentou que se separou judicialmente em janeiro de 2006 e que, após um ano e meio, regularizou sua união estável com o antigo sogro. Ela postulou a sua inclusão como beneficiária deste, falecido em 2010, junto ao Fundo de Aposentadoria e Pensões do Município de Itaqui. O município, contudo, negou seu pedido, com base nos artigos 1.521, inciso II, 1.595, parágrafo 2° e 1.723, parágrafo 1° do Código Civil.

O relator, desembargador Sérgio Fernando de Vasconcellos Chaves, votou por manter a sentença de 1° grau, considerando que o reconhecimento da união estável entre a mulher e o ex-sogro é juridicamente impossível. O juiz citou o parecer do Ministério Público, de impedimento da união estável, equiparada ao casamento, entre afins de linha reta previsto pelo artigo 1521 do CC. De acordo com o desembargador, é rigorosamente vazia a prentesão de considerá-la companheira do sogro e dependente deste em relação à previdência pública municipal. O relator ainda reconheceu que a pretensão fica "perigosamente próxima à litigância de má-fé". Participaram do julgamento os desembargadores Liselena Schifino Robles Ribeiro e Alzir Felippe Schmitz, que votaram de acordo com o relator. Fonte: Assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. *Advogado OAB/RS 43.486 Telefone: 3059.1111 / 8419.5050

JANTAR ANOS DOURADOS

A paróquia do Sagrado Coração de Jesus do bairro Harmonia, estará promovendo nesse sábado, dia 06, o XII Jantar Baile Anos Dourados. O cardápio será churrasco, galeto, salsichão, buffet de saladas e sobremesa. Valor do convite a R$ 30,00 (Ind) e a animação ficará a cargo do Musical Realce, com músicas dos anos 60, 70, 80 e atuais. O referido evento será no salão social da ASMC, rua Nerci Pereira Flores, 179, Centro/Canoas. Reservas de convites através dos telefones (51)3472-2823 (c/Márcia) ou 8182-2037 (c/Paulo Brombate). Tendo em vista que o salão paroquial ainda não está com seu PPCI completo, a comissão organizadora achou por bem não correr riscos e transferiu o evento para o salão social da ASMC que possui alvará para prevenção de incêndio.

ASMC 51 ANOS

Já estamos trabalhando na promoção em comemoração aos 51 Anos da ASMC, que ocorrerá no dia 12 de junho deste ano. A ASMC estará promovendo no sábado (15 de junho/13) o Jantar Baile comemorativo à data, com Buffet Primo Piato Bello e animação ficará a cargo da Cia Mega Brasil. Os convites já estão saindo da forma e na próxima semana os mesmos já estarão à disposição. O associado que antecipar a compra dos convites poderá descontar em folha nos meses de abril, maio e junho.

AETC

Ocorreu no dia 25 de março p.p, nas dependências do DTG Morada de Guapos, a eleição da escolha da nova Diretoria da AETC – Associação das Entidades Tradicionalistas de Canoas. Com a inscrição de somente uma chapa, encabeçada pelo Juliano Furquim, o mesmo foi reeleito como presidente para o biênio 2013x2014. A posse da nova diretoria, ocorrerá no dia 29 de abril, no galpão da AETC no parque Eduardo Gomes.

PPCI

Como já havíamos informado anteriormente, a ASMC está implantando no pátio da sede social, o PPCI -Plano de Prevenção e Combate a Incêndio do Corpo de Bombeiros, através de hidrantes com mangueiras e tubulações pressurizadas. Chama a atenção o reservatório de água com capacidade para 15.000 litros de água, instalada ao lado da torre onde possui o reservatório de água potável com mais de 10.000 litros, totalizando uma reserva de 25.000 litros de água para distinguir o que é prevenção de incêndio. Os materiais são pintados de vermelho e o reservatório é um deles.

MAIS ECONÔMICA

A rede de farmácias Mais Econômica, agora Rede Pharma, reduziu a venda de medicamentos através da ASMC, de até 06 meses para somente no mês vigente, talvez consigam autorizar vendas para até três meses. A determinação partiu da nova direção da referida empresa. A venda de medicamentos de urgência e emergência para o 7º mês, está sendo feita pelas farmácias Maxxi Econômica, São João e Americana. É necessário possuir a receita médica e a mesma ser emitida pelo médico em até 72 horas, sendo emitida uma autorização especial pela ASMC (não inclui perfumaria e fraldas).

PESQUISA DE OPINIÃO

A ASMC, estará a partir do corrente mês, fazendo uma pesquisa de opinião com os associados, para saber qual a necessidade da ASMC para o seu cotidiano, se é viável a ASMC continuar com os convênios das empresas. Os formulários estarão à disposição do associado no balcão do CPD e pela internet, via e-mail, site ASMC www.asmc.com.br.

DTG

O Departamento de Tradições Gaúchas Morada de Guapos da ASMC está promovendo nas sextas-feiras, de 15 em 15 dias um jantar de integração com música ao vivo. No dia 12 de abril o cardápio será churrasco, saladas e sobremesa, ao custo de R$ 15,00. O Departamento Artístico do DTG, em julho estará embarcando para a Europa, passará por Portugal, Croácia e Itália e talvez Suiça, mostrando o folclore gaúcho. É a ASMC chegando no exterior.

FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL

Para uma melhor higiene, a ASMC está modificando o local onde é abastecido com a retirada de água pelos associados. Será colocada uma mesa de inox, sem a necessidade de se abaixar para pegar a água. Ocorrerá um transtorno de uns três dias para a conclusão da obra. Será colocada, provisoriamente, uma torneira ao lado para a retirada da água. Canoas, 05.04.13. asMC 50 aNOs COM VOCÊ! Firmo Farias dos santos Presidente


CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 13

O charme do lambe-lambe Os fotógrafos Bárbara Nunes e Claiton Dornelles encontraram um jeito diferente para divulgar o lançamento de sua empresa, a BBC Fotografias. Na tarde do último dia 28, eles levaram a antiga câmera lambe-lambe até a praça Emancipação, no Centro, para fazer retratos gratuitos de quem passava pelo local. A proposta é que o equipamento também possa ser contratado, complementando a cobertura de eventos e a produção de books fotográficos de pessoas e de ambientes feitas com câmeras digitais. Você pode ver o resultado na fanpage: www.facebook. com/bbcfotografias.

AGRADEÇO AO CONVITE recebido pela Emirates Airline, quando da passagem do Sr. Ralf Aasmann, diretor-geral da Emirates no Brasil, em um exclusivo almoço em Porto Alegre onde destacou as operações da companhia no mercado brasileiro. O evento ocorreu no Restaurante Seasons, no bairro Moinhos de Vento, na capital gaúcha.

Sindilojas Canoas recebe certificação SEGS A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo certifica o Sindilojas Canoas como entidade “Rumo a Excelência na Gestão Sindical”, em decorrência de sua participa-

Escolinha do Juninho

Neste primeiro contato falarei um pouco da nossa escolinha, a Escolinha do Juninho e como tudo começou. Na década de 70, meu falecido avô Antonio fundou um time de futebol com o intuito de participar de competições, chamado Unidos Futebol Clube. Com o passar dos anos, o Unidos encerrou suas atividades, mas sempre mantive o desejo de continuar este trabalho que ele realizava. Em 01.10.2009 comecei a realização do meu projeto, a Escolinha do Juninho. Sou

ex-jogador de futebol, treinador profissional de futebol e estudante de Educação Física. Tivemos início no bairro Niterói com apenas seis atletas no primeiro treino, e hoje contamos com três núcleos, sendo eles: Núcleo Niterói,

P ublicaçõesl e g a i s ligue 3032.3022 EDITAIS, LEILÕES, BALANÇOS SOCIAIS, CONVOCAÇÕES, PARTICIPAÇÕES DE FALECIMENTO E CONVITES PARA MISSA, PERDA DE DOCUMENTOS. SISPRO S/A SERVIÇOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CNPJ nº 87.252.045/0001-31 NIRE nº 43300031225

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA Convocamos os senhores acionistas para se reunirem em Assembléia Geral Ordinária, a realizar-se no dia 17 de abril de 2013, às 9h00 horas, na sede da Companhia, na Rua Muck, nº 30, Centro, na cidade de Canoas – RS, CEP 92.010-250, a fim de deliberarem sobre a seguinte: ORDEM DO DIA 1. Tomar as contas dos administradores, examinar, discutir e votar as Demonstrações Financeiras, relativas ao exercício encerrado em 31 de dezembro de 2012; 2. Deliberar sobre a destinação do lucro líquido do exercício e a distribuição de dividendos; 3. Eleger os membros da Diretoria Executiva e fixar sua remuneração; 4. Deliberar sobre a revisão do orçamento de capital. Canoas – RS, 22 de março de 2013 Jaime Reinaldo Hamester Diretor Administrativo-Financeiro

ção no Sistema de Excelência em Gestão Sindical -SEGS Nível 2- 2012. A premiação foi realizada no último dia 22 de março durante XXIV Fórum Estadual de Gestão.

no Ginásio Rui Barbosa; Núcleo São José, na Quadra Tatuiras Soccer; e Núcleo Tênis Clube, no Ginásio do Canoas Tênis Clube. Nosso efetivo de atletas chega a quase 100 meninos, dentre eles alguns atletas carentes que nossa escolinha faz questão de incluir. Temos parceria com a Empresa Sport Quattro, que encaminha nossas revelações para clubes profissionais com o intuito de iniciar suas carreiras esportivas. Mesmo com o pouco tempo de existência, estamos

O Centro de treinamento e Escola de Futebol Futuro Craque, conveniada ao Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense retoma em 2013 suas atividades com futebol de campo. Os treinos acontecem as quartas e sextas-feiras no Esporte Clube Paineira, bairro Ideal, local onde aconteceu a última avaliação técnica (peneirão) do Grêmio FBPA em Canoas. Os professores trabalharão com atletas das categorias sub11(2002 e 2003), sub-13 (2000 e 2001) e sub-15 (99 e 98), sempre visando preparar seus atletas para competições e avaliações do clube. A Futuro Craque é uma das escolas conveniadas ao Grêmio com maior média de aprovação de alunos, contando hoje com 11 atletas revelados que fazem parte da categoria de base do Imortal Tricolor. Os treinos iniciaram na quarta-feira, 3 de abril, e primeira aula é gratuita. Informações pelos telefones: 3032.2858, 9334.9373 ou 9334.9363. E no site www.futurocraque.com.br.

entre as maiores escolinhas de futebol de Canoas, com muitas conquistas expressivas como Campeão da Liga Canoense de Futsal Sub-11 e Sub-13 em 2012, Campeão da Copa O Timoneiro 2012 nas categorias Sub-11 e Sub13 e a recente conquista da Copa Verão 2013 na Categoria Sub 13. Demais informações da Escolinha do Juninho estão no site www.escolinhadojuninho.com.br, ou pelo telefone 9145-7810. Odavir Júnior - Juninho

Professora particular Aulas de Química, Biologia, Matemática e Ciências. Ensinos Fundamental, Médio e Pré-Vestibular

Escola do Grêmio no E.C. Paineira

Atendimento a domicílio. Contatos com a professora Fernanda Moraes Chaves pelo telefone 8541.3148 ou profer_chaves@yahoo.com.br.

CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA O PRESIDENTE do Conselho Deliberativo do CANOAS TÊNIS CLUBE, abaixo assinado, no uso das suas atribuições que lhe confere o ARTIGO 17 E DEMAIS COMINAÇÕES pertinentes à matéria do ESTATUTO SOCIAL e REGIMENTO INTERNO, convoca os ASSOCIADOS para se fazerem presente à ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, à realizar-se na sede social, no dia de 17 de ABRIL de 2013, em PRIMEIRA CONVOCAÇÃO ÀS 19H30MIN., EM SEGUNDA CONVOCAÇÃO ÀS 20H00MIN. E TERCEIRA E ÚLTIMA CONVOCAÇÃO ÀS 20:30MIN, sob a seguinte Ordem do Dia: ORDEM DO DIA A) ELEIÇÃO E POSSE DO CONSELHO DELIBERATIVO E FISCAL B) ASSUNTOS GERAIS Canoas, 05 de Abril de 2013 LUIZ CLAUDIO GONÇALVEZ PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO

KERN

ENCADERNAÇÕES

Restauração de livros F: (51) 3475.3503 Tradição de 57 anos

EXTRAVO DE NOTAS FISCAIS A empresa Paulo J. Correa, inscrito no CNPJ. sob n° 03 017 043/0001-78, com endereço a rua Candido Marconato n° 044 – Canoas/RS., COMUNICA, que foram extraviadas Notas Fiscais de Prestação de Serviços do n° 201 à 300. Não nos responsabilizamos pelo uso indevido das mesmas. Canoas, 05 de Abril de 2013.

Representante Autônomo Vagas representante autônomo de ambos os sexos, empresa com 4 mil itens, representação de veículos de comunicação e palestrantes. Interessados enviar curriculum para: bureau@brturbo.com.br ou contatobureau@gmail.com.


14 I O TIMONEIRO I CULTURA I CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013

A história de Canoas, mês a mês MAIO, 1955 Em seu editorial do dia 21, o pequeno semanário O Momento afirmava que: “Todos sabem, o país atravessa grave crise. No setor da economia, essa crise esteja talvez alcançando sua maior gravidade, com as nossas exportações diminuindo aceleradamente. Pois bem, há gente que deseja pôr a culpa disso nos nossos jacobinos e visionários (os nacionalistas intransigentes), afirmando que a esquiva e a abstenção dos antigos clientes do Brasil são devidas ao enfurecimento e as hostilidade daqueles”. O jornal advertia “experimente essa gente loar os trapaceiros de alto coturno, deixando de lado os que ainda não estão no poder e que não poder ser culpados pelos erros dos poderosos”. O Momento era produzido por quase-garotos, sempre desconsiderados pelos “donos” dos poderes financeiro e político da Canoas de então. Quase-garotos dando opinião sobre a política nacional, dentro da opinião lembrando os jacobinos da Revolução Francesa. Um atrevimento – diziam os supostos poderosos. Voltaire Schilling, conforme o Jornal do Comércio do dia 11de março, garante que jacobinos e outros radicais, “Embora considerados extremistas pelos conversadores, o revolucionários deste recorte são vistos com os fundadores das sociedades modernas”. Os jacobinos (1789-1799) eram nacionalistas extremados, avessos à influência demasiada de estranhos à nação, só admitiam as relações em termos justos, sem predomínio algum. (A Biblioteca Pública Municipal “João Palma da Silva” deve possuir exemplares do semanário O Momento, que circulou de março de 55 a março de 58). CT.

Memória emória da Cidade Na eleição de 1982, no município de Alvorada, o voto era vinculado, ou seja, o eleitor era obrigado a votar em todos os candidatos do mesmo partido. Na época, a dobradinha canoense Giacomazzi e Jorge Uequed era a mais forte na região metropolitana. (Do arquivo da Dra. Lucia Protagio Brossaral).

Maçonaria

Agenda tradicionalista

Coluna partida

Quanto custa estar em dia com a Lei

Costumamos gravar os nomes dos Irmãos falecidos, isto é, que partiram para o Oriente Eterno, em uma coluna também chamada de Quebrada ou Funerária. Conforme Nicola Aslan, em seu Grande Dicionário Enciclopédico de Maçonaria e Simbologia, “É uma representação da morte. Recorda o corpo do homem, que, ainda depois da morte, conserva algo de sua graça, beleza e simetria. Durante o certo período do começo do século, as Lojas inglesas a adotaram por modelo de suas caixas de caridade”. Qualquer coluna traz a idéia de sustentação. É um pilar que sustenta abóbadas, entablamentos etc. (Entablamento, por extensão, é um conjunto de molduras horizontais que servem de arremate superior a uma fachada). Além de sustentar, uma coluna também é objeto de ornamento. Sua verticalidade nos transmite a idéia de ligação da terra com o céu, matéria e espírito, na linha da crença maçônica da sobrevivência do espírito. (Sócrates).

Olegar Lopes* Foi necessário acontecer uma tragédia, o incêndio da Boate Kiss, de Santa Maria, para que os responsáveis pela segurança de locais de concentração de público, mais precisamente ambientes fechados, passassem a exigir os itens de segurança que constam na Lei. Dá para ver como tudo funcionava fora dos padrões de segurança, com a correria que se instalou após a interdição de casas de festas e clubes sociais. Conforme a estrutura financeira de algumas entidades, o custo pode ser inacessível para atender aos padrões de segurança exigidos pelo Projeto de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) - sigla até bem pouco estranha para muitos. Agora se tornou mais conhecida que cachaça em bolicho de beira de estrada. O certo é que todos devem estar de acordo com a Lei, na clandestinidade é que não vai dar para ficar.

A minha maior preocupação é com os nossos CTGs – por ser o segmento ao qual diretamente me dirijo - cujos prédios na sua grande maioria são de madeira. Embora o que mais tenha são portas e janelas, para atender os padrões de segurança exigidos pelo PPCI, terão custos mais elevados. Os CTGs são entidades que, além do lado social, desempenham papel primordial para a preservação da cultura gaúcha. Temos que entender que, mesmo prestando inestimável serviço à cultura do nosso Estado, todos devem atender às exigências da Lei. Se não for possível atender às exigências solicitadas no momento, que se encontre forma de sobrevivência até estar em dia com a Lei. Portanto é desaconselhável programar eventos se o local não estiver em ordem, é melhor não arriscar. Tradicionalista - olegar.tradicionalista@yahoo.com.


CANOAS, 5 A 11 DE ABRIL DE 2013 I SOCIAL I O TIMONEIRO I 15

1º aninho da Martina Os pais corujas Galvão e Tatiane receberam familiares e amigos especiais para comemorar o primeiro aninho de sua filha Martina. Parabéns a minha netinha, e que esta gatinha só traga muita alegria a todos.

Paola, Martina e Georgia

Galvão, Martina e Tatiane

Fabiano, Martina e Paula

Ademir, Martina e Juliana

Martina e Negrinha

Caitu, Martina e Mirtes


I N S S Airton Joel Cardoso OAB-RS 43.486

Segurado do INSS, requeira já sua aposentadoria, não espere mais tempo, procure-nos, pois encaminhamos revisão de pensão, aposentadoria, auxilio-doença e aposentadoria por invalidez. O INSS indeferiu sua aposentadoria ou pensão, venha nos consultar. Rua Frei Orlando, 33/404 ao lado da Praça do Avião Centro Fone: (51) 3059.1111 – 8419.5050

Balé na Trensurb

Na próxima terça-feira, 9, dentro da programação referente ao Dia Internacional da Dança, a dançarina clássica do Ballet Erenita, Saja Tages, se apresentará na estação Canoas da Trensurb. Na ocasião, Saja vai atuar como em uma aula pública, difundindo aos populares presentes a modalidade de dança. As atividades do Dia Internacional da Dança se estendem por todo o mês de abril. Apoiada pelo professor Rolla, ainda com 18 anos, a bailarina Erenita Parmeggiani iniciou sua trajetória em Canoas.

Plano de Carreira dos municipários

O Plano de Carreira dos Servidores de Canoas deve ser sancionado em 28 de outubro de 2013, Dia do Servidor Público. Essa é a promessa da Prefeitura Municipal que, desde 2011, vem realizando reuniões com representantes das categorias para garantir a implementação efetiva da proposta que valoriza o mérito e propicia a cada servidor uma perspectiva de crescimento profissional e remuneratório a partir de suas próprias determinações em alcançar os requisitos. Na última segunda-feira, 1º, foi realizada a segunda mesa de diálogo do ano, com a participação da Comissão do Plano de Carreira, que está sob a presidência da viceprefeita Beth Colombo. Na oportunidade, os representantes das diferentes categorias de servidores fizeram suas observações e foram informados dos prazos estabelecidos para a efetivação do Plano.

JOAPI

Canoas, 5 a 11 de abril de 2013

Rede Sustentabilidade coleta assinaturas no Calçadão No próximo domingo, coleta ocorrerá no parque Getúlio Vargas e no Jardim do Lago Os mobilizadores da Rede Sustentabilidade, liderada nacionalmente por Marina Silva e que tem em Canoas a advogada Gisele Uequed como sua coordenadora, marcaram presença no Calçadão na tarde da última quinta-feira, 4. Na ocasião conversaram com a população e coletaram assinaturas para viabilizar a fundação do novo partido. A meta é chegar ao total de 500 mil assinaturas no país inteiro, sendo 80 mil destas no Rio Grande do Sul. Gisele explica que a coleta de assinaturas está funcionando muito bem e que o conceito de rede está se aplicando perfeitamente. “As pessoas estão buscando assinaturas com suas redes de contato, que por sua vez vão passando a ideia adiante. A coleta de assinaturas está muito boa em Canoas e no próximo domingo será ainda mais reforçada, pois estaremos presentes no parque Getúlio Vargas e no entorno do lago do Jardim do Lago”, conta. O mobilizador Bruno Lara conta que está envolvido com a proposta de Marina Silva há cerca de um ano e que por isso está comprometido com a ideia de ajudar a fundar a Rede enquanto partido. “As pessoas estão parando para falar conosco, muitas vezes, nem precisamos abordar. A resposta dos canoenses está sendo ótima”, diz. Willian Kaku, que trabalha como articulador da Rede, também considera muito positiva a participação dos canoenses. “A população está cada vez mais informada sobre a Rede e muitos já nos abordam dispostas a assinar, pois acreditam que ela trará uma nova forma de fazer política no Brasil.

Maior que um partido

Segundo Marina Silva explicou em Brasília no lançamento da Rede, as pessoas que vierem a integrar o futuro partido deverão fazer a opção por identidade programática. “Não estamos fazendo recrutamento de parlamentares para integrar a futura legenda. Estamos sendo procurados para conversar por várias pessoas e conversando, na medida do possível”. Marina informou, em entrevista coletiva no lançamento da nova célula partidária, que a legenda vem para quebrar o monopólio que existe entre o PT e o PSDB. Para ela, uma “rede” expressa muito “e o movimento da sustentabilidade é muito maior do que um partido”. A exsenadora disse que está se esforçando para que, até outubro, o partido esteja registrado e em condições de disputar as eleições do ano que vem. Na ocasião, perguntada sobre

a possibilidade de se candidatar novamente à Presidência da República, Marina Silva respondeu que ainda não sabe. A base do programa do futuro partido será a sustentabilidade em todas as áreas: ambiental, política, econômica, etc. Sobre possíveis alianças com outras legendas para disputar eleições, a ex-ministra disse que o partido estará aberto para alianças que tiverem coerência programática.

Como assinar

As pessoas que querem assinar e colaborar na coleta podem imprimir a ficha através do site www.brasilemrede.com.br e encaminhar para o endereço rua Tiradentes n°17, sala 04, Canoas RS – Centro, CEP 92010-260. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail faleconosco@brasilemrede.com.br.

Segundo Gisele Uequed, a ideia de rede já está sendo colocada em prática durante coleta de assinaturas

O Timoneiro - Nº 2542  

O Timoneiro - Nº 2542

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you