Issuu on Google+

Edição n° 2528 Fundado em 29.07.66

Canoas, 28 de dezembro de 2012 a 3 de janeiro de 2013

Chuva na virada do ano Coordenador da Defesa Civil afirma que cidade está preparada para lidar com possíveis emergências causadas por temporais e demais fenômenos climáticos.

Pág. 11

R$ 1,50

Feriadão Saiba quais o serviços públicos terão funcionamento total ou parcial durante o feriadão de final de ano. Servidores públicos terão ponto facultativo no dia 31.

Pág. 11

PREFEITURA

Divulgada lista com novos nomes do secretariado

FIM DE ANO

Comércio comemora boas vendas no Natal

Pág. 6

Pág.

5

CAOS NA SAÚDE

Demora no atendimento no HPSC e posto de saúde Pág.

7


CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013 I POLÍTICA I O TIMONEIRO I 3

jorgeuequed@terra.com.br

SIMON

Na avaliação do senador Pedro Simon (PMDB-RS), o ano de 2012 termina com um bom saldo para a vida pública nacional, principalmente em termos de combate à corrupção e à impunidade. “Tivemos, pela primeira vez, uma seleção ética de candidatos com a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições desse ano”, comemora o senador, citando ainda como pontos positivos o julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e a instalação da Comissão da Verdade O ponto negativo, infelizmente protagonizado pelo Congresso Nacional, segundo Simon, foi a CPI do Cachoeira, que não investigou Cavedish, o dono da Delta e as ligações da empresa com políticos e campanhas eleitorais. Ao invés disso, o relatório final da CPI tenta incriminar um governador adversário do Palácio do Planalto, mais o Procurador-Geral da República e jornalistas”. A atuação do STF no julgamento que, na opinião de Simon, representa “um fato definidor, capaz de apontar um novo rumo para o país”, também serviu para demonstrar que os ministros do Supremo, apesar de em sua maioria terem sido indicados pelos governos do PT, “cumpriram sua missão sem se submeter a pressões”. Simon lançou em Brasília e em Porto Alegre o livro “O Momento Supremo do Brasil – A justiça conquistada: das CPIs ao julgamento do Mensalão”. Comissão da Verdade - Outro fato que merece destaque nesse ano que chega ao fim, conforme o senador, é a instalação da Comissão da Verdade pela presidente Dilma Rousseff. “Foi emocionante a sessão da Câmara Federal que devolveu, simbolicamente, os mandatos de parlamentares cassados pela ditadura”, afirmou Simon. O senador mencionou, ainda, o esclarecimento do desaparecimento do deputado Rubens Paiva. “Agora, se sabe oficialmente, por meio de documentos, que ele foi preso pelos militares antes de sumir”.

CANDIDATURAS

Candidatos começam a trabalhar para concorrer a deputado estadual e deputado federal na cidade. No PT, Nelsinho Metalúrgico concorre novamente a deputado estadual, enquanto Marco Maia deverá concorrer para reeleger-se à Câmara dos Deputados. No PTdoB, organiza-se uma candidatura a deputado estadual, que pode ser do presidente Gustavo Neves ou do secretário Vanderlei Zanatta. Do PSB, o vereador eleito Francisco da Mensagem deve voltar a concorrer a deputado estadual. No PTB, a além da reeleição do deputado Jurandir Maciel, o recém-eleito vereador Dr. Pompeu poderá tentar a Assembleia Legislativa, enquanto o deputado Federal Luis Busato deverá concorrer à reeleição.

TRIBUNA POPULAR

Os organizadores da mobilização para aprovação de projeto de lei, na lei orgânica municipal, instituindo a Tribuna Popular, já terminaram a redação do projeto, que foi aprovado pelos 85 componentes do movimento e começaram a coleta das assinaturas. O grupo precisa conseguir aproximadamente 10.500 assinaturas para que o projeto de origem popular possa ser apreciado pelos vereadores. Gisele Uequed, uma das coordenadoras, confirma que já foram recolhidas 1.800 assinaturas e que a campanha continua firme e recebendo novas e importantes adesões.

SENADO

Em 2014, vai ser renovada uma vaga do Senado Federal, o atual senador Pedro Simon poderá ser o candidato do PMDB à reeleição. O PSB pretende lançar o deputado federal Beto Albquerque para concorrer. No PP, setores partidários do ex-governador Jair Soares o querem no Senado.

LULA

Apesar da proteção que algumas lideranças do PT querem dar ao ex-presidente Lula, sua imagem começa a entrar em desgaste. Escândalo da operação Porto Seguro, com suas relações mal explicadas com a senhora Rosemary Noronha, uma das rés e dirigentes do esquema criminoso, aliás, as denúncias do publicitário mineiro Marcos Valério são mais fortes do que a proteção dos amigos do ex-presidente. Fica uma lição, ninguém está acima da lei, acima de qualquer suspeita e livre de ser investigado numa sociedade democrática. O passado pode ajudar, mas os atos praticados devem ser fiscalizados e, se necessários, levados à Justiça. Aqui é uma república, uma democracia, que não suporta carteiraços nem intimidações de oposições, muito menos os chamados “deuses” que não podem ser fiscalizados.

MARINA SILVA

A ex-senadora, que na eleição de 2010 concorreu à Presidência da República pelo PV, e obteve quase 20% dos votos do pais, já concordou com o lançamento do manifesto de um novo partido, que será o embrião de sua candidatura. Esta semana, lideranças de 11 estados da federação iniciaram os preparativos do manifesto do programa do partido e da organização para a coleta de 1.500 assinaturas, em todo país, sendo que em nove estados serão 5% do eleitorado. O grupo de trabalho do RS já está preparado para suplantar essa meta.

PROPAGANDA I

Como sempre, o Governo Municipal continua com muita propaganda e pouco trabalho. O marketing do prefeito Jairo pretende incutir na sociedade que tudo vai bem, quando os canoenses sabem que na saúde, segurança, transporte, educação e creches infantis a situação está muito ruim.

PROPAGANDA II

Continua em vigor a determinação ditatorial e ilegal do Governo Municipal em distribuir a propaganda apenas para os veículos que lhe dão apoio. Ou seja, continua o velho “toma lá dá cá,” processo sujo, oriundo da velha república e que alguns de miopia democrática querem implantar nos municípios, estados e país.

MENSALÃO

As condenações do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal começam a tirar o sono de alguns canoenses.

NATAL DA TRANSFORMAÇÃO

Repetiu-se o fiasco dos anos anteriores, agora sem nenhuma ornamentação, mas também oculto o total dos gastos. No ano de sua implantação, quando ficou conhecido como “mico do ano”, custou mais de um milhão. Hoje, ninguém sabe, está tudo escondido.

Cidade do Faz de Conta “CONTRIBUIÇÕES NATALINAS” ASSESSOR PARTIDÁRIO: Estou preocupado com o grande número de envelopes bancários, com comprovante de depósitos, que estão vindo aqui para o gabinete do PREFEITO. Isto não pode dar galho? MARQUETEIRO: Não se preocupe, está tudo sobre controle, e dentro do planejado. Tudo isto faz parte do nosso projeto de ‘caixa 2’, para preparar as futuras investidas do chefe, e para isso precisamos de muitas “contribuições”. ASSESSOR PARTIDÁRIO: Mas todo esse volume de depósito caindo numa conta vai gerar suspeita dos serviços de fiscalização financeira, e logo a Federal vai estar em cima da gente. MARQUETEIRO: Calma, amigo, nós somos profissionais, não cometemos erros. Abrimos centenas de contas ‘laranjas’, de pessoas de pouca posse, outros que já morreram, outros que não existem. Ficamos com os cartões de saque, e os depósitos estão indo para estas contas. Daqui a três meses, encerramos estas contas e abrimos outras. Assim ninguém nunca suspeitará e não deixaremos rastros. ASSESSOR PARTIDÁRIO: Eu sabia que vocês eram

vivos, mas não sabia que eram tanto. Vocês são verdadeiros profissionais do crime e usam os negócios públicos para encobrir as falcatruas que vocês fazem. Parece perfeito, até que um dia algum ‘laranja’ dá com a língua nos dentes e aí a casa cai. MARQUETEIRO: Não tem esse problema, porque os ‘laranjas’ não sabem quem somos. Quem faz esse esquema são pessoas de outros lugares, com sotaque diferente do nosso. Não tem nunca como nos identificar com os atos praticados. No meio da conversa, a televisão chama a atenção para uma notícia extraordinária: “A Polícia Federal descobriu um ardiloso esquema de corrupção montado dentro de organismos públicos, que visava alterar decisões e facilitava manobras para gerar propinas para funcionários. O esquema funciona de maneira semelhante em vários estados.” ASSESSOR PARTIDÁRIO: Veja, menino, vocês são muito espertos, mas não tem crime perfeito. Mais cedo ou mais tarde, a casa cai.

Quaisquer semelhanças com fatos, dados, nomes ou pessoas conhecidas, relacionados com esta estória, é simplesmente mera coincidência, ou produto da inteligência fantasiosa ou excepcional do leitor.


4 I O TIMONEIRO I OPINIÃO I CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013

Editorial

O ano de 2013 O novo ano começará como termina 2012, com Canoas tendo sérios problemas administrativos causados pela política de trocar apoio partidário por cargos dentro da Prefeitura. O cabide em que foi transformada a administração pública sustenta cada vez mais pessoas ‘comprometidas’ com o projeto atual, que é explorar, reinventar e submeter o que é público a ideologias de poder, e para se manter no poder. Nunca o município foi tão rico e teve tanto dinheiro para investir na melhoria da qualidade de vida de seus moradores. Porém, talvez nunca também tenha sido administrado com tamanho descaso. Infelizmente, o novo ano não vem cheio de esperança como era de se esperar, e as projeções são cada vez piores. A máquina pública está inchada para poder receber todos os indicados dos 17 partidos políticos e da quase totalidade dos 21 vereadores eleitos. Aos canoenses, resta vigiar, lutar e trabalhar para que aqueles que estão nos cargos públicos cumpram seus papéis e diminuam o prejuízo que ficará para as gerações futuras.

“oInfelizmente, novo ano não

vem cheio de esperança como era de se esperar”

Sem vergonha, para quê o mundo?

Retrospectivas das truncagens do SUS - II

Canabarro Tróis filho*

Odil Gonçalves Gomes*

E o mundo não acabou... Que bobagem, e quantos bobos acreditaram... É impossível acabar, para onde iria a Eternidade? O mundo que conhecemos é um complexo (gente, bichos, coisas etc) que vive, funciona, se relaciona em um determinado espaço. Sabemos da existência de outros mundos, dos quais nada ou pouco sabemos. Tudo criado por uma Suprema Inteligência, que chamamos Deus e que não tem nome, nem precisa. Sua totalidade não cabe em um nome na língua criada por suas criaturas. Ademais, como poderia acabar algo criado por Ele, que só faz coisas eternas? Mesmo que Ele quisesse ou permitisse que este mundo acabasse, por força de nossos vícios, criaria outro. Um deus verdadeiro precisa de humanos que realizem a obra que arquitetou, e dêem testemunho de Sua grandeza. Imaginaram Deus no centro de um desastre, sem crianças, esses bichinhos maravilhosos cuja ingenuidade, estimulada pela família e explorada pelo comércio, adora Papai Noel? Um espaço sem flores, música, poesia, teatro, mulheres lindas, nobreza de sentimentos, sonhos de justiça e paz, seria uma enorme porcaria monótona. Então, Deus perderia sua finalidade, um absurdo. E como não acabou, seguimos em nossa sagrada obrigação de viver, pagando o devido, fazendo o que não fizemos, reconstruindo, para que o Ano Novo seja melhor, muito melhor, do que este. A não ser que perdemos a vergonha, e então não merecemos mundo nenhum.

Na verdade, tais pactos em defesa do SUS, pacto de gestão e outros, bem como regramentos para os municípios em cada região usarem suas qualificações existentes, conveniarem entre si, evitando desta forma percursos de longas distâncias nas buscas de procedimentos que podem evitar agravos pela demora. Em suma, o maior número possível de atendimentos nas regiões. Pois todas as tratativas entre o Ministério da Saúde e as representações a nível Nacional já citada em 2006, concluídas, nosso RS emperrou até 2010, quando então o Município de São Borja/RS aderiu às tratativas Nacional, assinantes. Num seminário em 2012, em Porto Alegre, estavam presentes: Paraná e Santa Catarina, os quais haviam assinado na totalidade dos seus municípios e nós, anfitriões do evento, tínhamos apenas 136 municípios, ou seja: 36% dos 496 municípios/ RS. Nosso Estado do RS, por mais de 20 anos, não fazendo concursos públicos para suprir o quadro da saúde usou os serviços da Fugast (Fundação de Gastroenterologia) por muitas vezes foi tentado encerrar esta anormalidade. Até o MP finalmente conseguiu junto ao STF, em 2010, dando prazo até março de 2011 a data final para encerrar-se tal uso dos funcionários da Fugast (que diga-se de passagem com muita seriedade), tal decisão, por falta de gestão pública no atender das obrigações constitucionais e das Leis 8080 e 8142/90, dos direitos do cidadão/dever do Estado, nos seu dever de saúde publica. Na ocasião 2011, cerca de 600 funcionários, foi a baixa no quadro do Estado/RS. Agora mesmo com este exemplo, ainda tem vários municípios insistindo entregar os serviços públicos de saúde a grupos privados, no mínimo, é uma falta de respeito no cumprimento das regras constitucionais e, de leis já existentes, quando foram candidatos e, após vencerem os pleitos eleitorais juraram cumprir e fazer cumprir as leis do nosso Brasil. Ou não juraram? O SUS tem sido um saco de pancadas para os privativistas de plantão! Garanto, Ulysses não aceitaria tais desrespeitos. (Final).

Bagagem “À imagem e semelhança do povo. Devemos lembrar que, assim como o Homem foi feito à imagem e semelhança de Deus, os políticos são feitos à imagem e semelhança do Povo. Quem trair essa semelhança será castigado, se não agora, na história que será escrita”. (O Timoneiro, 11 de agosto de 1989). *Escritor, jornalista, editor dos Cadernos Canoenses, mantenedor da Fundação Cultural de Canoas, membro da Associação Canoense de Escritores, da Associação Canoense de Comunicação Social e da Casa do Poeta

*Comunitarista

Nilton Leal Maria, um correto protagonista no palco e na vida José Fontes*

Desde 1966 relatando a história de Canoas Editado por: CEDRO - Editora e Empresa de Comunicação Ltda. CGC/MF 02.347.932/0001-30

Diretor: Feres Jorge Uequed Redator: Émerson Vasconcelos Diagramação: Sinara Dutra Colaboradores: Daltiva Uequed e Priscila Muzykant Circulação: Celço Andreotti Redação: Av. Victor Barreto, 3056/3º andar Sala 314 - Centro - Canoas - RS - Cep 92010-000 Circulação Semanal Fechamento comercial: Quintas-feiras, às 14 horas IMPRESSO: Gazeta do Sul S/A - Rua Ramiro Barcelos, 1.206 Santa Cruz do Sul-RS. Filiado a ADJORI/RS Os textos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não traduzindo obrigatoriamente a opinião do jornal.

Fone/fax: 3032.3022 - 3472.3022 e-mail: otimoneiro@otimoneiro.com.br site: www.otimoneiro.com.br Escritório comErcial Porto alEgrE

AV. CARLOS GOMES, 126/207 - HIGIENÓPOLIS - F.:8415.3142

A notícia da morte de alguém, especialmente de quem foi importante no rol das nossas amizades, é sempre algo surpreendente. Foi aqui mesmo, nas páginas de OT, que no prazo de duas semanas, ficamos sabendo da enfermidade, hospitalização e posterior falecimento de Nilton Leal Maria que, a partir dos anos 60, honrou-nos com o privilégio de sua amizade, confiança e colaboração. Fomos colegas, como servidores públicos municipais e como radialistas. Com Osvaldo Moacyr Alvarez, ele participou de programas sobre Registros Sociais, na Rádio Clube, ao tempo em que esta ficava num prédio onde hoje está a rodoviária e era gerenciada por Ruget Carril. Depois, trabalhou conosco na Rádio Porto Alegre e na Rádio Itaí, na capital, já então como ator, o que lhe dava realização, pelo contato direto com o público. Ainda conosco, dos anos 60 em diante, Nilton Leal Maria atuou como ator em três peças teatrais: Uma Pequena Rosa em Seus Cabelos; O Sermão do Asfalto e A Herança dos Homens. Com a força de seu prestígio, Nilton foi muito mais do que um ator. Foi um protagonista para que se abrissem ao nosso então incipiente “Grupo do Teatro Novo,” as portas do Grêmio Niterói, então um dos clubes sociais mais destacados de Canoas. Com ele, com Nilton, vieram muitos dos seus amigos, como: Jesus Ramos (que acabou fazendo carreira até no cinema),

Martinho Mello, Jorge Moraes (pai do radialista Adriano Moraes); Adroaldo Santos; a jovem Tânia Apellaniz, e demais familiares de Darcy Apellaniz e Nelson Arjonas. Foi um grupo vitorioso, que mais ainda dignificou e valorizou o nosso esforço, pela busca da realização teatral em Canoas. Além de um protagonista, nas artes, Nilton sempre foi, também, um operário no palco e fora dele, comandando com a sua iniciativa, para que tudo saísse a contento dos participantes e dos espectadores. Inesquecíveis os encontros em sua casa no bairro Niterói, com os seus saudosos familiares, regados a chimarrão e, sempre, a bons e proveitosos papos. E até hoje lembramos e consideramos os seus sábios conselhos sobre procedimento e ética quando o procuramos para informar que havíamos sido convidados por Osvaldo Guindani, em 1981, para criar e dirigir a área de comunicação da Prefeitura, que até então só contara com integrantes individuais (quase que como colaboradores). Neste episódio, a lembrança da correção de Osvaldo Alvarez, como assessor de imprensa do prefeito José João de Medeiros, (ao seu tempo), foi exemplar e teve, também, singular importância. *Jornalista

Espaço Aberto Esta seção está aberta a todos os canoenses, a todos que queiram falar sobre nossa cidade. São duas páginas reservadas para a opinião por edição. Para participar, envie seu texto por correspondência eletrônica para o endereço otimoneiro@ otimoneiro.com.br, ou diretamente na redação do jornal, na rua Victor Barreto, 3056, sala 314, no Centro. A preferência é para os textos que tenham referência à cidade e que tenham, em média, 25 linhas.

Azul Veremelho Amarelo Preto


CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 5

Anunciado novo

secretariado

17 ANOS

Prefeitura revelou nomes dos secretários que irão compor a gestão que inicia em 2013 Na manhã da quarta-feira, 27, em entrevista coletiva, a Prefeitura anunciou oficialmente a formação do secretariado para o segundo mandato do prefeito Jairo Jorge. Ao lado a lista com os nomes dos novos secretários e subprefeitos do município. Alguns boatos não se confirmaram. Foi comentado que vereador eleito Dr. Pompeu poderia assumir a secretaria da Saúde, abrindo espaço para que Ricardo Maciel, que não se reelegeu e ficou como suplente do PTB, se mantivesse como vereador. O anúncio oficial revelou que a médica Ana Lucia Rezende será a nova secretária da pasta. Ricardo Maciel, embora não vá seguir como vereador, continuará ocupando cargo público, agora como controlador adjunto de município. Outro boato não confirmado foi o de que o vereador Airton Souza poderia assumir a secretaria de Educação. A pasta será comandada por Eliezer Pacheco, marido da ministra Maria do Rosário. Com os boatos desmentidos sobre Dr. Pompeu e Airton Souza assumindo secretarias, está definido que todos os 21 vereadores deverão assumir seus cargos em 2013, não abrindo vagas para suplentes neste primeiro momento. Já a atual secretária de Educação, Marta Rufatto, vai trabalhar como secretária adjunta no gabinete do Prefeito. Na Segurança Pública, Eduardo Pazinato será substituído por Guilherme Pacífico, que atuou como delegado na cidade. Apenas quatro pastas manterão os mesmos secretários do atual mandato. Joceane Gasparetto permanece comandando a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação e Alcy Paulo de Oliveira (Cica) segue como secretário de Obras. Da mesma formama, Mário Cardoso continuará como secretário de Relações Institucionais e Montitoramento e Marcos Bósio segue à frente da Fazenda. O que se pode perceber na formação do secretariado é que houve uma grande dança das cadeiras. Pessoas foram realocadas de uma secretaria a outra ou de diretorias para secretarias, mas cerca de dois terços do quadro ainda é formado por políticos ligados ao primeiro mandato da atual administração.

Secretarias Secretaria de relaçõeS inStitucionaiS e MonitoraMento Secretário: Mário Cardoso Permanece no cargo. Secretária Adjunta de Monitoramento: Pollyana Perinazzo Secretário Adjunto de Governança: Célio Piovesan Secretaria da fazenda Secretário: Marcos Bósio Permanece no cargo. Secretária Adjunta: Cristina Sabka Secretaria de PlanejaMento e GeStão Secretário: Fábio Cannas É o atual secretário de Transporte e Mobilidade e durante a maior parte do primeiro mandato de Jairo Jorge ocupou o cargo de chefe de gabinete do Prefeito. Secretário Adjunto de Gestão: Ronaldo Rodrigues Secretário Adjunto de Planejamento: Gil Rodrigues Atual Secretário: Carlos Eduardo de Campos Vieira Secretaria da Saúde Secretária: Ana Lucia Rezende É médica pós-graduada em administração hospitalar e negócios em saúde pela PUCRS e em medicina do trabalho pela UFRGS. Diretora geral do hospital da Ulbra em Tramndaí de 2000 a 2011. Secretária Adjunta de Gestão Hospitalar: Ana Bol Secretária Adjunta de Atenção Básica: Ivana Fuzina Atual Secretário: Leandro Gomes dos Santos Secretaria da educação Secretário: Eliezer Pacheco Ocupou o cargo de secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec). É marido da ministra Maria do Rosário. Secretário Adjunto de Gestão: Anderson Fraga Secretária Adjunta de Projeto Pedagógico: Romi Leffa Atual Secretária: Marta Rufatto Secretaria da SeGurança Pública e cidadania Secretário: Guilherme Pacífico Atuou como delegado em Canoas e atualmente coordena as delegacias da Região Metropolitana. Secretária Adjunta: Cássia Lopes Atual Secretário: Eduardo Pazinato

Secretaria de cultura Secretário: Luciano Alabarse Luciano Alabarse é diretor de teatro e de espetáculos musicais. Secretária Adjunta: Isabel Poggetti Atual Secretário: Flávio Adonis Secretaria de deSenvolviMento econôMico Secretário: Itamar Tadeu É proprietário da Ótica Vênus do bairro Niterói e atualmente é presidente do Sindilojas Canoas. Secretário Adjunto: Edson Nunes Atual Secretário: Eltamar Salvadori Secretaria de deSenvolviMento Social Secretária: Maria Eunice Wolf É a atual secretária de Estratégia e Inovação. Secretário Adjunto: Vera Santos Atual Secretário: Ademir Jorge da Silva Secretaria de deSenvolviMento urbano e Habitação Secretária: Joceane Gasparetto Permanece no cargo. Secretário Adjunto: Mauricio Rocha Secretaria de obraS Secretário: Alcy Paulo de Oliveira Permanece no cargo. Secretário Adjunto: Lademir Silveira Secretaria de ServiçoS urbanoS

Secretário: Flávio Pradie É diretor iluminação pública na Secretaria de Serviços Urbanos de Canoas. Secretário Adjunto: José Augusto Zaniratti Atual secretário: Marco Rosa Secretaria de Meio aMbiente Secretário: Marco Aurélio Correa Entre 2011 e 2012 foi diretor geral da Secretaria Estadual de Meio Ambiente. Secretário Adjunto: Manuel Miranda Atual Secretário: Manoel Eduardo de Miranda Marcos Secretaria de tranSPorte e Mobilidade Secretário: Oswaldo Steffen Ocupou cargo de diretor na secretaria de Transporte e Mobilidade durante o primeiro mandato da atual administração.

Secretário Adjunto: Euclides Coimbra Atual Secretário: Fábio Cannas Secretaria de eSPorte e lazer Secretário: Edmilson Tresoldi É o atual subprefeito da Região Nordeste. Secretário Adjunto: Ricardo Gomes Atual Secretário: Antônio Dedomênico Secretaria extraordinária da coPa Secretário: Marcus Vinicius Machado (Quinho) Foi diretor-geral da Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Públicos, no governo de Marcos Ronchetti. Secretário Adjunto: Fabiano Vernieri (Secão) Atual Secretária: Rita de Cássia Oliveira Procuradoria Geral do MuniciPio Procurador Geral: Paulo Torelly Atuou como procurador na Procuradoria Geral do Estado. Procurador Adjunto: Egbert Mallmann Atual Procuradora Geral: Tatiana Carpter controladoria Geral do MuniciPio Controladora Geral: Tatiana Carpter Atualmente ocupa o cargo de Procuradora Geral do Município. Controlador Adjunto: Ricardo Maciel Atual Controladora Geral: Mari Lucia Neuhaus Mantelli Secretaria de coMunicação Secretária: Adriana Paranhos No governo de Jairo Jorge ocupou inicialmente o cargo para o qual retorna em 2013. Depois se tornou assessora de imprensa do gabinete do Prefeito. Secretário Adjunto: Túlio Moreira Atual Secretário: Evandro Dias Gomes eScritório de enGenHaria e arquitetura Secretário: Carlos Todeschini Atualmente ocupa o cargo de vereador em Porto Alegre. Secretário Adjunto: Marco Rosa eScritório de caPtação de recurSoS Secretário: Paulo Accinelli

Ocupou o cargo de subprefeito da região sudeste durante a maior parte do primeiro mandato da atual administração. Secretária Adjunta: Luciana Nobrega Secretaria de ProjetoS eSPeciaiS e inovação Secretária: Thais Pena Thais Penna é a primeira-dama e ocupa o cargo de presidente do Movimento Ação por Canoas (Maca). Secretária Adjunta: Deise Martins

Subprefeituras SubPrefeitura noroeSte Subprefeita: Maria Aparecida (Cida) Foi secretária adjunta na secretaria de Serviços Urbano durante o governo Jairo Jorge. Atual Subprefeito: Apparicio Lafayete Izidro de Lima SubPrefeitura nordeSte Subprefeito: Júlio Barbosa Ex-vereador e ex-secretário municipal. Atual Subprefeito: Edmilson André Tresoldi SubPrefeitura SudeSte Subprefeito: José Carlos Claudino (Canhoto) Funcionário público municipal. Atual Subprefeito: Antônio Paulo Pereira Astrana SubPrefeitura SudoeSte Subprefeito: Juliano Furquin É presidente da Associação das Entidades Tradicionalistas de Canoas. Atual Subprefeito: Marcos Fernando de Souza Mattge Lista com nomes que assumirão coordenadorias, autarquias e assessoria do Prefeito estão no site www.otimoneiro. com.br.


6 I O TIMONEIRO I GERAL I CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013

Vendas natalinas são consideradas satisfatórias Crescimento de vendas ficou dentro das expectativas do Sindilojas Após o período natalino, o presidente do Sindilojas Canoas, Itamar Tadeu Barboza da Silva, afirma que as vendas do comércio ficaram dentro da expectativa, com um crescimento aproximado de 10% de vendas. Segundo Tadeu, a maior movimentação para compras ocorreu no final de semana e na véspera de Natal. “É comum que muitas pessoas deixem para fazer as suas compras de última hora, algo que normalmente acontece também pelo fato de muitos receberem salário somente próximo à data comemorativa também”, diz Tadeu. O horário estendido das lojas na cidade também foi um fator contributivo às compras, programação realizada para o período natalino, possibilitando que um público mais amplo adquirisse

seus produtos. Segundo o presidente do Sindilojas, homens efetuaram mais compras comparativamente ao ano passado, algo considerado como benéfico para a elevação de vendas. “Em anos anteriores, as mulheres eram mais consumidoras do que os homens. Porém, esse quadro vem se alterando e os homens estão também fazendo muitas compras”, afirma. Uma das requisições de comerciantes da cidade é que haja um investimento maior em relação à segurança para o comércio de rua. Segundo Tadeu, houve um maior policiamento no centro de Canoas. Entretanto, o comércio de bairro ainda carece de mais rondas policiais. “O centro do município teve melhorias em relação à

segurança. Contudo, acreditamos que é preciso haver um policiamento preventivo maior no comércio de bairro. De maneira geral, o comércio de rua teve a sua segurança contemplada, mas ainda são necessários avanços”, pondera Tadeu. De maneira geral, os comerciantes requisitam que o comércio de bairro tenha os mesmos investimentos que o comércio de centro, com igualdade de condições de segurança. “É importante esse tipo de investimento. O comércio de rua é consolidado e precisa desse aporte, para a comodidade e segurança de comerciantes e consumidores. Todos esses fatores também se refletem nos índices de vendas e no sucesso do comércio”, fala.

Niterói teve bons índices de vendas no Natal O comércio do bairro Niterói é considerado um relevante segmento econômico da localidade, marcado pela grande variedade de produtos que estão à disposição da comunidade. A previsão do presidente do Sindilojas Canoas e proprietário das Óticas Vênus Niterói, Itamar Tadeu Barboza da Silva, confirmou-se, já que as vendas para o período natalino tiveram índices considerados satisfatórios. De acordo com Tadeu, o comércio de bairro cresce progressivamente e os investimentos de comerciantes em relação às lojas localizadas em bairros têm

sido cada vez maior. A grande variedade de produtos é um dos fatores apontados pelo presidente do Sindilojas como determinante para que consumidores optem por esse tipo de comércio. “Há muitos produtos e todos com a mesma qualidade e garantia de produtos vendidos no centro da cidade, por exemplo”, fala. Quem escolhe fazer compras no comércio de bairro também não necessita deslocar-se até o centro do município para adquirir seus produtos. Segundo Tadeu, esse é outro aspecto relevante e fundamental para quem opta por

comprar no bairro Niterói. “Sabemos que muitas vezes os valores de passagens com transporte público pode não compensar o deslocamento para se efetuar uma compra. Por isso, é muito comum as pessoas preferirem o comércio de bairro”, afirma Tadeu. Ainda segundo o presidente do Sindilojas, o policiamento e a segurança mais ostensiva estiveram concentrados mais no centro da cidade, de forma que o comércio do bairro Niterói não contou com o mesmo aparato de segurança como nos trechos de maior aglomeração de pessoas no município.

Alunos do La Salle Niterói são eleitos na 10ª Assembleia Estadual da PJE Nos dias 30/11, 01 e 02/12, ocorreu no Centro de Pastoral Lassalista, a 10ª Assembleia Estadual da Pastoral da Juventude Estudantil (PJE), com o tema “Fortalecendo a ação através da missão”, onde jovens e assessores das escolas do Rio Grande do Sul avaliaram a caminhada da pastoral, deliberaram

como seria sua organização, pensaram projetos e ações e escolheram pessoas que, nesses próximos dois anos, irão dinamizar e coordenar a caminhada da PJE do estado. Foram eleitos para a Coordenação Estadual os jovens Marcius Henrique (Escola Fátima), Monique Guedes, Maurício Rodrigues

(Escola La Salle Esmeralda), Fabiana Amorim (Colégio Espírito Santo), Raquel Dissegna (Colégio La Salle Niterói) e Gabriel Dornelles (ex-aluno do Colégio La Salle Niterói). Para a Equipe de Assessoria foram eleitos os assessores Cilene Bridi, Franscico Gabriel e Ir. Ana Carla Assis.

SINDICATO DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE CANOAS CNPJ 97.130.835/0001-06

A VOZ DO PROFESSOR

BALANÇO DE 2012 Chegamos ao final de mais um ano, conclusão do primeiro ano do segundo mandato. Muitos problemas foram enfrentados, alguns sem retorno por meio de diálogo, ensejando inúmeros processos na esfera judicial. Dificuldades enfrentadas durante o ano: faltam professores, professores novos se exonerando, professores antigos sem incentivo para continuar trabalhando que se aposentam precocemente, categoria com problemas de saúde, carga horária extrapolada, falta de recursos adequados para exercício das atividades, muitas cobranças, professores desestimulados, salário baixo (segundo mais baixo da Grande Porto Alegre). Enfim, encerramos o ano com muito pouco para comemorar. Mesmo com todas as dificuldades, os colegas foram guerreiros e desempenharam suas funções de forma magistral, demonstrando que a fibra dos educadores municipais é muito forte e irá perpassar os tempos difíceis impostos por pessoas insensíveis com os problemas que afligem a educação municipal. Há uma profunda preocupação com os rumos e a qualidade do ensino municipal, pois a categoria assiste com certa preocupação a falta de sensibilidade dos gestores para com os verdadeiros problemas que assolam e comprometem a qualidade do ensino municipal, mas parece que os governantes não estão olhando para esse ponto. Se passaram quatro anos e as conquistas foram muito poucas, o diálogo foi aberto, mas até o momento poucos foram os progressos. A categoria anseia um olhar especial para a educação, pois foi promessa de campanha e é um dos pontos mais divulgado na mídia, mas que na prática não está sendo efetivado. A educação infantil busca igualdade dos direitos, pois tem a mesma formação que os professores do ensino fundamental, porém continuam aguardando o respaldo da administração municipal, apesar da espera já ocorrer há mais de dois anos. Com o final dos dias letivos deste ano sem que tenhamos muito para comemorar, esperamos que em 2013 os entraves existentes que fragilizaram o processo de qualificação do ensino e da aprendizagem possam ser superados e que a valorização dos educadores não permaneça só nos discursos e que possa ser traduzido em ações concretas. Informamos que esta é a última coluna do ano, retornaremos no inicio do ano letivo de 2013. Desejamos aos educadores municipais e a comunidade canoense um FELIZ ANO DE 2013 e um bom descanso nas férias. Diretoria do SINPROCAN

SINDICATO DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE CANOAS SINPROCAN Rua XV de Janeiro, 121, conj. 203. Centro. Canoas-RS. Cep. 92010-300 Telefone: 3476-4033 E-mail – sinproc@terra.com.br


CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 7

Pronto Socorro está sucateado e atendimentos demoram muito

Segundo avaliação dos usuários, posto de saúde da Caçapava tem poucos médicos

Canoenses pedem atendimento mais ágil no HPSC e no posto Caçapava Pacientes pedem mais profissionais da saúde para que atendimentos aconteçam mais rapidamente EmErson VasconcElos E Priscila muzykant Segundo dados do DataSus, 72% das mortes ocorridas em Canoas se dão por causas evitáveis. Levando em consideração a demora para atendimento nas principais instituições de saúde do município, não é difícil compreender o motivo de tantos óbitos evitáveis ocorrerem na cidade. Na quarta-feira, 26, nossa equipe de reportagem visitou o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) e o posto de saúde da rua Caçapava, que é uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 16h do bairro Mathias Velho. Em ambas as instituições a maioria dos pacientes entrevistados afirmou estar insatisfeito com o tempo de espera no sistema de saúde. De maneira geral, os pacientes esperam que haja um aumento do número de profissionais da saúde, para que os atendimentos ocorram de maneira mais rápida e que casos emergenciais também sejam contemplados no tempo devido. Na visita realizada ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas, nossa equipe de reportagem percebeu que nada se alterou positivamente em relação ao que presenciamos em todas as outras ocasiões em que visitamos a instituição. Acompanhantes de pacientes estavam há mais de três horas sem saber se eles haviam ou não recebido atendimento. Em alguns casos, relataram que a demora para atendimento é rotineira e que estão acostumados com a situação. Outros, embora confirmem que a demora é uma constante, não se conformam e classificaram como descaso e des-

respeito o que vem acontecendo com os pacientes. Nenhum dos entrevistados reclamou da qualidade do atendimento em si. Os médicos e enfermeiros não são os alvos das reclamações. O que os pacientes pedem é que mais profissionais estejam disponíveis, pois acreditam que a demora seja ocasionada justamente pelo excesso de casos para serem solucionados por um pequeno grupo de pessoas. Um problema novo que foi verificado, em relação às visitas anteriores, é a formação de uma longa fila para atendimento no guichê de entrada. Apenas uma profissional atendia as dezenas de pessoas que chegavam ao hospital na tarde do dia 26. Enquanto pacientes com casos mais graves aguardavam no final da fila, outros, de menor gravidade, eram atendidos na frente. Desde que o Grupo Mãe de Deus assumiu a gestão do HPSC, algumas melhorias foram instaladas na sala de espera, como televisões de LCD e poltronas mais confortáveis. Embora estas mudanças tenham deixado a longa espera menos desconfortável, os entrevistados afirmaram que para eles importaria muito mais que o tempo de espera fosse reduzido. Maria Isabel Rodrigues, 43 anos, contou que chegou com o marido às 14 horas e que até as 16h30min não sabia se ele havia recebido atendimento e estava preocupada com a gravidade da situação. Segundo ela, o marido caiu de um andaime e teve uma lesão no ombro. Maria disse também que, na semana anterior, sua filha procurou atendimento no HPSC em decorrência de uma lesão e levou cerca de quatro horas

para ser atendida. Já Nilda Silveira da Silva, 62 anos, esperava o filho na sala de espera das 13h30min às 16h35min. Ele chegou ao hospital com fortes dores no estômago e febre de cerca de 40º. “É a primeira vez que venho aqui, mas estou muito preocupada. Só tem uma recepcionista atendendo e, por isso, na chegada já é complicado e depois todo esse tempo para ter alguma notícia é impossível não ficar preocupada”, disse. Segundo Márcia de Oliveira dos Santos, 35 anos, que mora em Sapucaia do Sul, mas que optou por trazer o filho menor de idade para consultar no HPSC, embora tenha havido demora no atendimento, ainda é melhor do que o hospital de sua cidade: “Eu cheguei em torno das 11 horas e ele foi atendido logo depois. Agora são 16h40min e ele está liberado. Passou por pediatra, por neurologista, fez tomografia e estamos com o resultado da tomografia na mão. Pode até ser demorado, mas está melhor do que outros hospitais”. Clemar dos Santos Gama, 27 anos, que havia chegado há cerca de uma hora nos hospital, reclamou que sua esposa havia entrado há poucos minutos para atendimento, depois de ter ficado 40 minutos aguardando na fila do balcão da recepção. “Ela sofreu um acidente no trabalho e ninguém quis saber se o caso dela era grave. Nesses casos, se é fratura, 40 minutos faz toda a diferença. Há uns quatro anos consultei aqui e era muito diferente, muito mais rápido e melhor”, concluiu.

Posto Caçapava

O posto Caçapava também

carece de avanços e melhorias, segundo pacientes que aguardavam atendimento na última semana. “Acho que poderia haver um maior número de médicos, pois quando há muito movimento aqui, com filas enormes, o tempo de espera é longo. Mas a qualidade do atendimento é boa na minha opinião”, fala a dona de casa Elenice Pugens, 45 anos. Elenice conta que está com inflamação no ouvido e que, primeiramente, foi ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas, no intuito de efetuar consulta com especialista em otorrinolaringologia, a fim de solucionar seu problema de saúde. “Disseram-me que ali não há otorrinolaringologista, há somente para casos de internação. Com isso, fui informada que deveria ir para o HPS de Porto Alegre. Agora estou aqui no posto Caçapava para tentar resolver meu problema de saúde, que ainda não foi solucionado”, diz Elenice. Outra paciente que teve dificuldades com o HPSC foi a auxiliar de serviços gerais Veridiana de Medeiros, 21 anos. Ela conta que chegou no último dia 23 ao HPSC, às 10h15min, e foi liberada somente às 19 horas. “Foi uma grande demora para um procedimento simples como o exame de sangue. Acho que é preciso mais agilidade, pois acredito que meu caso poderia ser resolvido mais rapidamente”, afirma. Veridiana conta que foi até o Posto Caçapava, em busca de atendimento mais ágil. “O exame de sangue ficou pronto e disseram que tinha algumas alterações, devido a uma infecção. Resolvi vir no posto Caçapava, pois ainda não estou me sentindo bem. Aqui no posto só mediram

a minha pressão arterial e não pediram novos exames para ver como estou e se é preciso investigar algo mais. Gostaria de ter certeza de como estou de saúde agora”, diz Veridiana. A dona de casa Janaína Nascimento, 26 anos, também acredita que o tempo de espera por atendimento deveria diminuir no Posto Caçapava. “Sempre tem demora aqui. Eu chego e tenho que esperar cerca de 45 minutos por atendimento. Muitas vezes é preciso esperar mais, quando acontece uma emergência e é preciso que alguém passe na frente. Mas, já estive aqui e cheguei em caráter de emergência e mesmo assim houve demora”, diz Janaína.

Lixo

Outro aspecto da saúde pública que necessita de atenção é o descarte de lixo hospitalar, que inadequadamente pode causar danos à saúde das pessoas e ao meio ambiente. Os dejetos produzidos em unidades de saúde são constituídos por seringas, restos de medicamentos, curativos e agulhas, dentre diversos outros itens. Conforme o Portal da Saúde do Governo Federal, há regras específicas para o descarte de resíduos provenientes de serviços de saúde. Na entrada do posto Caçapava há vários sacos de lixo que não estão em um contêiner para os resíduos. Não é possível afirmar o conteúdo dos mesmos, entretanto, a existência de um contêiner como local específico como aporte à manutenção da salubridade da unidade de saúde, em relação a qualquer tipo de lixo, é algo relevante e apontado por usuários do posto Caçapava.


8 I O TIMONEIRO I ESPECIAL I CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013


CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 11

Calor recorde precede temperaturas amenas Após alta de temperaturas, chuva deverá prevalecer na virada do ano Nessa semana, Canoas registrou 40ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. A capital gaúcha, Porto Alegre, bateu o recorde de calor do ano com temperatura máxima de 39,8ºC. O recorde anterior foi de 39,1ºC em 20 de dezembro. Também na Grande Porto Alegre, a temperatura chegou aos 40,7ºC em Campo Bom. Na mesma semana, com a chegada do temporal, a temperatura na Região Metropolitana baixou para 21°C e, após uma semana de calor intenso, permanecerá com dias chuvosos atingindo máximas de 29°C. O calor foi tanto nos últimos dias que até quem esperava ansiosamente pelo verão desejou a volta do inverno. As estudantes Camila Leal e Giovana Pretto afirmam que o calor deste final de ano está desumano, principalmente para quem mora na cidade e não tem a oportunidade de ir ao litoral. As meninas contam que além do calor intenso e da alta umidade, sofrem, também, com as oscilações de temperatura. Elas brincam que já estão sempre preparadas para dores de garganta, já que as mudanças bruscas no clima tornaram-se rotina. O administrador Marcos Müller acredita ser consequência dos atos irresponsáveis da sociedade: “Estamos colhendo o que plantamos. Parece clichê, mas é a pura verdade”. A equipe de reportagem do jornal O Timoneiro entrou em contato com o coordenador da Defesa Civil municipal, Mauro Guedes, que afirmou estarem prepa-

rados para qualquer tipo de emergência relacionado aos danos que possíveis temporais possam proporcionar. Os reforços na equipe decorrem de uma série de estragos ocorridos pelos ventos fortes e temporais bruscos que a cidade tem passado nos últimos tempos. A equipe de plantão tem o apoio da Brigada Militar, dos Bombeiros e da SAMU, que são acionados imediatamente pela equipe de monitoramento da Defesa Civil.

Saiba os serviços que funcionam no feriadão de Ano Novo A Prefeitura de Canoas não terá expediente no dia 31, vésperas de Ano Novo. O ponto facultativo para os servidores nessas datas é previsto pela lei municipal 4.390/99, que também determina o funcionamento dos serviços essenciais do Município. Saúde UPAs 16 horas e UPA do Idoso Dia 31 - funcionam das 7h às 18h. No dia 1º não abrem, assim como no domingo, 30. Farmácia Básica e farmácias distritais - não atenderão de 29 a 1º. Urgências e emergências - funcionamento normal - UPA 24 horas (bairro Rio Branco) - atende normalmente - Hospital de Pronto Socorro de Canoas - urgência, emergência e traumas (adulto e pediátrico) 24 horas (rua Caçapava, 100, bairro Mathias Velho, fone 3415-4500). - Hospital Nossa Senhora das

Graças - urgência e emergência clínica adulto, ambulatório, diagnóstico e internação hospitalar - 24 horas (rua Santos Ferreira, 1864, bairro Nossa Senhora das Graças, fone 2102-1000). - Hospital Universitário - urgência pediátrica, atendimento obstétrico (gestantes) e atendimento de urgência ginecológica - 24 horas (avenida Farroupilha, 8001, bairro São José, fone 3464-9600) - Samu - atende urgências e emergências 24 horas - telefone 192 Teleagendamento De 29 a 1º não haverá marcação de consultas. Transporte Área Azul - dia 31 - normal Horários de ônibus Dia 31 - planilha de sábado, sem a circulação de seletivos. Limpeza - A coleta de lixo domiciliar não

terá qualquer alteração - As cooperativas que realizam a Coleta Seletiva Compartilhada não trabalharão no dia 31. -A limpeza de ruas, com roçada, capina e recolhimento de entulhos, será feita normalmente nos sábados e nas segundas-feiras anteriores aos feriados. Plantão: 9935-4872 -Recolhimento de animais mortos (caso de risco à saúde pública e obstrução de vias) - sábados, 22 e 29 e segundas, 24 e 31 - plantão pelos fones 8158-0446 e 9935-4872 Defesa Civil Situações de risco - plantão 24 horas pelo 9240-1023 Cemitérios municipais Chácara Barreto e Santo Antônio Visitação das 8h30 às 12h e das 13h às 17h Sepultamentos das 9h às 12h e das 13h às 16h Plantão pelo 3465 -5881

Palavra da Ordem

Bem Vindo 2013! 2012 se encerra e isso nos remete a uma avaliação. No mesmo momento encerramos nossa gestão e, para isso , avaliamos esse triênio 2010/2012. Enquanto Presidente da Subseção de Canoas me senti muito honrada em representar os Advogados de Canoas e Nova Santa Rita. A experiência propiciou crescimento mas, as amizades adquiridas nesse período, com certeza, foi o maior ganho. Se houve aprovação do trabalho realizado na nossa gestão, atribuo ao incansável trabalho da Diretoria e Conselho gestão 2010/2012 que estiveram presentes em todos os atos da Subseção. Agradeço, dessa forma, pelo trabalho desempenhado aos Diretores: Carlos Alberto Maack, Cláudio Luiz Marafigo, Valéria Tscheika e Josias dos Santos e aos Conselheiros: Maria de Lourdes Carneiro, Rejane Soares Fanfa, Jorge Luiz Dalmás, Fábio Dornlles da Rosa, Nelson José Castro da Silva, Eduardo Gerhardt Martins, César Roberto Wolf, Loreno Luiz Zambonim e Luiz da Silva Ferreira. Nesse período foram muitas atividades em conjunto com os Advogados como: cursos e palestras, torneios esportivos, confraternizações, audiências públicas, eventos como jantar baile, noite de Talentos, homenagens para Advogados e pela passagem dos 30 anos da Subseção, enfim, várias atividades onde fizemos representar a nossa Subseção. No aspecto institucional visitamos vários Magistrados, Promotores de Justiça e Delegados a fim de garantir as prerrogativas dos Advogados. Muitos momentos alegres marcaram nossa gestão mas, infelizmente nesse período perdemos alguns colegas que se dedicaram com muita dedicação à Advocacia. Dentre estes colegas registramos nosso colega Sérgio Bandeira, Conselheiro Subseccional, Coordenador da Comissão de Esportes e Patrão do Mango da Justiça que faleceu no dia 30 de Novembro de 2012. Fica nossa homenagem para esse colega que foi parceiro, companheiro, agregador e que deixou sua marca na Subseção com sua atuante participação. Agradecemos, as lições que recebemos pelo convívio com o nosso colega Sérgio Bandeira. Passadas as eleições, a Diretoria e Conselho Estadual tomam posse no dia 01 de janeiro às 19:00 horas. Nesta data assumo uma cadeira do Conselho Estadual. Já a Diretoria eleita da Subseção Canoas e Conselho tomam posse oficial no dia 02 de janeiro às 11:00 horas na Sede da Subseção. Desejo à Diretoria e Conselho eleitos sucesso na Administração e me coloco a disposição no Conselho Estadual. Aos Advogados de Canoas e Nova Santa Rita um 2013 especial com saúde, paz, amor junto dos seus familiares e muitas realizações.

Neusa Bastos – Presidente


12 I O TIMONEIRO I GERAL I CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013

“Uma literatura dá a medida de uma sociedade”*

Associação dos Servidores Municipais de Canoas Fundada em 12/06/62 e-mail: asmc_canoas@terra.com.br site: www.asmc.com.br Fone: (51) 3472-1866

UM ANO BOM A ideia era fazer minha coluna toda em branco e deixar que cada leitor colocasse ali o que queria para o ano que se inicia. Mas pensei melhor e resolvi falar do meu ano, um Marco leite ano bom! Minha vida deu uma guinada em 2012. Foram muito valiosas minhas experiências de vida. O exercício da recuperação nunca foi tão praticado como neste ano, no qual os perigos se apresentaram em todas as situações. Mas mais uma vez, saí vencedor e caminhando em frente rumo à sonhada sobriedade. Falei aos meus familiares e minha companheira, durante a ceia de Natal, que nos últimos anos eu havia passado esta data dentro da Comunidade Terapêutica Fazenda Renascer. Foram seis maravilhosos Natais. E disse-lhes que se tiverem a oportunidade de um dia vivenciarem o evento da entidade teriam uma noite inesquecível e diferente de todos os Natais que já passaram. Mas, enfim, realmente este ano me permiti passar um Natal “em família”, que foi muito legal e cheio de alegrias. Recuperar a ação sem medos é ótimo, e sempre saliento às pessoas sobre minha condição de um alcoólico cruzado em recuperação. Mas, já não me incomodo mais com as pessoas me oferecendo algo para beber, levo na boa e com tranquilidade. Como falei antes, minha caminhada de recuperação foi de mudanças, mudei muito minha forma de pensar sobre alguns casos e situações. Só não mudei e jamais mudarei minha autovigia sobre os perigos que possam causar uma recaída. Ando com os pés no chão e não alço voos fantasiosos e de prazer imediato. Sempre disse que, em primeiro lugar, em minha vida está nunca mais usar álcool e drogas. Não me permito soltar o velho Marco, ele não é legal para ninguém. Então, vivo conforme o passo que posso dar. Se quiser pular etapas de minha caminhada, saltando, posso acabar tropeçando nas pequenas coisas. Ter a capacidade de interpretar os perigos é saber o que faz parte de uma boa recuperação. Alguns reclamam que sou um chato às vezes, que não me solto em certas situações, mas eu sei o que faço. Estou cuidando de mim! Sou egoísta com minha recuperação. Não abro mão das ferramentas que adquiri para me manter em pé e na luta pela sobriedade. Avalio o ano de 2012 como um ano de risco, e passei tranquilo por ele. Oscilações e desgostos, todos têm. E não sou eu, por estar em recuperação, que vou ser diferente. Sou um cidadão comum, com seus problemas e suas vitórias. Que em 2013 eu possa melhorar ainda mais como pessoa. Que eu consiga mais espiritualidade, dê mais amor do que receba, que transmita mais felicidade e harmonia para todos. E que consiga sempre praticar o Décimo Segundo Passo de Alcoólicos Anônimos, que é o de transmitir a mensagem e praticar esse princípio em todas as minhas atividades. E é exatamente assim que espero prosseguir em 2013, praticando mais a segunda parte do Décimo Segundo Passo, que nada mais é do que deixar de só falar, mas praticar as boas ações. Agindo assim, mostrarei para mim e a todos como é bom viver com a consciência tranquila e poder ir dormir como um vitorioso, mesmo que isso seja de 24h em 24h. Portanto, um bom ano novo para todos, que possamos colher o que plantarmos. As escolhas são nossas e a colheita é inevitável. Feliz 2013 e que todos possamos compor a corrente do bem, pois sozinho eu não consigo.

INFORMATIVO ASMC Nº. 387 - Ano III

2013

“O Livro Está na Mesa” terá autora polivalente

Dia 26 de janeiro, último sábado do mês, a professora-escritora Míriam Dalva Kinczel Oliveira será a convidada especial do projeto “O Livro está na mesa”, que reúne em almoço no Canoas Tênis Clube, escritores e leitores. O único objetivo é valorizar o Livro e a leitura como meios de humanização. Míriam é lincenciadaem Letras/ Espanhol, pela UniRitter, e Especialista em Educação de Jovens e Adultos pela UniLaSalle; contadora de histórias na Feira do Livro de Canoas; organizadora do projeto de Formação de Educadores Comunitários do Programa Escola-Comunidade/Mias Educação. Também ministra oficinas Leitura e Arte, para professores e atendentes de bibliotecas. É coordenadora do Clube de Leitura e Arte, na Biblioteca Pública “João Palma da Silva”, onde promove debates entre alunos, escritores e leitores. Autora de livros de contos, crônicas e biografias. Neste gênero, escreveu biografia do Hugo Simões Lagranha. Está, agora, empenhada na escrita de poemas e crônicas.

“Lança-te no azul profundo”

O irmão lassalista Henrique Justo, nosso associado, escritor de muitos livros, lançou um de poemas em 2005, apresentado por outro de nossos sócios, Canabarro Tróis filho, que contém esta pequena maravilha: “Ideal Persegue-o / não com o vôo / balouçante, vagaroso e incerto / do teco-teco.../ Embarca no a jato / do entusiasmo impetuoso, / e lança-te no azul profundo...” O pequeno volume foi patrocinado pela Fundação Cultural de Canoas, extinta pelo atual governo municipal.

* Frase do poeta português Guerra Junqueiro.

Direito Previdenciário

Salário-família dobrado para mãe com filho pequeno Airton Joel Cardoso*

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou, no último dia 5, o Projeto de Lei 3251/12, do Senado, que prevê o pagamento em dobro do salário-família à segurada do Regime Geral de Previdência Social com filho em idade de zero a seis anos. A proposta modifica a Lei 8.213/91, que regulamenta os planos de benefícios previdenciários. O relator, deputado Eleuses Paiva (PSD-SP), recomendou a aprovação da proposta. Na opinião dele, os benefícios sociais proporcionados a mães e filhos pela proposta compensam o aumento de despesas que a Previdência terá. “Trata-se, portanto, de um recurso público que será muito bem gasto”, concluiu. Regras atuais- O salário-família é um benefício pago aos segurados empregados, exceto os domésticos, e aos trabalhadores avulsos com salário mensal de até R$ 915,05, para auxiliar no sustento dos filhos de até 14 anos de idade ou inválidos de qualquer idade.

Atualmente, de acordo com a Portaria Interministerial 2, de 6 de janeiro de 2012, o valor do benefício é de R$ 31,22, por filho de até 14 anos incompletos ou inválido para quem ganhar até R$ 608,80. No caso do trabalhador que recebe de R$ 608,81 a R$ 915,05, o valor do salário-família por filho de até 14 anos de idade ou inválido de qualquer idade equivale a R$ 22,00. De acordo com a justificativa do projeto, a má distribuição de tarefas entre homens e mulheres em casa e no cuidado com os filhos restringe a inserção das mães no mercado de trabalho, principalmente nas carreiras mais bem remuneradas. Tramitação - A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será ainda analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.Fonte: Câmara dos Deputados Federais *Advogado OAB/RS 43.486 Telefone: 3059.1111 / 8419.5050

A partir do dia 02 de janeiro de 2013, teremos alterações com referência à cedência do salão social da ASMC. Como a ASMC faz filantropia para dezenas de entidades de Canoas, pagando do seu caixa quando das cedências, pois temos que pagar o gás, as horas extras do funcionário que fica à disposição, a cera do salão, os materiais de limpeza, o papel higiênico, as toalhas nos banheiros (locadas da Alsco Toalheiro do Brasil), a energia elétrica, a água e quando existe a cedência das toalhas, temos as despesas com o sabão em pó, energia elétrica, para lavar e passar além dos desgastes dos materiais. Portanto, a partir do inicio do ano de 2013, tudo vai mudar, pois se o associado necessitar utilizar os salões, ele pagará as taxas, porque as entidades filantrópicas também não poderão pagar. Caso o salão permaneça fechado, a ASMC estará lucrando ou não tendo despesas, somente de IPTU. Em 2013 a sede social pagou R$ 16.849,69. A tabela de valores para cobrir as despesas de água, energia elétrica, hora extra do funcionário, lavagem do salão, banheiros, cozinha, copa, cera, papel higiênico industrial, (06) banheiros, toalhas locadas da Alsco Toalheiro do Brasil, sabonete líquido, gás, desinfetante, detergente de louça, Bombril, saponáceo, álcool, sabão em pó, desgaste do material, freezer e frigider. - Até 200 pessoas – R$ 862,00 - Até 300 pessoas – R$ 1.100,00 - Até 400 pessoas – R$ 1.500,00 - Com música ao vivo, mais R$ 300,00. Se for necessário lavar as louças, talheres, copos, panelas, bacias, travessas, espetos, deverá ser pago as taxas para: - Até 200 pessoas – R$ 350,00 - Até 300 pessoas – R$ 450,00 e - Até 400 pessoas – R$ 600,00 - Além de uma caução de R$ 700,00 SALÃO DO ESPORTE - Até 160 pessoas (sentadas) – R$ 400,00 - Com lavagem do material, mais R$ 150,00 As toalhas, tanto no Salão Social como no Salão de Esportes são locadas à parte. - Valor da lavagem de uma toalha na lavanderia particular – R$ 12,00 (a unidade).

SEDE CAMPESTRE

Com a construção das cabanas na Sede Campestre, agora com todos os materiais de cozinha necessários, caso o associado desejar utilizá-los, ele pagará uma taxa diária. A cabana não é dormitório, não possui móveis e camas, portanto, a não ser em caso de temporal ou chuva, que poderá ser utilizada como dormitório. Nesse caso tem que levar colchão. A taxa é para cobrir as despesas com gás, energia elétrica, água e os desgastes dos materiais, além dos materiais de limpeza. Uma diária entre 8h da manhã às 19h – R$ 10,00 Diária com pernoite (24h) – R$ 15,00 Se o associado dispensar o gás – a diária de 24h diminui para – R$ 10,00. Os valores do uso das cabanas, não implicam nos valores de uso do acampamento e piscinas, que permanecem inalterados.

FÉRIAS

Nada melhor do que uma viagem ao exterior para curtir a aposentadoria. É o que está acontecendo com o meu mano Felisberto Farias e sua esposa Vera, que foram aposentados em 2012, ele como Fiscal de Obras Viárias e ela como Professora do Município de Canoas e do Estado. O casal viajou no dia 13 de dezembro direto para a Irlanda e de lá iriam para Londres, usariam o Trem Bala que passa pelo Eurotúnel, por baixo do mar até Paris. De Paris foram para Roma na Itália assistir à Missa do Galo, retornando de avião para Dublin na Irlanda e da Irlanda retornam a Porto Alegre, chegando no dia 27 de dezembro. Quinze dias de um passeio inesquecível. Só em assistir a Missa do Galo, conhecer os italianos e estar junto ao Papa em Roma, já valeu o passeio.Parabéns ao mano e a cunhada Vera, associados da ASMC.

JORNAL ASMC

Depois de diversos empecilhos, enfim saiu a edição do jornal ASMC, que deveria ter sido publicado no mês de outubro. As matérias correspondem aos 50 Anos da ASMC, Semana Farroupilha, Dia do Professor, etc. Para não entrarmos 2013 faltando essa edição, o mesmo foi publicado na íntegra, de acordo com as noticias da época. Em 2013 vamos reestruturar o nosso Jornal com mais opiniões e datas fixas pré-agendadas para a circulação. Aos chegarmos ao final de mais um ano, com altos e baixos, conseguimos nos manter sempre no positivo. O Informativo ASMC encerra o ano de 2012 com 387 edições publicadas. Em 2012 estaremos firme novamente transmitindo as notícias da ASMC. Desejamos aos nossos leitores, associados, empresas conveniadas um Feliz 2013. ASMC 50 ANOS COM VOCÊ. Firmo Farias dos Santos Presidente


CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013 I GERAL I O TIMONEIRO I 13

negócios & serviços Júlio Fontes

TIM inaugura loja em Canoas

Garantir maior competitividade no mercado local de telefonia fixa e móvel é o que a TIM promete para os próximos meses. A estimativa se confirma com a ampliação no número de colaboradores e de lojas. De setembro do ano passado até agora, a concessionária de telefonia fixa e móvel ampliou de três para 11 lojas no Rio Grande do Sul. A décima loja da empresa, com bandeira própria, foi inaugurada em Canoas no dia 14 de dezembro último. Quem quiser comprar um celular novo pode se dirigir até a mais nova loja TIM no Estado. Fica na Rua 15 de Janeiro, número 320, bem no centro da cidade. Ali, você será atendido pelos oito colaboradores, coordenados pelo gerente da unidade, Luis Fernando Pegoraro. Fonte: Sindilojas Canoas A AUDAX4 está com inscrições abertas até o dia 5 de janeiro para mais um desafio, o Atlântida – Xangilá Nigth Running, que acontecerá no dia 12 de janeiro, às 21horas. Maiores informações e inscrições pelo www.audax4. com.br ou na Paquetá Esportes do Barra Shopping Sul e Shopping Iguatemi.

Azul e Trip rumo a mais um destino: Pelotas

A Azul Linhas Aéreas e a Trip Linhas Aéreas chegarão a mais um destino no Brasil, caso o pedido de Horário de Transporte (Hotran) feito à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar voos em Pelotas (RS) seja aprovado. As operações serão realizadas pelas aeronaves ATR 72 da Trip, com capacidade para 68 assentos. Os voos têm previsão de início em 20 de fevereiro de 2013 e serão diários, ligando Pelotas a Porto Alegre. Pelotas será a terceira cidade servida pelas empresas no estado do Rio Grande do Sul ao lado de Porto Alegre e Caxias do Sul. Após o aval da agência reguladora, as passagens serão comercializadas pelos canais de vendas da Azul. As companhias, que estão em processo de fusão desde 28 de maio, concluíram no início deste mês a integração de seus sistemas, concentrando todos os canais de atendimento e reservas na Azul.

julio.fontes@otimoneiro.com.br

Destaques Simecan 2012

O Sindicato das Indústrias Metalmecânicas e Eletroeletrônicas de Canoas e Nova Santa Rita realizou em 29 de novembro a 11ª edição do Troféu Destaques Simecan, com o objetivo de homenagear as conquistas das empresas associadas. Neste ano, as empresas premiadas foram a AGCO Corporation e a Urano Indústria de Balanças. A Prefeitura de Canoas também recebeu o troféu pela parceria desenvolvida durante a Ilha Simecan na Mercopar. Já a família do empresário Vitor Lemieszewski, falecido neste ano, recebeu uma homenagem póstuma em reconhecimento ao trabalho realizado como vice-presidente do sindicato e também à frente da Inelbra Industrial Elétrica, empresa fundada por ele em 1989. NOVA GESTÃO – Durante o Destaques Simecan também foi realizada a cerimônia de posse oficial da nova diretoria da entidade para o período dezembro/2012 a dezembro/2015. A presidência ficará novamente a cargo de Roberto Machemer, que terá quatro vices: Guilherme Aggens, José Luiz Raymundo, Luis Vicente Jung e Werner Spieweck. Os diretores são os empresários Gilson Castro, Ivanir Antônio Gobbi, Paulo Sérgio Zamprogna, Paulo Renato Zveibrucker e Sérgio Mallmann. O Conselho é formado por Ademar Antônio Pedruzzi, Gilberto Alves da Silva, Alexandre Longhi Lemieszewski, Cláudio Onofre Ramos de Souza, Nicolau Aguiar Martins e Fábio Floriani.

1° Natal Solidário

Feliz ano novo

Chegamos mais uma vez ao final de ano. Momentos de comemorações e reflexões sobre tudo que foi feito no ano que passou. Hora de determinar o que deve continuar e o que precisa ser revisto, ou até mesmo eliminado. Nós da Futuro Craque tivemos uma ano intenso, foram competições de futebol de campo onde fomos semifinalistas nas categorias sub 11 e sub 13, ficando entre as quatros melhores escolas do Grêmio da Região metropolitana. No futsal foram sete disputas com 5 títulos. Na Copa Deiques Campeão com a sub 9, sub 11 e sub 13. Na Copa Timoneiro Campeão Sub 9 e Feminino e dois terceiros lugares sub 11 e sub 13. No futebol Society Campeão com a sub 11 e com a sub 13. Tudo isso serviu para que pudéssemos alcançar nosso principal objetivo, novos aprovados para a seleção sub 10 de 2013 do Grêmio FBPA. Foram 5 este ano, Arthur Avila, Vitor Vera, Luis Fernando Muller, Luciano Daltoé e Thiago Stalbaum. Todos eles apresentam-se em março no clube. Agradecemos a todos os pais, amigos, aos nossos colaboradores e professores Antônio Araújo, Jaqueline Peres, Carlos Alberto e Gustavo Quadros , que acreditaram e nos acompanharam pela longa jornada que foi o ano de 2012. Um Feliz 2013 a todos.

O Consulado do Sport Club Internacional de Canoas e a Associação dos Colorados de Canoas, no último dia 22, organizou o 1º Natal Solidário, reunindo em torno de 1000 crianças do bairro Mathias Velho na escola Thiago Wurth.O Sport Club internacional enviou o boneco Escurinho e o Saci que fizeram a alegria das crianças. Foram distribuídos cachorro quente, refrigerante, picolé e brinquedos para meninos e meninas. Houve, ainda, a parceria do Rotary Clube Industrial, que com os rotarianos e familiares, ajudaram conjuntamente com membros do Consulado e Associação na organização e entrega dos lanches e presentes. O consulado, juntamente com seus membros, tem se notabilizado pelas ações sociais no município, como destaca o cônsul Vitor Hugo Ahlert, sendo que a idéia é repetir nos próximos anos, fazendo com que se faça um rodízio nos bairros mais carentes da cidade.

P ublicações l e g a i s ligue 3032.3022

EDITAIS, LEILÕES, BALANÇOS SOCIAIS, CONVOCAÇÕES, PARTICIPAÇÕES DE FALECIMENTO E CONVITES PARA MISSA, PERDA DE DOCUMENTOS.


14 I O TIMONEIRO I CULTURA I CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013

A história de Canoas, mês a mês ABRIL, 1955 “Precisamos muito do dinheiro dos americanos, de dólar, mas não esqueçamos de que somos independentes”. Adiante, a mesma pessoa disse que “O Rio Grande do Sul não é colônia, a ninguém cabe intervir na administração, na contabilidade e nas tarifas do Plano de Eletrificação”. Estas palavras, do mais radical nacionalismo, não foram de um radical esquerdista, daqueles que odiavam a tudo que viesse dos Estados Unidos. Não, foram proferidas pelo pacato Ildo Meneghetti, então governador do Rio Grande do Sul. A notícia saiu no pequeno semanário O Momento, edição da quarta semana de abril de 55: “Em 1952, no mês de dezembro, foi aprovada pela nossa Assembléia a lei nº 1735, que se refere ao empréstimo contratado com o The National Bank of Bevelopment and Reconstruction, no montante de 25 milhões de dólares, destinado ao desenvolvimento do dito plano”, que era o Plano de Eletrificação do RS. “Agora, em 19 do corrente, o Governador do Estado, Sr. Ildo Meneghetti, durante a mesa redonda das associações comerciais da Zona Sul, denunciou a intrusão dos norte-americanos, representantes daquele estabelecimento de crédito, em assuntos privativos do Governo, chegando ao desavergonhado extremo de sugerir a retirada do engenheiro Noé de Freitas da CEEE, para colocar em seu lugar um engenheiro norte-americano! (...) ... apenas queriam sabotar nosso Plano de Eletrificação, conforme manda a sua tradição de agiotagem internacional. Mas, felizmente, o nosso Governador encheu-se de brios e repeliu, patrioticamente, a tão malévolas intenções, culminando com suas declarações”. O engenheiro Meneghetti foi eleito governador do RS em 1954. Voltou a ser eleito em 1962. Era tido como um conservador e, até suas declarações de repúdio à intromissão, era chamado de “entreguista”. O episódio aqui lembrado prova que, mais profundo que as ideologias, há um sentimento de amor à pátria, o orgulho nacional. (CT).

Maçonaria

O Amor sobre o egoísmo O amor a todos e a tudo é a base da felicidade. O amor fraternal, no caso de nossa instituição, é a própria razão de ser. Sem ele, as colunas espirituais, que são as mais importantes, se abatem e a chama do ideal se apaga. O amor é “o cimento e a glória da antiga fraternidade”. A Maçonaria cultiva o Amor como uma virtude fundamental, porque ele “constrói agora e depois, além de ser uma vitória sobre o egoísmo”, que exclui a fraternidade e qualquer adesão a causas de interesse comum. Plotino, filó sofo grego (c. 205 – c. 270), nos ensina que “cada Amor particular está unido a uma alma particular, justamente como o Amor Universal, inerente ao todo, está integralmente e por toda a parte no Universo. De um, que é, torna-se múltiplo”. Confúcio, um de nossos mestres, afirma que “Amar é reconhecer os defeitos de quem se ama; odiar e reconhecer as boas qualidades de quem se odeia – eis duas coisas bem raras sob o céu”. (Sócrates).

Memória da Cidade NOVEMBRO, 1963 Breno Moura Cunha, aqui retratado no traço de Francisco R. T. Tróis, foi eleito vereador suplente, sob a legenda do PDC/Partido Democrata Cristão, no pleito de 10 de novembro de 1963. Exerceu o mandato várias vezes, em licenças do titular Antônio Canabarro Tróis filho, conforme compromisso prévio de rodízio. Lina Plentz Alves ocupava a segunda cadeira do PDC, que apresentou outros candidatos: Adroaldo Fialho, Antônio Ayrton Lima de Araújo, Arno Dannenberg, Cláudio Geraldo Nichele, Eduvino Rosamundo Hack, Ernesto Carvalho, Francisco Dequi, Moisés Machado, Normery Vieira Flores, Oscalino Valentim de Souza, Pedro dos Santos (também diplomado como suplente, e que também exerceu o mandato), Roque Olavo Bracht e Victor Oli Gomes.

Agenda tradicionalista

Cultura, o que a Capital oferece Olegar Lopes*

Muitas vezes precisamos de um forte motivo para descobrir o que o nosso vizinho pode nos oferecer - este é o meu caso, estava acostumado a frequentar um único evento cultural em Porto Alegre, a Feira do Livro. Sei que muitos outros existem, mas por comodismo me contento com o pouco que a aldeia oferece. Como já disse, um forte motivo me levou a deixar o comodismo da aldeia de lado, ir até a “Mui Leal e Valerosa” Porto Alegre e assim conhecer o Teatro Renascença, onde a Secretaria de Cultura de Porto Alegre anunciou os vencedores do Prêmio Açorianos de Dança. O forte motivo: nossa neta Carini foi uma das cinco indicadas na categoria bailarina ao Prêmio Açorianos. Embora sabendo da qualidade e experiência das demais concorrentes, como Luciana Paludo, Gabriela Chultz, Andréa Spolaor e Ana Medeiros (a grande vencedora), só o fato de Carini estar entre as indicadas no mais importante evento de premiação de todos os segmentos culturais de Porto Alegre, como é o Açorianos, foi motivo para sair de casa à noite. Entre os diversos segmentos da dança estavam Jazz, Sapateado, Flamenco, Danças Urbanas, Folclóricas/Étnicas, Dança do Ventre, Dança de Salão, Dança Contemporânea e Ballet Clássico. O vence-

dor na categoria Folclóricas/Étnicas foi o grupo Os Gaúchos, grupo folclórico com mais de cinqüenta anos de atividades que, na abertura, brindou o público com show de danças folclóricas gaúchas. Ecad em Canoas Já esta funcionando em Canoas, na rua Quinze de Janeiro, 184, a Unidade Canoas do Ecad, instituição responsável pela arrecadação e distribuição dos direitos autorais de execução pública musical em todo o Brasil. O Ecad mantém um acordo com o MTG sobre o valor de arrecadação dos direitos autorais que cabe às entidades tradicionalistas, valor fixo que deve ser arrecadado mensalmente. Acordo que foi intermediado pelo então Deputado Jarbas Lima, e que no meu entendimento beneficia as entidades tradicionalistas que optarem por este sistema de arrecadação. Ano Novo Ao cruzares a porteira de 2013, leve no ombro uma mala de garupa cheia de humildade, amor, paz e prosperidade.

Tradicionalista - olegar.tradicionalista@yahoo.com.


CANOAS, 28 DE DEZEMBRO DE 2012 A 3 DE JANEIRO DE 2013 I SOCIAL I O TIMONEIRO I 15

A festa Emoção e muita felicidade foi o que sentiram meus amigos Laney e Bebeto Azevedo na festa de comemoração de nossos aniversariantes no CSSGAPA. Bebeto Azevedo, Alide Azevedo e Laney Langaro

Deise Nunes e Lair Ferst

Rubia e Beto Gewehr

Simone Salvadori e Thais Pena

Ligia e Ildo Bettinelli

Fernando e Jussara Casagrande

Ediclir José Pedro e Doraci Patzlaff

Josias Santos e Fábio Romani Verardi Marcelo Soes, Marceli Viana e Jonathan Marko

JOAPI

Jonas Sulzbach e Matheus Possebon


I N S S Airton Joel Cardoso OAB-RS 43.486

Segurado do INSS, requeira já sua aposentadoria, não espere mais tempo, procure-nos, pois encaminhamos revisão de pensão, aposentadoria, auxilio-doença e aposentadoria por invalidez. O INSS indeferiu sua aposentadoria ou pensão, venha nos consultar. Rua Frei Orlando, 33/404 ao lado da Praça do Avião Centro Fone: (51) 3059.1111 – 8419.5050

Posse vai ser seguida de atração cultural no dia 1º

A posse do prefeito de Canoas, Jairo Jorge, de sua vice, Beth Colombo, e dos 21 vereadores, vai ser seguida por um momento artístico e uma confraternização. A cerimônia oficial de posse deve ter início às 17h, na Câmara Municipal de Vereadores. No segmento, às 19h, o prefeito realiza uma fala pública aos canoenses no Paço Municipal, em frente ao prédio da Prefeitura de Canoas. Uma atividade artística está sendo programada também para ser realizada na ocasião. Ainda durante a noite de terça-feira, um jantar de confraternização vai ser realizado para um público com convites antecipados.

Canoas, 28 de dezembro de 2012 a 3 de janeiro de 2013

Programa para atividade física no verão Adultos e pessoas da terceira idade têm oportunidade de praticar atividade física nas férias de verão, por meio do Programa de Lazer, Atividade Física e Saúde (PLAFS). O programa funciona em seis núcleos da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e nas dez academias públicas ao ar livre instaladas na cidade. As inscrições são gratuitas. Informações pelo telefone 3472-2305.

Unidades

CAIC Guajuviras Quarta-feira e quinta-feira - ginástica e ritmos - 8h às 9h e das 16h às 17h Abertas as inscrições para alunos novos com ingresso imediato com a devida apresentação do atestado médico. Parque Esportivo Eduardo Gomes Segunda-feira e quarta-feira - ginástica localizada - 9h às 10h Sexta-feira - academia - 9h às 10h Inscrições abertas para alunos novos (a partir do dia 15 de janeiro) com ingresso imediato com a devida apresentação do

atestado médico. Parque Municipal Getúlio Vargas Segunda-feira e quarta-feira - ginástica localizada - 8h às 9h Terça-feira e e quinta-feira - tai chi chuan - 8h Terça-feira e quinta-feira - chi kung - 9h30 Abertas as inscrições para alunos novos com ingresso imediato com a devida apresentação do atestado médico. Centro Esportivo São Luiz Segunda-feira e quarta-feira - ginástica localizada - 8h15 às 9h15 Segunda-feira e quarta-feira - câmbio - 9h15 às 11h Abertas as inscrições para alunos novos com ingresso imediato com a devida apresentação do atestado médico. Centro Olímpico Municipal Terça-feira e quinta-feira - musculação - 17h às 21h30 Segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira - musculação - 18h às 22h Inscrições esgotadas

CSU Mathias Velho Terça-feira e quinta-feira - ginástica localizada - 8h às 9h Segunda-feira e quarta-feira - yoga 7h30, 8h45 e 10h Inscrições esgotadas Academias ao ar livre (com orientação de estagiários) Rio Branco Praça Lotário Steffens - 8h às 10h Niterói Rua Venâncio Aires (praça ao lado do Rapach) - segunda a sexta-feira - 8h às 10h Praça Dona Mocinha - terça-feira - 8h às 10h Vila Ideal Terças e quintas-feiras - 7h30 às 13h30 e sexta-feira - 15h às 20h30 Fátima Parque Municipal Eduardo Gomes segunda e quarta-feira - 9h às 10h Mato Grande Praça do Central Park - terças e quintas-feiras, 15h às 17h, a partir de 3 de janeiro


O Timoneiro - 2528