Page 1

47 anos Edição n° 2582 Fundado em 29.07.66

Canoas, 10 a 16 de janeiro de 2014

Uniformes escolares

R$ 1,50

Cuidados com a saúde

Prefeitura divulga cronograma de entrega de uniformes escolares nas escolas municipais. A dúvida é se os atos servirão de palanque, como em 2012, ano eleitoral como 2014. Confira os valores pagos.

O forte calor do início do verão, aliado com o aumento da realização de atividades físicas, pode se tornar um vilão para a saúde. Saiba quais os cuidados deve tomar.

Página 9.

Página 7.

CAOS NA EDUCAÇÃO SAÚDE RESTRINGIDA

Exigência de cartão também causa polêmica em São Paulo

Prefeitura não paga férias dos professores

Pág. 9

Pág.5

815 DE JANEIRO

Os 74 da instalação do município

Pág.7


Conquiste a Ilha da Magia.

A 250m do mar O Las Piedras é um resort residencial, localizado na praia do Morro das Pedras na ilha de Florianópolis, ao lado da praia do Campeche. Com estrutura completa de lazer, segurança 24 horas e cinco tipologias de casas de 2 e 3 dormitórios. Área privativa a partir de 78,09m² até 117,93m². Aproveite valores de pré-lançamento a partir de R$ 313.069,00 Faça sua reserva: marketing@segura.com.br

Ligue: 51 8122.4077 CRECI 586J

www.segura.com.br


CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014 I POLÍTICA I O TIMONEIRO I 3

jorgeuequed@terra.com.br

INTERINO VANDERLEI DUTRA O TITULAR ESTÁ DE FÉRIAS

OPERAÇÃO KILOWATT

A Secretaria de Obras do Estado, que tem o canoense Luis Carlos Busato como titular, está sofrendo uma devassa da Polícia Civil, que investiga desvio de dinheiro público que seria para a realização de obras públicas. A Delegacia Fazendária do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) deflagrou nesta quintafeira a operação Kilowatt para combater crimes licitatórios e contra a Administração Pública. De acordo com o delegado Joerberth Nunes, a polícia investiga desvio de R$ 12 milhões em obras públicas estaduais. Segundo ele, teria havido superfaturamento e pagamento de propina a servidores públicos responsáveis pela fiscalização. Busato foi avisado da operação por um telefonema da Polícia Civil, no início da manhã e, ao longo do de quintafeira, anunciou afastamento de servidores envolvidos. A operação ocorre em Canela, Ivoti, Nova Petrópolis, Novo Hamburgo, Porto Alegre e São Leopoldo. Em São Paulo, os alvos são os municípios de Campinas e Limeira. Segundo o delegado Nunes, foram emitidas 41 ordens judiciais. Há mandados de busca e apreensão para órgãos públicos, empresas e residências, além de mandados de prisão dirigidos a servidores e empresários.

DESESPERO

A nota publicada na página oficial do PT no Facebook tornou público a preocupação que o partido tem com a candidatura que será fruto da aliança programática de Marina Silva (REDE) e Eduardo Campos (PSB). Ambos foram deslealmente atacados na nota, com expressões de baixo nível, inclusive. O Partido dos Trabalhadores, que tentará a reeleição da presidente Dilma, deu início à baixaria eleitoral, estratégia dos desesperados.

MENSALÃO, AINDA

Ainda falta ir para a cadeia e perder o mandato o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP). Pois ele pode ser preso a qualquer momento desde a rejeição de um recurso seu por parte do ministro do STF Joaquim Barbosa. Faltou a determinação do início do cumprimento da pena de seis anos e quatro meses em regime semiaberto antes de Barbosa entrar de férias, mas esta decisão pode ser assinada a qualquer momento pela ministra Carmem Lúcia, que assumiu a presidência.

COPA DO DESPERDÍCIO

Incontáveis os milhões de reais que escoaram pelo ralo com a formação de secretarias especiais para a Copa do Mundo em muitos municípios e estados. Em Canoas, uma secretaria abrigou inúmeros cargos políticos e, agora que está decidido que nenhuma seleção sequer pisará na cidade, a Prefeitura tem a cara de pau de dizer que ficará o legado. Só se for o legado do desperdício do dinheiro público, o que se dispensa.

BARBÁRIE NO MARANHÃO

Enquanto a governadora do Maranhão licita a compra de grande quantidade de lagosta, filé, champanhe e outros produtos para abastecer a residência oficial, verdadeira selvageria acontece nas prisões do estado do Nordeste brasileiro. Dezenas morrem por ano no sistema carcerário, mas o estopim da crise foi a decapitação de alguns presos por outros, que comemoraram muito em frente a celulares que filmaram tudo. As cenas, com as cabeças exibidas como troféus, chegaram aos meios de comunicação e deixou o mundo chocado. O feudo da família Sarney é o maior exemplo de um tipo de política dos tempos coloniais que deve ser enterrado de vez, sob pena do Brasil continuar sem progredir social e economicamente.

BR-448

Começam a chegar nas redações e a circular nas redes sociais reclamações de usuários da BR-448 sobre falta de iluminação, perigo de assaltos e a grande quantidade de cães soltos pela via, o que pode causar acidentes graves.

DESCASO COM PROFESSORES

Mais uma vez o Governo Jairo Jorge pune os professores, já tão desmoralizados em sua administração. O Prefeito rompeu com a tradição recente de os educadores receberem antes de sair os vencimentos referentes às férias, como acontece com todos os trabalhadores. Pois já é dia 10 de janeiro e os professores ainda não viram pingar em suas contas os valores a que têm direito. Estão tendo que passar as férias com suas famílias sem o dinheiro que contavam. Uma vergonha!

TEMPORAIS

Ainda não chegaram - e espera-se que não cheguem os temporais de verão. Os moradores dos bairros olham para o céu com alívio, pois não sabem se seus móveis e residências resistirão a um temporal de verão depois que obras inacabadas nas valas da cidade e a construção da BR-448 começaram a represar a água das chuvas. A tragédia está anunciada e, infelizmente, a Prefeitura nada faz para impedir os danos.


4 I O TIMONEIRO I OPINIÃO I CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014

Editorial

Atentado à saúde O País se escandaliza com o caso da cidade de Barueri (SP), que obrigou os usuários do sistema público de saúde a fazerem um cadastro para que possa receber atendimento médico, mediante um cartão contendo seus dados. Muito parecido com o que acontece com Canoas, exceto pelas causas que levaram as Prefeituras das duas cidades a tomarem tal medida. Em Barueri, o Prefeito tomou a decisão para limitar o atendimento médico aos moradores da cidade. Em Canoas, no entanto, não há esta justificativa, uma vez que são os canoenses que buscam atendimento na Capital, e o motivo que levou a nossa Prefeitura a fazer isto é puramente eleitoral. De posse dos dados dos usuários, os mandatários atuais deverão utilizá-los futuramente, em épocas eleitorais. Não há outra justificativa, uma vez que o cartão dificulta o atendimento e ainda gera custos ao município. É importante lembrar que os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) já são obrigados a terem um cadastro, que também gera um cartão. Tais medidas apenas deixam os usuários do SUS ainda mais longe do que mais necessitam, que é o atendimento médico, que nem pelas prefeituras é pago, pois é custeado pelo Governo Federal.

usuário “doO SUS já é

cadastrado e já tem um cartão, deixando claro que o Cartão Canoas não tem utilidade.”

Repetir não é regredir

I - Como entender tantos inimigos do SUS

Canabarro Tróis filho*

Odil Gonçalves Gomes*

Repetir pode ser para reforçar uma afirmativa, uma palavra, uma intenção. Assim como recortar partes de jornais e revistas é recordar para o futuro. Pode nada ter a ver com voltar, mas sim tornar-se mais forte, mais capaz de avançar no tempo com mais sabedoria. Assim como republicar textos antigos, a fim de repensar, para confirmar ou corrigir posições tomadas diante de fatos que a vida, no seu tumulto, produz para nos desafiar. Este cronista, que começou a ficar velho, está republicando idéias suas, sobre política, amor, fraternidade, solidão etc. Em dia recente, republicou o texto seguinte, de 12 de setembro de 1986. “Já disse, e já escrevi, que somos todos deficientes, em múltiplos graus. Vejam em que fundura meteram o mundo os chamados suficientes, os supereficientes, os que se apresentam como realizados, e concordem que é hora de revisar os conceitos ortodoxos, quadrados, de normalidade. Aceitem que é a hora exata de confessarmos que somos deficientes no amor, incompetentes na fraternidade, maus executores das leis que nós mesmos escrevemos e péssimos cumpridores das leis traçadas pelo Grande Arquiteto”. Essas palavras foram publicadas há vinte e sete anos, mas podem servir a uma interpretação da realidade atual. Tomara que sirvam, ao menos, para uma futura interpretação. Caso negativo, se elas a ninguém serviram, fica evidente que o cronista foi apressado, não as repetiu repensando-as para dar-lhes um mínimo de sabedoria. A pressa, também no campo das idéias, pode nos submeter a perigos como o da incompreensão e o do confronto. As palavras, que servem ser jogadas fora, desperdiçadas...

Na Lei Complementar nº. 141/2012 se regulamentou a Emenda Constitucional 29, criada no Congresso Nacional em 2000, sem regulamentação por 11 anos, criando inúmeras situações complicadas de não aplicação de percentuais cabíveis de 10% Federal, 12% nos estados e 15% nos municipios. O nosso Rio Grande do Sul nunca colocou os 12% e no ano de 2013, havia uma promessa não concretizada. Interessante salientar que, desde 2003, nosso CES/ RS – Conselho Estadual de Saúde, vem sistematicamente buscando no MP e judiciário, já tendo decisões favoráveis, sem execução final. Em 2013, um movimento de saúde +10, com a participação da OAB, inclusive com apoio do CES/RS, numa reunião na sua sede regional, Washington Luiz/POA, sendo suspensa nossa reunião da mesa diretora e fomos todos participar desse encontro. Minha surpresa quando cheguei, a elite social tidos com os representantes da Assembleia Legislativa, MP, Clero, Federação dos trabalhadores e saúde, CREMERS, SIMERS sendo que destes últimos três representações da categoria, os quais com projeções em tela. Nosso Presidente do CES/RS o Sr. Paulo Humberto G. da Silva, representando o Controle Social, nem citado havia sido. Claro, tomei, me inscrevi e pedi explicação para tal situação, endereçando a mesa dirigente dos trabalhos, que após, nominou a sua presença. Os debates por mais de duas horas, com todos se manifestado, chamando então o Presidente do CES/RS dando-lhe um total de 3 minutos para a sua manifestação em nome do Controle Social a um publico de assistência de 50% dos que estavam no inicio dos trabalhos. O Presidente se esforçou para em prazo tão pequeno expor tudo que se passa do equívocos onde a própria Assembleia Legislativa aceita o orçamento do Estado na área de saúde, sem passar pelo CES/RS, aprovando-o, bem como o próprio Tribunal de Contas. Nossa parte fizemos dentro das limitações impostas ao Controle Social, que permanentemente tem sofrido cortes de pessoal e de técnicos. (segue)

*Escritor, jornalista, editor dos Cadernos Canoenses, mantenedor da Fundação Cultural de Canoas, membro da Associação Canoense de Escritores, da Associação Canoense de Comunicação Social e da Casa do Poeta

*Comunitarista

E a ética, onde fica? Antônio Mesquita Galvão*

Desde 1966 relatando a história de Canoas Editado por: CEDRO - Editora e Empresa de Comunicação Ltda. CGC/MF 02.347.932/0001-30

Diretor: Feres Jorge Uequed Redator: Émerson Vasconcelos Diagramação: Sinara Dutra Circulação: Celço Andreotti Redação: Av. Victor Barreto, 3056/3º andar Sala 314 - Centro - Canoas - RS - Cep 92010-000 Circulação Semanal Fechamento comercial: Quintas-feiras, às 14 horas IMPRESSO: Gazeta do Sul S/A - Rua Ramiro Barcelos, 1.206 Santa Cruz do Sul-RS. Filiado a ADJORI/RS Os textos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não traduzindo obrigatoriamente a opinião do jornal.

Fone/fax: 3032.3022 - 3472.3022 e-mail: otimoneiro@otimoneiro.com.br site: www.otimoneiro.com.br Escritório comErcial Porto alEgrE

AV. CARLOS GOMES, 126/207 - HIGIENÓPOLIS - F.:8415.3142

Está reclamando dos políticos? Brasileiro reclama de quê? O brasileiro é assim: Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas; estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas de proibido; suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração; troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura. Além disto, costuma falar no celular enquanto dirige; trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento; pára em filas duplas, triplas em frente às escolas. Não se constrange em violar a lei do silêncio, dirigir após consumir bebida alcoólica ou furar filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas. Isso quando não espalha mesas e churrasqueira nas calçadas. O brasileiro pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho; faz “gato” de luz, de água e de tevê a cabo e registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos imposto. Além disto, compra recibos para abater no imposto de renda; muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas. Há tempos fui escutar um brother falar em ética. Depois, fomos jantar na casa dele: todos os talheres eram marca “Varig”. Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço

custou dez pede nota fiscal de vinte; comercializa objetos doados nas campanhas de catástrofes; estaciona em vagas exclusivas para deficientes; É costume adulterar o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado. Outro, era encarregado de julgar corruptos e se meteu em cada rolo... Nossa gente gosta de emplacar o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA; fala em moral, mas freqüenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo do bicho; muitos comercializam os vales-transporte e vales-refeição que recebem das empresas onde trabalham. Depois disto, queremos que os políticos sejam honestos. Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povinho safado ou não? Brasileiro reclama de quê, afinal? Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde e quando for necessário! Vamos dar o bom exemplo! Espalhe essa idéia! “Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta, através dos nossos exemplos”. Colaborador


CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014 I GERAL I O TIMONEIRO I 5

DESRESPEITO

Atraso no pagamento das férias revolta professores

18 ANOS

Sindicato da categoria lembra que é o segundo ano consecutivo em que ocorre atraso Os professores municipais saíram de férias em dezembro, mas até agora não viram o dinheiro relativo ao período de descanso. Mais do que isso, quem liga para a Prefeitura perguntando, não recebe sequer uma previsão, isso quando consegue ser atendido pelo sertor de Recursos Humanos, o que é raro. Segundo o presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Canoas (Sinprocan), Jari Rosa de Oliveira, a entidade tem recebido pelo menos dez ligações diárias de professores querendo saber se há alguma notícia sobre o pagamento. “Não temos previsão para passar para os colegas, o que é muito triste. Boatos dizem que vai sair até dia 21, mas todo trabalhador brasileiro quando sai de férias tem seu dinheiro na mão. Aqui, além de não recebermos, os professores ligam para o setor de

RH e ninguém atende”, desabafa. Jari lembra que há vários anos o pagamento das férias deixou de ser feito no meio do mês de janeiro e passou a ser feito entre o final de dezembro e o começo de janeiro. “Foi uma conquista dos professores, depois de anos de reclamações e quando o atual prefeito assumiu no seu primeiro mandato os pagamentos já eram feitos entre final de dezembro e início de janeiro. Ele manteve nos primeiros anos, mas no ano passado já atrasou e agora chegamos a esta situação. “Onde está a valorização do magistério? As pessoas saem de férias e não sabem se vão ter dinheiro. Tudo o que ele falou na videoconferência para a categoria foram apenas promessas de Natal”, reclama. No final de dezembro, Jari já alertava que os professores e agentes de apoio não podiam

tomar como boas novidades as promessas feitas pelo prefeito Jairo Jorge na videoconferência que foi transmitida para as escolas no dia 19 de dezembro. Na ocasião foram divulgadas supostas novidades e melhorias no plano de carreira da categoria, mas o Sinprocan ressaltou que a grande maioria das promessas feitas apenas renovava o que já havia sido prometido, e não cumprido, nos anos anteriores. Dentre as promessas, por exemplo, o prefeito falou de uma gratificação, pela permanência, de 50% no salário básico e a manutenção do avanço de classe e triênios. Jari pontuou que esta promessa não tinha sequer sentido: “Sobre isso que eles estão falando, os 50% para quem se aposenta, na nossa coluna da semana passada no jornal O Timoneiro, já explicamos que isso

não é novidade e que existe no estatuto. Não precisa prometer e nem mandar para aprovar na Câmara, basta cumprir o estatuto”.

“Não temos previsão para passar para os colegas, o que é muito triste. Boatos dizem que vai sair até dia 21, mas todo trabalhador brasileiro quando sai de férias tem seu dinheiro na mão. Aqui, além de não recebermos, os professores ligam para o setor de RH e ninguém atende” Jari Rosa de Oliveira, presidente do Sinprocan

Encerramento do alistamento militar A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Cidadania (SMSPC) divulga o encerramento, nesta sexta-feira, 10, do processo de distribuição dos alistados na Junta Militar em 2013, iniciado nesta semana. Cerca de 500 jovens, que já passaram pela seleção de saúde, têm procurado a unidade, diariamente, para saber onde prestarão o serviço militar. A expectativa é de que amanhã a procura seja um pouco maior, por ser o último dia. O horário de atendimento é pela manhã, das 8h30min às 12 horas, e os jovens precisam se apresentar com o certificado de alistamento, ressalta. A Junta Militar funciona no prédio da 4ª DP, na Rua João Nicolau, 225, Bairro Rio Branco.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Rua Monte Castelo, 1000, Bairro Nossa Senhora das Graças, Canoas/RS. (PRÓXIMO AO HOSPITAL N. SRA. GRAÇAS) Telefones: (51) 3059.0831 e 9238.0831

ADVOGADOS Linda Lúcia Uequed Pitol OAB 24.996

Yassmine Uequed Pitol

O Presidente executivo da Associação dos Servidores Municipais de Canoas, no uso de suas atribuições estatutárias, Art. 51º e 37º, letra “D” do estatuto social, CONVOCA os associados da Associação dos Servidores Municipais de Canoas, com direito a voto, para a Assembléia Geral Extraordinária, a realizar-se no dia 10 de Fevereiro de 2014, nas dependências do Salão Social Júlio Pereira de Souza, sito à rua Nerci Pereira Flores nº 179, bairro Centro, Município de Canoas, com a 1a. Chamada às 19hs, com maioria absoluta dos associados, Art. 50º, parágrafo 1º e 2a. Chamada às 20hs, com no mínimo de 1/3 dos associados, com direito a voto. ORDEM DO DIA A – Aprovar o Novo Regimento Eleitoral B – Assuntos Gerais

OAB 85.730 Canoas, 10 de Janeiro de 2014.

Celso Augusto Uequed Pitol OAB 87.612 up.advogados@gmail.com - (51) 3059.0471

FIRMO FARIAS DOS SANTOS Presidente


CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014 I GERAL I O TIMONEIRO I 7

15 DE JANEIRO

Instalação do Município completa 74 anos Em 15 de janeiro de 1940, Edgar da Fontoura tomou posse como primeiro prefeito Mais uma vez o 15 de janeiro se aproxima. Há 74 anos este dia marcava a instalação política do município. Embora Canoas tivesse se emancipado de Gravataí em 27 de junho de 1939, em um ato político, a instalação da Prefeitura só ocorreu no 15 de janeiro do ano seguinte. Na data, tomou posse o primeiro prefeito da cidade, Edgar Braga da Fontoura.

Homenagem aos cidadãos

Em seu primeiro discurso, o prefeito Edgar Braga da Fontoura, segundo uma publicação do jornal de Porto Alegre, a Folha da Tarde, de 15 de janeiro de 1940, homenageou os cidadãos que fizeram do sonho de emancipação uma realidade. Na ocasião, o primeiro prefeito prometeu trabalhar para tornar a cidade digna, tendo como prioridades iniciais a instrução pública e as estradas. Neste dia, o prefeito Braga da Fontoura igualmente anunciou que os serviços de eletricidade e de transportes seriam entregues a empresas particulares. Ainda segundo a mesma publicação da Folha da Tarde, somos informados de que a comemoração da data aconteceu com uma Missa em Ação de Graças na Igreja Matriz e, posteriormente, os presentes puderam

apreciar um espetáculo no Cinema Central.

Resgate histórico

O historiador Antônio Jesus Pfeil recriou o dia da instalação política de Canoas, com ajuda de documentos e depoimentos. Em seu livro “Canoas: anatomia de uma cidade” ele descreve este dia como festivo e marcante, pois coroou uma luta que vinha ganhando espaço há quase uma década. A cerimônia teve início às 10 horas da manhã, em frente ao prédio que abrigava o Cinema Central, na rua Guilherme Shell, quase na esquina com a Praça da Bandeira. Canoas, antigamente, pertencia a Gravataí. O livro “História de nossos Prefeitos – volume 1: Edgar Braga da Fontoura” complementa ao nos informar que o tempo estava “ruim”, mas que de qualquer forma, “considerável número de pessoas compareceu ao ato”. Autoridades da época de diversas partes da região estiveram presentes na cerimônia, como os prefeitos de São Leopoldo e de São Sebastião do Caí, párocos e coronéis, o secretário de Obras Públicas do governo do Estado e o professor Thiago Würth, que hoje dá nome a uma importante escola municipal.

Aplub e Capemisa apoiam a Pelada do Bola Fechando o ano de 2013, a Capemisa e a Aplub marcaram presença no litoral gaúcho no último final de semana, apoiando a Pelada do Bola de 2013, promovida pela Rádio Atlântida. Na ocasião, jogadores e ex-jogadores da dupla Gre-Nal, além de jornalistas e também patrocinadores do evento, participaram de jogos recreativos na areia da praia. Os Grupos Capemisa – Aplub foram representados em campo pelo diretor Luiz Osório Silveira e pelo superintendente Daniel Arena. Ainda dando a sua contribuição para a Pelada, a Capemisa - Aplub presenteou o público que assistia aos jogos com kits, contendo panfletos institucionais e squeeze personalizado com as marcas das Empresas. Essa ação serviu para fortalecer, ainda mais, as relações da Capemisa – Aplub com o futebol. Só em 2013, foram firmadas novas parcerias com Internacional e Grêmio, além do Corinthians e Federação Gaúcha de Futebol.

Lei dos Direitos Autorais pode ser alterada Em 15 de janeiro de 1940, Edgar da Fontoura tomou posse como primeiro prefeito

Especialistas recomendam cuidados com a saúde durante o verão Em tempo de calor intenso, com sensação térmica, em alguns dias, acima dos 40 graus Celsius (°C), todo cuidado é pouco para evitar doenças típicas do verão. Os especialistas recomendam beber água, evitar exposição ao sol no período entre 10 e 16 horas, quando o sol é mais forte, e usar de protetor solar. Os cuidados são necessários no dia a dia e não apenas na praia, como muitos pensam. O médico Nelson Nahon, disse que o maior perigo na temporada de verão, além do excesso do sol, é a desidratação. Ele alertou para os cuidados com a alimentação. “Tem muita gente que se alimenta na rua. É preciso prestar atenção na qualidade, e, nas praias, tem que ver se os ambulantes estão com os alimentos expostos por muito tempo”, disse. Para o médico, há muita gente que comete abusos, como é o caso das pessoas que ficam durante um período longo nas praias. “O pessoal fica, às vezes, o dia inteiro sob o sol intenso e ainda leva crianças com menos de seis meses para a praia. Isso não é indicado”, analisou. Segundo o médico, a principal consequência da exposição excessiva ao sol é a desidratação que, dependendo da intensidade, pode provocar diarreia e vômito. “No caso mais acentuado, se a pessoa passar mal, tem que ir para um hospital e tomar soro. A desidratação pode ser uma

coisa perigosa, principalmente em pessoas mais idosas e mais novas”, informou. Nelson Nahon aconselhou que diante de vômitos e tonturas a pessoa procure uma unidade de saúde para uma consulta. “O vômito é um sinal, junto com o sol forte e a falta de hidratação. Isso é um alerta”, disse. Para quem não tem hábito de fazer exercícios e pretende mudar de vida neste começo de ano, o cardiologista e médico da Seleção Brasileira, Serafim Borges, recomendou que o interessado comece o projeto de vida saudável ao ar livre, logo nas primeiras horas da manhã ou no fim da tarde. “Tem que fazer exercício antes das 9 horas ou depois das 17 horas. Se não for assim é melhor deixar para começar a fazer os exercícios em outra época do ano. Lamentavelmente, muitas pessoas começam porque desejam seguir a velha história de que, quando chega o verão, é preciso fazer exercício e emagrecer, e não toma cuidado”, disse. O médico sugeriu alimentação rica em carboidrato e livre de gordura animal, uso de roupa clara ventilada e leve; e forte hidratação. “A melhor hidratação nos 30 minutos iniciais de uma corrida ou de uma caminhada é a água”, recomendou.

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inscrições para quem desejar participar de audiência pública, no dia 17 de março, a fim de discutir a Lei 12.853/2013, que define as condições de cobrança, arrecadação e distribuição de recursos pagos por direitos autorais de obras musicais. Embora a participação na audiência seja de difícil acesso para os canoenses, as decisões tomadas nela afetam a vida de artistas da cidade. As informações prestadas pelos debatedores servirão para embasar a decisão dos ministros em duas ações impetradas pelo Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad) e pela União Brasileira de Compositores (UBC) que contestam a constitucionalidade da lei, publicada no dia 15 de agosto no Diário Oficial da União e que passa a valer em 120 dias, a partir da publicação. A norma altera a maneira como o Ecad repassará os recursos dos direitos dos músicos e estabelece formas de fiscalização da arrecadação desses valores. Entre as mudanças, em relação ao que ocorre atualmente, está a fiscalização da entidade por um órgão específico. A taxa administrativa de 25% cobrada atualmente pelo Ecad será reduzida gradativamente, até chegar a 15% em quatro anos, garantindo que autores e demais titulares de direito autoral recebam 85% de tudo o que for arrecadado pelo uso das obras artísticas. No ano passado, a entidade arrecadou R$ 624,6 milhões e distribuiu R$ 470,2 milhões em direitos autorais. De acordo com o ministro Luiz Fux, relator dos processos, a audiência pública é importante para municiar a Corte com informações que vão ajudar os ministros a decidir a questão. “A oitiva de titulares de direito autoral, entidades estatais envolvidas com a matéria e representantes da sociedade civil não se destina a colher interpretações jurídicas dos textos constitucional ou legal, mas sim a esclarecer questões técnicas, econômicas e culturais relativas ao funcionamento da gestão coletiva de direitos autorais, sobretudo à luz da experiência internacional sobre a matéria”, disse o ministro.


8 I O TIMONEIRO I GERAL I CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014

LITERATURA DÉCIMO PRIMEIRO PASSO “Procuramos através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que o Marco leite concebíamos, rogando apenas o conhecimento de sua vontade em relação a nós e forças para realizar essa vontade”. Passo de manutenção e aprimoramento espiritual fundamental para consolidar nossa nova maneira de viver, agora em abstinência de álcool e drogas e buscando melhorar como seres humanos. Para procurar através da prece e da meditação, devemos ter em mente que não existe uma maneira certa ou errada, pré-estabelecida, de orarmos ou meditarmos. Cada um deve encontrar sua maneira pessoal para falar com Deus (orar) e também de escutar a Deus (meditar). Apenas devemos ter em mente que vivemos afastados de Deus a vida inteira e o programa nos sugere uma reaproximação, e devemos nos empenhar para que esse contato consciente possa acontecer. Interessante também é perceber a sugestão do programa de que procuremos estabelecer “contato consciente” com o ser superior. Disso certamente estão excluídas tentativas de contato que utilizem substâncias que possam alterar nosso estado consciente e também propostas de busca em estados alterados de consciência em si. As formas de orar e meditar variam muito de um indivíduo para o outro, mas a direção a seguir sugerida é a de se estar totalmente ciente do que se está fazendo, com pleno domínio do contato e da razão psíquica. Ninguém procura algo parado. Devemos ter em mente que é preciso ação. Ir atrás. Também é importante salientar que para o programa de doze passos, não existe um Deus pré-definido e cada um é livre para conceber um Poder Superior conforme sua orientação e de acordo com suas raízes culturais e seu entendimento. O importante é perceber que o pré-requisito deste Poder seja ter a capacidade de devolver-nos à sanidade. Levando em conta que essa definição e escolha já ocorreu no início do programa, ou seja, no segundo e terceiro passo, a ação de orar e meditar pode agora nos conduzir a conhecer e aprofundar nosso relacionamento com Deus com o propósito de conhecer sua vontade em relação a nós. O exercício continuado deste passo certamente nos trará mais intimidade com Deus, e Ele próprio nos mostrará que um relacionamento saudável com Ele, só poderá ser alcançado se tivermos como base à humildade e a aceitação de Sua vontade, e se formos nos despojando de egoísmos, autossuficiências, arrogâncias e demais defeitos de nosso caráter que sempre impediram a ação Dele em nossas vidas. Uma vez cientes de nossas reais necessidades, resta-nos pedir com fé a força para realizar Sua vontade. Um bom exemplo de oração encontramos na espiritualidade cristã, na passagem que nos conta a história da oração de Jesus Cristo feita no Jardim das Oliveiras na noite anterior a Sua crucificação: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice de sofrimento! Porém, que não seja feito o que eu quero, mas o que Tu queres”. Lucas - Cap.22 v42. Então companheiros? Que possamos iniciar hoje, agora mesmo, esse maravilhoso propósito que é estreitar e aprofundar mais e mais nosso relacionamento com Deus.

VAIDADE E AMOR-PRÓPRIO “A vaidade parece-se muito com o amor-próprio, se é que não é o mesmo; e se são paixões diversas, sempre é certo que ou a vaidade procede do amor-próprio, ou este é efeito da vaidade. Nasceu o homem para viver em uma contínua aprovação de si mesmo: ou as outras paixões nos desamparam em um certo tempo, e só nos acompanham em lugares certos; a vaidade em todo o tempo, e em todo o lugar, nos acompanha, e segue, não só nas cidades, mas também nos desertos, não só na primavera dos anos, mas em toda a vida, não no estado da fortuna, mas ainda no tempo da desgraça: paixão fiel, constante companhia e permanente amor.” (Mathias Aires, filósofo paulista, 1705 – 1763, de sua obra “Reflexões sobre a Vaidade dos Homens”. Extraído do Suplemento n°252, dos Cadernos Canoenses, referente a dezembro de 2013). Legendas Rancho, cordeona e viola, / Pago, tapera e uma tasca; / Prenda lindaça consola, / As mágoas tristes do guasca, / Milonga, poncho e querência, / Gado, guadérioe fogão.../ Amigo, tenha tenência / Para os casos de galpão.../ Churrasco, mate e campanha; / Estância, tropa e rodeio / E um bom trago de canha... / Um ror da lendas que há; / Negrinho do Pastoreio, / Salamanca e Boitatá”. (Loreno Luiz Zambonin, no Livro “Canto Solidário” – Fundação Cultural de Canoas, 2004)

INFORMATIVO ASMC Nº. 441 - Ano III Associação dos Servidores Municipais de Canoas Fundada em 12/06/62 e-mail: asmc_canoas@terra.com.br site: www.asmc.com.br Fone: (51) 3472-1866

SEDE CAMPESTRE

Sugiro aos nossos associados que não estão de férias, para aproveitar o lazer que é oferecido na sede campestre de Nova Santa Rita, com muita sombra, neste ano com freezer nos quiosques, refrigerador nas cabanas, piscina semi olímpica para os adultos e piscina coberta para as crianças em plena atividade. Agora com asfalto até a rua nova, três quilômetros de chão batido até a sede campestre, para quem possui automóvel dá para sair do serviço, ir na sede tomar banho e retornar, tudo em pouco tempo, devido o asfaltamento da estrada Sanga Funda, como eu também não estou de férias, fui no sábado, dia 04,com minha família, dormi em casa no domingo pela manhã, retornamos para a sede campestre e voltamos para casa, somente às 20h.

CONGRESSO

De hoje 10.01 até domingo 12.01 estou participando do 61º Congresso Tradicionalista Gaucho, que será realizado no Centro de Evento Almir Azeredo Ramos no parque Maurício Sirotsky Sobrinho em Porto Alegre, sendo que no dia 11, sábado, haverá a eleição para a escolha do novo presidente do MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho. Eu estou fazendo parte da chapa Sempre MTG, na função de vice-presidente de Finanças, com o presidente substituto, que assumiu a função de Presidente no lugar do Erival Bertolini, que foi eleito Presidente da CBTG – Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, Paulo Souza que era o vice-presidente Administrativo é o atual candidato para a Gestão 2014. Na outra chapa, De Mãos Dadas o candidato é o Manoelito Carlos Savaris, ex-presidente da CBTG. Estou com o coração na mão, se ganharmos a eleição terei que conciliar a ASMC com o MTG, se perdermos a mesma, ficarei só com a ASMC. Férias em fevereiro e finais de semana com a família, o que der deu. Como faço parte do Movimento Tradicionalista desde o ano de 2007, creio que está na hora de descansar.

COTAS

Direito Previdenciário Desaposentação previdenciária Airton Joel Cardoso*

O Pedido de desaposentadoria não tem prazo de decadência. O prazo de dez anos para a decadência na revisão de benefícios da Previdência não se aplica aos casos de quem quer a “desaposentadoria”. A decisão é da 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça, em julgamento de recurso repetitivo apresentado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A chamada desaposentação indica a possibilidade de que um trabalhador que volta a atuar com registro após aposentar-se receba uma nova aposentadoria, com valor incrementado pelas contribuições mais recentes. No caso julgado, o INSS recorreu contra acórdão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região em relação a um segurado. O instituto alegava que a ação fora ajuizada 12 anos depois da concessão da aposentadoria, em agosto de 1997, o que desrespeitaria os dez anos estabelecidos na legislação. O TRF-4 rejeitou o argumento, afirmando que o prazo vale apenas para revisão de ato de concessão ou de indeferimento do benefício, o que não inclui o pedido do autor

do processo. O relator do recurso no STJ, ministro Arnaldo Esteves, manteve o entendimento. “A meu ver, a norma extraída do caput do artigo 103 da Lei 8.213 [Lei de Benefícios da Previdência Social] não se aplica às causas que buscam o reconhecimento do direito de renúncia à aposentadoria, mas estabelece prazo decadencial para o segurado postular a revisão do ato de concessão do benefício, o qual, se modificado, importará em pagamento retroativo, diferentemente do que se dá na desaposentação”, afirmou o relator em seu voto. Segundo ele, essa possibilidade está na jurisprudência da corte, “com base no entendimento de que os benefícios previdenciários são direitos patrimoniais disponíveis e, por isso, suscetíveis de desistência por seus titulares”. O voto dele foi acompanhado por maioria, ficando vencido o ministro Herman Benjamin. Fonte: Assessoria de Imprensa do STJ.

A partir deste mês de janeiro, estamos devolvendo o valor das cotas dos associados. Se você utilizou parte da cota no banco, o valor que ultrapassou será transferido para o seu saldo, como o valor da cota consta no contra cheque, quem somos nós para dizer o contrário. No mês que a Prefeitura e o Canoasprev, autorizar a utilização dos dois valores e retirar o valor de cota do contra cheque, nós, ASMC retornaremos à normalidade. O associado que zerar e não possuir saldo positivo, este não poderá continuar utilizando, qualquer valor no CPD, podendo permanecer somente para fins cultural, social e esportivo.

FÉRIAS

Solicitamos aos nossos associados, a compreensão de todos, no atendimento dos diversos setores da ASMC, nos meses de janeiro e fevereiro devido ao período de férias dos funcionários empregados da ASMC. Os setores continuam funcionando normalmente, onde funcionava com dois funcionários, permanece um. O CPD está funcionando com dois atendentes por turno, a Secretaria e a Recepção se encontram com uma funcionária em cada setor. Na sede social, temos um guarda e uma funcionária em férias, com substitutos , substituindo-os.

FOTOS PAPAI NOEL

Dezenas de associados ainda não compareceram no escritório central para retirar a foto que seus filhos tiraram com o Papai Noel, assim como diversos associados, relacionado abaixo, não retiram a sua placa que a ASMC ofereceu pela aposentadoria no mês de outubro de 2013. Isabel Regina Reichert Bastos, Maria Ernestina Bervig, Tânia Regina Mello Bertisolo, Nuria Gil Vera Bertschinger, Leci Galvão Kannemberg, Eliane Luzia Vedoy, Loreni Teresinha Viegas Cereza, Leia Maria Chaves da Silveira, Maria Heloisa da Silva Lima, Luz Marina Soldatelli Chaves, Ana Maria Raupp Gonçalves, Sahoala Moura dos Santos, Ceneide Ramos Pinto, Vilmar Ferreira Farias, Carlos Rogério Gomes, Derli Victor Fagundes da Silva, Luis Carlos Alves da Silva, Antônio Milton Barroso Goulart, Mário Udson Oliveira Teixeira e Rubens Pintado. Possuímos também placas não retirada dos anos de 2010 e 2012. É só passar no CPD e solicitar a sua placa Canoas, 10.01.14. ASMC 51 ANOS COM VOCÊ!

*Advogado OAB/RS 43.486 Telefones: 3059.1111 / 8419.5050

Firmo Farias dos Santos Presidente


CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014 I GERAL I O TIMONEIRO I 9

A Copa do Mundo não é nossa Criação de secretaria especial e de cargos mostrou ser desperdício de dinheiro Criada em 2009, a Secretaria da Copa sempre foi justificada pela Prefeitura como sendo fundamental para aumentar as chances da cidade abrigar uma seleção durante a Copa do Mundo de 2014. Só que Canoas ficou de fora, segundo a lista divulgada na última semana, e os milhares de reais gastos mensalmente pelo Município por quase cinco anos parecem ter sido em vão. Para dar ao leitor uma ideia do quanto a cidade perdeu com o mau investimento, O Timoneiro enviou à Prefeitura três perguntas relacionadas à secretaria. A primeira foi relativa aos planos da pasta a partir de agora e as duas seguintes a respeito dos custos que ela representa para o município. As perguntas, enviadas por email à Prefeitura foram: “Depois da divulgação de que apenas Viamão hospedará uma seleção, como ficam os planos da Secopa de Canoas? Quando a secretaria

gastou em projetos na cidade durante seu período de existência? Qual é o custo mensal da secretaria para o município? A reposta enviada pela Prefeitura, que não responde às perguntas sobre os valores gastos pela secretaria, foi: “A Secretaria extraordinária da Copa informa que a lista oficial das cidades escolhidas será divulgada no dia 31 de janeiro. Diante disso, como até a data da divulgação não estão encerradas as possiblidades de Canoas receber uma seleção, ações e estratégias de captação continuam sendo operacionalizadas, inclusive com três reuniões agendadas para a próxima semana. Além das ações de captações, só em 2013 mais de mil pessoas participaram de cursos gratuitos de qualificação em idiomas e serviços, realizados, com recursos financeiros oriundos dos governos federal e estadual, em parceira com instituições de Canoas”.

Conheça os valores pagos pelos kits escolares Entre os dias 7 e 14 de fevereiro, a Prefeitura realiza a entrega de uniformes e materiais escolares aos alunos da rede municipal de ensino. Em anos anteriores, a distribuição dos uniformes foi marcada por denúncias de possíveis superfaturamentos das peças e de custos altíssimos com eventos realizados em cada uma das escolas, nos moldes de comícios eleitorais, para a entrega dos uniformes.

Materiais

Os kits de 2014 têm novidades. As alunas do 1º ao

Conheça os custos dos kits que foram comprados da empresa Andrea C. Schuckes Bomm Epp (CNPJ 11.593.690/0001-56), localizada em Concórdia-SC: Kit escolar para séries iniciais – primeiro a quinto ano, com valor unitário 1 apontador – R$ 1,49 2 borrachas– R$ 0,18 2 cadernos grandes – R$ 2,33 1 caixa de lápis de cor – R$ 2,75 5 lápis pretos– R$ 0,19 1 tesoura – R$ 2,84 1 cola – R$ 0,78 1 régua – R$ 0,20 1 estojo – R$ 3,86 1 mochila – R$ 26,82 1 caixa de giz de cera – R$ 0,78 1 pasta – R$ 1,20

5º ano receberão uma calça corsário, ao invés do short saia. Os meninos terão uma das camisetas manga curta substituída por regata. Além dessas camisetas, os meninos recebem um agasalho, uma bermuda e uma camiseta manga longa. As meninas, duas camisetas manga curta, uma manga longa e um agasalho. Nos materiais escolares, o fichário agora terá as versões vermelho e preto e os cadernos terão novo modelo de apresentação. Os estudantes também receberão uma mochila.

Kit escolar para séries iniciais – partir do sexto ano, com valor unitário 1 apontador – R$ 1,49 2 borrachas– R$ 0,18 2 cadernos grandes – R$ 2,33 1 caixa de lápis de cor – R$ 2,75 4 lápis pretos – R$ 0,19 1 tesoura – R$ 2,84 1 cola – R$ 0,78 1 régua – R$ 0,20 1 estojo – R$ 3,86 1 fichário– R$ 31,87 1 caderno perfurado – R$ 6,93 2 canetas azuis – R$ 0,33 2 canetas pretas– R$ 0,33 Conheça os custos dos uniformes comprados da empresa Nilcatex Textil LTDA (CNPJ: 95.948.618/0002-75), localizada em Blumenau, SC:

Kit uniforme – com valor por unidade Menina: – 1 calça - R$ 14,63 (valor unitário) - 1 camiseta manga longa - R$ 7,05 (valor unitário) - 2 camisetas manga curta – R$ 7,45 (valor unitário) - 1 calça corsário – R$ 11,62 (valor unitário) - 1 jaqueta – R$ 35,75 (valor unitário) Menino: – 1 camiseta manga longa - R$ 7,05 (valor unitário) - 1 camiseta manga curta – R$ 7,45 (valor unitário) - 1 regata - R$ 7,45 (valor unitário) - 1 bermuda R$ 11,15 (valor unitário) - 1 calça - R$ 14,63 (valor unitário) - 1 jaqueta – R$ 35,75 (valor unitário)

Caos na Saúde

Cartão similar ao Canoas Saúde gera polêmica nacional Quem assistiu o Jornal Nacional na noite da última quarta-feira, viu que uma decisão da Prefeitura do município de Barueri, idêntica a tomada pela administração municipal canoense, se tornou motivo e revolta da população local e tomou proporções nacionais. A criação do Cartão Barueri, com funcionamento idêntico ao Cartão Canoas Saúde, causou transtornos à população. Assim como ocorre com os canoenses que tentam acessar os postos de saúde apenas utilizando o cartão SUS, os moradores de Barueri passaram a não poder consultar nos postos de saúde sem ter o novo cadastro. Diferente do que ocorre em Canoas, onde apenas O Timoneiro vem noticiando os problemas causados pela obrigatoriedade do cartão, o caso de Barueri chegou à imprensa nacional, depois que a população se revoltou com a mudança. A pressão popular em Barueri foi tão grande que a Prefeitura prorrogou o prazo para atendimento sem o cartão e o Ministério Público prometeu acompanhar de perto a situação.

Entenda o caso

Os moradores de Barueri que ainda não fizeram um cadastro prévio nos postos (nos mesmos moldes do que é obrigatório em Canoas) encontraram dificuldades para ter acesso ao atendimento médico na cidade da Grande São Paulo, como foi noticiado pelo Jornal Nacional na última quarta-feira, 8. Quem ainda não tinha o Cartão Barueri não conseguiu passar por consulta agendada ou ter acesso a remédios. Depois da repercussão negativa, a Secretaria de Saúde liberou atendimento de quem não tem o documento até o fim de janeiro. Na terça-feira, um aviso colocado em um posto de saúde mostrado pela reportagem informava que quem não fez o Cartão Barueri terá o cadastro bloqueado impedindo a marcação de consultas, realização de exames e retirada de medicamentos. A Prefeitura de Barueri diz que o cartão foi criado para melhorar o atendimento público e impedir que moradores de outras cidades da região aproveitem a estrutura do município. No entanto, acaba ferindo também os direitos dos moradores da cidade, que mesmo de posse do Cartão SUS, que deveria garantir acesso total ao sistema de saúde pública. Conforme noticiado pelo site Globo.com, o Ministério Público ressaltou que o SUS também prevê em sua estrutura que a população de municípios mais pobres possa ser atendida em cidades vizinhas, que devem ser ressarcidas pelos atendimentos. Foi criado um mecanismo prevendo a formação de consórcios entre municípios em que o município que atende população de outro município é de alguma maneira compensado e ressarcido. O Ministério Público vai acompanhar o processo de implantação do cartão.

Dr. Ednilson S. O. Lautenschläger

Gastroenterologia e Endoscopia Digestiva Cremers 18980

Atende Convênios IPE, Caixa Federal, Unimed, Fassem e Particulares CONSULTÓRIO: Rua 7 Povos, 200/401 - Canoas - F: 3466-9124


10 I O TIMONEIRO I GERAL I CANOAS, 10 A 16 DE JANEIRO DE 2014

A história de Canoas, mês a mês FEVEREIRO, 1956 A população de Canoas, em 1950, era de 39.826 habitantes, segundo recenseamento oficial. Eram 20.258 homens “contra” 19.568 mulheres. O 1° distrito tinha 20.694 habitantes; o 2° (Santa Rita), 3.379; e o 3° (Niterói) tinha 15.335 habitantes. No perímetro central viviam 8.011 pessoas, delas 4.004 homens e 4.007 mulheres. Existiam 1.391 casas comerciais (bares, armazéns, lojas etc). E somente 178 indústrias, desde brinquedos a garrafas. Neste item, o orgulho de possuir a maior fábrica de garrafas da América do Sul, a Vifosa. As oficinas mecânicas, de conserto, eram 218. Profissionais liberais (advogados, médicos, dentistas etc) eram 201. As diversões em cinemas, bailes, boates, canchas do jogo de bochas eram oferecidas em 82 locais. Ainda estávamos muito dependentes de atividades não-industriais, dentre elas a dos tambos de leite, que atendiam às necessidades locais e “exportavam” para a Capital do Estado. (Observação: Canoas, por certo tempo, teve a vila Niterói como seu 3° distrito. Posteriormente, de novo através de lei votada pela Câmara de Vereadores, voltou a seu anterior formaão político-administrativa). O semanário O Momento anunciava a realização do seu projeto de Bibliotecas Circulantes. Começaria oferendo livros aos moradores da rua João pessoa (atual Tiradentes). A cidade contava com os serviços de 37 automóveis de praça (táxis), às ordens nos seguintes pontos: Praça da Bandeira, Praça da Prefeitura (Emancipação), Avenida Victor Barreto, à frente do quartel da Aeronáutica, Cine São Luiz, Guri Bar, Posto Ipiranga, Parada 38, Salão 17 e Parada 39. O Guri Bar era na av. Victor Barreto 4250, parada 30, próximo à rua Tomé de Souza, na vila Fernandes, a parada 38 era perto da rua Mathias Velho, a parada 39 era próxima da rua Europa, na antiga Chácara Rasgado. E o Posto Ipiranga era no triângulo sul, onde a Victor Barreto se conectava com a rodovia federal, defronte ao local onde hoje está a Brozauto. (CT)

Maçonaria

A linguagem sagrada (2) Sacer, sacra, sacrorum é adjetivo do Latim. Significa sacro, sagrado, consagrado, santo, divino, augusto, celeste, inviolável, venerável. Nicola Aslan, em seu Grande Dicionário Enciclopédico de Maçonaria e Simbologia, declara que a palavra sagrada procede do latim sacer, “cujo sentido primitivo é bosque, oculto”. Mas, para nosso caso específico, é no Dicionário Escolar Latino-Português, do pe. H. Koehler S.J, que encontrei o sentido que mais nos satisfaz: sacer significa “consagrado a uma divindade”. O povo maçônico possui sua linguagem própria, que lhe possibilita a recíproca comunicação de seus cidadãos, a compreensão e a interpretação de seus símbolos, doutrina, leis e regulamentos, a designação peculiar de suas ferramentas (utensílios) de trabalho simbólico, além de lhe proteger a privacidade. O irmão Bonifácio Osório da Fontoura, em seu texto publicado na edição anterior, afirma que a nossa linguagem trata dos “princípios eternos da lei natural” e “é a linguagem da verdade que emana do Absoluto”. Aqui o nó da questão, que ninguém pode desamarrar. Sendo a Maçonaria, de alma e corpo, dedicada à decifração dos desígnios de Deus, para poder cumpri-los, sua linguagem e suas ações, reflexos diretos de sua natureza, devem ser reconhecidas como sagradas. (Sócrates).

memória da cidade ANO 1967 O Conjunto The Jordans, de São Paulo SP, se apresentou no Grêmio Esportivo Niterói, o “majestoso”, com estes componentes: Irupê (sax e pistom), Neno (pistom), Valtinho (trombone), Foquinho (bateria), Aladim (guitarra solo), Toni (contrabaixo), Mingo (guitarra) e Sinval (guitarra ritmo). O GE Niterói, por força de “indigestão” administrativa, teve seus mais de 70 anos atirados ao lixo. (Do arquivo do fotógrafo Toninho Silva).

Agenda tradicionalista

Futuro da Cavalgada do Mar preocupa Olegar Lopes*

Sim! Um evento que se encaminha para sua 30ª edição, cuja realização tem seu início programado para o dia 14 de fevereiro, tem causado preocupação ao seu idealizador, Vilmar Romera. Romera declarou ao jornal ZH estar cansado e desanimado com a série de obstáculos que vem enfrentando para realizar a 30ª edição do evento. Ele prevê que haverá muitas desistências, tudo por conta de exames veterinários obrigatórios e de documentos exigidos dos participantes. É lamentável, mas as previsões do Romera são preocupantes, pois tudo indicaque o futuro da Cavalgada do Mar - evento que atrai cavaleiros de várias regiões do Brasil, do Uruguai e Argentinaesteja passando por situação de incerteza quanto sua continuidade. Em vista da importância que a Cavalgada do Mar representa para a cultura e a tradição do Rio Grande do Sul, no meu ver seria importante que as partes interessadas encontrassem

Professora particular Aulas de Química, Biologia, Matemática e Ciências. Ensinos Fundamental, Médio e Pré-Vestibular Atendimento a domicílio. Contatos com a professora Fernanda Moraes Chaves pelo telefone 8541.3148 ou profer_chaves@yahoo.com.br.

P ublicações le g a i s

3032.3022 EDITAIS, LEILÕES, BALANÇOS SOCIAIS, CONVOCAÇÕES, PARTICIPAÇÕES DE FALECIMENTO E CONVITES PARA MISSA, PERDA DE DOCUMENTOS.

um meio termo para que a continuidade do evento não seja prejudicada. A Cavalgada do Mar, como as demais cavalgadas, são eventos que não causam transtorno, nem exigem aparatos policiais para suas realizações, seus participantes são pessoas ordeiras e que sabem respeitar a população por onde passam – com raras exceções. Portanto, fica uma sugestão aos cavalarianos de tantas cavalgadas: dentro das condições de cada, um participe da 30ª Cavalgada do Mar, para que este não seja o último de um evento que mostra ao público citadino o companheirismo e a sadia convivência entre o cavaleiro e sua montaria. Romera anuncia para a 30ª Cavalgada do Mar a participação de uma tropa de 15 mulas vindas de Minas Gerais, o que será uma atração a mais para os gaúchos que admiram eventos que cultuam a tradição gaúcha. Tradicionalista - legar.tradicionalista@yahoo.com.


A PEDIDO

Prestando contas do mandato

C

om mais de 30 anos dedicados à Educação, bem como aos projetos de responsabilidade social e ambiental, sempre participei de forma ativa no trabalho comunitário em prol do desenvolvimento da sociedade canoense. O desejo de ver os direitos das crianças conquistados e cumpridos me motivou a ingressar na vida política. Neste primeiro ano de mandato, agradeço aos 1.468 eleitores que confiaram a mim a realização de um trabalho sério, justo e comprometido com os anseios da comunidade. Por isso, quero prestar contas aos canoenses das minhas ações junto à Câmara de Vereadores, voltadas principalmente às áreas de Educação, Esporte, Cultura, Celso Jancke e sua família: amor, união e trabalho Cidadania, Acessibilidade, Mobilidade e Segurança. Eu e minha equipe estamos de braços abertos para recebê-los, acolher sugestões e críticas, auxiliar e orientar nas ações que possam contribuir para a melhoria da vida dos cidadãos de Canoas. Neste final de ano, aproveito, juntamente com minha família e assessoria, para desejar a todos os canoenses um Feliz Natal e um 2014 repleto de realizações e conquistas, não esquecendo que todas as pessoas tenham, em seus lares, amor, união, compaixão e fé em Cristo Salvador.

Um fraterno abraço, Celso Jancke

Prefeitura realiza sorteio do “Minha Casa, Minha Vida” Celso Jancke participou do 3º sorteio do “Minha Casa, Minha Vida”, em dezembro. Na ocasião, foram contempladas 1,5 mil pessoas. O vereador elogiou o prefeito Jairo Jorge pela realização do sorteio, que possibilita transparência no pro-cesso. A lista dos sorteados pode ser conferida no site da Prefeitura: www. canoas.rs.gov.br.

Assessoria do vereador no símbolo da cidade

Vereador colabora com o projeto Mãos Estendidas Celso Jancke prestigiou e colaborou com o evento do Projeto Mãos Estendidas, re-alizado em novembro na praça Dona Mo-cinha, em Niterói. A ação ofereceu diversas atividades, como brinquedos, Celso e Airton Souza no evento recreação infantil, apresentações de dança e de teatro, orientações jurídicas, médicas e odontológicas, serviços de manicure, corte de cabelo, artesanato, entre outras atrações.

Vereador comprometido com a comunidade Natural de Tucunduva, o professor Celso Jancke veio para Canoas em 1982, a convite de seu tio Elírio Rudi Glienke (in memorian) para lecionar Matemática no Colégio Luterano Concórdia. Em 1988, assumiu a função de vice-diretor e coordenador da disciplina. De 2001 a 2012, foi diretor da escola, licenciando-se para concorrer a vereador. Eleito em 2012, em seu primeiro mandato é relator da Comissão de Saúde, Educação e Cultura e membro da Comissão de Saneamento Ambiental, Resíduos Sólidos, Obras, Serviços Públicos, Meio Ambiente e Habitação. Também integrou as comissões especiais para acompanhar os Serviços Prestados pela AES Sul em Canoas, a Discussão e Implantação do Parque Canoas Inovação (PCI) e de Representação Externa para Acompanhamento das Obras do Túnel da Rua Domingos Martins sob a BR-116. Integra o Lions Clube Canoas-Niterói, e atua como diretor social da Câmara de Dirigentes Lojistas de Canoas (CDL).

Conheça as personalidades e instituições homenageadas Celso Jancke prestou diversas homenagens este ano na Câmara. Além disso, prestigiou a entrega do Prêmio Picucha Milanez a 11 mulheres que tiveram sua trajetória profissional e trabalho social destacados. Na ocasião, o líder da bancada pro-gressista, Airton Souza, e o vice-líder, Celso Jancke, agraciaram a coordenadora de Comunidades da Pastoral da Criança da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e coordenadora de Alimentação da Economia Solidária, Eva Eloí Dornelles de Lacerda.

PROJETOS DE LEI PL 31/13 - Dispõe sobre a vedação de comércio ambulante e propagandas próximos às escolas do município. SITUAÇÃO: O PL foi adequado e apre-sentado posteriormente na forma de Pedido de Providências, prevendo a vedação de comércio ambulante e de propagandas atinentes à promoção de modelos comerciais, top models e manequins, próximos às escolas municipais, estaduais e particulares. PL 41/13 - De autoria dos vereadores Celso Jancke e Ivo Lech, regulamenta o exercício dos veículos adaptados para o transporte de pessoas com deficiência física. SITUAÇÃO: tramitação nas Comissões Permanentes PL 73/13 - Altera a Lei 5.504 de 2010, que dispõe sobre o estacionamento rotativo no município, isentando a tarifação de veículos oficiais. SITUAÇÃO: em debate

PEDIDOS DE PROVIDÊNCIAS - Este

ano, Celso Jancke encaminhou mais de cem pedidos de providências à Prefeitura de Canoas, contemplando moradores de diversos bairros da cidade, em especial zonas escolares. Entre as solicitações, destaque para recapeamento e pavimentação de vias, repintura de faixas de segurança e quebramolas, colocação de placas de sinalização, semáforos, redutores de velocidade e paradas de ônibus, poda de árvores, manutenção de bueiros e substituição de lâmpadas em postes de luz. “Como representante do povo, encaminho as solicitações e anseios da comunidade, visando à melhoria de infraestrutura da cidade e qualidade de vida dos canoenses”, observa o vereador, que coloca seu gabinete à disposição para atender às necessidades da população.

INDICAÇÕES - O vereador progressista também apresentou três indicações, visando à melhoria de infraestrutura no município para atender a comunidade canoense. Um documento, enviado para a Corsan, tratou sobre a restauração de uma via afetada por um problema de abastecimento. Para a AES Sul foram encaminhadas duas solicitações: poda de uma árvore que atinge os fios de energia elétrica e troca de um poste de luz comprometido.


INSS Canoas, 10 a 16 de janeiro de 2014

Airton Joel Cardoso OAB-RS 43.486

Segurado do INSS, requeira já sua aposentadoria, não espere mais tempo, procure-nos, pois encaminhamos revisão de pensão, aposentadoria, auxilio-doença e aposentadoria por invalidez. O INSS indeferiu sua aposentadoria ou pensão, venha nos consultar. Rua Frei Orlando, 33/404 - ao lado da Praça do Avião Centro - Fone: (51) 3059.1111 – 8419.5050

Sisu passa de 2 milhões de inscritos soni.beauty1@gmail.com (51) 9906.1060 / 9110.0931

15 anos Os meus amigos Zandona e Sabina, receberam familiares e amigos na casa de eventos ASMC, com uma festa linda com tudo que tinha direito para comemorarem os 15 anos de sua filha larissa, Parabéns aos Pais por esta festa linda! registro aqui fotos deste aniversario. Sabino e Vicerino

Larissa

JOAPI

O número de inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2014 superou o total de inscritos no mesmo período do ano passado. Conforme balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), já se inscreveram 2.004.110 candidatos, superando os 1.949.958 do ano passado, o maior número até então registrado. O volume de inscritos representa cerca de 40% dos mais de 5 milhões de estudantes que fizeram o

Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2013. Os três cursos mais procurados, segundo o balanço das 12h30, continuam sendo administração, direito e medicina. Em pouco mais de 24 horas os três receberam, juntos, 37,4 mil inscrições. A maior parte, 29 mil, foi em administração. Com isso, o curso segue no topo da maior procura, com 221.650 inscrições e uma concorrência de 36 candidatos por vaga.

Edição 2582  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you