Page 1

2013|14

i n fo r m a ç ã o d e i d e i a s | m a g a z i n e

i deias


Insight Uma ideia que se baseia em torno de inúmeros fatores da mente e do conhecimento. O insight é aquilo que sabemos e não compreendemos a princípio, mas depois de certa organização das ideias acabamos por perceber. Segundo o dicionário a palavra insight é, a “Psicologia Descoberta súbita da solução de um problema, da estrutura de uma figura ou de um objeto percebido; compreensão repentina de uma situação; intuição”. No entanto, é muito mais complexo. Envolve questões psicológicas, filosóficas e físicas. Na publicidade essa ferramenta é aproveitada de forma clara e isso remete o público a situações inéditas, divertidas e inteligentes. Um profissional, de determinado segmento, que tem um insigth e é bem sucedido com a sua ideia, normalmente é copiado. Ou seja, sua ideia propaga-se e são criadas novas ideias, acontecem novos insights.

Criatividade é a inteligência a divertir-se... Publicado em 2013-03-15 JORGE FIEL

A fórmula mágica para proporcionar um insigth nada mais é do que viajar pelo mundo das coisas, procurar informações sobre tudo, submeter-se a situações inusitadas, não ter medo do diferente, do novo. Todas as informações que são absorvidas, no decorrer da vida, vão-se se acumulando no inconsciente. Mesmo que o indivíduo não perceba, essas informações manifestam-se em momentos ápices, ou seja, nas mudanças de comportamentos onde o organismo compreende uma situação de risco, um momento de descontração ou, até mesmo, a tranquilidade absoluta. Essas manifestações envolvem uma complexa rede de circuitos e são nesses momentos que o insight acontece, onde a informação sai do inconsciente e passa a ser consciente. “O pensamento consciente é o melhor para tomar decisões analíticas. Mas o inconsciente é especialmente eficiente para resolver problemas complexos. A ativação desse conteúdo pode fornecer faíscas inspiradoras para o insight“. Adam Galinsky. Para o designer esse processo não é diferente, o mesmo turbilhão e a mesma organização das informações acontecem. Portanto, ter uma boa noite de sono, alimentar-se bem, fazer exercício físico, tudo isso é bom e faz bem para o corpo. Mas, alimentar e exercitar a mente com informações diversas tornam a percepção mais sensível, com isso os insights aparecem com maior frequência. Fiquem ligados, atualizem-se, procurem novas informações, não subestimem a vossa imaginação e não tenham medo de criar.


FUNÇÃO SOCIAL DO CARTAZ | As pessoas em comunidade preciam de comunicar, de informar, de apelar à participação social. O cartaz intervém nessa corrente da comunicação, servindo diferentes finalidades sociais conforme as necessidades das pessoas e as intenções do emissor da mensagem. No nosso dia a dia, podemos observar diferentes finalidades ou funções sociais, sejam elas didáticas, culturais, informativas, políticas ou de propaganda e publicidade. A elaboração do cartaz depende da função social a que se destina. FUNÇÃO INFORMATIVA | É a mais importante função dos cartazes. O cartaz informa sobre a existência de serviços, a realização de eventos, espetáculos e produtos. FUNÇÃO DIDÁTICA | Alguns cartazes têm como função comunicar mensagens para ensinar algo. Os cartazes com mapas das cidades, os cartazes com indicações técnicas, que ensinam como montar um produto, ou os cartazes para o ensino - como os mapas dos alimentos ou os mapas e atlas geográficos - são exemplos de funções didáticas.


logótipo Refere-se à forma particular como o nome da marca é representado graficamente, pela escolha ou desenho de uma tipografia específica. É um dos elementos gráficos de composição de uma marca, algumas vezes é o único, tornando-se a principal representação gráfica da mesma.


Logótipo é a representação gráfica da marca. Por isso, deverá aparecer em todas as peças gráficas feitas para a empresa. Como toda a assinatura, o logotipo precisa seguir um padrão visual que o torne reconhecido onde quer que ele seja estampado.


Usar corretamente o logótipo é uma das ações obrigatórias para o reforço da imagem e da personalidade da empresa.


Usar corretamente o logótipo é uma das ações obrigatórias para o reforço da imagem e da personalidade da empresa.


Cartão de visita

O cartão de visita é, sem dúvida alguma, um elemento importantíssimo, que rege o código dos relacionamentos pessoais, sociais e profissionais.


São tão necessários e indispensáveis no trato profissional quanto uma boa roupa/apresentação. Um profissional sem cartão de visita passa uma péssima imagem de si mesmo e da empresa para a qual trabalha.


Os cartĂľes devem ser usados tanto no convĂ­vio social como profissional.


S贸 existimos como neg贸cio quando temos um cart茫o de visita. Ele 茅 parte da nossa imagem pessoal e corporativa e uma ferramenta importante para imprimirmos a nossa marca pessoal.


EMBA LAGEM PACKAGING O design de embalagens, é uma vertente do design de produto e do design gráfico.

Na maioria das vezes o designer de produto é responsável pela forma da própria embalagem, considerando problemas de ergonomia e estética tridimensional. Enquanto o designer gráfico trata do rótulo da embalagem, onde o produto é apresentado graficamente.


A embalagem comercial não é apenas um meio de armazenamento e transporte de um produto, mas é um objeto que possibilita aos consumidores uma relação afetiva individual com o produto. A embalagem é a identidade da empresa a qual ela representa e em muitos casos é o único meio de comunicação do produto. O bom design de embalagem pode garantir uma boa comunicação com o consumidor, informando sobre o produto e expondo seu caráter. A embalagem é ao mesmo tempo expressão e atributo do conteúdo. Exemplos disto são o frasco de perfume, o extintor de incêndio, a caixa de lenços de papel, a caixa de fósforos, entre outros, como a garrafa da Coca-Cola, a lata do Leite Moça e o frasco do perfume Chanel nº 5, que têm suas formas patenteadas. As embalagens foram criadas e desenvolvidas para satisfazer as exigências pragmáticas do capitalismo industrial e, por esse motivo, envolvem os mais variados aspectos tecnológicos.


O design de embalagem envolve estudos representando além de estética e função, fatores sociais, culturais, de fabricação, de custos e de seleção de materiais que vão determinar mensagens qualitativas e quantitativas. Uma embalagem não pode ser apenas bonita, ela deve cumprir padrões de higiene, formatos, praticidade e segurança. O design de embalagem agrega valor, adequando de forma eficiente às necessidades e expectativas do consumidor e define seu posicionamento correto no mercado. É também, diferencial competitivo, pois através da inovação e da diferenciação o design pode criar uma personalidade capaz de conquistar a fidelidade do consumidor. Ao se desenvolver uma embalagem, deve-se definir os elementos do projeto técnico: Matérias-primas, processos produtivos, economias na fabricação, transporte etc., associado à qualidade do produto. No rótulo abordam-se os problemas do design de informação e publicidade.


No design de embalagens, o designer deve ter em conta algumas questões: > > > > > > > > > > > >

De que tipo de embalagem se trata? É uma embalagem para líquidos? Para proteger objetos frágeis? Qual o peso e o tamanho dos objectos que vai conter? São pesos uniformes? Como vai ser transportada? Terá de ser atraente? Em que material irá ser feita?(cartão/plástico/madeira/vidro…) Qual a fábrica a contratar? Daqui a quanto tempo deverá estar pronta? Qual o orçamento disponível? Para onde irá esta embalagem após o seu uso? Qual o seu ciclo de vida?


ALUNOS REDESIGN DE EMBALAGENS | PACKAGING

Trabalhos realizados pelos alunos do 11º ano no âmbito da disciplina de Design de Comunicação, sob o tema redesign de embalagens, nas vertentes do design de produto e do design gráfico.


Design is creativity with strategy (rob Curedale)


'' ... O maior inimigo da criatividade ĂŠ o bom senso ... ''

Pablo Picasso

i deias

Revista i deias  

Design