Issuu on Google+

LUPA Expediente: Diretor de Redação: DiBarros Editor-Chefe:DiBarros Repórter: DiBarros Fotógrafo: DiBarros Articulista: DiBarros e-mail: otaviodebarros@hotmail.com

A

L U P A

Segunda Fase - Ano II - Quadragésima Terceira Edição

Para Quem Tem Visão

Nepomuceno, Sul de Minas Gerais, Brasil, América Latina, Planeta Terra, Via Láctea, 16 de junho de 2003, segunda-feira, 7 horas e 59 minutos e1 segundo

CRUZEIRO VAI DUBLAR GALO NA COPA DO BRASIL DE 2004

A proposta ainda depende de aprovação do Conselho Deliberativo do Atlético Mineiro, mas acredita-se que será aprovada por unanimidade. O Cruzeiro sagrou-se, na última quarta-feira, ao vencer o Flamengo por 3 x 1, no Mineirão, tetracampeão da Copa do Brasil. O seu maior rival, o Galo, alimenta o sonho da ganhar sua primeira Copa do Brasil até o ano de 2059. Na tentativa de antecipar esse anseio, e dar um pouco de alegria aos sofridos torcedores alvinegros, a diretoria do Cruzeiro propôs que o time azul seja o dublê do Galo na Copa do Brasil do próximo ano. Para não levantar suspeitas nem causar revolta nos times dos outros estados, o Cruzeiro propõe trazer ao Brasil um médico especialista em modificação facial. O mais cotado é o

cientista que trocou a face de John Travolta e Nicolas Cage, no filme “A Outra Face”. Apesar de, no cinema, o médico ter morrido, na vida real ele continua vivo e ficará assim até a morte. O único jogador que não aceitou trocar de rosto foi Alex(foto ao lado), que vestirá a camisa do Galo e dirá à imprensa que foi contratado por empréstimo. A resposta por parte do time do Atlético seria dada durante o confronto entre os dois times, neste domingo. Na hipótese de vitória alvinegra, é porque o processo de dublagem já terá começado. O Atlético tem apenas um título internacional importante: o de Campeão do Gelo, de 1950.(foto abaixo)

Para Para tradução, tradução, basta basta juntar juntar o o significado significado das das expressões expressões abaixo(nível: abaixo(nível: difícil): difícil): 1) expressão quase igual “epa”!

3) (50+50) mais PRE; 4) Denorex(1a. palavra do slogan);

LUPENIGMÁTICA

6) conjugação do verbo dar(1a. pessoa do presente); 7) Décima-sétima letra do alfabeto; 9) esconde a verdade; 10) animal que fica no pasto, muge, mas não dá leite(troca-se a primeira letra por “f”).

Chacrinha

LUPA “TÔ FORA” “Eu só fiquei apertando os butãozinho...”(sic) Licasirp Senemix “E aí, Lucas., gostou dos cortes?” Idem

Rei Roberto Pode Ir Para Manicômio a Qualquer Momento

Vou cavalgar por toda a noite Por uma estrada colorida Usar meus beijos como açoite E a minha mão mais atrevida

Sem me importar se nesse instante Sou dominado ou se domino Vou me sentir como um gigante Ou nada mais do que um menino

E na grandeza desse instante O amor cavalga sem saber Que na beleza dessa hora O sol espera pra nascer

Estrelas mudam de lugar Chegam mais perto só pra ver E ainda brilham de manhã Depois do nosso adormecer

Estrelas mudam de lugar Chegam mais perto só pra ver E ainda brilham na manhã Depois do nosso adormecer

LUPERRAMOS Jô Soares

Kojeca, o Herói do Ônibus A LUPA errou, na edição de 9 de junho, ao informar que o “herói do ônibus” chama-se Kojak. O nome correto do salvador do ônibus de estudantes na Fernão Dias, é Kojeca.

“Boa sorte, Katinha...” Erdana Dorpa, durante uma avaliação. “...muita gente boa começa assim, por baixo, e ganha notoriedade aos poucos.” Sucal Sorase, em off.

Apesar do erro de informação, foi de longe a matéria de maior repercussão da semana. A pergunta mais vezes repetida é como Kojeca pôde num espaço de tempo tão curto, desenvolver um grau de percepção tão elevado para exigir a parada do ônibus.

“ ... sinto por dentro uma força vibrando, uma luz... “ música conhecidíssima, razão pela qual não diremos de quem é. “Acabei com tudo/Escapei com vida/ Tive as roupas e os sonhos/ Rasgados na minha saída/Mas saí ferido/ Sufocando meu gemido.” (Roberto Carlos e Erasmo)

LUPA CELEBRIDADE

Vou me perder de madrugada Pra te encontrar no meu abraço Depois de toda cavalgada Vou me deitar no seu cansaço

8) moeda brasileira;

“Fio, eu vou dormir com esse homem...” Zuil Gusauto, durante exibição de uma entrevista, em vídeo.

Repetindo o sucesso da semana passada, deixamos, acima, espaço para que você anote o resultado do jogo entre Cruzeiro(à esquerda) e Atlético Mineiro(à direita), disputado ontem às 18h, no Mineirão.

Vou me agarrar aos seus cabelos Pra não cair do seu galope Vou atender aos meus apelos Antes que o dia nos sufoque

5) contrário de pior;

Autor do pensamento: Finley Dunne

Jogador Alex com camisa do Galo: esperança alvinegra de chegar à Libertadores.

O mais esquisito dos normais perceberá, pela letra da música Cavalgada, de Roberto Carlos, que os tempos de lucidez do Rei já não existem mais. Imagine usar beijos como açoite, estrelas mudando de lugar e enxergando, o sol esperando pra nascer, ele, Roberto, sentindo-se como um gigante. Os sintomas de loucura foram identificados por um psicomaniquiatra, a partir da análise das letras das músicas do Rei, que, entre outras coisas, já disse “meu cachorro me sorriu latindo...”. Repare no semblante abatido do artista.

LUPENSAMENTO

2) como fica o objeto do churrasco;

x

Regina Duarte

Discreto, como convém a todo grande herói, ele não quis comentar o fato.

O que poderia ter acontecido se o “herói do ônibus” não tivesse entrado em ação.


alupa43